21/04/2014

atlmin 0X0 CORINTHIANS 20/4/14 BRASILEIRO 14



atl min 0 x 0 CORINTHIANS

Local: Parque do Sábia, Uberlândia (MG)
Data-Hora: 20/4/2014 - 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC-Fifa)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Michael Correia (RJ)
PÚBLICO PAGANTE:10.380 RENDA: R$ 530.820,00
atl min: 1-Victor; 2-Alex Silva, 3-Leonardo Silva, 4-Otamendi e 6-Emerson da Conceição; 5-Pierre e 8-Leandro Donizete; 9-Diego Tardelli, 17-Guilherme (21-Neto Berola, aos 32'/2ºT), 10-Ronaldinho e 11-Fernandinho (22-Marion, aos 26'/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.+20-Giovanni, 13-Rever, 14-Ed Carlos, 15-Claudinei, 16-Filipe Soutto, 18-Rosinei, 19-André

CORINTHIANS: 12-Cássio; 35-Fagner, 3-Cleber, 4-Gil e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 19-Guilherme (25-Bruno Henrique, aos 41'/2ºT) 40-Petros; 10-Jadson (29-Zé Paulo, aos 33'/2ºT), 18-Luciano (9-Guerrero, aos 16'/2ºT) e 31-Romarinho. Técnico: Mano Menezes + 27-Walter, 28-Felipe, 2-Ferrugem, 15-Guilherme Andrade, 20-Danilo, 21-Malcom.

20/04/2014

Atuações Corinthians em 0x0



20/04/2014 19h25 - Atualizado em 20/04/2014 19h30

Atuações Corinthians em 0x0


Por GloboEsporte.com






CÁSSIO - GOLEIRO
Teve uma atuação segura. Mostrou bom tempo de bola ao evitar um gol de Fernandinho.
Nota: 7,0


FAGNER - LATERAL-DIREITO
Discreto. Apareceu muito pouco no apoio ao ataque.
Nota: 5,5

GIL - ZAGUEIRO
Bem nas bolas altas, mas lento na marcação na entrada da área.
Nota: 5,5

CLÉBER - ZAGUEIRO
Teve como função acompanhar mais de perto o atacante Guilherme. Saiu-se bem no trabalho.
Nota: 6,0

FÁBIO SANTOS - LATERAL-ESQUERDO
O melhor do Corinthians. Desafogou o time pelo esquerdo e protagonizou as principais jogadas.
Nota: 7,5

RALF - VOLANTE
Autêntico cão de guarda da zaga corintiana, mas teve certa dificuldade para marcar o toque de bola do Galo na intermediária.
Nota: 6,0


GUILHERME - VOLANTE
Acompanhou de perto Ronaldinho Gaúcho e levou a melhor no duelo com o craque do Galo.
Nota: 6,5


BRUNO HENRIQUE - VOLANTE
Entrou no fim.
Sem nota

PETROS - MEIA
Por se tratar de uma estreia, mostrou pouco entrosamento com o time, mas compensou com disposição e personalidade.
Nota: 7,0

JADSON - MEIA
Esperava-se muito dele como armador. Mas frustrou as expectativas com pouca produção e nenhuma finalização.
Nota: 5,0


ZÉ PAULO - MEIA
Não teve personalidade para chamar o jogo. Pegou pouco na bola.
Nota: 5,5


LUCIANO - ATACANTE
Foi vítima da falta de eficiência da armação do time. Sobretudo no segundo tempo, a bola não chegou.
Nota: 5,5


GUERRERO - ATACANTE
Melhorou a produção ofensiva do time, mas perdeu um gol cara a cara que custou o resultado.
Nota: 5,0

ROMARINHO - ATACANTE
Como a bola não chegava, teve que se afastar muito da área para participar do jogo, levando pouco perigo.
Nota: 5,5













Mano projeta melhora para confirmar Corinthians como candidato ao título
Treinador do Timão comemorou empate fora de casa com o Atlético-MG na estreia do Brasileirão, neste domingo, mas quer esperar mais rodadas para falar em favoritismo



LANCEPRESS! - 20/04/2014 - 19:26

Mano observa estreia do Timão no Brasileiro (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)

O Corinthians iniciou o Campeonato Brasileiro de 2014 com um empate sem gols fora de casa com o Atlético-MG, atual campeão da Libertadores. O resultado, em termos de tabela e desempenho, deixa o técnico corintiano Mano Menezes feliz. No entanto, ele ainda espera uma melhora nos próximos jogos.


- O jogo mostrou uma igualdade. Nós estabelecemos um padrão de igualdade com o Atlético-MG. Nossa ideia é manter isso e melhorar. Mas é uma maratona. Usei isso como exemplo para os jogadores. Entramos em uma corrida longa que vai até o início de dezembro e temos de saber corrê-la. Cada etapa tem o mesmo valor, mas é uma competição que exige muito, tem de valorizar o ponto fora, embora não se abra mão de vencer. Em casa, é fazer uma pressão maior, com o torcedor do nosso lado - disse o treinador do Timão, comemorando o empate fora de casa e projetando a vitória diante do Flamengo, no próximo domingo, no Pacaembu.


Em suas entrevistas recentes, Mano é reticente ao dizer se o Corinthians é um dos favoritos ao título da competição. Para ele, atualmente há equipes em melhores condições e só as próximas rodadas podem dar uma melhor ideia sobre condição de brigar pelo troféu.


- Penso que não tem nenhuma equipe candidata ao título, embora tenham algumas em estágio mais avançado do que o nosso. Pensar que é favorito é um perigo. Tem de confirmar lá dentro. Fizemos um bom jogo, mas tem que melhorar para se colocar como postulante na reta final. Quem vai dizer são os jogos que temos pela frente. Agora, temos mais oito, é uma boa avaliação inicial para aproveitarmos a parada da Copa e fazer os ajustes necessários para brigarmos por algo maior - disse o corintiano.












Guerrero lamenta gol perdido e confia na volta ao time titular do Corinthians
Atacante peruano, que deixou o banco de reservas contra o Atlético-MG, perdeu grande chance cara a cara na partida contra o Galo, em lance que poderia dar a vitória ao Timão


LANCEPRESS! - 20/04/2014 - 19:28

Guerrero começou no banco contra o Galo (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)

Paolo Guerrero teve a chance de garantir três pontos para o Corinthians logo na estreia pelo Campeonato Brasileiro de 2014. Após o empate em 0 a 0 contra o Atlético-MG, neste domingo, em Uberlândia (MG), o centroavante lamentou ter perdido uma chance cara a cara com o goleiro Victor. Caso marcasse, o Timão tinha grandes chances de voltar para a capital paulista com a vitória.

Apesar da tristeza por ter errado uma chance única, o camisa 9 alvinegro elogiou a postura de sua equipe durante o duelo com o Galo, atual campeão da Libertadores.





- Infelizmente tive essa última oportunidade para a gente vencer o jogo e o goleiro acabou pegando. Acho que jogamos muito bem, o time foi disciplinado na parte defensiva. Tivemos outras chances, mas acredito que o Corinthians está se entrosando e na próxima rodada será melhor - comentou.

Questionado sobre o fato de atualmente ser reserva do Corinthians, Guerrero afirmou que vai recuperar seu espaço no time de Mano Menezes com trabalho. Mesmo assim, disse entender a opção do comandante.

- Lógico que todo atleta quer ser titular. E eu trabalho para isso. Com esse trabalho vou recuperar meu posto. Vim para jogar e o que me resta é continuar treinando - concluiu.

CORINTHIANS 0X0 atl min




















20/04/2014 23h18

Com chance clara perdida, Guerrero minimiza 0 a 0 do Corinthians: 'Estamos entrosando'
Peruano perdeu chance clara frente a frente com Victor no fim do segundo tempo
Por 
 

Quando Mano Menezes chamou o atacante Paolo Guerrero para entrar no jogo, em Uberlândia, a torcida corintiana vibrou nas arquibancadas do Parque do Sabiá. Ele substituiu Luciano na segunda etapa na estreia do Corinthians no Campeonato Brasileiro diante do Atlético-MG, no empate por 0 a 0. 
Perto do apito final, o peruano teve a chance de definir o jogo em favor do Timão. Após cruzamento de Romarinho, ficou na frente do goleiro Victor, que defendeu a bola e garantiu o empate sem gols. 
– Infelizmente tive essa última oportunidade para gente vencer o jogo e o goleiro acabou pegando. Acho que jogamos muito bem, o time foi disciplinado na parte defensiva, teve outras chances, mas acredito que o Corinthians está se entrosando, e na próxima rodada será melhor – falou Guerrero. 
SAIBA MAIS
Veja como foi o jogo em Uberlândia
Reserva com Mano, o atacante não deixou de manifestar o desejo de recuperar a titularidade do Corinthians. Ele não entrava em campo desde o clássico contra o 5P, quando se machucou.
– Lógico que todo atleta quer ser titular, eu trabalho para isso, e com esse trabalho vou recuperar meu posto. Vim para jogar, e o que me resta é continuar treinando – concluiu.
O Timão volta a campo no domingo, às 16h, contra o Flamengo, no Pacaembu





20/04/2014 23h18

Estreante, Petros aprova atuação do Corinthians em Uberlândia
Contratado do Penapolense, meia tem boa atuação, mas lamenta falta de entrosamento com os novos companheiros

 










O estreante Petros e o experiente Fábio Santos aprovaram a atuação do Corinthians na estreia do Campeonato Brasileiro. O meia fez sua primeira partida pelo Timão e o lateral-esquerdo destacou o ponto conquistado fora de casa diante do atual campeão da Libertadores - Atlético e Corinthians ficaram no empate sem gols, na tarde deste domingo, em Uberlândia.
Para Petros, a estreia foi positiva, mas faltou entrosamento com os companheiros.

– Agradeço a oportunidade dada pelo professor, ninguém esperava que pudesse começar jogando. Desde a minha chegada, tenho trabalhado forte, e fiquei feliz com o meu desempenho e o da equipe. Falta um pouco de entrosamento, acabei de chegar, não tem como estar entrosado com o pessoal que está aqui – disse o jogador, contratado do Penapolense.

O lateral Fábio Santos comemorou o empate fora de casa e disse que as melhores chances foram do Corinthians.

– Foi um jogo aberto, estava muito quente, o Corinthians teve as melhores chances, e foi uma pena termos empatado hoje. Tivemos muito tempo para treinar, sentimos o ritmo de jogo. Acredito que uma estreia fora de casa, contra um time forte, entrosado, foi um bom resultado. Espero um Brasileiro melhor do que o Paulista – falou o lateral.

Depois da eliminação no Paulista, o Corinthians teve praticamente um mês para treinar e se preparar para o Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o clube recebe o Flamengo, domingo, no Pacaembu.
Petros, no aquecimento, antes do jogo entre Atlético-MG e Corinthians (Foto: Cristiane Mattos/Agência Estado)








20/04/2014 23h17

Mano vê igualdade e diz que o time vai crescer ao longo da 'maratona'
Técnico compara o Brasileirão com uma prova de corrida: 'Temos de saber corrê-la'


Por 


 








Mano Menezes gostou do desempenho do Corinthians no empate se gols contra o Atlético-MG, neste domingo, no Parque do Sabiá. Para o treinador, a equipe ainda irá evoluir ao longo da competição.


- O jogo mostrou uma igualdade. Estabelecemos igualdade com o Atlético. Nossa ideia é manter isso e melhorar. Mas é uma maratona. Usei como exemplo para os jogadores. Será uma corrida longa até o início de dezembro e temos de saber corrê-la. Cada etapa tem o mesmo valor, mas é uma competição que exige muito, tem de valorizar o ponto fora, embora não se abra mão de vencer. Em casa é fazer uma pressão maior, com o torcedor do nosso lado - analisou.


Confira os principais tópicos da entrevista coletiva do técnico:


Empate


O que faltou hoje precisamos conquistar durante a competição: um crescimento para um nível ainda melhor. Tivemos uma saída de bola qualificada. Eu quero isso. O Petros deu, pela esquerda, uma boa saída, foi um homem de referência para o Fábio Santos ter sempre uma passagem. Ele segurava a bola e permitia o que o lateral chegasse à linha de fundo. O acabamento precisa melhorar, chegamos várias vezes. É aumentar o número de chances para o 0 a 0 não permanecer.


Briga pelo título


Penso que não tem nenhuma equipe candidata ao título, embora tenham algumas em estágio mais avançado que o nosso. Pensar que é o favorito é um perigo. Tem de confirmar lá dentro de campo. Fizemos um bom jogo, mas tem de melhorar para se colocar como postulante na reta final. Quem vai dizer são os jogos que temos pela frente. Agora temos mais oito, é uma boa avaliação inicial para aproveitarmos a parada da Copa e fazer os ajustes necessários para brigarmos por algo maior.

Mano Menezes gostou do desempenho do Corinthians em Minas Gerais (Foto: Felipe Santos)



Projeção de pontos


Não trabalho dessa forma, é muito ilusório. Ao mesmo tempo que você cria uma motivação, pode criar uma frustração. Se não consegue no primeiro jogo, você já está devendo. Vamos pensar jogo a jogo, aumentar o rendimento a cada jogo, para termos uma pontuação que nos dê o otimismo necessário com base em uma avaliação real.


Necessidade de reforços


Temos jogadores de qualidade no grupo, mas não se pode abrir mão de buscar qualificação sempre. Os jogadores precisam do apoio de mais alguns para termos um grupo qualificado. Ano passado, quando o Corinthians perdeu jogadores importantes, a equipe caiu de produção de forma significativa. Em um campeonato como esse, não se pode ter quedas grandes, senão não recupera mais. Com alguns jogadores que deem sustentação, na parte técnica e emocional, os outros vão crescer.


Renato Augusto


Não tenho uma posição final sobre ele. Foi muito frustrante para a gente essa semana. Havíamos preparado a equipe com ele. Perder na última hora é frustrante e vira um problema. O Petros entrou, mas podia não estrear bem. Felizmente ele foi bem. Temos uma semana para definir a equipe que pega o Flamengo. Mas a coerência é permanecer a equipe que rendeu bem, só fazer alguns pequenos ajustes.


Guerrero pediu pênalti


Eu não sei exatamente, não tenho toda a clareza do lance, só depois que olhar mais. Ele estava com a frente da jogada clara. Ele acha que foi pênalti. Vamos olhar com mais calma e durante a semana falamos.




Para Romarinho, Corinthians teve chances para vencer o Atlético-MG
Atacante do Timão lamentou falta de movimentação do ataque do Timão durante o empate sem gols em Uberlândia. No fim, jogador serviu Guerrero para a melhor chance da partida
LANCEPRESS! - 20/04/2014 - 20:12
Atlético-MG e Corinthians não saíram do 0 a 0 no duelo deste domingo, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG), pela estreia do time no Campeonato Brasileiro. O jogo contou com ótimas atuações de Victor e Cássio, que fizeram defesas difíceis. Aos 43 minutos do segundo tempo, Romarinho serviu Guerrero, o peruano dominou no peito e, livre, na pequena área, chutou em cima do goleiro do Galo. O último lance deixou a impressão que o Timão deveria ter vencido.
- Pelas chances que nós tivemos, deveríamos ter saído com os três pontos. Acho que, se aproveitássemos, dava para ter ganhado aqui. Vamos trabalhar para melhorar, temos muito a fazer ainda neste campeonato - disse o camisa 31 alvinegro.
Na maior parte do duelo, Romarinho teve atuação apagada. Ele foi escalado como o homem mais avançado do ataque, uma vez que Guerrero começou no banco. Jadson e Luciano atuaram abertos, aproximando-se do atacante, e Petros e Guilherme também apareceram na frente. A movimentação do setor ofensivo não agradou.
- Estava difícil jogar, faltou movimentação - admitiu o jogador.
O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, às 16h, contra o Flamengo. O duelo marcará a despedida da equipe do Pacaembu. No dia 17 de maio, rodada seguinte como mandante, o Timão fará o primeiro jogo na Arena Corinthians. Depois, os dois estádios estarão "alugados" pela Fifa para a Copa do Mundo, e os outros jogos serão mandados em outros lugares, ainda não definidos.








Mano projeta melhora para confirmar Corinthians como candidato ao título
Treinador do Timão comemorou empate fora de casa com o Atlético-MG na estreia do Brasileirão, neste domingo, mas quer esperar mais rodadas para falar em favoritismo
LANCEPRESS! - 20/04/2014 - 19:26 
O Corinthians iniciou o Campeonato Brasileiro de 2014 com um empate sem gols fora de casa com o Atlético-MG, atual campeão da Libertadores. O resultado, em termos de tabela e desempenho, deixa o técnico corintiano Mano Menezes feliz. No entanto, ele ainda espera uma melhora nos próximos jogos.
- O jogo mostrou uma igualdade. Nós estabelecemos um padrão de igualdade com o Atlético-MG. Nossa ideia é manter isso e melhorar. Mas é uma maratona. Usei isso como exemplo para os jogadores. Entramos em uma corrida longa que vai até o início de dezembro e temos de saber corrê-la. Cada etapa tem o mesmo valor, mas é uma competição que exige muito, tem de valorizar o ponto fora, embora não se abra mão de vencer. Em casa, é fazer uma pressão maior, com o torcedor do nosso lado - disse o treinador do Timão, comemorando o empate fora de casa e projetando a vitória diante do Flamengo, no próximo domingo, no Pacaembu.
Em suas entrevistas recentes, Mano é reticente ao dizer se o Corinthians é um dos favoritos ao título da competição. Para ele, atualmente há equipes em melhores condições e só as próximas rodadas podem dar uma melhor ideia sobre condição de brigar pelo troféu.
- Penso que não tem nenhuma equipe candidata ao título, embora tenham algumas em estágio mais avançado do que o nosso. Pensar que é favorito é um perigo. Tem de confirmar lá dentro. Fizemos um bom jogo, mas tem que melhorar para se colocar como postulante na reta final. Quem vai dizer são os jogos que temos pela frente. Agora, temos mais oito, é uma boa avaliação inicial para aproveitarmos a parada da Copa e fazer os ajustes necessários para brigarmos por algo maior - disse o corintiano.










Guerrero lamenta gol perdido e confia na volta ao time titular do Corinthians
Atacante peruano, que deixou o banco de reservas contra o Atlético-MG, perdeu grande chance cara a cara na partida contra o Galo, em lance que poderia dar a vitória ao Timão


LANCEPRESS! - 20/04/2014 - 19:28
Atlético-MG x Corinthians (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)


Paolo Guerrero teve a chance de garantir três pontos para o Corinthians logo na estreia pelo Campeonato Brasileiro de 2014. Após o empate em 0 a 0 contra o Atlético-MG, neste domingo, em Uberlândia (MG), o centroavante lamentou ter perdido uma chance cara a cara com o goleiro Victor. Caso marcasse, o Timão tinha grandes chances de voltar para a capital paulista com a vitória.

Apesar da tristeza por ter errado uma chance única, o camisa 9 alvinegro elogiou a postura de sua equipe durante o duelo com o Galo



- Infelizmente tive essa última oportunidade para a gente vencer o jogo e o goleiro acabou pegando. Acho que jogamos muito bem, o time foi disciplinado na parte defensiva. Tivemos outras chances, mas acredito que o Corinthians está se entrosando e na próxima rodada será melhor - comentou.
Questionado sobre o fato de atualmente ser reserva do Corinthians, Guerrero afirmou que vai recuperar seu espaço no time de Mano Menezes com trabalho. Mesmo assim, disse entender a opção do comandante.
- Lógico que todo atleta quer ser titular. E eu trabalho para isso. Com esse trabalho vou recuperar meu posto. Vim para jogar e o que me resta é continuar treinando - concluiu.

Em jogo muito disputado, Atlético-MG e Corinthians ficam no 0 a 0

20 de abril de 2014 • 19h35

Guerrero entra bem e promete trabalho para recuperar vaga de titular no Corinthians

GAZETA


Paolo Guerrero mudou a cara do Corinthians quando substituiu Luciano, que foi mal no empate sem gols com o Atlético-MG. O centroavante foi boa opção na frente, participou muito do jogo e só não saiu com mais moral para cobrar a vaga porque perdeu uma chance clara no finalzinho.

"Infelizmente, o goleiro acabou pegando nessa última oportunidade que tive para a gente vencer", lamentou o herói da conquista do Mundial de 2012, que acabou perdendo espaço nos primeiros meses deste ano, por um misto de má fase técnica e diferentes problemas físicos.

As dificuldades não lhe tiraram o carinho dos torcedores, que costumam pedir sua entrada quando ele não é o titular. Foi o que aconteceu no Parque do Sabiá, em Uberlândia, e o atacante correspondeu com uma atuação bem mais efetiva do que a do apagado Luciano.

"É lógico que todo jogador quer ser titular. Eu trabalho para isso e, com esse trabalho, vou procurar recuperar o meu posto. Vim para jogar. O que me resta é continuar treinando", comentou Guerrero, provável reserva no confronto com o Flamengo, no próximo domingo, no Pacaembu.

Briga pela posição à parte, o centroavante fez uma projeção otimista para o Corinthians no Campeonato Brasileiro após o empate na estreia. "Acho que jogamos bem. O time foi disciplinado atrás e teve chances na frente. Estamos nos entrosando, será melhor no próximo jogo."
MANO PEDE REFORÇOS E ESPERA EVOLUÇÃO DO CORINTHIANS DURANTE O BRASILEIRO
20 DE ABRIL DE 2014 ÀS 19:36
Mano espera mais dois ou três reforços Mano espera mais dois ou três reforços


Após o empate sem gols com o Atlético-MG neste domingo, o treinador Mano Menezes afirmou que o Corinthians ainda precisa de reforços pontuais. O comandante alvinegro elogiou os atletas que estão em seu elenco, mas deixou claro que ainda espera novidades.

'Temos jogadores de qualidade no grupo, mas não se pode abrir mão de buscar qualificação sempre. Os jogadores precisam do apoio de mais alguns para termos um grupo qualificado. Ano passado, quando o Corinthians perdeu jogadores importantes, a equipe caiu de produção de forma significativa. Em um campeonato como esse, não se pode ter quedas grandes, senão não recupera mais. Com alguns jogadores que deem sustentação, na parte técnica e emocional, os outros vão crescer', explicou.

O treinador evitou fazer projeção de pontos e admitiu que, embora o Corinthians vá brigar pelo título, ainda está alguns passos atrás de equipes mais bem estruturadas e entrosadas neste início de Campeonato Brasileiro .

'Penso que não tem nenhuma equipe candidata ao título, embora tenham algumas em estágio mais avançado que o nosso. Pensar que é o favorito é um perigo. Tem de confirmar lá dentro de campo. Fizemos um bom jogo, mas tem de melhorar para se colocar como postulante na reta final. Quem vai dizer são os jogos que temos pela frente. Agora temos mais oito, é uma boa avaliação inicial para aproveitarmos a parada da Copa e fazer os ajustes necessários para brigarmos por algo maior', disse.

Com o resultado, cada equipe conquistou um ponto e fica em posição intermediária na tabela. Na próxima rodada da competição, o Corinthians pega o Flamengo no Pacaembu, enquanto o Atlético-MG enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre. 
MANO MENEZES: NÓS NUNCA FICAMOS PLENAMENTE SATISFEITOS COM UM EMPATE

O técnico afirmou que o Campeonato é longo então o time tem que brigar sempre pela vitória, mas, considerando a qualidade do adversário e o tempo do Corinthians sem jogar ,a equipe deu uma boa resposta.


Mano aprova desempenho e resultado da estreia do Corinthians no Brasileirão

Por Gazeta | 20/04/2014 19:09



Fora de casa, equipe do Parque São Jorge empatou sem gols com o Atlético-MG na primeira rodada do torneio




Mano Menezes foi coerente, na entrevista após o empate por 0 a 0 do Corinthians com o Atlético-MG, com as suas atitudes durante a partida. O técnico disse ter aprovado o desempenho e, especialmente, o resultado da estreia alvinegra no Campeonato Brasileiro, em Uberlândia.




"Gostei. A gente não fica plenamente satisfeito com o empate, porque é um longo percurso e precisamos brigar pela vitória sempre. Mas, considerando a qualidade do adversário, o tempo que ficamos sem jogar, que gera uma falta de ritmo, a gente fica, se não na totalidade, parcialmente satisfeito", afirmou.




O gaúcho aprovou a maior consistência na marcação pelas laterais, bastante problemática ao longo de todo o Campeonato Paulista. O miolo da zaga não esteve tão seguro, mas os beques contaram com uma boa atuação de Cássio para não ter a meta vazada.




"Houve uma evolução no sistema defensivo, muito mais seguro pelos lados. A gente chegou também três ou quatro vezes na frente com chances claras. A equipe esteve sempre bem posicionada, com saída dos dois lados", acrescentou, antes de elogiar a estreia do meia Petros.




Mano terá, agora, mais uma semana para fazer ajustes. Foi quase um mês de treinamentos após a despedida precoce do Campeonato Paulista, mas o gaúcho ainda considera o time em formação. O próximo compromisso é contra o Flamengo, no domingo, no Pacaembu.
20/04/201419h14
Mano Menezes aprova desempenho e resultado da estreia do Corinthians: 'Gostei'Por ESPN.com.br com agência Gazeta Press
Compartilhar
Gazeta Press

Mano Menezes aprovou o empate com o Atlético-MG

Mano Menezes foi coerente, na entrevista após o empate por 0 a 0 do Corinthians com o Atlético-MG, com as suas atitudes durante a partida. O técnico disse ter aprovado o desempenho e, especialmente, o resultado da estreia alvinegra no Campeonato Brasileiro, em Uberlândia.

"Gostei. A gente não fica plenamente satisfeito com o empate, porque é um longo percurso e precisamos brigar pela vitória sempre. Mas, considerando a qualidade do adversário, o tempo que ficamos sem jogar, que gera uma falta de ritmo, a gente fica, se não na totalidade, parcialmente satisfeito", afirmou.

O gaúcho aprovou a maior consistência na marcação pelas laterais, bastante problemática ao longo de todo o Campeonato Paulista. O miolo da zaga não esteve tão seguro, mas os beques contaram com uma boa atuação de Cássio para não ter a meta vazada.

"Houve uma evolução no sistema defensivo, muito mais seguro pelos lados. A gente chegou também três ou quatro vezes na frente com chances claras. A equipe esteve sempre bem posicionada, com saída dos dois lados", acrescentou, antes de elogiar a estreia do meia Petros.

Mano terá, agora, mais uma semana para fazer ajustes. Foi quase um mês de treinamentos após a despedida precoce do Campeonato Paulista, mas o gaúcho ainda considera o time em formação. O próximo compromisso é contra o Flamengo, no domingo, no Pacaembu.
Satisfeito com placar, Mano lamenta detalhe: 'Bola no final podia entrar'