28 de jan de 2015

CORINTHIANS 28/01/2015.


SC Corinthians Paulista

O pebolim do CT Joaquim Grava ganhará bonecos personalizados. Grandes ídolos da história alvinegra darão cara à mesa corinthiana. Deixe nos comentários a sua seleção e ajude-nos a montar esse time #Durepoxi #PebolimHistóricodoTimão #VaiCorinthians — com Channi Miglani, Amit Choudhary e Satwinder Singh.








Corinthians @Corinthians ·
Melhor jogadora de futebol de todos os tempos, Marta também torce para o Timão! #Fiel #BandoDeLoucos #VaiCorinthians




“@A_Corinthians: Os ingressos dos setores Norte, Sul e Leste Inferior para o jogo contra o Once Caldas estão esgotados" A Fiel vai invadir!







DIRETOR DE FUTEBOL DO CORINTHIANS NEGA INTERESSE EM VÁGNER LOVE



Ronaldo Ximenes disse que o elenco já está fechado.














video







video

28/01/2015, às 18:22
Segundo Tite, mobilização de todos os movimentos do Corinthians, pesaram na escolha
Fonte: Agência Corinthians



Por Nato Sangali
Apontado como um dos melhores treinadores do país, Adenor Bachi, o Tite, foi alvo de uma disputa envolvendo Internacional e Corinthians, desde o final da última temporada, quando gaúchos e paulistas já haviam definido que nem Abel Braga e nem Mano Menezes permaneceriam no comando das respectivas equipes.

Com Tite no mercado e projetando a volta nesta temporada, o técnico recebeu proposta de Inter e Corinthians e depois de muita análise, o técnico acertou a volta ao Parque São Jorge, dois anos após a conquista do Mundial de Clubes com o Timão.

Em entrevista a 'Rádio Gaúcha', Tite falou sobre a escolha pelo Corinthians. "O Inter está muito bem servido de técnico e tem um grande elenco. Tenho grandes amigos no clube e sou muito grato. Mas todos os movimentos do Corinthians se mobilizaram para me trazer. É uma gratidão muito grande. Acabou pesando", revelou o comandante.

Tite, que tem 53 anos, conquistou com o clube paulista além do Mundial, a Libertadores da América, o Brasileirão, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Paulista










Negociação para renovar com o Corinthians emperra e Guerrero mira Europa

A renovação do contrato do peruano Guerrero com o Corinthians emperrou e dificilmente sairá antes da eleição para presidente do clube, marcada para o próximo dia 7. Mário Gobbi não conseguiu levantar os R$ 18 milhões de luvas exigidos pelo jogador. Pior: o atacante disse em entrevista à rádio Cadena Cope Madrid, da Espanha, que a sua prioridade é voltar a jogar na Europa.



Valorizado após a excursão do Corinthians para os Estados Unidos, Guerrero já foi sondado por dois clubes da Alemanha: Hamburgo e Bayer Leverkusen. “Sim, gostaria de voltar à Alemanha. Minha intenção, aliás, era voltar depois do Mundial de Clubes, era vir (para o Brasil), ganhar e voltar para a Europa. Mas não foi possível porque o Corinthians fechou a porta para todo mundo”, disse Guerrero à Cadena Cope Madrid.



Desde o último dia 15, o peruano já pode assinar um pré-contrato com outro clube e deixar o Corinthians de graça no meio do ano. Se realmente sair do clube alvinegro, será para jogar no exterior. No Brasil, ele já disse que não defende outro clube.



Apesar da pressa de Mário Gobbi em renovar o contrato do jogador antes da eleição, o atacante e seus empresários estão dispostos a prorrogar as conversas. O objetivo é negociar com o novo presidente. “Em julho acaba meu contrato, não tenho nada definido aqui. Vamos ver. Estou tranquilo, estudando todas as situações que possam me apresentar. Ainda tenho tempo para tomar minha decisão”, disse Guerrero.

















Corinthians: corre contra o tempo para deixar todo plantel à disposição do treinador para a partida contra o Once Caldas (COL), pela Copa Libertadores da América  Reservas, Edilson e Mendoza estão fora da estreia no Paulistão
O clube, agora Rodrigo Vessoni - 28/01/2015 - 18:30
Edilson e Stiven Mendoza estão fora da estreia do Corinthians no Paulistão (Foto: Rodrigo Vessoni)

O técnico Tite não poderá contar com todo seu elenco na partida contra o Marília, neste domingo, às 17h, na Arena Corinthians. Edilson e Mendoza não foram inscritos até o prazo limite para utilização na primeira rodada do Paulistão, que foi no último dia 23.

O prejuízo para a comissão técnica não será tão grande, já que ambos iniciaram a temporada como reserva e seriam apenas opção no banco neste final de semana - Tite não deu nenhum indício que não usará a equipe principal no domingo devido ao confronto com o Once Caldas (COL), três dias depois.

O clube, agora, corre contra o tempo para deixar todo plantel à disposição do treinador para a partida contra os colombianos. A inscrição na Confederação Sul-Americana deverá ser feita até 48 horas antes da estreia, ou seja, na noite da próxima segunda-feira.
 





28/01/2015 18h33
Timão busca acordo com o atacante Vagner Love, que aceita reduzir salário
Jogador não rescinde contrato com o Shandong Luneng, e Corinthians tenta até que clube chinês pague parte dos vencimentos. Empresário e diretoria desconversam
Por Carlos Augusto Ferrari


OCorinthians se movimenta para encontrar um outro atacante. O nome da vez é o de Vagner Love. O jogador não permanecerá no Shandong Luneng, da China, e concorda em reduzir os salários para vestir a camisa alvinegra ainda neste primeiro semestre de 2015.
Depois do aval do jogador, o clube paulista corre agora para encontrar um acordo financeiro. Vagner Love recebe quase R$ 1 milhão por mês na China, mas sabe que não conseguirá outro contrato semelhante se optar por regressar ao Brasil ou até mesmo tentar um novo clube na Europa.


O Corinthians está disposto a pagar cerca de R$ 400 mil, valor pouco abaixo dos vencimentos de Guerrero – R$ 480 mil. Para que a redução não fosse tão grande, Love e Timão querem que o Shandong Luneng arque com o restante da diferença ou, pelo menos, parte dela.


Jogador e dirigentes chineses ainda não chegaram a um acordo sobre o fim do contrato. Vagner Love foi comunicado pelo técnico Cuca de que não seria mais utilizado, abrindo espaço para a chegada de outro brasileiro, Diego Tardelli, contratado do Atlético-MG.


- Não chegamos a um acordo para a rescisão. Estamos negociando o que é melhor para o jogador - afirmou o empresário de Love, Evandro Ferreira.


A postura, por enquanto, é de evitar alarde sobre a possível ida do atacante para o Corinthians. Ferreira negou que estivesse em contato com qualquer dirigente alvinegro, mas admitiu que Love passou a considerar a possibilidade de voltar ao Brasil.
- Não conversei com ninguém do Corinthians. Não tínhamos interesse em retornar neste momento. Fomos pegos de surpresa. Agora, é uma opção - disse.


O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, também negou que estivesse conversando com o jogador e o representante. No entanto, o Timão admite publicamente que precisa de um outro centroavante. Guerrero perderá várias partidas em virtude das convocações para a seleção peruana e ainda não renovou contrato, válido até 15 de julho de 2015.

 Vagner Love chegou a dar entrevista em 2005 como reforço do Corinthians. Ele formaria dupla com Carlitos Tevez. A transação, porém, não foi concretizada. O jogador teve de retornar ao CSKA, da Rússia.








Corinthians x Marília – Venda de ingressos nas bilheterias
Corinthians e Marília se enfrentam no domingo, às 17h, na Arena Corinthians17h23 28/01/2015 - IngressosAgência Corinthians

Nesta quinta-feira (29), os ingressos para a estreia do Corinthians no Campeonato Paulista de 2015 continuarão à venda nas bilheterias. O duelo acontece no domingo (01), às 17h, quando o Timão enfrenta o Marília na Arena Corinthians.

Veja os setores ainda disponíveis:

Leste Superior – R$ 150 (R$ 75 meia-entrada)
Oeste Inferior – R$ 250 (R$ 125 meia-entrada)
Oeste VIP – R$ 450 (R$ 225 meia-entrada)
Visitante – Por questões de segurança, a venda de ingressos à torcida visitante será definida na reunião preparatória do evento, que será realizada na sexta-feira (30), no 2º BPM.

Pontos de venda (das 10h às 17h):
Parque São Jorge

Lojas Poderoso Timão:

Shopping Santana Parque
Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780, loja 3062.

Pinheiros
R. Teodoro Sampaio 2133 – Pinheiros

São Mateus
Av. Mateo Bei 2029 – São Mateus

Rua Augusta
Rua Augusta, 1948 – Cerqueira César

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA:
Estudantes:
Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013
• §2o.: ... mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...
• § 6o A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.
Idosos maiores de sessenta (60) anos:
Lei n◦. 13.933, de 26/12/2013
• Apresentar RG Original
Professores do Estado de São Paulo e dos Municípios Paulistas
Lei 14729/12
• Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.
Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino.
Lei 15298/14
• Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.
Não dão direito a compra de ingressos na categoria meia entrada:
• Aposentadorias
• Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA







Em adaptação, Tite marca mais dois treinos para a Arena Corinthians
Nesta quinta e sexta-feira, treinador e jogadores trabalharão na Arena. Os dois treinos, que serão fechados ao público, acontecerão a partir das 15h


LANCEPRESS! - 28/01/2015 - 17:18

Tite levou seus jogadores à Arena Corinthians antes do amistoso contra o Casuals (crédito: Reginaldo Castro)

O técnico Tite quer acelerar o processo de sua ambientação na Arena Corinthians, que será palco dos jogos contra Marília (domingo, pelo Paulistão) e Once Caldas-COL (dia 4, pela Libertadores). Tanto que o treinador marcou os dois próximos treinamentos da equipe para o novo estádio alvinegro. A equipe trabalhará em Itaquera nesta quinta e sexta-feira a partir das 15h.

Após a vitória sobre o Corinthian-Casuals (ING), por 3 a 0, no último sábado, o comandante não escondeu a emoção de sentar no banco de reservas pela primeira vez - nas outras duas vezes o estádio não estava pronto e/ou ele não era funcionário do clube.

- Turbilhão de coisas. Emoção de retornar ao clube pela terceira vez. Num local diferente, onde nunca tinha trabalhado. Fiz treinamento com trabalho tático. Senti dificuldade de concentrar. Perde noção de profundidade. É como ir em casa diferente onde não está acostumado. A maior cobrança que eu tenho é comigo mesmo. Mas o carinho das pessoas me faz cobrar mais ainda pra eu poder retribuir. Vou retribuir com muito trabalho - afirmou.

Além de Tite, outros jogadores fizeram a estreia na Arena Corinthians diante dos ingleses. Foram os casos de Mendoza e Emerson Sheik, que pisaram no gramado pela primeira vez.









Corinthians marca reunião para comprar direitos econômicos do volante campeão da Copinha


Por Gabriela Chabatura - iG


Clube encontrará com empresário de Marciel para exercer o direito de compra e ficar com 50% dos direitos econômicos


O Corinthians marcou uma reunião nesta quinta-feira para exercer o direito de compra de parte dos direitos do volante Marciel, um dos destaques da equipe na campanha vitoriosa na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com o prazo até o dia 31 para manifestar o interesse, o clube – representado pelo diretor da base Fernando Alba - receberá o empresário do jogador para adquirir mais 30% dos direitos econômicos do jovem.Marcos Bezerra/Futura Press
Marciel comemora o gol na Copa São Paulo de Futebol Júnior

Emprestado pelo Fragata, de Pelotas, até o fim de junho, Marciel tem os direitos divididos entre o clube formador (80%) e o Corinthians (20%), que caso confirme o desfecho positivo passará a ter 50%. Embora os valores não sejam confirmados entre as partes, estima-se que o Alvinegro desembolsará R$ 1 milhão para manter o volante por, ao menos, mais três anos.

Marciel chegou ao Corinthians no início do ano sem nenhum custo em uma parceria entre os clubes. Os paulistas também não pagaram nada para ter a porcentagem que possui atualmente por terem sido usados como vitrine. Com o direito de compra concretizado, o clube ainda poderá comprar mais 20% posteriormente.

Com passagem pela base do Grêmio, Marciel chegou ao Fragata por intermédio de Mauro Rocha, coordenador geral do clube do Rio Grande do Sul e desembarcou em São Paulo no início da temporada passada após passagem pela base da Roma, da Itália. Após a conquista da Copinha, o volante foi promovido ao profissional pelo técnico Tite.










Tite explica 4-1-4-1 do Corinthians


No seu ano "sabático" de estudos e observações antes de voltar ao Corinthians, Tite foi a Madrid assistir a treinamentos e conversar com Carlo Ancelotti. Quando retornou, ao relatar a experiência, afirmou que tentaria aproveitar o que viu e aprimorar a execução do 4-1-4-1.

No primeiro teste do ano, contra o Colônia em Orlando, o Corinthians atuou numa variação do 4-2-3-1 com o 4-4-2. Mas nas vitórias sobre Bayer Leverkusen por 2 a 1, ainda nos Estados Unidos, e nos 3 a 0 sobre o Corinthians-Casuals em sua Arena, o sistema proposto ficou claro.

Nenhuma novidade para Tite. Na última passagem pelo clube, o 4-1-4-1 já era uma variação natural do 4-2-3-1 básico. Se hoje é Elias quem avança para se juntar a Renato Augusto, antes era Paulinho o volante que virava meia e se somava ao quarteto ofensivo.
OLHO TÁTICO

Nos Corinthians 5 a 0 sobre 5P em 2011, o 4-1-4-1 com Paulinho se juntando a Danilo como meia pelo centro para atropelar o rival no 2º tempo do clássico.

No Papo Tático para o blog em 2012, às vésperas do Mundial de Clubes, o treinador revelou que a equipe campeã nacional e sul-americana se afirmou com este desenho nos Corinthians 5 a 0 sobre 5P no Brasileiro de 2011.

"O São Paulo teve um jogador expulso no primeiro tempo e eu não mexi na equipe, só ajustei o Paulinho. Foi uma das primeiras vezes que trabalhei assim e a equipe adquiriu confiança", lembra o técnico. Confira no vídeo abaixo a segunda parte da entrevista, com a explicação do 4-1-4-1 no final:



Agora, o treinador admite que trabalhar a dinâmica ofensiva contra equipes fechadas, como foi o Casuals e nem tanto o Leverkusen, é o principal objetivo.

"As idéias de combinações, triangulações nos setores são os grandes desafios para a mobilidade, dinâmica do sistema, aliás de todos. Movimentação de Guerreiro permite infiltração de meias, articulador com pé trocado - Lodeiro ou Danilo - naturalmente fecha abrindo espaço para passagem do lateral, o Fagner", explica.

Tite aproveita para esclarecer que não tem o esquema de Ancelotti como referência para o seu time:

"O sistema tático não é o mesmo. Citei o Real como referência a tipos de treinamentos: intensos em campo reduzido e respeitando posição-função ao sistema utilizado. Não ao sistema. O Real Madrid ataca em 4-3-3 e defende com duas linhas de quatro, com Bale retornando na linha dos três meio-campistas. Complementação dos setores e setores complementando-se enquanto equipe, respeitando características individuais."

É o que busca Tite para seu Corinthians. O modelo de conceito e não esquema, muito menos de valores individuais, não poderia ser melhor.
OLHO TÁTICO

Com Elias articulando com Renato Augusto à frente de Ralf, Tite busca soluções para criar espaços em sistemas defensivos fechados.











Timão nega ter recebido proposta do Boca Juniors por Lodeiro
por Fábio Suzuki em 28.jan.2015 às 16:14h



Meia uruguaio foi adquirido pelo Corinthians em maio do ano passado


Alguns veículos de imprensa da Argentina noticiaram nas últimas horas que uma oferta de US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 7 milhões) foi feita pelo Boca Juniors ao Corinthians para a compra dos 50% dos direitos econômicos que pertencem ao clube brasileiro – outra metade pertence a um grupo de investidores. A diretoria do Timão, porém, nega qualquer tipo de proposta dos Xeneises pelo uruguaio, que iniciou a temporada como titular da equipe. O técnico Tite já disse algumas vezes que conta com o meio-campista em 2015.



(Colaborou Rodrigo Vessoni)









Goleiro sonha em voltar para o Timão

28 janeiro, 2015

O goleiro Renan, que pertence ao Corinthians, busca fazer um bom Campeonato Gaúcho com a camisa do Caxias para quem sabe voltar a vestir as cores do Timão. O jogador se destacou pelo Avaí em 2010 e chegou a ser convocado para a seleção brasileiro. Na equipe Paulista, após falhas logo no inicio o jogador perder espaço e, agora busca um recomeço.

“Está sendo muito bom, é uma oportunidade boa de um recomeço, de voltar a jogar. Fui muito bem recebido por todos aqui. Estou muito contente, pela estrutura que o Caxias tem também. Tudo tem um propósito na vida. As coisas não acontecem como a gente quer sempre. Não era a hora certa. Na minha opinião, se tivesse uma sequência maior, as coisas aconteceriam. Mas não posso reclamar de nada, de treinador, funcionários, dirigentes. Todo mundo sempre me ajudou no Corinthians”,lembrou Renan.

Renan ainda finalizou afirmando que tem esperanças de voltar ao Timão.

“Nunca pode falar nunca no futebol. Acredito que o momento é do Cássio e do Walter, mas futebol gira rápido. Sempre temos esperança de voltar e ter uma boa sequência no Corinthians”, finalizou o jogador.













Cobertura do setor Oeste começa a ser instalada na Arena Corinthians
No total, serão colocados 1.188 vidros nas coberturas dos setores Oeste e Leste do estádio


LANCEPRESS! - 28/01/2015 - 15:48

Vidros da cobertura do setor Oeste começaram a ser instalados na Arena Corinthians (crédito: divulgação/Corinthians)

Nesta quarta-feira, o Corinthians divulgou que foi iniciado o trabalho de instalação dos vidros das coberturas dos setores Oeste e Leste. De acordo com o clube, ao total serão colocados 1.188 vidros duplos temperados laminados de 16 milímetros cada nos locais. O processo foi iniciado na cobertura do Oeste. Os vidros são opacos perto da cobertura e transparentes na ponta.

Além de os vidros cobrirem a torcida da chuva nesses setores, o clube garantiu que o efeito degradê ajudará a melhorar as imagens do jogo nas transmissões ao vivo das TVs. O trabalho de cobertura da Arena Corinthians está em reta final. As lonas que cobrem a parte inferior dos arcos do setor Norte já foram instaladas, e o processo no arco do Sul está em andamento.




















8/1/2015 às 16h12)
Cobertura do setor Oeste começa a ser instalada na Arena Corinthians

Serão colocados 1.188 vidros nas coberturas dos setores Oeste e Leste do estádio alvinegro




Funcionário trabalha na instalação dos vidros da coberturaDivulgação

Nesta quarta-feira (28), o Corinthians divulgou que foi iniciado o trabalho de instalação dos vidros das coberturas dos setores Oeste e Leste. De acordo com o clube, ao total serão colocados 1.188 vidros duplos temperados laminados de 16 milímetros cada nos locais. O processo foi iniciado na cobertura do Oeste. Os vidros são opacos perto da cobertura e transparentes na ponta.

Além de os vidros cobrirem a torcida da chuva nesses setores, o clube garantiu que o efeito degradê ajudará a melhorar as imagens do jogo nas transmissões ao vivo das TVs. O trabalho de cobertura da Arena Corinthians está em reta final. As lonas que cobrem a parte inferior dos arcos do setor Norte já foram instaladas, e o processo no arco do Sul está em andamento.















Guerrero não quer ficar no Corinthians



Guerrero revelou que seu desejo é voltar ao futebol europeu
28 DE JANEIRO DE 2015 ÀS 15:42 POR MARCO BELLO JUNIOR
A entrevista que Paolo Guerrero concedeu à rádio Cadena Cope, de Madrid, apenas escancarou algo que estava óbvio nos bastidores do Parque São Jorge. O atacante revelou aos jornalistas espanhóis que seu desejo é voltar ao futebol europeu em julho deste ano, quando acaba seu contrato com o Corinthians.

Disse ainda que prefere o futebol alemão, mas não recusaria ofertas do mercado espanhol. O Valencia chegou a ser citado na conversa. Guerrero afirmou que seu desejo inicial era apenas disputar o Mundial de 2012 pelo Corinthians, e logo voltar para o Velho Continente, mas que o Timão fechou as portas para sua saída.


O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, já tinha afirmado que em contato inicial no início de 2014, Guerrero não quis saber de conversar sobre renovação. O agora candidato à presidência do clube e antigo diretor de futebol, Roberto de Andrade, confirmou a história e disse que apesar da insistência do Corinthians, o peruano preferiu desconversar sobre o assunto.


No final do ano passado, dirigentes do Corinthians se reuniram com os representantes do atleta, e ouviram a inviável proposta de 7 milhões de dólares à vista para uma renovação por três anos. Apesar do susto dos dirigentes, após muitas conversas e contas realizadas, o clube ofereceu 5 milhões de dólares parcelados, além de um super-salário de 500 mil reais.


Cabe aqui lembrar que quando o atacante chegou ao Corinthians, em 2012, estava em baixa no mercado europeu e foi adquirido por 7,5 milhões de reais. Os gols na final do Mundial, as boas partidas pelo Corinthians e agora sua atuação contra o Bayer Leverkusen no torneio da Flórida chamaram a atenção dos clubes médios da Europa.


Guerrero já havia falado em diversas entrevistas aqui no Brasil sobre seu sonho de voltar à Europa. Mas sempre afirmou também que a prioridade era a renovação com o Corinthians. Nesta entrevista à Cadena Copa, ele não apenas "esqueceu" de citar uma possível renovação, como afirmou categoricamente que a partir de julho está aberto para ouvir propostas dos clubes de lá.


Talvez ele tenha se esquecido que vivemos em um mundo globalizado, e tenha pensado que ninguém aqui teria acesso a esse áudio. Mas a entrevista está na internet, para quem quiser ouvir, e agora todo torcedor do Corinthians sabe o verdadeiro desejo do atacante.


PS: por uma destas "coincidências" da vida, um dos empresários de Guerrero, Marcelo Robalinho, está neste momento na Alemanha, país onde Paolo atuou por 10 anos antes de vir ao Brasil.


Corinthians busca renovar com Caixa ou ter novo patrocinador

Estamos já correndo e discutindo com outras empresas. A situação ainda não está definida. O que eu posso dizer é que estou otimista. Tivemos uma reunião nessa semana. Estamos discutindo os termos. As duas partes querem, mas ainda não tem nada acordado. Vamos ter uma nova conversa na semana que vem", afirmou Izael Sinem Jr, em contato com o ESPN.com.br.


"Se não fossem as eleições presidenciais do país, isso já teria sido fechado antes. Mas todas essas mudanças estão influenciando nas nossas conversas. Estamos esperando por um final feliz. Mas não tem nada definido. Nesse fim de semana, a Caixa estará na nossa camisa, independentemente do fim do acordo no dia 31 de janeiro. Se a gente precisar ficar com a camisa vazia um ou dois jogos não será um problema diante da grande parceria que podemos firmar", completou.












 28/01/2015 15h14min51)

Corinthiano Guerrero revela vontade de retornar ao futebol da Europa



No início da semana, o atacante Paolo Guerrero participou de um programa futebolístico que foi ao ar na rádio espanhola Cadena COPE e assumiu a vontade de retornar ao futebol europeu. Com o contrato com o Corinthians terminando em julho, o jogador peruano já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe.

Apesar de ter ditoo que está feliz no Timão e que, no território brasileiro, só atua pelo alvinegro paulista, Paolo Guerrero surpreendeu ao se mostrar animado por voltar a jogar na Europa. Ao ser questionado sobre um eventual retorno ao Velho Continente, Guerrero revelou que era para isso ter acontecido há dois anos, após a final do Mundial de Clubes da Fifa.

“Sim, eu gostaria de voltar à Alemanha. Aliás, minha intenção era voltar (à Europa) depois do Mundial de Clubes. A ideia inicial era vir ao Brasil para ganhar o Mundial de Clubes e voltar para a Europa. Mas não foi possível, porque o Corinthians fechou a porta a todo o mundo”, contou o atleta, que preferiu não dar maiores detalhes sobre o seu futuro.
Divulgação/Agência Corinthians


Com futuro indefinido, Guerrero (C) finaliza normalmente pré-temporada que antecede ao Paulistão

“Não tenho nada definido aqui, em julho meu contrato acaba. Vamos ver. Estou tranquilo, estudando todas as situações que podem me apresentar. Ainda tenho tempo para tomar minha decisão”, comentou Paolo, que aguarda a eleição presidencial do dia 7 de fevereiro para ter uma definição mais assertiva sobre a continuidade no Timão.

Apesar de ter participado integralmente da pré-temporada do time até o momento, viajando aos Estados Unidos e apresentando-se como titular em todos os jogos-treinos, contra Colônia e Bayer Leverkusen, pela Copa Flórida, e diante do Corinthian-Casuals, em amistoso festivo no último sábado, Guerrero manifestou interesse em disputar qualquer campeonato competitivo, seja no Brasil ou no exterior. “Seria tentador estar no Espanhol, por exemplo, com Messi, Neymar e outros. Não defini nada, mas tenho vontade de disputar qualquer campeonato em que o nível de competição é alto”, declarou.














Ainda sem renovar com o Timão, Guerrero fala em voltar à Alemanha
Em entrevista rádio Cadena Cope Madrid, da Espanha, o camisa 9 do Timão não escondeu o desejo de retornar à Europa caso não saia a renovação do seu contrato

LANCEPRESS! - 28/01/2015 - 14:17

Guerrero segue treinando no CT (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

A Alemanha pode ser o destino de Paolo Guerrero após o término do contrato com o Corinthians, que será no dia 15 de julho. Em entrevista à rádio Cadena Cope Madrid, da Espanha, o camisa 9 do Timão não escondeu o desejo de retornar à Europa caso a renovação do seu vínculo com o Alvinegro não seja concretizada.

- Sim, gostaria de voltar à Alemanha. Minha intenção, aliás, era voltar depois do Mundial de Clubes, era vir (para o Brasil), ganhar e voltar para a Europa. Mas não foi possível, porque o Corinthians fechou a porta para todo mundo - afirmou Guerrero.


- Em julho acaba meu contrato, não tenho nada definido aqui. Vamos ver. Estou tranquilo, estudando todas as situações que possam me apresentar. Ainda tenho tempo para tomar minha decisão - completou.

Questionado pelos jornalistas espanhóis se consideraria uma proposta de um clube da Espanha - Valencia foi citado na entrevista -, o atacante disse:

- Sim, claro. Seria tentador estar na Liga Espanhola, com Messi, Neymar e outros. Mas ainda não defini nada - respondeu o peruano.

Entre luvas e salários, o Corinthians ofereceu cerca de R$ 30 milhões por mais três anos de contrato com o jogador, de 31 anos. Seus empresários pediram quase R$ 40 milhões pelo mesmo período e a negociação travou. O presidente Mário Gobbi gostaria de deixar a situação resolvida, mas a falta de sintonia com o trio de agentes não deve colaborar. Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, chegou a buscar informações da situação de Guerrero. O atacante, porém, já afirmou mais de uma vez que, no Brasil, só veste a camisa do Timão.


Hernane é o nome mais comentado e possível para reforçar o Corinthians, que ainda sonha com Vagner Love mesmo com todas as dificuldades dessa negociação. Kieza, do Bahia, surgiu nos últimos dias como uma espécie de plano C para reforçar a equipe na temporada 2015.


















28/01/2015 13h42

Timão dá férias a jovens corinthianos campeões da copinha
Tite quer usar garotos de acordo com a necessidade do elenco profissional e ainda não decidiu quem poderá ganhar uma chance após o período de descanso


Por Carlos Augusto Ferrari


Gabriel ainda não tem lugar garantido no elenco de Tite (Foto: Rodrigo Coca /Ag. Corinthians)

Os corinthianos campeões da Copa São Paulo de Juniores pelo Corinthians terão de esperar até o fim de fevereiro para saber se terão uma chance no elenco profissional. O Timão liberou os jogadores para as férias previstas em lei e só depois delas vai decidir se alguém passará a treinar com o técnico Tite no CT Joaquim Grava.

O treinador quer evitar o inchaço do grupo e, por isso, só dará chance aos novatos em caso de necessidade. Nenhum deles está garantido, nem mesmo os destaques da competição, casos do zagueiro Rodrigo Sam, do volante Marciel, do meia Matheus Cassini e do atacante Gabriel Vasconcelos.

Até mesmo os jogadores que vinham treinando com os profissionais no ano passado não estão certos. São os casos do zagueiro Pedro Henrique, do lateral-esquerdo Guilherme Arana e do atacante Gustavo Tocantins.


Tudo vai depender das movimentações do Corinthians no mercado nas próximas semanas. Tite gostaria de contar com mais um atacante para ser reserva de Paolo Guerrero. Se a diretoria encontrá-lo até o dia 23 de fevereiro, data da reapresentação dos garotos, as chances de Tocantins e Gabriel Vasconcelos diminuem.

O técnico vê a necessidade de reforçar também o setor defensivo. Hoje, o elenco conta com Gil, Felipe, Edu Dracena e Yago. O número é considerado baixo pelo comandante, principalmente pela necessidade de alternar formações durante as competições. Com isso, Pedro Henrique e Rodrigo Sam podem subir.

Marciel poderia ocupar no elenco a vaga que seria de Jonas. O Corinthians tinha tudo acertado com o jogador, mas os problemas políticos do clube fizeram a negociação recuar. Desta forma, ele entraria para compor o setor, que hoje conta com Ralf, Elias, Bruno Henrique e Cristian.


O mesmo acontece com Matheus Cassini. O treinador conta apenas com Renato Augusto, Lodeiro, Jadson e Petros para a área de criação.


28/01/2015 13h35 - Atualizado em 28/01/2015 13h41

Em rádio espanhola, Guerrero diz que prioridade é voltar para a Europa
Peruano diz que já queria ter retornado antes, mas que "Corinthians fechou todas as portas"; contrato termina em julho, e ele já pode assinar com outro clube


Por GloboEsporte.com


Paolo Guerrero quer voltar a jogar na Europa
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Depois de 10 anos na Alemanha e três no Corinthians, Paolo Guerrero quer voltar a jogar na Europa. Em entrevista à rádio Cadena Cope Madrid, da Espanha, o peruano deixou bem claro que sua prioridade é retornar ao Velho Continente.


A preferência seria pela Alemanha - o Hamburgo estaria tentando seu retorno -, mas ele não descartou jogar em outras ligas, como a espanhola.


Como o vínculo com o Corinthians termina em julho, Guerrero já pode assinar pré-contrato com outro clube.


O peruano disse que houve possibilidades para deixar o Corinthians antes, mas que o Timão "fechou todas as portas" para sua saída.


- Sim, gostaria de voltar à Alemanha. Minha intenção, aliás, era voltar depois do Mundial de Clubes, era vir (para o Brasil), ganhar e voltar para a Europa. Mas não foi possível, porque o Corinthians fechou a porta para todo mundo - disse Guerrero.

Sim, gostaria de voltar à Alemanha. Minha intenção, aliás, era voltar depois do Mundial de Clubes, era vir (para o Brasil), ganhar e voltar para a Europa. Mas não foi possível, porque o Corinthians fechou a porta para todo mundo

Paolo Guerrero

- Em julho acaba meu contrato, não tenho nada definido aqui. Vamos ver. Estou tranquilo, estudando todas as situações que possam me apresentar. Ainda tenho tempo para tomar minha decisão - emendou.


Questionado pelos jornalistas espanhóis se consideraria uma proposta de um clube da Espanha - o Valencia foi citado na entrevista -, Guerrero disse que "sim, claro".


- Seria tentador estar na Liga Espanhola, com Messi, Neymar e outros. Mas ainda não defini nada - respondeu o peruano.


O objetivo da diretoria do Corinthians de renovar o contrato de Paolo Guerrero após a pré-temporada nos Estados Unidos provavelmente não vai ser cumprido. A 11 dias da eleição presidencial, a permanência do principal jogador do Timão parece cada vez mais difícil.


Mário Gobbi gostaria de deixar o cargo de presidente com o acordo, no mínimo, encaminhado. No entanto, isso não deverá acontecer. O Corinthians não tem os R$ 18 milhões que o jogador gostaria de receber como luvas, e as conversas entre dirigentes e representantes do atleta sequer foram retomadas depois da virada do ano.


Outro problema é o relacionamento conflituoso entre Mário Gobbi e os representantes de Guerrero. O grupo OTB entrou em atrito com a diretoria em virtude da negociação do atacante Dudu, agora no Palmeiras. Depois entrar em acordo com a empresa, o presidente se recusou a assinar por não concordar com alguns termos, o que causou um mal-estar.


Sem um desfecho para o caso, Guerrero segue ouvindo ofertas de clubes interessados em contratá-lo. Procurado pelo Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, no fim de 2014, o jogador voltou à mira dos europeus depois da boa atuações diante dos alemães Colônia e Bayer Leverkusen, no Torneio da Flórida. O Hamburgo, time de onde saiu para defender o Timão, estaria interessado em contratá-lo novamente.




Elias vê maior possibilidade de ir ao ataque em novo esquema do Timão


Elias considera injustas as críticas que recebeu pelo futebol apresentado no ano passado por dois motivos. Além da condição física, prejudicada por um semestre parado, o meio-campista recebeu de Mano Menezes a incumbência de atuar mais recuado. Agora, com outra instrução de Tite, espera se soltar.


“A gente tem que se adaptar às situações, à filosofia de trabalho, ao esquema tático. Cada treinador tem o seu, e eu sempre respeitei. Se jogo à frente, faço mais gols. Se jogo atrás, tenho outra responsabilidade. O Tite me adiantou e vai cobrar que eu chegue mais dentro da área. Não esquecendo que minha função é a de volante”, afirmou.


O jogador deixou claro que está disposto a fazer o necessário para ajudar, mas também deixou claro que gosta da liberdade para avançar. Ele não terá passe livre para entrar na área adversária, mas também não terá a mesma responsabilidade constante de buscar a bola com os zagueiros, como fazia na temporada passada.


“O Tite pediu o meio-termo. Que eu não fique muito à frente e também não fique muito atrás. Que eu não fique só na saída de bola, mas também não infiltre tanto. Estou consciente, trabalhando nisso. Vou ter um companheiro para me ajudar, o Renato, que vai se revezar comigo nessa função de saída de chegada”, explicou.


A referência é a Renato Augusto, que divide com Elias a faixa central no esquema pelo qual se apaixonou em seu 2014 de estudos. No 4-1-4-1 que vem implantando no Corinthians, o gaúcho quer os dois jogadores se alternando na busca da bola – com os beques e com o cabeça de área Ralf – e na chegada.


O camisa 7 tem responsabilidade defensiva maior do que o camisa 8, mas a expectativa de Elias é tornar mais frequentes suas investidas na área. “Eu conversei com o Tite, ele abriu várias situações. E eu deixei claro onde gosto de atuar. Não abrindo mão da minha característica de chegar, mas tendo obrigação de marcar.”



Fonte: Gazeta Esportiva













Confiante

"O Corinthians está mais intenso", diz Elias

28/01/2015 13:59:14

O jogador do Corinthians comentou sobre as mudanças em relação à última temporada

Elias, volante do Corinthians, exaltou a evolução do time durante a pré-temporada, demonstrando otimismo para a estreia no Campeonato Paulista e na Copa Libertadores da America. Segundo o jogador, o clube está melhor do que no último ano.


"É um time mais intenso. Ano passado, jogávamos no nosso campo e explorava os contra-ataques. Esse ano estamos mais intensos, se expondo um pouco para ter a posse de bola. É questão de momento, todo mundo está bem e focado", disse.


"Estamos evoluindo bem desde o primeiro jogo. Sabemos que temos muito a melhorar conhecendo esse novo esquema do Tite. Temos condições totais para estar 100% dentro de dois ou três jogos", acrescentou.


"O Paulista é um torneio importante, um dos melhores estaduais. Queremos ser campeões. Meu segundo título foi um Paulista invicto. Ali, sim, comecei a me tornar o que sou hoje. Vou querer jogar a maioria das partidas, dar o meu melhor", completou.










28/01/2015 15h27min28)

Corinthiano Elias repete Ronaldo e diz aceitar cobrança
Marcos Guedes

Aliado ao investimento feito em sua contratação e a seu alto salário, o futebol de Elias no Corinthians tem sido alvo de críticas desde a temporada passada. O jogador de 29 anos, companheiro de Ronaldo em sua primeira passagem pelo clube, diz ter aprendido com o Fenômeno a lidar com esse tipo de situação.

“Cada um tem o salário que merece. Se hoje tenho o salário maior do que tinha antes, é porque mereço. A cobrança vai sempre existir. Para uns, mais. Para outros, menos. É preciso estar preparado para isso. Eu me sinto preparado para essa cobrança”, afirmou o volante.

“Se for para me cobrar o deixar os jogadores mais jovens soltos, podem me cobrar. Não tenho as costas largas como as de outros jogadores que já estiveram aqui, como o Ronaldo. Não tenho toda a largura dele, que suporta bastante pressão, mas a gente divide bem. Há gente experiente, o Ralf, o Fábio Santos, o Paolo, o Sheik. A gente consegue absorver para que os jovens tenham tranquilidade”, acrescentou.
Para repatriar Elias, o Corinthians comprou 50% de seus direitos econômicos por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12,2 milhões na cotação da época). Mesmo tendo de abril a julho para entrar em forma, o atleta não rendeu o esperado e usou o primeiro semestre parado como justificativa.

O posicionamento pedido por Mano Menezes também foi citado pelo jogador, que atuou recuado em muitas partidas de 2014 e já não tem essa muleta. Adiantado pelo novo comandante, Tite, e com uma pré-temporada completa, terá de jogar mais. “Podem cobrar.”










Elias prevê Corinthians 100% preparado dentro de 'dois ou três jogos'


Para Elias, o Corinthians vai demorar dois ou três jogos para estar 100%. Segundo o volante, os jogadores ainda estão se adaptando ao esquema tático implantado por Tite, o 4-1-4-1. Com Mano Menezes, no ano passado, o time jogava no 4-4-2.

"Nenhuma equipe hoje pode se considerar pronta para uma temporada longa. Mas estamos evoluindo bem e sabemos que temos muito a melhorar. Estamos conhecendo o novo esquema do Tite e se aperfeiçoando. Daqui dois ou três jogos vamos estar 100%", disse Elias, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

O problema é que o segundo jogo oficial do Corinthians na temporada já é uma decisão. Depois da estreia no Campeonato Paulista, domingo, contra o Marília, na próxima quarta-feira a equipe recebe o Once Caldas na Arena Corinthians, pela fase preliminar da Copa Libertadores - o jogo de volta será dia 11, na Colômbia.


Elias foi um dos jogadores mais afetados pelo mudança no desenho tático do time alvinegro. Agora, ele terá mais liberdade e jogará próximo aos atacantes. "O Tite já avisou que vou jogar mais adiantado, mas sem esquecer que minha posição de origem é segundo volante e tenho de ajudar na marcação", disse.


O Corinthians manteve a base do ano passado. O único titular que deixou o clube foi o zagueiro Anderson Martins. Tite, no entanto, fez duas mudanças na equipe. Petros perdeu a vaga para Lodeiro e Emerson, que retornou de empréstimo do Botafogo, voltou a jogar no ataque ao lado de Guerrero.






















Corinthians trocou contra-ataques por posse e intensidade, diz Elias






Publicado em 28/01/2015, 14:28 /Atualizado em 28/01/2015, 14:30


ESPN.com.br com agência Gazeta Press


A entrada de Tite no lugar de Mano Menezes no Corinthians não é, segundo Elias, a troca de seis por meia dúzia. O volante apontou uma clara diferença de proposta em 2015, com o gaúcho de Caxias do Sul deixando de lado a aposta do gaúcho de Passo do Sobrado nos contragolpes






"É um time mais intenso. No ano passado, a gente chamava um pouco o adversário para o nosso campo e explorava os contra-ataques. Claro, a gente jogava também, mas foi a forma usada pelo Mano. Neste ano, estamos trabalhando mais a bola, até se expondo um pouco para ter a posse", afirmou o meio-campista.







A ideia de Tite é uma marcação adiantada para que a bola seja roubada no campo de ataque. A partir daí, feito o desarme, não há pressa para a definição. A calma na construção das jogadas será a arma para superar equipes retrancadas, como deve ser o Once Caldas, na Arena Corinthians



"Às vezes, vai ser um jogo chato, mas a gente precisa ter paciência e não perder a bola. Tivemos dificuldade no ano passado inteiro com times atrás. Sofremos, perdemos pontos. É preciso ter paciência e rodar a bola, mas sem perder a intensidade", comentou Elias.

No teste do último sábado, contra o defensivo - e amador - Corinthian-Casuals, o resultado não foi dos melhores. Mesmo diante de uma equipe formada por professores e bombeiros, o Corinthians só marcou aos 33 minutos do segundo tempo, já com vários reservas em campo.


A disposição do Marília, no próximo domingo, em Itaquera, não deverá ser muito diferente da adotada pelos ingleses. Será a última chance de fazer os ajustes para o confronto com o Once Caldas, o primeiro no mata-mata com os colombianos por uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores.







video







28/01/2015 13h28
Corinthians pode receber nova oferta do Boca jrs por Lodeiro
: R$ 6,45 milhões
Após tentar o jogador por empréstimo, argentinos agora cogitam comprar 50% dos direitos sobre o uruguaio. Timão, porém, deve rechaçar rechaçar a proposta


Por Carlos Augusto Ferrari e André Hernan

Lodeiro vem treinando como titular
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O Boca Juniors prepara uma nova investida para tirar o meia Lodeiro do Corinthians. O clube argentino vai oferecer US$ 2,5 milhões (R$ 6,45 milhões) para comprar 50% dos direitos sobre o jogador que pertencem ao Timão (a outra metade é de um grupo de empresários). Na primeira tentativa, no fim do ano passado, os argentinos tentaram o atleta por empréstimo. O pedido foi recusado pela diretoria alvinegra. No início deste mês, o agente do jogador, Gerardo Cano, afirmou que a tendência é que o uruguaio se transferisse para o Boca, pois estaria sem espaço no Corinthians. Durante treinos da pré-temporada nos Estados Unidos, porém, Lodeiro disse queria permanecer

O Corinthians não está disposto a liberar o meio-campista e deverá recusar a nova oferta. Lodeiro vem treinando como titular desde o início da pré-temporada e é visto pela diretoria como um jogador com grandes chances de crescimento. No ano passado, ao ser contratado do Botafogo, atuou pouco e não convenceu Mano Menezes.


Tite só aceitaria liberá-lo se recebesse um jogador em troca, já que não tem muitas peças com características semelhantes. Conca era o nome ideal, mas o argentino voltou para o futebol chinês. Para o meio-campo, o Timão hoje conta com Renato Augusto, outro titular, e Jadson, pouco produtivo nos últimos treinos.


TITE OBSERVA INTENSIDADE DOS TREINOS DO CORINTHIANS PARA DEFINIR TITULARES:
video


CASSIO VE TITE MAIS PILHADO EM VOLTA AO CORINTHIANS:


video




















28/01/2015 11h23

No Corinthians, Gil volta, Edu Dracena não treina, e Felipe deve ser titular nas estreias
Edu Dracena tem problema no tornozelo direito e provavelmente não estará em campo pelo Corinthians contra Marília e Once Caldas


Por Carlos Augusto Ferrari


Felipe deve ser titular do Corinthians nas estreias
(Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Tite ainda não confirma, mas Gil e Felipe devem formar a dupla de zaga do Corinthians nas estreias no Campeonato Paulista e na Taça Libertadores. Fisicamente abaixo dos outros jogadores do elenco, Edu Dracena sofreu um contratempo nesta semana e tem chances remotas de ser aproveitado contra o Marília, neste domingo, e o Once Caldas, quarta-feira que vem, ambos na arena.

Gil voltou a treinar nesta quarta depois de ser liberado de dois dias consecutivos para resolver problemas particulares no Rio de Janeiro – o pai dele faleceu. Ele participou normalmente do treino de bolas paradas e aparece como a principal peça do setor defensivo corintiano.


Felipe ficou com a outra vaga. O zagueiro, muito questionado pela torcida por causa de atuações irregulares, provavelmente vai ganhar novas oportunidades com Tite. Além de Dracena não estar pronto, o treinador quer dar ao defensor mais chances para provar que pode ser titular da equipe.


Edu Dracena sequer apareceu no gramado. O zagueiro torceu o tornozelo direito durante o treino de terça-feira e passou toda a manhã fazendo trabalhos na academia. O departamento médico do Timão garante que o problema não é grave, mas a ausência dos treinos atrasa o planejamento da comissão técnica.

Dracena começou a treinar na terça-feira passada e tentava acelerar o processo de recondicionamento físico. No entanto, dificilmente chegará aos primeiros jogos oficiais preparado. As chances aumentam para o segundo duelo diante dos colombianos, dia 11 de fevereiro, em Manizales.

Situação semelhante vive o volante Cristian. O jogador também precisa recuperar a forma para entrar na briga pela vaga. Ele segue treinando na equipe reserva e, pelo menos, deve ficar no banco na Libertadores.








Elias mira início de ano vitorioso no Corinthians: “Todo mundo está focado”
Volante está perto de completar 200 jogos pelo Corinthians e deve atingir a marca em 2015
12h30 28/01/2015 - FutebolAgência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansElias conversa com o técnico Tite no CT Dr. Joaquim Grava






Na manhã desta quarta-feira (28), o elenco do Corinthians voltou a treinar no CT Dr. Joaquim Grava. Na próxima semana, o Timão estreia no Campeonato Paulista e na Copa Bridgestone Libertadores. Após as atividades, o volante Elias concedeu entrevista coletiva e comentou as mudanças do time para 2015, o seu posicionamento dentro de campo e a evolução do time durante a pré-temporada. Confira:

Mudanças em 2015

"É um time mais intenso. Ano passado, jogávamos no nosso campo e explorava os contra-ataques. Esse ano estamos mais intensos, se expondo um pouco para ter a posse de bola. É questão de momento, todo mundo está bem e focado".

Evolução

“Estamos evoluindo bem desde o primeiro jogo. Sabemos que temos muito a melhorar conhecendo esse novo esquema do Tite. Temos condições totais para estar 100% dentro de dois ou três jogos”.

Posicionamento

“Tite pediu meio termo. Que não fique muito na frente e nem muito atrás. Que eu não fique na saída da bola e não infiltre tanto. Estou trabalhando nisso. Vou revezar com o Renato na saída de bola e na chegada. Com o tempo vamos nos aperfeiçoar”.

Campeonato Paulista

"O Paulista é um torneio importante, um dos melhores estaduais. Queremos ser campeões. Meu segundo título foi um Paulista invicto. Ali, sim, comecei a me tornar o que sou hoje. Vou querer jogar a maioria das partidas, dar o meu melhor".

Altitude (O Timão encara o Once Caldas em Manizales (COL), a 2.153m acima do mar)

"É mais o efeito da bola, falta de ar eu não senti. Se for preciso ir antes ou chegar na hora do jogo vai ser válido. É um jogo muito importante".

28/01/2015 12h35
No Corinthians, com técnico Tite, Elias ganha nova função: "É um time mais intenso"
Com Tite, volante passa a atuar mais próximo do ataque e destaca troca de postura da equipe em campo com a chegada do treinador


Por Carlos Augusto Ferrari

Elias destaca nova função no Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Elias começa 2015 em busca de adaptação ao novo esquema tático no Corinthians. Tite passou a usar o esquema 4-1-4-1, deixou de lado o 4-2-3-1 de Mano Menezes e mexeu justamente no posicionamento do volante. Bastante recuado em 2014, ele agora corre contra o tempo para encaixar atuando com liberdade ofensiva.


- Temos de nos adaptar à filosofia de trabalho, ao esquema tático. Cada treinador tem o seu. Se eu jogo mais na frente, vou fazer mais gols. Se eu jogo mais atrás, priorizo marcação e passe. O Mano optou que eu jogasse mais atrás e fui muito bem. Agora, com o novo trabalho, o Tite me adiantou, mas sem esquecer que minha função é ajudar na marcação – afirmou.

O rendimento do meio-campista até o momento, porém, vem sendo questionado. Elias forma pelo lado direito o quarteto com Lodeiro, Renato Augusto e Emerson, mas ainda não convenceu à comissão técnica. Mesmo com a concorrência de Bruno Henrique, o jogador segue como titular de Tite.


No ano passado, o volante viveu situação semelhante. Contratado durante a Copa do Mundo e há seis meses sem atuar, ele teve dificuldades para atuar em alto nível e recebeu críticas. Com Mano, passou a ficar mais atrás para dar qualidade à saída de bola, uma das dificuldades de Ralf.


- Tite pediu meio termo. Que eu não fique muito na frente e nem muito atrás. Que eu não fique na saída da bola e não infiltre tanto. Estou trabalhando nisso. Vou revezar com o Renato na saída de bola e na chegada. Com o tempo vamos nos aperfeiçoar – ressaltou.


O volante acredita que a troca de treinador e de esquema tático alterou também a postura da equipe em campo. O Timão que jogava nos contra-ataques em 2014, agora atua mais agressivamente no setor ofensivo.

- É um time mais intenso. Ano passado, jogávamos no nosso campo e explorava os contra-ataques. Esse ano estamos mais intensos, nos expondo um pouco para ter a posse de bola. É questão de momento, todo mundo está bem e focado.








CORINTHIANS TEM CAMINHO LIVRE PARA CONTRATAR O ATACANTE VAGNER LOVE, QUE RESCINDIU COM SHANDONG. band





'Vágner Love pode vir para o Corinthians', diz China, o Juarez Soares, rede tv
Segundo nosso comentarista, as eleições no clube estão empatadas e o atacante brasileiro pode vir no lugar do ídolo peruano.





FOTOS ARENA CORINTHIANS 







































































































































































































meu timao










28/01/2015 11h32min25)



Gil volta ao trabalho no Corinthians; Edu Dracena fica fora do treino


Marcos Guedes
Fora dos treinamentos de segunda e terça-feira por causa da morte de seu pai, Gil voltou ao trabalho na manhã de quarta. O zagueiro participou da atividade comandada por Tite, que ajeitou o posicionamento defensivo nas bolas paradas, problemático nos amistosos do Corinthians na pré-temporada.


Edu Dracena não lhe fez companhia. O recém-contratado beque de 33 anos, que corre para entrar em forma, torcera o tornozelo direito no trabalho de terça. O contratempo foi minimizado na ocasião, mas o jogador permaneceu em tratamento, diminuindo suas chances de ser aproveitado no fim de semana.


É cada vez mais provável que Felipe seja mesmo o companheiro de Gil na estreia do Corinthians no Campeonato Paulista, no domingo, contra o Marília. O contestado atleta deverá também ser titular no confronto com o Once Caldas, na quarta, pela fase prévia da Copa Libertadores.


As duas partidas estão marcadas para o Estádio de Itaquera. E o treinador avisou que pretende repetir o time. Ideia é que a formação titular chegue ao mata-mata da principal competição sul-americana com algum entrosamento – e animada com uma vitória no primeiro compromisso oficial do ano.











NOTÍCIAS > FIEL TORCEDOR

Vagas de estacionamento esgotadas para Corinthians X Once Caldas11h50 28/01/2015 - Fiel TorcedorAgência Corinthians


Desde o início da manhã desta quarta-feira (28) não existe mais possibilidade de compra de vaga de estacionamento na Arena Corinthians para o jogo entre Corinthians e Once Caldas (COL), que marca a estreia na Copa Bridgestone Libertadores e acontecerá em exatamente uma semana. As reservas não confirmadas (pagas) voltarão para o sistema nesta quinta (29) e estarão novamente à disposição para venda exclusivamente pelo www.fieltorcedor.com.br e para os sócios do programa que adquiriram ingresso para a partida.
Para a estreia no Campeonato Paulista, que acontece neste domingo (01) contra o Marília, a venda de vagas de estacionamento na Arena Corinthians prossegue normalmente até às 17h desta quinta (29) também pelo www.fieltorcedor.com.br.



















Venha curtir o último fim de semana do Projeto Verão

Não perca a última oportunidade de curtir o verão no Parque São Jorge

11h30 28/01/2015 - SocialAgência Corinthians



© Rodrigo Coca/Ag. CorinthiansVenha curtir essa grande festa!


Neste final de semana, o Parque São Jorge receberá pela última vez o Projeto Verão. Confira a programação completa para a última edição do evento:

Sábado (31) :
· 10:30 hs as 11:30 hs – Aulas de Ritmos – Parque Aquático – Publico: Adulto

· 11:00hrs as 15:00hrs - Recreação Infantil – Equipe de Lazer Quebra Gelo (Ponto de encontro – Praça Principal) – Publico: Família;

 11:00hrs as 15:00hrs – Brinquedos Infláveis – Praça Principal (próximo à enfermaria);

· 11:00hs as 15:00hs – Corinthians Weekend Food Truck – próximo ao Parque Aquático – Publico: Família;

· 13:30hrs: Projeto Summer Camp – Hidro Kids – Parque Aquático – Publico: Família;

· 12:00hs as 16:00hs – Projeto Summer Camp – Recreação Infantil – Parque Aquático - Publico: Família;




Domingo (01) :
· 10:30 hs as 11:30 hs – Aulas de Zumba – Tenda Fitness – Publico: Adulto


· 11:00 hs as 15:00hs - Recreação Infantil – Equipe de Lazer Quebra Gelo (Ponto de encontro – Praça Principal) – Publico: Família;

· 11:00hs as 15:00hs – Brinquedos Infláveis – Praça Principal (próximo à enfermaria);
· 11:00hs as 15:00hs – Corinthians Weekend Food Truck – próximo ao Parque Aquático – Publico: Família;









Corinthians confia no zagueiro Felipe

Leonardo Soares/UOL
Felipe chegou ao Corinthians em 2012 e já teve dispensa vetada por Tite
Felipe é titular em todos os treinamentos desde que Tite retornou ao Corinthians. Também foi a primeira escolha nos três jogos já realizados na pré-temporada. E, no discurso dentro do clube atualmente, a intenção clara é de tentar provar que ele pode ser importante para os planos em 2015.

Contratado por um salário considerado de primeira linha, o zagueiro Edu Dracena, por enquanto, treina entre os reservas. Na avaliação da comissão técnica, ele não está tão distante fisicamente do elenco, mas a tendência é que Tite inicie 2015 com Felipe no time. E isso inclui o jogo decisivo com o Once Caldas-COL pela primeira fase da Copa Libertadores da América, 4 de fevereiro.

Nesta terça-feira, o goleiro Cássio reafirmou um papel que diversos corintianos têm adotado em 2015 e encheu o zagueiro de moral. "Temos total confiança no Felipe. Quando ele foi criticado, deu respostas. Temos total confiança nele", insistiu. Depois, a pedido de um repórter, o camisa 12 comparou os dois defensores.

"O Felipe é um jogador jovem, não tem tanta experiência. O Edu Dracena foi capitão por onde passou, tem uma bagagem grande, foi campeão. Esse tipo de jogador tem muito a acrescentar. O Felipe foi muito criticado, é bastante novo, mas depois teve uma resposta boa. Ele foi muito bem no fim do Brasileiro. O Edu Dracena é muito confiável e o Felipe é totalmente confiável", disse o goleiro Cássio, um dos líderes do elenco.

Há duas semanas, Tite se manifestou publicamente sobre o zagueiro que mantém como titular. E o discurso, adivinhe, também foi idêntico. "O Felipe vem se construindo e crescendo ao longo desse tempo, e vai amadurecendo. Ele está pronto para brigar pela titularidade. Precisa de confiança e naturalidade com o peso e expectativa que gera a camisa do Corinthians. Estou muito tranquilo quanto a ele", declarou o treinador.

O gerente de futebol Edu Gaspar foi outro a tentar dar moral para Felipe no início de 2015. "Acreditamos muito na evolução do Felipe. Ele fez um segundo semestre muito bom, tem características interessantes e o Tite sempre elogiou muito. Acreditamos que ele possa suprir", comentou na ocasião.


































28/01/2015 12h42min52)
Elias vê maior possibilidade de ir ao ataque em novo esquema do Timão


Marcos Guedes
Elias considera injustas as críticas que recebeu pelo futebol apresentado no ano passado por dois motivos. Além da condição física, prejudicada por um semestre parado, o meio-campista recebeu de Mano Menezes a incumbência de atuar mais recuado. Agora, com outra instrução de Tite, espera se soltar.

“A gente tem que se adaptar às situações, à filosofia de trabalho, ao esquema tático. Cada treinador tem o seu, e eu sempre respeitei. Se jogo à frente, faço mais gols. Se jogo atrás, tenho outra responsabilidade. O Tite me adiantou e vai cobrar que eu chegue mais dentro da área. Não esquecendo que minha função é a de volante”, afirmou.

O jogador deixou claro que está disposto a fazer o necessário para ajudar, mas também deixou claro que gosta da liberdade para avançar. Ele não terá passe livre para entrar na área adversária, mas também não terá a mesma responsabilidade constante de buscar a bola com os zagueiros, como fazia na temporada passada.
“O Tite pediu o meio-termo. Que eu não fique muito à frente e também não fique muito atrás. Que eu não fique só na saída de bola, mas também não infiltre tanto. Estou consciente, trabalhando nisso. Vou ter um companheiro para me ajudar, o Renato, que vai se revezar comigo nessa função de saída de chegada”, explicou.
A referência é a Renato Augusto, que divide com Elias a faixa central no esquema pelo qual se apaixonou em seu 2014 de estudos. No 4-1-4-1 que vem implantando no Corinthians, o gaúcho quer os dois jogadores se alternando na busca da bola – com os beques e com o cabeça de área Ralf – e na chegada.

O camisa 7 tem responsabilidade defensiva maior do que o camisa 8, mas a expectativa de Elias é tornar mais frequentes suas investidas na área. “Eu conversei com o Tite, ele abriu várias situações. E eu deixei claro onde gosto de atuar. Não abrindo mão da minha característica de chegar, mas tendo obrigação de marcar.”
















Elias mira início de ano vitorioso: “Todo mundo está focado”

Volante está perto de completar 200 jogos pelo Corinthians e deve atingir a marca em 2015

12h30 28/01/2015 - FutebolAgência Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansElias conversa com o técnico Tite no CT Dr. Joaquim Grava

Na manhã desta quarta-feira (28), o elenco do Corinthians voltou a treinar no CT Dr. Joaquim Grava. Na próxima semana, o Timão estreia no Campeonato Paulista e na Copa Bridgestone Libertadores da América. Após as atividades, o volante Elias concedeu entrevista coletiva e comentou sobre as mudanças do time para 2015, o seu posicionamento dentro de campo e a evolução do time durante a pré-temporada. Confira:
Mudanças em 2015
"É um time mais intenso. Ano passado, jogávamos no nosso campo e explorava os contra-ataques. Esse ano estamos mais intensos, se expondo um pouco para ter a posse de bola. É questão de momento, todo mundo está bem e focado".


Evolução
“Estamos evoluindo bem desde o primeiro jogo. Sabemos que temos muito a melhorar conhecendo esse novo esquema do Tite. Temos condições totais para estar 100% dentro de dois ou três jogos”.

Posicionamento

“Tite pediu meio termo. Que não fique muito na frente e nem muito atrás. Que eu não fique na saída da bola e não infiltre tanto. Estou trabalhando nisso. Vou revezar com o Renato na saída de bola e na chegada. Com o tempo vamos nos aperfeiçoar”.


Campeonato Paulista
"O Paulista é um torneio importante, um dos melhores estaduais. Queremos ser campeões. Meu segundo título foi um Paulista invicto. Ali, sim, comecei a me tornar o que sou hoje. Vou querer jogar a maioria das partidas, dar o meu melhor".
Altitude (O Timão encara o Once Caldas em Manizales (COL), a 2.153m acima do mar)
"É mais o efeito da bola, falta de ar eu não senti. Se for preciso ir antes ou chegar na hora do jogo vai ser válido. É um jogo muito importante".















ARENA CORINTHIANS

Vidros da cobertura do setor Oeste começam a ser instalados na Arena Corinthians

No total, serão colocados 1.188 vidros nas coberturas dos setores Oeste e Leste do estádio alvinegro
11h 28/01/2015 - Arena CorinthiansAgência Corinthians


© DivulgaçãoA instalação dos vidros da cobertura dos setores Oeste e Leste foi iniciada

Começou na Arena Corinthians o trabalho de instalação dos vidros das coberturas dos setores Oeste e Leste. Serão colocados 1.188 vidros duplos temperados laminados de 16 milímetros cada nos locais.
O processo foi iniciado na cobertura do Oeste. Os Vidros são opacos perto da cobertura e transparentes na pontas

Além de os vidros cobrirem a torcida da chuva nesses setores, o efeito degradê deles ajuda a melhorar as imagens do jogo no estádio nas transmissões ao vivo das TVs.
O trabalho de cobertura da Arena Corinthians está em reta final. As lonas que cobrem a parte inferior dos arcos do setor Norte já foram instaladas, e o processo no arco do Sul está em andamento.































CULTURAL

Confira as atrações do Festival de Teatro Corinthians em Cena para este fim de semana

A segunda semana do Festival trás atrações inéditas para todas as idades
10h50 28/01/2015 - CulturalAgência Corinthians


© DivulgaçãoNão perca tempo! Garanta seu ingresso e venha curtir essa grande festa!



No próximo fim de semana (31 e 01), o Corinthians recebe grandes atrações no Festival de Teatro Corinthians em Cena. No dia 30 de janeiro a peça “A culpa é das estrelas, OK?”, uma obra ambiciosa e emocionante, chega ao Parque São Jorge. A peça narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

Dia 31/01
"Aladin e o Gênio Malucão", um dos melhores clássicos da literatura mundial dos contos de “mil e uma noites”, apresentada de uma maneira dinâmica e super divertida, que vai encantar adultos e crianças.Venham assistir um espetáculo divertido, colorido, e que ao final, transmite uma bela mensagem de solidariedade e esperança para todos.

“Pra que fazer isso” é uma nova montagem do ator e humorista Eros Prado, conhecido como Inconveniente do programa Pânico na Band. Atualmente, é uma das peças mais irreverentes e dinâmicas, uma vez que em todo o tempo, a plateia é a grande protagonista, já que participa e contribui com o espetáculo.




Serviço:

“A Culpa é das Estrelas, OK?”

Censura: Livre

Gênero – Romance

Duração: 80 minutos

Teatro Corinthians

Rua São Jorge, 777 (Clube Corinthians) - Tatuapé/SP

Infs: 2095-3000/Ramal 3175 ou 4305 2421

Única apresentação: Sexta, 30/01 ás 22h

Lotação: 380 lugares

Ingressos: R$ 50,00 inteira – R$ 25,00 meia-entrada

Sócio do clube e Fiel Torcedor (com comprovantes): R$ 20,00






“Aladin e o Gênio Malucão”

Censura: Livre

Gênero – Infantil

Duração: 60 minutos

Teatro Corinthians

Rua São Jorge, 777 (Clube Corinthians) - Tatuapé/SP

Infs: 2095-3000/Ramal 3175 ou 4305 2421

Única apresentação: Sábado, 31/01 às 16h

Lotação: 380 lugares

Ingressos:

R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia entrada

Sócio do clube e Fiel Torcedor (com comprovantes): R$ 15,00


















FUTSAL

Promovido ao elenco adulto, Gabriel se espelha em Simi

Destaque do time Sub-20 na última temporada, pivô balançou a rede 27 vezes e foi destaque do time que venceu 28 de 30 jogos

09h30 28/01/2015 - FutsalAgência Corinthians
© Rodrigo Coca/Agência CorinthiansGabriel foi destaque do time Sub-20 em 2014

Em 2014, o Sub-20 do Corinthians/UNIP teve campanha irretocável. Em 30 jogos, os garotos do Timão venceram 28, além de conquistar os títulos do Estadual e Metropolitano. Entre os destaques, esteve Gabriel, artilheiro do grupo com 27 gols.
Promovido ao elenco adulto em 2015, o pivô concedeu entrevista ao Globoesporte.com e declarou que almeja mais um ano de sucesso, com premiações coletivas e individuais: “Vou trabalhar para ser artilheiro novamente. Quero crescer aos poucos para manter o nível técnico que jogava nas categorias de base. Estar no profissional do Corinthians é um sonho que estou realizando. Vou fazer de tudo para essa torcida e vou tentar sair com o título”.
Depois de três anos nas categorias menores do Parque São Jorge, Gabriel se espelha no também pivô Simi, que inicia a sétima temporada com o manto alvinegro: “Tenho o Simi como um grande exemplo dentro e fora de quadra. Ele é um cara sensacional, tenho aprendido muito com ele desde o ano passado. Fora outros grandes jogadores, como Deives, Neto e Valdin. É aprender o máximo possível”, finalizou.











CORINTHIANS TEM CAMINHO LIRE PARA ACERTAR COM CENTROAVANTE VAGNER LOVE
Nesta semana, o atacante Vagner Love teve seu nome especulado no Corinthians como mais um possível reforço para a temporada 2015, mas o salário que o atleta recebia no Shandong Lunengera um grande problema... era. Nesta quarta-feira, o atacante acertou sua rescisão contratual com o clube chinês, e está livre para acertar com qualquer equipe.













Corinthians atento: Altitude de Manizales e bola diferente na Libertadores da América preocupam Cássio
Marcos Guedes 28 JAN 2015 07h41
Cássio teve duas experiências em partidas disputadas a mais de 2.000 metros de altitude. Só levou um gol, sem influência da elevação do terreno, mas não guardou com carinho a experiência que repetirá no próximo mês, em partida decisiva do Corinthians na Copa Libertadores.

"A bola fica mais rápida mesmo. É complicado", afirmou à Gazeta Esportiva o goleiro, responsável por defender a meta alvinegra nos 2.150 metros de Manizales. Será em um ambiente adverso, no dia 11 de fevereiro, que a equipe do Parque São Jorge tentará avançar à fase de grupos da principal competição sul-americana.


Os dois jogos de Cássio em condições semelhantes aconteceram na Libertadores de 2013. A primeira delas foi em 20 de fevereiro, em Oruro, no empate por 1 a 1 com o San José - jornada na qual morreu o jovem Kevin Beltrán, atingido por um sinalizador naval. A cidade boliviana fica a mais de 3.700 metros do nível do mar.Um mês e meio depois, em 3 de abril, em Bogotá, o arqueiro conseguiu evitar qualquer gol do Millonarios, superado por 1 a 0 pelo Corinthians em uma altitude de pouco mais de 2.600 metros. O desafio será menor desta vez, mas o treinamento, semelhante, com muitos chutes e cruzamentos na véspera do jogo.


A ideia é acertar o tempo da bola com menor resistência do ar, que não será o único problema. "A bola da Libertadores é diferente, de outro fabricante. Agora que estamos nos acostumando à bola do Campeonato Paulista, estreamos no domingo. Na segunda, treinamos com outra. Isso complica para o goleiro."


















Gobbi faz balanço de sua gestão no Corinthians: 'Faria tudo de novo'
Presidente, em fim de mandato, comentou sobre seus três anos à frente do Timão
RADAR/LANCEPRESS! - 27/01/2015 - 23:45
Prestes a concluir sua passagem como presidente do Corinthians, Mário Gobbi falou, nesta segunda, no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, sobre muitos assuntos que circundaram seu mandato. Gobbi não poupou críticas à imprensa e a outros orgãos, declarou não ter arrependimento de suas ações no poder e afirmou que "faria tudo de novo".
Confira os principais trechos da entrevista:
PROCESSO DE ESCOLHA DO SUCESSOR DE ANDRÉS
"Quando começou o processo de escolha do sucessor do Andrés Sanchez, começaram a surgir desavenças, porque haviam outros que queriam (o cargo). Há quem se sentia rejeitado, não agraciado. O nosso grupo cuidava do futebol. Os outros pensavam nos 11 (jogadores) dentro das quatro linhas e eu pensei em não me preocupar nisso. Pensei em gestão, estatuto. Quis estudar isso. Quando nós ganhamos a eleição nos sócios, elegemos 100 membros para o conselho. Se eu fosse presidente do conselho, eu não teria ido para o futebol. [Gobbi foi diretor de futebol do Corinthians]Eu jamais me credenciaria a ser candidato."
Perguntado se houve racha no grupo que assumiu o Corinthians, após a gestão de Alberto Dualib, Gobbi se esquivou.
- Racha acho uma palavra um pouco forte. É natural. Um grupo começa, todos estão do mesmo lado, até a hora em que os dissabores começam. Um ali, outro aqui. As relações ficam desgastadas. Nós já estamos no poder há sete anos, fora a montagem disso tudo. Então, o ser humano tem as vaidades dele. Surgem ciúmes, inveja. Isso tem bastante. - afirmou Gobbi
RELAÇÃO COM ANDRÉS SANCHEZ
" (Andrés) Nunca remou contra. Tem muita gente que rema contra. Remaram três anos contra. É duro você saber disso, sentir, perceber, confirmar, sentir e não poder fazer nada. Você convive num big brother, mas a gestão tinha que ir até o fim."
ARREPENDIMENTOS
" Todas as conquistas foram fruto de um trabalho que começou em dezembro de 2007, com o time caindo (para a Série B). Foi uma sequência de trabalho: De 2008 até 2014. Foi uma sequência, graças a muita gente e não a duas ou três pessoas. Não me arrependo de nada, nem da contratação do Alexandre Pato. Na época, era uma coisa que já vinha. Muitas pessoas do marketing foram consultadas. Era um projeto grande, mas o Pato não vingou. Ele tinha 22 anos, um futuro brilhante. Se jogasse dois anos bem, iríamos ganhar o dobro do que gastamos. Como eu iria adivinhar que ele não iria jogar no Corinthians? Eu faria tudo de novo."
RELAÇÃO COM AS TORCIDAS ORGANIZADAS
"Não sei como funciona com os outros. Falo dos meus três anos. Respeito diálogo e mais nada. Só isso. Por exemplo, após o time ter perdido na Copa do Brasil, recebi a torcida na minha sala. Fizeram protesto no CT e disseram que queriam demitir o Mano. Eu não ia demitir o Mano. Sabia o que estava acontecendo, porque o time oscilava, mas disse para eles terem paciência que, no fim do ano, teríamos um time de respeito. Eles disseram que iriam entrar na minha casa. Insinuaram isso, mas eu não admiti. Eles (torcidas organizadas) são uma associação. Quem tem quer mexer (com eles)? Eu tenho que montar o time. Meu ramo é direito. Não sei se alguém (aqui) cursou. É difícil falar com quem não é do ramo. É o Corinthians que tem que acabar com isso? É voz corrente que as torcidas são problemas por causa de brigas. A responsabilidade do clube é zero! A responsabilidade é total do torcedor. Você tem que identificar o autor e puní-lo. Existe um órgão que tem atribuição para fechar (as torcidas organizadas) e ninguém cobra esse órgão. Passa-se a imagem de que os clubes tem que fechar e combater as organizadas. Isso não é função minha, e sim estatal. Está na constituição. Não tirei isso do gibi do Tio Patinhas. Você quer que eu eu abra concuso e faça uma guarda para dar segurança pública?"
DISPAROS CONTRA A IMPRENSA
"Vocês têm medo de falar do Ministério Público. Eu fui um presidente regular para medíocre, mas o nível da imprensa do Brasil é muito baixo. Vocês só cobram do clube."
TITE
"Estive com o Tite sábado. Nossa relação é muito boa. Ele esteve quatro vezes para sair, uma delas ele pediu. Quanto mais próximo o time ficava da zona de rebaixamento (em 2013), mais o assunto esquentava. Eu não queria que ele saísse no meio do campeonato. Ele não merecia isso. Quando ele se demitiu, eu esperei ele no ônibus e disse para ele que ele não iria sair iria ficar até o fim do contrato. No entanto, o time estava a três pontos da zona do rebaixamento. Eu nem dormia mais. Tinha que ser feita uma renovação, mas não havia condição dele fazer pelo vínculo forte que ele (Tite) tinha com o grupo."
VIABILIDADE DA ARENA
"O prazo é de 10 anos. Acho que com o término das obras do shopping, restaurante, com os shows, a casa de festas, e tantas outras coisas, mais o naming rights, creio que em dez anos isso será pago. O naming rights esteve pra acontecer. Eu assinei duas vezes a autorização, mas não aconteceu. Uma empresa era de fora (do país) e a outra era nacional."
SITUAÇÃO ECONÔMICA DO FUTEBOL BRASILEIRO
"Eu fiz parte da comissão da CBF para fazer o Proforte (programa de renegociação das dívidas dos clubes brasileiros). Posso dizer que a situação dos clubes não é boa. É ruim. O proforte seria uma forma de pagar a dívida dos clubes em 25 anos. A partir dali, o dirigente que gastasse mais do que o clube arrecada teria pena técnica do time cair de divisão e responderia (o dirigente), pessoalmente, pelos seuas atos. Não foi aprovada e, logo após, pedimos que a Dilma fizesse uma medida provisória (MP), embora fosse uma ato anti-democrático, mas a MP serve pra isso. Mas, a presidente entendeu que não deveria fazer. A MP foi pra o congresso, encheram de emendas e o que sobrou da medida não serve para o Corinthians."
CASO GUERREIRO
"Nós pensamos e fizemos uma contra-proposta e ele não aceitou. Estamos tentando equacionar os interesses dele - de quanto ele acha que vale - e de quanto o clube acha que pode pagar. Queremos que ele fique. É um ídolo meu e do clube. Talvez, eu não consiga, nesses oito dia que eu tenho, (renovar o contrato dele) mas espero que o sucessor consiga. É dificil pois são valores altos."
MARKETING SEM PROTAGONISMO
"O marketing começou a mil. Era uma novidade e incendiou o futebol. Aí veio o cume: Ronaldo. Ele saiu, e fomos buscar um ícone de marketing. O gerente de maketing dizia que para o marketing funcionar, o futebol precisava ganhar títulos. Ganhamos tudo, mas a economia mudou. Após a eliminação da Libertadores de 2013, começamos a perder receita. Os empresários começaram a guardar dinheiro para investir na Copa e os clubes ficaram em quinto plano. Foi um baque no dinheiro do futebol."
REFORÇOS
"Acho que em dezembro o Corinthians tinha um time montado, estruturado e com padrão de jogo. Fomos campeões do segundo turno do Brasileirão. Queríamos quatro ou cinco peças, que vieram. Acho que os meninos da base vão dar frutos. Nosso time sub-20 venceu o Paulista, Brasileiro e Copinha. Temos valores que, nos próximos dois anos, vão dar frutos."
LEGADOS AO SUCESSOR
"Ele vai encontrar um clube como o Corinthians nunca teve: Reformulado, remodelado, com benfeitorias e melhorias aos sócios jamais vistas. Vai encontrar o início da consturção do CT da base, que está pronto para o plantio da grama. O CT dos profissionais com inumeras melhorias. No entanto, vai encontrar uma situação bastante difícil financeiramente. O grande desafio do presidente é passar por 2015, porque em 2016 os contratos triplicam."
DÍVIDA REAL
"Não fui eu que criei (a dívida). Nós investimos muito no futebol. Os impostos que tivemos que pagar. Fomosm investigados e tomamos punição. São 50 milhões a pagar e isso pesa. Vai haver reunião, dia 2/02, e o balanço será publicado."













Corinthians pode perder Guerrero sem ser notificado
por Fábio Suzuki em 28.jan.2015 às 6:39h



Guerrero estaria na mira do Hamburgo, segundo divulgou o jornal alemão Bild

Caso o interesse do Hamburgo em Guerrero seja real, conforme divulgou o jornal alemão “Bild”, o Corinthians poderá perder seu atacante sem ser notificado. Por se tratar de uma negociação internacional, a Fifa não obriga que o clube interessado notifique o time que detém os direitos do atleta. “Tal aviso só deve ocorrer quando as tratativas envolverem dois clubes brasileiros”, diz o advogado Eduardo Carlezzo, especialista em direito esportivo. O acordo de Guerrero com o clube termina em julho.

Lugar marcado
O Corinthians deve anunciar nos próximos dias a venda das cadeiras cativas de sua arena onde os torcedores poderão adquirir assentos para toda a temporada de jogos. A comercialização envolverá as cadeiras do Setor Oeste do estádio, com 100% do nível superior e metade (parte central) do nível inferior. Todo o setor tem cerca de 15 mil assentos e é o mesmo onde estão situados os camarotes da arena corintiana.

Figurinha difícil
Emerson Sheik não quis tirar foto para a sessão ‘elenco’ do site do Corinthians nos EUA sob argumento de que estava com pontos na testa após trombada com o lateral Uendel. A delegação voltou há mais de uma semana ao Brasil e a foto do jogador na página segue a antiga, com modelo de camisa e patrocinador que não são os atuais. Esse já não é a primeira vez que o clube tem dificuldade de convencer o atacante a participar dos eventos oficiais

















Timão não vê Edu Dracena 100%, e Felipe deve ser titular contra o Once Caldas
Diretoria contratou jogador experiente para a competição sul-americana, mas quem deve iniciar decisão diante dos colombianos será o jovem, que tem apoio de Tite


Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 28/01/2015 - 07:00

Felipe iniciou 2015 como titular (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

O Corinthians contratou o experiente Edu Dracena, mas Felipe é quem deve ser o responsável, ao lado de Gil, para comandar a defesa na primeira decisão de 2015, diante do Once Caldas, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians, pela primeira fase da Copa Libertadores.

Entre membros da comissão técnica, é consenso que Edu Dracena não terá condição plena para atuar 90 minutos no duelo. Ele, inclusive, é dúvida para a estreia no Paulistão diante do Marília, neste domingo. Se tiver condições, será para ficar no banco. A chegada tardia ao elenco, com o fato de ter perdido alguns dias da pré-temporada, deixaram-no abaixo dos demais companheiros. A meta, para ele, é torná-lo pronto para o clássico contra o Palmeiras, no dia 8, e o duelo de volta contra o Once Caldas, no dia 11.


Felipe é contestado internamente, mas é bem visto por Tite. O treinador faz questão de incentivá-lo desde os primeiros dias da temporada e garante que ele tem condições de segurar a bronca. Em 2013, o jogador estava na lista de dispensas, prestes a sair, mas uma ótima atuação em um duelo diante do Bahia, no Pacaembu, fez o técnico mudar de ideia.

Com 25 anos, o zagueiro chegou contratado do Bragantino em 2012 e nunca conseguiu se firmar. Quando teve chance, viveu altos e baixos, e falhas o marcaram como um zagueiro “de risco”. Na próxima quarta, ele terá o principal desafio da carreira

Dracena dá susto e sai de treino

Com a ausência de Gil, Dracena chegou a treinar como titular na segunda parte do treino tático de terça. Após tentar cortar uma bola, ele sofreu uma leve entorse no tornozelo direito e deixou o campo. Segundo o clube, porém, não preocupa e ele treinará nesta quarta sem problema.









28/01/2015 08h00

Agora profissional, destaque da base mira manter artilharia no Corinthians
Maior goleador do futsal sub-20 do Timão em 2014, Gabriel se anima com promoção à equipe principal: "É um sonho. Meu trabalho foi reconhecido"


Por Marcos Guerra

Destaque na base, Gabriel foi promovido ao time principal (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Gabriel é só sorrisos. O pivô de apenas 20 anos colhe os frutos da temporada brilhante de 2014 à frente da equipe sub-20 do futsal do Corinthians. Maior goleador do Campeonato Paulista e campeão sul-americano pela seleção brasileira sub-20, o destaque da base encara um novo desafio este ano: atuar entre os profissionais do Timão. Empolgado, ele mira mostrar no time principal a mesma pontaria calibrada para brigar pela artilharia no time principal.


- Vou trabalhar para isso (ser artilheiro novamente). Quero crescer aos poucos para manter o nível técnico que jogava nas categorias de base. Estar no profissional do Corinthians é um sonho que estou realizando. Fiquei três anos nas categorias de base, e meu trabalho foi reconhecido. Agora vou fazer de tudo o possível para essa torcida e vou tentar sair com o título - disse Gabriel.


O pivô puxa a fila de jogadores promovidos da base para o profissional do Corinthians - o goleiro Luiz Gustavo, o ala Arthur, o fixo Douglas e o ala Leandro Lino completam a lista, sendo que os dois últimos ainda intercalarão atuações na equipe sub-20. Eles dão uma nova cara ao Timão, que ainda apresentou oito reforços no início da pré-temporada, na última segunda-feira.

Gabriel foi o artilheiro do sub-20 do Corinthians, com 27 gols (Foto: Ronaldo de Oliveira Santos/Divulgação)

Gabriel era o capitão da equipe sub-20 e foi o artilheiro da temporada com 27 gols, liderando a campanha de 28 vitórias em 30 jogos. Ele busca seguir os passos do pivô Simi, que está entrando na sétima temporada seguida à frente do Corinthians.


- Tenho o Simi como um grande exemplo, dentro e fora de quadra. Ele é um cara sensacional, tenho aprendido muito com ele desde o ano passado. Fora os outros grandes jogadores, como Deives, Neto e Valdin. É aprender ao máximo possível. Aprender com esses exemplos que tenho aqui. Vou fazer o máximo para manter o resultado do trabalho - disse Gabriel.


A estreia de Gabriel como profissional do Corinthians ainda não tem data definida. O time está em pré-temporada de olho na Liga Paulista, que começa em março.

Equipe de futsal do Corinthians é apresentada (Foto: Divulgação/Corinthians)














28/01/2015 08h00 - Atualizado em 28/01/2015 08h00

Assédio aumenta, e renovação de Guerrero emperra perto da eleição
Grupo da situação não acredita em acordo até o 7 de fevereiro e conversas devem ficar para depois do pleito. Jogador é procurado por mais clubes


Por Carlos Augusto Ferrari


Guerrero ainda não sabe qual será o seu futuro (Foto: Marcos Ribolli)

O objetivo da diretoria do Corinthians de renovar o contrato de Paolo Guerrero após a pré-temporada nos Estados Unidos provavelmente não vai ser cumprido. A 11 dias da eleição presidencial, a permanência do principal jogador do Timão ainda é uma incógnita. Enquanto isso, o centroavante começa a entrar na mira de outras equipes do futebol internacional.

Mário Gobbi gostaria de deixar o cargo de presidente com o acordo, no mínimo, encaminhado. No entanto, isso não deverá acontecer. O Corinthians não tem os R$ 18 milhões que o jogador gostaria de receber como luvas, e as conversas entre dirigentes e representantes do atleta sequer foram retomadas depois da virada do ano.

Tanto o lado de Guerrero quanto o da direção e do grupo da situação na eleição consideram que a renovação até o dia 7 de fevereiro, data do pleito, é improvável. O Timão sofre com a falta de recursos até mesmo para colocar em dia o pagamento dos direitos de imagem de parte do elenco.

Outro problema é o relacionamento conflituoso entre Mário Gobbi e os representantes de Guerrero. O grupo OTB entrou em atrito com a diretoria em virtude da negociação do atacante Dudu, agora no Palmeiras. Depois entrar em acordo com a empresa, o presidente se recusou a assinar por não concordar com alguns termos, o que causou um mal-estar.

A tendência é esperar que as urnas mostrem o caminho. Se Roberto de Andrade, candidato da situação, vencer a eleição, o acordo tende a sair com mais facilidade, mesmo o dirigente não abrindo mão de uma redução da pedida – o Timão oferece R$ 13 milhões. Caso a vitória seja do oposicionista Antônio Roque Citadini, as negociações começarão do zero, já que toda a diretoria do departamento de futebol será trocada.


Sem um desfecho para o caso, Guerrero segue ouvindo ofertas de clubes interessados em contratá-lo. Procurado pelo Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, no fim de 2014, o jogador voltou à mira dos europeus depois da boa atuações diante dos alemães Colônia e Bayer Leverkusen, no Torneio da Flórida. O Hamburgo, time de onde saiu para defender o Timão, estaria interessado em contratá-lo novamente.


Guerrero dá prioridade ao Corinthians e só aceita conversar com clubes depois que toda as possibilidades forem esgotadas com o Timão. Ele descartou continuar no Brasil para defender outra equipe. Como tem contrato até 15 de julho, o centroavante pode assinar um pré-contrato com qualquer time.
















Corinthians ajuda Corinthian Casuals a sobreviver

Gazeta Press

O Corinthian-Casuals nunca vendeu tantas camisas como na última semana. Em excursão peloBrasil para fazer um amistoso festivo com o Corinthians, o clube amador da Inglaterra ganhou até patrocinadores

Para Chris Watney, diretor comercial do clube que inspirou o Corinthians (e atacante nas horas vagas), a vinculação com o time brasileiro é essencial para a sobrevivência do Corinthian-Casuals. "Estamos morrendo. É muito difícil que um clube amador consiga se manter vivo. Quase todos os times que enfrentamos pagam os seus jogadores. Nós, não. A situação é triste. Quase morremos três vezes nos últimos dez anos. Os nossos portões seriam fechados pela última vez, por falta de dinheiro, e 132 anos de história iriam embora", lamentou.

Chris entrou em contato com a história gloriosa do Corinthian quando conheceu o Corinthians, em 2001. Integrante da delegação britânica que tirou dinheiro do próprio bolso (em 2015, o presidente Mário Gobbi aceitou arcar com as despesas) para disputar um amistoso no Parque São Jorge naquele ano, ele se encantou com a paixão que encontrou no Brasil. Abdicou do sonho de ser jogador profissional, passou a estudar o passado do time de Tolworth e achou por bem usar a sua formação em cinema para produzir um documentário."O filme ‘Vai, Corinthians’ se propõe a contar a história inglesa do Corinthians brasileiro. Tivemos jogadores fantásticos no nosso clube e optamos pelo amadorismo. Inspiramos o Real Madrid a se vestir de branco, goleamos o Manchester United por 11 a 3... Tudo isso que quem é torcedor sabe. Então, queremos fazer os torcedores brasileiros do Corinthians sentirem orgulho de onde vêm", bradou o corintiano Chris, apesar de ser torcedor do Liverpool em seu país. "No Mundial de Clubes de 2005, tive dois motivos para torcer contra o São Paulo", brincou.

Muitos corinthianos já sentiam orgulho de suas raízes antes mesmo de o Corinthian-Casuals (na verdade é o Corinthians Team que inspirou a fundaçao do Corinthians , depois ele uniu-se ao Casuals) retornar ao Brasil e esbanjar simpatia por onde passou - em aeroportos, na quadra de uma torcida organizada, em arquibancadas da Copinha jrs, na Praça da Sé e até no Cristo Redentor. Nos últimos anos, as recorrentes visitas de torcedores brasileiros à King George’s Arena e os litros de cerveja comprados no bar do clube colaboraram bastante com as finanças do time inglês.

Segundo Chris, o Corinthians também tem a ganhar caso estreite ainda mais os seus laços com o Corinthian-Casuals. "Antes dessa viagem, o Corinthians Paulista só aparecia nos jornais ingleses por causa de brigas da Gaviões, pelos atrasos na construção da arena... Agora, com o nosso tour, as notícias são todas positivas. O Corinthians passou a ser o bom time que ajudou um clube amador", disse.O ex-presidente Andrés Sanchez já disse que planeja até mudar os rumos dos encontros com o Corinthian-Casuals, levando o seu clube à Inglaterra em um futuro próximo. "Vamos ajudar o Corinthians a invadir a Europa, porque eles querem construir algo grande lá também. Se forem enfrentar o Real Madrid, por exemplo, a história será que esses dois clubes foram inspirados no Corinthian. Estamos sendo ajudados, mas podemos ajudar também", sorriu Chris Watney.





CORINTHIANS tenta tirar jovem atacante 5P, que foi observado qdo Corinthians os eliminou com 3x0



Publicado em 27/01/2015, 14:38 /Atualizado em 27/01/2015, 14:46

Marcus Alves, do ESPN.com.br

O Corinthians tenta contratar a revelação João Paulo, de 18 anos, 5P, que nega qualquer possibilidade do Corinthians atravessá-lo na renovação de contrato. Ele recebeu proposta para deixar Cotia e se transferir para o Parque São Jorge.


Final da Copinha entre Corinthians eneacampeão e Botafogo teve maior ibope de domingo

Plim-plim! Corinthians campeão 1x0 Botafogo de Ribeirão Preto, pela decisão da Copinha teve 12 pontos de audiencia, mesmo as 11h

Já o festivo amistoso Corinthians 3x0
 Corintian-Casuals, sábado rendeu sete pontos à Band, ibope que deu a vice-liderança à emissora. Cada ponto em SP equivale a 67 mil domicílios sintonizados; no RJ, 39 mil.


Por falar em Copinha... A Fiel vasculhou o passado após soltar o grito de campeã da Copinha pela nona vez e abriu um largo sorriso.

Somente em três oportunidades o time profissional ficou 'virgem' em ano de conquista dos juniores. Mais precisamente em 1969/70/04. A temporada mais dourada foi em 2012, quando Tite & Cia. levantaram a Libertadores e o Mundial da Fifa. Poropopó











28/01/2015 07h21

Parte do muro da sede do Corinthians desaba
Chuva forte atingiu a capital paulista na madrugada desta quarta-feira (28).
Pedaços do muro caíram na faixa direita da Marginal Tietê.
Do G1

Parte do muro do Parque São Jorge desaba na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)

Após chuvas que atingiram a cidade na madrugada desta quarta-feira (28), parte do muro do Parque São Jorge, sede social do Corinthians na Zona Leste, desabou. Com o muro no chão, é possível ver parte da piscina e o tobogã do clube.

Imagens da globo mostram que o muro caiu na faixa direita da pista expressa da Marginal Tietê sentido Ayrton Senna, que foi interditada, mas não atrapalhava o trânsito por volta das 6h20.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a capital teve duas pancadas de chuva na terça-feira. Uma durante a tarde, e outra à noite.

A Zona Sul foi uma das regiões mais atingidas. Ela ficou em estado de atenção durante mais de uma hora durante a noite, assim como a Marginal Pinheiros e a região sudeste da cidade.

As pancadas deverão se repetir na quarta-feira (28), segundo o CGE. A previsão é de sol pela manhã e chuva à tarde. As precipitações terão de moderada a forte intensidade e potencial para formação de alagamentos. Os termômetros vão oscilar entre 19ºC e 32ºC.
Parte do muro do Parque São Jorge desaba na Zona Leste (Foto: Reprodução/TV Globo)









Corinthians
28/01 - Quarta-feira
09h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava