5 de dez de 2016

CORINTHIANS 05/12/2016


CORINTHIANS HOJE TREINO

05/12 - Segunda-feira

16h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava



CORINTHIANS FUTSAL AO  VIVO ON LINE HOJE JOGO DE IDA FINAL DA LIGA NACIONAL 19H25

http://corinthiansatual.blogspot.com/2016/12/corinthians-ao-vivo_5.html

http://corinthiansatual.blogspot.com/2016/12/corinthians-ao-vivo_50.html

4 de dez de 2016

CORINTHIANS 04/12/2016



04/12/2016 16h11

Vice-presidente pede afastamento do cargo na diretoria do Corinthians por motivos familiares e de política interna
Jorge Kalil alega divergências administrativas com Roberto de Andrade e se licencia por 60 dias: "Não somos consultados nem pelas maiores ou menores decisões"


Por Carlos Augusto Ferrari


Segundo vice-presidente do Corinthians, Jorge Kalil pediu uma licença do cargo pelo prazo de 60 dias. O médico alegou problemas pessoais e divergências administrativas com o presidente Roberto de Andrade para se afastar da função pelos próximos dois meses.

– Eu me afastei por motivos familiares e porque o presidente tem uma maneira de administrar o clube que eu respeito, talvez ele esteja certo, mas não somos consultados nem pelas maiores ou menores decisões. Se a gente não pode ajudar e discordar, e eu discordo de algumas condutas, não me resta outra escolha – afirmou.

Kalil conta que um problema com um diretor do Corinthians, de nome não revelado, sábado, no Parque São Jorge, foi a gota d’água para a decisão. Ele alega que uma atitude de insubordinação do dirigente em questão o fez decidir pela saída temporária da cúpula da direção corinthiana.

– Eu fui criado com respeito e hierarquia. Pedi para um diretor conversar com um sócio, e ele disse que esse não era assunto do vice-presidente. Se eu não tenho autonomia para pedir para um diretor conversar com um associado que estava pedindo uma reunião há três meses, não tenho mais o que fazer – ressaltou Kalil.

O cargo de vice-presidente ficará vago pelo prazo de 60 dias











Quinto título brasileiro do Corinthians completa cinco anos

Após início arrasador e disputa acirrada com o Vasco, o Timão levou a melhor na reta final e conquistou o penta brasileiro


07h30 04/12/2016 - Agência Corinthians



O Corinthians se sagrou pentacampeão brasileiro na última rodada de 2011

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Parece que foi ontem, mas já se passaram cinco anos. O pentacampeonato brasileiro do Corinthians em 2011 faz aniversário neste domingo (04). Comandada pelo técnico Tite -- cujo título foi o primeiro dos seis dele pelo clube do Parque São Jorge --, a equipe alvinegra foi firme nas primeiras rodadas, fez uma "gordura" de pontos para administrar com paciência e segurança a vantagem e levou mais uma taça nacional para a galeria de troféus.

O ano de 2011 não foi um mar de rosas do início ao fim. O Timão foi eliminado precocemente da Libertadores e foi vice-campeão paulista naquela temporada. Apesar dos tropeços, Tite e os comandados dele trabalharam bastante para obter um início arrasador no Brasileirão.

Na estreia, o Corinthians tinha uma dura missão: enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre. Com gols de Chicão e Liedson, o Timão venceu por 2 a 1 e garantiu os três primeiros pontos. A sequência do Brasileirão só reforçou o ímpeto da equipe corinthiana: nas dez partidas iniciais, foram nove vitórias e um empate, incluindo a inesquecível vitória por goleada do Corinthians sobre 5P por 5 a 0 no Pacaembu.

Com essa largada arrebatadora, o Timão se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro com 28 pontos. Vantagem que seria fundamental em um campeonato longo, cheio de altos e baixos. Quando a primeira derrota apareceu, 1 a 0 diante do Cruzeiro no Pacaembu, veio a instabilidade. O Alvinegro terminou o primeiro turno ainda na frente, mas o Vasco assumiu a ponta na 24ª rodada. Na 25ª, a situação piorou, e o time foi para a quarta colocação na tabela.

Com uma vitória sobre o Bahia, na 26ª rodada, o Corinthians retomou a vice-liderança. O desafio seguinte era justamente contra o líder Vasco, em São Januário. A partida foi tratada como decisiva, já que a equipe carioca tinha dois pontos de vantagem e poderia abrir cinco se derrotasse o Timão.

No estádio carioca lotado pelos vascaínos, o Corinthians teve de superar adversidades. Por duas vezes esteve atrás no placar, mas não se abateu e chegou ao empate em ambas as vezes. Com o resultado de 2 a 2 conquistado fora de casa, o Alvinegro seguia no páreo pelo título.

No duelo seguinte, o Corinthians recebeu o Atlético-GO no Pacaembu e venceu por 3 a 0. Em Porto Alegre, o Vasco enfrentou o Internacional e perdeu pelo mesmo placar. O Timão retomava a liderança do Brasileirão. A primeira colocação, entretanto, durou apenas três jogos. Na 31ª rodada, o Timão empatou com o Colorado no Beira-Rio. Poderia ter sido pior, já que o empate veio com um golaço de Alex quase nos acréscimos. Os vascaínos superaram o Bahia e voltaram à ponta.

Foi na 32ª rodada que Corinthians recuperou a liderança para não perdê-la mais. No Pacaembu, o Timão bateu o Avaí por 2 a 1. Em São Januário, o Vasco empatou em 0 a 0. As equipes ficaram empatadas na pontuação (58 pontos), mas o Timão levava vantagem no primeiro critério de desempate (17 vitórias a 16).

O cenário da tabela permaneceu inalterado até a 35ª rodada, quando veio o momento que depois Tite apontou como crucial na campanha do pentacampeonato. Em Fortaleza-CE, o Ceará, lutando contra o rebaixamento, prometia dificultar a vida do Corinthians. A partida seguia dura e equilibrada até os 35 minutos do segundo tempo, quando o peruano Ramírez fez bela jogada e marcou o gol da vitória corinthiana.O Vasco empatou e ficou a dois pontos do Timão.

Os corações dos milhões de torcedores corinthianos passaram por mais um teste no dia 20 de novembro, na 36ª rodada. Na véspera, no Rio de Janeiro, o Vasco havia vencido o Avaí por 2 a 0 e reassumido temporariamente a liderança. Assim, o Corinthians precisava vencer o Atlético-MG, no Pacaembu, para voltar à liderança com dois pontos de vantagem.

O primeiro tempo no Pacaembu foi equilibrado e terminou sem gols. Aos 10 minutos da segunda etapa, Leonardo Silva abriu o marcador para os mineiros. A equipe comandada por Tite passou a pressionar mais o adversário. O plano demorou a dar resultado, e o empate veio com Liedson sío aos 33 minutos. A partida já se encaminhava para o fim, quando surgiu um improvável herói: Adriano, que havia entrado no lugar de Willian. Aos 43 minutos, Emerson Sheik puxou contra-ataque e deu o passe. O camisa 9 dominou e, quase sem ângulo, bateu para explodir o bando de loucos e garantir a vitória.

A 37ª – e penúltima – rodada do Campeonato Brasileiro gerou grande expectativa. O Corinthians enfrentaria o Figueirense em Florianópolis-SC, enquanto o Vasco tinha o Fluminense pela frente no Engenhão. Se o Timão vencesse e os vascaínos tropeçassem, a disputa pelo título terminaria de forma antecipada. Assim, os dois jogos ganharam ares de decisão.

Em Florianópolis, o primeiro tempo foi disputado, mas nenhuma das equipes balançou a rede. Na segunda etapa, brilhou a estrela do artilheiro. Após lindo cruzamento de Alex, Liedson subiu e marcou, aos 22 minutos, o gol da vitória. Naquela altura, no Rio de Janeiro, Vasco e Fluminense empatavam em 0 a 0 e, assim, o Timão asseguraria o penta antecipadamente.

Os gols começaram a sair no Rio de Janeiro. Alecsandro, aos 31 minutos da segunda etapa, colocou o Vasco na frente. Com o resultado parcial, o Timão deixava de ter chances de garantir o título antecipado. Sete minutos depois, Fred empatou para o Fluminense e devolveu ao Corinthians a possibilidade de gritar "É campeão" na 37ª rodada. O jogo em Florianópolis já havia terminado. Os jogadores corinthianos e o técnico Tite acompanhavam os momentos finais do clássico carioca para dar a volta olímpica. Nos acréscimos da partida no Engenhão, entretanto, Bernardo fez o gol da vitória vascaína e adiou a decisão para a última rodada.

O dia 04 de dezembro começou triste para a Fiel por conta da notícia do falecimento do eterno ídolo Sócrates. A torcida corinthiana estava de luto, mas foi em peso ao Pacaembu para empurrar o Timão no derby. Um empate garantiria o título ao Corinthians. Antes de a bola rolar, os jogadores fizeram uma emocionante homenagem ao “Doutor Eterno” cerrando os punhos, da mesma forma como o camisa 8 comemorava os gols dele, durante o minuto de silêncio que precedeu a disputa.

Em campo, o clássico foi tenso. O Corinthians jogou com cautela e não deu chance ao rival. Após muito sofrimento e uma campanha inesquecível, aquela tarde no Pacaembu ficou eternizada na memória alvinegra. Não muito pelo jogo, que terminou sem gols, mas pela homenagem ao “Eterno Sócrates” e por finalmente soltar o grito que estava preso na garganta: é pentacampeão brasileiro!

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.








Há 11 anos, Corinthians conquistava tetracampeonato brasileiro

Com Carlitos Tevez como o melhor jogador do campeonato e o melhor ataque, o Timão fez 81 pontos em 42 pontos e levou o quatro título brasileiro em 2005


07h15 04/12/2016 - Agência Corinthians




Corinthians foi campeão brasileiro em 2005 com média de 2,07 gols por partida

© Renato Pizzutto/Placar


O tetracampeonato brasileiro do Corinthians completa 11 anos neste domingo (04). O time alvinegro de 2005, que tinha Carlitos Tevez como o grande destaque, não teve um início de campeonato arrasador, mas com muita entrega em campo, chegou à última rodada em primeiro na tabela e terminou assim.

A equipe do Corinthians de 2005 tinha vários jogadores com muita experiência e sucesso. Além de Tevez, nomes como Roger, Carlos Alberto, Gustavo Nery e Fabio Costa eram algumas das estrelas do Timão para o Brasileirão daquele ano. Mesmo assim, o início foi turbulento. A retomada teve início na quarta rodada. De lá até a oitava, foram cinco vitórias seguidas, que levaram o Alvinegro da 20ª à terceira colocação. Este fato mostrou que o elenco corinthiano brigaria pelo título brasileiro.

O time de 11 anos atrás tinha como principal característica o poder ofensivo. Por outro lado, abria espaço para que os adversários contra-atacassem e marcassem gols. Não foram poucas as vitórias que fizeram a Fiel sofrer e comemorar do jeito que mais gosta no Pacaembu. Como o 3 a 2 sobre o Paysandu aos 41 minutos do segundo tempo. Ou então o 4 a 3 sobre o Cruzeiro com viradas de ambas as equipes. Até mesmo fora de casa, o 3 a 2 sobre o Vasco em São Januário, também com gol nos últimos minutos. Com o Timão 2005, a emoção era garantida a cada jogo.

Em números, o ataque do Corinthians foi um dos mais eficientes que a torcida corinthiana pôde ver. Foram 87 gols em 42 jogos, média de 2,07 gols por partida, melhor sistema ofensivo da competição. De todos esses confrontos, o Timão fez três ou mais gols em 17. Uma equipe sempre à procura do gol.

Dentro da conquista do tetra, uma atuação marcou a campanha do Corinthians. O Corinthians já era líder, disputava jogo a jogo com Internacional e Fluminense, mas talvez faltasse aquela partida fantástica para dar moral e força ao elenco nas últimas rodadas. Essa partida aconteceu no dia 06 de novembro. Uma tarde mágica contra o Santos no Pacaembu. Um show de Carlitos Tevez e companheiros. O argentino passou por cima do rival marcando três gols e dando passe para outro, ajudando no resultado parcial de 4 a 1. Mas não parou por aí. Outro que deu espetáculo foi Nilmar, que fez mais dois. Marcelo Mattos fechou a goleada histórica e inesquecível. O 7 a 1 que ficou eternizado na memória da Fiel.

A celebração alvinegra do quarto título brasileiro aconteceu longe de casa, no Serra Dourada, em Goiânia-GO. Não foi o resultado dos sonhos, uma derrota por 3 a 2 sobre o Goiás. Após sair atrás no placar, Tevez e Coelho chegaram a virar, mas o time da casa voltou a ficar na frente e venceu. Mas como o Inter perdeu para o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira, em Curitiba-PR, não havia mais o que esperar: Corinthians tetracampeão brasileiro.

No geral, o Corinthians teve desempenho merecedor da conquista. Nos 42 jogos que disputou, o Timão conquistou 81 pontos, com 24 vitórias, nove empates, nove derrotas, 87 gols marcados e 59 sofridos. Além de ser o artilheiro do Timão na campanha, com 20 gols, Carlitos Tevez terminou 2005 eleito o Craque do Brasileirão daquele ano.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.










CONFIRA OS RECENTES INVESTIMENTOS DO CORINTHIANS

REFORÇOS DE 2016: 

Giovanni Augusto (meia) - R$ 15 milhões 

Marquinhos Gabriel (meia) - R$ 10,5 milhões 

Balbuena (zagueiro) - R$ 6 milhões 
Guilherme (meia) - R$ 5,7 milhões 
Marlone (meia) - R$ 4 milhões 
Gustavo (atacante) - R$ 4 milhões 
André (atacante) - R$ 3,7 milhões 
Alan Mineiro (meia) - R$ 1 milhão 
Jean (volante) - R$ 800 mil 
Vilson (zagueiro) - R$ 500 mil 
Douglas (goleiro), Moisés (lateral), Camacho (meia), Bruno Paulo (atacante) - sem custos 
Willians (volante) - empréstimo 

REFORÇOS DE 2017: 
Luidy - R$ 1,2 milhão 
Jô - sem custos






#DoutorEterno! Cinco anos sem o ídolo Sócrates

Doutor, democrático, sábio. Ele era mais do que um jogador de futebol. Era um ícone de uma geração


07h00 04/12/2016 - Agência Corinthians




Sócrates disputou 298 jogos, marcou 172 gols e foi tricampeão paulista (1979, 1982 e 1983) pelo Corinthians

© Agência Placar


Um ídolo que vai além da vida. Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira foi um dos maiores jogadores da história do Sport Club Corinthians Paulista. Não só pelo que fez dentro de campo, como também pelas lições de cidadania e democracia que deu fora dos gramados. Um dos grandes responsáveis pelos títulos paulistas de 1982 e 1983, Sócrates acabou virando personagem do pentacampeonato brasileiro, mesmo sem jogar, infelizmente deixando esse plano terrestre. Há cinco anos, o ex-atacante nos deixou, exatamente no dia de mais uma conquista do Timão.

O que poderia ser tristeza virou força e inspiração. A cena que antecede o clássico contra o Palmeiras que decidiu o penta a favor do Corinthians é inesquecível e emocionante. Os 11 jogadores do Timão em campo e toda a torcida alvinegra no Pacaembu com um punho cerrado ao alto, da mesma forma como Sócrates comemorava os gols dele. De alguma forma, o Doutor estava no gramado naquele dia.

Doutor, democrático, sábio, ícone, ídolo. O que o jogador nascido em Belém-PA no dia 19 de fevereiro de 1954 fez em vida nunca será apagado. A técnica demonstrada em campo, os toques de calcanhar que desmontavam as defesas adversárias, os golaços, os pensamentos, o enfoque à política e à democracia, a irreverência. Sócrates era mais do que um jogador de futebol. Era um ícone de uma geração.

Sócrates chegou ao Corinthians em 1978, vindo do Botafogo-SP. Em Ribeirão Preto, foi além de ser apenas um atleta: era um estudante de medicina e se manteve na faculdade mesmo depois de iniciar a carreira profissional. Formado em 1977, ganhou o apelido que passaria a levar para sempre: Doutor.

Logo no primeiro ano no Timão, Sócrates fez sucesso ao refazer a dupla com o atacante Geraldão, ex-companheiro do Botafogo-SP. No segundo ano, em 1979, o Doutor foi uma das figuras importantes da conquista do Campeonato Paulista, tendo inclusive marcado um gol na vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta na final.

O começo foi bom, mas os anos gloriosos de Sócrates no Corinthians vieram no início da década de 80. Enquanto a ditadura governava o Brasil com um punho de ferro, Sócrates levantava o punho direito pela liberdade e participava ativamente da Democracia Corinthiana. Com o lema “Ganhar ou perder, mas sempre com democracia”, o movimento buscou a abertura política, descentralização do poder e a modernização da administração no Parque São Jorge.

Naquele memorável Corinthians de Sócrates, Casagrande, Zenon, Biro-Biro, Zé Maria, Wladimir e cia., todos tinham o direito de opinar nas decisões internas, e o voto de cada um, independentemente do cargo, possuía o mesmo valor. A ideologia, além de ter influenciado na política nacional, deu frutos dentro de campo, pois o esquadrão corinthiano foi bicampeão paulista em 1982/1983. Sócrates marcou o gol que garantiu o bi na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo.

Naquele mesmo ano, o democrático Corinthians enfrentou o modesto Tiradentes-PI no estádio do Canindé e escreveu mais uma página da história do futebol nacional. O placar elástico de 10 a 1 é, ainda hoje, a maior goleada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Sócrates marcou três vezes só no primeiro tempo, e o Timão foi para os vestiários com a vantagem de 5 a 1. Na segunda etapa, o Doutor anotou mais um, e o Alvinegro foi nota dez.

No Timão, o Calcanhar de Ouro jogou por seis anos. Disputou 298 jogos, marcou 172 gols e foi tricampeão paulista (1979, 1982 e 1983). Em 1984, com a transferência do Doutor para a Fiorentina (ITA), teve fim a vitoriosa Era Sócrates no Corinthians. Mas a imagem está guardada na memória do torcedor corinthiano, tanto pela forma de jogar quanto pela atuação política e o jeito irreverente do camisa 8.

Sócrates estará eternamente em nossos corações.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.







Corinthians prevê assédio a "pilares", mas confia em manutenção do elenco



4 DEZ 2016 08h41 atualizado às 08h41

O Corinthians sabe como poucos clubes no país como um elenco campeão pode ser desfeito rapidamente, por isso já está se preparando para evitar um novo desmanche para a próxima temporada. O clube reconhece que deve ter assédio a "pilares" do elenco, como Cássio, Fagner e Rodriguinho, mas acreditar ser possível segurar todos eles.

Na avaliação da diretoria, Fagner, lateral da Seleção Brasileira, e Rodriguinho, principal jogador da equipe no ano, estão em uma fase de decisão da carreira. Com 27 e 28 anos, respectivamente, os dois não devem ter muitos mais oportunidades de sair para o futebol europeu. Dessa forma, a janela de transferências causa certo temor entre os dirigentes.





O que ajuda a confiar na manutenção é que, diferentemente dos nomes que deixaram o clube no início deste ano, a dupla tem contratos mais longos. O que termina antes é o de Rodriguinho, apenas em dezembro do ano que vem, já com conversas para uma extensão. Além disso, possuem 50% dos direitos vinculados ao Alvinegro, o que dá poder de barganha ao Timão, e Rodriguinho não tem passaporte europeu.

Cássio, por sua vez, é a principal incógnita. Ídolo da torcida, ele perdeu a posição para Walter neste Brasileiro e interessa a outros clubes brasileiros, como o Grêmio. Seu vínculo vai até o final de 2019, porém, e o clube não se mostra disposto a emprestá-lo, colocando uma venda como única possibilidade de saída. Uendel, titular há dois anos do time, também tem mercado no futebol do exterior.

Além desses nomes, outro que foi especulado no mercado europeu recentemente foi o lateral esquerdo Guilherme Arana, vinculado ao Manchester United e à Inter de Milão. Em ambos os casos, porém, a saída em janeiro é pouco provável, já que o jovem de 19 anos é outro que não possui passaporte europeu e não chegaria para jogar nas equipes, como fez Malcom no Bordeaux, por exemplo.

Dessa forma, o mais provável é que as investidas sobre Arana se deem na janela do meio do ano que vem. "Estou com a cabeça tranquila e tenho certeza que eu fazendo um bom papel um dia eu vou para fora. Meu pensamento é aqui no Corinthians hoje", avisou Arana, em entrevista à Gazeta Esportiva .

"Depende muito da proposta, depende da situação, estou muito feliz aqui no Corinthians, é minha casa, onde eu fui criado, mas tenho certeza que eu vou trabalhar forte para alcançar os meus objetivos lá na frente", concluiu o lateral, utilizado como titular em diversas oportunidades no segundo turno do Brasileiro.









Corinthians trabalha para segurar Cássio, Fagner, Rodriguinho e Uendel no ano que vem

Quarteto deve continuar no Parque São Jorge, mas o próprio clube admite que terá de ser feito um trabalho especial para manter as peças. Clubes do Brasil e do exterior já manifestaram interesse nos atletas

O Corinthians sabe como poucos clubes no país como um elenco campeão pode ser desfeito rapidamente, por isso já está se preparando para evitar um novo desmanche para a próxima temporada. O clube reconhece que deve ter assédio a “pilares” do elenco, como Cássio, Fagner e Rodriguinho, mas acreditar ser possível segurar todos eles.

Na avaliação da diretoria, Fagner, lateral da Seleção Brasileira, e Rodriguinho, principal jogador da equipe no ano, estão em uma fase de decisão da carreira. Com 27 e 28 anos, respectivamente, os dois não devem ter muitos mais oportunidades de sair para o futebol europeu. Dessa forma, a janela de transferências causa certo temor entre os dirigentes.

O que ajuda a confiar na manutenção é que, diferentemente dos nomes que deixaram o clube no início deste ano, a dupla tem contratos mais longos. O que termina antes é o de Rodriguinho, apenas em dezembro do ano que vem, já com conversas para uma extensão. Além disso, o atleta não tem passaporte europeu, o que dificulta uma negociação.

Cássio, por sua vez, é a principal incógnita. Ídolo da torcida, ele perdeu a posição para Walter neste Brasileiro e interessa a outros clubes brasileiros, como o Grêmio. Seu vínculo vai até o final de 2019, porém, e o clube não se mostra disposto a emprestá-lo, colocando uma venda como única possibilidade de saída. Uendel, titular há dois anos do time, também tem mercado no futebol do exterior.

Além desses nomes, outro que foi especulado no mercado europeu recentemente foi o lateral esquerdo Guilherme Arana, vinculado ao Manchester United e à Inter de Milão. Em ambos os casos, porém, a saída em janeiro é pouco provável, já que o jovem de 19 anos é outro que não possui passaporte europeu e não chegaria para jogar nas equipes, como fez Malcom no Bordeaux, por exemplo.



















04/12/2016 08h08

Corinthians mira Rithely, mas dará outra chance a Maycon

Por Carlos Augusto Ferrari


O Corinthians não esconde que pretende contratar, pelo menos, um volante para 2017. Rithely, destaque do Sport, surge como o nome da vez. Mas outro meio-campista terá uma oportunidade para se firmar na posição na próxima temporada. Emprestado à Ponte Preta até o fim de dezembro, o garoto Maycon voltará ao Timão em janeiro com a promessa de que jogará com frequência.

O marcador, de apenas 19 anos, é visto pela direção como alguém que pode resolver os problemas na posição, descaracterizada após as saídas de Ralf e Elias. O técnico Oswaldo de Oliveira já deu o aval para o retorno do atleta e o observará na pré-temporada realizada nos Estados Unidos.


Direção e treinador querem avaliar o nível de evolução que Maycon teve durante o período na Ponte Preta. Ele foi titular em boa parte dos 19 jogos que disputou pela equipe de Campinas nesta temporada e marcou um gol. Mesmo assim, terá de provar que pode assumir a responsabilidade de ser titular do Timão.

Maycon foi promovido ao elenco profissional depois de se destacar na Copinha de 2016 com a promessa de que estava nos planos de Tite  No entanto,o jogador atuou em 15 partidas, mas sem empolgar o treinador, e foi emprestado à Macaca para ganhar experiência.


A saída do jogador rendeu muitas críticas da torcida aos dirigentes, principalmente porque, logo depois do empréstimo, o Corinthians vendeu Elias e Bruno Henrique, o que abriria espaço para o volante jogar. Cristian, Willians e Camacho ficaram como as únicas alternativas no elenco para as posições de marcação – Marciel retornou meses depois.

Apesar do interesse em aproveitar Maycon, a diretoria do Corinthians se movimenta para buscar outro volante. O nome que mais agrada é o de Rithely, do Sport. A negociação, porém, não é simples. O clube pernambucano tenta lucrar com a saída de um de seus principais jogadores. O Timão tenta envolver jogadores na negociação.






3 de dez de 2016

CORINTHIANS 03/12/2016


Corinthianos celebram os 40 anos da Invasão Corintiana

Ídolos históricos e torcedores do Corinthians se reuniram neste sábado para melhores momentos do jogo contra o Fluminense em 1976 e exibição de documentário em tributo

Ídolos históricos, torcedores e ex-dirigentes do Corinthians se reuniram neste sábado, no Parque São Jorge, para um evento de celebração dos 40 anos da Invasão Corintiana ao Maracanã, por ocasião da semifinal do Brasileirão de 1976, diante do Fluminense.

A data histórica é comemorada somente nesta segunda-feira, mas foi neste sábado que Tobias, Zé Maria, Wladimir e Geraldão participaram de um evento chamado “Jogos Eternos”, com exibição dos melhores momentos da partida em que cerca de 70 mil corintianos dividiram as arquibancadas do Maracanã com os torcedores tricolores.

– A gente representa todos aqueles que participaram deste 1976 que marcou história não só no clube, mas uma história nacional – disse Zé Maria, um dos atletas desta época.

Houve também o lançamento de um documentário a respeito da Invasão. 







Corinthians sub20 estreou com 1x4 contra inter rs pela copa ipiranga sub 20


Corinthians reduz período de férias e repensa preparação dos atletas para 2017
Por conta do acidente com o avião da Chapecoense e a Flórida Cup, Timão terá de alterar algumas datas no cronograma original
Oswaldo de Oliveira muda parte do planejamento do Corinthians para 2017

O Corinthians tenta ajustar o seu planejamento para 2017, mudado devido à tragédia ocorrida com o avião da Chapecoense, na última terça-feira (29 de novembro), e conta com a compreensão do seu elenco para cumprir um cronograma estabelecido no meio do ano. Com o adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro para o dia 11 de dezembro, os jogadores perderão sete dias de férias.

A reapresentação estava marcada para o dia 4 de janeiro, no CT Joaquim Grava, e deve ser confirmada nos próximos dias. Caso fossem cumpridos os 30 dias de férias, os atletas retornariam apenas no dia 12 do mesmo mês. O problema, porém, é que já há uma viagem marcada para os EUA um dia antes, local onde o clube disputará o Torneio da Flórida.

A estreia na competição será no dia 15, contra o River Plate, com uma segunda rodada marcada para o dia 18, contra Vasco ou Barcelona de Guayaquil. Sendo assim, o elenco retornaria uma semana antes da viagem para fazer testes físicos e exames de rotina, algo visto como imprescindível na preparação fisiológica dos jogadores.

Um alento no planejamento foi o fato de a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmar o adiamento do início do Estadual, agora com início apenas no dia 5 de fevereiro. Dessa forma, mesmo que se classifique para a Copa Libertadores da América, o time terá ao menos 25 dias de preparação. A ideia é que, no meio do ano, com a disputa da Copa das Confederações, possa ser dado o restante dos dias de férias aos jogadores.

“As férias são um direito do jogador, mas, por outro lado, a gente tem essa outra situação para contornar. Colocando a cabeça no lugar e procurando as alternativas mais aceitáveis, todos vão chegar num acordo”, comentou o técnico Oswaldo de Oliveira, praticamente fazendo um trabalho de convencimento aos seus comandados.

“Nós vivemos do futebol e no futebol, as felicidades e as agruras no futebol fazem parte da nossa vida. Isso é uma mudança extrema que nós somos obrigados a passar. Isso passa a rodada para o outro final de semana. Temos de saber encarar isso. Jogar para os dois lados e estabelecer uma média”, continuou o comandante, que, assim como a diretoria, já traça o planejamento desde outubro.

Tudo que passa por isso, porém, depende de uma classificação à Libertadores. “Nós temos diariamente conversado sobre esse assunto. Meio de outubro, a gente vem procurando fazer isso, algumas coisas avançaram, outras não foram possíveis. Outras não conseguimos adiantar”, concluiu o treinador.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um dos dois, Bot ou atl cu, não vença as suas respectivas partidas.











Com ex-jogadores e torcedores, Corinthians homenageia 40 anos da Invasão Corinthiana ao Maracanã

Histórico feito da Fiel foi relembrado na edição especial do "Jogos Eternos" realizada no Teatro Omni Corinthians

O Corinthians relembrou um dos momentos mais marcantes da história centenária do clube: a Invasão Corinthiana ao Maracanã de 1976. O fato completará 40 anos nesta segunda-feira (05), e o Timão realizou um evento comemorativo neste sábado (03), uma edição especial do “Jogos Eternos” no Teatro Omni Corinthians, com ex-jogadores e torcedores que estiveram presentes naquela data.

Na ocasião, o Corinthians enfrentaria o Fluminense no Rio de Janeiro pelas semifinais do Campeonato Brasileiro de 1976. A Fiel não mediu esforços para apoiar o Timão rumo à final: 70 mil corinthianos dividiram o estádio carioca com a torcida adversária. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, o Alvinegro venceu nos pênaltis, com grande atuação do goleiro Tobias, que defendeu três cobranças.

O próprio Tobias junto com Zé Maria, Wladimir e Geraldão relembraram os principais momentos daquele jogo 40 anos depois com torcedores que foram ao Maracanã naquela data. Todos contaram as histórias que marcaram a trajetória corinthiana naquela invasão.

“Foi um “Jogos Eternos” diferente, porque o foco da invasão, mais do que os atletas, que óbvio tiveram um grande mérito no resultado final do jogo, é o feito da torcida. A gente está celebrando o que o corinthiano mais gosta, que é a gente mesmo. O Corinthians e a sua torcida. Então foi uma forma de homenagearmos a torcida do Corinthians também, nesta data significativa de 40 anos da Invasão de 76”, disse Donato Votta, Diretor Cultural e de Responsabilidade Social do Corinthians.

“É uma coisa que nós nunca vamos esquecer, essa emoção. É único o que aconteceu com a gente lá no Rio de Janeiro. Eu quero agradecer mais uma vez esta torcida maravilhosa do Corinthians, que foi nos apoiar. Sempre estivemos juntos e nós retribuímos para eles. É um orgulho muito grande de ter participado dessa invasão”, relembrou Tobias.

O torcedor Cláudio Luiz Senise também compartilhou os principais momentos da incrível trajetória incrível da Fiel até o Rio de Janeiro. “Sem dúvidas, um dos maiores eventos de todos os tempos. Os principais momentos começaram na Dutra. Só havia ônibus e carros do Corinthians daqui ao Rio de Janeiro. Muitos podem falar, mas foi verdade. O ponto bastante importante, que eu acho, foi na frente do Maracanã. Demorou para abrir os portões, e a torcida do Corinthians começou a aglomerar dentro do Maracanã. E aí era um mar de corinthianos”, contou.















CORINTHIANS BICAMPEÃO PAULISTA DE FUTSAL
Invicto, melhor ataque, melhor defesa: Corinthians/UNIP conquista LPF com campanha impecável
Maior campeão da história do torneio com 11 conquistas, o Timão levou a taça com 12 vitórias e apenas dois empates durante toda a competição de 2016


19h45 03/12/2016 - Agência Corinthians


Corinthians/UNIP fez 52 gols e sofreu apenas 12 em 14 jogos na Liga Paulista de Futsal 2016
© Rodrigo Coca/Agência Corinthians


Na última quinta-feira (01), o Corinthians/UNIP se sagrou campeão da Liga Paulista de Futsal de 2016 ao golear o Sorocaba por 4 a 0, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. A campanha do 11º título estadual do Timão foi impecável: 14 jogos INVICTO.

Maior campeão da história do torneio, o Alvinegro venceu 12 jogos e empatou dois durante toda a competição. Além da invencibilidade, o time do Parque São Jorge contou com o melhor ataque e a defesa menos vazada da competição. Foram 52 gols marcados e apenas 12 sofridos.

Na primeira fase, o Corinthians/UNIP terminou como primeiro colocado do grupo A com seis vitórias, dois empates e 20 pontos conquistados. Nas fases eliminatórias, a equipe comandada pelo técnico André Bié sobrou em quadra. Marcou 24 gols, sofreu apenas cinco e teve aproveitamento de 100% nas seis últimas partidas do campeonato.


Confira a campanha do Corinthians/UNIP:
Primeira fase
Corinthians/UNIP 7 x 1 Guarulhense
Corinthians/UNIP 3 x 2 Jacareí
Yoka 2 x 2 Corinthians/UNIP
Corinthians/UNIP 1 x 1 São José
Pulo do Gato 0 x 5 Corinthians/UNIP
São Caetano 0 x 5 Corinthians/UNIP
Corinthians/UNIP 3 x 0 Pompéia
Bauru 1 x 2 Corinthians/UNIP


Quartas de final
Taubaté 1 x 2 Corinthians/UNIP
Corinthians/UNIP 4 x 0 Taubaté

Semifinais
Yoka 1 x 4 Corinthians/UNIP
Corinthians/UNIP 6 x 1 Yoka

Final
Sorocaba 2 x 4 Corinthians/UNIP
Corinthians/UNIP 4 x 0 Sorocaba

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.









Menos férias e mais compreensão: Corinthians se adapta a mudanças
03/12/2016 10:41:24 — 03/12/2016 10:49:26


Trabalho no Timão terá menos descanso com o adiamento da última rodada do Brasileiro (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)



O Corinthians tenta ajustar o seu planejamento para 2017, mudado devido à tragédia ocorrida com o avião da Chapecoense, na última terça-feira, e conta com a compreensão do seu elenco para cumprir um cronograma estabelecido no meio do ano. Com o adiamento da última rodada do Campeonato Brasileiro para o dia 11 de dezembro, os jogadores perderão sete dias de férias.

A reapresentação estava marcada para o dia 4 de janeiro, no CT Joaquim Grava, e deve ser confirmada nos próximos dias. Caso fossem cumpridos os 30 dias de férias, os atletas retornariam apenas no dia 12 do mesmo mês. O problema, porém, é que já há uma viagem marcada para os EUA um dia antes, local onde o clube disputará o Torneio da Flórida.

A estreia na competição será no dia 15, contra o River Plate, com uma segunda rodada marcada para o dia 18, contra Vasco ou Barcelona de Guayaquil. Sendo assim, o elenco retornaria uma semana antes da viagem para fazer testes físicos e exames de rotina, algo visto como imprescindível na preparação fisiológica dos jogadores.



Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press


Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Um alento no planejamento foi o fato de a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmar o adiamento do início do Estadual, agora com início apenas no dia 5 de fevereiro. Dessa forma o time terá ao menos 25 dias de preparação. A ideia é que, no meio do ano, com a disputa da Copa das Confederações, possa ser dado o restante dos dias de férias aos jogadores.

“As férias são um direito do jogador, mas, por outro lado, a gente tem essa outra situação para contornar. Colocando a cabeça no lugar e procurando as alternativas mais aceitáveis, todos vão chegar num acordo”, comentou o técnico Oswaldo de Oliveira, praticamente fazendo um trabalho de convencimento aos seus comandados.

“Nós vivemos do futebol e no futebol, as felicidades e as agruras no futebol fazem parte da nossa vida. Isso é uma mudança extrema que nós somos obrigados a passar. Isso passa a rodada para o outro final de semana. Temos de saber encarar isso. Jogar para os dois lados e estabelecer uma média”, continuou o comandante, que, assim como a diretoria, já traça o planejamento desde outubro.

Tudo que passa por isso, porém, depende de uma classificação à Libertadores. “Nós temos diariamente conversado sobre esse assunto. Meio de outubro, a gente vem procurando fazer isso, algumas coisas avançaram, outras não foram possíveis. Outras não conseguimos adiantar”, concluiu o treinador.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um dos dois adversários (atl par ou bo) empate, para ir a lib da Ame





Sub-20 do Corinthians faz preparação final para estreia na Copa Internacional

Timãozinho enfrenta o Internacional-RS neste sábado (03) em Porto Alegre, pelo grupo 1 da competição preparatória para a Copa São Paulo de Futebol Júnior


10h00 03/12/2016 - Agência Corinthians


© Divulgação


Nesta sexta-feira (02), a equipe Sub-20 do Corinthians viajou a Porto Alegre-RS, onde estreia na Copa Internacional Sub-20 diante do Internacional, no Estádio da PUC, neste sábado (03), às 19h30.

O elenco chegou na capital gaúcha por volta das 14h30. Logo depois, foi ao Estádio Passo d’Areia – casa do São José – para realizar o último treino antes da primeira partida na competição preparatória para a Copinha de Futebol Júnior. O técnico Osmar Loss comandou os trabalhos de passe e marcação, seguidos por um treino de cruzamentos.

No fim, o treinador separou dois times que se enfrentaram em um jogo em que cada atleta só poderia dar dois toques na bola.

O Corinthians está no Grupo 1 da Copa Intern. Ipiranga sub 20 ao lado de Intern-RS, FluminenC-RJ, Nacional-URU e Ponte Preta-SP. O Timão venceu a edição de 2014 deste torneio, quando ainda era chamado de Campeonato Brasileiro Sub-20.










Oswaldo confia em Timão no G6 e discute reforços diariamente

Técnico do Corinthians espera vitória sobre o Cruzeiro, no dia 11, e acredita em tropeço de rivais diretos
Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Daniel Augusto Jr)

Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Daniel Augusto Jr./AgenciaCorinthians)

Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Luis Moura/WPP)

Oswaldo discute reforços e projeta a última rodada o Brasileiro

(Foto: Daniel Augusto Jr/Corinthians)



03/12/2016
07:05

O Corinthians ainda busca uma vaga na Libertadores do ano que vem e o técnico Oswaldo de Oliveira demonstra confiança em obte-la última rodada do Campeonato Brasileiro.

Para que isso ocorra, o Timão precisa bater o Cruzeiro, no Mineirão, e torcer para que um clube entre AtlCu e Botafogo, empate.

- Nós temos uma condição boa de conseguir a classificação, é óbvio que precisamos primeiro vencer a nossa partida.

Na mesma entrevista coletiva o comandante alvinegro falou sobre a montagem do elenco para 2017. No entanto, ele evitou comentar os entraves na negociação com o meia Wagner, que chegou a fazer exames médicos no clube, mas viu a transferência emperrar:

- Desde que cheguei aqui temos conversado diariamente sobre esse assunto, até porque já era época, eu cheguei em meados de outubro. Algumas coisas avançaram, outras não foram possíveis, outras estamos conseguindo adiantar... É o que digo sempre, não posso me focar em um nome, como o do Wagner. Só vou falar do jogador quando vestir a camisa, estiver treinando. Quando a gente não tem a certeza, não adianta ficar falando. Pois se a negociação não se realiza, são palavras ao vento - argumentou.







Corinthians sabe que pode receber propostas pelo meia Rodriguinho, que tem contrato até dezembro de 2017
Por Carlos Augusto Ferrari

Rodriguinho durante treino do Timão no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Reserva do time campeão brasileiro no ano passado, Rodriguinho começou 2016 cercado de desconfiança. Muito questionado pela torcida nos primeiros jogos, o meio-campista superou as críticas para se transformar no principal jogador do Corinthians na temporada e na grande dor de cabeça da diretoria. Com a aproximação de uma nova janela de transferências, o clube acredita que terá dificuldades para segurá-lo.


A direção alvinegra garante que não recebeu ofertas até o momento, mas já espera por contatos de equipes do exterior por Rodriguinho. Durante o ano, clubes da Turquia e do Oriente Médio chegaram a procurá-lo para negociar. Por conta disso, o Corinthians deu um reajuste salarial ao atleta e prorrogou o contrato dele até o fim de 2017.


O Timão não descarta aceitar discutir a venda do jogador. O problema está nos valores. O clube é dono de apenas 50% dos direitos econômicos e precisaria de uma oferta muito boa para ter um lucro considerável com a transação – Capivariano, com 40%, e América-MG, com 10%, também receberiam pela negociação.


O Corinthians, aliás, se movimenta para se antecipar a uma possível saída. O clube está apalavrado com o meia Wagner, ex-Fluminense e Cruzeiro. A assinatura do contrato, porém, ainda não foi feita em virtude de o armador tentar o rompimento do contrato com o Tianjin Teda, da China, onde atuou por duas temporadas.


Além de Rodriguinho, o Corinthians acredita que terá ofertas por Cássio e Fagner. O goleiro é reserva de Walter neste momento e tem mercado para se transferir até mesmo para outro clube brasileiro. O lateral-direito está em alta desde o ano passado e passou a chamar ainda mais a atenção depois das convocações para a seleção brasileira.


Contratado do América-MG em 2013, Rodriguinho, hoje aos 28 anos, demorou a engrenar no Corinthians e foi emprestad. Ele voltou ao Timão em meados de 2015.Participou da campanha do Corinthians hexacampeão Brasileiro e tornou-se titular neste ano.Em 51 partidas em 2016, ele marcou dez gols.








2 de dez de 2016

CORINTHIANS 02/12/2016





Corinthians batiza cabines da Arena com nome de jornalista corinthiano vítima de tragédia

Lilácio Pereira Júnior era coordenador de transmissões da Fox Sports e estava no avião que transportava a equipe da Chapecoense. Conhecido como Jumelo, ele era torcedor do Timão

Corinthians anunciou homenagem à vítima de acidente na Arena

(Foto: Divulgação)

Clube já havia manifestado solidariedade à Chapecoense

Telão da Arena prestou homenagem ao clube catarinense

(Foto: Divulgação)

Clube decretou luto em seu site oficial

(Foto: Reprodução)
LANCE!
02/12/2016
15:15
O Corinthians anunciou nesta sexta-feira que mudará o nome das cabines de transmissão da Arena Corinthians para Lilácio Pereira Júnior. Profissional da Fox Sports, ele foi uma das 71 vítimas do acidente com o avião que transportava a Chapecoense na Colômbia.

Torcedor do Timão, Lilácio era conhecido como Jumelo e trabalhava como coordenador de transmissões externas do canal por assinatura e tinha 48 anos.

Ainda nesta sexta, o Corinthians anunciou que o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, será o representante alvinegro em Chapecó no velório das vítimas da tragédia.

O Timão já realizou diversas homenagens aos envolvidos no acidente aéreo e planeja mais ações no futuro.




Amanhã, a partir das 10h, o #Corinthians vai relembrar a histórica Invasão Corinthiana ao Maracanã de 1976. #Invasão40Anos







Oswaldo de Oliveira vê dias de luto, mas avisa: 'O campeonato tem que acabar'
Técnico descarta a possibilidade da última rodada não acontecer. O Corinthians está com 55 pontos, em 7º lugar, e é o primeiro clube fora da zona de classificação para a LibertadoresOswaldo de Oliveira se solidarizou com a tragédia, mas quer última rodada acontecendo (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
2/12/2016 20h22
Por Gazeta Press

O técnico Oswaldo de Oliveira foi mais um a se solidarizar com a tragédia que acometeu a Chapecoense no começo da semana, com a morte de 55 pessoas ligadas ao clube no avião que caiu nos arredores de Medellín, nesta terça-feira (29 de novembro). No entanto, ele descartou a possibilidade de encerrar o Campeonato Brasileiro sem a disputa da última rodada da competição, marcada para o dia 11 de dezembro, domingo.

“Toda e qualquer conjugação neste momento é muito difícil. Falamos aqui de um fato muito grande, com proporções inimagináveis. O luto tem que ser respeitado, com certeza, isso é irrevogável, mas o campeonato tem que acabar, precisa acabar”, analisou o técnico do Corinthians, que tem no duelo contra o Cruzeiro, às 17h, no Mineirão, a possibilidade de assegurar uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

Para explicar o seu pensamento, o comandante corintiano passou a fazer algumas comparações com outras tragédias da história da humanidade. O exemplo escolhido para o caso da Chape remeteu à Segunda Guerra Mundial, quando Aliados, liderados por França e Inglaterra, e o Eixo, liderado pela Alemanha, travaram uma disputa por seis anos na busca por uma hegemonia política.

“Uma vez li um livro que contava a história da Segunda Guerra Mundial e os ataques frequentes dos alemães à cidade de Londres. A cidade acabou se habituando com aquela situação. Todo mundo estava trabalhando, camelôs vendendo comidas, e, quando os ataques aconteciam, todo mundo corria para os bunkers, para o subsolo. Quando acabava, todo mundo voltava à rotina”, analisou, reconhecendo como válidos os pedidos de atletas para que não se jogue a última rodada.

“O que aconteceu com nós é de uma dimensão muito grande, difícil de administrar. Na medida que o tempo vai passando, vamos tendo vários tipos de informação e opinião. Respeito muito o que o pessoal do Internacional está dizendo e também acho que o Atlético-MG tem razão de não jogar contra a Chapecoense. No momento deste jogo tem que se prestar uma homenagem. Mas o campeonato tem que acabar, tem muita coisa para acontecer em uma rodada”, comentou.

Para Oswaldo, algo que poderia ser feito para não atrapalhar tanto o planejamento dos clubes, que deveriam entrar em férias na segunda-feira (5 de dezembro), seria antecipar a última rodada para quarta-feira (7). A princípio, porém, não há possibilidades de que isso aconteça.

“Não sei se seria interessante uma troca, talvez jogar a rodada na quarta-feira e a Copa do Brasil no domingo, já que assim alterna o planejamento de todo mundo e as férias legais de todos os jogadores. Isso precisa ser muito bem pensado, temos de levar em consideração os dois lados, o da perda descomunal de tantas pessoas queridas e boas, com as quais tínhamos ligações, e o lado da missão que temos que cumprir, de terminar o campeonato”, concluiu o comandante.




Oswaldo: "Situação muito difícil. Traz tristeza difícil de conter. A cada momento lembramos de uma pessoa. Realmente trágico". #ForçaChape






Corinthiano meia Marlone pede votos por Prêmio Púskas, mas volta a passar apoio à Chapecoense

A premiação homenageia, por meio de voto popular, o autor do gol mais bonito da temporada. Corintiano mostrou solidariedade às famílias das vítimas da tragédia na Colômbia
2/12/2016 17h33

O corinthiano Marlone soube na manhã desta sexta-feira (2 de dezembro) que é um dos finalistas do Prêmio Puskás da Fifa, que homenageia o autor do gol mais bonito da temporada por meio de voto popular. Por isso, o jogador fez questão de gravar um vídeo para voltar a pedir os votos das pessoas e, quem sabe, receber o troféu na cerimônia do dia 9 de janeiro, em Zurique, na Suíça. Mesmo assim, o semblante de Marlone não era de festa. Logo na sequência, o atacante voltou a manifestar seu pesar aos familiares que perderam parentes no trágico acidente envolvendo o avião da Chapecoense, que culminou na morte de 71 pessoas na madrugada de terça-feira (29 de novembro).

“Em meio a uma semana triste pra todos, hoje recebi a notícia de que sou finalista do prêmio Puskás, venho mais uma vez pedir votos de todos, e mais uma vez enviar meus profundos sentimentos e orações aos familiares e amigos e companheiros da Chape que perderam a vida nesta tragédia. Força, Chape!”, disse Marlone no vídeo postado em sua redes sociais e nas mídias oficiais do Corinthians.







02/12/2016 20h53

Em alerta, Oswaldo tenta acelerar contratações no Corinthians
Treinador tem pressa na chegada de jogadores para a próxima temporada. Planejamento inclui acertos com zagueiro, volante e meia de criação


Por Carlos Augusto Ferrari

Passa pelas mãos de Oswaldo de Oliveira as contratações que o Corinthians fará para a temporada 2017. E o técnico tem pressa. Preocupado com o futuro da equipe, ele tem intensificado as conversas com a diretoria sobre a possibilidade de buscar novos jogadores já no mês de dezembro.

– Desde que cheguei aqui temos conversado diariamente sobre esse assunto, já era época. Estávamos um pouco atrasados nessa matéria. Estamos procurando fazer isso. Algumas coisas avançaram, outras não foram possíveis, outras estamos conseguindo adiantar – disse o treinador, sem dar detalhes sobre nomes de jogadores.

Oswaldo recebeu do presidente Roberto de Andrade a missão de indicar jogadores e discutir alternativas com o gerente de futebol Alessandro Nunes e o diretor de futebol Flávio Adauto. Depois do acerto com os atacantes Jô e Luidy, o treinador não abre mão da chegada de um zagueiro, um volante e um meio-campista de criação.

Técnico e direção voltaram a conversar nesta semana sobre encontrar um novo armador. O Timão está bastante cauteloso sobre o acerto com Wagner. O jogador chegou a fazer exames médicos, mas ainda não conseguiu se desvincular do Tianjin Teda, da China. Enquanto isso não acontece, o Corinthians não aceita assinar contrato.

Estávamos um pouco atrasados nessa matéria. Estamos procurando fazer isso"

Oswaldo de Oliveira

– Não posso falar do Wagner. Posso falar do Jô, que já vestiu a camisa, temos a certeza. Quando não temos, não vamos ficar falando. Quando aquilo não se realiza, são palavras ao vento, e prefiro me abster – desconversou Oswaldo.


Com o rendimento instável do Corinthians nesta temporada, o treinador está preocupado com o início de 2017. Por conta disso, gostaria de contar com reforços ainda em dezembro. Assim, poderia trabalhar com a equipe completa na pré-temporada nos Estados Unidos, onde o clube disputará o Torneio da Flórida.

Para a posição de volante, o Corinthians tem como principal alvo Rithely, do Sport, indicado por Oswaldo de Oliveira. Na zaga, um dos nomes que agrada é o de Ernando, do Inter. O Timão espera o fim do Brasileirão para intensificar as negociações.





Corinthians batiza cabines da Arena com nome de vítima de tragédia

Lilácio Pereira Júnior era coordenador de transmissões da Fox Sports e estava no avião que transportava a equipe da Chapecoense. Conhecido como Jumelo, ele era torcedor do Timão


LANCE!

2 DEZ2016
15h18
atualizado às 15h18

O Corinthians anunciou nesta sexta-feira que mudará o nome das cabines de transmissão da Arena Corinthians para Lilácio Pereira Júnior. Profissional da Fox Sports, ele foi uma das 71 vítimas do acidente com o avião que transportava a Chapecoense na Colômbia.

Torcedor do Timão, Lilácio era conhecido como Jumelo e trabalhava como coordenador de transmissões externas do canal por assinatura e tinha 48 anos.

Ainda nesta sexta, o Corinthians anunciou que o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, será o representante alvinegro em Chapecó no velório das vítimas da tragédia.

O Timão já realizou diversas homenagens aos envolvidos no acidente aéreo e planeja mais ações no futuro. 







CORINTHIANS SUB 20 ESTRÉIA SÁBADO EM TORNEIO INT.
SÁBADO, 3
19h30 Intern, x CORINTHIANS
Transmissão: SporTV e PFCI (Eduardo Moreno e André Loffredo)












Corinthians aguarda classificação a Libertadores da América para definir contratações

Se conseguir entrar no G6 do Brasileirão na última rodada, o Timão contará com mais receitas na próxima temporada, o que permitirá a contratação de jogadores mais caros.
Em entrevista coletiva, o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes, admitiu o impasse:

- Não tem como dizer que não há peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa pré-Libertadores, tanto pelo clube, por cada atleta, é importantíssimo disputar essa competição. O fato de termos levado essa decisão para a última rodada do Brasileiro nos deixa numa situação indeterminada. Precisamos saber se vamos disputar a Libertadores para ter um direcionamento, mas isso não significa ter uma equipe ruim ou não-competitiva. Sabemos das nossas dificuldades, independentemente de disputar a Libertadores ou não. Mas é óbvio que estar na Libertadores nos dará um peso a mais para trazer qualificação, ter um peso maior ainda - declarou.

Já Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão, adotou tom mais otimista:

- A gente tem uma situação mais saudável e tranquila com a vaga, e mais difícil sem. Envolve receitas, imagem, uma série de coisas. Sou confiante. Já vi o Corinthians em situação mais difícil. Esta é difícil? É, mas não tão difícil como alguns podem imaginar. Temos de ganhar e torcer por um tropeço - argumentou.

O Corinthians conseguirá se classificar para a Libertadores de 2017 se vencer o Cruzeiro, no Mineirão, e AtlCu ou Bot ão vencerem seus jogos. Ainda há possibilidade do sétimo lugar do brasileiro também ir a libertadores, dependendo do resultado da Copa do brasil.








Reforço do Corinthians conhece CT, mas só iniciará treinos em janeiro

Luidy esteve na última quinta-feira no CT Joaquim Grava para ver de perto a estrutura do Timão. Atacante contratado do CRB-AL firmou contrato de quatro temporadas com o clube

Luidy ao lado de empresários no CT do Corinthians
(Foto: Reprodução)

Reforço do Corinthians para a próxima temporada, o atacante Luidy, de 20 anos, conheceu na última quinta-feira a sua futura "casa". Acompanhado de seus empresários, o jogador esteve no CT Joaquim Grava e conferiu de perto a estrutura do Timão.

Destaque do CRB-AL na última Série B, o atleta firmou contrato de quatro temporadas com o Corinthians e só se juntará ao restante do elenco alvinegro em janeiro. Por enquanto, ainda sem registro com o Timão, ele curtirá férias.

Embora tenha sido comprado antes mesmo de Jô, outro reforço do clube para o ano que vem, Luidy não foi anunciado pelo Corinthians. No entanto, na última quinta-feira o gerente de futebol Alessandro Nunes afirmou:

- O Corinthians fez a aquisição do Luidy e ele só vai se apresentar em janeiro.

Em outubro o atacante concedeu entrevista exclusiva ao LANCE!, na qual comentou sobre a realização do sonho de atuar no Timão e mandou um recado à Fiel torcida.





Corinthians mira vaga na Libertadores da América para definir planejamento com mais dinheiro e mais reforços em 2017
Alessandro, gerente de futebol do clube, admitiu que competição sul-americana trará mais recursos para contratações no próximo ano. Timão precisa da vitória e de empates de Bot.rj ou Atl. cu para conseguir a vaga

O Corinthians definirá seu planejamento para 2017 só após a definição de seu futuro.

"Como ficou para a última rodada (a vaga na Libertadores), obviamente ficou para a última rodada o planejamento também”, explicou o diretor de futebol do clube, Flávio Adauto, reconhecendo que o torneio continental pode definir a construção de um elenco mais caro, assim como a ausência deve resultar em um grupo de atletas mais modesto para o próximo ano. A participação no Torneio da Flórida, com viagem marcada para o dia 11 de janeiro, justamente o dia de reapresentação do elenco, no entanto, está confirmada. "Não haverá problema", assegurou o gerente de futebol Alessandro.

"Não dá para dizer que não tem peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa primeira fase da Libertadores. Serão quatro jogos que nos dariam condições de chegar à fase de grupos. É importantíssimo para nós, o planejamento é feito sempre no início de um segundo semestre, mas o fato de a gente ter jogado isso para uma última rodada deixa numa situação de não ter terminado. Precisamos saber se vamos jogar ou não", continuou Alessandro.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um dos dois adversários não vença as suas respectivas partidas.

"Já vi o Corinthians em situações muito mais difíceis do que essa e superar. Temos que ganhar um jogo e torcer para que os outros times não ganhem. Quem não faz esses cálculos? Foram tantas mudanças que, provavelmente, poderíamos estar muito mais tranquilos. Não sei em outras equipes, mas qualquer um que perdesse um time inteiro, mais meio time, depois outro pedaço, não sei se não estariam brigando contra o rebaixamento”, falou Adauto.

"Olha, veja bem. Não que isso seja algo definitivo. Sabemos nossas dificuldades. Não que isso signifique um time ruim, também, mas estar na Libertadores vai nos dar a situação de qualificar o elenco”, concluiu Alessandro, com muito cuidado ao escolher suas palavras.










No top 3: Golaço de Marlone vai para final do Prêmio Puskás

Gol do meia do Corinthians contra o Cobresal está entre os três mais belos da temporada.


LANCE! 02/12/2016 10:30

A Fifa divulgou nesta sexta-feira os três finalistas ao Prêmio Puskás, referente ao gol mais bonito de 2016. Entre os candidatos está o brasileiro Marlone, do Corinthians. A cerimônia de entrega será no dia 9 de janeiro, em Zurique, na Suíça. A votação para escolher o gol mais bonito da temporada está aberta no site da entidade.

O gol do meia corinthiano foi marcado em duelo Corinthians 6x0 Cobresal, pela Libertadores. Após linda jogada do ataque do Timão pela direita, a bola foi cruzada na área e Marlone, com classe, ajeitou no peito e mandou um lindo voleio. VOTE EM MARLONE: http://www.fifa.com/the-best-fifa-football-awards/puskas-award/video=2852525/index.html





Golaço de corinthiano Marlone contra Cobresal (CHI) está na final do Prêmio Puskas da FIFA

Meia do Corinthians disputa prêmio com gol de voleio marcado na Arena Corinthians na Libertadores


10h00 02/12/2016 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O golaço de Marlone na goleada sobre o Cobresal (CHI) por 6 a 0 pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2016 foi escolhido como um dos três finalistas do Prêmio Puskas da FIFA de gol mais bonito do ano. O anúncio foi feito pela entidade máxima do futebol mundial na manhã desta sexta-feira (02).

O jogador do Timão chegou à final do prêmio com a venezuelana Daniuska Rodriguez e o malaio Mohd Faiz Subri. O vencedor será escolhido por voto popular na internet. Para votar no gol do Marlone, clique aqui.

No dia 21 de abril, quando o Timão já vencia a equipe chilena por 2 a 0 na Arena Corinthians, Marlone recebeu cruzamento na entrada da área, dominou a bola no peito e acertou um lindo voleio, sem chances para o goleiro.

O prêmio será entregue durante a cerimônia do FIFA The Best, evento que anuncia o melhor jogador do mundo, no dia 9 de janeiro de 2017, em Zurique, na Suíça.
Corinthians mira vaga na Libertadores para ter mais reforços em 2017

Alessandro, gerente de futebol do clube, admitiu que competição sul-americana trará mais recursos para contratações no próximo ano. Timão precisa da vitória e de tropeços de Botafogo e Atlético-PR para conseguir a vaga

O Corinthians, assim como todos os outros clubes do Campeonato Brasileiro, terá uma semana a mais na temporada 2016 devido à tragédia envolvendo os jogadores da Chapecoense, que estavam no voo rumo a Medellín, na última terça-feira (29 de novembro), acidentado nos arredores da cidade colombiana. No atual cenário corintiano, porém, isso significa menos tempo para programar o próximo ano, principalmente por causa de um fator: a participação na Copa Libertadores da América de 2017.

"Como ficou para a última rodada (a vaga na Libertadores), obviamente ficou para a última rodada o planejamento também”, explicou o diretor de futebol do clube, Flávio Adauto, reconhecendo que o torneio continental pode definir a construção de um elenco mais caro, assim como a ausência deve resultar em um grupo de atletas mais modesto para o próximo ano. A participação no Torneio da Flórida, com viagem marcada para o dia 11 de janeiro, justamente o dia de reapresentação do elenco, no entanto, está confirmada. "Não haverá problema", assegurou o gerente de futebol Alessandro.

"Não dá para dizer que não tem peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa primeira fase da Libertadores. Serão quatro jogos que nos dariam condições de chegar à fase de grupos. É importantíssimo para nós, o planejamento é feito sempre no início de um segundo semestre, mas o fato de a gente ter jogado isso para uma última rodada deixa numa situação de não ter terminado. Precisamos saber se vamos jogar ou não", continuou Alessandro.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um, entre atl cu e bot, não vença as suas respectivas partidas.

"Já vi o Corinthians em situações muito mais difíceis do que essa e superar. Temos que ganhar um jogo e torcer para que os outros times não ganhem. Quem não faz esses cálculos? Foram tantas mudanças que, provavelmente, poderíamos estar muito mais tranquilos. Não sei em outras equipes, mas qualquer um que perdesse um time inteiro, mais meio time, depois outro pedaço, não sei se não estariam brigando contra o rebaixamento”, falou Adauto.

"Olha, veja bem. Não que isso seja algo definitivo. Sabemos nossas dificuldades. Não que isso signifique um time ruim, também, mas estar na Libertadores vai nos dar a situação de qualificar o elenco”, concluiu Alessandro, com muito cuidado ao escolher suas palavras.

1 de dez de 2016

CORINTHIANS 01/12/2016
















1/12/2016 23h57

Bicampeão, casa cheia e homenagem: Corinthians goleia e leva Liga Paulista
Timão derrota o Sorocaba por 4 a 0 e ergue a taça pela 11ª vez, a segunda seguida. Início de partida é marcado por homenagens da torcida e jogadores à Chapecoense


Por Emilio Botta e Guilherme Costa
O Corinthians é bicampeão da Liga Paulista de futsal, ao golear o Sorocaba por 4 a 0, no ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge. E a festa pode estar só começando, já que o Timão disputa a partir da próxima segunda-feira as finais da Liga Nacional de Futsal (LNF), contra o mesmo Sorocaba. Vander, Rocha e Leandro Lino, duas vezes, marcaram. 

É o 11º título paulista da história do Corinthians, que levantou a taça no ano passado. As outras conquistas vieram em 1971, 1972, 1973, 1978, 1980, 1981 ,1995, 2009 e 2013. 

Antes da partida, a torcida do Corinthians rezou um pai nosso e uma ave maria e gritou "Vamos, vamos, Chape!",enquanto uma faixa em homenagem ao time catarinense era aberta em quadra. Depois, os jogadores dos dois times se abraçaram no centro e um minuto de silêncio foi respeitado. Na torcida, algumas faixas com os dizeres "Força, Chape" foram vistas. 
Por ter vencido a primeira partida por 4 a 2, o Corinthians precisava de apenas um empate para sair com o título. 

- Esse título representa muita coisa, a força da nossa equipe, a nossa amizade, mostrando que somos um time unido não só aqui dentro como fora de quadra. Prova disso foi que no episódio mais difícil da minha vida todos estiveram unidos e foram me dar força até em Orlândia onde foi o enterro. Hoje alcançamos um primeiro objetivo e esperamos alcançar o objetivo maior nas próximas semanas - afirmou o goleiro Guitta, que perdeu o filho de apenas 2 anos há três semanas.

O JOGO

O Corinthians mostrou vontade de ganhar o título desde o começo. Com um minuto de jogo, Deives já se jogou com um carrinho para salvar uma bola no meio da quadra. Minutos depois, Guitta salvou dois chutes seguidos de Xandy. Aí apareceu a experiência e oportunismo de Vander Carioca
. O craque de 41 anos quase colocou para dentro um cruzamento feito por Marcel. Dois minutos depois, não desperdiçou a chance após o cruzamento de Leandro Lino. Um a zero e o título mais próximo. 

Vander Carioca comemora gol do Corinthians (Foto: Yuri Gomes/Divulgação)

No restante do primeiro tempo, o Sorocaba até teve algumas chances, mas sem muito sucesso. No último minuto, a partida virou uma correria, com dois contra-ataques para cada lado, mas sem que as equipes concluíssem. 

No segundo tempo, Deives anotou 2 a 0 aos dois minutos. Naquele momento, o Sorocaba precisaria virar a partida e ainda vencer a prorrogação. Faltavam ainda 18 minutos, mas a torcida já gritava: "Sou do time que vai ser o campeão".

Aos oito minutos, Leandro Lino fez o terceiro, e a torcida gritou "É campeão". Foram 12 minutos de festa na arquibancada. Em quadra, faltando oito minutos para o fim, Rocha ampliou para 4 a 0 e decretou CORINTHIANS BICAMPEÃO PAULISTA DE FUTSAL.
CORINTHIANS BICAMPEÃO PAULISTA DE FUTSAL, O MAIOR CAMPEÃO COM 11 TÍTULOS (Foto: Guilherme Costa)

Corinthians foi bicampeão com: Guitta, Nenê, Leandro Caires, Pepita e Deives. Entraram: Careca, Douglas, Rocha, Marcel, Arthur, Índio, Vander Carioca, Edgard, Leandro Lino e Adriano Foglia. Técnico: André Bié.



































CORINTHIANS SABE QUE PAULISTÃO 2017 COMEÇARÁ 5 DE FEVEREIRO. CORINTHIANS ESTRÉIA CONTRA são bento em sorocaba
CORINTHIANS NO PAULISTÃO 2017
5/2-dom- walter rib- sorocaba- s.bento x CORINTHIANS
12/2/17-dom-Arena Corinthians- CORINTHIANS X sto. andré
15/2/17-qua Arena Corinthians-  CORINTHIANS X novoriz.
19/2/17-dom- JoseLib. osasco- Os. audax x CORINTHIANS
22/2/17-qua- Arena Corinthians- CORINTHIANS x palm.
25/2/17-sab- mirassol- mirassol x CORINTHIANS
5/3/17-dom- Arena Corinthians- CORINTHIANS X s7os.
12/3/17-dom-M. Lucarelli- campinas- ponte x CORINTHIANS
19/3/17-dom- F.Luminosa-araraquara- ferrov x CORINTHIANS
22/3/17-qua- Arena Corinthians- CORINTHIANS X redbull
26/3/17-dom- mor- 5P x CORINTHIANS
29/3/17-qua- Arena Corinthians- CORINTHIANS X linense









Corinthians admite dificuldade para trazer meia Wagner e aguarda por volante Rithely

Gerente de futebol Alessandro Nunes afirma que meia precisa resolver imbróglio com o Tianjin Teda, da China, para assinar com o Timão. Volante segue na mira para 2017

Bruno Cassucci

1 DEZ 2016 19h29 atualizado às 19h29

Alessandro Nunes, gerente de futebol do Corinthians, falou abertamente sobre tratativas com dois jogadores que o Timão tem para 2017: o meia Wagner, de 31 anos, e o volante Rithely, de 25.
 Quanto a Wagner, o Corinthians aguarda:
- Existe uma situação que o atleta precisa resolver com o clube chinês, não há prazo para apresentar o atleta, há uma questão que precisa ser resolvida para que ele esteja de volta ao mercado. A gente leva tudo em consideração para ter um atleta livre e regularizado, hoje não temos isso, pois o atleta tem vínculo com o clube chinês, com um litígio com a Fifa que a gente respeita. O Wagner precisa se resolver para depois a gente chegar a um acordo - afirmou Alessandro, em entrevista coletiva.

Já com Rithely a situação é outra. A diretoria alvinegra espera o fim do Campeonato Brasileiro e a eleição no Sport, marcada para 16 de dezembro, para avançar na negociação pelo volante. Indicado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, o jogador tem 50% dos direitos econômicos ligados ao clube pernambucano, enquanto a outra metade pertence a investidores, que têm interesse em colocá-lo no Corinthians.

- Sobre o Rithely, está no mesmo ponto, não foi feito mais contato entre os clubes, já que o Sport se posicionou sobre o momento político dele e a fuga do rebaixamento. Respeitamos o momento deles. Vamos esperar isso passar para no segundo momento procurá-los - declarou o gerente.

Até o momento, o Corinthians tem acertada duas contratações para 2017: o centroavante Jô, que estava livre e assinou contrato de três anos, e o atacante Luidy, um dos destaques do CRB-AL na última Sèrie B.




CORINTHIANS DEVE TENTAR CONTRATAR VOLANTE RITHELY JUNTO AO sport após 11/12, qdo ocorrer eleições por lá



Corinthians quita salários e agradece compreensão do elenco

Nova etapa do treino, ainda com foco na posse de bola. Hoje, Oswaldo não separa titulares e reservas. #trsccp
Willians mantém rotina de treinos no CT, mas não terá alteração nas férias. Ele encerra sua passagem pelo Corinthians nesta semana. #trsccp
Agora é hora do tradicional trabalho de posse de bola. #trsccp
Yago, Bruno Paulo e Rildo, recuperados de lesões, treinam e estão à disposição para enfrentar o Cruzeiro. #trsccp

Corinthians só não tem um jogador à disposição para a última rodada do Brasileiro: Danilo, que se recupera de cirurgia. #trsccp
Elenco do Corinthians também no aquecimento. #trsccp
Corinthians em campo no CT. Aquecimento dos goleiros. #trsccp

Negociação com Wagner cada vez mais fria. Tendência, hoje, é de que não se concretize. Clube discute outros nomes para o meio-campo. #trsccp

Férias começam dia 12, após jogo contra o Cruzeiro. Retorno ainda indefinido. Viagem à Florida: 12 de janeiro. #trsccp

Programação do Corinthians: clube terá menos de 30 dias de férias. Diretoria deu o fim de semana de folga para amenizar situação. #trsccp

Participação no Torneio da Flórida, em janeiro, está mantida. Clube enfrenta o River Plate, em Orlando, dia 15 do mês que vem. #trsccp

Alessandro e Flávio Adauto definiram nas últimas horas a programação de fim de ano do Corinthians. Rodada do Brasileiro foi adiada. #trsccp

Boa tarde! Hoje, no CT Joaquim Grava, diretoria do Corinthians vai se posicionar sobre diversos assuntos em entrevista coletiva. #trsccp
18:28

Treino do Corinthians já está perto do fim. Goleiros e alguns poucos atletas seguem em campo #trCOR


18:21

Encerradas as entrevistas coletivas.

18:20

Agora ele é perguntado sobre Luidy (do CRB-AL) e Rithely, do Sport:

"Vou falar do que está certo. O Corinthians fez a aquisição do Luidy e ele só vai se apresentar em janeiro. Sobre o Rithely, está no mesmo ponto, não foi feito mais contato entre os clubes, já que o Sport se posicionou sobre o momento político, fuga do rebaixamento, respeitamos o momento deles. Vamos esperar isso passar para no segundo momento procurá-los."


18:19
Alessandro também fala do assunto:

"Fiquei muito surpreso com a notícia, foi um ligando para o outro tentando saber se alguém iniciou contato. Quase todos os dias recebemos ligações oferecendo esse ou aquele atleta. Quando se fala de um atleta com potencial, como o Otávio, isso repercute mais. Mas não houve de parte alguma, do Corinthians, do Otávio, seu agente ou do Atlético-PR. Assim como fiquei surpreso com a notícia do Hernane Brocador, parece que alguém está forçando isso. Me surpreende algumas coisas. Mas estamos sempre aqui para explicar para vocês, como foi a situação do Wagner, do Rithely. Nunca vamos ter dificuldade para esclarecer caso a caso, mas às vezes a gente é pego de surpresa e tem que dizer que nunca houve. Não sei se é plantado, mas nunca houve isso. Quando um empresário nos liga perguntando se gostamos de um atleta, não significa que temos interesse. "


18:16
Corinthians tentou a contratação de Otávio, volante do Atlético-PR?

"Eu não tenho nenhuma informação. Conversamos a respeito disso no dia seguinte. Não desacredito de quem falou, mas temos várias partes quando envolve o jogador. Tem empresário, que tem interesse em dizer isso, às vezes o próprio jogador... Não tenho conhecimento. O que não quer dizer que possa até haver. Pode ser que alguém tenha feito alguma consulta, um empresário, um amigo, assistente, é a visão que eu tenho."


18:13
Adauto também fala sobre o tema:

"A gente tem uma situação mais saudável e tranquila com a vaga e mais difícil sem. Envolve receitas, imagem, uma série de coisas. Sou confiante. Já vi o Corinthians em situação mais difícil. Esta é difícil? É, mas não tão difícil como alguns podem imaginar. Temos de ganhar e torcer por um tropeço."


18:12
Alessandro é indagado sobre planejamento para 2016. Como a vaga na Libertadores afeta?

"Não tem como dizer que não há peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa pré-Libertadores, tanto pelo clube, por cada atleta, é importantíssimo disputar essa competição. O fato de termos levado essa decisão para a última rodada, nos deixa numa situação indeterminada. Precisamos saber se vamos disputar a Libertadores para ter um direcionamento, mas isso não significa ter uma equipe ruim ou não-competitiva. Sabemos das nossas dificuldades, independentemente de disputar a Libertadores ou não. Mas é óbvio que estar na Libertadores nos dará um peso a mais para trazer qualificação, ter um peso maior ainda."


18:10
Gerente de futebol fala sobre a possível permanência de Rildo:

"Não há nenhuma reunião agendada, já houve outras tantas com seu agente, conversamos bastante. Tudo que aconteceu nos últimos dias... A gente ficou de sentar e conversar a respeito."

18:08
Alessandro confirma dificuldade para contratar o meia Wagner:

"Existe uma situação que o atleta precisa resolver com o clube chinês, não há prazo para apresentar o atleta, há uma questão que precisa ser resolvida para que ele esteja de volta ao mercado. A gente leva tudo em consideração para ter um atleta livre e regularizado, hoje não temos isso, pois o atleta tem vínculo com o clube chinês, com um litígio com a Fifa que a gente respeita. O atleta precisa se resolver para depois a gente chegar a um acordo."

18:02

Adauto diz que salários foram pagos e que problema não deve voltar a se repetir.

17:38


Times são formados sem divisão de reservas e titulares. Objetivo é trocar a maior quantidade de passes possível dando só dois toques.

17:25 Willians segue treinando no Corinthians. Volante, porém, não apareceu mais em campo depois que discutiu com um torcedor #trCOR


17:11 Corinthians relembra 40 anos da Invasão ao Maracanã em evento no sábado

17:10 Elenco praticamente completo em campo. Único desfalque é Danilo, que só voltará a jogar em 2017 #trCOR
17:02 Goleiros pulam corda antes de serem submetidos a bombardeio do preparador Mauri Lima #trCOR



17:00 Jogadores se aquecem no gramado. Sem rodada no fim de semana, elenco ganhará folga no sábado e no domingo #trCOR




16:54 Oswaldo quer a permanência de Rildo em 2017. Diretoria do Corinthians marcou reunião com o empresário dele
16:48


No CT Joaquim Grava, Corinthians treina neste momento.

Timão relembra 40 anos da invasão ao Maracanã em evento no sábado

Evento no Parque São Jorge contará com a presença de jogadores que enfrentaram o Fluminense, em 1976. Haverá exposição e também exibição do documentário produzido

Ídolos históricos do Corinthians se reunirão neste sábado, às 10h, no Teatro Omni Corinthians, no Parque São Jorge, para celebrar os 40 anos da Invasão ao Maracanã na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 - na oportunidade, ao menos 70 mil torcedores do Timão viajaram para apoiar o clube na importante partida.

O evento fará parte da série "Jogos Eternos" e o Memorial Corinthians receberá a exposição "40 Anos - Invasão Maracanã". Ainda haverá o lançamento do documentário "1976 - O Ano da Invasão Corinthiana". O filme já foi exibido em pré-estreia para imprensa e convidados
Tobias, Wladimir, Zé Maria, Vaguinho e Geraldão, que participaram da histórica campanha no Rio de Janeiro estarão no Parque São Jorge para conversar com torcedores e acompanhar os melhores momentos da partida, que será exibida no teatro Omni Corinthians. Depois disso estará aberta uma exposição de fotos e objetivos enviados por torcedores e atletas e, em paralelo, será lançado o documentário

O Corinthians estava na semifinal do Brasileirão de 1976, quando a torcida escreveu uma das páginas mais bonitas da história do clube e invadiu o Rio de Janeiro.

A história da classificação nos pênaltis todo mundo já conhece, mas o filme conta bastidores pouco conhecidos da saga da Fiel, que ignorou distâncias em nome do amor em 1976.











Corinthians se dispõe a ajudar familiares de vítimas de acidente fatal, reestruturção da chape e realizar homenagens

O Corinthians se pôs a disposição da chapecoense para ajudá-la a superar essse momento dificílimo.

- Estamos convictos de que temos de fazer algo que não seja apenas uma homenagem, mas também relevante neste reinício deles. Também estamos convictos que qualquer coisa que façamos tem que ser validada por eles. Precisamos saber o que precisam, o que querem e com o que se sentem confortáveis. E não é hora de questionar isso, estamos respeitando o luto - explicou Gustavo Herbetta, superintendente de marketing do Timão
Na última terça-feira, juntamente com outras equipes, o Corinthians se colocou à disposição para emprestar jogadores à Chapecoense e pediu que os catarinenses ficassem livre de rebaixamento por pelos próximos três anos.

- Eles possuem outras prioridades, como cuidar dos familiares das vítimas. Depois, haverá a própria reorganização estrutural, e aí vamos conversar. Falei na terça-feira com o executivo de marketing da Chapecoense e me coloquei à disposição para ajudar. Queremos fazer algo para ajudá-los não só neste jogo - completou Herbetta.








Oswaldo pede permanência de Rildo em 2017. Corinthians agenda reunião

Treinador gosta do atacante, com quem já havia trabalhado. Ao final deste ano, jogador ficará sem vínculo com o Timão

Bruno Cassucci

1 DEZ2016
06h53
atualizado às 06h53

A pedido do técnico Oswaldo de Oliveira, o Corinthians discutirá a permanência do atacante Rildo para a próxima temporada. O jogador está emprestado até o fim deste ano, e estará livre.

Na próxima segunda-feira, o empresário do atleta, José Galante, se reunirá com a diretoria alvinegra. O encontro já deveria ter acontecido, mas foi adiado devido à internação do presidente do Timão, Roberto de Andrade, que recebeu alta na última terça-feira.

Embora tenha utilizado Rildo em poucas oportunidades desde que voltou ao Corinthians, Oswaldo de Oliveira gosta muito do jogador, com quem trabalhou em 2014. O treinador chegou a pedir a contratação dele em outros clubes pelos quais passou.

Sofrendo com diversas lesões, Rildo realizou apenas 22 partidas com a camisa alvinegra e marcou dois gols desde que foi contratado, em julho de 2015.

Rildo está com 27 anos e atua em posição na qual o Timão busca reforços. Mesmo que ele permaneça, o clube deve ir ao mercado buscar pelo menos mais um atacante que atua pelos lados do campo.










01/12/2016 08h00

Em vantagem, Corinthians recebe Sorocaba na decisão da Liga Paulista
Após vencer a primeira partida por 4 a 2, Timão joga pelo empate no tempo normal e prorrogação no Ginásio do Parque São Jorge. Falcão é desfalque no Sorocaba


Por Emilio Botta e Guilherme Costa

Não é só uma prévia da final da Liga Nacional. O Corinthians enfrenta Sorocaba, nesta quinta-feira o jogo de volta da decisão Liga Paulista.No primeiro duelo, vitória corinthiana por 4 a 2, que deixa o time da capital com vantagem do empate no tempo normal e em uma hipotética prorrogação. O jogo será no ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, às 21hs, e terá transmissão ao vivo do SporTV e cobertura em Tempo Real do GloboEsporte.com. Os ingressos estão esgotados.

Na primeira partida, deu Corinthians contra o Sorocaba (Foto: Yuri Gomes)

Para Vander Carioca, experiente jogador do Corinthians, o Sorocaba cresceu muito nos últimos dias:
- A gente sabe que vai ser difícil, a gente venceu na primeira partida, mas eles cresceram desde então, né? Passaram para a final da Liga Nacional e estão com outro ânimo. A gente conta com o apoio da nossa torcida. É encarar o jogo com muita seriedade. A Liga Paulista te encaminha para chegar mais forte na Liga Nacional - disse Vander.
As equipes também vão se enfrentar na decisão da Liga Nacional. O primeiro duelo será no dia 5 de dezembro, e o segundo, dia 12. Em caso de uma vitória para cada lado, um terceiro confronto será realizado. Os dois times buscam o primeiro título nacional de suas histórias.


FICHA DO JOGO
Local: Ginásio Vlamir Marques, no Parque São Jorge
Horário: 21h
Ingresso: Cada ingresso será trocado por um quilo de alimento não perecível, mas há exceções: não serão aceitos açúcar, sal, farinha de trigo, farinha de mandioca e fubá. (Há poucos ingressos disponíveis)
Transmissão: SporTV e Tempo Real no GloboEsporte.com


Corinthians prováveis titulares: Guitta; Leandro Lino, Nenê, Deives e Pepita.
Reservas: Índio, Arthur, Vander Carioca, Leandro Caires, Marcel, Rocha, Edgard e Foglia. Técnico: André Bié.








Corinthians/UNIP encara o Sorocaba em busca do bicampeonato da Liga Paulista de Futsal
Alvinegro precisa apenas de um empate para conquistar o 11º título do campeonato estadual na história


09h40 01/12/2016 - Agência Corinthians

Na busca do bicampeonato da Liga Paulista de Futsal, o Corinthians/UNIP encara o Sorocaba na noite desta quinta-feira (01), às 21h, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. A Fiel, que esgotou os ingressos em pouco mais de duas horas na manhã da última quarta-feira (30), irá lotar as arquibancadas no principal ginásio do Parque São Jorge.


No jogo de ida, o Timão garantiu a vitória com uma virada histórica na Arena Sorocaba. Após ir para o intervalo com um revés de 2 a 0, Deives (2), Leandro Caires e Leandro Lino garantiram o triunfo do time paulista naquela noite.


Agora, depois de vencer o primeiro confronto, o Alvinegro precisa apenas de um empate para conquistar o 11º título do campeonato estadual na história. Durante as oito primeiras conquistas – 1971, 1972, 1973, 1978, 1980, 1981 ,1995 e 2009 – o campeonato ainda era nomeado Campeonato Paulista de Futsal.


Nas duas mais recentes – 2013 e 2015 – o torneio passou por uma reformulação no modo de disputa e a competição passou a ser chamada de Liga Paulista. Deives, ala/pivô do Timão, falou que a motivação da equipe é fazer história jogando pelo Time do Povo ao lado da Fiel.


“Teremos o apoio total da nossa torcida, os ingressos foram esgotados em horas! Estamos muito motivados com tudo que está acontecendo e isso precisa redobrar nossa atenção e foco. O adversário é qualificado, mas queremos muito fazer história no clube”, afirmou o camisa 10.


Sobre a partida, o artilheiro da equipe na temporada lembrou da intensidade do duelo e destacou a preparação especial para um dos jogos mais importantes do ano.


“Será um jogo intenso onde precisaremos entrar 100% concentrados. Estamos nos preparando muito e o Bié está fazendo treinos específicos para amanhã! Enfim, amanhã será o dia da nossa torcida ser o sexto jogador novamente! Vamos todos juntos em busca desse sonho”, disse.









01/12/2016 07h00
Timão mantém espera por meia Wagner, mas inicia busca por outro meia
Ainda no aguardo de resolução da Fifa, Timão pode desistir do negócio se não houver perspectiva de acordo. Diretoria discute outros nomes para posição
Por Diego Ribeiro
O Corinthians busca opções no mercado para reforçar seu meio-campo em 2017. Ainda sem saber se poderá contar com Wagner, ex-Tianjin Teda, a cúpula alvinegra discute a possibilidade de contratação de outros nomes para a posição. Neste momento, a contratação de Wagner já é considerada difícil por membros da diretoria alvinegra.
O clube mantém o perfil de jogador que quer na posição para a próxima temporada: experiente, com sucesso em clubes grandes, que tenha bagagem suficiente para ser referência em um grupo que perdeu dezenas de jogadores após o título brasileiro de 2015.
Wagner acertou as bases salariais e chegou a realizar exames médicos no CT Joaquim Grava há quase duas semanas. No entanto, o departamento jurídico avalia que o acerto é arriscado por causa de uma pendência na Fifa e, por isso, o contrato ainda não foi assinado.
Em meados do ano passado, o Tianjin Teda cancelou o registro de Wagner em competições. Ele, então, passou a ficar fora das partidas e começou a treinar separado do grupo. Fora dos planos, o jogador pediu a rescisão contratual para retornar ao Brasil e iniciou as negociações com o Corinthians.
O problema é que a ação pedindo o rompimento do vínculo só deve ser julgada no início do ano que vem, e o Corinthians já não se mostra disposto a esperar tanto tempo. Os advogados do Timão adotam uma postura conservadora e temem que o jogador seja derrotado no tribunal. Caso isso aconteça, ele ficaria impedido de atuar pela equipe paulista.
O Corinthians tem pressa para resolver o caso. A direção gostaria de viajar para o Torneio da Flórida, em janeiro, já com boa parte do elenco completo. Até o momento, o clube acertou com os atacantes Jô e Luidy.
Wagner, de 31 anos, teve a contratação aprovada pelo técnico Oswaldo de Oliveira. Ele chegaria para ocupar um setor carente do elenco corintiano. Os únicos meias de criação no grupo neste momento são Rodriguinho e Giovanni Augusto. 









Corinthiano meia Vitinho dá duas assistências e Seleção Brasileira Sub-17 vence na estreia do Nike Friendlies 2016
Meia-atacante do Corinthians fala sobre o desempenho do Brasil e a importância da vitória conquistada diante da Turquia


10h00 01/12/2016 - Agência Corinthians


© Divulgação


Nesta quarta-feira (30), a Seleção Brasileira Sub-17 fez a sua estreia no Nike Friendlies 2016, em Sarasota, nos Estados Unidos. Com duas assistências de Vitinho, meia-atacante do Sub-17 do Corinthians, o Brasil bateu a Turquia por 4 a 2.


“Foi muito importante esta vitória para começarmos a competição com o pé direito”, disse o jovem atleta do Timão. “Tivemos a posse de bola e pudemos mostrar nosso futebol. Isso será fundamental para irmos em busca do título deste quadrangular”, complementou Vitinho.


O Brasil joga agora nesta sexta-feira (02), diante de Portugal. Depois, no domingo (04), a Seleção Brasileira encerra sua participação no Nike Friendlies 2016 contra os Estados Unidos. A equipe que somar mais pontos será a campeã do minitorneio.










Vilson garante empenho por Libertadores em memória das vítimas

Daniel Chiesa Gelbaum*

1 DEZ 2016 09h41 atualizado às 09h41

O acidente aéreo que dizimou o time da Chapecoense, na terça-feira, pegou todos de surpresa e gerou comoção mundial. A nível nacional, o ocorrido mexeu com a programação do final da temporada, com o adiamento da final da Copa do Brasil e da última rodada do Campeonato Brasileiro. Ex-jogador da Chape, o zagueiro Vilson garantiu que o Corinthians jogará em memória das vítimas para conquistar a tão sonhada vaga na Copa Libertadores.

"É uma tragédia muito grande. Sabemos da dor, mas temos de pegar isso como força. Temos um objetivo de Libertadores para mais de 30 milhões de torcedores. Temos de pegar isso positivamente, jogar pelos nossos companheiros. Estou aqui por eles, que me ajudaram ano passado. É jogar por eles, não se abater, jogar com alegria e felicidade, porque a Chapecoense jogava assim", disse.

Atualmente na sétima posição, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro fora de casa, no dia 11 de dezembro, e torcer por tropeços de Botafogo e Atlético-PR para se classificar à Libertadores. O clube e os jogadores planejam prestar auxílio à Chapecoense, porém ainda não tem uma ação definida.

"Não conversamos sobre isso ainda, estamos vendo muita movimentação dos clubes. Vamos esperar, deixar a poeira baixar um pouco e ver quais as decisões a serem tomadas. O que puder ajudar a Chapecoense, vamos ajudar", completou Vilson.
*Especial para a Gazeta Esportiva