30 de mai de 2017

CORINTHIANS 30/05/2017





Corinthians solta Nota de esclarecimento: Mundial Sub-17 2017


20h50 30/05/2017 - Agência Corinthians


O Centro de Excelência em Formação de Atletas do Sport Club Corinthians Paulista esclarece, por meio desta, o declínio no convite para participação no Mundial Sub-17 2017, que acontecerá, como sempre, em Madri, na Espanha, no próximo mês de agosto.

Tricampeão da competição (2010, 2011 e 2015), o Corinthians, costumeiramente, recebia o convite da organização do torneio com o pagamento de hospedagem, alimentação e traslados na Espanha inclusos – ao clube, cabia o pagamento das passagens aéreas para os atletas, comissão técnica, diretoria e staff.

Neste ano, no entanto, num primeiro momento, o Corinthians não recebeu o convite. Quando reivindicou sua vaga, o convite feito ao Alvinegro não incluía nada. Ou seja, além das passagens aéreas, o clube precisaria arcar com a hospedagem e traslados dentro da Espanha.

Com a tradição que o Corinthians tem no Mundial Sub-17 – ao lado do Real Madrid, é o maior campeão –, a diretoria julgou que a participação nestas condições não seriam possíveis – visto o cenário econômico atual dos clubes, de forma geral – e, por isso, houve o declínio do convite.










Corinthians tem 23.500 ingressos vendidos para sábado

Bilheterias serão abertas a partir desta quarta-feira; Parque São Jorge, Arena Corinthians e lojas Poderoso Timão do Shopping D, do Tietê Plaza e da Rua Augusta são os pontos de venda físicos


18h15 30/05/2017 - Agência Corinthians






© Bruno Teixeira

Neste sábado (03/06), às 19h, o Corinthians tem mais um compromisso pelo Brasileirão 2017. Na Arena Corinthians, o Timão recebe stos. Para esta partida, já foram vendidos 23.500 ingressos. A venda prossegue nesta quarta-feira (31/05) na internet e também nas bilheterias.

A venda pela internet acontece para sócios e não sócios do Fiel Torcedor. Os associados do programa podem garantir presença pelo www.fieltorcedor.com.br até as 23h59 desta quarta. Os ingressos para não sócios já estão à venda pelo www.ingressoscorinthians.com até sábado (03), às 11h.

Os pontos de venda físicos serão abertos a partir desta quarta. No Parque São Jorge e nas lojas Poderoso Timão do Shopping D e do Tietê Plaza, o horário de funcionamento é das 12h30 às 19h30. Na Arena Corinthians e na Poderoso Timão da Rua Augusta, das 12h às 17h.

Esquenta da Fiel

Sócios do Fiel Torcedor com ingressos para a partida podem, também, garantir um lugar no Esquenta da Fiel. A bola rola às 19h, mas a festa da torcida na Arena Corinthians começa às 14h, com muita música, food trucks e cerveja (vendida até o horário de abertura dos portões). Os ingressos do Esquenta da Fiel custam R$ 10 e já incluem o copo reutilizável do evento e a primeira cerveja.

Confira os setores ainda disponíveis para a partida entre Corinthians x Chapecoense: 

Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)

Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)

Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)

Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA

Estudantes

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;

2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.

Idosos maiores de 60 anos

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

Apresentar RG Original

Professores do Estado e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente - DOCUMENTO IMPRESSO.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino

Lei 15298/14

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente.

NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA

Aposentadorias

Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA







Jovem atacante do Corinthians é emprestado ao Oeste
Clube oficializa a ida do atacante de 21 anos ao time de Barueri até o fim da Série B. Contrato com o Timão é válido até o final do ano que vem


Por Marcelo Braga

30/05/2017 19h17
O Corinthians acertou o empréstimo do atacante Gabriel Vasconcelos para o Oeste, que disputa a Série B. Aos 21 anos, o jogador ficará na equipe de Itápolis, agora com sede em Barueri até dezembro.

Integrante do nono título do Corinthians na copinha em 2015, sendo artilheiro do torneio com oito gols, o jogador rodou por América-RJ e Joinville e não brilhou ainda, até retornar ao Corinthians. No time principal, porém, nunca teve nenhuma chance de atuar.

Desde janeiro, passou a treinar com outros jogadores sem espaço em horários alternativos no CT, aguardando por uma negociação. Ele era um dos atletas que fazia companhia para Cristian, volante afastado desde março. Gabriel tem contrato com o Timão até o fim de 2018.


Gabriel Vasconcelos de novo emprestado pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)








Corinthianos encostados volante Cristian e atacante Mendoza tem propostas de clube boliviano 
A primeira oferta do clube boliviano é estabelecer um sistema de parceria com o Corinthians, o que significa empréstimo gratuito até o fim do ano e com os brasileiros mantendo o pagamento dos salários da dupla, como já funciona hoje sem que eles joguem pelo Timão. O Jorge Wilstermann, porém, admite pagar uma parte dos salários dos jogadores, que são considerados elevados até mesmo para o padrão brasileiro. O Corinthians ainda não respondeu à oferta encaminhada por email.










Centroavante Luciano volta de empréstimo, e Corinthians aguarda proposta para vendê-lo

Emprestado ao Leganés até 30 de junho, atacante não deve voltar no CT do Timão antes disso. Clube aguarda sem muito otimismo as conversas entre empresários e o time espanhol

Por Marcelo Braga
30/05/2017 16h19

O atacante Luciano chegou ao Brasil nos últimos dias após atuar emprestado pelo Leganés por cerca de nove meses. Vinculado ao clube espanhol até 30 de junho, ele não deve pintar no CT Joaquim Grava antes deste prazo. O jogador tem contrato com o Timão até o fim do ano e dificilmente receberá uma proposta para renovar.

De férias em Goiás, onde vive sua família, Luciano aguarda a evolução das negociações de seus empresários. As tratativas são para que o clube exerça a opção de compra, em valor fixado em cerca de 3 milhões de euros (R$ 10,9 milhões). O Timão tem 25% dos direitos econômicos, mas não mantém grande otimismo pela transferência.
Conseguindo o objetivo de não ser rebaixado, o Leganés utilizou Luciano em 27 partidas na temporada. Apesar de não ser titular, o jogador anotou quatro gols e deu duas assistências no Campeonato Espanhol. O gol mais importante saiu contra o Real Madrid, em derrota por 4 a 2.

Jogador do Corinthians entre 2014 e 2016, Luciano disputou 93 jogos e marcou 24 gols pelo clube, tendo uma participação importante na campanha do hexa, até sofrer uma séria lesão no joelho direito. No ano passado, foi negociado em agosto.











Confira o boletim médico do Corinthians

Volante Fellipe Bastos sofre trauma no pé direito na última segunda-feira, e ainda não sabe quanto tempo ficará sem atuar. Giovanni Augusto está perto de voltar


Por Bruno Cassucci e Diego Ribeiro

30/05/2017 13h43

O volante Fellipe Bastos completou dois meses sem atuar pelo Corinthians na última segunda-feira. Se já não bastasse a falta de espaço por opção técnica, o jogador ainda se machucou durante treinamento fechado à imprensa e pode ficar um período ainda maior afastado da equipe. Ele sofreu um trauma no pé direito e aguarda o local desinchar para realizar exames a fim de saber a gravidade da lesão e o tempo estimado de tratamento.

Além de Fellipe, o departamento médico corintiano conta com Balbuena, Danilo, Léo Príncipe e Mantuan. O meia Giovanni Augusto, recuperado de lesão no tornozelo esquerdo, voltou a trabalhar com bola antes do prazo de três meses, e pode ser relacioando para o clássico de sábado, contra o Santos, na Arena. Já o zagueiro Vilson, que realizou artroscopia no joelho esquerdo, faz trabalhos físicos no gramado, mas ainda deve levar pelo menos mais uma semana até ser liberado para jogar.

– O Giovanni e o Vilson estão na transição para o campo com o departamento físico. Quem está conosco em tratamento é Balbuena, Danilo, Léo e Mantuan. O Danilo está dentro da previsão, mas pela idade e pela fratura gravíssima que teve, estamos tomando mais cuidado. O Léo teve a lesão no Chile e está numa fase acima do Balbuena, pelo tempo de tratamento, mesmo tendo tido um problema mais grave. O Léo começou a parte de exercícios na terça passada. Temos um aparelho de ultrassom no clube, fazemos o ultrassom periódico e acompanhamos a cicatrização do músculo. Vamos liberando o jogador conforme essa evolução, testamos os movimentos, é caso a caso – explicou Ivan Grava, médico do Corinthians.



Fellipe Bastos se machucou em treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Confira a situação de cada um dos machucados do Corinthians:


Balbuena: Sofreu lesão de grau um no músculo posterior da coxa direita na partida contra o Vitória, no último domingo. Previsão inicial era de que pudesse ficar sem jogar por até um mês. Comissão técnica alvinegra vê chance de ele começar a fazer trabalhos em campo na próxima semana.

Danilo: Meia não atua há nove meses por conta de uma grave lesão. Ele teve de passar por cirurgia por conta de fratura na tíbia e na fíbula da perna direita. Ainda não há previsão para o retorno do veterano

Léo Príncipe: Teve um estiramento muscular na coxa esquerda em duelo contra a Universidade de Chile, em 12 de maio. Inicialmente, clube estabeleceu prazo de um mês para o retorno dele. Nos próximos dias será avaliado para saber se pode iniciar treinos com bola.

Mantuan: Operou o joelho esquerdo em 12 de maio após se machucar em partida da equipe sub-20. Expectativa é de que retorno aos campos apenas em julho.

Vilson: Realizou artroscopia no joelho esquerdo no início de março e está próximo de retorno. Desde a última semana faz trabalhos com bola no gramado, mas ainda sem contato com os demais atletas. Deve ser reingrado ao grupo nos próximos dias.











Confira a situação dos jogadores em recuperação clínica e física no Timão



Danilo tem cautela no tratamento da lesão(Foto: Daniel Augusto Jr)



Giovanni Augusto já trabalha sem restrições(Foto: Daniel Augusto Jr)



Vilson está em fase final de tratamento(Foto: Daniel Augusto Jr)







Balbuena ainda não apareceu em campo nesta terça(Foto: Daniel Augusto Jr)



Léo Príncipe segue em recuperação na academia(Foto: Daniel Augusto Jr)



Mantuan operou joelho no dia 12 de maio(Foto: Daniel Augusto Jr)






Fellipe Bastos está em avaliação após trauma(Foto: Daniel







Marquinhos Gabriel, Vilson e Balbuena na academia(Foto: Daniel Augusto Jr)







Gabriel Carneiro - 30/05/2017 - 13:30




Além de Jadson e Marquinhos Gabriel, que permaneceram na academia do CT Joaquim Grava para trabalhos complementares, o treinamento desta terça-feira teve outra importante ausência em campo: o volante Fellipe Bastos, que não disputa uma partida desde 29 de março, mas é presença marcante nos treinamentos e no banco de reserva das partidas. O camisa 21 do Timão está tratando um trauma no pé direito (ainda não há lesão diagnosticada) oriundo de um lance do treino no dia anterior, que foi fechado à imprensa.




Além de Fellipe Bastos, outros seis jogadores do atual elenco do Corinthians fizeram algum trabalho de recuperação de lesão nesta terça-feira, o que fez com que o técnico Fábio Carille convocasse garotos das categorias de base para completar a atividade. Destes seis nomes, o mais próximo de entrar em campo é Giovanni Augusto, que trabalhou praticamente sem restrições no treino coletivo dos reservas e tem boas chances de ser relacionado para o clássico de sábado, contra o Santos, pela quarta rodada do Brasileirão.




Confira abaixo a situação de atletas em recuperação física no Corinthians:




Vilson - Submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo ainda em março antes mesmo de estrear na temporada, o zagueiro está perto de retornar aos trabalhos com o resto dos companheiros. Ele já realiza transição para o campo acompanhado por fisioterapeutas e preparadores físicos e trabalha com bola. A tendência é que vire opção a Carille depois do jogo contra o Santos.




Balbuena - Sofreu lesão muscular na coxa direita na partida contra o Vitória, identificada pelo Corinthians como de grau um, o mais baixo entre as classificações. O departamento médico não estipulou data, mas acreditava-se em torno de um mês fora. Após uma semana, o jogador já evoluiu o tratamento, mas ainda não foi a campo.




Léo Príncipe - Sofreu estiramento muscular na coxa esquerda na partida contra a Universidad de Chile, em 10 de maio, e a recuperação podia chegar a até um mês e meio. Segue em tratamento no CT e até o momento ainda não iniciou transição para o campo.




Mantuan - Volante promovido da base em janeiro passou por uma cirurgia no joelho esquerdo no último dia 12, com expectativa de retorno aos treinos no prazo entre 40 e 50 dias. Continua neste estágio de recuperação.




Danilo - Nesta terça-feira, o meia completa exatos nove meses sem atuar pelo Corinthians, desde que sofreu sérias fraturas na tíbia e na fíbula da perna direita durante um treinamento do ano passado. Ele vinha realizando trabalhos em campo para acelerar a transição, mas nos últimos dias voltou a fazer fortalecimento na academia. Clube trata a recuperação com cautela por conta do longo período de inatividade. Ainda não há previsão para voltar a jogar.




Giovanni Augusto - Sofreu lesão no tornozelo esquerdo na partida contra o Internacional pela Copa do Brasil, com expectativa de retorno em três meses. No entanto, velocidade de reação ao tratamento surpreendeu, e o meia já trabalha com poucas restrições no CT. Pode até voltar a aparecer entre os relacionados contra o Santos.
















Base forte! Jovens 'invadem' treino do Corinthians em semana de clássico



Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CT(Foto: Daniel Augusto Jr)

Samuel, lateral-direito da base, em treino no CT(Foto: LANCE!Press)1/12

Gabriel Carneiro - 30/05/2017 - 12:24


Após um dia de portões fechados e folga para os titulares, o Corinthians retomou sua rotina de treinamentos na manhã desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, já pensando na partida contra o Santos do próximo sábado, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Quem começou jogando na vitória do Timão sobre o Atlético-GO fez apenas corridas leves ao redor do gramado, mas os reservas tiveram trabalho pesado nas mãos do técnico Fábio Carille: um treino coletivo, em campo inteiro, e com duração de 40 minutos. Dos 24 jogadores utilizados nesta atividade, 16 são garotos revelados na base alvinegra.

Além dos que já foram promovidos ao elenco profissional nos últimos meses, seis jovens que ainda fazem parte do elenco sub-20 completaram o treino desta terça: Samuel (lateral-direito), Franklin (zagueiro), Thiago (zagueiro), Carlos (zagueiro), Roni (volante) e Lucas Alisson (volante). Eles substituem jogadores lesionados do elenco, como Léo Príncipe, Vilson, Mantuan e mesmo Fellipe Bastos, que faz tratamento de um trauma no pé direito. Marquinhos Gabriel também não treinou em campo por conta da necessidade de um trabalho complementar na academia do CT.

Os times se dividiram da seguinte maneira: de um lado Caique; Paulo Roberto, Franklin, Léo e Marciel; Roni e Rodrigo Figueiredo; Clayton, Pedrinho e Mendoza; Kazim; e do outro Walter; Camacho, Thiago, Carlos e Moisés; Warian e Lucas Alisson; Léo Jabá, Giovanni Augusto e Clayson; Carlinhos. Durante o treino, Samuel entrou no lugar de Giovanni Augusto, deslocando Camacho para o meio. Além deles, o goleiro Matheus também revezou com Caique e Walter, contabilizando os 24 jogadores do treinamento.
O treino coletivo terminou com vitória por 1 a 0 do primeiro time, com gol de Kazim, e teve outros lances curiosos: uma dividida com Léo Jabá em que Camacho levou a pior e foi atendido por dores no joelho direito e uma jogadaça de Marciel, com direito a duas fintas na marcação, e que terminou com uma finalização fraca de Clayton.

O Corinthians se reapresenta na tarde desta quarta-feira e segue preparação para o clássico contra o Santos. Jadson, que não treinou em campo na terça por conta de trabalhos na academia, deve aparecer em campo.














Cássio confiante. Goleiro tem contrato com o Corinthians até o fim de 2019
Por Bruno Cassucci
30/05/2017 13h12

Dos 32 jogos disputados nesta temporada, o goleiro corinthiano Cássio saiu intransponível em 17, números que comprovam a volta da boa fase do goleiro neste ano. Para ele, as vitórias magras do Timão nesta temporada (já foram nove por 1 a 0) não diminuem os méritos da equipe.

– Não é só no Corinthians, é em quase todos os times (que o importante é vencer, não o placar). Ganhar dá confiança. Lógico que queremos ganhar jogos de dois ou três... Mas, às vezes, não se consegue. O importante são os três pontos – comentou.

O camisa 12 projetou um clássico difícil contra s7os, sábado, às 19h, na arena, e destacou a importância de garantir vitórias do Timão na Arena Corinthians para brigar pelo título. O Timão é um dos líderes do Campeonato Brasileiro

– Sempre tive confiança desde o começo da temporada. Muitos questionavam, ouvimos falar de quarta força, mas não encaramos com desprezo nem tentamos jogar na cara depois do título. Mas desde o começo sabíamos que se jogássemos poderíamos ganhar. Não estamos deslumbrados agora pelo que está acontecendo, pensamos jogo a jogo, passo a passo. Pode faltar na qualidade, mas não na entrega. Essa é uma marca da nossa equipe, os jogadores têm esse entendimento. Como disse o professor Carille, podemos brigar por coisas grandes.

Cássio não se vê utilizando outra camisa no futebol brasileiro que não seja a do Corinthians. Questionado nesta terça-feira sobre jogar no Timão até o fim da carreira, o goleiro não garantiu que se aposentará no clube, mas disse ser remota a chance de permanecer no futebol brasileiro caso deixe o alvinegro. O ídolo corintiano está com 29 anos e tem contrato até o fim de 2019. 


– Eu acredito que seja muito difícil jogar em outro time do Brasil. Não falo 100%, mas em time da capital é muito difícil, pelo tempo de Corinthians, as conquistas... Talvez o clube possa não me querer mais. Mas por tudo que aconteceu, o que passei no Corinthians, dificilmente vou achar o que tenho aqui em outro clube. Poderia ir para Europa ou alguma coisa assim, mas já tenho 29 anos. A maioria dos goleiros que vai para fora é mais novo. Passei por momentos difíceis aqui, mas qualquer jogador passa em qualquer clube. Eu tenho muito respeito à instituição. Se depender de mim, pretendo ficar o máximo possível. E não para ser o maior, acho o Ronaldo o maior goleiro, mas é sempre bom ter metas, ganhar títulos – declarou, em entrevista coletiva. 


Cássio tem contrato com o Corinthians até o fim de 2019 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)


17 jogos intransponível gol no ano: Cássio cita marca 'impressionante' do Timão


Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Antonio Cicero/Photopress)

Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr)

Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr)

Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr)

Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr)




Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr)

Cássio já soma 283 partidas pelo Corinthians(Foto: Marco Galvão)


Comandado por Fábio Carille, o Corinthians, campeão paulista 2017,entrou em campo 32 vezes nesta temporada e terminou sem sofrer gols em 17 oportunidades, ou seja, mais da metade. Nestes 32 jogos, somando pré-temporada, Paulistão, Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana, foram apenas 16 gols sofridos em 18 vitórias, 12 empates e somente dois tropeços, sendo a última em 19 de março. Em todas as partidas em que o Corinthians passou em branco no ano, apenas uma coincidência de todas as escalações: a camisa 12 de Cássio defendendo a meta.

- Ficamos de 32 jogos, 17 sem tomar gols, são números bem impressionantes e temos que saber lidar com isso. É ter humildade para continuar cada dia melhor, vencendo e aumentando os números. Nem sabia desse número, é uma pressão constante para nós - disse o goleiro, confiante com o desempenho da equipe ao longo da temporada.

- Eu sempre tive confiança, desde que começou a temporada. Muitos questionavam, vimos coisas sobre ser quarta força, mas já sabíamos que se trabalhássemos juntos teríamos chance de ser campeão. Dentro do vestiário todos acreditam que podemos almejar coisas grandes, mas não podemos pensar em daqui dez jogos, e sim no próximo jogo, passo a passo. Sabemos que pode faltar na qualidade, mas na entrega e na dedicação não pode faltar. Como o professor Carille falou, têm coisas grandes pela frente.


No Campeonato Brasileiro, o Corinthians sofreu apenas um gol, na estreia contra a Chapecoense, e depois passou em branco nas partidas contra Vitória e Atlético-GO, ambas fora de casa. Nos três jogos, o ataque conseguiu marcar um gol em cada, acumulando, portanto, um empate e duas vitórias que rendem a vice-liderança ao término da terceira rodada. O próximo desafio será no sábado, às 19h, contra s7os, na Arena Corinthians , e Cássio espera mais um resultado positivo. De preferência, sem sofrer gols.

- Ganhar clássico eleva confiança, dá moral. Nosso estádio vai estar lotado, a torcida vai comparecer e criar uma atmosfera boa para nós jogadores nos entregarmos dentro de campo e conseguirmos uma boa vitória para ficar entre os primeiros - diz o goleiro do Timão, de 283 partidas pelo clube até agora.



















Corinthians inicia preparação para clássico


O Corinthians realizou nesta terça-feira o primeiro trabalho com todo o elenco visando o clássico alvinegra, na Arena Corinthians, sábado, às 19h. Depois da vitória sobre o Atlético-GO, no último domingo e folga na segunda-feira, os titulares da equipe voltaram a campo, onde apenas correram. Poupado, pmeia Jadson ficou na academia realizando trabalho de reforço muscular.

O meia de 33 anos foi substituído no segundo tempo da última partida e recebeu cuidados especiais da comissão técnica. No entanto, ele não preocupa para o duelo da próxima rodada. O jogador trabalhou nesta terça ao lado de Marquinhos Gabriel, que também foi poupado da atividade.

Enquanto os titulares aprimoraram o condicionamento físico de olho na maratona de jogos que o Corinthians terá pela frente, o técnico Fábio Carille aproveitou para preparar e observar os reservas. Em coletivo, 16 dos 24 jogadores utilizados foram formados no clube. 





Titulares do Corinthians correram no gramado do CT na manhã desta terça-feira (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)


O primeiro time, de colete, tinha: Caíque; Paulo Roberto, Franklin, Léo  e Marciel; Roni e Rodrigo Figueiredo; Clayton, Pedrinho e Mendoza; Kazim. 


O segundo time, sem colete, contou com: Walter; Camacho, Thiago, Carlos e Moisés; Warian e Lucas Alisson; Léo Jabá, Giovanni Augusto e Clayson; Carlinhos.

O lateral-direito Samuel e o goleiro Matheus Vidotto também participaram da atividade, que terminou com placar de 1 a 0 para a equipe de colete, gol de Kazim.

Nesta quarta-feira, Fábio Carille deve comandar o primeiro treino tático com os titulares. Com sete pontos em três jogos, o Corinthians é co-líder do Campeonato Brasileiro.

























Cássio quer Corinthians ''almejando a liderança''
Goleiro corinthiano também fez questão de elogiar o trabalho realizado pelo técnico Fábio Carille

12h00 30/05/2017 - Agência Corinthians




Divulgação
Na manhã desta terça-feira (30), o elenco corinthiano se reapresentou no CT Dr. Joaquim Grava após o triunfo sobre o Atlético-GO, no último domingo (28), em Goiânia. Após o primeiro treino visando o clássico contra o Santos, o goleiro Cássio falou sobre a partida em entrevista coletiva e destacou a necessidade de encarar todas as partidas com seriedade.

"O jogo é difícil, vale três pontos, não podemos desmerecer nenhuma equipe. Se tivéssemos feito isso, não conseguiríamos as vitórias. São sempre jogos difíceis. Mas é claro que almejando a liderança temos que vencer em casa e buscar pontos fora", disse o camisa 12 do Timão.

Invicto há mais de dois meses, é comum que o trabalho do técnico Fábio Carille seja comparado ao de Tite, técnico mais vitorioso da história do Corinthians e atualmente na Seleção Brasileira. Para Cássio, o trabalho de Carille não surpreende os jogadores, que já que sempre acreditaram na qualidade do treinador.

"O que acontece com o Carille não é nenhuma novidade para nós. Ele se preparou para isso. O Tite acrescentou muito, mas o trabalho é do Carille. O que está acontecendo agora é mérito total dele", completou.

Com sete pontos conquistados após três rodadas, o Corinthians vai em busca da liderança isolada do Brasileirão 2017. Atualmente na segunda colocação (empatado em pontos com a líder Chapecoense), a equipe do Parque São Jorge recebe o Santos, no sábado (03), às 19h, na Arena Corinthians.









Timão volta a treinar amanhã, às 15h30.


Corinthiano goleiro Cássio falou:
12:16
PROJEÇÃO DE CARREIRA

"Eu acredito que seja muito difícil eu jogar em outro time no Brasil. Time da cidade muito difícil. Pela identificação, tempo de clube, conquistas. Futebol a gente não sabe, pode o Corinthians amanhã não me querer mais, mas por tudo que passei aqui é difícil jogar em outro lugar. Na minha cabeça seria bem difícil jogar em outro lugar. O que pode acontecer é Europa, mas os goleiros que vão para fora são mais jovens. O importante é que estou feliz no meu clube, passei por altos e baixos e tenho carinho e respeito muito grandes pela instituição e as pessoas. Se for da minha vontade, pretendo ficar o máximo possível aqui no Corinthians, alcançar metas e ganhar títulos", diz Cássio

12:13
"Ficamos de 32 jogos, 16 ou 17 sem tomar gols, são números bem impressionantes e temos que saber lidar com isso. É ter humildade para continuar cada dia melhor, vencendo e aumentando os números. Nem sabia desse número, é uma pressão constante", diz Cássio

12:12
BOM RETROSPECTO EM CLÁSSICOS 
"Nunca achamos que fosse quarta força. Sempre achamos que era o melhor, confiávamos no nosso trabalho. Mas ganhar clássico eleva confiança, dá moral. Nosso estádio vai estar lotado, a torcida vai comparecer e criar uma atmosfera boa para nós jogadores nos entregarmos dentro de campo e conseguirmos uma boa vitória para ficar entre os primeiros"

12:11
LIDERANÇA PROVISÓRIA NA RODADA
"O gostinho vai ser bom para quem terminar o campeonato ali. A Chapecoense começou bem também, nós temos números bons fora de casa, mas é passo a passo", diz Cássio

12:10
NÍVEL DE CONFIANÇA SOBRE O TIME
"Eu sempre tive confiança, desde que começou a temporada. Muitos questionavam, vimos coisas sobre ser quarta força, mas já sabíamos que se trabalhássemos juntos teríamos chance de ser campeão. Dentro do vestiário todos acreditam que podemos almejar coisas grandes, mas não podemos pensar em daqui dez jogos, e sim no próximo jogo, passo a passo. Sabemos que pode faltar na qualidade, mas na entrega e na dedicação não pode faltar. Como o professor Carille falou, têm coisas grandes pela frente", diz Cássio

12:08
BOA FASE
"Trabalho, confiança. A boa fase dos jogadores é a confiança que o Carille passa a nós. Ter um treinador que passa confiança é importante. Temos 30 jogadores e todos querem jogar, mas ele tem controle sobre o grupo, o vestiário, isso é fundamental. Ele é um cara muito franco, muito direto com todos. Cabe a nós respeitar, abraçar com o intuito de ganhar", diz Cássio

12:07


ÚLTIMAS VITÓRIAS FORAM OBRIGAÇÃO?

"Discordo. Muita gente pode perder pontos lá. São equipes que não começaram bem, mas estão se reforçando, tentando melhorar. Tem vários times que deixam de chegar por causa desses jogos. Em 2014 perdemos muitos pontos para equipes que teoricamente não brigariam por nada", diz Cássio

12:06
"É importante ter controle de bola, melhora para chegar uma bola com mais qualidade. Esse ano temos um pivô de área mesmo e quando estamos tomando pressão jogamos lá e ele segura, isso ajuda muito. Quanto mais você tiver com a bola, mais vai chegar com qualidade em uma jogada de ataque", diz Cássio


12:05
1 A 0 É GOLEADA? POR QUE?
"Três pontos. E isso é em qualquer clube. Vitória dá tranquilidade, confiança. Lógico que queremos fazer mais gols, mas às vezes você não consegue e os três pontos são os mesmos. Dá tranquilidade para você dar um próximo passo", diz Cássio

12:04
MÊS DE DECISÕES APÓS MAIO "DESPACITO"
"Despacito para vocês (risos). Para a gente todos os jogos valem três pontos, não podemos desmerecer ninguém, nem quem vocês falam que vai brigar lá embaixo. Não podemos achar que esses jogos tendem a ser mais fáceis, pelo contrário. Temos que pensar jogo a jogo, e tendo tempo para treinar e recuperar nos prepara melhor. No decorrer do ano é normal ter meses mais corrido, outros não. temos que aproveitar bem esse próximo jogo, porque logo vem uma sequência", diz Cássio

11:58
Cássio está chegando à sala de imprensa

11:42
Já à espera do goleiro Cássio aqui na sala de imprensa do CT Joaquim Grava

11:37 
Coletivo dos reservas terminou 1 a 0, gol de Kazim. Trabalho foi em campo inteiro, diferentemente do habitual aqui no CT


11:34 
Fellipe Bastos não treinou hoje por causa de um trauma no pé direito. Sentiu a lesão no treino de oEm campo neste momento só os goleiros, em trabalho específico com Mauri Lima, e Vilson, em transição do departamento médico #trCOR


11:29 O bonde da base deixa o treino do dia. Samuel, Roni, Carlos, Lucas Alisson e Carlinhos #trCOR




11:27 

Apesar das dores no joelho direito, Camacho voltou e terminou o treino 

11:24  

Marciel fez um jogadaça pela esquerda do ataque, fintou dois marcadores e tocou para o meio. Clayton chutou fraco e perdeu o gol #trCO

11:17 

Camacho levou a pior em dividida com Léo Jabá e é atendido com dores no joelho direito 



11:15 

Clayson ficou na bronca com Léo Jabá, que preferiu apostar numa jogada individual em vez de abrir o jogo. "De novo, pô?" #trCOR


11:09 


Dos 22 jogadores em campo no treino coletivo dos reservas do Corinthians, 15 são das categorias de base do clube. Número alto 

11:06 

Marquinhos Gabriel está fazendo reforço muscular na academia e não vai treinar em campo hoje aqui no Corinthians 

11:02 

Mendoza, assim como Cristian, tem oferta do Jorge Wilstermann-BOL. Por enquanto, segue treinando aqui no CT #trCOR



10:49 
Já Lucas Alisson jogou a Copinha pelo Sete de Setembro-AL e foi contratado pelo Corinthians logo depois. Primeiro treino profissional #trCO



10:47

Roni, que treina hoje com os profissionais do Corinthians, foi capitão da conquista da Copa do Brasil sub-17 e esteve na Copinha #trCO

10:45 Segundo time reserva: Walter; Camacho, Thiago, Carlos e Moisés; Warian  e Lucas Alisson; Léo Jabá, Giovanni Augusto  e Clayson; Carlinhos 

10:43 

Primeiro time reserva: Caique; Paulo Roberto, Franklin, Léo Santos e Marciel; Roni e Rodrigo F.; Clayton, Pedrinho e Mendoza; Kazim 

10:37 

Os titulares assistem ao treino dos reservas, recheado por meninos da base  


10:33 Jadson está na academia do CT Joaquim Grava para trabalhos complementares. Os outros titulares fazem corridas leves #trCOR

10:32 Balbuena, em tratamento de uma lesão muscular na coxa direita, não treina em campo hoje



10:24 Corinthians encara o primeiro clássico do Brasileirão sábado, contra o Santos, ostentando 16 jogos de invencibilidade no ano #trCOR
10:17


O goleiro Cássio é quem concede entrevista coletiva após o treino desta terça-feira, que marca a reapresentação do elenco

10:15
Bom dia, internauta do LANCE!. Começa agora a transmissão em tempo real do dia do Corinthians, que se prepara para o primeiro clássico do Brasileirão no próximo sábado!




Em recuperação de lesão grave e cirurgia por nove meses, Danilo não tem data para voltar ao Corinthians

Meia está no departamento médico para não ter risco de lesão muscular. Com fratura gravíssima, ele correu risco de ter perna amputada; clube mantém cautela sobre retorno

Por Diego Ribeiro

30/05/2017 09h00

O meia Danilo completa nesta terça-feira a indesejada marca de nove meses sem poder fazer aquilo que mais gosta. Em recuperação de uma grave fratura na tíbia e na fíbula da perna direita, o experiente jogador do Corinthians chegou a treinar com bola durante algumas semanas, mas voltou ao departamento médico para evitar risco de lesão muscular. 

Com os altos e baixos, normais na recuperação, Danilo não tem data para voltar a jogar: a idade (37 anos), o longo período de inatividade e a reação mais lenta do jogador são motivos para cautela. 

– Temos a preocupação de ele se lesionar novamente. Pela idade, pelo tempo de inatividade que teve, temos medo de ele ter uma lesão muscular grave. Então, o que fazemos? Monitoramento com ele, a gente libera um pouco, retrocede, libera um pouco para o campo, depois faz um trabalho de força... Aí um trabalho aeróbico. Vamos tateando isso aí, para ele ir melhorando, ganhando condição. Não dá para dar prazo – afirmou o médico Ivan Grava. 


Danilo já treinou com bola em 2017, mas está longe de voltar a jogar (Foto: Marcelo Braga) 


Danilo sofreu a lesão em 30 de agosto de 2016, durante um treino no CT Joaquim Grava. O problema foi tão grave que ele correu risco de ter a perna direita amputada. Fosse em outro lugar, num jogo fora de casa, com estrutura menor para tratamento imediato, ele poderia ter lidado com complicações ainda maiores. 
A fratura causou lesões arterial, venosa e neurológica. Numa fratura comum, os médicos usam uma haste intramedular na perna. Sem essa possibilidade, foi necessária uma cirurgia mais delicada, com maior tempo de imobilização – e, consequentemente, de inatividade. Prestes a completar 38 anos, ele também teve recuperação mais lenta. 

– Já é uma recuperação um pouco mais longa, mais complicada. Então, por isso vamos tateando bastante – explicou o médico do Corinthians. 

Danilo tem contrato com o Timão até dezembro. O futuro é uma incógnita, mas, a princípio, o meia não cogita a aposentadoria. O vínculo não deve ser renovado. A partir daí, a decisão estará nas mãos de Danilo. A diretoria acompanha tudo de perto e não descarta convite para o meia ocupar algum cargo dentro do clube.














Início das obras da Arena Corinthians completa seis anos nesta terça

Inaugurada em 2014, nova casa alvinegra já recebeu mais de 100 jogos do Timão


09h30 30/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
No dia 30 de maio de 2011, seis anos atrás, começavam oficialmente as obras da Arena Corinthians, no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo.

A tão esperada casa alvinegra recebeu a primeira partida do Timão no dia 10 de maio de 2014, quando ídolos da história do clube realizaram um jogo amistoso diante da Fiel. Desde então, o Corinthians disputou 101 partidas na Arena Corinthians, com um retrospecto impressionante.

Em pouco mais de quatro anos, a equipe alvinegra venceu 69, empatou 25 e perdeu apenas sete vezes. Em 2015, a nova casa foi uma das grandes armas do Timão para conquistar o hexacampeonato brasileiro. Em 2017, na primeira final na Arena, o Corinthians sagrou-se campeão Paulista depois de quatro anos, após empate em 1 a 1 com a Ponte Preta.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.












Comissão define nomes que farão relatório sobre a Arena Corinthians

fabio suzuki 30 DE MAIO DE 2017 ÀS 7:40


A comissão interna do Corinthians definiu os integrantes que serão os responsáveis pela elaboração do relatório dos custos da Arena Corinthians. Ostrabalhos foram iniciados no final de janeiro. O documento será feito pelos conselheiros Carlos Antônio Luque e Thales Cezar de Oliveira, que fazem parte dos sete membros do Conselho Deliberativo que compõem a comissão.

No grupo de trabalho, ainda estão nomes como o do vice-presidente Jorge Kalil e do ex-diretor de futebol, Antônio Roque Citadini. Completam o colegiado mais dois associados do clube.

A entrega do relatório estava prevista para ocorrer em abril. O atraso deve-se à obtenção de documentos, entre eles o da auditoria feita pelo escritório Claudio Cunha Engenharia Consultiva.











Doce rotina. Corinthians não levou gol em 15 das 29 partidas oficiais de 2017. Volante Gabriel revela constante cobrança entre os próprios atletas pelo equilíbrio dos setores do time

Por Guilherme de Paula, GloboEsporte.com

Terminar uma partida sem levar gol virou rotina para o Corinthians este ano. E na vitória sobre o Atlético-GO um número expressivo foi alcançado: o Timão não foi vazado em 15 dos 29 jogos oficiais de 2017. Nos outros 14 confrontos a equipe tomou 16 gols - e também chama a atenção o fato de que somente três foram no primeiro tempo. Vale destacar que o placar deste domingo em Goiânia está longe de ser novidade, pois foi o nono triunfo por 1 a 0 nesta temporada.

Titular em 27 das 29 partidas oficiais do Timão em 2017, o volante Gabriel exaltou a quantidade de vezes que o time deixou o campo sem tomar gol e citou alguns motivos para a eficiência defensiva corintiana.

- Realmente esse número é muito expressivo. Fico feliz. O equilíbrio dos setores da equipe é sempre cobrado por nós mesmos durante todos os treinos. Carille nos orienta nesse sentido nas atividades no campo e nas conversas fora também. Tudo começa pela qualidade e experiência do Cássio. Acredito que o Paulistão foi um laboratório para podermos aprimorar o sistema defensivo. E, garantindo lá atrás, nosso ataque tem correspondido e feito os gols - disse o jogador.



Gabriel chegou ao Timão no início de 2017 (Foto: Reprodução SporTV))

















Estreia de Tite no Corinthians completa 13 anos

Na primeira passagem, técnico ajudou o Timão a se recuperar no Brasileirão de 2004
09h30 30/05/2017 - Agência Corinthians



Renato Pizzutto/ Placar

Nesta terça-feira (30), completam 13 anos da estreia de um dos maiores ídolos da história do Corinthians. Atual comandante da Seleção Brasileira, o técnico Tite estreava pelo Timão em clássico Majestoso, no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2004.

Ainda na oitava rodada da competição nacional, o Corinthians empatou contra 5P em 1 a 1 e iniciou a recuperação no Brasileirão.
O Corinthians buscou empate ainda na primeira etapa, o lateral Coelho fez boa jogada individual e sofreu falta na entrada da área. O meia Renato cobrou forte no canto inferior e empatou o jogo.



Após o empate no clássico, o Timão conseguiu uma recuperação impressionante e terminou a competição na quinta colocação. No início de 2005, o técnico Tite deixou o comando da equipe alvinegra, onde voltaria seis anos depois para se tornar um dos maiores nomes da história do clube.

Trajetória de Tite

Superação. Esta palavra define a trajetória de Tite no comando do Corinthians. Após ser demitido em 2005, o treinador voltou em 2010 para escrever o seu nome de vez na história centenária do Timão. Brigou pelo título Brasileiro, chegou a Libertadores da América 2011, não foi bem, mas recuperou-se com o Corinthians pentacampeão Brasileiro 2011.  Um divisor de águas para a trajetória do técnico no Timão. No ano seguinte, com uma equipe defensivamente impecável, Tite levou o Corinthians à conquista da Libertadores da América e o Mundial de Clubes, ambas as competições sem perder nenhum jogo.

Em 2013, mais dois títulos para a galeria de conquistas de Tite no Timão: Campeonato Paulista e Recopa Sul-Americana. Ao fim deste ano, a segunda passagem do treinador no Corinthians foi encerrada.

Contudo, dois anos depois, em 2015, Tite voltaria ao comando do Timão para mais uma vez fazer história. Com grande desempenho e a maior pontuação de um clube na era dos pontos corridos com 20 times, o treinador conquistou com o Corinthians o hexacampeonato brasileiro alvinegro e se isolou como o técnico com mais títulos na história corinthiana.

No total, Tite soma 378 jogos, o que o coloca como o segundo treinador com mais jogos na história alvinegra, atrás apenas de Oswaldo Brandão.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.












Na briga pelo topo, Corinthians encara sequência mais complicada no Brasileirão

Com descanso maior entre as três primeiras rodadas, além de adversários de menor expressão, Timão encara sete jogos em junho, incluindo dois clássicos para tentar arrancada
Por Diego Ribeiro
30/05/2017 07h00 
Os sete pontos conquistados até a terceira rodada do Campeonato Brasileiro foram importantes, porque valeram a co-liderança da competição, mas a sequência que se aproxima indicará até que ponto o Corinthians brigará pelo título nacional. 
Em junho, serão sete jogos num intervalo de 23 dias, quase sempre contra rivais que têm os mesmos objetivos – luta por vaga na Libertadores ou título. Nas três primeiras rodadas, o Timão sempre teve semanas inteiras de treinamentos. Agora, virão jogos às quartas e domingos. 

Os primeiros adversários foram Chapecoense, Vitória e Atlético-GO. O Timão atingiu a liderança da competição após o triunfo sobre os goianos, no domingo, mas a perdeu para a própria Chape no saldo de gols, nesta segunda-feira. 

A partir de sábado, num intervalo de dez dias, o Timão tem sua sequência mais dura: pega Santos, Vasco, São Paulo e Cruzeiro. Dois rivais estaduais, um rival interestadual fora de casa,e um adversário direto que tem no banco de reservas o velho conhecido Mano Menezes. Depois, encara Coritiba, fora de casa, Bahia, em Itaquera, e Grêmio, em Porto Alegre. 


– Vamos brigar por coisas grandes, por objetivos grandes, vaga na Libertadores, chegar nas últimas oito ou 10 rodadas lá em cima para não distanciar – afirmou o técnico Fábio Carille. 

Invicto há mais de 70 dias (16 jogos), o Corinthians tenta manter o bom aproveitamento durante a sequência difícil para embalar de vez. Depois de cumprir uma meta inicial de pontos, a ideia é pensar jogo a jogo, de acordo com os principais nomes da equipe. 




Veja a sequência do Corinthians em junho:



3/6 – Corinthians x s7os – Arena Corinthians
7/6 – Vasco x Corinthians – São Januário
11/6 – Corinthians x 5P – Arena Corinthians
14/6 – Corinthians x Cruzeiro – Arena Corinthians
18/6 – Coritiba x Corinthians – Couto Pereira
22/6 – Corinthians x Bahia – Arena Corinthians
25/6 – Grêmio x Corinthians – Arena do Grêmio



















Atacante Romero tem apoio e evolui no Timão


Romero marcou três gols na temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)


Guilherme Amaro - 30/05/2017 - 06:30


A posição de Romero, atacante de velocidade pelo lado do campo, é uma das mais concorrida no atual elenco do Corinthians. A disputa ficou ainda maior com a contratação de Clayson, que estreou no último domingo. Clayton, outro que chegou nesta temporada, Léo Jabá e Pedrinho também estão de olho na vaga. No entanto, o paraguaio tem sido o dono da posição: já participou de 28 dos 32 jogos do Timão na temporada, marcou três gols e deu uma assistência.

Romero sempre achou exageradas as críticas da imprensa. Após voltar a falar com os jornalistas, ele está novamente calado. Tudo por conta de um quadro do Esporte Espetacular, programa da TV Globo, que mostrou o atacante errando um domínio de peito. O vídeo do lance viralizou nas redes sociais.

Em relação aos companheiros, comissão técnica e torcida, porém, Romero não tem do que reclamar. No último domingo, por exemplo, ele foi o jogador mais aplaudido pela Fiel no Estádio Serra Dourada e ainda recebeu apoio dos jogadores e de Fábio Carille. 


- O Romero tem muita qualidade, finaliza muito bem, ajuda muito taticamente, tanto defende quanto ataca, dá caneta. É um jogador importantíssimo. Temos que parar de cornetar, pegar um pra Cristo, porque ele é muito importante para nós - analisou o meia Rodriguinho.

Carille também elogiou Romero. O treinador acredita que o atacante tem evoluído nesta temporada, mas também revelou pontos a melhorar.

- O Romero faz o que a gente espera, tem qualidade, chega bem na área, cumpre função. Estamos felizes com ele, que nos ajuda bastante. Está evoluindo não só por conta do trabalho, ele trabalha muito, mas pela confiança, ele está confiante. Pode ser mais agressivo, pisar mais na área, estamos trabalhando para que ele cresça cada vez mais - disse Carille.

É desta forma, principalmente pela entrega nos jogos, que Romero se garante como titular do Corinthians. Independentemente do número de concorrentes.









Dedicado, Romero desarma mais do que defensores no Corinthians

O atacante Ángel Romero é reconhecido por seu esforço dentro de campo, sempre executando as funções táticas pedidas pelo técnico Fábio Carille. Vivendo bom momento e tendo seu nome gritado pela torcida nos jogos do Corinthians, o paraguaio é um dos principais atletas do time, no que diz respeito a roubadas de bola.

De acordo com números do Footstats, o camisa 11 soma nove desarmes certos no Campeonato Brasileiro até o momento. Com isso, ele é o segundo atleta que mais tira a bola dos rivais na equipe, sendo superado apenas pelo lateral direito Fagner, com 12.

Assim, Romero supera, por exemplo, o volante Gabriel, que tem como principal função fazer a proteção do time à frente da zaga. O camisa 5 soma oito desarmes ao longo das três rodadas disputadas.


Para aumentar o feito do atacante paraguaio, ele foi substítuido em dois duelos, enquanto o marcador saiu apenas contra a Chape, na estreia. Na ocasião, Kazim entrou na vaga de Gabriel, quando o Corinthians precisava do gol para desempatar a partida, o que não aconteceu

Na lista de desarmes errados, também é Romero quem lidera, com dois. Ele está empatado com o zagueiro Pedro Henrique na primeira posição, reforçando sua importância no sistema defensivo do esquema de Carille.

Na coletiva após o duelo contra o Atlético-GO, vencido pelo Timão por 1 a 0, o treinador corinthiano comentou a fase de Romero e deu nova missão ao atleta “Ele pode ser mais agressivo, pisar mais na área, estamos trabalhando para isso”, destacou.




Ángel ainda não tem gols marcados no Brasileirão. Mesmo assim, ele é o segundo atleta do Timão com mais finalizações certas na competição. São três, atrás apenas de Jô, com quatro. O camisa 7 já fez dois tentos e é o artilheiro do clube.