25 de mai de 2014

Mano pede que Corinthians não abra mão de atacar



25/05/2014 08h00min )

Mano pede que Corinthians não abra mão de atacar
Marcos Guedes

Mano Menezes e seus jogadores reconheceram as dificuldades de criação do Corinthians de defesas bem postadas, apontando uma facilidade maior para a equipe fora de casa, atuando no contra-ataque. Essa capacidade será testada diante do Sport, na tarde de domingo, na Ilha do Retiro, mas o treinador não quer ver o time recuado.

“O Corinthians tem que adotar uma atitude parecida em jogos grandes, nos quais marcamos bem, oferecemos pouco ao adversário e não abrimos mão de atacar. É essa a característica do jogo”, afirmou o gaúcho.

“O Sport toma a iniciativa na Ilha, mas não podemos nos submeter à iniciativa e dar campo para o time deles jogar. Temos que ser agressivos, no sentido de retomar a bola mais à frente. Não podemos retomar perto do nosso gol porque estaremos distantes de onde queremos estar”, acrescentou.
Divulgação/Agência Corinthians


Mano espera que o Corinthians não fique acuado no Recife, onde costuma se dar mal (foto: Daniel Augusto Jr.)


De acordo com Mano, não será fácil colocar em prática esse plano de jogo contra um adversário que conquistou o Campeonato Pernambucano e a Copa do Nordeste e faz início razoável de Brasileiro. A Ilha do Retiro  incomoda menos do que o rival.

“A parte mais difícil de jogar na Ilha é que o Sport rende muito lá. A equipe está jogando fora também, está com a postura definida. O torcedor faz a parte dele, mas decide quem está lá dentro”, disse o treinador.