22 de abr de 2018

CORINTHIANS 22/04/2018








FICHA TÉCNICA
par 0X4 CORINTHIANS
brasileirao 2018 2 rodada
Local: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data-Hora: 22/4/2018, às 11h
arb : Pericles Bassols Pegado Cortez , Clovis Amaral da Silva e Cleberson Nascimento Leite (PE)
Cartões amarelos: Jhonny Lucas (PAR); Romero (COR)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Rodriguinho, aos 25'/1ºT (0-1); Sidcley, aos 26'/1ºT (0-2); Clayson, aos 34'/2ºT (0-3); Gabriel, aos 40'/2ºT (0-4)

par: 1Richard (12Luis Carlos, no intervalo), 2Alemão, 4Rayan, 3Jesiel e 6Mansur; 5Jhonny Lucas, 8Wesley Dias (20Matheus Pereira, aos 15'/2ºT), 7Raphael Alemão (21Vitor Feijão, aos 25'/2ºT), 10Caio Henrique e 11Silvinho; 9Carlos T: Rogério Micale
+ ,13Júnior, 16Báez, 14Cléber, 15Leandro Vilela, 18Alex Santana,  17González, 19Thiago, 22Léo Itaperuna

CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Henrique e 16-Sidcley; 5-Gabriel e 32-Renê Júnior; 10-Jadson (25-Clayson, aos 24'/2ºT), 11-Romero (31-Marquinhos Gabriel, aos 37'/2ºT), 26-Rodriguinho e 22-Mateus Vital (38-Pedrinho, aos 41'/2ºT) T: Fábio Carille +1-Caique Franca 27-Walter 34-Pedro Henrique 8-Maycon 28-Paulo Roberto 15-Ralf 19-Junior Dutra20-Danilo 













Sidcley festeja gol e elege vitoria corinthiana no derby com titulo P
aulista como seu melhor jogo com a camisa do Corinthians

Lateral-esquerdo foi destaque na vitoria do Timao p
or goleada de 4 a 0 sobre o Paraná neste domingo ao marcar um gol e dar passe para outro. Mas esse ainda não foi seu jogo favorito


LANCE!

22 ABR2018
13h56
atualizado às 13h56


O lateral-esquerdo Sidcley foi um dos destaques da vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o Paraná neste domingo no Durival Brito. Ele marcou um gol e deu uma assistência para Rodriguinho fazer outro. Foi seu segundo gol com a camisa do Timão, mas ainda assim, para ele, a melhor partida pelo clube foi outra.


Sidcley comemora gol pelo CorinthiansFoto: Cleber Yamaguchi/AGIF/Lancepress! / LANCE!
,
- Para mim, é muito importante fazer gol, fico feliz, com minha família toda aí. Acho que para mim a melhor partida foi contra o Palmeiras, na segunda final. Marquei bem e saí para o jogo bem - afirmou Sidcley.


Na final citada, o lateral se saiu bem marcando e atacando , sendo elogiado pelo técnico Fábio Carille. Sidcley analisou a razão de o Corinthians reagir bem em situações adversas.

- Eu falei que no começo nosso time não estava bem, mas nosso time é muito concentrado. Trabalhos a bola e conseguimos concluir em gol. E nosso time é assim, muito concentrado. Por isso a gente reage - declarou.

Emprestado pelo Atlético-PR até o fim da temporada, Sidcley já havia marcado gol no segundo jogo das quartas de final do Campeonato Paulista, vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino na Arena Corinthians.





Carille sobre goleada do Corinthians sobre Paraná: “Um resultado muito grande”
O técnico também falou sobre o rodízio de jogadores no time titular e a sequência de vitórias 22/04/2018





Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Após a goleada de 4 a 0 do Corinthians sobre o Paraná no Brasileirão, o treinador Fábio Carille concedeu entrevista coletiva no estádio Durival Britto neste domingo (22). O técnico corinthiano falou sobre a importância do resultado fora de casa após a sequência de jogos que o Timão tem enfrentado.

“Um resultado muito grande. A gente tem uma preocupação como comissão técnica, quando você ganha um jogo grande de uma Libertadores fora de casa, como é a preparação do teu time pro jogo seguinte. 11h da manhã, onde você muda tudo. Detalhezinhos aqui que nós nos preocupamos muito. Mas o time teve muita maturidade… Rodar a bola… Seguramos a pressão do Paraná nos primeiros minutos, que ia ser natural isso. Depois nós começamos a trabalhar a bola e os quatro gols que nós fizemos foi de bola trabalhada, de construção, de chegada, de lado oposto. Enfim, tudo o que a gente trabalha tanto e exige dos jogadores”, falou.

O treinador também falou sobre a sequência do Timão. Com a vitória contra o Paraná, o Corinthians chegou a quarta seguida na temporada. Carille deseja que o time siga no bloco de cima da tabela do Brasileirão para sonhar com a conquista.

“É muito difícil (repetir), mas aconteceu uma vez. O que passo para meus jogadores e o torcedor é que temos de estar embolados entre os primeiros até as últimas oito rodadas, para medir forças. Queremos estar perto, no bloco de cima, para depois medirmos forças com todos”, declarou.

Por fim, Carille falou sobre a mescla no time titular que tem feito poupando alguns jogadores. O técnico confia nos atletas corinthianos, que o dá segurança para fazer esse rodízio com a maratona de jogos que o Alvinegro tem enfrentado.

“A segurança que eu tenho é o que me mostrou até agora. Deixo claro para o Gabriel que ele saiu pela bola área. Jogamos com Romero, Fagner, Sidcley, Jadson, que são baixos. Sofremos contra o Bragantino, levando dois gols de cabeça. Contra o Fluminense, eles tinham cinco jogadores com 1,90m ou mais. O Paraná não é um time alto, então colocamos ele. O Renê também vinha jogando, temos total confiança nele. Também colocamos o Mateus Vital pela esquerda e pela direita, e o rendimento foi muito bom. Vou precisar rodar o elenco, para ter força em todos os jogos. Hoje tirei três, amanhã vamos pensar no jogo contra o Vitória. Não tivemos respiro, vamos precisar ser inteligentes para essas decisões”, finalizou.

Próximo jogo

Na próxima quarta-feira (25), o Corinthians estreia na Copa do Brasil. Válido pelas oitavas de final da competição, o Timão encara o Vitória, no estádio do Barradão. O duelo tem horário marcado para as 19h30.








Mesmo com gol e assistência na vitoria corinthi
ana de hoje, Sidcley diz que seu melhor jogo pelo Corinthians foi na vitoria no derby com titulo paulista
Por GloboEsporte.com,
22/04/2018 14h19


Sidcley comenta a goleada do Corinthians sobre o Paraná

O lateral-esquerdo Sidcley foi um dos destaques do Corinthians na goleada sobre o Paraná, por 4 a 0, neste domingo. Ele deu a assistência para Rodriguinho abrir o placar e fez um golaço, o segundo do Timão.

Embora tenha se destacado como o principal nome da vitória alvinegra, Sidcley afirmou que ja fez melhor 
 partida que essa  pelo Timao

– Para mim é muito importante fazer gol, ainda mais com toda minha família aqui. Mas eu não acho que foi minha melhor partida. A melhor partida, para mim, foi no derby na final, que eu acho que marquei bem e saí pro jogo bem também – afirmou o lateral em entrevista coletiva.


Sidcley comemora gol do Timão em vitoria fora de casa (Foto: Cleber Yamaguchi/Agif/Estadão Conteúdo )

Natural de Vilha Velha, no Espírito Santo, Sidcley levou todo sua família para o Paraná em 2017 quando defendia o Atlético-PR. Por estar emprestado ao Corinthians, ele decidiu não trazer a família a  nesse primeiro momento, e aproveitou a ocasião para reencontrá-los no Durival Britto.

Os familiares tiveram sorte, e viram um golaço do pupilo. Sidcley recebeu um passe de Rodriguinho no meio de campo, driblou um marcador, avançou até a área e chutou firme no canto esquerdo do goleiro Richard. Este foi seu segundo gol com a camisa do Timão.









Jogadores do Corinthians enaltecem time "letal" como quando foi heatcam
peao 2017

22 ABR2018
13h48


O Corinthians goleou Paraná por 4 a 0 na manhã deste domingo, soube segurar o inicio do rival ara entao buscar vencer pela segunda vez no Campeonato Brasileiro de 2018.
"Superar momentos ruins foi uma marca nossa no ano passado, e estamos conseguindo fazer agora novamente. Foi assim na final do Campeonato Paulista, contra o Fluminense, o Independiente e hoje  [3 vitorias . É um Corinthians letal, que mata o jogo quando tem as oportunidades", celebrou o volante Gabriel, autor do último gol da partida.

Quem se mostrou importante para o Corinthians reagir em Curitiba foi um jogador que não estava no clube em 2017, Sidcley. O lateral  fez a assistência para o meia Rodriguinho fazer o primeiro gol aos 24 minutos do primeiro tempo e anotou o segundo aos 26.

"Começamos o jogo meio desatentos, mas conseguimos melhorar e concluir em gol as oportunidades que tivemos", comemorou Sidcley. "A concentração do Corinthians é muito boa. Sabemos trabalhar bem a bola", acrescentou.

Para Gabriel, havia justificativas para o início . "O time começou desligado até pelo horário diferente ( 11 horas), pelo campo, ao qual não estamos acostumados. Foi abaixo das expectativas, mas, com dez minutos, pudemos nos acertar", afirmou.











Gabriel: “Temos uma união muito forte para ajudar o Corinthians a vencer”
 22/04/2018





© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Neste domingo (22), o Corinthians goleou o Paraná por 4 a 0 no estádio Durival Britto pelo Brasileirão. Um dos autores dos gols alvinegros, Gabriel falou na saída do gramado e fez um panorama do duelo com a equipe adversária.

“Você tem que estar preparado. O time não começou bem, estava um pouco desligado, até pelo horário e o campo que não estamos acostumados. Mas melhoramos a partir dos 10 minutos. A gente não está preocupado com quem vai jogar. Mas quem entra está sempre preparado. Temos uma união muito forte para ajudar o Corinthians a vencer”, disse.

Próximo jogo

Na próxima quarta-feira (25), o Corinthians estreia na Copa do Brasil. Válido pelas oitavas de final da competição, o Timão encara o Vitória, no estádio do Barradão. O duelo tem horário marcado para as 19h30.







Gabriel celebra boa atuação do Corinthians: 'É o nosso padrão'

O Corinthians venceu por 4 a 0 e conquistou pontos importantes fora de casa. O Alvinegro lidera a competição até o momento


Vitor Chicarolli

22 ABR2018
13h50
atualizado às 13h59



O Corinthians goleou por 4 a 0 o Paraná e conquistou três pontos importantes fora de casa neste domingo em Curitiba. Autor de um gol na partida, o volante Gabriel ressaltou a qualidade do elenco que mesmo com a sequência desgastante de jogos, consegue dar continuidade a boa fase da equipe. Agora são quatro vitórias consecutivas.


Gabriel marcou o quarto gol do Corinthians na partida (Foto: Cleber Yamaguchi/AGIF/Lancepress!)Foto: L
- Isso foi uma marca nossa ano passado e estamos conseguindo reverter novamente esse ano. A própria final do Paulista, o primeiro jogo do Campeonato Brasileiro, a partida contra o Independiente e hoje. Acredito que será difícil tirar pontos deles aqui. Esse é o nosso padrão de jogo, tentar matar nas chances que criamos, isso é importante - disse o camisa 5.

O Paraná começou melhor a partida, mas a partir dos 15 minutos iniciais o Timão dominou e conseguiu emplacar uma boa goleada, voltando com um excelente resultado.

- O time não começou bem hoje, entramos desligados e o horário é diferente. Começamos um pouco abaixo do normal, mas com 10, 15 minutos, o time começou a se acertar - afirmou.

O volante ainda falou sobre a disputa por uma vaga no time titular. Nos últimos jogos o Carille optou em escalar o Ralf entre os 11 que iniciam a partida, mas hoje o Gabriel soube aproveitar muito bem a oportunidade.

- Não estamos preocupados com quem vai ou não vai jogar. Conversei com o Ralf e é um ajudando o outro, um jogando sem ou com outro. Estou feliz pelo desempenho - concluiu Gabriel.

O Corinthians volta à campo na próxima quarta-feira, em Salvador, onde enfrenta o Vitória, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, às 19h30














Tecnico corinthiano feliz por confiar no elenco apos segunda vitoria no Brasileiro
O que passo para meus jogadores e o torcedor é que temos de estar embolados entre os primeiros até as últimas oito rodadas, para medir forças. Queremos estar perto, no bloco de cima, para depois medirmos forças com todos – declarou. 



Fabio Carille reencontrou o Paraná, clube  (Foto: Marcelo Andrade/Gazeta do Povo) 


Carille explicou as três mudanças que fez na equipe na partida no Durival Britto. Ele sacou Ralf, Maycon e Clayson e colocou Gabriel, Renê Júnior e Mateus Vital. 


O comandante alvinegro também prometeu fazer novas trocas nos próximos compromissos: 

– A segurança que eu tenho é o que me mostrou até agora. Deixo claro para o Gabriel que ele saiu pela bola área. Jogamos com Romero, Fagner, Sidcley, Jadson, que são baixos. Sofremos contra o Bragantino, levando dois gols de cabeça. Contra o Fluminense, eles tinham cinco jogadores com 1,90m ou mais. O Paraná não é um time alto, então colocamos ele. O Renê também vinha jogando, temos total confiança nele. Também colocamos o Mateus Vital pela esquerda e pela direita, e o rendimento foi muito bom. Vou precisar rodar o elenco, para ter força em todos os jogos. Hoje tirei três, amanhã vamos pensar no jogo contra o Vitória. Não tivemos respiro, vamos precisar ser inteligentes para essas decisões – opinou. 

A delegação alvinegra volta  ainda neste domingo, e na segunda inicia a preparação para o duelo contra o Vitória, quarta-feira, no Barradão, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.






Carille não descarta nova arrancada no Brasileiro: 'Aconteceu uma vez'
Treinador festeja goleada sobre o Paraná, diz que objetivo é se manter entre os primeiros colocados, mas acredita ser possível repetir ótimo início de campeonato
LANCE!
22 ABR 2018 13h42 
O Corinthians iniciou o Campeonato Brasileiro a mil por hora. Passadas as duas primeiras rodadas, a equipe do técnico Fábio Carille mantém 100% de aproveitamento e neste domingo passou com facilidade pelo Paraná com goleada de 4 a 0 fora de casa. O resultado deixou o treinador muito satisfeito, a ponto de ele não descartar repetir o início da campanha vitoriosa do ano passado. O Timão terminou o primeiro turno invicto, em uma campanha histórica.


- É muito difícil, mas aconteceu uma vez (arrancada). Eu passo para o grupo que a gente tem que estar embolado ali entre os primeiros, após dez rodadas, sempre estar próximo. Para na arrancada dos últimos jogos, a gente medir forças mesmo - analisou o treinador.


A partida foi especial para Carille pelo reencontro com o Paraná, clube no qual atuou como jogador. Ele falou sobre isso e outras coisas na entrevista coletiva após o jogo. Confira:

Análise da partida 
O resultado foi muito grande. A gente tem uma preocupação de quando ganha jogo grande, de Libertadores, sobre a preparação do jogo seguinte. Muda muito o horário, a preparação. Mas o time teve a tranquilidade de rodar a bola, seguramos a pressão inicial que já esperávamos. E os quatro gols foram de bola trabalhada, lado oposto, tudo que exigimos.

Reagir na pressão 
Corinthians sabe jogar no seu campo, sem bola. Isso é de anos. Sabe sofrer, ser pressionado e quando tem a bola, tem muita qualidade, estamos mostrando isso, depois do Paulista mostramos muita maturidade.


Goleada 
O time sabe que quando não joga com o 9 tem de estar com a bola nos pés. Temos de encher o campo do adversário, encher com os meias, eles têm esse entendimento.

Rodriguinho na Seleção? 
Com essa formação, deixamos ele mais perto do gol. E sabemos da qualidade que ele tem, perna esquerda, perna direita. Com essa formação, ele fica mais perto. De 2016 pra cá, só uma parte do segundo semestre ano passado ele deu uma caída. Em 2016 chamou a responsabilidade, ano passado no Paulista e esse ano muito bem. Se for convocado, será merecido.

Como rodar o elenco sem perder qualidade? 
A segurança que eu tenho é o que me mostrou até agora. O Gabriel saiu do time e eu deixei claro que foi a questão da bola aérea. A gente sofreu com isso, contra o Bragantino. Contra o Fluminense, tínhamos essa preocupação. Hoje vimos que o Paraná não era tão alto. Renê Júnior era titular até outro dia, está recuperando a confiança, Mateus já jogou. Vou ter de rodar o elenco agora, ser inteligente para tomar as melhores decisões.

Jogadores marcando gols 
Essa está sendo a nossa cobrança, de que jogar sem 9 tem de aparecer dentro da área. Sem o nove, esses caras das pontas, os meias, os volantes são importantes. Sei que não vou contar com o Roger na Copa do Brasil. Pela Libertadores só a gente classificando. Então nossa cobrança é para que os jogadores de trás cheguem para fazer mais gols. Saio feliz porque o resultado fortalece ainda mais.

Sidcley 

A gente sabe desse poder ofensivo do Sidcley, e o que marcou na final e é isso que tem de melhorar. E a vibração, depois que a gente fez o segundo, sei que é muito difícil perder o jogo pela nossa consistência. Passo para eles não relaxarem.








Atuações do Corinthians em vitória fora de casa por 4x0: Sidcley faz jogo impecável, e Rodriguinho marca mais um
Time comandado por Carille goleia o Paraná, em Curitiba, por 4 a 0

Por GloboEsporte.com

22/04/2018 13h02

Sidcley: Fez uma de suas melhores partidas com a camisa do Corinthians. No primeiro gol, articulou a jogada ao lado de Matheus Vital para dar um passe preciso para Rodriguinho abrir o placar. Para coroar a exibição, fez um golaço ao conduzir a bola do meio de campo até o gol do Paraná. Nota: 8,5


Rodriguinho: Mais uma vez fez gol no momento mais delicado do Corinthians na partida, e mais uma vez foi o jogador que deu mais fluidez ao jogo. Foi dele o passe para o gol de Sidcley, o segundo do Timão. Nota:8,0

Balbuena: Seguro nas bolas aéreas e preciso nas antecipações, o zagueiro anulou praticamente todas as investidas do Paraná durante o confronto. Nota: 7,5

Clayson: Saiu do banco de reservas e em dois lances fez um e deu a assistência para Gabriel anotar o quarto gol corinthiano. Nota: 7,5

Veja abaixo a nota dos jogadores do Corinthians:

Cássio [GOL]: 7,5
Fagner [LAD]: 6,5
Balbuena [ZAG]: 7,5
Henrique [ZAG]: 6,5
Sidcley [LAE]: 8,5
Gabriel[VOL]: 7,5
Renê Junior [VOL]: 6,5
Jadson [MEI]: 6,5
(Clayson [ATA]): 7,5)
Matheus Vital [MEI]: 7,0
(Pedrinho [ATA]: sem nota)
Rodriguinho [MEI]: 8,0
Romero [ATA]: 5,5
(Marquinhos Gabriel [ATA]: sem nota)





Volante corinthiano Gabriel: “Temos uma união muito forte para ajudar o Corinthians a vencer”
22/04/2018





© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Neste domingo (22), o Corinthians goleou o Paraná por 4 a 0 no estádio Durival Britto pelo Brasileirão. Um dos autores dos gols alvinegros, Gabriel falou na saída do gramado e fez um panorama do duelo com a equipe adversária.

“Você tem que estar preparado. O time não começou bem, estava um pouco desligado, até pelo horário e o campo que não estamos acostumados. Mas melhoramos a partir dos 10 minutos. A gente não está preocupado com quem vai jogar. Mas quem entra está sempre preparado. Temos uma união muito forte para ajudar o Corinthians a vencer”, disse.

Próximo jogo

Na próxima quarta-feira (25), o Corinthians estreia na Copa do Brasil. Válido pelas oitavas de final da competição, o Timão encara o Vitória, no estádio do Barradão. O duelo tem horário marcado para as 19h30.







Corinthians vence o Belém Futsal e assume a liderança da LNF
Equipe alvinegra tem 11 pontos conquistados após cinco partidas - 22/04/2018

Na manhã deste domingo (22), o Corinthians venceu o Belém Futsal por 5 a 2, no ginásio Mangueirinho, na capital paraense, e assumiu a liderança da Liga Nacional de Futsal após cinco rodadas. A liderança alvinegra veio após a equipe de André Bié vencer os dois últimos confrontos pela a competição.

Superior ao adversário durante todo o confronto, a equipe alvinegra definiu o placar logo na primeira etapa. Todos os sete gols da partida foram marcados na primeira metade.

Com 11 pontos conquistados após cinco jogos, o Alvinegro tem um ponto a mais que Sorocaba, Joinville (esses com um jogo a menos), Carlos Barbosa e Pato Futsal. São três vitórias e dois empates para o time comandado pelo técnico André Bié.

O próximo confronto da equipe corinthiana pela 
LNF acontece nesta sexta-feira (27), às 20h15, contra o Blumenau(SC), no ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. Antes disso, porém, o Corinthians recebe o Santo André, terça-feira (24), pela Liga Paulista no mesmo local e horário do confronto com a equipe catarinense.








Corinthians goleia o Paraná na Vila Capanema e fica no topo da tabela

22 ABR 2018 13h00

O atual campeão brasileiro está em alta na edição de 2018 do torneio. Após estrear com vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, o Corinthians fez o seu primeiro jogo como visitante na manhã deste domingo e somou mais três pontos. Goleou o Paraná por 4 a 0 na Vila Capanema, com gols de Rodriguinho e Sidcley no primeiro tempo e Clayson e Gabriel no segundo.


O resultado deixou o Corinthians no topo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 6 pontos, aguardando o complemento da rodada. 


Vindo de um triunfo fora de casa também na Copa Libertadores da América, sobre o Independiente, o Corinthians terá outra competição com que se preocupar neste meio de semana. Enfrentará o Vitória na quarta-feira à noite, no Barradão, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Pelo Brasileiro, o próximo adversário corintiano será o Atl min, no domingo, que vem, no estadio do america mn


IO Corithians iniciou com dificuldades para transpor o meio-campo.

As primeiras chances de gol do Paraná não demoraram a aparecer. Aos nove minutos, Jhonny Lucas avançou pela intermediária e arriscou o chute colocado. A bola passou perto da meta. Aos 15, Raphael Alemão fez ainda mais bonito ao aplicar um chapéu em Balbuena dentro da área e finalizar sem deixar a bola cair. Cássio defendeu.

Ao melhor estilo do time campeão brasileiro em 2017, o Corinthians soube sofrer. Com paciência com o ímpeto dos donos da casa, o time de Fábio Carille ocupou o campo de ataque aos poucos, principalmente pela esquerda, onde estava Mateus Vital, e marcou dois gols em sequência.

O primeiro saiu aos 24 minutos. Vital percebeu a passagem de Sidcley pela esquerda da área e enfiou a bola. O lateral esquerdo girou o corpo e bateu cruzado. Livre na pequena área, Rodriguinho voltou a preencher com maestria o espaço que seria de um centroavante e empurrou para dentro.

Dois minutos mais tarde, Sidcley resolveu tudo sozinho. O jogador recebeu a bola na lateral esquerda, passou no meio de dois marcadores, invadiu a área em velocidade e concluiu na saída do goleiro Richard para calar momentaneamente o público paranista.

O Corinthians valorizava a posse de bola e só acelerava o jogo vez ou outra - como quando Rodriguinho foi lançado nas costas da defesa por Jadson, já aos 40 minutos, e bateu por cima do gol.

 Micale foi obrigado a gastar uma alteração no intervalo, por lesão do goleiro Richard, substituído por Luis Carlos. No Corinthians, com Carille satisfeito com a evolução dos seus atletas na etapa inicial, a ordem era não alimentar qualquer chance de reação do adversário.

Como o Corinthians estava sendo bem-sucedido em sua estratégia, Micale mexeu novamente no Paraná aos 15 minutos. Matheus Pereira, meia revelado pelo clube paulista, entrou na vaga de Wesley Dias. Logo em seguida, Raphael Alemão levou perigo com um chute forte de longa distância. A bola desviou em Sidcley e acertou o lado externo da rede.


Carille respondeu com a troca do desgastado Jadson por Sidcley, ao mesmo tempo em que Micale apostou a sua última ficha em Vitor Feijão, substituto de Raphael Alemão. O que permanecia inalterado era o panorama da partida - o Paraná tinha mais disposição para atacar, mas não criava boas oportunidades para descontar.

O Corinthians parecia até displicente ofensivamente. Clayson, por exemplo, protagonizou um lance bizarro ao cair na cobrança de um escanteio e jogar a bola para tiro de meta. Aos 34 minutos, porém, ele se redimiu. Fagner cruzou da direita, e o atacante escorou. A bola bateu na trave e entrou.

O Paraná se entregou de vez a partir de então. Tranquilo, o Corinthians ainda conseguiu transformar a vitória em goleada aos 40 minutos. Já com Marquinhos Gabriel no posto de Romero, Clayson pedalou do lado esquerdo da área e rolou a bola para trás. Gabriel dominou e chutou no canto para acertar a rede, Corinthians 4x0







Corinthians goleia o Paraná e mantém 100% no Brasileiro

Timão mostra sua força atuando fora de casa e estraga a festa da loucura paranista. ,

Marcio Porto

22 ABR2018
13h06,


O Corinthians reforçou neste domingo a grande fase que atravessa sob o comando do técnico Fábio Carille. No "duelo dos loucos" na Vila Capanema, não tomou conhecimento do Paraná e aplicou uma goleada de 4 a 0. O resultado manteve as coisas como se iniciaram: O Timão com 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro e os tricolores sem pontuar na competição. Rodriguinho, Sidcley, Clayson e Gabriel marcaram os gols corintianos.,
Festa louca
 Os primeiros 15 minutos foram de domínio paranista, que não transformou em gol... O Corinthians se defende bem e sabe sofrer

Rodriguinho, após boa trama de Mateus Vital com Sidcley. O meia abriu o placar debaixo da trave, sozinho. Marcou seu nono gol na temporada, o terceiro no Brasileiro. Depois o próprio Sidcley deixou sua marca aproveitando outro vacilo da defesa paranista. O primeiro tempo terminou com o placar de 2 a 0 e a vitória encaminhada.
,
Na segunda etapa,Clayson e Gabriel marcaram também livres na área. O primeiro escorou cruzamento de Fagner e o segundo, uma das três novidades do time (Renê Júnior e Mateus Vital foram as outras) deixou sua marca. Até Gabriel, que não é de fazer gols... É muita loucura!,


Corinthians bateu o Paraná na Vila Capanema
Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Lancepress! / LANCE!

O Corinthians foi mais do mesmo: consciente, concentrado, inteligente, racional, ligado o tempo inteiro. A razão. Sorte de seu bando de loucos.

FICHA TÉCNICA
par 0X4 CORINTHIANS
brasileirao 2018 2 rodada
Local: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data-Hora: 22/4/2018, às 11h
arb : Pericles Bassols Pegado Cortez , Clovis Amaral da Silva e Cleberson Nascimento Leite (PE)
Cartões amarelos: Jhonny Lucas (PAR); Romero (COR)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Rodriguinho, aos 25'/1ºT (0-1); Sidcley, aos 26'/1ºT (0-2); Clayson, aos 34'/2ºT (0-3); Gabriel, aos 40'/2ºT (0-4)

par: 1Richard (12Luis Carlos, no intervalo), 2Alemão, 4Rayan, 3Jesiel e 6Mansur; 5Jhonny Lucas, 8Wesley Dias (20Matheus Pereira, aos 15'/2ºT), 7Raphael Alemão (21Vitor Feijão, aos 25'/2ºT), 10Caio Henrique e 11Silvinho; 9Carlos T: Rogério Micale
+ ,13Júnior, 16Báez, 14Cléber, 15Leandro Vilela, 18Alex Santana,  17González, 19Thiago, 22Léo Itaperuna
CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Henrique e 16-Sidcley; 5-Gabriel e 32-Renê Júnior; 10-Jadson (25-Clayson, aos 24'/2ºT), 11-Romero (31-Marquinhos Gabriel, aos 37'/2ºT), 26-
Rodriguinho e 22-Mateus Vital (38-Pedrinho, aos 41'/2ºT) T: Fábio Carille +1-Caique Franca 27-Walter 34-Pedro Henrique 8-Maycon 28-Paulo Roberto 15-Ralf 19-Junior Dutra20-Danilo 
,




#MatinêDaFiel Com grande atuação coletiva, Corinthians goleia Paraná no Durival Britto
Rodriguinho Sidcley, Clayson e Gabriel foram os autores dos gols corinthianos na manhã deste domingo

22/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Na manhã deste domingo (22), o Corinthians 
superou o Paraná por 4 a 0  pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2018. No estádio Durival de Britto, a Vila Capanema,. Os gols do Coringão foram marcados por Rodriguinho, Sidcley, Clayson e Gabriel.

Na primeira etapa, o Corinthians foi surpreendido pela pressão do Paraná logo nos primeiros minutos. Apesar do abafa da equipe adversária, o Timão retomou o controle do jogo e conseguiu sair à frente no placar.

Aos 25 minutos, Sidcley e Mateus Vital fizeram boa triangulação no lado esquerdo do campo e o lateral do Timão invadiu área e cruzou. Bem posicionado, Rodriguinho teve o trabalho de apenas empurrar a bola para o fundo do gol e abrir o marcador no Durival de Britto.

No lance seguinte, aos 26, mais um gol do Timão. Em linda jogada individual, Sidcley se livrou dos marcadores do Paraná, invadiu a área e bateu na saída do goleiro ampliando o placar para o Alvinegro.

Antes de terminar o primeiro tempo, Rodriguinho quase marcou o seu segundo gol no confronto. Após grande lançamento de Jadson, o camisa 26 apareceu livre na área, tentou encobrir o goleiro do Paraná, mas a bola saiu por cima do gol.

No segundo tempo, o Timão chegou com mais perigo ao gol adversário com 12 minutos. Após cobrança de escanteio, Romero subiu mais alto do que a zaga do Paraná e cabeceou com perigo.

Com jogo equilibrado, o Alvinegro marcou novamente aos 34 minutos. Após cruzamento na medida de Fagner, Clayson, que havia entrado no lugar de Jadson, apareceu na segunda trave e só tocou para o fundo do gol.

Ainda deu tempo do Coringão transformar o placar em goleada. Clayson fez jogada pela lateral e encontrou Gabriel livre de marcação. O camisa 5 alvinegro dominou e chutou para colocar números finais para o duelo.

Próximo jogo

Na próxima quarta-feira (25), o Corinthians estreia na Copa do Brasil. Válido pelas oitavas de final da competição, o Timão encara o Vitória, no estádio do Barradão. O duelo tem horário marcado para as 19h30.


























Pela segunda rodada do Brasileirão, Corinthians visita o Paraná Clube em Curitiba
Este será o 26º confronto entre as equipes; Timão tem larga vantagem no histórico do confronto com 13 vitórias apenas quatro reveses 21/04/2018

Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Na manhã deste domingo (22), o Corinthians entra em campo pela segunda rodada do Brasileirão 2018. No estádio Durival de Britto e Silva, a Vila Capanema, o Timão visita o Paraná Clube, às 11h. A partida terá transmissão exclusiva do Canal Premiere.

Vantagem no confronto

Corinthians e Paraná Clube já se enfrentaram em 25 oportunidades, com larga vantagem alvinegra no histórico do confronto. São 13 vitórias corinthianas, oito empates e quatro derrotas, com 27 gols marcados e 17 sofridos. O último jogo da equipe do Parque São Jorge no palco da partida deste domingo aconteceu em 2008 e terminou com vitória do Corinthians por 2 a 0.

Escalação

Em relação à equipe que iniciou o jogo contra o Independiente (ARG), na última quarta-feira (18), pela Conmebol Libertadores, o time deve ter algumas alterações. Clayson pode dar lugar a Mateus Vital e Renê Junior e Gabriel devem entrar no lugar de Maycon e Ralf no meio campo. Assim o Timão iniciaria o jogo com Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Renê Júnior; Romero, Jadson, Rodriguinho e Mateus Vital.

Sequência positiva



A equipe comandada pelo técnico Fábio Carille busca aumentar a sequência de bons resultados na temporada. Nos últimos três jogos, o Corinnthians venceu todos: a final do Paulistão contra o arquirrival Palmeiras, a estreia no Brasileirão contra o Fluminense, no último domingo (15), e o jogo contra o Independiente (ARG), na quarta-feira (18).