10 de abr de 2018

CORINTHIANS 10/04/2018

Com Corinthians bicampeão do Paulistão, Cássio se torna 2º goleiro em pênaltis defendidos na história do club
Em 341 partidas com o manto alvinegro, o camisa 12 já defendeu 14 penalidades

- 10/04/2018



Crédito: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O título de bicampeão Paulista do Corinthians, no último domingo (08) após vitória no derby fora de casa, rendeu uma série de novas marcas coletivas e individuais para o Corinthians. Capitão no terceiro título consecutivo, Cássio também se tornou o segundo goleiro da história do clube em número de pênaltis defendidos.

Com as quatro cobranças de penalidades máximas defendidas nas vitórias corinthianas no majestoso e no derby na semifinal e na final, respectivamente, Cássio chegou a 14 com o manto alvinegro. Com o número, ultrapassou Gilmar, que pegou 11 pênaltis em 395  
jogos com a camisa do Corinthians.

Ronaldo Giovanelli, que defendeu o Corinthians entre 1988 e 1998 e somou 602 jogos com o manto alvinegro, é o número um da lista. Nos 10 anos de clube, pegou 24 pênaltis. Dida, que jogou 94 partidas pelo Timão, está na quarta colocação, com sete cobranças defendidas.
Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.



#BicampeãoDaFé: Crias da base tem participação decisiva na conquista do título
Jogadores formados nas categorias de base representam mais de um quarto do elenco campeão paulista



 - 10/04/2018


© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

No último domingo (08), o Corinthians conquistou o bicampeonato paulista com vitorias no tempo normal e penaltis em derby fora de casa. Responsável por converter a cobrança decisiva, o volante Maycon representa o sucesso do Timão nas categorias de base, que teve participação decisiva na campanha do título.

Com mais de um quarto do grupo de jogadores formados nas categorias de base do Corinthians, o Timão provou mais uma vez que é um dos grandes reveladores do futebol brasileiro e mundial.

No gol, Caíque França e Filipe, ambos crias do terrão, não atuaram no Paulistão, mas foram importantes no treinamento diário do CT Dr. Joaquim Grava. Dono da lateral direita do Timão, Fagner é o jogador mais experiente entre os formados no Terrão, e é um dos pilares da equipe do técnico Fábio Carille, sendo coroado com convocações para a Seleção Brasileira.

Quando Fagner foi ausência devido aos compromissos com a amarelinha, o jovem Mantuan deu conta do recado e foi importante em jogos decisivos da competição. Ele foi o capitão da equipe que conquistou pela décima vez a Copinha de Futebol Júnior para o Timão, em janeiro de 2017. Além de Mantuan, Carlos Augusto também esteve no elenco bicampeão paulista, mais uma cria da base alvinegra.

Na zaga, Pedro Henrique se firmou como substituto imediato da dupla Balbuena/Henrique e teve grandes atuações quando esteve em campo pelo Paulistão 2018. O zagueiro Léo de apenas 19 anos é outro jovem bicampeão paulista formado no Parque São Jorge.

O volante Maycon foi um dos grandes nomes do bicampeonato do Timão. Com muita qualidade técnica, o jovem é o motorzinho da equipe do técnico Fábio Carille e ajudou muito o Timão com gols importantes, além de ser o responsável por converter a última cobrança de pênalti na grande final.

Por fim, um dos jogadores mais queridos pela Fiel Torcida, o meia Pedrinho foi mais uma cria do terrão que teve participação decisiva na campanha do #BiCampeãoDaFé. O jogador, de apenas 19 anos, mostrou toda sua qualidade técnica durante a competição e vem crescendo a cada partida com o manto alvinegro.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.





Golaço de Rodriguinho em vitoria corinthiana no primeiro Derby do ano é eleito o mais bonito do Paulistão. Ele deixou dois adversarios no chão
Meia marcou quatro gols no Estadual; três foram em clássicos - 10/04/2018


Crédito: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Na noite da última segunda-feira (09), na zona oeste, foi realizada a festa de encerramento do Campeonato Paulista de 2018. Além de ter conquistado o título com o Corinthians e o prêmio de melhor meia, Rodriguinho também teve um gol seu eleito como o mais bonito da competição.


O gol de Rodriguinho na vitoria do Timão por 2x0, marcado no primeiro Derby do ano, foi eleito o mais bonito do Paulistão em votação popular realizada no portal Globoesporte.com. Naquela partida, disputada no dia 24 de fevereiro na Arena Corinthians, o meia recebeu a bola de Maycon na entrada da área, aos 40 minutos da etapa inicial, cortou dois palmeirenses, que caíram sentados, e bateu no canto esquerdo de Jaílson. O tento do camisa 26 foi o primeiro da vitória corinthiana por 2 a 0 – o outro foi marcado por Clayson, de pênalti.

Durante a vitoriosa campanha do Paulistão, Rodriguinho marcou quatro gols. Além do tento eleito o mais bonito da competição, dois foram anotados em clássicos da reta final e contribuíram decisivamente para a conquista do 29º título estadual pelo Corinthians.

Confira os gols de Rodriguinho, o mais bonito do Paulistão, e de Clayson na vitória do Corinthians por 2 a 0 no primeiro Derby do ano:









Corinthians na Copa do Brasil Sub-20: Corinthians faz último treino antes de primeiro jogo das oitavas contra Sport

Técnico Dyego Coelho realizou ajustes finais na equipe que enfrentará os pernambucanos, nesta quarta (11), às 15h, na Ilha do Retiro, em Recife-PE

Departamento de Formação de Atletas - 10/04/2018

Na manhã desta terça-feira (10), a equipe sub-20 do Corinthians treinou no Estádio do Arruda, em Recife-PE. Foi a última preparação antes do duelo diante do Sport, nesta quarta (11), às 15h, na Ilha do Retiro, válida pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil da categoria.

Os comandados do técnico Dyego Coelho chegaram, nesta segunda (09), à capital pernambucana para dar início a busca inédita pela vaga nas quartas da competição. Na atividade, o treinador realizou o treino de 11 contra zero, para dar os ajustes finais à equipe que encara o Sport.

Repeteco da Copinha e da Copa do Brasil Sub-17 2016

Não será o primeiro encontro entre Corinthians e Sport em 2018. No início do ano, na Copinha de Futebol Júnior, o confronto foi válido pela segunda fase. De falta, Fabricio Oya colocou o Alvinegro em vantagem, mas os pernambucanos buscaram o empate e a decisão foi para os pênaltis. O goleiro Diego brilhou e o Timãozinho avançou à terceira fase.

Além deste confronto, a geração 1999-2000 do Corinthians foi campeão da Copa do Brasil Sub-17 de 2016 também sobre o Sport. Na primeira partida, na Ilha do Retiro, houve empate em 2 a 2. Na volta, no Pacaembu, a equipe de Parque São Jorge venceu por 2 a 0 e ficou com o título. Diego (GOL), Lucas Pires (LE) Lucas Minele (VOL), Roni (VOL), Fabricio Oya (MEI), Welliton (MEI) e Rafael Bilu (ATA) jogaram aquela final.




Confira a lista de relacionados para a partida:

Goleiros: Diego e Maltos

Zagueiros: João, Léo Paraiso e Ronald

Laterais direito: Gabriel Matheus 
e Samuel

Laterais esquerdo  Geovani, Lucas Pires

Volantes Renan Areias, Roni

Meias: Fabricio Oya, Lucas Minele, Rafinha, 
Rael e Welliton

Atacantes: Nathan, Rafael Bilu, Vitinho e William




Fiel tem maior público do Paulistão 2018
Equipe alvinegra teve os maiores públicos tanto no mata-mata quanto na fase de grupos da competição estadual

 - 10/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Além de comemorar o campeonato paulista de 2018, a Fiel foi responsável também pelos maiores públicos da competição estadual. Tanto na fase de grupos, como no mata-mata, as partidas com mais torcedores no torneio aconteceram em jogos do Timão na Arena Corinthians.

Na primeira fase, o maior público ficou por conta do Derby contra Palmeiras, pela nona rodada da competição. Na ocasião, 42.178 torcedores assistiram a vitória alvinegra por 2 a 0 sobre o rival.

Já no mata-mata do Paulistão, o Corinthians obteve os dois maiores público do torneio. Na semifinal, 43.062 pessoas viram a emocionante vitória corinthiana nos pênaltis no majestoso. Quatro dias depois, na partida de ida da decisãono derby, foi registrado o recorde da competição: 43.535 pessoas. Em média, o Timão levou 29.128 torcedores por jogo na campanha do #BicampeãoDaFé.








#BicampeãoDaFé: Herói da Liberta, Emerson Sheik conquista sétimo título com camisa alvinegra
No Paulistão, Emerson estreou no Paulistão no dia 4 de fevereiro, na vitória do Timão sobre Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi


10/04/2018




Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Herói do Corinthians na conquista invicta da Copa Libertadores 2012, Emerson Sheik voltou ao Timão este ano. Com 39 anos, o jogador mostrou que o condicionamento físico não foi um empecilho para vestir o manto sagrado. Com pouco tempo de preparação, o camisa 47 já ficou à disposição para ajudar os companheiros alvinegros.

A estreia do jogador aconteceu no dia 4 de fevereiro, no duelo contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi. Com a vantagem no placar, após o gol de Pedro Henrique ainda no primeiro tempo, o treinador Fábio Carille chamou o atacante aos 21 minutos da etapa final. No lugar de Clayson, Emerson Sheik contribuiu em campo para que o Timão saísse com a vitória fora de casa.

No total, Emerson Sheik participou de 11 dos 18 jogos que o Corinthians disputou no Paulistão. O único gol marcado pelo atacante foi no duelo contra o Mirassol, após chutaço da entrada da área, já aos 43 do segundo tempo. O lance garantiu a vitória alvinegra contra a equipe do interior paulista por 1 a 0.

A conquista do Campeonato Paulista 2018 foi a sétima de Emerson Sheik com a camisa alvinegra. Além deste título, o atacante foi campeão da Libertadores da América (2012), Mundial de Clubes FIFA (2012), Paulista (2013), Recopa Sul-Americana (2013) e Brasileirão (2011 e 2015).

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.

#BicampeãoDaFé: Cria do terrão, Pedro Henrique conquista terceiro título pelo Corinthians
Zagueiro tem 60 partidas e três gols marcados com a camisa corinthiana



10/04/2018



Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Zagueiro revelado nas categorias de base do Corintians, Pedro Henrique subiu aos profissionais no início de 2015, foi emprestado ao Bragantino e retornou ao clube do Parque São Jorge ainda no mesmo ano.

Estreou com a camisa alvinegra no dia 15 de janeiro de 2015, contra o Colônia-ALE, pela Florida Cup. Em partidas oficias, entrou em campo pela primeira vez em em julho de 2016, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre o Coritiba na Arena Corinthians.

Com a conquista do último domingo, o zagueiro conquistou o seu terceiro título com a camisa corinthiana. Em 2017, venceu o Paulistão e o Brasileirão. Até o momento, são 60 jogos e três gols marcados pelo Timão.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.








#BicampeãoDaFé: Recém-chegado, Júnior Dutra ganha primeiro título no Timão
Dos 18 jogos que o Corinthians fez no Paulistão, Júnior Dutra participou de 12 confrontos



 10/04/2018


Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Recém-chegado ao elenco do Corinthians, após ser contratado junto ao Avaí, Júnior Dutra foi mais um jogador que contribuiu para a conquista do 29º título paulista do Timão no último domingo (08). Na grande decisão, o Alvinegro venceu o derby no tempo norrmal e nas penalidades
 Júnior Dutra estreou com a camisa do Corinthians no Paulistão no primeiro duelo alvinegro no torneio. 

Logo no seu segundo jogo, novamente no Pacaembu, o Corinthians venceu São Caetano pela segunda partida da primeira fase do Paulistão. Mesmo iniciando no banco de reservas, Júnior Dutra teve a oportunidade que desejava aos 17 minutos da segunda etapa. Entrando no lugar de Kazim, o atacante precisou de apenas dois minutos em campo para marcar o primeiro gol com o manto alvinegro. Após falha da defesa do Azulão, o atleta aproveitou e empurrou para o fundo das redes. No fim, o Corinthians goleou a equipe adversária por 4 a 0.

Apesar do gol, Júnior Dutra acabou oscilando durante a competição e não se firmou na equipe titular. Contudo, o camisa 9 seguiu ajudando a equipe de Fábio Carille quando solicitado. Das 18 partidas do Timão no Paulista, o jogador participou de 12 confrontos. Este foi o primeiro título do atleta com a camisa do Corinthians.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.











#BicampeãoDaFé: Juninho Capixaba conquista primeiro título pelo Corinthians
Lateral esquerdo de apenas 20 anos chegou no início de 2018 e conquistou o primeiro Paulistão da carreira

10/04/2018


Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Natural de Cachoeiro do Itapemirim-ES, Juninho Capixaba se destacou no Bahia entre 2015 e 2017, chamando a atenção de Fábio Carille e sendo contratado para a vaga de lateral esquerdo. Com apenas 20 anos, impressionou por sua agilidade com a bola no pé e sua velocidade em jogadas ofensivas.

Na primeira fase do Campeonato Paulista de 2018, Capixaba foi titular em oito oportunidades. Peça recente no elenco corinthiano, teve Sidcley como novo concorrente pela posição. Mais incisivo em jogadas ofensivas, o jovem tornou-se substituto do camisa 16, mantendo a disputa intensa.

O jogador sagrou-se campeão paulista pela primeira vez no último domingo (08), com o Corinthians. Sua presença no elenco foi essencial para manter a intensidade do time alta.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.







O que o Corinthians planeja após ser bicampeão paulista

Diretoria e comissão técnica traçam estratégias para mais conquistas do Timão em 2018

Por Bruno Cassucci
10/04/2018 11h27

O Corinthians segue em festa por ser bicampeão Paulista sobre o rival, mas já olha para o futuro. Após levantar a taça, diretoria e comissão técnica se voltam para o planejamento para o segundo semestre, quando o clube disputará Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores da América, caso passe da fase de grupos.
Dentre as definições pendentes, estão renovações de contratos de alguns titulares e saídas de atletas. O Timão também busca reforços de diferentes perfis.
– O primeiro passo é não perder ninguém – avisou o técnico Fábio Carille.



Jogadores e funcionários do Corinthians comemorando o título paulista (Foto: Marcos Ribolli)

Confira abaixo os próximos passos do Corinthians:

Contratações


O Corinthians ir em busca de contratar um centroavante
Porém, como a janela para contratações de clubes do exterior só abre em 20 de junho e o Corinthians vê carência de centroavantes no Brasil, o clube pode esperar até depois da Copa do Mundo para reforçar o ataque.

Além do camisa 9, a diretoria alvinegra planeja contratar jovens apostas, como explica o técnico Fábio Carille:

– A ideia de ter jogadores jovens está acontecendo, o Matheus Matias foi um caso. O Andrés tem essa ideia desde que assumiu a presidência, de trazer seis ou sete jovens, como ele fez com Jucilei, Edenilson... o Corinthians já teve essa filosofia ali atrás.


Renovações

Segue a novela para a renovação de contrato do zagueiro Balbuena. O paraguaio adota tom otimista

Outro que tem contrato se encerrando em dezembro e já manifestou o desejo de permanecer é o meia Jadson, de 34 anos.

Segundo o técnico Fábio Carille, o atacante Emerson Sheik, que no início do ano firmou acordo por apenas seis meses, também deve permanecer pelo menos até o fim da temporada

Saídas

Ao mesmo tempo em que pensa em trazer novos jogadores, o Corinthians também tenta enxugar o atual elenco e deseja emprestar ou vender atletas que estão fora dos planos.

Na última segunda-feira, o Corinthians emprestou o volante Jean ao botafogo

O lateral-direito Léo Príncipe e o atacante Kazim podem ser os próximos a serem emprestados
O clube também tenta encontrar um destino para o atacante Bruno Paulo, que desde o começo da temporada treina separadamente do elenco corinthiano no CT Joaquim Grava.

A situação do volante Maycon é diferente. O jogador voltou a se firmar como titular da equipe, mas tem uma proposta de cerca de R$ 24 milhões do Shakhtar Donets, da Ucrânia, e negociá-lo deve ser
inevitável

Esquema
– Eu vou continuar até ter uma certeza, jogo a jogo, olhando o adversário. É claro que nossas ideias e nossos princípios de compactação, independentemente do sistema, irá continuar. Isso eu acho fundamental para o futebol. Mas a gente ainda está buscando uma formação tática ideal de acordo com o nosso elenco.











#BicampeãoDaFé: Pela primeira vez na história, Corinthians ganha título após três viradas em mata-mata
Timão virou 3 duelos; contra as equipes da capital, vitórias vieram nos pênaltis  10/04/2018



Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

No último domingo (08), após vencer o derby – no tempo regulamentar por 1 a 0; e nos pênaltis por 4 a 3 –, o Corinthians faturou o Campeonato Paulista pela 29ª vez na história. O título marcou também quebras de tabus, como o bicampeonato estadual após 35 anos, e feitos inéditos, como a virada em três mata-matas consecutivos para conquistar o troféu em uma competição oficial.

A história do Campeonato Paulista de 2018 foi sofrida como todo corinthiano gosta e apresentou três viradas na reta final da competição. A primeira delas aconteceu nas quartas de final, contra o Bragantino. O Corinthians perdeu o primeiro jogo por 3 a 2, mas conseguiu reverter sem sustos no segundo duelo, disputado na Arena Corinthians. Com gols de Sidcley e Maycon, o Timão venceu por 2 a 0 e conquistou a vaga na semifinal.

A partir de então, o coração do torcedor corinthiano passou a ser testado mais uma vez na história. Na semifinal, o Corinthians enfrentou sp. No jogo de ida, o Timão perdeu por 1 a 0. Na volta, na Arena Corinthians, o placar se manteve inalterado até os 47 minutos do segundo tempo e a vaga para a decisão estava quase perdida. Aos 48, Clayson cobrou escanteio, Rodriguinho, livre, cabeceou e fez o gol da vitória. Nos pênaltis, Cássio brilhou, pegou duas cobranças e garantiu o Alvinegro na final.

Corinthians voltou a jogar derby
 por uma final de Campeonato Paulista após 19 anos. O primeiro duelo foi disputado na Arena Corinthians e terminou em derrota alvinegra por 1 a 0. Na volta, o Timão demorou apenas 1min30s para fazer o gol da vitória no tempo regulamentar. A decisão foi novamente para os pênaltis. Cássio, mais uma vez, brilhou, pegou duas cobranças palmeirenses e o Alvinegro levantou o caneco em plena casa do rival.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.