9 de abr de 2018

CORINTHIANS 09/04/2018




#BicampeãoDaFé: números do Corinthians na conquista do 29º título paulista
Nos clássicos, o Timão terminou com três vitórias, um empate e dois reveses- 09/04/2018




© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O espírito de garra e superação marcou a trajetória do Corinthians até a conquista do Campeonato Paulista de 2018. Apesar de ter perdido o primeiro jogo na Arena Corinthians, o Timão deu a volta por cima, venceu o rival no temo normal e nos enaltis e chegou a 29ª conquista do estadual.

Para chegar ao título, a equipe comandada por Fábio Carille disputou 18 jogos. Com retrospecto positivo, o Alvinegro venceu 10 vezes, empatou duas oportunidades e perdeu seis jogos. No quesito gols, o Alvinegro marcou 23 tentos e sofreu 13.

Além do retrospecto positivo, o Corinthians foi a equipe que mais trocou passes certos durante o Paulistão. Ao todo, os jogadores corinthianos acertaram 7988 passes, quase 800 a mais do que o segundo colocado com 7242. O principal atleta corinthiano neste quesito foi o lateral Fagner, que acertou 841 toques na bola para os companheiros.

Retrospecto em clássicos

Os clássicos também foram marcantes para a Fiel Torcida neste Paulistão, principalmente na fase decisiva. Na primeira fase, três clássicos aconteceram. O Timão saiu invicto, com duas vitórias  e um empate. Já na fase decisiva, o retrospecto foi equilibrado, com duas vitórias e dois reveses

No Pacaembu, a saudosa maloca, o Timão jogou seis vezes, totalizando um retrospecto de três vitórias, um empate e três reveses no Pacaembu durante o Paulistão 2018.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.







#BicampeãoDaFé: Trabalho e estudo, Comissão Técnica do Corinthians se destaca
09/04/2018



Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

No último domingo (08), o Corinthians sagrou-se bicampeão paulista. A vitória sobre o rival coroou o 29º título estadual do clube do Parque São Jorge – maior campeão do estado. Campeões em 2017, no primeiro ano de Fábio Carille como treinador profissional, a comissão técnica corinthiana repetiu o feito.

Depois de perdas em algumas posições no fim do ano passado, o time corinthiano começou 2018 com novos jogadores e, consequentemente, uma nova forma de jogar. Composta por sete integrantes, a parte técnica da comissão elaborou um elenco competitivo através de muito estudo e trabalho duro.

Além de Fábio Carille (treinador), a comissão técnica conta com Osmar Loss (auxiliar técnico), Leandro da Silva (auxiliar técnico), Fábio Felix (auxiliar técnico), André Dias (supervisor técnico), Mauro Silva (observador técnico), Alysson Martins (observador técnico) e Mauri Lima (treinador de goleiros).

Também responsáveis pelo desempenho físico dos atletas e, consequentemente da equipe, estão Walmir Cruz (preparador físico), Fabrício Ramos do Prado (auxiliar de prep. física), Flávio Grava (auxiliar de prep. física), Shih Chien Chan Junior (auxiliar de prep. física), Dr. Ivan Grava (médico) e Caio Mello (fisioterapeuta).

Na rotina diária dentro e fora do CT Dr. Joaquim Grava, o departamento de futebol conta com diversos profissionais que possuem sua parcela na conquista do 29º título paulista do Timão. São eles: médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, roupeiros, seguranças, motoristas, cozinheiros e outros.
DEPARTAMENTO DE FUTEBOL PROFISSIONAL


Duílio Monteiro Alves
Diretor de Futebol


Jorge Kalil
Diretor-Adjunto de Futebol


Alessandro Nunes
Gerente de Futebol


Fábio Carille
Técnico


Osmar Loss
Auxiliar Técnico


Leandro da Silva
Auxiliar Técnico


Fábio Félix
Auxiliar Técnico


André Dias
Supervisor Técnico


Mauro Silva
Observador Técnico


Alysson Marins
Observador Técnico


Walmir Cruz
Preparador Físico


Fabricio Ramos do Prado
Auxiliar de Preparação Física


Flávio Grava
Auxiliar de Prep. Física


Shih Chien Chan Junior
Auxiliar de Preparação Física


Mauri Costa Lima
Treinador de Goleiros


Dr. Joaquim Grava
Consultor Médico


Dr. Ivan Grava
Médico


Dr. Julio Stancati
Médico


Paulo Rogério Vieira
Fisioterapeuta


Caio Maurício Sampaio Mello
Fisioterapeuta


Bruno Gorgatti
Fisioterapeuta


Luciano Moreira Rosa
Fisioterapeuta


Antonio Carlos Fedato Filho
Fisiologista


Christine Fernanda Machado Neves
Nutricionista


José Messias
Motorista


Alexandro Gonçalves Dias
Enfermeiro


Cleber Costa de Souza
Enfermeiro


Ceará
Massagista


Adilson Saraiva Sousa Jr.
Roupeiro


Carlos Benedito Franco Bueno
Roupeiro


Edízio Borges de Almeida
Roupeiro


Gildásio Matos Miranda
Roupeiro


Roberto Sousa Santos
Roupeiro


Ricardo Pereira Silva
Segurança


Deilson Vieira Rodrigues
Segurança


Wilson Pedrobelli Nonato
Segurança


Silvio Kilrem Rodrigues de Souza
Segurança


Denis Ninzoli
Assessor de Imprensa


Josiane Ribeiro
Assessora de Imprensa


Russel Dias
Assessor de Imprensa


Agência Corinthians/Daniel Augusto Jr.
Fotos


Denis Luup
CIFUT


Carlos Vargas
CIFUT


Tassio Rodrigues
CIFUT


Vitor Misumi
CIFUT


Gabriel Magalhães
CIFUT


Amanda Perrucci
Hotelaria


Miriam Mello
Secretária


Daniel Melendes
Auxiliar Administrativo


Clayton Dias
Assistente de TI


Ana Lucia de Oliveira Nischi
Auxiliar de Cozinha


Benicio Francisco dos Santos
Cozinheiro


Edna Silva Dias do Nascimento
Auxiliar de Cozinha


Sergio Luiz Farias
Cozinheiro


Manoel Messias dos Santos
Cozinheiro


Denilda Gonçalves Martins
Auxiliar de Cozinha


Priscila Carolina Moreira Ferro
Auxiliar de Cozinha







#BicampeãoDaFé: Kazim – o terceiro título do Gringo da Fiel
Contratado no início de 2017, Kazim fatura agora o terceiro título com o manto alvinegro 09/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Autor de um dos gols mais importantes na reta final do Campeonato Brasileiro de 2017, na vitoria do Corinthians or 1x sobre Avaí, na Arena Corinthians, Kazim iniciou o Paulistão como titular do Corinthians. Nesta condição, participou de três partidas do Timão na vitoriosa campanha do Estadual deste ano: 2 vitorias e um reves.

No entanto, a atuação de destaque de Kazim durante o Campeonato Paulista de 2018 foi a que o jogador começou entre as opções do técnico Fábio Carille. No dia 11 de março, no último jogo da fase de grupos do Paulistão, o atacante entrou já durante o segundo tempo e participou do lance do segundo gol, marcado por Gabriel, na vitória do Timão por 2 a 0 contra o Botafogo-rp, fora de casa.

Contratado junto ao Coritiba no início de 2017, Kazim fatura agora o terceiro título com o manto alvinegro (dois Paulistas e um Brasileiro). No total, o atacante soma 36 jogos e quatro gols pelo Corinthians.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.







#BicampeãoDaFé: Timão vence 29º Paulista e se consolida como maior campeão do Estado
A coleção de taças paulistas do Timão começou a ser montada em 1914, ano do primeiro título da história do futebol do clube do Parque São Jorge- 09/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Com a conquista do 29º título paulista nesta temporada, o Corinthians se reafirma como o maior campeão do estado. O Timão mantém essa hegemonia desde 1997, aumentando cada vez mais a vantagem sobre os rivais.

A coleção de taças paulistas do Timão começou a ser montada em 1914, ano do primeiro título da história do futebol do clube do Parque São Jorge. Ao longo do tempo, foi crescendo, até 1939, quando o Alvinegro foi campeão estadual pela 11ª vez, empatando com o Paulistano como maior vencedor.

Em 1941, com a 12ª conquista, o Timão passou a ser o “campeão dos campeões”, como diz o hino corinthiano. Até 1954, ano do histórico título do IV Centenário, o 15º no geral, o Corinthians sempre esteve no topo da lista, apenas o dividindo em 1950.

Porém, com o jejum de quase 23 anos sem títulos, o Corinthians chegou a perder a hegemonia estadual por 10 anos, de 1972 a 1982. Quando o Timão foi campeão pela primeira vez com a Democracia Corinthiana — o 18º no geral, voltou a estar no topo ao lado do rival. Com o bicampeonato da histórica equipe de Sócrates, Casagrande, Wladimir, Biro-Biro, Zenon e cia, o Alvinegro voltou a ser absoluto no estado.

Desde então, chegou a ter dois momentos dividindo a hegemonia: em 1994 e 1996. Mas após a conquista de 1997, a 22ª, o Corinthians nunca mais deixou de ser o “campeão dos campeões”

Após conquistar o bi em 2018, o Timão agora tem sete títulos de vantagem.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.








#BicampeãoDaFé: Decisivo no Paulista, Rodriguinho conquista seu 4º título com o Timão
Jogador do Timão com mais gols marcados no Campeonato Paulista 2018, o camisa 26 foi decisivo na reta final da competição


09/04/2018



Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Nascido em Natal (RN), o meia Rodriguinho chegou do América-MG e passou a integrar o elenco do Timão no fim de 2013. Emprestado por três semestres, o meia retornou à equipe em meados de 2015 e atuou em nove partidas do Campeonato Brasileiro. Em suas participações em campo, o jogador marcou três gols e contribuiu para a conquista do título nacional.

Regular durante toda temporada 2016, garantiu vaga entre os 11 titulares do Alvinegro. Já em 2017, o camisa 26 do Timão esteve entre os principais personagens do Heptacampeonato Brasileiro, liderando a criação de jogadas do time comandado pelo técnico Fábio Carille.

Com 150 jogos recém-completados com a camisa do Timão, Rodriguinho esteve em campo em 15 das 18 partidas disputadas no Paulista desta temporada. O atleta, inclusive, é um dos jogadores que entram no rodízio de capitães.

Grande referência no setor ofensivo da equipe, o jogador balançou a redes em quatro oportunidades. O primeiro gol veio na vitória doTimão sobre Santo André, por 2 a 1, ainda pela fase de grupos da competição. O meia recebeu um cruzamento rasteiro de Clayson, e da entrada da área chutou de primeira para abrir o placar para o Timão.

O segundo gol de Rodriguinho na competição foi uma verdadeira pintura. No derby, o meio-campista corinthiano deixou dois marcadores no chão antes de bater colocado no canto do goleiro e levar a Fiel a loucura, na Arena Corinthians. Na ocasião o Alvinegro venceu por 2 a 0.

Não tinha hora melhor para sair o terceiro gol. Já no último minuto dos acréscimos no majestoso, na semifinal, Clayson bateu o escanteio na medida certa para Rodriguinho subir de cabeça e marcar. Com a vitória por 1 a 0 no tempo normal, o Timão garantiu a classificação para a final nas penalidades.

O quarto e último gol de Rodriguinho no Paulistão 2018 foi o mais marcante. Ontem, na final, fora de casa, pós grande jogada de Mateus Vital, Rodriguinho recebeu na área e chutou para marcar o gol que garantiu o Timão na disputa de pênaltis na decisão do estadual. Nas penalidades, com grande atuação de Cássio, deu Coringão e mais um título paulista para a alegria da Fiel!

Com o bicampeonato paulista, Rodriguinho agora tem quatro títulos pelo Corinthians: dois campeonatos brasileiros (2015 e 2017) e dois campeonatos paulistas (2017 e 2018).

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy 
Apps.






#BicampeãoDaFé: Vitória do titulo amplia vantagem do Timão na era das Arenas
Equipe alvinegra tem vantagem sobre o maior rival tanto na Arena Corinthians quanto no estádio rival - 09/04/2018

Na noite do último domingo (08), o Corinthians venceu por 1 a 0 o rival no tempo regulamentar e venceu a disputa de pênaltis para conquistar o 29º título paulista de sua história. O triunfo corinthiano foi o terceiro do clube no local, em cinco jogos Houve ainda um empate e so um reves

A vitória do Corinthians aumenta o retrospecto positivo do Alvinegro na era das Arenas. Desde 2014, ano da inauguração tanto da Arena Corinthians como do estádio do rival, as equipes se enfrentaram em 13 oportunidades nos respectivos estádios. Com sete vitórias, o clube do Parque São Jorge tem números melhores em ambos os locais.

Na Arena Corinthians, o Timão tem quatro vitórias, um empate e três tropeços, com 10 gols marcados e nove sofridos. Na barra funda, são sete gols feitos e quatro sofridos em cinco jogos. A conquista do Paulistão 2018 foi a primeira taça levantada pelo Corinthians no local. Na Arena Corinthians, o Timão já conquistou o Paulistão e o Brasileirão em 2017.







#BicampeãoDaFé: Reforço no meio-campo, Renê Júnior foi eficaz quando requisitado
Volante entrou em campo cinco vezes e balançou as redes uma vez




09/04/2018






Renê Júnior, natural do Rio de Janeiro-RJ, foi contratado pelo Corinthians dia 6 de dezembro de 2017, em um contrato de três temporadas. Na 29ª conquista do Paulistão pelo Alvinegro, Renê jr teve duas aparições de destaques, ambas em clássicos.

A primeira delas na Arena Corinthians, na vitória do Timao no derby, por 2 a 0, pela primeira fase do Campeonato Paulista. O volante, em uma jogada ofensiva, se adiantou a zaga rival e sofreu pênalti em uma dividida que deixou o jogador com uma ferida na perna e ocasionou a expulsão de Jailson. Clayson converteu o pênalti.

A segunda aparição foi no estádio do Pacaembu, no empate do Corinthians por 1 a 1 contra s7os pelo Campeonato Paulista. Titular desde o início da partida e jogando com um curativo devido ao corte em sua perna, o volante marcou um golaço, seu primeiro gol pelo Timão, em um belo chute de fora da área.

Contratado para atuar em um dos setores mais disputados do elenco corinthiano, Renê Jr veio do Bahia e brigou pelo seu espaço. O volante, marcador assíduo e eficaz em participações ofensivas, entrou em campo cinco vezes e anotou um gol com o manto alvinegro.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.






#BicampeãoDaFé: a experiência essencial de Cássio, Sheik, Ralf e Danilo no 29º título paulista do Timão
Jogadores foram os pilares de experiência para o restante do elenco alvinegro dentro do Paulistão 2018

- 09/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A experiência no elenco foi um dos principais fatores que culminou na 29ª conquista do Paulistão pelo Corinthians. Jogadores como Emerson Sheik, Danilo, Ralf e Cássio são alguns exemplos da força alvinegra com jogadores mais experientes que tiveram interferência direta no título, vencido nos pênaltis sobre o rival, em local que eles jogam

Emerson Sheik

Herói do Corinthians na conquista invicta da Copa Libertadores 2012, Emerson Sheik voltou ao Timão este ano. Com 39 anos, o jogador mostrou que o condicionamento físico não foi um empecilho para vestir o manto sagrado. Com pouco tempo de preparação, o camisa 47 já ficou à disposição para ajudar os companheiros alvinegros.

A estreia do jogador aconteceu no dia 4 de fevereiro, no duelo contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi. Com a vantagem no placar, após o gol de Pedro Henrique ainda no primeiro tempo, o treinador Fábio Carille chamou o atacante aos 21 minutos da etapa final. No lugar de Clayson, Emerson Sheik contribuiu em campo para que o Timão saísse com a vitória fora de casa.

No total, Emerson Sheik participou de 11 dos 18 jogos que o Corinthians disputou no Paulistão. O único gol marcado pelo atacante foi no duelo contra o Mirassol, após chutaço da entrada da área, já aos 43 do segundo tempo. O lance garantiu a vitória alvinegra contra a equipe do interior paulista por 1 a 0.

Cássio

Terceiro goleiro com mais jogos na história do Corinthians, Cássio também foi um dos pilares decisivos para que o Alvinegro conquistasse o Paulistão pela 29ª vez na história. Com defesas precisas e a atuação segura nas penalidades máximas na fase final do estadual garantiram ao arqueiro alvinegro um destaque na campanha corinthiana.

Aos 30 anos, o camisa 12 teve seu principal momento nas penalidades de ontem, que confirmaram a 29ª conquista paulista do Alvinegro. Após um gol de Rodriguinho no início do confronto, restou ao arqueiro alvinegro brilhar nas cobranças de pênalti. E foi o que aconteceu. Com duas defesas, nas cobranças de Dudu e Lucas Lima, Cássio se agigantou no gol alvinegro e garantiu a felicidade da Fiel pelo mundo inteiro.

Na trajetória do Corinthians no 29º título do Campeonato Paulista, Cássio participou dos 18 jogos que o Timão disputou no estadual.

Ralf

Também de volta ao Corinthians em 2018, Ralf marcou presença no meio-campo corinthiano em alguns jogos até a conquista do Paulistão. A estreia do volante, que é o jogador com mais jogos no atual elenco alvinegro, aconteceu contra o Mirassol, na Arena Corinthians. De titular, o marcador contribuiu, assim como Emerson Sheik, autor do gol do triunfo, para vitória alvinegra por 1 a 0.

Na campanha do título paulista do Corinthians, o volante de 34 anos esteve presente em quatro jogos.

Danilo

A conquista do 29º título paulista do Corinthians deu a Danilo uma condição de que poucos jogadores podem se vangloriar na história centenária do Timão. Com esta conquista, o camisa 20 chegou à marca de oito títulos conquistados igualando ao recorde do goleiro Julio César.

Aos 38 anos, Danilo também participou de alguns jogos na trajetória alvinegra para a conquista do título. O meia esteve presente em cinco dos 18 jogos que o Corinthians fez no Paulistão.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.






Corinthians #BicampeãoDaFé: Final do Paulistão bate recorde de audiência
média da partida foi de 43 pontos, chegando ao pico de 50 pontos durante a disputa de pênaltis

Neste domingo (08), o jogo de volta da final do Paulistão 2018 que consagrou o Corinthians bicampeão paulista, bateu recorde de audiência no futebol deste ano, segundo dados consolidados do Kantar Ipobe. Na Globo, foram 43 pontos de média ao longo da partida, atingindo o pico de 50 pontos na disputa das penalidades.

Com uma participação de 70% dos televisores ligados no horário do jogo, a Globo contou com uma audiência inédita este ano. Cada ponto na audiência equivale a cerca de 200 mil indivíduos . Com base nessa afirmação, estima-se que dez milhões de pessoas assistiram a decisão do Campeonato Paulista na Globo.
#BicampeãoDaFé: Sidcley conquista primeiro título em menos de dois meses no Corinthians
Após estrear no Timão, o jogador iniciou todas as demais nove partidas que o Timão realizou até aqui – oito no Paulistão e uma na Libertadores da America 09/04/2018





Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Contratado no último dia 23 de fevereiro pelo Corinthians, Sidcley não demorou muito para assumir a posição de titular na equipe comandada por Fábio Carille. A estreia do jogador, já entre os 11 iniciais, aconteceu em 07 de março e, desde então, não saiu mais da equipe.

Naquele 07 de março, pela penúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, na Arena Corinthians, Sidcley foi titular na vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol. Na sequência, o jogador iniciou todas as demais nove partidas que o Timão realizou até aqui – oito no Paulistão e uma na Libertadores.

Entre os jogos de destaque do lateral esquerdo, está o disputado no dia 22 de março, na Arena Corinthians. Pela segunda partida das quartas de final do Paulistão, o Corinthians recebeu o Bragantino. O Timão precisava vencer por dois ou mais gols de diferença para avançar à semifinal. Aos 30 minutos, em uma jogada pela esquerda, Sidcley soltou uma bomba e abriu o marcador para o Alvinegro. Maycon, aos 45, fez o segundo da vitória por 2 a 0 que deu a classificação ao Coringão.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.









#BicampeãoDaFé: Clayson se firma como titular no Timão e é um dos ‘xodós’ da Fiel
Camisa 25 do Corinthians balançou as redes em duas oportunidades e deu três assistências para gol durante a competição estadual


 09/04/2018

Eleito o jogador revelação do Campeonato Paulista de 2017, pela Ponte Preta, Clayson foi contratado pelo o Corinthians para disputa do Brasileirão do mesmo ano. Com o setor ofensivo do Alvinegro oscilando na reta final do torneio, o atacante se destacou entre as peças à disposição do técnico Fábio Carille e garantiu titularidade em 2018.

Com 47 jogos vestindo o manto do Timão, Clayson mostrou muita personalidade em jogadas individuais: canetas e chapéus não faltaram para o atacante. Sempre ágil pelas laterais do campo e com dribles ousados, o jogador está entre os amuletos e queridinhos da Fiel Torcida neste estadual.

Propondo o jogo de maneira objetiva e sempre em busca do gol, o atacante participou de 15 partidas durante o campeonato e garantiu a vitória do Timão em duas oportunidades. O primeiro gol do camisa 25 foi diante Ferroviária de Araraquara. Entrando em campo com um resultado adverso, Clayson foi o responsável pelo gol da virada da equipe alvinegra. Recebendo um belo passe do volante Maycon, o ponta, que já havia passado pelo seu marcador diversas vezes, foi pra cima de Alisson, invadiu a área e bateu cruzado, sem chances para o goleiro.

A segunda oportunidade foi na vitoria do Timão no derby por 2 a 0 e o atacante contribuiu para a triunfo alvinegro cobrando com perfeição uma penalidade máxima.

Com a conquista do Campeonato Paulista 2018, Clayson agora soma dois títulos pelo Corinthians: o Brasileiro de 2017 e a atual competição estadual.

Você encontra essa e mais informações sobre o Corinthians no aplicativo do Almanaque do Timão, disponível em iOS pela Apple Store e Android, pela Google Play e Samsung Galaxy Apps.





Vídeo mostra torcedor do Corinthians sobrevoando estádio de helicóptero durante final

Aeronave com símbolo do Timão e frase motivacional apareceu em cima do estádio na decisão do Campeonato Paulista no domingo

Por GloboEsporte.com

09/04/2018 15h24
Uma cena inusitada aconteceu durante a final do Campeonato Paulista no último domingo. Um helicóptero com o símbolo do Corinthians com e a frase "jamais estará só" sobrevoou o local do jogo e chamou a atenção.

Nesta segunda-feira, um vídeo passou a circular nas redes sociais mostrando imagens de dentro da aeronave. Nelas, aparece apenas um um torcedor, ainda não identificado


O perfil do Corinthians também utilizou as imagens.

Outros torcedores vibraram nas redes sociais com a atitude. Como os clássicos estão sendo disputados em torcida única, o Timão não contou com o apoio da Fiel na decisão. Não nas arquibancadas... 
 

Helicóptero sobrevoa local de jogo antes de Corinthians ser bicampeão (Foto: Marcos Ribolli)












Alimentos doados na Arena Corinthians serão destinados a muitas instituições
Cerca de 40 toneladas de alimentos abastecerão instituições por toda a cidade 

- 09/04/2018




Na última sexta-feira (06), o Corinthians abriu as portas da Arena Corinthians para mais um treino diante da torcida. Mais de 37 mil pessoas apoiaram os jogadores do Timão, dando força para a conquista de mais um título paulista.

A Fiel deu um show nas arquibancadas, durante o treino, mas também de solidariedade. Cerca de 40 toneladas de alimentos foram coletadas na Arena Corinthians, em troca pelo ingresso do jogo. Esses alimentos serão destinados a inúmeras instituições que necessitam de doações para continuar existindo.

Uma delas é a Casa de Recuperação Betel, que trabalha para recuperar pessoas que são dependentes de álcool e drogas.

Rony Anderson é ex-usuário de drogas, que um dia necessitou da ajuda da instituição, e hoje colabora sendo monitor da Casa.

“Eu era usuário de drogas quando eu descobri a casa, eu fui dependente químico por muitos anos, por mais de 15 anos. Eu tenho uma família estruturada, mas devido ao uso compulsivo do crack, eu cheguei a ficar praticamente em uma situação de morador de rua, eu vivia mais na rua do que na minha casa. Aí eu decidi fazer um tratamento, passando seis meses na casa e hoje eu trabalho neste local, pois a clínica deu uma oportunidade para mim e hoje eu trabalho lá exercendo essa função de monitor’, disse.

Além de receber as doações, a Casa de Recuperação Betel ajudou na coleta dos alimentos na Arena Corinthians, usando os jovens que passam por tratamento. Rony destacou a importância deste trabalho social, para que esses jovens possam recuperar

“Nós pegamos esses jovens para ter um contato com a população, socializando eles ao mundo. Mostramos a importância deles terem esse contato com as pessoas, para a mudança de comportamento e esse tipo de trabalho social, ajuda muito”, completou.

Outras instituições foram ajudadas nessa ação, entre elas:

– Projeto da Casa para Rocha

– Associação Eu Escolhi Amar

– Casa de Recuperação Asvin

– Casa do Câncer de Taboão da Serra

– Comunidade do Jd Helena

– Projeto da pedra para Rocha

– ONG Vidas Recicladas

– Aliança da Misericórdia















Corinthians BicampeãoDaFé: Xerife, Balbuena é destaque defensivo e ofensivo na vitoriosa campanha
Com o título, o zagueiro garantiu a terceira conquista desde que chegou ao Timão

 - 09/04/2018





Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Um dos líderes da equipe do técnico Fábio Carille, Fabián Balbuena foi um dos principais jogadores na campanha do bicampeonato paulista do Timão. Seja na defesa ou no ataque, o zagueiro vem se destacando e ganhando cada vez mais a confiança da Fiel Torcida.

Nascido em Ciudad del Este (PAR), fronteira com o Brasil, o zagueiro Balbuena chegou ao Corinthians no começo de 2016 para substituir Gil, que havia sido negociado com o futebol chinês. Aos poucos, o paraguaio mostrou a que veio. Em 2017, foi um dos principais destaques da equipe comandada pelo técnico Fábio Carille durante as vitoriosas campanhas dos Campeonatos Paulista e Brasileiro.

Em 2018, seguiu crescendo de produção e foi novamente um dos jogadores mais importantes na campanha do título Paulista. Na campanha do #BicampeãoDaFé, o zagueiro foi às redes três vezes além de acertar nove finalizações. Na defesa, acertou 11 desarmes e errou apenas dois durante a competição.

O primeiro gol do paraguaio no Paulistão 2018 foi na vitória por 2 a 0 sobre a Ferroviária, quando inaugurou o marcador com um belo gol de cabeça. No primeiro clássico da competição, Balbuena marcou o gol da vitória no majestoso no Pacaembu. O terceiro gol veio contra Bragantino, no primeiro jogo das quartas de final do Estadual.

Com o título, o zagueiro garantiu a terceira conquista desde que chegou ao Timão, em 2016, com dois títulos estaduais e um Brasileiro. Balbuena tem 121 jogos pelo Corinthians, 59 vitórias, 35 empates e 28 reveses, além de 11 gols marcados.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store








Com Corinthians bicampeão paulista, técnico Fábio Carille já foca sequência do ano

Por GloboEsporte.com
09/04/2018 10h49
Fábio Carille não dormiu. Chegou em casa às dez da noite, já com o Timão bicampeão paulista, cochilou um pouco, acordou à uma da madrugada e aí passou a noite em claro. Em sua cabeça, passavam as imagens de mais uma conquista – a terceira em cinco campeonatos pelo Corinthians

- Acordei à uma da manhã e não dormi mais. É uma conquista importantíssima pelas dificuldades que tivemos – disse o treinador

Carille falou sobre possíveis reforços. E evidenciou que eles podem chegar em breve.

- A diretoria está trabalhando muito. Pode acontecer a qualquer momento a chegada de jogadores já para o Campeonato Brasileiro - afirmou o treinador.

Carille, também para a Rádio Bandeirantes, mencionou que a busca do clube não é só pelo centroavante,
- Tardelli é um sonho, não conto com isso. Sei que ele está muito bem na China e também tem a questão financeira.

Fabio Carille disse que o novo título é particularmente valorizado por causa dos desafios que a temporada vem apresentando. O técnico admite: ergueu a taça sem saber qual seu time titular, em um cenário muito diferente daquele do ano passado.

- Foi muito diferente do ano passado, quando achamos uma equipe no começo do campeonato e fomos assim até o fim. Esse ano, fomos campeões sem eu ter achado um time ainda, variando jogo a jogo. Não gosto muito disse. Foi a forma que encontramos.
  

Fabio Carille, bicampeão, segue em busca de uma escalação para repetir nos jogos (Foto: Marcos Ribolli)

O técnico também falou sobre os próximos passos. E reforçou a necessidade de contratações.

- Eu, minha comissão, os atletas, todos sabem que precisamos de algumas coisas, algumas peças, para ficarmos mais fortes. Se não vier, trabalhamos como estamos trabalhando agora. Sei que a direção está trabalhando muito atrás de reforços. O clube não passa por uma situação tranquila. Não deve nada a nós, mas não tem dinheiro para sair gastando.

Carille também elencou os passos para realizar um bom Campeonato Brasileiro, que começa no próximo fim de semana:
Manter o elenco.
Buscar reforços, especialmente um centroavante “de peso”.
Aumentar a posse de bola.
Achar um time titular que possa ser repetido com frequência. 



Corinthians bicampeão paulista,  vence derby no tempo normal e pênaltis, no estádio de patrocinador rival

Confira outras respostas do treinadror

Apoio da fiel  torcida no treino da Arena de sexta-feira com 41 mil loucos

- O que aconteceu na sexta-feira é coisa que mexe. Não participei da chegada do ônibus no meio dos torcedores, mas é impressionante como mexe. Foi um combustível. A cada dia, é uma emoção diferente trabalhando no Corinthians.


Dimensão do sucesso
- Ainda não sei o que está acontecendo na minha vida. Até aquilo que falei, de não saber o tamanho das coisas que falo. Achei que seria mais uma resposta. Ainda não tenho ideia. Dia desses, fui no shopping quinta à noite, e o shopping parou. A real dimensão eu ainda não consigo saber, realmente.


Continuidade do trabalho
- Gostamos muito de falar sobre números. O Mano trouxe uma ideia em 2008, o Tite veio com a mesma ideia de linha de quatro, e estou dando continuidade porque vi que deu resultado. Em 2011, era muito fácil mandar o Tite embora , e o Andrés foi para a entrevista e disse que o Tite era o técnico e ele comandou o Corinthians campeão brasileiro 2011, libertadores da america e bimundial 12 recopa sul americana e paulista 13

sem lamentar possíveis vendas inevitáveis
- Muitas vezes, alguma negociação é benéfica para o clube em aspecto financeiro. Se tiver que sair, que saiam um ou dois. Não sou de ficar lamentando. A gente tem jogadores que deram resposta maravilhosa.









Técnico corinthiano Fabio Carille papa-títulos: técnico tem uma conquista por semestre no Corinthians

Treinador vence três dos cinco campeonatos disputados desde sua efetivação


Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga

09/04/2018 09h46

É difícil não reconhecer Fábio Carille.

Entrando para um seleto grupo de técnicos  bicampeões paulistas pelo Corinthians, igualando-se a Rato, nos anos 1950, Fabio Carille escreve seu nome na galeria dos grandes comandantes da história alvinegra.

A conquista deste domingo, o bicampeonato paulista do Corinthians, na casa do arquirrival, coloca o técnico num estágio maior no nível de respeito de torcedores e jornalistas – muitos daqueles que, um dia, duvidaram de seu potencial à frente do clube.
Corinthians conseguiu o resultado necessário para que o título fosse possível: 1 a 0 na casa do rival e posterior triunfo nos pênaltis




Fabio Carille beija a medalha: mais um título pelo Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

No cargo desde dezembro de 2016, Carille vem tendo saldo positivo. Dos cinco campeonatos disputados desde sua efetivação, conquistou três: o bi do Paulista e o Brasileirão do ano passado. Tem um título por semestre. O desafio agora é a Libertadores, competição que o Corinthians também vem bem, com uma vitória e um empate e faz o terceiro jogo no dia 18, contra o Independiente, da Argentina.

–Ano passado, ganhamos Paulista e Brasileiro e saímos na Copa do Brasil e na Sul-Americana invictos É de muito trabalho e entendimento. Nós, da comissão, discutimos sempre. Às vezes, algum jogador é prejudicado, como o Rodriguinho, que não tem um cara na frente e vem jogar com dois meias. É o trabalho de todos e vamos buscar mais coisas, do nosso jeito, quietinho, trabalhando bastante. Vamos atrás de mais conquistas. Dias atrás, contra o São Paulo, completei 100 jogos. Agora, bicampeão paulista.


Com 103 jogos à frente do Corinthians, Carille vai caindo cada vez mais nas graças do torcedor por seu jeito simples, trabalhador e autêntico. E pelas vitórias (já foram 53).


Aos 44 anos, Carille tem convivido muito bem com as vitórias. E tentado aprender com as derrotas.
 Na semifinal, viu a imorensa criar uma polêmica sobre ele ter ficado chateado por que tecnico rival não o cumprimentou antes da partida e alegou que não o reconheceu.

Dias depois, após repercussão negativa da polêmica que ajudou a alimentar, refletiu em entrevista coletiva:

– Me assustei (com a repercussão). Ainda não tenho noção das coisas que falo, do que pode crescer. Tenho que aprender.

Tímido no passado, Carille vai mostrando a cada dia mais destalhes de sua personalidade – mas com moderação.

Ser alvo de câmeras e microfones faz parte da função de técnico do Corinthians. Muitas vezes, jornalistas perguntam a Carille sobre política, problemas do esporte ou situações que fogem da rotina do técnico. Ele prefere não se aprofundar.

A algumas críticas da imprensa, reagiu mal. O desgaste do dia a dia e da pressão são visíveis. Mas Carille segue firme. Vencendo. E ganhando o respeito de seus comandados – de quem recebeu um banho de isotônico depois do título deste domingo.


- O Carille conhece a qualidade de todos os jogadores e o que a gente pode demonstrar em campo. Tomamos pancada, sofremos, mas continuamos unidos.

O torcedor do Corinthians, claro, segue cumprimentando Carille. Dá bom dia, boa tarde e boa noite para um técnico que bate marcas e acumula títulos pelo Corinthians. Impossível não estender a mão.











Nesta terça, taça do #BicampeãoDaFé será apresentada à Fiel no Ginásio Wlamir Marques antes do duelo do Timão na Liga Ouro
A conquista do 29º título paulista do Corinthians aconteceu no derby fora de casa, com vitoria corinthiana no tempo normal e na cobranças de pênaltis 09/04/2018



Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Nesta terça-feira (10), com entrada gratuita, o Corinthians volta atuar pela Liga Ouro, no Ginásio Wlamir Marques, após sequência de três jogos fora de casa. Às 20h, o Alvinegro recebe o UNIFACISA-PB pela primeira rodada do segundo turno da competição. Além do duelo, os torcedores que comparecerem ao local poderão ter o primeiro contato com a taça do Paulistão 2018.

A taça do Campeonato Paulista 2018 simboliza a 29ª conquista do Corinthians no principal campeonato estadual do Brasil. Diante do arquirrival, o Timão venceu por 1 a 0 no tempo regulamentar com gol de Rodriguinho e levou o jogo para as penalidades. Nos pênaltis, Cássio foi o destaque da noite, defendendo as cobranças de Dudu e Lucas Lima, e contribuiu no placar final de 4 a 3 para o Coringão.

Na Liga Ouro, o Corinthians é a equipe de melhor aproveitamento em toda competição: sete vitórias em oito partidas disputadas até aqui.








Corinthians bicampeão aumenta domínio no Paulistão


Timão chega ao 29º título estadual.



Por Bruno Cassucci,


09/04/2018 06h00 
O Corinthians conquistou o vigésimo nono título estadual de sua história e aumentou o domínio no Campeonato Paulista.

Agora, o Timão tem 29 taças, sete de vantagem para os rivais mais próximos 

Durante o campeonato, o técnico Fabio Carille adaptou o Corinthians para atuar com 4 meias no ataque se movimentando

  


Fabio Carille comemora Corinthians bicampeão paulista (Foto: Marcos Ribolli)

O Timão foi para o Dérbi do primeiro turno, em 24 de fevereiro, no 4-2-4, sem nenhum centroavante. A estratégia deu certo e, em tarde inspirada de Rodriguinho, a equipe venceu por 2 a 0.

A formação foi mantida, mas começou a ser facilmente marcada pelos adversários, e o técnico mexeu. Depois da derrota em Itaquera, Carille decidiu apostar nela novamente. Romero, Rodriguinho, Jadson e Mateus Vital formaram a linha de quatro jogadores na frente.


Deu muito certo! Logo no primeiro minuto, Mateus Vital fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Rodriguinho marca




Os gols de p.i.0 (3 x 4) 1 Corinthians pelo 2º joga da final do Campeonato Paulista

Depois disso, o Corinthians jogou como mais gosta: fez duas linhas de quatro jogadores na entrada da área e deixou Jadson e Rodriguinho mais livres. O Timão se defendeu bem, sem sofrer grandes sustos.

A vitória por 1 a 0 levou a decisão para os pênaltis. Brilhou, então, a estrela do goleiro Cássio para o Corinthians obter um tiunfo histórico sobre o maior rival.
 


Presidente Andrés Sanchez abraça Fábio Carille após a vitória do Corinthians no derby  
 (Foto: Marcos Ribolli)









Após título, Maycon, do Corinthians: "Minha casa é aqui"


Por Bruno Cassucci

09/04/2018 08h00 

O Corinthians bicampeão paulista, conquistado no último domingo, foi o terceiro título de Maycon como jogador profissional do Corinthians. O Corinthihans aguarda os 24 milhões prometidos por 80% do atleta para liberar o volante, que tem negociações avançadas com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e já realizou exames médicos para assinar com o clube europeu. 
Maycon afirma que a transferência não está certa e que está feliz no clube. 

– Estou focado aqui, falei desde quando teve proposta no início do ano. É difícil as coisas saírem. Muitas pontas têm que se acertar, eu quero jogar meu futebol. Estou feliz no Corinthians, minha casa é aqui – declarou o jogador, responsável por cobrar o último pênalti e fazer o gol do título de bicampeão paulista do Timão


Maycon cobrou pênalti que garantiu o título paulista, 29º ao maior e bicampeão Corinthians(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians) 

Maycon tem 20 anos e possui contrato com o Corinthians até o fim de 2021. 

O valor da proposta do Shakhtar por ele gira em torno de 6 milhões de euros (R$ 24 milhões), mais bônus. O Timão tem 80% dos direitos econômicos dele. 

Maycon bate bem e define 29º título ao Timão bicampeão paulista

Protagonista em 2017, quandoo Corinthians foi campeão paulista e heptacampeão brasileiro, Maycon esperou nova chance neste ano e obteve êxito. Aos poucos, ganhou espaço na lateral esquerda e depois voltou a ser volante com a lesão de Renê Júnior. Hoje, é titular e atuando bem.




#BicampeãoDaFé: Festa da Fiel no Buraco do Tatu pelas lentes da Corinthians TV
O canal oficial do Timão acompanhou por todos os ângulos a comemoração do bicampeonato paulista no reduto corinthiano


 - 09/04/2018

Neste domingo (08), o Buraco do Tatu ficou pequeno para tamanha comemoração. O reduto corinthiano comemorou muito o bicampeonato paulista, 29º na história do clube, com direito a churrasco, bebida e muita oração para São Jorge