2 de abr de 2018

CORINTHIANS 02/04/2018


Após maratona de 11 jogos em 34 dias, Corinthians tem semana de treinos antes da final
Maratona começou no 24 de fevereiro, quando o Timão venceu derby por 2x0


02/04/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Na tarde desta terça-feira (03), o Corinthians volta aos treinos no CT Dr. Joaquim Grava e inicia a preparação para a grande decisão do Paulistão 2018 e busca de bicampeonato. Com agenda cheia desde o início da temporada, o Timão voltará a ter uma semana cheia para trabalhar após disputar 11 jogos nos últimos 34 dias.

A última “trégua” maior do Timão foi entre os dias 19 e 24 de fevereiro, sendo que neste dia o Corinthians venceu o derby por 2x0 pela fase de grupos do Paulistão. Desde então, o Alvinegro teve uma série intensa de jogos, entre Libertadores e Estadual.

Após esta desgastante série de jogos importantes, o Timão finalmente terá tempo para descansar os atletas e recarregar as energias para a primeira grande decisão da temporada.

Grande decisão
Neste domingo (08), o Corinthians joga derby, às 16h, fora de casa, no segundo jogo das finais do Paulistão. O Timão precisa da vitória por dois ou mais gols de diferença para levantar a taça sem a disputa de pênaltis. Uma vitória corinthiana pelo placar mínimo leva cria a necesaidade de vencer nas penalidades máximas.









Na Arena Corinthians, Timão fará treino aberto à torcida neste sábado antes de buscar bicampenato paulista
- 02/04/2018




© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Neste domingo 8/4/2018, às 16h, Corinthians busca o bicampeonato Paulista em um derby, fora de casa. Na véspera – sábado (07) –, o Timão treinará na Arena Corinthians e a atividade, marcada para começar às 10h, será aberta à torcida.

O Timão precisa vencer no estádio do rival por dois ou mais gols de diferença ou vitória simples e depois vencer nos pênaltis

O Sport Club Corinthians Paulista conta, mais uma vez, com o apoio da Fiel neste momento decisivo. Vamos lotar a Arena Corinthians!










Carille estuda opções para definir Corinthians e buscar bicampeonato paulista

Tomás Rosolino

02/04/2018 07

O técnico Fábio Carille terá seis dias para achar uma fórmula para o Corinthians ser bicampeão paulista em 2018. Para isso, já tem duas coisas claras na cabeça: não contará com o suspenso Clayson e precisará de um homem mais adiantado no ataque, nem que seja alguém improvisado como “falso 9”.

“São soluções que eu tenho, não vou poder entrar com dois meias por dentro, tenho que ser mais agressivo, a gente vai precisar ganhar”, comentou o treinador, que venceu o próprio arquirrival na fase de classificação inaugurando um esquema sem ninguém à frente do meio-campo, com Jadson e Rodriguinho girando bastante na armação, auxiliado pelos pontas.

“Tem que ser muito inteligente para trabalhar. O que eu vou fazer, não sei, vamos traçar o que vai ser melhor para o domingo”, analisou Carille, que quer um time que dê mais opções e, principalmente, espaço para Rodriguinho, seu principal jogador, fazer a diferença como fez na fase de classificação.

“Se eu for jogar contra o Corinthians, eu marco o Rodriguinho. E está certo. Tive de trazer ele um pouco para trás no jogo, ajudar o Gabriel na marcação. Ele está tentando, mas o adversário está sendo inteligente”, concluiu o treinador, que volta a comandar uma atividade na terça-feira à tarde, no CT Joaquim Grava.





Pedala Corinthians inicia temporada com Ciclo Romaria

02/04/2018







Os ciclistas do Sport Club Corinthians Paulista iniciaram a temporada de 2018. Na última sexta-feira (30), os atletas realizaram uma Ciclo Romaria e percorreram aproximadamente 170 quilômetros entre o Parque São Jorge, sede social do clube, e a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Aparecida, em Aparecida do Norte. A viagem durou cerca de sete horas.

Fique sabendo de todas as novidades do “Pedala Corinthians”, o Depto. de Ciclismo do Timão, e veja como participar das próximas viagens no www.facebook.com/pedalacorinthians














Presidente corinthiano, Andres, admite dificuldade para contratar formar centroavantes
Neste ano, o Corinthians vem adaptando esquema de jogo sem centroavante. Isso se deve a escassez do mercado e a falta de revelações para centroavante
Andrés admite que está difícil achar um centroavante de qualidade no mercado. Para ele, a evolução tática nos últimos anos explica parte do problema. 

– De uns anos para cá, com essa mudança de "atacante falso", dois atacantes, (esquema) com ponta ou sem ponta, fomos esquecendo do tradicional, do centroavante realmente, nas categorias de base. Centroavante é um dom, talvez seja como goleiro, uma posição rara, e realmente nos últimos anos estamos com muita dificuldade de encontrar – ressaltou Andrés, em entrevista ao GloboEsporte.com. 

– Não só o Corinthians, mas o futebol brasileiro todo, tanto é que os grandes centroavantes que nós temos hoje têm mais de 34, 35 anos. Mas estamos lutando, trabalhando, teve reuniões com treinadores das categorias de base para gente tentar mudar um pouco o perfil para essas coisas – completou. 
Ex-técnico da equipe sub-20 e atual auxiliar de Fábio Carille nos profissionais, Osmar Loss tem feito essa ponte entre as categorias para ajudar na formação de novos camisas 9. 

– Aqui no Corinthians nós temos o Loss, que era da base. Eles (técnicos da base) se reúnem uma vez por mês, a cada 20 dias, e foi falado sobre o porquê dessa falta de um centroavante nato, porque lá na base também está raro esse centroavante – destacou o presidente.






Zagueiro Balbuena quer ficar no Corinthians e aguarda boa proposta se renovação
O zagueiro corinthiano Balbuena tem contrato até dezembro com o clube e vem negociando prorrogação deste e aguarda proposta do Timão para acertá-la.
– Já disse outras vezes, estou muito feliz no Corinthians, adaptado, quero continuar. 

Segundo Balbuena, nos próximos dias os empresários dele, Augusto Paraja e Renato Bittar, voltarão a se reunir com a diretoria do Corinthians. Porém, ele já havia dito isso em outras oportunidades, mas os encontros foram desmarcados. 

Desde 2016 no Timão, Balbuena se tornou um dos líderes do elenco. Em 120 jogos, ele marcou 11 gols e e integrou o Corinthians campeão Paulista e heptacampeão Brasileiro, no ano passado.