17 de mar de 2018

CORINTHIANS 17/03/2018


Corinthians inicia confronto de quartas do Paulista na busca pelo bicampeonato

Depois de passar fácil pela primeira fase do Paulista e começar bem no Grupo 7 da Libertadores, somando quatro pontos em seis jogos, o Corinthians “vira a chave” a partir da tarde deste domingo, às 16h (de Brasília), quando começa o seu primeiro mata-mata. Visitante apenas no papel, o time encara o Bragantino com maioria corintiana no Pacaembu pela partida de ida das quartas de final da competição estadual.

Líder da chave A do torneio, o Timão encara o segundo colocado do grupo, que só se classificou por ter um gol de saldo a mais do que o Ituano, terceiro colocado.


Cercada de polêmica após o clube do interior pedir que o seu mando fosse realizado na capital, visando à uma renda maior que ajudasse as finanças até dezembro desde ano, a eliminatória deve contar com muitos torcedores do Timão nas arquibancadas do campo municipal. Nada que, na visão do elenco, facilite a missão.

“Os jogos do Paulista sempre são pegados, vai ser um jogo difícil. O Bragantino, por estar nas quartas, tem qualidade, fez por merecer, e nossa equipe tem que entrar bastante concentrada para fazer um bom jogo, no Pacaembu, para dar tranquilidade para o próximo jogo. Vamos entrar concentrados para conseguir a vitória”, disse o meia Rodriguinho, que espera um adversário bastante defensivo pela frente.

“É o que a gente mais conversa quando joga contra equipes com essa proposta. Manter a posse primeiro para se desgastar menos, rodar bem a bola e não proporcionar o contra-ataque. São coisas que precisamos ter um cuidado para a partida ser da forma que a gente quer”, continuou o armador, de olho em uma vantagem para a volta, agendada para a quinta-feira, em Itaquera.


FICHA TÉCNICA
bagant X CORINTHIANS
Paulistão 2018- 4ªsdefinal ida
Local: estádio do Pacaembu,
Data: 18 de abril de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
arb  Leandro Bizzio Marinho, Anderson Coelho e Vitor Metestaine

braga Alex Alves; Ewerton, Lázaro, GMattis e Fabiano; Adenilson, W Schuster, Vitinho, Danilo B e Léo Jaime; Matheus P Técnico: Marcelo Veiga


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon;  Rodriguinho,  Romero, Clayson e Emerson Seik Técnico: Fábio Carille














No Parque São Jorge, Timão futebol feminino vence a Ferroviária em jogo-treino que fecha a pré-temporada



17/03/2018





Foto: Bruno Teixeira

As meninas do futebol feminino do Timão realizaram um jogo-treino na tarde deste sábado (17), no Parque São Jorge e, na atividade dividida em três tempos, as corinthianas venceram por 1 a 0, gol de Nenê. Depois, na disputa de cobranças de pênaltis acertada entre as comissões técnicas, nova vitória do Timão, desta vez por 5 a 4.

Sob forte calor, as duas equipes iniciaram a atividade se estudando e testando seu posicionamento. Assim, os primeiros 30 minutos foram disputados sem que a bola balançasse a rede.

Na segunda parte, sempre com o Timão dominando as ações, Nenê foi esperta, apertou a saída de bola da goleira, retomou a posse e, com o gol vazio, fez o que seria o único gol da atividade.

A terceira parte do jogo-treino seguiu a mesma linha das duas últimas, com amplo domínio corinthiano. Ainda assim, a rede não balançou mais. Na atividade, o técnico Arthur Elias utilizou as 17 atletas que tinha a sua disposição.

Nos pênaltis, nova vitória alvinegra

Antes da bola rolar, foi acertado entre as comissões técnicas que, independente do resultado, Corinthians e Ferroviária fariam uma disputa de pênalti após os tempos jogados. Foi nesta parte da atividade que brilhou a estrela da goleira Paty, aniversariante do dia.

Na terceira cobrança alvinegra, Nenê bateu e a goleira do time de Araraquara defendeu. Na sequência, Paty impediu que a Ferroviária tomasse a frente do marcador, voando no canto direito para fazer a defesa.

Depois, com todas as jogadoras acertando suas cobranças, o jogo só foi decidido na sexta da Ferroviária, quando a bola beijou a trave direita de Paty e decretou nova vitória corinthiana. Para o Timão, converteram suas cobranças Marcela, Cacau, Ana Vitória, Giovanna e Yasmim.

Agora, as meninas do Timão voltam suas atenções para a estreia do Campeonato Paulista, que acontece no próximo domingo (25), fora de casa, diante do Centro Olímpico.










Corinthians inaugura monumento do centenário da primeira Casa do Povo
Há 100 anos, Timão jogava pela primeira vez na Ponte Grande, diante do arquirrival p.i.; confronto terminou empatado em 3 a 3

17/03/2018




A manhã deste sábado (17) reviveu um momento histórico do Corinthians. No Centro Esportivo Tietê, o Alvinegro inaugurou um monumento para representar a primeira vez que o Timão jogava na Ponte Grande, o primeiro estádio corinthiano, que completa um século nesta data. A celebração contou com as presenças do Presidente Andrés Sanchez, Vice-Presidente Edna Murad e os familiares dos jogadores Amílcar Barbuy e Neco que fizeram parte deste fato centenário.

“Queria agradecer a presença de todos os corinthianos. Realmente as palavras do Fernando e do Donato estão resgatando a história do Corinthians. Quero agradecer também a presença da família do Neco e do Amílcar e de todos nós corinthianos por este resgate à cultura e à história do Corinthians, que é o mais importante. Parabéns para todos nós”, discursou Andrés Sanchez, antes de revelar o monumento que era coberto com uma bandeira do Corinthians.

A Vice-Presidente Edna Murad também engrandeceu o momento histórico. Para ela, o Corinthians não perdeu a sua essência no decorrer do tempo e continua com a tradição de ser o Time do Povo.

“A história é super importante em tudo. Não só no clube, mas no país porque quem não conhece a sua própria história corre o risco de repetir alguns erros do passado. E resgatar esse momento histórico da Ponte Grande, de 100 anos, é uma honra, é importante. Construído em mutirão, com operários, com pessoas do povo, percebemos que o Corinthians manteve sua tradição de ser o Time do Povo”, declarou.

História da Ponte Grande

O estádio da Ponte Grande foi inaugurado no dia 17 de março de 1918, em amistoso Corinthians 3x3 p.i., exatos 100 anos atrás. Casa alvinegra até 1927, o estádio presenciou grandes conquistas da equipe do Parque São Jorge, como o título estadual do Centenário da Independência do Brasil, em 1922, e a conquista do primeiro tricampeonato paulista da história do clube (1922, 1923 e 1924).

Dentro da Ponte Grande, o Alvinegro disputou 102 jogos. Foram 80 vitórias para o Corinthians, 11 empates e 11 derrotas. Além disso, o Coringão marcou 386 gols na primeira Casa do Povo.











Corinthians define relacionados para confronto contra o Bragantino
Lista de jogadores apresenta 23 nomes para o início da disputa pela vaga na semifinal



17/03/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Após o treino deste sábado (17) no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians definiu os jogadores relacionados para o confronto de ida das quartas de final do Paulistão 2018. Neste domingo (18), às 16h, o Timão enfrenta o Bragantino no estádio do Pacaembu.

Confira a lista de relacionados do Timão:

Goleiros: Cássio e Walter;
Laterais direito: Fagner, Mantuam
Lateral esquerdo: Sidcley;
Zagueiros: Balbuena, Henrique, Pedro Henrique e Léo;
Volantes: Gabriel, Maycon, 
Ralf e Paulo Roberto;
Meio-campistas: Rodriguinho, Mateus Vital e Danilo;
Atacantes: Emerson Sheik, Romero, Clayson, Kazim, Júnior Dutra, Lucca e Pedrinho.























Corinthians Goleando por 6 a 1, Paulinho, Romarinho e mais! Confira 10 curiosidades de Corinthians x Bragantino


- 17/03/2018

Na tarde deste domingo (18), o Corinthians enfrenta Bragantino no primeiro confronto das quartas de final do Campeonato Paulista de 2018. No estádio do Pacaembu, as equipes jogam a partir das 16h. Na história, os clubes já se enfrentaram em 47 oportunidades. O Corinthians obteve 22 vitórias contea 8 e foram 17 empates. Confira 10 curiosidades sobre o duelo:

1. Corinthians e Bragantino não se enfrentam há quase três anos. O último jogo entre as equipes aconteceu no dia 29 de março de 2015, quando o Timão venceu por 1 a 0. A partida foi válida pela primeira fase do Paulistão e disputada no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança. O gol corinthiano foi marcado por Vagner Love, aos 10 minutos do primeiro tempo;



bragantino 0x1 CORINTHIANS 
PAULISTÃO 2015 -13ª RODADA 
estádio Nabi Abi Chedid Bragança Paulista 16h 
arb Leandro Bizzio Marinho, Fabricio Porfirio de Moura e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva 
gols Vagner Love ( C) 10'2ºT 
c.a Diego Maurício (b) Edílson ( C) 3º 

Público: 6.612 pagantes. Renda: R$ 308.620,00.
bragantino: 1 Lauro; 2 Diego Macedo, 3 Ferreira, 4 Renato, 6 Pará; 5 Adílson, 8 Muralha, 7 Léo Gago (16-João Vitor 36'2ºT), 11 Caio; 9 Diego Maurício ( 17-Wilker 16'2ºT) , 10 Igor Sartori (18-Erick Luis int ). Técnico: Vagner Benazzi. 12-Vinicius, 13-Fernando Fernandes, 14Graxa,1 15-Esquerdinha


CORINTHIANS: 27 Walter; 2 Edílson, 17 Edu Dracena, 3 Yago, 40 Petros; 16 Cristian, 25 Bruno Henrique(5-Ralf 26'2ºT), 20 Danilo; (10-Jádson 28'2ºT) 21 Malcom, 18 Luciano (11-Romero 26'2ºT) , 29 Vágner Love. Técnico: Tite + 32-Matheus Vidotto, 31-Rodrigo Sam, 9-Guerrero


2. Há quatro anos, Corinthians e Bragantino disputaram um duelo de mata-mata. Pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Timão levou a melhor. No primeiro duelo, realizado em Cuiabá-MT, a equipe do interior venceu por 1 a 0. No segundo, na Arena Corinthians, o time corinthiano então comandado pelo técnico Mano Menezes ganhou por 3 a 1, com gols de Renato Augusto, Ralf e Felipe, e ficou com a vaga;

3. Um dos protagonistas das vitoriosas temporadas de 2011, 2012 e 2013, Paulinho foi contratado junto ao Bragantino em abril de 2010. Em janeiro daquele ano, o volante defendeu a equipe do interior contra o Corinthians. O Timão venceu por 2 a 1 e Paulinho foi o autor do gol do clube de Bragança;

4. Romarinho foi outro jogador que teve passagem marcante pelo Corinthians e chegou após contratação junto ao Bragantino. O atacante também defendeu a equipe do interior em duelo contra o Timão. No dia 05 de fevereiro de 2012, no Pacaembu, foi um dos titulares do clube de Bragança no empate em 1 a 1, mas não marcou gol;

5. A temporada 1994 foi a que apresentou o maior número de duelos entre Corinthians e Bragantino: foram seis ao longo do ano (quatro pelo Campeonato Brasileiro e dois pelo Paulistão) e o Timão somou três vitórias e três empates;

6. A maior goleada do Corinthians sobre o Bragantino foi justamente em um dos seis duelos disputados durante a temporada de 1994. No dia 31 de agosto, no Pacaembu, as equipes se enfrentaram pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro e o Timão venceu por 6 a 1. Os gols corinthianos foram marcados por Branco, Paulo Roberto, Marques, Marco Antônio Boiadeiro, Souza e Casagrande;

7. Foi em 1994 também que Corinthians e Bragantino disputaram o primeiro mata-mata. Pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro daquele ano, as equipes empataram os dois jogos do confronto (1 a 1 e 0 a 0) e o Timão ficou com a vaga na semifinal;

8. O primeiro duelo entre Corinthians e Bragantino foi disputado no dia 12 de novembro de 1944. No estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança, o Timão venceu o amistoso por 3 a 1, com gols de Hércules (3). Antes do duelo, os jogadores da equipe do Parque São Jorge colocaram faixas nos atletas do clube do interior pelo título da cidade de Bragança que haviam conquistado;


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.










Técnico Fabio Carille sem mistério, revela Corinthians titular em treino para as quartas do Paulistão
Na atividade deste sábado (17), véspera do confronto contra o Bragantino, treinador decidiu esperar um pouco o meia Jadson. Com isso, Emerson Sheik segue entre os titulares
17/03/2018 14:36

Neste sábado (17 de março), o técnico Fábio Carille finalizou a preparação do Corinthians para encarar o Bragantino, no domingo (18). Com uma atividade específica para os escolhidos, o treinador manteve o Corinthians que venceu por 2x0 o Deportivo Lara-VEN, na última quarta-feira (14), esperando um pouco mais para ter o meia Jadson e dando sequência a Emerson Sheik no comando do ataque.


Autor do gol que abriu o placar diante dos venezuelanos, Sheik fará sua terceira partida como titular de forma consecutiva. Aos 39 anos, ele terá a missão de vencer o normalmente forte time do Braga, compondo a linha de quatro armadores ao lado de Romero, Rodriguinho e Clayson. Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon completam a formação.

Jadson, ainda com dores na coxa direita, já havia avisado que preferia esperar uma recuperação integral do problema a atuar sem 100% das suas condições físicas. A expectativa é que, para o jogo da volta, na quinta-feira, às 20h (de Brasília), na Arena Corinthians, ele reúna os requisitos necessários para atuar.

Além do camisa 10, Fabio Carille não conta com volante Renê Júnior (lesão na coxa esquerda) e com o meia Marquinhos Gabriel (fase final de recuperação de uma contusão no joelho direito). Vilson, outro machucado, nem sequer foi inscrito no Paulista.

Veja abaixo os 23 jogadores relacionados:

Goleiros: Cássio e Walter

Zagueiros: Balbuena, Henrique, Pedro Henrique e Léo

Laterais direito: Fagner e Mantuan


Lateral esquerdo: Sidcley

Volantes: Gabriel, Maycon, Ralf e Paulo Roberto


Meias: Rodriguinho, Mateus Vital, Pedrinho e Danilo

Atacantes: Romero, Clayson, Emerson Sheik, Kazim, Júnior Dutra e  Lucca 















Corinthians relaciona 23 atletas para encarar o Bragantino, amanhã

Timão inicia neste domingo quartas de final do Paulista em duelo no Pacaembu, 16h. Escalação que venceu jogo da Liberta está mantida


Cássio treinou sem dores e será titular do Corinthians no domingo (Foto: Gero Rodrigues/Ofotografico/Lancepress!)
LANCE!
17/03/2018
12:02


O Corinthians relacionou 23 jogadores para o duelo contra o Bragantino neste domingo às 16h no Pacaembu, válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista.  



O Corinthians inicia com a mesma formação da vitória de quarta-feira por 2x0 sobre Deportivo Lara (VEN). Corinthians jogará com: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Rodriguinho, Romero, Emerson Sheik e Clayson.

O principal destaque da lista é novamente a ausência do meia Jadson, fora dos dois últimos jogos por conta de um desconforto na região da virilha.

Sem Jadson, o técnico Fábio Carille treinou com Emerson Sheik, que será mantido no time titular.

A lista de relacionados também tem a presença de Pedrinho, que chegou a precisar de atendimento médico no treino deste sábado após um lance isolado. Ele fica como opção no banco de reservas, mesma situação de Kazim, que não está inscrito na Libertadores da América. O Corinthians ainda não relacionou o zagueiro Marllon e o atacante Matheus Matias, apesar de eles terem sido inscritos no mata-mata do Paulista.

Confira abaixo a lista de relacionados do Timão:

Goleiros: Cássio e Caíque França
Zagueiros: Balbuena, Henrique, Pedro Henrique e Léo
Lateral direito: Fagner e Mantuan

Lateral esquerdo: Sidcley
Volantes: Gabriel, Ralf, Maycon e Paulo Roberto
Meias: Rodriguinho, Mateus Vital e Danilo
Atacantes; Emerson Sheik, Romero, Clayson, Júnior Dutra, Lucca, Pedrinho e Kazim 

 







Corinthians relaciona 23 jogadores para ida de quartas de final amanhã contra Bragantino

Por GloboEsporte.com
17/03/2018 12h14
O Corinthians divulgou neste sábado a lista de 23 jogadores relacionados para enfrentar o Bragantino, às 16h deste domingo, no Pacaembu, em confronto de ida das quartas de final do Paulistão.

O Corinthians deve ir a campo diante do Bragantino com: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon;  Rodriguinho, 
Romero, Emerson Sheik e Clayson.

Corinthians enfrenta o Bragantino neste domingo, no Pacaembu (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians) 


Jadson ainda está com um desconforto muscular na região da virilha e segue como desfalque.  
Inscritos na fase final do campeonato, o zagueiro Marllon e o atacante Matheus Matias não ficarão nem sequer no banco de reservas diante do Bragantino por opção do técnico Fábio Carille. 
O meia Marquinhos Gabriel também ficou fora da relação. Ele voltou a treinar nesta semana após um mês longe dos gramados por conta de lesão no joelho direito.
Renê Júnior, se recuperando de lesão na coxa esquerda, também segue ausente.



Confira abaixo a lista de relacionados do Corinthians:
Goleiros: Cássio e Caíque;
Zagueiros: Balbuena, Henrique, Pedro Henrique e Léo;
Laterais direito: Fagner e Mantuan;

Lateral esquerdo: , Sidcley;
Volantes: Gabriel, Maycon, Paulo Roberto e Ralf;
Meias: Rodriguinho, Mateus Vital, Pedrinho e Danilo;
Atacantes: Romero, Clayson, Emerson Sheik, Júnior Dutra, Lucca e Kazim.








 

Corinthians escalado no treino de hoje para a primeira partida das quartas-de-final do Paulistão amanhã no Pacaembu

Por GloboEsporte.com,


17/03/2018 11h28

O Corinthians teve o time definndo pelo técnico Fabio Carille para enfrentar o Bragantino, domingo, às 16h (de Brasília), Pacaembu, pela primeira partida das quartas-de-final do Paulistão. A principal dúvida na escalação era o goleiro Cássio, que treinou com uma proteção no quadril na sexta-feira. O jogador trabalhou normalmente neste sábado e está confirmado na equipe.

O Corinthians terá: Cássio, Fagner, Henrique, Balbuena e Sidcley; Gabriel, Maycom, Rodriguinho; Romero, Emerson Sheik e Clayson. É o mesmo time que iniciou jogo na vitória corinthiana sobre dep lara ven., por 2x0 pela lib da am, na Arena Corinthians. O meia Jadson é desfalque certo do time de Carille por conta de um desconforto muscular na região da virília.




  Corinthians tem escalação de vitória na Liberta mantida para amanhã pela ida das quartas do Paulista
O Corinthians treinou hoje pela manhã no CT Joaquim Grava. Em atividade tática, o técnico Fabio Carille repetiu o mesmo time que iniciou o jogo na vitória do Timão por 2x0 sobre dep Lara, inclusive com Cássio, que treinou sem restrições. O goleiro estava com dores no quadril. A escalação do Corinthians para o jogo de ida das quartas de final do Paulista no Pacaembu deve ter: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Rodriguinho, Romero, Emerson Sheik e Clayson.
Os titulares enfrentaram os reservas na primeira parte do treino e depois fizeram trabalhos específicos, de bola parada. Fabio Carille ensaiou posicionamento em cobranças de falta, escanteios, e no fim os jogadores treinaram penalidades.

Em outro campo, os reservas seguiram em atividade técnica. O treino teve um susto. O atacante Pedrinho teve de receber atendimento médico após uma jogada e ficou um tempo no chão reclamando de dores. Ele levantou mancando, sentindo o tornozelo, mas continuou na parte final do treino. Deve estar na lista de relacionados.










Defesa do Corinthians resiste a trocas e dá tranquilidade para tecnico Fabio Carille

Prioridade de Carille, sistema defensivo passou por mudanças nesta temporada, mas sofreu um gol nos últimos seis jogos. No ataque, técnico sabe que dá para evoluir


Guilherme Amaro

17 MAR2018
07h00

Pilar do Corinthians nos brilhantes últimos anos, a defesa de 2018 sofreu duas mudanças em relação ao Corinthians heptacampeão brasileiro e campeão paulista 2017. Henrique e Sidcley assumiram as vagas. A zaga resistiu às duas trocas e novamente tem sido motivo de orgulho para o técnico Fábio Carille.






Henrique em treino do Corinthians Foto: Daniel Augusto Jr / LANCE!


O treinador exaltou a retomada do "DNA do Corinthians" com sólida e melhor defesa. Nesta temporada, foram apenas oito gols sofridos em 14 jogos oficiais. Nas últimas seis partidas disputadas, o Timão sofreu apenas um gol.
Prioridade de Carille, o sistema defensivo teve outras mudanças ao longo deste ano. No início, o treinador queria adotar o esquema 4-1-4-1, com apenas um volante à frente dos zagueiros. No entanto, voltou a escalar dois volantes e viu a média de gols sofridos cair.

Há sete jogos, contra o Red Bull Brasil, o Corinthians voltou a ser escalado no 4-2-3-1, esquema predominante nos títulos paulista e brasileiro de 2017. Depois de vitória corinthiama no derby, na rodada seguinte, a equipe passou a jogar no 4-2-4.

Ou seja, com um volante, o Corinthians sofreu seis gols em sete jogos. Com dois volatens, foram apenas dois gols sofridos em também sete partidas.

- É a busca dos dez anos que estou no Corinthians. Estou seguindo a ideia do Corinthians de ter uma defesa sólida. Tentei fazer algo diferente no começo, imaginava que a gente sofreria um pouco atrás, mas mudei depois. É a volta daquilo que é o DNA do Corinthians - exaltou Carille, em entrevista coletiva na última quarta-feira.

Com a defesa sólida, Carille passa a ter mais tranquilidade para ajustar o sistema defensivo. Desde que assumiu o comando da equipe, ele nunca escondeu que a prioridade era arrumar a zaga para depois pensar no ataque, estratégia que deu certo em 2017. Nesta temporada, o treinador tem gostado do esquema sem um centroavante, mas sempre busca melhorar.