15 de mar de 2018

CORINTHIANS 15/03/2018


  


Timão reformula plano para torcedores que querem ter sua cadeira na Arena Corinthians
Disponível em três modalidades, o Minha Cadeira amplia experiências exclusivas do torcedor, que garante seu lugar em todos os jogos em casa durante um ano

- 15/03/2018




O Corinthians reformulou o seu plano para torcedores que querem ter sua cadeira garantida em todos os jogos do Timão na Arena Corinthians. O Minha Cadeira traz preços promocionais para quem quer ter o seu lugar reservado nos jogos em Itaquera, inclusive em eventuais partidas decisivas do Corinthians em sua casa, e estará à venda para todos os torcedores a partir das 15h desta quinta-feira .

Assim como na atual precificação dos setores da Arena Corinthians, o Minha Cadeira baseia-se na proximidade do assento com o centro do gramado. Dessa forma, são oferecidas três modalidades aos torcedores: Central, Lateral e Corner – todas localizadas no setor oeste inferior da Arena. Vale lembrar que o Plano Minha Cadeira está disponível a todos os torcedores corinthianos, inclusive aos que ainda não são sócios do Programa Fiel Torcedor.

O Minha Cadeira Corner compreende os blocos 401 e 409, nas extremidades norte e sul do setor oeste inferior, e é oferecido à R$ 2.520 (12x R$ 210). O Minha Cadeira Lateral compreende os blocos 402, 403, 407 e 408 e custa R$ 3.180 (12x R$ 265). Por fim, o Minha Cadeira Central oferece os assentos dos blocos 404, 405 e 406 – acima do túnel central de acesso ao gramado e próximo aos bancos de reserva das equipes – e sai por R$ 3.840 (12x R$ 320).

Considerando que o Timão realize, em média, 35 jogos na Arena Corinthians em um ano, a cadeira de um sócio do Corner custaria R$ 72 por partida. Além disso, em todas as modalidades do Minha Cadeira (Central, Lateral e Corner) o valor cobrado pelo ingresso, por jogo, corresponde à meia-entrada do setor mais barato (exemplo: se o setor mais barato do jogo é o norte, à R$ 40, o ingresso para o associado dos planos Minha Cadeira sai por apenas R$ 20).

Além dos preços especiais e facilidade para pagamento da anuidade, os torcedores que adquirirem o plano Minha Cadeira terão direito à benefícios e experiências exclusivas, de acordo com a modalidade do plano, como: prioridade na compra de estacionamento para os jogos, acompanhar o pré-aquecimento do Corinthians, visita ao campo antes do jogo, participação no desafio do intervalo, cortesias para o tour Casa do Povo e participação na promoção Joga Junto, para fazer parte do Desafio Arena Corinthians – evento realizado no fim do ano, para os torcedores poderem jogar uma partida na casa do Timão.

Os torcedores que aderirem o plano à vista, até 25 de abril, receberão gratuitamente os ingressos para os próximos dois jogos da fase de grupos da Conmebol Libertadores da América 2018 na Arena Corinthians, contra Independiente (ARG) e Millonários (COL). Outro benefício que diferencia o Minha Cadeira de outros planos do programa Fiel Torcedor é a possibilidade do proprietário ceder a sua carteirinha e o uso da cadeira a outro torcedor, quando não puder vir ao jogo, bastando a compra do ingresso para a partida.

Torcedores que já eram sócios do plano Minha Nação terão benefícios especiais para migração de seus planos para o Minha Cadeira, como a extensão do prazo de anuidade. Para associar-se ou saber mais sobre o plano Minha Cadeira, acesse minhacadeira.com
   







Direto do CT: Corinthians foca no Paulistão!
Após vitória sobre o Deportivo Lara pela Libertadores, o Timão agora volta as atenções para as quarta de finais do Paulistão



15/03/2018



Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Mais um dia de treino intenso no CT Dr. Joaquim Grava sob muito calor na capital paulista. Após a vitória sobre o Deportivo Lara pela Conmebol Libertadores da América, o Timão voltou aos trabalhos na tarde desta quinta-feira (15), já visando o duelo de quartas de final do Paulistão 2018, que acontece neste domingo (18), às 16h, contra o Bragantino, no Pacaembu.

O treino

Os jogadores que atuaram 90 minutos no duelo contra os venezuelanos ficaram na parte interna do CT para trabalho regenerativo. Já o restante do grupo foi a campo e encarou um trabalho duro sob forte sol nos campos do centro de treinamento do Alvinegro.

Após o aquecimento intenso, o grupo realizou trabalho tático de saída de bola em campo reduzido, sob olhares e orientações do técnico Fábio Carille, por cerca de 30 minutos. Em seguida, num campo um pouco maior, os jogadores fizeram trabalho tático de situação de jogo, com a bola rolando normalmente.

Destaque para a presença do meia Jadson, recuperado de um desconforto muscular na coxa direita, além do meia Marquinhos Gabriel e do zagueiro Vilson, que estão em processo final de recuperação e participaram normalmente das atividades.

Próximo desafio

Antes do confronto de ida das quartas de final do Paulistão 2018 do Corinthians contra o Bragantino, domingo (18), no Pacaembu, a equipe corinthiana ainda realiza dois treinos no CT Dr. Joaquim Grava. Tanto na sexta quanto no sábado, a atividade acontece no período da manhã.

Para este jogo, os ingressos já estão à venda para os sócios do Fiel Torcedor pelo www.fieltorcedor.com.br

A venda para os associados do programa acontece até as 23h59 desta sexta-feira (16). Os setores destinados à torcida do Corinthians neste duelo são: Arquibancada (R$ 50), Arquibancada Amarela (R$ 50*), Tobogã (R$ 50*), Cadeira Laranja (R$ 60*), Numerada (R$ 80*) e Numerada Coberta (R$ 120*).  











Corinthians conhece arbitragem de domingo na semifinal do Paulistão
15/03/2018

Na tarde deste domingo (18), o Corinthians entra em campo pela primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista de 2018. No estádio do Pacaembu, como visitante, o Timão enfrenta o Bragantino. Leandro Bizzio Marinho, de 39 anos, será o árbitro do confronto.

O trio de arbitragem ainda apresenta Anderson José de Moraes Coelho e Vitor Carmona Metestaine como assistentes um e dois, respectivamente. Rodrigo Gomes Paes Domingues é o quarto árbitro da escala.  










Emerson Sheik repete 2015 e faz primeiro gol do Corinthians na Conmebol Libertadores da América
Há três anos, contra o Once Caldas, atacante anotou um golaço aos 30 segundos de jogo



- 15/03/2018



Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na noite da última quarta-feira (14), o Corinthians estreou em casa na Conmebol Libertadores da América 2018. Na Arena Corinthians, o Timão enfrentou o Deportivo Lara (VEN) pela segunda rodada do grupo 8 e venceu por 2 a 0. Emerson Sheik foi o autor do primeiro gol do Alvinegro na competição e repetiu o feito de 2015.

Há três anos, na primeira fase da Libertadores, o Corinthians enfrentou o Once Caldas (COL). Na mesma Arena Corinthians, a estrela de Emerson Sheik brilhou logo aos 30 segundos de jogo e, então com a camisa de número 11, o atacante anotou o gol que abriu a goleada por 4 a 0 sobre a equipe colombiana.

“Precisávamos encorpar mais o nosso time. Impor respeito. Você coloca um campeão da Libertadores, do mundo, é um outro peso nestes momentos. Desde o momento que começou o diálogo com os jogadores corremos para acertar por conta disso. É uma peça muito importante dentro e fora de campo, estamos muito feliz e ele [Emerson] está treinando muito para nos ajudar cada vez mais”, disse o treinador Fábio Carille após a vitória sobre Deportivo Lara.

Emerson Sheik tem três passagens pelo clube do Parque São Jorge (2011-2014, 2015 e 2018) e não lhe faltam títulos para ilustrar a carreira no Timão: um Mundial de Clubes da FIFA (2012), uma Copa Libertadores (2012), uma Recopa Sul-Americana (2013), um Campeonato Brasileiro (2011) e um Paulistão (2013).

Próximo compromisso do Timão pela Libertadores da América

Pela Conmebol Libertadores da América 2018, o próximo compromisso do Alvinegro acontece só no mês de abril. No dia 18, às 21h45, o Corinthians enfrenta o Independiente (ARG), em Buenos Aires.

Ingressos à venda

A venda de ingressos para as próximas partidas do Timão na Arena Corinthians, válidas pelo Paulistão e pela Libertadores, estão à venda exclusivamente para os sócios do programa Fiel Torcedor pelo www.fieltorcedor.com.br 
















Rodriguinho comemora marca de 150 jogos pelo Corinthians e projeta semana de decisões pelo Paulistão
Meio-campista alvinegro também falou sobre o seu posicionamento em campo na temporada 2018


 15/03/2018



Após a vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara (VEN) na noite da última quarta-feira (14) na Arena Corinthians, o Corinthians voltou aos treinos na tarde desta quinta no CT Dr. Joaquim Grava. Ao término da atividade, Rodriguinho, que completou 150 jogos pelo Timão, conversou com a imprensa em entrevista coletiva.

“Fico feliz pela marca que alcancei. Me espelho em outros jogadores que têm marcas maiores, como Cássio, Danilo, Ralf, Emerson, que são espelhos para os mais novos, me considero mais novo que essa rapaziada”, disse o camisa 26, que citou os jogos mais marcantes que disputou pela equipe alvinegra: “A primeira final contra a Ponte ( Corinthians venceu por 3x0), no Paulista, e o derby (Corinthians venceu por 2x0) recente. Por se tratar de um clássico, foi especial”.

Nas próximas semanas, o Corinthians inicia um série de decisões pelo Paulistão. Perguntado sobre qual o o diferencial para ter um bom desempenho no mata-mata da competição estadual, Rodriguinho ressaltou o momento vivido pela equipe e a busca constante pela evolução.

“O primeiro é ter confiança, que no futebol é muito importante. Quando a equipe está vencendo, isso gera uma crescente em vários fatores”, disse o meio-campista. Nos últimos sete jogos, o Timão somou quatro vitórias e três empates.

Por fim, Rodriguinho falou um pouco sobre sua posição em campo na atual temporada. Com a ausência de um centroavante fixo, o meio-campista vem ocupando um setor mais ofensivo na equipe.

“É um pouco diferente da forma que eu jogava. Eu tenho que ver algumas movimentações, mas não posso fazer o mesmo que o Jô pela estatura, o corpo. Mas tem movimentações que eu posso fazer para receber a bola mais limpa e facilitar as minhas ações, ter condições de finalizar. Na parte de campo, eu tenho treinado finalizações e cabeceio”, finalizou.

Antes do confronto de ida das quartas de final do Paulistão 2018 contra o Bragantino, domingo (18), no Pacaembu, a equipe corinthiana ainda realiza dois treinos no CT Dr. Joaquim Grava. Tanto na sexta quanto no sábado, a atividade acontece no período da manhã.

Para este jogo, os ingressos já estão à venda para os sócios do Fiel Torcedor pelo www.fieltorcedor.com.br

A venda para os associados do programa acontece até as 23h59 desta sexta-feira (16). Os setores destinados à torcida do Corinthians neste duelo são: Arquibancada (R$ 50), Arquibancada Amarela (R$ 50*), Tobogã (R$ 50*), Cadeira Laranja (R$ 60*), Numerada (R$ 80*) e Numerada Coberta (R$ 120*).









Rodriguinho, do Corinthians, frustrou-se por não ir a Seleção, mas motiva-se ainda para buscá-la

Por Bruno Cassucci
15/03/2018 17h25
Rodriguinho sentiu o baque ao não ter o seu nome lembrado pelo técnico Tite para os amistosos da seleção brasileira, contra Rússia e Alemanha. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o meia do Corinthians não escondeu o seu sentimento. 
– Frustrado é a palavra certa. Quando se cria expectativa e ela não acontece, você acaba ficando triste e frustrado. Mas, passadas algumas horas da convocação, tentei me motivar de novo. Se não estou nessa, tenho que trabalhar mais, me dedicar mais, para estar na próxima – afirmou. 
Rodriguinho deu entrevista coletiva no Corinthians (Foto: Bruno Cassucci) O único jogador do Corinthians chamado para os amistosos foi o lateral-direito Fagner. O goleiro Cássio, em entrevista na Arena, disse que seguirá trabalhand por uma nova oportunidade. 
Rodriguinho mantinha esperança pelo fato de ter sido lembrado em algumas convocações no ano passado. Ele participou dos amistosos contra Colômbia, Argentina e Austrália.
– Preciso manter o alto nível. Fazer gols ajuda, assistências também. E a cada jogo melhorar e tentar manter uma regularidade alta. E trabalhar para que muitos jogos possam ser assim para que ele veja algo que me leve para lá – projetou. 
 Rodriguinho ganhou uma placa pelos 150 jogos no Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 
Autor da jogada do segundo gol da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, na noite de quarta-feira, pela Libertadores – em lance que acabou com gol contra de Pernía –, o camisa 26 completou 150 jogos com a camisa alvinegra na Arena Corinthians.
No elenco atual, Rodriguinho é o oitavo jogador com mais jogos. Jogaram mais que ele: Ralf (353), Danilo (340), Cássio (335), Fagner (242), Romero (174), Sheik (165) e Jadson (164).












Corinthians pode emprestar atacante Lucca ao atl cu

15 MAR 2018
O ​Corinthians ve surgir interesse do atl cu pelo atacante Lucca por empréstimo para o restante da temporada. A princípio, a única exigência do Timão seria renovar o contrato do jogador antes de finalizar a negociação. Com término de vínculo programado para julho de 2019, o atleta poderia assinar um pré-contrato com qualquer equipe ainda no final desse ano, o que representaria uma perda de dinheiro para o Timão.
Camacho acabou acertando o seu empréstimo para o furacão até o final da atual temporada, caminho que pode ser traçado também por seu ex-companheiro Lucca.
​Com 13 gols marcados no último campeonato brasileiro, o atacante Lucca, na época emprestado a Ponte Preta, despertou interesse de diversos clubes do Brasil e até mesmo da Europa. O nome do atleta foi cogitado em várias equipes

Após as negociações não apresentarem avanço, o atleta permaneceu no Corinthians mesmo sem espaço garantido. Após diversas entrevistas, o atacante ouviu do treinador da equipe, Fábio Carille, que receberia chances no decorrer da temporada para tentar reafirmar a boa fase que viveu no ano passado. Até o momento, Lucca atuou em 7 partidas pelo Corinthians, jogando 261 minutos sem marcar nenhum gol.


Corinthians oferece dupla por  Zeca

Diretoria do Timão ainda tenta acordo pelo lateral e agora está disposta a ceder Marquinhos Gabriel e Lucca. Negócio só com empresários esfriou

Marcio Porto

15 MAR2018
19h48
Na tentativa de oficializar a contratação do lateral Zeca o Corinthians mudou de estratégia. Agora, diante do imbróglio judicial vivido pelo jogador, a diretoria decidiu retomar conversas com stos e já colocou dois jogadores à disposição para uma eventual troca: os atacantes Lucca e Marquinhos Gabriel.
. Lucca tem contrato até julho de 2019, enquanto Marquinhos Gabriel, até julho de 2020.
Lucca retornou de empréstimo este ano após boa temporada na Ponte Preta, mas não tem atuado bem. Foi titular nos dois últimos jogos do Paulista (Mirassol e Botafogo), mas rendeu bem abaixo do esperado. Ele ainda pode ser incluído em outras negociações.

Já Marquinhos Gabriel faz parte dos planos do técnico Fábio Carille, vinha sendo titular quando sofreu uma lesão no joelho direito no mês passado. Ele só voltou a treinar com o grupo nesta quinta-feira. Mas o interesse antigo do rival, faz o Corinthians aceitar liberá-lo.






Corinthians se reapresenta no CT Joaquim Grava. Quem atuou na vitória de ontem trabalhou fisicamente no LabR9 e CeprOO. Quem não atuou foi a campo

Jadson, Marquinhos Gabriel e Vilson reaparecem


Por Bruno Cassucci,


15/03/2018 17h46

O treino do Corinthians desta quinta-feira apresentou boas novidades para o técnico Fábio Carille. O comandante alvinegro contou com o retorno de três jogadores que estavam no departamento médico: os meias Jadson e Marquinhos Gabriel, e o zagueiro Vilson.

O caso de Jadson era o mais leve. Ele sentiu dores na coxa direita no treinamento da última terça-feira, foi poupado na vitória do Timão por 2x0 ontem sobre Deportivo Lara, da Venezuela

Após fazer trabalhos de reforço muscular, o camisa 10 foi liberado para ir a campo e trabalhou com bola sem restrições. O jogador estará à disposição de Carille para a partida do Timão contra o Bragantino, Pacaembu, 16h, domingo, pelas quartas de final do Paulistão, e tem boas chances de retomar o posto de titular, ocupado por Emerson Sheik, com brilho e gol, na última quarta.
 


Jadson voltou a ficar à disposição do técnico Fábio Carille, do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Já Marquinhos Gabriel está recuperado de lesão no joelho direito, sofrida no dia 17 de fevereiro. Porém, ele ainda precisa de ritmo de jogo.

A situação mais delicada é de Vilson, que passou por duas cirurgias no joelho esquerdo em 2017 e não atua há mais de um ano. Pela primeira vez na temporada ele trabalhou com o restante do elenco. O zagueiro não está inscrito no Campeonato Paulista e na Libertadores da América
Os titulares diante do Deportivo Lara ficaram no LabR9 do CT Joaquim Grava nesta quinta. Cássio, que se queixou de dores no quadril após a partida, fez tratamento e não foi a campo.

O Corinthians volta aos trabalhos na manhã desta sexta, e encerra a preparação para o primeiro duelo do mata-mata estadual no sábado.







 







Chegou o entrevistado do dia



Timão ainda tenta negociar alguns jogadores que estão sem espaço, como os volantes Jean e Warian

Treino de reservas do Corinthians tem 11 de cada lado e ainda um curinga (Vilson). Elenco alvinegro tem 36 atletas no momento. No início do ano, Carille falava em trabalhar com 33 ou 34 jogadores

Departamento médico do Corinthians trata apenas Renê Júnior (lesão na coxa esquerda). Volante ainda deve ficar entre duas e três tratando

Outra novidade: Marquinhos Gabriel volta a treinar com bola. Ele machucou o joelho direito em 17 de fevereiro


Apesar de inscrito no Paulistão, Matheus Matias não tem presença garantida no banco de reservas no domingo, contra o Bragantino. Jovem ainda faz trabalho de fortalecimento muscular. A lista de relacionados para o primeiro jogo das quartas do Paulistão sai no sábado


Além da volta de Jadson, treino dos reservas conta com Vilson. Sem jogar há mais de um ano, zagueiro não treinava com outros jogadores desde agosto do ano passado
 Desde o começo a diretoria do Timão disse que não correria riscose não pagaria multa  


Corinthians segue tentando resolver a contratação de Zeca, mas admite que o negócio pode melar. OTB, empresa que cuida da carreira do lateral


O meia Rodriguinho vai falar com a imprensa depois da atividade

Cássio também não está em campo. Normalmente, ele treina com bola mesmo nos dias seguintes aos jogos. Ontem ele deixou a Arena com dores no quadril


Jogadores no aquecimento. Apenas reservas estão em campo



Corinthians confirmou as inscrições de Matheus Matias e Marllon na fase final do Paulistão. Entraram nas vagas de Camacho e Yago, emprestados
Boa tarde, amigos! Elenco do Corinthians se reapresenta nesta tarde, após a vitória sobre o Deportivo Lara. Novidade do dia é a presença em campo de Jadson, que não foi relacionado para a última partida





Fiel tem ingressos a disposição para ida das quartas de final, domingo as 16h
Bragantino x Corinthians: onde comprar ingressos para duelo no Pacaembu

Ingressos custam a partir de R$ 50 (25 para meia). Apesar do mando do Bragantino, maioria dos bilhetes é para torcedores do Corinthians


Por GloboEsporte.com

15/03/2018 15h36

Os ingressos para a partida entre Bragantino e Corinthians começarão a ser vendidos nesta sexta-feira, 16, para torcedores do Timão. São 35 mil bilhetes, segundo a diretoria do Massa Bruta, à venda para o jogo, marcado para este domingo, 18, às 16h, no estádio Pacaembu, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O mando de campo pertence ao Massa Bruta, mas a equipe preferiu disputar a partida no paca para ter mais arrecadação


O valor do ingresso varia de R$ 50 (R$ 25 meia-entrada) até R$ 120. A torcida do Corinthians, que ficou com a maior parte da carga de ingressos, pode fazer a compra a partir desta sexta-feira, 16. Sócios-torcedores já podem fazer a compra pelo site do programa.


Para os torcedores do Bragantino, foram disponibilizados três mil ingressos. Eles podem ser adquiridos desde o início desta quinta na sede do clube por R$ 50. O Bragantino vai disponibilizar ônibus gratuito para todos os torcedores do time que comprarem o ingresso no estádio. Quem quiser o transporte deve deixar os dados pessoais no ato da compra.


Confira abaixo como será a venda de ingressos.




Valores
Arquibancada - R$ 50
Arquibancada Amarela - R$ 50
Tobogã - R$ 50
Portão 21 - R$ 50
Portão 22 - R$ 50
Cadeira laranja - R$ 60
Numerada - R$ 80
Numerada coberta - R$ 120



Pontos de venda para torcedores do Corinthians

Poderoso Timão - Shopping Tietê
Poderoso Timão - Rua Augusta
Arena Corinthians
Sede do Corinthians
Site https://www.fieltorcedor.com.br/







Emerson curte boa fase no Corinthians

Sheik sobe de cabeça para fazer o gol diante do Lara

A boa fase no Timão

Emerson Sheik falou também sobre o retorno ao Corinthians e a participação nos últimos jogos. Ele foi titular em duas partidas e tem dois gols na temporada. O atacante, de 39 anos, reforçou o que disse na apresentação ao clube, quando garantiu que não estava voltando para encerrar a carreira.


– Futebol é dentro de campo. Não é pela cor, pelo tamanho ou pela idade. Eu, desde o inicio, sabia que em algum momento as pessoas poderiam ter a grandeza de mudar o pensamento inicial. Eu vim para trabalhar e não passear. Passear eu ficaria em Angra (dos Reis) com a Cuta (macaca de estimação), viajaria, iria para Miami fazer compras. Vim trabalhar, dar minha parcela de contribuição.



Vai renovar?

Com contrato até 30 de junho, Emerson Sheik assegurou que ainda não sabe se renovará com o Corinthians.

– Eu tenho contrato até o meio do ano com o Corinthians e, como todos os outros contratos que eu firmei com o clube, vou honrar até o final. Falar do amor que sinto pelo clube, o carinho que tenho pelios torcedores, a identificação... Eu não sei o que falar. Não sei o que vai acontecer. Estou feliz de ter voltado, esse retorno tem sido muito bacana

– É obvio que tenho interesse em ficar, nunca escondi o desejo de retornar. Mas isso não é assunto para poder ficar falando. Eles (dirigentes) que têm que decidir. Se por ventura acontecer de não ficar até o final do ano sou extremamente grato à diretoria, ao Fábio (Carille), que ficou feliz com meu retorno, aprovou minha volta. Quero curtir cada dia, me dedicar a cada dia... Os meus dias agora têm data e é até o meio do ano. É o que eu tenho hoje.













Corinthians inscreve Marllon e Matheus Matias no mata-mata do Paulistão

Zagueiro e atacante estão à disposição para as quartas de final


Por GloboEsporte.com

15/03/2018 16h01

O Corinthians fez duas mudanças na lista de inscritos para o mata-mata do Campeonato Paulista. O zagueiro Marllon e o atacante Matheus Matias entraram nas vagas de Yago e Camacho, respectivamente.

Os dois jogadores já estão à disposição para o primeiro duelo das quartas de final, contra o Bragantino, domingo, às 16h, no Pacaembu.

O zagueiro Yago foi emprestado para o Botafogo, enquanto Camacho acabou trocado pelo lateral-esquerdo Sidcley.


Marllon e Matheus são apresentados no Corinthians (Foto: reprodução) 









Pedrinho festeja estreia na Libertadores com vitória do Timão e fala da amizade com Mateus Vital: "Tímido"

Após início difícil em 2018, meia-atacante entrou nos últimos dois jogos

Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga

15/03/2018 11h

A vitória do Corinthians por 2 a 0 contra o Deportivo Lara, da Venezuela, marcou a estreia de Pedrinho na Libertadores. Aos 19 anos, ele substituiu Clayson na parte final do jogo, ficou em campo por apenas cinco minutos, mas conseguiu fazer duas jogadas individuais.

– Fico feliz por ter estreado numa competição tão importante, ainda mais em casa. O tempo que a gente entra, tento fazer alguma coisa diferente e aproveitar os minutos que estiver em campo – disse o jogador na zona mista da Arena Corinthians, com um sorriso no rosto.



Mateus Vital e Pedrinho viraram poarceiros dentro e fora de campo (Foto: Marcelo Braga)

Pedrinho iniciou o ano com trabalho fisico especifico A comissão avaliou que ele tinha um déficit causado por má alimentação. A situação fazia com que ele não aguentasse muito tempo em campo. Nos últimos dois jogos, porém, ganhou chance e mostrou que pode atuar mais.

– Carille me deixou à vontade, mas com a responsabilidade de me alimentar no momento certo. Agora estou tentando ter mais cautela e comer de tudo um pouco para jogar e entrar mais tempo.

Outro que vem tendo mais espaço no Corinthians é Mateus Vital, de 20 anos. Ele e Pedrinho são parceiros de quarto na concentração. Em poucos meses, já viraram grandes amigos.

– É um moleque muito tímido. Eu falo para ele que quando eu cheguei eu também era assim. Hoje as pessoas brincam: "Quero achar o Mateus, procuro o Pedrinho" (risos). Estamos com uma amizade importante, quero levar para o resto da vida dentro e fora de campo – afirmou o garoto.



Paraguaios deixam nas mãos do Corinthians e de federação decisão de pedir dispensa da seleção

Romero e Balbuena foram convocados

Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga
15/03/2018 09h00
Romero e Balbuena não quiseram se comprometer ao serem questionados se apoiam a vontade do Corinthians de pedir a desconvocação da dupla do amistoso da seleção paraguaia, que vai coincidir com as datas da semifinal do Paulistão – antes, o Timão joga as quartas com o Bragantino.

Os dois jogadores foram chamados pelo técnico Gustavo Morínigo para o jogo contra os Estados Unidos, dia 27 de março, na Carolina do Norte. As duas seleções estão fora da Copa do Mundo.

O amistoso está marcado para dois dias após a primeira semifinal do Paulistão e um dia antes da segunda (as datas estão previstas no regulamento do estadual, mas podem ser alteradas pela Federação Paulista).

– Não é uma decisão do jogador, passa mais pela seleção. Mas como é data Fifa, dificulta a desconvocação. Vamos ver como acaba. Até onde sei, vamos ter que ir – disse Balbuena.



Romero diz que espera a melhor decisão para o clube e para os atletas (Foto: Marcos Ribolli)

Segundo Romero, o técnico Gustavo Morínigo e o presidente da Federação Paraguaia estiveram na Arena Corinthians na quarta para acompanhar a vitória do Timão por 2 a 0 contra o Deportivo Lara, pela Libertadores. O atacante acredita que a diretoria corintiana possa ter conversado com eles.

– A gente quer o melhor para o Corinthians e para gente. É importante a primeira convocação da seleção com o treinador novo. Ele chamou os jogadores que vão ser escolhidos para a próxima Eliminatória e para a Copa América. Mas se o Corinthians e a seleção decidirem para eu ficar, gostaria também de ficar e ajudar meu time, para se Deus quiser jogar os dois jogos da semifinal. Vamos ver o que eles decidem. O treinador estava aqui, tomara que eles tenham conseguido conversar – afirmou.








Há exatamente quatro anos, Timão realizava primeiro treino na Arena Corinthians
Atividade contou com presença maciça da imprensa brasileira e estrangeira; Operários foram os espectadores do treinamento e dois deles puderam bater pênalti no goleiro Cássio


15/03/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O dia 15 de março de 2014 foi histórico para o Sport Club Corinthians Paulista. Na manhã daquele sábado, com forte calor, o elenco do futebol profissional do Timão pisou pela primeira vez no gramado da Arena Corinthians. Então sob comando do técnico Mano Menezes, a equipe realizou um treinamento e finalizou a preparação para o duelo contra o Penapolense, pelo Campeonato Paulista daquele ano.

Com presença maciça da imprensa brasileira e estrangeira, por conta da expectativa para a Copa do Mundo daquele ano, os jogadores realizaram um rachão e o meia Jadson anotou o primeiro gol da atividade. Nas cadeiras do setor Oeste Inferior, os operários da obra formaram o público que acompanhou todo o trabalho; e dois deles ainda tiveram a oportunidade de bater pênaltis no goleiro Cássio.

“É um momento histórico, daqui a 20, 30 anos, os novos corinthianos vão se sentir orgulhosos. Não tenho palavras. É um sonho realizado de nós corinthianos”, comemorou naquele dia o presidente Andrés Sanchez, que na época era o responsável do clube pelo estádio.

“É histórico! É uma emoção muito grande. É uma satisfação poder viver esse dia histórico para o clube. Aqui agora vai ser a nossa casa, e vamos fazer o melhor trabalho possível para que seja palco de grandes festas para o corinthiano”, comentou o então Gerente de Futebol, Edu Gaspar, que hoje está na CBF. “Não vou negar, não, depois que parei de jogar, poucas vezes tive vontade de entrar em campo de novo. Muitos atletas me perguntam isso, e eu falo que já virei a página. Mas hoje, mesmo sendo treino, foi uma delas”, completou o dirigente. 










Análise: em vez de buscar desculpas, Carille encontra soluções no Corinthians

Técnico organiza o time a partir da defesa, mas ainda tem detalhes a ajustar


Por Bruno Cassucci
15/03/2018 06h00

Fábio Carille tem mostrado uma nova face em 2018. Pragmático durante quase todo o ano passado, o técnico do Corinthians tem arriscado mais e buscado soluções diferentes. É lógico que haverá erros durante esse processo, mas o saldo até o momento é positivo.

Na última quarta, diante do retrancado Deportivo Lara, da Venezuela, ele sacou o volante Maycon, colocou mais um meia, Mateus Vital, e voltou ao esquema 4-1-4-1. O gol de Emerson Sheik, que abriu o placar na vitória por 2 a 0, saiu antes mesmo que a alteração pudesse surtir efeito, mas a tentativa por si só merece elogios.

Em vez de buscar desculpas para as dificuldades, como a falta de um centroavante e os desfalques por lesões, Carille tem encontrado soluções.

Jogar sem centroavante foi uma delas. Escalar Sheik por dentro, na vaga de Jadson, também. Assim como improvisar Maycon na lateral esquerda quando Juninho Capixaba vinha em baixa.



Corinthians venceu o Deportivo Lara, da Venezuela, por 2 a 0 (Foto: Marcos Ribolli)

Lembre-se que na estreia na Libertadores Carille não teve Rodriguinho, e no segundo jogo não pôde contar com Jadson. São dois dos melhores do Corinthians atualmente. Mesmo assim, obteve bom empate na Colômbia e garantiu vitória

Ainda em busca de ajustes, o técnico repete uma fórmula de sucesso dos últimos anos no Timão e organiza a equipe a partir da defesa. Nos últimos seis jogos, o Corinthians sofreu apenas um gol.

Porém, ainda são necessários ajustes ofensivos. Contra o Lara, o Corinthians mostrou paciência para trocar passes e não apelar para os chuveirinhos, mas também cometeu erros. Faltou chutar mais de fora da área e também ter maior infiltração de Rodriguinho e Emerson Sheik.




Corinthians 2 x 0 Deportivo Lara, pela Libertadores

O próprio Carille ainda reconhece que é preciso evoluir. Mas sabe que isso é muito mais fácil de acontecer quando o time está ganhando...

– São etapas, o bom é que está tendo entendimento entre todos os atletas, com resultados fica mais fácil ajustar como a gente imagina. Classificar é importante, mas antes é preciso jogar bem, ser consistente na parte defensiva e ofensiva – analisou o técnico, após a vitória na Libertadores.



 

Sobre vitória corinthiana na Libertadores da América, Gabriel diz: “Corinthians entrou para vencer desde o início”
Volante também falou sobre Emerson Sheik, autor do primeiro gol na vitória do Corinthians 
por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara (VEN) 

 15/03/2018



© Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Na noite da última quarta-feira (14), na Arena Corinthians, o Corinthians entrou em campo pela segunda rodada do grupo 8 da Conmebol Libertadores da América. O Timão recebeu o Deportivo Lara (VEN), venceu por 2 a 0 e assumiu temporariamente a liderança da chave – Independiente (ARG) e Millonarios (COL) se enfrentam nesta quinta (15). Após o duelo, o volante Gabriel comentou a vitória.

“Corinthians entrou para vencer desde o início, mas as equipes vêm muito fechadas. Teve os pênaltis em Romero e Balbuena. Sabíamos que uma hora ia sair o gol. Foi uma boa partida”, disse o camisa 5 do Timão.

Os gols da vitória corinthiana foram marcados por Emerson e Pernía (contra). Antes de finalizar, Gabriel falou sobre Emerson Sheik.

“Eu só via pela TV e joguei contra pelo Botafogo. Fez um dos gols mais importantes da história do clube. A equipe depende de pessoas assim”, completou.

Próximo jogo na Arena Corinthians

O Corinthians volta a jogar em casa na próxima quinta-feira (22), às 20h, quando enfrenta o Bragantino no segundo – e decisivo – duelo pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Para este jogo, os ingressos estão à venda exclusivamente para os associados do programa Fiel Torcedor no www.fieltorcedor.com.br

Antes de quinta-feira, no entanto, as equipes abrem o confronto neste domingo (18). No estádio do Pacaembu, com mando do Bragantino, os times jogam a partir das 16h. 







Carille aprova futebol doCorinthians e exalta volta de DNA defensivo

Treinador destaca a importância de ter jogadores experientes e vitoriosos no elenco

Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga

15/03/2018 00h50

Autor do gol que abriu caminho para a vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, o atacante Emerson Sheik recebeu diversos elogios do técnico Fábio Carille.



Veja a coletiva de imprensa de Sheik e Carille após a vitória contra o Deportivo Lara

Em entrevista após a partida desta quarta-feira, ao lado do camisa 7, o comandante alvinegro destacou a importância de ter jogadores experientes e vitoriosos no elenco.

– É importante ter jogadores como Ralf e Sheik. Quando pega o time campeão de 2012, só Ralf e Cássio não tinham jogado Libertadores. A gente vê que precisa. O Estudiantes hoje ganhou com dois gols de um veterano. Esse peso é fundamental – disse Carille 



Fábio Carille, técnico do Corinthians, durante o jogo contra o Deportivo Lara (Foto: Marcos Ribolli)

– A gente precisava encorpar nosso time, ter mais respeito. Colocar um Sheik, que integrou o Corinthians campeão da Libertadores  da America e bicampeao do mundo, dá um peso. Quando começou a falar, a gente já acelerou as negociações. Ano passado faltou isso nos momentos em que não conseguimos os resultados. O Jô trouxe um pouco isso, dentro e fora de campo. E o Emerson está trabalhando muito para nos ajudar – completou o treinador.

Carille comemorou o resultado, que garantiu a liderança do grupo 7 da Libertadores. Independiente, da Argentina, e Millonarios, da Colômbia, se enfrentam nesta quinta-feira.


Ele também exaltou o fato de mais uma vez o Timão sair de campo sem sofrer gols:


– É a busca dos dez anos que estou no Corinthians. Estou seguindo a ideia do Corinthians de ter uma defesa sólida. Fomos campeões do mundo tomando quatro gols entre Libertadores e Mundial. Tentei fazer algo diferente no começo, imaginava que a gente sofreria um pouco atrás, mas mudei porque isso não aconteceu. É a volta daquilo que é o DNA do Corinthians.

O treinador lamentou os erros de passes e finalizações e disse que já previa as dificuldades enfrentadas contra o time da Venezuela.

– Tudo que a gente esperava do jogo aconteceu. Gostei mais do nosso primeiro tempo, apesar dos gols no segundo. Faltou caprichar mais no terço final. Chegamos com triangulações e lances individuais com o Clayson, mas não conseguimos terminar bem. Depois do gol, mudou a proposta do adversário, eles tiveram de sair para o jogo. Sabíamos que eles viriam para jogar por uma bola, no contra-ataque. A gente sabia que teria que ter calma, não adiantava acelerar a bola, fizemos o gol no segundo tempo – opinou.

Agora o Corinthians volta suas forças para o Campeonato Paulista. Domingo a equipe enfrenta o Bragantino, no Pacaembu, no duelo de ida das quartas de final da competição.





Corinthians inaugura monumento do centenário do primeiro estádio alvinegro
Ponte Grande foi a casa do Timão de 1918 a 1927, quando a equipe adquiriu o terreno para a construção da Fazendinha


 15/03/2018




Neste sábado (17), completam-se 100 anos da inauguração da Ponte Grande, o primeiro estádio do Corinthians. Para celebrar a histórica data, O Sport Club Corinthians Paulista e o vereador Rodrigo Goulart convidam a Fiel para a inauguração do monumento de Centenário do nosso primeiro estádio, onde hoje está localizado o Centro Esportivo Tietê.

O evento, que contará com a presença de Andrés Sanchez, Edna Murad, e Alexandre Husni, presidente e vice-presidentes do clube, respectivamente, terá início às 10h.

O estádio da Ponte Grande foi inaugurado no dia 17 de março de 1918, em amistoso com a equipe do P. I. Casa alvinegra até 1927, o estádio presenciou grandes conquistas da equipe do Parque São Jorge, como o título estadual do Centenário da Independência do Brasil, em 1922, e a conquista do primeiro tricampeonato paulista da história do clube (1922, 1923 e 1924).

Serviço:

Data: 17 de Março

Horário: 10h

Local: Centro Esportivo Tietê – Av. Santos Dumont n° 843 – Armênia.







Emerson Sheik dá resposta e decide segundo jogo pelo Corinthians

Atacante de 39 anos marcou seu segundo gol após a volta ao Corinthians e recebeu elogios do técnico Fábio Carille e dos companheiros. Ele tem contrato apenas até o fim de junho



Emerson Sheik abriu o placar em Corinthians 2x0 Deportivo Lara (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)
Guilherme Amaro
15/03/2018
08:00

Contratado em janeiro, Emerson Sheik marcou um dos gols da vitória do Timão ontem sobre dep lara, pela lib da america, na Arena Corinthians


- Espero poder dar a resposta a todos vocês jogando, porque é isso que eu gosto de fazer e por isso que vim para cá: para jogar - afirmou o jogador, no dia 19 de janeiro.

Dois meses depois, Emerson Sheik prova em campo que ainda pode ser decisivo para o Corinthians. Ele participou de oito jogos até agora e marcou dois gols. O primeiro: um golaço que deu a vitória corinthiana por 1 a 0 sobre o Mirassol. O segundo: abriu o placar na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara (VEN), pela Libertadores.

Emerson Sheik foi titular contra o Lara substituindo a Jadson, que sentiu dores na coxa direita. E ele brilhou na hora certa. O atacante ajeitou para Romero, foi para a área, recebeu cruzamento e cabeceou com precisão.

Após a partida, Emerson recebeu elogios do técnico Fábio Carille e de todos os companheiros que falaram na zona mista da Arena Corinthians. Os jogadores elogiaram o comportamento do atacante no dia a dia do CT Joaquim Grava.

O próprio Emerson Sheik admite que mudou alguns hábitos e elogiou os profissionais do clube, como a nutricionista Cris e a comissão técnica. O atacante tem adotado o discurso de trabalhar e não pensar na aposentadoria.

- Não acredito mais em jogador predestinado. Um dia já acreditei, hoje não acredito nisso em sorte. Acredito que tem de trabalhar, se cuidar, predestinado talvez, mas hoje acho isso, que você consegue resultados bons - disse Emerson, em entrevista coletiva após a vitória do Timão sobre o Deportivo Lara.

Com novos hábitos e importante para o elenco, Emerson Sheik também dá a resposta dentro de campo. Aos 39 anos, ele ainda consegue ser decisivo para o Corinthians e com contratao até junho dece prorrogá-lo se assim continuar


















Corinthianos Balbuena e Romero não creem em liberação da seleção paraguaia

Dupla foi convocada para amistoso contra Estados Unidos e deve ser desfalque no Corinthians 




Guilherme Amaro e Marcio Porto
15/03/2018
07:30 

Balbuena e Romero devem ser desfalques no Corinthians. A dupla foi convocada pela seleção do Paraguai e vê poucas chances de liberação.   

Fora da Copa do Mundo, o Paraguai fará amistoso contra os Estados Unidos, que também não disputará o Mundial, dia 27 e março, na Carolina do Norte. A partida não tem muito valor, mas ocorrerá em data Fifa.

- Não conversei (com a diretoria do Corinthians), eu só vi coisas no Instagram que eles iam falar sobre uma possível liberação, mas acho que é muito difícil, é data Fifa. Vejo essa possibilidade muito difícil, mas vamos ver como acaba essa história. Não é uma decisão do jogador, passa mais pela seleção. Se a seleção mandou a convocação, como é data Fifa, dificulta a desconvocação. Vamos ver como acaba. Até onde sei vamos ter que ir - afirmou Balbuena.

- Então, a gente quer o melhor para o Corinthians e para nós jogadores. É importante a primeira convocação da seleção com o treinador novo. Ele chamou os jogadores que vão ser escolhidos para a próxima Eliminatória, para a Copa América também. Mas se o Corinthians e a seleção decidirem para eu ficar, eu gostaria também de ficar. Ajudar meu time aqui, se Deus quiser jogar os dois jogos da semifinal. Vamos ver o que eles decidem. O treinador (Gustavo Morínigo, da seleção paraguaia) estava aqui, tomara que eles tenham conseguido conversar para resolver esse problema. Falei com ele antes do jogo, mas não falei sobre isso. Ele veio para assistir à partida com o presidente da APF (Federação Paraguaia), o filho operou uma perna e estava aqui, e ele veio no jogo - disse Romero.  


Também por convocação, o Corinthians não terá o lateral-direito Fagner, que  voltou a ser chamado para a Seleção Brasileira e não atua no segundo jogo contra o Bragantino, pelas quartas de final, além de uma possível semifinal.












Cássio sobre dores durante jogo do Corinthians e diz: "Vou ser reavaliado"

Goleiro comenta também sobre o fato de ter ficado fora da seleção brasileira

Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga

15/03/2018 01h32

Cássio deu um susto no jogo desta quarta-feira, contra o Deportivo Lara, da Venezuela, em partida válida pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O goleiro do Corinthians se chocou com um adversário, sentiu a região do quadril, foi atendido várias vezes em campo e deixou o reserva Caíque em alerta. 


Depois do jogo, realizado em Itaquera, o jogador disse que será reavaliado nesta quinta-feira. O próximo duelo do Corinthians será no domingo, contra o Bragantino, às 16h, no Pacaembu, pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. 


– Eu me choquei na hora que saí do gol. Ficou dolorido o quadril para bater tiro de meta. Estou com um pouco de dor, fiz gelo. Podia ter saído, mas é difícil também colocar o Caíque num jogo assim, entrar no decorrer do jogo. Fiz tratamento, fui medicado e amanhã vou ser reavaliado, mas foi mais a pancada do jogo. É uma área ruim, que fica dolorida, mas não devo ser problema – afirmou. 



Cássio recebe atendimento durante a partida na Arena Corinthians (Foto: Bruno Riganti/Framephoto/ Conteúdo) 

Sobre ter ficado fora da última convocação da seleção brasileira antes da lista final para a Copa do Mundo da Rússia, Cássio não demonstrou abatimento. Aos 30 anos, o jogador não foi chamado para participar dos amistosos contra Rússia e Alemanha. Mas ele mantém esperanças. 

– Normal, às vezes a gente é convocado, às vezes não é. É continuar o trabalho. Venho tendo um bom início de temporada, a gente vem de um gol (sofrido) nos últimos seis jogos, a equipe tem um padrão (...) Tenho muito respeito aos convocados. É opção do Tite, do treinador – disse, na zona mista. 

O único jogador do Corinthians chamado para os amistosos foi o lateral-direito Fagner. O goleiro condenou aqueles que rotulam o jogador do Corinthians como um atleta maldoso. 

– Fiquei feliz pelo Fagner. É um cara que algumas pessoas vinham pegando pesado com ele, dizendo que ele é um jogador maldoso. Muito pelo contrário. Ele chega firme e, infelizmente, às vezes acaba tendo algum problema, alguma lesão, mas ele não é maldoso, para mim é referência como pessoa e como atleta. Fiquei feliz, ele vem trabalhando bem e merece. Comigo, o que pode me levar à Seleção é meu trabalho no Corinthians. A próxima já é Copa – destacou o jogador.










No Corinthians, Cássio tranquiliza sobre pancada e não se abala com ausência na Seleção: 'É normal'

Goleiro sofreu choque no quadril e teve de receber atendimento médico, mas diz que não deve ser desfalque no Corinthians. Ele não foi convocado para a Seleção Brasileira



Cássio em ação pelo Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)

Guilherme Amaro e Marcio Porto
15/03/2018
01:12

Após choque durante a vitória do Timão sobre Deportivo Lara e receber atendimento médico, o goleiro Cássio disse que não deve ser desfalque no Corinthians para as próximas partidas. Ele afirmou que já fez tratamento, está com o quadril dolorido e será reavaliado nesta quinta-feira. 

- Estou com um pouco de dor ainda. Eu poderia ter saído, mas é difícil colocar o Caíque (França, goleiro reserva) em um jogo assim, entrar durante o jogo. Já fiz tratamento, fui medicado, amanhã vou ser reavaliado, mas acho que é mais a pancada do jogo. É uma área ruim, fica um pouco dolorido, mas acredito que não seja problema. Acabei me chocando na hora que saí do gol, foi um choque no quadril, no osso, ficou dolorido, ficou um pouco difícil para fazer alguns movimentos, mas consegui ir até o final - afirmou Cássio, após a vitória por 2 a 0 do Timão, pelo segundo jogo da Libertadores da América