3 de mar de 2018

CORINTHIANS 03/03/2018


Corinthians joga amanhã contra stos no Pacaembu como visitante
Times se enfrentam neste domingo, às 17h, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista 2018


LANCE!

3 MAR2018
15h08

O Corinthians visita rival  neste domingo, às 17h, na casa alugada do Pacaembu, pela décima rodada do Campeonato Paulista.
 Carille não terá Marquinhos Gabriel à disposição, machucado.


Veja mais informações sobre o jogo:

pré jogo equipes prováveis
stos x CORINTHIANS

Paulistão 2018 4/3/18 domingo
Local: Estádio Pacaembu 17h
arb Luiz Flavio de Oliveira, Tatiane Sacilotti Camargo e Evandro de Melo Lima

stos: Vanderlei; DGuedes, L Veríssimo, D Braz e Jean Mota; Alison; Renato, Vecchio, Copete, A Gomes (Rodrygo); E Sasha. Técnico: JVentura.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel, Renê Júnior; Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson. Técnico: Fabio Carille

Desfalques: Marquinhos Gabriel
Pendurados: Fagner, Camacho, Júnior Dutra, Gabriel e Jadson








Corinthians estreia na Liga Ouro de basquete masculino com vitória dramática sobre Unifacisa

3 de Março de 2018 
Por Liga Nacional de Basquete 


Gustavinho Lima converte arremesso decisivo nos segundos finais, e Corinthians estreia na Liga Ouro com vitória dramática sobre Unifacisa

Pode comemorar, torcedor: o Corinthians estreou na Liga Ouro 2018 em grandíssimo estilo. Mesmo diante de uma linda festa na Arena Unifacisa, em Campina Grande (PB), a equipe alvinegra reverteu um cenário adverso nos minutos finais e contou com arremesso decisivo de Gustavinho Lima para levar a melhor sobre a Unifacisa, neste sábado, pelo placar de 63 a 62.

Herói do Timão: Quando o placar apontava 62 a 60 para a Unifacisa, o experiente armador Gustavinho chamou a responsabilidade na última posse, converteu uma decisiva bola de 3 pontos a seis segundos do fim e deu a vitória ao Corinthians. Ao todo, o novo camisa 10 do Timão deixou a quadra com 12 pontos (2/3 nas bolas de 3), quatro assistências e com o posto de grande herói da partida.

Garotos eficientes: Outros que se sobressaíram pela equipe corinthiana foram os jovens alas/armadores Humberto Gomes, de 23 anos, e Gemadinha, de 20. O primeiro foi o cestinha da partida, com 15 pontos, além de cinco rebotes. Enquanto isso, o segundo, saiu do banco e registrou 13 pontos (4/7 nos arremessos de quadra).

Fala aí, comandante: “Foi um jogo entre duas grandes equipes. Soubemos controlar a ansiedade nos momentos decisivos e isso foi importante. As coisas não funcionaram como a gente queria, mas foi um grande jogo para quem veio aqui ou quem assistiu de casa. Ficamos felizes em ver um centro tão organizado, mesmo sendo fora de casa Agradecemos muito a receptividade aqui em Campina Grande, que foi muito bacana”, declarou Bruno Savignani, técnico do Corinthians.

metade do segundo quarto. A partir daí, o Corinthians passou à frente e segurou a vantagem até os primeiros minutos do último quarto, quando, depois de muito pressionar, o time da casa conseguiu a virada.

A bola da vitória: O Corinthians correu atrás do prejuízo, reduziu a diferença para um ponto com bola de 3 de Gemadinha e colocou fogo no jogo (61 a 60). Depois de lance livre da Unifacisa, a diferença subiu para dois pontos (62 a 60). Foi aí que, em sua última posse, a equipe paulista contou com arremesso decisivo de 3 pontos de Gustavinho a seis segundos do fim para virar a partida (63 a 62) e vencer de maneira dramática.

E agora: O Corinthians partirá para o Estado do Rio de Janeiro, onde medirá forças com o Macaé Basquete, na terça-feira (06/03), no Ginásio Juquinha, às 19h30.





De forma emocionante, Corinthians vence com cesta no fim na estreia na Liga Ouro
De forma emocionante, Corinthians vence com cesta no fim na estreia na Liga Ouro

- 03/03/2018



Foto: Corinthians
Foi emocionante e sofrido, ao melhor estilo alvinegro, mas o Corinthians venceu a UniFACISA-PB por 63 a 62 na estreia na Liga Ouro de Basquete Masculino, divisão de acesso ao NBB, o principal torneio da modalidade no país. Jogando fora de casa, em Campina Grande-PB, o Timão saiu atrás no placar, virou a partida, voltou a estar perdendo faltando poucos minutos para o fim, mas reagiu e ganhou com uma cesta de três pontos do armador Gustavinho faltando seis segundos para acabar a partida. O ala-armador Humberto foi o cestinha do duelo com 15 pontos.

Para a estreia na Liga Ouro, o técnico Bruno Savignani escalou a equipe titular do Corinthians com o armador Gustavinho, o ala-armador Humberto, o ala Schneider, o ala-pivô Bruno e o pivô Abner. O elenco alvinegro foi completado pelos armadores Gemadinha e Nicolas; alas Aquiles e Robinho; ala-pivô Douglas; e pivôs Wagner e Pedro.

No primeiro quarto, o Corinthians teve de jogar segurando a pressão dos donos da casa e sempre atrás no placar, mas evitando que a UniFACISA abrisse uma larga vantagem. O placar chegou a estar 17 a 10 para a equipe paraibana, mas o Timão buscou a reação nos minutos finais e fechou os primeiros 10 minutos perdendo apenas por dois pontos (15 x 17). Destaque para Humberto, autor de sete pontos, dois rebotes e duas assistências.

O cenário mudou de figura no segundo quarto. Com pouco mais de dois minutos, o Corinthians reagiu novamente e empatou a partida (19 x 19). Após um lance livre convertido da UniFACISA, o Timão virou o placar com uma cesta de três pontos de Gustavinho e assumiu o controle do jogo, terminando o primeiro tempo na frente com seis de vantagem (32 x 26). Gemadinha repetiu o desempenho de Humberto no período anterior e fez sete pontos no quarto.

Já no terceiro período, o Corinthians manteve-se na liderança do placar, mas enfrentando a reação da equipe paraibana. A vantagem alvinegra chegou a oito pontos (37 x 29), mas os donos da casa conseguiram reduzir a apenas um (38 x 37). No fim do quarto, o Timão vencia por três (46 x 43).

Em um jogo tão equilibrado, o último quarto tinha de ser muito emocionante. A UniFACISA reverteu o quadro dos períodos anteriores e voltou a ficar na frente no placar. O Corinthians se manteve próximo no marcador até o minuto final, quando a equipe paraibana conseguiu uma vantagem de cinco pontos (56 x 61) que parecia decretar o desfecho da partida. Mas o Timão não se rendeu.

Após Wagner acertar um lance livre e errar o outro, o Corinthians pegou o rebote ofensivo. Em seguida, Gemadinha acertou uma cesta de três, diminuindo a desvantagem para apenas um ponto (60 x 61) com 23 segundos para o fim. Depois de sofrer falta, a UniFACISA só converteu um lance livre (60 x 62) e o Timão teve tempo de sobra na posse de bola para trabalhar a jogada. Gustavinho assumiu a responsabilidade e mandou um arremesso certeiro da linha dos três, virando o jogo faltando seis segundos para acabar o confronto. Os donos da casa ainda tentaram pela última vez, sem sucesso, decretando a primeira vitória corinthiana na Liga Ouro, na reestreia do basquete masculino alvinegro após 22 anos de ausência.

Próximo confronto

O próximo desafio do Corinthians na Liga Ouro de Basquete Masculino será já nesta terça-feira (06), novamente fora de casa. Em Macaé-RJ, o Timão enfrenta o Macaé Basquete-RJ, a partir das 19h30.










Corinthians escalado com mesmo time que venceu derby


Por GloboEsporte.com
03/03/2018 11h42

O Corinthians está escalado com apenas uma mudança feita 
 pelo técnico Fábio Carille para este domingo, contra stos, que alugará o Pacaembu, pelo Campeonato Paulista, as 17h. Rodriguinho retorna ao time. Mateus Vital volta a ser opção.

A escalação do Corinthians é a seguinte: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel, Renê Júnior, Rodriguinho e Jadson; Clayson e Romero.


Rodriguinho em treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

Com a confirmação do treinador, o Timão repete a formação sem centroavante que venceu e convenceu o arquirrival por 2x0, no último sábado, na Arena Corinthians. O volante Maycon continua improvisado como lateral esquerdo, enquanto Renê Júnior reforma a marcação no meio.

O técnico Fábio Carille comandou neste sábado pela manhã um treino de posicionamento no CT Joaquim Grava. A imprensa pôde acompanhar os primeiros 15 minutos de aquecimento e viu da sala de entrevistas a movimentação em um dos campos.

O elenco está concentrado no CT Joaquim Grava e só deixa o local para se dirigir ao Pacaembu na tarde de domingo. 










Corinthians escalado com mesmo time que venceu derby Rodriguinho volta. Volante Ralf a disposição entre reservas pode reestrear


O Corinthians treinou hoje e está escalado para amanhã atuar como visitante no Pacaembu, alugado pelo stos. Anovidade natural da equipe é o meia Rodriguinho, que teve de cumprir suspensão frente ao Millonarios. Contando com o armador, destaque da vitória do Timão por 2x0 no Derby, o comandante resolveu manter justamente os 11 titulares desta vitória. O Timão vai a campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Maycon; Gabriel e Renê Júnior; Rodriguinho, Jadson, Romero e Clayson.




O volante Ralf, ídolo da torcida do Corinthians pela passagem entre 2010 e 2015 pelo clube, ficará a disposição entre reservas e pode fazer sua reestreia neste domingo, contra stos, no estádio do Pacaembu, às 17h (de Brasília), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador foi relacionado pela primeira vez pelo técnico Fábio Carille desde o seu retorno e poderá ser utilizado no decorrer do clássico contra o rival

Multi-campeão pelo clube, o agora camisa 15 já havia alertado que não precisaria de muito tempo para entrar em forma, colocando-se à disposição. Aos 33 anos, Ralf passou as últimas duas temporadas atuando pelo Beijing Guoan, da China, e, atualmente, é o reserva imediato de Gabriel.
Outro nome que poderia aparecer pela primeira vez numa lista para jogos oficiais era o do lateral esquerdo Sidcley, contratado há uma semana em negócio que envolveu a ida de Camacho para o Atlético-PR. O jogador, porém, vai esperar mais um pouco até ser aproveitado. Já o atacante Kazim, que perdeu muito espaço recentemente e está até fora da lista de inscritos para a Libertadores, ficará no banco.

As ausências ficam por conta do meia Marquinhos Gabriel, que se recupera de lesão no ligamento colateral medial do joelho direito, e do zagueiro Léo, por opção. O zagueiro Marllon e o atacante Matheus Matias, ambos também contratados recentemente, não estão disponíveis para a primeira fase do Estadual.








Corinthians tem 23 jogadores relacionados por Carille:
Goleiros: Cássio e Caíque
Laterais: Fagner, Mantuan
Lateral esquerdo: Maycon, Juninho Capixaba
Zagueiros: Balbuena, Henrique e Pedro Henrique
Volantes: Gabriel, Renê Júnior e Ralf
Meias: Jadson, Rodriguinho, Mateus Vital e Pedrinho
Atacantes: Clayson, Romero, Júnior Dutra, Emerson Sheik, Danilo, Lucca e Kazim







Ralf relembra vitória do Corinthians em 1º jogo de final 2013 sobre stos em último encontro Pacaembu

O volante Ralf, que volta a ser relacionado para uma partida no clássico deste domingo, contra stos, no estádio do Pacaembu, às 17h, pelo Campeonato Paulista, esteve em campo no último embate entre as equipes disputado no campo municipal paulistano. Contente pelo retorno, o meio-campista relembrou da partida no dia 12 de maio de 2013, quando o Timão venceu por 2 a 1 com gols de Paulo André e Paulinho, na final do Campeonato Paulista.

Na lembrança, ele traz, além da vitória, a recordação de ter estado com companheiros que pôde reencontrar em seu retorno ao clube. Cássio, Danilo e Emerson Sheik também fizeram parte do time que venceu o último clássico no Pacaembu e encaminharam o título estadual naquela ocasião, confirmado uma semana depois com empate por 1 a 1 fora de casa

“É de suma importância reencontrar esses companheiros. Quando se trata de clássico, é um campeonato à parte. Rever os meus amigos que foram campeões mundiais comigo me deixa muito feliz e motivado, fora os outros jogadores que chegaram depois e somam bastante ao grupo”, comentou Ralf ao site oficial do clube.

Campeão paulista, bicampeão brasileiro, campeão da Libertadores, do Mundial de Clubes e da Recopa Sul-Americana pelo Timão, o volante corintiano, hoje primeiro reserva de Gabriel no setor, ainda relembrou de outros duelos marcantes frente ao rival.

“O clássico contra stos na Libertadores foi importante (vitória do Corinthians na semifinal da Libertadores de 2012), quando fiz gol contra eles no Pacaembu também marcou bastante (Cornthians venceu por 4 x 2 no Brasileiro de 2010). Jogos contra stos são marcantes. Era sempre um confronto direto e difícil. Respeitamos a equipe deles e faremos um bom jogo no domingo”, pontuou.

Depois de algumas semanas de treinos intensivos na academia do CT Dr. Joaquim Grava, Ralf cumpriu o que havia falado na sua apresentação e colocou-se à disposição do técnico Fábio Carille. Apesar de toda a experiência, o volante campeão mundial sente a mesma ansiedade de sua primeira passagem pelo Corinthians.

“É como se fosse minha primeira passagem. A partir do momento que não tiver esse frio na barriga, tem que parar de jogar. Isso eu aprendi com Ronaldo. Estou muito motivado para voltar e poder ajudar o professor e os companheiros”, completou.




recordar:
Publicado em 4 de mar de 2017


CORINTHIANS 1 X 0 s7os
Paulistão 2017- 7º rodada
Local: Arena Corinthians
Data/ Hora: 04/03/17, às 18h30
Arb: Leandro Bizzio Marinho, Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Daniel Paulo Ziolli
Público/ Renda: 36.378 total (36.111 pagantes 267 nao pag)/ R$ 1.991.856,80
Cartões amarelos: Gabriel, Jadson, Rodriguinho, Pablo (COR); Vladimir (s)
Gol: Jô, aos 2'/2T (1-0)

CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Pablo e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel; 22-Maycon, 77-Jadson, 26-Rodriguinho (17-Giovanni Augusto, aos 39'/2T) e 11-Romero (37-Léo Jabá, aos 26'/2T); 7-Jô (18-Kazim, aos 29'/2T). Técnico: Fábio Carille. + 40-Caique, 2-Léo Príncipe, 34-Pedro Henrique, 15-Vilson, 6-Moisés, 21-Fellipe Bastos, 28-Paulo Roberto, 29-Camacho, 8-Marlone

s7os:12Vladimir; 4V Ferraz, 28L Veríssimo, 31Cleber e 37Zeca; 25Yuri (17R. Longuine, aos 17'/2T), 100Thiago Maia e 7V Bueno; 27B Henrique, 36Copete (22Rodrigão, aos 30'/2T) e 18Kayke (26Thiago Ribeiro, aos 17'/2T). Técnico: D. Jr +34-JP, 14-. Braz, 32-Nogueira, 13-MRibeiro 8-Renato, 30-L. Donizete, 39-Jean Mota, 23M. oliveira 21 A. Gomes




Categoria




Corinthians joga clássico alvinegro domingo, confira curiosidades

Neste domingo (04), a partir das 17h, o Corinthians entra em campo pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de 2018. Como visitante, o Timão enfrenta stos no estádio alugado pelo 3º rival do Timão, o Pacaembu. Confira 10 informações e curiosidades do confronto:

– Apenas dois dias após a disputa do clássico deste domingo, uma das vitórias mais marcantes do Timão completará exatos 50 anos: em 06 de março de 1968, o Corinthians ganhou por 2 a 0, com gols de Paulo Borges e Flávio, e encerrou  tabu no Campeonato Paulista;

– Este é o clássico disputado há mais tempo entre os clubes paulistas. No total, os times já se enfrentaram em 327 oportunidades, com retrospecto favorável ao Timão: 130 vitórias, 92 empates, 105 derrotas, 580 gols marcados e 502 sofridos;

– Como visitante, o Corinthians já jogou o clássico alvimegro no Pacaembu em 17 oportunidades. A última partida nesta condição foi disputada no dia 16 de novembro de 1994, pelo Campeonato Brasileiro, e terminou com vitória corinthiana de 2 a 1, com gols de Marques e Tupãzinho;

– Se fizer gol no clássico deste domingo, o Corinthians chegará a 150 sobre stos em jogos disputados no Pacaembu. Como mandante e como visitante, o Timão enfrentou a equipe santista no estádio 95 vezes e soma 36 vitórias, 32 empates, 27 derrotas, 149 gols a favor e 132 contra;

– A última vez que as equipes se enfrentaram no Pacaembu foi há quase cinco anos. No dia 12 de maio de 2013, pela primeira partida da final do Campeonato Paulista, o Timão venceu por 2 a 1, com gols de Paulinho e Paulo André; Depois o Corinthians foi campeão na casa rival

– Do atual elenco do Corinthians, Ralf foi quem mais vestiu o manto alvinegro em clássicos alvinegros: 22 vezes. O segundo da lista é o goleiro Cássio, com 20 jogos; e o terceiro é o meia Danilo, com 19;

– No dia 04 de março, Corinthians  já se enfrentou o rival duas vezes. A mais recente aconteceu no ano passado, quando o Corinthians venceu por 1 a 0, com gol de Jô.

– O sexto maior público de um jogo do Corinthians como mandante aconteceu em um clássico alvinegros. No dia 29 de maio de 1977, em jogo válido pelo Campeonato Paulista, 117.676 pagantes acompanharam a goleada corinthiana por 4 x0;


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.












Aproveitamento do Corinthians contra rivais paulistas sob comando do tecnico Fabio Carille
Carille nos 13 primeiros clássicos (2017-2018)
9 vitórias
3 empates
1 derrota
21 gols pró
10 gols contra
Aproveitamento: 76,9%





Corinthians hoje Sábado 03/03: treino 10h