27 de jan de 2018

CORINTHIANS 27/01/2018








CORINTHIANS 2 X 1 sp
Paulistao 5ª rodada
Local: Pacaembu,
Data: 27/1/2018 sab 17h
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Daniel Paulo Ziolli e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público e renda: 34.358 total (31.972 pagantes 2.386 nao pag / R$ 1.278.027,50
Cartões amarelos: Gabriel, Romero, Júnior Dutra e Jadson (COR); Jucilei, Petros e Diego Souza sp
Cartões vermelhos: -
Gols: Jadson, aos 1'/1ºT (1-0); Brenner, aos 25'/1ºT (1-1); Balbuena, aos 32'/1ºT (2-1)i

CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena, 34-Pedro Henrique e 6-Juninho Capixaba (13-Guilherme Romão, aos 42'2ºT); 5-Gabriel; 26-Rodriguinho (8-Maycon, aos 35'/2ºT), 11-Romero, 10-Jadson e 25-Clayson; 18-Kazim (19-Júnior Dutra, aos 15'/2ºT). Técnico: Fábio Carille + 1-Caique, 14-Léo, 33-Yago 16-Mantuan, 29-Camacho, 22-Mateus Vital, 31-Marquinhos Gabriel, 20-Danilo, 30-Lucca    

sp: 12Sidão, 13Militão, 3R Caio, 4A Martins e 16Edimar (14Reinaldo, aos 34'/2ºT); 8-Jucilei, 6-Petros e 20Shaylon (26P Boia, aos 30'/2ºT); 23Marcos Guilherme, 30Brenner (36Caíque, aos 13'/2ºT) e 9Diego Souza. Técnico: D Júnior + 1Jean, 34B Alves, 2Bruno, 11 L Fernandes, 25Hudson 28araruna 29 Bissoli 32Aderlan 39pedro





























Juninho Capixaba ganhou elogios e broncas em vitória do Corinthians

Técnico Fábio Carille defendeu o lateral-esquerdo, mas disse que ele precisa melhorar
  Por Bruno Cassucci
27/01/2018 20h45

Contratado por cerca de R$ 6 milhões do Bahia, Juninho Capixaba tem pouco menos de um mês no Corinthians. Carille acredita que com o tempo pode orientar melhor o atleta no posicionamento defensivo. O técnico costuma fazer treinos específicos com os atletas de defesa, mas teve pouco tempo para estes trabalhos no início desta temporada. 

– Eu acompanho Juninho há muito tempo e sei que ele precisa melhorar no setor (defensivo). Ele tem coragem, gosta de aprender, está sempre procurando saber o que fazer de melhorar. Ele vai melhorar, essa semana vai ser muito importante para ele – comentou Fabio
Juninho Capixaba ouviu elogios, críticas, palavras de apoio e até uma orientação mais áspera do goleiro Cássio.

Tudo isso porque Juninho Capixaba teve boa atuação ofensiva na vitória do Timão por 2 a 1 no majestoso, participou da triangulação do primeiro go, mas apresentou falhas na marcação, inclusive no lance em que o rival balançou as redes.
O técnico Fábio Carille destacou os pontos positivos do seu camisa 6 e disse que irá usar a semana livre, sem jogos, para corrigir os defeitos do lateral.



Juninho Capixaba, lateral do Corinthians, na marcação  (Foto: Marcos Riboli) 









Atuações do Corinthians: Jadson se destaca outra vez; Kazim rende pouco

Meio-campista foi o melhor do Timão na vitória no majestoso

Por Bruno Cassucci

27/01/2018 19h03 

Jadson  
Mais uma grande partida do camisa 10, que inicia muito bem 2018 (já são três gols e duas assistências). Além de ter aberto o placar, distribuiu bons passes e ajudou a fechar espaços na marcação. Cansou no segundo tempo. Nota: 7,5


Juninho Capixaba
Alternou bons e maus momentos. Apoiou com qualidade, tendo participado da jogada do primeiro gol, mas deixou espaço às costas em alguns lances. Mesmo assim, supera as expectativas neste primeiro mês no clube. Tem potencial para crescer com Carille. Nota: 6


Kazim
Bancado como titular,Apareceu pouquíssimo e se enrolou quando teve a bola. Se esforça muitoNota: 5




Corinthians antes da vitória no majestoso (Foto: Marcos Ribolli) 

Veja as notas dos jogadores do Corinthians:


Cássio [GOL]: 6
Fagner [LAD]: 6
Balbuena [ZAG]: 7
Pedro Henrique [ZAG]: 6,5
Juninho Capixaba [LAE]: 6
(Guilherme Romão [LAE]): sem nota
Gabriel [VOL]: 6,5
Rodriguinho [MEC]: 6,5
(Maycon [MEC]): 6
Jadson [MEC]: 7,5
Romero [ATA]: 6,5
Clayson [ATA]: 6,5
Kazim [ATA]: 5
(Júnior Dutra [ATA]): 6













Vantagem corinthiana no Pacaembu
Com a vitória sobre neste sábado (27), o Corinthians voltou a ficar na frente do adversário no número de vitórias em Majestosos no Pacaembu

27/01/2018




Neste sábado (27), o Corinthians venceu o majestoso pela quarta rodada do Campeonato Paulista 2018. No Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, Jadson e Balbuena anotaram os gols que deram a vitória ao Timão pelo placar de 2 a 1. Foi a 51ª vitória alvinegra sobre o rival no Pacaembu.

O clássico, primeiro do Corinthians e também do Paulistão na temporada, foi o de número 136 no estádio da Zona Oeste. Com o resultado favorável, o Timão desempatou o número de vitórias para cada lado. Agora, são 51 a favor e 50 contra. Sobram 35 empates. Nos gols anotados, também há vantagem corinthiana. São 220 tentos anotados contra 217 sofridos.

A vitória também manteve a superioridade do clube do Parque São Jorge na história de todos Majestosos. São agora 126 vitórias corinthianas contra 102. Pelo Campeonato Paulista, sem novidades, 64 triunfos do Alvinegro contra 57.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.





Corinthiano atacante Clayson: “Vencer um clássico sempre é bom”
Camisa 25 teve grande atuação no Majestoso, cobrando o escanteio que rendeu o gol da vitória, anotado por Balbuena - 27/01/2018




Na tarde deste sábado (27), o Corinthians venceu sua terceira partida consecutiva. No Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Timão disputou o primeiro clássico do Paulistão e o seu primeiro do ano também. No Pacaembu, o Majestoso acabou com a vitória corinthiana por 2 a 1. Jadson e Balbuena anotaram os gols do Alvinegro.

Titular durante os 90 minutos de jogo, Clayson desenvolveu papel essencial na ala corinthiana. Com velocidade, criou jogadas e importunou a zaga adversária. Quando o jogo estava empatado, cobrou o escanteio na cabeça de Balbuena, que deixou o Timão novamente na frente. “O mais importante foi a vitória. Vencer um clássico sempre é bom, nos dá moral para o restante do campeonato”, disse.

Com o placar de 2 a 1 na volta dos vestiários, a equipe tricolor veio para cima do clube do Parque São Jorge. Entretanto, sem sucesso. Para Clayson, a atuação corinthiana foi eficiente defensivamente, apesar de, no ataque, não conseguir ampliar o placar.

“Acho que é normal sofrermos pressão no segundo tempo, viramos o primeiro tempo com o placar na frente e eles certamente viriam para cima. Marcamos certinho atrás da linha da bola e conseguimos contra atacar com velocidade, criar algumas oportunidades, mas não conseguimos ampliar”, concluiu o camisa 25.














Herói de vitória corinthiana no Majestoso, Balbuena diz que deve renovar com o Corinthians

Clube ofereceu mais quatro anos de contrato ao zagueiro paraguaio no fim do ano passado, mas ainda não definiu sua permanência. Ele diz que não tem ofertas de outros clubes


Balbuena marcou o gol da vitória do Corinthians neste sábado - FOTO: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians
LANCE!   
27/01/2018
20:26

O zagueiro Balbuena, autor do gol da vitória do Corinthians no clássico deste sábado, deu uma boa notícia para a torcida alvinegra depois do jogo: disse que não tem ofertas de outros clubes e que deve renovar seu contrato, que vence no fim deste ano. As negociações se arrastam desde o ano passado.

- Acho que vai ser isso (ficar). Só vou esperar meu empresário chegar para conversar. Eu não tenho proposta de nenhum outro lugar. Se tivesse, o Corinthians saberia. O Corinthians também não recebeu nada. Então é só acertar algumas coisas da renovação - disse o paraguaio.

No ano passado, o Corinthians ofereceu mais quatro anos de contrato a Balbuena, mas a renovação não saiu. Mantê-lo é uma das prioridades da diretoria neste início de temporada.

O defensor foi titular nos quatro jogos do Corinthians em 2018. Além de marcar no clássico, deixou seu gol na vitória sobre a Ferroviária no meio da semana. 





“Balanço geral foi positivo”, afirma Balbuena
Autor do gol da vitória cornthiana, o zagueiro balançou as redes nos últimos dois confrontos do Alvinegro 27/01/2018




Na tarde deste sábado (27), o Corinthians venceu seu primeiro clássico do ano. No Pacaembu, venceu o majestoso por 2 a 1. O Majestoso aconteceu em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista 2018 e contou com os gols dos corinthianos Jadson e Balbuena. 

Autor do gol de empate na última vitória corinthiana, no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, contra a Ferroviária, Balbuena foi novamente decisivo. Com o placar empatado por 1 a 1 ainda na primeira etapa, o paraguaio subiu bem em escanteio cobrado por Clayson e marcou o gol da vitória.

“Tento sempre ajudar a equipe. Quando vou para a área adversária quero fazer o gol e hoje tive a sorte de conseguir fazer um. O mais importante é o Corinthians ganhar, independente de quem faz o gol”, afirmou Balbuena após o apito final.

O zagueirão também deu sua impressão geral sobre o primeiro clássico do Timão na temporada e também o primeiro do Paulistão 2018. “Balanço geral foi positivo. Nossa forma de jogar em ambos os tempos foi boa. No segundo tempo não ficamos muito com a bola, mas é mérito do rival. O comportamento da equipe para manter a diferença até o final foi importante”, concluiu.
















Carille comemora vitória do Corinthians, mas diz: "Temos muito a melhorar" 

Técnico elogia desempenho de Jadson e Rodriguinho e explica Kazim como titular hoje
Por Bruno Cassucci

27/01/2018 19h48
O técnico Fábio Carille optou por controlar a euforia pela vitória do Corinthians por 2 a 1 no majestoso, neste sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista. O treinador entende que o Timão precisa evoluir bastante ainda neste início de temporada. 

– Vitória é sempre importante, mas temos muito a melhorar. Ainda é o início. Com vitória as coisas ficam mais fáceis. Tanto eu quanto a comissão temos de saber que podemos melhorar. A vitória pode esconder muita coisa. Temos muito a trabalhar – afirmou o treinador. 


Fabio Carille durante vitória do Corinthians no majestoso Foto: Marcos Ribolli) 


Se a defesa falhou em alguns momentos, principalmente na marcação com o lateral-esquerdo Juninho Capixaba, o Timão teve como destaque o desempenho dos meias Rodriguinho e Jadson, atuando mais próximos do que na temporada passada. 

– Gostei muito, um procurando o outro. Conseguimos ser superiores por isso, ficou até bonito em alguns momentos. Mas, para jogar com dois meias, temos de ficar com a bola. No segundo tempo, não conseguimos. É o que vou procurar melhorar, para que a bola chegue com qualidade nos pés do Jadson e do Rodriguinho – explicou. 



Fábio Carille fala sobre a vitória do Corinthians


Carille revelou também os motivos por ter escolhido Kazim para ser o centroavante titular neste sábado. A expectativa da torcida era pela entrada de Júnior Dutra na posição, mas o jogador não tinha condições de atuar toda a partida. 

– Conversei com todos os jogadores, conversei muito com Júnior Dutra. Ele mesmo falou que não suportaria os 90 minutos. O que é melhor? Ele no começo ou no fim da partida? É um mistério. Precisamos ver o que é melhor. Então, optei pelo Kazim porque depois poderia terminar com o Júnior.










Carille valoriza vitória do Corinthians, mas espera mais trabalho
Treinador conduziu o Alvinegro em uma sequência de três vitórias e agora terá uma semana livre para trabalhar o elenco

- 27/01/2018





Na tarde deste sábado (27), o Corinthians venceu o Majestoso por 2 a 1 no Pacaembu. O confronto, válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista de 2018, marcou a terceira vitória seguida do Timão no ano. Jadson e Balbuena anotaram os gols da vitória.

Após o apito final, o treinador corinthiano, Fábio Carille, concedeu entrevista coletiva aos jornalistas no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho. Depois da sequência de vitórias, o técnico terá uma semana livre antes do próximo confronto.

“Vitória é sempre importante, mas ainda é o início. Com vitória as coisas ficam mais fáceis. Tanto eu quanto a comissão temos de saber que podemos melhorar. A vitória pode esconder muita coisa. Temos muito a trabalhar”, disse Carille.

No primeiro clássico do ano, que também foi o primeiro do Paulistão, o Alvinegro saiu na frente logo no primeiro minuto com gol de Jadson. Depois de sofrer o empate, ainda na primeira etapa, o Timão conseguiu balançar as redes com Balbuena antes do intervalo e sacramentar o resultado.

“Parabenizei todo mundo, sabendo que temos de melhorar. Temos jogo-treino contra o Nacional, vamos colocar Emerson, Danilo… É uma semana para colocar minhas ideias. Não tivemos os jogadores em uma parte física melhor. Essa semana vai ser de muito proveito”, afirmou Fábio.

Próximo confronto: No domingo (04), o Corinthians entra em campo novamente pelo Campeonato Paulista 2018. Pela quinta rodada da competição estadual, o Alvinegro enfrenta o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, às 19h30, em Novo Horizonte. 








Carille elogia dupla de meias e diz que Corinthians tem muito a crescer

Técnico analisou a vitória do Timão no majestoso neste sábado com otimismo e pés no chão. Ele exaltou o desempenho de Jadson e Rodriguinho, destaques no clássico no Pacaembu



Jadson comemora o gol que abriu caminho para a vitória do Corinthians: (Foto: Luis Moura/WPP) 
Marcio Porto
27/01/2018 
20:15


O técnico Fábio Carille elogiou muito a atuação de sua dupla de meias no clássico que o  Corinthians venceu sp neste sábado no Pacaembu. Rodriguinho e Jadson comandaram a vitória por 2 a 1 e criaram a jogada do primeiro gol, com o camisa 10 marcando após assistência do número 26.

- Gostei muito, um procurando o outro. Conseguimos ser superiores por isso, ficou até bonito em alguns momentos. Mas, para jogar com dois meias, temos de ficar com a bola. No segundo tempo, não conseguimos. É o que vou procurar melhorar, para que a bola chegue com qualidade nos pés do Jadson e do Rodriguinho - afirmou Carille.

Apesar do elogio, o técnico teve cautela ao falar da equipe. O Corinthians venceu três dos quatro jogos do Campeonato Paulista até o momento. 

- Vitória é sempre importante, mas temos muito a melhorar. Ainda é o início. Com vitória as coisas ficam mais fáceis. Tanto eu quanto a comissão temos de saber que podemos melhorar. A vitória pode esconder muita coisa. Temos muito a trabalhar - afirmou Carille. 

O técnico também explicou a razão de ter escolhido Kazim ao invés de Júnior Dutra para começar o jogo. 

- Conversei com todos os jogadores, conversei muito com Júnior Dutra. Ele mesmo falou que não suportaria os 90 minutos. O que é melhor? Ele no começo ou no fim da partida? É um mistério. Precisamos ver o que é melhor. Então, optei pelo Kazim porque depois poderia terminar com o Júnior - contou o comandante. 

O Corinthians volta a treinar na próxima segunda-feira no CT Joaquim Grava. A equipe terá a semana livre e volta a jogar no próximo domingo contra o Novorizontino fora de casa. 

















Estatísticas de Corinthians 2×1 sp 




Jadson é o artilheiro do Paulistão (Foto: Luis Moura/WPP)

NÚMEROS GERAIS DE CORINTHIANS 2X1 sp
– Dados Footstats

Posse de bola do Corinthians: 38%
Finalizações certas do Corinthians: 5
Finalizações erradas do Corinthians: 2
Cruzamentos certos do Corinthians: 3
Cruzamentos errados do Corinthians: 14
Passes certos do Corinthians: 260
Passes errados do Corinthians: 34
Lançamentos certos do Corinthians: 17
Lançamentos errados do Corinthians: 30
Desarmes certos do Corinthians: 11 
Faltas cometidas pelo Corinthians: 17













#SemNovidade
No Pacaembu, Timão sai na frente, sofre o empate, mas conta com gol do zagueiro Balbuena para vencer majestoso no primeiro clássico do ano - 27/01/2018




Na tarde deste sábado (27), o Corinthians fez seu primeiro clássico em 2018. No Estádio Municipal do Pacaembu, o Majestoso foi válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista 2018. Com gols de Jadson e Balbuena, o Alvinegro venceu o adversário e somou nove pontos no Grupo A. 

Timão em campo: Comandado pelo treinador Fábio Carille, o Alvinegro entrou em campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Juninho Capixaba; Gabriel; Rodriguinho, Clayson, Jadson, Romero; Kazim. Entre os suplentes estavam: Caíque; Léo, Yago, Guilherme Romão; Mantuan, Maycon, Camacho; Marquinhos Gabriel, Mateus Vital, Danilo; Júnior Dutra e Lucca.

Jadson abre o placar: No primeiro minuto de partida, Juninho Capixaba recebeu na lateral esquerda e cruzou rasteiro na entrada da área. Em um toque de muita qualidade, Rodriguinho lançou Jadson que, de canhota, chutou cruzado e abriu o placar para o clube do Parque São Jorge. Foi o terceiro gol do camisa 10 no Paulistão 2018.

Tudo igual no Pacaembu: Na marca dos 25 minutos da primeira etapa, a equipe rival chegou pela lateral direita. Éder Militão, em passe cruzado rasteiro, achou Brenner no segundo poste e o atacante adversário desviou a bola para o gol corinthiano.

Timão na frente novamente: Em boa bola enfiada pela lateral direita, Rodriguinho acertou um torpedo em cima de Sidão, o goleiro são paulino espalmou para escanteio. Na cobrança, Clayson cruzou na marca do pênalti e o capitão Alvinegro, Balbuena, cabeceou em cheio rente ao travessão para tirar o empate do placar e deixar o Timão na frente novamente. 

Segunda etapa: Na volta dos vestiários, o Corinthians veio a campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Juninho Capixaba; Gabriel; Romero, Jadson, Rodriguinho, Clayson; Kazim.

Substituição no Corinthians: Na marca dos 15 minutos da segunda etapa, Kazim deu lugar a Júnior Dutra no ataque corinthiano.

Jogo morno: Atrás do empate, a equipe tricolor jogou com maior posse de bola a segunda etapa. Apesar da pressão, chegou com perigo ao gol de Cássio apenas uma vez, mas Balbuena foi seguro e desviou para escanteio. Do lado corinthiano, as chances surgiam em cima dos erros do adversário. Em uma boa chegada, Jadson teve boa oportunidade, porém, chutou por cima.

Substituições no Corinthians: Na marca dos 36 minutos da segunda etapa, Rodriguinho, autor da assistência do primeiro gol corinthiano, deu lugar a Maycon no meio campo do Timão. Aos 43, Guilherme Romão subistituiu Juninho Capixaba na lateral esquerda.

Próximo adversário: Agora, o Timão terá uma semana cheia para trabalhar. O próximo duelo Alvinegro pelo Paulistão 2018 acontece no domingo (04), às 19h30, contra o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte
















Com gol-relâmpago, Corinthians vence majestoso no Pacaembu

Jadson marcou com um minuto de jogo e abriu caminho para a vitória corintiana por 2 a 1 no primeiro clássico do ano

Corinthians vence fregaysp
Luis Moura/WPP


Corinthians
Marco Galvão/Fotoarena
 
Corinthians 

Bruno Ulivieri/ Raw Image

Corinthians x
Marco Galvão/Fotoarena

Corinthians x
Luis Moura/WPP

Corinthians x
Maurício Rummens/Fotoarena

Corinthians x
Maurício Rummens/Fotoarena

Corinthians x
Marco Galvão/Fotoarena

Corinthians
Maurício Rummens/Fotoarena



Marcio Porto
27/01/2018
19:00


Corinthians venceu  neste sábado no Pacaembu o primeiro clássico do Campeonato Paulista e tudo continuou como em 2017: melhor para o Timão, atual campeão do torneio. Com gols de Jadson e Balbuena, a equipe do técnico Fábio Carille venceu por 2 a 1, provando que seu início de temporada é melhor do que o do rival. Brenner descontou 


O torcedor que demorou a entrar no estádio nem viu o Corinthians abrir o placar. Jadson marcou com um minuto de jogo. Pareceu que nem o rival ainda tinha entrado no jogo. A marcação afrouxou totalmente na frente da área, por onde Rodriguinho e Jadson penetraram. O primeiro recebeu com liberdade e desmontou a defesa com um toque sutil, deixando o companheiro na cara de Sidão. Essa liberdade se estendeu por vários minutos durante o primeiro tempo e poderia ter culminado em estrago para o rival caso o Timão tivesse aproveitado melhor os últimos metros do campo.  Balbuena testou com força completando escanteio de Clayson. Frágil orival

O TROCO
Do outro lado, o Corinthians se defendia com sua famosa linha de 4, e com o meio ajustado. No entanto, em uma descida de Militão pela direita, foi possível encontrar um buraco. Juninho Capixaba, que já parece adaptado ao sistema de Carille, não conseguiu cruzar e Brenner apareceu por trás do implacável Fagner.

QUEM TROCA MAIS PASSES?
O gol de Balbuena aos 30 do primeiro tempo deu ao Corinthians a tranquilidade para trabalhar seu jogo. Passou a esticar menos a bola. Nesse ponto, o Corinthians está mais maduro e conseguiu conduzir o jogo sem grandes sustos
  Kazim até chegou a marcar um gol no primeiro tempo, mas dominou a bola com o braço. De resto, tudo igual: luta, apoio da torcida enquanto esteve em campo e comemoração quando ele saiu, dando lugar a Júnior Dutra.

FREGUÊS
No fim, a torcida corinthiana cantou que o "freguês voltou", em alusão ao retrospecto recente da equipe contra o rival. Ano passado, nenhuma derrota, e triunfo na semifinal do Estadual. Nada mudou para o Timão.


CORINTHIANS 2 X 1 sp
Paulostao 5ª rodada
Local: Pacaembu,
Data: 27/1/2018
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Daniel Paulo Ziolli e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público e renda: 31.972 pagantes / R$ 1.278.027,50
Cartões amarelos: Gabriel, Romero, Júnior Dutra e Jadson (COR); Jucilei, Petros e Diego Souza sp
Cartões vermelhos: -
Gols: Jadson, aos 1'/1ºT (1-0); Brenner, aos 25'/1ºT (1-1); Balbuena, aos 32'/1ºT (2-1)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba (Guilherme Romão, aos 42'2ºT); Gabriel; Romero, Jadson, Rodriguinho (Maycon, aos 35'/2ºT) e Clayson; Kazim (Júnior Dutra, aos 15'/2ºT). Técnico: Fábio Carille

sp: Sidão, Militão, Rodrigo Caio, Anderson Martins e Edimar (Reinaldo, aos 34'/2ºT); Jucilei, Petros e Shaylon (Paulo Boia, aos 30'/2ºT); Marcos Guilherme, Brenner (Caíque, aos 13'/2ºT) e Diego Souza. Técnico: Dorival Júnior






RESUMÃO
O JOGO VITÓRIA DO TIMÃO

O primeiro clássico do Campeonato Paulista foi movimentado, principalmente na primeira etapa, quando o Corinthians conseguiu construir o placar de 2 a 1 que foi o suficiente para vencer o majestoso na tarde deste sábado, no Pacaembu. Com torcida úniva, os alvinegros superaram os rivais e chegaram ao terceiro triunfo consecutivo no torneio


DESTAQUE PRIMEIRO TEMPO

O Corinthians precisou de um minuto para abrir o placar no Pacaembu. Em sua primeira investida, o Timão viu Rodriguinho dar bom passe para Jadson, que tocou na saída do goleiro Sidão. Com pouco espaço no ataque, o rival apostou nos chutes de fora da área, e quase empatou com Shaylon, que acertou a trave. O empate tricolor veio com Brenner, após bom passe de Éder Militão. Mas o respiro tricolor durou pouco: sete minutos depois, Balbuena ganhou de Anderson Martins pelo alto e cabeceou forte para definir o placar em 2 a 1.
   


DESTAQUE SEGUNDO TEMPO

Depois de uma primeira etapa movimentada e com boas chances dos dois lados, o ritmo das duas equipes diminuiu no segundo tempo. O adversario até esboçou uma pressão nos primeiros minutos, sempre com Marcos Guilherme pelo lado direito do ataque tricolor, explorando as costas de Juninho Capixaba. Mas a defesa corintiana levou a melhor contra a pouca inspiração rival na armação das jogadas ofensivas.


DESTAQUE TODOS OS GOLS DO JOGO
Todos os gols do clássico disputado no Pacaembu






DESTAQUE  PÚBLICO E RENDA NO PACAEMBU

Público pagante: 31.972. Público total: 34.358.
Renda: R$ 1.278.027,50
7916



DESTAQUE  CLASSIFICAÇÃO E AGENDA

Com a vitória, o Corinthians agora soma nove pontos e lidera o Grupo A do Campeonato Paulista.  Na próxima rodada, o Corinthians o Novorizontino no interior, no domingo










Meia atacante corinthiano Giovanni Augusto, não inscrito no Paulistão, interessa ao vit ba, mas eles não tem condições de arcar nem com 50 % do salário do atleta