23 de jan de 2018

CORINTHIANS 23/01/2018

Corinthians já vendeu todos ingressos de arquibancada e tobogã para domingo pelo majestoso, no Pacaembu
Corinthians: demais ingressos para majestoso de domingo à venda para público geral na internet

Os ingressos para o duelo do Corinthians no majestoso no Pacaembu, pelo Paulistão 2018 entram à venda para o público geral pela internet a partir das 15h desta terça-feira (04).

As entradas podem ser adquiridas no site www.ingressoscorinthians.com Os descontos serão de 10% para todos os setores disponíveis: Cadeira Laranja, Numerada e Numerada Coberta. Quem garantir ingresso para os setores Cadeira Laranja, Numerada e Numerada Coberta poderá utilizar o e-ticket, que pode ser impresso em casa ou apresentado no celular, para acesso nas catracas.












#TimãoNoTempo: Há 24 anos, Marcelinho marcava pela primeira vez no Corinthians
Em sua especialidade, o meia iniciou a vitória do Corinthians de virada por 3x1 sobre Portuguesa na estreia do Paulistão da temporada de 1994- 23/01/2018






A história artilheira de Marcelinho Carioca no Corinthians tinha início há 24 anos, quando o eterno camisa 7 marcou o primeiro gol pelo Alvinegro. Na estreia do Campeonato Paulista de 1994, em jogo contra a Portuguesa, no Pacaembu, o meia marcou de falta na vitória corinthiana por 3 a 1.

O Timão saiu atrás do marcador no final do primeiro tempo após gol contra de Ezequiel. O volante tentou cortar cruzamento e acabou surpreendendo o goleiro Ronaldo. Somente aos 27 minutos da etapa complementar que o Corinthians conseguiu igualar o duelo. Em cobrança de falta, Marcelinho bateu com muita precisão fazendo a Fiel explodir de alegria pela primeira vez. Tupãzinho aos 33 minutos e Marques aos 43 viraram a partida e garantiram a vitória para o time do Parque São Jorge.

Este foi o primeiro dos 206 gols que Marcelinho marcou nos 433 jogos com a camisa do Corinthians – foram quatro passagens no total (1994/1997, 1998/2001, 2006 e 2010) –, que o colocam como quinto maior artilheiro da história do clube.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.




Com novidades, Corinthians encerra preparação para duelo contra Ferroviária
Técnico Fábio Carille definiu time que deve entrar em campo no duelo contra a equipe do interior - 23/01/2018




Sob muita chuva, o Corinthians realizou o último treinamento em preparação para o duelo contra a Ferroviária, nesta quarta-feira (24), às 19h30, no Pacaembu, pela terceira rodada da fase de grupos do Paulistão 2018. No trabalho realizado na tarde

desta terça-feira (23), o técnico Fábio Carille esboçou os prováveis 11 titulares para o próximo desafio do Timão pelo Estadual.

Enquanto o preparador Mauri Lima aquecia os goleiros alvinegros, o grupo iniciou o treino com o tradicional “bobinho”. Depois do aquecimento, o grupo se dividiu em dois grupos. Enquanto Carille realizava trabalho tático “invisível” com os prováveis titulares, os auxiliares Osmar Loss, Leandro Silva e Fabinho comandaram atividade em campo reduzido com o restante do elenco.

Para o duelo contra a equipe de Araraquara, o treinador alvinegro decidiu mexer na equipe e dar oportunidade para alguns atletas que ainda não atuaram regularmente na temporada. No sistema defensivo, a mesma formação da goleada sobre o São Caetano no último domingo (21).Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Juninho Capixaba e Gabriel seguirão compondo o setor de defesa da equipe corinthiana.

Do meio pra frente, prováveis mudanças em todas as posições. Na segunda linha de quatro no sistema 4-1-4-1, Marquinhos Gabriel, Maycon, Matheus Vital e Pedrinho iniciam o duelo, com Júnior Dutra mais à frente.

A novidade pode ficar por conta da estreia do jovem meia Matheus Vital, que deverá fazer o primeiro jogo com o manto alvinegro. Outra novidade é a presença do meia Pedrinho, que atuará pela primeira vez na temporada 2018.








Cássio vê evolução da equipe como tendência nas próximas partidas
Goleiro também falou sobre a importância de realizar rodízio no elenco neste começo de temporada

 - 23/01/2018



Corinthians vem de vitória por goleada sobre São Caetano e encerrou na tarde desta terça (23) a preparação para medir forças com a Ferroviária, na quarta-feira (24), às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu. Partida que para Cássio tende a mostrar a evolução que o Timão vem tendo neste início de temporada.

“A tendência é sempre melhorar, difícil ter um parâmetro. Fizemos um bom jogo na estréia. Agora tivemos uma melhora. Muda um pouco. Juninho vem se dedicando muito.

Hoje temos um volante só, sofremos mais sem a bola, mas com a bola ganhamos qualidade. Vamos ver como será o campeonato, tem mais opções peças laterais, tem crescimento, vamos nos dedicar para crescer e evoluir”, falou o goleiro em coletiva no CT Dr. Joaquim Grava.

“Não podemos viver de títulos e vitórias do ano passado. Temos de usar de motivação, mas pensar neste ano. Temos confiança, uma base, os novos jogadores estão se encaixando, a tendência é evoluir jogo a jogo”, completou o camisa 12.

Mais do que a evolução, o Corinthians mostrará a força de seu elenco, já que, provavelmente, terá mudanças no time titular contra a Ferroviária por conta do risco de lesões de alguns atletas, após uma pré-temporada curta. Decisão de Fábio Carille aprovada por Cássio, que prega cuidado para não perder ninguém.

“É importante, tem uma série de situações, logo que acabou o jogo colheram o sangue para saber o cansaço, tem esse bastidor. O jogador muitas vezes quer jogar, mas tem o risco de lesão. Importante dar chance a outros jogadores, será um ano longo e com muitos jogos. Alguns times nem começaram com o time titular pela pré-temporada curta. Alguns mesmo sem jogar amanhã vão treinar para chegar num patamar bom”, avaliou o goleiro.








Perto de marca, Cássio traça meta no Corinthians: "Jogar todos os jogos"

Camisa 12 está a quatro de se tornar o terceiro goleiro com mais jogos na história do clube


Por Marcelo Braga


23/01/2018 18h14

Um dos maiores vencedores da história do Corinthians, Cássio quer bater mais recordes em 2018.

Perto de se tornar o terceiro goleiro com mais jogos pelo clube, ele traçou novos objetivos nesta terça-feira, véspera do jogo do Timão contra a Ferroviária, no Pacaembu, às 19h30, pelo Paulistão:

– Tentar fazer um ano melhor do que o anterior começa na pré-temporada, e consegui vir num nível melhor que o do ano passado. Quero jogar todas as partidas e vou me preparar para isso. No ano passado, consegui ser o que mais jogou (67 jogos), não tive lesão. Então, vou fazer o que for preciso para estar apto para todos os jogos – disse o camisa 12.



Cássio deu entrevista coletiva nesta terça (Foto: Marcelo Braga) 


Cássio chegou a 323 jogos pelo Corinthians em Corinthians 4x0 sao caet. Está bem perto de passar Cabeção, que tem 326. Acima deles, só Gilmar, com 395, e Ronaldo, o recordista, com 602 jogos

– Renovei meu contrato (até o fim de 2021), agora é bater recordes e metas. Jamais vai apagar o que os outros fizeram, como o Ronaldo, mas quero fazer o maior número de jogos que puder.

Outro objetivo de carreira de Cássio, mas fora do Corinthians, a disputa da Copa do Mundo da Rússia pode tirar o goleiro de alguns jogos durante o período de preparação. Feliz pela chegada de Maria Luiza, filha nascida há cinco dias, o goleiro espera fazer um grande 2018.

– Já tinha o Felipe, agora a Maria Luiza, uma benção. Estamos muito felizes. Confesso que estou dormindo menos, mas temos de estar presentes. A gente nunca está em casa. Quando está, tem que ajudar. A chegada da Maria Luiza me dá uma motivação ainda maior para fazer um ano melhor do que o que passou – afirmou o jogador.



VEJA MAIS DESTAQUES DA COLETIVA:
MUDANÇAS NO TIME

"É importante, tem uma série de situações, logo que acabou o jogo colheram o sangue para saber o cansaço, tem esse bastidor. O jogador muitas vezes quer jogar, mas tem o risco de lesão. Importante dar chance a outros jogadores, será um ano longo e com muitos jogos. Alguns times nem começaram com o time titular pela pré-temporada curta. Alguns mesmo sem jogar amanhã vão treinar para chegar num patamar bom".


ANO NOVO, VIDA NOVA
"Não podemos viver de títulos e vitórias do ano passado. Temos de usar de motivação, mas pensar neste ano. Temos confiança, uma base, os novos jogadores estão se encaixando, a tendência é evoluir jogo a jogo".

"Será um jogo difícil, a Ferroviária vem sempre com times competitivos, no ano passado ganharam da gente, não foram rebaixados. O Paulistão é um nível acima de outros campeonatos. Você vê muitos jogadores que já estiveram em grandes times em times de menor expressão. A gente respeita a Ferroviária, mas vamos jogar em nossa casa, temos de nos impor."


KAZIM
"Kazim está muito tranquilo, é um cara experiente, que rodou bastante, tem experiência internacional. Ele tem a confiança de todos. Teve críticas que achei pesadas, foram apenas três partidas no campeonato. Na Flórida ele se portou muito bem. É difícil fazer comparações com Jô, que foi considerado o melhor do Brasileirão. Mas ele tem nossa confiança. No ano passado o Jô saiu do time, entrou fez gol no derby e embalou. Kazim tem a confiança de todos".

"Kazim está indo bem nesse quesito, ele foi bem, mas é um conjunto, uma série de fatores, não somente o jogador ganhar a bola, mas o do fundo e da lateral acreditar e acompanhar. Não foi no primeiro jogo que a gente conseguiu fazer certinho, mas é uma coisa que a gente pode melhorar. A gente tem tentado sair jogando, não ficar só quebrando a bola, fica fácil para o adversário".


VOLTA DE SHEIK

"Não tem nem o que falar dele, sempre se dedicou, tem a cara do Corinthians, um cara que briga, que luta, se entrega, tende a ajudar com seu jeito de jogar. Vamos pegar jogos de Libertadores e ele pode ajudar dentro e fora. Temos jovens jogadores, ele pode fazer esses caras crescerem. A gente quer que ele nos ajude em campo, tennho certeza que vai. Foi positiva a chegada dele".


HENRIQUE

"Ele está bem, a gente tem conversado bastante. Falta pouco para ser regularizado. Vai ajudar muito, vai se empenhar, está se enturmando. Isso é importante. Estamos em sintonia".


Emerson Sheik é regularizado pelo Corinthians e aparece no BID

Atacante de 39 anos segue treinando, mas ainda não tem data para reestrear pelo Timão

Por GloboEsporte.com

23/01/2018 18h39

O contrato de Emerson Sheik com o Corinthians foi registrado na CBF nesta terça-feira.


No fim da tarde, o nome do atacante de 39 anos apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Agora, o jogador será inscrito na Federação Paulista de Futebol. Só então ele estará apto para estrear pelo Timão no Campeonato Paulista.
A foto do registro de Sheik é de sua primeira passagem pelo Corinthians, em 2011, ano em que foi campeão brasileiro pelo clube. Veja abaixo:



Emerson Sheik apareceu no BID da CBF como jogador do Corinthians (Foto: Reprodução)


Com vínculo até junho, Sheik já iniciou os treinos no campo, mas ainda deve demorar alguns dias para poder fazer sua estreia.

Segundo o preparador físico Walmir Cruz, o jogador ainda não estará disponível contra o São Paulo, no sábado.


– O Sheik se apresentou não faz nem uma semana. Temos feito alguns trabalhos com ele, inclusive em campo. Papai do céu foi muito gentil com ele, é um cara que sempre teve explosão e se condiciona rápido. Ele já conhece o clube e a forma de o Fábio Carille jogar, então pode levar um tempo menor de preparação. Mas sempre prevenindo, nunca fazendo loucuras. Temos um semestre todo de competições, e ele vai ser muito útil.


Emerson Sheik vem treinando com bola no Corinthians, mas não tem data para estreia (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)







Corinthians definido para amanhã contra Ferroviária

Após o Corinthians golear o São Caetano no último domingo, o Timão recebe a Ferroviária nesta quarta-feira, às 19h30, no Pacaembu

LANCE!
23/01/2018
18:51

O Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30, contra a Ferroviária, pela terceira rodada do Paulistão.

O Corinthians terá apenas o sistema defensivo titular contra a Ferroviária. O técnico Fábio Carille fez cinco mudanças em relação ao time que iniciou a rodada passada, quando venceu goleando por 4 a 0 o São Caetano

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS X ferr

Paulistão 2018 3ª rodada
Local: Pacaembu
Data: 24/1/18 - 19h30
Árbitro: Adriano de Assis Miranda, Herman Brumel Vani e Mauro André de Freitas

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel; Maycon, Marquinhos Gabriel, Mateus Vital e Pedrinho; Júnior Dutra.

Desfalques do Corinthians: Yago, Paulo Roberto e Renê Júnior (trabalhos físicos), Walter (em transição após lesão) e Rodriguinho (poupado).

ferr: Tadeu, Alisson, Luan, Elton e Daniel; Bruno Silva, Ícaro e Elvis; Léo Castro, Hygor e Wellinton Júnior. Técnico: PC de Oliveira.

Corinthiams anuncia lista de 23 jogadores relacionados

Rodriguinho é o único titular poupado que não foi relacionado para o jogo contra a Ferroviária, nesta quarta-feira, às 19h30, pelo Paulistão. Reserva meia Danilo é novidade

LANCE!
23/01/2018
18:29


O técnico Fábio Carille relacionou 23 jogadores do Corinthians para a partida contra a Ferroviária, nesta quarta-feira, às 19h30, pela terceira rodada do Brasileirão. Apesar de poupar o meio de campo e o ataque para o confronto, o único titular fora da lista é Rodriguinho.

O meia Danilo foi relacionado pela primeira vez, após fazer trabalhos físicos específicos neste início de ano. O atacante Lucca, que não treinou em campo nesta terça-feira devido a uma amigdalite, também está na lista.

O Corinthians vai a campo com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel; Marquinhos Gabriel, Mateus Vital, Maycon e Pedrinho; Júnior Dutra.

VEJA OS 23 RELACIONADOS DO TIMÃO:

Goleiros: Cássio e Caíque França;
Laterais: Fagner e Mantuan
Laterais esquerdos: Juninho Capixaba e Guilherme Romão;
Zagueiros: Balbuena, Pedro Henrique e Léo ;
Volantes: Gabriel, Maycon e Camacho;
Meias: Mateus Vital, Marquinhos Gabriel, Danilo e Jadson;
Atacantes: Júnior Dutra, Pedrinho, Kazim, Clayson, Romero, Lucca e Carlinhos
















No início de temporada do Corinthians, Cássio passa confiança a Kazim e elogia Emerson

Goleiro diz ser difícil comparar Kazim a Jô, mas relembra 2017 para acreditar em volta por cima. Ele também destacou a experiência de Sheik na disputa da Libertadores
 


Cássio em ação no treino do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Guilherme Amaro
23/01/2018
18:14

Um dos líderes do elenco, Cássio falou sobre a mudança do Corinthians neste início de temporada, principalmente no ataque O goleiro passou confiança a Kazim
, e exaltou a contratação de Emerson Sheik. 


- Eu vejo o Kazim tranquilo, é um cara experiente, já rodou em alguns times. Ele tem a confiança de todos. Acho que algumas críticas foram pesadas em cima dele, se tratando das primeiras partidas no campeonato. Vi algumas comparações dele com o Jô, mas o Jô foi considerado o melhor jogador, então é muito difícil comparar. Mas ele tem total confiança, todo mundo confia e sabe que ele vai dar a resposta. No ano passado, o Jô saiu do time, entrou no clássico contra o Palmeiras, marcou e depois pegou confiança. O Kazim tem que continuar trabalhando forte, porque tem a confiança de todos - disse Cássio, em entrevista coletiva após o treino desta terça-feira.

Cássio também falou sobre a chegada de Emerson Sheik, que integrou com ele o Corinthians campeão da Libertadores da América e Bicampeão Mundial de 2012 e que assinou contrato até junho com o Timão. O goleiro confia que o atacante de 39 anos agregará ao elenco.

- O Emerson briga, luta e se entrega. Ele vem para ajudar. Vamos ter muitos jogos. Em Libertadores ele pode agregar muito, não só dentro de campo. Ele experiente, e nosso time tem muitos jovens. Ele pode fazer o time crescer. E dentro de campo a gente quer que ele nos ajude, e ele vai nos ajudar. Acho que foi positiva essa chegada dele - opinou Cássio, que também foi questionado se Emerson Sheik poderia atuar como centroavante.

- Quando o Fábio (Carille) vier aqui você pergunta (risos). Mas com o Tite ele já jogou nessa posição, na Ponte também jogou assim. Se jogar assim aqui, vamos perder um pouco na bola aérea, mas vamos ganhar na intensidade. Acho que é um problema bom para o Fábio. Tem bastante opções para montar o melhor time - declarou.

O goleiro ainda falou sobre outro reforço do Corinthians: o zagueiro Henrique, que aguarda sua rescisão com ex clube para começar a treinar com os companheiros. Por enquanto, o defensor tem feito trabalhos apenas na parte interna do CT Joaquim Grava, mas já foi elogiado por Cássio.

- Ele está bem, tem conversado bastante, faltam algumas coisas para ele ser regularizado e treinar. Mas é um cara que vai agregar muito, é experiente, vem trabalhando e se comprometendo. Estamos todos juntos em sintonia - afirmou







Corinthians tem quase todo time alterado para evitar desgaste desnecessário em início de temporada
23/01/2018 17:20
Por FOX Sports

O Corinthians teve a escalação definda pelo técnico Fábio Carille na tarde desta terça-feira (23 de janeiro) para jogo contra a Ferroviária na noite de quarta (24), no estádio do Pacaembu, em partida válida pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Preocupado em dar entrosamento à sua linha defensiva, o treinador não fez alterações do goleiro ao primeiro volante, mas trocou todas as peças responsáveis pela parte ofensiva da sua equipe no treino “fantasma”, último apronto tradicionalmente feito por ele antes dos jogos.

Assim como já era esperado, o treinador dará descanso aos pontas e aos meias. Clayson e Romero ficam entre os reservas por serem os nomes mais afetados no novo esquema, desgastando-se mais na recomposição defensiva já que há um marcador a menos no meio-campo. Na armação, porém, a conversa é outra.

Jadson e Rodriguinho são titulares quase incontestáveis na cabela de Carille, principalmente tendo em vista a disputa da Libertadores da América neste primeiro semestre. O comandante, porém, quer ver com quem pode contar caso não consiga ter a dupla quando necessário. Daí surge a oportunidade para a estréia de Mateus Vital, recém contratado.

Mateus Vital formará a linha com Maycon, volante de maior velocidade do elenco, segundo Fabio Carille, ao lado de Pedrinho e Marquinhos Gabriel. Júnior Dutra, que marcou um gol na vitória do Timão por goleada deb4 a 0 sobre o São Caetano, no final de semana. Dessa forma, a escalação do Corinthians terá Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel, Mateus Vital e Pedrinho; Júnior Dutra.

Ainda não se sabe quais dos titulares serão relacionados para a partida, mas é provável que todos sejam dispensados do embate e treinem normalmente na quarta-feira. Como não será necessário treino regenerativo na quinta, a visão da comissão é que serão ganhos dois dias de preparação, algo raro numa temporada que começou já na metade de janeiro.











Dos titulares que não jogam amanhã, apenas Rodriguinho não treina no campo. Já Clayson, Romero, Jadson e Kazim estão no treino reserva
16:36 - 23 de jan de 2018

Emerson Sheik já treina com bola. O atacante participa do treino com o restante do elenco. Zagueiro Henrique ainda não
16:33 - 23 de jan de 2018

Com Maycon de volta, Carille pode alternar para o 4-2-3-1 do Corinthiams campeão paulista eheptacampeão brasileiro 2017, mas aparentemente vai seguir no 4-1-4-1 para consolidar o seu sistema
16:29 - 23 de jan de 2018


Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel; Marquinhos Gabriel, Mateus Vital, Maycon e Pedrinho; Junior Dutra
16:25 - 23 de jan de 2018

Corinthians definido para o jogo de amanhã. Mateus Vital vai estrear16:23 - 23 de jan de 2018




Jogadores iniciam o aquecimento
16:12 - 23 de jan de 2018





















Veja planos do Corinthians para os reforços. Preparador explica que recém chegados levam um tempo para se adaptar aos treinos do Corinthians, que tem metodologia diferente de outros clubes

Por Bruno Cassucci, 



O preparador físico do Timão, Walmir Cruz falou sobre os cuidados do Timão com os recém-chegados e falou sobre os planos da comissão técnica para eles. Confira abaixo:

GloboEsporte.com – Renê Jr fica quando a disposição
Walmir Cruz – O Renê teve na última partida do Brasileirão um problema no joelho, então ele ficou tratando nas férias. Aqui começamos a fazer um trabalho especial para que ele tenha a condição de estar em campo em condições parecidas com a média do grupo. Estamos fazendo um trabalho especial no laboratório de biomecânica e na academia, para que quando ele vá a campo ele consiga dar continuidade.

É ruim quando o atleta vai a campo, treina um pouquinho e volta pro departamento médico. A gente quer fazer uma coisa só. Quando ele estiver bem, na média que a gente quer, o levaremos para o campo para ele ter uma sequência boa.

– A gente pensa na temporada, não adianta pensar em só um jogo. Preparamos o atleta para ele estar bem a temporada toda. Se for para fazer um jogo, sair de outro, aí não serve. Temos que ter todos os atletas bem. Hoje o jogo exige muita intensidade. Não dá para fazer mais ou menos, o jogador sempre precisa estar bem.

E o Sheik?
– O Sheik se apresentou não faz nem uma semana. Temos feito alguns trabalhos com ele, inclusive em campo. Papai do céu foi muito gentil com ele, é um cara que sempre teve explosão e se condiciona rápido. Mesmo ele não tendo feito uma atividade mais intensa, a gente tem outra postura com o Sheik.

Ele já conhece o clube e a forma de o Fábio Carille jogar, então pode levar um tempo menor de preparação. Mas sempre prevenindo, nunca fazendo loucuras para colocá-lo de qualquer maneira. Temos um semestre todo de competições, e ele vai ser muito útil.

Sabemos que o Henrique precisa ter seu contrato regularizado antes de qualquer coisa. Quando isso acontecer, o zagueiro deve levar quanto tempo para ficar à disposição?
– Não vai ser de imediato. O atleta pode ficar um mês treinando, mas é o campo que vai condicioná-lo, e ele vai precisar de campo para treinar. Se você tem tempo de bola por cima e não treina, fica defasado.

Quando estiver tudo O, ele vai precisar ir a campo, fazer treino específico de linha com quatro zagueiros, que o Carille gosta bastante, mostrar como ele tem que fazer... E em cima disso, com essa evolução, o dia a dia dele nos treinos, se ele demonstrar que suporta um tempo maior de jogo, a gente vai colocando-o aos poucos.


Walmir Cruz, preparador físico do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)


Vocês buscaram informações físicas dos reforços com os clubes anteriores deles?
– Normalmente a gente entra em contato com o departamento médico e fisiológico para saber se o jogador teve alguma lesão grave, os trabalhos que ele fazia... Até para que a gente possa dar continuidade. Se você pega um atleta que teve problema de músculo posterior da coxa e tem uma fibrose grande, o que temos que fazer? Reforçar, fazer uma manutenção, para evitar que isso o tire de treinos. Essas informações são importantes.

Algum deles desperta cuidado especial?
– A gente tem cuidados especiais com todos: Júnior Dutra, Renê Júnior, Mateus Vital. Eles precisam se adaptar à nossa metodologia, que é diferente da de outros clubes. Nós sempre fazemos trabalho no laboratório e depois a transferência para o campo. Na academia, a mesma coisa, depois levamos os atletas para o trabalho com bola.
Dificilmente você encontra trabalhos com essa metodologia por aí. Eles precisam, logo no começo, se adaptar a esse esforço que é feito e no começo gera dor muscular. Dentro do possível, a gente vai encaixando, tirando do time, colocando o atleta como curinga nos treinos... 







Confira a situação dos recém contratados do Timão
O Corinthians soma 6 reforços para a temporada 2018, e cada um deles vive um estágio diferente no clube. Confira:


O lateral-esquerdo Juninho Capixaba já assumiu a posição na vitória do Timão no último domingo, ele teve atuação elogiada. Júnior Dutra entrou no último jogo e deixou sua marca. Ele deve ser titular na quarta comandando o ataque.

O jogo do Corinthians contra a Ferroviária, amanhã, quarta, 19h30, no Pacaembu, também deve marcar a estreia do meia Mateus Vital, pois Fabio Carille deve por um time alternativo, para poupar titulares. Ele tem ido muito bem nos treinos e tem condição física boa, já que vinha de pré-temporada. O zagueiro Henrique, o volante Renê Jr e o atacante Emerson Sheik ainda não têm previsão de estreia. Henrique ainda aguarda o acerto de sua documentação, enquanto Renê Jr e Emerson Sheik trabalham para entrar em forma.





Kazim tem apoio de todos no Corinthians
“Não desisto de jogador. Não vou desistir, vai continuar trabalhando, tendo oportunidades. Se vai ser iniciando (como titular) ou não, o campo vai dizer”, analisou o técnico Fábio Carille ao ser perguntado sobre a situação do atacante.

Um dos mais experientes do elenco, o meia Jadson também falou com a imprensa a respeito do colega:
“É um cara experiente. Vai nos ajudar. São fases, mas o Kazim é um cara maduro, que vai saber passar por isso”, avaliou o camisa 10.



Corinthians hoje Terça-feira (23)
16h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava