4 de jan de 2018

CORINTHIANS 03/01/2018












Em reapresentação em 2018, Alessandro, gerente de futebol do Timão fala sobre vindas e idas de atletas

Por Diego Ribeiro
03/01/2018 19h0

O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, reuniu a imprensa na tarde desta quarta-feira para falar sobre as negociações em curso do Timão. 

O dirigente não fugiu de pergunta e falou sobre o perfil buscado para substituir Jô (negociado com o Nagoya Grampus, do Japão), o interesse em Gustavo Scarpa, o acordo com Henrique, a renovação com Balbuena... 

Veja abaixo como foi a entrevista de Alessandro: 


Alessandro, gerente de futebol do Corinthians (Foto: Diego Ribeiro) 


Juninho Capixaba
– Confirmar uma contratação, sempre somos precavidos porque existe todo um processo. Existe avaliação médica, procedimentos burocráticos, confirmamos somente depois disso. Mas que Corinthians e Bahia estão de acordo, isso estão. A negociação envolve a aquisição do Juninho e a ida em definitivo do Douglas. 


Após título 207, como será 2018? É um ano atípico, pré-temporada pequena, muito curta, por isso a grande maioria dos atletas procurou se cuidar nas férias.


Sobre a venda de Jô
– Colocamos muito como mensagem que nossa busca era pela manutenção, e ela foi feita. Vou deixar de lado a questão Pablo, porque ele nunca foi um atleta nosso. Tentamos a negociação, mas nunca deu certo. Ao longo de um ano tão positivo como o de 2017, receber uma oferta é natural. Se agrada ao Corinthians e o atleta, fica inviável dizer não. Para cada caso, existe uma discussão. O Jô, se vier realmente a se concretizar, não podemos ignorar um valor importante. Ao lado desse valor, tem o interesse do atleta. Não posso obrigar nenhum atleta a ficar aqui, as saídas, às vezes acontecem. 

Corinthians vai buscar um substituto para Jô?
– Vai entrar um valor importante para o clube, que tem diversas situações a resolver e contas a pagar. Vamos resolver vários problemas, não só no futebol. 

– Não é tão fácil responder ao que o mercado te oferece. Se você tem uma posição financeira privilegiada, aponta o dedo para o melhor do setor e traz, mas não é o que a maioria dos clubes brasileiros vive hoje. É só ver as trocas que estão acontecendo, quais clubes estão participando. Não tem sido nada fácil. Nós nos acostumamos a jogar em 2017 com um jogador de referência, de área, o ideal seria entregar um jogador mais próximo disso. Não sei se conseguiremos. Desde que demos o sim pela venda do Jô, estamos trabalhando, mas o mercado é bem complexo. 

– Estávamos negociando com o Jô no elenco. O Tréllez viria para compor com Kazim, Carlinhos, outros mais. Aí você perde a referência, artilheiro do Brasileiro, e tem de rever seus conceitos. Aí você não tem mais duas balas para atirar, tem de direcionar um pouco mais a escolha. O mercado, infelizmente, não é fácil. Vamos reavaliar. 

– Muito antes de imaginar uma oferta pelo Jô, já estávamos trabalhando nomes para essa posição. Não seria ruim ter três, quatro atletas no setor. Muitos foram sugeridos, o mais avançado talvez tenha sido o Roger, mas ele recebeu uma oferta maior e seguiu a vida dele. Consultamos outros que são fora da curva para nós. Quando a oferta está maior do que o normal, a valorização é importante. Tem nomes no Brasil ainda, um atleta que possa nos qualificar nesse setor, mas não temos garantia de que vá dá certo a vinda dele. 

Henrique
– Já temos um acordo apalavrado com seu agente e o atleta, desde que ele tenha se resolvido com o Fluminense. Hoje ele tem um vínculo com o clube. Ele precisa fazer o acerto, enquanto isso não for feito, não podemos falar nada a respeito. 



Tréllez
– Todo atleta gostaria muito de vestir a camisa do Corinthians, acredito que ele também. O Vitória nunca levantou a bandeira de pagar a multa para levar o atleta. O Vitória passou por um momento de transição política, e depois colocamos o pé no freio. Avaliamos um pouquinho mais, porque agora veio a saída do Jô. Estamos avaliando um pouquinho mais na questão do substituto do Jô. 


O Corinthians vai trazer mais um lateral-esquerdo? Quais são as carências?
– Estamos hoje viabilizando a questão do Juninho e iniciando uma pré-temporada com três laterais, ele, Moisés e Guilherme Romão. Mas não descartamos acompanhar o mercado. Acredito que agora seja difícil a vinda de um outro jogador para o setor. Precisamos de mais uma atleta no setor ofensivo, é uma necessidade grande, já conversamos com o treinador. 

Gustavo Scarpa
– É um setor muito difícil de encontrar jogadores, atletas de competência no meio-campo. Não posso dizer hoje que o Scarpa seria o nome, ele é atleta do Fluminense e só não se apresentou na data prevista, é uma questão deles. Mas não posso ignorar também a vontade de tê-lo. Não posso falar nada ainda de um atleta do Fluminense, não sei o que está acontecendo lá. É um excelente atleta e qualquer equipe gostaria de ter. Chegamos a conversar, sim, em dezembro, mas não seguimos desde então. 


Lucca e Jean ficam?
– São atletas retornando de seus empréstimos, vieram de uma temporada muito positiva. Nesse período, ano passado, fazíamos reuniões para saber quais atletas seriam aproveitados no time principal. Convencer um atleta a sair é muito difícil. O clube tem uma estrutura pronta, funcional, de excelência. Dou os parabéns ao Jean e ao Lucca por terem entendido que era importante sair naquele momento anterior. Foram bem, e hoje estão retornando. Há uma expectativa importante, talvez o Lucca um pouco mais, o Jean numa posição mais difícil, estou bastante preocupado com esse ponto porque ele é muito bom profissional. Ideal que continue jogando. O Lucca foi um goleador em 2017, mostrou, retorna com totais expectativas de vestir de novo a camisa. 



Renovação de Balbuena
– Apresentamos proposta ao empresário do Balbuena na Argentina, quando jogamos lá pela Sul-Americana, e desde então não falamos mais. Ele se apresentou normalmente, tem mais um ano de contrato. Sabem que apresentamos uma oferta muito boa. Agora aguardamos um posicionamento, vida normal, às vezes não é no nosso tempo, ou no deles, mas é necessário a gente retomar isso daí. Nenhum contrato, por melhor que seja, inviabiliza uma saída. 


Danilo Avelar
– Olhamos bastante esse atleta em dezembro, já tínhamos monitorado, buscamos nos aprofundar um pouquinho mais. Deu uma travada pelo modelo. Teria de ser uma aquisição, estávamos buscando um empréstimo. Deu uma esfriada, viabilizamos o Juninho... Agora fica um pouquinho mais complexo, vamos aguardar mais, será muito difícil. 


Moisés
– O ideal é ficar com dois laterais. O Moisés recebeu uma oferta do Bahia, estava nesse contexto do Juninho Capixaba, ele não chegou a um entendimento com o Bahia. Saiu na imprensa alguns números do atleta, ao que ele ganha aqui. É muito ruim quando se expõe uma situação financeira, ainda mais muito alta. Ele não chegou ao entendimento por alguns detalhes. Não vejo como tão positivo ter três atletas num setor tão específico. 


Reforços viajam para os EUA com o time no domingo?

– Eu desejo que Juninho e Henrique viajem conosco. Sobre o Juninho, não vejo muitos problemas. Sobre o Henrique, preciso esperar o Fluminense. Não temos tanto tempo assim, vamos até lembrar o caso do Pablo, que ano passado chegou e ficou aqui, nós já estávamos na Flórida. O ideal é que o Carille tenha todos os atletas já nos EUA.







Gerente Alessandro fala sobre início do trabalho do elenco do Corinthians em 2018

Gerente de futebol corinthiano, que é ex-jogador, ressaltou das dificuldades que os jogadores enfrentarão logo de cara nesta temporada

19h30 03/01/2018 - Agência Corinthians




© Divulgação/Corinthians

Começou o ano de 2018 para o Corinthians. Na tarde desta quarta-feira (03), elenco e comissão técnica se reapresentaram no CT Dr. Joaquim Grava para a primeira atividade da temporada, marcada pelo forte temporal que caiu sobre a cidade. Serão cinco dias de trabalho no país antes do embarque para os Estados Unidos, onde o Timão disputará a Florida Cup pelo quarto ano seguido. Por ser ex-atleta, Alessandro Nunes, Gerente de futebol, sabe a dificuldade que será para os jogadores retomar o ritmo pós-férias, com treinos tão colados com os primeiros jogos.

“É um start para uma retomada muito difícil para o atleta. É mais difícil ainda quando ele precisa acelerar essa retomada física em um momento muito curto. São 10 dias para a estreia, pouquíssimo tempo de preparação para 40 jogos antes da parada da Copa do Mundo”, disse Alessandro, lembrando do calendário cheio do Corinthians na temporada, que conta com ao menos cinco competições, mas que sofrerá uma pausa devido à disputa da Copa do Mundo, em junho e julho, na Rússia.

“Depois, sim, serão 35 dias, um período de recesso pequeno, mas adequado para os cerca de 42 jogos que teremos. É uma preparação desgastante, que requer um sacrifício muito grande dos atletas. Dedicação aos dois turnos de treinos, todas as avaliações físicas que serão importantes para monitoramento. Eu me sinto aliviado em não estar dentro do campo me esforçando tanto”, brincou o dirigente.

O primeiro compromisso do Corinthians em 2018 acontece na próxima quarta-feira (10) em Orlando (EUA), contra o PSV (HOL), às 22h (de Brasília), no Orlando Soccer City Stadium, na partida que inaugura a atual edição da Florida Cup. A participação alvinegra na competição em solo norte-americano se encerra três dias depois, no sábado (13), diante do Rangers (ESC), no Spectrum Stadium, às 16h (de Brasília).





Corinthians trouxe Juninho Capixaba e reintegra Lucca, assim recua por Danilo Avelar e Tréllez; gerente Alessandro explica

Diretoria chegou a avançar na contratação do lateral-esquerdo, mas tirou o pé com modelo de negócio. Situação do centroavante foi reavaliada, e gerente se diz pessimista por Scarpa

Fábio Carille e o gerente Alessandro Nunes, do Corinthians
(Foto: Gabriel Carneiro)


Marcio Porto
03/01/2018
19:56

Enquanto acertou a contratação do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, do Bahia, o Corinthians recuou nas situações de dois alvos: Danilo Avelar, lateral-esquerdo emprestado pelo Torino (ITA) ao Amiens (FRA), e Tréllez, do Vitória. Nesta quarta-feira, o gerente de futebol Alessandro Nunes atualizou o status das negociações e praticamente descartou a chegada de Avelar e Tréllez.

Além do recém-chegado Juninho Capixaba, o elenco conta com Moisés e o retorno de Guilherme Romão, que estava emprestado ao Oeste, para a lateral esquerda. Esses dois últimos se reapresentaram com o grupo nesta quarta-feira.

- Danilo Avelar foi um atleta que a gente olhou bastante em dezembro, já tínhamos monitorado, buscamos nos aprofundar um pouco mais na tomada de decisão, mas voltamos um pouco atrás pelo modelo. Seria um modelo de aquisição e a gente queria um empréstimo, por isso acredito que a gente não deve trazer - afirmou Alessandro.

O Corinthians também praticamente descartou atacante Tréllez. Neste caso, porém, a saída de Jô fez o clube repensar sua estratégia no mercado para adquirir um centroavante.

- O Vitória nunca levantou a bandeira de pagar a multa e levar o atleta. Ele passou por um momento eleitoral e, num segundo momento avaliamos a tomada de decisão. Negociávamos quando tínhamos o Jô. O Trellez viria para ser opção, mas agora não temos o artilheiro do Brasileiro. Não temos duas balas para atirar, às vezes é melhor aguardar e gastar na hora certa - esclareceu o gerente, sem descartar a vinda do colombiano.

O Corinthians havia autorizado o agente do colombiano a trabalhar com uma oferta em dinheiro mais a cessão de jogadores ao Vitória. O clube baiano, no entanto, considerou a pedida muito abaixo e exigiu o pagamento de R$ 10 milhões, valor da multa rescisória - rejeitado pela diretoria do Alvinegro.

O poderio econômico também faz Alessandro vê com pessimismo a chegada do meia Gustavo Scarpa, do Fluminense. O clube carioca pedia uma quantia em dinheiro mais a cessão de jogadores. Um deles seria o atacante Lucca, que se reapresentou com o grupo nesta quarta-feira e passou a fazer parte dos planos do técnico Fábio Carille. Alessandro, no entanto, reforçou o desejo de contar com o jogador.

- É um setor muito difícil de encontrar, atletas de meio-campo, atletas com competência, qualidade. Não posso hoje dizer que ele seria o nome, é um atleta do Fluminense, é uma questão dele. Não posso ignorar, também, a vontade de tê-lo. Hoje é um atleta do Fluminense, o que posso dizer é que é um excelente atleta e que é óbvio que gostaria de ter. Chegamos a conversar em dezembro, mas não seguimos - afirmou Alessandro.

Até o momento, o Corinthians anunciou o atacante Júnior Dutra e acertou com Juninho Capixaba, além do volante Renê Júnior. Há acordo salarial com o zagueiro Henrique, mas ele ainda acerta a rescisão com o Fluminense. A diretoria também sonha com o meia Gustavo Scarpa, do Flu. Nas palavras de Alessandro, porém, a chegada é difícil. Veja o que mais disse o dirigente:

Saída de Jô
Na verdade, a gente colocou muito para vocês como mensagem para o torcedor que a busca era pela manutenção do elenco. E ela foi feita. Vou deixar de lado a questão do Pablo porque ele nunca foi nosso, só esteve emprestado. Tentamos uma negociação muito desgastante, mas não conseguimos. Mas, ao longo de um ano tão positivo, se receber essa oferta e ela agradar clube e atleta, fica inviável dizer não. Tanto para um jovem quanto para um jogador mais experiente como é o Jô. Fui atleta a vida toda e posso dizer que 80% de uma negociação, para ser selada, vai quando o atleta diz que sim. Se ele estiver chateado, desmotivado, não vai render. Não posso obrigar o atleta a ficar. Saídas acontecem.

Substituto de Jô
Não é tão fácil responder ao que o mercado te oferece. Se você tem uma posição financeira privilegiada, você vai e apontar o melhor. Mas não é o que a maioria dos clubes hoje podem oferecer. Não tem sido nada fácil. Nos acostumamos a jogar em 2017 com um jogador de área, referência. O ideal seria entregar o mais próximo disso. Desde o primeiro dia em que demos o sim, estamos trabalhando. Mas o mercado é bem complexo nesse sentido. Necessitamos, sim, de um atleta a mais no setor ofensivo. Já conversamos com o treinador, eu e o presidente, a busca está sendo intensa, estamos colocando muitas situações na mesa. Não digo que é prioridade porque não sabemos o dia de amanhã.

Grana de Jô muda a atuação no mercado?
Não muda a maneira de agir, será um valor importante entrando para o clube, que tem diversas situações a resolver e contas a pagar. Temos que resolver alguns problemas, não só futebol.

Henrique
Já temos um acordo apalavrado com o atleta desde que ele tenha se resolvido com o Fluminense. Ele precisa fazer um acerto lá. Enquanto não for feito, temos de respeitar o contrato vigente dele.

Permanências de volante Jean e do atacante Lucca

São atletas retornando de empréstimos, tiveram uma temporada muito positiva. Nesse período, no ano passado, fazíamos reuniões para definir quais atletas seguiriam. Na hora de você convencer o atleta a sair é difícil, sair do Corinthians, para ele se desgarrar, é difícil. Dou os parabéns ao Jean e ao Lucca por terem entendido o quanto isso seria bom para eles. Hoje estão retornando, há uma expectativa importante. Lucca talvez um pouco mais, Jean numa posição mais difícil. Gabriel joga bastante, Paulo Roberto substitui bem. Jean teve um ano jogando, é um excelente profissional, difícil deixá-lo de fora agora. Em 2017, mesmo num clube rebaixado, teve um grande ano, retorna com totais condições de trabalho







  





  










 

Corinthians inicia treinos de 2018 com retornos e dois reforços

Elenco comandado pelo técnico Fábio Carille se reapresentou nesta quarta-feira no CT Joaquim Grava. Alguns jogadores voltaram de empréstimo, enquanto Mendoza está fora




Corinthians treinou sob chuva na reapresentação nesta quarta-feira (Foto: Divulgação/Corinthians)

Marcio Porto
03/01/2018
18:27

Campeão paulista e brasileiro, o Corinthians voltou aos trabalhos na tarde desta quarta-feira. A reapresentação contou com dois reforços, jogadores que retornaram de empréstimo e algumas ausências. Ao todo, 35 atletas foram ao CT Joaquim Grava para iniciar os treinamentos da temporada 2018.

Dos reforços, se apresentaram o volante Renê Júnior, que ainda não assinou contrato, e o atacante Júnior Dutra, único anunciado até o momento. Ainda devem se juntar a eles nos próximos dias o zagueiro Henrique, que aguarda rescisão com o Fluminense, e o lateral-esquerdo Juninho Capixaba, que foi comprado do Bahia. Na negociação, o Corinthians envolveu o goleiro Douglas, que voltaria de empréstimo após defender o Avaí, mas ficou entre os que não se apresentaram.

A lista dos atletas que retornaram de empréstimo é: o lateral-esquerdo Guilherme Romão, o zagueiro Yago, o volante Jean  e o atacante Lucca. Os atacantes Mendoza, Bruno Paulo e Gabriel Vasconcelos retornariam de empréstimo, mas não se apresentaram. Eles não estão nos planos para 2018 e serão negociados. 


Nesta quarta, os jogadores fizeram apenas trabalhos físicos, ainda sem bola. A pela será incluída nos exercícios a partir desta quinta-feira, quando o Timão treina em dois períodos. Assim será até domingo, quando a delegação viajará para os Estados Unidos, onde disputará a Florida Cup, torneio de pré-temporada.

Confira a lista de jogadores do Corinthians que se apresentaram nesta quarta:

Goleiros: Caique, Cássio, Walter e Filipe
Laterais direito: Fagner e Léo Príncipe
Laterais esquerdo: Guilherme Romão e Moisés
 Zagueiros: Balbuena, Léo, Pedro Henrique, Vilson e Yago
Volantes: Fellipe Bastos, Gabriel, Jean, Mantuan, Maycon, Paulo Roberto, Renê Júnior e Warian
Meias: Camacho, Danilo, Giovanni Augusto, Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho, Rodrigo Figueiredo e Rodriguinho
Atacantes: Carlinhos, Clayson, Junior Dutra, Kazim, Lucca e Romero




Fim da novela: Corinthians contrata Juninho Capixaba

Timão pagará R$ 6 milhões mais o goleiro Douglas em definitivo. Além disso, clube baiano continuará com 30% dos direitos econômicos do lateral


Por Raphael Carneiro,

03/01/2018 17h49
A novela Juninho Capixaba acabou O Corinthians pagará R$ 6 milhões pela negociação, além do goleiro Douglas em definitivo.

A negociação agora caminha para os últimos detalhes. A oficialização da transferência deve acontecer até o final da semana. No acordo, o Bahia também continuará com 30% dos direitos econômicos do lateral-esquerdo.

Enquanto Douglas está em Salvador para fazer os exames médicos no Bahia, o lateral Juninho Capixaba ainda não viajou. Por exigência do presidente tricolor, Guilherme Bellintani, ele se apresentou normalmente com o restante do elenco nesta tarde.




Corinthians define chegada de Capixaba: R$ 6 mi e goleiro ao Bahia

Diretorias contornaram mal-estar após lateral-esquerdo anunciar despedida e estão perto de oficializar contratação. Timão ainda pagará quantia por Juninho Capixaba


Marcio Porto
03/01/2018
17:59

Corinthians está muito perto de oficializar a vinda lateral-esquerdo Juninho Capixaba, de 20 anos. Depois de o jogador ter se despedido do clube baiano nas redes sociais e gerado mal-estar, as partes evoluíram nas tratativas nesta quarta-feira e praticamente bateram o martelo. Por Juninho Capixaba, o Timão pagará cerca de R$ 6 milhões e cederá em definitivo o goleiro Douglas, que retornaria de empréstimo do Avaí.

Parte essencial para o fechamento do negócio, pois foi sempre uma exigência do Bahia, Douglas não se reapresentou no Corinthians nesta quarta, o que já era um indício de negócio. As diretorias ainda discutem qual será a porcentagem de cada um nos direitos econômicos do goleiro. A tendência é que o Bahia fique com a maior parte - querem os 100%.

Já do lado de Juninho Capixaba, que se destacou no Campeonato Brasileiro, o Corinthians pagará por 70% dos direitos econômicos, enquanto o Bahia permanece com 30%. O jogador deve chegar para realizar exames médicos nas próximas horas. A intenção é levá-lo para a disputa da Florida Cup, torneio de pré-temporada nos Estados Unidos - o Timão viaja no próximo domingo.

O Corinthians já anunciou a contratação do atacante Júnior Dutra e nesta quarta confirmou acerto com Renê Júnior, que se reapresentou com o grupo. O clube também tem tudo certo com o zagueiro Henrique, restando a rescisão dele com o Fluminense, e negocia com o lateral-esquerdo Danilo Avelar, emprestado pelo Torino ao Amiens (FRA), o meia Gustavo Scarpa, do Fluminense, e o atacante Tréllez, do Vitória.











Corinthians se reapresenta com 35 jogadores; veja lista
O Corinthians se reapresentou com novidades na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, após um mês de férias. Entre remanescentes do elenco de 2017, nomes que voltam de empréstimo e reforços contratados, são 35 jogadores no início do trabalho.


Em um dia marcado por testes físicos, apenas parte do elenco foi a campo e correu em volta do gramado. A tendência é de que todos os jogadores treinem com bola nesta quinta. 

Entre reforços e retornos, são seis novidades. Veja abaixo:
Reforços: Júnior Dutra e Renê Júnior – o volante ainda não assinou contrato
Retornos de empréstimo: Lucca, Jean, Yago e Guilherme Romão



Lucca e Fagner correm em campo no CT Joaquim Grava (Foto: Diego Ribeiro)


O atacante Mendoza, que disputou o Brasileirão de 2017 pelo Bahia, será repassado a outro clube. E por falar no Tricolor baiano, o goleiro Douglas, que estava no Avaí, foi envolvido na contratçaão do lateral-esquerdo Juninho Capixab, próximo reforço do Timão.


A tendência, hoje, é de que Lucca e Jean, valorizados após boas passagens por Ponte Preta e Vasco, estejam na lista da viagem do Corinthians aos EUA, no próximo domingo, para a disputa do Torneio da Flórida. Mesmo assim, eles ainda podem ser negociados.



Jean volta e já treina no Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

O elenco finaliza os testes físicos na manhã de quinta-feira, e à tarde faz o primeiro treino sob comando de Fábio Carille. Nesta quarta, apenas os auxiliares Osmar Loss, Fabinho e Leandro da Silva, o Cuca, viram toda a atividade. Carille foi a campo no fim.


Veja abaixo a lista dos 35 jogadores do Timão
Goleiros: Caique, Cássio, Walter e Filipe;
Laterais dureito: Fagner, Léo Príncipe 
Laterais esquerdo: Guilherme Romão e Moisés;
Zagueiros: Balbuena, Léo, Pedro Henrique, Vilson e Yago;
Volantes: Fellipe Bastos, Gabriel, Jean, Mantuan, Maycon, Paulo Roberto, Renê Júnior e Warian;
Meias: Camacho, Danilo, Giovanni Augusto, Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho, Rodrigo Figueiredo e Rodriguinho;
Atacantes: Carlinhos, Clayson, Júnior Dutra, Kazim, Lucca e Romero.




Corinthians se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava para temporada 2018; veja lista de jogadores

Atletas e comissão técnica realizaram a primeira atividade do novo ano

16h35 03/01/2018 - Agência Corinthians



© Divulgação/Corinthians

Na tarde desta quarta-feira (03), o elenco do Corinthians retornou ao trabalho no CT Dr. Joaquim Grava após as férias para dar início às atividades da temporada 2018. Os atletas treinarão nos próximos dias até embarcar para os Estados Unidos, onde disputarão a Florida Cup, primeira competição do Timão no ano.

Confira abaixo a lista de jogadores que se reapresentaram ao Corinthians para o início da temporada 2018

Goleiros: Caique, Cássio, Walter e Filipe
Laterais: Fagner e Léo Príncipe 

Laterais esquerdo:Guilherme Romão e Moisés

Zagueiros: Balbuena, Léo, Pedro Henrique, Vilson e Yago
Volantes: Fellipe Bastos, Gabriel, Jean, Mantuan, Maycon, Paulo Roberto, Renê Júnior e Warian
Meias: Camacho, Danilo, Giovanni Augusto, Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho, Rodrigo Figueiredo e Rodriguinho
Atacantes: Carlinhos, Clayson, Junior Dutra, Kazim, Lucca e Romero









Corinthians treina com dois reforços e volta de quatro emprestados

Após um mês de férias, o Corinthians voltou a trabalhar no CT Joaquim Grava, nesta quarta-feira, com menos novidades do que gostaria o técnico Fábio Carille. Dois reforços já se juntaram ao elenco campeão brasileiro, o volante Renê Júnior e o atacante Júnior Dutra, e quatro jogadores retornaram de empréstimos, o zagueiro Yago, o lateral esquerdo Guilherme Romão, o volante Jean e o atacante Lucca

No primeiro dia de trabalho em 2018, apenas um pequeno grupo de jogadores apareceu no gramado para correr. Entre eles, estavam o lateral esquerdo Moisés, os volantes Camacho, Maycon, Fellipe Bastos e Mantuan, os meias Jadson e Marquinhos Gabriel e o centroavante Kazim. Os demais permaneceram nas dependências internas do CT.

O elenco do Corinthians ainda não está fechado para a temporada. Carille aguarda ainda, no mínimo, as chegadas de mais um zagueiro (o volante Henrique, dispensado pelo Fluminense, já tem acerto verbal com o clube), dois laterais esquerdos (Juninho Capixaba, do Bahia, e Danilo Avelar, emprestado pelo Torino-ITA ao Amiens-FRA, são os pretendidos) e um centroavante (a negociação pelo colombiano Tréllez, do Vitória, esfriou, e o clube já almeja alguém mais renomado).

Também há a possibilidade de o plantel sofrer algumas baixas. Lucca e Moisés, por exemplo, são vistos como jogadores com potencial para a diretoria envolver em transações, compensando a falta de recursos do Corinthians para investir em reforços.

Veja o elenco do Corinthians na reapresentação desta quarta-feira:

Goleiros
Cássio, Walter, Caíque e Filipe

Laterais direito
Fagner, Léo Príncipe


Laterais esquerdo
 Moisés e Guilherme Romão

Zagueiros
Balbuena, Pedro Henrique, Léo Santos, Vilson e Yago

Volantes
Gabriel, Maycon, Camacho, Renê Júnior, Paulo Roberto, Fellipe Bastos, Mantuan, Jean e Warian

Meias
Jadson, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel, Danilo, Giovanni Augusto e Rodrigo Figueiredo

Atacantes
Kazim, Romero, Júnior Dutra, Clayson, Pedrinho, Carlinhos e Lucca






ATENÇÃO, GALERA! Nossos colegas de Salvador informam:
Negociação resolvida por Juninho Capixaba. Bahia receberá R$ 6 milhões e goleiro Douglas em definitivo. Além disso, fica com 30% de Juninho
Corinthians tem otimismo por Juninho Capixaba e vai envolver Douglas na negociação. Moisés também é cotado. 




Comissão técnica “ilhada” no banco de reservas. Chuva castigando o CT. 




Jogadores deixam o campo no CT Joaquim Grava. Daqui a pouco, Alessandro fala com os jornalistas. 

Danilo é mais um a aparecer em campo. De contrato renovado até o fim de 2018. 






Primeiro treino com bola será na tarde desta quinta-feira, com todos os jogadores disponíveis em campo.


Renê Júnior ainda não assinou contrato. 


Matheus Vidotto, goleiro envolvido em polêmica no fim do ano passado, também não se reapresentou e será negociado. 


Moisés está na área. Ainda sem situação definida, esteve muito perto de ir para o Bahia. 




Resumindo: o Corinthians tem dois reforços confirmados e no CT - Júnior Dutra e Renê Júnior. 

Volantes: F. Bastos, Gabriel, Jean, Mantuan, Maycon, Paulo Roberto, Renê Jr e Warian Meias: Camacho, Danilo, Giovanni Augusto, Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho, Rodrigo Figueiredo e Rodriguinho Atacantes: Carlinhos, Clayson, Junior Dutra, Kazim, Lucca e Romero 


Goleiros: Caique, Cássio, Walter e Filipe Laterais: Fagner, Guilherme Romão, Léo Príncipe e Moisés Zagueiros: Balbuena, Léo , Pedro Henrique, Vilson e Yago

O goleiro Douglas não está entre os que se reapresentaram. A lista completa nos próximos posts.

Jean e Lucca, A PRINCÍPIO, também estão relacionados para a viagem aos EUA, para a disputa do Torneio da Flórida. 


Saiu a lista dos jogadores que se reapresentaram: Lucca e Jean entre eles. 







Corinthians perto de trazer zagueiro e lateral esquerdo

Corinthians negocia detalhes finais e pode confirmar a contratação do experiente zagueiro Henrique nos primeiros dias da próxima temporada

O zagueiro Henrique atuará na defesa do Corinthians. Ainda nos últimos dias de 2017, o Timão encaminhou a contratação do jogador, que aguarda apenas a oficialização do seu desligamento para assinar contrato, provavelmente válido por três temporadas.

Para contar com uma dupla de zaga experiente em 2018, o Corinthians deve resistir a eventuais investidas de clubes do exterior por Balbuena. O paraguaio tem compromisso válido até o final da temporada e negcia prorrogação contratual.

Para lateral esquerda, os alvos são Danilo Avelar, emprestado pelo Torino ao Amiens, e o jovem Juninho Capixaba, do Bahia.








Corinthians se reapresenta hoje a tarde no CT Joaquim Grava e incia pré temporada. 

Segunda feira embarca para EUA, onde participa do torneio da flórida com jogos dias 10/1 contra psv e 13/1 contra glasgow rangers. Corinthians estréia no Paulistão dia 13/1 no Pacaembu, contra ponte







Corinthians jrs tem horário de jogo da copinha alterado em 15 minutos

Partida válida pela terceira rodada da primeira fase passou das 19h30 para 19h45, no dia 10 de janeiro, na Arena da Fonte Luminosa


09h00 03/01/2018 - Agência Corinthians






© Rodrigo Coca/Ag. Corinthians


Na noite desta terça-feira (02), o departamento de competições da Federação Paulista de Futebol enviou comunicado ao Corinthians informando a mudança de horário da partida entre Corinthians e Ferroviária, pela terceira rodada da primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O jogo estava agendado para quarta-feira da próxima semana, dia 10 de janeiro, às 19h30, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, e, agora, acontecerá no mesmo dia e local, mas às 19h45.

O motivo da mudança foi uma solicitação do SporTV, que, ao lado da ESPN, transmitirá a partida ao vivo.

O Timão jrs estreia na competição nesta quinta (04), às 21h30, diante do Corumbaense-MS. Na segunda rodada, o adversário será o Pinheiro-MA, no domingo (07), às 16h. O encerramento da primeira fase acontece justamente na partida que teve o horário alterado, diante da Ferroviária.





Corinthians se reapresenta nesta quarta com Lucca, retornos e caras novas

Sem futuro definido, atacante inicia pré-temporada no CT. Jean e Douglas também voltam

Por Diego Ribeiro
03/01/2018 06h54
O Corinthians terá caras novas na reapresentação do elenco na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava. Além de dois reforços – o atacante Júnior Dutra e o volante Renê Júnior, que ainda não assinou contrato – o clube vai receber de volta jogadores que estavam emprestados a outros clubes em 2017.
. O goleiro Douglas, o volante Jean e o atacante Lucca são esperados na reapresentação. Destaque da do Campeonato Brasileiro, o último é quem gera maior expectativa sobre permanência, pois é visto elo Corinthians como boa moeda de troca para trazer mais valores técnicos em possíveis trocas

O volante Jean é outro que não sabe se fica. Depois de boa temporada emorestado, ele vai iniciar a preparação no CT. De acordo com seu agente, a permanência ou não só depende do Corinthians. A vontade do volante é de buscar espaço no clube e jogar a Taça Libertadores da América 2018

Douglas também aguarda definições. Apesar de agradar à comissão técnica, o goleiro é outro que pode ser envolvido em trocas. Ele seria parte integrante do acordo para a contratação de Juninho Capixaba, do Bahia. O negócio foi interrompido pelo clube baiano.

Além de Júnior Dutra e Renê Júnior, o Corinthians tem acerto com o zagueiro Henrique, ex-Fluminense, e só aguarda a rescisão dele com o clube carioca. O lateral-esquerdo Danilo Avelar, do Amiens, da França, está na Europa para tentar sua liberação e também ser anunciado como reforço










Grupo de WhatsApp reúne comissão do Corinthians na avaliação de reforços

Analistas, auxiliares, Carille e Alessandro trocam ideias diárias sobre carências e indicações

Por Marcelo Braga

03/01/2018 09h22

Com o Corinthians ativo na busca por reforços, o gerente de futebol Alessandro Nunes e todos os membros da comissão técnica recebem, quase que diariamente, indicações de reforços de empresários e dirigentes de outros clubes.

Para fazer um filtro e definir se há ou não o interesse na contratação, um grupo de WhatsApp criado durante o ano tem feito as vezes de sala de reunião nas férias.
Nele, estão reunidos o ex-lateral-direito, o técnico Fábio Carille, seus auxiliares (Osmar Loss, Fabinho e Leandro Silva) e todos os analistas do Cifut, hoje com seis membros.
 

gerenteAlessandro, auxiliar Leandro Silva e técnico Fábio Carille fazem parte de grupo que discute possíveis reforços (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

– Usamos nosso grupo de análise de desempenho para tirar dúvidas sobre os jogadores que o clube está olhando. Hoje, toda informação, seja ela técnica, tática e pessoal, é importante. Quando aparece um nome, ele passa pelo filtro do centro de inteligência, até para sermos pontuais na contratação – explicou o ex-volante Fabinho, hoje auxiliar técnico.

– A decisão é do Alessandro, do Carille e do nosso presidente, mas a gente municia todo mundo de informações para eles estarem seguros para bater o martelo – completou.

Em entrevista ao GloboEsporte.com sobre o Cifut neste ano, o coordenador Denis Luup explicou como é feito o trabalho do departamento.

– Não contratamos jogador, nem falamos "esse tem que ser contratado". Se vamos procurar um lateral, por exemplo, listamos as qualidades dele e de outros, como força, técnica, se gosta de jogo apoiado... Dentro do nosso modelo de jogo, apresentamos as opções variadas. Aí a comissão e a diretoria escolhem dentro do que eles pensam para a equipe – explicou.

Com reapresentação marcada para esta quarta-feira, o Corinthians só anunciou o atacante Júnior Dutra. O volante Renê Júnior deve assinar contrato, enquanto o zagueiro Henrique, ex-Fluminense, negocia sua rescisão com o clube carioca para acertar com o Timão.





Corinthians rcecebe R$ 40 milhões de venda do atcacante Jô, apresentado no nagoya japao







Corinthians tenta contornar atrito para anunciar Juninho Capixaba

Lateral-esquerdo se despediu do Bahia na internet antes do acordo ser sacramentado. Otimismo por desfecho positivo da negociação, no entanto, está mantido

Marcio Porto
03/01/2018
06:45

O Corinthians já dava como certa a chegada do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, mas agora terá de contornar um mal-estar gerado pelo jogador com o Bahia para anunciar a contratação. Capixaba se despediu do clube baiano na internet antes que o acordo fosse oficializado pelos clubes. A postura desagradou aos dirigentes do Bahia, que desde o início fizeram questão de ficar à frente das tratativas.

Apesar do imbróglio, de todas as partes existe a convicção de que o negócio sairá. Juninho Capixaba deve assinar contrato de cinco anos com o Corinthians em troca de uma quantia em dinheiro mais um ou dois jogadores cedidos por empréstimo. O lateral-esquerdo Moisés é favorito para se transferir ao clube de Salvador.

Juninho anunciou sua saída do Bahia porque foi informado de que todos os pontos da negociação já tinham sido amarrados. No entanto, depois de uma novela desgastante e que se arrasta há mais de mês, na visão dos dirigentes baianos era para ficar a cargo do clube o momento de oficializar a transferência.

A diretoria do Corinthians tem pressa para concretizar a contratação porque espera entregar o elenco fechado o mais rápido possível ao técnico Fábio Carille. O planejamento já está atrasado. A equipe se reapresenta nesta quarta-feira e, até o momento, apenas o atacante Júnior Dutra foi anunciado.

O Timão também tem tudo certo com o zagueiro Henrique, dispensado do Fluminense, e com o volante Renê Júnir, ex-Bahia. Ainda negocia com o lateral-esquerdo Danilo Avelar, emprestado pelo Torino (ITA) ao Amiens (FRA), o meia Gustavo Scarpa, do Fluminense, e o centroavante Santiago Tréllez, do Vitória.

De acordo com a programação do Corinthians, a equipe já viaja no próximo domingo para Orlando, nos Estados Unidos, onde disputará a Florida Cup e fará parte de sua pré-temporada. A estreia será no dia 10, contra o PSV (HOL).