12 de out de 2017

CORINTHIANS 12/10/2017


Corinthians volta a ter 10 pontos a frente na liderança isoladíssima Brasileirão 2017 com 58 pontos, faltando 11 rodadas

Corinthians volta a ampliar vantagem na liderança do Brasileirão 2017

Timão tem 10 pontos de vantagem sobre segundo colocado

19h50 12/10/2017 - Agência Corinthians




Corinthians segue firme na ponta da tabela de classificação do Brasileirão

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na noite da última quarta-feira (11), o Corinthians venceu o Coritiba por 3 a 1 na Arena Corinthians e chegou aos 58 pontos no Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira (12), a 27ª rodada teve sequência, e o Timão ampliou a vantagem na liderança da competição para 10 pontos

No próximo compromisso pelo Brasileirão, o Alvinegro do Parque São Jorge viaja para a Bahia. Na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, o Corinthians visita o Bahia pela 28ª rodada, neste domingo (15), às 19h.
  






  Corinthians futsal terá que vencer marreco no tempo normal e ter vantagem de empate na prorrogação pelas quartas da LNF. Hj na ida 4x6, lá












Pelo futebol feminino, Corinthians vence em estréia da Libertadores da América por 2x0

O Corinthians/Audax não teve dificuldades para vencer o Sportivo Limpeño por 2 a 0 na estreia na Libertadores feminina 2017 nesta quinta-feira, no Paraguai. Com uma atuação muito superior, teve o domínio da partida diante do atual campeão da competição. A abertura do marcador chegou no primeiro tempo. Em posição irregular, Gabi chutou, a goleira da equipe paraguaia, Catalina, falhou e, no rebote depois da bola bater na trave, Mimi não perdoou e chutou na esquerda. O segundo gol veio na etapa complementar logo aos 3 minutos. Em atuação destacada, Kerolin rolou uma bola açucarada para Monique Peçanha pela direita entre as defensoras adversárias. A camisa 5, que havia desperdiçado dois minutos antes uma jogada quase embaixo da trave – também em bela jogada de Kerolin -, ampliou o marcador.


O Limpeño foi um adversário totalmente controlado  pelo Corinthians. Uma chance clara surgiu somente no primeiro tempo aos 21 minutos. Fora esse lance, o time paraguaio cometeu faltas duras e também um pênalti não marcado pela arbitragem em cima de Raquel. Em um dos momentos ríspidos, aos 18 do segundo tempo, Pardal levou uma cotovelada na garganta, passou mal, mas se recuperou e seguiu na partida. Porém, aos 34, não se sentiu bem e deixou o campo (foto ao lado). Em outro momento, aos 43 da etapa complementar, Byanca Brasil levou um chute sem bola e um pisão. Sem critério, a árbitra acabou expulsando Kerolin em razão do segundo amarelo em lance parecido ao da atleta rival.

O Corinthians iniciou o jogo com Lelê; Yasmin, Mimi, Carol Frisanco, Paulinha; Kerolin, Daiane, Patricia Llanos, Monique Peçanha; Raquel e Grazi. O técnico Arthur Elias fez três mudanças. A primeira foi aos 29 da segunda etapa, quando tirou Grazi para colocar Byanca Brasil, protagonista do lance de classe do jogo – uma lambreta na adversária e depois cruzamento na área. Ana Vitória entrou na vaga de Patricia.

Dos reforços assegurados somente para a disputa, Kerolin, Raquel e Patricia estiveram no gramado desde o começo. Agustina entrou no decorrer do confronto no lugar de Pardal. As novas atletas mostraram sua importância durante o jogo. Raquel se movimentou bem pela esquerda no primeiro tempo. No segundo, inverteu com Kerolin, que teve velocidade e foi decisiva no segundo gol com passe preciso, mas acabou expulsa.
O detalhe é que o Corinthians deveria ter feito a estreia na segunda-feira, mas uma intoxicação alimentar dos clubes envolvidos no torneio acabou paralisando a Libertadores por 72 horas.








Corinthians tem maior média de público pagante por jogo 38.536 pagantes por jogo. Público presente é maior também.




Treino do Corinthians tem novidades, e zagueiro Pablo pode ser reforço contra Bahia


Zagueiro Pablo treinou normalmente no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr)

Guilherme Amaro - 12/10/2017 - 12:44

O zagueiro Pablo treinou normalmente na manhã desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, e pode reforçar o Corinthians na partida contra o Bahia, neste domingo, em Salvador, pela 28ª rodada. O defensor desfalcou o Timão na vitória de ontem sobre Coritiba por conta de dores musculares na coxa esquerda, mas exames não detectaram algum tipo de lesão.

Após o jogo da última quarta, o técnico Fábio Carille citou precaução com Pablo e lembrou a lesão que ele teve contra o Avaí, ainda no primeiro turno. Na ocasião, o zagueiro foi para o jogo, teve de ser substituído nos primeiros minutos e virou desfalque por mais de um mês.

O treino desta quinta teve outras novidades em campo: o zagueiro Léo, recuperado de pubalgia, e o volante Paulo Roberto, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, também treinaram normalmente. Nos últimos dias, o defensor apenas correu em volta do campo, enquanto o meio-campista fez trabalhos na parte interna do CT Joaquim Grava.

Para o jogo contra o Bahia, o Corinthians terá as voltas de Fagner e Romero, que estavam suspensos. Já o volante Gabriel ainda tem de cumprir mais um jogo de suspensão por conta da punição do STJD - ele foi punido por ter feito gesto obsceno durante a comemoração do gol corintiano no majestoso.

Nesta quinta, apenas os jogadores de linha titulares fizeram apenas trabalhos regenerativos na parte interna do CT Joaquim Grava. Já os reservas realizaram uma atividade em campo reduzido, com foco em pressão nas saídas de bola.

O Corinthians volta a treinar na manhã desta sexta-feira. O jogo contra o Bahia será neste domingo, às 19h, na Arena Fonte Nova, pela 28ª rodada do Brasileirão.




Treino do Corinthians tem Pablo, Léo e Paulo Roberto, recuperados, Fagner em campo, e Romero, na musculação, como novidades

Por Diego Ribeiro

12/10/2017 12h48 A

O Corinthians treinou nesta quinta, no CT Joaquim Grava, e ter novidades contra Bahia, domingo, às 19h (de Brasília), em Salvador. 

O zagueiro Pablo, o volante Paulo Roberto e o zagueiro Léo estão recuperados de lesões e treinaram com os reservas. O departamento médico, hoje, tem apenas o zagueiro Vilson.

Nesta quinta, ambos participaram de um trabalho em campo reduzido com quem não foi titular na vitória corinthiana de ontem e, no fim, disse estar se sentindo bem. 



Pablo durante treino do Corinthians nesta quinta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 

O técnico Fábio Carille, porém, prefere esperar até sábado para confirmar se Pablo viaja ou não a Salvador. Em entrevista coletiva na quarta-feira, ele disse:

– Se tiver de segurar contra o Bahia, vou fazer. Prefiro assim do que perder ele por mais um mês, ficaria praticamente fora do campeonato.

Reforços confirmados são o lateral-direito Fagner, que treinou, e o atacante Romero, que se reapresentou após período na seleção paraguaia e fez reforço muscular . O volante Gabriel, ainda suspenso pelo STJD, não joga.

Com 58 pontos, o Corinthians é líder do Campeonato Brasileiro.







Corinthiano atacante Jô sobre ansiedade por título
– Ele não coloca número para a gente, ele coloca jogo a jogo. Mas somos seres humanos, sabemos que essas cinco vitórias praticamente já dão o título. É bom ir jogo a jogo, mas a ansiedade é grande – admitiu.




Corinthiano artilheiro Jô está surpreso com seu desempenho em 2017

Jogador também garantiu estar bem para encarar o Bahia e prometeu ir ao limite na reta final do Brasileirão


13h00 12/10/2017 - Agência Corinthians




Jô é o artilheiro do Corinthians no Brasileiro com 14 gols

© Divulgação/Corinthians


Se hoje o Corinthians é um dos candidatos ao título do Campeonato Brasileiro, muito se deve aos gols que Jô marcou ao longo das 27 rodadas já disputadas. Na noite da última quarta-feira (11), foi dele o gol que abriu o caminho para o triunfo do Alvinegro sobre o Coritiba, por 3 a 1, na Arena Corinthians. O tento, o 14º do camisa 7 na competição, o colocou como artilheiro do Brasileirão ao lado de Henrique Dourado, do Fluminense.

A boa média de gols do atacante na temporada estão surpreendendo até a Jô, que na coletiva pós-treino desta quinta-feira (12) não escondeu ser inesperado até para ele.

"Prova que eu tenho trabalho bem. Lógico que eu esperava fazer um bom ano, mas não nesse nível, até pelo tempo que eu fiquei parado. Devo muito também ao trabalho da equipe, todos entenderam minha maneira de jogar e as movimentações, e isso facilita muito. Fico feliz, o clube me deu confiança, muitos não acreditaram, e hoje posso dar alegrias ao clube e à torcida", falou Jô.

Voltando à equipe depois de ter sido vetado contra o Cruzeiro por sentir dores na panturrilha esquerda, o artilheiro do Timão chegou mostrar um desconforto no músculo diante do Coritiba, algo que Jô garantiu ser apenas cansaço pela entrega no jogo e que está bem para encarar o Bahia, no próximo domingo (15).

"É um músculo que vai te incomodar em qualquer movimento que você faça. Mas estou mais com cansaço, nada que preocupe para o próximo jogo. É um músculo que tem de ser cuidado, mas vou no meu limite para ajudar a equipe", prometeu o jogador.




Recompensado por seus esforços com mais três pontos no Brasileirão, Jô acredita que mais importante que o resultado foi a dedicação da equipe em busca dos resultados, postura que será adotada pelo Corinthians até a garantia do título.

"Depois do jogo eu falei na nossa oração final que independentemente da partida que a gente fez, em termos de técnica, voltamos a correr. Pude ver mais uma vez a entrega. Mesmo com um pouquinho de dor na panturrilha, tem que correr, ir para o sacrifício, isso é Corinthians. Fui feliz, dei um bom passe, o Léo cruzou bem e conseguimos a virada. Vai ser assim até o fim do campeonato, até buscarmos o objetivo", explicou.








Clayson é destaque após grande atuação em vitória do lider Corinthians sobre Coritiba

Autor de dois gols na partida, atacante foi o segundo maior pontuador dos jogos da última quarta-feira (11)


12h15 12/10/2017 - Agência Corinthians




Clayson anotou 16.90 pontos no fantasy game do Brasileirão

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


A 27ª rodada do Campeonato Brasileiro se encerra nesta quinta-feira (12), mas o Corinthians dificilmente não terá um jogador entre os maiores pontuadores no Cartola FC. Isso porque a ótima atuação de Clayson na vitória por 3 a 1 sobre o Coritib garantiram uma pontuação bem alta ao camisa 25 no fantasy game oficial do Campeonato Brasileiro.

Autor de dois gols na última quarta-feira (11), Clayson anotou 16.90 pontos e foi o maior pontuador do Alvinegro na rodada. Jô, que abriu o placar na Arena Corinthians, também se destacou com 11.20 pontos. Rodriguinho, que acertou uma bola na trave e deu uma assistência, ficou com 10.80, enquanto Cássio, que realizou três defesas difíceis, somou 7.0 pontos.

O Corinthians volta a entrar em campo no próximo domingo (15), às 19h, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova.












Bancado por Carille, Jadson retribui: assistência em  gol de vitória do Corinthians

Meia deu resposta com passe de calcanhar para gol de Jô. Ele não dava assistência há quase quatro meses


Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro

12 OUT2017
07h32




Meia soma 143 jogos em duas passagens pelo clubeFoto: Daniel Augusto Jr / LANCE!


Aos nove minutos do primeiro tempo, Jadson recebeu passe do campo de defesa e deu de calcanhar para Jô marcar o primeiro gol da vitória por 3 a 1 diante do Coritiba - Henrique Almeida empatou e Clayson marcou duas vezes na etapa complementar. A resposta de Jadson às críticas foram tema de declarações do camisa 10 após a partida.

- Acho que as críticas vêm em cima dos jogadores, em cima de mim, e a única forma de melhorar é trabalhando. Então nesses dias eu trabalhei forte, o Carille sabe, a comissão sabe que me entreguei nos treinamentos e graças a Deus consegui dar uma assistência ao Jô. Às vezes não é o dia do jogador, mas eu sempre procuro fazer o melhor, ajudar a equipe da melhor maneira - relatou o jogador mais experiente do time titular do Corinthians.



Em 40 partidas na temporada, sendo 38 como titular, o camisa 10 soma oito gols e agora seis assistências. Ele é o terceiro do elenco nas duas estatísticas (tem menos gols que Jô e Rodriguinho e menos assistências que Guilherme Arana e Rodriguinho, empatado com Jô e Fagner).

Habitualmente escalado no lado direito da linha de três do 4-2-3-1, Jadson atuou como ponta-esquerda diante do Coritiba. No dia a dia do CT Joaquim Grava, ele também foi usado como armador centralizado. Diante do Bahia, às 19h do próximo domingo, ele deve seguir como titular. Com a confiança de Carille.
Corinthiano técnico Fábio Carille projeta cinco vitórias por título brasileiro




A 11 rodadas do final do Campeonato Brasileiro, o Corinthians passou a contabilizar 58 pontos ganhos após ganhar do Coritiba na noite desta quarta-feir. Satisfeito com o triunfo alcançado na Arena Corinthians, o técnico Fabio Carille projeta que cinco vitórias sejam suficientes para assegurar o título.

“Não é o que passo para o grupo, porque a gente trabalha jogo a jogo. Mas, se o Corinthians conseguir cinco vitórias em 11 partidas... Se conseguirmos mais cinco vitórias, creio que sejamos campeões”, disse Carille, já supondo um triunfo do Santos sobre a Ponte Preta.

O treinador corinthiano espera que a vitória contra o Coritiba marque uma retomada do time alvinegro no Campeonato Brasileiro, que agora está 4 jogos nvicto

“Uma vitória é sempre importante. Estávamos ansiosos, querendo acelerar as coisas. Ganhamos, mas cometemos erros que não podemos cometer, principalmente no primeiro gol, porque sabíamos que o Carleto bate escanteio forte na primeira trave. Mas espero que seja o começo de uma retomada, sim”, afirmou Carille.

Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 19 horas (de Brasília) deste domingo, o Corinthians enfrenta o Bahia, na Fonte Nova. Ainda no começo de sua carreira como treinador, Fabio Carille admite que também está inquieto na reta final do torneio.

“A questão da ansiedade é mais minha do que dos atletas. Serão dias intensos de trabalho, com a proximidade de uma grande conquista. Além de controlar o grupo, primeiro tenho que me controlar, o que não é fácil. Teremos 50 dias de trabalho árduo em busca do nosso objetivo”, afirmou.








 Corinthians confia em Pedro Henrique e ainda não utilizará Pablo, para que ele se recupere 100%
Corinthians começa a preparação para enfrentar o Bahia nesta quinta. O zagueiro Pablo, tratado com cautela pela comissão técnica chefiada por Fabio Carille, pode ser poupado novamente em Salvador, pois Pedro Henrique foi bem ontem.

Dono de uma posição entre os titulares, Pablo participou dos 90 minutos do empate contra o Cruzeiro, mas, com problema na panturrilha, acabou substituído por Pedro Henrique no triunfo sobre o Coritiba. Questionado sobre o assunto, Carille mediu as palavras.

“Vou ser sincero e falar a verdade. Estamos em um período de cuidado. O Pablo reclama de dor, mas o exame não acusa nada e ele é um excelente profissional. Aconteceu a mesma coisa contra o Avaí. Jogou, sentiu com 10 minutos e ficou fora por mais de um mês”, lembrou o treinador, cauteloso.

“Nesse momento, se for necessário, prefiro que ele não jogue contra o Bahia para depois ter uma sequência do que correr risco de perdê-lo. Se sofrer uma nova lesão e ficar 30 dias afastado, praticamente perde o Campeonato. Conversamos e foi uma decisão minha deixá-lo fora (contra o Coritiba). O atleta tinha vontade de jogar, mas não quis correr esse risco”, disse.

Se corre risco de seguir sem Pablo, o técnico Fabio Carille tem dois reforços certos para o confronto com o Bahia. O lateral direito Fagner e o atacante Romero, que cumpriram suspensão diante do Coritiba, ficam à disposição. O volante Gabriel, por outro lado, segue afastado por determinação do STJD.   



O confronto entre Bahia e Corinthians está marcado para as 19 horas (de Brasília) deste domingo, na Fonte Nova.

Com a vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, o Corinthians chegou aos 58 pontos ganhos e consolidou a liderança isoladíssima do Campeonato Brasileiro. Para ser campeão, o técnico Fabio Carille projeta que o Corinthians precise de cinco vitórias nas últimas 11 rodadas.
Basílio cita ex centroavante Ronaldo como crucial na reconstrução corinthiana 

Autor de um dos gols mais icônicos da história do Corinthians, o ex-jogador Basílio, que marcou na terceira partida final contra a Ponte Preta, conquistou o Campeonato Paulista de 1977 e ajudou a tirar o clube de um jejum de 23 anos sem título, elegeu Ronaldo Fenômeno como um dos nomes mais significativos da reconstrução corintiana da última década.    

“Eu cito sempre uma [geração] que para mim é importante, como corintiano. A geração do Ronaldo Fenômeno, que teve pouco tempo aqui dentro, mas que tem um coração tão lindo, tão maravilhoso pelo clube que eu passei a ter esta admiração por ele. Depois da sua chegada aqui, ele revolucionou. Nós passamos a ser mais respeitados mundialmente – aqui no Brasil nem se diz, porque nós sempre nos impusemos de maneira boa e positiva –, então eu coloco o Ronaldo como muito importante para o clube”, disse.



(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)   

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Pres







  A afirmação de Basílio foi proferida no evento de lançamento da exposição “1977 Vive”, em comemoração aos 40 anos daquela conquista, para os cerca de 50 torcedores presentes no cinema do Memorial Corinthians, no Parque São Jorge
“Hoje nós temos o privilégio de ter um CT de primeiro mundo. Fora isso, nós temos uma arena. Uma arena que tem o dedo dele [Ronaldo] também. Foi muito fundamental a sua participação na construção desta nossa casa”, acrescentou. 

Vale ressaltar que as festividades continuam: nesta sexta-feira, exatamente o dia em que o Timão bateu a equipe de Campinas e soltou o grito de campeão em 77, haverá nova homenagem aos responsáveis pela façanha.
   



Carille valoriza grupo do Corinthians  e destaca evolução de decisivo Clayson

Bruno Ceccon

12/10/2017 09:00:30



(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)


Autor de gois gols no vitória do Corinthians por 3x1 sobre ctb, Clayson voltou a ser decisivo para o Corinthians no Campeonato Brasileiro. O técnico Fabio Carille, questionado sobre a chance de escalar o meia-atacante como titular, falou em tom diplomático, mas elogiou o jogador.

“Gente, eu tenho um grupo e não apenas 11 titulares. Começa por aí”, afirmou o treinador, cuidadoso. Contratado após se destacar na última edição do Campeonato Paulista, Clayson vive uma fase inspirada e marcou quatro gols nos últimos três jogos.

“O Clayson não tem a característica de fazer gols. É um jogador que leva a bola e constrói, bom no um contra um. A gente vem treinando finalização para melhorar. Ele chuta bem e estamos trabalhando mais perto da área, criando situações para finalizar”, explicou Carille.

O Corinthians meteu 3x1 no ctbn. Colocado no lugar de Maycon, Clayson marcou o segundo gol após desvio de cabeça de Rodriguinho e ainda fechou o placar ao pegar rebote de chute na trave desferido pelo meia.
“Fizemos um primeiro turno maravilhoso com uma base, mas trocando bastante, porque não tem como manter o mesmo time”, afirmou Carille. “O Clayson vem buscando seu espaço e estamos muito satisfeitos com ele desde o início”, completou.

Às 19 horas (de Brasília) deste domingo, o Corinthians volta a campo para enfrentar o Bahia, na Fonte Nova. A 11 rodadas do final do Campeonato Brasileiro, com 58 pontos ganhos, Carille estima que cinco triunfos sejam suficientes para garantir o título nacional.
“Uma vitória em cima de um time que luta contra o rebaixamento nos traz confiança, independentemente do placar. Tivemos dois resultados inesperados contra Vitória e Atlético-GO. Vínhamos criando chances, mas faltava concluir”, declarou o comandante

  




Com dores musculares, Pablo é dúvida do Corinthians contra o Bahia

Zagueiro é cortado do jogo contra o Coritiba por precaução; Fagner e Romero voltam no domingo

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

12/10/2017 00h26

O zagueiro Pablo é dúvida do Corinthians para a partida do próximo domingo contra o Bahia, às 19h (de Brasília), em Salvador, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Pablo não participou da vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, nesta quarta-feira, porque reclamou de dores musculares na coxa esquerda e foi dispensado da concentração durante a tarde. Ainda que os exames não tenham detectado qualquer lesão, o técnico Fábio Carille optou por preservar o zagueiro.

O jogador será reavaliado entre quinta e sexta-feira, no CT Joaquim Grava, mas Carille não vai hesitar se precisar preservá-lo por mais tempo.



Pablo desfalcou Corinthians contra o Coritiba (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)


– Estamos num período de cuidado. Pablo reclamou de uma dor, porém os exames não dão nada. É um excelente profissional. Isso aconteceu contra o Avaí, no primeiro turno. Reclamou de dores, o exame não deu nada, ele ficou 10 minutos em campo, e o perdemos ele por mais de mês. Prefiro segurar. Ele concentrou para o jogo, e foi uma decisão minha não deixar ele iniciar. Não quis correr esse risco – destacou Carille.


– Se tiver de segurar contra o Bahia, vou fazer. Prefiro assim do que perder ele por mais um mês, ficaria praticamente fora do campeonato – completou.




Melhores Momentos de Corinthians 3 x 1 Coritiba pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro

O técnico se referiu ao empate sem gols com os catarinenses, na Ressacada. Na ocasião, Pablo também sentia dores, mas fez um teste e foi para o jogo. Deixou o campo ainda no primeiro tempo, com uma lesão moderada na coxa direita que o tirou de combate por seis semanas. Antes ele tinha fibrose, fruto da cicatrização de uma lesão antiga.

Sem Pablo, Pedro Henrique e Balbuena formaram a dupla de zaga do Timão contra o Coritiba – e podem repetir a dose no domingo. A única opção no banco seria o volante improvisado Warian, já que Léo e Vilson estão em fase de transição após lesões.

Por outro lado, Carille terá o lateral-direito Fagner e o atacante Romero, que voltam de suspensão. O volante Gabriel tem mais uma partida a cumprir após gancho do STJD.

Com a vitória sobre o Coxa, o Corinthians chegou aos 58 pontos e aumentou sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. .


  



Há 76 anos, Corinthians vencia Paulistão pela 12º vez e comemorava seu primeiro título no Pacaembu

Título deu ao Alvinegro a condição de maior campeão estadual, ultrapassando o Club Athletico Paulistano


10h25 12/10/2017 - Agência Corinthians

O dia 12 de outubro marca uma importante data na história do Corinthians. Neste mesmo dia há 76 anos, o clube comemorava a conquista do 12º Campeonato Paulista e se tornava o maior campeão do estado

Disputado em formato de pontos corridos e organizado pela primeira vez pela recém-criada Federação Paulista de Futebol, o Paulistão de 1941 já estava decidido antes de a bola rolar naquela tarde de 12 de outubro. Isso porque dias antes o Corinthians havia vencido s7os, na Vila Belmiro, e já tinha carimbado a faixa de campeão.


Os campeões: o técnico Armando Del Debbio escalou Ciro; Jango, Agostinho, Chico Preto e Dino; Brandão, Tite, Servílio e Joane; Milani e Teleco (artilheiro do campeonato com 26 gols).


A conquista foi a 12ª da equipe do Parque São Jorge no Campeonato Paulista, superando o Club Athletico Paulistano, até então o maior campeão estadual com 11 títulos ganhos.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.  
  






Com contrato com Corinthians até 2019, Jô quer ficar, não tem proposta oficial, só boatos
  Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

12/10/2017 10h06  
  Artilheiro do Corinthians na temporada com 21 gols, o atacante Jô sabe que o assédio a ele vai aumentar após o fim do Campeonato Brasileiro. Monitorado por clubes europeus, ele diz querer ficar no Timão por mais tempo, mas já não garante essa condição. 

Depois de marcar um dos gols da vitória alvinegra por 3 a 1 sobre o Coritiba, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, Jô falou sobre sua situação. Ele tem contrato vigente com o clube até dezembro de 2019. Antes de discutir o futuro, quer ter foco no presente. 

– Quero ficar e tenho contrato com o clube. Não tem nenhuma oferta ou proposta oficial, só especulações, mas temos que ser realistas. Vamos deixar as coisas acontecerem. O meu desejo é sempre ficar, mas vamos passo a passo. Primeiro vamos buscar o título, descansar no fim do ano e no ano que vem a gente vai ver o que fazer – afirmou Jô.  
     


Jô fez primeiro gol do lider Corinthians na vitória sobra Coritiba, nesta quarta (Foto: Mauro Horita) 

Jô continua sendo peça fundamental da equipe, e diz ainda não ter recebido ofertas. 



    

De volta ao time, Jô diz que sentiu um pouco, mas afirma: "Tem que ir no sacrifício" 

  – Até agora não chegou nada. Sou muito grato pelo Corinthians, por tudo que ele fez por mim. Pretendo cumprir meu contrato, mas fico no aguardo. Não posso cravar nada e depois ter outra história. Vamos deixar as coisas acontecerem – pediu o jogador.


O Corinthians hoje tem o contestado Kazim e o garoto Carlinhos como opções a Jô. O clube se movimenta para reforçar o setor – Júnior Dutra, do Avaí, está em negociação e pode ser o primeiro reforço alvinegro para a próxima temporada. 
  




Um gol a cada 20 minutos: Clayson decide para o Corinthians no terceiro jogo seguido
Três importantes gols em 2 empates fora de casa e na vitória do Timão ontem mudam patamar do atacante do Timão

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga 
  12/10/2017 01h15
Clayson virou um gigante para o Corinthians no segundo turno, mesmo com apenas 1,66m de altura. Com quatro gols marcados nos últimos três jogos, o meia-atacante garantiu cinco pontos a mais na tabela para o líder do Brasileirão, que agora soma 58. 
Mesmo começando na reserva em todos os últimos jogos, o jogador fez um gol a cada 20 minutos em média, o que joga a matemática a seu favor na busca por uma vaga no time titular  

Fora de casa no majestoso, jogou 21 minutos e fez um gol no 1x1
Fora de casa no empate do Corinthians contra cru por 1x1, jogou 28 minutos e fez um gol
Na vitória do Corinthans por 3x1 sobre ctb, jogou 30 minutos e fez dois gols


  

Autor de dois gols na vitória do Corinthians, Clayson diz: "Continuar buscando meu espaço"   


Além dos quatro gols, Clayson soma também quatro assistências no Brasileirão pelo Corinthians: 

No gol de Maycon, na vitória por 5 a 2 contra o Vasco
No gol de Rodriguinho, na vitória por 2 a 0 contra o Atlético-MG
No gol de Pedro Henrique, na vitória por 3 a 1 contra o Sport
No gol de Jô, na vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense
     
Os gols de Corinthians 3 x 1 Coritiba pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro  

  Após o jogo, o técnico Fábio Carille exaltou a evolução do jogador, que chegou ao Timão após ser vice-campeão paulista pela Ponte Preta contra o próprio Timão. Ele tem 20 jogos pelo clube. 


– Clayson não é um fazedor de gols, ele leva, constrói, tem um contra um. Trabalhamos muita finalização para que ele melhore. Chuta bem, pega bem na bola. Estamos criando situações para que ele finalize. Fizemos um primeiro turno maravilhoso com uma base, mas ele está buscando seu espaço. Estamos muito satisfeitos com ele – afirmou o treinador.   
   


Clayson saiu do banco e fez dois gols contra o Coritiba (Foto: Mauro Horita)  

  Mesmo com o bom momento, a tendência é que não seja titular diante do Bahia, domingo, em Salvador. Além da boas atuação de Marquinhos Gabriel e Jadson diante do Coritiba, o time ainda contará com os retornos de Romero e Fagner, que cumpriram suspensão nesta quarta-feira.  







Voz de Anjo: herói de 77, Basílio comenta vitória do Corinthians em rádio paulistana

Na semana dos 40 anos do Corinthians campeão 77, ex-jogador de 68 anos elogia Clayson, o novo talismã


Por Marcelo Braga,
12/10/2017 08h00

Foi sofrido, mas o Corinthians conseguiu vencer o Coritiba por 3 a 1 na Arena Corinthians, pela 27ª rodada do Brasileirão, seguindo tranquilo na ponta da tabela.


Com o time oscilando no segundo turno, o torcedor que sonha com o hepta viveu momentos de agonia na Arena Corinthians entre o gol de empate de Henrique Almeida e o primeiro gol de Clayson.


Mas nada que se compare ao que a Fiel se sentiu há 40 anos, nos dias que antecederam o título paulista de 77


Herói do Paulistão de 1977, que completa quatro décadas na próxima sexta-feira, dia 13 de outubro, Basílio deixou de lado o seu histórico gol por pouco mais de 90 minutos na quarta à noite para analisar o atual Corinthians diante do Coxa. E com um olhar profissional.
  




Herói de 77, Basílio comenta jogos do Corinthians na Arena (Foto: Marcelo Braga)

Comentarista da Rádio Capital AM , o ex-jogador de 68 anos é figurinha carimbada na Arena Corinthians. Semanalmente, dá seus pitacos sobre as atuações do Timão. Além de jogador, foi técnico, com quatro passagens pelo Parque São Jorge (1985, 1987, 1989/1990 e 1992).

Chamado pelo narrador Hugo Botelho de "o verdadeiro Pé-de-Anjo", já que seu apelido foi dado também a Marcelinho Carioca nos anos 90, o ex-meio-campista abriu a jornada apostando numa vitória alvinegra por 2 a 0. Errou o placar, mas acertou o vencedor.


O gol de Jô, logo no início do primeiro tempo, deu ânimo ao comentarista, que como atleta somou 253 jogos pelo Timão entre 1975 e 1981. Além do gol salvador de 77, na finalíssima contra a Ponte Preta, marcou outros 28 com a camisa alvinegra.


  
  

Basílio: a origem do Pé-de-Anjo do Corinthians

O empate do Coritiba, com gol de Henrique Almeida, motivou críticas de Basílio. Guilherme Arana, que sofreu na parte defensiva, e Jadson, que se precipitou em alguns lances, foram alguns dos alvos. A torcida, que não parou de cantar mesmo nos momentos mais difíceis, só ganhou elogios.

– Temos que valorizar o que o torcedor está fazendo hoje. Estão levando um entusiasmo enorme aos jogadores – afirmou o Pé-de-Anjo a seus ouvintes.

Pelo terceiro jogo consecutivo, Clayson saiu do banco para salvar o Timão.  Em 2 empates e nesta vitória
 

Basílio durante jornada esportiva na Arena Corinthians (Foto: Marcelo Braga)

Jogador com maior estrela na história do clube, Basílio vê o novo talismã pedindo passagem:

– Ele está correspondendo dentro das oportunidades que aparecem. Hoje concorre a uma vaga de titular – disse, enquanto a Fiel  comemorava mais uma vitória do líder.


Assediado há 40 anos por um gol salvador, Basílio faz parte da história viva do Corinthians, que segue acontecendo diariamente – agora, com seus comentários. Na sexta, às 13h, ele será homenageado em evento na megaloja do Parque São Jorge ao lado de outros campeões de 77.
  






Um gol a cada 20 minutos: Clayson decide para o Corinthians no terceiro jogo seguido
Três importantes gols em 2 empates fora de casa e na vitória do Timão ontem mudam patamar do atacante do Timão

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

12/10/2017 01h15 
Clayson virou um gigante para o Corinthians no segundo turno, mesmo com apenas 1,66m de altura. Com quatro gols marcados nos últimos três jogos, o meia-atacante garantiu cinco pontos a mais na tabela para o líder do Brasileirão, que agora soma 58. 
Mesmo começando na reserva em todos os últimos jogos, o jogador fez um gol a cada 20 minutos em média, o que joga a matemática a seu favor na busca por uma vaga no time titular

Fora de casa no majestoso, jogou 21 minutos e fez um gol no 1x1
Fora de casa no empate do Corinthians contra cru por 1x1, jogou 28 minutos e fez um gol 
Na vitória do Corinthans por 3x1 sobre ctb, jogou 30 minutos e fez dois gols


 

Autor de dois gols na vitória do Corinthians, Clayson diz: "Continuar buscando meu espaço" 


Além dos quatro gols, Clayson soma também quatro assistências no Brasileirão pelo Corinthians:  

No gol de Maycon, na vitória por 5 a 2 contra o Vasco
No gol de Rodriguinho, na vitória por 2 a 0 contra o Atlético-MG
No gol de Pedro Henrique, na vitória por 3 a 1 contra o Sport
No gol de Jô, na vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense



  





Os gols de Corinthians 3 x 1 Coritiba pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro  

  Após o jogo, o técnico Fábio Carille exaltou a evolução do jogador, que chegou ao Timão após ser vice-campeão paulista pela Ponte Preta contra o próprio Timão. Ele tem 20 jogos pelo clube. 


– Clayson não é um fazedor de gols, ele leva, constrói, tem um contra um. Trabalhamos muita finalização para que ele melhore. Chuta bem, pega bem na bola. Estamos criando situações para que ele finalize. Fizemos um primeiro turno maravilhoso com uma base, mas ele está buscando seu espaço. Estamos muito satisfeitos com ele – afirmou o treinador. 
  


Clayson saiu do banco e fez dois gols contra o Coritiba (Foto: Mauro Horita) 

Clayson deve seguir como grande opção na reserva contra Bahia, domingo, em Salvador. Além da boas atuação de Marquinhos Gabriel e Jadson diante do Coritiba, o time ainda contará com os retornos de Romero e Fagner, que cumpriram suspensão nesta quarta-feira. 






Com dores musculares, poupado na vitória do Timão de ontem Pablo é dúvida do Corinthians contra o Bahia

Zagueiro é cortado do jogo contra o Coritiba por precaução; Fagner e Romero voltam no domingo

Por Diego Ribeiro e Marcelo Brag

12/10/2017 00h26
O zagueiro Pablo é dúvida do Corinthians para a partida do próximo domingo contra o Bahia, às 19h (de Brasília), em Salvador, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Pablo não participou da vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, nesta quarta-feira, porque reclamou de dores musculares na coxa esquerda e foi dispensado da concentração durante a tarde. Ainda que os exames não tenham detectado qualquer lesão, o técnico Fábio Carille optou por preservar o zagueiro.

O jogador será reavaliado entre quinta e sexta-feira, no CT Joaquim Grava, mas Carille não vai hesitar se precisar preservá-lo por mais tempo.



Pablo desfalcou Corinthians contra o Coritiba (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)


– Estamos num período de cuidado. Pablo reclamou de uma dor, porém os exames não dão nada. É um excelente profissional. Isso aconteceu contra o Avaí, no primeiro turno. Reclamou de dores, o exame não deu nada, ele ficou 10 minutos em campo, e o perdemos ele por mais de mês. Prefiro segurar. Ele concentrou para o jogo, e foi uma decisão minha não deixar ele iniciar. Não quis correr esse risco – destacou Carille.

– Se tiver de segurar contra o Bahia, vou fazer. Prefiro assim do que perder ele por mais um mês, ficaria praticamente fora do campeonato – completou
Corinthians  3 x 1 Coritiba pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro

O técnico se referiu ao empate sem gols com os catarinenses, em que árbitro não anotou penalti claro em Jô, na Ressacada. Na ocasião, Pablo também sentia dores, mas fez um teste e foi para o jogo. Deixou o campo ainda no primeiro tempo, com uma lesão moderada na coxa direita que o tirou de combate por seis semanas. Antes ele tinha fibrose, fruto da cicatrização de uma lesão antiga.

Sem Pablo, Pedro Henrique e Balbuena formaram a dupla de zaga do Timão na vitória sobre Coritiba – e podem repetir a dose no domingo. A única opção no banco seria o volante improvisado Warian, já que Léo e Vilson estão em fase de transição após lesões.

Por outro lado, Carille terá o lateral-direito Fagner e o atacante Romero, que voltam de suspensão. O volante Gabriel tem mais uma partida a cumprir após gancho do STJD.

O Corinthians chegou aos 58 pontos e aumentou sua vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro, para 10 pontos 







Arena Corinthians mostra escalação com fotos dos jogadores na infância

Ação antes da vitória sobre o Coritiba lembra o Dia das Crianças, comemorado nesta quinta-feira

Por GloboEsporte.com

12/10/2017 00h32

A escalação do Corinthians foi anunciada de forma diferente no jogo contra o Coritiba, nesta quarta-feira, vencido por 3 a 1, com gols de Jô e Clayson (dois).

Antes do início da partida, no telão da Arena Corinthians, apareceram fotos de infância dos jogadores do Timão. A ação foi feita para comemorar o Dia das Crianças, que é celebrado no dia 12 de outubro.

Veja no vídeo  



Telão da Arena anuncia escalação do Corinthians com fotos dos jogadores na infância 

abaixo: