26 de jul de 2017

CORINTHIANS 26/07/2017


























Técnico Fábio Carille fala sobre a vitória e classificação do Corinthians  às oitavas da Conmebol Sul-Americana

Técnico do Corinthians exaltou Pedrinho, respondeu sobre as lesões de Fagner e Romero e falou ainda sobre a dupla de volantes do Timão


00h10 27/07/2017 - Agência Corinthians

Na noite desta quarta-feira (26), o Corinthians venceu o Patriotas (COL) por 2 a 0 – gols de Balbuena e Pedrinho – e se classificou para as oitavas de final da Conmebol Sul-Americana – no primeiro jogo, as equipes empataram por 1 a 1 na Colômbia. Após a partida, o técnico Fábio Carille, ao lado do zagueiro Balbuena, concedeu entrevista coletiva à imprensa.

O treinador do Timão começou avaliando a atuação do Alvinegro. “Sabíamos que ia errar mais do que o normal, quatro jogadores da frente que não vêm jogando, dentro da normalidade. Giovanni [Augusto] já veio bem contra Fluminense, Marquinhos [Gabriel] já vinha jogando, Kazim... O ano vai terminando e é bom a gente contar com todos”, valorizou.

Autor de um golaço – o segundo do Corinthians no jogo –, Pedrinho também foi assunto. “Um jogador de muito talento, todos nós já sabemos, temos paciência para lançar aos poucos, fazemos trabalho especial com ele. É uma joia que temos que lapidar, pois tem potencial muito grande”, explicou o técnico. “Preparo o dia a dia, o mesmo que os titulares trabalham a equipe de baixo também. Facilita muito. O Marquinhos [Gabriel] é mais no um contra um, o Giovanni mais armador, Clayton mais finalizador. Usamos as alternativas que o jogo pede”, completou.

“A questão não é técnica ou tática [para Pedrinho jogar mais tempo], é um trabalho que está sendo feito, já ganhou alguns quilos. Ele sente na parte física, é normal, por não aguentar os 90 minutos. Ele está abafando, mas isso é dentro da normalidade. Estamos tendo um cuidado de preparação para virar um atleta mesmo”, explicou.

Carille também foi questionado sobre Fagner – que ficou de fora da equipe por conta de dores no joelho – e Romero – que sentiu a região do músculo adutor. “Nos assustamos no banco, quando colocou a mão no joelho contra o Fluminense. É inflamação, nada sério, expectativa de jogar domingo (30). Romero tem um pequeno edema no adutor, deve estar amanhã (27) ou sexta (28) no campo. Ficamos só sem Jadson e Pablo para domingo (30)”, declarou.

A imprensa perguntou se o treinador alvinegro estava encarando a Conmebol Sul-Americana como um ‘Plano B’. “Não poupei ninguém hoje. O Rodriguinho jogou com dores na panturrilha contra o Fluminense, não levamos para não perder por mais tempo. Não poupei e não vou poupar, foi uma circunstância, um aviso. Pablo, Romero, Rodriguinho, Jô sentindo dor na coxa, na posterior... são cuidados que temos que ter, mas vou sempre trabalhar jogo a jogo. Se fosse jogo de Brasileiro essas substituições iam ocorrer também”, disse.

Sobre Jadson e Pablo, os dois que, certamente, estarão de fora da partida de domingo (30), às 16h, na Arena Corinthians, diante do Flamengo, pela 17ª rodada do Brasileirão, Carille ainda não definiu quem serão os substitutos: “Está aberto. Passo a partir desse momento de analisar o Flamengo e ver o que se encaixa na nossa estratégia de jogo”.

A dupla de volantes Gabriel e Maycon também foram exaltados na coletiva. “Desde o jogo contra o Palmeiras essa dupla começou como titular, daquele jogo histórico até aqui. Mas falamos da parte coletiva, porque o Camacho entrou bem, Paulo Roberto também, funções bem determinadas e os atletas cumprindo bem, um mais por trás, outro com liberdade para chegar na área. Estamos muito satisfeitos com o que está acontecendo”, garantiu.

Nesta quinta-feira (27), o Timão se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava para dar início à preparação para a partida diante do Flamengo, no domingo (30), às 16h, na Arena Corinthians.


















Na Arena Corinthians, corinthiano Rodriguinho recepciona surfista corinthiano  Gabriel Medina acompanha vitória sobre Patriotas

Surfista também viu show da torcida; pelo 13º jogo consecutivo, Arena Corinthians recebeu mais de 30 mil pagantes


00h00 27/07/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


A Fiel teve um reforço de peso na noite desta quarta-feira (26). Campeão mundial de surfe, o corinthiano Gabriel Medina esteve na Arena Corinthians e reforçou a torcida na vitória do Timão sobre o Patriotas por 2 a 0.

Além da classificação do Corinthians para as oitavas de final da Copa Sul-Americana, Gabriel Medina viu mais um show da Fiel. Pela 13ª partida consecutiva, a Arena Corinthians recebeu mais de 30 mil torcedores - público pagante foi de 34.472.

Brazilian Storm é Fiel
Outros surfistas que se destacam no Circuito Mundial de Surfe são corinthianos. Adriano de Souza ("Mineirinho"), também campeão mundial, e Filipe Toledo são alguns dos profissionais da modalidade que torcem para o Timão.







Goleador da vitória do Corinthians sobre  o Patriotas, Balbuena valoriza equipe após classificação na Sul-Americana

Zagueiro paraguaio, que já tinha balançado as redes no jogo de ida, na Colômbia, fez o gol que abriu o placar da Arena Corinthians


23h50 26/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


O Corinthians está classificado para as oitavas de final da Conmebol Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (26), o Timão recebeu o Patriotas (COL) e venceu por 2 a 0 – gols de Balbuena e Pedrinho. No jogo de ida, o Alvinegro empatou com os colombianos por 1 a 1 com um gol no finalzinho também do paraguaio.

O zagueiro – e capitão nesta noite – falou sobre gol anotado na vitória que levou o Corinthians à próxima fase da competição: “Eu acho que é mérito da equipe. A gente trabalha bola parada, faz a movimentação, recebi uma bola perfeita do Maycon. Conseguimos abrir placar para jogar com mais tranquilidade”, disse. “A gente sabia que ia ser difícil. O Patriotas, embora não seja muito conhecido, é um time que joga bem", completou o xerife.

Ele também não poupou elogios a Pedrinho, que entrou no segundo tempo e fez um golaço para dar números finais ao jogo. “Demonstra a alegria que tem fora do campo e a traz para campo. Pedrinho tem potencial, trabalha para caramba, o gol saiu merecidamente. Tinha que ter chegado mais cedo até. Parabéns para ele pelo gol, espero que seja o primeiro de muitos, que venha muito mais”, exaltou o camisa 4.

O elenco alvinegro se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava na tarde desta quinta-feira (27) para o primeiro treino focado na partida do próximo domingo (30), às 16h, na Arena Corinthians, Corinthians x Flamengo – válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.









Técnico Fábio Carille fala em orgulho por novo feito e vê competição no elenco corinthiano
Comandante da segunda maior sequência invicta da história do Corinthians, Fábio Carille novamente mostrou-se orgulhoso por um feito alcançado em pouco mais de seis meses de carreira. Além da marca histórica, o Corinthians alcançou as oitavas de final da Copa Sul-Americana ao vencer o Patriotas (COL) por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Arena Corinthians. Sem perder há 31 jogos, desde março, Carille mantém o discurso jogo a jogo, mas não nega a alegria pelo ano.

- Não gosto de trazer para o meu grupo, em nenhuma reunião falei de invencibilidade. Mas é um orgulho, todos têm que se sentir felizes por isso, um clube com muita história e você atingir uma marca dessas... A responsabilidade é de fazer um bom jogo e se preparar para o próximo jogo. Estou levando de jogo a jogo, desde que o elenco decidiu que seria assim - disse o técnico.

Por falar em elenco, Carille mostrou satisfação pela resposta dada nesta quarta-feira. Ele preservou quatro habituais titulares por motivos físicos, ainda não conta com os lesionados Pablo e Jadson, e gostou das atuações dos seis reservas na vitória diante do clube colombiano. Nesta quarta-feira, Léo Príncipel, Pedro Henrique, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Clayton e Kazim convenceram o treinador a respeito da força do elenco em 2017.

- Sabemos que íamos errar um pouquinho mais, quatro jogadores que não vinham jogando juntos. Giovanni já havia ido bem contra o Fluminense, Marquinhos, Clayton e Kazim. É uma dor de cabeça boa, sabemos que começarão alguns problemas e é bom contar com todos. Ficamos felizes. Preparo o dia a dia, o mesmo que os titulares trabalham a equipe de baixo também. Facilita muito. O Marquinhos é mais no um contra um, o Giovanni mais armador, Clayton mais finalizador. Usamos as alternativas que o jogo pede - disse Carille, que refutou o termo "poupar" para falar sobre o time que enfrentou o Patriotas.

- Não poupei ninguém hoje, tá? O Rodriguinho jogou com dores na panturrilha contra o Fluminense, não levamos para não perder por mais tempo. Não poupei e não vou poupar, foi uma circunstância, um aviso, Pablo, Romero, Rodriguinho, Jô sentindo dor na coxa, na posterior... são cuidados que temos que ter, mas vou sempre trabalhar jogo a jogo. Se fosse jogo de Brasileiro essas substituições iam ocorrer também.








Atuações do Corinthians em vitória por 2x0  e classificação: Balbuena decide de novo; Pedrinho conquista a Fiel

Zagueiro é o melhor em campo e abre caminho da classificação contra o Patriotas, nesta quarta-feira. Garoto xodó completa placar de 2 a 0 com um golaço, seu primeiro no Timão



Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

26/07/2017 23h42 Atualizado há 1 hora 


Balbuena: Mesmo sem Pablo, tem garantido a segurança do setor defensivo corintiano com desarmes precisos e qualidade na bola aérea. No ataque, virou arma fundamental e ajudou a decidir o segundo jogo seguido a favor do Timão. Vive sua melhor fase. Nota: 7,5


Pedrinho: inserido aos poucos na equipe profissional do Corinthians, o garoto entrou no segundo tempo, incendiou a partida e criou as principais ações ofensivas da equipe. Deu um chute de fora da área e, depois, foi premiado com um golaço, por cobertura, na saída de Villete. O primeiro gol dele como profissional teve a tranquilidade de um veterano. Nota: 7,0


Kazim: Entrega, não falta ao centroavante inglês naturalizado turco. Briga por todas as bolas, persegue o adversário quando tem a bola roubada, tenta fazer o papel de pivô e sofre faltas (foram cinco, maior número do time). Com a bola, porém, tem sido atrapalhado pela ansiedade para fazer o gol. Não balança as redes desde fevereiro. Nota: 5,0


Clayton: Sentiu a falta de ritmo, natural para quem vem jogando menos. Teve uma chance de gol desperdiçada e criou algumas oportunidades pelo lado esquerdo. Caiu de produção no segundo tempo e foi substituído. Nota: 5,0


Veja as notas dos jogadores do Corinthians:


Cássio [GOL]: 6,5
Léo Príncipe [LAD]: 6,0
Balbuena [ZAG]: 7,5
Pedro Henrique [ZAG]: 6,5
Guilherme Arana[LAE]: 6,0
Gabriel [VOL]: 6,5
Maycon [VOL]: 7,0
Marquinhos Gabriel [MEC]: 6,5
Giovanni Augusto [MEC]: 6,5
(Jô [ATA]): 6,0)
Clayton [ATA]: 5,0
(Pedrinho [ATA]): 7,0)
Kazim [ATA]: 5,0
(Camacho [VOL]): 6,0)





Xodó, Pedrinho festeja primeiro gol pelo Timão: 'Vai ser difícil dormir'

Garoto Pedrinho, de 19 anos, fez pelo Timão seu primeiro gol como profissional (foto: Luis Moura / WPP)LANCE! - 27/07/2017 - 00:42
O relógio marcava 18 minutos da etapa complementar. O Corinthians vencia por 1 a 0, e buscava um contra ataque oara matar o jogo. Atendendo a um pedido da torcida, que gritava o nome do garoto nas arquibancadas, o técnico Fábio Carille sacou Clayton para a entrada de Pedrinho. Nos acréscimos, o meia-atacante de 19 anos mostrou que o comandante e a torcida têm estrela, marcou seu primeiro gol como atleta profissional e garantiu o Timão nas oitavas. Após o tento, correu para comemorar com a Fiel.

- Realmente é uma sensação única, sabia que em algum momento o gol ia sair. Fui comemorar com torcida porque sei do apoio que eles tem por mim, nas redes sociais, no dia a dia. Precisava fazer gol para homenagear a torcida que grita meu nome, vibra, me apoia, quis dedicar gol também para eles, dar abraço. É gratificante para mim. Sinceramente, hoje é difícil dormir - festejou o jogador.

Destaques do Corinthians no décimo título do clube da Copinhade Futebol Júnior, Pedrinho foi alçado ao profissional com o volante Mantuan e o atacante Carlinhos no início do ano. Após a partida na Arena Corinthians, ele recebeu elogios dos companheiros e do técnico Fábio Carille.


- Pedrinho é um jogador de muito talento, todos sabemos. Temos que ter paciência para ir lançando aos poucos. Estamos fazendo um trabalho aos poucos, é uma joia que temos que lapidar cada vez mais, pois tem um potencial muito grande - disse o comandante.

Satisfeito com o feito inédito na carreira e com o apoio dos torcedores, Pedrinho avaliou a "boa safra" de jogadores que têm surgido nas bases dos clubes brasileiros, principalmente no clube do Parque São Jorge.

- Conversei com Léo (zagueiro), falamos sobre a safra de agora, geração muito boa. Cada clube tem dois ou três que estão buscando espaço, aqui (no Corinthians) não é diferente. Tem eu, Léo Santos, Arana, Maycon, grandes clubes do Brasil também tem vários moleques subindo agora e tendo oportunidade. Sem dúvida, é uma geração de qualidade - avaliou, sem esconder a emoção pelo feito.

- Esperei a vida inteira por este momento, e foi um gol importante para o Corinthians. Patriotas é um time rápido e de qualidade, poderia ir para os pênaltis, por isso não pode deixar cair. Tentei trabalhar, ajudando, procurando espaço, e pude matar o jogo ali no finalzinho. Vou guardar esse momento no meu coração para a vida inteira - completou o xodó da Fiel. 









Pedrinho fala sobre a sensação de anotar o primeiro gol com camisa principal do Corinthians

Jovem do Terrão fez dedicatória especial após golaço e exaltou a Fiel, que sempre grita seu nome nos jogos


00h00 27/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


Quando a partida entre Corinthians e Patriotas (COL), na noite desta quarta-feira (26), na Arena Corinthians, estava entrando nos acréscimos da etapa complementar, Cássio lançou e Jô dividiu com o zagueiro para tentar o desvio, mas ninguém tocou na bola. Foi aí que o jovem Pedrinho, cria do Terrão, dominou em velocidade e tocou por cobertura na saída do goleiro. Um golaço que decretou a vitória alvinegra por 2 a 0 diante da equipe colombiana e a classificação do Timão para as oitavas de final da Conmebol Sul-Americana.

“Realmente, é uma sensação única. Sabia que em algum momento o gol ia sair”, revelou o jovem após seu primeiro gol no elenco principal do Alvinegro – e sexto no ano, somando com os cinco anotados na Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro, quando ele foi o melhor jogador da competição e ajudou o Timãozinho na conquista do décimo título da Copinha.

“Dedico ao meu pai, mãe, irmã e namorada e a Deus. Realmente, cada vez que torcida grita meu nome é satisfação enorme para mim. Tento dar meu máximo para retribuir carinho que tem por mim. Hoje, a bola sobrou. Também queria dedicar o gol à torcida corintiana, que grita meu nome e me apoia", completou Pedrinho.

Já na tarde desta quinta (27), Pedrinho se reapresenta junto ao elenco alvinegro no CT Dr. Joaquim Grava para começar a preparação visando o duelo do próximo domingo (30), às 16h, na Arena Corinthians, Corinthians x Flamengo, válido pela 17ª rodada do Brasileirão.






Corinthians 2x0 patriotas
ATUAÇÕES: Balbuena e Pedrinho resolvem jogo para o Corinthians


Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Pedrinho fez o segundo do Timão Luis Moura / WPP

Balbuena abriu o placar na Arena Corinthians Luis Moura / WPP

Corinthians 2 x 0 PatriotasLuis Moura / WPP

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Corinthians 2 x 0 PatriotasMarcelo Machado de Melo / Fotoarena

Pedrinho fez o segundo do Timão Luis Moura / WPP

Balbuena abriu o placar na Arena Corinthians Luis Moura / WPP1/10

Gabriel Carneiro e Olga Bagatini - 27/07/2017 - 00:09
O Corinthians venceu o jogo contra o Patriotas, da Colômbia, por 2 a 0 e avançou às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Autores dos gols, o zagueiro Balbuena e o garoto Pedrinho foram os melhores em campo. O técnico Carille também recebeu nota alta por, mesmo com time misto, manter o padrão de jogo da equipe. Confira as atuações:

CORINTHIANS

6,5
Cássio
Fez uma defesa difícil em chute rasteiro do Patriotas, mas fora isso não teve muito trabalho. Fez lançamento que rendeu gol no segundo tempo.


6,0
Léo Príncipe
Esforçado. Fez um cruzamento perigoso no primeiro tempo e não comprometeu defensivamente ao realizar alguns bons desarmes.

7,0
Balbuena
Novamente decisivo na bola aérea, ainda acertou botes importantes. Poucos erros de passe e segurança absurda. Emendou mais um jogaço!

6,5
Pedro Henrique
Leitura de jogo de ótimo nível, principalmente nas bolas rasteiras. Dobrou marcação, acompanhou a linha e foi muito importante para o resultado.

5,0
Guilherme Arana
Diferentemente da maioria dos jogos, foi pouco participativo diante do Patriotas. Não deu dinâmica à equipe e foi desarmado quatro vezes.

6,0
Gabriel
Líder de desarmes do Corinthians, o que atesta o bom posicionamento em campo, com poucos erros de passe. Fez falta desnecessária perto do fim.

6,5
Maycon
Deu quatro passes para finalização do Corinthians, aparecendo à frente com perigo e sendo responsável até por uma chance de gol. Boa atuação.

6,0
Marquinhos Gabriel
Bons passes, movimentação agressiva, visão de jogo e dinâmica às ações ofensivas do Corinthians, mas pouca efetividade no contexto geral.

6,5
Giovanni Augusto
Centralizado, criou boas chances a partir de lançamentos e movimentação à lá Rodriguinho, abrindo linhas de passe. Cansou no segundo tempo.

4,5
Clayton
Desperdiçou a primeira chance clara de gol do Corinthians na partida e, no mais, pouco contribuiu e ainda errou um terço de seus passe. Improdutivo.

4,0
Kazim
Outra atuação abaixo das expectativas. Não encontrou sua posição, falhou nas tentativas de pivô e pouco participou das jogadas. Noite para apagar.

7,0
Pedrinho
Pedido pela torcida, entrou demonstrando ansiedade, mas foi impecável no lance do gol que marcou. Leitura de jogo e técnica mais que apurada.

6,5

Em bem menos tempo que Kazim, muito mais participação e eficiência, inclusive ao participar da jogada do gol de Pedrinho já perto do apito final.

6,0
Camacho
Entrou para ajudar na contenção e qualificar a saída de bola, missões que cumpriu com perfeição. Errou apenas um passe enquanto jogou.

7,0
Fábio Carille
Escalou time misto, mas manteve o modelo de jogo da equipe. Apostas do segundo tempo também deram resultado. Trabalho é ótimo 





Timão venceu por 2 a 0Luis Moura / WPP

Timão venceu por 2 a 0Marcelo Machado de Melo / Fotoarena

Balbuena abriu o placar na Arena CorinthiansLuis Moura / WPP

Balbuena abriu o placar na Arena CorinthiansMARCELLO FIM / RAW IMAGE

Timão venceu por 2 a 0(Foto: Daniel Augusto Jr)

Timão venceu por 2 a 0Luis Moura / WPP

Timão venceu por 2 a 0Marcelo Machado de Melo / Fotoarena

Balbuena abriu o placar na Arena CorinthiansLuis Moura / WPP

Balbuena abriu o placar na Arena CorinthiansMARCELLO FIM / RAW IMAGE2/5

Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 27/07/2017 - 01:06
'Golbuena'? Zagueiro do Corinthians mostra modéstia: 'Estou dando sorte'

O Corinthians venceu o patriotas da col por 2x0 e classificou-se para oitavas da Copa Sul Americana 2017
Balbuena marcou seu quinto gol neste ano na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Patriotas (COL), na noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, pela volta da segunda fase da Sul-Americana. Após a classificação do Timão às oitavas, o defensor foi modesto ao comentar sua fase artilheira:

- A gente trabalha como é todo ano, não faço nada de diferente em relação ao ano passado. Mas é mérito coletivo, quando vamos para o ataque todos fazem os movimentos e estou dando sorte de marcar - afirmou Balbuena, que na última segunda-feira já havia falado que vive sua melhor fase na carreira.

- É mérito coletivo, porque quando tem escanteio ou falta todos fazem um movimento. Eu tive a sorte de marcar o gol, no jogo seguinte pode ser o Pedrão, o Jô. E quem cobra também tem muito mérito, temos ótimos cobradores, como Jadson, Maycon e Giovanni - acrescentou.

O zagueiro agora é o quarto corintiano com mais gols na temporada, ao lado de Romero. Ele está atrás apenas de Jadson (oito gos), Rodriguinho (nove) e Jô (16).

O Corinthians volta a campo neste domingo, às 16h, contra o Flamengo, pela 17ª rodada do Brasileiro. O Timão é o líder do campeonato, com 40 pontos.









Corinthians bate Patriotas, vai às oitavas e iguala sua segunda maior série invicta

Com gols de Balbuena e Pedrinho, Timão faz 2 a 0 e chega a 31 jogos seguidos sem ser derrotado; adversário na próxima fase da Sul-Americana será conhecido nesta quinta
Por Renan Caciol

26/07/2017 23h35

O Corinthians versão 2017 segue fazendo história. Nesta quarta-feira à noite, derrotou o Patriotas por 2 a 0, na Arena Corinthians, avançou às oitavas de final da Copa Sul-Americana e chegou a 31 jogos de invencibilidade. A série atual iguala a segunda maior sequência invicta do clube em todos os tempos, obtida nos anos 30. O recorde corintiano é de 37 partidas, em 1957.
Os gols foram do zagueiro paraguaio Balbuena, que já havia deixado a marca dele no duelo de ida, quando os times empataram em 1 a 1, e de Pedrinho - seu primeiro pelo profissional.




Veja os gols de Corinthians 2 x 0 Patriotas


O Timão conhecerá nesta quinta-feira seu adversário da próxima fase do torneio continental. Independiente Medellín e Racing se enfrentam na Colômbia, após a vitória por 3 a 1 dos argentinos no primeiro confronto.




Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Balbuena contra o Patriotas (Foto: Marcos Ribolli)


A equipe de Fábio Carille volta suas atenções, agora, para o Campeonato Brasileiro. Líder da competição, com 40 pontos, o Timão recebe o Flamengo, no domingo, às 16h, em sua arena. A combinação de resultados da 17ª rodada pode render aos alvinegros o título do primeiro turno.


O jogo


O Corinthians entrou em campo para decidir seu futuro na Sul-Americana influenciado justamente pela situação no Brasileirão, competição que é prioridade do clube. Preservados por causa do desgaste da sequência de jogos, Rodriguinho, Romero e Jô foram substituídos por Marquinhos Gabriel, Clayton e Kazim, respectivamente. Além disso, Léo Príncipe ocupou a vaga de Fagner, vetado por dores no joelho, na lateral direita.


Mesmo com uma formação alternativa, o time mostrou seu padrão da temporada, não sofreu quase nada e foi letal quando teve chance de marcar. Aos 27 do primeiro tempo, Maycon cobrou escanteio na cabeça de Balbuena, que testou no canto baixo do goleiro Villete: 1 a 0. Com mais posse de bola (62% a 38%), o Timão controlou o Patriotas.


No segundo tempo, os colombianos precisaram partir para o tudo ou nada e criaram uma chance de perigo com Ibargüen, aos 10. Mesmo assim, os donos da casa mantiveram a estratégia e cozinharam o rival. Ainda deu tempo de Pedrinho fazer o segundo gol, aos 45. Foi o primeiro dele pelo time profissional.

Pedrinho no meio da marcação do Patriotas: garoto entrou no segundo tempo e deixou o dele (Foto: Marcos Ribolli)















De Buena! Balbuena e Pedrinho marcam, Timão vence e se classifica na Conmebol Sul-Americana

Corinthians faz 2 a 0 no Patriotas (COL) em casa; nas oitavas, Alvinegro pega Racing (ARG) ou Independiente Medellin (COL)


23h40 26/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


Líder do Campeonato Brasileiro, o Corinthians segue de 'buena' com a vida e grande campanha também na Conmebol Sul-Americana. Com mais um gol de Balbuena e outro do menino Pedrinho, o Timão venceu o Patriotas (COL) por 2 a 0 na Arena Corinthians, no jogo de volta da segunda fase, e se classificou para as oitavas de final da competição continental.

Time modificado: O técnico Fabio Carille levou a campo uma equipe titular com alterações em todos os setores. O Corinthians começou com Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Clayton; Kazim.

Controle da partida: O Corinthians tinha mais posse de bola e rondava a área adversária, mas com dificuldades para criar chances de gol. Na melhor oportunidade, aos 14 minutos, Clayton recebeu a bola após lançamento de Giovanni Augusto, matou e tentou o arremate, que foi por cima do travessão.

Paragol! Sem conseguir invadir a área do Patriotas por baixo, o Corinthians teve de buscar o gol por cima, com o artilheiro do momento: Balbuena. Maycon cobrou escanteio e encontrou o zagueiro paraguaio, que tocou a bola no canto do gol para fazer 1 a 0.

Quase de cara: Logo no começo do segundo tempo, o Corinthians teve chance de ampliar. Aos cinco minutos, Giovanni Augusto recebeu no bico da área, mas chutou a bola por cima do gol.

Que susto! O Patriotas chegou a assustar no segundo tempo, inclusive com um cabeceio perigoso de Ibarguen, que passou perto da trave do gol de Cássio.

Mudança decisiva: A primeira substituição de Fabio Carille no jogo seria decisiva. Pedrinho entrou no lugar de Clayton. Com poucos minutos, o jovem meia se soltou e arriscou um chute de fora da área, que passou por cima do gol. Era um aviso do que estava por vir. Além dele, Jô (no lugar de Giovanni Augusto) e Camacho (Kazim) entraram durante a etapa final.

A primeira vez do menino: O Corinthians controlava o duelo e parecia que se classificaria com uma vitória magra. Mas aos 45 min, Pedrinho ficou com a bola, invadiu a área e tocou de cavadinha na saída do goleiro para marcar o primeiro gol dele como profissional e fechar a conta na Arena Corinthians.

A eliminatória seguinte: Nas oitavas, o Corinthians vai encarar o vencedor do confronto entre Racing (ARG) e Independiente Medellin (COL). Jogando em casa, a equipe argentina venceu o jogo de ida por 3 a 1. A segunda partida, na Colômbia, acontece nesta quinta-feira (27), às 21h45 (horário de Brasília).

O desafio que vem pela frente: Depois de passar de fase na Conmebol Sul-Americana, o Corinthians volta a focar no Brasileirão. No próximo compromisso pelo campeonato nacional, o Timão recebe o Flamengo na Arena Corinthians neste domingo (30), às 16h.










Corinthians vence em casa por 2x0 e se classifica as oitavas da Copa sul americana 2017
"Que cenário impressionante, que torcida febril, que grande jogo para o futebol da nossa terra". A empolgação do narrador da Rádio Boyacá, da Colômbia, reproduzia o significado do confronto com o Corinthians para o Patriotas, que foi fundado em 2003 e disputava sua primeira competição internacional. Do outro lado, o Timão não deu a mesma importância para o duelo: poupou Rodriguinho, Romero e Jô, e ainda vetou Fagner por conta de dores no joelho.

Mesmo com a equipe mista, o Corinthians venceu o Patriotas por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Arena em Itaquera, e avançou às oitavas de final da Copa Sul-Americana - o duelo de ida havia terminado empatado por 1 a 1. Na próxima fase, o Timão pega Independiente Medellín (COL) ou Racing (ARG), que se enfrentam nesta quinta-feira.

Com o sistema ofensivo totalmente diferente em relação ao time ideal, o Corinthians errou mais passes do que está acostumado. A equipe tinha dificuldades para criar perigo, mas Giovanni Augusto começou a aparecer. O meia deu bom lançamento para Clayton, que se enrolou e perdeu grande chance, e depois para Marquinhos Gabriel.
Aos poucos o Timão começou a dominar a partida. Após sufocar o Patriotas, conseguiu abrir o placar aos 27 minutos, com Balbuena, que aproveitou cobrança de escanteio de Maycon, se livrou da marcação de Arboleda e mandou de cabeça para o fundo da rede.

A resposta do Patriotas foi rápida. Primeiro em finalização de Vásquez, e depois com Ibarguen, que apareceu livre após cobrança de escanteio e quase empateu de cabeça na principal chance da equipe colombiana.

No segundo tempo, o Corinthians continuou sofrendo com a improdutividade de Clayton e Kazim. Não à toa a torcida pediu a entrada de Pedrinho antes mesmo dos dez minutos, quando o Patriotas já acumulava oportunidades para empatar a partida.

Pedrinho, enfim, entrou no lugar de Clayton. Jô também foi para o jogo, na vaga de Giovanni Augusto. O Corinthians não melhorou tanto, tomou pressão no fim, mas conseguiu sacramentar a classificação aos 45 minutos, com gol justamente de Pedrinho - o meia-atacante aproveitou bobeira da zaga após chutão de Cássio e encobriu o goleiro Villete.

O Patriotas, pelo menos, teve uma despedida digna na sua primeira competição internacional. Já o Timão, líder do Brasileirão, igualou a segunda maior sequência invicta da história do clube, com 31º jogos, e chega forte também na Sul-Americana. Que venham as oitavas de final!

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 patriotas col
Copa sul americana 2ªfase volta
​Local: Arena Corinthians
Data-hora: 26/7/2017 (quarta-feira), às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Tobar (CHI)
Assistentes: Raul Orellana (CHI) e Edson Cisternas (CHI)
Público/renda: 34.472 pagantes (34.808 pagantes 336 naopag)/ R$ 1.593.595,90
Cartões amarelos: Cabezas (PAT)

Gols: Balbuena 27' 1ºT (1-0); Pedrinho 45' 2ºT (2-0)

CORINTHIANS: 12-Cássio, 2-Léo Príncipe, 4-Balbuena, 15-Pedro Henrique e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel e 8-Maycon; 25-Marquinhos Gabriel, 17-Giovanni Augusto (7-Jô 29' 2ºT) e 9-Clayton (20-Pedrinho 18' 2ºT); 18-Kazim (29-Camacho 34' 2ºT). Técnico: Fábio Carille + 27-Wálter, 14-Léo, 6-Moisés, 28-Paulo Roberto

patriotas: 12Villete, 2Jesús Murillo, 26Cabezas, 3Arboleda e 14Niko Carreño (23 Pretel 35' 2ºT); 5 Larry Vásquez, 8 Robayo, 10 Omar Vázquez (27Mosquera - intervalo) e 11Gómez; 9 Valoyes e 18Ibargüen. Técnico: Diego Corredor + 1 Martinez 16 Rito 24-Parra 17-Riascos 7-Rendon



#Timão: Cássio, Léo Principe, Balbuena, Pedro Henrique, Guilherme Arana; Gabriel, Maycon; Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Clayton; Kazim








Com duas rodadas de antecipação, Corinthians vencia Barcelona e conquistava “Pequena Taça do Mundo” em 1953

Após a campanha histórica, o Timão voltou ao Brasil e causou mais um episódio marcante, inédito na cidade de São Paulo; No aeroporto de Congonhas, mais de 100 mil pessoas recepcionaram a equipe alvinegra

12h00 26/07/2017 - Agência Corinthians



Há 64 anos, o Corinthians conquistava a Pequena Taça do Mundo, disputada em quadrangular com quatro equipes na cidade de Caracas, na Venezuela. Principal torneio internacional na época, a Copa Marcos Pérez Giménez reuniu o Timão, Barcelona (ESP), Roma (ITA) e a Seleção de Caracas (VEN), em formato de pontos corridos, com partidas em ida e volta. Mesmo subestimado pela imprensa venezuelana, que apontava na época a equipe da Roma como grande favorita a vencer o torneio, o Alvinegro mostrou força e conquistou a taça com dois jogos de antecipação.

Estreia contra Roma

A estreia do Corinthians foi contra o badalado time da Roma, que era considerado o grande clube europeu no período e ainda havia contratado vários reforços, como, por exemplo, o atacante uruguaio Gigghia, carrasco do Brasil na Copa do Mundo de 1950, no Maracanã.

Diferente do que esperavam os italianos, a equipe alvinegra foi soberana e deu uma aula de futebol ao time da cidade de Roma, que viu Luizinho marcar um belo gol de cobertura, garantindo a vitória do Timão na estreia.
Segundo relatos do jogo, o Coringão poderia ter vencido por mais gols, já que pressionou a equipe italiana a todo tempo, além das poucas chances criadas pelos “galácticos” da Roma.


Primeira vitória sobre o Barça

Mais uma vez desacreditado, o Corinthians encarava o outro favorito do torneio: o poderoso Barcelona. Atual tricampeão espanhol, com sete jogadores da seleção da Espanha, o Barça chegava como favorito. De fato, mostrou força dentro de campo, valorizando ainda mais a vitória alvinegra.

O início do jogo foi melhor para o Timão, que conseguiu abrir o placar com Luizinho, após rápida troca de passes no ataque em assistência do meia Carbone. Após o gol, a equipe da Catalunha cresceu na partida e chegou ao empate com o atacante Moreno.

O tento do Barça serviu para reanimar a equipe do Corinthians, que cresceu no jogo, desempatou com Carbone e ainda ampliou, novamente com Luizinho. O Barcelona chegou a diminuir, mas a reação parou por aí. Grande vitória do Timão por 3 a 2.

Mais uma vitória e título encaminhado

Após dois grandes resultados contra Roma e Barcelona, o Timão fechava a primeira série de jogos contra os donos da casa, a Seleção de Caracas.

Antes do jogo, o técnico Rato falou aos jogadores no vestiário: “Rapazes, vencemos a Roma e o Barcelona, duas grandes expressões do futebol europeu e internacional. Não julguem que está terminada a nossa missão neste quadrangular. Hoje temos de enfrentar a representação de Caracas. Uma derrota frente a esse contendor seria o mesmo que arruinar tudo o que de prático já fizemos nessa excursão. Dessa forma, precisamos vencer. Vocês sabem muito bem que, no Brasil, 40 e tantos milhões de brasileiros estão com suas atenções voltadas para nós, esperando mais essa vitória. Lembrem-se de que o jogo de hoje representa a “chave” para a conquista do título que estamos disputando. Vão para o gramado e lutem com a mesma fibra, com a mesma alma que o fizeram até aqui. Nada de pensar ser o adversário fraco. Todos devem ser olhados com o mesmo respeito”.

O discurso deu certo, e o Timão conquistou nova vitória, por 2 a 1, com gols de Claudio e Carbone.

Mais uma vitória sobre o Barça e título garantido

Com as três vitórias no primeiro turno do quadrangular, a imprensa venezuelana mudou de postura e passou a tratar o Timão como forte candidato ao título. O rival da vez era novamente o Barcelona, que proporcionou o jogo mais difícil do Alvinegro nas partidas da primeira fase.

Diferente do que aconteceu no primeiro duelo, o Timão teve atuação de gala, causando “fúria” nos atletas da equipe espanhola, que partiram para a agressão quando viram que a vitória alvinegra era certa. O gol saiu no segundo tempo, nos pés de Goiano, após cruzamento de Claudio. O meia do Timão aproveitou a bola na área e finalizou com força, sem chances para o goleiro do Barça.

Após o gol, os jogadores do Barcelona partiram para a agressão, já que o Timão trocava passes com muita facilidade, deixando a vitória cada vez mais próxima. Mesmo com o descontrole dos espanhóis, o Corinthians venceu o duelo e sagrou-se campeão do torneio de Caracas, mesmo com duas rodadas de antecedência.

Cumprindo tabela, mantendo invencibilidade

Mesmo com o título garantido, o Timão ainda disputaria duas partidas restantes, contra a Seleção de Caracas e contra a Roma. No primeiro jogo, contra a equipe local, o Timão venceu com facilidade por 2 a 0, com dois gols de Claudio, maior artilheiro da história do Corinthians até os dias de hoje. Encerrando a participação no torneio, o Coringão enfrentou a Roma mais uma vez e conquistou mais uma vitória, fechando a competição com 100% de aproveitamento.

Assim como em todos os jogos, o Alvinegro saiu na frente do placar, aos 27 da primeira etapa, novamente com Claudio, de falta. Após empate do time romano no segundo tempo, o Timão voltou a ficar na frente com Luizinho e selou a vitória, novamente com o “Pequeno Polegar”, por 3 a 1, dando números finais à partida e encerrando a magnifica participação do Corinthians no torneio.



Recepção de mais de 100 mil

Após a campanha histórica, o Timão voltou ao Brasil e causou mais um episódio marcante, inédito na cidade de São Paulo. No aeroporto de Congonhas, mais de 100 mil pessoas recepcionaram a equipe alvinegra. Mesmo com frio e chuva na terra da garoa, o bando de loucos acompanhou os heróis do título em desfile até o vale do Anhangabaú, como relatou a revista oficial do Timão naquela época.

“O Vale do Anhangabaú, então, apresentava um ambiente festivo. Estava totalmente tomado. Não podemos compreender de onde havia aparecido tanta gente! Era uma coisa inacreditável. Fogos de artifícios eram queimados. Serpentinas, confetes, flores, enfim, um espetáculo indescritível! Um espetáculo verdadeiramente soberbo, impossível de ser descrito”, dizia o texto publicado.

Quem se impressionou com a invasão da Fiel no aeroporto de Guarulhos antes do embarque para o Mundial, em 2012, não imagina o que seria essa festa com o triplo de pessoas. Um fato simplesmente inacreditável.













Corinthians tem 32.500 ingressos vendidos para hoje contra
x Patriotas (COL
Nesta quarta-feira (26), cinco pontos de venda ficarão abertos para a compra das entradas do duelo pela Conmebol Sul-Americana


11h00 26/07/2017 - Agência Corinthians

O Corinthians volta a atuar na Arena Corinthians na próxima quarta-feira (26), pela Conmebol Sul-Americana. O Timão recebe o Patriotas (COL) no jogo de volta da segunda fase da competição continental, a partir das 21h45. Já foram vendidos 32.500 ingressos para o duelo.

Os ingressos estarão disponíveis para compra nas bilheterias nesta quarta-feira (26) em cinco pontos de venda.

Das 12h até o horário do jogo – Arena Corinthians

Das 12h às 17h – Loja Poderoso Timão da Rua Augusta

Das 12h às 19h – Parque São Jorge, Lojas Poderoso Timão do Shopping D e do Tietê Plaza

SETORES DISPONÍVEIS

Sul: R$ 54 (R$ 27 meia-entrada)
Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)
Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)
Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)
Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)

Na internet, a venda segue para o público geral no ingressoscorinthians.com, com 5% de desconto, até 13h45 da quarta-feira (26).

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA











Corinthians pode ter zagueiro gratuitamente Segundo informações reveladas nesta quarta-feira (26 de julho) pelo jornal italiano Corriere dello Sport, a Roma pode liberar até sem custos o zagueiro Leandro Castan. O diário afirma que, nesse caso, Castán pode eventualmente retornar ao futebol brasileiro.




Corinthiano meia Giovanni Augusto recomeça no Corinthians

Titular na vitória do Corinthians sobre Fluminense, quando deu assistência para o gol de Balbuena, meia de 27 anos é uma das apostas de Carille para o confronto diante do Patriotas: "As coisas vão fluir"

Por Marcelo Braga
26/07/2017 11h00

Giovanni Augusto recuperado fisicamente após recuperar-se de contusão, terá hoje segunda chance seguida entre titulares

Depois de começar na vitória fora de casa do Corinthians sobre Fluminense, pelo Brasileirão, e dar a assistência para o gol de Balbuena na vitória por 1 a 0 no Maracanã, ele é uma das apostas de Fábio Carille para o jogo contra o Patriotas, da Colômbia, nesta quarta, às 21h45, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. O Timão terá time misto. 

– Infelizmente, passei por momentos difíceis com a lesão que tive e fiquei um tempo parado, o que, para qualquer jogador, é complicado. Você perde condicionamento físico e confiança. Contra o Fluminense, pude entrar e tenho certeza de que foi um recomeço. Daqui para frente, as coisas vão acontecer naturalmente – disse ele, que, neste ano, perdeu jogos por lesão muscular e também por um problema na cartilagem do tornozelo esquerdo que o tirou de combate por dois meses. 




Giovanni Augusto fará o segundo jogo consecutivo como titular do Corinthians (Foto: Diego Ribeiro) 


A recuperação de Giovanni Augusto passa diretamente pelas mãos de Carille. Desde o início do ano, o técnico colocou como uma de suas metas recuperar jogadores. Marlone e Guilherme acabaram emprestados para Atlético-MG e Atlético-PR, respectivamente, mas Marquinhos Gabriel ficou e, no Brasileirão, já marcou dois gols e deu três assistências. 

– Isso é muito importante para um jogador: ver que o treinador realmente conta com você. Assim como aconteceu com o Marquinhos, tenho certeza de que vai acontecer comigo. Espero voltar a ter uma sequência de jogos. Agradeço ao professor Carille pela confiança e espero conseguir o meu espaço. Daqui para frente, as coisas vão começar a fluir – projetou o jogador de 27 anos. 



A volta por cima de Giovanni poderia ter sido no Internacional. Em abril, ele quase foi incluído em uma troca com Valdívia, então no Colorado. A sua negativa, porém, acabou com a negociação. 


– O Internacional é um clube que respeito muito, eu não ter ido para lá não tem nada a ver com ele estar disputando a Série B. Sabemos da grandeza do clube. Fiquei pelo simples fato de o Carille ter me dado confiança de trabalhar aqui, onde me sinto feliz todos os dias para trabalhar. Vi que tinha condições de continuar e de dar alegrias para essa torcida maravilhosa – explicou o jogador. 

No Brasileirão, com a escalação do que o Timão tem de melhor, o que abre espaço para Giovanni é a lesão de Jadson, que fraturou duas costelas e desfalcará o time por cerca de um mês. A tendência é que ele passe a ser opção frequente pelo lado direito do esquema 4-2-3-1. 


Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Patriotas:


Local: Arena Corinthians
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Provável escalação: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Clayton; Kazim
Desfalques: Rodriguinho e Romero (poupados); Clayson (não inscrito); Pablo (lesão na coxa direita) e Jadson (fratura nas costelas); Danilo e Vilson (em recuperação física)
Arbitragem: Roberto Tobar, auxiliado por Raul Orellana e Edson Cisternas (todos do Chile)
Transmissão: TV Globo para o estado paulista (menos s7os) e RS (com Cleber Machado, Casagrande e Paulo César Oliveira) e SporTV 2 (com Jota Jr e Wagner Vilaron)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 20h45












Corinthians : 32.500 ingressos vendidos para hoje 
x Patriotas (COL)

Nesta quarta-feira (26), cinco pontos de venda ficarão abertos para a compra das entradas do duelo pela Conmebol Sul-Americana


11h00 26/07/2017 - Agência Corinthians


O Corinthians volta a atuar na Arena Corinthians na próxima quarta-feira (26), pela Conmebol Sul-Americana. O Timão recebe o Patriotas (COL) no jogo de volta da segunda fase da competição continental, a partir das 21h45. Já foram vendidos 32.500 ingressos para o duelo.

Os ingressos estarão disponíveis para compra nas bilheterias nesta quarta-feira (26) em cinco pontos de venda.

Das 12h até o horário do jogo – Arena Corinthians

Das 12h às 17h – Loja Poderoso Timão da Rua Augusta

Das 12h às 19h – Parque São Jorge, Lojas Poderoso Timão do Shopping D e do Tietê Plaza

SETORES DISPONÍVEIS

Sul: R$ 54 (R$ 27 meia-entrada)
Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)
Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)
Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)
Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)

Na internet, a venda segue para o público geral no ingressoscorinthians.com, com 5% de desconto, até 13h45 da quarta-feira (26).

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA

Estudantes

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;

2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.

Idosos maiores de 60 anos

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

Apresentar RG Original

Professores do Estado e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente - DOCUMENTO IMPRESSO.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino

Lei 15298/14

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente.

NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA

Aposentadorias

Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA





Corinthians joga hoje por vaga na próxima fase da Copa Sul-Americana
Para o duelo contra o Patriotas, o técnico Fábio Carille promoveu algumas mudanças na equipe e dará chance para alguns atletas que não vinham atuando regularmente

10h00 26/07/2017 - Agência Corinthians



No jogo de ida, Balbuena garantiu o empate do Timão

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Na noite desta quarta-feira (26), o Corinthians entra em campo para mais uma decisão na temporada 2017. Na Arena Corinthians, às 21h45, o Timão recebe o Patriotas-COL no segundo jogo da segunda fase da Copa Sul-Americana. O duelo será transmitido ao vivo na TV Globo (para SP e outros estados) e também no SporTV2.

Cenário para a classificação

No primeiro duelo entre as equipes, realizado no estádio La Independência, em Tunja-COL, o Timão arrancou o empate no finalzinho do jogo após sair perdendo, com gol de raça do zagueiro Balbuena, deixando o placar empatado em 1 a 1. Agora na Arena Corinthians, o Alvinegro entra em campo classificado, já que um empate sem gols garante a equipe do técnico Fábio Carille na próxima fase. Qualquer vitória simples também garante o Coringão na terceira fase da competição. Em caso de novo empate em 1 a 1, a partida irá para os pênaltis. Qualquer igualdade com dois gols ou mais, dá a classificação para a equipe colombiana.

Mudanças no Timão
Para o duelo contra o Patriotas, o técnico Fábio Carille promoveu algumas mudanças na equipe e dará chance para alguns atletas que não vinham atuando regularmente. Na lateral direita, Léo Príncipe entra no lugar de Fagner, no meio Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Maycon e Clayton fazem a segunda linha de quatro com Kazim mais avançado à frente. Além de Fagner, Rodriguinho e Jô serão poupados devido à grande sequência de jogos pelo Brasileirão. Jadson e Pablo seguem no departamento médico e ainda levarão um tempo para voltar aos gramados. 


Declaração do “Gringo da favela”

O atacante Kazim, que também jogou na partida de ida, na Colômbia, conversou com os jornalistas no CT Dr. Joaquim Grava após o treino da última terça-feira (15), e fez uma comparação entre os cenários do primeiro jogo – que terminou em empate por 1 a 1 – e o duelo na Arena Corinthians.

"Amanhã [Quarta-feira] é muito diferente. Esse jogo na Colômbia teve uma viagem longa, altitude, gramado muito ruim. E eles estão acostumados. Eu não dou desculpas, mas falo o que é certo. Acaba sendo o jogo da vida deles contra nós. Eles correm pra caramba. Não podemos relaxar amanhã, tem de jogar 100%", declarou.

13º jogo seguido com mais de 30 mil pessoas

Como de costume, a Fiel comparecerá em peso para apoiar o Timão em mais uma decisão na temporada. Pela 13ª vez seguida – fato inédito na história da Arena Corinthians terá público acima dos 30 mil pagantes. Até agora 29.500 ingressos foram vendidos, e certamente ultrapassará a marca dos 30 mil torcedores. 



Descansado por suspensão, Gabriel se isola com mais jogos pelo Corinthians

Entre os jogadores de linha, volante atualmente está empatado com Jô, que iniciará o confronto com o Patriotas (COL) no banco de reservas. Apenas Cássio tem mais jogos
Guilherme Amaro

26 JUL2017
08h03

Ao entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Patriotas (COL), o volante Gabriel se isolará como o jogador de linha do Corinthians com mais partidas nesta temporada. Atualmente ele divide o posto com Jô, que dará lugar a Kazim no time titular. O atacante, porém, pode entrar durante o confronto válido pela volta da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Dos 46 jogos do Timão em 2017, Gabriel foi titular em 43 e perdeu apenas três por suspensão: dois diante da Ponte Preta, no Paulistão (um na fase de grupos e outro na decisão), e contra o Grêmio, pelo Brasileirão. Jô também já atuou em 43 partidas neste ano, mas foi titular em 41. Apenas o goleiro Cássio participou de mais jogos na temporada: 45.

Gabriel disse nas vezes que ficou suspenso que iria aproveitar para ficar "zerado" fisicamente. A última vez que ficou de fora de um jogo foi na vitória corinthiana sobre Grêmio, pela décima rodada do Brasileirão. De lá pra cá, o Corinthians entrou em campo mais sete vezes.

Além do "descanso" forçado por conta da suspensão, Gabriel também pôde aproveitar a semana cheia para treinamentos que o Timão teve entre a 11ª e 12ª rodadas. Depois disso, o Corinthians disputou cinco partidas no meio e fim de semana.

Contratado no início do ano, Gabriel já caiu nas graças da Fiel. Além do desempenho em campo, líder em número de jogos e sempre atuando "do jeito que o corintiano gosta". Nesta quarta, ele tem mais uma chance de dar alegria à torcida: sair da Arena Corinthians com a classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana.



Gabriel em ação pelo Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / LANCE!

















CORINTHIANS HOJE EM CASA PELA COPA SUL AMERICANA
26/07/2017 06h30 

O JOGO

Minutos depois da vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, domingo passado, que fez o Corinthians disparar na liderança do Campeonato Brasileiro, o discurso de comissão técnica e jogadores foi bem ensaiado: a hora, agora, é de pensar em classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. 

Com 40 pontos na tabela, com oito a frente do vice-líder, o Timão esquece a competição nacional para enfrentar o colombiano Patriotas nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), em Itaquera, pela segunda fase do torneio internacional. E ninguém quer abrir mão dele.
– É Sul-Americana, é um campeonato que o Corinthians tem de entrar para ganhar. O Corinthians tem elenco para poder jogar as duas competições. Claro que há cansaço de alguns jogadores, há lesões, mas a gente tem um grupo para brigar pelas duas. Não vamos abrir mão de nenhuma – afirmou o atacante Jô. 



Fábio Carille preserva alguns titulares, mas quer Timão focado em vaga nas oitavas da Sul-Americana (Foto: Diego Ribeiro) 


Com o empate por 1 a 1 no jogo de ida, dia 28 de junho, na Colômbia, o Timão se classifica às oitavas de final da Sul-Americana com uma vitória simples ou igualdade sem gols. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis, enquanto empate por dois ou mais gols dá a vaga ao Patriotas.

Para isso, o Timão terá apenas dois jogadores poupados: Rodriguinho e Romero, que sequer foram relacionados. Além deles, Fagner e Jô não devem começar jogando, mas ficam como opções no banco de reservas.Veja motivos para o Timão dar atenção à Sul-Americana:

Elenco em bom nível: mesmo com desfalques nos últimos jogos, o Timão tem se superado, vencido e estabelecido vantagem no Brasileirão. Por isso, a presença de Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Clayton e Kazim na equipe não preocupa Carille;
Calendário favorável: caso se classifique, o Corinthians só vai jogar as oitavas de final da Sul-Americana na primeira quinzena de setembro, entre a 24ª e 25ª rodadas do Brasileirão. Até lá, o Timão pode abrir frente maior na ponta da tabela.
Garantia em duas frentes: título da Sul-Americana é garantia de classificação à fase de grupos da Libertadores. Estar bem no Brasileiro (e já perto da Libertadores) ajuda, mas o clube acredita que é importante estar bem nas duas competições.
“Jogo a jogo”: o mantra repetido por Fábio Carille e seus jogadores não é da boca para fora. O duelo com o Patriotas é encarado com a mesma seriedade, e a ordem é de intensidade desde o início para buscar o gol e facilitar a classificação. Mesmo peso dos jogos do Brasileiro.

Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Patriotas:
Local: Arena Corinthians
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Provável escalação: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Clayton; Kazim
Desfalques: Rodriguinho e Romero (poupados); Clayson (não inscrito); Pablo (lesão na coxa direita) e Jadson (fratura nas costelas); Danilo e Vilson (em recuperação física)
Arbitragem: Roberto Tobar, auxiliado por Raul Orellana e Edson Cisternas (todos do Chile)
Transmissão: TV Globo para estado paulista (menos s7os )e RS (com Cleber Machado, Casagrande e Paulo César Oliveira) e SporTV 2 (com Jota Jr e Wagner Vilaron)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 20h45