15 de jul de 2017

CORINTHIANS 15/07/2017







CORINTHIANS 2 X 2 atl. cu.
Brasileiro 2017- 14ª rodada
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 15/7/2017 - 19h
Árbitro: Sandro Meira Ricci, Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse 
Público/renda: 41.458 total, (41.201 pagantes 257 nao pag)/R$ 2.403.003,90
Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: -
Gols: Jonathan (37'/1ºT) (0-1), Jô (44'/1ºT) (1-1), Jô (5'/2ºT) (2-1), Otávio (36'/2ºT) (2-2)

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 4-Balbuena, 34-Pedro Henrique e 6-Moisés; 5-Gabriel e 8-Maycon; 31-Marquinhos Gabriel (38-Pedrinho, aos 30'/2ºT), 10-Jadson e 11-Romero (25-Clayson, aos 41'/2ºT); 7-Jô. Técnico: Fábio Carille.+ 27-Walter, 2-Léo Principe, 14-Léo, 29-Camacho, 21-Fellipe Bastos, 28-Paulo Roberto, 32-Rodrigo Figueiredo, 17-Giovanni Augusto, 18-Kazim, 9-Clayton

atl cu 12-Weverton; 2-Jonathan, 25-Wanderson, 13-Paulo André e 8--Sidcley; 7-Otávio, 6-Eduardo Henrique; 3-Lucho González (22-Eduardo da Silva, aos 28'/2ºT), 47-Cascardo (11-Nikão, aos 13'/2ºT) e 77-Douglas Coutinho; 92-Pablo. Técnico: Kelly + 1-Santos, 4-Cleberson, 97-Nicolas, 39-Bruno Guimarães, 5-Deivid, 55-Matheus Anjos, 10-Felipe Gedoz, 70-Yago, 91-Éderson









Elenco do Corinthians vê lado bom de resultado
- Vejo o empate com bons olhos, mostrou que a equipe teve maturidade, de sair atrás do placar. Continuar trabalhando a bola, abrindo espaços na defesa. Eles vieram com contra-ataque. Conseguimos a virada, infelizmente sofremos o empate, e mesmo assim logo depois ainda conseguimos a chance - analisou o lateral-direito Fagner.

- A gente até teve uma chance, comigo inclusive, se eu tivesse tirado uma força e colocado jeito, o jogo ficaria mais controlado. Mas tivemos o controle, até porque o gol deles foi em desvio. Continuamos buscando, tivemos duas chances claras. Então é descansar e pensar no próximo jogo - completou o alvinegro.

O volante Maycon, dono de atuação irreparável, seguiu a mesma linha do companheiro e não viu relaxamento no time para ceder o empate.

- Nã acho que houve, acho que o adversário é uma boa equipe, tem bons jogadores, começaram a controlar um pouco o jogo. Infelizmente eles acertaram um chute ali desviado, controlaram um pouco. Mas fizemos uma boa partida, conseguimos reagir - afirmou.

O Corinthians segue invicto no Campeonato Brasileiro após 14 rodadas. São 11 vitórias e três empates, com 36 pontos, 11 a mais do que o vice










ATUAÇÕES: Jô tem noite inspirada e leva a maior nota do jogo Corinthians 2x2 atl cu

LANCE! - 15/07/2017 - 21:15
Corinthians segue lider isoladissimo, empatou contra Atlético-PR por 2 a 2 na Arena Corinthians, neste sábado, na abertura da 14ª rodada do Brasileirão. O atacante Jô brilhou intensamente, balançando a rede duas vezes, está no topo da artilharia da competição, com nove gols.

ATUAÇÕES
CORINTHIANS > MARCIO PORTO (marcio@lancenet.com.br)

5,5
Cássio
Sem muita culpa nos gols, foi mais espectador do que tudo na maior parte do jogo. Poucas intervenções.

6,0
Fagner
Errou acima de sua média no primeiro tempo, mas se restabeleceu. Em uma ida ao ataque, quase fez um golaço.

4,5
Balbuena
A zaga já não vinha tão bem, tendo dificuldade para conter os avanços, e eis que foi infeliz ao desviar a bola no chute de Otávio. Vacilo.

5,0
Pedro Henrique
O último driblado por Jonathan no gol que abriu o placar. Só conseguiu se estabilizar totalmente na parte final do jogo.

6,0
Moisés
Facilmente driblado no gol de Jonathan, deixando espaço pelo seu lado. Mas compensou com assistência para Jô abrir o placar.

5,5
Gabriel
Valente na marcação, o que também não é novidade. Arriscou um chute forte no primeiro tempo. No segundo, foi discreto, com dificuldade.

7,5
Maycon
Partida impecável do volante, que defendeu com força, saiu jogando com desenvoltura e teve técnica para dar assistência a Jô. Excelente.


6,5
Marquinhos Gabriel
Entrou bem, esperto e obediente taticamente. Quase marcou um golaço no primeiro tempo com chute de fora da área.

6,5
Jadson
Muito bom primeiro tempo, encontrando os espaços entre as linhas do adversário. Caiu um pouco no segundo, mas sem comprometer.

6,5
Romero
Falar que o paraguaio é importante taticamente é chover no molhado. Mas também criou, organizou. Só podia jogar mais perto do gol.

8,0

Dois gols de pura técnica e oportunismo, segurou a bola quando preciso, passou da mesma forma. Fase espetacular.

6,0
Pedrinho
Entrou ligado, forçando o jogo por dentro. Com seu lado congestionado, preferiu passar do que partir para cima.


Clayson
Jogou pouco tempo. Fica sem avaliação.

6,0
Técnico: Fábio Carille
Time foi consistente na maior parte do jogo, mas faltou mais definição para matar logo quando tinha o controle.














Artilheiro Jô marca dois e se torna o autor do 200º gol do Corinthians na Arena


GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)


 

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)


GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Daniel Vorley/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)
 
GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)


GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)


GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Luis Moura/WPP)

GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)


GALERIA: Veja em imagens como foi o empate na Arena Corinthians(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)1/18LANCE! - 15/07/2017 - 21:37


Os tempos são de bonança para o torcedor corinthiano. Mesmo com o empate em 2 a 2 com o Atlético-PR, em sua Arena, o placar não foi lamentado, devido ao fato de vir de 5 vitórias seguidas, estar invicto e ter vantagem, agora de 11 pontos na liderança,  e ainda dá espaço para comemorações de conquistas pessoais como as de Jô.

Com os dois gols marcados neste sábado, o centroavante do Corinthians chegou à artilharia do Brasileirão com nove gols. Mas não foi só. O camisa 7 do Timão também atingiu uma marca histórica: foi o autor do gol de número 200 da Arena Corinthians.

As marcas poderiam ter chegado a números maiores, no entanto havia o goleiro  no meio do caminho, que salvou o terceiro gol corintiano e de Jô nesta noite. O personagem da partida, porém, não lamenta o fato, muito menos o empate.
- A bola eu tentei cavar, porque ele estava muito em cima. Mas o importante é que conseguimos pontuar. Saímos atrás, o que ainda não tinha acontecido e conseguimos virar. Infelizmente tomamos o gol em uma virada. A gente fica chateado porque queria se distanciar, mas conseguimos pontuar, a equipe deles também jogou, e o Brasileiro é assim.

Jô tem agora 16 gols em toda a temporada, é o artilheiro do time no ano

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h, para enfrentar o Avaí, fora de casa, pela 15ª Rodada do Brasileirão.












Corinthians lider isolado, único invicto, Fábio Carille vê empate em casa como normal em um campeonato difícil
Foi a primeira vez neste Brasileirão que o Corinthians, lider isolado, saiu atrás no placar e teve de buscar o resultado. Conseguiu a virada com dois gols de Jô, mas em um chute de Otávio, do Atlético-PR, que desviou em Balbuena lamenta o empate
Mesmo que não tenha alançado uma vitória em sua Arena, o técnico Fábio Carille afastou qualquer linha de pensamento que considere o placar deste sábado como um tropeço e valorizou o ponto que pode fazer diferença no futuro.
- De jeito nenhum, não foi tropeço, , o Grêmio perdeu em casa para o Avaí, por exemplo. Sabemos da dificuldade do campeonato. Não tem nada de tropeço, parabenizei os atletas pela entrega e pelo ponto conquistado. Vamos ver esse ponto lá na frente - afirmou Carille em coletiva.

O treinador ressaltou que tinha noção do quanto seria complicado enfrentar o Atlético-PR e foi surpreendido com o volume de jogo de seu time diante das condições apresentadas durante a semana, com vitória mo derby, fora de casa
- Sabíamos da dificuldade do jogo, criamos oportunidades, várias, mas campeonato é assim, mais um ponto conquistado, tem que valorizar esse ponto. Gostei do volume, pela semana que foi achei que seria menor, mas conseguimos imprimir um volume legal - elogiou.

Carille voltou a elogiar o rendimento da equipe e disse que esperava um relaxamento de seus jogadores após a grande atuação diante do rival na última quarta-feira, o que não aconteceu, mas chamou a atenção para os riscos que uma grande vantagem pode trazer.

- Rendimento eu já falei que foi bom, e o resultado acontece. O campeonato é difícil, o Avaí ganhou em Porto Alegre, coisa que ninguém esperava. Se tivesse com 26 estaria todo mundo feliz, e estamos com 36. Cria a sensação que vai pegar o Atlético em casa e ganhar, mas não é assim. Fiquei preocupado por causa do clássico, o relaxamento depois é natural, mas não aconteceu. A resposta foi ótima, por tudo que aconteceu na quarta - finalizou.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h, para enfrentar o Avaí, fora de casa, pela 15ª Rodada do Brasileirão-2017. O time se encontra na liderança do campeonato, com 36 pontos.










''O importante é que conseguimos pontuar'', diz corinthiano Jô

Autor do 200º gol do Timão na Arena, Jô alcançou a artilharia do Brasileirão e segue o goleador do Timão na temporada


21h50 15/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste sábado (15), o Corinthians empatou, por 2 a 2, com o Atlético-PR, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Na Arena Corinthians, o Timão saiu atrás no placar, conseguiu a virada com dois gols de Jô, mas sofreu o empate no final da segunda etapa.

Pela primeira vez no Brasileirão, o Corinthians saiu atrás. Autor dos dois gols do Corinthians, Jô lamentou o gol de empate da equipe paranaense, mas vê importância em seguir pontuando na competição.

"O importante é que conseguimos pontuar. Saímos atrás, o que ainda não tinha acontecido, e conseguimos virar. Infelizmente tomamos o gol em uma virada. A gente fica chateado porque queria se distanciar, mas conseguimos pontuar, a equipe deles também jogou bem e o Brasileirão é assim”, afirmou.

Artilheiro do Corinthians na temporada com 16 gols, o atacante chegou ao seu nono tento no Brasileirão e alcançou a artilharia da competição, junto de Henrique Dourado. Com o segundo gol, o camisa 7 alvinegro marcou o 200º gol da equipe do Parque São Jorge na Arena Corinthians.






Fábio Carille valoriza ponto conquistado em empate contra o Atl Cu

Em entrevista coletiva à imprensa, técnico do Timão falou ainda sobre as dificuldades da partida na Arena Corinthians


21h45 15/07/2017 - Agência Corinthians


O Corinthians vinha de 5 vitórias seguidas e hoje empatou jogo contra Atl Cu, na Arena Corinthians, por 2 a 2, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite deste sábado (15). Após a partida, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva à imprensa para falar do duelo.

“Sabíamos da dificuldade do jogo, criamos oportunidades, várias, mas campeonato é assim, mais um ponto conquistado, tem que valorizar esse ponto. Gostei do volume, pela semana que foi achei que seria menor, mas conseguimos imprimir um volume legal”, comentou o treinador.

Carille foi questionado, mais uma vez, sobre como ele e o grupo devem reagir caso o Corinthians seja derrotado. “Estou respondendo muito sobre isso, está até chato. Se perder, no outro dia tem que trabalhar. Não estou preocupado com isso, estou preocupado com o rendimento. Pode jogar bem e não ganhar, faz parte. Se tiver um rendimento bom e perder, saio satisfeito. Se não tiver bom rendimento, aí fico preocupado”, esclareceu.

O técnico não avaliou o resultado final da partida como tropeço. “De jeito nenhum, o Grêmio perdeu em casa para o Avaí, por exemplo. Sabemos da dificuldade do campeonato. Não tem nada de tropeço, parabenizei os atletas pela entrega e pelo ponto conquistado. Vamos ver esse ponto lá na frente”, disse.

Em uma das perguntas, a imprensa levantou a possibilidade de a equipe ter ficado mais exposta que o normal. “Não acho, o Cássio praticamente não trabalhou, levamos um gol em chute de longe na bola que desviou no Balbuena, então não acho que o time ficou exposto. O Jonathan fez boa jogada, não pode acontecer, mas acontece”, explicou.

Aniversariante do dia, Maycon também foi assunto durante a coletiva: “Pra mim, o Maycon foi na média de sempre, desde que eu conheço das categorias de base e depois quando ele assumiu a titularidade. Bom marcador e com futuro brilhante”.

Neste domingo (15), o grupo terá folga para, na segunda-feira (16), voltar à ativa e dar início aos trabalhos com foco na partida da próxima quarta (19), 21h, na Ressacada, em Florianópolis-SC, contra o Avaí.











Corinthians lider isolado empata em casa
Corinthians 1x1 AtlPR pelo Brasileirão

Depois de sair atrás no placar, Timão buscou a virada, mas acabou sofrendo o empate; Resultado mantém Alvinegro na liderança da competição, com 36 pontos


21h00 15/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite deste sábado (15), o Corinthians recebeu o Atl cu, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro saiu atrás do placar, virou o jogo, mas a partida acabou empatada em 2 a 2. Com o resultado, o Timão manteve a liderança da competição, com 36 pontos conquistados – 11 vitórias e três empates.

Timão escalado: Sem Pablo na zaga, devido à contratura na coxa direita, e com Guilherme Arana e Rodriguinho suspensos, o treinador Fábio Carille mandou a campo o Alvinegro com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique, Moisés; Gabriel, Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson, Romero; e Jô. No banco, o técnico tinha à disposição Walter (GOL), Léo  (ZAG), Léo Príncipe (LAD), Fellipe Bastos (VOL), Paulo Roberto (VOL), Camacho (VOL), Rodrigo Figueiredo (MEI), Giovanni Augusto (MEI), Pedrinho (ATA), Clayson (ATA), Kazim (ATA) e Clayton (ATA).

 Pelas laterais do campo, Fagner e Moisés tentavam criar oportunidades na bola aérea com Jô. Aos 13 minutos da primeira etapa, o camisa 7 chegou pela primeira vez com perigo após cabecear no canto direito de Weverton. Aos 26 minutos, pela lateral direita, Marquinhos Gabriel aproveitou o espaço, cortou para o meio e chutou forte, de fora da área, para bela ponte do goleiro adversário. Gabriel, minutos depois, também experimentou de fora da área e forçou Weverton a espalmar a bola para o escanteio.

Aos 37 minutos da primeira etapa, em contra-ataque rápido, o lateral Jonathan recebeu pela direita e fez uma sequência de dribles até chegar dentro da área corinthiana e bater com a perna esquerda no canto do goleiro Cássio. 0 a 1.

Vai pra cima, Timão: Pela primeira vez no Brasileirão 2017, a equipe comandada por Fábio Carille saiu atrás no placar. Na Arena Corinthians, com o apoio da Fiel, o Timão manteve a calma e, de pé em pé, continuou a buscar as oportunidades no campo ofensivo antes do intervalo. Aos 44 minutos, depois do passe de Marquinhos Gabriel para Jadson, na ponta esquerda, Moisés ficou livre para chutar cruzado e achar Jô, no segundo poste, de direita empatar a partida, para o delírio da Fiel. 1 a 1.

Segundo tempo: De volta aos gramados, o Alvinegro começou a segunda etapa atrás da vitória. Contra um atl fechado, o meio de campo corinthiano tabelava em busca de uma infiltração. Aos três minutos, Jadson tentou de cavadinha para Jô mas Weverton garantiu a defesa.

Duas vezes Jô: Já aos cinco minutos do segundo tempo, Jô recebeu de Jadson na entrada da área e deixou para o aniversariante do dia, Maycon, arrancar para dentro da área e tocar de volta para o artilheiro corinthiano, com frieza, receber a bola e virar a partida com um chute preciso, no cantinho. 2 a 1. Com os dois gols, o camisa 7 do Corinthians chegou à artilharia da competição com nove gols e, de quebra, marcou o 200º gol do Timão na Arena Corinthians.

Jogo duro: Na frente no placar, o time corinthiano não recuou e continuou com a posse de bola. Aos 16 minutos da segunda etapa, Fagner arrancou pela direita e fez bela tabela com Jô antes de entrar na área e chutar por cima do gol. Atrás no placar, a equipe paranaense apostou nos contra-ataques e chegou com perigo após confusão dentro da área. Em uma bola aérea adversária, Douglas Coutinho desviou de cabeça mas Cássio defendeu.

Aos 36 minutos da segunda etapa, Otávio carregou pelo meio de campo e arriscou de longe. Na entrada da área, a bola desviou na zaga corinthiana e foi no canto oposto do goleiro Cássio, que não conseguiu reagir a tempo e a bola entrou. 2 a 2.

Empate: O Corinthians ainda teve uma chance de desempatar a partida com Jô. Após receber belo passe, o artilheiro corinthiano tentou de cobertura mas Weverton fez a defesa e desviou a bola. No lugar de Jadson, o meia Pedrinho também quase marcou o terceiro do Timão, em bola cruzada de Fagner, o camisa 38 desviou com o pé direito mas a bola cruzou a área e saiu pela linha de fundo.

Próxima rodada: Nesta quarta-feira (19), o Corinthians enfrenta o Avaí, na Ressacada, às 21h, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. O grupo se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava nesta segunda-feira (17) para dar início a preparação para o duelo contra os catarinenses.













Timão cede empate em casa por causa de lance fortuito e segue invicto e tranquilo na liderança

O Corinthians sofreu um gol depois de 674 minutos e saiu atrás no placar pela primeira vez neste Brasileirão. Com o empate por 2 a 2 contra atl cu, o Timão chegou a 28 jogos invicto e ainda tem boa vantagem para o segundo colocado: 11 pontos de distância para o segundo, que joga amanhã

Dos 28 jogos de invencibilidade, o Corinthians tem 17 vitórias e 11 empates.

Com os importantes desfalques de Pablo, Guilherme Arana e Rodriguinho, o Corinthians errava muito no começo do jogo e não conseguia levar perigo, assim como o Atlético-PR. O goleiro Weverton teve trabalho em dois bons chutes de fora da área, de Gabriel e Marquinhos Gabriel.

Do outro lado, Cássio apenas assistia à partida, e nada pôde fazer aos 37 minutos. Jonathan recebeu na direita e passou por Moisés, Maycon, Gabriel e Pedro Henrique antes de bater cruzado e abrir o placar na Arena Corinthians.

O gol do Atlético-PR o questionamento: como a equipe do técnico Fábio Carille vai reagir estando atrás do placar? E a resposta foi a melhor possível! O Timão manteve a calma e chegou ao empate antes do intervalo, com Jô, que recebeu livre o cruzamento da esquerda de Moisés e não teve trabalho para marcar.

O Corinthians voltou para o segundo tempo pressionando e demorou apenas cinco minutos para virar. Após bonita troca de passes, Maycon cruzou para Jô marcar o 200º gol alvinegro na Arena. O atacante ainda tornou-se artilheiro do Brasileirão, com nove
Após a virada, o Timão não conseguiu controlar o jogo como costuma fazer quando está à frente do placar. O Atlético-PR começou a rondar a área corinthiana com perigo, principalmente com Douglas Coutinho. Aos 37, a pressão resultou no empate: Otávio chutou de fora da área, Balbuena desviou de cabeça, e a bola entrou no canto esquerdo de Cássio.

O empate deixou o jogo elétrico. O Atlético-PR assustou com Sidcley, mas as melhores chances foram do Corinthians. Primeiro Jô recebeu em contra-ataque, avançou sozinho e chutou, Weverton salvou, mas depois o próprio atacante pegou o rebote e a bola passou em cima da linha e não entrou. Ainda teve uma outra chance incrível, após cruzamento de Fagner que Pedrinho não conseguiu concluir.

Apesar das grandes chances, o placar não foi alterado. O Atlético-PR surpreendeu, mas o Timão manteve a invencibilidade e lidera com folga o Brasileirão. Na próxima rodada, o Timão visita o Avaí,
FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 2 atl cu
Local: Arena Corinthians,
Data-Hora: 15/7/2017 - 19h
Árbitro: Sandro Meira Ricci, Emerson Augusto de Carvalho  e Marcelo Carvalho Van Gasse
Público/renda: 41.201 pagantes/R$ 2.403.003,90
Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: -
Gols: Jonathan (37'/1ºT) (0-1), Jô (44'/1ºT) (1-1), Jô (5'/2ºT) (2-1), Otávio (36'/2ºT) (2-2)


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel (Pedrinho, aos 30'/2ºT), Jadson e Romero (Clayson, aos 41'/2ºT); Jô. Técnico: Fábio Carille.

atl cu: Weverton; Jonathan, Wanderson, Paulo André e Sidcley; Otávio, Eduardo Henrique; Lucho González (Eduardo da Silva, aos 28'/2ºT), Cascardo (Nikão, aos 13'/2ºT) e Douglas Coutinho; Pablo. Técnico: Kelly
















Cria do Terrão alvinegro, corinthiano volante Maycon completa 20 anos neste sábado

O volante corinthiano soma 48 jogos e cinco gols marcados até o momento com a camisa corinthiana


12h00 15/07/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste sábado (15), o volante alvinegro Maycon completa 20 anos. Peça fundamental no sistema defensivo do Timão, o jogador vem sendo um dos destaques corinthianos na temporada 2017

Após ser emprestado em 2016, o jogador, que é formado nas categorias de base do Corinthians, voltou este ano ao Timão. E logo na sua primeira temporada como titular, Maycon ajudou o Timão a conquistar o Campeonato Paulista de 2017.

Antes disso, Maycon teve passagem marcante na base do Timão. Em 2015, o jogador foi o autor do gol do nono título do Corinthians da Copinha Futebol Júnior, após vencer o Botafogo-SP na decisão do torneio.

Desde a estreia em 2016, Maycon soma 48 jogos com a camisa do Corinthians e cinco gols marcados.

O Sport Club Corinthians Paulista deseja um feliz aniversário ao Maycon!











Corinthians prossegue caminhada no Brasileirão contra Atl-PR em casa

Líder absoluto do campeonato, Timão busca manter série vitoriosa na Arena Corinthians, mesmo com três desfalques

10h00 15/07/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


A caminhada do Corinthians no Campeonato Brasileiro 2017 continua neste sábado (15). Líder isolado e defendendo uma longa invencibilidade, o Timão tem o AtlPR como próximo desafio, na Arena Corinthians, a partir das 19h, pela 14ª rodada da competição. O Premiere transmite ao vivo e com exclusividade para todo o Brasil.

Momentos distintos

O Corinthians segue em um momento incrível. A equipe está na liderança do Brasileirão com 35 pontos e 10 de diferença para o segundo colocado A campanha é de 11 vitórias e dois empates em 13 jogos, 23 gols marcados e apenas cinco sofridos.

Em uma sequência impressionante de 27 jogos invicto, o Corinthians venceu o Derby por 2 a 0, fora de casa, na rodada passada, na última quarta-feira (12).


Novidades na equipe

Após ter a formação base da temporada à disposição na vitória no derby, o técnico Fabio Carille terá de lidar com desfalques para o duelo contra o Atlético-PR. Guilherme Arana e Rodriguinho estão suspensos por três cartões amarelos. Pablo sofreu uma contratura no músculo posterior da coxa direita e também fica fora.

Os substitutos devem ser Pedro Henrique na zaga, Moisés na lateral esquerda e Marquinhos Gabriel no meio de campo. Dessa forma, a provável escalação do Corinthians para enfrentar o time paranaense tem Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Romero; Jô.

Foram relacionados 23 jogadores para o confronto. Os goleiros serão Cássio e Walter. Nas laterais, Fagner, Léo Príncipe e Moisés. A zaga terá Balbuena, Léo e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Maycon e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Jadson, Pedrinho e Rodrigo Figueiredo. Clayson, Clayton, Jô, Kazim e Romero são os atacantes que completam a lista.

Fala, Marquinhos Gabriel!

Não será a primeira vez no Brasileirão que o Corinthians entrará em campo com desfalques. Mas o trabalho que é feito com todos os jogadores do elenco tem sido fundamental para que o time em campo mantenha o mesmo nível de desempenho e concentração. Foi o que Marquinhos Gabriel, uma das principais peças de reposição do grupo do Corinthians, ressaltou em entrevista coletiva na última sexta-feira (14).

"Não é nem no banco que temos de estar cientes do que tem de fazer, é no treinamento. Quando os titulares descansam, fazemos os mesmos trabalhos. O espelho do reserva é o time titular. Estamos bem cientes do que fazer em campo", afirmou o meia.

"Com toda certeza, a gente tem trabalhado para isso. Quando há jogadores suspensos e na seleção, a gente se prepara da melhor maneira para a equipe não mudar padrão de jogo e intensidade. Nossa ideia é tentar manter padrão", concluiu o camisa 31.



O passado do duelo

No histórico do confronto contra o Atl -PR, o retrospecto é  positivo para o Corinthians. Em 55 jogos disputados entre as equipes, o Timão venceu 20, empatou 18 e tropeçou em 17, com 79 gols marcados e 76 sofridos.

Na Arena Corinthians, foram dois duelos ambos pelo Campeonato Brasileiro. Em 2015, deu Timão 2 a 0. No ano passado, empate sem gols.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.






Fagner decide para o Corinthians com assistências e na marcação
Por Bruno Cassucci e Marcelo Braga

15/07/2017 11h12

Um dos segredos do Corinthians na atual temporada é a solidariedade. Todos se entregam na marcação e também dividem a responsabilidade na hora de atacar. Prova disso é que 17 jogadores da equipe já fizeram gols neste ano. Entre os titulares, porém, há um que ainda não balançou as redes em 2017: o lateral-direito Fagner.

O camisa 23 contribui com assistências e desarmes



Fagner já deu passe para quatro gols nesta temporada (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Veja como Fagner decide

ASSISTÊNCIAS. Ele já deu quatro assistências nesta temporada e também participou de lances que terminaram em bolas nas redes. O Timão também anotou quatro vezes após jogadas iniciadas em laterais cobrados por ele.

LIDERANÇA

Aos 28 anos, Fagner é um dos mais experientes do elenco alvinegro. Dentro de campo, ele costuma orientar os companheiros, cobrar os árbitros e também tomar a frente em discussões com adversários. O lateral foi quem mais vezes usou a braçadeira de capitão do Corinthians em 2017: nove, a última no derby, na última quarta-feira.

PEGADA!

O jogador tem papel fundamental no bom desempenho defensivo do Timão, que não sofre gols há sete partidas no Campeonato Brasileiro. Segundo o Footstats, ele é o corintiano que mais desarmes certos realizou na competição: 29.


CONSCIÊNCIA TÁTICA

Fagner impressiona até mesmo a comissão técnica do Corinthians pelo seu entendimento dos jogos. O camisa 23 tem boa leitura tática, ocupa espaços corretamente, faz a cobertura de companheiros e ainda orienta bastante os demais jogadores durante as partidas.

IDENTIFICAÇÃO

O lateral tem 202 jogos pelo Timão e, hoje, é o terceiro jogador do atual elenco com mais partidas pelo clube – atrás de Danilo, com 336, e Cássio, com 294. Revelado pelo Timão em 2006, o lateral fez apenas sete partidas antes de deixar o clube rumo ao PSV, da Holanda.


Sete elementos que mudaram Cássio e reaproximaram o goleiro da Seleção

Sem ser vazado há sete jogos no Brasileirão, goleiro do Corinthians é monitorado por Tite e deve aparecer na próxima convocação. Nova postura foi fundamental para a volta por cima

Por Marcelo Braga
15/07/2017 08h15

Corinthiano goleiro Cássio tem enormes chances de voltar a ser convocado para a seleção brasileira. Visitado durante a semana por Taffarel, preparador de goleiros da CBF, e bastante elogiado por Tite, o goleiro do Corinthians vive temporada de destaque em 2017, com defesas fundamentais no título paulista e igualmente importantes na atual campanha do Corinthians, líder do Brasileirão.
Neste sábado, às 19h, na Arena Corinthians, o goleiro entrará em campo sem sofrer gols há sete partidas, num total de 637 minutos. Ainda no primeiro tempo, o camisa 12 tem chance de superar os 661 minutos de Carlos em 1985, a segunda maior marca de um goleiro do Timão no Brasileirão. Jairo, com 957 minutos em 1978, é o recordista.

Uma realidade bem diferente daquela vivida por Cássio em 2016, quando problemas pessoais e más atuações levaram o goleiro para a reserva de Walter.
Abaixo, o GloboEsporte.com lista alguns fatores que foram fundamentais para a volta por cima do goleiro de 30 anos, que deve figurar entre os convocados para os jogos contra Equador e Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Taffarel observou Cássio em dois treinamentos nesta semana (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians)

MOMENTO FÍSICO
Cássio calcula ter perdido seis quilos entre 2016 e 2017. Ainda nas férias, ele iniciou trabalhos aeróbicos com o foco de voltar mais fino ao Corinthians. Mudou também a sua dieta, respeitando mais as recomendações da nutricionista do clube, um hábito que havia se perdido. Mesmo após treinos pesados no campo, o goleiro corre em volta do gramado. Está nitidamente mais ágil. 

ESTABILIDADE NA VIDA PESSOAL
A morte da avó, no meio do ano passado, mexeu com a parte emocional de Cássio. Colocado na reserva, ele reclamou publicamente e prejudicou a relação com alguns membros da comissão técnica. Ainda em 2016, conversou com Mauri Lima e reestabeleceu sua harmonia com o preparador de goleiros. Com a ajuda da família e, principalmente, da noiva Janara, retomou o foco unicamente para o futebol. Aconselhado pelo zagueiro Vilson, o goleiro passou a frequentar a igreja Voz da Verdade, em Alphaville, perto de onde mora. Além disso, será pai de seu segundo filho, uma menina.


ZERO ÁLCOOL
Com alimentação balanceada e com nova religião, Cássio escolheu abandonar também a bebida alcoólica, que era uma companheira em momentos de folga. Por conta disso também, o gigante melhorou o condicionamento físico em relação ao ano passado.
 

Cássio tem mostrado um amadurecimento grande aos 30 anos (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag Corinthians)


LIDERANÇA TÉCNICA


Com a manutenção do rodízio de capitães com Fábio Carille, Cássio usou a tarja em sete partidas ao longo da temporada. Titular mais antigo da equipe e considerado um dos líderes do time, o goleiro passou a exercer uma influência mais positiva sobre os companheiros. Frequentemente, diz que esse é um dos melhores grupos com quem trabalhou. Nos treinamentos, sua voz é sempre ouvida com orientações e broncas, em busca do erro zero e da melhor performance coletiva. É respeitado.


ERROS ACONTECEM


Com personalidade forte, Cássio sempre foi conhecido por não admitir suas falhas em campo. Na saída do gramado, mesmo diante de um erro individual, ele raramente reconhecia nos microfones. Neste ano, errou contra a Ponte Preta, reclamou da barreira no intervalo, mas depois do jogo assumiu que foi mal na bola. Em todas as entrevistas do ano, diz que não viveu um bom momento em 2016 e que as críticas que recebeu estavam corretas.


SEGURANÇA DO TIME



O grande momento de Cássio tem relação direta com o bom momento de toda a defesa. Em 39 jogos oficiais, o Timão levou 20 gols. No Brasileirão, foram cinco em 13 rodadas. A boa fase de Pablo, Balbuena, Guilherme Arana, Fagner, Gabriel e Maycon tem ajudado muito o camisa 12. Atento ao jogo nos 90 minutos, ele temvem conseguido fazer grandes defesas nas poucas bolas que chegam no gol.


PÊNALTIS


Antes criticado por não conseguir defender penalidades, Cássio já pegou quatro em 2017. Nos dois últimos, contra Grêmio e Ponte Preta, fez defesas plásticas nas cobranças de Luan e Lucca. Amadurecido, ele diz que tem esperado mais a cobrança para se aproveitar de sua estatura (1,95m).









Pegou! Lucca cobra pênalti, e Cássio espalma no canto aos 24' do 2º Tempo


Veja as informações para o jogo contra o Atlético-PR:


Local: Arena Corinthians, em São Paulo
Data e horário: sábado, às 19h (de Brasília)
Provável escalação do Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Moisés; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel, Jadson e Romero; Jô
Desfalques do Corinthians: Guilherme Arana e Rodriguinho (suspensos), Pablo (contratura na coxa direita) e Danilo e Vilson (em recuperação física)
Pendurados do Corinthians: Jadson, Cássio, Pablo, Jô, Gabriel e Marquinhos Gabriel





























Cuidado redobrado e número de gols também: Jadson 'voa' junto com Corinthians
O meia corinthiano Jadson mostra-se bem fisicamente aos 33 anos em sua volta ao Corinthians depois de uma temporada inteira jogando na China. Tendo participado de 29 partidas desde a repatriação, o camisa 10 provou sua boa fase técnica, com oito gols e cinco assistências, e também com o fim das preocupações sobre a parte física. Fim das preocupações do torcedor, mas não dos profissionais da comissão técnica do Timão, que adotam cuidados especiais para entregar o meia em boas condições ao técnico Fábio Carille.
- Há sim (cuidados especiais), por ser um atleta com uma idade um pouquinho mais avançada que os outros, e que necessita de cuidados na alimentação e na carga de treinamento. Precisamos ficar de olhos bem abertos, porque não vale a pena arriscar. Importante é ele ter uma performance durante as partidas, por isso são trabalhos de força e potência para melhorar a condição dele - explica Walmir Cruz, preparador físico do Corinthians,

Cuidados redobrados, número de gols também: terceiro artilheiro do Corinthians na temporada, Jadson tem números melhores do que em 2015, quando foi um dos destaques do ano em que a equipe foi campeã brasileira. Nos mesmos 29 primeiros jogos disputados em 2015 foram quatro gols, metade do número de 2017. O jogador é vice-artilheiro do Timão no Brasileirão, com quatro bolas na rede, e tentará manter o bom momento neste sábado, às 19h, contra o Atlético-PR, pela 14ª rodada da competição nacional.

Em nome da meta, Jadson terá funções diferentes, pois a suspensão de Rodriguinho e entrada de Marquinhos Gabriel obrigarão seu deslocamento para a faixa central, e não a ponta direita. Com três gols nos últimos quatro jogos, o camisa 10 chegou à marca de 32 gols em 132 partidas nas duas passagens pelo Corinthians. Falta só um gol para ele igualar o meia Danilo, que é o jogador do atual elenco com mais gols pelo clube, e três para igualar Romero, que é o maior artilheiro da Arena Corinthians, com 20.