28 de jun de 2017

CORINTHIANS 28/06/2017

















FICHA TÉCNICA
patriotas col 1X 1 CORINTHIANS
​Copa sul am 2017- 2ª fase ida
Local: La Independencia, em em Tunja (COL)
Data-hora: 28/6/2017 (quarta-feira), às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Assistentes: Eduardo Cardozo (PAR) e Milciades Saldivar (PAR)
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Ibargüen, Carreño e Carlos Rodríguez (PAT); Fagner (COR)

Gols: Mauricio Gómez 30' 1ºT (1-0); Balbuena 47' 2ºT (1-1)

patriotas 12 Villete, 20-Pretel (2-Jesús Murillo 32' 2ºT), 3-Arboleda, 26-Cabezas e 14-Niko Carreño; 5-Larry Vásquez, 8-Robayo, 27-Mosquera, 10-Omar Vázquez e 11-Maurício Gómez (21-Carlos Rodríguez 34' 2ºT); 18-Ibargüen (9-Valoyes 17' 2ºT). Técnico: Diego Corredor. 1-Martínez 24-Parra, 16-Rito, 7-Rendón

CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Pablo e 6-Moisés; 5-Gabriel (9-Clayton 30' 2ºT), 29-Camacho (21-Fellipe Bastos 38' 2ºT), 25-Marquinhos Gabriel (17-Giovanni Augusto 20' 2ºT), 26-Rodriguinho e 11-Romero; 18-Kazim. Técnico: Fábio Carille.+ 27-Walter, 15-Pedro Henrique, 13-Guilherme Arana, 28-Paulo Roberto

















Técnico Fábio Carille aprova empate do Corinthians na Colômbia e diz que grupo tira lição: "Não desistir nunca"
Técnico diz que a resposta da equipe foi positiva no primeiro jogo contra Patriotas. Em casa, promete pressionar o adversário pela classificação

Por Bruno Cassucci

29/06/2017 00h31
Um gol de empate aos 46 minutos do segundo tempo sacramentou um empate ao Corinthians contra Patriotas, na Colômbia, pela Sul-Americana. Com o 1 a 1, o Timão leva para o segundo jogo uma boa vantagem em busca da classificação.

Para o técnico Fábio Carille, o resultado traz uma lição de luta e persistência para os jogadores.

– Foi muito positiva a resposta de todos. Sabemos das dificuldades de jogar aqui. A ideia de poupar alguns jogadores foi pelo excesso de jogos, a gente tem muita coisa pela frente ainda. E a gente sai muito feliz daqui. Não desistir nunca, persistir sempre. A gente trabalha sempre e procura colocar na mente dos jogadores cada vez mais essa coisa de não desistir – destacou o treinador.

Corinthians conseguiu o empate nos minutos finais com um gol de Balbuena (Foto: Luis Acosta / AFP)

Sem Jadson, Jô, Guilherme Arana e Maycon, todos poupados, o Timão apostou em Marquinhos Gabriel, Kazim, Moisés e Camacho. Por características, o time mudou um pouco o seu estilo.

– As mudanças que aconteceram eram esperadas. Marquinhos mais agudo, mais do drible. Jadson mais de armação. Moisés por Arana praticamente a mesma função. Camacho por Maycon, o Maycon trabalha com menos toques na bola, Camacho gosta de conduzir um pouco mais. E o Jô tem um pouquinho mais de movimentação que o Kazim. A equipe se comportou bem dentro das condições do jogo – explicou o técnico, que reclamou da condição do gramado.






Corinthianos citam tamanho de campo, como outro fator para dificuldades hoje
Jogadores do Timão e o técnico Fábio Carille apontam que dimensões do gramado do estádio La Independencia, em Tunja, são maiores que as do Brasil e influenciaram na partida

29/06/2017 01h3

O cansaço atrapalhou e a altitude também criou dificuldades, mas os jogadores do Corinthians e o técnico Fábio Carille apontaram um outro fator para o futebol apresentado: a largura do campo

Segundo os atletas corinthianos, os colombianos sabiam deste diferencial e se aproveitaram disso, como explicou o lateral-direito Fagner.

– Percebi muito isso. Era evidente. Em situações de jogo em que eles estavam pressionados, eles simplesmente chutavam a bola para o outro lado e ela não saia. Para nós, de beirada, o sofrimento é ainda maior. O campo fica um pouco mais largo, às vezes você tem que optar em fechar o espaço de dentro, para não ser surpreendido e o adversário criar chance de gol, mas por outro lado acaba oferecendo espaço para cruzamentos. Mas acho que a equipe conseguiu controlar bem em relação a isso. Sabíamos dessa e de outras dificuldades, como o gramado fofo e a altitude, mas estamos de parabéns pela maturidade que tivemos – comentou.





Atuações do Corinthians em empate por 1x1 contra patriotas col, fora de casa, pela ida da 2ª fase da copa sul am.
Zagueiro Balbuena constrói a jogada e marca de cabeça nos acréscimos do segundo tempo. Empate mantém a invencibilidade da equipe

Por Marcelo Braga

28/06/2017 23h39

Balbuena: Fazia jogo irregular, assim como todo o time, mas construiu a jogada do gol de empate nos acréscimos do jogo. Arrancou, tocou para Fagner, recebeu o cruzamento e cabeceou para o gol. Atrás, teve atuação na média. Nota: 7


Cássio: Foi surpreendido pelo desvio em Fagner no lance do gol de Gómez. No segundo tempo, fez duas boas defesas e segurou a pressão colombiana até o empate. Nota: 6,5


Moisés: Não aproveitou a chance de substituir Guilherme Arana, poupado. Marcou mal, não cortou nenhum cruzamento e, na frente, não conseguiu criar chance de perigoso quando chegou à linha de fundo. Sentiu a falta de ritmo, mostrando cansaço no final. Nota: 4


Veja abaixo todas as notas:
Cássio [GOL]: 6,5
Fagner [LAD]: 6
Balbuena [ZAG]: 7
Pablo [ZAG]: 6
Moisés [LAE]: 4
Gabriel [VOL]: 4,5
(Clayton [ATA]): 5
Camacho [VOL]: 4,5
(Fellipe Bastos [VOL]): 5,5
Marquinhos Gabriel [MEI]: 4,5
(Giovanni Augusto [MEC]): 5
Rodriguinho [MEI]: 5
Romero [ATA]: 5
Kazim [ATA]: 4,5


Fábio Carille valoriza grupo do Timão e gol fora de casa após empate diante do Patriotas (COL)

Treinador alvinegro falou ainda sobre a altitude, dimensões e condição do gramado, e o futebol apresentado pelo adversário colombiano

00h20 29/06/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Depois de sair atrás do placar ainda no primeiro tempo, o Corinthians buscou o empate nos acréscimos da etapa complementar diante do Patriotas (COL), no Estádio La Independência, em Tunja, na Colômbia, na partida de ida da segunda fase da Conmebol Sul-Americana. Após a partida, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva aos jornalistas e avaliou o desempenho da equipe.

“Muito positiva a resposta de todos. Sabemos das dificuldades de jogar aqui. A ideia de poupar alguns foi pelo excesso de jogos, a gente tem muita coisa pela frente ainda. E a gente sai muito feliz daqui. Não desistir nunca, persistir sempre”, valorizou o técnico. “A gente trabalha sempre e procura colocar na mente dos jogadores cada vez mais essa coisa de não desistir nunca”, completou.

A altitude de Tunja foi um dos assuntos abordados pela imprensa. “Jogadores não reclamaram, foi o Cássio antes da partida e não sei no intervalo se teve outro. Mas foi nítido que os jogadores cansaram durante o jogo, abafava e tinha que esperar um pouco para respirar”, explicou Carille.

As dimensões maiores do gramado do Estádio La Independencia foi sentida pelos atletas. “[O campo] muito maior aos padrões que a gente está jogando lá, bem maior do que o normal, não sei quanto”, disse.


Carille ressaltou que, apesar das trocas na equipe, a parte tática foi cumprida: “Correspondeu o que a gente esperava, de ficar com a bola, descansar, circular a bola”. Já a questão técnica ficou comprometida por conta do estado do gramado. “O campo não ajuda, a bola fica muito viva, não rolava normal. Ficou abaixo do esperado mais por conta do gramado”, criticou.

O técnico avaliou também o futebol apresentado pelo Patriotas. “Conseguimos observar bem os últimos jogos do Patriotas no Campeonato Colombiano. A gente esperava um time de imposição física, que é a característica do futebol colombiano, e velocidade. Não fugiu do que a gente esperava”, descreveu Carille.

“As mudanças que aconteceram eram esperadas. Marquinhos mais agudo, mais do drible. Jadson mais de armação. Moisés por Arana praticamente a mesma função. Camacho por Maycon, o Maycon trabalha com menos toques na bola, Camacho gosta de conduzir um pouco mais. E o Jô tem um pouquinho mais de movimentação que o Kazim. A equipe se comportou bem dentro das condições do jogo”, descreveu o treinador sobre os jogadores que foram utilizados no empate desta quarta (28).

O gol fora de casa foi comemorado por Carille, que comentou o que espera do Corinthians na partida de volta. “Conseguimos uma pequena vantagem, fazer gol fora é importante. Dentro da nossa casa a gente procura pressionar bastante, rodar a bola, pressionar o adversário o tempo todo. E pode ter certeza que é isso que faremos jogando em casa”, encerrou.
Agora, as atenções de Fábio Carille se voltam para o Campeonato Brasileiro. No domingo (2 de julho), 16h, o Timão recebe o Botafogo, na Arena Corinthians. O Timão lidera a competição, com 26 pontos conquistados em 10 rodadas.













Balbuena reconstrói jogada de gol heróico do Corinthians contra o Patriotas na Colômbia
Zagueiro contou o que pensou antes de iniciar o lance que resultou no empate do Timão em Tunja, pela segunda fase da Conmebol Sul-Americana

00h40 29/06/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
A noite corinthiana na Colômbia foi mais feliz graças ao zagueiro Fabián Balbuena. O camisa 4 do Timão se jogou para o ataque no último lance do embate contra o Patriotas (COL), pela partida de ida da segunda rodada da Conmebol Sul-Americana, e foi premiado com o gol que evitou a derrota do Corinthians: 1 a 1 no Estádio La Independencia, em Tunja, na Colômbia.


Ao lado de Fábio Carille, na entrevista coletiva pós-jogo, o atleta alvinegro comentou o que pensou enquanto construía a jogada e revelou que passou pela sua cabeça chutar de fora da área ao invés de rolar para Fagner fazer o cruzamento.

"A gente estava no ataque, só tinha um jogador deles lá em cima, o centroavante. O Fellipe Bastos recuperou a bola, deu para mim, como eu tinha espaço eu fui na frente. Aí vi o Fagner para fazer o cruzamento, era a melhor opção, tinha muita gente na área. Também dava para bater no gol, mas eu sabia que tinha muita gente na área e era melhor o cruzamento. A jogada culminou com o gol", contou Balbuena.

Ao analisar como foi o duelo diante dos colombianos, o zagueiro paraguaio ressaltou as dificuldades que o gramado propiciou, elogiou a equipe do Patriotas (COL) e exaltou a postura do Corinthians durante a partida.


"Sabíamos das dificuldades do campo, mas nossos jogadores souberam esperar e conseguimos um bom resultado que levamos para o Brasil", afirmou. "Conhecíamos a qualidade do Patriotas, tínhamos estudado, sabíamos que era um time dinâmico, como caracteriza o futebol colombiano, jogadores velozes e com muita força. É uma boa equipe", concluiu antes de ir para o vestiário.

Ele e seus companheiros voltam  nesta quinta-feira (29) e, na sexta (30), dão início à preparação para o duelo diante do Botafogo, no domingo (2 de julho), 16h, na Arena Corinthians, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.
















Rodriguinho valoriza garra do Corinthians em empate na Colômbia

Meia ainda se mostrou surpreso com dificuldade encontrada diante do Patriotas (COL)

00h10 29/06/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Foi difícil, mas o Corinthians voltou para o Brasil com um empate na mala. Após sair atrás do placar contra o Patriotas (COL), fora de casa, pela partida de ida da segunda fase da Conmebol Sul-Americana, o Timão conseguiu arrancar um empate nos acréscimos da etapa final com o zagueiro Balbuena e trazer um bom resultado para decidir na Arena Corinthians, dia 26 de julho.

Apesar de ter começado o duelo pensando na vitória, o Alvinegro encontrou muitas dificuldades que deixaram o meia Rodriguinho surpreso. O camisa 26 admitiu que a equipe fez uma partida abaixo do normal, mas comemorou o empenho de seus companheiros em lutar até o último minuto em busca de um gol

“É um resultado importante pelas circunstâncias do jogo. Sabíamos que ia ser difícil, mas não tanto. O campo está muito fofo, pesado, não é desculpa nenhuma, erramos lances bobos”, disse na saída do gramado do estádio La Independência. “Não foi uma das melhores atuações nossas, mas valeu o espírito de luta que a equipe teve. Parece fácil para quem está vendo, mas jogar aqui é bastante complicado", concluiu.

Agora o Corinthians volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo (02), às 16h, encara o Botafogo, pela 12ª rodada, na Arena Corinthians. No dia 26 de julho, acontece o jogo de volta contra o Patriotas (COL), em casa.










Nos acréscimos, Corinthians empata jogo contra Patriotas e mantém série invicta

Balbuena marca aos 46 minutos do segundo tempo e coloca o Timão em boa condição para avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Equipe não perde há 24 partidas

Por Bruno Cassucci
28/06/2017 23h42

Se a atuação não foi a esperada, o Corinthians pelo menos comemora o resultado obtido contra o Patriotas, nesta quarta-feira, em Tunja, na Colômbia. Depois de uma atuação ruim na maior parte do tempo, o Timão buscou o empate por 1 a 1 aos 46 minutos do segundo tempo em uma cabeçada do paraguaio Balbuena e ficou mais perto da vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.


A equipe dirigida por Fábio Carille se classifica com um empate sem gols no confronto da volta, dia 26 de julho, na Arena Corinthians. Caso o placar se repita, a decisão será nos pênaltis. Quem avançar pega nas oitavas de final o vencedor do duelo entre Racing, da Argentina, e Independiente Medellín, da Colômbia.

O Corinthians está invicto há 24 partidas sem ser batido. Neste período de invencibilidade, o Timão conquistou o estadual e disparou na liderança do Brasileirão, com 26 pontos – enfrenta o Botafogo, domingo, às 16h, na Arena Corinthians, pela 11ª rodada.


O JOGO

Em ritmo lento, o Corinthians não fez questão de atacar no primeiro tempo. Como de costume nas partidas fora de casa, o Timão entregou a bola ao adversário e esperou. Sem muita qualidade técnica, o Patriotas em nenhum momento exerceu uma forte pressão, mas chegou ao gol aos 30 minutos. Maurício Gómez recebeu cruzamento pela esquerda e chutou cruzado. A bola ainda desviou em Fagner antes de entrar. No fim, Kazim teve chance a chance de empate e desperdiçou.

Carille optou por não mexer na equipe no intervalo, e a atuação seguiu a mesma no segundo tempo. O Corinthians errou muitos passes e praticamente não levou perigo. Robayo acertou a trave em cabeceio na área. Apenas Fagner assustou ao cobrar falta que Villete espalmou. Cássio ainda fez duas ótimas defesas. Mas o que parecia impossível aconteceu. Aos 46, Balbuena apareceu livre na área, desviou de cabeça e empatou pro Timão. Agora, decide em casa.






Corinthians busca empate contra Patriotas no interior da Colômbia e mantém invencibilidade
Na Colômbia, Balbuena marca aos 46 minutos do segundo tempo e coloca o Timão em boa condição para avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana. Corinthians invicto há 24 jogos



RESUMÃO
O JOGO  FOI NO SUFOCO!

Se a atuação não foi a esperada, o Corinthians pelo menos comemora o resultado obtido contra o Patriotas, nesta quarta-feira, em Tunja, na Colômbia. Depois de uma atuação ruim na maior parte do tempo, o Timão buscou o empate por 1 a 1 aos 46 minutos do segundo tempo em uma cabeçada do paraguaio Balbuena e ficou mais perto da vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Gómez abriu o placar no primeiro tempo, e o time da casa pressionou. No fim, o empate foi bom.


DESTAQUE COMO FICA?
O Corinthians se classifica com um empate sem gols no confronto da volta, dia 26 de julho, na Arena Zcorinthians. Caso o placar se repita, a decisão será nos pênaltis. Quem avançar pega nas oitavas de final o vencedor do duelo entre Racing, da Argentina, e Independiente Medellín, da Colômbia.



DESTAQUE  PRIMEIRO TEMPO

Em ritmo lento, o Corinthians não fez questão de atacar. Como de costume nas partidas fora de casa, o Timão entregou a bola ao adversário e esperou. Sem muita qualidade técnica, o Patriotas em nenhum momento exerceu uma forte pressão, mas chegou ao gol aos 30 minutos. Maurício Gómez recebeu cruzamento pela esquerda e chutou cruzado. A bola ainda desviou em Fagner antes de entrar. No fim, Kazim teve chance a chance de empate e desperdiçou.

DESTAQUE  SEGUNDO TEMPO

Carille optou por não mexer na equipe no intervalo, e a atuação seguiu a mesma no segundo tempo. O Corinthians errou muitos passes e praticamente não levou perigo. Robayo acertou a trave em cabeceio na área. Apenas Fagner assustou ao cobrar falta que Villete espalmou. Cássio ainda fez duas ótimas defesas e evitou uma derrota que diminuiria as chances de classificação em São Paulo. Mas o que parecia impossível aconteceu. Aos 46, Balbuena apareceu livre na área, desviou de cabeça e salvou o Timão da de

DESTAQUE INVENCIBILIDADE

O Corinthians agora esta  24 partidas invicto . Neste período de invencibilidade, o Timão conquistou o estadual e disparou na liderança do Brasileirão, com 26 pontos. É a sexta maior sequência invicta  da história do clube.



DESTAQUEAS NOTAS!



DESTAQUE CALENDÁRIO

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, contra o Botafogo, às 16h (horário de Brasília, na Arena Corinthians. Romero está suspenso, mas Guilherme Arana, Maycon, Jadson e Jô devem voltar. Todos foram poupados contra o Patriotas.






















Corinthians arranca empate no fim contra Patriotas (COL) pela Conmebol Sul-Americana

Balbuena marca nos acréscimos na Colômbia e garante manutenção da invencibilidade alvinegra; Timão pode até empatar sem gols na Arena Corinthians para passar de fase


00h00 29/06/2017 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
O Corinthians conquistou longe de casa um empate no último lance nesta quarta-feira (28), mas manteve a longa invencibilidade e se colocou em uma situação interessante na Conmebol Sul-Americana. Com gol de Balbuena nos acréscimos, o Timão empatou com o Patriotas (COL) por 1 a 1 no estadio La Independencia, em Tunja, na Colômbia, na partida de ida da segunda fase do torneio continental.

Titulares na Colômbia: Sem Maycon, Jadson e Jô, que nem viajaram, e com Guilherme Arana entre os reservas, o técnico Fabio Carille botou o Corinthians em campo contra o Patriotas (COL) com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel e Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Romero; Kazim.
Começo morno: O início de jogo foi de muito estudo. Nenhum ataque muito perigoso, jogo no meio de campo, sem grandes emoções.

Timão no ataque: Só aos 25 min que o Corinthians criou uma jogada de perigo. Kazim encontrou Romero na direita, que limpou e finalizou ao gol. O goleiro Villete defendeu.

Gol deles: Aos 30, ocorreu um fato que há muito tempo não acontecia. O Corinthians ficou atrás no placar. Gomez chutou cruzado, e a bola foi desviada por Fagner, matando a reação de Cássio. 

Em busca do empate: A resposta foi rápida. Com 34 min, Kazim recebeu de Rodriguinho e chutou. A bola foi por cima do gol.

Segundo tempo: O Corinthians foi partindo para cima aos poucos na etapa final. Um chute de fora da área de Marquinhos Gabriel, depois um cruzamento de Moisés na área que causou perigo. Cobrança de falta de Fagner que exigiu defesa difícil do goleiro Villete. Tudo isso com 16 minutos.

Alterações: Fabio Carille tentou mudar o jogo mexendo no time. Giovanni Augusto, Clayton e Fellipe Bastos foram os escolhidos para entrarem na partida, nos lugares de Marquinhos Gabriel, Gabriel e Camacho.
Quase um golaço: Aos 43 min, Romero quase empatou com um voleio, que passou ao lado do gol do Patriotas (COL).
Na rede: Balbuena começou o lance e tocou para Fagner. O lateral avançou pela direita e cruzou para a área, encontrando o zagueiro. De cabeça, o camisa 4 estufou as redes e decretou o empate alvinegro aos 47, aumentando a série invicta do Timão para 24 jogos seguidos.


Agora é na Arena: Com o empate em 1 a 1, o Corinthians pode até empatar sem gols contra o Patriotas (COL) no jogo de volta, na Arena Corinthians, para passar de fase. Mas a partida só acontecerá daqui a quase um mês, no dia 26 de julho.

Próximo compromisso: Hora de virar novamente a chave. O Timão volta a pensar no Campeonato Brasileiro, em que é líder invicto. O Corinthians recebe o Botafogo na Arena Corinthians, neste domingo (02), às 16h, pela 11ª rodada.






 


Corinthians matem 25% dos direitos sobre volante Petros, que voltou ao Brasil para jogar em rival

Copos colecionáveis são sucesso de venda na Arena Corinthians

Além dos copos oficiais de cada partida, os torcedores já puderam comprar os copos e baldes da coleção “Bando de Loucos”


19h00 28/06/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


Inspirada nos jogos da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos, a Arena Corinthians vêm gerando uma importante receita com a venda de copos colecionáveis para os torcedores nos jogos do Timão. Desde que foram lançados, cerca de 70 mil copos foram comercializados, gerando uma receita aproximada de R$ 200 mil.

Além dos copos oficiais de cada partida, os torcedores já puderam comprar os copos e baldes da coleção “Bando de Loucos”, que homenageou a torcida corinthiana. O Esquenta da Fiel, festa oficial da torcida do timão antes dos jogos na Arena, também traz copos especiais à cada edição. Neste domingo, o evento será realizado pela sétima vez.

Lançada no Brasileirão, a coleção “O Campeão dos Campeões” é a mais nova linha de copos da Fiel e faz uma homenagem aos escudos do Corinthians desde a sua fundação. Serão 8 modelos, nas versões preto e branco. Os copos são vendidos exclusivamente na Arena Corinthians, podendo ser encontrados, conforme a coleção, nos bares, concessões, loja Poderoso Timão e no stand montado no Esquenta da Fiel.

“Os copos foram desenvolvidos para melhorar a experiência do torcedor no estádio, oferecendo a ele um produto único, de qualidade e ótimo custo-benefício. Por ser vendido apenas no estádio, torna-se também uma recordação para quem veio aos jogos na Arena Corinthians. Além disso, são produtos que ampliam o corinthianismo, já que sempre trazem alguma homenagem ao clube e à torcida”, explica Fernando Sales, diretor de marketing do Corinthians.



Corinthians tem 25 mil ingressos vendidos para domingo contra botafogo

Setor Norte da Arena Corinthians segue aberto normalmente no jogo deste domingo


16h35 28/06/2017 - Agência Corinthians

Neste domingo (02), o Corinthians volta a atuar na Arena Corinthians. Pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Timão recebe o Botafogo a partir das 16h. Já foram vendidos 25 mil ingressos para o duelo.

Pela internet, a venda de ingressos para a partida continua pela internet no www.ingressoscorinthians.com até as 08h do domingo. As bilheterias serão abertas nesta quinta-feira (29). Confira os pontos de venda, horários de funcionamento e setores ainda disponíveis abaixo:

Das 12h às 17h – Arena Corinthians e loja Poderoso Timão da Rua Augusta

Das 12h às 19h – Parque São Jorge e lojas Poderoso Timão do Shopping D e do Tietê Plaza

SETORES DISPONÍVEIS

Leste Inferior Lateral: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)

Leste Inferior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)

Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)

Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)

Oeste Superior: R$ 68 (R$ 34 meia-entrada)

Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)

Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)

Visitante: R$ 54 (R$ 27 meia-entrada)*

*Venda apenas no dia do jogo e com uma antecedência aproximada de duas horas antes do início da partida.

** O Corinthians aguarda comunicado oficial do STJD sobre a interdição do setor Norte por uma partida. O clube entrará com recurso. Neste domingo, o setor será aberto aos torcedores normalmente.

Esquenta da Fiel com Inimigos da HP


Antes da partida, a Arena Corinthians promoverá a sétima edição do Esquenta da Fiel, a partir das 11h, com uma atração mais do que especial: o grupo Inimigos da HP

O primeiro lote de ingressos para o Esquenta da Fiel tem o valor de R$ 10, com direito à primeira cerveja e o copo especial reutilizável do evento. A venda de entradas para o Esquenta, que são limitadas, são feitas neste momento para todos os sócios do Fiel Torcedor que já garantiram ou ainda vão comprar o ingresso para a partida.

Acessando a página do programa (www.fieltorcedor.com.br), já com o ingresso do jogo confirmado, basta clicar em “Esquenta da Fiel”, no menu, para garantir o seu lugar na festa.

Como nas edições anteriores, a comercialização de bebidas alcoólicas acontecerá até a abertura dos portões do estádio. Entre os food trucks do Esquenta estão: Dom Espetos, Dream Churros, Master Temaki, Irmãos Coxinha, HF Linguiça de Bragança, Blends Burger, Bull Food Truck, Sampa Lanches Pernil e Estação do Pastel.

O Esquenta da Fiel é uma realização da Arena Corinthians, em parceria com a Estrella Galícia, a cerveja oficial do Timão e da casa do Corinthians. Como nas primeiras edições, a Meu Copo Eco fornecerá os copos personalizados reutilizáveis, que reduzem o uso de descartáveis e contribui para a gestão de resíduos. O torcedor poderá comprar os copos separadamente, para levar uma recordação do Esquenta da Fiel para casa.


TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA

Estudantes

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;

2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.

Idosos maiores de 60 anos

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

Apresentar RG Original

Professores do Estado e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente - DOCUMENTO IMPRESSO.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino

Lei 15298/14

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente.

NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA

Aposentadorias

Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA



Corinthians tem melhor média de público no Brasileirão desde 1993
Timão superou a marca de 35 mil pessoas por jogo na competição, o que não acontecia há 24 anos

16h00 28/06/2017 - Agência Corinthians



Timão tem média superior a 35 mil torcedores por jogo na Arena Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Líder do Campeonato Brasileiro 2017 após 10 rodadas, o Corinthians também está na frente no ranking de público da competição nacional, com um número recorde. Após cinco partidas como mandante até o momento, a equipe alvinegra possui média de 35.759 torcedores por partida na Arena Corinthians, a maior do clube desde 1993, conforme levantado pelo blog Futebol Em Números

A temporada 1993 foi a última em que o Timão obteve uma média de público superior a 35 mil pessoas no Brasileirão. Naquele ano, quando a equipe do Parque São jorge terminou o campeonato na terceira posição, o Corinthians recebeu em média 37.330 torcedores nos jogos em casa. Assim como na atual temporada, aquela equipe teve um grande início de competição e chegou a 15 jogos de invencibilidade.

A maior média de público do Corinthians em Campeonatos Brasileiros foi na edição de 1982, 60.487 pessoas por jogo. Na campanha do hexa, em 2015, a média alvinegra foi de 34.188 torcedores.




Tite nega rótulo de professor e rasga elogios a Carille por trabalho no Corinthians

Técnico da Seleção Brasileira afirma que também aprendeu muito com o treinador alvinegro


16h10 28/06/2017 - Agência Corinthians




Tite e Fábio Carille trabalharam juntos em 2016

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians




As semelhanças do trabalho de Tite e de Fábio Carille à frente do Corinthians são evidentes. Ambos mostraram ser capazes de montar sólidas defesas e um ataque de muita troca de passes e efetividade para vencer jogos. Por isso, o atual treinador do Timão é tido como um aluno do agora técnico da Seleção Brasileira, que refuta esse pensamento.

De acordo com Tite, os dois se ajudaram bastante na época em que trabalhavam juntos no clube e o sucesso de Carille é mérito do trabalho que faz com o time. "Ele é merecedor de todos os elogios que vem recebendo, ficam falando de discípulo, discípulo. Não tem nada a ver. Isso é fruto de um trabalho grande, próprio. Nós trocamos informações, ele me ajudou muito a crescer, nós nos ajudamos, o Corinthians nos ajudou. Ele com essa oportunidade, com as passagens de outros técnicos, tenha dado uma segurança grande", disse em entrevista
O ambiente também é fator determinante para desenvolver as ideias de Fábio Carille. Tite, aliás, lembrou do respaldo que recebeu da diretoria e como isso facilitou a rotina de trabalho no Timão.

"Quando tem confiança e segurança, além do respaldo do Alessandro (Nunes, gerente), do presidente (Roberto de Andrade), você fica com uma situação mais natural de desenvolver o trabalho. Está aí, fazendo tudo que ele está fazendo com todo o mérito", concluiu o técnico mais vezes campeão da história do Corinthians.




Em 50 dias, tour da Arena Corinthians recebe visitantes de 14 países
Turistas das Américas, da Ásia e da Europa passaram pelo estádio corinthiano desde o mês de maio

15h10 28/06/2017 - Agência Corinthians



Turistas do mundo todo visitam a Arena Corinthians

© Divulgação

Há pouco mais de 50 dias, torcedores e turistas do Brasil e do mundo podem visitar e conhecer cada detalhe da Arena Corinthians fora dos horários das partidas do Corinthians. Com o tour Casa do Povo, milhares de pessoas, de 14 nacionalidades diferentes, passaram pelo estádio corinthiano desde o mês de maio.

Além de corinthianos e torcedores de outros clubes do Brasil, passaram pelo tour Casa do Povo nestes 50 dias visitantes dos seguintes países: Alemanha, Argentina, China, Colômbia, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Peru, México, Nicarágua, Paraguai e Líbano.

O tour Casa do Povo funciona de quarta a domingo. Para garantir lugar, os torcedores e turistas compram ingresso pelo tour.arenacorinthians.com.br






Corinthians 1x3 Grêmio em estreia do Brasileirão Sub-20

Gol do Corinthians foi feito pelo estreante Ramon, aos 35 minutos do segundo tempo


17h45 28/06/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


O Corinthians fez sua estreia no Campeonato Brasileiro Sub-20, na tarde desta quarta-feira (28). O Alvinegro visitou o Grêmio, no CT Helio Dourado, em Eldorado do Sul (RS), e foi tropeçou por 3 a 1. O gol do Timão foi anotado por Ramon, aos 35 minutos da etapa complementar.

Alvinegro escalado: Filipe; Samuel, Luiz Carlos, Carlos, Kaio; Roni, Lucas Alisson; Zé Gabriel, Fabricio Oya, Natan Dutra; e Carlinhos foram os escolhidos por Dyego Coelho para iniciar a partida. No banco de reservas, ele tinha à disposição Luan (GOL), Franklin (ZAG), Igor (VOL), Andrews (ATA), Felipe (VOL), Luisinho (VOL), Bilu (MEI), Nathan Palafoz (ATA) e Ramon (MEI).

Primeiro tempo: Os primeiros 45 minutos foram bastante equilibrados, com o Corinthians criando algumas chances e também sendo agredido pelo Grêmio. Os gaúchos abriram o placar aos 40 minutos, com Jean Pierre.

Segundo tempo: Logo aos três minutos, Jonathan ampliou para o Grêmio. Aos 15 minutos, eles fizeram o terceiro com Matheus Pivô. O estreante Ramon, recém-chegado do Nova Iguaçu, descontou para o Timão, dando números finais ao jogo.

Foco no Paulistão Sub-20: No sábado (1º de julho), às 15h, no Estádio José Liberatti, em Osasco, o Corinthians enfrenta o Osasco Audax pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Paulista Sub-20. A partida terá transmissão do Facebook da Federação Paulista de Futebol. Pelo Brasileirão da categoria, o próximo desafio do Corinthians será dia 12 de julho, às 15h, na Arena Barueri, contra o Coritiba.


















Repressão a festa da arquibancada pune Corinthians Uso de sinalizadores faz Corinthians ser punido com interdição de setor de arena

Clube vai recorrer da decisão do STJD, por episódio em Majestoso, que fecha Setor Norte do seu estádio por um jogo e obriga o pagamento de R$ 10 mil. Decisão não vale para domingo

Por GloboEsporte.com
28/06/2017 16h58

Julgado nesta quarta-feira em sessão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Corinthians foi multado em R$ 10 mil e punido com o fechamento por um jogo do Setor Norte do seu estádio – o espaço tem capacidade para até 7.600 torcedores.

A punição ocorreu por conta do uso de sinalizadores pela torcida do Timão na vitória sobre 5P por 3x2, no dia 11 de junho, pela sexta rodada do Brasileirão

Questionado se iria cumprir a pena neste domingo, contra o Botafogo, em jogo às 16h (de Brasília), o advogado do Corinthians João Zanforlin informou que tem até segunda-feira para apresentar recurso e pedir efeito suspensivo. Já foram vendidos de forma antecipiada 25 mil ingressos para o duelo pela 11ª rodada do Brasileirão. 




Sinalizadores são utilizados em festa no clássico entre Corinthians 3x2 5P (Foto: Marcos Ribolli)
O árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou na súmula que a torcida que estava atrás de uma das metas (Setor Norte) acendeu sinalizadores antes do início do clássico e também no intervalo.

O Timão foi punido com base no artigo 213, inciso I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por “deixar de prevenir e reprimir desordens”.


















STJD fecha setor da Arena Corinthians por uso de sinalizadores. Cabe recurso



(Foto: Fernando Roberto)




Igor Siqueira - 28/06/2017 - 14:48




O STJD decidiu nesta quarta-feira interditar por um jogo o setor Norte da Arena Corinthians, onde ficam as torcidas organizadas. O motivo foi o uso de sinalizadores antes e no intervalo do clássico Corinthians 3x2 5P, no dia 11 de junho. Além da interdição, a 3ª Comissão Disciplinar do Tribunal aplicou multa de R$ 10 mil. Cabe recurso.

Os auditores chegaram a se inclinar à aplicação de multa ainda maior, mas, ao fim das contas, entenderam que o clube já teria prejuízo financeiro proporcional ao fato somente com a interdição do setor.

A torcida do Corinthians já tinha usado sinalizadores em outras partidas do Brasileirão, como no clássico Corinthians 1x0 s7os, por exemplo.

- Os fatos são incontroversos. O que me chama atenção é que, embora esse caso específico ter ocorrido antes do início e reinício da partida, na ficha disciplinar do Corinthians constam vários casos e punições no artigo 213 - disse o relator do caso, o auditor Vanderson Maçullo.











STJD fecha setor da Arena Corinthians por uso de sinalizadores. Cabe recurso

(Foto: Fernando Roberto)

Igor Siqueira - 28/06/2017 - 14:48 

O STJD decidiu nesta quarta-feira interditar por um jogo o setor Norte da Arena Corinthians, onde ficam as torcidas organizadas. O motivo foi o uso de sinalizadores antes e no intervalo do clássico Corinthians 3x2 5P, no dia 11 de junho. Além da interdição, a 3ª Comissão Disciplinar do Tribunal aplicou multa de R$ 10 mil. Cabe recurso.
Os auditores chegaram a se inclinar à aplicação de multa ainda maior, mas, ao fim das contas, entenderam que o clube já teria prejuízo financeiro proporcional ao fato somente com a interdição do setor. 
A torcida do Corinthians já tinha usado sinalizadores em outras partidas do Brasileirão, como no clássico Corinthians 1x0 s7os, por exemplo. 
- Os fatos são incontroversos. O que me chama atenção é que, embora esse caso específico ter ocorrido antes do início e reinício da partida, na ficha disciplinar do Corinthians constam vários casos e punições no artigo 213 - disse o relator do caso, o auditor Vanderson Maçullo.












Fagner completa 200 jogos pelo Corinthians e mira futuro: "Estou em casa"

Aos 28 anos, lateral estreia na Sul-Americana nesta quarta, contra o Patriotas, e se diz tranquilo em relação a propostas. Prioridades: família e clube que o revelo
Por Diego Ribeiro

28/06/2017

A regularidade de Fagner na lateral direita do Corinthians fez com que ele atingisse, em três anos e meio, marca importante no clube. Nesta quarta-feira, contra o Patriotas, às 21h45 (horário de Brasília), na Colômbia, ele vai completar 200 jogos pelo Timão. É a estreia dele na Copa Sul-Americana, já que estava suspenso na primeira fase. 

Fagner, hoje, é o terceiro jogador do atual elenco com mais partidas pelo clube – atrás de Danilo, com 336, e Cássio, com 290. Revelado pelo Timão em 2006, o lateral fez apenas sete partidas antes de deixar o clube rumo ao PSV, da Holanda. Só no seu retorno, em 2014, ele conseguiu somar jogos, boas atuações, títulos e chegar à Seleção. 

– Eu fico muito feliz com essa regularidade, de poder estar sempre bem para atuar. Sabemos que é difícil conseguir se manter num alto nível, ainda mais no Corinthians. Credito muito isso a minha competitividade, não gosto de perder nem no par ou ímpar, no videogame. Isso faz com que eu me cobre cada vez mais e queira crescer. Meus companheiros também têm ajudado. Espero que eu possa prolongar isso por muitos anos – afirmou o jogador. 

Na Colômbia, Fagner recebe placa das mãos do técnico Fábio Carille (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinhians) 



Em conversa com o GloboEsporte.com antes da viagem à Colômbia, o lateral se disse tranquilo em relação às sondagens pelos principais titulares do Corinthians. Ele é um dos alvos de clubes europeus desde o ano passado, mas uma proposta oficial não chegou à mesa da diretoria. Se depender de Fagner, o futuro está no clube que o revelou. 

– Para ser sincero, penso muito na minha carreira, na minha família. Hoje tenho 28 anos, não tenho mais idade para ficar pensando em sair, ficar seis meses ou um ano fora e depois voltar. Então procuro ficar bem tranquilo em relação a tudo que se fala de propostas. Especula-se muito, mas temos de ter a certeza de quando chega um documento. Aí sim você pode analisar se é bom para sua carreira, se não é. Estou muito tranquilo quanto a isso – analisou. 



A questão familiar também pesa. Afinal, Fagner, hoje, não poderia se sentir mais confortável: 


– Estou em casa, nascido na capital paulista, criado no clube, minha família inteira é daqui. Estar perto da família, dos amigos e do clube que me criou, isso já me deixa tranquilo. Se um dia chegar alguma coisa, a gente senta, conversa e vê o que é melhor para todo mundo. 


Fagner tem 199 jogos, sete gols e 22 assistências com a camisa do Corinthians. O último gol foi contra o Vitória, em 22 de maio de 2016

– Eu fico bem tranquilo. Pode sobrar uma bola só, dentro ou fora da área (risos). Não fico me cobrando quanto a isso, porque sei que na hora certa vai acontecer – disse o corintiano. 


Veja outros tópicos abordados pelo lateral:
Estreia na Sul-Americana (estava suspenso na primeira fase)
– Eu diria que campeonato sul-americano não se vence só com técnica. São vários fatores que fazem uma equipe vencedora. Temos jogadores maduros em relação a esse tipo de competição. Sabemos que há muita catimba, jogos muito brigados, é preciso colocar a bola no chão para ter um bom jogo. Temos de ter muita tranquilidade, saber ler bem o jogo, encarar o duelo. Não sabemos os desafios que podem vir, um gramado que não ajuda, ou situações que possam vir a atrapalhar. 




Identificação com a torcida
– Fui criado aqui, desde pequeno sonhava em poder estar no profissional um dia. Estádio cheio, torcida apoiando. Aí você acaba já conhecendo mais ou menos o perfil do clube. Sempre levei comigo esse lado de não ter bola perdida, acreditar que sempre é possível. Isso acaba me aproximando do torcedor. O corinthiano tem esse lema do maloqueiro e sofredor, então acabo sofrendo também, quando perde, por vivenciar aqui há tanto tempo. Fico feliz quando os torcedores dizem que eu os represento muito bem. 

Jogos mais marcantes
– Sempre tem os jogos marcantes. Um que me marcou bastante, histórico, foi aquele em que comemoramos o título brasileiro na Arena (Corinthians 6x1 5P). Estava com minha família, tivemos um grande jogo, grande vitória, e aí recebemos o troféu. A final do Campeonato Paulista esse ano também marcou. Faz parte da história do clube. 


Fagner foi o melhor lateral do Paulistão 2017: marcas pessoais pelo Timão (Foto: Marcos Ribolli)

Sonho em levantar uma taça
– Fica marcado na história do atleta e do clube. Fico feliz de deixar meu nome gravado na história do clube, independentemente de ser capitão numa final ou não. Fico feliz só de pensar na possibilidade de ser campeão de novo. Isso já é motivo de orgulho. 


Corinthians é candidato a títulos?
– Campeonato Brasileiro é longo e muito disputado. Já tivemos exemplos de equipes que começaram muito bem e não tiveram maturidade para saber administrar. Temos de pensar no jogo a jogo. Não dá para pensar na 30ª rodada se não jogarmos bem nas outras. Acredito que o campeonato afunila e começa a ser decidido por aí. Temos de pensar assim para que possamos chegar lá na frente em alto nível e conseguindo nossos objetivos.











Em 50 dias, tour da Arena Corinthians recebe visitantes de 14 países

Turistas das Américas, da Ásia e da Europa passaram pelo estádio corinthiano desde o mês de maio


15h10 28/06/2017 - Agência Corinthians




Turistas do mundo todo visitam a Arena Corinthians

© Divulgação


Há pouco mais de 50 dias, torcedores e turistas do Brasil e do mundo podem visitar e conhecer cada detalhe da Arena Corinthians fora dos horários das partidas do Corinthians. Com o tour Casa do Povo, milhares de pessoas, de 14 nacionalidades diferentes, passaram pelo estádio corinthiano desde o mês de maio.

Além de corinthianos e torcedores de outros clubes do Brasil, passaram pelo tour Casa do Povo nestes 50 dias visitantes dos seguintes países: Alemanha, Argentina, China, Colômbia, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Peru, México, Nicarágua, Paraguai e Líbano.

O tour Casa do Povo funciona de quarta a domingo. Para garantir lugar, os torcedores e turistas compram ingresso pelo tour.arenacorinthians.com.br









Hoje, Fagner pode completar 200 jogos pelo Corinthians

Lateral direito do Timão chegarà à marca simbólica se atuar contra  
Patriotas (COL) nesta quarta (28)

11h05 28/06/2017 - Agência Corinthians



Fagner em ação contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro

© Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O duelo do Corinthians contra o Patriotas (COL) pela Conmebol Sul-Americana pode ser marcante para o lateral direito Fagner nesta quarta-feira (28). Se escalado pelo técnico Fábio Carille para entrar em campo, o jogador vai completar 200 partidas com o manto alvinegro.

No elenco atual, somente Danilo (336) e Cássio (290) defenderam a equipe em mais oportunidades. Revelado pelo Timão em 2006, o atleta de 32 anos jogou as primeiras partidas como profissional pelo Alvinegro. Depois, atuou por diversos clubes até 2014, quando retornou de vez ao clube e assumiu a titularidade da lateral direita.

Nesses três anos, Fagner foi peça fundamental para as conquistas do hexacampeonato brasileiro, em 2015, e do 28º título paulista, nesta temporada. Graças às grandes atuações, passou a ser presença constante nas convocações do técnico Tite para a Seleção Brasileira.

Em 199 jogos, o lateral direito marcou sete gols pelo Corinthians.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.





Carille completa 50 jogos pelo Corinthians nesta quarta-feira (28)
Diante do Patriotas (COL), na Colômbia, treinador vai atingir marca importante no alvinegro

12h40 28/06/2017 - Agência Corinthians


Carille assumiu o Corinthians no final de 2016

© Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O confronto do Corinthians contra Patriotas (COL), nesta quarta-feira (28), às 21h45 (de Brasília), pela segunda fase da Conmebol Sul-Americana terá um gosto especial para o treinador Fábio Carille, que vai chegar à marca de 50 jogos no comando do Timão.

O treinador chegou ao clube em 2009, para integrar a comissão técnica do Alvinegro. Após a saída de Adílson Batista em 2010, assumiu interinamente o cargo de técnico por dois jogos, até a chegada de Tite.

Seis anos depois, voltou a treinar a equipe após as saídas de Tite para a Seleção Brasileira e Cristovão Borges. Quando Oswaldo de Oliveira deixou o cargo, em dezembro, assumiu novamente de forma interina, sendo efetivado no final do ano.

Como técnico, acumula 28 vitórias, 15 empates e somente seis derrotas. Além disso, levou o Corinthians ao seu 28º título paulista em seus primeiros meses de trabalho.

A partida também poderá ter um sabor especial para o lateral direito Fagner. Confirmado por Carille para a partida de hoje à noite, o atleta completará 200 jogos com o manto alvinegro.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.










Corinthians defende retrospecto positivo contra adversários colombianos

Dos 24 jogos na história contra equipes da Colômbia, Timão saiu como vencedor em 14 deles; nesta quarta, encara o Patriotas pela primeira vez


10h30 28/06/2017 - Agência Corinthians




Último jogo contra colombianos foi na Copa Libertadores da América de 2016, contra o Independiente Santa Fe

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


O Corinthians volta a entrar em campo pela Conmebol Sul-Americana na noite desta quarta-feira (28). Em Tunja, na Colômbia, o Timão encara o Patriotas (COL), pela partida de ida da segunda fase do torneio continental. O retrospecto da equipe alvinegra contra adversários colombianos é positivo.

Ao todo, o Timão jogou contra times da Colômbia em 24 oportunidades (confira a relação de jogos abaixo). São 14 vitórias, seis empates e quatro derrotas.

A história entre Corinthians e colombianos começou em 1954, quando o Alvinegro foi derrotado pelo Millonarios por 1 a 0 na disputa do Troféu Maria Eugênia Rojas.

Neste torneio amistoso, o clube ainda jogou contra Independiente Santa Fe, Atletico Nacional e Medellín.


Já o último encontro aconteceu há pouco mais de um ano. Na Copa Libertadores da América de 2016, o Timão visitou o Independiente Santa Fe, no El Campin, em Bogotá (COL). Empate por 1 a 1, com gol de Elias.

Além do retrospecto geral, o Corinthians também leva vantagem se for considerado somente os duelos realizados na Colômbia. São 18 jogos – um deles contra o Palestino, do Chile –, com oito vitórias, cinco empates e cinco derrotas.

Apesar do passado contra colombianos, será a primeira vez que o Timão encara o Patriotas na história.

Veja abaixo todos os confrontos do Corinthians contra colombianos

1954 | Millonarios 1 x 0 Corinthians | Troféu Maria Eugênia Rojas

1954 | Independiente Santa Fe 2 x 2 Corinthians | Troféu Maria Eugênia Rojas

1954 | Atlético Nacional 3 x 4 Corinthians | Troféu Maria Eugênia Rojas

1954 | Medellín 3 x 7 Corinthians | Troféu Maria Eugênia Rojas

1954 | Millonarios 3 x 3 Corinthians | Amistoso

1954 | Boca Juniors de Cáli 1 x 3 Corinthians | Amistoso

1963 | Millonarios 4 x 2 Corinthians | Amistoso

1963 | Independiente Santa Fe 0 x 1 Corinthians | Amistoso

1963 | Independiente Santa Fe 0 x 1 Corinthians | Amistoso

1963 | Once Caldas 0 x 1 Corinthians | Amistoso

1995 | Corinthians 2 x 1 América de Cali | Copa Conmebol

1995 | América de Cali 3 x 1 Corinthians | Copa Conmebol

2006 | Deportivo Cali 0 x 1 Corinthians | Libertadores da América

2006 | Corinthians 3 x 0 Deportivo Cali | Libertadores da América

2010 | Independiente de Medellín 1 x 1 Corinthians | Libertadores da América

2010 | Corinthians 1 x 0 Independiente de Medellín | Libertadores da América

2011 | Corinthians 0 x 0 Tolima | Libertadores da América

2011 | Tolima 2 x 0 Corinthians | Libertadores da América

2013 | Corinthians 2 x 0 Millonarios | Libertadores da América

2013 | Millonarios 0 x 1 Corinthians | Libertadores da América

2015 | Corinthians 4 x 0 Once Caldas | Libertadores da América

2015 | Once Caldas 1 x 1 Corinthians | Libertadores da América

2016 | Corinthians 1 x 0 Independiente Santa Fe | Libertadores da América

2016 | Independiente Santa Fe 1 x 1 Corinthians | Libertadores da América

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.

Com time misto, Corinthians enfrenta Patriotas e observa opções no elenco

Moisés, Camacho, Marquinhos Gabriel e Kazim ganham chances em jogo da segunda fase da Sul-Americana, nesta quarta, na Colômbia. Timão encara maratona


Por Bruno Cassucci

28/06/2017 06h002

O Corinthians, líder do Campeonato Brasileiro e com moral após a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, domingo passado, muda seu foco para a Copa Sul-Americana. A delegação venceu uma maratona para enfrentar o Patriotas nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), em Tunja, na Colômbia, pela segunda fase do torneio internacional.

Depois da vitória no Sul, o Timão mal teve tempo para descansar. Em um esforço de logística, dividiu a delegação em dois voos na segunda-feira, encontrou hospedagem em Paipa, a 45km do local do jogo, e só fez um trabalho de reconhecimento do gramado do Estádio La Independência na terça, véspera do duelo.

Diante do desgaste, o técnico Fábio Carille vai escalar time misto. Quatro titulares serão poupados: Maycon, Jadson e Jô, que nem viajaram à Colômbia, e Guilherme Arana, que fica no banco de reservas. Entram Camacho, Marquinhos Gabriel, Kazim e Moisés. Chance para o comandante observar as opções que tem no elenco.

Além disso, Gabriel, que estava suspenso no domingo, pelo Brasileirão, volta ao meio-campo na vaga de Paulo Roberto.



Kazim será uma das novidades em jogo da Sul-Americana (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)


Veja como está cada um dos novos titulares:

Moisés: Após boa pré-temporada, tem nova chance com Fabio Carille.. Em 2017: 11 jogos.
Camacho: bastante utilizado por Fabio Carille, mantém a qualidade na saída de bola (principal característica do titular Maycon). Com bom passe, pode ser bastante acionado num jogo em que o Timão vai tentar manter a posse para evitar desgaste maior na altitude. Em 2017: 23 jogos, 1 gol.
Marquinhos Gabriel:  está em boa sequência de partidas, com gols e assistências. Único ponto baixo foi o pênalti cometido contra o Grêmio, mas Cássio pegou a cobrança. Em 2017: 16 jogos, 4 gols.
Kazim: assim como Moisés, ficou muito tempo no banco por causa da longa sequência de um titular (Jô, no caso). Entrou bem na vitória sobre o Bahia, semana passada, perdeu boa chance, e está mordido para voltar a fazer gols. Em 2017: 16 jogos, 2 gols.


Veja as informações de Patriotas x Corinthians:
Local: La Independencia, em Tunja, Colômbia
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)

Provável escalação do Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel e Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Romero; Kazim

Desfalques do Corinthians: Maycon, Jadson e Jô (poupados); Danilo e Mantuan (machucados); Léo Príncipe e Vilson (em recuperação física)

Provável escalação do Patriotas: Álvaro Villete, Jesús Murillo, Danilo Arboleda, Óscar Cabezas e Nicolás Carreño; Larry Vásquez e Rafael Robayo; Carlos Mosquera, Omar Vázquez e Mauricio Gómez; César Valoyes

Desfalques do Patriotas: Loaiza (machucado)

Arbitragem: Mario Diaz de Vivar, auxiliado por Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (todos do Paraguai)

Transmissão: TV Globo para estado paulista menos stos (com Cleber Machado, Casagrande e Paulo César Oliveira) e SporTV 2 (com Eduardo Moreno e Carlos Eduardo Lino)

Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 20h45













Corinthians joga 2ª fase Copa sul Americana poupando 4 titulares
Em meio ao ótimo início de Campeonato Brasileiro protagonizado nas dez primeiras rodadas da competição, onde é líder isolado e invicto, o Corinthians faz uma pausa para a disputa da Copa Sul-Americana, competição ainda na segunda fase. Na noite desta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Alvinegro, com um time misto, encara a equipe do Patriotas-COL no estádio La Independencia, na cidade de Tunja.
Preocupado com a sequência de jogos que os titulares têm encarado, o técnico Fábio Carille nem sequer levou na viagem nomes experientes, como o meia Jadson e o atacante Jô, além do jovem volante Maycon, que atuou nas últimas 22 partidas. Guilherme Arana, outro que vem de longa série de jogos, ficará no banco de reservas para dar uma chance a Moisés.

Dessa forma, nomes como o volante Camacho e o centroavante Kazim, que não têm conseguido muitos minutos para atuar na temporada devido às boas performances dos titulares, podem ter uma chance de mostrar seu futebol na altitude de 2.800m colombiana.

“É possível manter o nível do Brasileiro, com certeza. Acreditamos nisso 100%. Não sei se Fabio vai modificar um pouco a equipe, mas se acontecer, manter a concentração porque elenco tem consciência de funções. Podemos manter a mesma regularidade”, afirmou o zagueiro Pablo, um dos pouco que não devem ganhar descanso. Para ele, é necessário que os substitutos entrem bastante concentrados.
“Sabemos que temos condições de fazer grande jogo, equipe bem consciente de que é jogo importante. Entrar bem ligado para sair com grande resultado”, continuou o defensor, preocupado em adotar um estilo de jogo semelhante ao demonstrado no triunfo frente ao Grêmio, no último final de semana.


Poupar jogadores e manter forma de jogar
“Foi uma decisão da comissão técnica. Os jogadores que demonstraram cansaço nós achamos por bem segurar um pouco esses quatro atletas”, afirmou o técnico Fábio Carille

 “A gente tem uma ideia muito definida de jogo desde o início do ano. de procurar triangulações, de atacar no momento certo, de saber se defender bem. A gente não muda nossas características”, concluiu Carille.
.

FICHA TÉCNICA

patriotas col X CORINTHIANS
Copa Sul Americana 2017- 2ª fase ida
Local: estádio La Independencia, em Tunja (Colômbia)
Data: 28 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Arb: Mario Diaz de Vivar, Eduardo Cardozo e Milciades Saldivar (ambos do Paraguai)

patriotas col: Villete; Murillo, Cabezas, Arboleda e Carreño; Vásquez, Robayo e Omar Vázquez; Mosquera, Gómez e Valoyes Técnico: Diego Corredor


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel, Camacho, Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Romero; Kazim Técnico: Fábio Carille







Na Colômbia com o Corinthians, Cássio descobre sexo de segundo filho; 

Esposa do goleiro preparou surpresa antes de partida contra o Patriotas, nesta quarta-feira. Na concentração, jogador recebeu a notícia e foi festejado pelos companheiros de Timão

Por Bruno Cassucci

28/06/2017 07h33 

O goleiro Cássio, do Corinthians, recebeu uma notícia especial na noite desta terça-feira, véspera da partida contra o Patriotas, da Colômbia, pela Copa Sul-Americana. No hotel onde o clube está concentrado, na cidade de Paipa, ele descobriu o sexo de seu segundo filho – já é pai de Felipe, nascido em agosto de 2014 – e foi festejado pelos companheiros de equipe.

A esposa do camisa 12 decidiu dar a notícia de uma forma diferente. Antes da viagem do Timão e também de fazer a ultrassonografia, ela entregou duas roupas de bebê a um segurança do clube, uma na cor azul, para simbolizar um menino, e outra rosa, para o sexo oposto. Antes do jantar do elenco nesta terça, ela comunicou o profissional, que entregou o presente a Cássio. O arqueiro será pai de uma menina! 














Camacho vira 12º jogador no Timão e comemora chance: 'Estou preparado'


Camacho em treino do CorinthiansDaniel Augusto Jr


Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 28/06/2017 - 07:00

O volante Camacho é o reserva com a maior sequência pelo Corinthians, tendo entrado durante os cinco últimos jogos disputados. Nesta quarta-feira, porém, ele terá a chance de voltar a ser titular no confronto com o Patriotas (COL), a partir das 21h45, no Estádio La Independencia, pela ida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Substituto de Maycon, poupado, Camacho se diz preparado para voltar a atuar os 90 minutos. O agora "12º jogador" corintiano participou de 23 partidas nesta temporada, sendo sete como titular.

- Estou preparado, sim. Tenho entrado em quase todos os jogos, com ritmo de jogo, e pronto para jogar os 90 minutos. O (técnico Fábio) Carille está confiando em mim, estou entrando e podendo corresponder. Vamos chegar lá e tentar fazer um grande jogo - afirmou o volante, ao LANCE!.

Camacho iniciou a temporada como titular, mas perdeu alguns jogos por conta da morte do pai em fevereiro e viu Maycon engatar uma boa sequência. O volante elogiou o técnico Carille, que sempre mostrou confiança no jogador, e destacou a importância do elenco corintiano.

- O Carille é um treinador muito justo. Não acredito que perdi espaço, porque tenho entrado em todos os jogos, às vezes participado mais do que muitos outros, mas nosso pensamento é em mostrar a força do elenco. É com todos os jogadores que nós podemos ganhar os campeonatos, não são só alguns - disse Camacho, antes de se colocar à disposição para qualquer possibilidade de jogo:

- Se tiver que entrar um minuto ou dois para ajudar o Corinthians, é o que temos que fazer!















Timão vira chave e encara Patriotas (COL) pela segunda fase da Conmebol Sul-Americana
Devido à grande sequência de jogos, a equipe comandada por Fábio Carille deve ter novidades entre os 11 titulares para o jogo de ida na Colômbia

10h05 28/06/2017 - Agência Corinthians



Corinthians encara seu segundo adversário na Conmebol Sul-Americana

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Líder absoluto do Campeonato Brasileiro, o Corinthians muda a chave nesta quarta-feira (28). O Timão entra em campo na Colômbia para jogar a partida de ida da segunda fase da Conmebol Sul-Americana. Na cidade de Tunja, o Alvinegro encara o Patriotas (COL) no estádio La Independencia, às 21h45 (horário de Brasília). O duelo será transmitido ao vivo pela TV Globo (para o estado paulista menos baixada) e SporTV 2 (para todo o Brasil).

Sequência das equipes

O momento do Corinthians é totalmente positivo. Invicto há 23 jogos, primeiro lugar no Brasileirão, uma defesa que sofre poucos gols e um ataque que vem evoluindo jogo a jogo.

Na Conmebol Sul-Americana, o Timão eliminou a Universidad de Chile para chegar à segunda fase. Foram duas vitórias: 2 a 0 na Arena Corinthians e 2 a 1 em Santiago (CHI).

Já o Patriotas foi o 11º colocado na fase de classificação do Torneio Apertura na Colômbia, competição que já se encerrou e teve o Atletico Nacional como campeão.

Para encarar o Alvinegro do Parque São Jorge, a equipe colombiana passou pelo Everton (CHI). Após derrota por 1 a 0 fora de casa na ida, venceu a volta por 1 a 0 em casa e triunfou nos pênaltis.

Novidades no Timão

Há de se pagar um preço para obter o sucesso atual. Devido ao desgaste pela sequência intensa de jogos, o técnico Fabio Carille fará algumas mudanças na equipe para o duelo desta quarta (28). O comandante alvinegro optou por poupar alguns jogadores. Maycon, Jadson e Jô sequer viajaram com o time para a Colômbia. Já Guilherme Arana deve iniciar o jogo no banco de reservas.

Com isso, o Timão deve entrar em campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel e Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Romero; Kazim.

Carille levou 20 jogadores para a Colômbia. Os goleiros serão Caique, Cássio e Walter. Nas laterais, Fagner, Guilherme Arana e Moisés. A zaga terá Balbuena, Pablo e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Pedrinho e Rodriguinho. Clayton, Kazim e Romero são os atacantes que completam a lista.

Fala, Carille!

Na última terça-feira (27), o treinador do Corinthians concedeu entrevista coletiva após treinamento realizado no estádio La Independencia, palco do duelo contra o Patriotas (COL), e falou sobre o adversário pela fase de mata-mata da Sul-Americana. Para Carille, a principal característica do time colombiano é a força física.

"É um time de imposição física, uma característica dos jogadores colombianos, de força. A última partida deles foi dia 30 de maio, fizeram um jogo-treino recente. Dos titulares, saiu apenas um que foi negociado com o México. Mostramos lances deles no Campeonato Colombiano. É um 4-3-3, uma equipe que joga com três volantes, que alterna a saída dos laterais. Bem definida, bem treinada", declarou o técnico.