22 de jun de 2017

CORINTHIANS 22/06/2017











Timão goleia Ferroviária e está na semifinal do Brasileirão feminino

Luta por vaga na decisão será contra o Rio Preto; primeira partida acontecerá fora de casa


22h40 22/06/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


A noite desta quinta-feira (22) também foi de grande apresentação da equipe de futebol feminino do Corinthians/Audax. Na Arena Barueri, o Timão recebeu a Ferroviária pelas quartas de final do Campeonato Brasileiro e goleou por 4 a 0. Os gols foram marcados pela zagueira Mimi, pelas laterais Juci e Paulinha e por Byanca Brasil, artilheira da competição.

Com a goleada, o Corinthians garantiu vaga na semifinal do Campeonato Brasileiro feminino. A luta por um lugar na decisão acontecerá contra o Rio Preto. A primeira partida do duelo deve acontecer já na próxima semana, em São José do Rio Preto-SP.








Com Corinthians lider, técnico Fábio Carille festeja pontuação 'expressiva', alerta para erros de passes e não descarta poupar



Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP




Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP


Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL



Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL


Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL

Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Miguel SCHINCARIOL



Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP


Corinthians venceu o Bahia por 3 a 0Luis Moura / WPP1/10

LANCE! - 22/06/2017 - 22:14
O técnico Fábio Carille comemorou a pontuação "expressiva" do Corinthians neste início de Campeonato Brasileiro. Com nove rodadas disputadas, o Timão soma 23 pontos, com sete vitórias e dois empates, e está na liderança. Por outro lado, o treinador alertou para falhas na equipe durante o triunfo por 3 a 0 sobre o Bahia, na noite desta quinta-feira, na Arena Corinthians

- Voltamos a errar muito no passe. Com isso o Bahia ficou mais tempo com a bola, não conseguiu infiltrar tanto por causa da nossa organização. Falei agora isso, tem que comemorar, mas sabemos que podia ser melhor. É um número expressivo demais, e estou muito feliz com essa pontuação - afirmou Carille, em entrevista coletiva após a partida.


- Estamos aqui para trabalhar e melhorar o que vem acontecendo. Achei que nosso primeiro tempo não foi bom, não só o segundo. Tivemos chances e erramos passes, mas tem que comemorar porque o time não sofreu e também pela entrega dos jogadores - acrescentou.


Com uma sequência de jogos de meio e fim de semana, Fábio Carille não descartou poupar jogadores nos próximos confrontos. Ele lembrou o exemplo de Jadson, que não atuou no último domingo contra o Coritiba, e destacou as opções que tem no banco de reservas.


- Os atletas estão sendo monitorados sempre. Não vou correr risco. Prefiro ficar com um jogador fora do que perder por mais tempo. É pensar jogo a jogo. O Kazim entrou bem demais, então posso dar uma segurada no Jô na frente. Mas vamos jogo a jogo e vendo com os médicos e fisiologistas - ponderou o treinador, que também falou sobre as opções no meio de campo.


- Pode acontecer de Rodriguinho e Jadson não irem bem, mas Marquinhos Gabriel tem dado uma resposta boa, e pode ter certeza de que o Giovanni Augusto também dará daqui a pouquinho - disse.


Na próxima rodada do Brasileirão, o lider Corinthians enfrenta o vice-líder Grêmio. O duelo será realizado domingo, às 16h, em Porto Alegre.



       




































Kazim não se perdoa por desperdiçar gol em goleada do Corinthians
A goleada por 3 a 0 contra o Bahia deixou os jogadores do Corinthians mais do que satisfeitos em razão do 22º jogo consecutivo sem derrotas na temporada e da liderança mantida no Campeonato Brasileiro. Um nome usado pelo técnico Fábio Carille, no entanto, deixou a Arena Corinthians cabisbaixo e até mesmo bravo. "Não vou nem dormir à noite", lamentou Kazim, tentando buscar palavras para explicar as duas chances de gol perdidas em dez minutos.

- Quase no futebol é nada. Eu precisava fazer esse gol, não podia perder a oportunidade, porque fiquei no banco muito tempo. Tenho sorte por estar nesse time e fizeram três gols, mas eu podia ter feito o terceiro e definido o jogo. A torcida aplaudiu no fim e achei isso bonito, porque eles sabem que eu não sou um jogador que dá 90%, dou sempre 100% - disse Kazim, que entrou aos 36 minutos do segundo tempo, teve duas chances de gol e se lembra bem de ambas.

- Na primeira eu levei a bola para o meio e chutei, mas não acertei. É um lance normal. Mas a segunda não tem 'excuses'. Como vocês dizem? Desculpas? Não tem desculpas. Eu deveria ter marcado.
Kazim voltou a ter oportunidades no Corinthians após quase um mês. Seu último jogo antes do Bahia havia sido em 28 de maio, na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO. Ao todo são 16 atuações com a camisa alvinegra e dois gols marcados, sendo um na pré-temporada, contra o Vasco, e outro no Paulistão.















Primeira expulsão do Corinthians no ano, Gabriel protesta: 'Saio chateado'


Gabriel foi o primeiro corintiano expulso em jogos oficiais na temporada 2017 (Foto: Miguel Schincariol)

LANCE! - 22/06/2017 - 22:06

Não é novidade para ninguém que o Corinthians tem sido um dos times mais disciplinados da temporada e, principalmente do Brasileirão. Prova disso é que a expulsão de Gabriel, na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, nesta quinta-feira, foi a primeira da equipe em jogos oficiais em 2017. O técnico Fábio Carille confirmou que Paulo Roberto será o substituto do volante na partida diante do Grêmio, domingo, pela décima rodada. Após a partida, o camisa 5 reclamou da decisão de Dewson Fernando Freitas da Silva.
- Tomar cartão cedo prejudica meu jogo, que é de contato e tirar espaços. O primeiro até aceito, mas o segundo não concordo. Saio chateado pelo que aconteceu comigo. Nem toquei no jogador do Bahia, só tirei a bola.

A última vez que o Timão havia perdido um jogador expulso nesta temporada foi em torneio amistoso, na Flórida Cup, quando o atacante Kazim viu o cartão vermelho.

Depois disso ainda houve a expulsão de Gabriel na vitória corintjiana no Dérbi, pelo Campeonato Paulista, em que o volante corintiano recebeu o amarelo injustamente, uma vez que a falta pela qual ele foi advertido havia sido cometida, na verdade, por Maycon. Como o camisa 5 já tinha recebido o primeiro cartão, acabou indo para o vestiário mais cedo. No entanto, depois de analisar as imagens da partida, a Federação Paulista de Futebol revogou a expulsão.

Contra o Bahia, sua expulsão foi novamente contestada, visto que o segundo amarelo teria sido dado por uma falta que não aconteceu. Apesar das reclamações, Gabriel será desfalque certo para enfrentar o Grêmio, em Porto Alegre, no próximo domingo, e será substituído por Paulo Roberto, que ganhou elogios do técnico Fábio Carille.
- No jogo da primeira fase do Campeonato Paulista contra a Ponte, ele (Paulo Roberto) foi o melhor em campo. Jogou muito em Campinas. É um excelente jogador, o conheço desde 2010, quando ele jogou pelo Guarani. Ele foi para a lateral e suportou muito bem por nunca ter jogado - elogiou o treinador, lembrando que Paulo Roberto atuou improvisado na lateral direita enquanto Fagner estava com a Seleção Brasileira.

Gabriel voltará de suspensão para a partida contra o Botafogo, na Arena Corinthians, porém ainda estará pendurado com dois amarelos.











Após gol em vitória do lider Timão, zagueiro Balbuena se esquiva sobre futuro no Corinthians: "Não depende de mim"


Zagueiro se esquiva quando perguntado sobre futuro no clube, mas diz estar focado no Timão.


Por Bruno Cassucci

22/06/2017 22h54

Destaque na vitória do Corinthians sobre o Bahia por 3 a 0, com um gol marcado e boa atuação, o zagueiro Balbuena não garantiu permanência no clube até o fim da temporada. O paraguaio recebeu uma proposta do Genoa, da Itália, na última semana, mas o Timão rejeitou






Balbuena enaltece força defensiva que time do Corinthians está mostrando no Brasileiro


– Isso (ficar no Corinthians) não depende de mim. Falar de futuro é incerto, não sabemos o que pode acontecer amanhã. Hoje minha cabeça está aqui, para tentar ajudar o time dentro de campo e seguir essa linha de trabalho – declarou o paraguaio.

O empresário de Balbuena comunicou a diretoria alvinegra que outros clubes europeus têm interesse em contratá-lo entre eles a Lazio, também da Itália. O Corinthians, por sua vez, reluta em liberar o defensor e fala até em renovar o contrato dele, que acaba no fim de 2018.



Balbuena marcou o segundo gol do Corinthians na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia (Foto: Daniel Augusto Jr)


– A proposta pelo Balbuena chegou, mas foram muito diferentes dos números que a gente pensa – afirmou o presidente corintiano, Roberto de Andrade, nesta quinta.


O Timão fará de tudo para manter Balbuena e Pablo no elenco. Se isso ocorrer, o clube não deve buscar a contratação de outro defensor. Além da dupla, o técnico Fábio Carille conta com Léo, Pedro Henrique e Vilson para a posição.




















ATUAÇÕES: Fagner, Balbuena e Jô são os melhores do Timão em vitória por 3x0 na Arena


Corinthians 3x0 Bahia: Jadson conduz a bolaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jadson conduz a bolaLuis Moura / WPP




Corinthians 3x0 Bahia: Jô fez o primeiro gol da vitóriaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Balbuena fez o segundoMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Romero domina a bolaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Gabriel, que foi expulso, dá carrinhoMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Arana faz a marcaçãoMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Vinicius lamenta chance perdidaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Jadson domina observado por AllioneLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jadson em meio aos adversáriosLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jô contra os marcadoresLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jadson conduz a bolaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jadson conduz a bolaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jô fez o primeiro gol da vitóriaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Balbuena fez o segundoMiguel SCHINCARIOL1/11

Gabriel Carneiro e Alexandre Guariglia - 22/06/2017 - 21:41


O Corinthians fez mais uma vítima no Brasileirão, com destaques em todos os setores na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia. Fagner, Balbuena e Jô receberam as melhores notas. Confira as atuações na Arena Corinthians:

CORINTHIANS

5,5
Cássio
Defesa importante em chute de Zé Rafael logo no início do primeiro tempo e, na etapa final, uma saída errada que quase comprometeu a defesa.


7,5
Fagner
Ultrapassagem por dentro da defesa, arrastando marcação e abrindo o campo para Jô, desarrumou o Bahia. Segurança e boa subida ao ataque.

7,5
Balbuena
Quase não errou passes, o que indica nova atuação segura, que ainda contou com dois desarmes importantes e até um gol de oportunismo.

7,0
Pablo
Interceptação impecável em lance que esticou a perna já perto do fim do primeiro tempo. Saída de bola tranquila e jogo aéreo que não preocupou.

6,0
Guilherme Arana
Mais preso ao campo de defesa, não fez as infiltrações e ultrapassagens a que está acostumado. Ainda errou quatro cruzamentos ao longo do jogo.

4,0
Gabriel
Segundo amarelo é contestável, mas abusou das faltas, especialmente no primeiro tempo. Não acertou marcação e deu espaços na entrada da área.

6,0
Maycon
Atuação segura. Sem Gabriel e nem substituições, precisou se desdobrar na marcação durante alguns minutos e deu conta. Circulou bastante.

5,0
Jadson
Errou quase um terço de suas tentativas de passe, além de cruzamentos que interromperam ataques. Faz a bola correr, mas foi só razoável.

6,0
Rodriguinho
Circulou muito pelo gramado, especialmente armando jogadas pela direita do ataque. Lances não tiveram eficiência e também não comprometeram.

6,5
Romero
Não brilhou. Sofreu cinco perdas de bola em tentativas de lances agudos e foi mais importante na contenção. Fez diferença no lance do segundo gol.

7,5

Mesmo sem tocar muito na bola, foi eficiente ao tirar o goleiro da jogada e marcar belo gol. Ainda deu passe de letra e ajudou a segurar a posse.

7,0
Marquinhos Gabriel
Entrou muito ligado. Arriscou uma finalização poucos minutos depois de entrar e ainda apertou a saída de bola do Bahia para fazer um golaço.

6,5
Camacho
Não errou passes nos poucos minutos em que permaneceu em campo. Firme na marcação e de saída de bola tranquila pelo chão. Entrou bem.

6,0
Kazim
Perdeu chance incrível que poderia ampliar a goleada corintiana. Mesmo sem ritmo de jogo ideal, brigou pelas bolas e tentou mostrar serviço.

7,5
Téc: Fábio Carille
Equipe sofreu um pouco à frente da área, especialmente antes do segundo gol, mas segurou a vitória e ampliou com lances de boa qualidade técnica.
















Atuações do Corinthians, lider, em nova vitoria: Balbuena vai bem de novo, e Marquinhos faz golaço




Meia entra no segundo tempo e marca um belo gol nos minutos finais da vitória por 3 a 0 sobre o Bahia. Zagueiro paraguaio, pela terceira partida consecutiva, também brilha









Por Bruno Cassucci




22/06/2017 21h33




Marquinhos Gabriel: entrou no segundo tempo e deu mais fôlego ao meio de campo para marcar e também puxar contra-ataques. Vinha tendo atuação regular, mas brilhou no fim com um golaço de cobertura, que reafirma sua recuperação no clube. Nota: 7,5







Balbuena: ótima atuação pelo terceiro jogo seguido. Já havia balançado as redes contra o Cruzeiro, na última semana, e voltou a marcar. Ganhou a maioria das disputas pelo alto e fechou espaços na defesa. Vive grande fase. Nota: 7,5







Jô: não deu nem tempo de a torcida lamentar uma ótima chance perdida no primeiro tempo. Logo na sequência, ele fez belo gol. Mais uma vez desempenhou papel tático importante, retendo a bola, saindo da área e puxando a marcação. Nota: 7,5







Confira as notas dos jogadores do Corinthians na vitória sobre o Bahia:




Cássio [GOL]: 6,5

Fagner [LAD]: 7,0

Balbuena [ZAG]: 7,5

Pablo [ZAG]:7,0

Guilherme Arana [LAE]: 6,0

Gabriel [VOL]: 4,0

Maycon [VOL]: 6,5

Jadson [MEI]: 5,5

(Marquinhos Gabriel [MEI]: 7,5 )

Rodriguinho [MEI]: 6,0

(Camacho [VOL]: 6,0)

Romero [ATA]: 6,5

Jô [ATA]: 7,5

(Kazim [ATA]: 6,5)









Estatísticas de Corinthians 3×0 Bahia




Jô deixou sua marca mais uma vez (Foto: Miguel Schincariol)

NÚMEROS GERAIS DE CORINTHIANS 3X0 BAHIA:
– Dados Footstats

Posse de bola do Corinthians: 47%
Posse de bola do Bahia: 53%
Finalizações certas do Corinthians: 6
Finalizações certas do Bahia: 1
Finalizações erradas do Corinthians: 9
Finalizações erradas do Bahia: 17
Cruzamentos certos do Corinthians: 3
Cruzamentos certos do Bahia: 6
Cruzamentos errados do Corinthians: 12
Cruzamentos errados do Bahia: 22
Passes certos do Corinthians: 383
Passes certos do Bahia: 416
Passes errados do Corinthians: 31
Passes errados do Bahia: 34
Lançamentos certos do Corinthians: 11
Lançamentos certos do Bahia: 3
Lançamentos errados do Corinthians: 17
Lançamentos errados do Bahia: 9
Desarmes certos do Corinthians: 15
Desarmes certos do Bahia: 13
Faltas cometidas pelo Corinthians: 15
Faltas cometidas pelo Bahia: 11









Corinthiano técnico Fábio Carille vibra com nova vitória, mas é exigente: "Podia ser melhor"

Técnico do Timão comemora mais um triunfo no Campeonato Brasileiro, desta vez sobre o Bahia, mas vê problemas a serem corrigidos antes de partida contra o Grêmio
Por Bruno Cassucci e Diego Ribeiro
22/06/2017 22h26
Mesmo com a vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Bahia, nesta quinta-feira, na Arena Corinthians, o técnico Fábio Carille não deixou a Arena plenamente satisfeito. Apesar do bom resultado, que manteve o Timão na liderança do Campeonato Brasileiro, o comandante viu problemas a serem corrigidos.




Veja a entrevista coletiva do técnico Fábio Carille, do Corinthians, após vencer o Bahia

Para Carille, a equipe precisava ter ficado mais com a bola, a fim de sofrer menos riscos diante do Tricolor. Ele também apontou outros defeitos que não podem ser repetidos contra o Grêmio, segundo colocado, no domingo:


– Neste jogo, voltamos a erra muito no passe. Com isso, o Bahia ficou mais tempo com a bola, embora não tenha conseguido infiltrar tanto por causa da nossa organização. Falei agora isso no vestiário, tem que comemorar o resultado, mas sabemos que podia ser melhor – declarou.


O técnico corinthiano, porém, disse estar muito feliz com a pontuação da equipe e afirmou que "nem sempre o time vai jogar bem". Um dos fatores que o incomodou foi a falta de pontaria. Até os 33 minutos do segundo tempo, o Timão vencia por 1 a 0 e sofria pressão do Bahia:



– Não é preocupação, estamos aqui para trabalhar e melhorar. Mas eu já tinha achado que o primeiro tempo não foi bom. Tivemos bola para matar o jogo e não conseguimos. O que trabalho é para não sofrer, para tentar matar o jogo – comentou.


Depois da vitória nesta quinta-feira, o Corinthians volta a treinar nesta sexta no CT Joaquim Grava. A preparação é encerrada na manhã de sábado, e na sequência a delegação viaja para o Rio Grande do Sul, local da partida contra o Grêmio, domingo, às 16h.


Corinthians 3 x 0 Bahia

O Bahia não ficou recuado no início do jogo, atacou e fez Cássio fazer difícil defesa. Com toques rápidos, o Corinthians foi envolvendo a zaga baiana e depois de perder duas chances abriu a contagem. O Bahia ficou no campo do adversário nos minutos iniciais, mas as duas equipes ficaram com dez jogadores e o Corinthians fez o segundo em cobrança de escanteio. No final, já com domínio do jogo, o líder do Brasileiro fez o terceiro.












Polêmica: expulso, Gabriel desfalca o Corinthians contra o Grêmio

Pendurado, volante recebeu amarelo justo no primeiro tempo, fez falta dura que não foi advertida pelo árbitro na sequência e, depois, foi excluído em lance discutível. Pendurado, Fagner passa ileso

Por Bruno Cassucci e Diego Ribeir

22/06/2017 21h25

O Corinthians não terá o volante Gabriel contra Grêmio, domingo, às 16h, em Porto Alegre. Expulso no início do segundo tempo da vitória por 3 a 0 contra o Bahia, Gabriel terá de cumprir suspensão automática.

Mesmo antes do vermelho, o volante já não poderia jogar no Sul, já que havia recebido o terceiro cartão amarelo no primeiro tempo por falta em Vinícius. A exclusão do jogador, aliás, podia ter acontecido antes, por falta dura em Edigar Junio, mas a arbitragem deixou para dar o segundo cartão apenas na etapa final, em falta bastante discutível no mesmo Edigar

– Não foi nada na expulsão. Só peguei na bola. Está complicado isso! Estou bem chateado, de cabeça quente. Acho que o juiz errou, mas quando eu voltar, vou até tentar rever como chegar nas bolas. Porque está difícil – destacou o volante após a partida, questionando a expulsão

Sem Gabriel, o volante Paulo Roberto será o substituto. A confirmação foi feita pelo treinador na entrevista coletiva após a partida.

Primeiro colocado do Brasileirão com 23 pontos, o Timão mantém sequência de 22 partidas consecutivas invicto na temporada.

Corinthians vence o Bahia e se mantém firme na ponta


Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jô e Balbuena marcaram golsMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 Bahia: Jô abriu o placarMiguel SCHINCARIOL


Corinthians 3x0 Bahia: Marquinhos Gabriel fechou a contaMARCELO FIM/RAW IMAGE


Corinthians 3x0 BahiaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 BahiaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 BahiaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 BahiaMiguel SCHINCARIOL

Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP


Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 BahiaLuis Moura / WPP

Corinthians 3x0 Bahia: Jô e Balbuena marcaram golsMiguel SCHINCARIOL


Corinthians 3x0 Bahia: Jô abriu o placarMiguel SCHINCARIOL1/12

Guilherme Amaro - 22/06/2017 - 21:29

Após a sétima rodada do Brasileirão, o técnico Fábio Carille disse que o então aproveitamento do Corinthians de 90,5% no campeonato era "anormal". Nesta quinta-feira, o Timão deu mais uma mostra de que continua fora do comum: vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, na Arena, em Itaquera, pela nona rodada. O aproveitamento agora é de ainda impressionantes 85,2%.

Com o resultado positivo, o Corinthians chegou a 23 pontos e continua na liderança do Brasileirão. O Bahia, por sua vez, estacionou nos dez e caiu para o 14º lugar na tabela.

A sétima vitória no campeonato foi do jeito que o Timão está acostumado. Após abrir o placar com Jô, aos 24 minutos do primeiro tempo, o Corinthians controlou o jogo como gosta: se fechou, não sofreu perigo e criou boas oportunidades em contra-ataques.
O Bahia bem que tentou buscar o empate e teve até mais posse de bola. Mas é difícil marcar contra o time fechado de Carille. Até agora no Brasileirão, por exemplo, o Corinthians foi vazado apenas cinco vezes.

Bem posicionado na defesa, como tem sido costume nesta temporada, o Corinthians praticamente não sofreu sustos. Por outro lado, cansava de levar perigo, mas desperdiçava as chances.

O cenário parecia que iria mudar a partir dos 11 minutos do segundo tempo, quando Gabriel foi expulso. No entanto, aos 15 foi a vez de Renê Júnior receber o cartão vermelho e deixar os dois times com dez jogadores. Ambos os lances foram bastante discutíveis.

O jogo caiu de intensidade depois das expulsões, mas o Timão mostrou uma outra arma além do contra-ataque: a bola parada. Após cobrança de escanteio e desvio de Romero, Balbuena apareceu para ampliar.

O segundo gol e a entrada de Kazim animaram o Corinthians. O atacante levou perigo em dois lances, mas quem marcou foi Marquinhos Gabriel: praticamente no último lance do jogo, o meia roubou a bola na entrada da área e encobriu o goleiro Jean para definir o placar.

Com o desempenho ainda "anormal", o Corinthians chegou ao seu 22º jogo invicto e se mantém firme na liderança do Brasileirão. O desafio de domingo é contra o Grêmio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 X 0 bahia
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 22/6/2017 - 19h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Auxiliares: Helcio Araujo Neves (PA) e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra (PA)
Público/renda: 34.494 total (34.250 pagantes 244 nao pag)/R$ 1.504.387,20.
Cartões amarelos: Romero e Balbuena (COR), Rodrigo Becão e Allione (BAH)
Cartões vermelhos: Gabriel (COR), aos 11'/2ºT (Após o 2º Amarelo) e Renê Junior (BAH), aos 15'/2ºT (Após o 2º Amarelo)
Gols: Jô (24'/1ºT) (1-0), Balbuena (34'/2ºT) (2-0), Marquinhos Gabriel (47'/2ºT) (3-0)

CORINTHIANS: 12- Cássio; 23- Fagner, 4-Balbuena, 3-Pablo e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel e 8-Maycon; 10- Jadson (31- Marquinhos Gabriel, 22'/2ºT), 26-Rodriguinho (29-Camacho, aos 30'/2ºT) e 11-Romero; 7-Jô (18-Kazim, aos 36'/2ºT). Técnico: Fábio Carille.+ 27-Walter, 34-Pedro Henrique, 6-Moisés, 21-Fellipe Bastos, 28-Paulo Roberto, 17-Giovanni Augusto, 25-Clayson, 35-Carlinhos, 9-Clayton

bahia : 1 Jean; 22 Eduardo, 3 Tiago, 16 Rodrigo Becão e 6 Matheus Reis; 15 Feijão, 23 Renê Júnior, 29 Vinicius (20-Régis, aos 27'/2ºT) e 8 Allione (21-Gustavo, aos 19'/2ºT); 18 Zé Rafael e 11Edigar Junio (40João Paulo, aos 32'/2ºT). Técnico: Jorginho.33Anderson, 2Regis Souza, 30-Eder, 28-Lucas Fonseca, 7-Armero, 13-Matheus Sales, 5-Juninho, 12-Ferrareis








Corinthians vence o Bahia em casa e se mantém invicto e na liderança


Em Itaquera, Timão vence o Tricolor por 3 a 0, com gols de Jô, Balbuena e Marquinhos Gabriel. Invicto há 22 jogos, equipe alcança 23 pontos na tabela.


Por GloboEsporte.com


22/06/2017 21h24


A sequência invicta do Corinthians agora é de 22 partidas. Na noite desta quinta-feira, o Timão fez 3 a 0 no Bahia, pela nona rodada do Brasileirão, e segue na ponta da competição, agora com 23 pontos. Um ponto a frente do gremio. Os dois times se enfrentam no próximo domingo.



Com gols de Jô – o quinto dele no Brasileirão –, Balbuena e Marquinhos Gabriel, o Corinthians construiu a vitória contra o bom time do Bahia, que caiu para a 15ª posição, com 10 pontos.



Melhores momentos de Corinthians 3 x 0 Bahia, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro


O Corinthians volta a campo no domingo. Às 16h, o Timão enfrenta o Grêmio em Porto Alegre, em jogo encarado como a primeira final antecipada do Brasileirão de 2017.


O PRIMEIRO TEMPO

A postura ofensiva do Bahia chamou a atenção no início da partida. Marcando pressão no campo de ataque, a equipe tricolor colocou dificuldades para cima do Timão. Logo aos seis minutos, Zé Rafael exigiu grande defesa de Cássio. Aos poucos, o Timão foi se soltando e acertando bons contra-ataques.


Jô abriu o placar, e o Corinthians fez 3 a 0 no Bahia em Itaquera (Foto: Marcos Ribolli)


Com transição ofensiva rápida, o Timão passou a criar as melhores oportunidades. Na cara do gol, Jô teve duas chances de marcar. Na primeira, isolou a bola. Um minuto depois, recebeu passe de Fagner após grande jogada individual, driblou Jean e abriu o placar.



O SEGUNDO TEMPO

O jogo começou quente na etapa final. Amarelado desde o primeiro tempo, quando já havia cometido outra falta digna de outro cartão, o volante Gabriel foi advertido com o segundo amarelo pelo árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva por uma falta questionável em Vinicius, deixando o Timão com dez.


A desvantagem numérica, porém, durou pouco. Quatro minutos depois, Renê Júnior dividiu de cabeça com Fagner, acertou o corintiano e também levou a segunda advertência.



No 10 contra 10, o Bahia seguiu buscando o gol de empate, mas deixando espaço para os contra-ataques alvinegros. Num deles, o Timão conseguiu um escanteio que definiu o segundo gol. Fagner cobrou, Romero desviou e Balbuena, livre e com oportunismo, marcou o segundo.



Com resultado praticamente definido, o Corinthians ganhou mais um gol nos acréscimos. O goleiro Jean saiu jogando com o volante Feijão, que vacilou, e perdeu a bola para Marquinhos Gabriel. Esperto, o meia bateu por cobertura na saída do goleiro e deu números finais à partida.










Gols por estudos e até universidade na Arena: Timão apresenta parceria



Evento apresentou parceria nesta quinta-feiraGabriel Carneiro

Evento apresentou parceria nesta quinta-feiraGabriel Carneiro

Evento apresentou parceria nesta quinta-feira(Foto: Gabriel Carneiro)


Evento apresentou parceria nesta quinta-feira(Foto: Gabriel Carneiro)

Evento apresentou parceria nesta quinta-feiraGabriel Carneiro

Evento apresentou parceria nesta quinta-feiraGabriel Carneiro

Evento apresentou parceria nesta quinta-feiraGabriel Carneiro

Evento apresentou parceria nesta quinta-feira(Foto: Gabriel Carneiro)

Evento apresentou parceria nesta quinta-feira(Foto: Gabriel Carneiro)2/5Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 22/06/2017 - 20:01

Antes do jogo contra o Bahia, o Corinthians apresentou nesta quinta-feira uma nova patrocinadora. A Universidade Brasil, instituição de ensino sediada na capital paulista, Fernandópolis e Descalvado, acertou contrato com o campeão paulista por três anos. O logotipo da empresa será estampado no ombro do uniforme de jogo do Timão e em outras propriedades publicitárias, mas a parceria vai além, com fornecimento de bolsas de estudos e possibilidade de implantação de uma sede da universidade em Itaquera.

Corinthians e Universidade Brasil já têm conversas avançadas para instalar campus da faculdade na Arena Corinthians e no Parque São Jorge, recebendo aulas de cursos que têm relação com o esporte, como Educação Física, por exemplo. A expectativa é receber cerca de 3 mil alunos no estádio, utilizando espaços e horários ociosos. Neste momento, as duas partes estudam as necessidades de adaptação do espaço ao novo projeto.

Além da instalação das sedes da universidade na estrutura do Corinthians, os parceiros ainda lançaram o projeto "Artilheiro da Educação". Todo jogador que fizer gol pelo Timão nos próximos três anos poderá indicar o nome de um jovem que receberá bolsa de estudo integral na Universidade Brasil - a preferência é por pessoas carentes da Zona Leste. Cada vitória do Corinthians valerá uma bolsa de estudos para um membro da comissão técnica, que poderá indicar filhos ou parentes para recebê-la. Cada rodada na liderança do Campeonato Brasileiro também valerá bolsas, assim como jogos de goleiros sem serem vazados. Em linhas gerais: o Corinthians fazendo gols, vencendo ou mantendo a liderança ajudará pessoas a ingressarem na faculdade.

- Prevemos 130 a 140 bolsas ano, então em três anos podemos mudar a vida de até 500 jovens aqui na região da Zona Leste - explica Fernando Costa, reitor da Universidade Brasil.

Os estudantes presenteados serão vinculados a ONGs sob a supervisão do departamento de responsabilidade social do clube. Atletas do Corinthians, das categorias de base ou profissionais, também terão estudos garantidos pela Universidade Brasil.

Para celebrar a nova parceria, o Corinthians realizou um evento especial na sala de imprensa da Arena nesta quinta-feira. Celso Unzelte, jornalista e historiador, ministrou uma aula magna sobre a história do Corinthians com a presença de alunos da Universidade Brasil, passando desde a fundação até os títulos do início da década.














Corinthians oficializa patrocínio e prevê universidade para 3 mil alunos na Arena

Clube firma contrato de três anos com a Universidade Brasil, que já estampava marca nos ombros, e mantém busca por patrocínio principal. Vínculo prevê bolsas a cada gol do Timão

Por Bruno Cassucci e Diego Ribeiro

22/06/2017 20h57

O Corinthians oficializou na noite desta quinta-feira um contrato de três anos com a Universidade Brasil, patrocinador que ocupa o espaço dos ombros da camisa alvinegra e fará parceria com outras áreas do clube durante o período.
Ao lado do reitor da universidade, Fernando Costa, o presidente Roberto de Andrade celebrou o acordo, que inclui bolsas de estudos a cada gol e vitória do Corinthians, além da instalação de uma unidade da instituição de ensino em espaço a ser definido dentro da Arena do Timão. A capacidade inicial seria de 3 mil alunos.

– Estamos conversando, viabilizando isso, escolhendo um local dentro da nossa arena. Não só porque não tem uso fora dos dias de jogo, mas você tem de fazer adaptações. Não é tão simples, mas estamos trabalhando juntos e isso irá acontecer – afirmou Roberto de Andrade.



Fernando Costa (à esq.), reitor da universidade, e o presidente Roberto de Andrade (Foto: Marcos Riboli)

O contrato também institui o projeto “Artilheiro da Educação”. A cada gol do Timão durante o período do vínculo, seu autor poderá indicar um jovem para receber bolsa integral na instituição. Vitórias, rodadas na liderança e jogos sem sofrer gols também vão valer bolsas de estudo.
Ainda na busca por um patrocinador máster, o Corinthians, como cortesia, estampou a marca da Universidade Brasil no jogo contra o Bahia. O clube, porém, mantém sua busca por um novo parceiro – mas não dá prazos para que um acordo seja firmado.













Destaques do Corinthians no vôlei, Sidão e Serginho fazem primeiras avaliações


Medalhistas olímpicos, que estão no elenco do Corinthians/Guarulhos, passam por testes de potência e força; primeira competição é em julho, e seletiva para Superliga será em agosto




Por GloboEsporte
22/06/2017 15h28

O elenco de vôlei do Corinthians já está trabalhando em busca da vaga na Superliga masculina. Com o bicampeão olímpico Serginho e o medalhista de prata nos Jogos de Londres 2012 Sidão como destaques, ambos corinthianos, a equipe fez, nesta quinta-feira, uma série de testes físicos no CT Joaquim Grava. Os atletas passaram por testes de potência e de força, enquanto no departamento de fisiologia do clube, realizaram o exame de DXA (Densitometria por emissão de raios x de dupla energia).



Corinthians passa por teste no vôlei (Foto: July Stanzioni/Corinthians-Guarulhos)


- Tivemos acesso ao que há de mais moderno em avaliação física, que vai nos dar muito mais precisão na prescrição do treinamento individual de cada jogador, qualificando as horas de treinamento. O resultado será uma capacidade física e técnica melhor - disse Ronaldo Finotti, preparador físico da equipe.

A equipe do Corinthians tem o primeiro desafio em julho, a disputa da Copa sp. O objetivo principal, porém, será a Taça Ouro, entre os dias 11 e 13 de agosto, torneio que vale vaga para a Superliga, que deve começar em outubro.

Segundo o preparador físico, os resultados dos testes servem para que a comissão técnica do Corinthians/Guarulhos tenha um melhor perfil de cada atleta:

- Isso nos ajudará a ser mais objetivos nos treinamentos, resultando em um treino mais dirigido, específico para cada atleta. A equipe de vôlei tem que ganhar o jogo de vôlei, e ganha quem joga melhor coletivamente. A parte individual irá potencializar o coletivo e o físico tem de dar suporte para que eles façam bons treinos e jogos - disse.















Presidente do Timão confia em acerto por Pablo e não descarta saídas
O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, mostrou otimismo em relação à permanência do zagueiro Pablo, que está emprestado pelo Bordeaux (FRA) até o fim desta temporada. Como o LANCE! mostrou na última quarta, os clubes discutem a forma de pagamento, e o Timão foi obrigado a declinar de uma de suas alternativas, que era envolver porcentagens do atacante Malcom na negociação.

A preferência de compra vale somente até o fim deste mês, e o Corinthians busca parcelar o pagamento dos 3 milhões de euros (R$ 11 milhões). Além de Pablo, Roberto de Andrade também falou sobre a situação de outro zagueiro: Balbuena, que recebeu uma proposta do Genoa (ITA). A oferta não foi aceita.

- Estamos conversando com o Bordeaux, acredito que nos próximos dias, até o fim de junho, a gente finalize a operação. O Pablo quer ficar, está feliz, o Balbuena também. Sabemos que uma proposta de trabalho vinda da Europa seduz todos, talvez seja o objetivo maior de qualquer atleta chegar à Europa, mas existe momento - afirmou Roberto de Andrade, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, antes do jogo contra o Bahia.

Roberto de Andrade ainda voltou a reforçar que pretende manter todos os titulares pelo menos até o fim desta temporada. No entanto, evitou descartar alguma possível saída nesta janela de transferências.

- Não podemos cravar que não vai sair ninguém, mas até o momento estamos tranquilos. Se continuar assim não tem problema. Temos grandes jogadores e não precisam sair agora - disse.


















Presidente fala em manter elenco do Corinthians
Roberto de Andrade diz que não há como garantir que ninguém saia, mas nega propostas e promete esforço.

Por Bruno Cassucci e Diego Ribeiro

22/06/2017 20h30


O presidente Roberto de Andrade espera que o Corinthians mantenha todos seus titulares, pelo menos, até o fim do ano. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o mandatário falou de suas intenções

A única proposta oficial que o clube admite ter recebido é do Genoa, da Itália, pelo zagueiro Balbuena. Sem valores que agradassem a todas as partes, as conversas foram suspensas. Nomes como Guilherme Arana, Maycon e Rodriguinho também são alvos de sondagens, mas sem evolução, de acordo com o clube.

– A intenção, hoje, é que ninguém saia, mas não podemos cravar que não vai sair ninguém. Quando o jogador quer sair, não tem jeito. Mas, ofertas, não temos nenhuma. Não precisa sair agora, até porque não há propostas oficiais. Estamos trabalhando para isso – disse Roberto.

Além de evitar saídas, o clube tem como prioridade a manutenção do zagueiro Pablo, emprestado pelo Bordeaux até o fim do ano. A diretoria levanta recursos para bancar o pagamento dos 3 milhões de euros (cerca de R$ 10 milhões) exigidos pelo clube francês.



Mesmo com Corinthians campeão paulista e lider do Brasileiro técnico segue

'Centrado e sem mudar quase nada': Carille completa seis meses no Timão


Dia 22 de dezembro de 2016. O técnico Fábio Carille não cansa de repetir em suas entrevistas a data em que foi efetivado no Corinthians. Nesta quinta-feira, 22 de junho de 2017, ele completa seis meses no comando da equipe e fará seu 38º jogo, diante do Bahia, às 19h30, na Arena, pela nona rodada do Brasileirão.


Neste semestre, o Corinthians já conquistou o Paulistão e está na liderança do Brasileirão. Nos 37 jogos de Carille, foram 22 vitórias, 13 empates e apenas duas derrotas, com 71% de aproveitamento. O ponto negativo até agora foi a eliminação para o Internacional na quarta fase da Copa do Brasil


Carille estava longe de ser unanimidade quando foi efetivado no Timão. Após recusas de outros técnicos e falta de opção no mercado, a diretoria resolveu apostar no então auxiliar, que já havia comandado a equipe interinamente em dez partidas (duas em 2010, com uma vitórias e um empate, e as outras oito em 2016, com quatro vitórias, um empate e três tropeços).

O próprio técnico diz que "é o mesmo" após esses seis meses. A opinião também é compartilhada pelo preparador de goleiros Mauri Lima, que já estava no clube quando Carille chegou para ser auxiliar, em 2009.

- Não mudou quase nada, só a postura que é diferente, porque hoje ele comanda. O que é nítido hoje é que os atletas o veem de uma forma diferente, a experiência vai trazendo essa condição. Ele é um grande profissional, competente e inteligente, é para grandes times e grandes conquistas - elogia Mauri Lima.


- Ele é muito centrado, procura dar satisfação, colocar as coisas da melhor maneira possível para o grupo, que todos têm de estar preparados. Não é fácil deixar um grupo todo satisfeito, só jogam 11. Ele aprendeu com todos os treinadores que passaram por aqui, não só com o Tite, mas o mais importante é que ele tem a filosofia própria de trabalho. Não adianta ser só um cópia, tem de ter o seu pensamento. E ele está colocando em prática seu modo de trabalho e conseguindo resultados satisfatórios - completa o preparador de goleiros.


Mais experiente, Carille ganhou aumento salarial após a conquista do Paulistão e diz que se vê no clube daqui a alguns anos. Com apenas 43 anos, ele acredita que está em evolução no Corinthians.


- Sou o mesmo, pode ter certeza. Mas para vocês (jornalistas) já não sou o mesmo, agora sou um técnico de verdade. Desde dezembro já falei que seria treinador, não mais auxiliar. Agora que não volto mesmo. Mesmo se quiserem e me pagarem mais para isso (risos). Estou mais confiante, mais feliz, mais solto nas coletivas, mais solto nas preleções e reuniões, melhorando a cada dia - analisa Carille.


Grato ao Corinthians pela oportunidade, o técnico pode ter a certeza de que a Fiel também é grata. Afinal, em seis meses foram apenas duas derrotas, um título paulista e a liderança do Brasileirão. Que venha o próximo semestre!









Centroavante corinthiano Luciano, que volta de empréstimo, volta a interessar ao botafogo rj


O centroavante Luciano, vinculado ao Corinthians, que estava cedido ao Leganés (ESP), mas retornou e tem contrato até o fim do ano, voltou a interessar ao botafogo rj


Na primeira tentativa, há cerca de duas semanas, não houve acerto com os empresários do atleta. A investida dos cariocas é por um empréstimo até o fim do ano, mas já acertando pré-contrato com o atleta e um acordo com o clube paulista para mantê-lo em definitivo. Luciano tem 24 anos e, desde setembro, marcou quatro gols. No entanto, ele já havia chamado atenção quando teve bom desempenho em 2015 e 2016 no Timão.






Por manutenção da liderança, Corinthians enfrenta Bahia pelo Brasileirão


Na Arena Corinthians, Timão procura manter sequência positiva de resultados; Jadson volta, e equipe "ideal" deve ser escalada para o jogo



09h00 22/06/2017 - Agência Corinthians







Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians



Chegar ao topo é difícil, mas se manter por lá é ainda mais. Ciente disso, o Corinthians está preparado para novamente defender a liderança do Campeonato Brasileiro 2017 nesta quinta-feira (22), quando recebe o Bahia na Arena Corinthians, às 19h30, pela nona rodada da competição. O Premiere transmite a partida ao vivo e com exclusividade para todo o Brasil.


Campanhas


Na rodada passada, o Corinthians teve a sequência de vitórias quebrada, ao empatar sem gols contra o Coritiba fora de casa. Mas manteve a invencibilidade no Brasileirão, com uma campanha de seis vitórias e dois empates -- 20 pontos ganhos -- em oito jogos.


O resultado poderia ter feito o Timão perder o primeiro lugar, mas o empate do Grêmio contra o Cruzeiro por 3 a 3 no Mineirão deixou a equipe gaúcha com 19 pontos, deixando o Alvinegro como líder isolado do Brasileirão por mais uma rodada.


Já o Bahia está na parte de baixo da tabela de classificação, com 10 pontos (três vitórias, um empate e quatro derrotas). Antes do início da nona rodada, era o 12º colocado. O time baiano vem de derrota para o Palmeiras por 4 a 2 em casa, na Fonte Nova.


Time "ideal"


Poupado contra o Coritiba, Jadson volta a ficar à disposição na partida contra o Bahia. Dessa forma, o técnico Fabio Carille terá, enfim, a oportunidade de escalar a formação que fechou o Paulistão Itaipava como a principal.


Na última quarta-feira (22), Carille treinou a equipe titular com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. Durante o Brasileirão, esse time só jogou o primeiro tempo contra a Chapecoense, na estreia.


O treinador alvinegro relacionou 24 jogadores para o confronto. Os goleiros serão Cássio e Walter. Nas laterais, Fagner, Guilherme Arana e Moisés. A zaga terá Balbuena, Pablo e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Maycon e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Giovanni Augusto, Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho e Rodriguinho. Carlinhos, Clayson, Clayton, Jô, Kazim e Romero são os atacantes que completam a lista.


Concentrado no Bahia


O próximo jogo é contra o Bahia, mas a disputa pela liderança do Brasileirão já faz a imprensa criar a expectativa para o confronto da 10ª rodada, que será contra o Grêmio, neste domingo (25) em Porto Alegre-RS. Porém, dentro do elenco alvinegro, não há mudança de foco. O pensamento é, como já foi dito algumas vezes, jogo a jogo.


"Todo mundo tem comentado sobre esse jogo, Grêmio x Corinthians. São duas equipes que estão nas primeiras colocações, mas nosso grupo pensa jogo a jogo, como nós e o Carille sempre falamos. Foi um acordo que tivemos na reunião que fizemos. Tem dado certo desde o início do Brasileirão. O próximo jogo é contra o Bahia, difícil, já estudamos eles e pretendemos fazer um grande jogo", afirmou Jadson. "O jogo contra o Bahia não será fácil. Temos de entrar 110%", reiterou.


Primeiro jogo desde 2014


O Corinthians volta a enfrentar o Bahia após quase três anos depois do último jogo entre os clubes. Como a equipe baiana disputou a Série B do Brasileiro em 2015 e 2016, o confronto não aconteceu nessas temporadas.


Na última vez, no dia 16 de novembro de 2014, o Timão venceu o Bahia por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, com gols de Malcom e Renato Augusto.


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.










Corinthians tem retrospecto positivo contra bahia, adversario de hoje e show de Teleco em goleada histórica


Timão venceu 30 dos 64 jogos que fez contra a equipe baiana na história



10h00 22/06/2017 - Agência Corinthians







Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians



Nesta quinta-feira (22), o Corinthians enfrenta o Bahia na Arena Corinthians, às 19h30, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro 2017. O histórico do confronto é positivo para o Timão.


Em 64 jogos disputados entre as equipes, são 30 vitórias do Alvinegro, 15 empates e 19 vitórias do Bahia. Só em confrontos pelo Brasileirão, em 45 vezes, o Corinthians venceu 21, empatou 13 e perdeu 11.


Foi contra o Bahia a primeira vitória do Corinthians na Arena Corinthians pela Copa do Brasil. Foi em 2014, no triunfo por 3 a 0, no jogo de ida da terceira fase da competição.


Já na primeira partida disputada entre as equipes, Teleco balançou as redes cinco vezes para o Timão na vitória por 8 a 1 no Campo da Graça, em Salvador-BA. Foi a maior goleada da história do confronto até hoje.


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.



































Em Barueri, Corinthians futebol feminino busca vaga na semifinal do Brasileiro diante da Ferroviária


12h00 22/06/2017 - Agência Corinthians

O Campeonato Brasileiro chega a sua fase decisiva das quartas de final e, jogando na Arena Barueri, o Corinthians/Audax recebe a Ferroviária nesta quinta-feira, às 18h15, com transmissão do Sportv 2. Na primeira partida, a equipe alvinegra bateu suas adversárias por 2 a 1.

Jogando em casa, a equipe sabe que deve fazer valer desse fator para sair com a vaga na semifinal. Porém, é esperado um complicado confronto, pelo conhecimento entre os dois times e, claro, pelo viés decisivo do confronto.

Na última semana, na Arena da Fonte, em Araraquara, Corinthians/Audax e Ferroviária realizaram o primeiro jogo das quartas de final e, em um jogo emocionante, o Timão levou a melhor. Primeiro, levou um susto ao sair atrás no placar. Porém, ainda no primeiro tempo, a equipe conseguiu a virada com gols de Byanca Brasil e Amanda Brunner.

Com o resultado obtido no primeiro jogo, o Corinthians/Audax terá a vantagem de se classificar com qualquer empate e até em caso de derrota por 1 a 0. A vitória, no entanto, é primordial para a manutenção da decisão em casa nas próximas fases.

Para essa partida, o treinador Arthur Elias poderá contar com o retorno da lateral-esquerda Juci, suspensa no primeiro confronto. Ele também segue sem poder contar com as meio-campistas Katrine e Daiane, lesionadas. Com indefinições, o time titular só deve ser confirmado momentos antes do apito inicial.











Corinthians tem 31 mil ingressos vendidos para hoje contra bahia

Venda agora está disponível nas bilheterias; são cinco pontos de venda na capital paulista


14h10 22/06/2017 - Agência Corinthians


O Corinthians volta a atuar na Arena Corinthians pelo Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira (22), contra o Bahia, às 19h30. Já foram vendidos 31 mil ingressos para a partida.

A venda de ingressos para Corinthians x Bahia continua nas bilheterias. Confira abaixo os locais e horários de funcionamento:

10h às 17h - Parque São Jorge e lojas Poderoso Timão da Rua Augusta, do Shopping D e do Tietê Plaza
12h às 19h30 – Arena Corinthians


SETORES DISPONÍVEIS

Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)
Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)
Oeste Superior: R$ 68 (R$ 34 meia-entrada)
Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)
Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)
Visitante: R$ 54 (R$ 27 meia-entrada)**
**Venda apenas no dia do jogo e com uma antecedência aproximada de duas horas antes do início da partida.

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA

Estudantes

Lei nº 13.933, de 26/12/2013
§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;
2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.
Idosos maiores de 60 anos
Lei nº 13.933, de 26/12/2013
Apresentar RG Original
Professores do Estado de São Paulo e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12
Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente - DOCUMENTO IMPRESSO.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino

Lei 15298/14
Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estadoe o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente.

NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA

Aposentadorias
Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA






Corinthians busca acordo salarial com zagueiro Pablo para depois buscar R$ 10 milhões pra investir na sua compra. Seu procurador vai a Europa e se coloca a disposição para negociar. globo esporte





Como técnico Fábio Carille mudou seu status no Corinthians

Técnico completa um semestre no cargo em jogo desta quinta, contra o Bahia. Após início tímido, hoje ele dá palestras, planeja curso na Europa e tem até jantar com fãs

Por Bruno Cassucci, Diego Ribeiro e Marcelo Braga,
22/06/2017 11h15

Em seis meses, o técnico corinthiamo Fábio Carille passou de aposta a realidade e parte importante da nova geração de técnicos do Brasil. O comandante do Corinthians completa um semestre no cargo nesta quinta-feira, dia de jogo contra o Bahia, às 19h30 (horário de Brasília), na Arena Corinthians. Hoje, ele comanda o Corinthians campeão paulista e líder do Campeonato Brasileiro.

Quando ele começou, seria difícil imaginar que as coisas mudariam tão rapidamente. Apresentado no dia 22 de dezembro de 2016, na acanhada sala de imprensa do Parque São Jorge, ele estava ao lado dos dirigentes Flávio Adauto e Alessandro Nunes. Com feição até certo ponto assustada e frases curtas, tentou passar firmeza em seu discurso.

– Não sou mais interino, não sou mais treinador “até ali”. Sou o treinador – disse Carille.

Hoje, as palavras saem com naturalidade muito maior. As entrevistas são esclarecedoras. Até palestras ele dá – inclusive na CBF, onde pretende ajudar a melhorar o nível do futebol nacional.
Alguns pontos mostram o status que Carille atingiu em seis meses:
Se antes falava pouco e se expressava com frases curtas, agora exibe prática e desenvoltura nas entrevistas. Hoje, são cerca de duas exclusivas e três coletivas por semana, quase sempre no CT Joaquim Grava, mas também fora dele;
O "novo" Carille gosta de conversar com maior tempo disponível. Para expor suas ideias, esclarecer melhor o que pensa e não deixar dúvidas a seu entrevistador;
Convidado para dar uma palestra na CBF, ele discursou sobre pré-temporada e sistema defensivo a treinadores que buscam a Licença A da entidade. Ele próprio vai completar o curso de Licença Pro, a mais alta, em dezembro deste ano;
Em busca de constante atualização, Carille também quer passar um período na Europapara cursos e contato com treinadores. Ficaria para dezembro de 2018;
O técnico recebeu aumento salarial depois do título paulista e, hoje, responde se permaneceria no clube em caso de propostas de outros clubes. Antes, havia dúvida até sobre quanto tempo ele duraria no cargo.
O crescimento profissional, porém, não fez Carille mudar seu comportamento dentro e fora de campo. Apesar da maior desenvoltura, continua sereno. Não mostrou deslumbramento com o sucesso, o que só lhe fez ganhar pontos entre diretoria e jogadores do Corinthians.
O assédio dos fãs, claro, também aumentou. Hoje em dia, o técnico do Timão já não consegue fazer compras em um shopping, por exemplo, sem ser reconhecido. E isso é ruim? Que nada!



Carille completa seis meses de trabalho nesta quinta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

– Estou curtindo demais, está bem legal. Torcedores até de outras equipes me param na rua, elogiam o trabalho. Nada me atrapalha. Estava acostumado a conviver com o Tite, sabia como ele se comportava nessa situação. Não tem nada de chato – afirmou Carille.


Cheio de moral, o técnico vai até participar de um jantar com torcedores no dia 10 de julho. A ação faz parte do site Ídolos Eternos, que vende experiências a fãs. Por R$ 195, é possível ter um jantar de duas horas, com fotos, autógrafos e perguntas a Carille e ao preparador físico Walmir Cruz. Seis meses atrás, um evento desse tipo seria algo impensável.


Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Bahia:
Local: Arena Corinthians
Data e horário: quinta-feira, às 19h30 (de Brasília)
Provável escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques: Danilo e Mantuan (machucados); Vilson e Léo Príncipe (em recuperação física)
Pendurados: Fagner e Gabriel
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA), auxiliado por Helcio Araújo Neves e José Ricardo Guimarães Coimbra (ambos do PA)
Transmissão: Premiere e Premiere HD (com Bachin Jr e Ivan Andrade)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 18h30