7 de jun de 2017

CORINTHIANS 07/06/2017








Clayson analisa estreia como titular do Corinthians
Jogador participou diretamente de dois dos cinco gols do Timão na goleada sobre o Vasco

01h05 08/06/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto/Agência Corinthians


Um dos destaques do Corinthians na goleada de 5 a 2 sobre o Vasco, na noite desta quarta-feira (07), em São Januário, o atacante Clayson foi titular do Timão pela primeira vez. Após o duelo, o jogador, que foi contratado junto à Ponte Preta, falou com a imprensa.
"Gostei do meu jogo, é claro que foi o primeiro como titular. Gostei da minha atuação e principalmente da vitória. Foi uma noite feliz para o Corinthians, espero que continue assim", comentou.

O jogador, que participou diretamente de dois dos cinco gols do Corinthians, também falou sobre a força do elenco. Em São Januário, o técnico Fábio Carille não pôde contar com Fagner, Rodriguinho e Romero, que estão nas seleções de Brasil e Paraguai, além do lesionado Balbuena.

"O Corinthians não tem só 11, temos um grupo forte. É importante somar pontos fora de casa, ainda mais vencendo. O Corinthians tem de manter essa pegada para brigar lá em cima sempre", disse. "Precisamos ter humildade, pés no chão. Sabemos que não tem jogo fácil, entramos com esse espírito para guerrear, hoje não foi diferente", finalizou.
Neste domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians recebe 5P em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias










ATUAÇÕES: Ataque do Corinthians é fatal

Marquinhos Gabriel, Clayson, Clayton, Jô... O inspirado ataque do Corinthians mandou cinco bolas na rede Placar: 5 a 2 para o Timão em São Januário. Confira as notas do LANCE!:


CORINTHIANS


6,5

Cássio

Evitou a virada vascaína no começo do segundo tempo com duas defesas importantes, em chutes de Mateus Vital e Manga. Papel de destaque.



5,5

Paulo Roberto

Correu risco de cometer pênalti, teve muito trabalho com Manga e deu espaços. Quando saiu da defesa, conseguiu uma boa assistência no fim.



6,5

Pedro Henrique

Precisão pelo alto e nas bolas rasteiras, especialmente no primeiro tempo, e também consertando problemas de posicionamento do setor.



5,0

Pablo

Perdeu no alto para Luis Fabiano nos lances dos dois gols do Vasco, mesmo com o atacante subindo menos. Faltou precisão nas jogadas.





6,0

Guilherme Arana

Assistência de qualidade no lance do primeiro gol, poucos erros de passe e, ao mesmo tempo, espaço para o Vasco cruzar muitas bolas na área.




6,0

Gabriel

Atuação discreta, talvez por ter levado cartão amarelo já no primeiro tempo. Fez boas interceptações e irritou os atacantes do time adversário.




7,0

Maycon

Atuação era discreta até o lance em que se posicionou com maestria para aproveitar o passe de Clayson. Depois, esteve na jogada do quarto gol.


7,5

Marquinhos Gabriel

Gol e assistência de muita qualidade que estabeleceram a vantagem no primeiro tempo. Segundo tempo mais discreto, mas com bom controle.


5,5

Jadson

Centralizado ao contrário das partidas anteriores, não se encontrou muito bem no jogo. Faltou mais circulação de bola e intensidade.




7,0

Clayson

Participou da jogada do primeiro gol, buscou espaços vazios o tempo todo e ainda deu bela assistência no lance do terceiro gol. Boa atuação.




7,0



Apostou bastante em jogadas de profundidade, prendeu a marcação do Vasco, e brilhou em contra-ataque preciso e uma boa assistência no fim.


6,0

Giovanni Augusto

Voltou depois de dez jogos e deixou clara a falta de ritmo de jogo. Mesmo assim, conseguiu prender a bola no ataque e errou poucos passes.




6,5

Pedrinho

Também de volta após um mês sem jogar, tentou marcar no primeiro lance e participou da jogada do quarto gol. Tempo é curto, o talento não.


7,5

Clayton

Entrou para fechar o placar em lances de bom posicionamento e muito oportunismo. Aproveitou espaço para deixar sua marca para Carille.



7,0

Téc: Fábio Carille

Desatenção defensiva preocupa, mas o nível de produção ofensiva dá ânimo, assim como as alterações ousadas. Time disciplinado e ativo.




















Artilheiro corinthiano Jô sobre vitória do Timão por goleada: “Foi um jogo meio doido”

Camisa 7 do Timão também falou sobre o desempenho coletivo da equipe e o particular



01h00 08/06/2017 - Agência Corinthians

© Daniel Augusto/Agência Corinthians


No estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, Corinthians e Vasco se enfrentaram na noite desta quarta-feira (07). O Timão abriu 2 a 0 no placar, sofreu o empate em dois minutos, mas não se abateu e goleou a equipe carioca por 5 a 2. Um dos autores dos gols corinthianos, Jô falou sobre a vitória.



"Foi um jogo meio doido, jogo bom. É claro que a gente não queria ter tomado aqueles dois gols em falta de concentração, algo que não é normal na nossa equipe. Mas são situações novas, servem para a gente crescer e ver onde foram os erros. O time teve maturidade, cresceu na partida e foi eficiente. Acho que é isso o que a gente mais tem tido no campeonato. Estamos de parabéns pelos três pontos", disse



Com a vitória, o Corinthians chegou a 13 pontos em cinco jogos disputados no Brasileirão e assumiu, temporariamente, a liderança na tabela de classificação. O camisa 7 do Timão também falou sobre a boa fase da equipe.
"É trabalho, cara. A gente tem trabalhado bastante, mantendo os pés no chão e traçando objetivos. Um passo de cada vez, nunca pensando lá na frente, mas no próximo jogo. Temos uma estratégia boa. Fazemos muitos jogos seguros, por isso estamos tendo essa consolidação. Não é nada, só começo de campeonato, mas o Corinthians começa a mostrar a cara", falou.

"No Brasileiro tem que ter regularidade, não adianta ir bem em uma parte e depois ir mal em outra. Tem que manter uma média, ganhar jogos fora, que é importante, conseguimos isso. Estamos felizes de ter um bom começo, lá na frente podemos perder alguns pontinhos, isso é normal. Mas o Brasileiro é uma competição que pede regularidade", continuou.

O gol marcado contra o Vasco foi o quarto de Jô no Brasileirão e o 11º na temporada. Artilheiro do Corinthians em 2017, o atacante falou sobre o desempenho individual
"Nova fase, posso dizer que uma das melhores. Vivo uma outra vivo, vivo de bem, numa paz incrível. As coisas têm dado certo para mim. No começo foi um pouquinho difícil, mas é normal, estava há seis meses sem jogar. Hoje me sinto no auge fisicamente, correndo, me dedicando, as coisas estão dando certo. Estou muito feliz pelo momento", finalizou.

Neste domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians enfrenta 5P em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias (hiperlinkar com http://www.corinthians.com.br/noticias/ver/63005#.WTizrpLytdg).































Corinthiano atacante Clayton fez 2 gols na vitória do Timão por goleada fora de casa: ''Todo o grupo está de parabéns''
Atacante corinthiano também dispensou o rótulo de favorito ao Corinthians: “Está só no começo”

00h50 08/06/2017 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto/Agência Corinthians

Um dos destaques do Corinthians na goleada de 5 a 2 sobre o Vasco, na noite desta quarta-feira (07), foi o atacante Clayton. O camisa 9 marcou os dois primeiros gols com o manto alvinegro e deu números finais ao jogo. Após a partida, ainda em São Januário, o jogador concedeu entrevista.

"A gente trabalha todos os dias e espera oportunidade para ajudar a equipe da melhor forma possível. Hoje todo o grupo está de parabéns. Sair ganhando de 2 a 0 e tomar o empate em dois minutos é complicado. A equipe soube jogar nos segundo tempo, teve paciência e soube aproveitar os contra-ataques. Estamos de parabéns", disse Clayton.

"A partida foi muito boa para a equipe do Corinthians, o ataque foi eficiente hoje. É bom exaltar a força do grupo, pois três jogadores foram para a Seleção. O Marquinhos e o Clayson entraram muito bem hoje, assim como o Paulo Roberto na lateral. Eu, Pedrinho e Giovanni também entramos bem no segundo tempo. Isso mostra a força do grupo. Isso é importante nesse momento", prosseguiu.

Com a vitória, o Corinthians assumiu temporariamente a liderança do Campeonato Brasileiro. Em cinco jogos disputados até aqui, o Timão soma 13 pontos, com quatro vitórias e um empate. Os bons números, no entanto, não iludem Clayton e o restante do elenco, já que a competição é longa.


"Há vários favoritos no Campeonato Brasileiro, é um campeonato longo. Começamos muito bem, espero que possamos manter essa sequência jogo a jogo. Não adianta falar que é favorito, está no começo do campeonato. Esperamos dar continuidade", completou.

Neste domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians joga contra 5P em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias






















“Há uma linha de trabalho, todos compraram a ideia com muita dedicação”, diz corinthiano Fabio Carille pós Timão vencer por goleada fora de casa

Corinthians volta a entrar em campo domingo, quando enfrenta 5Pna Arena Corinthians; Ingressos já estão à venda
00h40 08/06/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto/Agência Corinthians

O Corinthians venceu a quarta partida consecutiva pelo Brasileirão. Na noite desta quarta-feira (07), em São Januário, o Timão goleou o Vasco por 5 a 2 e, com 13 pontos em cinco jogos, assumiu temporariamente a liderança da competição. Após a vitória, o técnico Fábio Carille valorizou o trabalho que vem sendo feito e o elenco corinthiano.


"A gente vem trabalhando igual com todos, até o Clayson que é o que está há menos tempo com a gente está dando uma resposta maravilhosa. Já foi assim contra o stos (Corinthians venceu por 2x0). Trabalho todos os jogadores de forma igual, pois sei que teremos situações assim. A resposta foi maravilhosa, até mesmo do Paulo. A pior posição para pegar é a lateral, até para fechar, cobrir... Os erros eram esperados", disse Carille.

"Eu já falei isso algumas vezes e vou repetir: estou muito feliz pela oportunidade que ganhei e ainda mais com o elenco. Há uma linha de trabalho, todos compraram a ideia com muita dedicação, muita repetição de trabalho para haver entendimento, estamos conseguindo rodar mais a bola, chegar mais ao gol do adversário. Isso me deixa feliz", continuou.

"Foram oito anos de aprendizado, procurei aproveitar cada momento. Estou fazendo o curso da CBF, tirando a licença pro em dezembro. Vou em busca de conhecimento o tempo todo. Em oito anos como auxiliar eu vi de tudo: eliminações, ser campeão de tudo, vencer o Mundial... Participei de nove títulos. Consegui viver momentos bons e ruins, isso me calejou para a profissão", prosseguiu.

"Graças a Deus os resultados negativos no ano foram só dois, contra Santo André e Ferroviária. A gente sabe como foi difícil, em 22 de dezembro eu fui anunciado, e a diretoria foi questionada. Mas com os pés no chão, trabalhando bastante... isso me fortalece", falou o treinador do Corinthians.

Neste domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians recebe o São Paulo em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias

"Ter paciência, saber marcar o adversário. Os últimos jogos mostraram isso. A nossa busca agora é propor mais jogo, entrar mais no campo do adversário, como fizemos na vitória sobre stos, e melhorar nosso percentual de aproveitamento em casa", completou o técnico.










Em goleada do Corinthians, técnico Fábio Carille destaca maturidade e melhora ofensiva

 - 08/06/2017 - 00:31

O técnico Fábio Carille comemorou a melhora ofensiva do Corinthians na goleada por 5 a 2 sobre o Vasco, em São Januário, pela quinta rodada do Brasileirão. O treinador também destacou outro ponto do Timão na noite desta quarta-feira: maturidade.

- Com dois minutos tomamos dois gols. Fizemos algumas improvisações, era normal que a gente sofresse em alguns setores. Isso é normal. Mas o importante foi passar por uma situação como essa, jogando contra uma equipe bem qualificada. Quando a gente voltou para o segundo tempo, falamos muito sobre o contra-ataque. O Vasco teria que vir para cima, jogando em casa, com o Nenê. E logo mudou tudo. Mas a equipe teve maturidade, é o que venho trabalhando, precisão na finalização. Contra o Santos, tivemos 18 oportunidades e só marcamos dois gols. Hoje, de dez, fizemos cinco. Precisamos melhorar isso, essa tem sido a busca. De repente o jogo mudou logo no início do segundo tempo, mas a equipe teve maturidade - analisou.

Desde que assumiu o Corinthians, Carille disse que a prioridade era arrumar a defesa e então buscar a melhora ofensiva. Com uma zaga sólida e até com o título paulista no currículo em seu primeiro ano como efetivo, o técnico disse que ainda espera evolução da equipe.

- É ter paciência, saber marcar o adversário. Os últimos jogos mostraram isso. A nossa busca agora é propor mais jogo, entrar mais no campo do adversário, como fizemos contra o Santos, e melhorar nosso percentual de aproveitamento em casa - disse Carille.

Com a goleada sobre o Vasco, o líder Corinthians chegou a 13 pontos no Brasileirão.
O Corinthians retorna do Rio de Janeiro na manhã desta quinta. Na próxima rodada, o Timão recebe 5P, domingo, às 16h, na Arena Corinthians










Corinthiano técnico Fábio Carille sobre vitória por goleada: ''Tivemos maturidade para suportar a pressão''

Timão lidera temporariamente o Campeonato Brasileiro; equipe volta a entrar em campo domingo, quando enfrenta 5P na Arena Corinthians
00h30 08/06/2017 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto/Agência Corinthians
Na noite desta quarta-feira (07), no estádio São Januário, o Corinthians enfrentou o Vasco pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. O Timão fechou o primeiro tempo com vitória parcial de 2 a 0. Na etapa final, levou dois gols nos dois minutos iniciais e perdeu a vantagem. O Alvinegro não se abateu, soube controlar a pressão e, no fim, goleou por 5 a 2.

Após o duelo, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva e falou sobre o desempenho da equipe e a reação dos jogadores, que não se abateram com o empate no começo do segundo tempo.

"Quando a gente voltou para o segundo tempo, falamos muito sobre o contra-ataque. O Vasco teria que vir para cima, jogando em casa, com o Nenê. E logo mudou tudo. Mas a equipe teve maturidade, é o que venho trabalhando, precisão na finalização. Contra o Santos, tivemos 18 oportunidades e só marcamos dois gols. Hoje, de 10, fizemos cinco. Precisamos melhorar isso, essa tem sido a busca", disse.

O treinador valorizou também a qualidade do elenco corinthiano. Para o compromisso em São Januário, Carille não pôde contar com Rodriguinho, Fagner e Romero, que estão nas seleções do Brasil e do Paraguai, além do lesionado Balbuena.

"Comprometimento de todos os jogadores, alguns foram convocados para a seleção e quem entrou correspondeu, isso faz um grupo vencedor. Nosso grupo tem trabalhado sério, tivemos um deslize no início do segundo tempo, ganhando de 2 a 0 levar sufoco é complicado, mas foi uma boa vitória", prosseguiu.
Para finalizar, Carille ainda ressaltou a importância da equipe ter vivido com sucesso um momento de superação.
"Com dois minutos, tomamos dois gols. Fizemos algumas improvisações, era normal que a gente sofresse em alguns setores. Isso é normal. Mas o importante foi passar por uma situação como essa, jogando contra uma equipe bem qualificada. Tivemos maturidade para suportar a pressão. A gente rodou a bola, encontrou os melhores momentos para fazer os outros gols", comentou.
"Importante esse jogo aqui. O Marquinhos foi muito questionado e já havia entrado bem contra o Vitória, participando do gol. Hoje ele fez um grande jogo, marcando o primeiro gol. O Clayton teve altos e baixos, mas é normal ter essa experiência, passar por essa adaptação. O Pedrinho também entrou bem hoje. Estou muito feliz com o elenco que tenho", finalizou.

Neste domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians recebe o São Paulo em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias





































Efetivo! Corinthians goleia o Vasco e assume a ponta do Brasileirão


Vasco 2x5 CorinthiansThiago Ribeiro/AGIF


Vasco 2x5 CorinthiansThiago Ribeiro/AGIF


Vasco 2x5 CorinthiansReginaldo Pimenta / Raw Image


Vasco 2x5 CorinthiansReginaldo Pimenta / Raw Image


Vasco 2x5 CorinthiansReginaldo Pimenta / Raw Image



Vasco 2x5 CorinthiansDelmiro Junior/Raw Image.



Vasco 2x5 CorinthiansThiago Ribeiro/AGIF




Vasco 2x5 CorinthiansThiago Ribeiro/AGIF



Vasco 2x5 CorinthiansReginaldo Pimenta / Raw Image





A efetividade ganhou da emoção. Um Corinthians sabendo jogar fora de casa goleou o Vasco na noite desta quarta-feira, em São Januário, pelo placar de 5 a 2. Os mais de 16 mil torcedores saíram do estádio desanimados com a quebra da sequência de duas vitórias dentro de casa. O Timão chegou a 13 pontos em cinco rodadas e lidera o Campeonato Brasileiro.
Diferentemente da superioridade incontestável que o Corinthians teve sobre o Vasco no primeiro encontro entre as equipes neste ano, durante a pré-temporada nos EUA com a disputa da Florida Cup (vitória por 4 a 1), a partida desta quarta pelo Brasileiro foi bem animada e com o nível técnico entre os times bem emparelhado.

No Vasco de Ednelson Silva – o técnico Milton Mendes cumpriu suspensão automática após expulsão no jogo anterior contra o Grêmio –, se via um time forte, apesar da insistência por Kelvin. Fábio Carille, no Corinthians, colocou uma equipe proposta pela efetividade e isso surtiu o efeito esperado.
Logo aos três minutos, Marquinhos Gabriel aproveitou de primeira após cruzamento de Arana e colocou o Corinthians na frente. A partir de então ficou praticamente um ataque contra defesa, com o Vasco pressionando pelo empate. Manga e Mateus Vital obrigaram o goleiro Cássio a fazer boas defesas para evitar o gol.
A efetividade já citada aqui proposta pelo Corinthians ficou notória aos 38 minutos, quando em sua segunda finalização no jogo, o time de Carille ampliou. Jô recebeu nas costas de Paulão, passou por Martin Silva e garantiu a vitória parcial. O Vasco foi para o intervalo com 11 finalizações e o Timão apenas com três, evidenciando a estatística.


Na etapa final, Nenê entrou e deu o que faltava para o Vasco chegar aos gols. No minuto inicial, cobrou falta e Luis Fabiano se antecipou para igualar. No lance seguinte, o empate chegou após Fabuloso levar a melhor contra Pablo. Dois minutos que colocaram fogo nos jogadores e nos torcedores em todo o estádio.
O Vasco seguiu atrás da virada, enquanto o Corinthians aproveitava o contra-ataque. E foi assim que um efetivo time paulista freou a euforia cruz-maltina. Aos 12, Maycon aproveitou ótimo passe de Clayson para tirar de Martin Silva e fazer. Ainda deu tempo para Clayton, aos 38, cabecear, a bola desviar em Yago Pikachu e entrar e aos 46, Clayton de novo escorar e finalizar a goleada.
Vitória de um Corinthians efetivo sobre um Vasco na emoção.


FICHA TÉCNICA
v.asco 2 X 5 CORINTHIANS
Brasileiro 2017 5ª rodada 
Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 7/6/2017, 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)  Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Renda/público: R$ 561.905,00/15.517 pagantes/16.288 presentes
Cartões amarelos: Clayson, Pablo, Gabriel (COR)

GOLS: Marquinhos Gabriel 3'/1ºT (0-1), Jô 38'/1ºT (0-2), Luis Fabiano 1'/2ºT (1-2), Luis Fabiano 2'/2ºT (2-2), Maycon 12'/2ºT (2-3), Clayton 38'/2ºT (2-4) e Clayton 46'/2ºT (2-5)

 v.asco  1 Martin Silva,2 Gilberto (20 Nenê intervalo), 3 Paulão,4 Breno e 6 Henrique; 5 Jean (19 Muriqui 31'/2ºT), 8 Douglas,11 Yago Pikachu e 10 Mateus Vital; 7 Kelvin (17 Manga 5'/1ºT) e 9 Luis Fabiano. Técnico: Ednelson Silva.+ 12Gabriel, 13-Jomar, 14-Madson 15Wellinton 16 Wagner 18-Thalles 21-Caio Monteiro 22-Andrezinho 23 Evader

CORINTHIANS: 12-Cássio, 28-Paulo Roberto, 3-Pablo, 34-Pedro Henrique e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel, 8-Maycon, 10-Jadson (17-Giovanni Augusto 28'/2ºT) e 31-Marquinhos Gabriel (9-Clayton 37'/2ºT); 25-Clayson (38-Pedrinho 35'/2ºT) e 7-Jô. Técnico: Fábio Carille.+ 27-Walter, 14-Leo, 6-Moisés, 33-Warian, 29-Camacho, 21-Felipe Bastos, 30-Léo Jabá, 18-Kazim




É o Timão querendo golear... No Rio, Corinthians bate Vasco por 5 a 2
Marquinhos Gabriel, Jô, Maycon e Clayton (2) marcaram os gols corinthianos em São Januário
23h55 07/06/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto/Agência Corinthians
A maré tá cheia! Cheia de sereia... E o Timão querendo golear! Na noite desta quarta-feira (07), o Corinthians ganhou mais uma no Campeonato Brasileiro de 2017. Pela quinta rodada, no estádio de São Januário, a equipe comandada pelo técnico Fábio Carille goleou o Vasco por 5 a 2. Com o triunfo, o Alvinegro assumiu a liderança da competição nacional com 13 pontos e ficará nesta posição, pelo menos até esta quinta (08)



Timão escalado: O técnico Fábio Carille mandou o Corinthians a campo com Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon; Jadson, Marquinhos Gabriel e Clayson; Jô. As ausências foram de Fagner, Rodriguinho e Romero, que estão com as seleções de Brasil e Paraguai, e do zagueiro Balbuena, que se recupera de uma lesão muscular na coxa direita.



Início de jogo: O duelo em São Januário começou com ritmo acelerado e o Corinthians abriu o placar logo aos 03 minutos de jogo. Em bela jogada, Clayson rolou para Guilherme Arana, que cruzou rasteiro para o meio da área. Marquinhos Gabriel bateu de primeira e marcou um golaço.

Timão amplia o placar: O meia Marquinhos Gabriel novamente apareceu em grande estilo. Aos 38 do primeiro tempo, o camisa 31 do Corinthians fez belíssimo lançamento para Jô. O artilheiro corinthiano na temporada cortou o goleiro vascaíno e empurrou pras redes, marcando 2 a 0.
Começo de segundo tempo para esquecer: A vantagem construída pelo Corinthians na primeira etapa caiu por terra logo após o reinício do jogo. O Vasco fez dois gols em dois minutos e empatou o duelo. O jogo seguiu aberto, Cássio fez uma grande defesa aos 10 e evitou a virada vascaína.


Vai pra cima, Timão: O ritmo das equipes em campo não diminuiu e o Corinthians conseguiu voltar à frente do marcador. Aos 12 minutos, Clayson deu linda assistência para Maycon. O volante invadiu a área e bateu na saída do goleiro adversário para fazer 3 a 2.



Não para, não para, não para: Aos 38, o Corinthians ampliou o marcador. Jô recebeu de Pedrinho e cruzou para Clayton que, de cabeça, marcou o primeiro gol com o manto alvinegro e ampliou. Aos 46, o camisa 9 fez mais um. O cruzamento veio de Paulo Roberto e o atacante escorou para dar números finais ao jogo: 5 a 2.

Próximo desafio: No domingo (11), às 16h, na Arena Corinthians, o Corinthians recebe 5P em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão 2017. Os ingressos já estão à venda pela internet, no www.ingressoscorinthians.com, e nas bilheterias


















Neste domingo, o #Timão tem mais um desafio pela frente! Na @A_Corinthians, o Corinthians encara 5P, às 16h, pelo Brasileirão.



Corinthians @Corinthians
A felicidade estampada na cara de quem mitou no @Cartola! Foi assim que Clayton comemorou os seus 2 primeiros gols com a camisa do #Timão

















Cria do #Terrão alvinegro, Maycon também deixou o dele na goleada sobre o Vasco. #VaiCorinthians





















Todos os detalhes do segundo gol do #Timão no duelo com o Vasco anotado por Jô! #VaiCorinthians





















Corinthians

A comemoração do gol de Marquinhos Gabriel, que abriu a goleada do #Timãsobre o Vasco em São Januário. #VaiCorinthians
















Corinthians

Os cinco gols da goleada do Corinthians contra o Vasco por 5 a 2 hoje pelo Brasileirão você só confere nas lentes da #CorinthiansTV




#FalaCarille: "Estamos conseguindo rodar mais a bola, chegar mais ao gol do adversário. Isso me deixa feliz." #AMaréTáCheia


#FalaCarille: "Há uma linha de trabalho, todos compraram a ideia, com muita dedicação, repetição de trabalho para haver entendimento"

#FalaCarille: "Tivemos maturidade para suportar a pressão. A gente rodou a bola, encontrou os melhores momentos para fazer os outros gols"





#Fiel quem foi o destaque do #Timão hoje na goleada contra o Vasco pelo #Brasileirão#VaiCorinthiansJôMarquinhos GabrielMayconClayton

#AMaréTáCheia É o Timão querendo golear... Em São Januário, Corinthians bate Vasco por 5 a 2 e lidera temporariamente o #Brasileirão



A maré tá cheia...



Mais um dele, Clayton! Paulo Roberto cruzou na medida para o camisa 9 do #Timão fazer mais um! 2T | 46' | VASxCOR 2-5



Corinthians @Corinthians

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!!!!




Corinthians @Corinthians

Ôôô... corinthiano, maloqueiro e sofredor! Graças a Deus!

Corinthians @Corinthians

Haja coração, amigo...





Corinthians @Corinthian

Jô cruza na medida para Clayton cabecear e fazer o seu primeiro gol com a camisa do #Timã! 2T | 38' | VASxCOR 2-4




Corinthians

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!!!







Corinthians
Duas alterações no #Timão ! Saem: M. Gabriel e Clayson. Entram: Clayton e Pedrinho. #VaiCorinthians




Corinthians @Corinthians

Teve substituição no #Timã! 2T | 31' | VASxCOR 2-3







A #Fielvai fazendo barulho em São Januário: "Vai, Corinthians! Louco por ti, Corinthians!" 2T | 25' | VASxCOR 2-3




Clayson deixa Maycon na cara do gol e o jogador do Timão só bateu na saída do goleiro! 2T | 13' | VASxCOR 2-3




Corinthians @Corinthians

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!!!!






Corinthians @Corinthians
CÁÁÁÁÁÁSSIO! Goleiro alvinegro faz boa defesa após finalização do Vasco. 2T | 10' | VASxCOR 2-2


Corinthians @Corinthians

Recomeça o segundo tempo em São Januário: Vasco 2 x 2 Corinthians

Corinthians @Corinthians

Fim de 1º tempo! Com gols de M. Gabriel e Jô, #Timão vai vencendo o Vasco por 2 a 0 em São Januário. #VaiCorinthians








Corinthians
Marquinhos Gabriel deu grande passe para Jô, que driblou o goleiro e ampliou o placar para o Timão em São Januário! 1T | 40' | VASxCOR 0-2

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!




ESPAAAAALMA, CÁSSIO! Goleiro do #Timão faz boa defesa após finalização do jogador adversário. 1T | 19' | VASxCOR 0-1

Mas nem deu tempo do estagiário se ajeitar aqui. Mais uma assistência de G Arana para M Gabriel abrir o placar! 1T | 4' | VASxCOR 0-1




Corinthians @Corinthians
GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLL! 1T | 3' | VASxCOR 0-1




Corinthians @Corinthians
A bola está rolando em São Januário!!! #VASxCOR #Brasileirão#VaiCorinthians










Corinthians analisa zagueiro Emerson para aceitá-lo em troca por atacante Luciano

Aos 22 anos, o beque Emerson, do botafogo foi oferecido ao Timão em troca do centroavante Luciano e teve o nome aprovado pelo técnico Fábio Carille. A diretoria, no entanto, ainda está reticente sobre a contratação por ser tratar de um jogador jovem. A busca do momento é por um defensor mais experiente, como Leandro Castán, da Roma. 

Fora dos planos do Corinthians, Luciano tem proposta de Botafogo e Cruzeiro, mas as dirigentes paulistas têm preferência pelo time carioca. O empresário do jogador deve viajar em breve ao Rio de Janeiro para acertar os últimos detalhes.





Site do Mundial de Clubes parabeniza corinthiano goleiro Cássio por 30º aniversário

Em 2012, goleiro foi eleito o melhor jogador do torneio; Na ocasião, Corinthians conquistou a competição pela segunda vez na história


15h00 07/06/2017 - Agência Corinthians






Reprodução: FaceBook - FIFA Club World Cup


Na última terça-feira (06), o goleiro Cássio completou 30 anos de idade. Além das homenagens feitas pelo Corinthians nos canais oficiais do clube (site e redes sociais), o jogador recebeu um recado da FIFA.

Por meio da página oficial do Mundial de Clubes, a FIFA fez uma postagem em homenagem ao aniversário de Cássio. O goleiro foi eleito o melhor jogador do torneio em 2012, quando o Corinthians conquistou a competição pela segunda vez em sua história.







Tour Casa do Povo recebe visita de corinthiano Serginho, ídolo do vôlei brasileiro

Multicampeão pela Seleção Brasileira, jogador agora veste a camisa da nova equipe Corinthians/Guarulhos


14h00 07/06/2017 - Agência Corinthians






Divulgação


A Arena Corinthians recebeu na manhã desta quarta-feira (7) a visita especial do bicampeão olímpico Serginho. O ex-líbero da Seleção Brasileira fez o tour Casa do Povo, e conheceu, junto com outros torcedores, todos os bastidores da Arena.

Durante a visita, Serginho, que agora é jogador do Corinthians/Guarulhos, fez questão de ressaltar o quão especial foi ver todos os detalhes da casa alvinegra: “Mesmo tendo conquistado o mundo com a seleção brasileira eu tinha um sonho de vestir essa camisa, e é muito emocionante poder estar aqui, no nosso estádio, com vocês que são corinthianos", revelou.

Um dos momentos mais esperados do tour é a visita aos vestiários, e ela foi marcada pela emoção de uma preleção comandada pelos anfitriões, e que contou com um depoimento do ídolo do esporte brasileiro. “O Corinthians é isso aqui. Essa união, essa alegria. A gente não precisa ganhar jogo para ser feliz. Basta ser Corinthians”, disse arrancando aplausos e lágrimas dos torcedores.

O tour Casa do Povo já levou mais de 4000 torcedores aos bastidores da Arena, proporcionando momentos de muita emoção, além de história e muito corinthianismo.

Como comprar:

O tour funciona de quarta a domingo, e os ingressos custam R$ 40 durante a semana e R$ 60 aos finais de semana, com desconto de 20% para membros do Programa Fiel Torcedor. Estudantes, idosos e crianças de 3 a 12 anos tem direito à meia-entrada, e menores de três anos não pagam.

A compra pode ser realizada pelo site http://tour.arenacorinthians.com.br/ ou nas bilheterias da Arena Corinthians.







Troca de ingressos para jogo 4 da final do NBB começa nesta quinta no Paulistano

Entrada para a decisão entre Paulistano e Bauru no Ginásio Wlamir Marques pode ser adquirida em troca de 2 kg de alimentos não perecíveis

14h00 07/06/2017 - Agência Corinthians



Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Neste sábado (10), o Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, no Parque São Jorge, receberá o quarto jogo da final do NBB entre Paulistano e Bauru, às 14h. Os ingressos para esse confronto estarão disponíveis para troca a partir desta quinta-feira (08), no Club Athletico Paulistano.

A entrada pode ser adquirida mediante a entrega de 2 kg de alimentos não perecíveis. Cada pessoa poderá retirar no máximo dois ingressos.

A troca acontecerá na quinta-feira (08), das 11h às 13h, e na sexta-feira (09), das 11h às 17h -- ou até acabarem os ingressos --, na portaria do Ginásio Antônio Prado Jr, na Rua Colômbia, 77.

Paulistano e Bauru estão decidindo o título do NBB em uma série melhor de cinco partidas. A equipe da capital paulista lidera o confronto com duas vitórias a uma sobre o time do interior paulista










Corinthians joga fora de casa por 4ª vitória seguida e manter liderança

Confiante após o bom início na competição, o Corinthians buscará sua 4ª vitória seguida e a liderança isolada do Brasileirao ( hoje é colider) Sem quatro titulares (Balbuena, lesionado, Fagner, Rodriguinho e Romero, convocados para seleções), o técnico Fábio Carille vai testar as suas possibilidades de jogo dentro do elenco. Até o momento, poucos atletas além dos conhecidos titulares foram determinantes na equipe.

"Nós vamos ter um grande teste pela frente, mas é também o momento de os jogadores mostrarem que têm qualidade", disse Jô. "Nós sabemos da qualidade de cada, conhecemos as características, só que eles vão ter que demonstrar no jogo as coisas que são capazes", continuou o camisa 7.

Dentre os reservas, o que está há mais tempo no time é o jovem Pedro Henrique, que entrou durante a estreia no Brasileiro, contra a Chapecoente, e foi titular nos outros três jogos. Marquinhos Gabriel e Clayson são os substitutos na armação, auxiliando Jadson no setor.


A única improvisação, porém, se dá na lateral direita. Sem Fagner e também sem os outros dois atletas do setor, já que Léo Príncipe e Mantuan se recuperam de lesão, o técnico Fábio Carille optou pela entrada do volante Paulo Roberto. "Ele vai se perder em alguns momentos, é normal, mas é algo que eu já venho preparando caso houvesse a necessidade", explicou o treinador.


FICHA TÉCNICA
vasco X CORINTHIANS

brasileiro 2017- 5ª rodada
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de junho de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway, Fabio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando

vasco Martín Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Matheus Vidal e Kelvin; Luis Fabiano Técnico: Milton Mendes

CORINTHIANS: Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô Técnico: Fabio Carille









Retrospecto de Corinthians x Vasco traz títulos do Timão no Maracanã e em São Januário

Fiel tem lembranças das conquistas do primeiro Mundial de Clubes da FIFA, em 2000, e do hexacampeonato brasileiro, em 2015, contra a equipe carioca


09h45 07/06/2017 - Agência Corinthians









© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


O Corinthians terá o Vasco como próximo desafio no Campeonato Brasileiro 2017, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (07), às 21h45. Trata-se de um confronto que causa muitas lembranças históricas a Fiel, com conquistas de títulos inesquecíveis.

Na primeira decisão disputada entre os dois clubes, o Timão superou a equipe carioca na final da Taça dos Campeões Estaduais Rio-SP, em 1930. Na partida de ida, o clube do Parque São Jorge venceu por 4 a 2. Na volta, em São Januário, o Corinthians perdia por 2 a 0, placar que dava o título ao Vasco. Porém, aos 27 minutos do segundo tempo, De Maria diminuiu. Na sequência, Peres e Gambinha viraram a partida. Esta conquista deu origem ao título de “Campeão dos Campeões” para o Alvinegro paulista.

Setenta anos depois, em 2000, as equipes se cruzaram para decidir o primeiro Mundial de Clubes da FIFA. Depois de 120 minutos sem gols, o Corinthians se consagrou campeão do mundo pela primeira vez ao vencer o Vasco nos pênaltis por 4 a 3.


Já em 2015, o Corinthians foi a São Januário pela 35ª rodada do Brasileirão podendo ser hexacampeão brasileiro contra o Vasco. A partida terminou em empate por 1 a 1, mas a derrota do Atlético-MG para o São Paulo ao mesmo tempo selou a conquista do sexto título do campeonato com três rodadas de antecipação.

v.asco 1 X 1 CORINTHIANS HEXACAMPEÃO BRASILEIRO 
Brasileiro 2015
Local: SJanuário Data-hora: 19/11/2015 – 22h 
Árbitro: Anderson Daronco (RS) Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES) 
Público/Renda: 17.325 pagantes (19.225 presentes) R$ 881.960,00. 
Cartões amarelos: Rodrigo e Diguinho (v); Jadson, Edílson e Lucca (COR) 
Cartão vermelho: Rodrigo (v) 

Gols: Julio Cesar, 26'/2ºT (1-0) (v) ; Vagner Love, 36'/2ºT (1-1) (C)

 v.asco: 1-Martin Silva, 2-Madson, 4-Luan, 3-Rodrigo e 6-Julio Cesar; 5-Diguinho (14-Rafael Vaz, 17'/2ºT), 8-Serginho, 7-Andrezinho e 10-Nenê; 11-Riascos (17-Eder Luis, 23'/2ºT) e 9-Rafael Silva (22-Jorge Henrique, 12'/2ºT) - Técnico: Jorginho. 12-Jordi, 13-Bruno Ferreira, 15-João Carlos, Christiano, 21-Guiñazu, Julio dos Santos, 19-Mateus Vital 20-Bruno Gallo, 18-Leandrão 

CORINTHIANS HEXACAMPEÃO BRASILEIRO: 12-Cássio, 33-Edílson, 28-Felipe, 4-Gil e 13-Guilherme Arana; 5-Ralf (25-Bruno Henrique, 31/2ºT), 7-Elias (30-Lucca, 25'/2ºT), 10-Jadson e 8-Renato Augusto (26-Rodriguinho, 15'/2ºT); 21-Malcom e 99-Vagner Love - Técnico: Tite +27- Walter 32-Matheus Vidotto 23-Fagner 2-Edu Dracena 3-Yago 6-Uendel 16-Cristian 20-Danilo 11-Romero





Ainda houve um confronto marcante, que pode não ter valido o título, mas ajudou muito na conquista. Pelas quartas de final da Libertadores de 2012, Cássio fez uma defesa inesquecível em chute de Diego Souza e Paulinho fez a Fiel explodir ao marcar 1 a 0 e garantir a classificação do Corinthians no Pacaembu, dando continuidade à campanha que daria o taça inédita, de forma invicta, da competição continental ao Timão.

No geral, o histórico é positivo para o Corinthians no confronto contra o Vasco, com 46 vitórias, 34 empates, 35 derrotas, 167 gols marcados e 157 sofridos em 115 jogos. Só pelo Brasileirão, são 50 partidas, em que o Timão venceu 15, empatou 12 e perdeu 13 para a equipe carioca.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.
















vasco 2 X 2 CORINTHIANS
Brasileirão 27ª rodada
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 2/10/2011 - 16h (Horário de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-DF)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)
Renda/Público: R$ 637.300 / 19.156 pagantes / 22.855 presentes
Cartões amarelos: Elton (VAS), Paulinho (COR), Ralf (COR)

Gols: Dedé - 15'/1ºT (1-0), Alex - 20'/1ºT (1-1), Fagner 47'/1ºT (2-1) e Danilo - 21'/2ºT (2-2)

vasco 1-Fernando Prass; 23-Fagner, 26-Dedé, 33-Renato Silva e 32-Márcio Careca; 28-Eduardo Costa, 37-Rômulo, 8-Juninho (35-Allan - 7'/2ºT) e 10-Diego Souza; 7-Eder Luis (31-Bernardo 34'/2ºT) e 39-Elton (9-Alecsandro - intervalo) - Técnico: Cristovao Borges.+ 12-Alessandro 5-Nilton 6-Felipe 19-Leandro





CORINTHIANS: 1-Julio Cesar; 2-Alessandro, 13-Paulo André, 4-Leandro Castán e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 8-Paulinho, 20-Danilo e 12-Alex (18-Welder - 45'/2ºT); 7-Willian e 23-Jorge Henrique (21-Edenilson 33'/22ºT) - Técnico: Tite.+ 22-Danilo Fernandes, 25-Wallace, 26-Bruno Octavio 15-Moradei 29-Taubate














No palco do hexa, Corinthians reencontra Vasco pelo Brasileirão de olho no primeiro lugar

Timão retorna a São Januário, onde conquistou o sexto título brasileiro da história do clube; em busca da liderança da competição


09h30 07/06/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Em um palco onde já foi campeão brasileiro, o Corinthians tenta chegar ao topo da classificação do Campeonato Brasileiro 2017. No estádio São Januário, o Corinthians visita o Vasco no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (07), às 21h45, pela quinta rodada da competição. Globo (para SP, RS, SC, PR, MG, GO, TO, MS, MT, PE, CE, MA, PA -- menos Santarém -- e AP) e Premiere (para todo o Brasil) transmitem a partida ao vivo.

O atual momento das equipes

O Corinthians vem travando uma disputa equilibrada com a Chapecoense pela liderança do Brasileirão nas primeiras rodadas. Nas últimas duas, tem sido assim: o Timão dorme no primeiro lugar para depois a Chape ultrapassar. Mas as campanhas são praticamente idênticas: 10 pontos ganhos em quatro jogos (três vitórias e um empate), com diferença apenas no saldo -- a equipe catarinense vence nesse quesito com 5 a 4.

Os três triunfos do Alvinegro do Parque São Jorge são consecutivos: 1 a 0 sobre Vitória e Atlético-GO; e 2 a 0 diante do Santos.

O Vasco é o 11º colocado neste momento, com seis pontos em quatro partidas (duas vitórias e duas derrotas). Na rodada passada, a equipe carioca foi superada pelo Grêmio por 2 a 0, jogando na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Quem vai para o jogo

Para o jogo no Rio de Janeiro, Fabio Carille não conta com os selecionáveis Fagner, Rodriguinho e Romero. Os três estão a serviço das seleções nacionais (Brasil e Paraguai) nesta semana. Os substitutos já foram definidos pelo técnico do Corinthians: Paulo Roberto, Marquinhos Gabriel e Clayson.

Havia ainda uma dúvida: Maycon, que saiu contundido da partida mais recente do Timão, a vitória sobre o Santos na Arena Corinthians. Mas o volante treinou normalmente na última terça-feira (06) e viajou com o grupo para a capital fluminense.

A provável escalação titular do Corinthians contra o Vasco tem Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô.

Carille relacionou 22 jogadores para o confronto, com o retorno de Giovanni Augusto, recuperado de cirurgia e fora de combate desde 12 de abril, quando se contundiu no jogo de ida contra o Internacional pela quarta fase da Copa do Brasil.

Para o gol, as opções serão Cássio e Walter. Nas laterais, Guilherme Arana e Moisés. A zaga terá Léo Santos, Pablo e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Maycon, Paulo Roberto e Warian. Para o meio de campo, foram chamados Jadson, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Pedrinho. Clayson, Clayton, Jô, Kazim e Léo Jabá são os atacantes que completam a lista.

As declarações na véspera

A concentração do elenco está no nível máximo, principalmente agora que o Corinthians vive uma boa fase, disputando por posições na parte de cima da tabela de classificação do Brasileirão 2017.

"Todo jogo é um teste, não importa quem é o adversário, temos de entrar focados e dar nosso melhor", disse o zagueiro Pedro Henrique. "Tem vários times, como Grêmio, São Paulo, mas em qualquer campeonato o Corinthians vai brigar", acrescentou.

"Tem times qualificados, Brasileirão é assim. Mas campeonato é longo, tem lesões e saídas. Corinthians é um deles e vai brigar lá em cima", declarou o atacante Clayson.

Já tem histórico em 2017

O primeiro jogo do Corinthians na temporada 2017 foi contra o Vasco. Pelas semifinais da Florida Cup, o Timão goleou a equipe carioca por 4 a 1 em Orlando (EUA), com gols de Camacho, Marlone, Kazim e Marquinhos Gabriel.

O Corinthians volta a encontrar o Vasco pelo Brasileirão após mais de um ano. O time cruzmaltino passou uma temporada na Série B, em 2016. Na última vez em que se cruzaram pela Série A, excelentes recordações para a Fiel: 1 a 1 em São Januário, resultado que selou a conquista do hexacampeonato brasileiro do Timão.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.










Sem selecionável meia Rodriguinho, Jadson ganha maior responsabilidade no Corinthians

Diante do desfalque de Rodriguinho, que estará com a seleção brasileira nos próximos três jogos, camisa 10 ganha função diferente na equipe e pode ter maior rendimento em gols e assistências


Por Marcelo Braga, São Paulo

07/06/2017 09h15

O Corinthians terá o desfalque de Rodriguinho nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Vasco, em São Januário, pela quinta rodada do Brasileirão.

Com a convocação de Rodriguinho para os jogos da seleção brasileira, caberá a Jadson assumir um papel maior de responsabilidade na criação de jogadas da equipe nos próximos três jogos, já que isso se repetirá em outros dois jogos

Escalados lado a lado no esquema 4-2-3-1 de Fábio Carille, os entrosadíssimos Jadson e Rodriguinho possuem funções bastante distintas dentro de campo. Enquanto o primeiro costuma ficar encarregado de fechar a marcação pelo lado direto do campo, assim como costuma fazer Romero pela esquerda, Rodriguinho tem maior liberdade no campo de ataque, tendo apenas que auxiliar Jô a pressionar a saída de bola dos adversários. 


Jadson e Rodriguinho vêm mostrando enorme entrosamento em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians) 

Diante do sacrifício de Jadson, Rodriguinho tem brilhado. Em 24 partidas oficiais no ano, marcou nove gols (vice-artilheiro do time) e deu cinco assistências (segundo maior garçom da equipe). Jadson, em 21 jogos, marcou quatro gols e deu duas assistências diretas, embora tenha participado também de outros gols. 
 Jadson teve participação importante em dois dos cinco gols marcados na competição. No 1 a 0 contra o Vitória, iniciou a tabela com Marquinhos Gabriel que terminou em gol de Jô. Na última rodada, levantou a bola que Rodriguinho escorou e possibilitou o golaço do mesmo Jô nos 2 a 0 diante do Santos. Rodriguinho, por sua vez, fez um gol e deu duas assistências em quatro partidas. 

Diante do Vasco, nesta noite, Jadson será Rodriguinho. Escalado na posição central da linha de três do meio campo, terá maior liberdade para atacar e contará com o suporte de Clayson e Marquinhos Gabriel ao seu redor. 

Cobrador oficial de pênaltis da equipe, ele não teve nenhuma oportunidade de bater em tempo normal desde que chegou. Especialista também em faltas, ainda não acertou nenhuma em sua segunda passagem no Corinthians.















Drible e velocidade: como o Corinthians muda sem três selecionáveis titulares contra o Vasco

Sem Fagner, Rodriguinho e Romero, Carille terá formação com maior potencial no um contra um. Clayson e Marquinhos Gabriel serão peças-chave por nova vitória fora de casa

Por Diego Ribeiro
07/06/2017 07h46

As ausências de Fagner, Rodriguinho e Romero na partida desta quarta-feira contra o Vasco, às 21h45 (horário de Brasília), em São Januário, fizeram o técnico Fábio Carille alterar peças na formação principal. Taticamente, o estilo de jogo não muda. Tecnicamente, as entradas de Clayson e Marquinhos Gabriel, principalmente, podem trazer novas características ao time. 


Substitutos de Romero e Rodriguinho, respectivamente, Clayson e Marquinhos Gabriel são dois dos melhores jogadores do elenco corinthiano no quesito "um contra um" – ou seja, o drible, aquele que pode quebrar linhas de marcação e abrir espaços no ataque do Timão. A velocidade de ambos pelos lados do campo também deve ser arma. 

Assim como fez em seus últimos jogos fora de casa, o Timão vai se manter bem postado sem a bola. Duas linhas de quatro defensores, com Jadson mais perto de Jô. Sem Rodriguinho, é o camisa 10 quem assume as funções de armação, infiltração e primeiro combate. 


Marquinhos Gabriel tem nova chance entre os titulares: confiança de Carille (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag Corinthians) 

Na terça-feira, Fábio Carille investiu nas triangulações e pediu ousadia aos dois novos integrantes do setor ofensivo. Clayson e Marquinhos serão importantes válvulas de escape na partida – ambos vêm em alta com a comissão técnica e produziram bem no último treino.

– Não muda muita coisa, são jogadores com características um pouco diferentes, mas nada absurdo. pediu para eu preencher a linha, tenho costume de ir um pouco para dentro, mas não vai mudar muita coisa – afirmou Clayson. 

Na defesa, o panorama é outro. Sem o reserva imediato de Fagner, Léo Príncipe, que está lesionado, Carille optou pelo volante Paulo Roberto. A maior preocupação é com a adaptação dele ao posicionamento da linha de quatro defensores. A ideia é sair pouco para o ataque, deixando Guilherme Arana, pela esquerda, com liberdade ainda maior. 


O desafio é fazer com que Clayson e Marquinhos Gabriel tenham entrega semelhante à de Romero, um leão na marcação, essencial para o bom funcionamento do sistema defensivo. Caso a dupla vá bem no desafio, o Corinthians fica mais perto de uma nova vitória fora de casa. 

Importante lembrar: longe da Arena Corinthians, o Timão tem 16 jogos no ano, com 10 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. Aproveitamento de 72,9% dos pontos. 

Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Vasco:
Local: São Januário, no Rio de Janeiro
Data e horário: quarta-feira, 21h45 (de Brasília)
Provável escalação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô
Desfalques: Fagner, Rodriguinho e Romero (convocados); Balbuena, Léo Príncipe e Mantuan (machucados), Danilo e Vilson (em recuperação física)

















Corinthiano lateral direito do jogo de hoje, volante Paulo Roberto colhe dicas para jogar na lateral e fala ao L!: da mudança de vida ao sonho de adoção


Volante soma nove jogos no Timão, dois como titular(Foto: Daniel Augusto Jr)



Volante soma nove jogos no Timão, dois como titular(Foto: Daniel Augusto Jr)
 Gabriel Carneiro - 07/06/2017 - 06:00
A vida de Paulo Roberto da Silva mudou completamente em 2017, e ele mesmo concorda com a afirmação. "É um ano de realizações", diz. Primeiro, a notícia de que jogaria por pelo menos uma temporada no Corinthians. Depois, a segunda gravidez da esposa Bárbara. E então ainda vieram a participação na final do Campeonato Paulista e agora a perspectiva de uma sequência de três jogos como titular sob o comando do técnico Fábio Carille. 

Aos 30 anos, em boa fase pessoal e profissional, o camisa 28 do Timão descobriu sua versatilidade e jogará como lateral-direito durante a ausência de Fagner, que está com a Seleção Brasileira, e Léo Príncipe, que trata uma lesão. Na véspera da "estreia" na nova posição, contra o Vasco, o volante atendeu o LANCE! e falou mais sobre sua preparação para este desafio. E muito mais...

- Eu fico muito feliz por ser titular do Corinthians, mesmo não sendo minha posição. Uma sequência é tudo que eu precisava e pretendo ajudar da melhor maneira possível. Estou muito feliz, venho treinando há duas semanas e tenho certeza que vou dar conta do recado - diz Paulo Roberto, que contou com três ajudas principais na sua preparação: orientações de Carille, observação de vídeos de Fagner e conselhos de Fabinho, ex-volante e hoje auxiliar técnico do Corinthians.

- Ele era volante e jogou de lateral em alguns momentos da carreira, então me ajudou muito nisso. Porque quando a bola está do lado contrário você tem que fechar a linha de quatro, mas não fechar tanto como o volante fecha. É uma dificuldade que eu estava tendo, estava muito junto com o zagueiro e tenho que fechar, mas não tanto. Como sou volante é uma coisa meio que tendenciosa eu fazer. Então o Fabinho me deu muitos toques, facilitou muito o jogo para mim. Não é à toa que fui escolhido para a posição. Já estudei, agora falta a prova - brinca o otimista volante, apelidado nos bastidores de "Bob Marley do Timão". Como assim?


Mudança de visual causou "racha" com Kazim



Novo cabelo rendeu apelidos entre os colegas (Foto: Daniel Augusto Jr)
Recentemente, Paulo Roberto passou por uma mudança importante no visual: abandonou o corte de cabelo comportado e apostou em dreadlocks, no estilo rastafári. Como não poderia deixar de ser, o assunto virou zoeira nos bastidores do Corinthians e rendeu vários apelidos ao volante recém-chegado: Bob Marley, Davids, Tinga... Depois de alguns dias, todos se acostumaram com a novidade. Mas Paulo não esqueceu de uma zoeira em especial.

- Eu não cortei porque tive bastante personalidade, porque as brincadeiras foram pesadas. Fellipe Bastos zoou, Balbuena... muitos. O Kazim é de família rasta, então achei que fosse um cara que ficaria do meu lado, mas ele ficou contra mim. Nem ele perdoou, me zoou muito - diz Paulo Roberto, que agora vê tudo com mais bom humor.

- Foram brincadeiras bacanas, um momento em que fiquei um pouco envergonhado, mas hoje está tranquilo. Foram brincadeiras válidas, sadias. Até porque tem penteado muito mais feio que o meu... Olha o Marciel, o Moisés, corte indefinido, o Camacho, que corta o cabelo a cada três meses, nunca vi isso. Nosso grupo é muito bacana por isso, a gente sabe brincar e receber brincadeira, não tem melindre, e isso deixa o nosso grupo forte.


Plano é de aumentar a família com adoção



Barbara (e Liz), Valentina e Paulo (Foto: Reprodução/Instagram)
Paulo Roberto já é pai de Valentina, de dois anos e meio, e espera Liz, que tem seis meses de gestação. Antes da primeira filha nascer, enquanto ele e a esposa Bárbara enfrentavam dificuldades para engravidar, o casal decidiu que adotaria uma criança órfã. Eles chegaram a visitar um orfanato em Florianópolis, onde residiam, mas pouco depois a mulher conseguiu engravidar e eles se dedicaram à gestação de Valentina. Agora, veio Liz. Mas o plano não foi esquecido.

- Sempre quisemos ter uma criança adotada na nossa família e isso em algum momento vai acontecer. Quando minha segunda filha tiver uns três ou quatro anos, pensamos em adotar, sim. Talvez até antes - explica o jogador, que tem lembranças ao mesmo tempo duras e felizes da visita ao orfanato.

- As crianças estão ali para serem escolhidas e você vê a alegria quando veem você entrando para levar um brinquedo ou mesmo dar um abraço. Quando você vai embora e as crianças percebem que não serão levadas, que não vão com você, é triste, porque elas começam a chorar e você fala que vai embora, mas fica mais um pouco. É delicado, porque você não está indo num comércio escolher um produto, você está tratando com crianças. Mas quem tiver oportunidade, poder, de ir lá e adotar uma criança é bacana. Mesmo que seja só visitar um orfanato... porque essas crianças precisam de carinho, é legal você ir lá dar um abraço, levar um presente. Quando você está lá é alegria total.