3 de jun de 2017

CORINTHIANS 03/06/2017


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 s7os
Brasileiro 2017- 4ª rodada
Local: Arena Corinthians
Data/Hora: 3/6/2017 (sábado), às 19h
Arb: Anderson Daronco, Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Renda e público: 40.436 total 40.169 pagantes 269 nao pag / R$ 2.110.601,50
Cartões amarelos: Vitor Bueno (s)
Cartões vermelhos: Bruno Henrique (s) 37'2ºt


Gols: Romero, aos 24'/2ºT (1-0); Jô, aos 29'/2ºT (2-0)


CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 34-Pedro Henrique, 3-Pablo e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel e 8-Maycon (29-Camacho - 4'/2ºT); 10-Jadson (25-Clayson - 31'/2ºT), 26-Rodriguinho (21-Fellipe Bastos - 39'/2ºT) e 11-Romero; 7-Jô. Técnico: Fábio Carille. + 27-Walter, 14-Léo, 6-Moisés, 28-Paulo Roberto, 31-Marquinhos Gabriel, 30-Léo Jabá, 9-Clayton, 18-Kazim, 38-Pedrinho


s7os: 1 Vanderlei, 4 V Ferraz, 28L Veríssimo, 14David B (25 Yuri - 29'/2ºT) e 36 Copete; 8-Renato, 29T Maia e 16 Hernández (17R Longuine - 18'/2ºT); 7 V Bueno, 27 BHenrique e 9 R Oliveira (Rodrigão - 29'/2ºT). Técnico: Dorival Júnior. + 12 Vladimir, 31- Cleber 13-Matheus, 5 Alisson, 19Leo Citadini 39 J Mota 23-A.Gomes 26 T Ribeiro 11 Kayke 22 Rodrigao






Técnico Fábio Carille enaltece melhora ofensiva do Corinthians em vitória de hoje

Helder Júnior
03/06




Corinthians foi envolvente no ataque no segundo tempo do clássico deste sábado (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Sempre priorizando um Corinthians seguro defensivamente, o técnico Fábio Carille ficou bastante satisfeito com o desempenho ofensivo do Timão na vitória na noite deste sábado, na Arena Corinthians. O Timão pressionou o rival no segundo tempo do clássico válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro e foram premiados com uma vitória por 2 a 0.

“Fiquei muito feliz com tudo. Antes, deixei bem claro que a parte ofensiva requer entrosamento, um conhecimento maior dos jogadores. Fala-se muito de Barcelona, de Messi, Neymar e Suárez, mas há quanto tempo eles estão juntos?”, argumentou Carille
Apesar de reconhecer que o Corinthians não chegou a ter um ataque brilhante na campanha do título paulista – após superar a Ponte Preta na final, apontou a evolução do setor como o seu próximo passo como técnico –, Carille lembrou que os defensores do Santos não foram os únicos a sofrer com os seus homens de frente em 2017.

“Já fizemos outros jogos assim, nas vitórias do Corinthians sobre Univ de Chile, o próprio stos e no derby até a expulsão do Gabriel. Falei várias vezes que tínhamos tudo para melhorar. Vamos melhorar ainda mais”, vislumbrou.

A evolução atual já foi suficiente para colocar o Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro, com 10 pontos ganhos. “Ainda tem muito a acontecer. Espero muito mais ainda da equipe, que começou a chegar mais no gol adversário, a finalizar mais”, insistiu Fábio Carille.






Corinthians, lider, vence, Jô comemora mais um gol em clássico, mas quer mater “pés no chão”

Helder Júnior -
03/06/2017 21:51:04





Centroavante marcou um golaço pro Timão e manteve a sua fama de carrasco dos rivais (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)Jô faz o segundo gol do Corinthians (Foto: Reprodução)

O centroavante Jô pediu a palavra no vestiário do Corinthians na Arena após marcar mais um gol contra um rival, o segundo da vitória do lider Timão por 2 a 0 sobre o Stos, na noite deste sábado. “Vamos continuar com os pés no chão!”, cobrou o jogador, enchendo o técnico Fábio Carille de orgulho.

A preocupação de Jô não é sem motivo. Antes visto como a quarta força do futebol paulista, o Corinthians se sagrou campeão estadual recentemente e já lidera o Campeonato Brasileiro, com 10 pontos ganhos.

“Como sempre falo, vamos crescendo, mas com os pés no chão. Devemos continuar trabalhando, ter obediência tática”, advertiu Jô, quando ainda estava no gramado da casa corintiana. “Hoje, temos um time difícil de tomar gol. Podemos levar alguns sustos, mas sempre somos muito seguros. A equipe está de parabéns pelo que jogou”, acrescentou.

Jô se permitiu abrir um sorriso, contudo, quando foi lembrado sobre o seu bom retrospecto em clássicos. Ele marcou um gol em todos que disputou na temporada. “Seria bom que todo jogo fosse clássico, né? Estou sendo abençoado por Deus nesse ponto. Agradeço muito a Ele pelo meu momento”, comentou.

A religiosidade é apontada como um dos trunfos para Jô vingar em seu retorno ao Corinthians. Já bastante rodado, o prata da casa confessa que teve a sua carreira prejudicada por atos de indisciplina fora de campo.

“Com a cabeça assim, o Jô está nos ajudando muito”, enalteceu Fábio Carille. “Ele está vivendo uma fase maravilhosa. É claro que para o torcedor sempre é muito importante que o atacante faça gols, mas nunca vou deixar de ressaltar o quanto esse cara é positivo no nosso dia a dia, ajudando todos. Agradeço a Deus por trabalhar com ele”, completou o treinador corintiano.












18 jogos intransponível no ano: Cássio tem 'sensação boa' por feito do Timão


Gabriel Carneiro - 03/06/2017 - 22:31

O Corinthians disputou 33 partidas nesta temporada e não sofreu gols em 18 delas. Para o goleiro Cássio, que foi poupado em um dos compromissos do ano (curiosamente, em que o time foi vazado), a média e gols sofridos é ainda menor e motivo de orgulho. Na vitória de hoje, o Timão atingiu a terceira partida consecutiva sem sofrer gols no Campeonato Brasileiro e deu sustentação para o ataque marcar duas vezes, com Romero e Jô, vencer por 2 a 0 o s7os.
Para o goleiro Cássio, os números positivos não podem ser sinônimo de acomodação. Após uma temporada de 2016 marcada por insucessos, , o goleiro planeja manter a boa fase pelo maior tempo possível e diz que não é nenhum "alívio" não ter sido vazado em mais da metade de suas partidas.

- Alívio não, mas dá uma sensação boa para continuar trabalhando. São números bons, mas não podemos nos acomodar em cima deles, achar que está tudo bom e não tentar melhorar, evoluir. Lógico que esses números não se referem só a mim ou à linha defensiva, são de todo o time, todo mundo é responsável por esses números. Se for puxar acho que é meu melhor ano e fico feliz de contribuir, ajudar, com os resultados acontecendo. Não tem soberba, não tem que baixar a guarda e vamos continuar assim - avisou o goleiro.


Em 33 partidas nesta temporada, o Corinthians anotou 42 gols e sofreu somente 16, com 19 vitórias, 12 empates e duas derrotas. 

O time foi campeão paulista, saiu invicto na Copa do Brasil, mas está na segunda fase da Copa Sul-Americana e ocupa a liderança do Campeonato Brasileiro.










Atuações do Corinthians, lider, em vitoria por 2x0 sobre stos: Jô brilha com gol e assistência; Camacho entra bem

Camisa 7 participa dos dois gols do Timão sobre stos na Arena. Equipe cresceu de produção no segundo tempo, quando Camacho entrou na vaga de Maycon


Por Bruno Cassucci
03/06/2017 21h13

Jô: rei dos clássicos, marcou seu sexto gol contra rivais nesta temporada. Mas não foi só isso. Antes já havia dado passe para Romero abrir o placar. Mesmo no primeiro tempo, quando foi pouco acionado, teve papel importante ao reter a bola, fazer pivô e abrir espaços na defesa do Santos. Nota: 8,0

Romero: teve primeiro tempo apagado, com pouca participação ofensiva. Porém, acordou na etapa final e ajudou a incendiar a partida. Paraguaio chegou a 19 gols na Arena, ampliando a sua vantagem na liderança do ranking de artilheiros do estádio. Nota: 7,5

Camacho: entrou no lugar de Maycon, machucado, e deu muito mais mobilidade ao meio de campo alvinegro. Além de distribuir bons passes, carregou a bola e ajudou na criação. Na marcação, mostrou fôlego e fechou espaços. Nota: 7,0

Veja as notas de todos os jogadores do Timão:
Cássio [GOL]: 6,5
Fagner [LAD]: 7,0
Pedro Henrique [ZAG]: 6,5
Pablo [ZAG]: 6,5
Guilherme Arana [LAE]: 6,5
Gabriel [VOL]: 7,0
Maycon [VOL]: 6,0
(Camacho [VOL]): 7,0
Jadson [MEI]: 6,0
(Clayson [ATA]: 6,0
Rodriguinho [MEI]: 7,0
(Fellipe Bastos [VOL]): 6,0
Romero [ATA]: 7,5
Jô [ATA]: 8,0






Estatísticas do Corinthians em 2×0 sobre s7os

POR ANDRÉ SCHMIDT 3 DE JUNHO DE 2017 ÀS 21:05




Jô deixou sua marca mais uma vez em um clássico (Foto: Luis Moura/WPP)

NÚMEROS GERAIS Do CORINTHIANS em 2X0 sobre stos:
– Dados Footstats

Posse de bola do Corinthians: 50%

Finalizações certas do Corinthians: 4

Finalizações erradas do Corinthians: 12

Cruzamentos certos do Corinthians: 8

Cruzamentos errados do Corinthians: 26

Passes certos do Corinthians: 394

Passes errados do Corinthians: 30

Desarmes certos do Corinthians: 18
Lançamentos certos do Corinthians: 9
Lançamentos errados do Corinthians: 19

Faltas cometidas pelo Corinthians: 11





Corinthians 2x0 stos

ATUAÇÕES: Trio do Timão é destaque em mais uma vitória em clássicos




Corinthiano Jo vibra com gol em vitoria do lider Marcello Zambrana/AGIF



Corinthiano Jo agradece mais um gol Miguel SCHINCARIOL

















Corinthians Jô com pés np chão mesmo pós golaço Luis Moura / WPP



Corinthiano artilheiro da Arena, Romero, vibra com gol Marcello Zambrana/AGIF



Corinthiano Jo Ale Cabral/AG



Corinthiano meia Rodriguinho em Corinthians 2x0 Jales Valquer / Fotoarena















Corinthiano Maycon Marco Galvão / Fotoarena



Corinthiano Jadson Luis Moura / WPP



Corinthiano Pedro Henrique Marcello Zambrana/AGIF






Corinthiano vibra ao afastar bola Marcello Zambrana/AGIF



Corinthians marca forte Jales Valquer / Fotoarena



Em noite corinthiana na Arena, Jô, Fagner e Rodriguinho foram os melhores na vitória sobre o Santos. Paraguaio Romero, autor de um gol, também é destaque.:




ATUAÇÕES CORINTHIANS
6,0

Cássio

Pouco trabalhou. No momento em que o Santos frequentou o campo corintiano, passou segurança à defesa.


7,5

Fagner

Enquanto o time era pressionado pelo Santos, era um dos poucos que avançavam. Com o time bem, foi decisivo.

6,5

Pedro Henrique

Sofreu um pouco para acertar seu posicionamento, mas logo se ajustou e bloqueou bem as investidas santistas.


6,5

Pablo

Soube comandar a tranquilidade quando o Santos subia. Mostrou o nível satisfatório de sempre.


6,0

Guilherme Arana

Não apareceu tanto na frente como costuma, mas soube guardar posição para conter o Santos.


7,0

Gabriel

É o principal motivo de o Santos não ter aproveitado seu bom momento. Foi um bom obstáculo e subiu bem.


6,0

Maycon

Começou o jogo sem conseguir ajudar na transição como deveria, mas evoluiu junto com a equipe no jogo.


7,0

Jadson

Procurou o jogo o tempo todo para fazer o time andar e participou do segundo gol da equipe.


7,5

Rodriguinho

O time só anda com ele. Quando escapou da marcação, fez o time domInar o Santos e deu assistência para Jô.


6,5

Romero

Brigador, como sempre. Teve ainda a chance de se redimir, abrindo o placar após "atrapalhar" em gol anulado.


7,5



O rei dos clássicos cresceu quando o time subiu e fez mais do que "só" balançar as redes: deu assistência para Romero.


6,0

Camacho

Manteve o ritmo acelerado do time, ocupando o campo do Santos e definindo a vitória.

6,0

Clayson

Entrou para não deixar o Santos sair com a bola e complicar. Cumpriu bem a missão.




6,0

Fellipe Bastos

Volante preencheu o meio-campo para o Corinthians não correr riscos.


6,5

Fábio Carille

Contou com a movimentação de seus jogadores para recuperar campo ainda no primeiro tempo e impôs novo ritmo após o intervalo.
















Depois de novo gol em clássico, Jô se impõe pés no chão e elogia também a defesa



Romero contou com assistência de Jô para marcarMarcello Zambrana/AGIF

Centroavante fez mais um em vitória do Timão em clássicos.Luis Moura / WPP

foi o sexto gol em seis clássicos. Corinthians tem 4 vitorias e 2 empates no ano em jogos contra rivais Miguel SCHINCARIOL

Centroavante comemorou com uma bola na barrigaMarcello Zambrana/AGIF


Jô foi escolhido para ser o capitão do timeAle Cabral/AGIF

Carille celebra a fase "maravilhosa" do atacante(Foto: Jales Valquer)


Gabriel Carneiro - 03/06/2017 - 22:42

Jô atuou em seu sexto clássico na temporada, e marcou o seu sexto gol. Neste sábado, além de balançar as redes esticando a perna de costas para o gol para concluir a vitória do Timão por 2 a 0 sobre stos, em casa, o atacante capitão ajeitou para Romero abrir o placar. Mas o artilheiro só prega humildade.

- Estou muito feliz por fazer gol em clássicos. Agradeço muito a Deus. Mas sempre vem à cabeça estar tranquilo, com os pés no chão. Nunca está excelente para mim, tenho sempre de melhorar. Sempre com humildade - declarou, enaltecendo até o trabalho da defesa, que completou três jogos sem levar gol.

- Meus companheiros fizeram uma grande partida. Em um clássico, fizemos um jogo seguro, batalhamos, corremos e fizemos os gols no momento necessário. E foi mais um jogo sem tomar gol. O Corinthians está crescendo, com os pés no chão. Estamos trabalhando e somos eficientes tecnicamente. A equipe está de parabéns.

O discurso contido do atacante, que coleciona bolas colocadas nas redes também em vitórias do Timão no Derby e em majestosos em 2017, não diminui a alegria nem de Fábio Carille. O técnico comemorou o momento de Jô.

- É uma fase maravilhosa. É claro que é importante para mim e para o torcedor o seu 'camisa 9' estar fazendo gols. Mas eu devo falar que o Jô é um cara que trabalha muito e merece.




Pablo valoriza atuação de Pedro Henrique na vitória do Corinthians sobre stos

Camisa 4, que ajudou o Timão a chegar ao terceiro jogo consecutivo sem sofrer gols, também falou sobre o bom momento do Corinthians

21h30 03/06/2017 - Agência Corinthians



Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A dupla de zaga que garantiu o terceiro jogo consecutivo sem sofrer gols do Timão neste sábado (03), no Clássico Alvinegro – que o Corinthians venceu o jogo sobre stos por 2 a 0 – foi formada por Pablo e o jovem Pedro Henrique, que substituiu Balbuena, em recuperação de lesão na coxa direita.

Pablo exaltou a boa atuação do companheiro de zaga. "É a força do elenco. A atuação dele comprova e mostra a força do grupo. O Pedro entrou e deu conta do recado. É gratificante para o Corinthians”, comentou o camisa 3 após a vitória.

Ele também comentou sobre o atual momento do Corinthians: “Vale manter a mesma pegada. Sabemos que é o início, sabemos que estamos no caminho certo. Será importante no decorrer do campeonato”.

Neste domingo (04), Pablo e seus companheiros estarão de folga. Na segunda-feira (05), a equipe se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava para iniciar a preparação para o duelo diante do V asco, que acontece na quarta-feira (07), às 21h45, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).






Corinthiano Cássio: “Mudam as peças e continua nossa consistência”

Há três jogos sem sofrer gol, goleiro do Timão ressaltou o trabalho do elenco, que está há 17 partidas invicto

21h30 03/06/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Neste sábado (03), o Corinthians bateu stos por 2 a 0, na Arena Corinthians, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Romero e Jô marcaram os gols do Alvinegro. Com o resultado, o Timão manteve a invencibilidade de 17 partidas nesta temporada.

"Mudam as peças e continua nossa consistência. Culpa do trabalho. Vamos continuar essa média para conseguir vitórias e continuar entre os primeiros", afirmou o camisa 12 corinthiano.

Há três jogos sem sofrer gol, o goleiro alvinegro ressaltou o trabalho realizado por todo o elenco ao longo da temporada e a importância de Fábio Carille no comando da equipe corinthiana: "O grupo tem jogadores bem preocupados. Mesmo com o título paulista, procuramos não nos acomodar, mantendo o alto nível e dando o nosso melhor”.
Cássio falou ainda sobre o técnico do Timão. “O Fábio [Carille] é o grande mentor do que está acontecendo. Trabalha, isso não é por acaso, não caiu de paraquedas. Ele vem fazendo, com seus auxiliares, um grande trabalho", comentou.

Com o resultado positivo, o Corinthians assumiu, provisoriamente, a liderança do Campeonato Brasileiro. O Timão volta a campo nesta quarta-feira (07), contra o V asco, às 21h45, no São Januário, no Rio de Janeiro, pela quinta rodada do Brasileirão.











Autor do segundo gol de vitória do lider Timão, Jô afirma: "Batalhamos, corremos e fizemos os gols no momento necessário"

Camisa 7 marcou seu nono gol na temporada – o sexto em clássicos – neste sábado (03), em Corinthians 2x0 stos., na Arena Corinthians

21h30 03/06/2017 - Agência Corinthians







Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Neste sábado (03), o Corinthians venceu s7os por 2 a 0 na Arena Corinthians, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Romero e Jô marcaram os gols do Alvinegro. Foi a 70ª vitória do Timão na Arena Corinthians.

"Meus companheiros fizeram uma grande partida. Fizemos um jogo seguro, batalhamos, corremos e fizemos os gols no momento necessário", afirmou Jô após o fim da partida.

Com este gol, Jô soma nove gols na temporada e é artilheiro da equipe. Nos clássicos, foram seis partidas e seis gols. Capitão da equipe na noite deste sábado (03), o camisa 7 comentou sua excelente fase na equipe: "Agradeço muito a Deus. Sempre vem à cabeça estar tranquilo, com os pés no chão. Nunca está excelente para mim, tenho sempre de melhorar", finalizou
O Corinthians chegou aos dez pontos e assume a liderança do Brasileirão 2017. O Timão volta à campo pelo Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (07), contra o V asco, às 21h45, no São Januário.









Gabriel exalta segundo tempo do Timão com vitória no Clássico Alvinegro

Volante valorizou a entrega da equipe mesmo após dois gols anulados pela arbitragem
22h00 03/06/2017 - Agência Corinthians




Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Na noite deste sábado (03), o Corinthians venceu mais um clássico em 2017. Na Arena Corinthians, o Timão bateu s7os por 2 a 0 – gols de Romero e Jô – e assumiu, provisoriamente, a liderança do Campeonato Brasileiro 2017.
“Fizemos um bom primeiro tempo, mas o segundo tempo foi o diferencial”, destacou o volante Gabriel. “O importante é que, mesmo com os gols anulados, pressionamos e merecemos a vitória”, complementou.
O volante e seus companheiros terão folga neste domingo (04) e voltam aos treinos na segunda-feira (05), quando se inicia a preparação para o duelo válido pela quinta rodada do Brasileirão, nesta quarta-feira (07), em São Januário, contra v.asco









Fábio Carille valoriza Corinthians “pés no chão” após vitória no Clássico Alvinegro
Técnico do Timão falou em entrevista coletiva sobre o desempenho do elenco nas últimas partidas e já pensa na preparação para duelo do Timão contra do Vasco, na próxima quarta (07)


21h30 03/06/2017 - Agência Corinthians


Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Após a vitória do Corinthians sobre stos. por 2 a 0, na Arena Corinthians, neste sábado (03), o técnico do Corinthians, Fábio Carille concedeu entrevista coletiva à imprensa. Invicto há 17 partidas, Carille ressaltou o desempenho do elenco nos últimos jogos.

“Falar sobre os adversários é difícil, mas com o meu grupo é com pés no chão, trabalho e humildade. Jô pediu para falar após o jogo e pediu todo mundo com os pés no chão. É difícil falar o que pensam os outros, mas estamos passando a ideia de que será difícil jogar contra o Corinthians”, afirmou o treinador.

Esta foi a terceira vitória corinthiana consecutiva – todas sem sofrer gols. Carille também comentou o desempenho ofensivo da equipe Alvinegra em relação ao placar da partida.



“Eu não estava preocupado com vitórias por 1 a 0. Eu fico preocupado quando a equipe não cria. Eu quero uma equipe que finalize mais e chegue muito mais no gol do adversário”, esclareceu.
Sem Romero, Fagner e Rodriguinho para a próxima partida – diante do V asco, nesta quarta (07), 21h45, em São Januário, no Rio de Janeiro –, convocados para suas respectivas seleções, o técnico do Timão falou sobre a preparação da equipe e os planos para a próxima rodada. “O time vai perder em entrosamento, mas já estou planejando a equipe para esta sequência. A gente fez uma primeira parte do ano com jogos seguidos, um em cima do outro. Gostei de o jogo ter sido hoje (sábado). Temos três dias para pegar o V asco, depois três dias para pegar 5P”, concluiu o comandante alvinegro.












Corinthians 'amassa' s7os no 2º tempo e dorme líder do Brasileiro Artilheiro da Arena, Romero e  'Rei dos clássicos', Jô, marcam
Após primeiro tempo de poucas oportunidades, Timão faz grande etapa final e bate o rival por 2x0, em sua casa, Arena Corinthians, chegando a 10 pontos e liderando o campeonatoJô voltou a deixar a sua marca em clássicos e fez o segundo da vitória do lider Corinthians(Foto: Agência Corinthians)
3/06/2017
O Corinthians tentou, tentou e conseguiu. Após marcar duas vezes, uma com Rodriguinho, impedido, e bem anulado, e outra com Romero, em lance duvidoso, o Timão de tanto insistir acabou premiado e bateu stos por 2 a 0, neste sábado (3 de junho), na Arena Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.

Após um primeiro tempo morno, com grande disputa tática e poucas oportunidades claras de gols, o Corinthians voltou com atitude para a etapa final. Avassalador, os donos da casa "engoliram" o rival. E, aos 23 minutos, o paraguaio Romero aproveitou cruzamento de Fagner, e o desvio de Jô, para abrir o placar: Timão 1 a 0.

Mas a pressão não parou por aí. O time de Fábio Carille seguiu com o domínio da partida e, aos 29, chegou ao segundo com um verdadeiro golaço dele, o "rei dos clássicos", Jô. Jadson mandou na área, Rodriguinho ajeitou e o atacante deu belo giro no ar para matar Vanderlei. O time rival ainda teve Bruno Henrique expulso, aos 37, por deixar o cotovelo em Romero.

Com o resultado, o Corinthians chega a 10 pontos no Campeonato Brasileiro e fecha o sábado líder. .





Com gols de Romero e Jô, Corinthians bate stos e assume ponta do Brasileiro

Camisa 7 do Timão é o nome do jogo que fez a equipe chegar à sua terceira vitória em quatro rodadas do Brasileirão.

Por GloboEsporte.com

03/06/2017 20h57

O Corinthians demonstrou mais uma vez a sua força em clássicos e ratificou o seu belo início de Brasileirão com uma vitória por 2 a 0 sobre stos, na noite deste sábado, na Arena Corinthians. Jô mais uma vez brilhou contra um grande rival, ao marcar um gol e dar assistência para Romero abrir o placar.

A terceira vitória em quatro rodadas fez o Timão assumir a ponta do Brasileiro de forma isolada, com dez pontos.


Corinthians 2 x 0 stos pelo Campeonato Brasileiro


Pela quinta rodada do Brasileirão, o Timão vai encarar o Vasco, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Rio.
Primeiro tempo
O Corinthians iniciou o jogo buscando contraataques com sólida marcação defensiva.

Sem conseguir chegar pelo meio, o Timão abusou das bolas aéreas.. Cássio teve trabalho. A primeira chance clara de gol foi do Corinthians. Aos 39, Fagner fez uma bonita inversão de bola e achou Rodriguinho, que chutou forte e obrigou o goleiro a fazer grande defesa. Esse lance acabou sendo o mais perigoso da primeira etapa.



Jô parte para cima, fez um dos gols da vitória do Timão no clássico (Foto: Marcos Ribolli)


Segundo tempo

O Corinthians voltou com tudo do intervalo e teve dois gols anulados. Rodrigunho balançou as redes, aos 12, mas estava impedido. E, Pedro Henrique fez de cabeça, aos 16, mas Romero (não encostou na bola) estava impedido ( o auxiliar interpretou q ele atrapalhou a visão do goleiro que levou gol embaixo das pernas). Para alegria da Fiel, o paraguaio se redimiu em grande estilo. Aos 24, Fagner lançou na área, Jô desviou de cabeça e o atacante paraguaio fez o 1 a 0.

Balançar a rede empolgou o Timão, que chegou ao segundo gol cinco minutos depois, com Jô dando um giro no ar para fazer 2 a 0. O Corinthins deixou o stos atordoado e perdido em campo. Assim o rival ainda teve um jogador expulso aos 37, quando o atacante Bruno Henrique fez falta feia (uma cotovelada no rosto) em Romero no meio-campo. Até o final do jogo, o Corinthians tocou a bola e levantou a sua torcida. Quando o juiz Anderson Daronco apitou, os corinthianos comemoraram muito












Corinthians vence e é lider
Com um golaço, Jô confirmou a fama de carrasco dos rivais do Corinthians (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Corinthians continua com rendimento quase irrepreensível nos clássicos disputados em 2017. Na noite deste sábado, fez um grande segundo tempo para vencer o stos por 2 a 0 na Arena. Os gols de Romero e Jô – Rodriguinho e Pedro Henrique também colocaram a bola na rede, mas a arbitragem assinalou impedimento – asseguraram a liderança isolada do Campeonato Brasileiro à equipe campeã paulista, com 10 pontos ganhos

Corinthians volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na quarta-feira à noite e visitará o V.asco em São Januário
O jogo – Enquanto a torcida do Corinthians gritava que “lugar de peixe é dentro do aquário”, o rival começava a se mostrar à vontade fora dos seus domínios. Assustou o rival logo aos seis minutos, quando Pablo furou feio em um cruzamento vindo da direita. A bola ficou nos pés de Bruno Henrique, que chutou em cima de Pedro Henrique.
Com pouco mais de 30% de posse de bola até então, o Corinthians adotou a tranquilidade para reverter o panorama da partida. Trocou muitos passes, à procura dos melhores espaços para incomodar o Stos. Foi assim que, aos 16 minutos, Jô apareceu livre do lado esquerdo da área e rolou para trás. A zaga cortou antes que Rodriguinho pudesse concluir a jogada.
Seria pela direita, contudo, que o Corinthians criaria as suas melhores oportunidades de gol, conforme Fábio Carille não demorou a perceber. Por ali, a marcação do lateral esquerdo improvisado Copete era bastante deficiente – o atacante colombiano foi iludido mais de uma vez por dribles de corpo de Fagner e ainda contava com pouco apoio defensivo de Bruno Henrique.



Mas só as triangulações entre Jadson e Fagner do lado direito foram insuficientes para o Corinthians fazer o goleiro Vanderlei trabalhar. Apesar de ter melhorado consideravelmente, o Corinthians passou a abusar do jogo aéreo para encurtar o caminho para o gol, e a área santista, ao contrário do setor onde estava Copete, permanecia muito povoada.
Nesse novo cenário, o Santos se apegou aos contra-ataques para surpreender o rival. Bruno Henrique se provou uma boa opção para avançar em velocidade pela esquerda, mas o apagado Vladimir Hernández estava longe de acompanhar o ritmo pelo meio. Pela direita, Vitor Bueno quase abriu o placar aos 28, quando correu entre os zagueiros corintianos e esbarrou em uma saída de gol providencial de Cássio.
Antes do intervalo, houve mais uma chance para cada lado. Primeiro, aos 40, Fagner inverteu o jogo para a esquerda, e Victor Ferraz deixou a bola passar. Rodriguinho dominou e soltou o pé – foi o primeiro chute do Corinthians na direção do gol –, parando em defesa de Vanderlei. Três minutos mais tarde, o lateral direito santista tentou se redimir com uma conclusão de primeira. A bola passou perto da meta.
Sem fazer alterações no intervalo, Carille se viu obrigado a mexer no Corinthians com menos de cinco minutos da etapa complementar. Maycon reclamou de dores e cedeu lugar a Camacho, que foi a campo com a missão de dar mais qualidade à saída de bola dos donos da casa. Dorival Júnior, em pé na sua área técnica desde o início do clássico, preferiu aguardar para responder.Era melhor agir logo. Com outro ímpeto, o Corinthians se lançou ao ataque e acuou o rival. Teve dois gols anulados em menos de cinco minutos. Aos 11, Rodriguinho completou para dentro em posição irregular. Aos 15, Pedro Henrique cabeceou para a rede, mas o assistente errou ao considerar que Romero, em posição de impedimento, atrapalhou a ação de Vanderlei – para revolta de quem já comemorava nas arquibancadas.
Preocupado, Dorival trocou o apático Hernández por Rafael Longuine. Não adiantou. Ainda em cima do Santos, o Corinthians finalmente fez o assistente correr para o centro do campo, aos 24 minutos. Jô desviou a bola de cabeça depois de levantamento de Fagner, e Romero se esticou para finalizar cruzado, premiando a boa apresentação do seu time no segundo tempo.

Cabia mais. Depois de o artilheiro de Itaquera aumentar a sua marca para 19 gols no estádio, o algoz de todos os rivais do Corinthians empolgou-se para confirmar a fama de carrasco – em grande estilo. Aos 29 minutos, Jô girou muito bonito dentro da área do Santos, no ar, para aproveitar a bola ajeitada por Rodriguinho e superar Vanderlei.
O clássico estava definido. Ainda assim, Carille entrou em ação novamente, substituindo Jadson por Clayson. No rival, Ricardo Oliveira e David Braz haviam deixado o gramado da Zona Leste paulistana para as entradas de Rodrigão e Yuri. Com eles, as esperanças de Dorival se foram de vez após uma cotovelada de Bruno Henrique, punido com a expulsão, em Romero.
Nos minutos finais, já com Fellipe Bastos no posto de Rodriguinho, o Corinthians tocou a bola tranquilo, ao som de “olé”. Entre os torcedores organizados, houve também quem festejasse a vitória do lider Timão com sinalizadores, gesto repreendido com violência pela Polícia Militar.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 s7os
Local: Arena Corinthians
Data: 3 de junho de 2017, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
Público: 40.169 pagantes (total de 40.436)
Renda: R$ 2.110.601,50
Cartão amarelo: Vitor Bueno (s )
Cartão vermelho: Bruno Henrique (s )
Gols: CORINTHIANS: Romero, aos 24, e Jô, aos 29 minutos do primeiro tempo
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon (Camacho), Jadson (Clayson), Rodriguinho (Fellipe Bastos) e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille
s7os: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz (Yuri) e Copete; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández (Rafael Longuine); Vitor Bueno, Ricardo Oliveira (Rodrigão) e Bruno Henrique
Técnico: Dorival Júnior





Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press


Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press



Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press






















Corinthians bate stos pelo Brasileirão 2017

Com gols de Romero, artilheiro da Arena Corinthians, e Jô, o God of Clássicos em 2017, Timão vence o Clássico Alvinegro e dorme na liderança da competição nacional

21h30 03/06/2017 - Agência Corinthians





Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

É Festa Jônina na Arena Corinthians! Na noite deste sábado (03), o Timão pulou fogueira, comeu milho e bolo de fubá, e venceu stos. por 2 a 0, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Com o triunfo, o Alvinegro assumiu a liderança da competição nacional com 10 pontos e ficará nesta posição, pelo menos até domingo (04).

Timão escalado: O técnico Fábio Carille mandou o Corinthians a campo com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo, Guilherme Arana; Gabriel, Maycon; Jadson, Rodriguinho, Romero; e Jô. A ausência foi o zagueiro Balbuena, que se recupera de uma lesão muscular na coxa direita.

Início de jogo: O Clássico Alvinegro começou com stos atacando e o Timão bem postado na defesa. A primeira grande chance do Corinthians foi aos 21 minutos, com Maycon, que arriscou bom chute de fora da área – a bola saiu por cima.

Lado direito perigoso: Fagner e Jadson criavam boas oportunidades pelo lado direito do campo de ataque. Aos 37 minutos, o camisa 23 deu dois bons dribles e chutou na defesa santista. Três minutos depois, Fagner inverteu a bola para Rodriguinho, que bateu forte para a defesa de Vanderlei. Esta foi a melhor chance do Corinthians na primeira etapa.

Segundo tempo agitado: Logo aos dois minutos, Maycon sentiu e Carille colocou Camacho em seu lugar. A primeira chance de perigo do Timão na etapa complementar foi com Rodriguinho, aos três minutos, em chute cruzado, mas sem ângulo. Aos 11 minutos, ele balançou as redes do Santos, mas em posição irregular.

Mais um gol impedido: Aos 16 minutos, Pedro Henrique, de cabeça, fez o gol, mas a arbitragem viu suposto toque de Romero, que estava impedido, na bola.
Finalmente, gol!: O Timão era melhor em campo e, aos 24 minutos, foi premiado. Fagner cruzou, Jô ajeitou de cabeça e Romero empurrou para o fundo do gol para abrir o placar na Arena Corinthians. Foi o 19º gol dele na Casa do Povo, consolidando-o como o maior artilheiro do estádio corinthiano.

Festa Jônina: Cinco minutos depois do gol de Romero, Jadson mandou a bola para a área, Rodriguinho ajeitou e, com um chute incrível fez o segundo gol do Timão no Clássico Alvinegro. Foi o sexto gol do God of Clássicos em 2017.

Fim de jogo: O Corinthians controlou os últimos minutos do jogo e não deu chances para stos assustar. Cássio praticamente não precisou trabalhar na etapa complementar e garantiu a vitória do Timão por 2 a 0.

Próximo desafio: Na quarta-feira (07), às 21h45, em S Januário, no Rio de Janeiro, o Corinthians visita o V asco  em partida válida pela quinta rodada do Brasileirão 2017.











Corinthians vence stos e lidera Brasileiro 2017

Rei dos clássicos, Jô, deixa sua marca pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, Romero fez outro, e Timão vence por 2 a 0 Corinthians élíder


Luis Moura / WPP

Corinthians 2x0 s7os
Miguel SCHINCARIOL

Corinthians lider
Marcello Zambrana/AGIF


Corinthians vence Jo vibra com gol
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthiano Romero vibra com gol
Ale Cabral/AGIF

Corinthians lider
Jales Valquer / Fotoarena

Corinthiano Pedro Henrique
Jales Valquer / Fotoarena

Corinthiano Rodriguinho
Marco Galvão / Fotoarena

Corinthiano Maycon
Luis Moura / WPP

Corinthiano Jadson
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthiano Pedro Henrique
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthianos vibram
Jales Valquer / Fotoarena


Gabriel Carneiro
03/06/2017
20:58
O Corinthians venceu stos por 2x0 na Arena Corinthians e lidera o Brasileiro com 10 pontos. Romero fez o primeiro gol e com a 7 do Corinthians às costas, Jô fez o segundo gol da vitória por 2 a 0 do Timão para cima do stos, em segundo tempo de ampla superioridade na Arena Corinthians, . Invicto em clássicos na temporada, o Timão alcança a liderança do Campeonato Brasileiro
O clássico começou bem, com os dois times procurando o ataque. E foi de um erro de Pablo, um dos poucos em campo que já atuou na Europa, que nasceu a primeira chance: após o camisa 3 furar na tentativa de corte de um cruzamento, a bola sobrou para Bruno Henrique. Quase distraído, ele viu seu o jovem Pedro Henrique tirar a bola. No lance seguinte, foi a vez de David Braz barrar o contra-ataque puxado por uma tabela de Gabriel e Romero. Não era hora de gol.

De modo geral, o primeiro tempo foi equilibrado. O adversário começou com maior controle de bola, mas o Corinthians logo equilibrou e tentou buscar o ataque. Cada time teve uma chance valiosa nos minutos seguintes: chute de Rodriguinho após passe de Fagner que foi lindamente interceptado pelo goleiro Vanderlei, uma espécie de Navas brasileiro, e depois um voleio de Victor Ferraz após cruzamento de Copete que passou por cima da meta de Cássio.
Apesar de ameaçar pouco, o Corinthians passa em todo jogo uma impressão que se confirma, uma espécie de conceito europeu: não ameaça tanto, mas é objetivo e pode resolver a qualquer momento. Foram duas situações assim no segundo tempo, em dois gols anulados logo no início: aos 11, Rodriguinho marcou em posição irregular, e aos 16 a arbitragem viu Romero impedido atrapalhando o goleiro Vanderlei durante cabeceio de Pedro Henrique. Especialmente no segundo lance, muita polêmica em relação à marcação discutível.

O Corinthians precisou fazer três para valer um. Aos 24 minutos, Fagner mandou na área, Jô desviou e Romero completou com maestria. Agora valeu! Somente cinco minutos depois, a superioridade se confirmou pelos pés de Jô: Jadson mandou na área, Rodriguinho ajeitou e Jô dominou, girou no ar e bateu colocado. Um golaço do camisa 7 corinthiano, que marcou em todos os clássicos da temporada.

Os minutos finais foram de expulsão de Bruno Henrique, paralisação por uso de sinalizadores, mudanças lado a lado e nada de gols. .











TIMÃO NA PONTA!
03/06/2017 às 21:10 | Assessoria CBF

Corinthians vence e assume a liderança
A noite desde sábado (3) reservou muita emoção pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O Corinthians levou a melhor no Clássico Alvinegro contra s7os e chegou ao topo da competição. No Rio, o Fluminense-RJ bateu o Vitória-BA e subiu para o terceiro lugar.

Na Arena Corinthians, Corinthians venceu stos Ambos fizeram um primeiro tempo equilibrado. Na etapa final, o Timão voltou melhor e construiu uma vitória tranquila. Aos 24 minutos, Fagner levantou a bola na área, Jô desviou de cabeça e Romero abriu o placar. Cinco minutos mais tarde, Jadson mandou na área, Rodriguinho ajeitou e Jô deu um belo drible no ar para ampliar e garantir o triunfo por 2 a 0 . O Timão chegou a dez pontos e assumiu a liderança do Brasileirão. 












Corinthians tem Basílio como primeiro ídolo a guiar tour da Arena

Pé de anjo acompanhou torcedores em visita ao estádio do Timão na manhã deste sábado. Taça do Campeonato Paulista de 1977 foi exibida na Arena Corinthians

Por Globoesporte.com,
03/06/2017 17h11
Aconteceu na manhã deste sábado o primeiro tour pela Arena Corinthians guiado por um ídolo do clube. Basílio foi o anfitrião de dezenas de torcedores, que conheceram os bastidores da casa alvinegra em Itaquera e ouviram histórias do estádio, do Timão e também do Pé de Anjo, autor do gol do título paulista de 1977.

O Corinthians pretende realizar mais ações do tipo, com outros ex-jogadores. A visita percorre diversos locais da Arena, como camarotes, sala de imprensa, vestiários e o campo.




Basílio posou para foto ao lado de torcedores do Timão (Foto: Divulgação)

A taça de 1977 esteve presente neste sábado. Ao reencontrá-la, Basílio contou:

– Essa aqui precisou de vários seguranças pra carregar, e o Wladmir ainda tentou fazer um volta olímpica mas não dava né.
O tour funciona de quarta a domingo, com ingressos a R$ 40 durante a semana e R$ 60 aos finais de semana, com desconto de 20% para membros do Programa Fiel Torcedor. Estudantes, idosos e crianças de 3 a 12 anos tem direito à meia-entrada, e menores de três anos não pagam. A compra pode ser realizada pelo site do programa  http://www.fieltorcedor.com.br/vendastour/compra ou nas bilheterias da Arena Corinthians.


Taça do Corinthians campeão do Paulistão de 1977 esteve no estádio neste sábado (Foto: Divulgação)













Em busca da liderança do Brasileirão 2017, Corinthians recebe stos na Arena Corinthians

Timão vai a campo para o Clássico Alvinegro podendo sonhar com o primeiro lugar da classificação ao fim da quarta rodada


10h00 03/06/2017 - Agência Corinthians




Jô fez o gol da vitória do Corinthians no clássico contra o Santos disputado pelo Paulistão Itaipava 2017

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na sequência do Campeonato Brasileiro 2017, o Corinthians tem o primeiro clássico paulista pela frente neste sábado (03), já com muita coisa em jogo. O Timão faz um confronto de alvinegros contra o Santos na Arena Corinthians, às 19h, em que uma vitória pode valer a liderança da competição. O Premiere transmite a partida válida pela quarta rodada ao vivo e com exclusividade.

Atual momento das equipes

Com sete pontos ganhos em três jogos (duas vitórias e um empate), o Corinthians está colado na liderança do Brasileirão. O primeiro colocado é a Chapecoense, com o mesmo número de pontos, mas na frente pelo saldo de gols. O Timão vem logo em seguida, na segunda posição.

O Alvinegro do Parque São Jorge volta a jogar em casa após ter atuado por duas rodadas seguidas fora de casa. Na mala, seis pontos, com as vitórias por 1 a 0 sobre o Vitória em Salvador-BA e Atlético-GO em Goiânia-GO.

Já o Santos é o 15º colocado, com três pontos em três partidas (uma vitória e duas derrotas). A equipe da Baixada Santista foi derrotada pelo Cruzeiro por 1 a 0 na Vila Belmiro na rodada passada.

Ambas as equipes não tiveram jogos durante o meio de semana e se prepararam exclusivamente para o clássico alvinegro.

Os titulares do clássico

Balbuena ainda se recupera de uma lesão na coxa direita. Por isso, Pedro Henrique deve continuar formando a dupla de zaga com Pablo. De resto, Fabio Carille provavelmente manterá a base titular dos últimos jogos no clássico contra o Santos, com Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

O técnico do Timão relacionou 23 jogadores para o confronto. Para o gol, as opções serão Cássio e Walter. Nas laterais, Fagner, Guilherme Arana e Moisés. A zaga terá Léo Santos, Pablo e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Maycon e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Jadson, Marquinhos Gabriel, Pedrinho e Rodriguinho. Clayson, Clayton, Jô, Kazim, Léo Jabá e Romero são os atacantes que completam a lista.

Palavra do comandante

Por estar em uma boa posição e jogar em casa, o Corinthians pode ser apontado pela opinião pública como favorito ao clássico. O que não muda em nada a conduta de Carille e a preparação corinthiana para o jogo.

"Minha linha de trabalho é a mesma. Não trago isso. Mesmo quando não éramos favoritos, não trouxe isso para o grupo. Agora falam que somos, mas também não trago. Não vou mudar minha forma de pensar, independentemente do que falam por aí", afirmou o técnico do Corinthians.

Histórico em 2017

Corinthians e Santos já se enfrentaram nesta temporada. Foi pela fase de classificação do Paulistão Itaipava 2017. O palco foi o mesmo, a Arena Corinthians. Deu Timão, 1 a 0, com gol do artilheiros dos clássicos, Jô.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.
Veja as informações de Corinthians x s7os, pela quarta rodada do Brasileirão:


Data e horário: sábado, às 19h (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, São Paulo
Corinthians provável: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques: Balbuena (lesão na coxa direita), Léo Príncipe (estiramento na coxa esquerda) e Vilson (lesão no joelho esquerdo)
Pendurados: ninguém
s7os provável: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, LVeríssimo e Copete; Renato, T Maia e Hernández, Vitor Bueno, B Henrique e R Oliveira
















Corinthians defende retrospecto positivo em Clássico Alvinegro

Timão leva vantagem no histórico geral, no Brasileirão, na Arena Corinthians e até quando a partida é disputada em um sábado


10h05 03/06/2017 - Agência Corinthians




Na Arena Corinthians, o Timão leva vantagem sobre o Santos: quatro vitórias em seis jogos

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste sábado (03), será disputado mais um Clássico Alvinegro entre Corinthians e Santos. O novo encontro entre os rivais está marcado para acontecer na Arena Corinthians, a partir das 19h, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2017. Em campo, o Timão defenderá um histórico positivo.

Em 325 jogos deste clássico com mais de 100 anos de história, o Alvinegro do Parque São Jorge venceu 129, empatou 92, perdeu 104, fez 578 gols e sofreu 500.

Quando o Clássico Alvinegro é disputado pelo Brasileirão, o Corinthians também tem vantagem, mesmo que ligeira. Em 56 duelos, são 20 vitórias, 17 empates e 19 derrotas.

O confronto entre Corinthians e Santos já tem uma história para contar na Arena Corinthians. O Clássico Alvinegro foi disputado seis vezes no estádio corinthiano, em que o Timão venceu quatro, empatou um e perdeu um.

Para completar, o clube do Parque São Jorge também tem vantagem quando o Clássico Alvinegro é disputado em um sábado. Isso aconteceu 21 vezes, com sete vitórias do Timão, nove empates e cinco derrotas.

Inclusive, o último jogo entre Corinthians e Santos foi disputado em um sábado. Foi neste ano, pelo Paulistão Itaipava 2017, na Arena Corinthians. O Timão triunfou por 1 a 0, com gol do artilheiro dos clássicos, Jô.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.Corinthians pode ter proposta oficial por lateral esquerdo Guilherme Arana
O Timão detém 40% dos direitos econômicos de Arana e os demais pertencem ao estafe do atleta. A tendência é que o clube espanhol avance nas negociações nos próximos dias e faça uma investida alta pelo lateral-esquerdo do Corinthians. Com bom desempenho na Seleção Brasileira sub-20, Arana chama atenção dos clubes europeus desde o início da última temporada, quando passou a ganhar mais espaço no time de Parque São Jorge.

O nome do atleta foi vinculado a clubes como Inter de Milão e Manchester United, mas nada que não passasse de especulações. Agora, no caso do Sevilla, a situação parece ser um pouco mais oficial, uma vez que houve de fato uma consulta sobre a situação do atleta perante ao Corinthians. Arana é um dos destaques do time de Fabio Carile. Campeão paulista, o lateral é responsável por sete assistências a gol neste ano.