26 de mai de 2017

CORINTHIANS 26/05/2017



Corinthians ve clube bulgaro mudar de opinião sobre liberar Cicinho e nao ve Anderson Martins como nome de consenso para ser contratado
Em entrevista coletiva, Roberto de Andrade diz que clube da Bulgária não quer liberar lateral. Zagueiro continua em pauta, e clube promete ficar atento ao mercado

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga
26/05/2017 19h

O presidente do Corinthians mostrou pessimismo pela contratação do lateral-direito Cicinho. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Roberto de Andrade afirmou que o Ludogorets, da Bulgária, faz jogo duro para liberar o jogador.

– Cicinho não está nem um pouco próximo, está distante. O clube não quer liberá-lo, não estamos mais tão otimistas como estávamos – admitiu o mandatário

O panorama era bem mais favorável há alguns dias. Corinthians e os empresários de Cicinho estavam próximos de um acordo financeiro, restando apenas a liberação do Ludogorets.

Agora, porém, o  clube búlgaro, dificulta a negociação.

Pensando na possibilidade de não acertar com Cicinho, o Corinthians discute outros nomes para a posição, que hoje tem apenas Fagner – Léo Príncipe está lesionado. O Timão ainda discute a contratação de um meia e um zagueiro. Anderson Martins também está longe. Não há consenso sobre outro nome para o setor defensivo.

– Não achamos ainda a disponibilidade da característica do zagueiro que a comissão quer, queremos um de qualidade, que some – destacou Roberto de Andrade.

– Temos de estar sempre observando, correndo atrás, não tem nenhuma negociação andando para falar que pode chegar um ou dois. Mas estamos sempre observando diversos jogadores. Possivelmente, queremos sempre deixar o elenco com mais qualidade – completou.


O Corinthians volta a campo neste domingo, contra o Atlético-GO, às 16h (horário de Brasília), em Goiânia. O zagueiro Pablo é dúvida, por causa de dores na coxa.


Veja as informações do Timão:
Adversário: Atlético-GO
Local: Serra Dourada, em Goiânia
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável do Corinthians: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Pablo (Léo) e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques do Corinthians: Balbuena (lesão na coxa direita), Léo Príncipe (estiramento na coxa esquerda), Giovanni Augusto (lesão no tornozelo esquerdo) e Vilson (lesão no joelho esquerdo)
Arbitragem: Paulo Schleich Vollkopf (MS), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (ambos do MS)
Transmissão: TV Globo para estado paulista, SC, PR e Premiere 











Corinthians é apontado como principal aposta do Cartola FC para terceira rodada do Brasileirão 2017

Timão tem Jô e Guilherme Arana entre os cinco jogadores mais escalados no fantasy game neste fim de semana


19h40 26/05/2017 - Agência Corinthians




Arana está entre os mais escalados no Cartola FC

© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


O Corinthians enfrenta o Atlético-GO pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2017 neste domingo (28), às 16h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO. O Timão busca a segunda vitória na competição e tem sido apontado como a principal aposta do fantasy game Cartola FC. Na equipe dos mais escalados para essa rodada, o Alvinegro tem sete representantes.

Uma das esperanças de gols do Corinthians é Jô, que balançou as redes nos dois jogos do Timão disputados no Brasileirão. Por conta disso, o atacante é o segundo mais escalado no Cartola FC. Custando 10,63 cartoletas, o camisa 7 alvinegro está em 1.991.928 times até agora.

O pessoal também está confiando muito em Guilherme Arana, um dos jogadores mais baratos do game. Valendo 4,87 cartoletas, o lateral esquerdo foi escalado por 896.778 equipes no momento, o quinto mais escolhido entre todos os atletas disponíveis.

Além de Jô e Arana, mais três jogadores do Corinthians estão sendo bastante lembrados: Pedro Henrique (7,52 cartoletas), que deve substituir o lesionado Balbuena, em 774.466 times; Jadson (11,50 cartoletas) em 809.529; e Rodriguinho (14,30 cartoletas) em 812.861. Para completar, o técnico mais escolhido para a terceira rodada do Cartola FC é Fabio Carille, que custa 8,12 cartoletas e está em 809.914 equipes.

A confiança dos cartoleiros talvez se deva ao desempenho do Corinthians como visitante em 2017, o melhor entre as equipes da Série A do Brasileirão. Das 15 partidas que disputou fora de casa, o Timão venceu nove. E fica a dica: Rodriguinho é o artilheiro alvinegro em partidas longe da Arena Corinthians na temporada, com seis gols. Jô vem logo atrás, com quatro. A defesa também foi bem: sofreu apenas sete gols nesses duelos.

Atenção à duvida

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (26), o técnico Fabio Carille disse que vai esperar o treino de sábado (27) para avaliar as condições de Pablo. Por isso, tem a dúvida se escalará o camisa 3 ou mandarrá a campo uma zaga formada por jogadores da base: Pedro Henrique e Léo. O cartoleiro deve prestar atenção a esse detalhe antes do fechamento do mercado, às 14h também do sábado (27).










Carille aponta dúvida na defesa do Corinthians: espera por Pablo, mas confia em Pedro Henrique e Léo
Técnico do Corinthians se disse satisfeito com o elenco alvinegro e apontou que espera ver o time propondo mais o jogo nas partidas


19h00 26/05/2017 - Agência Corinthians





Após o treino do Corinthians no CT Dr. Joaquim Grava nesta sexta-feira (26), o técnico Fabio Carille e o presidente Roberto de Andrade concederam entrevista coletiva à imprensa. O treinador alvinegro falou sobre as dúvidas que têm no sistema defensivo para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro 2017, contra o Atlético-GO, que acontecerá neste domingo (28), às 16h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO. Sem Balbuena, que está de molho se recuperando de uma lesão na coxa direita, o ponto de interrogação está em Pablo, na fase final do tratamento de uma fibrose. Caso o camisa 3 não fique à disposição, Pedro Henrique e Léo vão para o jogo.

"Sempre deixei claro que estou satisfeito com o elenco. Pablo e Balbuena são os titulares da equipe e tivemos a experiência de Pedro e Léo, que foram bem. Se não tivermos esses jogadores titulares, será a dupla de domingo", disse Carille, que esperará o treino deste sábado (27) para analisar a condição de Pablo para a partida.

O técnico do Corinthians também falou sobre a semana cheia que teve para trabalhar, preocupado com a evolução do ataque alvinegro, para também propor o jogo. "Nas finais do Paulista, demos uma resposta boa no ataque. Temos muito a crescer nesse setor com entrosamento, conhecimento e trabalho no dia a dia. Expectativa é de passar a agredir mais o adversário, porque o setor defensivo está ajustado", declarou.

"É o que a gente precisa melhorar. Não trago como um problema, porque enchemos campo do adversário, abrindo linha de passe e com movimentações. Isso requer tempo. Temos só quatro ou cinco meses de trabalho, e nossa ideia é melhorar isso", concluiu Carille.

Futuro de Pablo

Na entrevista coletiva, Roberto de Andrade também falou sobre a situação do zagueiro Pablo, que inicialmente foi contratado por empréstimo do Bordeaux (FRA). "Estamos fazendo todos os esforços possíveis para manter o Pablo conosco. É nossa prioridade a contratação do Pablo, estamos trabalhando e espero que dê tudo certo”, afirmou o presidente do Corinthians.










Corinthians goleia Guarani pelo Paulistão Sub-20

Com gols de Lucas Amorim, Renan Areias e Carlinhos, Timão fez 4 a 1 fora de casa e assumiu a liderança do Grupo 3 na competição estadual

18h00 26/05/2017 - Agência Corinthians




Com o placar construído no segundo tempo, o Corinthians venceu o Guarani na tarde desta sexta-feira (26), fora de casa, no Estádio Rubro Negro, em Itatiba, interior paulista,por 4 a 1, em partida válida pela quarta rodada do Paulistão Sub-20. O Alvinegro assumiu, provisoriamente, a liderança do Grupo 3, com oito pontos – o restante da rodada será neste sábado (27).

Corinthians em campo: O técnico Dyego Coelho escalou o Timãozinho com Luan; Renan Brainer, Luiz Carlos, Franklin, Luisinho; Lucas Alisson, Renan Areias; David, Bilu, Andrews; e Carlinhos. A equipe, um pouco alternativa, foi opção para dar rodagem aos jogadores do elenco.

Primeiro tempo: Os 45 minutos iniciais foram de leve domínio alvinegro. O Corinthians criava muita dificuldade pela direita, com o apoio de Renan Brainer e David, que cruzavam a bola na área para Carlinhos e até arriscavam para o gol. A melhor chance do Timão foi em contra-ataque, quando, após excelente troca de passes, o gol quase saiu com Bilu. O placar, no entanto, permaneceu zerado.

Segundo tempo: Logo no primeiro minuto, Carlinhos dominou lançamento de Luan, serviu Lucas Amorim – que entrou no lugar de David –, que inaugurou o marcador no Estádio Rubro Negro. O Guarani partiu para o ataque e levou perigo, mas Luan estava seguro – fez excelente defesa ao sete minutos. Aos 17 minutos, Bilu sofreu pênalti e Renan Areias converteu. Em cobrança de falta, aos 24 minutos, o adversário descontou. O Timãozinho não deixou barato e, dois minutos depois, fez o terceiro. Mais uma vez, Carlinhos serviu Lucas Amorim, que fez seu segundo gol na tarde. Aos 32 minutos, Lucas Amorim tentou passe para Carlinhos e a bola bateu mão do zagueiro. Mais um pênalti para o Alvinegro, que Carlinhos bateu e deu números finais ao jogo.

Carlinhos camisa 10: Coelho deu a mística camisa 10 para Carlinhos na tarde desta sexta (26) e ele não decepcionou. Deu duas assistências e marcou o seu gol. "A camisa 10 do Corinthians é uma grande responsabilidade e eu gostei de ter esta responsabilidade. Consegui ajudar o Cibito (apelido de Lucas Amorim) a fazer os gols e nos ajudar hoje", disse o atleta, que ainda está descendo para ajudar o sub-20 enquanto recupera a forma física após operação no púbis.

Fala, Lucas Amorim: "Fazia tempo que eu não fazia gol e eu estava bravo", brincou. "Graças a Deus pude contribuir para que a equipe saísse com a vitória", complementou.












Pablo volta a sentir incômodo e vira dúvida no Corinthians para encarar o Atlético-GOPablo passará por um teste na manhã deste sábado (Foto Djalma Vassão/Gazeta Press)

O zagueiro Pablo voltou a sentir o incômodo decorrente da fibrose na coxa direita durante o treinamento desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, e tornou-se dúvida para a partida do Timão contra Atlético-GO, no domingo, às 16h (de Brasília), no Serra Dourada. De acordo com o técnico Fábio Carille, o fato de ser uma contusão que depende da cicatrização do músculo demanda muita paciência no tratamento.

“O Pablo vai passar por uma avaliação amanhã (sábado). Ele treinou ontem (quinta-feira), se sentiu bem, sem limitações, Hoje (sexta), porém, voltou a se queixar de dores ali. Fibrose é assim mesmo, tem que ter paciência para recuperar e esperar o dia a dia. No próximo treino a gente vê se ele viaja”, afirmou o treinador, demonstrando certo receio quanto à presença do camisa 3 diante dos rubro-negros.

Caso Pablo não possa participar da partida em Goiânia, o Timão terá uma dupla de zaga formada pelos jovens Pedro Henrique, de 21 anos, e Léo, 19, únicos defensores disponíveis no momento. Vilson, em recuperação de uma artroscopia no joelho esquerdo, e o paraguaio Fabián Balbuena, que sofreu um estiramento muscular na coxa direita contra o Vitória, só devem ficar à disposição daqui duas semanas.

“Pedro Henrique e Léo  jogaram contra o Figueirense e foram muito bem. Se não tivermos o Pablo e o Balbuena, essa será a dupla domingo e nós confiamos muito nos dois”, assegurou Carille, que deu entrevista ao lado do presidente Roberto de Andrade, no CT. O mandatário, por sinal, aproveitou o gancho para dizer que está em negociação para contratar os direitos econômicos do atleta, atualmente emprestado pelo Bordeaux-FRA.

“Temos um prazo ainda para exercer essa compra. É claro que o Pablo é um jogador que nos interessa, eu já falei diversas vezes que essa é a nossa prioridade. Estamos trabalhando, espero que dê tudo certo”, comunicou o dirigente, que tem o atleta garantido até o final deste ano, por empréstimo, e teria de investir R$ 10 milhões de acordo com o valor fixado à época da primeira negociação.






Búlgaros faltam com palavra, não liberam lateral direito Cicinho, que fica longe do Corinthians. Presidente nega interesse nos meias Régis e Nenê

Uma reunião realizada pelos empresários do lateral direito Cicinho e pelos dirigentes do Ludogorets-BUL afastou a possibilidade de o defensor ser emprestado ao Corinthians. De acordo com o presidente Roberto de Andrade, os búlgaros não querem mais liberar o jogador nas condições propostas pelo Alvinegro e o deixaram longe do Parque São Jorge.

“Nem um pouco próximo, está difícil. O clube dele não está querendo liberá-lo, não estamos tão esperançosos quanto estávamos quanto a ele”, explicou o dirigente na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, demonstrando um pessimismo que pouco permeou as conversas sobre Cicinho desde o surgimento do interesse, há aproximadamente 20 dias.

O jogador, campeão búlgaro pelo time, esperava a disputa da Copa da Bulgária, na quarta-feira, para que seus representantes pudessem conversar e pedir sua liberação. A decisão aconteceu na última quarta-feira, com derrota do Ludogorets, e a conversa, na quinta, acabou não rendendo os frutos esperados.

Com contrato válido até o meio do ano que vem com os europeus, Cicinho teria de estender seu vínculo lá, a princípio por mais uma temporada, para ser emprestado ao Timão até junho de 2018. Nem as tratativas pela renovação nem as pela negociação com o Corinthians, porém, deram resultado.

À espera de novidades pelo atleta, Roberto ainda deixou claro que não há interesse em nomes como os meias Régis, do Bahia, e Nenê, do Vasco, vinculados ao clube recentemente. “Não foram nem oferecidos e também não temos interesse nos atletas, não. São notícias que surgem e, da mesma forma que surgem, também desaparecem pouco depois”, disse Roberto, justificando ainda as dívidas contraídas recentemente.

“Tivemos algumas penhoras por alguns processos antigos que culminaram agora. Isso forçou a gente a dispor de valores que não estavam no orçamento. Tem muitos casos de protestos em que a grande parte está paga, outros são discussão de fornecedores. São valores pequenos”, relatou, apontando a crise política brasileira como fator fundamental nas dificuldades.

“Temos de nos adequar a esse momento que estamos vivendo no Brasil, que está durando demais. Quando as coisas estão tomando uma posição positiva, vêm notícias como essas. Todo mundo fica num compasso de espera e fica esperando. Só que, no Corinthians, você não consegue de imediato fazer redução de despesas mandando gente embora, não resolveria”, concluiu o presidente.
















Treino do Corinthians:
Nos cerca de 40 minutos em que trabalharam chutes a gol, os corinthianos viram também outros nomes demonstrarem bom aproveitamento, como o centroavante Jô e o paraguaio Romero, autores de belos gols. O camisa 11, porém, não gostou quando uma bola sua, que ia para o ângulo, foi defendida por Cássio, pouco antes de um intervalo. “Vocês viram o gigante? Que filho da p…”, comentou, em tom de brincadeira, o avante.

O atacante Clayson, que ainda está se ambientando ao grupo, foi outro que passou por situações engraçadas. A primeira, durante o treino de finalizações, se deu quando ele deu um passe muito forte para Mendoza. “Noss…(sic)”, reclamou o estrangeiro, arrancando risos dos companheiros enquanto fazia sinal de que nem tentaria pegar a redonda. Logo na sequência, Clayson errou um cruzamento para Gabriel, mas o volante foi mais compreensivo. “Valeu, valeu”, disse o meio-campista.

A parte de chutes a gol, que consistia em um circuito de passes curtos e finalizações de curta e média distância, precedeu o esperado “rachão”, com times divididos pelos goleiros Walter e Cássio. Na parte final, já sem a presença de Jô, Jadson e Pablo, que tiveram de realizar um trabalho de prevenção na academia, o placar ficou em 3 a 3, para tristeza dos atletas, que suplicaram por mais tempo para definir um vencedor. O auxiliar de Carille, Leandro, porém, perdeu a paciência após estender a duração por 7 minutos sem que os times fizessem gols.
A surpresa ficou por conta da participação do meia Giovanni Augusto, sem qualquer restrição de contato com os companheiros. O armador se recuperou de contusão, já deve trabalhar normalmente na próxima semana e é um provável reforço para a partida frente contra s7os, no dia 3 de junho, na Arena Corinthians.
As ausência ficaram por conta do goleiro Matheus Vidotto (conjuntivite), dos zagueiros Balbuena (estiramento na coxa direita) e Vilson (artroscopia no joelho esquerdo), do lateral direito Léo Príncipe (estiramento na coxa esquerda), do volante Mantuan (cirurgia no joelho esquerdo) e do meia Danilo (fase final de recuperação de uma fratura na perna direita).


Caio acompanha o pai desde a apresentação dele, em janeiro (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)





Kazim e seu filho roubam a cena em dia de “rachão” no CorinthiansO atacante Kazim e o seu filho Caio foram os destaques do treino do Corinthians na tarde desta sexta-feira, o penúltimo antes da partida contra o Atlético-GO, marcada para o domingo, no estádio Serra Dourada, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Quase perfeito no treino de finalizações realizado pelos atletas, o turco/inglês utilizou seu herdeiro para explicar a Clayton como fazer corretamente flexões. O jovem de 20 anos havia perdido uma disputa com o europeu para ver quem faria mais gols na atividade.



A cena se deu bem em frente ao local em que estavam os jornalistas, no menor campo do CT Joaquim Grava, e rendeu muitas risadas dos presentes. “Kazim falou que o menino tinha dois anos, mas tem uns oito essa criatura aí”, brincou Clayton, impressionado com a facilidade demonstrada por Caio na realização dos exercícios. “Está vendo? Isso sim é um push up“, apontou Kazim, usando a palavra em inglês para fazer referência à flexão.













Confira destaques em treino do Corinthians

Centroavante inglês Kazim marca mais gols do que Clayton e, rachão, cobra flexões do colega após aposta, mas não gosta da execução do exercício e coloca o filho de 6 anos para mostrar como se faz

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga
26/05/2017 18h06
Com escalação definida, Fábio Carille utilizou a atividade desta sexta para afinar a parte técnica dos jogadores, promovendo um treino específico para os jogadores da defesa e outro para os de meio e ataque. Além disso, o treinador separou alguns minutos da tarde para a disputa de um animado rachão. Kazim, sempre bem-humorado, arrancou risadas por uma aposta com Clayton. 


Quarteto defensivo titular, Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana trabalharam com Carille na primeira parte da atividade, ao lado de todos os outros defensores. Enquanto isso, os auxiliares comandaram um treino de passe em profundidade seguido de finalização. 


Kazim, em aposta com Clayton, marcou mais gols do que o companheiro e cobrou a "dívida": flexões de braço. A execução do colega, porém, não convenceu o gringo, que chamou o filho Caio, de 6 anos, para mostrar como se faz. A situação arrancou risos de todos os jogadores e da comissão. 



Kazim venceu aposta com Clayton no Corinthians e colocou o filho Caio para ensinar flexões (Foto: Marcelo Braga) 


Em seguida, o elenco foi dividido pela metade e disputou um rachão na parte final do treino. A brincadeira, porém, não teve vencedor: os dois times empataram em 3 a 3. 


Quarto colocado com quatro pontos ao lado de Chapecoense e Cruzeiro, o Timão vai a campo no domingo, diante do Atlético-GO, escalado com: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero: Jô. O time viaja para Goiânia no sábado, logo após a última atividade no CT. 


Veja as informações do Timão:


Adversário: Atlético-GO
Local: Serra Dourada, em Goiânia
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável do Corinthians: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques do Corinthians: Balbuena (lesão na coxa direita), Léo Príncipe (estiramento na coxa esquerda), Giovanni Augusto (lesão no tornozelo esquerdo) e Vilson (lesão no joelho esquerdo)
Arbitragem: Paulo Schleich Vollkopf, auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (todos do MS)
Transmissão: TV Globo para estado paulista, SC, PR (com Cleber Machado, Casagrande e Leonardo Gaciba) e Premiere (com Henrique Guidi e William Machado)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h











Com time pronto, Corinthians tem dia mais leve: treino específico e rachão


Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta sexta-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians


Gabriel Carneiro - 26/05/2017 - 17:46


Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. A escalação do Corinthians para a partida de domingo, contra o Atlético-GO, pela terceira rodada do Brasileirão, já está definida, confirmada e treinada. Por isso, o técnico Fábio Carille reservou a sexta-feira para trabalhos mais leves em relação ao que foi feito durante a semana e orientou um treino específico para defensores e atacantes e depois um divertido rachão no CT Joaquim Grava.

Na primeira parte do treino, os jogadores foram divididos em dois campos. Com Carille e o auxiliar Fabinho ficaram os jogadores de defesa, que testaram posicionamento, rebatidas e organização da linha de quatro. No outro gramado os assistentes Osmar Loss e Cuca comandaram um treino de finalização dos jogadores de meio-campo e ataque, em que todos se revezavam entre passes e finalizações em jogadas laterais e pelo meio. Jô e Romero foram alguns dos principais destaques deste treino, e os próprios jogadores elegeram Clayton como destaque negativo.

Por ter marcado menos gols que Kazim, Clayton perdeu uma aposta entre os dois jogadores e teve que fazer flexões no gramado do CT. O turco não gostou da forma como Clayton executou os exercícios e chamou seu filho Caio, de seis anos, e que assistia o treinamento, para "ensinar". Todos foram aos risos, indicando o clima descontraído que chamou atenção nesta sexta-feira.


Enquanto os filhos de Kazim batiam bola em um canto do gramado, os jogadores se dividiram para um rachão. Até Giovanni Augusto, em fase final de tratamento de lesão, e Fabinho, auxiliar, estiveram neste trabalho recreativo, mas algumas ausências foram notadas, como Pablo e Jô, desgastados fisicamente, Jadson, que foi gravar uma entrevista e preferiu não jogar o rachão, e Vilson, que ainda não está em estágio avançado de recuperação. Com bola rolando, muitas brincadeiras, ironias, risadas e um empate em 3 a 3 que não foi decidido nem nas cobranças de pênalti. O rachão não teve vencedor.

O elenco do Corinthians treina na manhã deste sábado e logo depois viaja a Goiânia, onde enfrenta o Atlético-GO no domingo, às 16h.









Fim das entrevistas coletivas

Roberto: "Quero aproveitar para dizer que neste ano não conseguimos duas vezes honrar o salário no dia. Mas só foi possível alcançar os objetivos pelo grupo que temos e pela comissão técnica. É muito difícil ter um grupo e ter respeito de todos. Temos conversado com eles e há compreensão. Vocês não sabem o preço disso. Jogador é sempre dito como mercenário, aqui não é assim"
Roberto: "Estamos buscando, conversando com empresas para tentar esse patrocínio master. Confesso que não está fácil. "

Roberto: "Cicinho não está nem um pouco próximo, está distante. Clube não quer liberá-lo, não estamos mais tão otimistas como estávamos"

Carille: "Nosso time vai melhorar a cada jogo com entrosamento dos atletas, a cada dia eles vêm se entendendo mais e mais"


A escalação de Pablo será definida na manhã de sábado, antes do fechamento do mercado. Se não jogar, Léo entra. #trsccp #trcartola


Carille: "Não me preocupa, meu negócio é ir para o dia a dia com nosso grupo que tem dado uma resposta muito boa. Todos os técnicos querem reforços, mas estou muito feliz com o trabalho e nosso entendimento com os atletas"


Roberto: "Nosso problema não está em pessoas, em demitir pessoas do escritório, estamos trabalhando muito para crescer a receita"


Roberto:"Fecharam-se no Brasil 200 e poucas mil empresas. Nos veículos de vocês, também estão passando dificuldade, mandando gente embora, porque não consegue anunciantes. Tudo isso acontece conosco, temos dificuldades em ter valores de patrocínio, quando achamos não são os mesmos valores. Temos que nos adequar ao momento do Brasil, que está demorando muito para melhorar"



Roberto, sobre dívidas: "Esses casos, estamos com bastante dificuldade, elas não são poucas. Tivemos recentemente algumas penhoras por processos antigos, que estavam na justiça por anos, tivemos que dispor de valores que não estavam no nosso orçamento, não estava previsto. Mas vários protestos que tiveram, alguns estão pagos, outros têm discussão. São valores pequenos, queremos pagar"
Roberto: "Não achamos ainda a disponibilidade da característica do zagueiro que a comissão quer, queremos um de qualidade, que some"

Carille, sobre buscar um zagueiro: "É muito difícil acontecer o que aconteceu, ter três zagueiros fora por contusão. É muito difícil, Balbuena fica fora contra o Santos, mas depois pode jogar. Pablo é algo só para esse jogo se não jogar. Sabemos a realidade de tudo, trabalhamos em conjunto. Se não sair ninguém, terminamos com esses cinco zagueiros"


Carille: "O que tenho passado para os atletas é para entrar com mesma atenção, concentração e respeito que tivemos neste período todo. Respeitando o Atlético-GO para conseguirmos os três pontos"

Roberto: "Temos de estar sempre observando, correndo atrás, não tem nenhuma negociação andando para falar que pode chegar um ou dois. Mas estamos sempre observando diversos jogadores. Possivelmente, queremos sempre deixar o elenco com mais qualidade"



Roberto diz que estava com saudades da imprensa, por isso veio.


Carille: "Nas finais do Paulistão a equipe deu uma resposta boa, temos muito a crescer no setor de ataque, estamos trabalhando para isso. Expectativa sempre é que a gente passe a agredir mais"



Roberto:"Estamos vendo, temos um prazo ainda, mas é nossa prioridade a contratação do Pablo. Estamos trabalhando e esperamos que dê tudo certo"


Carille fala se Pablo joga: "Vai passar por uma avaliação amanhã, treinou ontem se sentiu bem, um pouquinho de dor, fibrose é assim, amanhã tomamos a decisão se vai a Goiânia"



Daqui a pouco, o presidente Roberto de Andrade concede entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. #trsccp







Acabou empatado! Jogadores agora treinam pênaltis. E vamos para as coletivas de Carille e Roberto de Andrade #trsccp

Rachão acabou 3 a 3, mas os jogadores pediram mais. Quem fizer primeiro ganha #trsccp



Pedrinho empata, Maycon faz 3 a 2, mas Marciel empata de novo. Brincadeira pegada! #trsccp
Fagner empata, mas Rodriguinho já botou o sem colete na frente de novo #trsccp






Bruno Paulo abre o placar no rachão. Atacante é disputado por Náutico e Santa Cruz #trsccp




Giovanni Augusto, que se recupera de lesão, participa do rachão com os colegas #trsccp

Rachão rolando! #trsccp


Jogadores vão fazer um rachão. Clima é ótimo no CT #trsccp

Clayson vai usar a camisa 25 no Corinthians. Número era de Luidy, hoje no Figueirense #trsccp


Mendoza recebeu passe meia boca de Clayson em profundidade e reclamou: "Nooossa". Colombiano aguarda propostas para sair #trsccp

Kazim vem fazendo um ótimo treino de finalização. Tiros certeiros a gol #trsccp


Dia terá entrevista dupla no CT: técnico Fábio Carille e presidente Roberto de Andrade #trsccp


Clayson, que já está liberado na CBF, deve ficar no banco neste fim de semana #trsccp

Marciel adotou o gorro como parceiro inseparável no CT #trsccp



Cássio, Walter, Caique e Filipe são os goleiros nesta semana. Matheus Vidotto trata uma conjuntivite #trsccp

Vilson e Giovanni Augusto, que aprimoram a forma física, fazem trabalho separado no campo. Danilo faz treino interno #trsccp

Treino ofensivo tem passe em profundidade e conclusão a gol. Participam 17 jogadores de linha (todos do meio para frente) #trsccp

Pedro Henrique, Fagner, Pablo e Guilherme Arana conversam com Carille. Formam a linha de quatro titular #trsccp

Léo, que não treinou ontem por uma bolha no pé, hoje está na atividade dos zagueiros #trsccp

Com o aquecimento terminado, a comissão separa o elenco em duas atividades. Zagueiros/laterais em um campo e o restante em outro #trsccp
Zagueiro Pablo treina mais uma vez por aqui. Deve ser a novidade no domingo contra o Atlético-GO #trsccp




Boa tarde! Corinthians treina por aqui nesta sexta-feira, na penúltima atividade antes do jogo #trsccp







Corinthians aguarda propostas para emprestar jogadores que treinam a parte e não fazem parte dos planos
Integrantes do Corinthians eneacampeão da Copinha em 2015, Rodrigo Sam e Rafael Castro treinam com Cristian no CT em horários alternativos. Gabriel Vasconcelos, goleador daquela edição, está perto do Oeste
Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga, São Paulo

26/05/2017 14h40




Rodrigo Sam, à direita, fez parte do elenco profissional do Corinthians em 2015 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)


Integrantes do Corinthians eneacampeão da Copinha em 2015, Rodrigo Sam, de 21 anos, e Rafael Castro, de 20, fazem parte do grupo de jogadores que trabalha no turno oposto aos do elenco profissional e que aguarda a definição do futuro. Ambos têm vínculo com o Timão até dezembro.

Acompanhados de um preparador físico, a dupla faz exercícios na academia e corre no campo para manter a forma. Fazem parte deste grupo o volante Cristian, que foi afastado em março, e o atacante Gabriel Vasconcelos, que negocia empréstimo junto ao Oeste para a disputa da Série B. Aos 21 anos, ele também foi campeão em 2015, sendo artilheiro do torneio com oito gols. Seu vínculo é válido até o fim de 2018.



Gabriel Vasconcelos treinou no time principal do Corinthians por alguns meses(Foto: Marcelo Braga)


Eleito pela Federação Paulista de Futebol para a seleção da Série A-2 atuando pelo Água Santa, Sam teve brecada na última semana um empréstimo para o Avaí, para a disputa da Série A. Corinthians e o clube catarinense discordaram em alguns termos do contrato e o acordo naufragou.

Rafael Castro, que teve passagem pela Chapecoense em 2016, disputou o Paulistão deste ano pela Ferroviária.




























Corinthians tem proposta para emprestar meia reserva Bruno Paulo vindas de Santa Cruz e Náutico
Formato da negociação com os pernambucanos ainda está sendo discutidos; ideia do staff do jogador é que ele siga recebendo salário 100% pelo Timão




Bruno Paulo recuperdado de cirurgias deve ser emprestado pelo Corinthians até o final do ano (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
O Cotinthians pode emprestar o meia atacante Bruno Paulo, que se recuperou de recente cirurgia.

- Há possibilidade de ele sair por empréstimo, como saíram Lucca e outros atletas, e depois voltar para jogar, diz o técnico Fábio Carille

Em condições normais, a negociação seria fácil, já que o jogador pretende jogar mais, o Corinthians quer que ele ganhe mais experiência e tanto o Santa Cruz, quanto o Náutico, precisam da peça. No entanto, os moldes da negociação estão travando as conversas. O staff do jogador deseja que Bruno Paulo vá para o Recife com o Timão pagando 100% do seus salários e por isso as partes ainda conversam para tentar chegar em um consenso.

Bruno Paulo foi contratado pelo Corinthians em maio do ano passado, depois de se destacar pelo Audax no Campeonato Paulista, onde o time de Osasco foi em segundo lugar. Em um ano no Timão, ele só foi utilizado em um jogo, um amistoso contra a Feroviária no começo desta temporada.







Corinthians domingo ao vivo na globo
16:00
Futebol
● Campeonato Brasileiro - Atlético GO x Corinthians







Técnico do Corinthians, Fábio Carille responde perguntas da Fiel torcida

Técnico aceita desafio do GloboEsporte.com e tira dúvidas de alvinegros. Atacantes encostados, garotos em busca de espaço e contratações fazem parte da pauta


Por Bruno Cassucci, Diego Ribeiro e Marcelo Braga

26/05/2017 07h02

A torcida do Corinthians perguntou, e o técnico do Corinthians, Fábio Carille respondeu.

Convidado a responder 10 questões feitas por alvinegros, Carille atendeu à reportagem na manhã de quinta-feira e, de bom humor, fez piada até com os mais corneteiros.

– Danilo, tô precisando de um auxiliar aqui, viu, cara? – brincou o técnico, ao receber uma pergunta sobre o motivo de não dar chances a Marciel.




Fábio Carille responde dúvidas dos torcedores corinthianos (Foto: Marcelo Braga)


Danilo de Brito: Marciel é o mais habilidoso do time, por que não dar uma chance a ele?

Fábio Carille: Danilo, tô precisando de um auxiliar aqui, viu, cara? Se quiser vir... É um jogador com muito potencial, sim, não briga com o Rodriguinho, ele é um segundo volante, mais para Maycon, Camacho, esse estilo de jogo de baixar para marcar e chegar com qualidade. Não sabe jogar de costas. Tem muito potencial, é questão de momento mesmo. Ele vem trabalhando bem e esperando sua oportunidade.

Guilherme Henrique: Em vez de contratar um zagueiro, o Corinthians não poderia subir alguém da base e investir no Pablo?

Questão de contratação não é só investir dinheiro aqui ou ali. É questão de fazer um grupo forte, podemos perder jogadores agora e temos de trabalhar com isso. A janela abre agora, não podemos ser pegos de surpresa. A situação do Pablo está para resolver, daqui a pouco aparece algo para o Balbuena. Já tem de ter aqui dentro, conhecendo, para dar sequência no ano.


Felipe Inácio: Depois das contratações de Clayton, Clayson, e a volta de Marquinhos Gabriel, quais são os planos para garotos como Pedrinho e Léo Jabá?

O Campeonato Paulista foi muito importante, nas últimas partidas da primeira fase usei o tempo para olhar mesmo. O Pedrinho está passando por um processo interno, muito se fala de ele entrar na vaga do Romero, mas não é ali. É para Jadson e Rodriguinho, meia com profundidade, que gosta de jogar com a bola no pé. Todos vão ter suas oportunidades.


Bruno Dias Coutinho da Rocha: Por que Mendoza não faz parte dos planos?

O Mendoza chegou aqui em 2015, teve alguns problemas, foi emprestado para a Índia. Em 2016 foi para os EUA. Um jogador com muito potencial também, tivemos de fazer algumas escolhas porque eram 28 inscritos no Paulista. Ele está ciente de toda a situação, tem trabalhado com seriedade. Quem sabe no Brasileiro ele não possa ter uma oportunidade?


Rodolfo Gomes: Quais os planos para o Carlinhos? Ele pode jogar no Brasileiro?

Subiu depois do título, passou por uma cirurgia de púbis. Hoje tem o Jô, é a função dele, do Kazim... Está trabalhando conosco e jogando no sub-20. Vai depender muito da fase, da oportunidade, da ocasião, porque estamos muito satisfeitos com Jô e Kazim.

Emanoel Bertoche: Além do Tite, quais são os treinadores que te inspiram? Tem algum europeu na lista?

É muito difícil falar lá de fora, porque você não acompanha o dia a dia. São clubes que contratam os melhores jogadores do mundo, então é muito difícil falar. Gosto de Guardiola, Ancelotti, Mourinho, cada um com seu estilo. Mas é mais fácil de falar com quem trabalhei, Mano dois anos e meio, Tite cinco anos e meio. Por conviver, discutir, saber das ideias e ver resultado em campo. Perguntam se estamos muito abaixo dos treinadores da Europa. Compartilho com o que o Tite falou. O Guardiola tem milhões para investir no time. Aqui perdemos jogadores e temos que formar uma equipe a cada janela. Futebol é uma engrenagem, necessita de tempo. Temos de estar cientes de tudo isso. Só sei que temos uma margem muito grande para crescer.



Rodrigo Lança: Todo jogador de ataque que chegar será eterno reserva do Romero?

Muito satisfeito com o Romero, sabemos até onde ele pode chegar e tem feito muito bem. É o Jorge Henrique de 2009 e 2010, dá o suporte do lado para Jadson e Rodriguinho. A ideia do Corinthians de 2009 para cá nunca mudou muito, só em 2012 jogamos sem centroavante. Estamos muito satisfeicom o comprometimento dele. É um jogador que no Corinthians joga, talvez em outros clubes não. Rala o shorts o jogo todo. É bom que esses jogadores que chegam colocam pressão nos que estão jogando, o nível de treinamento sobe.


Caio de Carvalho: Por que Bruno Paulo não tem uma chance no time?

Bruno Paulo fez um Paulista de 2016 maravilhoso, foi contratado por isso. Chegou aqui, teve de passar por cirurgia no pé, demorou um pouquinho para recuperar. Recuperou, vimos que não estava solto nos treinamentos, teve de fazer um procedimento na coluna. Início do ano, pré-temporada, tinha de encontrar os 28 atletas para o Paulista e ser justo. Não víamos o Bruno numa condição legal ainda. Há possibilidade de ele sair por empréstimo, como saíram Lucca e outros atletas, e depois voltar para jogar.


Thiago Magalhães: Entre as necessidades de reforços, é preciso contratar um meia para fazer sombra a Jadson e Rodriguinho?

Tem três jogadores de qualidade que podem dar uma resposta muito boa: Pedrinho, iniciando, acreditamos que ele será uma realidade. Também trago Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto como meias. Temos jogadores no elenco para uma resposta boa caso Rodriguinho e Jadson não joguem. O clube está atento ao mercado, com a antena ligada em tudo que pode acontecer.























Arbitragem definida para jogo do Corinhians, domingo, em Goiânia, contra Atl Go

Neste domingo (28), o Corinthians volta a campo pelo Brasileirão 2017 em duelo contra o Atlético-GO, às 16h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO. Para o duelo contra a equipe de Goiás, o responsável por apitar o jogo será o mato-grossense Paulo H. Schleich Vollkpf.

Árbitro do Mato Grosso do Sul terá auxílio dos bandeiras Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo, além de Cícero Alessandro de Souza como quarto árbitro.


Confira a escala completa e arbitragem:

Árbitro: Paulo H. Schleich Vollkpf – MS (CBF)

Árbitro Assistente 1: Eduardo Gonçalves da Cruz – MS (CBF)

Árbitro Assistente 2: Leandro dos Santos Ruberdo – MS (CBF)

Quarto Árbitro: Cicero Alessandro de Souza – MS (CBF)

Árbitro Assistente Adicional 1: Marco Mateus Pereira – MS (CBF)

Árbitro Assistente Adicional 2: Paulo Henrique de Melo Salmazio – MS (CBF)












Com bom futebol, lider em assistências do Corinthians campeão Paulista, Guilherme Arana mostra ansiedade para marcar o seu primeiro gol na temporada



Lateral esquerdo não quer apenas dar assistências para Jô (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O lateral esquerdo Guilherme Arana fez seis assistências para gols em 2017 no Coronthians campeão paulista. Com dois gols marcados em sua ainda curta trajetória como profissional, o jogador de 20 anos quer voltar a marcar.


“Com certeza”, sorriu Arana, quando questionado sobre a sua vontade de balançar as redes. “Acho que vai acontecer naturalmente. Estou trabalhando forte, com muita humildade. Tenho certeza de que vou concluir para o gol quando aparecer uma oportunidade”, completou.


O lateral esquerdo, contudo, tem consciência de que é mais cobrado para servir os companheiros de Corinthians. Criado na Zona Leste, assim como Guilherme Arana, o experiente centroavante Jô se entrosou bem com o novato e está aproveitando os seus cruzamentos.


“O Jô está sempre dentro da área, e eu cruzo. Às vezes, mando ele se posicionar no segundo pau. A gente se comunica bem dentro de campo para dar certo. Com certeza, isso está dando resultado”, disse Guilherme Arana, antes de salientar que vibra – quase – como um gol quando faz uma assistência. “É gratificante dar cruzamentos para o Jô. Fico muito feliz com isso.”







CORINTHIANS AGUARDA ZAGUEIRO ANDERSON MARTINS, 29 ANOS, RESCINDIR CONTRATO NO CATAR PARA PODER SER CONTRATADO


Anderson Martins está no Brasil há três dias, e a sua situação não é das mais simples. Ele pertencia ao Al-Jaish, do Catar, o clube se fundirá com o Umm Salal, time no qual o brasileiro atuou por empréstimo na última temporada. Por conta do excesso de estrangeiros da nova equipe, ele pode, apesar de ainda não ter recebido essa confirmação, ser liberado.
O jornal afirma que oo Corintihans e outros três clubes brasileiros já entraram em contato com os representantes do zagueiro. No entanto, as negociações só podem avançar com a definição da situação do jogador de 29 anos no Catar.











Corinthians monitora situação de zagueiro Anderson Martins, mas não tem garantia de rescisão


Anderson Martins pode voltar ao Brasil em 2017(Foto: Daniel Augusto

Gabriel Carneiro - 26/05/2017 - 06:30

Especulado no Corinthians e em férias no Brasil já há três dias, o zagueiro Anderson Martins ainda não sabe qual será seu próximo destino. Ele tem um ano de contrato com o Umm Salal, do Qatar, e seus representantes negociam a rescisão deste vínculo, o que não é um processo simples. Interessado na repatriação do jogador que já esteve no Parque São Jorge em 2014, o Corinthians segue atento às conversas, manifestou disposição de entrar na disputa assim que houver a rescisão e, ao mesmo tempo, tem cautela em sua busca por um novo zagueiro.

O técnico Fábio Carille deseja completar o elenco do Timão com um zagueiro em condições de brigar pela titularidade e fazer sombra a Pablo e Balbuena. Apesar da busca por um novo jogador da posição, o Corinthians tem confiança nos jovens Pedro Henrique e Léo e não está disposto a investir por Anderson Martins, o que pode ser justamente o grande entrave.

Anderson pertencia ao Al-Jaish, do Qatar, mas seu clube se fundirá com o Umm Salal, onde ele jogou por empréstimo na última temporada. O excesso de estrangeiros na equipe devido à fusão tirou espaço do zagueiro, que pleiteia a rescisão do seu último ano de contrato com o "novo" clube. O problema é que o jogador ainda não tem garantias disso, já que a nova comissão técnica ainda não oficializou interesse de mantê-lo ou dispensá-lo. Caso a decisão seja pela liberação, ainda é necessário saber se o Umm Salal cobrará os valores relativos a este último ano de Anderson Martins ou não.


Está justamente neste imbróglio o grande entrave das conversas de Anderson Martins com qualquer clube brasileiro. Além do Corinthians, outros clubes colheram informações com os representantes do zagueiro, mas nenhuma negociação pode avançar sem a definição da saída do Qatar.

Os empresários tratam o caso com cautela, dando tempo ao Umm Salal de resolver suas pendências e cientes de que a janela internacional de transferências só reabre em 20 de junho, e só a partir de então é que Anderson Martins poderia ser inscrito por um clube brasileiro. Mas, como disse o técnico corintiano Fábio Carille no último sábado, o interesse está vivo.

- Não foi um pedido meu, mas é um jogador que interessa e interessa bastante. Chegou a informação de que ele estaria se desligando do futebol árabe, do Qatar. Se isso acontecer, pode ter certeza que o Corinthians vai atrás.