21 de mai de 2017

CORINTHIANS 21/05/2017




















Técnico Fábio Carille explica mudança em vitória do Corinthians fora de casa e exalta Marquinhos Gabriel: "Vamos recuperá-lo"

Técnico esperava outra postura dos baianos e admitiu dificuldades da equipe na Fonte Nova. Meia que deu assistência para o gol de Jô foi muito elogiado após a vitória por 1 a 0


O técnico Fábio Carille admitiu que a equipe enfrentou dificuldades e fez um primeiro tempo ruim em Salvador. Isso aconteceu, segundo ele, pelo fato de o Timão ter sido surpreendido pela postura dos donos da casa. 

Carille afirmou que esperava o Vitória saindo mais para o jogo, o que não ocorreu. Percebendo a postura dos baianos, ele deixou a equipe mais ofensiva no segundo tempo, trocou o volante Maycon pelo meia Marquinhos Gabriel e obteve o primeiro triunfo no Brasileirão.

– Fui surpreendido. Não esperava que o Vitória fosse marcar meio campo. Tivemos muitas dificuldades para jogar. Mesmo ali, na beira do campo, tentando fazer a equipe ficar mais ofensiva, tivemos dificuldades, criamos pouco. No segundo tempo, mantivemos a ideia de ficar com dois meias e a substituição foi para deixar a equipe mais ofensiva mesmo. Era essa a ideia e funcionou – declarou Carille depois da partida.



Entrevista coletiva do técnico Fábio Carille após Vitória 0 x 1 Corinthians
O comandante alvinegro também rasgou elogios a Marquinhos Gabriel, que fez ótima jogada e deu assistência para Jô marcar.
– Os jogadores criticados no ano passado e neste ano, deixei claro que vamos recuperá-los todos. O Maquinhos jogou muito bem em Porto Alegre. Tivemos quatro chances com a participação dele. Entrou muito bem no jogo de casa também. É um jogador de muita qualidade e de quem esperamos muito. É um jogador que esta querendo e, aos poucos, vai buscando o seu espaço – comentou o técnico.

Depois da vitória do Timão  em Salvador, o elenco corinthiano ganha folga nesta segunda-feira e se reapresenta na manhã de terça no CT Joaquim Grava. A próxima partida é domingo, contra o Atlético-GO, às 16h, fora de casa.







Técnico corinthiano Fábio Carille explica vitória de hoje do Timão "Estamos pressionando lá em cima, com o Rodriguinho ajudando o Jô. Não trabalho muito a questão de o jogo ser dentro ou fora de casa. Prefiro focar nas qualidades dos adversários. É isso que passamos aos atletas. Em qualquer lugar, queremos sempre jogar em cima", assegurou Fábio Carille.











Melhor visitante da elite, Corinthians atinge 15 partidas de invencibilidade

Dono de aproveitamento superior a 70% fora de casa e com quatro vitórias seguidas longe da Arena, time de Fábio Carille não perde desde 19 de março. 'Tem que saber jogar', diz JôGabriel Carneiro
21/05/2017
18:35


O gol marcado por Jô aos 30 minutos do segundo tempo na Arena Fonte Nova representou a quarta vitória consecutiva do Corinthians jogando fora de casa e fez o time do técnico Fábio Carille manter a condição de melhor visitante do futebol nacional entre os times de elite. Somando o jogo contra o Vitória da tarde deste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, são nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, com 71,1% de aproveitamento em 15 partidas.

- Resultado bom, acho que a gente veio com o intuito de ganhar, não só para tentar o empate. Jogo fora de casa tem que saber jogar, temos a maturidade de saber marcar e aproveitar as oportunidades - disse o atacante Jô, autor dos dois gols corintianos no Brasileirão até o momento.

Com participação direta de Jô, o Corinthians venceu suas quatro últimas partidas como visitante na temporada. As quatro partidas fazem parte de um pacote ainda melhor nas estatísticas corintihanas da temporada: são 15 jogos de invencibilidade em 2017, que dura dois meses 
O Corinthians tem mais uma missão fora de casa em seu próximo jogo na competição, que será domingo, no Serra Dourada, contra o Atlético-GO.

- Eu não trabalho muito em cima do adversário, de jogar em casa ou fora, e sim as qualidades, que passamos aos atletas. Independente disso a ideia é de pressionar lá em cima - disse o treinador corintiano, Fábio Carille.








Técnico Fábio Carille elogia, e Marquinhos Gabriel inicia volta por cima após criar jogada de gol de vitória do Corinthians

Meio-campista não atuava há mais de um mês, e voltou ao Timão para dar assistência do gol de Jô na primeira vitória do Brasileirão. Em desabafo após o jogo, diz que espera ficar

Camisa 31 jogou 15 minutos neste domingo
(Foto: Agência Corinthians)

Camisa 31 jogou 15 minutos neste domingo
(Foto: Agência Corinthians)



LANCE!
21/05/2017
19:08


Marquinhos Gabriel, após mais de um mês, voltou a ser utilizado pelo técnico Fábio Carille e mostrou em apenas 15 minutos que pode ser uma peça útil ao elenco: foi dele a assistência para o gol de Jô que marcou a vitória do Timão no Campeonato Brasileiro, por 1 a 0, sobre Vitória, na segunda rodada da competição.

Após a partida, o camisa 31 do Corinthians fez um desabafo na saída da Arena Fonte Nova. Contratado pela equipe no ano passado, ele soma 49 partidas e oito gols marcados, mas ao mesmo tempo encara forte oposição de boa parte da torcida alvinegra por conta do estilo de jogo mais cadenciado, menos vertical. Cotado para deixar o clube, devido a baixo rendimento como Guilherme e Marlone que foram negociados, Marquinhos Gabriel explicou os motivos pelos quais espera ficar e dar a volta por cima.

- Importante para mim e principalmente para a equipe, por ser um jogo fora de casa, complicado, com muito calor. Soubemos nos impor, trabalhar a bola, então foi muito importante. Eu sempre segui trabalhando, os altos e baixos acontecem, o que não dá é cair e ficar deitado, acomodado. Vou sempre buscar meu melhor, trabalhar para estar no auge. As coisas às vezes não acontecem como gostaríamos, mas meu papel é continuar trabalhando. O pessoal do Corinthians me ajuda, o grupo é maravilhoso, então é continuar trabalhando. Para mim e para todo mundo seria mais fácil eu sair daqui e buscar espaço em outro lugar, mas a parte difícil da vida do jogador é dar a volta por cima. O que quero é ficar aqui, trabalhar para ajudar todo mundo e consequentemente a mim - disse o camisa 31 do Corinthians.

Neste domingo, Marquinhos Gabriel foi acionado por Fábio Carille aos 26 minutos do segundo tempo, na vaga do volante Maycon. A alteração fez Rodriguinho recuar e deixou o Corinthians mais ofensivo para buscar a vitória nos minutos finais. Apenas quatro minutos depois de entrar, o meia tabelou com Jadson e serviu Jô para marcar o gol da vitória do Timão por 1 a 0. Por isso, o treinador rendeu elogios ao meio-campista.

- Os jogadores que foram criticados ano passado, se quiserem, e com nosso trabalho, vamos recuperar todos. Marquinhos jogou muito bem em Porto Alegre contra o Inter, quatro chances de gol claras foram com participação dele, entrou bem em casa na volta, é um jogador de muita qualidade, que está trabalhando forte, querendo, e aos poucos vai buscando seu espaço.








Atacante corinthiano Jô festeja média de um gol por jogo e ressalta postura do Corinthians em vitória fora de casa

21 MAI2017
19h07

O centroavante Jô foi artilheiro do Timão recente campeaão paulista 2017 e já marcou 2 gols pelo Corinthians no Campeonato Brasileiro. Foi ele quem anotou no empate por 1 a 1 com a Chapecoense na estreia, na Arena Corinthians, e também no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, neste domingo, na Fonte Nova. Satisfeito com o rendimento pessoal, o jogador também valorizou a postura coletiva da sua equipe.
"Conquistamos um bom resultado. Viemos para cá com o intuito de ganhar, e não só de arrancar um empate. Conseguimos a vitória. No Campeonato Brasileiro, devemos ter inteligência para aproveitar as oportunidades fora de casa, e o nosso time já mostrou que tem maturidade", comentou Jô, antes de celebrar a média de um gol por jogo na competição. "Graças a Deus, marquei mais um", sorriu.


Jô sabe, no entanto, que o Corinthians não pode ficar dependente dos seus gols para ascender na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O técnico Fábio Carille tem se preocupado em tornar o time mais criativo ofensivamente.

"É complicado. A gente tem que melhorar no aspecto de propor o jogo. O professor Carille está vendo isso, até para a gente não perder mais pontos em casa", disse Jô, reconhecendo que a equipe fica mais à vontade como visitante, quando não precisa tomar a iniciativa de atacar.

O Corinthians está invicto no Brasileiro. Com a experiência de quem surpreendeu os críticos recentemente e conquistou o Campeonato Paulista, Jô mantém os pés no chão para comemorar novamente no final do ano.

"Temos sonhos e objetivos. Ainda é muito cedo para falar em título, então vamos procurar ficar entre os quatro primeiros colocados por enquanto. Mais para a frente, veremos o que o campeonato vai nos dar. Mas a equipe vem forte, concentrada", ressaltou o goleador do Corinthians.

Em alta

O bom momento de Jô foi exaltado por Fábio Carille após a primeira vitória corinthiana no Brasileiro. "Ele tem sido importantíssimo nesses primeiros cinco meses, participativo. Mesmo quando não faz gol, como contra a Ponte Preta, ajuda bastante. O Corinthians está muito feliz por contar com o Jô", elogiou o treinador.









Balbuena deixa jogo com dores na coxa e vira preocupação no Corinthians

Zagueiro sente incômodo no músculo posterior da coxa direita e é substituído no segundo tempo da partida contra o Vitória. Timão espera volta de Pablo nos próximos dias
Por Globoesporte.com,

21/05/2017 18h30


O zagueiro Balbuena deixou o segundo tempo da partida contra o Vitória com dores na coxa direita e preocupa o Corinthians. Em disputa de bola aos 22 minutos do segundo tempo, ele sentiu um incômodo no músculo posterior e teve de ser substituído por Léo.

O problema ocorre em um momento em que o técnico Fabio Carille já tem dificuldades para formar a zaga alvinegra. Além de não contar desde março com Vilson, que passou por uma artroscopia no joelho esquerdo, ele perdeu Pablo na última semana. Um dos destaques do Timão na temporada, o jogador teve um desconforto na coxa direita no último sábado, em partida contra a Chapecoense, mas não teve lesão diagnosticada. A expectativa é de que ele volte a treinar nos próximos dias.

– Foi um lance que fiz a cobertura do Pedro, na hora de fazer o arranque eu acabei sentindo um incômodo. Estou me sentindo bem, está dando para andar e acho que não foi nada grave, mas queremos fazer os exames para saber melhor – disse Balbuena.

A gravidade do problema de Balbuena deve ser descoberta apenas na terça-feira, quando o elenco alvinegro se reapresenta no CT Joaquim Grava.

– A situação dele só saberemos na terça-feira, na reapresentação, quando ele fizer exames. Mas estou muito satisfeito com meu grupo. O Pedro precisou entrar em um jogo muito difícil lá no Chile e foi muito bem, hoje deu resposta boa. O Léo Santos é promissor. É claro que a gente não gosta de perder ninguém, é chato, mas não costumo ficar lamentando e sim dar moral para quem entrar – afirmou o técnico Fábio Carille.

Atualmente, o elenco alvinegro conta os zagueiros Balbuena, Léo, Pablo, Pedro Henrique e Vilson. A diretoria entende que é preciso reforçar o setor e definiu Anderson Martins como o principal alvo no mercado
O Corinthians volta a campo no próximo domingo, novamente fora de casa, contra o Atlético-GO, às 16h.











Corinthians tem Balbuena como dúvida e possível volta de Pablo, porém técnico Fábio Carille valoriza os seus reservas

21 MAI2017
19h01



O Corinthians comemorou bastante o seu primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro - 1 a 0 sobre o Vitória, neste domingo, na Fonte Nova -, mas também voltará  com uma preocupação. O paraguaio Fabián Balbuena acusou uma lesão no segundo tempo da partida e virou mais um problema para a zaga da equipe chefiada por Fábio Carille.

"Só saberemos da situação dele na terça-feira, quando fizer exames", postergou Carille, mostrando-se tranquilo com a situação. "Estou muito satisfeito com o meu grupo. O Pedro Henrique entrou no Chile em um jogo difícil ( vitória e classificação do Timão sobre Universidad de Chile, pela Copa Sul-Americana ) e foi muito bem. Hoje, deu uma resposta boa. É claro que não gostamos de perder ninguém, isso é chato, mas não vamos ficar lamentando. Preferimos dar moral para quem entrar e trabalhar bastante."

Pedro Henrique enfrentou o Vitória neste domingo porque o outro zagueiro titular do Corinthians, Pablo, havia machucado a coxa direita na estreia. A expectativa é de que ele esteja novamente à disposição contra o Atlético-GO, no domingo, no Serra Dourada.

Com a baixa de Balbuena, o Corinthians recorreu a outro prata da casa, Léo, também elogiado por Carille. O zagueiro mais experiente entre os reservas, Vilson, está em recuperação de uma artroscopia no joelho esquerdo.

Ainda que Carille apoie Pedro Henrique e Léo, a diretoria do Corinthians trabalha para amenizar os problemas na zaga. O departamento de futebol negocia o retorno de Anderson Martins, que passou pelo clube em 2014 e tenta viabilizar a sua saída do El Jaish, do Catar. O Vasco é o concorrente na transação.

Tranquilo

Balbuena deixou a Fonte Nova sem dores. "Eu me machuquei em um lance em que fiz a cobertura do Pedro. Na hora de dar o arranque, senti um incômodo forte na perna direita. Só que agora estou me sentindo bem. Tomara que não seja muito grave", comentou o paraguaio, à ESPN Brasil , antes de apoiar os pratas da casa corintianos. "A gente confia plenamente nos dois, no Léo e no Pedrão. O Pablo e eu também já fomos garotos. Experiência se adquire jogando."

vit 0x1 CORINTHIANS
ATUAÇÕES: Mudança de Carille e oportunismo de Jô são os destaques

Treinador lançou Marquinhos Gabriel no segundo tempo e ele deu assistência para o atacante fazer o gol da vitória. Timão venceu a primeira no Campeonato BrasileiroVitória x Corinthians 

Romildo de Jesus



Vitória 0x1 Corinthians 

Romildo de Jesus



Vitória 0x1 Corinthians 

Romildo de Jesus



Vitória 0x1 Corinthians 

Romildo de Jesus



Vitória 0x1 Corinthians 

Romildo de Jesus




Fábio Suzuki e Fellipe Lucena

21/05/2017

18:29

Fábio Carille trocou Maycon por Marquinhos Gabriel e mudou a partida na Arena Fonte Nova. O meia deu passe para Jô e o atacante garantiu a primeira vitória do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Confira as notas da partida:


ATUAÇÕES CORINTHIANS

6,0

Cássio

Teve pouco trabalho no jogo e quando precisou foi seguro nas duas defesas em chutes de fora da área, ambas na primeira etapa. 


6,0

Fágner

Teve trabalho na defesa e foi bem na marcação. Poderia ter avançado mais com triangulações com Jadson e Rodriguinho. 


6,5
Balbuena

Foi preciso para salvar o gol do Vitória em duas oportunidades na 2 etapa, uma pelo alto e outra em desarme quase na pequena área. 




6,5
Pedro Henrique

Fez uma partida segura substituindo o titular Pablo. Teve bom tempo de bola para desarmar e tirou do jeito que deu quando foi preciso. 




5,5

Guilherme Arana
Ajudou bastante nas jogadas de ataque mas pecou nos cruzamentos, sua principal qualidade. Deu espaços na marcação 








6,0

Gabriel
Demorou um pouco para acertar a marcação junto com Maycon mas depois conseguiu proteger bem a defesa. Foi bem na distribuição de jogo. 


5,5
Maycon
Teve nos pés a melhor chance para abrir o placar após receber bom cruzamento de Rodriguinho mas chutou para fora. 


6,5
Rodriguinho
Começou a partida perdendo muitas bolas mas foi o jogador que mais participou na construção de jogadas da equipe. 


6,0
Jadson
Esteve apagado no 1 tempo. Melhorou na etapa final participando da jogada do gol de Jô ao tabelar com Marquinhos Gabriel. 


6,0
Romero
Partida regular. Mais uma vez se destacou mais por ajudar na marcação pelo lado esquerdo do que em jogadas no ataque. 


7,5

Teve duas chances de marcar. Na segunda não desperdiçou e fez o gol da vitória ao chutar na saída do goleiro. Foi o 4 gol nos últimos 4 jogos. 


6,0
Léo 
O jovem zagueiro entrou para substituir Balbuena, machucado, e não sentiu a pressão conseguindo manter o padrão da defesa. 


7,0
Marquinhos Gabriel
Logo que entrou em campo, fez grande jogada em arrancada do campo que defesa que terminou na assistência para o gol de Jô. 


--
Paulo Roberto
Entrou nos minutos finais da partida e pouco participou. Fica sem nota. 


7,0
Fábio Carille
Foi bem ao colocar Marquinhos Gabrile no lugar de Maycon melhorando assim a criação de jogadas. No primeiro lance do meia saiu o gol da vitória.








Estatísticas de Vitória 0x1 Corinthians

21 DE MAIO DE 2017 ÀS 18:04





Corinthians conseguiu boa vitória fora de casa (Foto: Romildo de Jesus)

NÚMEROS GERAIS DE VITÓRIA 0X1 CORINTHIANS
– Dados Footstats

Posse de bola do Corinthians: 48%

Finalizações certas do Corinthians: 4

Finalizações erradas do Corinthians: 6

Cruzamentos certos do Corinthians: 5

Cruzamentos errados do Corinthians: 16

Passes certos do Corinthians: 403

Passes errados do Corinthians: 38

Desarmes certos do Corinthians: 15

Lançamentos certos do Corinthians: 12

Lançamentos errados do Corinthians: 11

Faltas cometidas pelo Co
rinthians: 6












Em vitória do Timão, zagueiro Balbuena vira dúvida para próximos jogos. Exame será na terça

Zagueiro corinthiano saiu após sentir fisgada na coxa direita, e Carille dá confiança para os jovens Pedro Henrique e Léo, as opções enquanto não chega reforço para o setor


Balbuena teve que deixar jogo de vitória corinthiana de hoje após sentir contusão na coxa (Romildo de Jesus)

LANCE!
21/05/2017
19:18

O Corinthians deixou a Fonte Nova, em Salvador, satisfeito com os três pontos conquistados sobre o Vitória, mas também preocupado com a lesão sofrida pelo zagueiro Balbuena. O defensor corinthiano deixou o gramado no segundo tempo após sentir uma fisgada na coxa direita e passou a ser dúvida para os próximos jogos da equipe comandada por Fábio Carille.

O departamento médico do Corinthians já marcou os exames do zagueiro paraguaio para a próxima terça-feira, data em que o elenco se reapresenta, e só então será possível determinar o grau da lesão e o tempo que o jogador terá que ficar em recuperação.

- Foi um lance que fiz a cobertura do Pedro (Henrique), joguei a bola pro lado e na hora de fazer o arranque senti a perna. Foi uma fisgada e achei melhor deixar a partida. Vamos fazer os exames nesta semana e tomara que não seja nada grave – comentou Balbuena após a partida




Na partida contra o Vitória, o time já esteve desfalcado do zagueiro Pablo e terminou o jogo com dois jogadores formados na base do clube: Pedro Henrique e Léo. A diretoria tem buscado um reforço para o setor e a prioridade é Anderson Martins.
. Mas enquanto não concretizar a contratação e com a contusão de seus titulares, resta à equipe apostar em seus jovens zagueiros.

- Todos aqui têm qualidade e confiança para quando entrar poder fazer um bom jogo. Se tiver que jogar nós vamos confiar neles. O que importa é que, independente de quem jogar, tem que estar ligado nas características que temos de jogo – comentou Balbuena.

O técnico Fábio Carille também comentou a possibilidade de perder mais um zagueiro para os próximos jogos e a necessidade de atuar com uma zaga formada por jovens jogadores. No próximo domingo, contra o Atlético-GO, porém, ele deve ter pelo menos Pablo à disposição.

- A situação dele (Balbuena) é só terça-feira que vamos saber, após os exames, na apresentação. Mas o Pedro Henrique deu uma resposta boa, precisou jogar um jogo difícil no Chile e deu resposta boa. O Léo Santos também, é promissor. Não gostamos de perder ninguém, é chato, mas não vamos ficar lamentando e sim dar moral a eles – comentou o técnico do Corinthians.









Corinthians vence Vitória na Bahia

Técnico Fábio Carille altera time e ajuda Coringão a vencer com gol do artilheiro Jó

Entrada de Marquinhos Gabriel perto do fim do jogo faz a diferença e dá primeira vitória ao Timão no Campeonato Brasileiro, fora de casa. 




Corinthians vence fora de casa (Foto: Romildo de Jesus)
Gabriel Carneiro

21/05/2017

17:56

Uma mudança do técnico Fábio Carille aos 26 minutos do segundo tempo fez a diferença na vitória do Corinthians sobre vitoria, fora de casa, neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, na Fonte Nova. Com assistência de Marquinhos Gabriel, a grande aposta do treinador, Jô marcou o gol da vitória alvinegra na competição, por 1 a 0, e desequilibrou o duelo entre os campeões estaduais

Jô, que até então somava participações em gols nos últimos três jogos do Corinthians como visitante, vinha desde o início tentando manter os números: em lance aos 33 minutos do primeiro tempo, ele recebeu lançamento de Guilherme Arana, cortou a marcação e bateu para boa defesa de Fernando Miguel, que ainda deu rebote não aproveitado por Romero e Rodriguinho. Na sequência, Paulinho tentou puxar um contra-ataque para o Vitória, mas não teve sorte.

O Corinthians passou todo o primeiro tempo com mais posse de bola, mas sem agressividade e qualidade nos momentos em que aproximava a bola da área. Enquanto o Vitória buscava travar as jogadas ofensivas na origem, dos pés de Jadson e Rodriguinho, e desperdiçava contra-ataques originados dos desarmes, o Corinthians via seus protagonistas com pouca participação no jogo. O time era seguro, mas a circulação de bola não deu resultado. Deu sono.


No segundo tempo, o time do técnico Fábio Carille continuou melhor que o de Petkovic. Teve gol impedido marcado por Maycon, teve chance perigosa de Jadson em cobrança de falta, teve cruzamento de Rodriguinho que quase fez Maycon abrir o placar e, finalmente, teve gol. Aos 30 minutos, Marquinhos Gabriel roubou bola na intermediária, tabelou com Jadson e serviu Jô, que entrava pela esquerda da área e chutou rasteiro, no meio das pernas de Fernando Miguel. Mérito à ousadia de Fábio Carille, que havia acionado Marquinhos Gabriel na vaga de Maycon apenas quatro minutos antes.

Apesar da frequência de contra-ataques ter aumentado significativamente depois do gol marcado pelo Corinthians, o Vitória não conseguiu produzir nos minutos finais aquilo que já não havia conseguido desde o início..

Pela terceira rodada do Brasileiro, o Corinthians vai a Goiânia no dia seguinte, às 16h, buscar nova vitória fora de casa, desta vez contra o Atlético-GO.





FICHA TÉCNICA
vit 0 x 1 CORINTHIANS
Brasileirão 2017- 2ª rodada
Data/Horário: 21/5/2017, às 16h
Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos de PE)
Público e renda: 16.615 pagantes / R$ 460.438,50
Cartões amarelos: Marquinhos Gabriel (COR)
Cartões vermelhos: -
Gol: Jô, aos 30'/2ºT (0-1)

vit: 1-Fernando Miguel, 30 Leandro Salino, 4-Alan Costa, 28 Fred e 6-Geferson; 5 Willian Farias, 7 Uillian Correia (16 Euller - 31'/ºT) e 11 Cleiton Xavier (15 Pisculichi - 20'/2ºT); 26 Paulinho, 27 David e 20 Rafaelson (17 Jhemerson - 27'/2ºT). Técnico: Petkovic. +  23 Caíque, 35-Caíque Sá, 13 Vinicius, 21 Rene, 31 Thallyson, 22 Flávio , 19 Pineda, 32-Todinho 


CORINTHIANS: 12-Cássio, 23-Fagner, 4-Balbuena (14-Léo - 22'/2ºT) , 34-Pedro Henrique e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel e 8-Maycon (31-Marquinhos Gabriel - 26'/2ºT); 10-Jadson (28-Paulo Roberto - 42'/2ºT), 26-Rodriguinho e 11-Romero; 7-Jô. Técnico: Fábio Carille. + 
27-Walter, 33-Warian, 21-Fellipe Bastos , 29-Camacho, 38-Pedrinho, 9-Clayton, 18-Kazim, 30-Leo Jaba












Brocou, Corinthians! Jô marca de novo, e Timão bate Vitória por 1 a 0 fora de casa pelo Brasileirão 2017

Alvinegro construiu o resultado positivo na segunda etapa do jogo e chegou aos quatro pontos em duas partidas disputadas


18h30 21/05/2017 - Agência Corinthians




Jô e Marquinhos Gabriel, a dupla responsável pelo gol do Corinthians em Salvador-BA

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians conquistou a primeira vitória no Campeonato Brasileiro 2017. Fora de casa, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), o Alvinegro superou o Vitória por 1 a 0, gol de Jô, anotado no segundo tempo da partida. A equipe chegou aos quatro pontos em duas partidas disputadas até o momento.

Timão escalado: O técnico Fábio Carille mandou a campo o Corinthians com Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. A baixa foi o zagueiro Pablo, que se recupera de uma lesão leve sofrida na estreia do Alvinegro no Brasileirão, no empate diante da Chapecoense.

Bola rolando: O Vitória pressionou o Corinthians nos primeiros 15 minutos de jogo. O sistema defensivo alvinegro estava muito bem postado. Quando acionado, Cássio também foi bastante seguro.

Corinthians no ataque: A partir dos 20 minutos, o Timão começou a atacar com mais perigo, avançando bem pelas laterais do campo. Os cruzamentos, no entanto, não estavam chegando em Jô.

Grande chance da primeira etapa: Aos 33 minutos, Rodriguinho deu excelente passe para Jô, que dominou, cortou para a perna esquerda e soltou o pé, mas parou no goleiro Fernando Miguel, do Vitória. Romero ficou com o rebote, limpou da marcação e cruzou para Rodriguinho. O camisa 26 chutou na marcação, que tirou a bola.

Recomeço de jogo: A partida seguiu equilibrada na etapa complementar. Logo aos sete minutos, o Timão balançou as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento de Romero, que recebeu de Jadson e tocou para Maycon chutar para o gol. O camisa 8 teve mais uma grande chance, aos 21 minutos, mas acabou chutando para fora.

Gol de Jô: Aos 29 minutos, o atacante do Alvinegro finalmente tirou o zero do placar. Marquinhos Gabriel – que entrou no lugar de Maycon, aos 26 minutos – tabelou com Jadson pelo meio e serviu Jô. De primeira, o camisa 7 tocou para o fundo do gol do Vitória. Foi o segundo gol no Brasileirão 2017 e o nono dele no ano.

Alterações: Carille precisou substituir o zagueiro Balbuena, com dores, aos 22 minutos. Léo Santos entrou. Marquinhos Gabriel substituiu Maycon, aos 26 minutos, e, por fim, Paulo Roberto foi a campo no lugar de Jadson, já aos 42 minutos.

Boas chances nos acréscimos: Marquinhos Gabriel e Gabriel quase ampliaram o marcador na Fonte Nova já no tempo extra adicionado pela arbitragem. Em ambas, o goleiro Fernando Miguel fez boas defesas.

Próximo compromisso: O Corinthians enfrenta o Atlético-GO pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro no próximo domingo (28), às 16h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO.




Corinthians bate o Vitória na Fonte Nova, com gol de Jô Timão deslancha com boa mexida de Fábio Carille e vence com mais um gol de seu centroavante, o nono na temporada e segundo no Brasileirão.














25' 2º TEMPOLance


Vitória e Corinthians faziam um jogo truncado na Fonte Nova, quase sonolento e se arrastando para o fim quando Fábio Carille mexeu bem no time paulista: trocou um volante (Maycon) por um meia aberto (Marquinhos Gabriel), centralizando Jadson, aos 26 do segundo tempo. Quatro minutos depois, o resultado: gol de Jô, o único da partida. Com o placar de 1 a 0, o Corinthians pulou para quatro pontos em duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Já o Vitória permanece com um.






DESTAQUEJÔ BRILHA MUITO

Jô marcou o único gol do jogo, aos 30 minutos do segundo tempo, em contra-ataque puxado por Marquinhos Gabriel e com a participação de Jadson. O centroavante só teve o trabalho de tocar na saída de Fernando Miguel. Jô, aberto na esquerda, estava em posição legal - o lateral-esquerdo Gefferson dava condição. Foi o segundo gol do Corinthians no Brasileiro e o segundo de Jô. Já o Vitória, que estreou com um 0 a 0 diante do Avaí, ainda não fez gol.







DESTAQUEPROBLEMA NA ZAGA

O Corinthians, que já não tinha Pablo, machucado, perdeu Balbuena também por lesão aos 22 minutos do segundo tempo. Léo Santos entrou e formou uma zaga de garotos com Pedro Henrique.




DESTAQUEPÚBLICO E RENDA

Total de pagantes: 16.515 torcedores.
Renda: R$ 460.438,50



DESTAQUEAGENDA

Na próxima rodada,. O Corinthians voltará a jogar como visitante diante de umtime rubro-negro: pega o Atlético-GO, domingo, às 16h, no Serra Dourada.



DESTAQUE  PRIMEIRO TEMPO

A etapa inicial foi sonolenta. O Vitória deixou os defensores do Corinthians trocarem passes entre si, mas apertou a marcação no meio-campo e dificultou muito a fluência de jogo dos campeões paulistas, que só conseguiram ameaçar para valer quando Jô se deslocou e recebeu de Rodriguinho, em velocidade. Ele cortou, finalizou e, no rebote do goleiro Fernando Miguel, Romero cruzou para Rodriguinho, que carimbou o volante Uillian Correia. Os donos da casa até conseguiram chegar ao campo de ataque com certa facilidade, mas a criação ficou inviável pelos muitos erros do meia Cleiton Xavier e a boa compactação defensiva do Timão. Dessa forma, o maior perigo surgiu de um chute de longe, de Paulinho.





DESTAQUE  SEGUNDO TEMPO

O Vitória, por sua vez, foi piorando conforme o tempo passava, e pareceu sofrer fisicamente. A melhor chance foi numa trama de ataque que passou por Rafaelson e David até cair no pé de Cleiton Xavier, que não quis finalizar de pé esquerdo e acabou desarmado por Balbuena. Pouco depois, o argentino entrou em seu lugar e deu bom passe para Rafaelson, mas o atacante não teve fôlego para chegar à grande área e perdeu a oportunidade de finalizar. Como Maycon não cumpria as ordens de Fábio Carille, o técnico o trocou por Marquinhos Gabriel, que fez boa jogada, tocou para Jadson, recebeu de volta e passou para Jô, em projeção. E o atacante finalizou com perfeição, por baixo do goleiro Fernando Miguel: 1x0.







































Brocou, Corinthians! Esse Timão é porreta! Foi para Salvador, ganhou do Vitória por 1 a 0 e trouxe três pontos na mala






Corinthians @Corinthians
QUASE!!! Gabriel recebeu passe de Marquinhos Gabriel, mas parou no goleiro Fernando Miguel! 2T | 49' | #VITxCOR 0-1


Corinthians @Corinthians
UUUUUUUUH! Marquinhos Gabriel fez boa jogada pela direita, mas não conseguiu finalizar com força! 2T | 46' | #VITxCOR 0-1



Corinthians @Corinthians
Serão cinco minutos de acréscimos na Fonte Nova! 2T | 45' | #VITxCOR 0-1





Corinthians @Corinthians
Terceira e última substituição no #Timão! 2T | 42' | #VITxCOR 0-1







Marquinhos Gabriel deu excelente passe para Jô, que mandou para o fundo do gol do Vitória!!!! #Timãona frente! 2T | 30' | #VITxCOR0-1




Corinthians @Corinthians

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!!!!!!! 2T | 29' | #VITxCOR1-0






Mais uma troca no Corinthians! 2T | 26' | #VITxCOR 0-0









Substituição no #Timã! 2T | 22' | #VITxCOR0-0




Fim da primeira etapa!








Teremos um minuto de acréscimo na Fonte Nova! 1T | 45' | #VITxCOR0-0




UUUUUUUH! Jô disuputa de cabeça com Fred e quase abre o placar em Salvador! 1T | 43' |  0-0



QUASE!!!! Jô cortou para a perna esquerda e soltou o pé, mas o goleiro do Vitória fez a defesa! 1T | 33' |0-0



UUUUUUUUH! Boa chegada pela esquerda de Maycon, que tentou o cruzamento para Jô, mas foi cortado! 1T | 24' | #VITxCOR0-0





Aos poucos, #Timão vai se soltando no campo de ataque. Balbuena arriscou de fora da área e a bola foi para fora. 1T | 20' |  0-0



Com o sistema defensivo bem postado, #Timã segura a pressão do Vitória até aqui. 1T | 13' | #VITxCOR    0-0


Rola a bola em Salvador! Vamos, Corinthians! Este jogo teremos que ganhar! #VITxCOR#VaiCorinthians













FIM DE JOGO
Fim do Jogo, Vitória 0, Corinthians 1. 


2º TEMPO 
96'
Fim do segundo tempo, Vitória 0, Corinthians 1.

Fim do segundo tempo, Vitória 0, Corinthians 1.


95'
Falta cometida por Jô (Corinthians).

Alan Costa (Vitória) sofre uma falta no campo defensivo.

Oportunidade perdida Jô (Corinthians), de cabeça do meio da área. Assistência de Marquinhos Gabriel com um cruzamento após escanteio.

Escanteio, Corinthians. Cedido por Fernando Miguel.

Finalização defendida em direção ao centro do gol. Gabriel (Corinthians) finalização com o pé direito do lado direito da área. Assistência de Marquinhos Gabriel.


93'
Oportunidade perdida Jhemerson (Vitória), finalização com o pé direito de fora da área. Assistência de David.


92'
Geferson (Vitória) recebe cartão amarelo por uma entrada perigosa.

Oportunidade perdida Leonardo Pisculichi (Vitória), finalização com o pé esquerdo de mais de 30 metros. Assistência de Willian Farias.


91'
Marquinhos Gabriel (Corinthians) recebe cartão amarelo.

Finalização defendida junto ao lado inferior direito do gol. Marquinhos Gabriel (Corinthians) finalização com o pé esquerdo do meio da área. Assistência de Rodriguinho.

88'
Ángel Romero (Corinthians) sofre uma falta na lateral esquerda.

Falta cometida por Leandro Salino (Vitória).

Substituição Corinthians, entra em campo Paulo Roberto substituindo Jadson.


87'
Oportunidade perdida Jhemerson (Vitória), finalização com o pé direito de fora da área.


84'
Falta cometida por Fagner (Corinthians).

Euller (Vitória) sofre uma falta na lateral esquerda.

83'
Jô (Corinthians) sofre uma falta na lateral esquerda.

Falta cometida por Fred (Vitória).

82'
Oportunidade perdida Fred (Vitória), de cabeça do meio da área. Assistência de Leonardo Pisculichi com um cruzamento após escanteio.

Escanteio, Vitória. Cedido por Guilherme Arana.

Finalização bloqueada, Paulinho (Vitória) finalização com o pé direito do lado direito da área.

81'
Escanteio, Vitória. Cedido por Fagner.

80'
Partida recomeça.


79'
Partida atrasada devido a uma lesão de Alan Costa (Vitória).

Oportunidade perdida Paulinho (Vitória), finalização com o pé direito de fora da área. Assistência de Euller.

77'
Substituição Vitória, entra em campo Euller substituindo Uillian Correia.


75'
GOOOOOOOOOOOOOOLLLL do CORINTHIANS 

Gol! Vitória 0, Corinthians 1. Jô (Corinthians) finalização com o pé esquerdo do lado esquerdo da área para o centro do gol. Assistência de Marquinhos Gabriel com um passe em profundidade.


73'
Alan Costa (Vitória) sofre uma falta no campo defensivo.

Falta cometida por Jô (Corinthians).

Substituição Vitória, entra em campo Jhemerson substituindo Rafaelson.

72'
Substituição Corinthians, entra em campo Marquinhos Gabriel substituindo Maycon.


68'
Substituição Corinthians, entra em campo Léo  substituindo  Balbuena uma lesão.


Partida recomeça.
67'
Partida atrasada devido a uma lesão de Balbuena (Corinthians).



Oportunidade perdida Maycon (Corinthians), finalização com o pé esquerdo do meio da área. Assistência de Rodriguinho com um cruzamento.

65'
Substituição Vitória, entra em campo Leonardo Pisculichi substituindo Cleiton Xavier.


64'
Oportunidade perdida Rafaelson (Vitória), finalização com o pé direito de fora da área. Assistência de Alan Costa com um passe de cabeça.


63'
Escanteio, Vitória. Cedido por Pedro Henrique.


62'
Ángel Romero (Corinthians) sofre uma falta no campo adversário.

Falta cometida por Fred (Vitória).


60'
Fagner (Corinthians) sofre uma falta na lateral direita.

Falta cometida por Cleiton Xavier (Vitória).


58'
Rodriguinho (Corinthians) sofre uma falta na lateral esquerda.

Falta cometida por Willian Farias (Vitória).


57'
Oportunidade perdida Jadson (Corinthians), finalização com o pé direito de fora da área de falta.


56'
Rodriguinho (Corinthians) sofre uma falta no campo adversário.

Falta cometida por Uillian Correia (Vitória).


55
Escanteio, Corinthians. Cedido por Leandro Salino.


54'
Finalização defendida ao ângulo superior direito. Cleiton Xavier (Vitória) finalização com o pé direito do lado direito da área. Assistência de Leandro Salino com um passe de cabeça.


52'
Impedimento, Corinthians. Jadson tentou um passe em profundidade que encontrou Ángel Romero em posição irregular.


51'
Ángel Romero (Corinthians) sofre uma falta.

Falta cometida por Leandro Salino (Vitória).


49'
Escanteio, Corinthians. Cedido por Geferson.


45'
Início do segundo tempo Vitória 0, Corinthians 0.



1º TEMPO 
46'
Fim do primeiro tempo, Vitória 0, Corinthians 0.

Oportunidade perdida Uillian Correia (Vitória), finalização com o pé direito de mais de 30 metros. Assistência de David.


45'
Oportunidade perdida Fabián Balbuena (Corinthians), de cabeça do meio da área. Assistência de Jadson com um cruzamento após escanteio.


44'
Finalização bloqueada, Jô (Corinthians) de cabeça do meio da área. Assistência de Fagner com um cruzamento.


Escanteio, Corinthians. Cedido por Fred.


39'
Oportunidade perdida Rodriguinho (Corinthians), finalização com o pé esquerdo de fora da área.

Finalização bloqueada, Paulinho (Vitória) finalização com o pé direito do lado direito da área.


36
Ángel Romero (Corinthians) sofre uma falta no campo defensivo.

Falta cometida por Leandro Salino (Vitória).


35'
Jadson (Corinthians) sofre uma falta no campo defensivo.

Falta cometida por Geferson (Vitória).


34'
Impedimento, Corinthians. Guilherme Arana tentou um passe em profundidade que encontrou Jô em posição irregular.


33'
Finalização bloqueada, Rodriguinho (Corinthians) finalização com o pé esquerdo do meio da área. Assistência de Ángel Romero.

Finalização defendida junto ao lado inferior direito do gol. Jô (Corinthians) finalização com o pé esquerdo do lado direito da área. Assistência de Rodriguinho.


32'
Falta cometida por Maycon (Corinthians).

Leandro Salino (Vitória) sofre uma falta no campo adversário.


26'
Ángel Romero (Corinthians) sofre uma falta no campo defensivo.

Falta cometida por Paulinho (Vitória).
Falta cometida por Jô (Corinthians).

Alan Costa (Vitória) sofre uma falta no campo defensivo.


24'
Oportunidade perdida Leandro Salino (Vitória), finalização com o pé direito do lado direito da área. Assistência de Paulinho com um passe de cabeça.


22'
Finalização bloqueada, Rodriguinho (Corinthians) finalização com o pé direito de fora da área. Assistência de Maycon.

Falta cometida por Rodriguinho (Corinthians).

Falta cometida por Jadson (Corinthians).

Cleiton Xavier (Vitória) sofre uma falta no campo defensivo.


21'
Maycon (Corinthians) sofre uma falta no campo defensivo.

Falta cometida por Rafaelson (Vitória).


20'
Oportunidade perdida Fabián Balbuena (Corinthians), finalização com o pé direito de fora da área.

Escanteio, Corinthians. Cedido por Rafaelson.


10'
Finalização defendida junto ao lado inferior direito do gol. Paulinho (Vitória) finalização com o pé direito de fora da área.


8'
Gabriel (Corinthians) sofre uma falta na lateral direita.

Falta cometida por Uillian Correia (Vitória).

7'
Partida recomeça.


Partida recomeça.

6'
Partida atrasada devido a uma lesão de Cássio (Corinthians).

Falta cometida por Cleiton Xavier (Vitória).

5'
Finalização defendida no lado esquerdo do gol. David (Vitória) finalização com o pé direito de fora da área. Assistência de Paulinho 
2'
Falta cometida por Uillian Correia (Vitória).

Rodriguinho (Corinthians) sofre uma falta no campo defensivo.

Início do primeiro tempo.



PRÉ-JOGO











    Corintians escalado , em campo, para atuar contra vit, pela segunda rod bras 2017, na Fonte nova, em salvador com
    12-Cassio 23-Fagner, 4-Balbuena , 34-Pedro Henrique e 13-Guilherme Arana, 5-Gabriel, 8-Maycon 10 -Jadson, 26-Rodriguinho, 11-Romero e 7-Jo. tec Fabio Carille

    reservas: 27-Walter 14- Leo,  33-Warian, 21-Fellipe Bastos , 28-Paulo Roberto, 29-Camacho, 31-Marquinhos Gabriel, 38-Pedrinho, 9-Clayton, 18-Kazim,  30-Leo Jaba



    Pedro Henrique, zagueiro de 21 anos do Corinthians comemora nova chance e se sente mais preparado

    Por Bruno Cassucci e Diego Ribeiro

    21/05/2017 09h18

    A responsabilidade de substituir Pablo na defesa do Corinthians não chega a assustar Pedro Henrique. Aos 21 anos, ele se vê com maturidade maior do que em sua estreia nos profissionais, ano passado. Agora, Pedro se sente melhor. Neste domingo contra o Vitória, às 16h (de Brasília), em Salvador, pela segunda rodada do Brasileirão, ele estará em campo.

    Depois de 27 jogos e um gol pelo Timão, o zagueiro se vê mais preparado. Tem corrigido erros nos treinos e aprendido com Pablo, Balbuena e o técnico Fábio Carille. Confiante, ele até brinca e se escala no Cartola para esta rodada.

    – Já me escalei, pô! É lógico! (risos)

    Pedro Henrique espera corresponder em nova chance no Corinthians (Foto: Marcos Ribolli) 

    – Eu jogo, tenho o grupo da minha família. Eu, meu sogro, meu cunhado jogamos. Tenho outros grupos de amigos também. Na rodada passada eu entrei, mas escalei quase o time do Corinthians todo. Fiz 30 pontos (risos). Antes do jogo, falei para o Jô que ele faria gol, e ele fez mesmo (risos). Disse que seria um com passe do Arana e outro do Rodriguinho, porque eles estavam no meu time. Os dois me salvaram, porque o resto não foi muito bem! Mas agora é focar no jogo e deixar o Cartola de lado – completou Pedro Henrique.

    Em um breve papo com o GloboEsporte.com, o zagueiro explicou os motivos pelos quais acredita ter melhorado neste ano. Ele não se opõe à chegada de reforços para a zaga, mas avisa: ele e o garoto Léo, formados na base, podem representar o futuro do Corinthians.

    Veja abaixo os principais temas abordados por Pedro Henrique:

    Nova chance no time
    – Melhor expectativa possível. Venho trabalhando forte desde o início do ano, tendo chances, e nas oportunidades que apareceram eu correspondi. O professor Fábio vem falando comigo. Nos treinamentos, como vim numa sequência sem jogar, corrigi alguns errinhos durante a semana. No domingo vai estar tudo certo para a gente sair com a vitória. 
    Maturidade como profissional
    – Ano passado eu aprendi muito, foi meu primeiro ano. Tive uma sequência boa. Depois me lesionei, perdi ritmo de jogo. Sou humilde para reconhecer que meu fim de Brasileiro não foi bom, tinha que melhorar. Estou treinando para evoluir, graças a Deus sou a primeira opção no banco, espero corresponder para que o professor Fábio não tenha dúvidas quando precisar de mim. 


    Como corrige os erros?
    – É com imagens que ele passam, gravam todos os treinos, jogos, há pequenos erros de cobertura e posicionamento que ele vai me chamando e orientando. Às vezes tem que dar três passos para a frente ou para trás, vai conversando comigo sobre a linha, que é bem compacta quando está com a formação titular. Não à toa foi a menos vazada. Então tenho que corresponder à altura, por isso o Fábio fala comigo para eu consertar esses errinhos. Sou jovem, vou aprendendo nos treinos com Pablo e Balbuena, até mesmo com o Léo. 

    Pedro Henrique tem aprendido muito com Pablo, que chegou em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 
    Conselhos dos mais experientes
    – Eles conversam com a gente, falam de posicionamento que a gente, da base, ainda não sabe. Até no treino eu perguntei bastante para o Balbuena, ele me explicou a questão de estarmos distantes quando tínhamos o coringa. É ruim ter um a mais e ficar distante, gera um desconforto. Mas depois, sem o coringa, conseguimos acertar. 

    Reforços para a zaga
    – Na minha opinião, estamos bem servidos, mas reforços serão bem recebidos porque o Brasileiro é longo, ano passado sofremos com lesões. Teve eu, Yago, Vilson... Ficamos com dois zagueiros, contra o Figueirense joguei com o Léo e não tinha ninguém no banco. Quem vier será para ajudar. Precisamos para o decorrer da temporada, porque agora estamos bem servidos. 


    Aprendizado
    – Ano passado eu vinha numa sequência boa, mas quando me machuquei perdi ritmo de jogo e depois não consegui corresponder como fazia no primeiro semestre. Teve alguns erros de posicionamento, fiquei distante na cobertura, outros de ir de costas para cabecear. Venho corrigindo isso, fazendo a mais nos treinos para melhorar. E procuro olhar as imagens também. 


    Dupla com Léo 
    – A gente demonstrou isso ano passado quando jogamos juntos, também contra a Ponte Preta, neste ano. A torcida pode confiar tanto em mim quanto no Léo, quem entrar vai dar o melhor. 


    Também estava gripado?
    – Sim. De manhã tomei injeção de Benzetacil, estava com febre. Melhorei, fui para o jogo, quando saímos para o estádio eu já estava melhor. Mas teve também Cássio, Jô, bastante gente gripada. É a oportunidade da nossa vida. Temos que entrar e corresponder, senão tem outro zagueiro à altura, como o Léo, que vem e atropela a gente. Entrei, consegui fazer o meu papel bem feito. Gripado ou não, a gente tem que dar conta. 









    vit x Corinthians
    Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
    Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
    Escalação provável do Corinthians: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
    Desfalques do Corinthians: Pablo (dores na coxa direita), Moisés (recuperação de gripe), Léo Príncipe (estiramento na coxa esquerda), Giovanni Augusto (lesão no tornozelo esquerdo) e Vilson (lesão no joelho esquerdo)

    Arbitragem: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE), auxiliado por Clóvis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos do PE)











    Jô ocupa topo de estatísticas e mostra eficiência até fora da Arena no Timão
    Jô soma oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

    Jô soma oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)
    Gabriel Carneiro - 21/05/2017 - 07:30

    O Corinthians marcou 15 gols nos últimos dez jogos, ampliando os números de seu ataque na temporada e evidenciando que os treinos com enfoque no aprimoramento do setor ofensivo estão dando resultado. Um dos símbolos desta melhora é o atacante Jô, que ainda detém uma marca inusitada em 2017: ele participou de gols nas últimas três partidas do Timão como visitante. Fábio Carille espera que a fase se mantenha neste domingo, quando sua equipe enfrenta o Vitória às 16h, na Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada do Brasileirão.

    - Tem muito ainda para crescer nossa parte ofensiva, e o tempo vai fazer com que isso aconteça. Além do trabalho, o entrosamento vai ser muito importante - diz o técnico do Corinthians, otimista em melhorar os números e conseguir sua primeira vitória no Brasileirão mesmo atuando fora de casa.

    Artilheiro do Corinthians no Campeonato Paulista, Jô acumula estatísticas positivas na temporada. Além de dividir o posto de maior goleador do time em 2017 com Rodriguinho, que também marcou oito gols, o camisa 7 é o terceiro nome em assistências do Timão. Foram quatro passes decisivos, mesmo número de Jadson e menos que Rodriguinho (cinco assistências) e Guilherme Arana (seis assistências). De 12 participações de Jô em gols neste ano, seis aconteceram em partidas fora de casa
    . Ou seja, além de ocupar o topo das estatísticas ofensivas do Corinthians, Jô também mostra eficiência atuando fora da Arena Corinthians.

    Autor do único gol do Corinthians no Brasileirão até o momento, Jô participou de 28 partidas na temporada, número inferior apenas ao do goleiro Cássio.