11 de mai de 2017

CORINTHIANS 11/05/2017



Corinthians se reapresenta para treino de quem não atuou na vitória e classificação de ontem
Pablo se recupera, treina com bola e reforça Corinthians no Brasileiro

Zagueiro teve sinusite no início da semana e desfalcou Timão contra a Universidad de Chile. Nesta quinta, ele volta aos trabalhos e está garantido sábado, diante da Chape

Por Diego Ribeiro,
11/05/2017 16h16

Recuperado de uma sinusite que o impediu de viajar ao Chile com a delegação do Corinthians, o zagueiro Pablo treinou com bola nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, e está à disposição do time para o jogo deste sábado contra a Chapecoense, às 19h (de Brasília), em Itaquera.

Pablo não participou da vitória corintiana por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile, quarta-feira, que classificou a equipe para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Sem ele, Pedro Henrique foi titular e teve atuação segura ao lado de Balbuena.

Nesta quinta, apenas os reservas e quem não atuou  na classificação de ontem do Timão, foram a campo no CT Joaquim Grava – além de Pablo, o lateral-direito Fagner, que cumpriu suspensão, treinou.




Pablo está à disposição de Carille para estreia no Brasileirão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Os titulares, por sua vez, fizeram apenas trabalho regenerativo na academia. O técnico Fábio Carille terá apenas a sexta-feira para montar o Corinthians que enfrenta a Chapecoense, sábado, 19h30, na Arena Corinthians Há a possibilidade de alguns jogadores serem preservados.








Fagner leiloa chuteiras que usou em jogo que consagrou Corinthians campeão paulista 2017; parte de renda vai para instituição

Lateral-direito faz ação após taça conquistada pelo Corinthians. Com lance mínimo de R$ 1.500, ideia é arrecadar o máximo possível até fim de maio

Por GloboEsporte.com,

11/05/2017 17h08 

O par de chuteiras usado pelo lateral-direito Fagner, do Corinthians campeão paulista 2017, na partida final do Campeonato Paulista, contra a Ponte, domingo passado, será leiloada e terá parte da renda revertida a uma instituição que cuida de crianças com deficiência. 

Em parceria com o Ídolos Eternos, projeto que vende experiências personalizadas a torcedores e que ficará com a outra parte, Fagner iniciou o leilão nesta semana. O preço inicial foi de R$ 1.500. Até a tarde desta quinta-feira, o valor estava em R$ 2.800. A ação vai até o fim de maio.

O vencedor vai ganhar as chuteiras das mãos do próprio Fagner, no CT Joaquim Grava. A instituição escolhida para receber parte do dinheiro é a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente. 


Fagner posa com par de chuteiras que usou na final do Paulista (Foto: Divulgação)


Suspenso na vitória do Timão por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile, quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, Fagner volta à equipe neste sábado, contra a Chapecoense, às 19h (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.









Corinthians aguarda Cicinho acertar novo contrato na Bulgária para trazê-lo por empréstimo

Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro - 11/05/2017 - 17:41
O Corinthians está perto de trazer por empréstimo o lateral-direito Cicinho. O Timão aguarada ele acertar uma prorrogação de contrato com o Ludogorets, da Bulgária, para vir por empréstimo. O atual vínculo do jogador de 28 anos se encerra no meio de 2018.

A empresa que cuida da carreira de Cicinho tem um representante na Bulgária que conversa com dirigentes do Ludogorets para alinhar o novo contrato. Porém, a tendência é de que a situação se resolva apenas em junho, já que o Campeonato Búlgaro termina no fim deste mês.

O diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto, já admitiu o interesse em Cicinho

O Corinthians busca um lateral-direito mais experiente para o restante da temporada para ser a "sombra" de Fagner. Léo Príncipe, o reserva imediato da posição, tem 20 anos - ele sentiu uma lesão na coxa esquerda na vitória e classificação do Timão sobre Universidad de Chile, na última quarta-feira, e será reavaliado.

O Timão sabe que Fagner pode ser desfalque no futuro por conta de convocações para a Seleção, além de suspensões. O clube ainda disputa a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro nesta temporada.

Além de um lateral direito, o Corinthians busca um meio-campista e um atacante para reforçar o elenco. O clube já tem negociações avançadas com o atacante Clayson, que defendeu a Ponte Preta e ganhou o prêmio de revelação do Campeonato Paulista.










Jadson vibra com atual momento do Corinthians: ''Estamos com a confiança lá em cima''

De acordo com o meia do Timão, equipe alvinegra ganhou força com recentes vitórias e após se sagrar campeão paulista


18h00 11/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Após o título paulista e a classificação para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana, a moral do Corinthians está nas nuvens. Quem garante isso é Jadson, um dos destaques da equipe alvinegra e autor do segundo gol da vitória sobre a Unviersidad de Chile por 2 a 1 no estádio Nacional, em Santiago (CHI), que valeu a vaga para a próxima fase da competição continental.

"O Carille montou uma equipe bem sólida na parte defensiva, desde o começo do Paulistão. A equipe foi crescendo aos poucos na sequência dos jogos. Sofremos críticas por ganhar de 1 a 0, mas como eu sempre disse, sendo um ou cinco, sempre vale os três pontos. A equipe foi ganhando força, crescendo e, com o título paulista, estamos com a confiança lá em cima", afirmou o meia do Corinthians.

Jadson também falou sobre o excelente entrosamento que vem tendo com Rodriguinho no meio de campo do Corinthians. Foi a terceira vez na temporada 2017 que o Timão venceu uma partida com gols dos dois jogadores.

"Rodriguinho já vem jogando bem desde o ano passado, mas esse ano começou com o pé direito, tem nos ajudado armando jogadas e fazendo gols. É um jogador importante que está vivendo um grande momento. Fico feliz por ele, que é um cara muito bacana, merecedor. É continuar ajudando ele, e ele nos ajudando", comentou Jadson.












Rodriguinho participou de quase um terço dos gols do Corinthians no ano


Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporadaDivulgação

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians




Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Agência Corinthians)

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)




Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Meia tem oito gols nesta temporadaAFP

Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!




Meia tem oito gols nesta temporadaDivulgação

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians1/11

LANCE! - 11/05/2017 - 07:05


Destaque do Corinthians no segundo semestre do ano passado, o meia Rodriguinho manteve o ritmo e hoje é protagonista do Timão campeão paulista e agora classificada à segunda fase da Copa Sul-Americana. Os números do camisa 26 na temporada explicam a condição de personagem principal: ele tem oito gols marcados e três assistências realizadas em 26 partidas oficiais. Dos 32 gols marcados na temporada, o meia participou diretamente de 11, um aproveitamento de 34,3%. Em resumo: Rodriguinho esteve em quase um terço dos gols do Timão em 2017, contribuindo com passes ou finalizações.

O gol marcado na vitória por 2 a 1 diante da Universidad de Chile, pela volta da primeira fase da Sul-Americana rendeu a Rodriguinho a condição de maior artilheiro do Corinthians na temporada, com oito gols, um a mais que o atacante Jô. A curiosidade dos números é que todos os gols marcados pelo meia foram em duelos mata-mata, 8 em 6 jogos

- Isso é confiança, ritmo de jogo, sequência de jogos, indo bem a cada partida, melhorando, evoluindo alguns fundamentos e tentando ajudar meus companheiros. Não quero ser protagonista, quero que o time todo esteja bem, porque coletiva bem nos tornamos um time muito forte - disse, à Fox Sports, o meia do Corinthians, logo após a classificação na Sul-Americana.

Os oito gols marcados nesta temporada já colocam Rodriguinho bem próximo do rendimento que teve em 2016, quando anotou dez gols. A diferença é que neste ano ele jogou só 22 partidas, e no ano passado foram 52. Com Fábio Carille no comando, é notável a evolução do futebol do camisa 26.



Jadson enche Rodriguinho de elogios e celebra gol 'em promoção' no Chile
Dupla de meias mostra entrosamento no Timão(Foto: Daniel Augusto Jr)

Dupla de meias mostra entrosamento no Timão(Foto: Daniel Augusto Jr)

Dupla de meias mostra entrosamento no Timão(Foto: Daniel Augusto Jr)

Dupla de meias mostra entrosamento no Timão(Foto: Daniel Augusto Jr)

Dupla de meias mostra entrosamento no Timão(Foto: Daniel Augusto  - 11/05/2017 - 13:51

Decisivos no confronto e coassificação do Corinthians na  primeira fase da Copa Sul-Americana com gols marcados tanto na Arena Corinthians quanto no Estádio Nacional do Chile, os meias Rodriguinho e Jadson provam a cada dia que o entrosamento do setor é um dos segredos do time campeão paulista e agora classificado para a segunda fase do torneio continental. E depois de se encantar com "Renadson" em 2015, a torcida do Corinthians agora cria esperança com uma nova fusão: Jadriguinho

Na visão de Jadson, a parceria com Rodriguinho tem dado certo dentro e fora de campo. Os meias têm estilo brincalhão e costumam conversar bastante em treinos, concentrações e viagens da equipe. Já nas partidas, os números falam por si: o primeiro tem quatro gols e quatro assistências na temporada e o outro marcou oito vezes e ainda contribuiu com mais quatro assistências.

- O Rodriguinho já vem jogando bem desde o ano passado, mas esse ano começou com o pé direito, tem nos ajudado armando jogadas e fazendo gols. É um jogador importante que está vivendo um grande momento e fico feliz por ele, que é um cara muito bacana, merecedor. É continuar ajudando ele e ele nos ajudando - diz Jadson, que ainda citou um dos gols marcados no Chile por ele, com participação de Rodriguinho, como uma "promoção".

- Fazia tempo que eu não pegava uma promoção daquela ali, hein? Sem goleiro, sem nada. Mas o Jô e o Rodriguinho fizeram uma jogada muito bonita na hora e acabei pegando essa promoção aí. Fiquei feliz, agradeci. E independentemente de quem fizer o gol o importante é o Corinthians vencer.
Jadson marcou o segundo gol do Corinthians na vitória por 2 a 1 contra a Universidad de Chile. No lance, Rodriguinho fez jogada individual, chamou a marcação e viu a sobra ficar com Jô, que fez lindo passe para Jadson concluir em liberdade. O trio espera repetir o sucesso nos próximos desafios do Corinthians, a começar pelo embate contra a Chapecoense neste sábado, às 19h, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.






Corinthians volta do Chile empolgado com vaga, mas já atento ao Brasileiro



Imagens do desembarque do Timão nesta quinta(Foto: Gabriel Carneiro)

Imagens do desembarque do Timão nesta quinta(Foto: Gabriel Carneiro)

Imagens do desembarque do Timão

Gabriel Carneiro - 11/05/2017 - 13:22

Classificado com autoridade, o elenco do Corinthians retornou ao Brasil no início da tarde desta quinta-feira e avisou que mal terá tempo de celebrar a vitória e classificação sobre univ dechile na sul am  por 2 a 1, pois sábado já é dia de estreia no Campeonato Brasileiro. Campeão paulista e à espera do dia 2 de junho, quando conhecerá seu adversário na segunda fase do torneio continental, o Timão tem como foco único a principal competição nacional, pelo menos nas próximas semanas. A meta é largar bem.

- O Corinthians é sempre favorito em qualquer campeonato que entra. Tomara que nossa equipe possa entrar sempre concentrada para conseguir as vitórias. A torcida voltou a ter confiança novamente na equipe, mas sabe que ainda estamos em crescimento. A equipe tem de entrar muito concentrada para não cometer erros e não ser surpreendido pela Chapecoense - avisou o meia Jadson, durante o desembarque da delegação no Aeroporto de Guarulhos.

Já em solo brasileiro, o elenco corintiano partiu do aeroporto direto para o CT Joaquim Grava, que fica bem próximo. Os jogadores que foram titulares farão somente um trabalho regenerativo, mas os reservas vão trabalhar no gramado no período da tarde. O time treina na sexta-feira, às 15h30, e logo depois inicia concentração para a partida de sábado, 19h, contra a Chapecoense, pela abertura do Campeonato Paulista. Por isso é que o tempo é curto para celebrar a classificação na Copa Sul-Americana.

- Agora não tem nem tempo de comemorar, é sempre um jogo atrás do outro. Claro que ficamos felizes pelo resultado, mas tem de pensar no próximo jogo, que é a Chapecoense - afirmou o camisa 10, focado no confronto de sábado.

- Não sei ainda da programação, estamos indo para o CT agora, acho que vai ser mais um trabalho de recuperação. Não tem muito o que fazer, já concentra amanhã (sexta-feira). Temos de sempre continuar trabalhando para matar um leão por dia. Temos de estar sempre concentrados. O Campeonato Brasileiro é muito difícil, todos sabemos, mas tem de manter o pé no chão.


Corinthians desembarca com vitória e classificação
Jadson comemora boa fase de Rodriguinho e gol fácil no Chile


A grande atuação de Rodriguinho e Jadson vem sendo um dos destaques da equipe do Corinthians que vem sendo montada pelo técnico Fábio Carille. Autor de um dos gols do alvinegro na vitória sobre o Universidad do Chile, nesta quarta, Jadson exaltou a fase de seu companheiro de meio-campo e também falou sobre o elenco do Timão para a sequência da temporada.

“O Rodriguinho vem jogando bem desde o ano passado. Esse ano começou com o pé direito e tem nos ajudando tanto armando quanto fazendo gols. É muito importante e está vivendo um grande momento. Fico feliz por ele. Temos muito a crescer ainda”, afirmou o camisa 10 no desembarque da equipe nesta quinta-feira no Aeroporto Internacional de Guarulhos.






(Foto: CLAUDIO REYES/AFP)

(Foto: CLAUDIO REYES/AFP)




(Foto: CLAUDIO REYES/AFP)

Com oito gols marcados, Rodriguinho é o artilheiro do Corinthians na temporada. Além dos gols marcados no Chile, a dupla também foi responsável pelos dois tentos da equipe no primeiro jogo, na Arena Corinthians . Além de um dos gols, o camisa 26 construiu a jogada ao lado de Jô para que Jadson balançasse as redes.

“Fazia tempo que eu não pegava uma promoção daquela, sem goleiro sem nada. O Rodriguinho e o Jô fizeram uma jogada muito bonita e o Jô tocou para trás na hora. Fiquei feliz, mas independentemente de quem fizer gol, o importante é o Corinthians ganhar”, acrescentou o jogador.

Garantido na próxima fase da Copa Sul-Americana, o Corinthians agora irá se preparar para o começo do Campeonato Brasileiro, competição que era testar a força do elenco alvinegro e de suas peças de reposição.

“Acho que quando você contrata jogadores é sempre bom para agregar ao grupo. Vai depender da direção do clube. Todos que estão aqui têm qualidade para jogar ou já provaram que têm condições de ajudar a equipe. E os que estão jogando vêm mostrando a cada jogo que querem continuar”, completou Jadson sobre os jogadores corintianos.

O Corinthians estreia no Campeonato Brasileiro de 2017 neste sábado, às 19h (de Brasília), em casa, na Arena Corinthians contra a Chapecoense










Corinthians inicia tour da Arena: a casa do povo “Abre-te, Sócrates!”: com essas palavras foram abertas algumas das portas da Casa do Povo (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O Corinthians iniciou a visitação a Arena Corinthians em dias sem jogo. Na quarta-feira, exatamente quando a Arena completou três anos, o Corinthians recebeu os primeiros torcedores – quatro deles estrangeiros, do Peru – para o tour batizado de “Casa do Povo”.
O passeio é iniciado no setor oeste da Arena, onde há alguns atrativos para quem chegar cedo – uma lanchonete, uma pequena quadra (com direito à presença de um goleiro), dois videogames com jogos de futebol e estátuas dos ídolos Sócrates e Basílio, até então principais focos de atenção dos visitantes.


No horário marcado nos ingressos (há diversas opções, das 9 horas às 16h45), dois dos 12 guias contratados pelo Corinthians, devidamente uniformizados com camisas da equipe, reúnem os grupos de até 40 pessoas para percorrerem juntos as mais diversas áreas do estádio.
Selecionados entre mais de 300 torcedores, os guias tiveram treinamento durante quase dois meses e esbanjam animação para contar histórias do estádio e do clube do coração. Após alguma de suas explanações, gritam: “Vai, Corinthians!”.


Estátua de Basílio, o herói de 1977, prende a atenção de quem aguarda o início do tour (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

No tour, os visitantes eram todos corinthianos. Inclusive uma família de quatro peruanos, que garantiu torcer pelo Corinthians mesmo à distância, oficialmente os primeiros estrangeiros da Casa do Povo. Na fase de testes, dois argentinos já haviam participado do passeio.

Findadas as apresentações, os corintianos brasileiros e peruanos foram conduzidos ao estacionamento da Arena, onde os guias valorizaram a arquitetura do estádio. A fachada envidraçada do setor oeste foi projetada por Aníbal Coutinho para se assemelhar ao sacudir da rede no momento de um gol, conforme foi contado com entusiasmo.

Já no átrio do setor oeste, os visitantes depararam com o grande distintivo de aço do Corinthians e com o painel com a imagem de São Jorge, padroeiro do clube, além de visualizaram o pequeno museu com exposições temporárias de peças doadas por torcedores. Ali, os guias redobraram o cuidado para o grupo, com a curiosidade aguçada, não se dissipar pelos corredores da Arena.

Torcedores testaram a acústica de arena com um dos muitos gritos de “vai, Corinthians” (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Com todos reunidos, o passeio seguiu por alguns dos 89 camarotes do estádio à arquibancada oeste superior, onde foi ressaltada a qualidade do gramado da Arena , importado dos Estados Unidos e propício a climas frios. “Vai, Corinthians!”, berraram todos novamente, surpreendidos pelo eco. “Vocês repararam na acústica do estádio? O som reverbera até o centro do campo, ajudando o Timão a ter um aproveitamento impressionante aqui dentro”, destacou o guia Bruno Di Iorio.

Antes de descer para conhecer o que foi chamada de “parte da emoção” da Casa do Povo, os torcedores ainda se impressionaram com o maior dos camarotes da Arena, situado na curva entre os setores oeste e sul. Outra pausa para fotografias, e alguns, mais animados, já começavam a rememorar locuções de radialistas de gols históricos do Corinthians.

A função da imprensa de registrar a história do clube foi exaltada no ambiente seguinte, a Sala das Invasões, utilizada por jornalistas nos dias de partida. O lugar ganhou esse nome porque os seus papéis de parede retratam viagens marcantes da torcida do Corinthians ao Rio de Janeiro, na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 e no Mundial de 2000, e ao Japão, no Mundial de 2012.

Visitantes posaram para os fotógrafos oficiais como se fossem reforços do Corinthians (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Com mais alguns passos, o grupo adentrou a sala de entrevistas coletivas e foi motivado a posar para fotógrafos contratados onde o técnico Fábio Carille costuma se pronunciar. Sobre a mesa, havia duas camisas oficiais para os torcedores fingirem ser reforços do Corinthians em dia de apresentação. “Você é goleador como o Guerrero?”, perguntou o guia a um dos peruanos, que só abriu um sorriso como resposta.

Os torcedores  estavam interessados em conhecer o vestiário do Corinthians, que pouco difere do outro – os armários são pretos e há televisões e uma lousa para Carille passar suas instruções, além de uma pequena imagem de São Jorge. “Abre-te, Sócrates!”, disse um menino  para abrir a porta do local. Ao lado, na sala de aquecimento da equipe, nenhum dos torcedores resistiu à oportunidade de bater bola.

Nenhum torcedor resistiu à chance de bater bola na sala de aquecimento do Corinthians (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Após mais de uma hora, o tour chegou ao fim com o túnel que dá acesso ao gramado, o ápice da visita, já com todos cantarolando o hino do Corinthians. “Olha lá, a taça da Libertadores !”, exclamou um corinthiano.

As últimas fotografias dos torcedores foram com a réplica do troféu continental e no banco de reservas, já ao cair da noite. Antes de serem orientados a conhecer a loja Poderoso Timão do estádio – o tour não passa por ali –, eles ainda desafiaram a ordem de não pisar no gramado e, sorridentes, colocaram as pontas dos pés em alguns tufos de grama.

Para quem quiser vivenciar uma experiência semelhante à desse grupo, a Casa do Povo está aberta de quarta-feira a domingo, à exceção dos dias de jogo. As entradas custam R$ 40 durante a semana e R$ 60 aos finais de semana, com 20% de desconto para os associados do programa Fiel Torcedor, e estão à venda no site tour.arenacorinthians.com e nas bilheterias da arena. Crianças de três a 12 anos, idosos e estudantes pagam metade, enquanto os menores de três anos têm acesso gratuito.



(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)


(Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)























Rodriguinho participou de quase um terço dos gols do Corinthians no ano


Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporadaDivulgação

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Agência Corinthians)

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Meia tem oito gols nesta temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Meia tem oito gols nesta temporadaAFP

Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporadaMarco Galvão/ Agência Lancepress!

Meia tem oito gols nesta temporadaDivulgação

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Meia tem oito gols nesta temporadaDaniel Augusto Jr/Agência Corinthians1/11

LANCE! - 11/05/2017 - 07:05


Destaque do Corinthians no segundo semestre do ano passado, o meia Rodriguinho manteve o ritmo e hoje é protagonista do Timão campeão paulista e agora classificada à segunda fase da Copa Sul-Americana. Os números do camisa 26 na temporada explicam a condição de personagem principal: ele tem oito gols marcados e três assistências realizadas em 26 partidas oficiais. Dos 32 gols marcados na temporada, o meia participou diretamente de 11, um aproveitamento de 34,3%. Em resumo: Rodriguinho esteve em quase um terço dos gols do Timão em 2017, contribuindo com passes ou finalizações.

O gol marcado na vitória por 2 a 1 diante da Universidad de Chile, pela volta da primeira fase da Sul-Americana rendeu a Rodriguinho a condição de maior artilheiro do Corinthians na temporada, com oito gols, um a mais que o atacante Jô. A curiosidade dos números é que todos os gols marcados pelo meia foram em duelos mata-mata, 8 em 6 jogos

- Isso é confiança, ritmo de jogo, sequência de jogos, indo bem a cada partida, melhorando, evoluindo alguns fundamentos e tentando ajudar meus companheiros. Não quero ser protagonista, quero que o time todo esteja bem, porque coletiva bem nos tornamos um time muito forte - disse, à Fox Sports, o meia do Corinthians, logo após a classificação na Sul-Americana.

Os oito gols marcados nesta temporada já colocam Rodriguinho bem próximo do rendimento que teve em 2016, quando anotou dez gols. A diferença é que neste ano ele jogou só 22 partidas, e no ano passado foram 52. Com Fábio Carille no comando, é notável a evolução do futebol do camisa 26.







Corinthians pensa sobre reserva para lateral direito Fágner
Léo Príncipe se machuca e pode acelerar busca por Cicinho


O lateral direito Léo Príncipe ganhou uma chance na equipe titular na partida contra a Universidad de Chile devido à suspensão de Fagner, mas acabou deixando o gramado ainda antes do intervalo com uma lesão no músculo posterior na coxa direita. Ainda esperando os exames, que serão realizados nesta quinta-feira, o defensor deve perder a estreia do Brasileiro, contra a Chapecoense, sábado, às 19h (de Brasília), no estádio de Itaquera.

A decepção de Léo com a contusão foi tamanha que ele não segurou o choro desde que sentou no banco de reservas do estádio Nacional, mostrando bastante chateação por perder uma rara chance de convencer a comissão técnica que tem condição de ser o único reserva do lateral da Seleção Brasileira. Algo que está cada vez mais próximo de mudar.

Interessado em Cicinho,  atualmente no Ludogorets-BUL, o Timão pretende acelerar as tratativas tanto pelo defensor quanto pelo atacante Clayson nos próximos dias, já que o Alvinegro passará a jogar apenas de final de semana até a segunda fase da Copa Sul-Americana.

A ideia é que o jogador de 28 anos chegue por empréstimo de uma temporada, dando uma segurança maior no setor para a disputa do Brasileiro, considerada desgastante para o atual nível que o elenco corintiano possui. Caso Léo tenha de perder mais tempo do que apenas a estreia no torneio nacional, a necessidade aumenta de tamanho para o clube do Parque São Jorge.

A princípio, além de Fagner, que volta a ter condições de jogo, o técnico Fábio Carille terá apenas o jovem Guilherme Mantuan, que alterna entre treinos com o profissional e jogos pelo sub-20. Volante na base, ele já fez a função de lateral e pode ser acionado se Léo não conseguir ir ao menos para o banco de reservas.

Paulo Roberto, volante, foi improvisado no setor no Chile e não deixou boa impressão, principalmente pelo drible que levou de Beausejour, no gol da equipe local. Sua utilização deve mesmo ser mais como reserva de Gabriel do que naquela região do campo.







Corinthianos Fabio Carille e Jô evitam euforia, mas avisam: “Esse time vai longe”
Os jogadores do Corinthians também se mostraram surpresos pela facilidade com que a equipe passou pela Universidad de Chile na noite da última quarta-feira, no estádio Nacional de Santiago, mas nada disso parece deixar o elenco eufórico. Preocupados sempre em escolher bem as palavras, os alvinegros e o técnico Fábio Carille pedem calma na hora de projetar títulos. Mas prometem um time forte em todas as competições.

“Tem que trabalhar dia a dia, a partir de agora começa a preparação para a Chapecoense, depois o Vitória. Até onde vai chegar? Não sei”, comentou o treinador, já pensando no retorno da equipe para São Paulo, na manhã desta quinta-feira, e no pouco espaço de tempo que o elenco terá para descansar antes de encarar a Chape, no sábado, em Itaquera, pela estreia do Brasileiro.

Até o embate frente aos catarinenses, o Timão terá apenas mais um treino, na sexta-feira, praticamente impossibilitando um trabalho com todos os titulares. Desde o início dos jogos, Carille teve apenas duas semanas “cheias” para trabalhar, justamente entre os duelos contra a Ponte Preta, por isso já prometeu dois dias de folga ao grupo após a partida de sábado.

“Nós vamos brigar jogo a jogo, cada jogo é uma história, não sei onde vai chegar essa equipe. Só sei que a gente vai brigar muito todos os jogos. A gente vai longe, só não sei até onde, mas a gente vai longe”, prometeu o comandante, proferindo um discurso afinado com o centroavante Jô.

“Mais uma vez mostramos o tamanho da nossa concentração, da motivação que a gente tem. Temos muito o que crescer aí, não importa quem faz o gol, o que importa é o grupo todo”, disse o camisa 7 ao Fox Sports, associando o sucesso do time ao seu.

“Tenho que continuar fazendo isso, tenho o objetivo de voltar à Seleção, ganhar títulos aqui. A confiança está muito grande, a gente não está só falando, está mostrando, então tudo que a gente disputar a gente vai brigar pelo título”, concluiu o jogador.








Técnico corinthiano Fábio Carille agradece atletas e lembra: “Pegamos o rival mais forte”

11/05/2017 00:43


O técnico Fábio Carille mostrou-se bastante aliviado pelo futebol apresentado pela equipe do Corinthians na noite desta quarta-feira, na vitória do Timão por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile, que assegurou a equipe na próxima fase da Copa Sul-Americana. Preocupado com uma possível relaxada após o título paulista, ele fez questão de agradecer os jogadores pela dedicação.

“Foi um dos nossos melhores jogos, com certeza. Desde o começo do trabalho, lá na Flórida, eu sempre deixei muito claro do porque trabalhar daquela forma e recebi uma resposta muito boa dos jogadores, de sempre querer saber como é a ideia de jogo, o que tem de fazer”, explicou o comandante, relembrando o bom nível do adversário no torneio continental.

“Nós tivemos jogadores cumprindo função com bola e sem bola, foi um grande jogo. Lembro que quando foram sorteados os adversários, colocaram o Corinthians pegando o mais forte dentre os times brasileiros, o caminho mais complicado. Está aí. Nós conseguimos vencer e nos classificar”, observou o comandante.

Para Carille, o Timão tem conseguido estudar muito bem os adversários, chegando aos confrontos decisivos com boa possibilidade de conquistar a vitória. Nesta quarta-feira, por exemplo, anulou a saída de bola do rival e soube aproveitar os espaços para o contra-ataque.

“Foco, concentração, interesse em saber das coisas e, talvez o mais importante: saber contra quem você vai guerrear. É um privilégio iniciar minha carreira nessa equipe e com um grupo desse, já falei muitas vezes e vou repetir muitas outras”, concluiu o treinador.

Com retorno à capital paulista marcado para a manhã desta quinta-feira, Carille terá somente mais um treino para fazer com os atletas, na sexta, véspera do embate frente à Chapecoense, marcado para as 19h (de Brasília) do sábado, na Arena Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.









Cássio descobre fã chileno e exalta bom futebol do Corinthians


O goleiro Cássio viveu uma grande noite nesta quarta-feira, no estádio Nacional de Santiago, e contribuiu para a boa vitória corinthiana por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile. Autor de duas boas defesas na etapa inicial, o arqueiro ainda demonstrou muita segurança durante a partida, tudo isso depois de conhecer um fã chileno do seu futebol nas arquibancadas.

Avistado ainda no aquecimento, o torcedor dizia que morava em Santiago e gostava do futebol do corintiano, exaltando inclusive os seus números na meta alvinegra em um cartaz que carregava. Ao fim, pedia para o técnico Tite, que comandou o Gigante por três temporadas no Timão, a convocação do camisa 12 para a Seleção Brasileira nos próximos jogos.

Contente pela lembrança do aficionado, Cássio fez questão de exaltar o bom desempenho apresentado pelo Alvinegro, mesmo após conquistar o título do Campeonato Paulista no domingo, contra a Ponte Preta, no estádio de Itaquera. Para ele, o Alvinegro conseguiu atingir um alto nível em seu futebol mesmo com a sequência dura de jogos.

“Conseguimos o título e logo em seguida a classificação, que é muito importante. Mostramos um bom futebol, poderíamos ter feito mais, então o time sai satisfeito com esse resultado”, avaliou o goleiro, que não quis projetar o ponto que o Timão pode atingir ainda nesta temporada.

“É passo a passo, jogo a jogo, pregando respeito a todos. Tem que pensar jogo a jogo, ainda não tem muito tempo para descansar porque sábado tem mais jogo, então é só concentrar”, concluiu o ídolo da Fiel.








Corinthianos celebram triunfo e “espírito de decisão” da equipe

O Corinthians conseguiu demonstrar um bom futebol na noite desta quarta-feira, contra a Universidad de Chile e um lotado estádio Nacional, e conquistou a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. Tudo isso apenas três dias depois de ganhar o título do Campeonato Paulista no estádio de Itaquera, feito exaltado pelos atletas após o 2 a 1 na capital chilena.

“A equipe fez uma grande partida, principalmente no primeiro tempo, tivemos chance de matar o jogo. Nossa equipe está muito bem encaixada, não relaxamos e conseguimos a vaga”, disse o volante Gabriel, explicando qual foi o trabalho executado pelo técnico Fábio Carille para não fazer com que os alvinegros relaxassem após a taça erguida no final de semana.

“Sabíamos que tínhamos uma guerra aqui no Chile, encaramos como uma decisão e conseguimos essa excelente vitória. No sábado tem mais, vamos concentrar”, apostou o meio-campista, com discurso semelhante ao do lateral esquerdo Guilherme Arana. “Domingo quando a gente ganhou o título a gente conversou que ia ter uma decisão, entramos com o espírito do Corinthians e merecemos a vitória”, avaliou o defensor.

Para o atacante Romero, que entrou em campo com a missão de marcar o lateral esquerdo Beausejour, o Timão poderia até ter decidido o jogo na primeira parte. Contente pela boa performance dele e de seus companheiros, o paraguaio foi só sorrisos na saída do gramado.

“A gente fez um ótimo primeiro tempo, no segundo a gente voltou bem organizado e conseguimos essa ótima vitória. A gente está muito bem, foi campeão agora do Paulista, hoje (quarta) conseguiu uma classificação contra um rival muito difícil. Jogamos muito concentrados e vamos com uma vitória muito importante”, concluiu o avante.







Por uso de sinalizadores nas arquibancadas, Corinthians sofre punições financeiras


13h40 11/05/2017 - Agência Corinthians

A utilização de sinalizadores por torcedores nas arquibancadas da Arena Corinthians já renderam ao clube, entre 2016 e 2017, multas que ultrapassam os R$ 110 mil. Na final do Campeonato Paulista, no último domingo, torcedores com sinalizadores foram identificados em diversos setores do estádio, incluindo camarotes.

Vale lembrar que a reincidência de punição por conta da presença desses artefatos, principalmente em competições organizadas pela Conmebol, pode ocasionar ao Clube a perda de mando de campo, além de outras sanções mais severas.

Assim, o Corinthians vem a público solicitar, uma vez mais, que os torcedores não acendam sinalizadores dentro da Arena. O Corinthians apoia toda e qualquer manifestação pacífica oriunda de sua torcida, desde que a mesma não interfira na segurança dos torcedores dentro do estádio ou prejudique o Clube.

A festa promovida antes da final do Paulistão, com bandeirinhas, fumaça e bandeirão, é apenas uma amostra de que não mediremos esforços para tornar a experiência na Arena Corinthians cada vez melhor. Por isso, o apoio da Fiel Torcida é, mais uma vez, fundamental.

Sport Club Corinthians Paulista










Artilheiro e decisivo: como o novo posicionamento mudou Rodriguinho

Sem tantas funções defensivas, meio-campista joga próximo a Jô e cresce ainda mais de rendimento. São oito gols marcados, todos em partidas de mata-mata


Por Carlos Augusto Ferrari

11/05/2017 08h32

Melhor jogador do Corinthians no ano passado, Rodriguinho mostra em 2017 que aquele grande momento que viveu não era passageiro. Em uma nova função tática com o técnico Fábio Carille, o meio-campista passou a ser ainda mais importante para a equipe e, de quebra, virou artilheiro. Todos os oito gols marcados por ele nesta temporada foram em partidas de mata-mata.

O jogador balançou as redes contra Caldense e Luverdense, pela Copa do Brasil, 5P e Ponte (duas vezes), pelo Paulistão, e Universidad de Chile (duas vezes), pela Copa Sul-Americana. Diante dos chilenos, nesta quarta, ele superou Jô e passou a ser o maior goleador corintiano no ano – o centroavante tem sete.



Rodriguinho festeja o gol marcado em Santiago (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

– O momento é muito bom, o grupo está muito unido. Conseguimos adquirir bastante confiança desde que a temporada começou. Eu estou conseguindo corresponder, mas não quero ser o protagonista. Quero que o time todo esteja bem – afirmou Rodriguinho.

O armador teve ótima atuação na vitória do Timão por 2 a 1 sobre os chilenos e marcou em um momento decisivo. Os donos da casa tentavam pressionar para descontar a vantagem brasileira, quando Rodriguinho passou por dois adversários e bateu forte, acertando o canto esquerdo do goleiro Johnny Herrera.

– Eu vi que o Jô subiu na bola, e o zagueiro não conseguiria tirar. Eu dominei e parti para cima da defesa. Como não tinha ninguém na esquerda, tentei o lance pessoal e fui feliz – disse.











Arbitragem definida para Corinthians x Chapecoense na estreia do Timão no Brasileirão 2017

Equipe de arbitragem da primeira partida do Alvinegro no Campeonato Brasileiro, na Arena Corinthians, virá de Goiás


13h00 11/05/2017 - Agência Corinthians


Neste sábado (13), às 19h, o Corinthians recebe a Chapecoense na Arena Corinthians para a estreia alvinegra no Campeonato Brasileiro 2017. O responsável por apitar o duelo será o goiano Elmo Alves Resende Cunha.

A equipe de arbitragem da partida ainda terá mais cinco representantes goianos, com Fabricio Vilarinho da Silva e Cristhian Passos Sorence como árbitros assistentes principais.

Confira a equipe completa de arbitragem:

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha – GO (CBF)

Árbitro assistente 1: Fabricio Vilarinho da Silva - GO (FIFA)

Árbitro assistente 2: Cristhian Passos Sorence - GO (CBF)

Quarto árbitro: Edson Antonio de Sousa - GO (CBF)

Árbitro assistente adicional 1: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão - GO (CBF)

Árbitro assistente adicional 2: Breno Veira Souza - GO (CBF)













Análise: título não muda Corinthians, que chega solidário e organizado ao Brasileirão

Vitória de 2 a 1 do Corinthians sobre Universidad de Chile em Santiago mostra manutenção das características que renderam ao Timão a conquista do Paulista; quando relaxou, time passou apuros

Por Alexandre Alliatti
11/05/2017 07h05

Ser campeão paulista não mudou o Corinthians. No primeiro jogo depois do título estadual, o Timão manteve as qualidades que resultaram na conquista regional no domingo: organização tática, ocupação de espaços e solidariedade entre os atletas. A vitória do Timão de 2 a 1 sobre a Universidad de Chile em Santiago, nesta quarta-feira, apresentou uma equipe pronta para iniciar no sábado, contra a Chapecoense, uma boa caminhada no Brasileirão
A ausência de Fagner, suspenso, motivou Fábio Carille a mexer na distribuição da equipe. Ele colocou Romero pela direita e deslocou Jadson para a esquerda na trinca de meias mais avançados. Com isso, elegeu o paraguaio como parceiro de Léo Príncipe na marcação ao flanco canhoto dos chilenos – especialmente Beausejour. E deu certo. 





Sem a bola, o Corinthians foi extremamente solidário. Marcou em duas linhas de quatro quase o tempo todo – com Romero e Jadson se juntando a Gabriel e Maycon para formar uma primeira base de proteção a Cássio. Eles forçaram os adversários a errar muito. Foram 25 desarmes corintianos na partida – mais do que o dobro da Universidad de Chile.



Corinthians contra La U: Romero na direita e Jadson na esquerda voltam para marcar

Ofensivamente, o Timão também manteve seus pontos fortes. Jô saiu da área o tempo todo – móvel ao extremo. Rodriguinho, mais liberado de funções defensivas, flutuou para comandar a criação do time – enquanto Jadson e Romero agrediam pelas pontas, eventualmente auxiliados por Maycon. 



Lance do segundo gol: Jô sai, e Rodriguinho e Jadson são inteligentes para ocupar espaço aberto pelo centroavante (Foto: GloboEsporte.com) 

O centroavante foi fundamental nos dois gols. No primeiro, atacou a bola em lançamento de Cássio (como acontecera no primeiro gol da vitória de 3 a 0 sobre a Ponte Preta em Campinas) e confundiu seu marcador – assim, a bola chegou até Rodriguinho, que usou sua qualidade técnica para vencer dois defensores, avançar com a bola e alcançar a rede; no segundo, novamente saiu da área, tabelou com Rodriguinho e logo se tornou novamente ativo para, no rebote, deixar Jadson na cara do gol. 

É importante destacar, como mostra a imagem acima, a inteligência de Rodriguinho e Jadson para ocupar o espaço deixado por Jô – e a desarrumação defensiva que ele causa. 


Mas nem tudo foram flores. Depois de abrir 2 a 0, o Corinthians teve alguns momentos de relaxamento defensivo. Isso aconteceu especialmente no lado esquerdo de defesa. Jadson, provavelmente por cansaço, encurtou seu espaço de marcação. Deixou de acompanhar as investidas chilenas até a beira da área. 


E isso contribuiu no gol da Universidad de Chile. Jadson, distante da jogada, viu o cruzamento sair da direita e ir para o outro lado. E seguiu longe em novo cruzamento – que encontrou a conclusão de Mora. Quando a bola foi alçada na área para a finalização fatal, Romero também não estava presente. Veja abaixo: 


No gol do adversário, Jadson e Romero (canto esquerdo da imagem) estão mais distantes da jogada do que o habitual (Foto: Reprodução) 


É natural: distrações acontecem. Jadson e Romero foram combativos durante quase todo o jogo – muito fiéis aos pedidos de Carille. Mas não deixa de ser interessante observar que pequenos deslizes podem custar caro a um time tão dependente de comprometimento, solidariedade e atenção.


E aí está a grande questão do Corinthians para o Brasileiro: será possível seguir assim o tempo todo? Será possível manter a corda esticada em uma competição tão longa?

Se sim, o Corinthians fará um grande campeonato; caso contrário, estará fadado a ser coadjuvante para equipes com elencos melhores e maiores.










Com “espírito de decisão”, Guilherme Arana comenta classificação do Timão na Conmebol Sul-Americana

Segundo o lateral-esquerdo, grupo conversou após conquista do Paulistão e focou na partida decisiva contra os chilenos para assegurar a vaga na próxima fase


10h40 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Depois da conquista do 28º título paulista no último domingo (07), havia uma expectativa em relação a como o Corinthians se portaria na partida de volta da primeira fase da Conmebol Sul-Americana. O Timão, no entanto, foi bem, venceu a Universidad de Chile por 2 a 1 fora de casa e garantiu a vaga na próxima fase da competição continental. O lateral Guilherme Arana exaltou a concentração do grupo para mais esse jogo decisivo.

“Domingo, conversamos depois da conquista que aqui seria uma decisão. Entramos com este espírito, espírito de Corinthians”, frisou Guilherme Arana em entrevista após a vitória alvinegra.

Arana e os companheiros já têm mais um desafio diferente a caminho: neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, o Alvinegro encara a Chapecoense na estreia do Campeonato Brasileiro 2017.

PUBLICIDADE







Corinthians chega a 13 jogos de invencibilidade
Timão venceu seis e empatou sete partidas


11h00 11/05/2017 - Agência Corinthians




Timão chegou a 13 jogos de invencibilidade na temporada

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na noite da última quarta-feira (10), o Corinthians conquistou importante vitória sobre a Universidad de Chile por 2 a 1 no Estádio Nacional, em Santiago (CHI), e garantiu classificação à próxima fase da Conmebol Sul-Americana. Com a vitória sobre a equipe chilena, o Timão chegou à marca de 13 jogos de invencibilidade na temporada, com seis vitórias e sete empates.

No meio desta série invicta, a equipe comandada pelo técnico Fábio Carille conquistou o 28º título paulista da história do clube do Parque São Jorge. Após vencer a Ponte Preta por 3 a 0 no primeiro jogo, em Campinas, o Timão concretizou a conquista com mais de 46 mil torcedores na Arena Corinthians, no empate em 1 a 1 com o time campineiro no último domingo (07).

Confira todos os jogos da séria invicta do Timão:

1 - Corinthians 1 x 1 Red Bull Brasil – Fase de grupos Paulistão Itaipava 2017

2 - 5P 1 x 1 Corinthians – Fase de grupos Paulistão Itaipava 2017

3 - Corinthians 3 x 1 Linense – Fase de grupos Paulistão Itaipava 2017

4 - Botafogo-SP 0 x 0 Corinthians – Quartas de final do Paulistão Itaipava 2017

5 - Corinthians 2 x 0 Universidad de Chile – Primeira fase Conmebol Sul-Americana 2017

6 - Corinthians 1 x 0 Botafogo-RP – Quartas de final do Paulistão Itaipava 2017

7 - Intern 1 x 1 Corinthians – Quarta fase da Copa do Brasil 2017

8 - 5P 0 x 2 Corinthians – Semifinal do Paulistão Itaipava 2017

9 - Corinthians 1 x 1 Intern – Quarta fase da Copa do Brasil 2017

10 - Corinthians 1 x 1 5P – Semifinal do Paulistão Itaipava 2017

11 - Ponte 0 x 3 Corinthians – Final Paulistão Itaipava 2017

12 - Corinthians 1 x 1 Ponte – Final Paulistão Itaipava 2017

13 - Univ de Chile 1 x 2 Corinthians – Primeira fase Conmebol Sul-Americana 2017
























Volante Gabriel elogia equipe após vitória do Timão e classificação na Conmebol Sul-Americana

Camisa 5 exalta desempenho do Corinthians, sobretudo no primeiro tempo, e prega descanso antes da estreia no Brasileirão, neste sábado (13), contra a Chapecoense


10h40 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite da última quarta-feira (10), o Corinthians superou a Universidad de Chile por 2 a 1 fora de casa e avançou para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana. O volante Gabriel, que desfalcou o Alvinegro na decisão do Paulistão Itaipava no último domingo (07), voltou à equipe titular e ajudou os comandados do técnico Fábio Carille a conquistar a vaga na competição continental.

“A equipe fez uma grande partida, principalmente no primeiro tempo”, comentou o volante após o duelo contra os chilenos. “Respeitamos bastante La U, mas nossa equipe está muito bem encaixada, e fizemos uma boa apresentação”, completou.

Mesmo com o título paulista conquistado, Gabriel sabia que o clube não poderia baixar a guarda. “Fomos campeões no fim de semana, mas sabíamos que seria uma guerra aqui. Por isso, a equipe está de parabéns", declarou.

Gabriel e toda a equipe do Corinthians mudam o foco desde já. Afinal, no sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, o Timão estreia no Campeonato Brasileiro 2017 contra a Chapecoense.

“Agora, temos de descansar para enfrentar a Chape”, ressaltou o camisa 5.







Corinthians vence terceiro jogo com gols de Rodriguinho e Jadson em 2017

No duelo de ida, na Arena Corinthians, Timão também venceu o adversário chileno com gols dos meias


11h20 11/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na noite da última quarta-feira (10), o Corinthians conquistou importante vitória sobre a Universidad de Chile por 2 a 1 no Estádio Nacional, em Santiago (CHI), e garantiu classificação à próxima fase da Conmebol Sul Americana. No triunfo, os gols foram marcados pelos meias Rodriguinho e Jadson, o que tem sido comum recentemente. É a terceira vez que isso acontece.

Curiosamente, a primeira vez que o Timão triunfou com gols da dupla foi na partida de ida da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, na vitória sobre a Universidad de Chile por 2 a 0 na Arena Corinthians.

No primeiro jogo da final do Paulistão Itaipava 2017, o duo voltou a ser decisivo. Na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, Rodriguinho marcou duas vezes e ainda serviu Jadson, que anotou o segundo gol da partida.

Brasileirão 2015

Ainda na primeira passagem de Jadson pelo Corinthians, na campanha do hexacampeonato brasileiro em 2015, a dupla também foi decisiva. Em duelo bastante equilibrado contra a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, no segundo turno da competição nacional, o Timão empatou em 2 a 2.

Após Jadson abrir o placar em belo chute de fora da área, a Macaca virou a partida. Coube a Rodriguinho acertar chute de primeira e empatar para o Alvinegro, que deu grande passo rumo à conquista do sexto título nacional.







Invicto, Timão encerra série consecutiva de nove jogos em mata-mata

Timão disputou nove partidas eliminatórias consecutivas pelo Paulistão Itaipava, Copa do Brasil e Conmebol Sul-Americana


10h00 11/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Com a classificação garantida à próxima fase da Conmebol Sul-Americana, após vitória fora de casa sobre a Universidad de Chile por 2 a 1 na última quarta-feira (10), o Corinthians encerrou uma sequência de 40 dias em disputa de duelos em formato mata-mata de forma invicta.

Desde o último dia 1º de abril, quando empatou com o Botafogo-SP em 0 a 0 na primeira partida da quartas de final do Paulistão Itaipava, o Timão teve uma sequência de nove duelos eliminatórios. Apesar da eliminação nos pênaltis para o Internacional na quarta fase da Copa do Brasil, o Timão saiu invicto da série consecutiva de jogos mata-mata, com cinco vitórias e quatro empates.

De quebra, o Coringão ainda garantiu a conquista do 28º título paulista, conquistado após uma vitória e um empate com a Ponte Preta na final do Paulistão Itaipava.

Após a sequência de partidas eliminatórias, o Corinthians inicia neste sábado (13) a disputa do Campeonato Brasileiro 2017, em duelo contra a Chapecoense, às 19h, na Arena Corinthians, voltando à disputa em formato de pontos corridos.

Confira a sequência de jogos mata-mata do Timão:

01/04/2017 – Botafogo-RP 0 x 0 Corinthians – Quartas de final do Paulistão Itaipava

05/04/2017 – Corinthians 2 x 0 Univ de Chile – Primeira fase da Conmebol Sul-Americana

09/04/2017 – Corinthians 1 x 0 Botafogo-RP – Quartas de final do Paulistão Itaipava

12/04/2017 – Intern 1 x 1 Corinthians – Quarta fase da Copa do Brasil

16/04/2017 – 5P 0 x 2 Corinthians – Semifinal do Paulistão Itaipava

19/04/2017 – Corinthians 1 x 1 Intern – Quarta fase da Copa do Brasil

23/04/2017 – Corinthians 1 x 1 5P – Semifinal do Paulistão Itaipava

30/04/2017 – pp 0 x 3 Corinthians – Final do Paulistão Itaipava

07/05/2017 – Corinthians 1 x 1 pp – Final do Paulistão Itaipava

10/05/2017 – Univ de Chile 1 x 2 Corinthians – Primeira fase da Conmebol Sul-Americana













Jô parabeniza grupo após classificação na Conmebol Sul-Americana

Com papel fundamental na partida desta quarta (10), atacante falou sobre a motivação do elenco e dos objetivos pessoais para 2017


01h00 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Autor da assistência para o gol de Jadson na vitória do Corinthians diante da Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, na partida de volta da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, Jô foi um dos protagonistas do jogo, segurando a bola no campo de ataque e distribuindo as jogadas para os companheiros. Depois da partida que selou a classificação alvinegra para a próxima fase da competição continental, o atacante conversou com os canais Fox Sports e parabenizou o grupo pela conquista.

“Mais uma vez, [o grupo] mostrou o tamanho da concentração e da motivação que a gente tem. Temos muito o que crescer ainda, como a gente sempre fala”, disse o camisa 7.

Jô também comentou a volta por cima que está dando na carreira. “Tenho de continuar a fazer isso. Tenho objetivos para a minha vida neste ano, que é voltar à Seleção Brasileira e ganhar mais títulos pelo Corinthians”, revelou.

O atacante está confiante na sequência do Timão na Conmebol Sul-Americana e também no Campeonato Brasileiro – que começa neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, diante da Chapecoense. “A confiança está muito grande e nosso time tem mostrado isso, não só falado. Todas as competições que disputarmos, vamos tentar brigar pelo título”, finalizou.











Carille elogia atuação do Timão em vitória no Chile: ''É um resultado grandioso''

Técnico alvinegro exalta grupo de trabalho, fala sobre a dificuldade de encarar uma grande equipe logo de cara na Conmebol Sul-Americana e prega planejamento ‘jogo a jogo’


00h30 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians venceu a Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, e avançou para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana. Para o técnico Fábio Carille, essa foi uma das melhores partidas desde que o trabalho dele foi iniciado, em janeiro deste ano.

“Desde o começo de trabalho, deixei claro o interesse dos atletas em querer saber a ideia de jogo, o que precisam fazer. Fico muito feliz, jogadores cumprindo função com e sem bola. É um resultado grandioso”, disse Carille em entrevista coletiva após a classificação.

O treinador alvinegro lembrou do sorteio da competição continental. “Quando foram sorteados os adversários [da Conmebol Sul-Americana], colocaram o Corinthians como quem pegava o mais forte. Conseguimos passar e estamos nos fortalecendo”, recordou.

“É um privilégio começar minha carreira num clube assim e com esse elenco. Continuamos nossa trajetória e não sei onde podemos chegar”, exaltou Carille. “A partir de agora começa a preparação para o jogo da Chapecoense, depois Vitória, e assim vamos caminhando", concluiu.

Rodriguinho fala sobre gol contra La U e descarta protagonismo do Timão

Destaque na classificação do Corinthians para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana, camisa 26 também comentou sobre evolução e desempenho tático


00h30 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Autor do primeiro gol do Corinthians diante da Universidad de Chile na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, Rodriguinho teve papel fundamental na vitória por 2 a 1 e classificação do Alvinegro para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana. O meia participou dos dois gols do Timão, assim como também no primeiro jogo contra os chilenos, na Arena Corinthians, fez o dele no triunfo por 2 a 0.

“Foi um gol importante, que nos deu uma tranquilidade no jogo, já que a equipe adversária teria de fazer quatro gols”, relembrou o camisa 26 em entrevista aos canais Fox Sports após o duelo.

Para Rodriguinho, a boa fase que vive é fruto de muito trabalho. “A confiança, o ritmo de jogo, a sequência de jogos, evoluindo a cada partida e tentando ajudar os meus companheiros da melhor forma possível”, destacou o camisa 26, que é o artilheiro do Corinthians no ano, com oito gols – todos em disputas eliminatórias.

O jogador do Timão evita o rótulo de protagonista. “Quero sempre ver o time todo bem, pois quando todos estão bem, a gente se torna um time muito forte”, comentou.

Jogando mais próximo de Jô, Rodriguinho falou sobre a diferença tática que isso representa. “Quando eu fico mais perto do Jô, consigo brigar pela primeira e segunda bolas, que ele ganha bastante, e consigo tabelar para finalizar em gol”, lembrou o meia, explicando até como saiu a jogada do gol.

Perguntado se o Corinthians era favorito nas disputas da Conmebol Sul-Americana e no Brasileirão, Rodriguinho foi curto. “Sempre digo que o Corinthians entra em qualquer competição para ser campeão”, concluiu.

Já neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, o Alvinegro encara o primeiro desafio pelo Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense.