10 de mai de 2017

CORINTHIANS 10/05/2017





















FICHA TÉCNICA
univ chi 1 X 2 CORINTHIANS
​Copa Sul Americana 2017- prim fase volta
Local: Estádio Nacional do Chile, em Santiago (Chile)
Data-Hora: 10/5/2017 - 21h45
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Auxiliares: Richard Trinidad (URU) e Carlos Pastorino (URU)
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Jara, Beausejour e Espinoza (UCH)
Cartões vermelhos: Reyes, aos 42'/2ºT (Vermelho direto) e Jara, aos 43'/2ºT (2º amarelo) (UCH)
Gols: Rodriguinho (36'/1ºT) (0-1), Jadson (10'/2ºT) (0-2), Felipe Mora (19'/2ºT) (1-2)



univ chi: 25 J. Herrera; 16  Rodríguez, 2 Vilches, 18 Jara e 15Beausejour; 5- Espinoza (14 Schultz, aos 28'/2ºT), 22 Lorenzetti (11 Ubilla, aos 28'/2ºT) e 21/Reyes; 20 Ontivero (8 Pizarro, no intervalo), 7 Benegas e 9 Mora. Técnico: Guillermo Hoyos. 1 Paul 4 Contreras 27 Monzon 30 Leiva

CORINTHIANS: 12-Cássio; 2-Léo Príncipe (28-Paulo Roberto, aos 44'/1º), 4-Balbuena, 15-Pedro Henrique e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel (29-Camacho, aos 42'/2ºT) e 8-Maycon; 11-Romero (9-Clayton, aos 34'/2ºT), 26-Rodriguinho e 10-Jadson; 7-Jô. Técnico: Fabio Carille. + 27-Walter, 14-Léo, 6-Moisés, 18-Kazim









Jô parabeniza grupo do Timão após classificação na Conmebol Sul-Americana

Com papel fundamental na partida desta quarta (10), atacante falou sobre a motivação do elenco e dos objetivos pessoais para 2017


01h00 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Autor da assistência para o gol de Jadson na vitória do Corinthians diante da Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, na partida de volta da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, Jô foi um dos protagonistas do jogo, segurando a bola no campo de ataque e distribuindo as jogadas para os companheiros. Depois da partida que selou a classificação alvinegra para a próxima fase da competição continental, o atacante conversou com os canais Fox Sports e parabenizou o grupo pela conquista.

“Mais uma vez, [o grupo] mostrou o tamanho da concentração e da motivação que a gente tem. Temos muito o que crescer ainda, como a gente sempre fala”, disse o camisa 7.

Jô também comentou a volta por cima que está dando na carreira. “Tenho de continuar a fazer isso. Tenho objetivos para a minha vida neste ano, que é voltar à Seleção Brasileira e ganhar mais títulos pelo Corinthians”, revelou.

O atacante está confiante na sequência do Timão na Conmebol Sul-Americana e também no Campeonato Brasileiro – que começa neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, diante da Chapecoense. “A confiança está muito grande e nosso time tem mostrado isso, não só falado. Todas as competições que disputarmos, vamos tentar brigar pelo título”, finalizou.












Carille elogia atuação do Timão em vitória no Chile: ''É um resultado grandioso''

Técnico alvinegro exalta grupo de trabalho, fala sobre a dificuldade de encarar uma grande equipe logo de cara na Conmebol Sul-Americana e prega planejamento ‘jogo a jogo’


00h30 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians venceu a Universidad de Chile por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, e avançou para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana. Para o técnico Fábio Carille, essa foi uma das melhores partidas desde que o trabalho dele foi iniciado, em janeiro deste ano.

“Desde o começo de trabalho, deixei claro o interesse dos atletas em querer saber a ideia de jogo, o que precisam fazer. Fico muito feliz, jogadores cumprindo função com e sem bola. É um resultado grandioso”, disse Carille em entrevista coletiva após a classificação.

O treinador alvinegro lembrou do sorteio da competição continental. “Quando foram sorteados os adversários [da Conmebol Sul-Americana], colocaram o Corinthians como quem pegava o mais forte. Conseguimos passar e estamos nos fortalecendo”, recordou.

“É um privilégio começar minha carreira num clube assim e com esse elenco. Continuamos nossa trajetória e não sei onde podemos chegar”, exaltou Carille. “A partir de agora começa a preparação para o jogo da Chapecoense, depois Vitória, e assim vamos caminhando", concluiu.










Meia Rodriguinho fala sobre gol em vitória do Corintians sobre Univ chi e descarta protagonismo

Destaque na classificação do Corinthians para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana, camisa 26 também comentou sobre evolução e desempenho tático


00h30 11/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Autor do primeiro gol do Corinthians diante da Universidad de Chile na noite desta quarta-feira (10), em Santiago, no Chile, Rodriguinho teve papel fundamental na vitória por 2 a 1 e classificação do Alvinegro para a segunda fase da Conmebol Sul-Americana. O meia participou dos dois gols do Timão, assim como também no primeiro jogo contra os chilenos, na Arena Corinthians, fez o dele no triunfo por 2 a 0.

“Foi um gol importante, que nos deu uma tranquilidade no jogo, já que a equipe adversária teria de fazer quatro gols”, relembrou o camisa 26 em entrevista aos canais Fox Sports após o duelo.

Para Rodriguinho, a boa fase que vive é fruto de muito trabalho. “A confiança, o ritmo de jogo, a sequência de jogos, evoluindo a cada partida e tentando ajudar os meus companheiros da melhor forma possível”, destacou o camisa 26, que é o artilheiro do Corinthians no ano, com oito gols – todos em disputas eliminatórias.

O jogador do Timão evita o rótulo de protagonista. “Quero sempre ver o time todo bem, pois quando todos estão bem, a gente se torna um time muito forte”, comentou.

Jogando mais próximo de Jô, Rodriguinho falou sobre a diferença tática que isso representa. “Quando eu fico mais perto do Jô, consigo brigar pela primeira e segunda bolas, que ele ganha bastante, e consigo tabelar para finalizar em gol”, lembrou o meia, explicando até como saiu a jogada do gol.

Perguntado se o Corinthians era favorito nas disputas da Conmebol Sul-Americana e no Brasileirão, Rodriguinho foi curto. “Sempre digo que o Corinthians entra em qualquer competição para ser campeão”, concluiu.

Já neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, o Alvinegro encara o primeiro desafio pelo Campeonato Brasileiro, contra a Chapecoense.










Um Corinthians sério, dedicado e competente

POR MÁRIO MARRA10 DE MAIO DE 2017 ÀS 23:47

Com Jadson pela esquerda e Romero pela direita, mas especialmente com Rodriguinho mais adiantado e perto de Jô, o Corinthians não só segurou a Universidad de Chile como acabou aproveitando para abrir o placar e ampliar a 
vantagem. Rodriguinho, bastante inspirado, fez o dele aos 36 do primeiro tempo.

Hoyos, treinador da La U, abriu mão da pressa de Ontivero e colocou o tradicional Pizarro. Saía a velocidade e entrava a organização e a boa batida na bola.

A Universidad de Chile continuava tendo a bola e oferecendo espaços. Espaço era tudo o que o Corinthians queria. E como o time de Fábio Carille é consciente e bem treinado!

O segundo gol, marcado por Jadson, mostrou a grandeza da temporada do atacante Jô. Sério, profissional, competente, decisivo e solidário. Ele tabelou com Rodriguinho e viu a bola se oferecer a ele. Ele, um goleiro caído e o gol. Jô, observador, percebeu Jadson sem obstáculo algum entre ele e o gol e rolou para o camisa 10 marcar.

Com a classificação garantida, o Corinthians aceitou dar mais campo aos donos da casa e apostou no contra-ataque. Felipe Mora ainda diminuiu, mas o Corinthians conseguiu segurar a vitória em Santiago.

A tal remontada ficou na história, no passado. O Corinthians segue com padrão definido e confiante. O time não é brilhante, mas é bastante organizado e sério em campo.

Não dá para saber qual será a classificação do Corinthians no Brasileiro que começa já no final de semana. Não dá para esperar que o elenco consiga substituir à altura os principais jogadores em uma competição longa e cheia de cartões e contusões. Mas é certo que o que é possível ser feito, o esforço esperado o time vai oferecer. O time de Fábio Carille não perde de véspera, é preciso trabalhar bastante para ganhar do Corinthians.








Atuações do Corinthians em vitória e classificação fora de casa: Jadson e Rodriguinho definem classificação no Chile

Meias fazem os gols da vitória por 2 a 1 sobre a Universidad de Chile e fazem Timão avançar na Sul-Americana. Cássio vai bem e segura rival no primeiro tempo





Por Diego Ribeiro

10/05/2017 23h41 Atualizado há 46 minutos



Rodriguinho: em sua melhor fase no Corinthians, mostrou mais uma vez que é decisivo e abriu o placar em belíssima jogada individual, quando La U pressionava e buscava seu gol. Depois, ditou o ritmo e, ao lado de Jadson, puxou contra-ataques perigosos no segundo tempo. Nota: 7,5





Jadson
O meia se sentiu em casa mesmo jogando pelo lado esquerdo, ao qual não está acostumado. Com liberdade, pôde avançar bastante e finalizar. Acertou uma bola na trave, deu trabalho ao goleiro Johnny Herrera e foi premiado com gol no segundo tempo. Nota: 7,5


Cássio
No momento mais difícil do Corinthians no jogo, fez duas defesas cruciais: uma em cabeçada de Mora, outra em chute de Ontivero. Mostrou a segurança que é sua marca em 2017, e não teve culpa no gol da Universidad de Chile. Nota: 7,5


Léo Príncipe
Em seu sexto jogo como titular no ano, fez o simples e não comprometeu, afastando as preocupações da torcida. Correto na marcação, arriscou algumas subidas ao ataque. Foi substituído no primeiro tempo por causa de uma fisgada na coxa esquerda. Nota: 6,5


Veja todas as notas:


Cássio [GOL]: 7,5
Léo Príncipe [LAD]: 6,5
(Paulo Roberto [VOL]): 6
Pedro Henrique [ZAG]: 6,5
Balbuena [ZAG]: 7
Guilherme Arana [LAE]: 6,5
Gabriel [VOL]: 6
(Camacho [VOL]): sem nota
Maycon [VOL]: 6
Jadson [MEC]: 7,5
(Clayton [ATA]): 6
Rodriguinho [MEC]: 7,5
Romero [ATA]: 6,5
Jô [ATA]: 6,5








Estrelas decidem, Corinthians bate a La U de novo e avança de fase na Sul-Americana

Cássio, Rodriguinho e Jadson comandam vitória por 2 a 1 do Timão sobre a Univ de Chile, fora de casa, e agora aguardam próximo rival. Sábado tem estreia no Brasileirão na Arena Corinthians

Por Carlos Augusto Ferrari,
10/05/2017 23h37


É verdade que o título do Paulistão reafirmou a força do Corinthians, mas a facilidade com que o Timão conquistou a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana dá ao torcedor a esperança de que há muito mais por vir na temporada. Nesta quarta-feira, em Santiago, o Alvinegro bateu a Universidad de Chile por 2 a 1 (já tinha vencido na Arena por 2 a 0) e confirmou a classificação. 

Importante destacar que o triunfo foi construído por três dos principais pilares do time de Carille: Cássio, Rodriguinho e Jadson. Se o goleiro fez duas lindas defesas que evitaram um esboço de reação dos adversários, os dois meias mostraram o poder de desequilibrar uma partida que têm. Ambos foram os autores dos gols do Timão em Santiago. 




Jogadores do Corinthians comemoram o gol marcado por Rodriguinho, ainda no primeiro tempo (Foto: AFP) 

O adversário do Corinthians na próxima fase da competição internacional ainda não está definido. Depende de sorteio a ser realizado depois que todos os classificados forem definidos, assim como os times que ficarem em terceiro lugar na fase de grupos e os dois clubes de melhor desempenho eliminados na primeira fase da Taça Libertadores (Olimpia-PAR e Junior Barranquilla-COL). 

No próximo sábado, às 19h, o Timão faz sua estreia no Campeonato Brasileiro. O adversário será a Chapecoense, na Arena Corinthians. Os ingressos já estão à venda.

Cássio fez duas importantes defesas quando o jogo ainda estava 0 a 0 (Foto: AP )






Despacito! Fora de casa, Timão vence Universidad de Chile e avança na Conmebol Sul-Americana

Após vitória na partida de ida, Corinthians bateu os chilenos por 2 a 1 e está na segunda fase da competição continental


23h55 10/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


‘Pasito a pasito, suave suavecito’. Esse foi o ritmo da noite desta quarta-feira (10) para o Corinthians. Pela Conmebol Sul-Americana, o Alvinegro encarou a Universidad de Chile no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile, e venceu os donos da casa por 2 a 1 – na primeira partida, disputada no dia 5 de abril, na Arena Corinthians, o Timão já havia vencido os chilenos por 2 a 0. Com mais esta vitória, os campeões paulistas avançaram para a segunda fase da competição continental. O adversário será definido em sorteio

Timão em campo: Com os desfalques de Fagner (suspensão pela Libertadores do ano passado) e Pablo (sinusite), o técnico Fábio Carille mandou a campo o Corinthians com Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho e Jadson; e Jô.

Começo de jogo quente: Precisando do resultado, a Universidad de Chile iniciou a partida buscando o ataque e criou algumas oportunidades que foram bem interceptadas por Cássio. Aos cinco minutos, Jadson recebeu de Rodriguinho pela esquerda, cortou para o meio e bateu com capricho, mas a bola explodiu na trave esquerda de Herrera. Dois minutos depois, novamente Jadson tentou passe para Rodriguinho, que não conseguiu chegar na bola. Cássio ainda fez uma grande defesa, aos 14 minutos, após cabeçada de Mora.

Corinthians no contra-ataque: Mesmo com a boa vantagem criada na partida de ida, o Timão não se contentava em apenas se defender e saia bastante para o setor ofensivo – sobretudo no contra-ataque. Após bom passe de Jadson, aos 23 minutos, Rodriguinho rolou para Romero, que chutou forte, mas a bola foi interceptada pela defesa e ficou tranquila para a defesa de Herrera. O sistema defensivo do Corinthians seguiu segura – quando a La U conseguiu furar o bloqueio, Cássio estava lá para defender.

Golaço de Rodriguinho: Aos 36 minutos, Cássio lançou a bola para o ataque e Rodriguinho fez um excelente domínio. O camisa 26 carregou, limpou de dois zagueiros e bateu forte para abrir o placar no Estádio Nacional, no Chile. Foi o oitavo gol dele no ano – todos anotados em partidas de mata-mata – e o segundo na Conmebol Sul-Americana. Rodriguinho é o artilheiro alvinegro em 2017.

Substituição não-programada: Ainda no primeiro tempo, aos 44 minutos, Fábio Carille precisou fazer a primeira alteração. Léo Príncipe sentiu dores e precisou sair. Paulo Roberto entrou no lugar.

Recomeço ‘lá e cá’: Logo após os primeiros 60 segundos da etapa complementar, a Universidad de Chile fez boa jogada e cabeceou bola perigosa, que saiu pelo lado direito do gol de Cássio. No minuto seguinte, Jô descolou belo passe para Jadson, que deixou Maycon em condições de ampliar. O chute, porém, parou nas mãos de Herrera.

2 a 0 para o Timão: Aos 10 minutos, Rodriguinho tabelou com Jô e chutou, mas a bola foi interceptada pela zaga. O camisa 26 tentou novamente, porém, a bola sobrou para Jô, que tinha tudo para fazer o gol. Contudo, o atacante serviu Jadson, que, com o gol escancarado, aumentou o marcador do Estádio Nacional. Foi o quarto gol dele desde que voltou ao Timão e o segundo na Conmebol Sul-Americana.

La U desconta: Aos 19 minutos, Beausejour cruzou e Mora mandou para o gol. Cássio chegou a tocar na bola, mas os chilenos acabaram descontando.

Pressão de La U: Buscando ao menos o gol de empate, a equipe da Universidad de Chile partiu para o ataque e criou algumas boas oportunidades. Cássio estava seguro, e a trave também ajudou o Timão, aos 27 minutos, após chute de Espinoza.

Mais substituições: Aos 34 minutos, Fábio Carille fez a segunda alteração na partida. Romero, que teve uma função defensiva importante na partida – ajudar na marcação de Beausejour –, deu lugar a Clayton. Depois, aos 43 minutos, Camacho entrou no lugar de Gabriel.

Sequência de expulsões: Nervosos, os jogadores de La U acabaram sendo expulsos em lances seguidos. Primeiro, Reyes, durante discussão com Rodriguinho, colocou o dedo no ouvido do meia corinthiano de maneira agressiva, e o juiz aplicou o cartão vermelho. No lance seguinte, Jara deu uma cotovelada em Clayton e também foi para o chuveiro mais cedo. Após estas expulsões, o árbitro encerrou a partida e selou a classificação alvinegra.

Estreia no Brasileirão 2017: O próximo compromisso do Corinthians será já neste sábado (13), às 19h, na Arena Corinthians, diante da Chapecoense (com ingressos disponíveis em www.ingressoscorinthians.com). A partida é válida pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, do qual o Timão vai em busca do heptacampeonato – já foi campeão em 1990, 1998, 1999, 2005, 2011 e 2015.






#Despacito Pasito a pasito! Assim o #Timão começa a Sul-Americana! Classificação sobre a Universidad do Chile e vaga na próxima fase!



A classificação está muito próxima, e já podemos cantar aqui... Déjame sobrepasar tus zonas de peligro... #Descubra
Última mudança no #Timão! 2T | 43' | #UCHxCOR 1-2





Ih, agora o Jara deixou o braço no Clayton e também foi expulso. #Timão com dois a mais. 2T | 43' | #UCHxCOR 1-2


Ficou enchendo o saco do Rodriguinho... Reyes expulso. #Timão com um a mais. 2T | 43 | #UCHxCOR 1-2
Segunda alteração no #Corinthians! 2T | 34' | #UCHxCOR 1-2



Universidad de Chile 1 x 2 Corinthians
"O autor" dos gols de hoje até o momento. 2T | 16' | #UCHxCOR 0-2


Jadriguinho arrebentando de novo, hein?! 2T | 13' | #UCHxCOR0-2

Tudo começou com o Rodriguinho invadindo a área. Sobrou para o Jô, que rolou para Jadson, com gol aberto, fuzilar! 2T | 12' | #UCHxCOR 0-2

Mais uma defesaça do Cássio!!!!! 1T | 28'  0-0



Mais um ataque do #Timão ! Rodriguinho carrega a bola e passa para Romero. Chute é defendido pelo goleiro. 1T | 24' | #UCHxCOR0-0

Que defesa do Cássio agora! Paredão alvinegro! 1T | 14' | #UCHxCOR0-0

Depois de uma pressão inicial de La U, o #Timãose solta e ataca em Santiago! 1T | 8' | #0-0

UHHHHH! Jadson arrisca, Rodriguinho chega tocando e quase engana o goleiro Herrera! Timao no ataque! 1T | 7' | #UCHxCOR0-0

NA TRAVE! Jadson recebe da entrada da área, corta para o pé direito e chuta colocado! A bola bate na trave esquerda! 1T | 6' | #UCHxCOR0-0




Jogo começa com La U em cima do #Timão, que segura a pressão. 1T | 5' | #UCHxCOR 0-0

É mais um mata-mata! Vale vaga na próxima fase! Hora de apoiar!!!
Aquecimento final em Santiago antes do confronto que vale vaga na Conmebol Sul-Americana! #UCHxCOR #VaiCorinthians


Corinthians escalado: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho e Jadson; Jô 
Banco: Walter, Léo, Moisés, Paulo Roberto, Camacho, Kazim e Clayton.








fora de casa, Corinthians sub 20 empata com Red Bull Brasil

Placar foi igualado pelo adversário nos últimos minutos da partida, após predomínio alvinegro durante praticamente todo o jogo


17h10 10/05/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


Na tarde desta quarta-feira (10), o Corinthians visitou o Red Bull Brasil, pela segunda rodada da primeira fase do Campeonato Paulista Sub-20. No Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, o Alvinegro empatou em 1 a 1 e segue na liderança do Grupo 3, com quatro pontos em dois jogos.

Alvinegro escalado: O técnico Dyego Coelho colocou em campo um time mais jovem. Filipe; Samuel, Luiz Carlos, Franklin, Lucas Pires; Roni; Lucas Minele, Vitinho, Igor, Zé Gabriel; e Carlinhos foi a equipe que começou o jogo.

Primeiro tempo: O Timão dominou as ações nos 45 minutos iniciais. Com mais posse de bola e tempo no campo de ataque, o Alvinegro teve três chances de abrir o placar – duas com Carlinhos, com boas defesas do goleiros, e uma com Luiz Carlos, que cabeceou na trave direita do gol do Red Bull Brasil já no final primeiro tempo.

Segundo tempo: A pressão do Corinthians seguiu e Thiago – que entrou no lugar de Franklin –, logo aos dois minutos, acertou um chute na trave. O gol do Timão  saiu aos 10 minutos. Carlinhos fez boa jogada pela direita e rolou para Zé Gabriel, que, da entrada da área, bateu no cantinho direito do goleiro do Red Bull. A partir daí, o adversário passou a tentar atacar, mas a defesa alvinegra estava segura. Aos 43 minutos, no entanto, um chute de fora da área deixou o placar igualado no Jayme Cintra, dando números finais ao jogo.





No Dia das Mães, Corinthians usará manto, Arena e redes sociais para ajudar mães com filhos desaparecidos

As mangas das camisas que serão utilizadas pelos jogadores levarão fotos de desaparecidos


16h00 10/05/2017 - Agência Corinthians


Neste domingo (14), será celebrado mais um Dia das Mães e o Sport Club Corinthians Paulista escolheu uma maneira diferente de comemorar a data. Por meio do manto alvinegro e das redes sociais, o Timão entrará em campo para ajudar mães que tenham filhos desaparecidos.

A ação será iniciada no sábado (13), quando o Corinthians estreia no Campeonato Brasileiro de 2017. As mangas das camisas que serão utilizadas pelos jogadores levarão fotos de desaparecidos. No lugar dos nomes dos atletas, haverá um número de telefone para fornecimento de informações sobre os próprios desaparecidos.

Ainda no sábado, durante a partida entre Corinthians e Chapecoense, os telões e os painéis de LED da Arena Corinthians também exibirão as imagens dos desaparecidos e o mesmo contato telefônico.

A continuação acontecerá no domingo (14). No próprio Dia das Mães, as principais redes sociais do Corinthians (Facebook, Instagram e Twitter) postarão exclusivamente fotos e informações de pessoas desaparecidas.











Projeto Time do Povo completa sete anos nesta quarta-feira

Iniciativa precursora do Departamento de Responsabilidade Social do clube já atendeu mais de 21 mil crianças em diversas atividades e ações ao longo deste período


16h00 10/05/2017 - Agência Corinthians

Hoje é dia de comemoração no Departamento de Responsabilidade Social, pois o maior projeto social do clube completa nesta quarta-feira (10) sete anos de operação, com a marca de mais de 21 mil crianças atendidas.

O objetivo do projeto é atender crianças de comunidades carentes, proporcionando à elas “um dia de Corinthians”, com atividades de cunho cultural, festas, visitas ao clube, ao Centro de Treinamento Dr. Joaquim Grava, Arena Corinthians, museus e teatros. O cantor Rappin Hood é padrinho do Projeto e todas as atividades contam com o auxílio de associados voluntários e empresas parceiras, aos quais agradecemos pela colaboração em prol de diversas crianças.

Como o Time do Povo é democrático por natureza, durante estes sete anos, foram realizadas diversas ações diferenciadas com refugiados, mães de crianças desaparecidas, crianças com câncer, pessoas com deficiência, síndrome de down, dentre muitas outras.

Diretor do Departamento Cultural e Responsabilidade Social, Donato Votta agradeceu o empenho de todos os envolvidos no Projeto. “Em campo, podemos ser num campeonato primeira força, num outro não ser, mas fora de campo, em Responsabilidade Social, pela vocação do Corinthians em ser o Time do Povo é nossa obrigação ser sempre a primeira força! Obrigado e Parabéns a todos que ajudaram nesses 7 anos de Projeto Time do Povo, principalmente áqueles que por algum momento se prontificaram a serem voluntários com a única finalidade de fazer o bem”, finaliza.












Como insistência fez Romero mudar visão e vingar no Corinthians

Autor de gol nas finais do Campeonato Paulista, paraguaio agora tem confiança da Fiel. Camisa 11 teve paciência por chances


Gabriel Carneiro
10/05/2017


Vira e mexe o nome do atacante Ángel Romero é visto em manchetes de jornais e portais esportivos por conta da possibilidade de saída do Corinthians para jogar na Europa. Já foram Rubin Kazan (RUS), Sevilla (ESP), Espanyol (ESP) e uma série de outros, mas nenhuma das propostas foi adiante e hoje o paraguaio é o quarto jogador mais antigo do time titular no elenco. A explicação para a trajetória prestes a completar três temporadas ter se estendido tanto é simples: Romero decidiu esperar por oportunidades e vingar no Timão.

Hoje, o paraguaio considera que seu objetivo de não passar batido pelo Corinthians está sendo atingido, especialmente graças à conquista do Campeonato Paulista no último domingo, com gol marcado, nome ovacionado e mérito reconhecido na Arena Corinthians. Outra oportunidade de melhorar o status será colocada à prova nesta quarta-feira, contra a Universidad de Chile. Depois de vencer por 2 a 0 em casa, o Timão tenta a vaga na segunda fase da Copa Sul-americana e deposita esperanças em seu atacante estrangeiro.

- Sabemos que vai ser difícil. Ela mostrou na Arena que tem um time muito bom, joga um bom futebol. Vamos manter essa tática de estar bem organizado, ser compacto e defender o resultado - explica Romero, autor de três gols na temporada, contra Linense, Internacional e Ponte Preta.

Dono de apenas 20% dos direitos econômicos de Romero, o Corinthians nota a identificação cada vez maior do paraguaio com seu torcedor. Em contrapartida, tem relação difícil com seus representantes, que admitem publicamente oferecer o camisa 11 a clubes europeus e frequentemente apresentam sondagens que não se confirmam. Romero mudou a visão do Corinthians justamente por conta do foco nos objetivos do clube e em sua evolução profissional. Ele soma 125 jogos, 23 gols e agora um título como titular.

Da torcida que custou a acreditar no potencial até a diretoria que se convenceu só recentemente do profissionalismo do jogador, Romero aos poucos mostra resultados. E cala os críticos.












Sem a defesa ideal após sete partidas, Corinthians põe elenco jovem à prova

Depois de sete jogos consecutivos com Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana na primeira linha, técnico Carille precisará lançar Léo Príncipe e Pedro Henrique para esta quarta-feira

Após sete partidas com apenas quatro gols sofridos, o que permitiu ao Corinthians superar todas as fases decisivas e ser campeão paulista, o técnico Fábio Carille não terá a linha defensiva que considera ideal, formada por Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana, nesta quarta-feira, no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-americana, contra a Universidad de Chile. São dois desfalques imediatos: Fagner, suspenso por uma expulsão na Libertadores de 2016, e Pablo, que nem saiu do Brasil por causa de uma sinusite. Em suas vagas entram Léo Príncipe e Pedro Henrique.

A última vez em que a linha defensiva foi desmontada foi justamente contra univ chile, quando Fagner cumpriu o primeiro jogo de seu gancho e deu espaço a Léo Príncipe na vitória do Timão por 2 a 0 na Arena Corinthians. Já o zagueiro Pedro Henrique havia atuado pela última vez em 29 de março, na vitória por 3 a 1 sobre o Linense em que Léo Príncipe e até o goleiro Caique começaram jogando. Como Léo Príncipe tem 20 anos e Pedro Henrique 21, o compromisso de hoje colocará à prova as jovens opções do elenco do Corinthians.

Nas últimas semanas, o clube tem tido discussões internas sobre reforços para o segundo semestre, e algumas das posições tidas como carentes são justamente a lateral direita e a zaga. No primeiro setor, Cicinho, está na mira, e no segundo ainda não há consenso sobre a necessidade de uma nova peça. Além dos titulares Balbuena e Pablo, há Vilson, que sofre com lesões em sua passagem pelo Corinthians, e os jovens Pedro Henrique e Léo. Há quem veja como um problema para as competições que vêm pela frente. O técnico Fábio Carille não vê assim.

- O Léo Príncipe já jogou contra eles lá, no jogo em casa, depois contra 5P. O Pedro fez ótimos jogos ano passado. Tem de jogar para ganhar experiência, e temos total confiança nos atletas - sentencia o treinador corintiano, confiante nas peças.

Tanto Léo Príncipe quanto Pedro Henrique disputaram nove partidas nesta temporada. O primeiro foi titular seis vezes e o outro em oito ocasiões. Nesta quarta-feira, a chance de ouro de mostrar serviço.




CORINTHIANS COMEMORA  TÍTULO PAULISTA




Faixa Corinthians Parque São Jorge (Foto: Arquivo pessoal)


Diretor do Corinthians diz que manterá time campeão: "Titulares não vão sair"

Flávio Adauto afirma que Timão vai segurar os principais jogadores e garante permanência de Pablo. Clube deve reforçar defesa, meio e ataque para o Brasileirão

Por Carlos Augusto Ferrari

10/05/2017 13h36

No dia em que o Corinthians decide sua vida na Copa Sul-Americana, o GloboEsporte.com conversou com o diretor de futebol Flávio Adauto no hotel em que a delegação está concentrada em Santiago. E o dirigente foi enfático: o Timão não perderá nenhum dos titulares para disputar o Campeonato Brasileiro, incluindo o zagueiro Pablo. 


O dirigente falou também sobre a busca por reforços, mas assegurou que as negociações com o lateral-direito Cicinho e o atacante Clayson não estão fechadas. O Timão ainda deve procurar também um outro zagueiro e um meio-campista para fortalecer o elenco. 





Diretor de futebol Flávio Adauto em entrevista (Foto: Carlos Augusto Ferrari) 


Leia abaixo a entrevista com Flávio Adauto:


GloboEsporte.com: O assédio está grande para vender jogadores?
Flávio Adauto: Eu diria para você claramente: nada assediado. Se eu tivesse sido procurado, não negaria. Não houve nenhuma procura, é a mais pura verdade. Também não vai adiantar procurar. No início do ano, fomos procurados (pelo Fenerbahçe) para levar o Rodriguinho. Eu disse que aqui não é armazém de secos e molhados. Em um primeiro momento, o Rodriguinho ficou chateado, mas não a questão não era com ele, mas com qualquer jogador. Eu sempre o coloco como exemplo, porque hoje ele está muito feliz. 


Ninguém vai sair?
Não vamos perder jogadores. Podem sair alguns? Essa é outra conversa. Você pode ter jogadores que não pensa em utilizar. Yago e Lucca estão na Ponte, Gustavo foi para o Bahia, Jean está no Vasco. Saídas pontuais, sim. Desmanche não faz parte do nosso vocabulário. 


Dá para garantir que nenhum titular será negociado?
Dá para garantir que titulares não vão sair, reservas imediatos também não e jogadores que o Carille quer também não. Só esses casos pontuais. Quando negociamos o Uendel, tínhamos uma projeção interna de que o titular seria o Guilherme Arana. Há toda uma programação, não está sendo feito nos joelhos. 


O Corinthians vai usar os direitos que ainda tem do Malcom para comprar o Pablo?
Pode ser através do Malcom. Temos 15%, e ele tem uma avaliação de mercado na Europa na faixa de € 40 milhões. Com 15%, teríamos € 6 milhões, mais do dobro do que precisamos pagar pelo Pablo. Estamos pensando em ir brevemente a Bordeaux para conversar. O torcedor pode ficar tranquilo, o Pablo não vai sair. Ele vai continuar no Corinthians. 


O presidente Roberto de Andrade falou em contratar três reforços para o restante da temporada, um jogador para cada setor...
Pode ser por aí. Fizemos uma pausa. Neste momento, estamos esperando as coisas se desenvolverem. É lógico que queremos ir até o dia 13 de dezembro (final da Sul-Americana). Vamos esperar passar essa etapa para nos reunirmos e saber o que é emergencial, o que precisamos a curto prazo. O Brasileiro vai até 5 de dezembro. Vamos precisar de uma reprogramação, mas não refazer o elenco. 


Clayson, da Ponte Preta, jogará no Corinthians?
Pode até ser, mas é uma conversa que começamos e paramos em função das finais. Ela pode ser retomada, mas sem nenhuma pressa. Esse é um nome que foi colocado publicamente, tivemos reuniões e vamos ver o que vai acontecer. Precisamos conviver com a ansiedade. Precisa de tempo de convencimento da importância do jogador vestir a camisa do Corinthians. Isso tem um peso muito grande. 


O Cicinho está contratado?
Não tem nada acertado, apenas uma conversa vaga ainda. Nossa preocupação é o jogo de hoje. Temos garotos que podem dar conta do recado, como Léo Príncipe e Pedro Henrique. Confiamos naquilo que é nosso. 


O Corinthians briga pelo título no Brasileiro?
É difícil dizer. Sempre surgem cinco ou seis potenciais candidatos ao título. Um deles no ano passado era o Internacional, que vai disputar a Série B. Queremos brigar lá na frente, mas só o tempo vai dizer. O time está muito bem definido pelo Carille, e existe uma compreensão dos jogadores. Eles adquiriram essa confiança e sabem que são competentes.












Acabou a festa: Corinthians enfrenta Univ de Chile para avançar na Sul-Americana

Após título do Paulista, Timão joga no Chile com vantagem de dois gols sobre rival, mas enfrenta estádio lotado e equipe bem organizada. Desfalques na defesa preocupam Carille


Por Carlos Augusto Ferrari
10/05/2017 07h15

Três dias depois da conquista do título paulista, o Corinthians tem nova decisão pela frente. Sem tempo para festejar, o Timão enfrenta a Universidad de Chile nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Santiago, para buscar classificação à segunda fase da Copa Sul-Americana. 

O Corinthians venceu a ida em casa por 2x0 e saldo de gols e gols na casa adversária são critérios de desempate.

A rotina do Timão foi corrida desde o apito final do empate por 1 a 1 com a Ponte Preta, no domingo: taça do Paulistão, jantar, treino, festa do Campeonato Paulista, concentração, viagem ao Chile... Tudo isso em pouco mais de 24 horas. A equipe de Fábio Carille embarcou na manhã de terça-feira e fez um treino no Estádio Nacional, palco do duelo. 



Fábio Carille comandou só um treino, no Chile, após o título paulista (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 

Sem tempo para preparar o time, Carille tentou apenas manter o foco do elenco, que pode sofrer um relaxamento natural pós-título. A semana, porém, não permite descuidos. 

– Sabemos do relaxamento natural. Depois dos 3 a 0 sobre a Ponte, a semana inteira trouxemos frases, conversas para entrarmos bem ligados. Agora é um jogo difícil, contra uma equipe junta há três anos, que terá estádio praticamente cheio. Mas estamos maduros para superar tudo isso – afirmou o técnico corintiano. 

Na Universidad de Chile, a partida contra o Corinthians é vista como importante, mas não determinante. Ser eliminado logo na primeira fase não colocará a equipe em crise, já que o grande foco está no confronto com o O’Higgins no domingo, pelo campeonato local. Mesmo assim, são esperados mais de 30 mil torcedores no Estádio Nacional. 



Jadson e Rodriguinho voltam a formar dupla; o segundo estava suspenso no Paulista (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 













Técnico Fábio Carille explica mudanças no Corinthians campeão paulista e valoriza vantagem sobre Univ Chile

Técnico do Timão justifica inversão de posicionamento entre Jadson e Romero e diz que Pablo jogou final do Paulista com sintomas de sinusite. Corinthians venceu ida por 2x0

Por Carlos Augusto Ferrari

09/05/2017 21h33 
O técnico Fábio Carille explicou as mudanças feitas no Corinthians para o jogo desta quarta-feira contra a Universidad de Chile, às 21h45 (horário de Brasília), em Santiago. Na defesa, Léo Príncipe e Pedro Henrique substituem Fagner e Pablo. No ataque, Jadson e Romero tiveram seus posicionamentos invertidos. 
A única mudança certa era na lateral direita, já que Fagner está suspenso pela Conmebol e só pode voltar se o Corinthians se classificar para a segunda fase da Copa Sul-Americana. 
Com Pablo, a alteração teve de ocorrer na última hora. De acordo com Carille, o zagueiro se sentia mal desde o domingo, dia da final do Campeonato Paulista. Com quadro de sinusite, ele foi cortado da viagem ao Chile para fazer tratamento. 


Fábio Carille conversa com jornalistas no Chile: Timão vai com mudanças para o jogo (Foto: Carlos Augusto Ferrari) 

– Ele não foi para o jogo de domingo em suas melhores condições, piorou na segunda, não se sentiu bem, achamos melhor deixá-lo em tratamento para que ele se recupere bem – disse. 

No ataque, Carille apresentou estatísticas para mostrar porque Romero sairia do lado esquerdo para o lado direito – e Jadson faria o caminho contrário. A ideia é fazer o atacante paraguaio ajudar Léo Príncipe na marcação:

– Nossa ideia de jogo não muda, mas Jadson passa a trabalhar pelo lado esquerdo, e Romero pelo direito. 43% dos gols do adversário saem pelo lado esquerdo, e 53% pelo centro. Lado direito deu mais ou menos 6% na nossa análise. Por isso o Romero vem mais para esse lado compensar e deixar o Jadson flutuar. Romero é mais tático, de cumprir função. 

Em Santiago, o Corinthiansleva a vantagem de gols

– Queria eu começar todo jogo ganhando de 2 a 0. Sabemos que vamos ser pressionados, ainda mais pela qualidade do adversário. Mas é uma vantagem muito boa – avaliou Carille. 


Veja as informações da partida:

univ chile x Corinthians
Local: Estádio Nacional, em Santiago
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação provável da Universidad de Chile: Johnny Herrera, Matías Rodríguez, Christian Vilches, Gonzalo Jara e Jean Beausejour; Gonzalo Espinoza, Lorenzo Reyes e Gustavo Lorenzetti; Sebastián Ubilla, Felipe Mora e Leandro Benegas
Desfalques da Universidad de Chile: nenhum

Escalação provável do Corinthians: Cássio, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho e Jadson; Jô

Desfalques do Corinthians: Fagner (suspenso), Pablo (com sinusite) e Giovanni Augusto (lesão no tornozelo esquerdo)









Com chave virada, técnico Carille afirma que Timão está pronto para a decisão contra Univ Chile: ''Bastante confiante''

Após conquista do título paulista no último domingo (07), o técnico disse que a equipe está focada para voltar ao Brasil com a classificação


22h00 09/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


No início da noite desta terça-feira (09), o Corinthians realizou treinamento no Estádio Nacional de Chile, em Santiago (CHI), em preparação para o jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Após vencer por 2 a 0 no jogo de ida na Arena Corinthians, o Timão enfrenta a Universidad de Chile, às 21h45, no mesmo Estádio Nacional.

Em entrevista coletiva após o treino, o técnico Fábio Carille mostrou confiança na classificação do Timão à próxima fase do torneio sul-americano.

"Estou bastante confiante, equipe crescendo a cada dia, conquistar o estadual traz mais confiança ainda. Sabemos da força e do conjunto do adversário, fizeram um primeiro tempo maravilhoso na nossa casa. Sabemos de todas as dificuldades, mas estamos prontos”, disse.

Recém campeão paulista, o treinador afirmou que o grupo está focado para lutar pelo primeiro título da Copa Sul-Americana para o time do Parque São Jorge.

"É um campeonato que o Corinthians ainda não conquistou. Estamos levando muito a sério, como todas as competições. Esperamos fazer um bom jogo aqui para sairmos classificados. Sempre importante ter essa vantagem em jogos grandes. Construímos isso em casa, o 2 a 0, é saber usar isso no jogo de amanhã”, finalizou.













Primeiro jogo na Arena Corinthians completa três anos nesta quarta

O evento, que contou com a presença de ídolos do Timão, serviu como primeiro teste da casa alvinegra


11h30 10/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
No dia 10 de maio de 2014, há três anos, a Arena Corinthians recebia a Fiel pela primeira vez. No primeiro evento teste para a Copa do Mundo Fifa, a casa corinthiana recebeu uma partida amistosa entre ídolos da história do Corinthians.

O primeiro gol do estádio foi marcado por Roberto Rivellino. Embora não tenha sido um jogo oficial, o evento foi aberto ao grande público com venda de ingressos e contou com a presença de cerca de 17 mil torcedores. Apenas três setores foram liberados ao público (leste inferior, leste superior e oeste inferior).










Corinthians põe a venda nas bilheterias demais ingressos de jogo contra Chapecoense

Parque São Jorge e Lojas Poderoso Timão do Shopping D e do Tietê Plaza funcionam das 12h às 20h; Arena Corinthians e Poderoso Timão da Rua Augusta abrem das 12h às 17h

11h00 10/05/2017 - Agência Corinthians

Neste sábado (13), às 19h, o Corinthians estreia no Campeonato Paulista de 2017. Na Arena Corinthians, o Timão recebe a Chapecoense. Os ingressos para esta partida estarão à venda nas bilheterias a partir desta quarta-feira (10).

Os torcedores podem comprar os ingressos no Parque São Jorge e nas Lojas Poderoso Timão do Shopping D e Tietê Plaza das 12h às 20h. Outros dois pontos de venda – Arena Corinthians (Bilheteria portão A) e Poderoso Timão da Rua Augusta – funcionarão das 12h às 17. Os horários de funcionamento são válidos de quarta a sexta-feira (12). As informações de venda para o dia da partida serão confirmadas em breve.

Os corinthianos que preferirem comprar ingressos pela internet também já podem garantir vaga na estreia do Brasileirão. Os sócios do Fiel Torcedor compram pelo www.fieltorcedor.com.br até as 23h59 desta quarta. Os ingressos para não sócios estão à venda pelo www.ingressoscorinthians.com até as 11h de sábado.

SETORES DISPONÍVEIS

Leste Inferior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)
Oeste Superior: R$ 68 (R$ 34 meia-entrada)
Leste Superior: R$ 84 (R$ 42 meia-entrada)
Leste Superior Central: R$ 98 (R$ 49 meia-entrada)
Oeste Corner: R$ 128 (R$ 64 meia-entrada)
Oeste Inferior: R$ 178 (R$ 89 meia-entrada)
Visitante: R$ 54 (R$ 27 meia-entrada)*
*Venda apenas no dia do jogo e com uma antecedência aproximada de 2:00 (duas horas) ao início da partida.

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA
Estudantes
Lei nº 13.933, de 26/12/2013
§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...
§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.
1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;
2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.
Idosos maiores de 60 anos
Lei nº 13.933, de 26/12/2013
Apresentar RG Original
Professores do Estado  e dos Municípios Paulistas
Lei 14729/12
Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado  e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente - DOCUMENTO IMPRESSO.
Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino
Lei 15298/14
Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerite) do mês vigente.
NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA
Aposentadorias
Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA









Após título paulista, Timão decide vaga contra Universidad de Chile pela Conmebol Sul-Americana

Corinthians segue em frente na temporada 2017 indo ao Chile para o jogo de volta na competição continental; vantagem é alvinegra após o 2 a 0 na ida, na Arena Corinthians


11h00 10/05/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Hora de encerrar as comemorações porque a temporada 2017 continua. Depois de ser campeão paulista pela 28ª vez no último domingo (07), o Corinthians já tem um mais uma mata-mata pela frente nesta quarta-feira (10). O Timão enfrenta a Universidad de Chile no estádio Nacional, em Santiago (CHI), no jogo de volta da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, às 21h45 (horário de Brasília). Globo (para SP menos Santos, RS, SC, PR, MG menos Juiz de Fora, GO, TO, MS, MT, BA, AL, RN, CE, MA, AP e DF) e Fox Sports (para todo o Brasil) transmitem ao vivo.

Vantagem corinthiana

A partida de ida foi disputada há mais de um mês atrás, no dia 05 de abril, na Arena Corinthians. Jogando em casa, o Timão levou a melhor, vencendo por 2 a 0, com gols de Rodriguinho e Jadson.

Com esse resultado, o Alvinegro do Parque São Jorge tem uma vantagem bastante considerável para o duelo de volta no Chile, podendo perder por um gol de diferença que se classifica. Se fizer um em Santiago e for derrotado por dois de vantagem (1 x 3, 2 x 4 em diante), passa de fase pelo critério do gol fora.

Caso a Universidad de Chile vença também por 2 a 0, a definição da vaga vai para a disputa de pênaltis.

Como chegam as equipes para o jogo

O Corinthians chega para a disputa em alta, depois de conquistar o 28º título paulista da história do clube no último domingo (07), no empate com a Ponte Preta por 1 a 1 na Arena Corinthians.

Já a Universidad de Chile disputa cabeça a cabeça a taça do Torneio Clausura do Campeonato Chileno. Após golear o Cobresal por 4 a 0 na última sexta-feira (05), a equipe é segunda colocada, um ponto atrás do líder Colo-Colo, faltando duas rodadas para o fim -- a competição é disputada em pontos corridos.

Como vai o Timão para o confronto no Chile

Na Conmebol Sul-Americana, o Corinthians tem 30 inscritos, mas só pode levar a jogo 18 (11 titulares e sete reservas). Para o Chile, o técnico Fabio Carille relacionou 21 jogadores, com ausências. Fagner, suspesnso, e Pablo, com quadro forte de sinusite, não viajaram.

Assim, para o gol, as opções serão Caíque, Cássio e Walter. Nas laterais, Guilherme Arana, Léo Príncipe e Moisés. A zaga terá Balbuena, Léo Santos e Pedro Henrique. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Maycon e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Jadson e Rodriguinho. Clayton, Jô, Kazim, Léo Jabá e Romero são os atacantes que completam a lista.

Palavras do comandante

Assim como na final do Paulistão Itaipava contra a Ponte Preta, o Corinthians tem uma vantagem considerável contra a Universidad de Chile na Conmebol Sul-Americana. Pelo que passou na decisão, Fabio Carille mostrou tranquilidade quanto à concentração do elenco, para não deixar esse fato atrapalhar a equipe dentro de campo. O técnico do Timão acredita que o time chileno vai para cima do Alvinegro durante todo o jogo.

"Minha preocupação maior foi na semana passada, ganhando de 3 a 0 uma final na casa do adversário. Mas gostei muito do trabalho que fiz aqui de 12, 15 minutos. O pessoal está bem concentrado e sabendo da importância da competição", afirmou o treinador.

"Jogando em casa, com a torcida, vão pressionar o tempo todo. Isso que tentei passar para os meus jogadores. Sabemos que vamos ser pressionados, ainda mais pela qualidade do adversário. Mas é uma vantagem muito boa", concluiu Carille.

Retrospecto

No curto histórico do confronto contra a Universidad de Chile, a vantagem é alvinegra. Em quatro jogos disputados, o Timão venceu três e perdeu um, com sete gols marcados e dois sofridos.

O Corinthians já venceu a equipe chilena no estádio Nacional, em Santiago (CHI), uma vez. Foi em 1969, por um torneio amistoso: 2 a 0, gols de Benê e Tales.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store