3 de mai de 2017

CORINTHIANS 03/05/2017


Corinthians retoma rumo no sub-20 e recoloca Coelho como técnico

3 MAI2017
22h30

O Corinthians trocará seu técnico da categoria sub-20 e Coelho voltará a comandar o time. Apenas 36 dias após assumir o cargo, Pepinho chegou a um acordo com a diretoria do Timão e deixa o comando da equipe.

. A diretoria do Corinthians irá atrás de um nome para ser o auxiliar da equipe sub-20.

O Corinthians vem obtendo bons resultados no sub-20 nos últimos anos. A equipe é a atual campeã da Copinha, torneio nacional mais importante do Brasil.





Corinthiano Cássio projeta ser capitão em final, exalta Carille e mira ídolo Ronaldo

Goleiro do Corinthians diz que treinador é 'responsável por tudo'. Cotado para erguer a taça do Campeonato Paulista, domingo, ele pode igualar ex-goleiro do Timão


Bruno Cassucci

3 MAI2017
18h45

No Corinthians desde 2012, Cássio, integrante de grandes e importantes títulos do Corinthians, pode erguer literalmente a taça pelo clube no próximo domingo, na Arena. Um dos líderes do elenco alvinegro, o camisa 12 faz parte da lista de candidatos para ser o capitão da equipe na final do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta.

O jogador de 29 anos não negou que gostaria de ter essa experiência, mas minimizou a importância da braçadeira. Mesmo com a vantagem de 3 a 0 obtida no duelo de ida, ele pregou respeito à Macaca e projetou dificuldades no duelo.


- É legal essa situação de poder levantar a taça, mas o bom é ser campeão. Não ganhamos nada ainda, conseguimos um bom placar, mas a gente sabe que vai ser bem difícil. Em casa, diante da nossa torcida, tem de focar primeiro no título. Se eu for capitão, vou ficar muito feliz, mas isso fica em segundo plano. Se conseguirmos o título e eu for o capitão, será uma alegria muito grande. Mas todos que foram capitães são merecedores - declarou, em entrevista coletiva.

Cássio atribuiu os méritos da boa campanha alvinegra ao técnico Fabio Carille e rasgou elogios ao comandante da equipe:

- O Carille é o responsável por tudo, ele que é o comandante. Chegamos onde chegamos por causa dele. Ele é nosso guia. Para mim, não é novidade o que está acontecendo com ele. É um cara que se preparou, trabalhou com grandes treinadores, inclusive o melhor do Brasil, que é o Tite. Aprendeu muitas coisas, cresceu e desenvolveu um jeito de trabalhar. Ele trouxe coisas muito inteligentes do Tite, mas hoje tem o estilo dele. É um cara que conversa, mas cobra quando é necessário. Nenhum jogador confundiu a situação de ele ter sido um auxiliar e agora treinador, o respeito é o mesmo - comentou.

Se garantir o título paulista, o arqueiro conquistará o seu sexto título pelo Timão. Ele já integrou o Corinthians Bicampeão Mundial (2012), campeão da Libertadores da América (2012), Hexacampeão Brasileiro (2015), campeão da Recopa Sul-Americana (2013) e do Timão campeão Paulista (2013). Domingo, ele pode igualar um dos maiores ídolos do Corinthians, o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli, que também tem seis títulos.

Cássio se enganou e esqueceu uma taça levantada por Ronaldo, que faturou três Paulistas, um Brasileiro, uma Copa do Brasil e uma Supercopa do Brasil (além do Torneio Ramón de Carranza, de menor expressão). Apesar da confusão, o camisa 12 destacou a importância do feito que pode atingir, mas se colocou abaixo do ex-goleiro em importância na história do Timão:

- Tenho cinco títulos como titular, como o Ronaldo. Se a gente conseguir esse título, acho que passo a ser o maior, como titular. O que mais tem é o Julio Cesar (nove). Se for ver os números, estou quase chegando nos 300 jogos pelo Corinthians, alcançando uma marca bem respeitável. Para mim é gratificante. Não me coloco como o maior goleiro da história do Corinthians. Para mim é o Ronaldo, mais de 600 jogos aqui. É muito difícil alcançar essa marca. Fico muito feliz em fazer parte da história. Não tenho essa vaidade de achar que sou o maior, espero fazer mais - afirmou.

No entanto, Ronaldo tem outra opinião. Para o ex-jogador, Cássio já o superou:

- O Cássio já está na história pelos títulos. Na Libertadores foi impecável, no Mundial foi impecável... É o melhor goleiro da história do Corinthians! 






Corinthiano goleiro Cássio prega respeito ao adversário: "Sabemos como é difícil jogar contra a Ponte Preta"

Goleiro corinthiano também falou sobre a possibilidade usar a faixa de capitão na decisão de domingo

17h45 03/05/2017 - Agência Corinthians



Divulgação
Após o treino desta quarta-feira (03) no CT Dr. Joaquim Grava, o goleiro Cássio conversou com a imprensa em entrevista coletiva. Sobre a expectativa de disputar uma final na Arena Corinthians pela primeira vez, o camisa 12 do Timão não esconde o ânimo, mas faz questão de exaltar a dificuldade do confronto.

"É muito legal você ser campeão na frente da sua torcida. Sabemos que todos os ingressos foram vendidos, até para nossos familiares está difícil conseguir ingresso. Temos de confirmar o título, não ganhamos nada ainda. Sabemos como é difícil jogar contra a Ponte Preta", disse o goleiro alvinegro.

Sem um capitão definido para a decisão, o arqueiro foi perguntado sobre a possibilidade de levantar a taça do Paulistão 2017. Um dos favoritos da torcida a usar a faixa de capitão, Cássio exaltou o carinho que a Fiel tem por ele.

"Fico feliz com os votos da torcida. O respeito que o torcedor tem comigo, pelo tempo de trabalho... Dentro de campo, sempre tento fazer meu melhor, ajudo o Corinthians dentro e fora de campo. É muito legal ganhar enquetes, essas coisas, é muito gratificante. O torcedor corinthiano respeita minha história", completou o paredão corinthiano.









Favorito da torcida para ser capitão, Cássio agradece apoio, mas quer cautela

Goleiro do Corinthians diz que será "alegria muito grande" se for escolhido por Carille para usar braçadeira na final, porém, alerta que título paulista ainda não está garantido

Por Carlos Augusto Ferrari e Diego Ribeiro
03/05/2017 18h15

Cássio lidera com folga a enquete  de um site sobre quem deve ser o capitão do Corinthians na decisão do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, domingo, às 16h, na Arena Corinthians. Apesar de evitar o clima de “já ganhou” depois da vitória por 3 a 0, em Campinas, o goleiro admite que ficaria bastante feliz se fosse escolhido pelo técnico Fábio Carille.

– É legal essa situação de poder levantar a taça, mas o bom é ser campeão mesmo. Ser campeão é legal. Não ganhamos nada ainda, conseguimos um bom placar, mas a gente sabe que vai ser bem difícil. Em casa, diante da nossa torcida, tem de focar primeiro no título. Se eu for capitão, vou ficar muito feliz, mas isso fica em segundo plano – afirmou. 





Cássio e Fábio Carille em treino do Corinthians no CT (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Carille tem abordagem semelhante à de Tite, hoje na Seleção. Ele reveza a faixa de capitão entre os nomes mais experientes da equipe – em 2015, na campanha do título brasileiro, Ralf foi o responsável por levantar a taça após a goleada do Timão por 6 a 1 sobre 5P. O meia Rodriguinho seria opção para a honraria, mas está suspenso e não vai participar do jogo de volta da final.

– Se conseguir o título e eu for o capitão, será uma alegria muito grande. Mas todos que foram capitães são merecedores – disse Cássio.

Mesmo com a grande vantagem obtida no primeiro jogo, os jogadores do Corinthians tentam controlar a ansiedade da taça e pregam respeito. O Timão ganhou o primeiro por 3x0, fora de casa, e tá perto do 28º título estadual.

– Não podemos entrar em campo no resultado que conseguimos lá, mas, sim, como entramos em Campinas. Fazendo o jogo no nosso estilo, competindo e lutando muito. Isso podemos repetir. Não podemos entrar em campo e jogar em cima do resultado de lá. Jogar como se não tivesse nenhuma vantagem – ressaltou o goleiro.









Corinthians treina com Camacho e Técnico Fábio Carille faz outros testes

Meio-campista inicia o treino desta quinta no lugar de Rodriguinho, suspenso, e deve ser titular na decisão contra a Ponte. Clayton e Léo Jabá entram na equipe na segunda parte


Por Carlos Augusto Ferrari e Diego Ribeiro

03/05/2017 17h26

O técnico Fábio Carille começou nesta quarta-feira à tarde, no CT Joaquim Grava, a decidir a escalação do Corinthians para decisão do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta, domingo, às 16h, em casa. O treinador escalou Camacho no lugar de Rodriguinho, suspenso, mas testou outras alternativas na formação. 
Mesmo suspenso por um jogo pelo Tribunal de Justiça Desportiva, o lateral-direito Fagner foi mantido. O Timão aguarda para quinta-feira uma resposta do efeito suspensivo que pediu para colocar o jogador na decisão. Caso ele não possa atuar, Léo Príncipe entra. No meio, Paulo Roberto ficou com a vaga de Gabriel, outro punido com o terceiro cartão amarelo. 

Fagner treinou normalmente como titular nesta quarta-feira (Foto: Diego Ribeiro) 

Carille posicionou a equipe no esquema 4-1-4-1, deixando o 4-2-3-1 de lado momentaneamente. O Corinthians iniciou o treino com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto; Jadson, Camacho, Maycon e Romero; Jô. 


Na parte final da atividade em campo reduzido, o treinador fez duas alterações: Clayton ocupou o lugar de Romero, enquanto Léo Jabá entrou em substituição a Camacho, passando Jadson para o meio. A alteração deixou o Timão com mais velocidade pelos lados do campo. 

O time teve: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto e Maycon; Léo Jabá, Jadson e Clayton; Jô. 
Carille deve confirmar a escalação apenas depois do treino de sexta-feira de manhã, quando concederá entrevista coletiva.











Corinthians entra com efeito suspensivo por Fagner; resposta sai na quinta

Timão espera decisão do TJD, mas confia na presença do lateral em decisão contra a Ponte Preta. Ele treina com titulares em atividade técnica nesta quarta

Por Anselmo Caparica, Carlos A. Ferrari e Diego Ribeiro

03/05/2017 16h55

Corinthians tenta efeito suspensivo para Fagner

O Corinthians entrou nesta quarta-feira com pedido de efeito suspensivo no TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) da Federação Paulista de Futebol para ter Fagner em campo no domingo, contra a Ponte Preta, às 16h (horário de Brasília), na Arena Corinthians
Por três votos a dois, o lateral-direito foi suspenso por uma partida, em julgamento realizado nesta terça-feira à tarde, na sede da Federação Paulista de Futebol.
De acordo com o advogado João Zanforlin, que cuida dos interesses do Timão, a resposta do TJD sai nesta quinta-feira. Caso Fagner não possa jogar, Léo Príncipe será o titular na decisão do Campeonato Paulista – o Corinthians venceu o jogo de ida por 3 a 0.


Fagner saberá nesta quinta se joga ou não a final do Paulista (Foto: Diego Ribeiro)

O jogador, que não compareceu ao julgamento, foi denunciado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva – praticar ato desleal ou hostil – por causa da confusão com Cueva. O jogador do Tricolor recebeu apenas uma advertência.

– Decisão de 3 a 2 não pode deixar um jogador fora de uma partida decisiva. Tenho a mais absoluta certeza de que o Fagner vai jogar a final – disse João Zanforlin, após o julgamento.

A confiança no efeito suspensivo é tão grande que Fagner treinou entre os titulares nesta quarta-feira, em atividade técnica comandada por Fábio Carille. Gabriel e Rodriguinho, desfalques por suspensão, foram substituídos por Paulo Roberto e Camacho.











Corinthians ensaia alternativas para substituir suspensos


Clayton foi uma das alternativas testadas por Fabio Carille(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Léo Jabá é outra opção do Timão para enfrentar a Ponte Preta(Foto: Daniel Augusto Jr)

Camacho deve ser titular do Corinthians na final contra a Ponte(Foto: Daniel Augusto Jr)


Paulo Roberto deve ser titular na vaga de Gabriel no domingo(Foto: Daniel Augusto Jr)



Fagner é dúvida. Corinthians tenta efeito suspensivo para tê-lo(Foto: Daniel Augusto Jr)

Se ele não tiver condições de atuar, Léo Príncipe irá substituí-loDaniel Augusto Jr

Clayton foi uma das alternativas testadas por Fabio Carille(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)


Léo Jabá é outra opção do Timão para enfrentar a Ponte Preta(Foto: Daniel Augusto Jr)

Camacho deve ser titular do Corinthians na final contra a Ponte(Foto: Daniel Augusto Jr)

Paulo Roberto deve ser titular na vaga de Gabriel no domingo(Foto: Daniel Augusto Jr)1/6



Bruno Cassucci - 03/05/2017 - 17:50

O volante Camacho deve ser o escolhido para substituir Rodriguinho, suspenso,  na final do Campeonato Paulista em que o  Corinthians enfrenta a  Ponte, neste domingo, na Arena Corinthians. Ele iniciou o treinamento desta quarta-feira entre os titulares, assim como o volante Paulo Roberto e até mesmo o lateral-direito Fagner, que ainda aguarda o resultado do pedido de efeito suspensivoOs dois primeiros foram escolhidos pelo técnico Fábio Carille como substitutos de Rodriguinho e Gabriel, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. A decisão, porém, ainda não está tomada.

Carille testou alternativas no meio de campo. Na segunda parte do treino desta quarta, ele sacou Romero e Camacho, centralizou Jadson, e deixou Clayton e Léo Jabá pelas pontas.

A tendência, contudo, é que a equipe que iniciou a atividade desta quarta seja a que comece a decisão. De volta ao 4-1-4-1, o Timão deve ir a campo com: Cássio, Fagner (Léo Príncipe), Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto, Camacho, Maycon, Jadson  e Romero; Jô.


A definição sobre quem joga deve sair apenas no treinamento de sexta-feira pela manhã. Na sequência, o técnico Fabio Carille concederá entrevista coletiva.











 Corinthians ensaia alternativas para substituir meia Rodriguinho, suspenso. Camacho é favorito
Meio-campista pode ganhar uma chance de começar jogando a segunda partida das finais do Paulistão, mas ainda enfrenta concorrência. Posicionamento de Jadson está indefinido

Bruno Cassucci

3 MAI2017   17h51

O Corinthians busca um atleta para substituir Rodriguinho, suspenso, na final do Campeonato Paulista contrapontea, neste domingo, na Arena. Hoje, o volante Camacho foi o escolhido. Ele iniciou o treinamento desta quarta-feira entre os titulares, assim como o volante Paulo Roberto e até mesmo o lateral-direito Fagner, que ainda aguarda o resultado do pedido de efeito suspensivo. Os dois primeiros foram escolhidos pelo técnico Fábio Carille como substitutos de Rodriguinho e Gabriel, que estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. A decisão, porém, ainda não está tomada.

Carille testou alternativas no meio de campo. Na segunda parte do treino desta quarta, ele sacou Romero e Camacho, centralizou Jadson, e deixou Clayton e Léo Jabá pelas pontas.

A tendência, contudo, é que a equipe que iniciou a atividade desta quarta seja a que comece a decisão. De volta ao 4-1-4-1, o Timão deve ir a campo com: Cássio, Fagner (Léo Príncipe), Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto
, Camacho, Maycon, Jadson e  Romero; Jô. 


A definição sobre quem joga deve sair apenas no treinamento de sexta-feira pela manhã. Na sequência, o técnico Fabio Carille concederá entrevista coletiva.


  

O Corinthians tem a grande vantagem de ter vencido o jogo de ida, por 3x0, fora de casa e traz isso para a Arena Corinthians, domingo.













Corinthians inicia venda de ingressos para jogo contra a Chapecoense, na Arena Corinthians, estréia do Brasileiro

3 MAI2017
18h18


O Corinthians iniciou, nesta quarta-feira, às 17h, a venda de ingressos para a estreia da equipe no Brasileirão, contra a Chapecoense, no dia 13 de maio, às 19h (de Brasília), no estádio de Itaquera, duelo que pode reunir os campeões do Paulista e do Catarinense. Essa é a única partida que não faz parte do pacote Campeonato Brasileiro, lançado na última semana para os sócios do Fiel Torcedor.

Beneficiados (com 32 pontos ou mais) e sócios do plano Meu Amor, do programa Fiel Torcedor, já podem garantir seu lugar na partida. Demais sócios podem comprar seu ingresso a partir das 15h desta quinta-feira. O Fiel Torcedor terá descontos de até 50%, de acordo com o plano e setor escolhidos para o jogo. O duelo com a Chapecoense será o primeiro jogo do Corinthians em sua arena depois da decisão do Campeonato Paulista, que acontece neste domingo.

Já o pacote Brasileirão, com os outros 18 jogos do Timão como mandante, também segue disponível para os sócios do Fiel Torcedor. Os descontos são de até 70% no valor de face dos ingressos para todos os planos (Minha Vida, Minha História e Meu Amor), com entradas a partir de R$ 20,40. Quem adquirir o pacote receberá, também, 9 pontos de bonificação dentro do programa para compra antecipada de ingressos.





Corinthians vende ingressos para estreia no Brasileirão;

Clube inicia venda de entradas para jogo contra a Chapecoense, dia 13 de maio, na Arena Corinthians. Para os outros 18 duelos em casa, há um pacote especial para integrantes do Fiel torcedor


Por GloboEsporte.com


03/05/2017 18h51

O Corinthians iniciou na tarde desta quarta-feira a venda de ingressos para a estreia no Campeonato Brasileiro, dia 13 de maio, contra a Chapecoense, às 19h (horário de Brasília), na Arena Corinthians Esta é a única partida que não faz parte do pacote lançado pelo clube semanas atrás.
As vendas, por enquanto, estão abertas apenas para os sócios do plano Meu Amor, no programa Fiel Torcedor. Os demais sócios podem comprar a partir das 15h desta quinta-feira, sempre pelo site www.fieltorcedor.com.br. 









Corinthians inicia venda de ingressos para a estreia no Brasileirão

O Fiel Torcedor terá descontos de até 50%, de acordo com o plano e setor escolhidos para o jogo


17h00 03/05/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


O Corinthians iniciou, nesta quarta-feira, às 17h, a venda de ingressos para a estreia da equipe no Brasileirão, contra a Chapecoense, no dia 13 de maio (sábado), às 19h, na Arena Corinthians. Essa é a única partida que não faz parte do pacote Brasileirão, lançado na última semana para os sócios do Fiel Torcedor.

Beneficiados (com 32 pontos ou mais) e sócios do plano Meu Amor, do programa Fiel Torcedor, já podem garantir seu lugar na partida. Demais sócios podem comprar seu ingresso a partir das 15h desta quinta-feira (4).

O Fiel Torcedor terá descontos de até 50%, de acordo com o plano e setor escolhidos para o jogo. O duelo com a Chape será o primeiro jogo do Corinthians em sua Arena depois da decisão do Campeonato Paulista, que acontece neste domingo.

Confira, abaixo, os preços dos ingressos da estreia no Brasileirão para o Fiel Torcedor.



Pacote Brasileirão

O pacote Brasileirão, com os outros 18 jogos do Timão na Arena Corinthians, também segue disponível para os sócios do Fiel Torcedor. Os descontos são de até 70% no valor de face dos ingressos para todos os planos (Minha Vida, Minha História e Meu Amor), com entradas a partir de R$ 20,40.

Quem adquirir o pacote receberá, também, 9 pontos de bonificação dentro do programa para compra antecipada de ingressos. Para associar-se e garantir seu lugar ao lado do Corinthians na temporada, acesse www.fieltorcedor.com.br















Agora treinam entre titulares: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto e Maycon; Clayton, Jadson e Léo Jabá; Jô #trsccp


16h40
Técnico Fábio Carille faz testes: Clayton e Léo Jabá entram nos lugares de Camacho e Romero #trsccp

Reservas: Walter, Léo Príncipe, Léo, Pedro Henrique e Moisés; Fellipe Bastos e Marciel; Jabá, Pedrinho e Clayton; Kazim #trsccp




Aparentemente, Carille muda o esquema para o 4-1-4-1 #trsccp

Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Paulo Roberto e Maycon; Camacho, Jadson e Romero; Jô #trsccp

Fagner é mantido por Carille entre os titulares. Resposta do efeito suspensivo sai na quinta-feira #trsccp

16h20

Fagner é mantido por Carille entre os titulares. Resposta do efeito suspensivo sai na quinta-feira #trsccp

Camacho ocupa o lugar de Rodriguinho na equipe titular #trsccp



Fagner participa do treino desta quarta, no CT. Resposta do TJD sai na quinta-feira. #trsccp


Corinthians já entrou com pedido de efeito suspensivo de Fagner na FPF. Info do @caparica #trsccp



Olha o gol! Rs #trsccp



Goleiros aquecem com o preparador Mauri Costa Lima #trsccp


Jogadores em campo para o treino desta quarta #trsccp



Boa tarde! A partir de agora, você acompanha todos os lances do treino do Corinthians nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava. Fique conosco!
















Pablo confia em elenco para suprir desfalques e sonha em ficar no Timão

3 MAI 2017 15h54 atualizado às 15h54

Um dos pilares do sistema defensivo do Corinthians, Pablo comentou nesta quarta-feira sobre a possível ausência do lateral-direito Fagner, além do desfalque confirmado do volante Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro, que veio do Bordeaux no início do ano, lamentou que a dupla não poderá ir a campo da Arena Corinthians, mas apostou na qualidade do elenco para minimizar o fato.

O Tribunal de Justiça Desportiva suspendeu Fagner por um jogo nesta terça-feira. A diretoria do Timão tentará o efeito suspensivo, no entanto, há uma dúvida no ar em relação à presença do corintiano na grande final.

"São dois grandes jogadores, que fazem duas funções muito boas. O Fagner é jogador de Seleção Brasileira, o Gabriel tem uma função muito positiva dentro da área. Os dois vão fazer muita falta, mas temos que pensar naqueles que vão entrar. O Corinthians tem jogadores de qualidade, então acho que quem entrar, se o Fagner sair desse jogo, vai entrar muito bem, e o substituto do Gabriel também", disse Pablo

Até aqui Pablo soma 22 jogos com a camisa do Timão. Chegando por empréstimo do Bordeaux no início do ano, o zagueiro era a esperança da torcida para que o setor defensivo voltasse a ser consistente como na época em que Tite era o técnico do Corinthians. Ajudando o time a se firmar como a melhor defesa do Campeonato Paulista, Pablo, por enquanto, cumpre com a sua obrigação, no entanto, sua permanência a longo prazo no Parque São Jorge está longe de ser algo certo.

"Como sempre disse, estou muito feliz no Corinthians, por tudo o que tenho vivido em tão pouco tempo no clube. Sobre uma possível contratação futura, o Corinthians tem tudo nas mãos, até porque meu contrato é estimulado para o Corinthians. Então depende do clube, de exercer a opção de compra. Estou muito felizes e se acontecer isso no futuro, vou ficar feliz. Mas não depende só de mim, depende de outros fatores", concluiu o zagueiro corinthiano.











Referência para jovens do elenco, Jô também inspira sobrinha no Corinthians

Boa influência de Jô não se limita aos jovens do time do técnico Fábio Carille. Kattellen, de 15 anos, segue os passos do tio, mas na equipe juvenil de vôlei do Timão


Por Marcelo Braga,
03/05/2017 09h25
Decisivo dentro de campo no Campeonato Paulista, Jô tem chamado a atenção da comissão técnica do Corinthians também por sua postura nos bastidores.

Após superar um período problemático da carreira em outros clubes, hoje, aos 30 anos, no Corinthians de seu coração, Jô virou referência para os mais jovens do elenco que, assim como ele, surgiram na base do clube. No último domingo, o técnico Fábio Carille destacou a importância da cobrança que ele faz aos jogadores mais novos em jogos e treinos.

Eles, porém, não são os únicos que se espelham no atacante. Dentro da família, a sobrinha Kattellen, de 15 anos, também recebe conselhos de Jô.



Jô e a sobrinha no aniversário de 30 anos do jogador: jovem segue os passos do tio (Foto: Arquivo pessoal)


Jogadora amadora de vôlei, a jovem faz parte da equipe juvenil do Corinthians e tem rotina de treinos no ginásio do Parque São Jorge. Cria do terrão, Jô tinha 16 anos quando iniciou sua primeira passagem no profissional, em 2003, fazendo sua estreia e também marcando o primeiro gol.

– Kattellen está traçando a caminhada dela, ainda é começo, tudo muito prematuro, mas tenho certeza que vai vingar. É coisa de família, todo mundo é corintiano. É um peso grande para ela, desde pequena ela é cobrada pela família, mas vestir a camisa do Corinthians é sempre bom em qualquer esporte. Realmente é uma paixão grande e ela está vivendo isso. É muito legal ver minha sobrinha feliz – disse o jogador, autor de sete gols na temporada.

De volta ao Timão no fim do ano passado após 11 anos longe do clube, Jô nunca escondeu o sentimento que guardava pelo clube de sua infância. A relação da família com o clube, aliás, é ainda mais antiga. Morto em 2002, em um acidente automobilístico, o irmão mais velho de Jô também vestiu a camisa do Corinthians. Jean tinha 20 anos e atuava pelo time B quando faleceu.

Jô será titular do Corinthians no domingo, na arena de Itaquera, na decisão do título do Paulistão. O Timão pode até perder por dois gols de diferença para a Ponte Preta para chegar à sua 28ª conquista estadual.





Corinthians ainda tem que pagar 1,3 milhões pelo atacante Kazim ao ctb







Corinthians muda logística para jogo da Sul-Americana
Corinthians precisa enviar representantes a evento da FPF na próxima segunda. Timão enfrenta La U quarta-feira, no Chile


Por Carlos Augusto Ferrari,
03/05/2017 07h04

A presença na final do Campeonato Paulista fez o Corinthians mudar sua logística para o jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana, contra a Universidad de Chile, dia 10 de maio, em Santiago. O Timão terá calendário apertado na próxima semana.

Perto de conquistar o título estadual, o elenco precisa comparecer à festa promovida pela Federação Paulista de Futebol, na noite de segunda-feira . O problema é que a viagem ao Chile estava marcada para o mesmo dia.

Dessa maneira, os planos mudaram: a delegação vai apenas na manhã de terça, para que todos possam marcar presença na festa da FPF. A volta ao Brasil também sofreu alteração.

Antes marcada para a tarde de quinta-feira, a viagem foi antecipada para o período da manhã – isso porque o clube deseja descanso um pouco maior até a estreia no Campeonato Brasileiro, no sábado seguinte, às 19h (horário de Brasília), contra a Chapecoense.
O Timão te vantagem de dois gols obtida no jogo de ida, após vitória por 2 a 0, na Arena Corinthians, na Sul-Americana.



Corinthians muda logística: titulares terão maior descanso para jogo do Brasileiro (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)














Corinthians x Ponte Preta – Ingressos esgotados

Timão reforça a recomendação para que os torcedores não recorram a cambistas e, consequentemente, passem a ter um grande risco de adquirir ingressos falsos

14h00 03/05/2017 - Agência Corinthians

Neste domingo (07), às 16h, Corinthians e Ponte Preta disputam o segundo jogo da final do Campeonato Paulista de 2017. O duelo decisivo, que será disputado na Arena Corinthians, não tem mais ingressos disponíveis. Toda a carga colocada à venda para a torcida corinthiana foi esgotada pelos sócios do programa Fiel Torcedor.

Solicitação aos torcedores corinthianos

A torcida é o maior patrimônio do Sport Club Corinthians Paulista. Para evitar transtornos aos corinthianos, o clube reforça a recomendação para que os torcedores não recorram a cambistas e, consequentemente, passem a ter um grande risco de adquirir ingressos falsos.

Ingressos para o Brasileirão
O pacote de ingressos dos jogos que serão disputados na Arena Corinthians no Campeonato Brasileiro de 2017 já está à venda pelo programa Fiel Torcedor. Seja sócio e garanta o seu lugar nas partidas do Timão com antecedência: www.fieltorcedor.com.br.







Há 98 anos, Corinthians vencia Derby pela primeira vez

No estádio Chácara da Floresta, o Timão bateu o rival, que na por 3 a 2, no primeiro dos 121 triunfos no tradicional clássicos

14h00 03/05/2017 - Agência Corinthians

Nesta quarta-feira (03), a primeira vitória do Corinthians em clássicos diante do Palmeiras completa 98 anos. Em 1919, o Timão bateu o rival, que na época se chamava Palestra Itália, por 3 a 2 no estádio Chácara da Floresta, em partida válida pela Taça Pinoni.

No primeiro triunfo sobre o rival, o Corinthians do técnico Nando entrou em campo escalado com Medaglia; César Nunes, Nando, Gano e Roverso; Alberto, Garcia, Rogério, Dante e Américo; Bororó.

Na ocasião, o Alvinegro teve grande atuação. Com gols do ponta direita Américo, do meia Garcia e o lateral direito Roverso, o Corinthians atropelou o Palestra Itália e conquistou o primeiro dos 121 triunfos sobre o rival.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.






Arbitragem definida para Corinthians x ponte
Neste domingo (07), às 16h, Corinthians e Ponte Preta disputam o segundo jogo da final do Campeonato Paulista de 2017. O duelo decisivo, que será disputado na Arena Corinthians, terá Leandro Bizzio Marinho como árbitro. Tatiane Sacilotti dos Santos e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, assistentes 1 e 2, respectivamente, completam o trio de arbitragem.

 No primeiro jogo da final, disputado no último domingo (30/04), em Campinas, o Corinthians venceu por 3 a 0. 







Torcedor presente no título de 77 relembra: ''Como eu gritei: somos campeões!''

Ricardo Alves Ribeiro relembrou todos os momentos que viveu na final histórica entre Corinthians e Ponte Preta de 40 anos atrás


12h00 03/05/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação/Arquivo Pessoal


Pela terceira vez na história, Corinthians e Ponte Preta se enfrentam em uma final de Campeonato Paulista. Neste domingo (07), o Timão enfrentará mais uma vez a equipe de Campinas, pelo segundo jogo da decisão do estadual, na Arena Corinthians. Presente nos três jogos do confronto que valeu o título em 1977 e acabou com um jejum de quase 23 anos sem conquistas do Alvinegro do Parque São Jorge, o corinthiano Ricardo Alves Ribeiro contou os momentos vividos há quase 40 anos.

Aos 59 anos, Ricardo lembra nitidamente diversos momentos que cercaram a decisão, principalmente depois que o juiz Dulcídio Wanderley Boschillia apitou o fim do jogo.

“Ao término do jogo, olhei para todos os lados da arquibancada, pois na época tinha 19 anos, e queria saber o que era ser, dizer e sentir campeão. Para meu espanto, encontrei somente dois senhores. Sabe o que isso queria dizer? Que os loucos, os fanáticos e apaixonados pelo Corinthians eram nascidos depois de 1954. E como eu gritei somos campeões. Sei dizer que foi uma noite gostosa, clima por volta de uns 23 graus, tinha lua no céu e o dia todo sem qualquer ameaça de chuva”, falou Ricardo.

“Gritar somos campeões, pois quem viveu essa época sabe o tanto que fomos humilhados com piadinhas, gozações, ridicularizados e excluídos. E queria muito falar com o meu pai, parceiro de fé nos jogos em 77, mas por precaução, ficou em casa e ouviu pelo rádio”, continuou.

Ricardo recorda também como foi a comemoração da Fiel após a saída do estádio. “Fomos todos para a Paulista. Aliás, pode dizer em alto e bom som: ‘fomos nós, os corinthianos, que começamos essa comemoração na Paulista’. Que festa, que alegria, abraçar a cada corinthiano e dizer você é campeão”, disse.









#Arena100Jogos: as maiores vítimas do Timão na Arena Corinthians

11h00 03/05/2017 -





© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Neste domingo (02), o Corinthians completará 100 jogos atuando dentro da Arena Corinthians, inaugurada em 2014. Nada melhor do que uma decisão para marcar o centésimo jogo da casa alvinegra. Pela final do Paulistão Itaipava, o Timão receberá a Ponte às 16h.

Entre as inúmeras equipes que o Corinthians enfrentou dentro de seus domínios, três foram as principais vítimas alvinegras no estádio.
Confira os resultados dos jogos das maiores vítimas do Timão:


Corinthians tm 4 vitórias sobre 5P e está invicto na Arena sobre rival
21/09/2014 – Corinthians 3 x 2 5P – Campeonato Brasileiro

18/02/2015 – Corinthians 2 x 0 5P – Libertadores da América

22/11/2015 – Corinthians 6 x 1 5P – Campeonato Brasileiro

14/02/2016 – Corinthians 2 x 0 5P – Campeonato Paulista

17/07/2016 – Corinthians 1 x 1 5P – Campeonato Brasileiro

23/04/2017 – Corinthians 1 x 1 5P – Campeonato Paulista


Corinthians tem 4 vitórias, 1 epate e 1 reves contra s7os

09/11/2014 – Corinthians 1 x 0 s7os– Campeonato Brasileiro

05/04/2015 – Corinthians 1 x 1 s7os – Campeonato Paulista

20/09/2015 – Corinthians 2 x 0 s7os – Campeonato Brasileiro

01/06/2016 – Corinthians 1 x 0 s7os – Campeonato Brasileiro

04/03/2017 – Corinthians 1 x 0 s7os – Campeonato Paulista

Corinthians está 100 % contra ponte na Arena:
11/04/2015 – Corinthians 1 x 0 Ponte – Campeonato Paulista

02/07/2015 – Corinthians 2 x 0 Ponte  – Campeonato Brasileiro

30/03/2016 – Corinthians 2 x 1 Ponte  – Campeonato Paulista

26/05/2016 – Corinthians 3 x 0 Ponte – Campeonato Paulista

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.














Corinthiano meia Jadson é um dos candidatos a ser capitão no domingo


Meia soma 118 jogos pelo Corinthians(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Gabriel Carneiro - 03/05/2017 - 07:30

Jadson, aos 33 anos, voltou ao Corinthianspor objetivos profissionais, como a principal motivação de seu acordo válido por duas temporadas. Neste domingo, apenas três meses depois de iniciar sua segunda passagem pelo Timão, o meia pode conquistar o Campeonato Paulista, seu segundo título pelo Timão, pois integrou o Corinthians hxacampeão brasileiro 2015

- Estou feliz de poder ajudar a equipe jogando um bom futebol, ajudando os companheiros, voltando e tendo a oportunidade de ser campeão novamente. Tenho que agradecer a Deus, minha família, torcedores do Corinthians, comissão, Carille, grupo de jogadores. Ninguém faz nada sozinho - diz o meia.

Jadson, inclusive, pode ser capitão do Corinthians e erguer a taça no Campeonato Paulista. Ele é um dos principais candidatos à possível missão de erguer a primeira taça conquistada na Arena Corinthians. E tudo isso com outro elemento que chama atenção: ele é o camisa 77, em tributo aos 40 anos do título que tirou o Corinthians do jejum. E justamente contra a Ponte Preta.

Em 2017, Jadson disputou 15 partidas pelo Corinthians, sendo 14 como titular. Ele tem três gols, três assistências e é um dos mais eficientes do clube na temporada.








Absolvido em 2016, Fagner tem razão para crer que jogará final na Arena



Olga Bagatini - 03/05/2017 - 08:25

O Corinthians tentará contar com o lateral direito Fagner na finalíssima do Paulista, domingo, contra a Ponte, na Arena Corinthians, quando terá a vantagem de ter vencido fora de casa por 3x0. O lateral foi julgado nesta terça-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva e condenado a um jogo de gancho. Porém, um caso recente envolvendo o próprio lateral alvinegro dá motivo para a Fiel confiar que ele jogará a decisão.

Em agosto de 2016, na vitória do Corinthians por 4 a 0 sobre o Flamengo, válida pela 13ª rodada do Brasileiro, Fagner foi enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (praticar jogada violenta) e pegou um jogo de suspensã. Fagner cumpriria a pena na partida contra o Grêmio, mas entrou com pedido de efeito suspensivo e foram atendidos pelo STJD. O julgamento do recurso absolveu tanto o jogador quanto o árbitro.

Desta vez, Fagner foi julgado no artigo 250, resumido por "ato desleal ou hostil". O lance ocorreu no jogo de volta da semifinal do Paulistão, na Arena. O lance não foi citado pelo árbitro na súmula.

Porém, não é apenas o precedente do ano passado que dá esperança ao advogado do Corinthians, João Zanforlin. Ele afirmou que o resultado da votação (dois dos cinco votos pediam que Fagner e Cueva fossem apenas advertidos), o fato de o lance não ter sido citado na súmula - a denúncia se deu por meio das filmagens da partida - e o retrospecto de pedidos de efeito suspensivo acatados dão margem para acreditar que Fagner poderá jogar em Itaquera.

- Houve dúvida dos auditores, e ela sempre deve militar a favor do réu. Além disso, futebol não pode ficar sujeito a decisões que não ocorrem dentro do campo. A arbitragem tem a palavra máxima, e se Fagner não foi punido dentro de campo, não tem que ser punido fora. Se as imagens valerem, a Copa de 86 tem que ser anulada por causa do gol de mão do Maradona - disse Zanforlin.

De acordo com os especialistas em direito desportivo da Academia LANCE!, o fato de a pena ter sido branda - apenas um jogo - e a possibilidade de Fagner perder uma partida de grande importância como a final também contam a favor do Timão para que o pedido de efeito suspensivo seja acatado. Há, portanto, motivos para Corinthians e o técnico Fábio Carille ficarem otimistas.

Embora conte com boa vantagem na decisão por ter vencido o jogo de ida por 3 a 0 no Moisés Lucarelli, não ter Fagner traria mais uma dor de cabeça para o técnico corintiano. Isso porque o Timão já não poderá contar com o meia Rodriguinho e o volante Gabriel, suspensos automaticamente por terem recebido o terceiro cartão amarelo em Campinas.