2 de mai de 2017

CORINTHIANS 02/05/2017










03/05/2017 01h23

Corinthians campeão supera o Uninassau, fecha série e conquista título inédito da LBF
Em Americana, Damiris comanda vitória alvinegra sobre equipe pernambucana para erguer taça do campeonato brasileiro de basquete


Por GloboEsporte.com

O Corinthians somou mais um troféu em sua galeria, uma taça inédita. Nesta terça-feira, o time superou o Uninassau no quinto e decisivo jogo da série final da LBF, em Americana. Liderado pela pivô Damiris, o equipe alvinegra venceu por 73 a 66 para conquistar o título brasileiro. Com direito a champanhe personalizado, a festa alvinegra tomou Americana.

Jogadoras do Corinthians festejam o título da LBF (Foto: João Pires/LBF)

Jogadora da seleção brasileira, Damiris foi a cestinha da final e ainda conseguiu um duplo-duplo, com 26 pontos e 10 rebotes. A argentina Meli Gretter também teve papel fundamental na final desta terça, com 17 pontos.


Depois de ter batido na trave ao perder a final da última temporada diante do Sampaio Corrêa, o Corinthians não deixou a taça da LBF escapar desta vez. O bom início de segundo quarto fez o diferencial para a equipe de Americana. Em uma série cheia de viradas, o Timão fechou em 3 a 2 e pôde cantar: "É campeão!". Uma final para coroar um ano perfeito do Alvinegro, que teve a melhor campanha da competição.


Quando ainda não estava vinculado ao Corinthians, o time de Americana foi três vezes campeão da LBF. Por isso, apesar de o título alvinegro ser inédito, a torcida gritou "o campeão voltou".

Com a americana Baker em quadra, Corinthians bateu o Uninassau para levar o título da LBF (Foto: Divulgação/LBF)

O jogo
A torcida de Americana fez do Centro Cívico um Caldeirão. E o jogo ferveu mesmo. O equilíbrio deu o tom do primeiro quarto, sem nenhum time disparar no marcador. A tensão se fez presente quando a cubana Casanova fez uma falta dura na argentina Meli Gretter e Joice foi tirar satisfação em defesa da amiga corintiana. Casanova e Joice acabaram tomando falta técnica. O empate em 18 a 18 refletiu a igualdade da parcial.


O Corinthians, porém, começou melhor o segundo quarto e abriu 27 a 20. Liderado pela pivô Damiris, o time da casa segurou a vantagem, apesar de Rapha Monteiro ter saído bem do banco com seis pontos na parcial. O time de Americana foi ao intervalo com 36 a 28 no placar.


Mais uma vez o Corinthians começou uma parcial mais atento no terceiro quarto e abriu 13 pontos (43 a 30), comandado por Damiris e Gretter. Só que o Uninassau não jogou a toalha e reagiu. O trio Tássia, Casanova e Rapha Monteiro fizeram a diferença pouco a pouco diminuir até fechar em 53 a 44. A americana Baker deu um susto no Corinthians e teve uma entorse no pé, mas fez uma bandagem e continuou na partida.

Corintianas celebram a conquista da LBF (Foto: João Pires/LBF)

O roteiro do último quarto não foi diferente: o Corinthians abriu vantagem, e o Uninassau tentou igualar. Só que o time pernambucano acabou ficando sem a armadora Casanova, uma de suas principais peças, que estourou o limite de faltas. No minuto final, a torcida já comemorava o título do Corinthians, que fechou a final em 73 a 66.


Os times
Corinthians/Americana: Meli Gretter, Babi, Damiris, Êga e Baker. Entraram Joice e Karla
Técnico: Antônio Vendramini


Uninassau: Ariadna, Tássia, Tati, Kelly e Casanova. Entraram Débora, Gil e Monteiro
Técnico: Roberto Dornelas


A série
22/04 - Corinthians 62 x 73 Uninassau - em Americana
24/04 - Corinthians 78 x 57 Uninassau - em Americana
28/04 - Uninassau 68 x 80 Corinthians - em Recife
30/04 - Uninassau 71 x 64 Corinthians - em Recife
02/05 - Corinthians 73 x 66 Uninassau - em Americana












Corinthians abre 'semana mais séria' com Pedrinho de principal destaque



Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians












Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians






Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians



Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Imagens do treino desta terça-feira no CTDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians1/12Gabriel Carneiro - 02/05/2017 - 18:25

Teve início nesta terça-feira a "semana mais séria do ano" no Corinthians, como indicado pelo técnico Fábio Carille por conta do temor de um oba-oba causado pela vitória por 3 a 0 diante da Ponte Preta no primeiro jogo das finais do Campeonato Paulista. Enquanto os titulares de domingo permaneceram na parte interna do CT Joaquim Grava para trabalhos regenerativos, os reservas participaram de um treinamento técnico no gramado, onde o meia Pedrinho foi o principal destaque.

O jovem camisa 38 do Corinthians marcou um golaço em chute cruzado no ângulo de Cássio após corte na marcação e ainda participou de boa parte do treinamento como armador, na posição desempenhada por Rodriguinho entre os titulares. A grande questão é que Rodriguinho está suspenso do jogo do próximo domingo pelo terceiro cartão amarelo e sua vaga é a única indefinição da equipe titular - o volante Gabriel também está suspenso, mas Paulo Roberto já foi confirmado por Carille como a reposição. Pedrinho é um dos candidatos à vaga. Confira outros nesta reportagem

Nesta terça-feira, Osmar Loss, auxiliar de Carille, comandou dois treinamentos diferentes. No primeiro, os atletas foram divididos em quatro grupos posicionados nas extremidades de meio campo. Saíam dois de cada lado, em dupla, para competirem entre si. O time que ataca na primeira ação precisava correr para defender na ação seguinte, configurando um treino em que se trabalharam muito as transições defensivas e ofensivas. Depois, o número de atacantes aumentou para três, o que dificultou o trabalho dos marcadores. Encerrado este trabalho, o Corinthians teve um treino técnico com times formados em espaço reduzido.

As escalações foram as seguintes: Walter, Léo Príncipe, Franklin, Pedro Henrique e Moisés; Paulo Roberto e Camacho; Pedrinho, Danilo e Clayton; Kazim no primeiro e Cássio/Matheus; Léo Artur, Ameixa, Léo Santos e Mendoza; Fellipe Bastos e Marciel; Léo Jabá, Rodrigo Figueiredo e Marquinhos Gabriel; Carlinhos. Pouco após o início do treino, Bruno Paulo entrou na vaga de Danilo e ocupou a ponta direita do primeiro time, deslocando Pedrinho para a faixa central. O experiente Danilo, cada vez mais próximo do retorno ao time após uma lesão, foi o curinga, servindo aos dois times na atividade.

Além dos titulares (exceção feita ao goleiro Cássio) e dos lesionados Giovanni Augusto e Vilson, somente dois jogadores do elenco não treinaram em campo nesta terça-feira: Caique, com uma forte gripe, e Mantuan, com dores no joelho.


Corinthians tem cinco 'candidatos' a capitão na decisão

LANCE! - 02/05/2017 - 15:13


Cinco jogadores são candidatos a serem o capitão do Corinthians no segundo jogo das finais do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta. Depois de abrir a vantagem de 3 a 0 no primeiro duelo, em Campinas, o Timão entra em campo na Arena Corinthians como forte favorito à conquista - Desta forma, o rodízio de capitães promovido em 2017 pode definir quem vai erguer a taça do Estadual no próximo domingo.

O já mencionado rodízio de capitães é utilizado pelo Corinthians desde os tempos de Tite e agora Fábio Carille, que teve sete jogadores diferentes ocupando a função nas 27 partidas do ano, incluindo pré-temporada, Paulistão, Copa do Brasil e Sul-americana. A margem de opções de Carille diminui com as suspensões de Gabriel e Rodriguinho, que já foram capitães no ano, mas ficam fora da finalíssima pelo terceiro cartão amarelo.

Restam cinco opções para a função na atualidade: Fagner (capitão em seis partidas no ano), Balbuena (capitão em cinco jogos), Cássio (capitão em quatro jogos), Jadson (capitão em três jogos) e Jô (capitão em três jogos). Além deles, Rodriguinho foi capitão em cinco oportunidades e Gabriel em mais uma. Os outros titulares (Pablo, Guilherme Arana, Maycon e Romero) não foram capitães em nenhuma partida neste ano.











Em treino só com reservas no Corinthians, técnico Fábio Carille testa Pedrinho na função de Rodriguinho, suspenso.

Só com reservas em campo, técnico arma dois times no 4-2-3-1 e coloca o jovem meia na função do suspenso Rodriguinho. Outra alternativa é centralizar Jadson e apostar em alguém pelo lado


Por Marcelo Braga
02/05/2017 17h59

O Corinthians se reapresentou nesta terça, após um dia de folga para os jogadores, e iniciou a preparação para o confronto final do Paulistão, contra a Ponte Preta, domingo, às 16na Arena Corinthians, só com reservas em campo. 

Dos 11 titulares que venceram a Macaca por 3 a 0, só Cássio foi a campo. Os demais fizeram trabalho regenerativo. Sem Gabriel e Rodriguinho, suspensos, o técnico Fábio Carille já cravou a titularidade do volante Paulo Roberto, mas mantém o mistério sobre quem entra na vaga do meia. Pedrinho, porém, pode ter largado na frente.

Na atividade desta terça, Carille montou dois times reservas no 4-2-3-1. Inicialmente, os jogadores de criação na linha de três eram Danilo e Rodrigo Figueiredo, ambos não inscritos no Paulistão. Na parte final da atividade, o técnico promoveu mudanças e testou Pedrinho na função de criador. O que pode significar que o garoto de 18 anos será o substituto do meia na grande decisão. 


Pedrinho larga à frente em disputa por vaga no meio-campo do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians) 

Outra alternativa da comissão técnica é centralizar Jadson e colocar um jogador de velocidade pelo lado oposto ao de Romero. Além do próprio Pedrinho, aparecem como opções Marquinhos Gabriel, Léo Jabá e Clayton. Em entrevista coletiva, Jadson disse que pode cumprir a função. 


– Não conversei com o Carille ainda, mas ele sabe que posso ir bem pelo lado ou centralizado. Onde ele falar para jogar, vou tentar desempenhar da melhor maneira, jogando bem. Rodriguinho vinha bem, se eu tiver a chance ali vou tentar fazer em alto nível para ajudar o Jô.







Corinthiano meia Jadson sobre a final do Paulistão:"Ainda temos 90 minutos, temos de respeitar"

Camisa 77 do Timão também falou da possiblidade de atuar na posição de Rodriguinho, suspenso para a segunda partida


17h00 02/05/2017 - Agência Corinthians





Na tarde desta terça-feira (02), o meio-campista Jadson, autor de um dos gols da vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta na partida ida da final do Paulistão, concedeu entrevista coletiva no CT Dr. Joaquim Grava. Feliz com o resultado construído, o jogador não deixou de alertar para o segundo jogo na Arena Corinthians.

"A gente deu um grande passo neste primeiro jogo, sabíamos que seria difícil, a equipe entrou concentrada, fizemos 3 gols. Sabemos da importância do segundo jogo. Eu nunca tinha conseguido estadual, só vice. Quero muito esse título, será importante para a minha carreira. Mas ainda temos 90 minutos, temos de respeitar a Ponte Preta", comentou.

Com a suspensão de Rodriguinho, autor de dois gols e uma assistência na partida de ida, a equipe corinthiana terá mudanças na escalação inicial. Pelo mesmo motivo, o volante Gabriel será o outro desfalque. .

"Não conversei com o Carille ainda, mas ele sabe que posso desempenhar pelo lado, meio, centralizado. Onde ele falar para eu jogar vou tentar desempenhar da melhor maneira, jogando bem. Rodriguinho vinha muito bem, se eu tiver a chance de jogar ali vou tentar fazer em alto nível para ajudar o Jô", completou.








Título paulista, faixa e camisa 10: Jadson traça seus objetivos no Corinthians

Camisa 77 no Campeonato Paulista, meia diz que pedirá o número que era de Guilherme, agora emprestado, para a diretoria. Confiante no título inédito, diz que seria uma honra levantar a taça

Por Marcelo Braga

02/05/2017 17h45
Jadson resumiu bem o sentimento dos jogadores do Corinthians em entrevista coletiva nesta terça-feira, no primeiro treino do elenco após a vitória por 3 a 0 contra a Ponte Preta, domingo, em Campinas, que deixou o Timão muito próximo do título estadual.

– temos que ter humildade, conseguimos um grande resultado de 3 a 0, ninguém esperava. Demos um grande passo, não podemos entrar no oba oba, achando que vai ser fácil. Temos de estar concentrados para conseguir a vitória.


Jadson deve voltar a vestir camisa 10 do Corinthians depois do estadual (Foto: Marcelo Braga)

Além do título estadual, porém, que seria o primeiro de sua carreira, Jadson quer mais. Um dos objetivos é, quem sabe, ser escolhido pelo técnico Fábio Carille para usar a tarja de capitão no domingo. Em caso de título, seria ele o privilegiado a levantar a taça dentro de Itaquera.

– Carille ainda não falou nada sobre isso. Independente de quem levantar, o importante é ser campeão. Mas eu ficaria honrado de levantar a taça pelo Corinthians – disse ele, que usou a tarja de capitão três vezes na temporada.

Outra meta de Jadson, essa para a Sul-Americana e para o Campeonato Brasileiro, é voltar a vestir a camisa 10, que lhe servia tão bem no hexacampeonato de 2015. Contratado em janeiro, ele encontrou em Guilherme um impeditivo. Com o empréstimo do meia ao Atl cu, o número voltou a ficar sem dono. Mas não por muito tempo...










02/05/2017 18h33
Lateral esquerdo Guilherme Arana explica Timão bom na defesa: com a bola, alegria; sem ela, correria
Lateral especialista em dar caneta fala sobre vários assuntos e diz que em campo todos na equipe se ajudam para melhorar o sistema de marcação sobre adversários

Por SporTV.com

Ultimamente, quando tem jogo do Corinthians, o torcedor até estranha se não tiver caneta de Guilherme Arana. O lateral-esquerdo tem se especializado no drible a ponto até de ter feito o quadro #comofazGE, do GloboEsporte.com, em que o atleta dá uma aulinha para ensinar a fazer a jogada. Mas não é só isso. Arana tem mostrado regularidade no Paulistão, com eficiência na marcação e no apoio. E maturidade com apenas 20 anos.

Cria da base, o lateral, perto de conquistar o Paulistão no domingo, diante da Ponte Preta, deu entrevista nesta terça-feira ao "Seleção SporTV" falando de vários assuntos: a própria caneta, o técnico-revelação Fábio Carille, a importância tática do contestado Romero no time, a boa ponte feita por Osmar Loss, ex-técnico dos juniores e atualmente auxiliar do novo treinador, da final contra a Ponte, e sobre o fato de o clube, há anos, figurar sempre entre os que têm o melhor esquema defensivo do futebol brasileiro - o comentarista Lédio Carmona lembrou que com Mano Menezes e Tite já havia esse esquema seguro, mantido por Carille.


- Sempre que a gente vai entrar em campo, a gente comenta entre nós que com a bola é a alegria pra jogar, e sem a bola é todo mundo correndo por todo mundo, então eu acho que essa tá sendo a base da conversa, do treinamento, com um ajudando o outro do começo ao fim.






Especialista em dar canetas, Guilherme Arana mostra eficiência no apoio e na marcação (Foto: Leonardo Lepri)

Veja abaixo os tópicos da entrevista:


CANETA: OUSADIA E ALEGRIA

- Sempre treinei isso, joguei futebol em rua, escola também, e acontece muito esse tipo de lance. Hoje eu tô podendo atuar como titular, e quando surge a oportunidade eu tento fazer esse grande lance. Todos gostam de ver.


FÁBIO CARILLE

- O Fábio passa total confiança pro grupo. Ele trabalhou muitos anos com o Tite, então ele pegou essa performance de trabalho com o Tite. É um cara com quem a gente tá fechado, gente boa, espero toda sorte do mundo pra ele. Está desempenhando um grande trabalho, e graças a Deus estamos numa final e com uma vantagem muito boa, claro, com o esquema de jogo muito bom que ele montou.




ROMERO TÁTICO

- Romero é muito importante na parte defensiva. Com o apoio dos laterais adversários, pode perceber que ele sempre tá marcando muito bem. Então isso me ajuda muito porque às vezes eu tenho que fechar lá na linha e sobra sempre o lateral do lado oposto. Essa é a importância do Romero, e ele tá desempenhando muito bem. Apesar de não estarem saindo os gols, o importante é que ele está ajudando na marcação. E nossa equipe, como vocês podem ver, é muito difícil levar gol Essa é a importância do Romero, assim como quando entra o Clayton, o Léo Jabá. Então tem essa performance de trabalho que o Fábio sempre fala, pros atacantes de beirada sempre acompanharem os laterais. É isso o que Romero tá fazendo de mais importante.


SEGREDO DA BOA DEFESA



- É trabalho. Sempre que a gente vai entrar em campo, a gente comenta entre nós que com a bola é a alegria pra jogar e sem a bola é todo mundo correndo por todo mundo, então eu acho que essa tá sendo a base da conversa, do treinamento, com um ajudando o outro do começo ao fim, porque sabemos que quando alguém cansar vai ter no banco gente louca pra entrar e que vai ajudar nessa parte defensiva. Como podem ver, as oportunidades estão aparecendo na frente, e os nossos atacantes estão concluindo ao gol também.


DEMORA PARA SUBIR
- A gente batalha muito na base, já tô há 11 anos no Corinthians, já tive um título na Copinha . Demorei para começar a atuar. Subi em 2014, fui atuar em 2015. A gente tem que saber esperar a hora certa, o momento certo. O momento chegou. Eu, Maycon, Léo Jabá, Pedro Henrique, Léo Santos. O momento chegou e a gente está desempenhando bem porque sabemos que tem grandes jogadores lá na base. Também sabemos que haverá mais possibilidades pra eles subirem e continuar o trabalho que a gente vem fazendo aqui no profissional.

OSMAR LOSS
- O Osmar conhece a gente muito bem, foram muitos campeonatos que disputei com o Osmar, o Maycon também. Ele passa essas orientações pro Fábio. Por mais que o Fábio também já tenha acompanhado a base, é muito importante essa chegada do Osmar Loss, vai ajudando a base a subir e desempenhar um grande trabalho aqui porque ele já conhece a gente muito bem.



TÍTULO GARANTIDO?
- Não, temos que estudar a Ponte Preta, estudar a gente, porque erramos também no jogo, tem que procurar melhorar. Temos essa grande vantagem, mas não podemos achar que já somos campeões. Vamos entrar ligados, focados, pra desempenhar um grande futebol e conquistar o título.









Fagner leva um jogo de suspensão; Corinthians tenta efeito suspensivo para final

Por conta da confusão com Cueva na classificação do Timão sobre 5P, lateral-direito é punido com um jogo de suspensão. Ate decisão contrária, ele não encara a Ponte

Por Carlos Augusto Ferrar
02/05/2017 18h11
Fagner pode desfalcar o Corinthians contra ponte na decisão do Campeonato Paulista, neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians, em que o Timão tem enorme vantagem de ter vencido a ida por 3x0. Por três votos a dois, o lateral-direito do Timão foi suspenso por uma partida, em julgamento realizado pelo Tribunal de Justiça Desportiva , nesta terça-feira à tarde, na sede da Federação Paulista de Futebol. O Corinthians tentará um efeito suspensivo para contar com Fagner no segundo jogo da final do Paulistão.

– Decisão de 3 a 2 não pode deixar um jogador fora de uma partida decisiva. A batalha não está perdida, vamos entrar com pedido de efeito suspensivo. Tenho a mais absoluta certeza de que o Fagner vai jogar a final – disse o advogado do Corinthians, João Zanforlin.


Caso a punição seja confirmada, Fagner será o terceiro desfalque do Corinthians para a decisão e dá espaço para a entrada do garoto Léo Príncipe, reserva imediato da posição. No domingo passado, o técnico Fábio Carille perdeu o volante Gabriel e o meia Rodriguinho, punidos com o terceiro cartão amarelo.

Advogado do Corinthians, João Zanforlin lamentou o uso de imagens de vídeo para se julgar um atleta que não foi punido pela arbitragem.

– Causa tristeza que ainda se use o videotape para denunciar atletas de futebol. Tivemos um exemplo em 2014 que deveria liquidar de todas as maneiras esse negócio de apitar jogo pelo tribunal. É o caso Neymar. Mais de 500 advogados foram contratados pela CBF para que o jogador da Colômbia fosse denunciado, e a Fifa não aceitou – falou Zanforlin, ao defender Fagner.








Corinthians não terá lateral direito Fagner, suspenso pelo TJD, hoje por um jogo, mesmo sem nem ter sido expulso

Fagner recebeu uma partida de punição e está fora da final do Paulista Ele é terceiro desfalque, pois Rodriguinho e Gabriel receberam 3º amarelo
2/05/2017 18h17

O Corinthians não terá o lateral direito Fágner para a final do Paulistão. O jogador foi julgado nesta terça-feira (02), e acabou suspenso por um jogo, acusado de agressão na semifinal na classificação do Timão sobre 5P, ficando fora da decisão contra ponte, que acontece neste domingo (07), na Arena Corinthians. O Corinthians tem grande vantagem por ter vencido a ida, fora de casa por 3x0
O jogador do Corinthians foi citado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, caracterizado pela prática de ato hostil ou desleal. Com isso, o jogador se soma ao volante Gabriel e o meia Rodriguinho, também suspensos










Após brilhar com 77 que homenageia título, meia Jadson quer voltar usar a 10 no BrasileirãoJadson deve usar outra camisa após o Campeonato Paulista (Ricardo Moreira/ Fotoarena)
2/05/2017 18h14
Por Gazeta Press

O meia corinthiano Jadson tem brilhado com a camisa 77 durante a bela campanha do Timão neste Paulistão. O número homenageia os 40 anos do título Paulista do Timão de 77. Para o Brasileiro, ele quer voltar a usar a camisa 10, que está vaga desde o empréstimo de Guilherme ao atl cu.

“Quando cheguei, a diretoria falou comigo, e entramos em um consenso para eu disputar o Campeonato Paulista com a 77. Era mais uma homenagem ao título, aos jogadores de antigamente. Naquele momento, ninguém esperava que o Corinthians reeditaria essa final contra a Ponte Preta”, rememorou, nesta terça-feira.

“Quando o Campeonato Paulista acabar, prefiro voltar à camisa 10, já que o Guilherme não está mais no grupo. Vou falar com o Fábio (Carille) e com a diretoria. Como o número está vago, não vejo problema algum”, avisou Jadson.

Com o 77 ou com o 10 às costas, o meia de 33 anos goza de identificação com a torcida do Corinthians. O ídolo Basílio havia até se empolgado com a possibilidade de o atleta do presente repetir o seu feito e sair de uma decisão contra a Ponte Preta como herói: “Torço muito para que o autor do gol seja o Jadson, que está usando a camisa 77”.

Futuro camisa 10 e autor de um gol na vitória por 3 a 0 sobre a Ponte, em Campinas, Jadson gostaria de ganhar mais um adereço antes de se despedir do número que marcou a vida de Basílio – a faixa de capitão. Assim como fazia o seu mentor Tite, Fábio Carille adota um rodízio entre quem usa a braçadeira. No jogo de volta contra a Ponte Preta, contudo, o escolhido poderá ter a honra de ser o primeiro a erguer o troféu do título paulista.

“Ficaria muito honrado de levantar a taça pelo Corinthians”, avisou Jadson, antes de ser político, como nos tempos em que tinha Guilherme como concorrente pela camisa 10. “O Carille ainda não falou nada sobre isso. Independentemente de quem levantar a taça, o importante é ser campeão”, discursou.









17:24
A transmissão em tempo real do dia do Corinthians termina por aqui.
17:13


Jadson encerra neste momento sua entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Joaquim Grava

17:07


CAPACIDADE DE ASSIMILAÇÃO

"Isso vai muito de jogador para jogador. O Tite me conhecia bem, trabalhávamos de um jeito em que eu já sabia o que ele queria dizer quando falava alguma coisa. Com o passar dos anos você ganha experiência, isso ajuda. Não sou mais um meninão, tenho experiência com muitos treinadores e vou levando isso para o resto da minha carreira", diz Jadson


17:06


VAI VOLTAR A SER O CAMISA 10?

"A gente entrou em consenso de entrar com ela no Campeonato Paulista. E ninguém esperava que ia dar final com a Ponte Preta. Depois que acabar eu preferia voltar com a camisa 10, porque o Guilherme não está mais aqui. Já que está vaga não tem problema nenhum", diz Jadson

17:06 O recém-tatuado Jadson fala com a imprensa por aqui #trCOR





17:05


ONDE PODE ATUAR NO DOMINGO

"Não conversei com o Carille ainda, mas ele sabe que posso jogar de lado ou no meio, centralizado. Onde ele falar vou tentar desempenhar da melhor maneira. O Rodriguinho tem ido bem no meio e se eu tiver essa chance vou procurar corresponder", diz Jadson


17:03


SEMANAS LIVRES

"Tivemos um mês complicado, jogos difíceis e decisões. Nos saímos até "bem", conseguindo chegar na final. Eu estava com dores no joelho, ia meio que no sacrifício, sem tempo de recuperar, mas desta vez entramos bem, com tanque cheio, a equipe cresceu e foi uma vitória merecida", diz Jadson

17:02

" tem que ter humildade. A gente conseguiu um grande resultado lá, ninguém esperava, e demos um grande passo. Agora não podemos entrar em oba-oba, achando que será fácil. Temos que estar concentrados em fazer um bom jogo e conseguir uma boa vitória para dar alegrias à torcida corintiana", diz Jadson
CAPITÃO NA FINAL

"O Carille não falou nada sobre isso ainda. Temos um grupo de muitas lideranças. Eu ficaria honrado de levantar a taça pelo Corinthians, mas independente disso o importante é ser campeão", diz Jadson

17:01


JOGAR AO SEU LADO É BOM NEGÓCIO?

"Fico feliz de poder ajudar. Meu objetivo na carreira é sempre de conseguir títulos, deixar o nome gravado na história dos clubes. Consegui o Brasileiro de 2015, mas continuo tentando títulos. Graças a Deus eu e o Rodriguinho estamos conseguindo formar uma dupla bem entrosada, e por isso estamos conseguindo as vitórias. Temos uma amizade muito grande fora, ficamos no mesmo quarto quando viaja para fora e dentro de campo as coisas dão certo. Ele é merecedor, está fazendo gols e ajudando", diz Jadson

16:59


RÓTULO DE QUARTA FORÇA

"Acho que a gente ser considerado quarta força acaba só motivando o grupo. Ainda bem que soubemos absorver isso daí e gerar para o lado de jogar bem, reverter a situação. O grupo está de parabéns pela forma como foi conduzido o trabalho, sem desmerecer ninguém. Por isso chegamos na final e abrimos vantagem. Mas para terminar bem esse começo de ano temos que ganhar esse Paulista para dar confiança ao Carille e aos jogadores", diz Jadson

16:58


CHANCE DE FAGNER SER SUSPENSO

"Ele é um jogador que também vem crescendo a cada jogo, convocado merecidamente para a Seleção. Será uma grande perda para nós se for punido, mas na minha opinião todos os jogadores precisam ser julgados. Wellington Nem deu voadora no Jabá e tomou só amarelo. No último jogo o Pottker deu na cabeça do Gabriel. Tem que ser punido todos, não só do Corinthians. Mas tomara que ele seja liberado para o próximo jogo", diz Jadson

16:56


RODRIGUINHO

"Ele e o Gabriel estão suspensos, são jogadores que estão ajudando a gente. O Rodriguinho tem feito gols e ajudado o Jô, então são duas perdas muito grande. São jogadores no elenco esperando a oportunidade e esperamos que eles possam ajudar a equipe a jogar um bom futebol. Agora é colocar confiança em quem vai entrar e agradecer o Rodriguinho pela assistência", diz Jadson

16:55


COMEMORAÇÃO DO GOL CONTRA A PONTE

"Foi uma comemoração que eu tive que me conter, porque tinha dois amarelos. O bandeirinha foi em cima de mim, eu só baixei a cabeça e saí. Graças a Deus o juiz não deu o amarelo", diz Jadson

16:54


SEGUNDA PASSAGEM COM TÍTULO

"Eu já conhecia bem o clube, tinha saído em 2015 com o título brasileiro e retornei agora, graças a Deus as negociações deram certo. Estou feliz de poder ajudar a equipe jogando um bom futebol, ajudando os companheiros, voltando e tendo a oportunidade de ser campeão novamente. Tenho que agradecer a Deus, minha família, torcedores do Corinthians, comissão, Carille, grupo de jogadores. Ninguém faz nada sozinho, então agradeço pelo acolhimento e pelas coisas estarem dando certo, é um grupo muito unido e dedicado", diz Jadson

16:53


EVOLUÇÃO DO CARILLE

"Ele é um cara muito inteligente, conhece bem a parte tática, de como formar um time, e tem crescido. Ele ganhou uma oportunidade, aproveitou, agarrou, teve o grupo nas mãos e compramos a ideia dele. Mesmo considerada a quarta força nossa equipe chegou na final e ele está tendo a oportunidade de ser campeão pela primeira vez como treinador. É mais do que merecedor pela pessoa que ele é", diz Jadson

16:51


SIGNIFICADO DO TÍTULO PAULISTA

"A gente deu um grande passo nesse primeiro jogo, sabíamos que seria difícil, mas entramos concentrados, jogamos bem e fizemos três gols. Todos sabem da importância do segundo jogo, o Carille tem pedido pés no chão. Temos meninos com a oportunidade de ser campeão paulista pela primeira vez, eu também, porque só tinha sido vice, e pode ser um título importante na minha carreira. Ainda tem 90 minutos e precisamos respeitar a Ponte Preta", diz Jadson

16:49


Jadson vai conceder entrevista coletiva neste momento no CT Joaquim Grava16:46Danilo atua como curinga no treino dos reservas, e Bruno Paulo entra. Isso significa Pedrinho na armação, posição de Rodriguinho #trCOR

16:39 Pedrinho acaba de fazer um golaço no treino dos reservas. Chute cruzado, no ângulo de Cássio. Ele pode substituir Rodriguinho domingo #trCOR

16:37 Segundo time: Cássio; Léo Artur, Warian, Léo e Mendoza; Fellipe Bastos e Marciel;  Rodrigo Figueiredo, Léo Jabá e Marquinhos; Carlinhos #trCOR


16:35 Primeiro time: Walter, Léo Príncipe, Franklin, Pedro Henrique e Moisés; Paulo Roberto e Camacho; Pedrinho, Danilo e Clayton; Kazim #trCOR


16:34 Agora, Carille comanda um treino técnico em espaço reduzido, com times formados #trCOR



16:27 Corinthians informa que Fagner não estará presente no TJD para o seu julgamento, que está marcado para 17h #trCOR


16:25 Pra quem quer saber do Danilo, cada vez mais próximo do retorno. Hoje ele participa normalmente de um treino bem exigente fisicamente #trCOR

16:20 Goleiro Caique não treina em campo hoje. Com forte gripe, ficou na parte interna do CT. Em campo, Cássio, Walter e Matheus #trCOR

16:11 O time que ataca na primeira ação precisa correr para defender na ação seguinte. É um treino em que se trabalham muito as transições #trCOR
16:10 Atletas divididos em quatro grupos posicionados nas extremidades de meio campo. Saem dois de cada lado, em dupla, e competem entre si #trCOR

16:04 Paulo Roberto, que vai ser titular no domingo, treina em campo hoje. O substituto de Rodriguinho também, mas ainda não se sabe quem é #trCOR


15:58

Corinthians inicia hoje a semana em que Carille prometeu cobranças por seriedade e respeito à Ponte Preta. Treino já está rolando #trCOR



15:54



Boa tarde, internauta!. Começa agora a transmissão em tempo real do dia do Corinthians, que se prepara para a decisão do Campeonato Paulista contra a Ponte Preta! Primeiro jogo Corinthians ganhou por 3x0, fora de casa












Zagueiro Pablo garante foco no Corinthians e apoia goleiro Cássio como capitão

Pablo mantém foco no Timão e espera conquistar título paulista (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)



Um dos principais destaques do Corinthiansna temporada, o zagueiro Pablo é um dos jogadores com menos tempo de casa no clube paulista. O zagueiro de 25 anos chegou ao Timão no início do ano, por empréstimo com o Bordeaux até o final desta temporada. Nesta terça-feira, Pablo garantiu foco na equipe, e deixou uma possível permanência nas mãos do Timão.

“Tem chance de acontecer uma contratação, é 100% decisão do Corinthians, até porque eles tem a prioridade de compra. Depois que resolver a parte burocrática com o Bordeaux, tem que conversar comigo. Como tenho falado, estou feliz nesse pouco tempo no Corinthians, tudo é gratificante. (A contratação) Não depende só de mim, existem outros fatores”, afirmou o zagueiro em entrevista ao canal ESPN.

A multa rescisória de Pablo com o clube francês é de cerca de R$ 10 milhões. O empréstimo do jogador chega ao final em dezembro de 2017, e o zagueiro, que pode conquistar seu primeiro título pelo Corinthians neste final de semana, também chamou a atenção de outros times do futebol brasileiro. .

“Não chegou nada para mim (outras propostas)Não sei de nada, apenas o que a imprensa falou. Meu pensamento é 100% no Corinthians, estou focado nesta decisão e quero ser campeão”, comentou.


Com menos de seis meses no clube, Pablo pode conquistar o título do Campeonato Paulista no próximo domingo. O Corinthians recebe a Ponte Preta, na Arena Corinthians, e tem uma larga vantagem, após ter vencido o primeiro jogo da final pelo placar de 3 a 0

O técnico Fabio Carille ainda não definiu quem será o capitão, que pode levantar o 28º título paulista da história do Timão, na grande decisão. O comandante, assim como Tite, realiza um rodízio entre os jogadores. No último final de semana, o atacante Jô levou a faixa. Para Pablo, um de seus companheiros de defesa merece ser o escolhido.

“Acho que o Cássio, pela história no clube, por tudo que já viveu aqui e todos os títulos que conquistou. Um cara que tem vários títulos, uma identidade enorme. Acho que o Cássio merecia levantar esse título”, exaltou Pablo.

Além do goleiro Cássio, jogador com mais tempo de casa no Timão, Pablo também elogiou outros “experientes” do elenco corintiano. “Nós temos vários jogadores experientes aqui, como Cássio, Fagner, Jô e Jadson, caras que falam mais. O Felipe Bastos também é um deles. Eles tem falado muito com a gente. Eles nos orientam e fazem com que o time mantenha uma concentração muito grande”, completou o zagueiro.











Corinthians recorda campanha de título da Libertadores da América 2012
#Liberta5Anos: Em jogo quente, Timão segura empate no Equador e leva decisão para Pacaembu

Em partida marcada pela péssima atuação da arbitragem, equipe corinthana superou expulsão de Jorge Henrique para voltar ao Brasil com o empate


11h00 02/05/2017 - Agência Corinthians


emelec (EQU) 0X0 CORINTHIANS
Lib da America 2012 oitavas ida
Local: George Capwell, Guayaquil (EQU)
Data/Hora: 2/5/2012 21h50 (de Brasília)
Árbitro: José Buitrago (COL)
Assistentes: Abraham González (COL) e Wilson Berrío (COL)
CARTÕES AMARELOS: Leandro Castán, Chicão, Danilo, Willian, Edenílson e Jorge Henrique (Corinthians) Gaibor e Achilier (Emelec)
CARTÕES VERMELHOS: Jorge Henrique (Corinthians)
RENDA E PÚBLICO: não disponíveis
emelec: 12-Dreer; 6-Carlos Quiñonez; 23-Achilier, 5-José Quiñonez e 16-Bagui; 14-Valencia, 15-Pedro Quiñonez, 10-Gaibor (20-Mera, 9'/2ºT) e 24-Giménez (13-Mena, 29'/2ºT); 8-Mondaini (18-DeJesus 19'2ºT) e 19-Figueroa. Técnico: Julio Marcelo Fleitas + 1-Zumba 17-Mina 21-Willa 7-Vigneri


CORINTHIANS: 24-Cássio; 21-Edenílson, 3-Chicão, 4-Leandro Castán e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 8-Paulinho, 23-Jorge Henrique, 20-Danilo (2-Alessandro, 39'/2ºT) e 11-Emerson Sheik (19-Elton, 34'/2ºT); 7-Willian (12-Alex, 13'/2ºT). Técnico: Tite +1-Júlio César 10-Marquinhos 18-Wélder 15-Douglas


Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
No dia 02 de maio de 2012, cinco anos atrás, o Corinthians enfrentava o Emelec-EQU, na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores daquele ano. Após a segunda melhor campanha na fase de grupos, o Timão enfrentava a pressão do acanhado estádio George Capwell, no primeiro mata-mata da competição.

Para a partida na cidade de Guaiaquil. o Corinthians entrou em campo com Cássio; Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Jorge Henrique e Danilo; Emerson Sheik e Willian. O jogo marcarva a estreia do goleiro Cássio pelo torneio continental.

Em um jogo marcado por uma arbitragem muito confusa e do árbitro José Buitrago, o Corinthians teve dificuldade de atacar o rival durante a primeira etapa. A equipe local tampouco chegava com muito perigo, mas era mais presente no campo de ataque.

A primeira chegada de perigo do Timão aconteceu aos 28 minutos, quando Willian chutou cruzado e a bola desviou na zaga, indo para escanteio. Aos 25, Sheik fez jogada pela esquerda e chutou com perigo, perto do gol adversário.

No segundo tempo, o Emelec voltou pressionando, e em uma cabeçada após cobrança de falta aos três minutos, o atacante Figueroa obrigou Cássio a fazer grande defesa. O Timão deu o troco aos seis minutos. Em rápido contra ataque, Sheik invadiu área pela esquerda, passou por dois marcadores e bateu em cima do goleiro.

No lance seguinte porém, Jorge Henrique levou o segundo cartão amerelo e deixou a equipe alvinegra com um jogador a menos em campo. A partir daí, o Timão se fechou na defesa tratou de se defender. A equipe equatoriana chegou com perigo em algumas oportunidades, mas o placar permaneceu em 0 a 0.

Na partida de volta, o Corinthians contaria com o apoio da Fiel no estádio do Pacaembu para conseguir a vaga para as quartas de final da Copa Libertadores de 2012.









02/05 - Terça-feira
15h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava

Em casa, Corinthians/UNIP goleia Copagril-PR pela Liga Nacional de Futsal

Com três gols de Leandro Caires no 6 a 2, segunda vitória consecutiva do Timão, atual campeão, garantiu a liderança na tabela de classificação da competição


23h45 01/05/2017 - Agência Corinthians




Leandro Caires foi o artilheiro da goleada do Timão pela Liga Nacional de Futsal

© Divulgação




Na noite desta segunda-feira (01), o Corinthians/UNIP goleou a equipe do Copagril-PR no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, pela terceira rodada da Liga Nacional de Futsal. A partida acabou 6 a 2 para o Timão. Wilsinho, Leandro Caires (3), Edson e Gabriel marcaram os gols alvinegros.

O técnico do Timão, André Bié, começou com o quarteto formado por Caires, Nenê, Alex e Johnny. O primeiro período foi equilibrado. O Alvinegro tinha a posse de bola e chegava à finalização, mas sem sucesso. A equipe adversária mantinha a postura defensiva, chegando com perigo só aos 13 minutos de partida, em uma bola na trave do goleiro Guitta.

Com um novo quarteto em quadra, o Timão mudou para uma postura ainda mais ofensiva. Faltando quatro minutos para o fim do primeiro tempo, Genaro cortou na lateral esquerda e cruzou na área para Wilsinho abrir o placar.

No último minuto da etapa inicial, o Alvinegro quase ampliou. Após um chute defendido de Wilsinho, Genaro tentou empurrar pra dentro, mas o goleiro tirou. A bola ainda sobrou para Xande chutar forte, na entrada da área, e também parar nas mãos do arqueiro adversário.

O Copagril-PR voltou mais ofensivo do intervalo. Logo no primeiro minuto da segunda etapa, a equipe paranaense empatou o placar após contra-ataque. Entretanto, a equipe alvinegra ainda mantinha o controle de bola.

O quarteto inicial do Timão estava em quadra novamente e buscava o espaço na troca de passes. Em grande jogada trabalhada, Leandro Caires aproveitou o chute forte de Alex para receber o rebote e desempatar a partida. Minutos depois, o mesmo Caires recuperou a bola na defesa, carregou pelo meio sem marcação e chutou no alto, sem chances para o goleiro adversário, ampliando o placar para o Alvinegro.

O Timão dominou a partida na segunda etapa. Aos seis minutos, o técnico adversário colocou o goleiro linha, tentando superar a defesa corinthiana, sem sucesso. Minutos depois, Edson recuperou a bola em jogada de escanteio adversária, disparou pela direita e chutou forte no alto para marcar o quarto.

A equipe corinthiana não se conteve com o placar e continuou buscando o gol. Em jogada similar a do primeiro gol, Genaro cortou na lateral direita e cruzou para Gabriel marcar o dele.

O técnico da equipe paranaense voltou com o goleiro linha. Após troca de passes na entrada da área corinthiana, o camisa 7 adversário cortou para o meio e chutou no ângulo para reduzir a diferença.

No minuto final, o autor do primeiro gol, Wilsinho, desarmou o adversário e lançou para Gabriel tocar no segundo poste e deixar Leandro Caires sozinho para marcar o terceiro gol dele na partida.

Com a goleada, o Corinthians/UNIP assumiu a liderança da tabela de classificação da LNF. O Timão volta às quadras nesta terça-feira (02) por outra competição. No Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, às 19h30, pega o Horto pela Liga Paulista de Futsal.

A equipe adulta de futsal do Corinthians/UNIP é patrocinada por Magnus, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.













Corinthians volta aos treinos e aguarda julgamento de lateral direito

Timão se reapresenta nesta terça após vitória por 3 a 0 sobre a Ponte, mas fica de olho no tribunal: Fagner será julgado à tarde


Por GloboEsporte.com,

02/05/2017 07h30



O Corinthians terá a semana de treinos depois da vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, no domingo, em Campinas, pelo duelo de ida da final do Campeonato Paulista. O elenco terá tempo para trabalhar antes do jogo de volta, mas a principal preocupação estará nos tribunais no dia da reapresentação.


Isso porque o lateral-direito Fagner sem ao menos ter sido advertido. O julgamento foi marcado após denúncia por imagens de vídeo (Algo que o presidente do Corinthians, Roberto Andrade condena e não fará com o atacante da ponte, William Potker que bateu na cabeça do volante Gabriel e o árbitro não viu) A sessão do TJD da Federação Paulista de Futebol está marcada para as 17h (de Brasília). Caso ele seja punido, Léo Príncipe joga a decisão.

Fagner e um atleta rival, vale lembrar, foram denunciados no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva: praticar ato desleal ou hostil. A pena é suspensão de uma a três partidas. 


De certo, até o momento é que o Corinthians não terá o volante Gabriel nem o meia Rodriguinho, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.



Para a vaga de Gabriel, o substituto está definido: Paulo Roberto. No lugar de Rodriguinho, há pelo menos seis opções diferentes que podem ser exploradas.

– Posso manter o Jadson pelo lado e colocar alguém no lugar do Rodriguinho ou trazer o Jadson para o meio e usar dois de velocidade – destacou o técnico Fábio Carille.

A principal possibilidade envolve a mudança de posição de Jadson, trazendo o jogador para a faixa central da linha de três ofensiva do esquema 4-2-3-1. Com isso, um jogador de contra-ataque pode ser escalado no lado oposto ao de Romero. Nesse caso, Clayton larga na frente. O técnico conta ainda com Pedrinho, Léo Jabá e Marquinhos Gabriel.


Há a chance, menor, de Jadson ser mantido no lado direito do meio-campo. Assim, Camacho entraria no time. Em uma possibilidade ainda mais remota, Carille pode lançar Kazim no ataque, ao lado de Jô, e mudar o esquema para o 4-4-2 – usado apenas uma vez na temporada, em vitória por 3 a 2 sobre o Mirassol, fora de casa.








02/05/2017 07h59

Vale o título! Corinthians decide Brasileiro de basquete feminino contra Uninassau em quinto jogo da série
Corinthians/Americana tem vantagem de mando no quinto e decisivo duelo da série final da Liga de Basquete Feminino. SporTV transmite às 21h30 desta terça-feira


Por GloboEsporte.com


Time de melhor campanha na primeira fase da Liga Feminina de Basquete, o Corinthians/Americana joga em casa o quinto e decisivo jogo da série final do torneio contra o Uninassau, de Pernambuco. O duelo será neste terça-feira, às 21h30, no Centro Cívico, em Americana, com transmissão de SporTV. A série está empatada em 2 a 2, e o vencedor da partida desta terça levantará o troféu mais importante do basquete feminino nacional.


Uninassau x Corinthians jogo 3 final Liga de Basquete Feminino (Foto: Divulgação/LBF)

- Final é final e sabíamos que seria difícil. Os quatro jogos anteriores foram muito equilibrados, Agora é jogar ao lado da nossa torcida em busca da vitória mais importante da temporada - disse Joice, jogadora do Corinthians. 








Empresa de marketing esportivo da qual Ronaldo é sócio, pode estar bem perto de fechar acordo com o Timão




Agência do ex-camisa 9  fará a captação de patrocinadores para o Alvinegro

Ronaldo Fenômeno pode estar de volta ao bando de loucos, mas desta vez fora dos gramados. A empresa de marketing esportivo da qual Ronaldo é sócio, pode estar bem perto de fechar acordo com o Corinthians. A companhia acredita que o anúncio oficial do acerto pode acontecer ainda nesta semana.

De acordo com Fernando Sales, diretor de marketing do Timão, a agência do ex-camisa 9 da Seleção Brasileira fará a captação de patrocinadores para o Alvinegro e receberá comissão por cada negócio fechado. Em entrevista ao jornal, o dirigente afirmou se tratar de uma prática comum no mercado, mas a imagem de Ronaldo ajudará muito.

O ex-atacante esteve presente no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no último domingo (30 de abril) e assistiu à final entre Corinthians e Ponte Preta no camarote e ao lado de Roberto de Andrade, presidente do clube. Antes da partida, ainda foi ao vestiário cumprimentar os jogadores.

Ainda de acordo com o diário, apesar da união com Ronaldo para busca de novos patrocinadores, o clube não rejeita fechar um acordo com a Caixa Econômica Federal, parceira do Corinthians até 2016 e que deixou o lugar nobre da camisa do Timão em abril. A estatal teria desejado oferecer uma proposta menor ao clube, que rejeitou a oferta.











Corinthiano muda visual após queda de cabelo por estresse

Sem jogar pelo Corinthians há mais de um mês, volante Marciel recebeu um diagnóstico de 'Alopécia Areata', causada por aspectos emocionais. Nos últimos dias, ele apareceu careca


Gabriel Carneiro

2 MAI2017
07h33

Causou estranheza entre muitos torcedores do Corinthians e até jornalistas que acompanharam a vitória do Coronthians por 3x0, no último domingo, sobre a Ponte Preta, a presença de um jogador alto e careca no aquecimento dos reservas e depois no banco na vitória por 3 a 0 da final do Paulistão. O "desconhecido" na verdade era o volante Marciel, que raspou o cabelo durante a semana e exibiu o novo visual pela primeira vez no estádio Moisés Lucarelli. A decisão de ficar careca não foi baseada simplesmente no estilo, e sim em uma questão de saúde.

O jogador de 22 anos recebeu diagnóstico de uma doença chamada "Alopécia Areata", que é caracterizada por queda de cabelo em placas redondas, ou seja, "buracos" sem cabelo no couro cabeludo da pessoa. No caso de Marciel, o problema é causado por estresse e ansiedade. Nos últimos meses, o corintiano sofreu com a queda de cabelo e apostou em cortes de cabelo que escondessem os buracos formados pela Alopécia. Na última semana, desistiu dos penteados e cortou todo o cabelo, além da manutenção do tratamento com pomadas e aplicações, que fará efeito a longo prazo.

Nos treinamentos realizados no CT Joaquim Grava, Marciel costuma ir de touca, o que esconde a mudança de visual. No jogo contra a Ponte Preta, no entanto, o acessório foi abandonado e o novo visual virou motivo de comentários. O próprio jogador brincou com as declarações de torcedores nas redes sociais: "Parem de falar da minha careca", escreveu no Twitter.

Revelação das categorias de base do Corinthians promovido ao elenco profissional em 2015, Marciel tem 16 partidas pela equipe principal e vive em 2017 sua temporada com mais participações, tendo atuado contra Vasco, São Paulo e Ferroviária, na pré-temporada, além de Caldense, Mirassol, Red Bull e Linense, por Copa do Brasil e Paulistão. O último jogo do camisa 22 foi na vitória por 3 a 1 diante do Linense, em 29 de março. Desde então, o volante foi relacionado para alguns jogos, mas não teve chances com Fábio Carille.

Neste ano, o treinador tem apostado na versatilidade de Marciel, que atuou e costuma treinar como lateral esquerdo. Em entrevista recente aoLANCE! , o jogador explicou que a posição não é novidade e que ele está ansioso para deslanchar com a camisa do Timão. Apesar disso, a falta de sequência no Corinthians tem animado times interessados na contratação de Marciel, como a Ponte Preta. Até o momento, nenhuma oferta foi realizada.