23 de abr de 2017

CORINTHIANS 23/04/2017










CORINTHIANS na final 1x15P


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 1 5P
Paulistão 2017- semifinal- volta- 23/4/17 domingo
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 23/4/2017 - 16h
arb Flávio Rodrigues de Souza, Alex Ang Ribeiro e Herman Brumel Vani
Público/renda: 43.394 total (43.008 pagantes 386 nao pag)/ R$ 2.667.936,30
Cartões amarelos: Rodriguinho, Guilherme Arana, Léo Jabáe Jadson (COR): Wesley e Chavez (s)
Cartões vermelhos: Thiago Mendes (s)
Gols: Jô 46'/1ºt (1-0); Pratto 36'/2ºt (1-1)


CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Pablo, 13-Guilherme Arana (6-Moisés 34’/2º T); 5-Gabriel, 30-Maycon, 77-Jadson, 26-Rodriguinho e 11-Romero (37-Léo Jabá 31’/2ºT); 7-Jô (18-Kazim 38’/2ºT) . Técnico: Fábio Carille + 27-Walter, 34- Pedro Henrique, 2-Léo Príncipe, 28-Paulo Roberto, 29- Camacho, 21-Felipe Bastos, 22-Marciel, 9-Clayton


sp 30 Renan Ribeiro, 11Wesley, 27Maicon, 3 R Caio e 22Jr Tavares (31 Luiz Araújo 11’/2ºT); 25Jucilei, 23Thiago Mendes e 8 Cícero; 10 Cueva (19 Thomaz 24’/2ºT), 17 Gilberto (9 Chavez 11’/2ºT) e 14 Pratto. Técnico: Nogério Ceni + 1Denis, 4 Lucao 5 Lugano 6 Wellington 15Joao S. 16 Edimar 20Shaylon 26Douglas 7 Neilton














Corinthianos falam sobre clasdificação a final do Paulistão 2017:
“O mais importante é que estamos na final”, bradou o goleiro Cássio.



o meia Rodriguinho. “Tínhamos uma vantagem interessante, o que fez 5P pressionar desde o começo, e ainda marcamos mais um gol. Assim, não nos atiraríamos feito loucos ao ataque. Estamos de parabéns. Vamos brigar pelo título”, acrescentou.

Jadson. “Devemos ser maduros para saber controlar um pouco mais o jogo, mas é algo que vamos pegando com o tempo”, disse o experiente meia.

O novato Maicon. “Fizemos um bom primeiro jogo. Nesse segundo, estivemos um pouco abaixo, mas marcamos o gol. É uma classificação justa. Fizemos o que o professor Fábio propôs”, comentou o volante..
“A gente suou muito para chegar até aqui. Foi um mês intenso, com vários jogos decisivos. Por tudo o que passamos, estamos bem conscientes. Vamos tomar cuidado com a Ponte, principalmente em Campinas, para trazer um bom resultado de lá e decidir em casa”, concluiu Rodriguinho.









Técnico corinthiano, Fábio Carille destaca organização da equipe e fala em Corinthians "muito forte" para a decisão

Técnico do Timão elogia tática alvinegra "mesmo não sendo um futebol bonito"


Por Carlos Augusto Ferrari

23/04/2017 18h54

O técnico Fabio Carille fez questão de destacar a organização do Corinthians durante a entrevista coletiva na Arena do Timão, neste domingo, após o empate em 1 a 1 contra 5P que garantiu a equipe alvinegra na decisão do Campeonato Paulista.

Durante a conversa com os jornalistas, o treinador falou sobre os motivos que fizeram a equipe se classificar e afirmou que os corinthianos chegam com muita força para os dois duelos contra a Ponte Preta.

– Mesmo não sendo um futebol bonito tem organização, tem quem cumpre função, procurando triangulação, coisa que precisamos e vamos melhorar. Dedicação de comprar uma ideia de trabalho, uma forma de jogar, e todos acreditarem muito. É o que pedimos desde a Florida. Chegamos muito forte para essa final – disse Carille.

– Quando nós passamos para a semifinal, quando o Santos tinha ficado cont eu fiz uma brincadeira que não era a quarta força. Foi em tom de brincadeira, quem estava aqui viu. Quem estava lá fora meteu o pau sem saber. Muitas vezes não tem o que falar, não estão aqui para ver meu rosto como é na hora que eu estou brincando. Não foi desrespeito nenhum. Nós mesmo sabíamos que teríamos dificuldade. Nos colocávamos como a quarta força, mas trabalhando do nosso jeito, com os jogadores que temos. Fiz uma brincadeira e muitos não entenderam – disse

– Era normal que essa questão da quarta força seria direcionada para nós por tudo o que aconteceu. Mas sempre falei, desde o dia 22 de dezembro, que ia ser uma equipe organizada, a começar pela parte defensiva e pela organização e entrega – completou.

Na decisão, o Corinthians terá a vantagem de poder fazer o segundo jogo na Arena. Nesta segunda-feira, a Federação Paulista de Futebol define horários e locais dos confrontos contra a Ponte Preta. As partidas serão disputadas no dia 30 de abril e 7 de maio.













Estatísticas de Corinthians 1×1 5P




Corinthians se garantiu na final do Paulistão (foto: Marcello Fim/Raw Image)
NÚMEROS GERAIS DE CORINTHIANS 1X1 5P
– Dados Footstats

Posse de bola do Corinthians: 45%

Finalizações certas do Corinthians: 2



Finalizações erradas do Corinthians: 4

Cruzamentos certos do Corinthians: 2

Cruzamentos errados do Corinthians: 8

Passes certos do Corinthians: 353

Passes errados do Corinthians: 59

Lançamentos certos do Corinthians: 17
Lançamentos errados do Corinthians: 26
Desarmes certos do Corinthians: 26

Faltas cometidas pelo Corinthians: 17













Corinthiano Jô celebra mais um gol em vitória do Timão em clássico e sua presença no duelo: 'Coisa de Deus'






LANCE! - 23/04/2017 - 18:54

Virou sina nesta temporada. Se é clássico, Jô vai fazer gol para o Corinthians. Até aqui são cinco gols em cinco jogos contra os rivais. E foi assim novamente neste domingo. O centroavante deixou a sua marca ao abrir o placar, nos acréscimos do primeiro tempo, e praticamente decretar a vaga para a final.

No entanto, se não fosse o atitude Rodrigo Caio na partida de ida da semifinal, evitando o terceiro cartão amarelo para o centroavante corintiano, a história talvez fosse outra. O zagueiro tricolor avisou ao árbitro que Jô não havia feito falta no goleiro Renan Ribeiro e, assim, o alvinegro se livrou de suspensão:

- Eu nem estaria (no jogo). Mas acabou acontecendo. É coisa de Deus - afirmou o jogador na saída de campo.

Ao ser questionado sobre a polêmica sobre impedimento no lance de seu gol, Jô preferiu não polemizar e desconversou, valorizando a classificação corintiana.

- É muito difícil falar em Fair Play nesse lance, é tudo muito rápido. Mas a equipe está de parabéns, mostrou raça nos dois jogos e merecidamente está na final. No começo do ano nosso time era muito criticado.

Para o centroavante, um dos grandes trunfos do Corinthians nessa semifinal foi deixar para trás o fracasso na Copa do Brasil, o que aumentou o valor da vaga na final.

- Como eu falei na quarta, a gente tem jogadores com maturidade e experiência para esquecer o jogo do Inter e pensar nessa. O time entrou concentrado, motivado, sabendo da importância do jogo. Conseguimos marcar e neutralizar o rival - finalizou.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo pela primeira partida da decisão do Paulistão, que terá o mando da Ponte Preta em horário e local a serem definidos pela Federação Paulista de Futebol nesta segunda-feira.





Invicto na Arena, Corinthians amplia freguesia sobre 5P no século


23/04/2017 - 20:24

O Corinthians festejou a classificação para a final do Campeonato Paulista neste domingo, mas também a ampliação de outros dois tabus sobre rival 5P. Com o empate em 1 a 1, o Timão seguiu invicto diante do rival na Arena e em mata-matas no século.

Os rivais se enfrentaram sete vezes no século 21 em partidas eliminatórias oficiais e em todas deu Timão.
Neste período as equipes duelaram nos seguintes mata-matas: final do Rio sp (2002), semifinal da Copa do Brasil (2002), final do Paulistão (2003), semifinal do Paulistão (2009, 2013 e 2017) e Recopa Sul-Americana (2014).

Na Arena Corinthians, foram seis partidas desde a inauguração, em 2014, com quatro vitórias do Timão e empate em outras duas oportunidades.











Corinthians usa vantagem de vitória fora de casa, empata em casa e vai a final do Paulistão 2017


O que é necessário para uma "festa na favela" corinthiana? Eliminar um rival? Arena lotada? Classificação à final? Mesmo sem vitória alvinegra, teve tudo isso e mais um pouco na tarde deste domingo, em Itaquera. No dia do padroeiro São Jorge, o Timão empatou contra 5P em 1 a 1 e garantiu classificação para decisão do Campeonato Paulista. O adversário na busca pelo título será a Ponte Preta, como há 40 anos, quando o Corinthians ganhou o histórico título de 77.


Esta, porém, não é a única história que se repete. Assim como nos outros quatro clássicos do Corinthians na temporada, Jô foi protagonista. Nos acréscimos do primeiro tempo, o atacante balançou a rede, mantendo a média de um gol por jogo contra rivais em 2017.O Timão esperou o rival, controlou a partida e ainda levou perigo em contra-ataques, como em cabeçada de perigosa de Pablo e chute na trave de Romero.



No segundo tempo, em vantagem, o Corinthians controlou o jogo e os nervos. O rival teve dificuldades com ambos. Na bola, Pratto empatou, mas não foi suficiente. Na raça, Thiago Mendes passou do ponto e acabou expulso, aos 41 minutos do segundo tempo, após carrinho em Léo Jabá.


Era o que faltava para os mais de 43 mil corintianos puxarem os coros de "olé". Os aplausos no fim só reforçaram a mensagem da Fiel ao time exibida em mosaico nas arquibancadas antes de a bola rolar: "tu és orgulho!"


FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 5P

Paulistão 2017- semifinal- volta- 23/4/17 domingo

Local: Arena Corinthians

Data-Hora: 23/4/2017 - 16h

arb Flávio Rodrigues de Souza Alex Ang Ribeiro e Herman Brumel Vani (SP)

Público/renda: 43.008 pagantes/ R$ 2.667.936,30

Cartões amarelos: Rodriguinho, Guilherme Arana, Léo Jabáe Jadson (COR): Wesley e Chavez (s)

Cartões vermelhos: Thiago Mendes (s)

Gols: Jô 46'/1ºt (1-0); Pratto 36'/2ºt (1-1)


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo, Guilherme Arana (Moisés 34’/2º T); Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero (Léo Jabá 31’/2ºT); Jô (Kazim 38’/2ºT) . Técnico: Fábio Carille


sp Renan Ribeiro, Wesley, Maicon, Rodrigo Caio e Juniorr Tavares (Luiz Araújo 11’/2ºT); Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Cueva (Thomaz 24’/2ºT), Gilberto (Chavez 11’/2ºT) e Pratto. Técnico: Nogério Ceni














Finalista, Corinthians tem dois jogadores na Seleção das Estatísticas do Paulistão




Gabriel é o maior ladrão de bolas do Paulistão (foto: Marcello Zambrana/AGIF)

4 – Pablo – Corinthians – 154 rebatidas/17 desarmes/2 gols
5 – Gabriel – Corinthians – 51 desarmes/623 passes certos/3 assistências para finalização







Técnico Fábio Carille exalta Jô e diz que Corinthians não é favorito contra a Ponte em final
Bruno Cassucci - 23/04/2017 - 18:53

O técnico do Corinthians, Fábio Carille, comemorou bastante a classificação da equipe para a decisão do Campeonato Paulistão, após empate em 1 a 1 contra 5P. Contudo, apesar da alegria, ele tentou conter a euforia e não apontou o Timão como favorito ao título estadual.

O comandante alvinegro disse que as chances de levantar a taça estão divididas igualmente e pregou respeito à Ponte Preta, adversária na decisão.

- Precisamos trabalhar com a mesma dedicação, a mesma entrega. Não vou trazer esse favoritismo para o Corinthians. Coloco 50% de chances para cada um, que seja uma grande final, com dois grandes jogos - disse o técnico.

Outro assunto abordado na entrevista coletiva do comandante corintiano foi a boa fase do atacante Jô, que balançou as redes nos cinco clássicos da equipe na temporada. Carille relembrou os questionamentos que o centroavante enfrentou quando foi contratado, no fim do ano passado e a postura de liderança dele fora de campo:

- A respeito do Jô, muito se falou quando ele foi contratado em novembro do ano passado. Desde o começo ele foi muito esforçado, trabalhou com o grupo, fez cobranças mesmo sem poder jogar, é um cara positivo no dia a dia - elogiou.

- Lembro que ele reclamou de cansaço no jogo contra o Audax lá em Osasco. E tive uma conversa com ele: "Jô, você está sendo muito homem de dizer que não vai jogar, porque o Kazim pode entrar, fazer o gol e aí?" Aconteceu de o Kazim marcar e seguir titular. Mesmo assim, no outro jogo ele foi o que mais falou no vestiário. Só tenho que agradecer o comportamento dele, que está sendo agraciado com os gols - completou.



Atacante corinthiano Jô celebra mais um gol em clássico e sua presença no duelo: 'Coisa de Deus'


Com gol de Jô, Corinthians se classificou a final: 1 a 1 ​MARCELLO FIM / RAW IMAGE


Com gol de Jô, Corinthians empatou e se classificou a final contra 5Pna Arena: 1 a 1Miguel SCHINCARIOL


Virou sina nesta temporada. Se é clássico, Jô vai fazer gol para o Corinthians. Até aqui são cinco gols em cinco jogos contra os rivais. E foi assim novamente neste domingo, na classificação do Zcorinthians sibre 5P com emoate pir 1x1 em casa. O centroavante deixou a sua marca ao abrir o placar, nos acréscimos do primeiro tempo, e praticamente decretar a vaga para a final.

- A equipe está de parabéns, mostrou raça nos dois jogos e merecidamente está na final. No começo do ano nosso time era muito criticado.

- O time entrou concentrado, motivado, sabendo da importância do jogo. Conseguimos marcar e neutralizar os pontos fortes do rival - finalizou.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo pela primeira partida da decisão do Paulistão, que terá o mando da Ponte Preta em horário e local a serem definidos pela Federação Paulista de Futebol nesta segunda-feira









Corinthians class 1x1

ATUAÇÕES: Atacantes são os destaques no empate na Arena





Corinthians passa por fregaysp e se classifica a final



Corinthians



Corinthians


















Corinthians



Corinthians







Corinthians




Corinthians





Corinthians







Corinthians




Corinthians




Corinthians





CorinthiansMARCELLO FIM / RAW IMAGE1/11Alexandre Guariglia e Fellipe Lucena - 23/04/2017 - 18:29


Atacantes chamam atenção no empate e classificação do Corinthians sobre 5P , na Arena, e terminam como os melhores do Majestoso. Jô fez o quinto gol em cinco clássicos na temporada, enquanto Lucas Pratto marcou o primeiro. Confira as avaliações da partida que deu a classificação ao Timão:


ATUAÇÕES CORINTHIANS


6,5

Cássio

Foi seguro em todas as intervenções tantos nas saídas de gol quanto nas defesas. Estava atento para evitar um gol de falta de Cueva.



6,0

Fagner

Passou alguns apuros com as descidas de Júnior Tavares e a caída de Cueva pelo seu lado, mas na maioria das vezes conseguiu netralizá-las.


5,5

Balbuena

Pecou pelos erros de passe e por pouco não marcou gol contra. Na zaga não comprometia até bobear na marcação no gol de Lucas Pratto.


7,0

Pablo

Mais uma atuação impecável do zagueiro, em momento algum passa sufoco, faz o simples quando necessário e quase não erra.


6,5

Guilherme Arana

Ficou mais focado na marcação para conter as investidas pela sua lateral e deu certo, adversário não levou vantagem por ali. Partida madura.


6,5

Gabriel

Importante demais em sua função de marcação, com muitos desarmes e posicionamento correto. São Paulo raramente criou pelo meio.


6,0

Maycon

Completa um lado esquerdo fortíssimo na defesa com Pablo e Guilherme Arana. Do meio para frente acabou errando mais passes do que o normal.


7,5

Jadson

Grande partida do meia corinthiano. Ditou o ritmo das movimentações de seu time desde o início do jogo. Deu a assistência para o gol de Jô.




6,0

Rodriguinho

Não foi tão participativo quanto nos outros jogos, mas criou um bom lance para finalização de Romero na trave. Ajudou a controlar o jogo no meio.


6,5

Romero

Como sempre muita entrega e disposição tanto no ataque quanto na defesa. Apesar de cometer erros básicos de fundamento, é indispensável.


7,5



Marcou seis gols no Paulistão, cinco deles em clássicos. Anotou mais um tento de oportunismo. É muito inteligente para achar seu posicionamento.


5,0

Léo Jabá

Entrou na reta final da partida e mais brigou do que jogou. Poderia ter aproveitado melhor a chance de jogar mais um clássico.


5,0

Moisés

Também entrou em campo no fim e perdeu a bola que originou o lançamento para o gol de Lucas Pratto.




Kazim

Ficou pouco tempo em campo para avaliação. Fica sem nota.


7,0

Fabio Carille

Em momento algum a vaga correu risco de sair de suas mãos. Armou um time forte na defesa e foi letal no ataque definindo a classificação.






Presidente do Timão confirma meia perto de adeus e fala sobre reforços


Roberto de Andrade, presidente do Corinthians, em zona mista(Foto: Bruno Cassucci)

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, confirmou neste domingo que o meia reserva Guilherme está próximo de deixar o clube. O jogador já tem um acerto verbal com o Atl cu, mas ainda discute a liberação com o Timão.
Segundo o mandatário alvinegro, a negociação pode ter um desfecho nos próximos dias. Com contrato com o clube de Parque São Jorge até o fim de 2019, Guilherme deve ser emprestado ao Furacão por um ano e meio.

- Realmente teve o interesse do Atl cu, os clubes estão conversando. Entre segunda e terça-feira devemos fechar isso se for para ter uma saída mesmo - comentou, na zona mista da Arena Corinthians.

Roberto de Andrade afirmou que a única negociação que o clube tem no momento por reforços é com Clayson, atacante da Ponte Preta. As conversas, porém, foram interrompidas por conta da fase final do Paulistão e só devem ser retomadas depois que as equipes disputarem o título.

O mandatário ainda descartou sugerir a realização de dois jogos contra a Ponte Preta na capital. Ele falou que é preciso respeitar o direito deles de atuar em seu estádio






Presidente do Corinthians reforça interesse em atacante Clayson e coloca Guilherme perto do Atl cu
Roberto de Andrade diz que conversas com a Ponte voltarão após o Paulista, mas se mostra otimista no acerto com o atacante
Por Carlos Augusto Ferrari

23/04/2017 19h30

Após a classificação do Corinthians para a final do Campeonato Paulista, o presidente Roberto de Andrade voltou a manifestar o desejo de contratar o atacante Clayson, da Ponte Preta, adversária na decisão. O dirigente do Timão revelou ainda que o meia-atacante Guilherme está muito perto do acerto com o Atl cu

Clayson, de 22 anos, vem sendo observado pelo Corinthians desde o início da temporada. Os clubes já conversaram sobre a negociação, mas vão aguardar o encerramento do estadual para avançar. O Corinthians está bastante otimista no acerto e espera contar com o jogador no início do Campeonato Brasileiro.

– Vamos esperar o campeonato acabar para falarmos novamente. Mas é um jogador que nos interessa bastante – afirmou Andrade.

O presidente alvinegro disse também que o empréstimo de Guilherme para o Atl cu deve ser confirmado no início desta semana. As bases do acordo foram fechadas nos últimos dias, restando apenas a parte do jogador com atl cu . A equipe paranaense pagará parte dos salários dele.

– Ainda não está fechado, falta ele se acertar lá – disse o presidente.













Atuações do Corinthians: Jô é decisivo; Romero e Gabriel também se destacam
Centroavante faz o quinto gol em cinco clássicos na temporada e garante a classificação para a final do Paulistão. Atacante e volante lutam muito e ajudam o Timão a segurar 5P

Por Carlos Augusto Ferrari

23/04/2017 18h08


Vive um momento mágico em clássicos. Fez neste domingo o quinto gol em cinco jogos contra os maiores rivais do Corinthians. Foi importante também taticamente na disputa com os zagueiros adversários e ajudou na marcação. Nota: 7,5


Romero
Depois de tantas críticas da torcida, o paraguaio foi aplaudido ao ser substituído. Teve um papel muito importante na equipe. Incansável, ajudou Guilherme Arana na marcação pelo lado esquerdo e ajudou nos contra-ataques. Ainda acertou uma bola na trave de Renan Ribeiro. Nota: 7


Gabriel
Jogou muito bem na marcação e na proteção aos zagueiros. Cresceu no segundo tempo com bons desarmes, impedindo que rival chegasse pelo meio. Nota: 7


Veja as notas:


Cássio [GOL]: 6,5
Fagner [LAD]: 6,5
Balbuena [ZAG]: 6
Pablo [ZAG]: 7
Guilherme Arana [LAE]: 7
(Moisés [LAE]): Sem nota
Gabriel [VOL]: 7
Maycon [VOL]: 6,5
Rodriguinho [MEC]: 6
Jadson [MEC]: 6,5
Romero [ATA]: 7
(Léo Jabá [ATA]): Sem nota
Jô [ATA]: 7,5
(Kazim [ATA]): Sem nota











Meia Jadson exalta evolução do Timão com ida pra final: ''Equipe vem crescendo''

O camisa 77 comemorou a classificação do Timão à grande final do Paulistão 2017


19h15 23/04/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na tarde deste domingo (23), o Corinthians garantiu a classificação para a grande final do Paulistão Itaipava 2017, após empate em 1 a 1 contra 5P na Arena Corinthians. Após a partida, o meia Jadson elogiou a evolução da equipe na temporada.

"Nossa equipe vem crescendo, jogando com humildade, com os pés no chão. Graças a Deus chegamos à final, mas não tem nada ganho ainda", disse.

Por fim, o meia comemorou a vaga na grande final do Paulistão. "A equipe está de parabéns pelo que fez até aqui, mas ainda faltam dois degraus para a gente conseguir esse título, que vai ser muito importante para nós", concluiu.







Corinthians decide Paulistão pela terceira vez na história contra Ponte Preta
Equipes já disputaram a final do torneio estadual em duas oportunidades: 1977 e 1979; Timão levou a melhor em ambas

19h10 23/04/2017 - Agência Corinthians






© José Pinto/Placar


Neste domingo (23), após o Corinthians empatar contra 5P em 1 a 1 na Arena Corinthians, o Corinthians conquistou a classificação para a final do Campeonato Paulista de 2017. Na decisão, o Timão enfrentará a Ponte Preta. Será a terceira vez que as equipes decidem o título estadual.

A primeira vez que Corinthians e Ponte Preta se enfrentaram em uma final de Campeonato Paulista marcou um dos maiores títulos da história corinthiana. Após 23 anos sem títulos, o Timão conquistou o troféu do Paulistão de 1977 enfrentando a equipe campineira na decisão. Foram disputados três jogos no duelo decisivo: Corinthians 1 x 0 Ponte Preta (05/10); Corinthians 1 x 2 Ponte Preta (09/10); e Corinthians 1 x 0 Ponte Preta (13/10).

Dois anos depois, Corinthians e Ponte Preta voltaram a decidir um Campeonato Paulista. A final – novamente disputada em três partidas – do Paulistão de 1979 foram disputadas no início de 1980 e o Timão levou a melhor novamente: Corinthians 1 x 0 Ponte Preta (03/02); Corinthians 0 x 0 Ponte Preta (06/02); e Corinthians 2 x 0 Ponte Preta (10/02).

As datas, horários e locais das finais do Campeonato Paulista de 2017 serão definidos em conselho técnico que acontecerá nesta segunda-feira (24), às 12h, na Federação Paulista de Futebol (FPF).












Corinthiano técnico Fábio Carille, finalista: “Chegamos fortes para essa semifinal”

Treinador também falou sobre recuperação após eliminação na Copa do Brasil e o desempenho de Jô nos clássicos


18h40 23/04/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


A tarde deste domingo (23) foi especial na Arena Corinthians. O novo manto alvinegro estreou, o Corinthians empatou em 1 a 1 contra 5P (Corinthians venceu ida fora de casa por 2x0) e garantiu vaga para a final do Campeonato Paulista de 2017 contra ponte. Após a classificação, o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva.

"Mesmo não sendo um futebol bonito, temos organização, quem cumpre função, procurando triangulação, algo que precisa melhorar... E a dedicação de todos, que compraram uma ideia, uma forma de jogar. Compreenderam o que pedimos desde a Florida, no primeiro jogo. Chegamos fortes para essa final", disse o treinador.

"Quando passamos para a semifinal, eu fiz uma brincadeira aqui. Quem estava aqui viu, mas quem estava lá fora meteu o pau sem saber. Aquilo não foi desrespeito. Nós mesmos sabíamos que seria difícil e nos colocamos como quarta força. Fiz uma brincadeira e não entenderam. Hoje estamos classificados para a final, com os outros três grandes fora. Mas jogo grande não tem essa, clássico não tem essa. É 50% para cada um. E vai ser assim, enquanto eu estiver aqui vai ser com entrega, organização forte, mas peço que com o tempo toda a imprensa me entenda, porque muitas vezes brinco sem dar risada", continuou.

Antes de finalizar, o técnico Fábio Carille também falou sobre o espetacular desempenho de Jô nos clássicos deste ano: em cinco disputados, foram cinco gols anotados.

"A respeito do Jô, muito se falou quando ele foi contratado em novembro do ano passado. Desde o começo ele foi muito esforçado, trabalhou com o grupo, fez cobranças mesmo sem poder jogar, é um cara positivo no dia a dia. Lembro que ele reclamou de cansaço no jogo contra o Audax lá em Osasco. E tive uma conversa com ele: "Jô, você está sendo muito homem de dizer que não vai jogar, porque o Kazim pode entrar, fazer o gol e aí?" Aconteceu de o Kazim marcar e seguir titular. Mesmo assim, antes do clássico contra o Palmeiras ele foi o que mais falou no vestiário. Só tenho que agradecer o comportamento dele, que está sendo agraciado com os gols", completou Carille.

As datas, horários e locais das finais do Campeonato Paulista de 2017 serão definidos em conselho técnico que acontecerá nesta segunda-feira (24), às 12h, na Federação Paulista de Futebol (FPF).






















Corinthians na final:
''Usamos a inteligência'', diz corinthiano Guilherme Arana sobre empate no Majestoso
Lateral esquerdo do Timão exaltou a classificação do Timão para a grande final do Paulistão

19h30 23/04/2017 - Agência Corinthians



© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na tarde deste domingo (23), o Corinthians garantiu a classificação para a grande final do Paulistão Itaipava 2017, após empate em 1 a 1 contra 5P na Arena Corinthians. Um dos destaques do Timão na temporada, o lateral esquerdo Guilherme Arana elogiou a inteligência do Timão no empate no Majestoso.

"Usamos a inteligência. Conseguimos um bom placar lá. Hoje sofremos um pouco no começo, porque eles tinham que fazer dois gols, mas fomos felizes", afirmou.

Por fim, o lateral falou sobre a importância da semana cheia de treinamentos para chegar preparado para o primeiro jogo da decisão em campinas. "Nós também ganhamos outros dois clássicos. A quarta força está na final. Temos uma semana de trabalho que será importante para chegarmos preparados para a decisão", finalizou.


































Maycon exalta retrospecto do Timão em clássicos: "Nos deram confiança"

Volante também comentou sobre o empate e classificação do Timão no Majestoso e projetou um grande jogo contra a Ponte na final

19h00 23/04/2017 - Agência Corinthians





© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na tarde desta domingo (23), o Corinthians garantiu a classificação para a grande final do Paulistão Itaipava 2017, após empate contra 5P na Arena Corinthians (Timão venceu ida fora de casa por 2x0). Titular da equipe do técnico Fábio Carille, o volante Maycon exaltou o retrospecto do Timão contra os rivais e afirmou que isso deu confiança à equipe.

"A gente não nos deixou influenciar pelo que não vinha do nosso grupo. Algumas críticas vieram, algumas coisas de fora que podiam nos abalar, mas mantivemos a cabeça boa. Os clássicos nos deram muita confiança. Não éramos consideramos favoritos e lutamos muito", disse.

O volante comentou sobre o empate e afirmou que foi uma classificação justa. "Fizemos um bom primeiro jogo, uma boa vantagem. Entramos um pouco abaixo no segundo. Mas é uma classificação justa. Eu também nunca ganhei um título. Temos de chegar para ganhar", afirmou.

Por fim, o volante falou sobre a importancia da semana cheia para treinamentos, o que não acontecia há bastante tempo na temporada. "Temos uma semana inteira de treino agora. Fazia tempo que isso não acontecia. É importante descansar, treinar, e pensar na Ponte a partir de terça-feira".



















Fé Alvinegra! Corinthians está na final do Paulistão
Novamente em clássico, Jô marcou o gol do Timão aos 47 do primeiro tempo no empate contra 5P


18h00 23/04/2017 - Agência Corinthians







© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

O Corinthians está na final do Campeonato Paulista. Após empate contra 5P em 1 a 1 na Arena Corinthians neste domingo (23), com gol de Jô, o Timão garantiu a classificação para a final do Paulistão e agora encara a Ponte Preta na decisão.

Vantagem no primeiro jogo

O Timão chegou ao duelo deste domingo com uma grande vantagem. No primeiro jogo das semifinais, fora de casa, o Corinthians venceu por 2 a 0 com gols de Jô e Rodriguinho.





O Corinthians manteve-se invicto contra 5P na Arena, graças as duas linhas defensivas do Corinthians, sempre muito bem organizadas.

Reação Alvinegra

A partir da metade do primeiro tempo, o Timão conseguiu retomar a posse de bola e passou a agredir mais. Romero chegou a acertar a trave em chute de fora da área, mas o gol só iria sair nos minutos finais do primeiro periodo.

Mais um gol do Rei dos Clássicos

Quando o juiz já se preparava para encerrar o primeiro tempo, o Corinthians abriu o placar com o atacante Jô, que balançou as redes em todos os clássicos nesta temporada. Após jogada na área, a bola sobrou para o camisa 7 que apenas empurrou para o fundo das redes. É o terceiro gol de Jô contra o São Paulo nesta temporada.

Maior público do ano

Na data em que se comemora o dia do torcedor Corinthiano, a Fiel fez juz ao apelido e lotou a Arena Corinthians. Com mais de 43 mil corinthianos, a torcida alvinegra empurrou o Timão na vitória sobre o rival no maior público do ano na casa do Timão em jogos do Corinthians.

Timão no controle

A segunda etapa foi de total controle do Timão. Com boa posse de bola, a equipe do técnico Fábio Carille controlou a partida e administrou a grande vantagem construída.
O Timão cedeu empate, mas segurou o resultado e se classificou para a grande final do Paulistão.

Volta às finais e reedição de 77

Após três anos, o Corinthians volta disputar uma final de Campeonato Paulista. A última vez havia sido na conquista do 27º título estadual, em 2013. O adversário dessa vez é a Ponte Preta, proporcionando a reedição da histórica final do Paulista de 1977, 40 anos depois daquele histórico título corinthiano










Corinthians recebe clássico majestoso na Arena Corinthians por vaga na final do Paulistão

No primeiro jogo das semifinais, o Timão venceu o rival por 2 a 0 com gols de Jô e Rodriguinho


10h00 23/04/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste domingo (23), às 16h, o Corinthians recebe 5P na Arena Corinthians no segundo jogo das semifinais do Paulistão Itaipava 2017.

Como vai o Corinthians para o Majestoso

O técnico Fabio Carille levará 23 jogadores para o Majestoso. Para o gol, as opções serão Cássio, Walter e Caíque França. Nas laterais, Fagner, Guilherme Arana, Léo Príncipe e Moisés. A zaga terá Balbuena, Pablo, Pedro Henrique e Léo. Entre os volantes, vão Camacho, Fellipe Bastos, Gabriel, Marciel, Maycon e Paulo Roberto. Para o meio de campo, foram chamados Jadson, Pedrinho e Rodriguinho. Clayton, Jô, Kazim, Léo Jabá e Romero são os atacantes que completam a lista.

Palavras do comandante

O técnico afirmou que a tendência é repetir a escalação que veio atuando nos últimos jogos, mas não quis garantir.

"É muito provável que a equipe seja a mesma, a não ser que aconteça alguma reclamação de algum jogador. Desde a pré-temporada temos cuidado com o Rodriguinho, ele terminou 2016 com dores no joelho. Temos que olhar ele e o Jadson com atenção, é claro, são os armadores da equipe. Mas minha maior preocupação é entre jogos de domingo e quarta. De quarta para domingo é mais tranquilo", disse.


Para chegar às semifinais do Paulistão Itaipava 2017, o Corinthians eliminou o Botafogo-SP nas quartas de final com um empate sem gols em Ribeirão Preto e uma vitória simples por 1 a 0 na Arena Corinthians. Por ter melhor campanha juntando as duas fases – 28 pontos a 26 –, o Timão tem a vantagem de fazer o jogo de volta em casa, na Arena Corinthians. Porém, se houver dois resultados iguais, a decisão da vaga para a final vai para os pênaltis.

Retrospecto do clássico

A vantagem histórica no Majestoso é do Corinthians, com 124 vitórias, 105 empates e 102 zebras em 330 jogos disputados desde 1930. O Timão marcou 480 gols e sofreu 453.

No clássico disputado na primeira fase do Paulistão Itaipava 2017, o Corinthians empatou 1x1 fira de casa. Jô fez o gol de empate.

Na última vez em que o Corinthians atuou contra 5P em um mata-mata de Campeonato Paulista, deu Timão. Nas semifinais de 2013, em jogo único, o Majestoso terminou empatado em 0 a 0, fora de casa. Nos pênaltis, o Alvinegro do Parque São Jorge fez 4 a 3 e se classificou para a final.

No primeiro jogo das semifinais, o Timão venceu o rival por 2 a 0, na casa do rival,com gols de Jô e Rodriguinho.














Corinthians divulga novas camisas e pode estreá-las hoje
Novos modelos de uniformes foram revelados pelo Alvinegro neste domingo, e devem estar em campo no Majestoso, pelo segundo duelo da semifinal do Campeonato PaulistaCorinthians divulga novas camisas (Divulgação)


































Salve o corinthiano! O nosso maior título é a Fiel

No mesmo dia de São Jorge também é comemorado o dia do torcedor corinthiano


10h00 23/04/2017 - Agência Corinthians






© Bruno Teixeira


"Todo time tem uma torcida. O Corinthians é uma torcida que tem um time". A velha máxima do jornalista José Roberto Aquino define bem a relação entre o Timão e seus torcedores. Neste domingo (23), além do dia de São Jorge, comemora-se o dia do torcedor corinthiano.

Após conquistar o Paulistão de 1941, o Time do Povo amargou um período sem troféus até 1950, quando venceu o Torneio Rio-São Paulo. O número de torcedores, porém, continuou a crescer e rendeu a eles o apelido de "Fiel".

O amor da torcida sustentou o Alvinegro no período mais difícil de sua história: o jejum de títulos. Mais uma vez, os seguidores do Timão só aumentavam, mesmo estando há quase 23 anos sem levantar o troféu de campeão paulista.

Em 1976, a Fiel Torcida proporcionou ao clube um de seus episódios mais marcantes. Cerca de 80 mil torcedores foram ao Maracanã para o jogo da semifinal do Brasileirão contra o Fluminense.

Atualmente, com mais de 30 milhões de torcedores, a Nação Alvinegra também é conhecida como o Bando de Loucos. O apelido vem de um grito entoado nas arquibancadas do Pacaembu, em 2007, e exalta o sentimento de paixão da torcida que "canta até ficar rouca" e incentiva o clube a todo o momento. No mesmo ano, o canto que ficou conhecido foi o "Eu nunca vou te abandonar!".

Na disputa do Mundial de Clubes da FIFA de 2012, uma nova invasão da Fiel. Mais de 30 mil torcedores deram a volta ao mundo para acompanhar o Timão na conquista do segundo título do Mundial, em Yokohama (JAP).

Uma comunhão de dar inveja aos adversários. Corinthians e a Fiel, esse casamento que é razão do Sport Club Corinthians Paulista. Parabéns, Fiel!








Saravá, São Jorge! padroeiro do Corinthians

Neste domingo é comemorado o Dia do Santo Guerreiro e o Corinthians.com.br contará um pouco da história do padroeiro corinthiano


10h00 23/04/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


"Saravá São Jorge, ele vai nos ajudar!" Inúmeras vezes a Fiel ecoou este canto nos jogos do Timão. O padroeiro sempre foi uma peça importante para a fé da torcida no clube alvinegro. Neste domingo (23) comemora-se o dia do Santo Guerreiro e o Corinthians.com.br contará um pouco da história deste personagem corinthiano.

Tudo começou na região que hoje se encontra a sede social do Corinthians, o Parque São Jorge. Antigamente o rio Tietê formava uma baía muito parecida com a baía de São Jorge em Beirute, no Líbano. Foi graças a essa semelhança que Nagib Sallem e Assad Abdalla batizaram o local.

Em 1926, o Corinthians, através do presidente Ernesto Cassano, adquiriu o local. Uma ligação mística fizeram os corinthianos absorverem a devoção ao Santo Guerreiro, que se torna o padroeiro do Alvinegro. Para muitos, o Time do Povo é evocado por São Jorge para se estabelecer naquele lugar.

Em 1941, o presidente alvinegro Manoel Correcher construiu um santuário, exatamente em cima da maior nascente do terreno: a pitoresca fonte São Jorge, que é consagrada pelo povo, pois quem bebe da água da ‘‘Biquinha’’, torna-se corinthiano para sempre.

Em 1967, na gestão de Wadih Helu, uma capela foi construída no final da rua São Jorge, sob as gestões eclesiais de dois corinthianos: o então Cardeal Arcebispo, Dom Evaristo Arns, e o Monsenhor Arnaldo Beltrami, Capelão do clube.

Em 1990, uma imagem de São Jorge chega ao Corinthians, comprada na Turquia por Marlene Matheus, esposa do lendário Vicente Matheus. Marlene levou o Santo, talhado em madeira, ao Vaticano, onde o Papa João Paulo II o benze e o santifica para sempre.

Todo dia 23 de abril, o Corinthians realiza uma festa em homenagem ao Santo Guerreiro. Neste domingo, não seria diferente. A sede social corinthiana celebrará uma missa especial ao padroeiro do Timão.