14 de abr de 2017

CORINTHIANS 14/04/2017













Aniversário no CT do Corinthians? Primeiro pedaço de bolo é de Kazim

De volta após um mês, recuperado de um problema no joelho, gringo será opção do Timão contra 5P Contratado este ano, atacante virou tema de uma brincadeira interna do time

Por Marcelo Braga,
14/04/2017 16h13
Se tem aniversário de jogador do Corinthians no CT Joaquim Grava, tem primeiro pedaço de bolo para Kazim. Nesta sexta-feira, Guilherme Arana completou 20 anos e o elenco fez uma festa para o lateral-esquerdo antes do treino da manhã. 

Fotógrafo oficial do Timão, Daniel Augusto Jr. registrou o momento da entrega do doce para o gringo. O gesto vem se repetindo a cada aniversário e a cena causa muitas risadas no elenco. 

Kazim (à dir.) ganha o primeiro pedaço de bolo de Arana (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) 


Neste domingo o inglês naturalizado turco volta a ser relacionado após tratar por um mês uma lesão no joelho. A tendência é que ele seja utilizado na segunda etapa. 

– A gente sabe a importância do Kazim num jogo grande. Fica de alternativa para jogar junto do Jô ou numa susbtitução a Jô, depende da ideia de jogo – declarou o técnico Fábio Carille. 

Até pouco tempo atrás, o primeiro pedaço de bolo era sempre oferecido ao lateral-direito Fagner, que parece ter perdido esse "privilégio".









Técnico corinthiano, professor Fábio Carille quer muita entrega de equipe em clássico decisivo: ''Jogo de alta intensidade''

Técnico do Corinthians acredita que organização do time deu resultados em jogos anteriores e procura mais evolução do setor ofensivo


14h00 14/04/2017 - Agência Corinthians


O clima é de decisão, é de clássico. O Corinthians fez mais um treino no CT Dr. Joaquim Grava se preparando para o confronto contra 5P, o primeiro pelas semifinais do Paulistão Itaipava 2017, que acontecerá neste domingo (16), na casa do rival, às 19h. Após a atividade, Fabio Carille foi sabatinado pela imprensa em entrevista coletiva. O técnico do Timão pediu bastante organização e entrega da equipe no Majestoso.

"Tem de ser assim. Fomos muito bem jogando desse jeito, e os resultados foram importantes para nos dar confiança na primeira fase, mas sabemos que agora já não valem nada. Temos de fazer do mesmo jeito no mata-mata. Será um jogo de alta intensidade, temos de estar preparados para isso", afirmou Carille.

De olho no clássico, uma das metas do comandante alvinegro é de encontrar a medida certa para o ataque do Corinthians, encontrando o equilíbrio perfeito com a defesa. Carille jâ vê melhoras, como no empate com o Internacional em Porto Alegre-RS pela Copa do Brasil, mas quer mais.

"Estamos evoluindo. Foi muito importante nosso jogo contra o Inter, chegando mais ao ataque. Considero um bom jogo feito fora de casa, propondo o jogo. A parte defensiva deu resposta boa desde então. Agora temos muito a evoluir na parte ofensiva", declarou o técnico do Corinthians






Técnico corinthiano Fábio Carille vê time em evolução no ano, mas avisa: “Precisa melhorar”


A atuação do Corinthians fora de casa no epate por 1x1 contra Internacional na última quarta-feira, no Beira-Rio, deixou animado o técnico Fábio Carille. Contente por ter criado cinco chances claras de gol na sua avaliação , o treinador vê o Alvinegro em franca evolução para achar um equilíbrio maior entre a defesa, segunda melhor do Campeonato Paulista, e o ataque, o pior entre os quatro semifinalistas da competição, antes do promeiro jogo da semifinal do torneio, neste domingo, às 19h (de Brasília), do Corinthians contra 5P, fora de casa.
“É bem visível que precisamos melhorar ainda, estamos trabalhando muito pouco com esses jogadores em campo, mas estamos em um processo de evolução. O gol contra o Inter, por exemplo, foi uma triangulação bem legal nossa, podem ter certeza que a gente vai melhorar a cada dia”, disse Carille, relembrando a troca de passes iniciada por Pablo que terminou no cruzamento de Arana para Romero fazer o gol.

“Estamos evoluindo, foi muito importante nosso jogo lá contra o Inter, foi o primeiro bom jogo fora de casa, jogando de igual para igual, parte defensiva deu uma resposta muito boa. Estamos evoluindo e temos muito mais para evoluir nessa parte ofensiva”, continuou o treinador, que não se incomoda com as críticas que a equipe recebe pelo alto número de passes errados que tem apresentado em seus jogos.

“Nada tem que me incomodar, a gente tem que estar aqui dentro e procurar soluções. Estamos muito consistentes, infelizmente não conseguindo ir para o campo treinar. Esse mês vai ser mais assim, chega numa fase dessa você recupera e vai para o jogo”, explicou, confirmando que o time terá os retornos do meia Jadson e do atacante Jô nos lugares de Marquinhos Gabriel e Clayton, respectivamente.

“Jô e Jadson confirmados, sim, para domingo. Foi importante segurá-los, risco era muito grande mesmo. Nenhum treinador, muito menos eu, seria louco de tirá-los porque quer dessa partida decisiva”, observou Carille, sem descartar uma grande felicidade se os comandados mantiverem o padrão dos últimos clássicos e, diferentemente do que fizeram contra o Inter, conseguirem apenas um “magro” 1 a 0.

“Já tivemos uma melhora muito grande e a nossa ideia é buscar soluções para que a gente melhore. Mas ganhar é bom. Está sendo de 1 a 0? Está bom. É uma ideia de jogo que eu não sou muito a favor, mas está acontecendo e vamos aproveitar para melhorar”, concluiu o comandante.

Meia corinthiano Danilo volta a treinar com o elenco quase oito meses após fratura
O meia Danilo voltou a treinar ao lado dos companheiros no Corinthians quase oito meses depois de sofrer uma fratura na perna direita, no dia 30 de agosto do ano passado. O jogador, que já corria no campo há pelo menos 45 dias, trotou lentamente antes de se juntar aos reservas no gramado do CT Joaquim Grava e participar de todas as atividades na primeira hora de trabalho ministrada pela comissão técnica.

Na roda de “bobinho”, Danilo pouco participou em meio às brincadeiras comandadas por Kazim e Fellipe Bastos. Ao lado do atacante Léo Artur, reintegrado ao elenco após passar quase três anos sendo emprestado a outros clubes, o armador se soltou mais quando foi escalado como jogador “híbrido” na movimentação em campo reduzido, quando os jogadores tinham de fazer gols em pequenas metas formadas por cones.

Com um colete laranja, que indicava sua participação apenas no time que estava com a bola, o jogador mais antigo do elenco conseguiu se movimentar tranquilamente e fez até alguns gols. Depois de ficar cerca de 20 minutos na atividade, Danilo depois se juntou a Carlinhos e Léo Artur em um rápido trabalho à parte de chutes a gol, comandado pelo preparador de goleiros Mauri Lima.

Sem atuar desde 31 de julho do ano passado, quando entrou no segundo tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, no Beira-Rio, o armador sofreu a contusão no dia 30 de agosto, em dividida com o zagueiro Yago. O lance impressionou os companheiros na hora e causou consternação no CT, com o médico Joaquim Grava sendo chamado às pressas para internar o atleta e fazer a cirurgia na perna fraturada.

Agora liberado pelo departamento médico, Danilo espera o início do Campeonato Brasileiro para ser aproveitado, já que não pode mais ser inscrito no Campeonato Paulista. Caso o Timão avance na Copa do Brasil e na Sul-Americana, contra Inter e Universidad de Chile, respectivamente, ele poderá ser utilizado pelo técnico Fábio Carille, muito contente pelo retorno do atleta às movimentações.

“Muito bom, atleta de um astral muito para cima, desde o momento que se machucou a gente esperava. Ainda não tem previsão de voltar a jogar, está integrado com o grupo em campo, mas foi uma fratura muito séria. Vamos ter que ter paciência. O que posso dizer é que ele leva o treino para cima com sua qualidade e é muito gostoso ver a felicidade dele de voltar ao campo”, comentou o treinador.

Enquanto Danilo trabalhava no gramado, os titulares ficaram apenas na academia fazendo trabalhos de reforço muscular. O zagueiro Pablo, os laterais Fagner e Guilherme Arana, o volante Gabriel e os atacante Calyton e Romero realizaram alguns testes no laboratório R9, correndo ao redor dos campos na sequência. A única aparição deles em campo antes do Majestoso deste domingo, às 19h (de Brasília), no Morumbi, será no treino deste sábado, também no CT.






Corinthiano Fabio Carille fala

Jovem atacante Léo Artur faz primeiro treino em volta ao Timão, e ficará a disposição para o Brasileirão


De volta após seis empréstimos, atacante de 22 anos está reintegrado ao elenco, mas só deve jogar no segundo semestre. Ele integrou Corinthians octocampeão da copinha jrs 2012


Por Marcelo Braga,


14/04/2017 13h33


O meia-atacante Léo Artur fez seu primeiro treinamento com o elenco do Corinthians nesta sexta-feira. Reintegrado ao grupo após disputar o Campeonato Paulista pelo Audax, o jogador de 22 anos foi a campo para trabalhos técnicos e, na parte final do treino, fez trabalhos de repetições ao lado de Danilo e Carlinhos, que se recondicionam. 

Revelado pelo próprio Timão e campeão da Copinha jrs em 2012, Léo subiu para os profissionais em 2013 e disputou oito partidas pelo Brasileiro, sob o comando de Tite. Depois, sem espaço, foi emprestado. O contrato dele vai até dezembro de 2018. Antes do Audax, Léo passou por Guarani, Penapolense, Paysandu, Mogi Mirim e Oeste. 

Fora da lista de inscritos do Paulistão e da Copa Sul-Americana, o jogador só tem condições legais de disputar a Copa do Brasil. Segundo o técnico Fábio Carille, ele deverá ter chances ao longo da temporada. A tendência é que isso ocorra no Brasileiro. 





Reintegrado, Léo Artur participou do treino do Corinthians nesta sexta-feira (Foto: Marcelo Braga) 


– Não contamos com ele agora, pois não está inscrito, mas é jogador do clube. Achamos importante ele sair para jogar e voltar mais maduro. Agora, está reintegrado. 


Em entrevista ao jornal “Lance”, Léo Artur comemorou a nova chance no Timão e relatou o drama familiar que viveu em abril do ano passado. Na ocasião, o filho Leonardo Júnior, de apenas dois anos, morreu afogado na piscina da casa do jogador. 


– A perda dele fez eu enxergar coisas que não enxergava antes, porque me senti perdido. Pensei muitas vezes em dar um tempo na carreira, mas minha família, meus empresários e os psicólogos deram todo suporte que eu precisava. Fez um ano no dia 7 de abril, e eu só consigo pensar que isso não aconteceu à toa. Se aconteceu, foi porque Deus quis, para me mostrar coisas novas e me fortalecer. Acho que a volta ao Corinthians é prova disso, porque através do ocorrido triste eu tive forças para lutar pelos meus objetivos.








Corinthians treina com gol de Jô e técnico Fábio Carille confirma escalação para o clássico de domingo


Artilheiro dos clássicos em 2017, atacante deixa sua marca em treino dos reservas e, ao lado de Jadson, reforça o Corinthians contra 5P, fora de casa, domingo, 19h, na ida da semifinal do Paulistão




Por Marcelo Braga

14/04/2017 13h01

O Corinthians está escalado e terá os retornos Jô e Jadson, que foram poupado no 1x1 fora de casa, contra Internacional. O técnico corinthiano, Fábio Carille confirmou nesta sexta-feira que terá seu time ideal novamente em campo contra 5P, fora de casa, domingo, às 19h, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista. 

Nesta sexta-feira, os dos fizeram um treino técnico com os reservas, em atividade que contou com um gol do centroavante, que bateu por cima de Walter na saída do goleiro. 


Além de Jô, que fez gols nos 3 clássicos no Paulistão (2 vitórias corinthianas e 1 empate), o Timão voltará a contar com Kazim no banco de reservas, que está recuperado de lesão no joelho direito. 


– É muito importante mesmo a volta do Jô, ele está confiante, fazendo bons jogos, mesmo nos jogos em que não fez gol ele foi importante. Tenho que ressaltar a volta do Kazim também, um jogador parecido nas catacterísticas de pivô. Estamos com um elenco fortalecido. 


Apesar da invencibilidade em clássicos em 2017, com vitórias por 1 a 0 no Derby e sobre s7os e dois empates contra o próprio 5P (um por 0 a 0 no Torneio da Flórida e outro por 1 a 1 no Paulistão), o técnico diz que será preciso mais do que um bom histórico para vencer no domingo. 





Fábio Carille confirma Corinthians com Jadson e Jô de volta (Foto: Marcelo Braga) 

– (É preciso jogar) Com bastante organização e entrega, clássico tem que ser assim. Fomos muito bem jogando desse jeito e os resultados foram importantes para nos dar confiança no primeiro turno, mas sabemos que agora já não valem de nada. Temos de fazer do mesmo jeito no mata-mata. Será um jogo de alta intensidade, temos que estar preparados para isso. 


O Timão deve atuar com Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. 


Veja as informações do jogo:

Corinthians visita 5P, domingo, a partir das 19h
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques: Giovanni Augusto
Pendurados: Fagner, Jô e Gabriel












Meia Danilo faz primeiro treino com bola e fica mais perto de retorno ao Corinthians


Recuperado de fratura na perna direita, meia trabalha com os colegas nesta sexta, no CT. Recondicionamento físico é última etapa antes de voltar a jogar

Por Marcelo Braga

14/04/2017 11h17

O meia Danilo está cada vez mais próximo voltar a jogar pelo Corinthians. Recuperado de uma grave fratura na perna direita, ele fez na manhã desta sexta-feira seu primeiro treino com bola desde a lesão, sofrida em agosto do ano passado. 
Danilo participou de um treino técnico no gramado do CT Joaquim Grava. Atuou como um “curinga”, ajudando os dois times, processo normal para quem volta de lesão. O departamento médico previa o retorno dele justamente para o mês de abril. 

Liberado para treinar, Danilo vai passar por uma etapa de recondicionamento físico antes de ficar à disposição do técnico Fábio Carille. Aos 37 anos, o meia recebe cuidados especiais para voltar bem e prevenir possíveis problemas musculares. 





Danilo participa de treino técnico no Timão: meia vai reforçar equipe nas próximas semanas (Foto: Marcelo Braga) 


No clube desde 2010, Danilo tem contrato com o Corinthians até o final desta temporada. Por conta da lesão, não foi inscrito no Campeonato Paulista, que tem limite de apenas 28 vagas.








SEM ACORDO COM PATROCINADOR MASTER, CORINTHIANS DIVULGA PROGRAMA  FIEL TORCEDOR



Fellipe Bastos treina com uniforme repaginado: Fiel Torcedor substitui a Caixa na camisa (Foto: Marcelo Braga)Fellipe Bastos treina com uniforme repaginado: Fiel Torcedor substitui a Caixa na camisa (Foto: Marcelo Braga)
Fellipe Bastos treina com uniforme repaginado: Fiel Torcedor substitui a Caixa na camisa (Foto: Marcelo Braga)










Corinthiano Giovanni Augusto passará por cirurgia e pode ficar fora até por três meses
O meia do Timão foi diagnosticado com uma lesão na cartilagem do tornozelo esquerdo durante o empate por 1x1, fora de casa, da Copa do Brasil do Corinthians contra o Internacional, na última quarta-feira (12 de abril)Giovanni Augusto sofreu uma lesão na cartilagem do tornozelo esquerdo e passará por cirurgia (Getty Images)
14/04/2017
O meia Giovanni Augusto, do Corinthians, foi diagnosticado com uma lesão na cartilagem do tornozelo esquerdo, passará por cirurgia e deve ficar até três meses em recuperação após sofrer uma pancada no local durante empate por 1x1 do Corinthians, fora de casa contra o Internacional, na quarta-feira (12 de abril), no Beira-Rio. A informação foi confirmada pelo médico do Corinthians Ivan Grava, durante o treino da equipe na manhã desta sexta-feira (14).

O procedimento ainda não tem data marcada, mas deve ser realizado na próxima semana. De acordo com Grava, o local ainda está bastante inchado devido ao entorse sofrido, o que impossibilita a intervenção cirúrgica. Enquanto isso, Giovanni, que ficou em campo por apenas 18 minutos frente ao Colorado, fará um tratamento com gelo para diminuir o inchaço e tentar acelerar a recuperação.


O lance em questão se deu já na metade final do segundo tempo, quando Giovanni deu um drible no volante Rodrigo Dourado, no meio-campo, e recebeu a falta. Reclamando de muita dor, ele caiu no chão e demorou bastante tempo para conseguir se recolocar de pé. Como não apresentou condições de seguir no jogo, o técnico Fábio Carille teve de substituí-lo para promover a entrada de Léo Jabá.

A contusão é a segunda do armador na temporada, justamente no jogo que ele voltava após perder 20 dias com um estiramento muscular na coxa direita. Nesse espaço de tempo, por sinal, Giovanni quase deixou o clube em uma troca envolvendo o próprio Internacional. O atleta, porém, não quis mudar-se temporariamente para o Rio Grande do Sul e impediu a chegada de Valdívia ao elenco corinthiano.






Com lesão no tornozelo, Giovanni Augusto desfalca Corinthians por até três meses

Meia torceu tornozelo esquerdo durante empate contra Inter, voltou mancando muito e teve detectada lesão na cartilagem. Cirurgia deve ocorrer na próxima semana


Por Marcelo Braga

14/04/2017 11h44


Uma lesão de cartilagem no tornozelo esquerdo pode tirar Giovanni Augusto de combate por até três meses no Corinthians. Machucado durante o bom empate do Timão por 1 a 1 contr onter, fora de casa, pela copa do br, quarta-feira, o meia vai ter de passar por cirurgia.

O procedimento deve ocorrer na próxima semana. Giovanni Augusto ainda está com o tornozelo muito inchado e tem um edema no local, que está regredindo. O meia tinha se recuperado recentemente de um estiramento na coxa, que o tirou do time por três semanas.

O retorno foi justamente contra o Inter e durou apenas 17 minutos. Giovanni torceu o tornozelo após uma dividida com Rodrigo Dourado, iniciou tratamento ainda no estádio, mas o panorama era pessimista. No desembarque da delegação alvinegra, quinta-feira, o meia passou pelo saguão mancando muito, sem esconder o incômodo.

Giovanni Augusto só deve voltar a jogar pelo Corinthians no segundo semestre, no Campeonato Brasileiro. Depois de recusar uma transferência para o Inter em troca por Valdívia, o meia se sentia animado para brilhar com a camisa do Timão. Contratado em 2016, Giovanni Augusto tem 62 jogos e seis gols pelo clube. 










Cria da base corinthiana, Guilherme Arana completa 20 anos nesta sexta


Até o momento, Arana possui 49 jogos com a camisa do Timão e dois gols anotados.



11h00 14/04/2017 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Um dos destaques do Timão na temporada, o lateral-esquerdo Guilherme Arana completa mais um ano de vida nesta sexta-feira (14). Paulistano, o jogador revelado pela base corinthiana completa 20 anos.


No Corinthians desde as categorias de base, Guilherme Arana tem vivido bons momentos com a camisa do Timão em 2017. Eficaz defensivamente e no ataque, o lateral conta com quatro assistências para gol neste ano.


A estreia de Guilherme Arana com a camisa do Timão aconteceu em 2014, em amistoso com vitória do Corinthians por 2x1 sobre Atl Cu na inauguração da nova Arena de Curitiba. Em 2015, o lateral participou da trajetória do hexacampeonato brasileiro do Timão, marcando seu primeiro gol com a camisa alvinegra no clássico no Derby, que terminou empatado em 3 a 3 na casa alugada do rival.


Até o momento, Arana possui 49 jogos com a camisa do Timão e dois gols anotados.


O Sport Club Corinthians Paulista deseja um feliz aniversário para Guilherme Arana.









Gol, assistência, bom humor: pelo Timão, Jadson tem história no Majestoso
meia costuma ir bem em jogos contra o rival. Neste domingo, ele enfrenta o rival pela sexta vez com a camisa do Corinthians

Por Diego Ribeiro,
14/04/2017 07h02

A história de Jadson com o Corinthians começou em 2014. Desde então, virou ídolo, conquistou a torcida alvinegra, integrou o Timão hexacampeão Brasileiro em 2015 e se notabilizou por boas partidas contra 5P

Recuperado de dores no joelho e também de um problema pessoal, Jadson volta ao Corinthians neste domingo, às 19h (de Brasília), contra 5P, fora de dasa  pela sexta vez com a camisa do atual clube. Desta vez, a missão é tentar abrir vantagem na disputa das semifinais do Campeonato Paulista.

Jadson sempre brilhou no Timão contra 5P. A “estreia” foi apenas em fevereiro de 2015, quando deu uma assistência para Elias e fez um gol na vitória corinthiana por 2 a 0, pela Taça Libertadores da América










Identificado com o Timão, Jadson é arma importante para duelo semifinal do Campeonato Paulista (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)


Nos cinco jogos do Corinthians contra 5P com meia Jadson em campo, o Timão tem duas vitórias, dois empates e uma derrota. Um gol marcado, uma assistência. A última delas no empate por 1 a 1, na casa do rival, mês passado, pela primeira fase do Paulistão.
.
Brincalhão no dia a dia, Jadson também é bem humorado nas redes sociais. Em algumas ocasiões, quando é alvo dos rivais, não costuma ficar calado. Em 2015, quando um torcedor rival o ofendeu, o meia rebateu:

– Meu amigo, vai chorar no Instagram do Centurión e me deixa em paz. Aqui é Corinthians, meu filho. 





Jadson comemora gol em mais uma citória do Corinthians sobre fregaysp  pela Libertadores de 2015, no primeiro reencontro com o rival (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Agência Estado) 
Jadson disse em entrevistas que a troca pelo Corinthians foi a melhor escolha de sua carreira. Pelo Timão, conquistou o Campeonato Brasileiro de 2015, deixou o clube rumo à China e, depois de um ano longe, voltou no início de 2017 para tentar fazer a equipe retomar o caminho de títulos. 








Drama e evolução moldam 'reforço' do Corinthians: 'É um Léo diferente'


Léo Artur será opção para o Corinthians na temporada(Foto: Daniel Augusto Jr)

Gabriel Carneiro - 14/04/2017 - 08:30


Léo Artur foi uma promessa badalada das categorias de base do Corinthians, integrante do time octocampeão da Copinha jrs de 2012 como um dos personagens principais e promovido pelo técnico Tite ao elenco profissional logo no ano seguinte. Apesar da boa projeção, o jovem jogador não conseguiu fazer frente a nomes como Emerson Sheik, Romarinho, Jorge Henrique e até Alexandre Pato. Jogou oito vezes pelo Timão, não marcou gols e em seguida foi emprestado uma, duas, três... seis vezes a clubes de menor expressão. Enfim, não seria absurdo dizer que a promessa estava perdida. Mas não foi assim que a história acabou.

- Eu sabia que meu momento no Corinthians ia chegar - diz o garoto, hoje aos 22 anos

Nesta quinta-feira, o Corinthians anunciou a reintegração de Léo Artur ao seu elenco profissional a pedido do técnico Fabio Carille. Depois de defender Guarani, Penapolense, Paysandu, Mogi Mirim, Oeste e Osasco Audax nos últimos três anos, o meia-atacante conseguiu destaque no Campeonato Paulista e agradou ao treinador. Com contrato válido até 2018, Léo diz que não é o mesmo jogador de 2012 e 2013 - e isso vale para suas características e também comportamento fora de campo.

- É um Léo diferente. Estou falando para todas as pessoas que reaprendi a jogar futebol e por isso o Corinthians me chamou de volta. Minha maior evolução foi no Audax, com o Fernando Diniz, quando evoluí muito jogando em outras posições e também nas coisas da vida. Eu aprendi bastante por ter sofrido muito - desabafa Léo Artur, antes de explicar seu drama pessoal, e principal combustível para a segunda chance no time em que foi revelado.


- Vou te contar uma coisa que poucas pessoas sabem: nesse último ano acabei perdendo meu filho, e por isso meu amadurecimento precisou ser maior. A perda dele fez eu enxergar coisas que não enxergava antes, porque me senti perdido. Pensei muitas vezes em dar um tempo na carreira, mas minha família, meus empresários e os psicólogos deram todo suporte que eu precisava. Fez um ano agora no dia 7 de abril, e eu só consigo pensar que isso não aconteceu à toa. Se aconteceu foi porque Deus quis, para me mostrar coisas novas e me fortalecer. Acho que a volta ao Corinthians é prova disso, porque através do ocorrido triste eu tive forças para lutar mais pelos meus objetivos.

Léo Artur perdeu seu filho, Leonardo Júnior, em 7 de abril de 2016, quando ainda jogava no Mogi Mirim. O menino de dois anos se afogou na piscina da casa da família em um acidente doméstico.

Motivado a não desistir da carreira, o atacante revelado pelo Corinthians conseguiu se reconstruir sob o comando de Fernando Diniz, primeiro no Oeste e depois no Osasco Audax. Apesar do rebaixamento à Série A2 do Estadual, o meio-campista foi considerado destaque da competição: foram 12 partidas, dois gols, duas assistências, média de 2,3 finalizações por jogo e 92,2% de passes certos, item em que foi o terceiro melhor em todo o Estadual.

- Lá não tem muito essa história de posição, mas eu era um jogador que vinha de trás, meio que um meia mesmo, um volante. No time do Corinthians de hoje eu poderia me encaixar nos dois esquemas. No 4-2-3-1 eu jogaria na linha de três, centralizado ou aberto. E quando joga no 4-1-4-1 eu poderia fazer a meia por dentro ou de beirada. Vamos ver o que o Fabio diz. Lá atrás quando eu estava começando ele era o auxiliar, e hoje ele está começando como técnico e eu estou voltando. Então ele já conhece o meu trabalho - diz o confiante jogador, sem medo de revelar o que o impediu de dar certo em 2013.

- Eu subi num momento errado. Tinha muita cobra no time. E os cobras eram embaçados. Pato, Emerson, Jorge Henrique... os caras não davam brecha pra ninguém. Mas trago lembranças boas, o Tite foi essencial. Quando fiz meu primeiro jogo como titular, contra o Náutico, ele me chamou, conversou, disse para eu ficar tranquilo, fazer o que sabia. É isso que vou tentar - explica.






Corinthians reintegrou o meia-atacante Léo Artur, que foi revelado pelo clube, mas estava emprestado  para ganhar rodagem; jogador tem apenas 22 anosIntegrante do Corinthians octocampeão da Copinha de 2013 (Corinthians já é decacampeão), Léo Artur chegou ao profissional naquele ano com o aval do técnico Tite (Foto: Reprodução/ Twitter)


Na busca por mais opções pelas pontas, setor apontado como mais carente do elenco, o Corinthians reintegrou nesta quinta-feira (13 de abril) o meia-atacante Léo Artur, de 22 anos, um dos destaques do Audax no Paulistão. Revelado pelo Timão em 2013, o jogador passou por seis clubes diferentes antes de convencer o técnico Fábio Carille que poderia se juntar ao grupo de atletas.