1 de abr de 2017

CORINTHIANS 01/04/2017


bot 0x0 CORINTHIANS

botinha rp 0 X 0 CORINTHIANS
Paulistão 2017 4ª de final ida
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto
Data: 1/4/17 - 18h30
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Hernan Brumel Vani e Mauro André de Freitas
publico 16.218 / renda R$ 791.285,00
Cartões amarelos: Gualberto, Rafael Bastos (b); Jadson (Corinthians)

bot 1 Neneca, 2 Samuel Santos, 4 Filipe (13 Matheus Mancini - 38'/2ºT),3 Gualberto e 6 Fernandinho; 7 Bileu, 5 Marcão Silva, 8 Diego Pituca e 10 Rafael Bastos (20 Bernardo - 46'/2ºT); 11-Francis (19Wesley - 28'/2ºT) e 9 Marcão. Técnico: Moacir Júnior. 12 Joao Lucas 14Caio Ruan 15-Carlos Henrique 16-Rodrigo Thiessen 17-Fernando Medeiros 18 Serginho 21 vitinho 22Kaue

CORINTHIANS: 12-Cássio; 23-Fagner, 4-Balbuena, 3-Pablo e 13-Guilherme Arana; 5-Gabriel e 29-Camacho (9-Clayton - 25'/2ºT); 11-Romero (37-Léo Jabá - 37'/2ºT), 10- Jadson e 22-Maycon; 7-Jô. Técnico: Fabio Carille. + 27-Walter, 40-Caíque, 14- Léo, 2-Léo Príncipe, 6-Moisés, 21-Fellipe Bastos, 22-Marciel, 28-Paulo Roberto, 10-Guilherme, 


Lateral do Corinthians detona gramado e classifica partida: 'Jogo feio'
Segundo ele, as condições do gramado do Estádio Santa Cruz foram determinantes para a má apresentação deste sábado, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato PaulistaFagner constatou gramado ruim Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
1/04/2017 21h37

Em sua primeira partida pelo Corinthians após participar da empolgante vitória da Seleção Brasileira sobre o Paraguai, por 3 a 0, o lateral direito Fagner teve que se contentar com um monótono empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP. Segundo ele, as condições do gramado do Estádio Santa Cruz foram determinantes para a má apresentação deste sábado, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista.

“Concordo que foi um jogo feio. Não conseguimos colocar a bola no chão por causa do gramado, e o adversário também estava dificultando. Aí, a bola bate e volta e fica um jogo de correria e chutões, sem qualidade”, justificou Fagner, esperançoso de disputar um duelo mais vistoso na volta, em 9 de abril, na Arena Corinthians. “No nosso estádio, pela qualidade do gramado, tenho certeza de que faremos uma partida bem melhor.”

Fagner não foi o único a reclamar do campo. Pela esquerda, Guilherme Arana também sentiu dificuldades para dominar a bola. “Foi um jogo bem pegado. O campo estava muito seco. É difícil jogar aqui. Mas bola para a frente, que não perdemos. Vamos resolver em casa”, comentou.

Ainda que o gramado não fosse dos melhores, o Corinthians também pecou bastante, conforme reconheceu o centroavante Jô. “Temos que melhorar. A gente sabe que, se jogar desse jeito, vai ficar complicado. O nosso time cria mais, finaliza mais. Não foi assim hoje. Só tive uma chance de gol, o que é pouco para um atacante”, lamentou.

De qualquer forma, Jô também fez uma ressalva. “O time acaba se desgastando. No meu caso, é o nono ou o décimo jogo seguido que faço. Nessa fase final, tem que ser no sacrifício mesmo”, conformou-se, lembrando que Jadson foi bem marcado. “Aonde ele ia, corriam atrás. Isso diminuiu bastante o nosso poder de criação”, concluiu o centroavante corintiano.
 

Atuações do Corinthians: 

Corinthianos reclamam de gramado seco
Após o empate, jogadores do Corinthians e o técnico Fabio Carille reclamaram das condições do gramado em Ribeirão Preto. 

- Estamos acostumados com o campo molhado, e aqui enfrentamos um campo muito seco, tivemos dificuldades. Jogar aqui é muto difícil, o time deles é forte. Mas vamos levar pra casa agora e tentar vencer. Não acho que jogamos mal, mas ficou para a Arena mesmo - afirmou o lateral-esquerdo Guilherme Arana.

- Não conseguimos colocar a bola no chão pelo gramado, e o adversário dificultou tambem. Ficou um jogo de muita correria, com chutão, sem qualidade. Tenho certeza de que no nosso estádio, com um gramado melhor, vamos conseguir fazer um bom jogo - disse o lateral-direito Fagner.

O duelo de volta entre Corinthians e Botafogo-RP será realizado no domingo do próximo dia 9, na Arena. Antes, o Timão enfrenta a Universidad de Chile, quarta, também em casa





Técnico Fábio Carille vê empate do Corinthians fora de casa comp bom resultado

Segundo técnico do Corinthians, 0 a 0 em Ribeirão Preto 'não é pra ficar feliz', mas também não é lamentado mesmo com poucas chances de gol lado a lado. Decisão agora no dia 9


Treinador comandou a 30ª partida no Corinthians nas quartas de final do Paulistão (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
01/04/2017
21:12

Em sua 30ª partida à frente do Corinthians, o técnico Fabio Carille não lamentou o empate em 0 a 0 na ida das quartas de final do Campeonato Paulista, contra o Botafogo-RP. 

- O resultado é bom, mas não é pra ficar feliz, porque pecamos com a bola no pé, na saída de jogo. Precisa ser mais e essa é nossa busca - avisou o comandante, que ainda enumerou os problemas diagnosticados no primeiro confronto eliminatório do Corinthians no Estadual.
- Nossa proposta era de buscar a vitória, mas tivemos muitos erros de passe na construção, e por isso dificuldade de chegar ao campo do adversário. Podemos ser melhores, principalmente com a bola. O Botafogo criou chances no primeiro tempo em cima de erros nossos, na saída de bola, tentando forçar por dentro, que é algo que não trabalhamos. Mas nós vamos trabalhar para melhorar. Perdemos confiança quando erramos duas vezes na frente da área deles e depois não fizemos mais - completou Carille.

Em Ribeirão Preto, o Corinthians teve 55% de posse de bola, mas finalizou apenas cinco vezes em direção ao gol de Neneca, sendo duas corretas e as restantes erradas. O jogo de volta será na Arena Corinthians no próximo dia 9, e o Timão tem que vencer no tempo normal ou penaltis

Antes do embate contra o Botafogo, porém, o Timão tem pela frente a Universidad do Chile, pela abertura da Copa Sul-americana, na próxima quarta-feira.







ATUAÇÕES CORINTHIANS: 

6,5
Cássio
Fez uma boa defesa no início do jogo e depois praticamente não foi mais exigido. Correto nas saídas pelo alto.

6,0
Fagner
Não comprometeu na marcação e foi discreto no apoio ao ataque. 

5,0
Balbuena
Errou passe em lance que originou ótima chance para o adversário

6,0
Pablo
Ficou perdido em um lance no primeiro tempo, mas conseguiu se recuperar a tempo. 

6,5
Guilherme Arana
Salvou o Corinthians duas vezes: ao travar Rafael Bastos e cortar cruzamento perigoso. Sem brilho nas chegadas ao ataque.

6,0
Gabriel
Deu alguns espaços principalmente no primeiro tempo. Por outro lado, desarmou e não comprometeu nas saídas de bola.

5,5
Camacho
Foi titular novamente na vaga de Rodriguinho e não conseguiu criar perigo. Apareceu bem em apenas um lance, que Neneca antecipou.

5,0
Romero
Voltou a ser titular após defender o Paraguai e entrar no segundo tempo no jogo passado. Foi esforçado, mas errou praticamente tudo que tentou.

5,5
Jadson
Atuou novamente pelo meio e não conseguiu organizar a equipe. Assim como os companheiros no meio, não esteve em um dia inspirado.

5,5
Maycon
Atuou aberto pelo lado esquerdo e pouco acrescentou. Ao contrário de outros jogos, não conseguiu fazer boas jogadas com Arana.

6,0

Apesar da falta de inspiração da equipe, conseguiu se destacar. Voltou para ser opção, fez o pivô e deu bom passe para Romero.

5,5
Clayton
Fez sua estreia pelo Corinthians em um péssimo jogo da equipe. Não conseguiu mudar a postura do time e nem criar perigo.


Léo Jabá
Entrou aos 37 minutos do segundo tempo e praticamente não pegou na bola. Fica sem nota.

5,5
Fabio Carille
Só tinha o desfalque de Rodriguinho da equipe considerada ideal, mas Corinthians não conseguiu criar. Não fez a terceira substituição.


Estatísticas de Botafogo-RP 0x0 Corinthians 





Corinthians e Botafogo fizeram uma partida de pouca emoção (Foto: Celio Messias)

NÚMEROS GERAIS DE BOTAFOGO-RP 0X0 CORINTHIANS:
– Dados Footstats

Posse de bola do Botafogo: 45%
Posse de bola do Corinthians: 55%
Finalizações certas do Botafogo: 2
Finalizações certas do Corinthians: 2
Finalizações erradas do Botafogo: 7
Finalizações erradas do Corinthians: 3
Cruzamentos certos do Botafogo: 8
Cruzamentos certos do Corinthians: 0
Cruzamentos errados do Botafogo: 21
Cruzamentos errados do Corinthians: 10
Passes certos do Botafogo: 262
Passes certos do Corinthians: 370
Passes errados do Botafogo: 45
Passes errados do Corinthians: 54
Lançamentos certos do Botafogo: 11
Lançamentos certos do Corinthians: 16
Lançamentos errados do Botafogo: 29
Lançamentos errados do Corinthians: 34
Desarmes certos do Botafogo: 16
Desarmes certos do Corinthians: 26
Faltas cometidas pelo Botafogo: 16
Faltas cometidas pelo Corinthians: 8

Corinthians empatou por 0x0 contra Botafogo pelas quartas de final do Paulistão fora de casa

Jô se mexe e Romero some em noite sem brilho
Movimentação do centroavante, em busca de espaços, foi a melhor coisa do Timão no empate sem gols com o Botafogo. Jadson cansou e paraguaio teve furada incrível


Por Alexandre Lozetti






Perdeu boa chance no primeiro tempo, após passe de Jadson, mas foi quem se movimentou no ataque para tentar abrir espaço. Ninguém aproveitou. Passou boa parte do jogo isolado, sem a aproximação dos homens de meio-campo. Nota: 6,5


Jadson
Atuando o tempo todo mais centralizado, primeiro no 4-1-4-1, depois no 4-4-1-1, foi quem conseguiu clarear o jogo no meio-campo, mas muito mais para o lado do que verticalmente. Faltou a etapa seguinte, a infiltração. Cansou perto do fim do jogo. Nota: 6


Balbuena
Perdeu uma bola no primeiro tempo que quase resultou em gol do Botafogo, mas foi salvo por Guilherme Arana. Lento em muitos lances, só teve tranquilidade quando o time do interior desistiu de tentar a vitória e jogou só pelo empate. Nota: 5

Romero
Não se aproximou de Jô, arriscou um chute bisonho no segundo tempo e pareceu sem tempo de bola durante toda a partida. Não foi bem. Nota: 4,5





Veja as notas dos jogadores do Timão:

Cássio [GOL]: 6
Fagner [LAD]: 6
Balbuena [ZAG]: 5
Pablo [ZAG]: 6
Guilherme Arana [LAE]: 5,5
Gabriel [VOL]: 5,5
Camacho [VOL]: 5
(Clayton [ATA]): 5,5
Jadson [MEC]: 6
Maycon [MEC]: 5
Romero [ATA]: 4,5
(Léo Jabá [ATA]): sem nota
Jô [ATA]: 6,5













Técnico Fábio Carille quanto atuação do Corinthians em empate fora de casa contra Bota: "Podemos ser melhores"
Treinador diz que Timão cometeu muitos erros de passes na construção das jogadas


Por Cleber Akamin
O técnico Fábio Carille lamenta erros de passes em empate de hoje contra botinha, fora de casa, por jogo de ida das quartas de final do Paulistão 2017.


– Nossa proposta era buscar a vitória, mas tivemos muitos erros de passes na construção e dificuldade de chegar ao campo adversário – afirmou.

O Corinthians sofreu muito no primeiro tempo para chegar ao gol adversário. Jadson ficou sobrecarregado com a missão de retornar quase à intermediária para dar início à construção das jogadas. Camacho apareceu muito pouco, enquanto Maycon teve dificuldade atuando aberto pelo lado esquerdo.




Fábio Carille durante a partida do Timão em Ribeirão Preto (Foto: Rogerio Moroti/Futura Press)

– Na minha opinião, podemos ser melhores, principalmente com a bola nos pés. O Botafogo criou chances nos nossos erros, tentando forçar por dentro, que é algo que não trabalhamos. Vamos trabalhar para melhorar – ressaltou.

O Timão não contou com um de seus principais jogadores no interior. O meia Rodriguinho, com um problema no joelho esquerdo, fez tratamento até horas antes da partida, mas não evoluiu para ser concretizado.

– Sabemos da importância do Rodriguinho, foi nosso principal jogador no Brasileiro do ano passado. Mas faltou rodar melhor a bola para chegar ao Jadson. Para ele ficar perto de uma área de armação e poder concluir – explicou o treinador.

O jogo de volta do Corinthians contra o Botafogo-RP será no domingo, dia 9, às 16h, na Arena Corinthians. Corinthians tem que vencer para se classificar. Se empatar, tem que vencer nos penaltis.














“Podemos ser melhores com a bola no pé”, afirma técnico corinthiano Fabio Carille após empate sem gols

Técnico do Corinthians disse que muitos erros de passes atrapalharam a equipe alvinegro no jogo de ida contra o Botafogo-RP pelas quartas de final do Paulistão Itaipava 2017






21h00 01/04/2017 - Agência Corinthians

O técnico Fabio Carille saiu do empate sem gols do Corinthians contra Botafogo-RP no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, convicto de que a equipe alvinegra poderia ter sido melhor na partida de ida das quartas de final do Paulistão Itaipava 2017, neste sábado (01). De acordo com o técnico do Timão, será necessário trabalhar ainda mais para consertar erros mostrados no primeiro confronto do mata-mata
“Podemos ser melhores, principalmente com a bola no pé. O Botafogo criou chances no primeiro tempo em cima de erros nossos, na saída de bola, tentando forçar por dentro, que é algo que não trabalhamos. Vamos trabalhar para melhorar”, afirmou o treinador.
"Nossa proposta era buscar a vitória, mas tivemos muitos erros de passes na construção. Por isso, a dificuldade de chegar ao campo do adversário”, concluiu Carille.

A partida de volta, na Arena Corinthians, será disputada no próximo domingo (09), às 16h. Mas antes o Timão tem um confronto internacional: o jogo contra a Universidad de Chile, pelo jogo de ida da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, nesta quarta-feira (05), às 21h45.
 










Fora de casa, Corinthians empata contra Botafogo-rp em jogo de ida das quartas do Paulistão

Partida em Ribeirão Preto teve poucas chances de gol. No confronto de volta, na Arena Corinthians, Timão tem de vencer para ficar com vaga nas semifinais


21h00 01/04/2017 - Agência Corinthians

O Corinthians empatou com o Botafogo-rp por 0 a 0 no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, no jogo de ida das quartas de final do Paulistão Itaipava 2017, neste sábado (01). Com o resultado, o Timão precisa vencer a partida de volta na Arena Corinthians para se classificar à próxima fase. Um novo empate leva a decisão pela vaga nas semifinais para as cobranças de pênaltis.

4-2-3-1: Fábio Carille tinha apenas uma dúvida para o confronto: Rodriguinho, com dores no joelho esquerdo. A escolha foi por preservá-lo, colocando Camacho em campo para jogar ao lado de Gabriel em uma dupla atrás de uma linha de três jogadores. Assim, o Timão entrou em campo com Cassio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Maycon; Jô.

Chance só no fim: O primeiro tempo foi muito truncado. Todas as tentativas para furar a defesa do Botafogo-RP e invadir a área paravam no goleiro ou nos defensores adversários. Só aos 44, quando Jô ficou de cara para o gol, o Corinthians teve uma chance. Duas, aliás. O atacante chutou, e o arqueiro do time de Ribeirão Preto espalmou. O rebote ficou para Maycon, que cabeceou para o gol. Mas a zaga impediu quase em cima da linha

Sem gols: A etapa final começou com o Botafogo-RP pressionando. Cássio foi exigido e fez boas defesas. No ataque, o cenário continuou o mesmo, com o Corinthians tendo muitas dificuldades para vencer a defesa adversária. Na melhor chance, aos 10 minutos, Jô tocou para Romero. Dentro da área, o atacante paraguaio chutou por cima do gol.

Estreia: Durante a partida, Clayton entrou no lugar de Camacho e fez a estreia dele como jogador do Corinthians.

Próximos compromissos: Pelo Paulistão Itaipava, a partida de volta contra o Botafogo-RP, na Arena Corinthians, será disputada no próximo domingo (09), às 16h. Mas antes o Timão tem um confronto internacional: o jogo contra a Universidad de Chile, pelo jogo de ida da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, nesta quarta-feira (05), às 21h45.









Em jogo sonolento e cheio de erros, Timão empata sem gols fora de casa contra botafogo
Na primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista, as duas equipes fizeram um jogo bem fraco. Decisão será no domingo, dia 9, na Arena Corinthians

Nem parecia um jogo de quartas de final de Paulistão... O empate por 0 a 0 entre Botafogo-SP e Corinthians na noite deste sábado, em Ribeirão Preto, pela partida de ida da fase eliminatória, não empolgou nenhum dos torcedores. Longe disso. As raras oportunidades de gol criadas por ambos os lados não foram bem aproveitadas. Pantera e Timão abusaram dos erros de passe ou de finalização. Até o árbitro se atrapalhou com a bola...

Corinthians e Botafogo-RP, então, voltam a se encontrar pelas quartas de final do Paulistão no domingo, dia 9, às 16h, na arena em Itaquera. Como houve empate no primeiro jogo, quem vencer garante vaga na semifinal. Em caso de nova igualdade, a decisão será nos pênaltis.

Na próxima quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians, o Corinthians tem compromisso pela primeira fase da Copa Sul-Americana, contra o Universidade de Chile. O Botafogo-RP, por sua vez, terá a semana livre de preparação para o jogo de volta contra o Timão.


Observado por Jadson, Jô tenta jogada (Foto: Célio Messias/Estadão Conteúdo)

O jogo


O primeiro tempo valeu pelos cinco minutos finais. Antes disso, muitos erros de passes e raras chances criadas. Parecia que nenhum dos dois times estava interessado em abrir o placar. Nem mesmo um presente do corintiano Balbuena para Rafael Bastos, aos 19, fez o Botafogo-RP levar perigo. O meia demorou a finalizar, e Arana interceptou. Somente após os 40 minutos, um pouco de agito. Jô teve chance após belo passe de Jadson. Neneca defendeu e, no rebote, Maycon cabeceou. Bileu salvou. Na sequência, o time do interior reclamou um pênalti. Nada marcado.


Felipe acerta boa cabeçada e obriga Cássio a fazer boa defesa. Samuel Santos chuta rasteiro e assusta os corintianos. Francis arranca no contra-ataque e quase marca. O Botafogo botou pressão no Corinthians nos minutos iniciais do segundo tempo. O Timão só conseguiu responder depois dos 10, com Romero, que recebeu bom toque de Jô. De qualquer forma, o jogo melhorou na etapa final, com as duas equipes se movimentando mais. Porém, não o suficiente para mudar o placar no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Maycon faz marcação na partida deste sábado (Foto: Célio Messias/Estadão Conteúdo)



Antes, o #Timão pega univ de chile também na @A_Corinthians, no jogo de ida da primeira fase da Conmebol Sul-Americana, quarta (05), às 21h45

A volta acontecerá na @A_Corinthians, no próximo domingo (09), às 16h. O #Timão tem de vencer para passar. Novo empate leva a pênaltis.

Acaba em Ribeirão Preto. Empate sem gols no jogo de ida das quartas de final do #Paulistão




Substituição no #Timão2T | 40' | #BOTxCOR 0-0





Jadson toca a bola na área para Romero, mas o goleiro do Botafogo-RP chega antes do atacante. 2T | 36' |0-0






UHHH! Jô toca para Romero dentro da área, que chuta por cima do gol do Botafogo-SP. 2T | 10' |
Cássio é exigido e faz boa defesa no início do segundo tempo. 2T | 1' t

Bola rolando para o segundo tempo em Ribeirão Preto!














Fim de primeiro tempo sem gols no estádio Santa Cruz!










UHHH! Jô fica de frente para o gol e chuta. Goleiro defende, mas dá rebote. Maycon tenta de cabeça, mas zaga salva! 1T | 44' |




Timãotenta jogada ensaiada em falta, que para nas mãos do goleiro do Botafogo-RP. 1T | 40' |




Bola é passada dentro da área para Camacho, mas o goleiro do Botafogo-RP se antecipa e defende. 1T | 32' | bot 0x0 COR
Romero tenta cruzamento para Jô, mas a defesa do Botafogo-RP corta o passe. 1T | 30' | bot 0x 0 COR 0-0


Típico jogo de mata-mata: truncado, com muita disputa no meio de campo. Sem grandes chances até agora. 1T | 18' | bot 0x0CORINTHIANS





Agora é mata-mata! 180 minutos de total apoio! Começam as quartas de final do Paulistao Timão x bot














Timão tenta trazer meia Valdivia em troca de Giovanni Augusto

Gabriel Carneiro - 01/04/2017 - 16:36
O Corinthians negociam a troca por empréstimo até o fim da temporada do meia Giovanni Augusto pelo meia Valdivia, do time da segunda divisão, o inter  Os dois clubes já possuem um acerto verbal em relação à negociação, mas ainda dependem da aceitação dos jogadores, inclusive em relação às condições salariais. A tendência é que o acordo não leve muito tempo para ser finalizado, segundo as partes envolvidas. Para o Timão, a possível chegada de Valdivia, de apenas 22 anos, é a concretização de um desejo antigo, de pelo menos cinco temporadas.

O "namoro" entre Corinthians e Valdivia ocorreu após a Copinha de Juniores de 2012, quando ele foi artilheiro pelo Rondonópolis com oito gols. Avaliadores de diversos clubes buscaram informações sobre o jogador, sendo que Corinthians, Grêmio e Internacional tiveram conversas mais avançadas, de acordo com a própria diretoria do clube mato-grossense. No fim, o Colorado se dispôs a investir mais que o Timão e levou a promessa há cinco anos.

Após meia década no Internacional, Valdivia foi liberado pela comissão técnica do inter e aceitou a liberação do meia até o fim do ano, confiando no potencial de evolução até o fim do contrato, que será apenas em 2020.

Em troca por Valdivia, o Corinthians cederia ao Internacional um jogador que também é desejo antigo do clube gaúcho, que é o meia Giovanni Augusto. Contratado por R$ 15 milhões no início do ano passado, o jogador disputou 61 partidas, marcou seis gols e deu sete assistências com a camisa do Timão. Nesta temporada, o camisa 17 do Corinthians tem só oito jogos disputados, sendo três como titular, mas nenhum gol ou passe para gol.






Corinthians fica perto de trocar Giovanni Augusto por Valdívia
Timão costura acordo com time da segunda divisão sobre transferência até o fim da temporada e agora precisam acertar a parte salarial com os jogadores


O Corinthians está perto de anunciar uma troca de jogadores com o inter, da segunda divisão. Depois de muito relutar, o inter, rebaixado ano passado, aceitou incluir o meia Valdívia na negociação que levará meia-atacante Giovanni Augusto para o sul até o fim de 2017. Os clubes já entraram em acordo sobre a negociação.

As partes só não anunciaram a transação por ainda precisarem acertar as bases salariais com os jogadores. Mas isso, provavelmente, não será problema. O Corinthians ainda conseguirá reduzir um pouco sua folha salarial, já que Giovanni Augusto tem vencimentos maiores do que Valdívia.

Os clubes começaram a conversar há mais de duas semanas. O Inter mostrou interesse em contratar Giovanni Augusto, mas avisou que não envolveria Valdívia e Nico López, duas de suas maiores estrelas. Os nomes colocados na mesa, como do atacante venezuelano Seijas, não agradaram à comissão técnica corinthiana

O Internacional só concordou em incluir Valdívia na negociação depois do aval do técnico Antônio Carlos Zago. O jogador está em baixa desde a chegada do treinador e passa a maior parte do tempo como reserva. Ele disputou 11 partidas e marcou apenas um gol nesta temporada.

Giovanni Augusto fez apenas cinco partidas pelo Timão em 2017 (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Giovanni Augusto vive momento semelhante. Contratado no ano passado por mais de R$ 13 milhões, o jogador nunca conseguiu se firmar. Em 2017, sofreu duas lesões musculares e disputou apenas cinco partidas, sem fazer gols. Por conta do mau momento, a diretoria decidiu negociá-lo para buscar reforços.

Na semana passada, o Corinthians realizou uma troca semelhante. Trouxe o atacante Clayton e liberou o meia Marlone ao atlmin









Corinthians fará trabalho físico especial com jovem meia Pedrinho

O Corinthians trata o meia-atacante Pedrinho, de apenas 18 anos, como uma joia. Mas que ainda precisa ser lapidada. Neste sentido, um dos cuidados que o Timão tem com o garoto é melhorar seu condicionamento físico e deixá-lo ainda mais forte e resistente. Contudo, há um cuidado para que ele não perca o que tem de melhor: velocidade, gingado, reflexo apurado, entre outras qualidades.

A comissão técnica alvinegra prepara um trabalho especial com o prodígio, que envolve treinos e alimentação individualizada.
- Ele chegou abaixo dos demais por ser um garoto de 18 anos, que está maturando ainda. Não pode comparar o Pedrinho com um cara de 30, tipo o Kazim. O Pedrinho vai ganhar força na carreira dele, além da experiência em campo, vai melhorar a condição física. Ganho de massa vai ter, mas daquilo que ele precisa. Muita gente fala que se o atleta ganha força, perde mobilidade. Mas tudo depende da força que ele ganha. Força de sprint, força máxima... Precisa saber o que trabalhar dentro da idade e do nível que o atleta está. Precisa ficar mais estabilizado, com mais força, com mais velocidade, mais massa muscular... - explicou o preparador físico do Corinthians, Walmir Cruz.

Natural de Maceió, Alagoas, Pedrinho está no Corinthians desde 2013 e foi um dos destaques no título (10º do Corinthians) da Copinha de Juniores deste ano. Ele acertou renovação de contrato com o Timão por quatro anos e ganhará aumento salarial
Com uma lesão no pé direito, o jovem está vetado da primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista neste sábado.

- Confira abaixo a entrevista com o preparador físico do Corinthians, Walmir Cruz, sobre Pedrinho:

O que está sendo feito e o que projetam para o Pedrinho? Ele precisa ficar mais forte?
Temos um pensamento de que, em um trabalho de fortalecimento, o cara vai ficar forte como um fisioculturista, cheio de músculos. Mas a força que trabalhamos é do esporte. Para o futebol, cada atleta tem seu percentual, sua carga e seu limite. O Pedrinho precisa ganhar força? Sim, mas não vai ficar grande e musculoso. Ele vai ganhar a força que ele precisa para o esporte que ele pratica. É a força específica do esporte, trabalho de potência para o futebol. O Pedrinho é a mesma coisa: parte nutricional, parte de campo, laboratório e lá dentro o trabalho de força são importante, mas tudo dentro do padrão.

O Pedrinho tem quatro jogos pelo Corinthians, mas nenhum inteiro. Isso tem a ver com condicionamento físico?
A questão de jogo é diferente no profissional em relação à base, a dinâmica é diferente. Jogar um jogo grande, um clássico, o psicológico e parte física são mais exigidos. Você vai jogar contra equipes com rodagem, e realmente sente. Talento é uma coisa nata dele, e temos que saber utilizar isso. Jogar a parte física para ele ter um rendimento muito maior. Essa é nossa preocupação e objetivo: fazer com que o Pedrinho se torne mais para frente tudo isso que estão falando que ele pode ser.

O trabalho com ele é algo a longo prazo, certo?
Sim. Não podemos exigir de um garoto de 18 anos que entre e resolva o problema para a gente. Não pode queimar etapas, tem que ir naturalmente com o decorrer da carreira dele. Vamos ver mais para frente, com as avaliações que vamos ter, para saber como ele chegou e como ele vai estar. Esse comparativo entre ele antes e depois.

Porém, é difícil fazer esse trabalho em meio a tantos jogos decisivos, como o Corinthians terá em abril, certo?
Tem uma hora que vamos ter que dar uma segurada nele, vai ter que ter esse "timing" para recuperar a parte muscular. É um processo que não é rápido, exige paciência, estudo e eficiência na aplicação.













Corinthians inicia série de decisões e tenta se consolidar
Após passar tranquilo pela primeira fase do Paulistão, Timão disputa as quartas de finais com a missão de se firmar na temporada.
Por GloboEsporte.com


Jadson vem subindo de rendimento no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Depois de três meses de preparação, o Corinthians inicia neste sábado o período que pode direcioná-lo ao longo de 2017. O Timão teve bons resultados na primeira fase e quer confirmá-los agora nos mata mata. A  fase decisiva começa hoje, quando o Corinthians enfrenta o botafogo rp, às 18h30, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pelas quartas de finais do Paulistão

O Corinthians tem segunda melhor campanha no torneio e melhor aproveitamento em clássicos, 100%,com 3 vitórias e melhor aproveitamento e invicto em jogos contra as equipes classificadas

– Chegamos mais fortalecidos e confiantes, nos conhecendo melhor. Abrimos um leque de opções na equipe para esse mês, que será de desafios – afirmou o técnico Fábio Carille.

Além do mata-mata do Paulistão, o Corinthians disputará em abril a primeira fase da Copa Sul-Americana, contra o Universidad de Chile, e a quarta fase da Copa do Brasil, diante do Internacional. Os confrontos são vistos no clube como decisivos para consolidar a

O período também servirá de termômetro na relação entre clube e torcida. Dirigentes acreditam que fracassar nos próximos jogos pode trazer de volta a pressão dos torcedores. Na reapresentação do elenco, em janeiro, integrantes de uma organizada protestaram na porta do CT Joaquim Grava contra dirigentes e pedindo a chegada de outros jogadores.


Dentro de campo, Carille deve ter a equipe considerada titular. A única dúvida é o meia Rodriguinho, com um problema no joelho esquerdo. Ele continua em tratamento intensivo e será reavaliado ainda neste sábado para saber se tem condições de atuar. Caso seja vetado, Camacho entra.


A grande esperança recai em Jadson, principal contratação alvinegra para a temporada até o momento. O meio-campista mostrou evolução física e técnica desde que chegou e desponta como a grande arma da equipe para as partidas decisivas.

O segundo confronto entre Corinthians e Botafogo rp está marcado para o domingo seguinte, 9 de abril, às 16h, na Arena Corinthians


Veja as informações da partida:
bot x CORINTHIANS
Local: Estádio Santa Cruz, Ribeirão Preto
Data e horário: sábado, 18h30 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho (Camacho), Jadson; Jô
Desfalques: Pedrinho, Marquinhos Gabriel, Kazim e Giovanni Augusto
Pendurados: Fagner, Jô e Gabriel








01/04/2017 10h10

Corinthians joga hoje contra botafogo rp para manter hegemonia e invencibilidade de 26 anos no confronto
Timão está invicto contra adversário deste sábado desde 1991, com 14 vitórias e seis empates ao longo deste período. Em 2001, Corinthians foi campeão paulista sobre botinha


Por GloboEsporte

O Corinthians já enfrentou o botafogo rp 100 vezes desde 1954, com vantagem massacrante para o Timão: 52 vitórias, 38 empates e apenas dez derrotas. 

O Corinthians defende uma invencibilidade de 26 anos contra o adversário. De lá para cá, foram 20 confrontos, com 14 vitórias corintianas e seis empates.

O confronto mais importante no período aconteceu em 2001, nas finais do Paulistão. O Corinthians foi campeão Paulista após fazer 3 a 0 na primeira decisão, em Ribeirão Preto, e depois segurou um 0 a 0 para ser campeão. O Corinthians campeão paulista 2001 tinha 
bot 0x3 Corinthians 
Maurício; Rogério, João Carlos, Scheidt e Kléber; Otacílio, André Luiz (Pereira), Marcelinho (Andrezinho) e Ricardinho; Paulo Nunes (Gil) e Éwerthon.
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Corinthians 0x0 botinha
Maurício (Gléguer); Rogério, Scheidt (Fábio Luciano), João Carlos e Kléber; André Luís, Marcos Senna (Gallo), Marcelinho e Ricardinho; Gil e Éwerthon.
Técnico: Wanderley Luxemburgo.








Corinthians acerta na programação física do  meia Jadson
Jadson emagrece, adquire ritmo e chega para decisões 'perto do ápice'





Jadson(Foto: Daniel Augusto jr


Bruno Cassucci - 01/04/2017 - 07:20

A programação do Corinthians foi acertada e o meia  Jadson teve a sua melhor atuação desde a volta na última quarta-feira, na vitória corinthiana por 3x1 sobre Linense, quando fez gol, deu assistência e cobrou falta na trave. O meia está mais magro e forte, readquiriu ritmo de jogo após quatro meses de inatividade e foi preparado para chegar "voando" em abril, mês no qual o Timão terá uma série de decisões

Por isso, o camisa 77 é uma das principais esperanças da equipe para este sábado, às 18h30, Corinthians contra o Botafogo-RP, em Ribeirão Preto, no duelo de ida das quartas de final do Paulistão.

A comissão técnica alvinegra entende que ele ainda não está 100%, mas chegará no nível ideal justamente no momento mais importante do Campeonato Paulista e em meio a partidas importantes da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.


- Desde que voltei ao Corinthians, falei que precisaria de um certo tempo para recuperar o ritmo porque é normal. Qualquer atleta que fica três meses sem jogar perde condicionamento, desequilibra a musculatura. Não gosto de falar em porcentagem, mas a cada jogo que passa me sinto melhor - disse Jadson

Walmir Cruz, preparador físico do Corinthians, também destacou a evolução do atleta de 33 anos e, embora não tenha revelado quantos quilos o meia perdeu, reconheceu que ele está mais magro. Segundo ele, o que está bom ainda pode melhorar!
- É preciso tomar mais cuidado quando o jogador vem num período de inatividade, para não queimar etapas. Fizemos com ele três a quatro semanas de treinamento intenso. A dedicação do Jadson foi muito boa, e a alimentação, muito regulada. Ele foi consciente nisso para baixar o peso. A cada três dias, em dois ele treinava em dois períodos. Ele está em evolução ainda, acredito que nesse mês de abril ele vai estar muito melhor do que quando chegou. Não digo no ápice, mas em uma condição muito boa para que possa suportar essa sequência de jogos importantes - explicou
Jadson já atuou em oito partidas desde seu retorno ao Timão, sendo titular em sete delas. Além de estar mais "solto" em campo, ele se vê mais confiante e entrosado com os companheiros:

- A sequência de jogos e o entrosamento são fundamentais. Você acaba pegando mais confiança para arriscar mais jogadas, recupera o condicionamento e a velocidade de raciocínio, começa a conhecer o posicionamento dos companheiros e as jogadas acabam saindo com mais naturalidade.















Recém-chegado ao Timão, atacante Clayton disputa vaga dos lados do campo

Atacante de 21 anos será opção para Fábio Carille pela primeira vez e deve estrear diante do Botafogo, em Ribeirão Preto.


Por Marcelo Braga


Clayton conversa com os colegas de Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O primeiro confronto do Corinthians nas quartas de final do Paulistão, contra o Botafogo, às 18h30 (de Brasília), em Ribeirão Preto, deve marcar a estreia de Clayton, que iniciará o jogo no banco de reservas, mas que possivelmente irá a campo como uma das alterações do técnico Fábio Carille.

Recém-chegado e com a parte física em dia, o atacante de 21 anos chega para ser opção de ataque do Timão que atuam pelos lados.

– Clayton vai ser usado pelos lados, ele busca o fundo. Tirei informações e vimos os últimos jogos dele. Vai ficar perto do Jô para dar opções de ataque numa bola de velocidade – analisou Carille, satisfeito com a velocidade e a capacidade de finalização do seu novo atacante.

Além de Clayton, a outra opção de velocidade que Carille terá para esse jogo será Léo Jabá, que também marcou o seu primeiro gol na temporada na última quarta, contra o Linense.

Pedrinho, com um edema ósseo no pé direito, é desfalque. Assim como Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, jogadores que também jogam pelos lados. A dupla deve ser reforço na próxima semana, no segundo jogo diante do Botafogo, na Arena Corinthians


Veja as informações da partida:
bot rp x CORINTHIANS
Local: Santa Cruz, Ribeirão Preto
Data e horário: sábado, 18h30 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho (Camacho), Jadson; Jô
Desfalques: Pedro Henrique, Pedrinho, Marquinhos Gabriel, Kazim e Giovanni Augusto
Pendurados: Fagner, Jô e Gabriel












CORINTHIANS FOI O MELHOR NO CONFRONTO DIRETO CONTRA OS CLASSIFICADOS

Timão está invicto em jogos contra as equipes que disputarão fase mata mata do estadual
Publicado em 31 de março de 2017, 
O Corinthians tem a melhor campanha se considerar os jogos disputados na primeira fase apenas entre os classificados.

Impulsionado pelo bom desempenho nos clássicos, em que somou sete pontos, o Corinthians terminou a fase invicto diante dos times que seguem na disputa pelo título. Ao todo foram quatro vitórias e dois empates.












Corinthians encara Botafogo-RP no jogo de ida das quartas de final do Paulistão

Timão foi o líder do grupo A na fase de classificação, terminando na frente da equipe de Ribeirão Preto, que terminou na segunda colocação


10h00 01/04/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Agora é mata-mata! O Corinthians inicia a trajetória nas fases eliminatórias do Paulistão Itaipava 2017 neste sábado (01). Em Ribeirão Preto, o Timão enfrenta o Botafogo-RP no estádio Santa Cruz, no jogo de ida das quartas de final da competição estadual, às 18h30. O Premiere transmite o jogo ao vivo.

Na fase de classificação, o Corinthians foi o líder do grupo A com 24 pontos ganhos, campanha de sete vitórias, três empates, duas derrotas, 14 gols marcados e nove sofridos. O Botafogo-RP se classificou ao ficar na segunda posição da mesma chave – os confrontos das quartas de final são feitos entre os dois primeiros colocados de cada grupo.

Após o treino da última sexta-feira (31), o técnico Fábio Carille esboçou a provável equipe titular que entrará em campo contra o Botafogo-RP. A única dúvida é Rodriguinho, com dores no joelho esquerdo. Assim, o Timão deve jogar com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon e Camacho (Rodriguinho); Jadson, Romero; Jô.

Em entrevista coletiva no CT Dr. Joaquim Grava, Carille falou sobre o adversário do Timão e comentou que espera um jogo duro contra o Alvinegro, destacando três vezes o ato de competir.

"O Botafogo é um time que compete muito, assisti um jogo deles dez dias atrás, competem muito, a gente vai ter de competir para sobressair as questões técnicas", disse.

Esse jogo marcará o 101º embate entre Corinthians e Botafogo-RP. O retrospecto é favorável para o Timão, com 52 vitórias, 38 empates e apenas dez derrotas. Além disso, o Timão marcou 180 gols e sofreu 90.

Na última vez em que enfrentou o Botafogo-RP, o Alvinegro do Parque São Jorge saiu vitorioso. Em 2016, também pelo Campeonato Paulista, no mesmo palco do duelo deste sábado (01), o Timão venceu o adversário por 3 a 0, ainda pela primeira fase do estadual. Felipe, Danilo e Maycon marcaram os gols corinthianos.







Corinthians tem nova lista de inscritos no Paulistão 2017
Walter e Clayton são inscritos pelo Corinthians para mata-mata do Paulistão

Goleiro substitui Matheus Vidotto, enquanto o atacante, recém-chegado ao Timão, entra na vaga deixada por Marlone na competição estadual


15h00 31/03/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


O Corinthians fará duas alterações na lista de 28 jogadores inscritos do Paulistão Itaipava 2017 para o mata-mata da competição. Walter e o recém-contratado Clayton, que não atuaram na primeira fase, estarão à disposição a partir das quartas de final, em que o Timão enfrentará o Botafogo-SP.

Recuperado de lesão, o goleiro, que usa a camisa 27, entra no lugar de Matheus Vidotto. Já o atacante, que usará o número 9 no Corinthians, substitui Marlone, emprestado para o Atlético-MG na troca que envolveu o próprio Clayton.

O primeiro jogo contra o Botafogo-SP pelas quartas de final do Paulistão Itaipava acontecerá neste sábado (01) no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, às 18h30. Já a partida de volta será realizada no dia 09 de abril (domingo) na Arena Corinthians, às 16h.

Lista de inscritos para o mata-mata do Paulistão Itaipava

2 – Léo Príncipe (lateral)

3 – Pablo (zagueiro)

4 – Balbuena (zagueiro)

5 – Gabriel (volante)

6 – Moisés (lateral)

7 – Jô (atacante)

9 – Clayton (atacante)

10 – Guilherme (meia)

11 – Romero (atacante)

12 – Cássio (goleiro)

13 – Guilherme Arana (lateral)

14 – Léo (zagueiro)

17 – Giovanni Augusto (meia)

18 – Kazim (atacante)

21 – Fellipe Bastos (volante)

22 – Marciel (volante)

23 – Fagner (lateral)

26 – Rodriguinho (meia)

27 – Walter (goleiro)

28 – Paulo Roberto (volante)

29 – Camacho (volante)

30 – Maycon (volante)

31 – Marquinhos Gabriel (meia)

34 – Pedro Henrique (zagueiro)

37 – Léo Jabá (atacante)

38 – Pedrinho (meia)

40 – Caíque França (goleiro)

77 – Jadson (meia)














Palco de jogos marcantes, inclusive com título do Corinthians, estádio Santa Cruz traz boas recordações à Fiel 
O Corinthians disputou por duas oportunidades a final do Paulistão no estádio consagrando-se campeão em ambas

10h00 01/04/2017 - Agência Corinthians


Neste sábado (01), o Corinthians terá o primeiro jogo das quartas de final do Campeonato Paulista 2017. Contra o Botafogo-RP, o Timão voltará a jogar no estádio Santa Cruz, palco de momentos inesquecíveis para a história alvinegra. Relembre alguns jogos marcantes do Alvinegro no local do duelo.

O primeiro jogo marcante que aconteceu no Santa Cruz foi em 1995. Aliás, foram duas vezes, já que as decisões daquele ano do Campeonato Paulista foram realizadas no estádio. No Derby, o Coringão empatou as duas partidas por 1 a 1. O Corinthians venceu a decisão na prorrogação e coube a Elivélton marcar o gol do título corinthiano para a explosão da Fiel.


Em 2001, mais uma decisão de Campeonato Paulista para o Corinthians no estádio Santa Cruz. Desta vez, o adversário do Timão seria o próprio Botafogo-RP. Com show de Marcelinho Carioca, que marcou dois gols e João Carlos, de cabeça, o Alvinegro construiu o placar de 3 a 0 na primeira final do estadual. No segundo jogo, na capital paulista, o Corinthians administrou o placar, empatou em 0 a 0 e levantou mais uma vez o título do Paulistão.


A maior goleada do Corinthians sobre 5P em Campeonatos Paulistas teve palco também o estádio Santa Cruz. Em 1996, o Timão atropelou rivais por 5 a 0 com destaque para o atacante Edmundo, que marcou dois gols no embate. Souza, Róbson e Henrique foram os outros autores.