26 de mar de 2017

CORINTHIANS 26/03/2017





FICHA TÉCNICA
5P 1 X 1 CORINTHIANS
Paulistao 2017 11 rodada
Local: jd leonor
Data/Hora: 26/03, às 16h
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Eduardo Vequi Marciano
Cartões amarelos: Cícero, Maicon, Wellington Nem, Wellington (SPO); Gabriel, Rodriguinho, Pablo, Jô, Maycon (COR)
Cartões vermelhos: Wellington Nem (SPO)
Público/Renda: 51.869/ R$ 1.356.420
Gols: Maicon, aos 4'/2T (1-0); Jô, aos 18'/2T (1-1)


5P: 30 Renan R; 28 Araruna, 27 Maicon, 3R Caio e 22 JTavares; 25 Jucilei, 23 Thiago Mendes e 8 Cícero; 21 W Nem, 31 L Araújo (7 Neilton, aos 35'/2T) e 17 Gilberto (9 Chavez, aos 27'/2T). Técnico: Nogério + 1 Denis,5Lugayno, 4 Lucao, 33 Breno, 28 Douglas, 15 J. Schmidt, 6 Wellington, 20 Shaylon, 29 L. Fernandes
CORINTHIANS: 12-Cássio, 2-Léo Príncipe, 4-Balbuena, 3-Pablo e 13-Guilherme Arana (6-Moisés, aos 38'/2T); 5-Gabriel, 30-Maycon, 26-Rodriguinho (29-Camacho, aos 37'/2T), 77-Jadson e 38-Pedrinho (37-Léo Jabá, aos 17'/2T); 7-Jô. Técnico: Fábio Carille. + 40-Caique, 34-Pedro Henrique, 14-Léo, 21-Fellipe Bastos, 28-Paulo Roberto, 22-Marciel, 10-Guilherme











Técnico corinthiano Fábio Carille: “Chegamos fortalecidos nesse mês de abril”


Técnico também elogiou o atacante Jô, que fez gols em todos os clássicos que a equipe disputou até aqui no Paulistão
19h10 26/03/2017 - Agência Corinthians





© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Após o Corinthians empatar fora de casa contra 5P neste domingo (26), o técnico Fábio Carille concedeu entrevista coletiva ainda no estádio rival. O jogo foi válido pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista e a manutenção da invencibilidade em clássicos na temporada, de acordo com o treinador, dá mais força ao Timão para a sequência decisiva de mata-matas que a equipe terá no mês de abril pelo Paulistão, pela Copa do Brasil e também pela Sul-Americana.

"Chegamos fortalecidos, conhecendo melhor o grupo. Estou muito feliz. Somos a única equipe que não perdeu clássicos, isso mostra maturidade, chegamos fortalecidos nesse mês de abril", disse Carille.

O último duelo da primeira fase do Paulistão será disputado nesta quarta-feira (29), às 21h45, quando o Corinthians receberá oLinense na Arena Corinthians. Para este jogo, o técnico Fábio Carille não pretende poupar nenhum atleta.


"Não tem descanso. Estamos indo para a última rodada da fase classificatória com vantagem sobre 2 rivais. Vamos com força total, indo para a semifinal", continuou o treinador.

Antes de finalizar, Carille ainda elogiou Jô. O atacante fez o gol do Corinthians no empate em 1 a 1 e, assim, manteve a sequência positiva em clássicos no Paulistão. O camisa 7 do Timão balançou as redes nos três jogos que o Alvinegro fez contra rivais até aqui no Estadual.

"Como esse cara está sendo positivo no dia a dia é impressionante. Desde que chegou no fim de outubro ele está trabalhando, dá força para os meninos, é trabalhador. Mesmo quando não jogou foi o que mais falou no vestiário, ele é positivo, isso puxa para ele mesmo, sendo feliz com gols", completou o técnico.



































Três gols em três clássicos: Jô se surpreende com início no Corinthians
Autor do gol de empate no majestoso atacante diz que era "difícil imaginar" um retorno tão bom ao clube que o revelou. Mesmo assim, ele vê espaço para melhorar


Por Diego Ribeiro
Autor do gol de empate do Corinthians no empate por 1 a 1 contra 5P, neste domingo, fora de casa, o atacante Jô se surpreende com o bom início no retorno ao clube que o revelou.

Jô celebra gol contra o São Paulo e fecha trinca de clássicos (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Titular na maioria dos jogos sob o comando de Fábio Carille, o atacante diz ainda estar em readaptação – além de ter vindo do futebol chinês, ele ficou seis meses sem jogar no segundo semestre do ano passado. Mesmo assim, já fez cinco gols na atual temporada, três deles em clássicos – além deste último, marcou em vitórias corinthianas no derby e sobre s7os
– Era difícil imaginar uma volta tão boa. Agora eu estou melhorando, admito que o começo não foi dos melhores, mas agora as coisas estão andando legal. O time jogou bem, jogamos concentrados, marcamos bem, e, mais uma vez, fui feliz ao marcar em clássico – destacou Jô.


Antes mesmo da partida, o atacante citava o fato de nunca ter marcado contra 5P
 vestindo a camisa do Corinthians. Depois, satisfeito com o desempenho 100% em clássicos, comemorou

– Tem de ser muito decisivo. Às vezes tem uma ou duas bolas no jogo, mas estou preparado para isso. Está aí o gol! Feliz, tem mais um jogo para acabar a primeira fase. Nas fases finais, não podemos mais errar.


Os cinco gols fazem de Jô o artilheiro corintiano na temporada. O Timão volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Linense, às 21h45 (horário de Brasília), em Itaquera.

















Corinthiano atacante Jô: "Era difícil imaginar uma volta tão boa"
Atacante também falou sobre a estratégia da equipe no Majestoso


18h40 26/03/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Na tarde deste domingo (26), o Corinthians entrou em campo pela 11ª – e penúltima – rodada da primeira fase do Campeonato Paulista de 2017. Fora de casa, o Timão empatou jogo contra 5P em 1 a 1. O gol corinthiano foi marcado por Jô. O atacante balançou as redes nos três clássicos que o Alvinegro disputou até aqui no Paulistão.


"Era difícil imaginar uma volta tão boa, agora eu estou melhorando, admito que o começo não foi dos melhores, mas agora as coisas estão andando legal, time jogou bem, jogamos concentrados, marcamos bem, mais uma vez fui feliz ao marcar em clássico", disse Jô na saída do gramado.
"Deixo para vocês falarem, trabalho sério, a equipe também, vamos nos errar. São cinco jogos sem ganhar, mas foi uma boa partida, tocamos bem a bola e fui coroado com um gol", continuou o atacante.
Antes de finalizar, Jô ainda falou sobre a estratégia do Corinthians.
"Atacante acaba ficando sem receber muitas bolas, mas era nossa estratégia de gol. A gente veio para marcar e sair no contra-ataque. Uma bola que chegou em mim, fiz o gol e saímos com um ponto importante", completou.







“Saímos de cabeça erguida”, diz corinthiano Guilherme Arana

Jogador deu belo cruzamento para Jô anotar o gol corinthiano no empate em 1 a 1
19h00 26/03/2017 - Agência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
O Majestoso de número 330 da história foi disputado na tarde deste domingo (26). Pelo Campeonato Paulista de 2017, Corinthians empatou por 1 a 1 contra 5P. Após o duelo, Guilherme Arana, que foi substituído por Moisés no segundo tempo ao sentir uma fisgada, falou sobre o duelo. 


"Tomei pancada, logo em seguida dei um pique e senti fisgada. Melhor sair para não piorar. A gente treina, está dando certo, se Deus quiser no próximo jogo tem mais assistências e canetas", disse o lateral esquerdo.



"No primeiro tempo, as duas equipes estavam com uma proposta. A nossa era sair no contra-ataque. Felizmente, acertei cruzamento pro Jô fazer um gol. Jogar aqui é muito difícil. Saímos de cabeça erguida", completou Guilherme Arana.

Pela última rodada da primeira fase do Paulistão, o Corinthians volta a entrar em campo na quarta-feira. Às 21h45, o Timão enfrenta o Linense na Arena Corinthians.






notas


CORINTHIANS

6,0
Cássio
Fez uma ótima defesa em finalização e foi seguro em outros lances. Porém, exitou e saiu mal no lance do gol rival.

5,5
Léo Príncipe
Lateral teve dificuldades na marcação. Jovem substituto de Fagner apareceu pouco no ataque.

6,0
Balbuena
Foi mal na saída de bola sempre que tentou passes longos. Na marcação, ganhou a maioria das disputas, mas sofreu em lances de velocidade.

6,5
Pablo
Bem posicionado, fez interceptações e bons desarmes. Tirou uma bola na pequena área.

6,0
Guilherme Arana
Foi bem menos ao ataque do que o habitual, mas deu cruzamento preciso para Jô marcar. Atrapalhado pelo sol, falhou




6,0
Gabriel
Apesar de exagerar um pouco nas faltas e ter sido amarelado novamente, cumpriu o papel de fechar espaços e roubar bolas


6,0
Pedrinho
Quanto teve a bola, deu dribles, fez tabelas e pareceu não sentir o peso do clássico. Contudo, foi aparecendo cada vez menos e acabou sacada.

6,5
Jadson
Centralizado, participou bastante da partida, sobretudo na primeira etapa, com passes e cruzamentos de qualidade. Ainda pode evoluir.

5,5
Rodriguinho
Abaixo do que pode render. Deu um chute perigoso no primeiro tempo e mais nada. Criou pouco, deu espaços na marcação e cavou amarelo.



5,5
Maycon
Atuou na maior parte do tempo aberto pela esquerda, mas também ajudou Léo Príncipe do lado oposto. Discreto na frente e atrás

7,0

Decisivo nos três clássicos do Corinthians no ano. Até o gol, entretanto, vinha com dificuldades para segurar a bola no ataque.

6,0
Léo Jabá
Entrou um pouco fora de sintonia, mas logo se encontrou. Embora tenha criado pouco, deu mais força e fôlego ao ataque corintiano.

6,0
Camacho
Ajudou a fechar espaços no pouco tempo em que ficou em campo. Participou do lance que resultou na expulsão de Wellington Nem.

-
Moisés
Substituiu Guilherme Arana, machucado, e apareceu pouco. Ajudou na marcação e quase não passou do meio de campo.



6,0
Téc: Fabio Carille
Surpreendeu ao puxar Jadson para o meio e abrir Maycon. Time mais uma vez teve dificuldades na criação. Tinha poucas opções na reserva.














Estatísticas de 5P 1×1 Corinthians




Wellington Nem foi expulso no fim do clássico (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)



NÚMEROS GERAIS DE 5P 1X1 CORINTHIANS:
– Dados Footstats



Posse de bola do Corinthians: 41%

Finalizações certas do Corinthians: 6

Finalizações erradas do Corinthians: 4

Cruzamentos certos do Corinthians: 5

Cruzamentos errados do Corinthians: 10

Passes certos do Corinthians: 319

Passes errados do Corinthians: 43

Lançamentos certos do Corinthians: 14

Lançamentos errados do Corinthians: 17

Desarmes certos do Corinthians: 14

Faltas cometidas pelo Corinthians: 15









Destaque em mais um clássico, Jô diz que Corinthians fez boa partida taticamente e que empate foi justo








18:27


Estas foram as principais declarações do técnico do Corinthians, Fabio Carille.

18:27


"Chegamos fortalecidos, conhecendo melhor o grupo. Estou muito feliz. Somos a única equipe que está invicta em clássicos, isso mostra maturidade, chegamos fortalecidos nesse mês de abril", finaliza o treinador do Timão.

18:26


"Sempre deixei claro quando o Jadson chegou que ele joga em qualquer posição dessa linha de quatro", explica Carille.

18:26


Vai poupar na quarta-feira?

"Não tem descanso. Estamos indo para a última rodada da fase classificatória com vantagem sobre 2 rivais e queremos manter isso."

18:26


Comandante alvinegro fez elogios a Jô:

"Como esse cara está sendo positivo no dia a dia é impressionante. Desde que chegou no fim de outubro ele está trabalhando, dá força para os meninos, é trabalhador. Mesmo quando não jogou foi o que mais falou no vestiário, ele é positivo, isso puxa para ele mesmo, sendo feliz com gols."

18:26


Técnico do Corinthians falou sobre mudanças que fez na equipe:

"Em cima de um jogo que exige mais, foi bom ver o Maycon pelo lado, ele é inteligente e abre linha de passe contra o Arana. Gostei de ver o que ele rendeu, é mais uma opção que me dá com essas dificuldades que temos tido na frente. É difícil tirar um jogador, colocar outro e ter resultado."

18:25


Confira a partir de agora as principais declarações do técnico Fabio Carille em entrevista coletiva.

18:25
Mesmo já classificado, Carille disse que não irá poupar jogadores na quarta-feira contra o Linense


















Atuações: Jô brilha em outro clássico pelo Corinthians; defesa falha em gol

Atacante marca três gols contra os três maiores rivais e ajuda Timão a sair com empate por 1 a 1 fora de casa.



Por Diego Ribeiro









Quando o Corinthians precisa do atacante, ele sempre aparece da melhor maneira. Inteligente, posicionou-se entre os zagueiros do rival no segundo tempo e deixou sua marca com uma cabeçada perfeita. Três gols em três clássicos no ano. Pouco decisivo? Nota: 7



Cássio

Foi mal no gol do rival por causa da indecisão que teve na hora de sair de sua meta. Por outro lado, fez boas defesas no segundo tempo. Fica na média. Nota: 6



Pedrinho

Em seu primeiro clássico, o meia chegou a mostrar a ousadia de sempre, com dribles e boa disputa. Depois, porém, foi bem marcado e praticamente não tocou na bola. Acabou substituído por Léo Jabá no segundo tempo. Nota: 5,5



Guilherme Arana

Mesmo caso de Cássio: foi mal no lance do gol, ao perder disputa, mas compensou com um belo cruzamento que encontrou a cabeça de Jô. Terceira assistência do lateral na atual temporada. Nota: 6



Veja as notas dos jogadores do Timão:



Cássio [GOL]: 6

Léo Príncipe [LAD]: 5,5

Balbuena [ZAG]: 6

Pablo [ZAG]: 6,5

Guilherme Arana [LAE]: 6

(Moisés [LAE]): sem nota

Gabriel [VOL]: 6

Maycon [VOL]: 5,5

Pedrinho [MEC]: 5,5

(Léo Jabá [ATA]): 6

Rodriguinho [MEC]: 6

(Camacho [VOL]): sem nota

Jadson [MEC]: 5,5

Jô [ATA]: 7


Corinthians empata fora de casa com mais um gol de Jô sobre rival

O atacante já havia marcado nas vitórias sobre outros dois rivais na Arena Corinthians e hoje mais uma vez ajudou o Timão a buscar o empate fora de casa


18h00 26/03/2017 - Agência Corinthians









© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na tarde deste domingo (26), o Corinthians empatou jogo contra 5P em 1 a 1 fora de casa pelo Paulistão 2017. O gol do Timão foi anotado pelo atacante Jô, que mais uma vez marcou em clássicos na volta para o Timão - o atacante já havia marcado nas vitórias do Timão no derby e clássico alvinegro na Arena Corinthians.

O início de jogo foi bastante disputado, com leve superioridade tricolor na posse de bola, porém sem grande efetividade. Aos poucos, o Timão foi se soltando e conseguiu fazer boas triangulações, principalmente pelo lado direito com Pedrinho, Jadson e Léo Príncipe.

A melhor chance do Corinthians na primeira etapa foi em chute de Rodriguinho de fora da área. Após boa triangulação entre Maycon e Guilherme Arana, o meia recebeu na entrada da área e chutou firme, para boa defesa do goleiro.
Logo no inicio da primeira segunda etapa, o Timão sofreu o gol, marcado pelo zagueiro Maicon após bola alçada dentro da área alvinegra. Mesmo com o gol sofrido, a equipe do técnico Fábio Carile manteve a tranquilidade e seguiu criando boas chances.

Na melhor delas, o artilheiro dos clássicos, Jô, marcou mais uma vez e empatou o jogo para o Timão, dando números finais à partida. Em boa jogada pela esquerda, Guiherme Arana cruzou com perfeição para o camisa 7 empurrar para o fundo das redes. Assim como na vitória do Timão sobre s7os, a dupla Arana e Jô funcionou bem no ataque.

O Timão chegou a marcar o gol da vitória com Rodriguinho, após assistência de Jô dentro da àrea, mas o juiz marcou falta do atacante do Corinthians. Com o empate, o Timão chegou a 21 pontos no grupo A do Paulistão, já classificado para as quartas de final.

Na última rodada da fase de grupos da competição estadual, o Coringão recebe o Linense na Arena Corinthians, nesta quarta-feira (29), às 21h45.








Em jogo tenso, Timão empata majestoso fora de casa


Em clássico marcado por acidente e lambanças da arbitragem, gols de Maicon e Jô definem igualdade em 1 a 1 pela penúltima rodada da primeira fase do Paulistão

Mauricio Rummens / Fotoarena








Marcello Zambrana/AGIF



Mauricio Rummens / Fotoarena




Mauricio Rummens / Fotoarena





Mauricio Rummens / Fotoarena


Marcio Santos

26/03/2017

17:57



Guilherme Arana encontrou Jô sozinho entre a vendida defesa rival .


O gol do centroavante corinthiano decretou o empate por 1 a 1 no Majestoso e um duelo marcado por obviedades




O Corinthians iria defender bem? Defendeu. O organizado sistema defensivo do time de Fábio Carille se fez presente. Mas, óbvio, faltou bala na agulha para golpear o adversário nos contra-ataques. O jovem Pedrinho, de 18 anos, tentou com habilidade. Mas foi pouco. Renan Ribeiro passou quase ileso no primeiro tempo, exceto por um chute de fora da área de Rodriguinho.


As emoções, que não foram poucas, estavam guardadas para a segunda etapa. E logo Maicon, aproveitando jogada ensaiada no escanteio, abriu o placar.

Aos 18 minutos, Guilherme Arana encontrou Jô sozinho entre os zagueiros Maicon e Rodrigo Caio. O centroavante cabeceou para fazer seu terceiro gol em três clássicos este ano. Marcou contra todos os rivais. Nada mais cantado...


Quem também não surpreendeu foi a arbitragem. Vinicius Furlan foi mais um a complicar um jogo com decisões equivocadas. A falta de critério foi nítida, principalmente quando aplicou apenas cartão amarelo a Wellington Nem, depois deste acertar uma tesoura em Léo Jabá. O mesmo amarelo foi dado para a comemoração provocativa de Maicon, para faltas que pararam contra-ataques, reclamação e para um lance que ficou inexplicável no próprio Nem, que estava com a bola, e enfim foi expulso aos 48 minutos do segundo tempo. Não dá!




FICHA TÉCNICA

5P 1 X 1 CORINTHIANS

Paulistao 2017

Local: jd leonor

Data/Hora: 26/03, às 16h

Árbitro: Vinicius Furlan

Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Eduardo Vequi Marciano

Cartões amarelos: Cícero, Maicon, Wellington Nem, Wellington (SPO); Gabriel, Rodriguinho, Pablo, Jô, Maycon (COR)

Cartões vermelhos: Wellington Nem (SPO)

Público/Renda: 51.869/ R$ 1.356.420

Gols: Maicon, aos 4'/2T (1-0); Jô, aos 18'/2T (1-1)


5P: Renan Ribeiro; Araruna, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem, Luiz Araújo (Neilton, aos 35'/2T) e Gilberto (Chavez, aos 27'/2T). Técnico: Rogério Ceni.


CORINTHIANS: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana (Moisés, aos 38'/2T); Gabriel, Jadson, Maycon, Rodriguinho (Camacho, aos 37'/2T) e Pedrinho (Léo Jabá, aos 17'/2T); Jô. Técnico: Fábio Carille.































PROGRAMA DO JÔ É FAZER GOL EM CLÁSSICOS!




Jô: "Atacante acaba ficando sem receber muitas bolas, mas era nossa estratégia de gol. A gente veio para marcar e sair no contra-ataque. Uma bola que chegou em mim, fiz o gol e saímos com um ponto importante"

Jô: "Deixo para vocês falarem, trabalho sério, a equipe também, vamos nos errar, foi uma boa partida, tocamos bem a bola e fui coroado com um gol



Guilherme Arana: "Tomei pancada, logo em seguida dei um pique e senti fisgada. Melhor sair para não piorar. A gente treina, está dando certo, se Deus quiser no próximo jogo tem mais assistências e canetas"


Gabriel: "Corinthians veio numa proposta de contra-ataque, tivemos chances no primeiro tempo e não conseguimos. Partida segura, chegamos com perigo, poderíamos ter vencido"



Corinthians empata contra 5P por 1x1 fora de casa. Confira a repercussão agora.
























26/03/2017 18h46


Rodriguinho e Pablo desfalcam o Timão na quarta; Guilherme Arana sai machucado

Meia e zagueiro levam o terceiro cartão amarelo e serão desfalques contra o Linense, quarta-feira, na Arena Corinthians. Lateral-esquerdo sai com dores e pode ser outro problema



Por Diego Ribeiro




Rodriguinho levou o terceiro cartão amarelo e não pega o Linense (Foto: Marcos Ribolli)


O Corinthians não terá Rodriguinho e Pablo na quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians, no jogo contra Linense, o último da fase classificatória.


Pendurados, o meia e o zagueiro levaram o terceiro cartão amarelo no empate por 1x1 do Corinthians contra 5P, fora de casa. Eles não pegam o time de Lins, mas entrarão zerados nas quartas de final.


Vítima de uma solada de Wellington Nem no segundo tempo, Guilherme Arana pediu substituição e deu lugar a Moisés. O lateral-esquerdo iniciou tratamento ainda no banco de reservas.


– Tomei pancada, logo em seguida dei um pique e senti a fisgada. Melhor sair para não piorar.


Fora dos últimos dois jogos, o lateral-direito Fagner seguirá como ausência, já que joga na terça-feira pela seleção brasileira, contra o Paraguai. Mesmo caso do atacante Romero.





















Técnico Fábio Carille vê Corinthians estará fortalecido nos mata-matas e elogia Jô
Técnico diz que o elenco chega forte para as fases decisivas e exalta atacante: "É positivo no dia a dia"


Por Diego Ribeiro

O Corinthians terminará a primeira fase do Paulistão invicto contra os seus principais rivais, já que venceu o Derby e o classico alvinegro por 1x0 na Arena Corinthians. Já classificado para as quartas de final do estadual, o Timão chegará bastante forte para as decisões, na análise do técnico Fábio Carille.
O Corinthians tem jogos importantes também contra Inter RS e Universidad de Chile, na Copa do Brasil e Sul-Americana.

– Chegamos bem fortalecidos, conhecendo melhor o nosso grupo. Estou muito feliz, fomos a única equipe que não perdeu um clássico até agora. Isso é maturidade – destacou o técnico.

O Timão adotou uma postura de contra-ataques no clássico e conseguiu sair com um ponto. O técnico alvinegro gostou do resultado fora de casa.

– Empatar clássico fora de casa é sempre bom, os resultados não estão vindos, é ruim ficar cinco jogos sem vitórias, mas estamos conseguindo ver nosso elenco, botar garotos para jogar, Pedrinho, Maycon, Arana, Marciel vai ter chance, Léo Jabá. Estamos conhecendo nosso grupo para usar nas fases decisivas. Se a gente for passando, teremos nove jogos decisivos em abril. Vamos precisar do grupo. não sei quem, a semana vai mostrar, por isso a preparação de todos.

– Na minha opinião o empate foi justo, as chances foram parecidas. Estavam procurando jogar no nosso campo, e a gente buscando triangulações e passes para chegar no campo do adversário. No primeiro tempo o rival foi um pouco melhor, e no segundo fomos melhores.

Autor do gol, Jô já havia sido decisivo nas vitórias do Corinthians nos clássicos sobre outros dois rivais. Com 30 anos recém-completados, o centroavante é o artilheiro da equipe com cinco gols marcados.



– Como esse cara está sendo positivo no dia a dia, é impressionante, desde que chegou, no final de outubro, vem dando força aos meninos, é trabalhador. Não foi titular no Derby, mas foi o que mais falou no vestiário. Essas coisas voltam para ele mesmo, está sendo abençoado, é felizardo e a gente vai conseguindo os resultados – exaltou o treinador.



VEJA MAIS FRASES DE CARILLE

PROPOSTA DE JOGO
A proposta era iniciar marcando numa intermediário, nem tão lá em cima e nem no nosso campo, para que a gente pudesse roubar a bola mais perto do gol adversário. Mas conseguiram nos envolver no primeiro tempo e nosso time veio para trás, mas conseguimos triangulações, uma finalização do Rodriguinho, equilibramos. No segundo tempo estivemos mais soltos, entendemos o jogo e crescemos.

ARBITRAGEM
Já deve ser umas 30 partidas que dirijo o Corinthians, não gosto de falar de arbitragem. Mas fiz questão de ver o lance do Wellington nem em cima do Léo Jabá no vestiário. Não dá. Já teve a situação do Gabriel, que foi erroneamente expulso ao ser confundido com Maycon, mas é esse na frente do bandeira e do quarto árbitro. Queremos profissionalizar o futebol e esses erros não são aceitos. Depois nem sei se a expulsão do Nem foi justa, não sei se quis compensar no primeiro lance, mas erraram ele, o quarto árbitro e o bandeira. Se era para dar, teve duas do Thiago Mendes no Arana que nem falta deu, e teve outra no Pedrinho que nem falta deu. Depois dá amarelo para expulsar. É falta de critério, tem árbitro que é difícil entender.

ÚLTIMA RODADA
Não tem descanso


















Hoje, Arena Corinthians recebe treino da Seleção Brasileira, com portões fechados. Fagner, lateral direito, é o jigador corinthiano representante atual na seleção e deverá ser titular. Terça recebe Brasil x paraguai, jogo que deve selar classificação antecipada do Brasil para Copa do Mundo de 2018, na Russia.

No domingo, no treino marcado para a Arena Corinthians, apenas a imprensa terá acesso. Serão 20 minutos abertos e o restante da atividade será fechado.
No dia seguinte, véspera de Brasil x Paraguai, a imprensa terá acesso a 15 minutos de treinamento, novamente na Arena Corinthians.





Corinthians enfrenta 5P pelo Paulistão 2017

Na casa adversária, o Timão possui retrospecto positivo. Em 539 jogos foram 210 vitórias, 189 empates e 140 tropeços


10h00 26/03/2017 - Agência Corinthians








© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste domingo (26), o Corinthians terá o último clássico na primeira fase do Campeonato Paulista 2017. Fora de casa o Corinthians enfrenta 5P, às 16h. TV Globo e o Premiere transmitem o duelo ao vivo.

Em entrevista coletiva na última sexta-feira (24), o treinador do Fábio Carille falou sobre a disputa do clássico deste domingo (26). "Fomos para jogo contra a Ferroviária com mudanças que tinham que ser feitas, agora também contra o RB. Normal sofrer, sabemos das dificuldades, menino de 18 anos, sete da base, vamos ter uma base melhor. Acredito que faremos um grande jogo lá", disse.

"Trato o clássico como um jogo diferente, clássico marca", finalizou.

Em toda a história do Majestoso, o Corinthians enfrentou 5P 329 vezes. O retrospecto do Timão é bem favorável. Foram 123 vitórias, 104 empates e 102 derrotas. Com 477 gols marcados e 452 sofridos.

O Corinthians também possui retrospecto positivo atuando dentro do estádio adversário. O Timão disputou 539 jogos, com 210 vitórias, 189 empates e 140 derrotas. Sendo assim, o Alvinegro possui 52% de aproveitamento jogando na casa adversária contra o rival.





















Ousadia e volta de Jadson: as armas do Corinthians por vitória em majestoso, fora de casa. Carille lança garoto Pedrinho. Volta do maestro ajuda


Por Diego Ribeir

No clássico deste domingo, o Corinthians terá uma nova armação no seu setor ofensivo. Pela primeira vez no ano, o técnico Fábio Carille pode mesclar ousadia e experiência.

Neste domingo, Jadson, Rodriguinho e o novato Pedrinho jogam juntos pela primeira vez – aos 18 anos, ele é aposta do técnico.


Com os três, além de Jô, mais avançado, o Timão quer vencer baseado em três características: drible, infiltrações e precisão no passe. Pedrinho, Rodriguinho e Jadson possuem, respectivamente, esses pontos fortes.

No um contra um, inclusive, o garoto pode quebrar a defesa rival, que sofre gols há 12 jogos seguidos. Ele foi incentivado por Fábio Carille a manter a ousadia que mostrava na base.

Assim como nos poucos jogos que tiveram lado a lado em 2017, Rodriguinho e Jadson devem se entender da seguinte maneira: o primeiro terá espaços para infiltrações na área, onde costuma render melhor, enquanto o segundo, um pouco mais recuado, dará qualidade ao penúltimo passe, algo que vem faltando ao Timão.

Pedrinho, por sua vez, vai jogar aberto pelo lado esquerdo. Para Carille, uma possível vitória corintiana passa por aquele setor. E ainda tem Léo Jabá como opção.





Fábio Carille dá orientações a Pedrinho: titular pelo segundo jogo seguido (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

A defesa, por outro lado, terá retorno importante para segurar o forte ataque do rival. Balbuena volta de lesão e forma dupla com Pablo, dando maior solidez ao setor. A lateral direita, com Léo Príncipe, é o setor que mais preocupa. Gabriel deve auxiliar na marcação. Equilíbrio é a palavra-chave do técnico corintihano para buscar a terceira vitória do Timão em três clássicos no Campeonato Paulista.

Escalação provável do Corinthians: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Pedrinho; Jô.
Desfalques do Corinthians: Marquinhos Gabriel, Kazim, Giovanni Augusto, Matheus Vidotto, Fagner e Romero.





'Homem-Clássico', Jô é aposta do Corinthians para superar 5P



Jô Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Jô está com estrela em clássicos(Foto: Daniel Augusto Jr.)




Jô fez gol da vitória do Corinthians sobre s7os e palm(Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Jô (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

Jô Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Jô está com estrela em clássicos(Foto: Daniel Augusto Jr.)


:








O Corinthians tem na manga a carta certa para surpreender o rival 5P hoje fora de casa pelo Campeonato Paulista. O nome dela tem apenas duas letras: Jô.

Mesmo com as oscilações do time, sobretudo, após a reformulação do elenco e desfalques, o atacante tem sido decisivo em clássicos neste início da temporada. Foram dois gols, em dois jogos e 100% de aproveitamento.


No primeiro Dérbi do ano, Jô conseguiu um gol redentor no fim e garantiu a vitória, por 1 a 0 do Timão Naquela ocasião, o Timão tinha um homem a menos em campo - Gabriel havia sido expulso equivocadamente pelo árbitro -, quando o camisa 7 balançou as redes, após assistência de Maycon.

Depois, na vitória corinthiana sobre s7os, o menino que foi revelado pelo terrão alvinegro voltou a brilhar. No início do segundo tempo, Jô aproveitou o cruzamento de Guilherme Arana e, novamente, decretou o placar por 1 a 0.

Confirmado como titular, o atacante, desta vez, vai ter a missão de manter o ótimo retrospecto em um cenário nada amistoso. Ao contrário dos clássicos anteriores, disputados na Arena Corinthians, o jogo será fora de casa, só com torcedores rivais (medida adotada pela FPF em todos jogos entre rivais).

Na última atividade, às vésperas da partida, o técnico Fabio Carille definiu o time com as presenças de Jadson, suspenso na última rodada, e do jovem meia-atacante Pedrinho, de apenas 18 anos. Vale lembrar que para o ataque, Léo Jabá é a única opção no banco de reservas.

- Trato o clássico como jogo diferente. As dúvidas que tinham em cima do meu trabalho e o elenco acabaram no vitória do Corinthians no Derby. Clássico marca. É um jogo marcante e projeta muito o técnico e o grupo - afirmou o comandante na última sexta-feira.

Para este clássico ficar também na memória do torcedor do Timão, Jô precisará repetir as suas atuações e decidir de novo