7 de mar de 2017

CORINTHIANS 07/03/2017

No Timão, Zagueiro Balbuena já planeja aposta com lateral Fagner em possível encontro em Brasil x Paraguai pelas eliminatórias da copa do Mundo, na Arena Corinthians

Helder Júnior -

07/03/2017 21:06:08

Balbuena espera ser lembrado para enfrentar o Brasil em Itaquera (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)


O zagueiro Balbuena está empolgado com a possibilidade de defender o Paraguai na Arena Corinthians. A convocação para as partidas contra Equador e Brasil, marcada para a casa do Corinthians, será divulgada nesta quarta-feira, véspera do compromisso contra o Luverdense.

“Estou na expectativa, mas tranquilo, trabalhando bem. Se for chamado, ficarei feliz. Se não for, continuarei trabalhando no Corinthians para ser lembrado mais à frente”, comentou Balbuena.

Enfrentar o Brasil na Arena, inegavelmente, seria especial para o zagueiro. Ele já planejou até uma maneira de promover o jogo de 28 de março com o lateral direito Fagner, que estará a serviço da Seleção Brasileira do técnico Tite.

“Sempre faço apostas com o Fagner, indo ou não”, sorriu Balbuena. “Tomara que eu vá. Todo jogador quer defender a seleção do seu país. Vamos esperar para ver o que acontece”, complementou, mais sério.

Além de Balbuena, o Corinthians possui outro jogador com chances de figurar na relação de convocados do Paraguai – o atacante Romero, que atualmente se recupera de uma lombalgia.

Caso sejam chamados, Balbuena e Romero desfalcarão o Corinthians em dois ou até três jogos pelo Campeonato Paulista. 












Com vínculo fora de campo, Pablo e Balbuena reforçam entrosamento

Helder Júnior -
Zagueiros titulares do Corinthians estão afinados no discurso (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Quase inseparáveis nas escalações do Corinthians no início de 2017, Pablo e Balbuena apareceram juntos na sala de imprensa do CT Joaquim Grava também para conceder entrevista nesta terça-feira. Muito sorridentes – até porque o time só sofreu quatro gols em jogos oficiais na atual temporada –, os zagueiros fizeram questão de ressaltar que já estão bem entrosados também fora de campo.

“Responde ele primeiro, que é mais feio”, brincou Balbuena, em uma amostra do vínculo que criou com Pablo, emprestado pelo francês Bordeaux ao Corinthians neste ano. Em seguida, o paraguaio reforçou: “As coisas boas fora de campo ajudam a fazer o ambiente ser bom, levando a alegria para os jogos. O clima está muito bom, lindo, o que se nota pelo trabalho que estamos fazendo”.

Apesar de ter relutado a se manifestar sobre o assunto antes de Balbuena, também em tom de bom humor, Pablo seguiu o raciocínio do companheiro. “Costumo dizer que a gente deve ser uma família. Se pensarmos da mesma forma, crescemos ainda mais. Com contato fora de campo, fica melhor. Às vezes, um companheiro está passando por uma situação que a gente não sabe, e podemos ajudar”, comentou.

Por enquanto, os problemas são raros. O Corinthians justificou os sorrisos constantes de sua dupla de zaga com uma sequência de resultados positivos, os principais deles as vitórias por 1 a 0 sobre dois rivais. Para Balbuena, que criou até um grupo de WhatsApp para unir ainda mais o elenco, quem não está jogando com frequência também tem se mostrado contente.

“O time todo está entrosado, inclusive o pessoal que entra no segundo tempo ou vai jogar pela primeira vez. Eles atuam normalmente, como se estivessem jogando desde sempre. Sempre falo com o Pablo fora dos treinos, apontando os aspectos a que devemos ficar atentos. É assim também com o Pedrão (Pedro Henrique), o Léo, o Vilson e todo o pessoal da defesa”, disse o paraguaio.

Desatento ao discurso do seu amigo, Pablo precisou de ajuda para complementar essa resposta. “Qual foi a pergunta mesmo?”, coçou a cabeça, motivando mais uma brincadeira do amigo ao seu lado. “Ele é assim mesmo”, provocou Balbuena.























Zagueiros do Timão exaltam boa fase e dividem méritos por solidez



Pablo e Balbuena, zagueiros do Corinthians, vivem ótima fase(Foto: Daniel Augusto Jr)

Pablo e Balbuena, zagueiros do Corinthians, vivem ótima faseFoto: Daniel Augusto Jr

Pablo e Balbuena, zagueiros do Corinthians, vivem ótima fase(Foto: Daniel Augusto Jr)
LANCE! - 07/03/2017 - 19:15

Um dos pontos fortes do Corinthians neste início de temporada é a defesa. A dupla formada por Balbuena e Pablo tem tido bom desempenho e vem recebendo elogios. Eles são algumas das esperanças do Corinthians para quinta-feira, no confronto diante do Luverdense, pela terceira fase da Copa do Brasil, competição na qual o Timão não foi vazado em dois jogos disputados.

Os defensores concederam entrevista coletiva nesta terça-feira e exaltaram o bom momento vivido. Contudo, eles fizeram questão de dividir os méritos com os demais jogadores pela solidez da equipe::

- O time está entrosado, não só na fase defensiva. Quem está jogando, cumpre com a função normalmente. É compromisso, trabalho, repetição, nos falamos fora dos treinos dos aspectos, das situações de jogo. É tudo isso, não só nós dois, todos os zagueiros. Temos de estar ligados em cada jogo - disse o paraguaio.


Nesta fase da Copa do Brasil o Corinthians terá jogo de volta pela primeira vez. Depois da partida das 21h45 desta quinta-feira, o Timão recebe os mato-grossenses na próxima semana, em Itaquera.

– Não sofrer gols é importante em todos os jogos, ainda mais em Copa do Brasil. Jogos como esse a gente tem de estar ligados. Por conta de detalhes que não estamos ligados, sofremos gols. São importante esses números, mas tem que valer nos próximos jogos – destacou Pablo.






Corinthiano zagueiro Balbuena: “Compromisso, trabalho, repetição, é tudo isso. Temos de estar ligados”

Depois das atividades desta terça, Balbuena falou em coletiva à imprensa, exaltou o trabalho que vem sendo feito até o momento e falou sobre a seleção paraguaia


18h45 07/03/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação


Nesta terça-feira (07) o Corinthians retomou as atividades no CT Dr. Joaquim Grava em preparação para enfrentar o Luverdense pela terceira fase da Copa do Brasil. Depois do treino o zagueiro Balbuena falou em coletiva à imprensa e lembrou que os trabalhos diários fortalecem não apenas a parte defensiva, mas o entrosamento do time como um todo.

"Time está entrosado, não só na fase defensiva. Quem está jogando, cumpre com a função normalmente. É compromisso, trabalho, repetição, nos falamos fora dos treinos dos aspectos, das situações de jogo. É tudo isso, não só nós dois, todos os zagueiros. Temos de estar ligados em cada jogo", disse.

Quando perguntado sobre as convocações para a seleção paraguaia, o camisa 4 do Timão disse fica esperançoso, mas que seguirá trabalhando para que a convocação saia.

"Ainda não saiu a convocação, estou na expectativa, mas tranquilo. Se for convocado, vou estar feliz. Ou vou seguir trabalhando. Sempre tem apostas com Fagner, sempre de boa. Tomara, estou esperando", falou Balbuena.

O Corinthians fará mais um treino no CT antes de viajar para Cuiabá-MT para enfrentar o Luverdense às 21h30, na Arena Pantanal.











Cássio e Romero não treinam e viram dúvidas no Timão para a Copa do BR

Cássio tem uma contratura leve na coxa esquerda (Foto: Daniel Augusto Jr)

Romero tem uma lombalgia (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians)

Cássio é dúvida para jogo contra o Luverdense (Foto: Daniel Augusto Jr)


7/3/2017 - 18:34
O Corinthians tem duas preocupações de última hora para a partida contra o Luverdense, quinta-feira, na Arena Pantanal. O goleiro Cássio e o atacante Romero não treinaram nesta terça e viraram dúvidas para a partida da terceira fase da Copa do Brasil.

O camisa 12 tem uma contratura leve na coxa esquerda, enquanto o paraguaio sofre com uma lombalgia. Ambos serão reavaliados na manhã desta quarta-feira, antes da viagem para Cuiabá, Mato Grosso.

Sem a dupla, o técnico Fabio Carille não dividiu reservas e titulares no treinamento desta terça-feira. Ele separou jogadores de defesa e ataque e comandou trabalhos específicos. Os marcadores ensaiaram posicionamento, cobertura e lançaram bolas. Já os homens de frente trocaram passes, cruzamentos e finalizações.


Quem atuou na vaga de Romero foi Marquinhos Gabriel, mas Marlone, Giovanni Augusto e Léo Jabá também são opções.

O restante da equipe não deve ter novidades em relação a vitória do Corinthians por 1x0 sobre s7os na Arena, sábado.









Corinthiano zagueiro Pablo: “Temos que estar focados em fazer o melhor possível”

Em entrevista coletiva à imprensa, zagueiro do Timão exalta trabalho defensivo que vem sendo aplicado e aponta a importância do entrosamento da equipe


18h30 07/03/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians retomou as atividades na tarde desta terça-feira (07) no CT Dr. Joaquim Grava visando o confronto diante do Luverdense pela terceira fase da Copa do Brasil. Após o treino, Pablo falou em coletiva à imprensa e exaltou o trabalho defensivo que vem sendo feito pelo treinador Fábio Carille.

"Na França se trabalha bastante a parte defensiva, a linha de quatro. Acho que a gente trabalha mais aqui no Corinthians do que lá. É muito importante, primordial na fase defensiva. Isso são detalhes e temos de estar focados em fazer o melhor possível", disse.

Além da importância de trabalhar a parte defensiva, o zagueiro do Timão falou sobre como é fundamental ter um elenco de qualidade e como o time todo deve estar entrosado para render em alto nível.

“Todo jogador que está no Corinthians pode ser titular, se está aqui, é porque tem qualidade. É bom, mas você tem que estar focado. Isso da parte defensiva, de Balbuena e Pablo, é a equipe toda. Se não marcarem, vai abrir espaço lá atrás. Quem entrar, dá conta do recado. O importante no nosso elenco hoje é a união, quem entrar vai se sair bem", falou Pablo.

O Coringão fará mais um treino no CT antes de viajar para Cuiabá-MT, onde enfrentará o Luverdense nesta quinta-feira (09), às 21h30, na Arena Pantanal, pela terceira fase da Copa do Brasil.














































Corinthians chega em Cuiabá  Quarta-feira à tarde, mas o horário exato não foi divulgado.




Carlinhos, porém, não tem prazo estimado para volta. Pedrinho deve ser inscrito no Campeonato Paulista. #trsccp


Carlinhos, integrante do Corinthians decacampeão e artilheiro da Copinha, faz trabalho com o fisioterapeuta Caio Mello. #trsccp






Novidade! Adivinhe quem faz seu primeiro trabalho em campo desde uma cirurgia no púbis... #trsccp




Pedrinho, de colete amarelo, trabalha sem limitações. #trsccp 16H40


Não há distinção entre titulares e reservas. Time que enfrenta o Luverdense só deve ser definido nesta quarta. #trsccp

Fábio Carille divide o elenco em quatro pequenos grupos. Trabalho de posse de bola. #trsccp


Sem Cássio, goleiros fazem treino específico comandado pelo preparador Mauri Lima. #trsccp



Treino físico intenso é comandado pelo preparador Walmir Cruz. #trsccp



Recuperado de dores no tornozelo, Pedrinho treina sem limitações. #trsccp





Entre os titulares, apenas Cássio e Romero não estão em campo. #trsccp


Titulares da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre s7os fizeram testes no laboratório. Agora se juntam ao elenco. #trsccp



Corinthians em campo para o treino desta terça-feira. #trsccp




Sobre Guilherme:

A diretoria quer negociá-lo, mas ainda não encontrou nenhum interessado. Houve uma conversa com o Inter no início do ano, mas não evoluiu. Agora, se pintar uma troca, o Timão pode concordar, já que ainda procura um atacante de velocidade.


FOTO: DANIEL AUGUSTO JR/AG. CORINTHIANS


Sobre Marquinhos Gabriel:

Alguns empresários tentaram intermediar uma troca com o Grêmio. O clube gaúcho teria oferecido o zagueiro Bressan e um garoto da base. O Timão não topou e pediu o atacante Pedro Rocha. Aí o Grêmio também recusou.



FOTO: MARCELLO ZAMBRANA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

Pedrinho, que ontem teve torção de tornozelo no treino, é o principal candidato. Hoje saberemos como ele está #trsccp


Com a lesão de Vilson, clube deve substitui-lo por outro jogador na relação dos 28 do Paulistão #trsccp16h20


Após pancada ontem, Pedrinho será reavaliado hoje.





17:20  Treino encerrado. Jogadores vai deixando o campo



17:14 Corinthians treina amanhã de manhã e na sequência viaja para o Mato Grosso #trCOR
17H12
Romero tem lombalgia, faz trabalho na academia e também será reavaliado. #trsccp


Cássio tem uma contratura muscular leve na coxa esquerda. Será reavaliado amanhã. Dúvida para o jogo de quinta. #trsccp
17:09 Romero tem uma lombalgia. Paraguaio também será avaliado pelo departamento médico amanhã para saber se viaja a Cuiabá #trCOR

17:08 Cássio tem uma contratura leve na coxa esquerda e será reavaliado amanhã para a partida de quinta #trCOR

17H
Marquinhos Gabriel ocuparia a vaga de Romero, que não treina hoje. Léo Jabá e Marlone trabalham em outra parte do campo. #trsccp

16:58 Sem Romero, é Marquinhos Gabriel quem joga no meio titular ao lado de Jadson, Rodriguinho e Maycon. Jô segue no ataque #trCOR





No treino do ataque, titulares também são agrupados em parte do campo. Gabriel, Jadson, Rodriguinho, Maycon, M. Gabriel e Jô. #trsccp


16:57

Trabalho ofensivo consiste em trocas de passes, cruzamentos e chutes (de primeira). Auxiliares Osmar Loss e Leandro Silva organizam o treino #trCOR



Carille comanda trabalho da defesa. Fagner, Balbuena, Pablo e Arana juntos. #trsccp

16:55


Jogadores de ataque ficam em um campo, zagueiros e laterais, em outro.  Carille cuida da defesa #trCOR



Fábio Carille separa o elenco em setores: defesa num campo, meio-campo/ataque no outro. #trsccp


16:36 Elenco corinthiano faz um trabalho de posse de bola. Definição da equipe que enfrenta o Luverdense deve sair apenas amanhã #trCOR

16:31
Preparador Mauri Lima exige intensidade no trabalho dos goleiros e faz cobranças duras: "Vamos, estica o braço, cacete!".

16:31
Pedrinho sentiu dores no tornozelo ontem depois de uma dividida, mas já está recuperado e treina com o restante do grupo.

16:21 Romero também não treina com o restante do grupo. Ele estava no laboratório de biomecânica e agora entrou na academia #trCOR

16:19 Cássio ainda não está em campo. Já o goleiro Walter, recuperado de dores no tórax, treina sem restrições #trCOR




16:19 Walter não está inscrito no Paulistão, mas pode jogar a Copa do Brasil. Goleiro, porém, ainda busca melhor condicionamento físico #trCOR

16:18 Jogadores do Corinthians se aquecem em campo, na habitual roda de bobinho #trCOR
16:02 Corinthians fará primeiro treino com titulares em campo após vitória sobre o Santos. Zagueiros Balbuena e Pablo darão entrevistas #trCOR

16:00


Boa tarde, . Estamos no CT Joaquim Grava, onde o Corinthians treina nesta tarde de olho na partida contra o Luverdense, quinta-feira, na Arena Pantanal, pela terceira fase da Copa do Brasil. Siga tudo o que rola em tempo real.
































Giovanni Augusto atinge marca no Corinthians e diz: 'Sonho de criança'


Meia completou 60 jogos pelo Timão no sábado(Foto: Rodrigo Gazzanel/Agencia Corinthians)


Giovanni Augusto ficou pouco tempo em campo na vitória do Corinthians sobre o Santos, no último sábado, mas foi o suficiente para que atingisse uma importante marca em sua carreira. Ele completou 60 jogos com a camisa do Timão, que passou a ser o clube que ele mais defendeu na carreira.

Contratado ano passado por cerca de R$ 15 milhões, o jogador ainda não conseguiu se firmar como titular, tendo marcado seis gols.

- Nunca escondi que estar defendendo a camisa corintiana é a realização de um sonho de criança. Estou totalmente adaptado ao clube e a cidade. Quero fazer uma história bonita aqui, não apenas com mais jogos, mas também conquistando títulos pelo Timão, afinal um jogador fica marcado por conquistas - declarou o meia, que também passou por Figueirense, Náutico, Criciúma, ABC-RN e Grêmio Barueri.


A tendência é que Giovanni Augusto siga como opção no banco de reservas ao técnico Fabio Carille na partida desta quinta-feira, contra o Luverdense, fora de casa, pela terceira fase da Copa do Brasil. A partida acontece às 21h45, na Arena Pantanal, e será difícil para o Timão segundo o meia:

- O regulamento dessa fase agora terá jogos de ida e volta. Precisamos ser inteligentes para saber jogar essa partida e ciente que teremos o compromisso também em casa. O Luverdense merece o nosso respeito. Após jogarmos em estádios acanhados contra Caldense e Brusque, agora atuaremos num estádio de Copa do Mundo e com um bom gramado podemos colocar em prática nosso estilo de jogo de bastante posse de bola - analisou.

Número de jogos de Giovanni Augusto por equipes:

Corinthians – 60 jogos e 6 gols







Zagueiro reserva Vilson faz artroscopia no joelho direito e desfalca o Corinthians


07/03/2017 - 14:58
O zagueiro reserva Vilson passará por uma artroscopia no joelho esquerdo nesta quarta-feira e desfalcará o Corinthians nos próximos jogos. O clube não divulgou prazo para retorno do jogador de 28 anos. O tempo médio de recuperação após este tipo de procedimento é de ao menos um mês, mas varia de acordo com a gravidade de cada caso.

Sem saber se Vilson terá condições de jogo ainda neste Campeonato Paulista, a diretoria alvinegra irá aguardar antes de definir se irá inscrever ou não outro atleta na competição. Os jovens Pedro Henrique e Léo são alternativas para os titulares Balbuena e Pablo.

Por conta das dores no joelho, Vilson já havia ficado fora do treino do Timão na última segunda-feira.
O procedimento cirúrgico do zagueiro será realizado pelo médico Joaquim Grava, do Corinthians, no Hospital São Luiz
Contratado ano passado, Vilson iniciou esta temporada na reserva e tem vínculo com o Timão até o fim do próximo ano.









Corinthians apresenta Coelho como novo técnico da equipe sub-20


Leandro Criscuolo*

7 MAR2017
13h42
atualizado às 13h42

Nesta terça-feira, o Corinthians apresentou, no Parque São Jorge, o técnico Dyego Coelho como o comandante da equipe sub-20 do alvinegro. A ida de Osmar Loss ao time profissional do Corinthians para ser o auxiliar de Fábio Carille promoveu Coelho, que até então atuava como adjunto de Loss, para a vaga de treinador principal na categoria de base.

Ex-jogador revelado na base do Timão, Coelho teve passagem pela equipe entre 2003 e 2006, e depois em 2008. No período, conquistou o Campeonato Brasileiro em 2005.

O novo técnico do sub-20 iniciou a manhã comandando o trabalho com os garotos da base, e a atividade teve a presença de nomes que participaram do título da Copinha de Juniores são conhecidos do torcedor, como Guilherme Romão, Filipe, Samuel, Fabrício Oya e Marquinhos. Os trabalhos consistiam em um treino técnico e tático com movimentação e troca de passes. Goleiros trabalhavam fundamentos em separado e outros atletas ainda realizaram fortalecimento físico no gramado.

Cria do "Terrão", Coelho sabe o que é crescer dentro do Corinthians. Já passou por onde estão os garotos que agora comanda e baseia nisso sua linha de trabalho. "Aqui é a minha casa. Tudo que eu tenho hoje foi o Corinthians que me deu. Me tornei homem aqui dentro e espero que eles tenham a mesma trajetória".

Com a responsabilidade de dar continuidade a um trabalho bem sucedido de Osmar Loss, que colecionou títulos e campanhas de destaque nos torneios de base pelo Timão, o novo técnico prevê a manutenção da competitividade alta com os garotos, reconhecendo que a missão de manter o nível elevado apresentado nos últimos anos não é fácil.

"No Corinthians a gente sempre fala que temos sempre que estar disputando algo. Título ou não é consequência, mas precisamos estar nas fases finais de tudo que disputarmos. Esse é o grande objetivo hoje. Quando se atinge um patamar muito alto, manter ele é a grande dificuldade. Colocar esse meninos para jogarem bem. Tudo que eu quero é eles em disputa, que eles tenham competição na cabeça deles, contra os adversários. Colocar na cabeça deles a ter humildade acima de tudo", comentou Coelho.

*Especial para a Gazeta Esportiva








07/03/2017 14h48

Exame aponta lesão, e zagueiro Vilson passará por artroscopia no joelho
Ausente no treino de segunda-feira, jogador será desfalque no Corinthians por algumas semanas em virtude do problema. Ele era  opção de Carille


Por GloboEsporte.com


Vilson fará artroscopia no joelho esquerdo
(Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Ausente no treino de segunda-feira, o zagueiro Vilson vai demorar para ficar à disposição do técnico Fábio Carille novamente no Corinthians.


Exames realizados pelo jogador nesta terça-feira apontaram a necessidade de uma artroscopia no joelho esquerdo do jogador de 28 anos. Ele ficará afastado da rotina de treinamentos por algumas semanas.


Hoje quarta opção na defesa, atrás dos titulares Pablo e Balbuena e também de Pedro Henrique, que foi titular na vitória por 3 a 2 contra o Mirassol, Vilson ainda não havia tido chance de participar de nenhuma partida oficial da temporada. O elenco conta ainda com Léo, de 18 anos.

Além de Vilson, o departamento médico do Timão conta com Danilo, que se recupera de cirurgia na perna direita, e Carlinhos que fez uma operação no púbis. Recuperado de lesão no tórax, o goleiro Walter iniciou os treinos no campo. Pedrinho, que torceu o tornozelo direito no treinamento desta manhã, será reavaliado na terça.

Vilson tem contrato com o Corinthians até o fim da temporada de 2018.



































07/03/2017 09h35

Médicos preveem retorno de Danilo aos treinos do Corinthians até abril
Em evolução, jogador já chuta bolas com o pé direito, que sofreu grave lesão em agosto de 2016. Além de fisioterapia, meia faz trabalho de reequilíbrio muscular


Por Marcelo Braga

Danilo chuta a bola com o pé direito
(Foto: Marcelo Braga)

Os médicos do Corinthians preveem que Danilo estará apto para treinar com bola junto dos companheiros até, no máximo, o mês de abril.


Em recuperação de uma grave fratura na perna direita, ocorrida no fim de agosto do ano passado, o jogador tem mostrado evolução.


Na segunda, após observar a atividade dos colegas, o veterano de 37 anos entrou em campo e chutou uma bola descalço com o pé direito, mostrando já não sentir dores.


Além de trabalhos de fisioterapia, o meia tem feito exercícios de reequilíbrio muscular no Lab R9 (laboratório de biomecânica do Corinthians).


No clube desde 2010, Danilo tem contrato com o Corinthians até o final desta temporada. Por conta da lesão, não foi inscrito no Campeonato Paulista, que tem limite de apenas 28 vagas.






Corinthians usa classificação apertada em Brusque como lição contra o Luverdense

Helder Júnior -

07/03/2017 08:47:51

O Corinthians está escaldado para enfrentar o Luverdense pela terceira fase da Copa do Brasil. Após o Corinthians ter se classificado nos pênaltis sobre Brusque – empatou por 0 a 0 em Santa Catarina e alcançou uma virada na disputa por pênaltis –, os comandados de Fábio Carille dizem ter aprendido a lição e prometem concentração no confronto que terá início na noite de quinta-feira, na Arena Pantanal.

“Depois de um jogo difícil como aquele, você aprende que deve estar sempre concentrado. Vínhamos de duas boas vitórias, no erby e sobre Mirassol, e acabamos entrando um pouco desconcentrados, achando que resolveríamos a situação em qualquer momento. Quase ficamos fora por um detalhe. Então, vamos respeitar o adversário, como sempre, e ter concentração”, pregou o centroavante Jô.

Desta vez, o duelo é teoricamente menos perigoso para o Corinthians, já que será decidido em duas partidas, ao contrário do que ocorreu quando o Corinthians pasou pela Caldense, por 1x0 e pelo Brusque nos pênaltis, os dois fora de casa. O jogo de volta contra o Luverdense está marcado para a quinta-feira de 16 de março, na Arena Corinthians,

Assim como ocorreu diante do Brusque, o Corinthians enfrentará o Luverdense animado por uma vitória por 1 a 0 em um clássico do Campeonato Paulista, agora em cima do s7os. O gol foi novamente de Jô. “Vamos tirar as coisas boas disso e não relaxar. Já conseguimos um êxito grande estando com a melhor campanha Estadual, mas não podemos deixar isso subir à cabeça. O time tem maturidade suficiente para absorver bem o que vem de fora”, assegurou o centroavante.

Segundo Jô, o diferencial do Corinthians em 2017 tem sido justamente a dedicação. “Muitos falavam da falta de comprometimento do ano passado. Está sendo bem diferente, com todo o mundo dando carrinho”, valorizou, antes de voltar a mostrar que assimilou o susto em Brusque. “Na quinta-feira, vamos jogar como se fosse o último jogo do ano.”









07/03/2017 07h30

Desafio do meia Jadson no Timão é repetir 2015: "Esperam que eu faça o mesmo"
Jogador diz que a dificuldade do retorno é ter de ser protagonista de imediato. Calejado pela carreira, ele elogia o empenho do grupo e projeta muitos anos no Timão


Por Fernando Vidotto e Marcelo Braga

O maior desafio de Jadson no Corinthians é ser Jadson. Ou, pelo menos, aproximar-se o máximo possível do desempenho obtido em 2015, no ano do hexacampeonato brasileiro, quando gols e assistências decisivas o elevaram à condição a ídolo da Fiel.

De volta ao clube aos 33 anos, após um ano na China e ainda um pouco distante da condição física ideal, o jogador admitiu, em entrevista ao GloboEsporte.com, que vê mais dificuldades do que facilidades no reinício no Timão por conta da necessidade de protagonismo imediato. Está muito viva na memória do torcedor a excelente primeira passagem do atleta pelo Timão.

– Acho que é um pouco mais difícil voltar desse jeito. Em 2015 saí muito bem, as pessoas estão com uma expectativa muito grande em cima de mim, elas esperam que eu faça a mesma coisa. Estou focado e me preparando para isso, mas as coisas, às vezes, podem acontecer de outra forma. Mas com trabalho sério, me esforçando e dedicando, vou conseguir bons resultados.

Realizado, Jadson está de volta ao Corinthians
(Foto: Marcelo Braga)

Motivado e se sentindo desafiado, Jadson diz que o empenho e a dedicação dele e de seus colegas serão fundamentais na busca por títulos neste ano, como ocorreu nas vitórias do Corinthians no Derby e sobre s7os neste Paulistão.

Dizendo-se calejado pelas experiências da carreira, ele projeta um Timão forte nos mata-matas do Paulistão e da Copa do Brasil, competição pela qual enfrenta o Luverdense nesta quinta, às 21h30 (horário de Brasília), em Cuiabá. Será o confronto de ida pela terceira fase.

Com dois anos de contrato pela frente, Jadson diz que já não tem planos de retornar ao futebol europeu (jogou no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia), o que pode prolongar sua história no Timão.

– Tenho condições de fazer uma história bacana no Corinthians – disse o meia, que soma 105 jogos e 24 gols com a camisa alvinegra.


Confira a entrevista completa com Jadson:


GloboEsporte.com: Você surpreendeu a todos ao atuar por 90 minutos na vitória do Corinthians sobre s7os, no último sábado. Como está fisicamente? Perto do ideal?
Jadson: Falaram que seria um mês de preparação e em três semanas fui para o jogo. Estão dosando o trabalho comigo, falaram que eu jogaria 60 ou 70 minutos, mas no intervalo falei para o (técnico Fábio) Carille que eu estava bem, que se acontecesse alguma coisa eu dava um toque, mas foi rolando o jogo e aguentei. Não foi a mesma intensidade do primeiro tempo, mas ajudei na parte tática, na marcação. Faltou um pouco de criação no segundo tempo da minha parte porque no final me faltou um pouco de perna, mas é com jogos que se ganha ritmo.

As pessoas estão com uma expectativa muito grande em cima de mim, elas esperam que eu faça a mesma coisa (que em 2015)

Jadson

Como convive com a pressão pelo protagonismo no Corinthians?
Estou me preparando para isso. Sei da minha responsabilidade por ser um cara mais experiente. Tem outros mais experientes que eu, como Danilo, alguns da casa como Fagner e Cássio, que têm uma história no clube, tem o Rodriguinho, todos que são mais cascudos podem ajudar também. Quero ajudar da melhor maneira, com assistências e gols, como fiz em 2015.


E como isso mexe com a sua cabeça?
Me dá motivação, é um desafio. Ainda tenho alguns desafios pessoais e voltar para o Corinthians é mais um. Não vou chegar e me acomodar, vou dar o meu melhor. Muitos jogadores queriam vestir essa camisa, tenho esse privilégio. Pretendo ajudar a equipe dando alegria para a torcida.


Quais desafios você tem na carreira?
Manter o alto nível neste ano é um dos desafios pessoais. E tenho alguns sonhos que é melhor deixar abafado, mas estou trabalhando para consegui-los.


Aos 33 anos, ainda projeta voltar para a Europa em algum momento?
Não, agora não. Já passei sete anos e meio na Ucrânia (Shakhtar Donetsk), voltei para o Brasil e tive uma experiência na Ásia (Tianjin Quanjian, da China). Meu pensamento é ficar no Brasil, construir uma história no Corinthians como muitos já fizeram. Meu foco hoje é no Corinthians.

Participei em 2015 de alguns mata-matas, não fui feliz neles, tanto no Paulista como na Libertadores. Mas quando a gente passa por essas experiências, fica mais calejado
Jadson


Danilo chegou ao Corinthians em 2010 e segue no clube até hoje. Acha que é possível acontecer com você?
Danilo é um caso à parte, vencedor por onde passou, tem uma história dentro do clube, foi campeão da quase tudo, um cara que levo como exemplo pela forma que trabalha, como trata as outras pessoas, tento segui-lo. Não sei o que pode acontecer, mas é ter pés no chão e a certeza de que se eu me dedicar tenho condições de fazer uma história bacana no Corinthians.


Desde que você saiu, fala-se na sua volta ao Corinthians. Você sabia que ia voltar, né?
Era minha vontade. Até brigaram comigo na China, pois queriam que eu trocasse a imagem do meu Twitter (uma foto com a camisa do Corinthians), mas falei que não ia trocar e eles ficaram bravos comigo. A forma como o Corinthians abriu as portas para mim e como a torcida me acolheu. Ficou um carinho enorme. Mesmo de longe eu fiquei na torcida. Era minha preferência, deixei claro para o meu empresário. Estou de volta para casa, estou feliz.


Essa coisa de redes sociais, aliás. É você mesmo quem mexe?
Eu que mexo naquele negócio (Twitter), não sei mexer muito bem, mas dou uma fuçada. Instagram e Twitter sempre sou eu, não deixo ninguém mexer, se aparecer alguma coisa não vou falar que foi meu primo não (risos)


Gosta da interação? A resposta ali é imediata...
Mesmo perdendo pênalti (contra o Brusque-SC), vi várias mensagens de apoio, isso me deixou muito feliz. Às vezes, entro para ver os comentários e interajo, é bacana o jogador fazer isso. O torcedor precisa disso, esse pequeno gesto deixa ele muito feliz.


Por falar em gesto, o que a torcida fez com Tite no sábado chamou a atenção. Como viu aquela homenagem na Arena Corinthians (vídeo abaixo)?
O Tite no Corinthians é um fenômeno, ganhou tudo, trabalhou muito sério, foi um prazer para mim trabalhar com um cara desse nível. É merecedor do que fez no clube e do que está fazendo na Seleção. Torço muito por ele, e o torcedor do Corinthians sabe o que ele fez. Isso que fizeram, de gritar o nome dele, é reconhecimento ao trabalho, pela história dele e pelo homem que é.

E o time do Fábio Carille? Falavam que era a quarta força do estado, mas é o time com mais pontos no Paulistão (18) e que já venceu dois clássicos. Não é um patinho feio, né?
Clássico às vezes pode até ter favoritismo no papel, mas depois que a bola rola muda tudo. O Corinthians tem mostrado uma força, empenho e dedicação. Às vezes, pode até faltar um pouco da parte técnica, mas a gente sobressai na vontade. A equipe está ganhando de 1 a 0, 1 a 0, 1 a 0, mas o mais importante são os três pontos. É com a vitória que vem a confiança.

Se a equipe entrar focada, com todo mundo sabendo o que tem de fazer na parte tática, algo que o Carille tem trabalhado, temos grande chance de competir com igualdade. Quando chegar o mata-mata, nossa equipe tem que estar preparada mentalmente, pois muda tudo. 










Arbitragem definida para jogo do Corinthians na Arena Pantanal contra luverdense

Timão inicia busca pela classificação para a quarta fase da competição nacional

12h00 07/03/2017 - Agência Corinthians

Nesta quinta-feira (09), às 21h30, o Corinthians vai à Arena Pantanal para enfrentar o Luverdense pela terceira fase da Copa do Brasil 2017. O responsável por apitar a partida será o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro.

O juiz será auxiliado pelos assistentes Dilbert Pedrosa Moises e Eduardo de Souza Couto, ambos da CBF do Rio de Janeiro.


Confira a escala completa de arbitragem:


Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro – RJ (CBF)


Árbitro Assistente 1: Dilbert Pedrosa Moises – RJ (CBF)


Árbitro Assistente 2: Eduardo de Souza Couto – RJ (CBF)


Quarto Árbitro: Alinor Silva da Paixão – MT (CBF)



























Corinthians apresenta Dyego Coelho como técnico do Sub-20 do Corinthians

Ex-lateral direito recebeu uma homenagem de Fausto Bittar Filho, diretor do Centro de Excelência em Formação de Atletas: a camisa 14, que usou na campanha vitoriosa do Brasileirão de 2005


12h00 07/03/2017 - Agência Corinthians




© Agência Corinthians


Com a responsabilidade de assumir a equipe Sub-20 do Corinthians logo após comandar o Corinthians a conquista da décima Copinha de Futebol Júnior, em janeiro deste ano, Dyego Coelho foi apresentado oficialmente na manhã desta terça-feira (07), no Parque São Jorge. Das mãos de Fausto Bittar Filho, diretor do Centro de Excelência em Formação de Atletas, ele recebeu a camisa 14, a mesma que utilizou na campanha do tetracampeonato Brasileiro do Alvinegro, em 2005.

“A gente vem de, não só uma boa Copinha, mas também de vários resultados muito bons com o melhor treinador do Brasil na categoria”, disse Coelho sobre Osmar Loss, que, após o título no dia 25 de janeiro, contra o Batatais, foi integrado à comissão técnica como auxiliar de Fábio Carille na equipe principal do Timão.

Segundo o novo comandante, sua principal missão neste momento é colocar na cabeça dos atletas que é necessário muito trabalho e humildade para alcançar os próximos objetivos. “Temos que ter tranquilidade e trabalhar. A pressão vai vir, normal. Estou aqui desde criança e sei bem como isso funciona”, brincou.

Coelho chegou ao Corinthians em 1994, no Sub-11, e passou por todas as categorias até chegar ao plantel principal, em 2003. “Meu pai sempre brinca que eu conheço cada canto deste Parque São Jorge. Hoje, posso afirmar: eu nunca vi o Departamento de Formação de Atletas do Corinthians tão estruturado. Com o Fausto [Bittar Filho, diretor do departamento] dando todo o apoio para nós e reestruturando nosso Centro de Excelência. Com a chegada do Rodrigo Azevedo, então, nem se fala”, complementou o treinador.

O novo técnico comandou seus atletas no gramado do Estádio Alfredo Schürig, a Fazendinha, em um treino que misturou um trabalho de força com um exercício de passes rápidos e marcação por pressão. Na tarde desta terça (07), os atletas voltam ao campo para mais um período de treinamento.

Confira o vídeo que a Corinthians TV preparou com alguns gols do ex-lateral direito e também com mensagens de jogadores que passaram pelo Sub-20 do Timão no período em que Coelho foi auxiliar técnico de Osmar Loss: