6 de mar de 2017

CORINTHIANS 06/03/2017







Corinthians conhece datas, horários e locais das quatro últimas rodadas da 1ª fase do Paulistão 2017

Timão tem seis vitórias e uma derrota nos sete jogos disputados até aqui na competição

21h00 06/03/2017 - Agência Corinthians

Na noite desta segunda-feira (06), a Federação Paulista de Futebol (FPF) confirmou datas, horários e locais das quatro últimas rodadas da fase de grupos do Campeonato Paulista de 2017. Clube com melhor campanha na competição até aqui, o Corinthians realizará dois jogos em casa e outros dois fora.

A primeira das últimas quatro partidas do Timão na fase de grupos do Paulistão será disputada neste domingo (12), às 16h, quando enfrenta a Ferroviária em Araraquara. Na sequência, o Alvinegro encara o Red Bull no dia 23 (quinta-feira), às 17h, na Arena Corinthians.

O penúltimo jogo do Corinthians na fase de grupos será o Majestoso, fora de casa, que acontecerá no dia 26 (domingo), às 16h. Para encerrar a participação nesta etapa do Paulistão, o Timão recebe o Linense na Arena Corinthians no dia 29 (quarta-feira), às 21h45.

Em sete jogos disputados no Paulistão até o momento, o Corinthians soma seis vitórias, uma derrota, oito gols a favor e quatro contra. O Timão lidera o Grupo A com folga. O Corinthians tem oito pontos de vantagem (18 a 10) para o Botafogo, segundo colocado. Com uma combinação de resultados (vitória corinthiana e tropeço de Botafogo ou São Bernardo), o Timão pode garantir vaga nas quartas de final já neste domingo, com três rodadas de antecedência.













Corinthians consegue anulação de expulsão de volante Gabriel é anulada. Para domingo ele está suspenso por 3º amarelo



06/03/2017 19:16:02

O Corinthians conseguiu junto ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) a anulação da expulsão do volante Gabriel no Derby do dia 22 de fevereiro, que já havia sido concedida ao Corinthians por meio de uma liminar logo após o clássico. A votação foi unânime para a extinção do vermelho, dado ao meio-campista após erro do árbitro Thiago Duarte Peixoto, que confundiu Gabriel com Maycon e o expulsou.

O primeiro cartão amarelo recebido pelo atleta, porém, foi mantido e ele terá de cumprir suspensão no jogo do Corinthians contra Ponte Preta, no domingo, por ter levado a terceira advertência na vitória do Corinthians sobre s7os, no último sábado. Antes, ele já havia recebido a punição na estreia com vitória do Corinthians sobre São Bento, totalizando três cartões e consequente suspensão. Um dos auditores chegou a votar pela anulação dos dois cartões amarelos de Gabriel no Derby, mas os outros quatro optaram apenas por extinguir o segundo amarelo/vermelho.
Em outro caso votado, o Timão foi multado em R$ 10 mil por causa de sinalizadores e de uma faixa de protesto exibida nas arquibancadas durante o clássico.









Corinthians renova contrato com jogadores revelados na base alvinegra

Marciel e Caíque renovaram até 2020; Maycon e Guilherme Arana estenderam até 2021


17h00 06/03/2017 - Agência Corinthians


Divulgação


Nesta segunda-feira (06), o Sport Club Corinthians Paulista renovou o contrato de quatro jogadores revelados nas categorias de base do Timão.

O volante Marciel assinou vínculo até dezembro de 2020. O jovem foi promovido para o profissional em 2015 e logo de cara fez parte da campanha do Corinthians Hexacampeão Brasileiro.

O jovem goleiro Caíque, que treina entre os profissionais desde os 16 anos de idade, prorrogou seu vínculo também até dezembro de 2020.

O volante Maycon, destaque nas categorias de base em 2015 e titular da Seleção brasileira Sub-20, renovou seu vínculo até dezembro de 2021.

Guilherme Arana, filho do terrão alvinegro e no profissional desde 2014, estendeu seu contrato também até dezembro de 2021.











06/03/2017 17h51

Corinthians anuncia a renovação de quatro jogadores revelados na base
No mesmo dia, Maycon, Marciel, Guilherme Arana e Caíque França tiveram os seus vínculos estendidos pelo clube


Por GloboEsporte.com


Lateral Guilherme Arana renova com o Corinthians
(Foto: Agência Corinthians)

O Corinthians anunciou nesta segunda-feira a renovação de contrato de quatro jogadores do elenco principal, todos revelados nas categorias de base do clube: os volantes Marciel e Maycon, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e o goleiro Caíque França.

Titular da lateral esquerda aos 19 anos, Guilherme Arana tinha contrato até dezembro de 2019. Agora, o novo vínculo é válido até dezembro de 2021. O Timão tem 40% dos direitos econômicos do jogador.

Também titular com Fábio Carille, Maycon, de 19, renovou pelo mesmo período. O vínculo anterior era até fevereiro de 2019. Neste caso, o Timão conta com 80% da fatia dos direitos econômicos.

Hoje reserva imediato do goleiro Cássio, Caíque França tinha o contrato mais curto entre os quatro, só até o fim deste ano. O vínculo do jogador de 21 anos agora é até dezembro de 2020.

Aos 21 anos, Marciel agora tem contrato até dezembro de 2020. Anteriormente, o documento era válido até março de 2018. O clube alvinegro conta com 50% dos direitos do atleta gaúcho.







Corinthians renova com lateral esquerdo Gulherme Arana, volantes Maycon, Marciel e  goleiro Caíque
6/03/2017 17h44

O Corinthians resolveu se resguardar contra possíveis assédios vindos de clubes do exterior e estendeu seu vínculo com quatro promessas das suas categorias de base que estão no profissional. Além do lateral-esquerdo Guilherme Arana e do volante Maycon, titulares do técnico Fábio Carille, o Alvinegro também assinou novo contrato com o goleiro Caíque França e o volante Marciel, todos com razoável aumento salarial e consequente aumento no valor da multa rescisória.

A maior extensão se deu para o arqueiro, atualmente na reserva de Cássio e que já atuou em uma partida oficial pelo clube, no ano passado. O jovem goleiro Caíque, que treina entre os profissionais desde os 16 anos de idade após jogar a Copinha de Futebol Júnior, em 2013, estava assegurado no clube apenas até o final deste ano, mas prorrogou o seu vínculo até dezembro de 2020.

Logo depois vem o volante Maycon, destaque nas categorias de base em 2015, com gol do Corinthians eneacampeão da copinha emprestado para a Ponte Preta no ano passado e titular da Seleção brasileira Sub-20 no último Sul-Americano da categoria. Com moral após as boas atuações nos clássicos contra Palmeiras e Santos, ele renovou seu vínculo, que anteriormente iria até fevereiro de 2019, para dezembro de 2021.
Marciel, que também foi cedido por empréstimo no ano passado, passando pouco mais de seis meses no Cruzeiro, assinou vínculo até dezembro de 2020. O jovem foi promovido para o profissional em 2015 e logo de cara fez parte da campanha do hexacampeonato, marcando até gol na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense. O contrato antigo terminaria em março de 2018.

Talvez o mais badalado do quarteto, Guilherme Arana era também o que tinha contrato mais longo já assinado, até o final de 2019, assegurado logo após sua boa participação no título brasileiro de 2015. Dono da posição com a saída de Uendel, Arana agora tem vínculo válido até dezembro de 2021.








Timão valoriza jovens e renova com Guilerme Arana, Caíque, Maycon e Marciel



Guilherme Arana tem contrato agora até o fim de 2021Reprodução/Twitter

Goleiro reserva Caíque também teve contrato renovadoReprodução/Twitter

Maycon assinou renovação contratual com o Timão nesta segundaReprodução/Twitter

Marciel prorrogou contrato até o fim de 2020Reprodução/Twitter


LANCE! - 06/03/2017 - 17:46
O Corinthians anunciou quatro renovações de contrato em uma "tacada" só. Nesta segunda-feira, os jovens Caíque, Guilherme Arana, Marciel e Maycon assinaram novos vínculos com o Timão e receberam aumento salarial.

Titulares neste início de temporada, o lateral Guilherme Arana e o volante Maycon, ambos de 19 anos, têm os contratos mais extensos, com validade até o fim de 2021. Antes os vínculos iam até 2019.

Já os goleiro e o volante, ambos de 21 anos, tiveram seus contratos prorrogados até dezembro de 2020.

Marciel acertou a permanência no clube depois de trocar de empresário. Seu antigo agente tinha um litígio com o Corinthians e chegou a ser proibido de frequentar o CT Joaquim Grava.
O próximo a ser valorizado pelo Corinthians é o atacante Pedrinho, promovido no último mês ao elenco profissional do clube.
















Atacante Pedrinho dá susto em treino do Corinthians marcado por quarteto de ‘medalhões’ entre os reservas
Jovem da categoria de base do Corinthians sofreu uma pancada no tornozelo direito e precisou receber atendimento médico em campo. Após isso, deixou o treinamento para ser poupado
Pedrinho deu susto durante sessão de treinamentos e deixou o gramado (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
6/03/2017 14h49
O Corinthians se reapresentou no CT Joaquim Grava na manhã desta segunda-feira (6 de março), dois dias após vencer o jogo sobre s7os por 1x0 na Arena Corinthians. Apenas os jogadores considerados reservas trabalharam no gramado – entre eles, estavam os meias Guilherme, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, recém-recuperados de lesões, e Marlone, livre de uma virose, todos a disposição, enquanto a grande joia da categoria de base alvinegra, Pedrinho, deu susto.

No final da movimentação, observada de perto pelo pai do centroavante inglês naturalizado turco Kazim, o jovem atacante Pedrinho sofreu uma pancada no tornozelo direito e precisou receber atendimento médico em campo. Integrante do Corinthians recentemente decacampeão da copinha em janeiro deixou o treinamento em seguida, por precaução.

Dois jogadores que estão sob os cuidados do departamento médico e começam a apresentar sinais de melhora são o goleiro Walter e o meia Danilo, que trabalharam isoladamente no gramado. O novato meia Rodrigo Figueiredo e o atacante Luidy também fizeram exercícios à parte em determinado momento, supervisionados pelo preparador físico Walmir Cruz.

Com os meias à disposição para o jogo contra o Luverdense, na noite de quinta-feira, pela Copa do Brasil, a comissão técnica do Corinthians dividiu os suplentes corintianos para uma atividade coletiva nesta manhã. Os titulares realizaram trabalho regenerativo nas dependências internas do CT, onde o aniversário de 30 anos do volante Paulo Roberto foi festejado com um bolo.

Um dos times teve a seguinte formação de linha (os goleiros se revezaram entre as equipes): Guilherme Mantuan, Léo, Paulo Roberto e Moisés; Cristian, Marciel, Bruno Paulo, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Kazim. No outro, estavam: Léo Príncipe, Warian, Pedro Henrique e Mendoza; Camacho, Fellipe Bastos, Léo Jabá, Guilherme e Marlone; Pedrinho.























Corinthiano atacante Jô: "Estou feliz, fazer gols em clássicos é sempre importante"

Em entrevista coletiva, o atacante falou também sobre entrosamento e o trabalho do técnico Fábio Carille


12h00 06/03/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


Na manhã desta segunda-feira (06), no CT Dr. Joaquim Grava, o elenco corinthiano se reapresentou após a vitória sobre Santos. Depois do treinamento que marcou a abertura da preparação para o duelo diante do Luverdense pela Copa do Brasil, o atacante Jô, que marcou o gol da vitória no clássico, concedeu entrevista coletiva.

"Estou feliz, fazer gols em clássicos é sempre importante. Na minha primeira passagem só tinha feito contra o Palmeiras, agora já fiz em dois. É dar parabéns ao grupo, que está em crescimento, isso é mérito de todos. Mas fico feliz por fazer gols, isso é importante", disse o camisa 7.

"É boa, tranquila, pós-clássico, tendo vitórias como a nossa, você chega para trabalhar com sorriso no rosto, já sabendo que tem uma decisão na quarta. Precisamos trabalhar essa parte psicológica, em campo também está sendo feito", continuou o atacante após ser questionado sobre a segunda-feira pós-vitória no clássico.

O atacante que já marcou três gols nesta temporada – todos pelo Paulistão – falou também sobre o entrosamento e o estágio de trabalho do elenco corinthiano no primeiro trimestre de 2017.

"É o momento em que as coisas estão começando a dar certo, as coisas estão se encaixando, time está jogando um pouco melhor, os gols estão saindo... Vivemos momento melhor do que nos primeiros jogos, mas eu ainda estou em readaptação ao futebol brasileiro, tenho muito a crescer, já apresentei futebol melhor", falou Jô.

"É começo de temporada, difícil fazer uma análise crítica ou um elogio. A gente podia muito bem chegar aqui no começo do ano e ficar irritado por ver as críticas ou achar que agora é o melhor time do campeonato. Mas a análise tem que ser feita ao final do ano. Estamos numa evolução boa, sabemos o quanto esse grupo está se dedicando, mas é preciso ter a cabeça no lugar e sabermos que estamos em processo de evolução", comentou.

Antes de finalizar, Jô ainda analisou o trabalho do técnico Fábio Carille. Em 2017, o treinador soma 10 jogos, com sete vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

"A filosofia de trabalho do Carille faz com que quem não está jogando não desanime. Ele deixou claro desde o início que não teria 11 jogadores apenas. É claro que alguns atletas jogam mais. Eu aprendi muito na vida, não posso pensar só em mim, mas no grupo. Se for melhor eu ficar no banco, vou trabalhar. Estamos só em março, há muitos jogos pela frente e tenho certeza que a equipe vai evoluir. É trabalhar e ter foco, sempre pensando no grupo", finalizou.










Jô destaca raça do Corinthians e se defende: 'Tenho história no futebol'


Jogador aponta diferença entre postura do Timão em 2016 e nesta temporada. Sobre comparação com atacantes rivais, ele afirma que 'tem que chegar e mostrar seu valor'

Jô balançou as redes em duas vitórias do Corinthians sobre rivais neste ano

Daniel Augusto Jr



O bom início do Corinthians em 2017 se deve não apenas a questões técnicas e táticas, mas também a aspectos comportamentais. É o que afirma o atacante Jô, que apontou diferenças entre o Timão em 2016 e neste início de temporada.

Contratado em novembro do ano passado, o centroavante reestreou apenas neste ano, mas já vinha treinando com o grupo. Para ele, é notório que há mais dedicação e comprometimento do elenco alvinegro:

- Desde o ano passado eu venho acompanhando, conversando com todos. Além do treinamento, é importante ter o entrosamento fora de campo, saber o que o cada jogador pensa, quer. Muito se falava da falta de comprometimento no ano passado, mas hoje já está diferente, todo mundo se dedicando, dando carrinho. Ano passado, por falta de conversa, comunicação, alguns detalhes passaram despercebidos, mas esse ano nós que chegamos de fora complementamos isso. Com o trabalho do Carille, o time está crescendo muito bem - declarou.

Jô balançou as redes contra dois rivais que o Timão venceu neste Paulistão, no Derby e contra s7os, e em ambos os jogos garantiu a vitória por 1 a 0.

- Eu ainda não vi no futebol, nem nunca vou ver, um time ganhar só no papel. Tem que chegar ali dentro e mostrar seu valor. Respeito os atacantes dos outros clubes, mas também tenho história no futebol. Quando a bola rola, são 90 minutos para cada um correr atrás do seu. Não é só falar, tem que mostrar, e o Corinthians está mostrando isso - opinou.






Com defesa sólida, técnico Fábio Carille tem planos para melhorar ataque do Corinthians

Técnico admite que sistema ofensivo precisa melhorar e diz que usará pelo menos dois meias por partida. Rodriguinho e Jadson são as principais opções para a armação

Após solidificar zaga, técnico Fábio Carille quer melhorar sistema ofensivo do Timão, diz que usará pelo menos dois meias. Rodriguinho e Jadson são as principais opções. Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto também são opções
(Foto: Daniel Augusto Jr)
Guilherme Amaro
06/03/2017
07:00

Em nove jogos oficiais nesta temporada, o Corinthians foi vazado em apenas dois. Com esse bom retrospecto, o técnico Fabio Carille valoriza a solidez defensiva, mas admite que o ataque precisa melhorar.

O treinador faz planos para o sistema ofensivo e disse que sempre usará pelo menos dois meias. A ideia de Carille é continuar escalando a equipe no 4-1-4-1, sendo Rodriguinho e Jadson os principais responsáveis pela armação das jogadas. Ele ainda citou Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel como opções.

- Eu havia dito lá no início da temporada que a equipe sob o meu comando seria bem organizada defensivamente, compacta, que sofre poucos gols. A prioridade era, sim, arrumar a defesa primeiro e, então, aos poucos, ir ajustando o restante dos setores um a um, com calma - explicou Fabio Carille.

- Só sofremos gols em dois jogos oficiais, e isso é uma marca que tem de ser valorizada. Não estamos tendo muito tempo para trabalhar, mas o nosso maior foco atualmente é melhorar a parte ofensiva - admitiu o treinador.

O Corinthians tem média um gol por jogo nesta temporada. Na única partida em que marcou três vezes, o Timão foi escalado no 4-4-2. Carille, porém, prioriza o 4-1-4-1 e tem o 4-2-3-1 como segunda opção.

Apesar do desejo de usar pelo menos dois meias, Carille não tem nem relacionado Guilherme para as partidas. Ele participou apenas de dois jogos na temporada, entrando no segundo tempo contra Caldense e Santo André.

- Eu tinha Jadson, Rodriguinho, Giovanni, que está em melhor condição, e Camacho, que vejo como um cara de bom passe. Foi a montagem para o jogo, e deixar o Guilherme fora foi opção - afirmou o treinador, após o clássico contra o Santos.

Já Marquinhos Gabriel voltará a ficar à disposição para a próxima partida. Ele está recuperado de um estiramento muscular na coxa direita sofrido no confronto com o Santo André, no dia 11 de fevereiro.

- Ele falou que estava um pouco sem confiança na perna direita, estava evitando chutar no treino. Falou que precisava se preparar melhor para a partida - disse Carille.








Técnico corinthiano, Fábio Carille, vai com titulares na Copa do Brasil e dará descanso em Campinas

Tomás Rosolino -



06/03/2017 07:27:38
Técnico do Corinthians tenta administrar a condição física do seu elenco para aguentar a sequência de jogos (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O Corinthians completou no último sábado uma sequência de nove jogos disputados em apenas 28 dias, coroada com uma vitória por 1 a 0 sobre s7os, na Arena Corinthians, a segunda dos dois clássicos que teve pela frente. Mesmo com a série difícil, porém, o técnico Fábio Carille descartou dar qualquer descanso para os jogadores na partida da quinta-feira, quando o Corinthians joga fora de casa contra o Luverdense, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Agora diante de um mata-mata, diferentemente das duas primeiras eliminatórias da competição, disputadas em jogo único, o comandante não vê necessidade de usar ainda mais a rotação de jogadores do elenco. Para ele, o fato de ter cinco dias de distância entre a vitória do Corinthians sobre s7os no sábado e a partida na Arena Pantanal ajuda na recuperação dos jogadores.

“No jogo do Pantanal tem quatro dias de folga, então eu vou com o que tiver de melhor. É sábado para quinta”, afirmou o treinador corinthiano, que até o momento escalou o zagueiro Pablo e o volante Gabriel em todos os jogos oficiais que teve na temporada.

O meio-campista, a princípio, espera o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), que será realizado nesta segunda-feira, para saber se terá de cumprir suspensão no final de semana, contra a Ponte Preta, pelo Paulista. Para o torneio nacional, no entanto, ele está liberado e deve seguir atuando sem descanso.

“Temos nome como o Pablo, que está indo para o décimo jogo seguido, então tem que ter alguns cuidados. Contra a Ponte que a gente deve pensar em alguma coisa”, comentou o comandante, que, com os 18 pontos conquistados nas sete primeiras rodadas, ganhou um descanso na briga para passar à próxima fase.

O desafio, desse jeito, será passar pelo time mato-grossense e assegurar posto na quarta fase da Copa do Brasil, última antes da entrada dos times que disputam a Libertadores. Para isso, Carille conta com o entrosamento dos meias Jadson e Rodriguinho, que mais uma vez devem atuar lado a lado.

O camisa 77, por sinal, foi outro que chamou atenção no ponto de vista físico. Tido como um nome para atuar por apenas 70 minutos frente ao Santos, ele completou a partida e deu a oportunidade ao técnico de trocar os atletas mais cansados em campo.

“Fiquei animado, mas já tenho uma certa experiência de que não é no primeiro jogo que pesa, é mais na sequência. Primeiro, segundo você suporta e vai sentir lá na frente”, ressaltou Carille, que não quer correr o risco de, assim como fez na sofrida classificação frente ao Brusque, jogar sem um armador.

“Em Brusque jogamos sem meia, Giovanni voltando, Jadson buscando forma, Rodriguinho machucado e a gente sofreu. Eu sempre vou tentar ter dois meias jogando, são jogadores que direcionam o jogo, a bola passa e eles têm a paciência de achar o melhor passe”, concluiu.



06/03/2017 12h07
Em treino de reservas no Corinthians, jovem meia Pedrinho leva pancada e deixa campo mais cedo
Meia-atacante do Corinthians sente dores no tornozelo direito, mas retoma trabalho na academia. Garoto vem sendo muito elogiado por Fábio Carille


Por Carlos Augusto Ferrari e Marcelo Braga
Integrante do Corinthians decacampeão da Copinha jrs em 2017 e integrado aos profissionias, o meia-atacante Pedrinho deu um susto durante o treino do Corinthians, nesta segunda-feira pela manhã, no CT Joaquim Grava.

O garoto, de 18 anos, levou uma pancada no tornozelo direito e precisou de atendimento médico no gramado. Ele ainda tentou continuar na atividade, mas voltou a sentir dores e pediu para sair. Apesar disso, Pedrinho retornou para os vestiários e em seguida já seguiu para um complemento físico na academia.

Pedrinho vem sendo muito elogiado pelo técnico Fábio Carille pelo desempenho nos treinos e pode ganhar uma chance de atuar em breve. Ele não está inscrito no Campeonato Paulista, mas pode participar dos jogos na Copa do Brasil.

Pedrinho sai mancando (Foto: Marcelo Braga)
Fabio Carille colocou em campo nesta segunda-feira os jogadores que não atuaram na vitória do Timão sobre s7os, no último sábado.

Marquinhos Gabriel, Guilherme e Marlone treinaram normalmente e estão à disposição para defender o Corinthians contra Luverdense, quinta-feira, às 21h30, em Cuiabá, pela Copa do Brasil.
Boa parte dos atletas que estiveram em campo no treino, aliás, deve jogar pelo Corinthians contra a Ponte Preta, domingo, em Campinas.

Por conta do desgaste físico pela sequência de jogos, o treinador planeja dar descanso aos titulares que atuarem em Mato Grosso.








Corintiano Jô avisa: “Não vi ninguém ganhar só no papel”
Herói do Corinthians em dois clássicos, atacante destaca comprometimento da equipe no bom início de ano e valoriza a própria história no futebol

Por Carlos Augusto Ferrari
Jô voltou ao Corinthians no segundo semestre do ano passado para ser a referência do ataque. Ele fez três gols no ano, sendo todos decisivos para vitórias do Corinthians e dois destes em vitórias sobre rivais.

Além de ser decisivo nos jogos maiores, Jô comemora também o bom início de temporada do Timão. A equipe dirigida por Fábio Carille tem a melhor campanha do Paulistão e está na terceira fase da Copa do Brasil. Rendimento surpreendente para um clube que investiu bem menos do que alguns rivais.

Respeito todos os atacantes que chegaram aos clubes, mas também tenho uma história no futebol

Jô, do Corinthians

– No futebol, eu ainda não vi ninguém ganhar só no papel, de extracampo. Tem de chegar ali dentro e mostrar o seu valor. Respeito todos os atacantes que chegaram aos clubes, mas também tenho uma história no futebol. Não só eu, mas o time está se dedicando. Não é só falar. O Corinthians está mostrando isso – afirmou.


Jô lembra ainda que mudança no comportamento dos jogadores foi decisiva para que o Corinthians desse uma resposta logo nas primeiras partidas do ano. Até agora, foram nove vitórias, dois empates e um revés.

Jô, em entrevista coletiva (Foto: reprodução/vídeo)

– Todo mundo dando carrinho, correndo. Ganhando de 1 a 0? Sim, mas não tomando gol. São detalhes que no ano passado por falta de conversa acabaram passando. Neste ano, nós, que víamos de fora isso, estamos complementando. Carille faz trabalho sensacional – ressaltou.
Com mais um gol decisivo para vitória do Corinthians, Jô provavelmente será mantido para enfrentar o Luverdense, quinta, às 21h30, em Cuiabá, pela Copa do Brasil.

– É o momento em que as coisas começam a dar certo, estão se encaixando. O time está jogando melhor. Mas ainda estou em processo de readaptação ao futebol brasileiro. Já apresentei um futebol melhor e tenho muito a melhorar. 










Corinthiano volante reserva Paulo Roberto completa 30 anos de idade nesta segunda

Emprestado ao Corinthians no começo da temporada, o volante já vestiu o manto Alvinegro em quatro partidas neste ano


09h00 06/03/2017 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Nesta segunda-feira (06), o volante Paulo Roberto faz aniversário e completa 30 anos de vida. Após passagem pelo Sport, o jogador foi emprestado pelo Grêmio Osasco no início da temporada e participou de quatro partidas neste ano vestindo o manto Alvinegro.

O Sport Club Corinthians Paulista deseja um feliz aniversário para Paulo Roberto!






Corinthiano atacante Jô: "Estou feliz, fazer gols em clássicos é sempre importante"

Em entrevista coletiva, o atacante falou também sobre entrosamento e o trabalho do técnico Fábio Carille


12h00 06/03/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


Na manhã desta segunda-feira (06), no CT Dr. Joaquim Grava, o elenco corinthiano se reapresentou após a vitória do Corinthians sobre s7os. Depois do treinamento que marcou a abertura da preparação para o duelo do Corinthians contra o Luverdense pela Copa do Brasil, o atacante Jô, que marcou o gol da vitória no clássico, concedeu entrevista coletiva.

"Estou feliz, fazer gols em clássicos é sempre importante. Na minha primeira passagem só tinha feito no Derby, agora já fiz em dois. É dar parabéns ao grupo, que está em crescimento, isso é mérito de todos. Mas fico feliz por fazer gols, isso é importante", disse o camisa 7.

"É boa, tranquila, pós-clássico, tendo vitórias como a nossa, você chega para trabalhar com sorriso no rosto, já sabendo que tem uma decisão na quarta. Precisamos trabalhar essa parte psicológica, em campo também está sendo feito", continuou o atacante após ser questionado sobre a segunda-feira pós-vitória no clássico.

O atacante que já marcou três gols nesta temporada – todos pelo Paulistão – falou também sobre o entrosamento e o estágio de trabalho do elenco corinthiano no primeiro trimestre de 2017.

"É o momento em que as coisas estão começando a dar certo, as coisas estão se encaixando, time está jogando um pouco melhor, os gols estão saindo... Vivemos momento melhor do que nos primeiros jogos, mas eu ainda estou em readaptação ao futebol brasileiro, tenho muito a crescer, já apresentei futebol melhor", falou Jô.

"É começo de temporada, difícil fazer uma análise crítica ou um elogio. A gente podia muito bem chegar aqui no começo do ano e ficar irritado por ver as críticas ou achar que agora é o melhor time do campeonato. Mas a análise tem que ser feita ao final do ano. Estamos numa evolução boa, sabemos o quanto esse grupo está se dedicando, mas é preciso ter a cabeça no lugar e sabermos que estamos em processo de evolução", comentou.

Antes de finalizar, Jô ainda analisou o trabalho do técnico Fábio Carille. Em 2017, o treinador soma 10 jogos, com sete vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

"A filosofia de trabalho do Carille faz com que quem não está jogando não desanime. Ele deixou claro desde o início que não teria 11 jogadores apenas. É claro que alguns atletas jogam mais. Eu aprendi muito na vida, não posso pensar só em mim, mas no grupo. Se for melhor eu ficar no banco, vou trabalhar. Estamos só em março, há muitos jogos pela frente e tenho certeza que a equipe vai evoluir. É trabalhar e ter foco, sempre pensando no grupo", finalizou.






Meia de 18 anos, Pedrinho se destaca em treinos e ganhará valorização no Corinthians

Diretoria espera uma pausa na maratona de jogos para apresentar um novo contrato ao meia-atacante de 18 anos. Atual vínculo vai até o fim de 2018 e tem multa de R$ 40 milhões


Pedrinho,18anos, tem se destacado nos treinos
(Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
(Foto: Agência Corinthians)

Pedrinho fez cinco gols na Copinha, onde integrou o Corinthians decacampeão 

Pedrinho teve cabelo raspado quando subiu ao profissional 
(Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
(Foto: Agência Corinthians)
Guilherme Amaro
06/03/2017
06:00

A diretoria do Corinthians planeja valorização no contrato de Pedrinho, que tem apenas 18 anos. O jovem meia-atacante subiu ao elenco profissional após  integrar o Corinthians decacampeão Copinha de Futebol Júnior e tem se destacado nos treinos no CT Joaquim Grava.

Durante a disputa da Copinha, os representantes do jogador foram informados de que um olheiro do Barcelona (ESP) colheu dados de Pedrinho. O Corinthians quer um novo vínculo para o meia-atacante, já que o atual termina no fim de 2018 e tem multa de "apenas" R$ 40 milhões. A diretoria espera uma pausa na maratona de jogos para apresentar um novo contrato.

Pedrinho não está inscrito no Campeonato Paulista, mas foi relacionado pela primeira vez no jogo que o Corinthians se clasificou sobre o Brusque, pela Copa do Brasil. O meia-atacante pode integrar o grupo que viaja para Cuiabá, para a partida do Timão contra do Luverdense, quinta-feira, novamente pela Copa do Brasil.

- Na minha opinião, o Pedrinho não tem que ganhar nada na parte física, ele é isso, é franzino, não temos que inventar e fazer o moleque ficar forte. Ele tem trabalhado bem, tem qualidade na parte técnica, personalidade, chegou aqui solto, pedindo bola. O quanto antes (vamos usá-lo). Não está inscrito no Paulista, mas está na mesma situação dos outros garotos - afirmou o técnico Fabio Carille.

O Corinthians tem 70% dos direitos econômicos de Pedrinho. Além do meia-atacante, subiram ao profissional após a Copinha o volante Mantuan e o atacante Carlinhos, que já haviam integrado o elenco principal no fim de 2016.