5 de fev de 2017

CORINTHIANS 05/02/2017

CORINTHIANS AMANHÃ FAZ JOGO TREINO
06/02 - Segunda-feira

9h30 - Jogo-treino - Corinthians x Atibaia


CORINTHIANOS ZAGUEIRO LÉO, VOLANTE MAYCON E ATACANTE LÉO JABÁ PARTICIPARA DE VITÓRIA DA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 POR 1X0 sobre venezuela, pelo sul americano sub 20 e segue briga por vaga no Mundial 21h


CORINTHIANO VOLANTE MAYCON SUBSTITUIDO AOS 27'2º TEMPO EM JOGO COM SEL BRAS SUB 20 POR SUL AM CONTRA VEN



CORINTHIANO ATACANTE LÉO JABÁ ENTRA EM CAMPO AOS 25'2ºT EM JOGO DA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 PELO SUL AMERICANO DA CATEGORIA CONTRA VENEZUELA 20H27








CORINTHIANOS ZAGUEIRO LEO E VOLANTE MAYCON ESTÃO EM CAMPO COM SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 20 POR SUL AMERICANO DA CATEGORIA CONTRA VENEZUELA. OUTROS CORINTHIANOS, ATACANTE LÉO JABÁ, ESTÁ NO BANCO E LATERAL ESQUERDO GUILHERME ARANA ESTÁ CONTUNDIDO. 19H






Técnico corinthiano Fábio Carille analisará desgaste, mas não quer mudar Corinthians para quarta

Corinthians enfrenta a Caldense, quarta-feira, às 21h45, em Poços de Caldas, pela primeira fase da Copa do Brasil. Estreia com vitória no Paulistão desgastou por causa do campo pesado


LANCE!

5 FEV2017
07h37
atualizado às 07h37
A estreia do Corinthians com vitória no Campeonato Paulista causou desgaste nos jogadores por conta do campo pesado após a forte chuva que caiu em Sorocaba. O Timão, porém, não terá muito tempo de recuperação, já que enfrenta a Caldense, quarta-feira, em jogo único da Copa do Brasil.

Depois da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o São Bento, o técnico Fabio Carille disse que pretende manter a equipe para a próxima partida. No entanto, o treinador ainda analisará o desgaste dos jogadores.

- Vamos aguardar, alguns jogadores saíram desgastados, eles se reapresentam na segunda-feira, mas a tendência é manter o time na quarta-feira - afirmou Carille.

Os jogadores terão folga neste domingo e voltam a treinar na segunda-feira, às 9h30, no CT Joaquim Grava. A atividade será um jogo-treino contra o Atibaia. Na terça de manhã, o elenco viaja para Poços de Caldas e treina às 17h no Estádio Ronaldão.

Corinthians e Caldense se enfrentam na quarta-feira, às 21h45, no Estádio Ronaldão. O Timão tem a vantagem do empate para avançar à segunda fase da Copa do Brasil.


Corinthians venceu o São Bento na estreia do Paulistão (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena)





Goleiro corinthiano Cássio elogia marcação do time em vitória e promete: "Terei um grande ano"


Tomás Rosolino

5 FEV2017
08h02
atualizado às 08h02

O goleiro Cássio começou mais um ano como titular absoluto do Corinthians e com vitória. Ele vê na temporada 2017 uma motivação diferente das últimas cinco em que esteve à frente do Alvinegro. Após ir para o banco de 2016 e só se estabelecer na meta tranquilamente por causa de uma lesão de Walter, o camisa 12 acredita que aprendeu bastante com o tempo passado entre os reservas nos últimos meses.

"Eu tinha que me dedicar mais", afirmou o jogador após a vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o São Bento, no sábado, na estreia do Timão em competições oficiais no ano.

Contente pelos bons números apresentados, o camisa 12, que esteve em campo em 180 desses 270 minutos anteriores, avaliou a melhor produção defensiva como um resultado não só da chegada de jogadores como Pablo e Gabriel, mas também de uma maior dedicação do restante da equipe.

"Precisa de todo mundo na hora da marcação. Quando a gente foi melhor defesa e ganhou títulos não foi goleiro, não foi linha de quatro na defesa, foi todo mundo que se dedicou para que a gente não fosse vazado. Se a gente não toma gol, a chance de ficar perto da vitória é grande. Precisamos apenas de uma bola, um pênalti, como foi dessa vez", avaliou Cássio.

Demonstrando bastante sinceridade para tratar da má fase vivida em 2016, Cássio se disse muito grato ao Timão por ter chegado onde chegou. "Tenho muita coisa a contribuir aqui, sou muito grato ao Corinthians por tudo o que o clube me deu, tudo que fez por mim, mas algumas coisas passam e você tem que admitir que você precisa melhorar. Tenho certeza que eu terei um grande ano com a cabeça boa e bem preparado", prometeu, antes de explicar seus objetivos.

"A minha mentalidade é importante para que isso aconteça, independentemente de quem seja o treinador que vai apostar em mim. Acho que o que mais vale mesmo é a minha mentalidade de querer melhorar, querer voltar a ser o melhor. Quero que, quando falarem em melhores goleiros do país, meu nome esteja lá. E sei que isso tem que partir de mim. Se eu não me empenhar, não tem jeito", concluiu.






 05/02/2017 07h10

Análise: defesa sustenta Corinthians em vitória na estréia, mas reformulação demanda paciência


Por Leonardo Lourenço

Início de temporada, gramado encharcado, equipe reformulada... Obviamente o Corinthians venceu com futebol regular o São Bento,  por 1 a 0, em Sorocaba, na estreia das equipes no Campeonato Paulista desta temporada.

Moisés: lateral firme na defesa do Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

O mantra no Parque São Jorge deve ser "paciência"

O técnico Fábio Carille tem um plano, mas ele precisa de tempo para que as coisas engrenem – e terá um bom reforço quando Jadson puder ser utilizado, provavelmente apenas em março.

A defesa será o suporte da reformulação corinthiana. Com o reforço do zagueiro Pablo, do lateral Moisés e do volante Gabriel, além de Cássio, Balbuena e Fagner, mantidos no time


Em Sorocaba, o São Bento só apertou depois do gol de Jô, aos 9 minutos do segundo tempo. Cássio fez boa defesa em chute de Marcelo Cordeiro, Magrão chegou atrasado em cruzamento perigoso, Itaqui assustou em falta cobrança de falta. Nada que manchasse a atuação defensiva alvinegra.

O ataque promete dar mais trabalho a Carille. A formação não deve mudar nos próximo jogos, com Marlone pela esquerda, Jô no centro e Giovanni Augusto na esquerda. Na estreia do Paulista, Rodriguinho esteve apagado e falhou no papel de articulador.

Foram poucas chances e um gol marcado em pênalti que gerou reclamações dos atletas do São Bento. Jô caiu dentro da área numa disputa com Pitty, que empurrou o atacante corinthiano – veja abaixo.
Espera-se uma melhora da equipe na próxima quarta-feira (8), quando Corinthians joga contra a Caldense, pela Copa do Brasil. Carille terá que superar as armadilhas dessa partida. O duelo em jogo único é eliminatório, de cara. Fora de casa, em Poços de Caldas (MG) o Corinthians joga até pelo pelo empate para passar à segunda fase, de acordo com as novas regras do torneio.







05/02/2017 09h35

Sem tirar o pé: com raça, volante Gabriel tem início intenso no Timão
 Na estreia do Paulistão, deixou o campo sangrando: "Marcas da vitória"


Por Emilio Botta

Se Fábio Carille queria um time com maior pegada no meio-campo para elevar o nível da defesa do Corinthians, que sofreu só um gol em quatro partidas em 2017, o técnico tem em Gabriel um símbolo de marcação. Ainda em adaptação, o volante


Titular em todos os jogos da temporada, o novo camisa 5 já acumula três cartões amarelos.

Gabriel deixou Sorocaba com a canela sangrando (Foto: Emilio Botta)

Foi advertido com cartão amarelo contra São Bento, na vitória do Corinthians por 1 a 0 no sábado, ao parar a jogada segurando Giovanni.

– Pode ser um pouco de excesso de vontade, até pelo começo da temporada, não estar 100% para chegar preciso em todas as bolas. Acredito que com a parte mental e física melhorando isso vai diminuir. Nunca fui expulso, nunca prejudiquei a minha equipe –

Aos 24 anos e cheio de vigor físico, o jogador tem caído nas graças da torcida. Também pela raça demonstrada dentro de campo. Em Sorocaba, saiu com a canela direita sangrando. Mesmo assim, diz que estará em campo na quarta-feira.

– Foi uma dividida no fim do jogo em que levei a pior. Está doendo muito, mas isso não preocupa para o próximo jogo (contra a Caldense, pela Copa do Brasil). São as marcas da vitória.



Corinthians parabeniza Carlitos. Integrante do Corinthians Pentac
ampeão brasileiro em 2005. Carlitos Tevez completa 33 anos neste domingo

Primeiro gol do atacante argentino pelo Corinthians também foi marcado no dia do aniversário dele, há 12 anos


06h00 05/02/2017 - Agência Corinthians




Atacante argentino vestiu a camisa do Corinthians em 78 oportunidades, tendo marcado 46 gols

Arquivo Placar


Um dos grandes ídolos recentes da história do Corinthians, o atacante argentino Carlitos Tevez faz aniversário neste domingo (05). O ex-camisa 10 alvinegro completa 33 anos de idade.

Tevez foi o líder da equipe corinthiana que conquistou o tetracampeonato brasileiro em 2005. Naquela campanha, marcou 20 gols e foi eleito o melhor jogador do Brasileirão.

Conhecido por aliar raça e técnica em grandes doses, Carlitos se tornou ídolo instantâneo da Fiel mesmo jogando pouco mais de um ano com a camisa do Corinthians, com postura de humildade e muita determinação. O argentino é o segundo maior artilheiro estrangeiro da história do clube do Parque São Jorge, com 46 gols em 78 jogos entre 2005 e 2006.

Primeiro gol no dia do aniversário

Uma curiosidade da passagem de Tevez pelo Corinthians tem a ver com o aniversário dele e o primeiro gol pelo Timão. Depois de fazer dois jogos com a camisa alvinegra, Carlitos enfim balançou as redes contra a Internacional-SP, em Limeira, pelo Campeonato Paulista de 2005, justamente no dia 05 de fevereiro.

Ao completar 21 anos, Tevez fez o segundo gol da vitória por 2 a 0 sobre o Internacional-SP, em um sábado de Carnaval. Após receber passe de Dinelson, Carlitos dominou e girou chutando. Com a bola nas redes, o argentino dançou a cumbia pela primeira vez no Timão, em uma cena que se tornaria característica nas partidas seguintes.

Há 12 anos, Tevez marcava o primeiro gol pelo Corinthians

Atacante argentino vestiu a camisa alvingra em 78 oportunidades, tendo marcado 46 gols


06h00 05/02/2017 - Agência Corinthians




Atacante argentino vestiu a camisa alvingra em 78 oportunidades, tendo marcado 46 gols

Arquivo Placar


No dia 05 de fevereiro de 2005, 12 anos atrás, Carlitos Tevez marcou pela primeira vez com a camisa alvinegra em vitória por 2 a 0 sobre o Internacional de Limeira, pelo Campeonato Paulista. Na terceira partida pelo Corinthians, Tevez marcou o segundo gol alvinegro no confronto.

O atacante Jô marcou o outro tento do Timão no jogo, que entrou no gramado do estádio José Levy Sobrinho, o Limeirão, com Fábio Costa; Anderson, Betão e Wendel; Coelho, Édson, Rosinei, Carlos Alberto e Vinícius; Tevez e Jô.

Entre 2005 e 2006, Tevez defendeu o Corinthians em 78 jogos e marcou 46 gols. Sem desistir de nenhuma jogada, caiu rapidamente nas graças da Fiel. Em 2005, foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro, sendo o principal destaque da equipe da conquista do penta.