1 de fev de 2017

CORINTHIANS 01/02/2017






















Corinthians vence amistoso com gol no finalzinho

Gol de Marquinhos Gabriel resolve partida contra a Ferroviária aos 49 minutos do segundo tempo. Na abertura da Arena Corinthians em 2017, público superior a 20 mil e vitória suada

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians 1x0 Ferroviária
Marcello Zambrana/AGIF

Corinthians apresenta elenco
Daniel Augusto Jr

Corinthians apresenta elenco
Daniel Augusto Jr


Gabriel Carneiro
01/02/2017
23:43

O Corinthians apresentou seus jogadores de 2017 na Arena Corinthians para um público próximo de 22 mil pessoas que viu um velho hábito da equipe se repetir: com gol de Marquinhos Gabriel aos 49 minutos do segundo tempo, o Timão venceu a Ferroviária por 1 a 0 na chuvosa noite desta quarta-feira. Ano novo, hábitos velhos... Além disso, o técnico Fabio Carille voltou a utilizar um time diferente em cada etapa. 


Com os titulares o Corinthians teve chance enorme aos seis minutos, quando o goleiro Matheus saiu jogando errado com os pés e Guilherme dominou na entrada da área. O camisa 10  invadiu a área e chutou no cantinho, mas o goleiro se recuperou e fez a defesa. Mais demérito do chutador do que mérito do catador, que fique claro.

Cássio também fez uma boa defesa em chute de Juninho de fora da área e logo depois contou com a sorte em batida de falta de Alan Mineiro. A Ferroviária até dava trabalho, mas o Corinthians é que dominava as ações. A grande chance foi no último minuto. Após escanteio da área, Guilherme cruzou, Jô cabeceou e Matheus agarrou, mas a bola ficou viva. Giovanni Augusto deu um chute sem direção e a sobra ficou com Guilherme, que repetiu o cruzamento. Jô repetiu o cabeceio, mas desta vez para fora.

Na segunda metade da partida vieram os reservas do Corinthians. Pode ser que a Ferroviária tenha cansado, mas a verdade é que o Timão jogou melhor do que no primeiro tempo. Tô falando sério! Logo no comecinho Bruno Paulo ganhou outro presentão do goleiro Matheus, mas bateu para fora, não deu nem trabalho. Caique tentou devolver a gentileza do goleiro adversário deixando uma bola escapar, mas no fim a Ferroviária não conseguiu marcar.

Quase na metade do segundo tempo, Camacho puxou um belo contra-ataque e tocou para Romero, que acabou travado por Jonathan. A sobra ficou nos pés de Bruno Paulo, que novamente ajeitou o corpo para bater e novamente não colocou força suficiente na finalização. Logo na sequência, Marciel lançou Romero em velocidade e o artilheiro da Arena Corinthians perdeu a boa chance. Parecia que não ia sair gol...

Na sequência, rolou uma boa chance de Camacho e outra de Romero, mas a rede só balançou aos 49 minutos do segundo tempo, quando Camacho recebeu na área, girou e cruzou para Marquinhos Gabriel, que bateu firme e fez um belo gol para explodir as arquibancadas.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 ferrr
amistoso
Local: Arena Corinthians
Data-Hora: 1/2/2017 - 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Evandro de Melo Lima
Público/renda: 21.956 pagantes/R$ 365.603,00
Cartões amarelos: Patrick (FER)
Cartões vermelhos: -
Gols: Marquinhos Gabriel (49'/2ºT) (1-0)

CORINTHIANS: Cássio (Caíque, no intervalo), Fagner (Léo Príncipe, no intervalo), Balbuena (Vilson, no intervalo), Pablo (Pedro Henrique, no intervalo) e Moisés (Marciel, no intervalo); Gabriel (Paulo Roberto, no intervalo); Giovanni Augusto (Marquinhos Gabriel, no intervalo), Fellipe Bastos (Cristian, no intervalo), Guilherme (Camacho, no intervalo) e Marlone (Bruno Paulo, no intervalo); Jô (Romero, no intervalo). Técnico: Fabio Carille

ferroviaria: Matheus (César, aos 25'/2ºT), Willian (Raniele, aos 31'/2ºT), Luan (Patrick, aos 25'/2ºT), Leandro Amaro e Sávio (Jonathan Bocão, aos 10'/2ºT); Claudinei (Fabio Souza, aos 25'/2ºT), Flávio (Matheus Bertotto, aos 10'/2ºT), Elder Santana (Bruno Lopes, aos 25'/2ºT), Juninho (Capixaba, aos 10'/2ºT) e Alan Mineiro (Kelvy, aos 25'/2ºT); Leonardo (Tiago Marques, aos 36'/1ºT) (Fernandinho, aos 38'/2ºT). Técnico: Antônio Picoli.







"A gente tem de evoluir", admite Marquinhos Gabriel após vitória do Corinthians sobre Ferroviária

Autor do único gol do amistoso também se mostrou satisfeito por voltar a corresponder dentro de campo: "A gente começa renovado"


00h25 02/02/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite da última quarta-feira (01), o Corinthians venceu a Ferroviária por 1 a 0, em amistoso realizado na Arena Corinthians. Autor do gol da vitória, anotado aos 48 minutos da segunda etapa, o meia Marquinhos Gabriel exaltou a vitória, mas admitiu que a equipe ainda tem o que melhorar.

"Gol importante individualmente, mas coletivamente a gente tem de evoluir. Todo mundo está lutando pelo seu espaço, o professor tem de escolher 11 e os outros têm de brigar", disse o camisa 31 alvinegro.

Apesar da preocupação com o coletivo, o meia se mostrou satisfeito por começar o ano contribuindo com a equipe. "Perdi espaço pelo rendimento do ano passado, cheguei bem e confiante, fui perdendo um pouco isso. Esse ano a gente começa renovado", finalizou Marquinhos Gabriel.










Tecnico corinthiano Fabio Carille pede evolução, mas aprova início de trabalho do Timão em 2017: ''Estou satisfeito''

Técnico do Corinthians esperar completar processo de organização da defesa para depois acertar o sistema ofensivo da equipe


00h50 02/02/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite da última quarta-feira (01), o Corinthians venceu a Ferroviária por 1 a 0, em amistoso realizado na Arena Corinthians. Comandante da equipe alvinegra, o técnico Fabio Carille afirmou que o time precisa evoluir ao longo da temporada. Mesmo assim, está satisfeito com os primeiros passos do Timão em 2017.

"Tem de melhorar muito, mas pela fase de preparação, com 20 dias de trabalho, a expectativa está maior do que a gente esperava. Foi muito bom, estou satisfeito com esse período. O trabalho está sendo muito legal, e a resposta vai ser positiva o quanto antes", disse o treinador alvinegro.

Para Carille, a equipe está consistente defensivamente, mas precisa melhorar na chegada ao ataque. "A gente sempre quer melhorar, desde o ano passado criamos bastante, mas não conseguimos concluir. A cada dia vai melhorar. É organizar atrás, sofrer pouco e agora passar para esse processo de chegar com mais qualidade ao ataque", concluiu.









Cristian recebe homenagem por completar 100 jogos pelo Corinthians

Das mãos do presidente Roberto de Andrade, volante recebeu uma placa e uma camisa por ter alcançado a importante marca


00h40 02/02/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Na noite desta quarta-feira (01), a Arena Corinthians recebeu um amistoso entre Corinthians e Ferroviária. A partida, que também marcou a apresentação do elenco para a temporada 2017, foi especial para um jogador: Cristian. Ao entrar em campo no início do segundo tempo, o volante completou 100 jogos com o manto alvinegro.

Após o duelo, Cristian foi homenageado ainda no vestiário da Arena Corinthians. Das mãos do presidente Roberto de Andrade, o volante recebeu uma placa e uma camisa por ter atingido a marca de 100 partidas com a camisa do Corinthians.

História de Cristian no Timão

O volante chegou ao Corinthians no segundo semestre de 2008. O jogador participou da volta do Timão à elite do futebol nacional, inclusive com a conquista da competição. Mas foi em 2009 que Cristian ganhou a idolatria da Fiel.

Na equipe comandada por Mano Menezes, Cristian era uma das principais peças, com muita capacidade para defender, cobrir espaços e ainda chegar ao ataque com qualidade. Um dos momentos marcantes dele foi no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Paulista de 2009.

Corinthians x5P jogavam no Pacaembu e empatavam por 1 a 1. No fim da partida, Cristian pegou uma bola na intermediária, avançou e chutou de muito longe. A bola estufou as redes, e o gol garantiu uma importante vitória para a caminhada do Timão no Estadual.

Em 2009, o volante integrou o Corinthians campeão paulista e tri da Copa do Brasil. Porém, no início do segundo semestre daquele ano, deixou o clube do Parque São Jorge para jogar no Fenerbahçe, da Turquia.

O jogador ficou no time turco ficou por seis anos, até retornar ao Timão em 2015. Na volta, Cristian conquistou o quarto título como jogador do Corinthians: o hexacampeonato brasileiro. Nos 99 jogos que fez pelo Alvinegro, o volante marcou 10 gols.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.









Com gol no fim, Corinthians vence Ferroviária no primeiro jogo do ano na Arena Corinthians

Alvinegro pressionou a partida inteira, criou grandes oportunidades e, quando parecia que a partida terminaria sem gols, Marquinhos Gabriel marcou para festa da Fiel


23h50 01/02/2017 - Agência Corinthians




Marquinhos Gabriel chuta para fazer o único gol do Corinthians no amistoso contra a Ferroviária

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians




Foi na raça e com gol no fim, mas deu Timão! O primeiro jogo no gramado da Arena Corinthians em 2017 terminou com a vitória do Corinthians sobre a Ferroviária.por 1 a 0, no amistoso disputado nesta quarta-feira (01).

O Timão entrou com duas formações diferentes em cada etapa da partida. Na primeira, a equipe alvinegra entrou com Cassio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel; Fellipe Bastos, 
Giovanni Augusto, Guilherme e Marlone; Jô.

O jogo começou, e o Alvinegro foi para cima do adversário, pressionando a saída de bola e não dando espaços para a Ferroviária sair jogando. Logo aos seis minutos de jogo, o Timão teve a melhor oportunidade de tirar o zero do placar.

Guilherme recebeu a bola dentro da área e bateu colocado, mas o goleiro adversário defendeu. O Corinthians continuou com a marcação alta e incomodou o time visitante. Aos 16 minutos, Moisés tentou de fora da área, e a bola passou com perigo, rente ao travessão.

No fim da primeira etapa, Jô teve uma grande oportunidade. Em bola alçada na área, o camisa 7 do Coringão subiu mais alto do que a zaga e cabeceou forte, dentro da pequena área, mas o goleiro da Ferroviária fez outra grande defesa.

Para o segundo tempo, Fábio Carille optou por mudar os 11 jogadores. A formação do Timão teve Caíque; Léo Principe, Vilson, Pedro Henrique e Marciel; Paulo Roberto; Camacho, Cristian, 
Marquinhos Gabriel e Bruno Paulo; Romero.

Apesar da mudança total nas peças, o Corinthians entrou com a mesma postura ofensiva. Aos 20 minutos, Camacho fez bela jogada no círculo central e lançou Romero. O camisa 11 dominou, entrou na área, mas foi travado no momento do chute. Ainda dentro da área, Bruno Paulo pegou o rebote e tentou colocado, mas mandou nas mãos do goleiro.

Quatro minutos depois, o Timão teve a melhor chance de marcar na segunda etapa. Novamente em lançamento de Camacho para Romero, o paraguaio entrou livre na área, olhou para o goleiro e bateu colocado, mas o número 1 da Ferroviária impediu o grito da Fiel mais uma vez.

Aos 29 minutos, mais uma grande oportunidade para o Coringão. Romero recebeu na ponta esquerda e encontrou Camacho na entrada da área. O meia entrou na área, driblou dois adversários e chutou com perigo, mas a bola passou por cima da meta adversária.

O Timão pressionou durante toda a partida, que parecia fadada a encerrar em um empate sem gols. Mas nos acréscimos da etapa complementar, Camacho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Marquinhos Gabriel. O camisa 31 dominou a bola e mandou uma bomba na diagonal, para abrir o placar e dar a vitória ao Alvinegro.

Após estrear com o pé direito na Arena Corinthians, o Corinthians se prepara para a estreia oficial em 2017. O Timão pega o São Bento pelo Paulistão neste sábado, às 17h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba













Na Arena Corinthians, elenco do Timão é apresentado oficialmente para temporada 2017

Técnico Fábio Carille e Jô mandaram recado pra Fiel durante a cerimônia


21h25 01/02/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


A noite desta quarta-feira (01) começou em grande estilo na Arena Corinthians. Antes de a bola rolar para o amistoso entre Corinthians e Ferroviária, o novo estádio alvinegro foi palco da apresentação oficial do elenco corinthiano para a temporada 2017. Um a um, os jogadores que defenderão o Timão durante o ano foram chamados, entraram no gramado e receberam camisas das mãos de sócios do Fiel Torcedor.

Além dos jogadores, os integrantes da comissão técnica, comandada pelo treinador Fábio Carille, também foram ao gramado. O mestre de cerimônias da noite foi o músico Rappin Hood, que convocou Jô, um dos reforços para a temporada 2017, e o técnico corinthiano para falar aos torcedores presentes e àqueles que acompanharam a apresentação pela página do Corinthians no Facebook (www.facebook.com/Corinthians) ou pelo SporTV 3.

Por fim, jogadores e comissão técnica posaram para foto no centro do gramado. Após a cerimônia, os profissionais prosseguiram o trabalho de pré-jogo para enfrentar a Ferroviária. O amistoso tem início marcado para as 21h45 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela TV Globo (apenas para o estado paulista) e SporTV 2.





Jovens do Corinthians decacampeão da copinha, Carlinhos, Guilherme Mantuan e Pedrinho se apresentarão ao profissional após férias

Os três jogadores foram destaques da campanha do decacampeonato do Corinthians na Copinha de Futebol Júnior


20h20 01/02/2017 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


O Sport Club Corinthians Paulista definiu que, após as férias dadas aos atletas do Corinthians jrs decacampeão da Copinha de Futebol Júnior, além do atacante Carlinhos e do volante Mantuan, o meia Pedrinho também integrará o elenco profissional do Timão.

A decisão foi tomada pela diretoria do futebol profissional juntamente com o treinador Fábio Carille.

O Timão vem revelando e dando oportunidade aos atletas oriundos das categorias de base. Outros exemplos de sucesso são Rivellino (MEI), Wladimir (LAT), Casagrande (ATA), Deco (MEI), Zé Elias (VOL), Cris (ZAG), Sylvinho (LAT), Edu Gaspar (VOL), Kleber (LAT), Julio César (GOL), Ewerton (ATA), Fágner (LAT), Jô (ATA), William (MEI), Dentinho (ATA), Weverton (GOL), Malcom (ATA) e outros 13 jogadores que já fazem parte do elenco profissional na temporada 2017.

Histórico dos atletas:

Natural de Jaú, interior paulista, o atacante Carlinhos foi o artilheiro da Copinha deste ano, com 11 gols marcados em nove partidas. Para ganhar experiência, o atleta de 19 anos esteve integrado ao elenco profissional no fim do ano passado. Guilherme Mantuan, nascido em São Caetano do Sul, tem 19 anos e, no decacampeonato, marcou quatro gols com a camisa alvinegra. Já o meia atacante Pedrinho, natural de Alagoas, fez cinco gols.









Cristian se aproxima da marca de 100 jogos como jogador do Corinthians

Com 99 jogos, 10 gols e quatro títulos com a camisa alvinegro, volante pode chegar à marca centenária de partidas se entrar em campo no amistoso contra a Ferroviária


15h00 01/02/2017 - Agência Corinthians




Cristian chegou ao Timão em 2008, saiu em 2009 e voltou em 2015

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Com duas passagens pelo Corinthians, Cristian está prestes a completar 100 jogos com a camisa alvinegra. O volante chegará à marca centenária se entrar em campo no amistoso do Timão contra a Ferroviária nesta quarta-feira (01), na Arena Corinthians, às 21h45.

O volante chegou ao Corinthians no segundo semestre de 2008. O jogador participou da volta do Timão à elite do futebol nacional, inclusive com a conquista da competição. Mas foi em 2009 que Cristian ganhou a idolatria da Fiel.

Na equipe comandada por Mano Menezes, Cristian era uma das principais peças, com muita capacidade para defender, cobrir espaços e ainda chegar ao ataque com qualidade. Um dos momentos marcantes dele foi no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Paulista de 2009.

Corinthians x5P jogavam no Pacaembu e empatavam por 1 a 1. No fim da partida, Cristian pegou uma bola na intermediária, avançou e chutou de muito longe. A bola estufou as redes, e o gol garantiu uma importante vitória para a caminhada do Timão no Estadual.

Em 2009, o volante foi campeão paulista e da Copa do Brasil. Porém, no início do segundo semestre daquele ano, deixou o clube do Parque São Jorge para jogar no Fenerbahçe, da Turquia.

O jogador ficou no time turco ficou por seis anos, até retornar ao Timão em 2015. Na volta, Cristian conquistou o quarto título como jogador do Corinthians: o hexacampeonato brasileiro.

Nos 99 jogos que fez pelo Alvinegro, o volante marcou 10 gols.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.






Corinthiano volante Fellipe Bastos completa 27 anos nesta quarta-feira
O volante recém contratado pelo Corinthians atuou nas duas partidas que o Timão fez pela Florida Cup, nos EUA


12h20 01/02/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


Contratado recentemente pelo Corinthians para a temporada 2017, o volante Fellipe Bastos faz aniversário nesta quarta-feira (01). O jogador completa 27 anos de vida.

Desde que chegou ao clube do Parque São Jorge, vindo do Al Ain (EAU), o volante atuou nas duas partidas disputadas pelo Timão na Florida Cup, nos Estados Unidos, e deve começar como titular no amistoso contra a Ferroviária na Arena Corinthians, nesta quarta-feira (01), às 21h45.


01/02/2017 17h29

Jadson faz exames e vai assinar contrato de dois anos com CorinthiansEmpresário e Timão chegam a acordo sobre o tempo do vínculo do meia, e contrato deve ser assinado até quinta-feira. Expectativa é que ele prestigie o time em amistoso


Por Marcelo Braga


Jadson volta ao Timão após sair no fim de 2015
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Corinthians e Jadson definiram na tarde desta quarta-feira um contrato de dois anos para o meia. Ele já realizou exames ortopédicos na clínica do médico Joaquim Grava e vai assinar no máximo até esta quinta-feira.


A questão que vinha atrasando a conclusão do acordo era o pedido de Jadson e seu empresário, Marcelo Robalinho, para que o vínculo fosse de três anos. Após várias conversas, as partes acertaram o contrato com o jogadores de 33 anos por duas temporadas.


A expectativa dos torcedores do Corinthians é a de encontrar o futuro reforço na apresentação do elenco na Arena Corinthians, que ocorrerá antes do jogo contra a Ferroviária, às 21h45, no último amistoso de início de temporada. A presença dele, porém, não está confirmada.


O ACERTO DE JADSON


Depois de rescindir contrato com o Tianjin Quanjian, da China, no início do ano, Jadson virou prioridade absoluta no Corinthians. A negociação com o meia, porém, chegou a travar quando ele pediu R$ 650 mil de salários e mais R$ 10 milhões em luvas, valor considerado muito alto. Nos últimos dias, ele topou receber cerca de R$ 450 mil de salários, com mais R$ 4 milhões de luvas diluídas ao longo do vínculo.


Jadson é visto pela comissão técnica como a peça que falta para colocar a equipe em outro patamar. Por conta da experiência e do histórico bastante positivo no clube, o jogador será o ponto de referência durante o processo de reformulação do time.


Assim como com Tite, ele chega para atuar pelo lado direito no esquema 4-1-4-1, setor em que o técnico Fábio Carille ainda não definiu um titular. Romero e Giovanni Augusto foram testados na função durante os jogos da pré-temporada.


Essa será a segunda passagem de Jadson pelo Corinthians. Envolvido na troca com o São Paulo por Alexandre Pato, o meio-campista viveu grande momento em 2015. Na época, recebeu uma oferta milionária do Jiangsu Sainty, da China, mas foi convencido por Tite e pelo então diretor de futebol Sergio Janikian a ficar. O assédio voltou após a conquista do Brasileirão, quando acertou com o Tianjin. Jadson disputou 102 partidas pelo Corinthians e marcou 24 gols.











01/02/2017 17h19
Presidente do Timão detalha conversa com Drogba e nega intermediários
Mesmo tendo assinado um documento endereçado a dois agentes, Roberto de Andrade diz que eles não participaram da negociação
Por GloboEsporte.com
Um dia depois de receber a recusa de Didier Drogba e jogar a toalha pela contratação do astro mundial, o presidente Roberto de Andrade deu sua versão sobre como foi a condução do Corinthians na tentativa de contratação do veterano de 39 anos. Segundo o dirigente, ele mesmo teve três conversas com o jogador da Costa do Marfim durante as semanas de negociação e garantiu que não houve participação de intermediários.
Apesar da oferta ter sido apresentada em carta endereçada aos agentes Gildas Samba e Franck Assunção, que coleciona algumas polêmicas recentes, Roberto disse que nunca falou com os dois.
– Não teve intermediário, as pessoas saem falando, não sei quem é Assunção, quem tratou do assunto fui eu, gostei da ideia, fomos atrás e não deu (...) Nunca foi conversado nada com esse empresário. A pessoa da Inglaterra com quem falamos pediu que fizéssemos esse papel timbrado informando essas pessoas. Porque ele não tem só um representante, tem alguns. Nosso contato foi direto com o jogador – disse Roberto de Andrade, em entrevista ao canal "Esporte Interativo".
Carta Corinthians Drogba (Foto: Reprodução)
Carta com proposta do Timão tem nomes de intermediários (Foto: Reprodução)
Andrade falou ainda sobre a nota emitida pelo clube explicando que a negociação não deu certo e agradecendo ao jogador. O comunicado virou motivo de piada de rivais nas redes sociais.
– As pessoas gostam de comentar sem ter conhecimento. Primeiro se falou que não sei quem estava em Londres (Gustavo Herbetta, ex-superintendente de marketing), o que não era verdade. O torcedor vai se alimentando e acha que o Corinthians errou. Nós tivemos alguns contatos com ele, eu falei com ele três vezes. Na nota oficial, quisemos agradecer pela recepção que ele teve com o convite – afirmou.
Opinião: Corinthians erra na condução do caso Drogba do início ao fim
O dirigente garante que Drogba recebeu bem a proposta do Timão e foi atencioso nas conversas, mas não aceitou porque tem outros projetos.
– Ele ficou muito satisfeito com o convite. Quando conversei a primeira vez, há duas semanas, ele ficou de analisar. Voltamos a falar na semana passada com números e valores, ele ia consultar a família porque tinha outros projetos. Ontem (na última terça) falamos por telefone e ele me disse que ia seguir outro caminho que não o Brasil, mas que ficou contente pelo convite – explicou.
Roberto de Andrade, que promete ainda realizar algumas ações em parceria com a fundação que o jogador possui na Costa do Marfim, disse que nunca sentiu Drogba menosprezando a ideia de jogar no Brasil e de defender a camisa corintiana, teoria que ganhou força entre os rivais.
– Ele sabe o tamanho do Corinthians, sentiu o tamanho do Corinthians. Hoje nada mais é surpresa com as mídias sociais. Ele não nos menosprezou. Fizemos um agradecimento pelas conversas, pela forma como nos tratou, por sua educação.





01/02/2017 13h19

Corinthians acerta empréstimo de volante reserva Jean para o Vasco até dezembro
Com dez minutos somados com a camisa do Corinthians, volante de 22 anos segue para o Rio de Janeiro

Por Felipe Schmidt e Marcelo Braga


Jean atuou por dez minutos pelo Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Com grupo inchado neste início de temporada, o Corinthians começa a acelerar o processo de redução do elenco. Nesta quarta-feira, além de fechar o empréstimo do zagueiro Yago para a Ponte Preta, o Timão acertou a ida do volante Jean para o Vasco, também até dezembro.


Aos 22 anos, o jogador chega ao Rio de Janeiro na quinta-feira para assinar contrato. Os salários do jogador ficarão a cargo do clube carioca.

Contratado do Paraná Clube em setembro, Jean entrou em campo pelo Timão apenas duas vezes, contra Sport e Inter, somando cerca de 10 minutos atuando. Diante das contratações de Gabriel e Paulo Roberto para a posição de primeiro volante, ele perdeu terreno no elenco e resolveu sair.


Com contrato longo com o Corinthians, até 31 de dezembro de 2020, ele chega ao Vasco como uma aposta,







Jadson realiza exames, e Corinthians já prepara anúncio de oitavo reforço

Meia de 33 anos será oficializado como reforço do Timão nas próximas horas. Após acerto de detalhes, ele inicia nova etapa do processo de contratação e pode ir à Arena Corinthians


O Corinthians vai anunciar nas próximas horas a contratação de seu oitavo reforço para 2017, que é o meia Jadson, de 33 anos. Departamento jurídico do clube e representantes do jogador campeão brasileiro de 2015 têm trocado minutas de contrato e acertado detalhes desde a manhã da última terça-feira, quando acordos maiores, referentes a salários, luvas e tempo de contrato, foram encaminhados. O jogador já realiza exames médicos em São Paulo na tarde desta quarta e tem chances de ser anunciado antes do amistoso contra a Ferroviária, na Arena Corinthians. Caso as burocracias não sejam resolvidas a tempo, Jadson será oficializado como reforço do Timão na quinta-feira.

Jadson rescindiu contrato com o Tianjin Quanjian, da China, no dia 16 de janeiro, e desde então o Corinthians trabalha para diminuir as distâncias e acertar a contratação do experiente meia. A pedida inicial de três anos de contrato, R$ 10 milhões de luvas e salários acima do que ele recebia na primeira passagem foi driblada após diversas reuniões. Como outros interessados também esfriaram interesse, como Atlético-MG e Grêmio, o Timão se animou e viu o jogador ceder em todas as exigências para fechar.

O vínculo prestes a ser firmado é de duas temporadas (a discussão sobre a possibilidade de uma renovação automática para 2019 é uma das pendências para o contrato ser assinado), com valor de premiação diluído ao longo do vínculo e salários nos mesmos moldes de 2014 e 2015.

O Corinthians deseja a presença de Jadson em Itaquera na noite desta quarta-feira, mas ainda não há certeza. O meia está em São Paulo, realiza exames na clínica do médico Joaquim Grava e não tem definição sobre a ida à Arena para ao menos participar das festividades de apresentação do novo elenco.

Antes de Jadson, o Corinthians anunciou as contratações de Jô, Kazim, Gabriel, Luidy, Paulo Roberto, Fellipe Bastos e Pablo. O atacante William Pottker, da Ponte Preta, tem acordo próximo.








CORINTHIANS CONHECE DATAS E HORARIO DE JOGOS COPA SUL AMERICANA 2017:

Corinthians x U. de Chile pela Copa Sul-Americana: 
 Ida: 5 de abril, Arena Corinthians, 21h45.
 Volta: 10 de maio, Estádio Nacional, 21h45.














Corinthians guarda a 9 e tenta acordo para garantir Pottker

Clube de Campinas recebeu Lucca, deverá receber Yago e deseja mais um empréstimo para acertar liberação de um dos artilheiros do último Brasileirão. Negociação vai avançar agora
Gabriel Carneiro
01/02/2017
06:40
A diretoria do Corinthians nos últimos dia intensificou negociações com a Ponte Preta para contratar o atacante William Pottker, um dos artilheiros da última edição do Brasileirão. Embora o Timão tenha consciência de que a Ponte endurece as conversas e deseja a manutenção de seu jogador, dois argumentos são utilizados em nome da liberação imediata: o desejo do atacante e a "generosidade" do clube da capital nas negociações.

Além da oferta de R$ 6,7 milhões por 50% dos direitos econômicos, o Corinthians também tem facilitado liberações de jogadores por empréstimo para a Ponte Preta. Lucca foi cedido por um ano e o zagueiro Yago deve ser o próximo. A Macaca também demonstrou interesse em outros jogadores, como os volantes Maycon e Marciel e o atacante Bruno Paulo, mas até o momento nenhuma das conversas evoluiu.

A Ponte Preta rejeitou uma oferta recente do Corinthians pela liberação imediata, mas nos últimos dias foi convencida de que adiar a saída para o meio do ano talvez não seja bom negócio. Isso porque o clube de Campinas disputa duas competições que o Timão também está (Copa do Brasil e Copa Sul-americana), e utilizar William Pottker em alguma delas inviabilizaria sua inscrição pelo Corinthians. O jogador deseja a transferência, manifestou o interesse aos seus empresários e à Macaca e aguarda a definição.

Hoje, o Corinthians tem um entendimento pela chegada de William Pottker no meio do ano, mas trabalha para que ele seja integrado à pré-temporada imediatamente e possa ser inscrito no Campeonato Paulista. É necessário, no mínimo, um acordo que o impeça de atuar nas duas competições eliminatórias.

Segundo a numeração fixa do Timão para 2017, a camisa 9 está sem dono. Para a temporada, o Corinthians já contratou Jô, Kazim, Gabriel, Luidy, Paulo Roberto, Fellipe Bastos e Pablo e tem acordo encaminhado com Jadson.






Jadson volta ao Corinthians como segundo goleador do elenco atual
Jadson comemora gol pelo Timão com Elias (Foto: Daniel Augusto Jr)


Próximo do retorno ao Corinthians, Jadson terá a segunda passagem pelo clube e chega da China como o segundo maior goleador do elenco atual. Com 24 gols em 103 partidas, ele só fica atrás de Danilo, autor de 33 tentos ( 336 jogos) com a camisa do Timão desde 2010. Romero tem 20 gols (103 jogos) e Jô (117 jogos) vêm logo atrás da dupla. Foi do camisa 10 o primeiro gol do Timão na Arena Corinthians, contra o Botafogo, em 2014.




Gols de Jadson pelo Corinthians:




19/2/2014 – Oeste 1×2 Corinthians (Paulista)

5/3/2014 – Linense 0x4 Corinthians (Paulista) – 2 gols

21/5/2014 – Corinthians 1×1 Atlético-PR (Brasileiro)

25/5/2014 – Sport 1×4 Corinthians (Brasileiro) – 2 gols

1/6/2014 – Corinthians 1×1 Botafogo (Brasileiro)

6/7/2014 – Uberaba 1×4 Corinthians (Amistoso)

18/2/2015 – Corinthians 2×0 São Paulo (Libertadores)

1/3/2015 – Corinthians 3×0 Mogi Mirim (Paulista)

1/4/2015 – Corinthians 4×0 Danubio (Libertadores)

6/6/2015 – Joinville 0x1 Corinthians (Brasileiro)

13/6/2015 – Corinthians 2×1 Internacional (Brasileiro)

27/6/2015 – Corinthians 2×1 Figueirense (Brasileiro)

2/7/2015 – Corinthians 2×0 Ponte Preta (Brasileiro)

9/7/2015 – Corinthians 2×0 Atlético-PR (Brasileiro)

12/7/2015 – Flamengo 0x3 Corinthians (Brasileiro)

12/8/2015 – Corinthians 4×3 Sport (Brasileiro)

23/8/2015 – Corinthians 3×0 Cruzeiro (Brasileiro)

30/8/2015 – Chapecoense 1×3 Corinthians (Brasileiro)

20/9/2015 – Corinthians 2×0 Santos (Brasileiro) – 2 gols

4/10/2015 – Ponte Preta 2×2 Corinthians (Brasileiro)

7/11/2016 – Corinthians 2×1 Coritiba (Brasileiro)





















Paulo Roberto tem contrato de um ano no Timão

(Foto: Daniel Augusto Jr)



Paulo Roberto tem contrato de um ano no Timão
O volante Paulo Roberto, um dos sete reforços anunciados pelo Timão para 2017, nesta quarta-feira participará do amistoso de apresentação do novo elenco, contra a Ferroviária. E também para tornar realidade um sonho antigo.

- Eu tenho um ano para provar que posso ser jogador do Corinthians. Meu pensamento nunca foi de fazer um bom campeonato aqui e ser vendido para o exterior, para a China, esses lugares aí. Meu pensamento é firmar raízes no Corinthians, se Deus quiser marcar meu nome na história do clube. Não teria história melhor para contar. Quero ficar aqui muito tempo. Sei que não vou conseguir agradar todo mundo, mas farei o máximo para honrar as cores do Corinthians em todos os jogos que eu atuar - diz, ao LANCE!, o jogador de 29 anos.

Paulo Roberto encaminhou acerto com o Corinthians no dia 5 de janeiro, foi anunciado no dia 11 e apresentado três dias depois, durante a pré-temporada nos Estados Unidos. Em todos os atos, o Corinthians foi silencioso, porque a oposição de sua torcida ao nome do jogador com passagens recentes por Figueirense, Bahia e Sport foi intensa. Nas redes sociais, a contratação de Paulo Roberto foi detonada por conta da idade avançada e do mau rendimento ao longo da última temporada, que passou seis meses em cada clube e jogou pouco. Tampouco chamou atenção.

Monitorado pelo Corinthians desde 2010, o volante foi contratado por empréstimo de uma temporada junto ao Osasco Audax. E está disposto a escrever uma nova história.

- Uma parte da culpa (da desconfiança) foi minha, porque ano passado não foi minha melhor temporada, eu assumo. Acho que vim para o Corinthians pelo que eu posso render, pelo potencial, mas não caí aqui de paraquedas. Se estou é porque mereci estar aqui, Deus me capacitou para isso. Não esperava que a citação ao meu nome fosse tão ruim, porque sei do meu potencial, sei do que posso fazer. Mas o Carille me deu confiança, o grupo me acolheu, e isso deixa tudo mais fácil. Assim que eu pude entrar em campo e nos treinamentos fui bem, e isso me deu muita confiança - desabafa Paulo Roberto.

Pouco antes de estrear como jogador do Corinthians na Arena, Paulo Roberto descobriu que será pai pela segunda vez. Dois anos depois de Valentina, a esposa Bárbara espera mais uma criança. O jogador ainda não sabe se será menino ou menina, mas o coração corintiano da mulher deixa uma certeza...

- Se depender da mãe já está de roupa do Corinthians dentro da barriga. E agora com o pai jogando no Corinthians não tem como torcer para outro clube!


CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA DE PAULO ROBERTO AO LANCE!


Será sua estreia na Arena Corinthians, porque o Carille afirmou que os reservas vão jogar por 45 minutos. Qual é a dimensão do seu sentimento de viver isso tudo?

Meu sentimento é de estreia mesmo. Mesmo tendo jogado na Florida Cup agora vamos estar mais próximos da torcida, ainda mais esse estádio que pulsa, já joguei contra algumas vezes e sei como a torcida empurra o time. Vai ser muito bacana jogar agora do lado do Corinthians e tendo a torcida empurrando.

'Eu ainda namorava minha esposa e lembro que em 2007 ela chorou muito. Naquela época eu vi como o clube era importante para ela, então não sei dimensionar a alegria que ela ficou quando eu vim para cá. É muito bacana, estou vivendo um momento maravilhoso na minha vida. Ela grávida agora ainda, parece que as notícias boas e as bênçãos vieram todas de uma vez', diz Paulo Roberto, do Corinthians

Como será para você voltar ao estádio como jogador do Corinthians?
Não posso falar que não tenha esperado por isso. Estaria mentindo. É uma coisa que eu venho ansiando há um tempo, que é jogar nesse clube, vestir essa camisa. Já vislumbrava em alguns pensamentos de estar jogando nesse estádio. Realizar isso hoje é muito de Deus, tenho que agradecer. Pedi para estar aqui e viver esse momento é incrível.

Por que seus pensamentos eram de jogar no Corinthians?
Cara, eu não sei. Minha esposa tem muita responsabilidade, porque é louca pelo Corinthians. Puxou um pouco por isso. Porque tem muitos clubes que eu poderia almejar jogar, mas justo do Corinthians que eu pedia nas minhas orações e aconteceu. Então não tem como falar que não foi Deus.

É a realização de um sonho, mas uma responsabilidade grande de defender o Corinthians. Como incorpora isso?
Estou levando como um desafio da vida, não da minha carreira. Acho realmente que essa seja a oportunidade da minha vida. Pela grandeza, a história, tudo o que o Corinthians representa. Não vou te dizer que isso é um peso, mas temos que carregar, porque é um clube onde a torcida é muito apaixonada, a cobrança é muito grande e já senti isso na minha chegada (risos). Eu lidei muito bem, porque os jogos que eu fiz correspondi. Essa pressão até me ajuda a ficar mais ligado e concentrado no que fazer.

Na época da sua contratação houve uma oposição muito grande por parte da torcida. Como foi isso para você?
Uma parte da culpa foi minha, porque ano passado não foi minha melhor temporada, eu assumo. Acho que vim para o Corinthians pelo que eu posso render, pelo potencial, mas não caí aqui de paraquedas. Se estou é porque mereci estar aqui, Deus me capacitou para isso. Não esperava que a citação ao meu nome fosse tão ruim, porque sei do meu potencial, sei do que posso fazer. Mas o Carille me deu confiança, o grupo me acolheu, e isso deixa tudo mais fácil. Assim que eu pude entrar em campo e nos treinamentos fui bem, isso me deu muita confiança.


E o desafio de queimar a língua do pessoal continua...
Sim, cara. Nem Jesus conseguiu agradar todo mundo, então também não vou conseguir. Mas prometo me dedicar ao máximo nos treinos e nos jogos. Se eu puder dar carrinho de cabeça, vou dar. É um sonho estar aqui e não vou desistir disso fácil.

Você chegou a jogar com o Paulinho, né?
Joguei com ele muito tempo na base do Audax, que na época era Pão de Açúcar. Jogamos na base, depois ele foi para a Lituânia, voltou, jogamos a Bezinha, A3, aí ele foi para o Bragantino e estourou. Ele era lateral-direito ainda, mas já notava que ele era diferente, fazia gols. E depois todo mundo conheceu.

E você, como seguiu sua carreira depois do Audax?
Eu rodei bastante. Do Audax passei pelo Guarani e até tive uma sondagem do Corinthians em 2010. Mas não concretizou, fui para o Atlético-PR e lá tive uma lesão no tornozelo que fiquei um ano e quatro meses parado, sofri bastante. Depois voltei ao Audax, subimos para a Série A1 já com Fernando Diniz, aí fui emprestado à Ponte Preta, Figueirense por três temporadas, daí Bahia, Sport e agora o Corinthians.

E por que sempre mantém o vínculo com o Audax?
Porque eu cheguei lá com 16 anos. E a gente sempre vivendo ali, tinha o CT, minha vida foi ali, oito anos ali. Não sei. As coisas vão acontecendo e toda vez que assino com um clube aumento meu vínculo lá. São pessoas que são corretas comigo, é bacana, tenho um alicerce ali.

E agora para encerrar, o que espera para o seu ano no Corinthians?
Eu tenho um ano para provar que posso ser jogador do Corinthians. Meu pensamento nunca foi de fazer um bom campeonato aqui e ser vendido para o exterior, para a China, esses lugares aí. Meu pensamento é firmar raízes no Corinthians, se Deus quiser marcar meu nome na história do clube. Não teria história melhor para contar. Quero ficar aqui muito tempo. Sei que não vou conseguir agradar todo mundo, mas farei o máximo para honrar as cores do Corinthians em todos os jogos que eu atuar.

E já tem filhos ou será o primeiro?
Tenho uma menininha, Valentina, de dois anos. E esse é o segundo.

Já tem nome?
Ainda não. Descobrimos um dia antes de eu vir para o Corinthians. Foi de Deus. A gente nem esperava, então não sabe nem o sexo ainda. Mas o que vier, que venha abençoado.

Só sabe que vai ser corinthiano.
(Risos) Com certeza. Se depender da mãe já está de roupa do Corinthians dentro da barriga. E agora com o pai jogando no Corinthians não tem como torcer para outro clube.






















Três gerações, um sonho de família: Jô estreia na Arena pelo Corinthians
Com apoio da família, atacante fará seu primeiro jogo no estádio do Timão nesta quarta-feira, no amistoso contra a Ferroviária. Pai e irmão chegaram a atuar pelo Corinthians

Quem está ansioso para a estreia na Arena?
Daniel Augusto Jr



Jô é o camisa 7 do Timão

Em sua segunda passagem após quase 12 anos, Jô se diz ansioso por estrear pelo Corinthians na Arena, nesta quarta-feira, às 21h45, em amistoso com a Ferroviária. De família corinthiana, o atacante realizará um sonho de criança: jogar no estádio do Timão com o apoio da Fiel. Ele já atuou na casa corinthiana com a camisa de outro clube, além de ter ficado no banco na estreia da Copa do Mundo de 2014, com a Seleção.

Antes de Jô, duas outras pessoas da família dele puderam sonhar em vestir a camisa profissional do Corinthians e dar alegrias à torcida. O primeiro, Francisco Dario de Assis Silva, pai do jogador, atuou durante a adolescência nas categorias menores do Timão. Atacante de velocidade pelo ponta direita, ele gostava de vestir justamente a camisa 7, que hoje é de Jô.
- Cheguei ao Corinthians com 15 anos e disputei uns campeonatos, mas não cheguei a ser profissional. Quando surgiu a Copinha Júnior, em 1969, eu estava no grupo, mas não fui inscrito por causa da concorrência. Depois, fui para a Portuguesa, na qual joguei cerca de dois anos e meio, passei por Itumbiara (GO) e XV de Jaú e encerrei a carreira cedo, no Guarani de Adamantina - recorda  o pi de Jô, Francisco Dario, que virou taxista após encerrar pendurar as chuteiras e hoje tem 61 anos.

O segundo familiar de Jô que também sonhou em atuar no profissional do Corinthians foi o irmão, Jean. Porém, o então zagueiro do time B alvinegro morreu em 2002, aos 20 anos, em um acidente de carro. Jô ainda tem mais duas irmãs, e conta com o apoio de toda a família em sua estreia na Arena. Na tarde da última terça-feira, por exemplo, a mãe, o filho e os sobrinhos estiveram no CT Joaquim Grava para acompanhar o treino.

- Com certeza, vai todo mundo. Somos todos fanáticos, e ele está muito ansioso. Quero que ele jogue com muita alegria e disposição. Ele está representando uma nação muita grande, e esperamos que ele faça uma boa partida e saia vitorioso. Ele é corinthiano e sempre falava sobre essa estreia desde que voltou ao clube - conta o pai de Jô.

- Ele sempre pensou muito na família, principalmente agora, que virou evangélico há dois anos. Ele está mais presente, apesar de que nunca nos desamparou. Pelo contrário, não temos do que reclamar. Então, nós estamos muito felizes e ansiosos por essa estreia. Temos certeza de que assim que ele pegar o ritmo no Corinthians, os gols vão sair e ele vai nos dar muitas alegrias - completa Francisco Dario.
A esperança do pai de Jô é mesma de todo o torcedor corinthiano. A Fiel torce para que, a partir desta quarta, a Arena Corinthians conheça um novo artilheiro do Timão.
Principal esperança no ataque corintiano, Jô estreou no profissional do Corinthians em 2003. Na ocasião, ele era sombra de Abuda, também atacante que havia acabado de subir das categorias de base. O jogo diante do Guarani, no dia 19 de julho, terminou 1 a 0 para o Timão, com gol justamente de Abuda.

- Nós tínhamos acabado de disputar o Campeonato Paulista Sub-17, e o time profissional estava sendo montado. O clube não tinha dinheiro para investir em contratações, então subiram vários garotos da base. Esse grupo acabou subindo prematuramente, e a cobrança foi aumentando com o time sofrendo derrotas no campeonato - relembra Abuda.

- Até poderíamos ter ido já para o profissional, mas não sendo os salvadores da pátria, como nos colocaram na época. O time não estava bem, e tínhamos acabado de subir do sub-17 já diretamente para o profissional. A cobrança foi grande - acrescenta.

Abuda conta que perdeu o contato com Jô. Atualmente, o atacante de 30 anos está sem clube após ter atuado pelo Central (PE) no ano passado.





CORINTHIANS FARÁ TREINAMENTO FÍSICO ESPECIAL AO MEIA JÁDSON, RECÉM CONTRATADO, QUE ESTÁ 3 MESES SEM JOGAR

01/02/2017 09h15

Liderança e bola parada: veja como Jadson vai se encaixar no Corinthians
De volta ao Timão, meia será referência e deve exercer mesma função que tinha com Tite. Sem jogar há três meses, ele terá preparação especial no CT Joaquim Grava


Por Diego Ribeiro

Jadson durante sua 1ª passagem pelo Timão
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

A torcida do Corinthians pode se animar, mas também precisa ter paciência com Jadson em seu retorno ao clube depois de um ano. Sem jogar há mais de três meses, o meio-campista vai passar por preparação especial no CT Joaquim Grava antes de reforçar a equipe treinada por Fábio Carille. Assim que tiver condições, ele deve jogar em uma função que conhece bem. O meio-campista deve assinar contrato nesta quarta-feira.

Em 2015, sob comando de Tite, Jadson brilhou na campanha do título brasileiro ao atuar aberto pelo lado direito, mas com características de armador – buscando triangulações, fazendo lançamentos e aparecendo na área para finalizar. Carille, discípulo de Tite, pensa em usá-lo, primeiramente, nessa mesma faixa do gramado.

Hoje, a concorrência maior seria com Giovanni Augusto e Romero, os dois que têm atuado pelo setor. O primeiro possui características mais próximas às de Jadson, enquanto o segundo é um atacante de velocidade, agudo, sem tanta presença no meio-campo.

Em caso de necessidade, porém, Jadson também poderá atuar em uma das duas posições centrais na linha ofensiva de quatro jogadores. É opção a Rodriguinho, Camacho, Fellipe Bastos... Fábio Carille vê no reforço o nome ideal para aumentar a qualidade do setor.

A última partida de Jadson foi em 22 de outubro, quando o Tianjin Quanjian encerrou participação na segunda divisão da China e foi promovido à elite. Além disso, o meia não teve pré-temporada e vai precisar de uma programação especial da preparação física do clube. Ele chega ao Timão sem previsão de reestreia.

Jadson comemora gol na campanha do Corinthians hexacampeão brasileiro em 2015 (Foto: Marcos Ribolli)

Fora de campo, Jadson também tem como colaborar. Além de conhecer bem o Timão, por onde atuou entre 2014 e 2015, ele chegará como um dos jogadores mais experientes do elenco – aos 33 anos. Experiência que o Corinthians julga necessária para encarar o ano.

– O Jadson é um jogador diferenciado, que vai agregar ao grupo dentro e fora de campo. Ele conhece bem o Corinthians e vai nos ajudar bastante – afirmou o volante Camacho, em entrevista coletiva na terça-feira.

Jadson será o oitavo reforço do Corinthians para a temporada e tem chances de comparecer à Arena Corinthians para assistir ao amistoso desta quarta-feira, Corinthians x Ferroviária. Antes dele, o Timão acertou com o zagueiro Pablo, os volantes Fellipe Bastos, Gabriel e Paulo Roberto, e os atacantes Jô, Luidy e Kazim.




CORINTHIANS LIBERA CENTROAVANTE ANDRÉ (AINDA TEM 30% DE SEUS DIREITOS FEDERATIVOS) PARA ESTE SE TRANSERIR DO sporting de portugal para o sport de recife

Corinthians libera centroavante André para se trasnferir do sporting para o sport

Corinthians havia travado negociação pelo atacante, de quem tem 30% dos direitos econômicos, mas acaba cedendo, e André, finalmente, fica livre para fechar com sport

Após intensa negociação, o Corinthians foi convencido a liberar o atleta (de quem tem 30% dos direitos econômicos) para assinar com o clube pernambucano. E, agora, o jogador está a detalhes burocrático de voltar ao sport. O anúncio deve acontecer ainda nesta semana.
De acordo com as fontes consultadas pela reportagem, o sport não precisou pagar a mais para isso. O Corinthians irá manter seu percentual.








01/02/2017 12h26
Goleiro corinthiano Cássio aposta em grande ano para o Corinthians com o "detalhista" Fabio Carille
Goleiro destaca que o novo técnico do Timão já conhece o elenco e ainda vê muitas qualidades "Taticamente, sabe bastante"


Por SporTV.com

O Corinthians estreia em 2017 no próximo sábado, contra o São Bento, pelo Campeonato Paulista. O goleiro Cássio está confiante de que o Timão poderá se recuperar e fazer uma boa temporada. Em participação no "Troca de Passes", o jogador elogiou bastante o novo treinador, Fábio Carille.

- É um cara competente, que entende de futebol. Já mostrou isso diversas vezes. Muitas vezes, o auxiliar não aparece muito. Quando o Tite era o treinador, ele tinha um papel muito importante. O Corinthians acertou ao escolher um treinador que já conhece o clube. Ele sai na frente dos outros que de repente poderiam chegar. Ele conhece o clube, conhece 80% ou 90% dos jogadores. São coisas positivas para ele fazer um grande trabalho aqui - disse Cássio.


Cássio espera bom ano com Carille (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O goleiro disse ainda que Carille tem qualidades parecidas com as do atual técnico da seleção brasileira.


- É um cara que conversa, que leva "na boa", conversa com todo mundo, tenta tratar todo mundo igual. São várias características parecidas com o Tite. Sabe levar bem o grupo, respeita todo mundo. Taticamente, sabe bastante, entende. Gosta da equipe organizada, cometendo erros. É um cara muito detalhista, que gosta de corrigir esses tipos de situações. Tenho certeza de que vai fazer um grande trabalho no Corinthians.


Cássio afirmou que, no Torneio da Flórida, o Corinthians já mostrou que pode fazer uma boa temporada, com uma vitória e um empate.
- A gente não teve um ano tão bom no ano passado, não conseguiu metas. Todo mundo quer ganhar títulos, ir para a Libertadores, a gente não conseguiu. No primeiro teste, a gente acabou perdendo nos pênaltis o campeonato. Mas acho que, nas duas partidas, a gente já mostrou que a mentalidade do grupo, que todos se dão bem. Neste ano, a gente tem totais condições, com o elenco que a gente tem, de fazer um grande ano.

O Corinthians estreia no Campeonato Paulista no sábado, dia 4, em Sorocaba, contra o São Bento.









01/02/2017 12h19

Após emprestar o atacante reserva Lucca, Corinthians empresta zagueiro reserva Yago também a ponte
Sem espaço no Timão, zagueiro vai defender a Macaca até o fim deste ano. Ida do defensor também faz parte das tratativas para a negociação por William Pottker


Por Heitor Esmeriz e Marcelo Braga

Yago será emprestado pelo Corinthians para a Pont (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Corinthians acertou o empréstimo do zagueiro Yago a ponte nesta quarta-feira. O defensor de 24 anos é parte de um acordo que vem sendo costurado pelos dois clubes para que o atacante William Pottker defenda a camisa do Timão em breve. O atacante Lucca também já foi emprestado à Ponte Preta.

Fora da lista de relacionados do Timão para o amistoso contra a Ferroviária, nesta quarta, na Arena Corinthians, Yago perdeu a concorrência para quatro defensores no elenco: Pablo, Balbuena, Vilson e Pedro Henrique. O técnico Fábio Carille conta ainda com Léo, com a Seleção sub-20.

Cria da base do Timão, Yago trabalhou com o técnico Felipe Moreira no Bragantino, em 2014. Na ocasião, ele era auxiliar fixo do clube de Bragança Paulista. De volta ao Corinthians em 2015, ele integrou o elenco na reserva do Corinthians hexacampeão Brasileirão e, desde então, somou 60 jogos e marcou dois gols.






01/02/2017 07h48
Hoje, Corinthians tem festa e último teste: Corinthians faz amistoso contra Ferroviária na Arena Corinthians
Em noite de apresentação do elenco, na Arena Corinthians, Timão encara o clube do interior em prévia para o Paulistão. Jadson é esperado para ver o jogo na Arena Corinthians


Por GloboEsporte.com


Fábio Carille durante treino do Timão no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Depois de três semanas de treinos, o Corinthians chega à parte final da preparação para a temporada 2017. Com a equipe praticamente pronta, o técnico Fábio Carille tem no amistoso contra a Ferroviária, nesta quarta-feira, às 21h45, em Itaquera, a última chance para testar a equipe antes da estreia no Paulistão. O treinador usará uma escalação em cada tempo.


O Timão buscou sete reforços (Pablo, Gabriel, Paulo Roberto, Kazim, Luidy, Jô e Fellipe Bastos) até o momento e está muito próximo de anunciar Jadson como grande contratação para o ano.

A expectativa é de que o meio-campista esteja na arena para ser mostrado à torcida. E o Corinthians não vai economizar na festa. A cerimônia será semelhante à apresentação dos jogadores na NBA, com os atletas do Timão sendo chamados nome a nome para dentro do gramado. Haverá também um show do rapper Rappin Hood.

Carille está bastante esperançoso com a equipe, principalmente depois de boas atuações no Torneio da Flórida – goleou o Vasco e empatou com o São Paulo (perdeu nos pênaltis). O novo treinador alvinegro conseguiu dar um padrão tático mesmo com pouco tempo de trabalho e tem poucas dúvidas para tirar na partida desta quarta.


A única vaga aberta é pelo lado direito do ataque no esquema 4-1-4-1. Romero foi testado no setor nos Estados Unidos, mas é Giovanni Augusto quem inicia o amistoso. Ambos, porém, devem ficar na reserva assim que Jadson assinar contrato e estiver em plenas condições físicas para atuar.

O jogo se transformou em uma boa oportunidade para Guilherme tentar recuperar espaço e mostrar que pode ser útil no elenco. O meia-atacante iniciou o ano na reserva e até cotado para ser negociado. No entanto, ele ganha uma chance na vaga de Rodriguinho, vetado em virtude de dores no joelho esquerdo.


Depois de ser descartado em virtude de um atraso na chegada da documentação, o volante Fellipe Bastos foi regularizado na terça-feira e ganhou a posição. Com isso, Camacho fica como opção no banco.


O Corinthians estreia no Campeonato Paulista contra o São Bento, sábado, às 17h, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

Veja as informações da partida desta quarta-feira:
Corinthians x ferr
Local e horário: Arena Corinthians, às 21h45
Escalação do Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel;  Fellipe Bastos, Giovanni Augusto, Guilherme e Marlone; Jô. 
Escalação da Ferroviária: Cesar, Willian Cordeiro, Leandro Amaro, Luan, Sávio, Claudinei, Flávio, Juninho, Alan Mineiro, Elder Santana e Leonardo (Tiago Marques).
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho apita a partida. Gustavo Rodrigues de Oliveira e Evandro de Melo Lima são os assistentes
Transmissão: A TV Globo transmite para o estado paulista
Tempo Real: GloboEsporte.com, com vídeos




Corinthians faz teste final para 2017 em amistoso contra Ferroviária
Técnico Fabio Carille deve usar duas formações diferentes em cada tempo no primeiro jogo na Arena Corinthians neste ano


10h00 01/02/2017 - Agência Corinthians

O Corinthians faz nesta quarta-feira (01) o último teste antes do início oficial da temporada 2017. No primeiro jogo em casa no ano, o Timão enfrenta a Ferroviária em amistoso na Arena Corinthians, às 21h45. Globo (só para o estado paulista) e SporTV 2 transmitem a partida ao vivo.


Para essa última etapa da pré-temporada, o técnico Fabio Carille deve colocar dois times diferentes em campo para cada tempo da partida. A equipe titular provavelmente terá Cassio; Fagner, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel; Fellipe Bastos, Giovanni Augusto, Guilherme e Marlone; Jô.

Já a formação do segundo tempo deve ter Caíque França; Léo Príncipe, Vilson, Pedro Henrique e Marciel; Paulo Roberto; Camacho, Cristian, Marquinhos Gabriel e Bruno Paulo; Romero. A prática de usar duas equipes já tinha sido utilizada na Florida Cup, para colocar a maior parte dos atletas do grupo alvinegro em ação nesse período de preparação.

Nesses primeiros dias de trabalho em 2017, o sistema defensivo ganhou uma atenção especial de Carille, conforme relatado pelos jogadores em entrevistas. “Estamos voltando com mais gente na hora de marcar. Sem a bola, todo mundo é defensor. Tiramos mais espaços do rival", afirmou Balbuena após o treino da última terça-feira (31) no CT Dr. Joaquim Grava.


No amistoso desta quarta-feira (01), o Alvinegro terá pela frente um tradicional clube do interior de São Paulo. O confronto contra a Ferroviária tem história, com o primeiro jogo realizado em 1956, uma goleada corinthiana por 6 a 2.


Desde então, foram 77 partidas entre as equipes, com 45 vitórias do Corinthians, 14 da Ferroviária e 18 empates. O Timão fez 146 gols e sofreu 73. No duelo mais recente, empate por 2 a 2 na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, no dia 21 de fevereiro de 2016, pelo Paulistão Itaipava.


Os ingressos para o amistoso do Corinthians contra a Ferroviária continuam à venda. Nesta quarta-feira (01), nas bilheterias da Arena Corinthians das 12h até o horário do jogo e na internet, pelo site fieltorcedor.com.br/ingressos, até 13h45.









Corinthians x Ferroviária: ingressos à venda nas bilheterias da Arena Corinthians e na internet

Preços das entradas para o primeiro jogo do Timão na Arena Corinthians em 2017 custam entre R$ 20 e R$ 40


00h00 01/02/2017 - Agência Corinthians

O Corinthians faz o primeiro jogo em casa em 2017 nesta quarta-feira (01) contra a Ferroviária, às 21h45, na Arena Corinthians. A venda dos ingressos para o amistoso continuará nas bilheterias apenas na Arena Corinthians, das 12h até o horário do jogo.

Os torcedores podem comprar as entradas também na internet, pelo www.fieltorcedor.com.br/ingressos, até as 13h45 desta quarta-feira (01).

Antes da partida, será feita a apresentação de todo o elenco alvinegro da temporada 2017 para a Fiel.

SETORES DISPONÍVEIS

Norte: R$ 20 (R$ 10 meia-entrada)
Leste Inferior Lateral e Central: R$ 30 (R$ 15 meia-entrada)
Oeste Inferior Corner e Central: R$ 40 (R$ 20 meia-entrada)
Visitante: R$ 30 (R$ 15 meia-entrada)

TEM DIREITO À CATEGORIA MEIA-ENTRADA

Estudantes

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

§2º: ...mediante a apresentação, no momento da aquisição do ingresso e na portaria do local de realização do evento, da Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos, com prazo de validade renovável a cada ano, conforme modelo único nacionalmente padronizado e publicamente disponibilizado pelas entidades nacionais antes referidas e pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), com certificação digital deste...

§6º: A Carteira de Identificação Estudantil (CIE) será válida da data de sua expedição até o dia 31 de março do ano subsequente.

1. É necessário apresentar a carteirinha do ano vigente;

2. Boleto ou declaração com firma reconhecida.

Idosos maiores de 60 anos

Lei nº 13.933, de 26/12/2013

Apresentar RG Original

Professores do Estado e dos Municípios Paulistas

Lei 14729/12

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

Diretores, Coordenadores pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas da rede pública estadual e municipal de ensino

Lei 15298/14

Apresentar Carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação do Estado e o comprovante de pagamento mensal (holerith) do mês vigente.

NÃO DÃO DIREITO À COMPRA DE INGRESSOS NA CATEGORIA MEIA ENTRADA

Aposentadorias

Conselhos de classe tais como OAB, CRC ou CREA