26 de jan de 2017

CORINTHIANS 26/01/2017



Corinthians quer grana por centroavante André
Corinthians, detentor de 30% dos direitos federativos do centroavante André, espera receber grana do Sporting sobre jogador para liberar negociação dele para sport. Interessado em se desfazer do atacante, por uma valor praticamente igual ao que pagou para comprá-lo do Corinthians, o clube português foi acionado pelo sport para resolver a situação com o Corinthians.

Três partes

André é um jogador "fatiado". O Sporting tem 50% dos direitos econômicos - a parte que o Leão quer comprar. A metade restante divide-se entre o Corinthians (30%) e o Atlético-MG (20%).

Segundo apuração, o Sport sabia que precisaria da anuência dos dois clubes brasileiros para poder contratar André. Mas foi pego de surpresa com a negativa do Corinthians, repassada ao Leão por Fernando Garcia.















Corinthians recebe oferta por meia Rodriguinho e quer contratar meia Jadson na sexta

Tomás Rosolino -
26/01/2017 21:09:28

O Corinthians recebeu uma proposta do Fenerbahce-TUR pelo meia Rodriguinho nesta quinta-feira, um dia após o meia atuar pela Seleção Brasileira contra a Colômbia, no Jogo da Amizade. Os valores da oferta não foram revelados por nenhuma das partes, mas o clube avisou o empresário do atleta que não pretende se desfazer do jogador. O armador tem 50% dos seus direitos econômicos vinculados ao Corinthians.
O presidente Roberto de Andrade espera resolver a negociação até sexta-feira, sem que o armador deixa o Parque São Jorge. Aos 28 anos, porém, Rodriguinho já deixou claro que jogar na Europa é um objetivo da sua carreira.

Com contrato válido até 31 de dezembro deste ano, o corinthiano deixou acertada verbalmente uma renovação do vínculo por mais dois anos, mas nada foi assinado até o momento.“Estamos em janeiro ainda, tem muita coisa para acontecer”, afirmou uma pessoa ligada à diretoria.

Enquanto isso, o clube tenta fechar de vez a contratação do meia Jadson. Contando com a vontade do camisa 10 em voltar a vestir a camisa alvinegra, o Timão só precisa definir o tempo de contrato. A princípio, a ideia seria ter o atleta de 33 anos por duas temporadas, mas seus procuradores já deixaram claro que, em busca de uma estabilidade para o atleta, buscam um acerto até o final de 2019.

Atrapalhada pela demora no retorno da delegação dos Estados Unidos e agora pela indecisão causada após a investida turca sobre Rodriguinho, a tratativa pelo retorno de Jadson deve ter um desfecho nesta sexta-feira, com grandes chances de selar o retorno do jogador ao clube.



















26/01/2017 22h38

Corinthians rejeita proposta do Fenerbahçe pelo meia Rodriguinho
Representantes do clube turco já retornaram à Europa após reunião com o departamento de futebol do Timão, nesta quinta-feira


Por Carlos Augusto Ferrari, Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Rodriguinho é assediado por clubes europeus desde 2016 (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Rodriguinho, por enquanto, continua no Corinthians. Depois de uma reunião com dirigentes do Fenerbahçe, da Turquia, nesta quinta-feira, a diretoria do Timão rejeitou a proposta e trabalha agora para renovar o contrato do meio-campista, principal jogador da equipe na temporada passada. Os números não foram divulgados.


A informação foi confirmada ao GloboEsporte.com pelo diretor de futebol Flávio Adauto. De acordo com ele, os representantes do clube turco já retornaram à Europa. Na conversa, o Timão manifestou o desejo de manter o jogador e, segundo ele, sequer abriu negociação pelos direitos econômicos.

Rodriguinho vem sendo assediado por clubes europeus desde o segundo semestre de 2016. A direção alvinegra estava preocupada nos últimos dias com a possibilidade de boas ofertas surgirem e seduzirem o armador. O Fenerbahçe tinha pressa no acerto, já que a janela turca de transferências fecha na próxima quarta-feira.

O Corinthians tenta agora esticar o vínculo de Rodriguinho. O jogador pertence ao Timão até o fim de 2017.
Corinthians e Rodriguinho chegaram a avançar nas negociações para a renovação no fim do ano passado, mas o acordo ainda não foi assinado. Com isso, o assédio de clubes do exterior cresceu. O Timão tem 50% dos direitos. O restante pertence a Capivariano (40%) e América-MG (10%).

A reunião com os turcos adiou mais uma vez o encontro com o representante de Jadson. O Timão se diz confiante na negociação, mas as partes ainda divergem sobre salários e tempo de contrato – o clube oferece dois anos, enquanto o meio-campista quer três. Um novo encontro está marcado para esta sexta-feira.







Corinthians ainda tenta antecipar vinda de atacante William Pottker
Atacante da Ponte Preta está na mira do Corinthians desde o fim do ano passado. Diretor de futebol do Timão, Flávio Adauto não descartou a chegada de Pottker antes do Estadual

LANCE!

26 JAN 2017 17h54

O Corinthians tem negociações avançadas com a Ponte Preta e com o William Pottker para contar com o atacante nesta temporada. O diretor de futebol do Timão, Flávio Adauto, não descartou a possibilidade de o jogador chegar antes mesmo do Campeonato Paulista.

A proposta do Corinthians é de R$ 6,7 milhões por 50% dos direitos econômicos de Pottker, que tem 23 anos e foi um dos artilheiros do Brasileirão de 2016, com 14 gols. A Macaca endureceu nas negociações e busca contar com o atacante no Estadual, mas Flávio Adauto disse que ten "uma remota possibilidade" de haver um desfecho antes do torneio.

- Temos praticamente tudo acertado com o Pottker, não é segredo para ninguém. Ele pode vir depois do Paulista, ou tem uma remota possibilidade de se apresentar antes - afirmou o dirigente corintiano, durante a apresentação do zagueiro Pablo, nesta quinta-feira. O Corinthians busca facilidades para contar com Pottker. Após emprestar o atacante Lucca, o clube também pode cede o zagueiro Yago por empréstimo à Ponte.

William Pottker tem contrato com a Ponte até o fim de 2019. O principal trunfo do Timão nas tratativas é o interesse dos representantes do meia-atacante em vê-lo em um clube com maior visibilidade para 2017.


Corinthianos do Corinthians decacampeão da Copinha, Del'Amore e Pedrinho recebem sondagens de clubes europeus
Destaques na campanha do decacampeonato do Corinthians, zagueiro e atacante, porém, rechaçaram uma transferência para o exterior no momento
Eu quero agora é curtir esse título, foi complicado chegar até aqui, perdemos no ano passado", declarou Del'Amore (à esquerda) (Foto: Reprodução/ Instagram Vinícius Del'Amore)
26/01/2017 11h56

Dois integrantes do Corinthians decacampeão da copinha jrs, o zagueiro Vinícius Del’Amore e o atacante Pedrinho tranquilizaram a torcida corinthiana a respeito do futuro deles como jogadores. Mesmo sondados por equipes europeias, os dois deixaram claro que veem o Alvinegro como objetivo principal em um futuro próximo.

“Eu fico muito feliz de ter grandes clubes olhando para mim, para o meu futebol, isso mostra que a gente está fazendo as coisas da forma correta. Mas o meu momento é aqui, é jogar no Corinthians, é subir para o profissional, tentar buscar o meu espaço. Quero ser campeão com o Corinthians, fazer gols, virar ídolo. É nisso que eu estou pensando”, afirmou Pedrinho, que terminou o torneio com seis gols e seis assistências.

Dono de grande destaque nas fases anteriores, o jovem chamou a atenção do Atlético de Madrid. O time espanhol chegou a sondar o Alvinegro para pegar mais informações sobre Pedrinho, mas não formulou qualquer proposta oficial.

Por ainda ter 18 anos e não ter nem atuado pela equipe profissional, o garoto é visto apenas como um prospecto para o futuro no momento. Resta saber, porém, se ele conseguirá espaço em meio à fartura de opções para pontas à disposição do técnico Fábio Carille, que só poderá inscrever 28 atletas no Campeonato Paulista.

Já Vinicius Del’Amore, que “estoura” aos 20 anos nesta temporada, não tem mais a opção de seguir nas categorias de base. Dono de vínculo até dezembro deste ano (o de Pedrinho vai até o final de 2018), ele chamou a atenção da Lazio pela boa colocação e o fato de poder tirar cidadania italiana. Tranquilo, o xerife corinthiano disse ter outros planos no momento.

“Eu quero agora é curtir esse título, foi complicado chegar até aqui, perdemos no ano passado. Eu fiquei bem por fora durante a competição. Não só por fora dessas coisas, mas do mundo de uma forma geral. Estava totalmente focado em ganhar o título. Agora vou desfrutar, pensar em jogar no profissional, talvez curtir umas férias que venham por aí”, comentou o defensor.









 No Corinthians, Jô avisa que prefere ser centroavanteJô e Kazim disputarão vaga de centroavante titular na equipe (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
26/01/2017 11h13


Jô foi testado pelo técnico Fábio Carille como um ponta direita.

“O estafe do Carille andou vendo alguns vídeos meus como ponta. Joguei duas ou três vezes assim no Manchester City. Depois, no Galatasaray, também. Como estamos em fase de testes, o Carille me pediu para fazer essa função. Só que isso requer tempo de adaptação, treinamento, e é um pouquinho mais difícil hoje em dia. Eu me sinto melhor como centroavante, que foi como atingi o auge da minha carreira”, argumentou Jô.
Carille acredita poder alternar Jô e Kazim entre o comando do ataque e a ponta direita.

“Só que foi um teste positivo. Joguei muitos anos como o primeiro atacante, mas estou aqui para ajudar”, disponibilizou-se Jô






Atacante corinthiano Jô fala sobre possibilidade de atuar ao lado do atacante Drogbe: “Não sabemos como está a situação do Drogba. Mas é um nome fortíssimo, mundialmente conhecido. Tive o prazer de jogar contra ele algumas vezes e sei que é um excelente jogador. Estamos aguardando”, comentou Jô.

Assim como já havia dito durante a Copa Flórida, no entanto, o centroavante ressalvou que o marfinense não ganhará a vaga no time do Corinthians apenas com a sua fama. “Quem vem tem que valorizar o clube. Vim para cá para valorizar o Corinthians, que abriu as portas para mim em um momento em que eu estava há quatro meses parado. O Drogba é muito conhecido, mas, se vier, terá que trabalhar igual a todos. É preciso fazer por onde, correr atrás”, avisou Jô.













Técnico do Corinthians decacampeão da Copinha, Osmar Loss deve iniciar trabalho na equipe profissional até segunda-feira
Helder Júnior
26 JAN 2017 17h41
Primeiro dos campeões da Copinha de Juniores promovido ao time profissional do Corinthians, o técnico Osmar Loss passará a trabalhar como auxiliar de Fábio Carille até segunda-feira. O profissional irá se reunir com a diretoria de futebol ainda nesta semana para sacramentar a sua promoção.

"O que vai acontecer é que ele não terá nem um dia de férias. Não há entrave para cumprimos o que tínhamos prometido para ele lá atrás. Quem sabe ele ainda não pega este fim de semana de folga?", comentou o diretor de futebol Flávio Adauto, nesta quinta-feira. O ex-jogador Coelho, antigo auxiliar técnico, assumirá o comando do time sub-20.

Além de Osmar Loss - e do volante Guilherme Mantuan e do centroavante Carlinhos , que já treinavam com a equipe profissional desde o ano passado -, outros campeões da Copinha ganharão a chance de mostrar serviço a Fabio Carille. Entre os destaques da campanha vitoriosa, estão os atacantes Pedrinho e Marquinhos, o lateral esquerdo Guilherme Romão e o zagueiro Vinicius Del'Amore .
A chance será disputada pois o Corinthians conta com elenco de 38 jogadores e ainda tenta as contratações do meia Jadson e do centroavante Drogba, além de já ter um acerto alinhavado com o atacante William Pottker, da Ponte Preta.

"Isso é relativo", minimizou Adauto, sem adiantar os planos do seu departamento para os pratas da casa. "Mesmo com o nosso contato diário, ainda não houve tempo de conversar com o Fabio Carille. Faremos uma reunião para saber o que ele pretende. Não podemos nos esquecer de que alguns daqueles meninos têm 17, 18 anos, então há tempo para serem lançados", ponderou, apesar de considerar o aproveitamento da base uma "ideia materializada".









Corinthians recebe proposta do Fenerbahçe por Rodriguinho
Emissários do clube turco chegaram na última quarta-feira (25) no Brasil, e fizeram oferta oficial pelo meio-campista. Timão detém 50% dos direitos econômicos do jogador, comprados por cerca de R$ 4 milhões
 Corinthians recebe proposta do Fenerbahçe por Rodriguinho (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
26/01/2017 17h17
O Corinthians pode receber uma proposta oficial pelo meia Rodriguinho, que está novamente na mira do Fenerbahçe (TUR). Emissários do clube turco chegaram nesta quarta-feira (25) no Brasil, e fizeram uma proposta oficial pelo meio-campista. Ainda nesta quinta-feira (26), uma reunião entre europeus, representantes do jogador e os membros da diretoria foi marcada no Parque São Jorge.

Os valores da oferta, que não foram revelados, não teriam agradado ao Corinthians, que ainda esperam uma nova proposta para retomar as negociações. O clube detém 50% dos direitos econômicos do jogador, adquiridos em outubro de 2013 junto ao América-MG por cerca de R$ 4 milhões. O time mineiro ainda detém 10% do jogador, e outros 40% pertencem ao Capivariano

O contrato do armador com o Corinthians vai até dezembro de 2017. Assim o Corinthians tenta negociar com o Fenerbahçe agora para receber algum dinheiro ou renovar com o jogador e ainda ter direitos sobre ele.







Corinthians mostra otimismo com Jadson e paciência com Drogba
Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão, disse que negociações com ambos atletas estão bem encaminhadas, enquanto acerto com William Pottker está certo, bastando apenas sua apresentação

O Corinthians está confiante com a possibilidade de anunciar a contratação do meia Jadson em breve. Foi o que disse o diretor de futebol Flávio Adauto nesta quinta-feira (26 de janeiro), pouco antes de apresentar o zagueiro Pablo como reforço. Em relação ao atacante marfinense Didier Drogba, ainda há paciência para esperar uma resposta à proposta feita pelo clube.

“Vamos falar sobre esses dois jogadores de uma vez porque a próxima pergunta será sobre o Drogba”, adivinhou Adauto, sorrindo, ao ser questionado sobre a chegada de Jadson. O dirigente se reuniu com o presidente Roberto de Andrade e com um representante do meia que se desvinculou do Tianjin Quanjian, da China, na terça-feira para apresentar a oferta corintiana.

“Agora, não temos nada a fazer a não ser esperar a resposta. Espero que seja positiva. Temos interesse no jogador, e ele tem interesse em vir para o Corinthians. A conversa que tivemos foi legal. Resta eles definirem se estão de acordo com os valores”, comentou Adauto, para quem o acerto poderá ocorrer “hoje, amanhã ou em outro dia”.

Inicialmente, Jadson pretendia receber R$ 10 milhões de luvas, o que aceitou reduzir consideravelmente, por um contrato válido por três temporadas, para ter estabilidade profissional aos 33 anos. O Corinthians propôs duas, além de salários não muito distantes daqueles que já pagava ao atleta à época da conquista do Campeonato Brasileiro de 2015.

“Esses três anos de contrato não inviabilizariam um acordo, mas estamos insistindo em dois porque sabemos que é um período bom para todo o mundo. Eles levaram essa informação e estamos esperando a resposta”, reiterou o diretor de futebol do Corinthians, que é cauteloso para firmar um vínculo extenso com um jogador já veterano, apesar da concorrência de outros clubes

Drogba é ainda mais velho – tem 38 anos – e, a princípio, não empolgou o departamento de futebol corintiano. A vinda do astro que estava no Montreal Impact, do Canadá, era um projeto do marketing do clube que foi levado adiante pelo presidente Roberto de Andrade em meio à aceitação positiva entre os torcedores.

“Anteontem, esclarecemos tudo aquilo que já foi falado. Agora, tudo está bem clarinho”, sorriu Adauto, referindo-se a uma conversa que Roberto de Andrade teve com Drogba via videoconferência. “O Drogba ficou de dar uma resposta. Sabemos que jogar no futebol sul-americano será uma mudança brusca para ele, que terá que consultar a família e se inteirar de todas coisas. Ele deixou as postas abertas. Agora, temos que esperar”, conformou-se.

William Pottker

Enquanto negocia com Jadson e Drogba, o Corinthians também tenta antecipar a chegada do centroavante William Pottker, que tirará da Ponte Preta. O clube de Campinas já recebeu o empréstimo do atacante Lucca e também almeja a cessão do zagueiro Yago, mas só pretende liberar o seu jogador ao término do Campeonato Paulista.

“Temos tudo acertado com o Pottker. Isso não é segredo para ninguém. Só não sabemos quando ele irá se apresentar. Existe uma remota possibilidade de chegar antes do campeonato”, ponderou Flávio Adauto.











26/01/2017 16h59

Técnico do Corinthians decacampeão da Copinha, Osmar Loss exalta sintonia com técnico do profissional, Fabio Carille e vê futuro decidido em reunião nesta sexta
Destaque da base do Corinthians, com título da Copinha e quatro finais seguidas, treinador diz que conversa com diretoria vai definir detalhes de sua ida ao profissional


Por SporTV.com

Parte da safra de novos técnicos do futebol brasileiro, Osmar Loss virou sinônimo de sucesso à frente da base do Corinthians, chegando a quatro finais consecutivas da Copinha Jr – na última quarta-feira, foi campeão sobre o Batatais, com uma vitória por 2 a 1 na final. Em 2017, Loss está próximo de integrar a comissão técnica do time profissional, ao lado de Fábio Carille. O treinador disse, em entrevista ao "Seleção SporTV", que se reúne nesta sexta-feira com a diretoria do Timão para decidir os detalhes de seu papel na equipe.

Osmar Loss deve integrar comissão de Carille (Foto: Agência Corinthians)

- A gente tinha uma conversa antes da Copa, e a gente quis deixar ela para ter o foco de fato na Copa São Paulo. Corinthians sempre aposta muito nessa competição, é sempre um presságio para o time principal, quando vai bem na Copinha, o principal também vai bem. Existia uma conversa preliminar, com Flávio Adauto, presidente Roberto (de Andrade), Alessandro. A gente preferiu manter isso com o foco na Copinha. A partir do momento em que a Copa vai se encerrando, foi se tornando cada vez mais forte. Temos uma reunião amanhã (sexta-feira), para consolidar quais são as atribuições que vou ter. Se vai ser uma interligação, uma proximidade mais próxima das decisões da equipe junto com Carille, Leandro Silva, o preparador Valmir e todo o restante da comissão. Essa reunião vai ser para definir esses detalhes - disse.

Osmar Loss exaltou a sua relação com Fabio Carille, que era auxiliar técnico do Corinthians e foi efetivado como treinador neste começo de temporada. O treinador disse que já fez curso com o técnico, com quem divide uma longa relação em função da base do clube.


- Carille, fizemos curso na CBF juntos. A gente já se conhece desde que cheguei. Dentre os quatro anos em que comandei o Corinthians na Copinha e na base do clube, é o treinador de equipe principal que mais acompanhou a equipe de fato. Conhece as características de todos os jogadores da base, as deficiências, os potenciais que cada um tem. Estamos muito bem servidos para essa troca de informações.
Em sua relação ao aproveitamento de destaques do Corinthians na Copinha no time principal, Loss prega cautela. Segundo ele, Guilherme Mantuan e Carlinhos, que já haviam sido efetivados no profissional, devem seguir sob comando de Fabio Carille.

- Já fazia parte do grupo principal o Mantuan e Carlinhos. Em setembro, após a final do Brasileiro Sub-20, eles já foram colocados na equipe principal. Já estão linkados, foram liberados para disputar a Copinha. Há uma tendência que os dois permaneçam. Mas acho que promoção tem que ser vista como um bom espaço para eles poderem disfrutar, poderem competir, lutar por uma posição. Subir apena para satisfazer um apelo da torcida ou uma exposição por causa da conquista, acho melhor continuarem no sub-20.

O Corinthians realiza amistoso contra a Ferroviária no dia 1 de fevereiro, na Arena Corinthians. Será a primeira partida do Timão, em casa, em 2017. Todo o elenco será apresentado aos torcedores antes da partida. A estreia no Paulistão acontece no dia 4, contra o São Bernardo, fora de casa








26/01/2017 16h20

Timão recebe oferta por Rodriguinho e adia reunião com agentes de Jadson
Representantes do Fenerbahçe, da Turquia, estão no Brasil para tentar contratar o meio-campista, melhor jogador do Corinthians na última temporada



Rodriguinho tem proposta para se transferir ao Fenerbahçe (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

A diretoria do Corinthians discute neste momento, no Parque São Jorge, uma proposta do Fenerbahçe, da Turquia, pelo meia Rodriguinho. A reunião entre o presidente Roberto de Andrade e a cúpula do departamento de futebol fez o Timão adiar o encontro que teria com o empresário Marcelo Robalinho sobre o meia Jadson.


O Corinthians não se mostra disposto a efetuar a negociação por não concordar com os valores – os números não foram revelados. Rodriguinho tem vínculo até o fim de 2017 e a partir da metade da temporada pode assinar um pré-contrato com qualquer clube para sair de graça em janeiro de 2018.


Corinthians e Rodriguinho avançaram nas negociações para a renovação no fim do ano passado, mas o acordo ainda não foi assinado. Com isso, o assédio de clubes do exterior cresceu. O Timão tem 50% dos direitos. O restante pertence a Capivariano (40%) e América-MG (10%).


Jadson fica para sexta


A situação de Jadson segue indefinida. O encontro que poderia decidir o retorno do meio-campista ao Timão foi adiado para sexta-feira (27). O Corinthians está confiante no acerto, mas ainda não há um consenso sobre salários e tempo de contrato.
O Corinthians descarta pagar os R$ 650 mil mensais e as luvas de R$ 10 milhões pedidos pelo jogador no início da negociação. O Timão gostaria de desembolsar cerca de R$ 450 mil de salários e aproximadamente R$ 4 milhões como premiação pelo acerto








Corinthians adia reunião que seria realizada nesta quinta-feira com meia Jadson por conta de outros compromissos da diretoria
Gabriel Carneiro

26 JAN2017
17h30
atualizado às 17h37
O Corinthians adiou a reunião de hoje com o meia Jadson - a explicação dada foi a apresentação de uma proposta oficial do Fenerbahce (TUR) para contratar Rodriguinho, e as conversas sobre o assunto se estenderam além do esperado.

A reunião desta quinta serviria para ajustar os ponteiros em relação ao que o jogador pede e que o Timão oferece, mas já houve um entendimento de salário próximo do que Jadson recebia na primeira passagem pelo clube e luvas

No caso do Timão, a barreira está no tempo de contrato: o clube acha que três anos é coisa demais e oferece só dois de vínculo - as luvas, assim, também se reduziriam para haver o encaixe no orçamento.
- Não diria que contrato de três anos inviabiliza o negócio, mas estamos insistindo em dois. Mas vamos ver. Eles têm todas as informações, aguardamos respostas - disse, nesta quinta-feira, o diretor de futebol corintiano, Flávio Adauto.

O Corinthians é o único clube que apresentou uma proposta oficial a Jadson após a rescisão no futebol chinês, mas nada está fechado. O clube segue confiante em acertar a contratação do jogador integrante do Corinthians hexacampeão brasileiro de 2015.












Equipe adulta de futsal do Corinthians/UNIP se apresenta para temporada 2017

No Parque São Jorge, atletas de futsal do Timão se apresentaram, participaram de palestras e realizaram exames físicos e fisioterapêuticos


15h30 26/01/2017 - Agência Corinthians






© Divulgação
Nesta quinta-feira (26), a equipe adulta de futsal do Corinthians/UNIP se reapresentou no clube do Parque São Jorge e deu início a nova temporada depois de um ano com conquistas inéditas e históricas.

O dia começou com uma conferência reservada para atletas, comissão técnica e diretoria no auditório do Memorial. Depois, os jogadores passaram por uma avaliação física e fisioterapêutica no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, localizado no Parque São Jorge.

Após o almoço, o elenco do Timão realizou os cadastros pessoais no Departamento de Futsal e logo depois fez uma sessão de fotos com todos os jogadores.

Para finalizar a reapresentação da delegação, o treinador André Bié ministra uma explanação aos atletas e comissão técnica, aberta à imprensa, novamente no auditório do Memorial.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.










Pablo se anima ao realizar sonho com a camisa do Corinthians
Reforço para esta temporada, zagueiro foi emprestado até o final desta temporada pelo Bordeaux (FRA): 'Quero dar grandes alegrias a essa torcida apaixonada'Pablo se anima ao realizar sonho com a camisa do Corinthians
26/01/2017 13h46

Pablo estava mesmo em um estado de “extrema felicidade” em sua apresentação como jogador do Corinthians, como definiu o diretor de futebol Flávio Adauto, nesta quinta-feira (26 de janeiro). Ao vestir a camisa do clube, o zagueiro emprestado pelo francês Bordeaux até o final do ano alargou ainda mais o sorriso que estampava no rosto e comentou espontaneamente: “Caiu bem. Ficou boa”.

O reforço do elenco dirigido por Fábio Carille esperava por esse momento há pelo menos dois anos, quando negociou com o Corinthians pela primeira vez. Com passagens por Ceará, Quixadá, Tiradentes, PSV Eindhoven, da Holanda, Grêmio, Avaí e Ponte Preta, no entanto, ele acabou vendido ao Bordeaux por cerca de R$ 24 milhões em 2015.

“Sempre tive o sonho de jogar no Corinthians. Parece que não é verdade, porque todo o mundo fala isso, mas é. Aconteceu com um pouco de atraso, mas a sensação de vestir essa camisa é maravilhosa. Quero dar grandes alegrias a essa torcida apaixonada”, discursou o maranhense Pablo, que já pensa até em estender a sua estadia no clube do Parque São Jorge. “Quem sabe não dá para prolongar esse empréstimo? Estou em uma das maiores equipes do mundo”, valorizou.

A vontade de defender o Corinthians – nos últimos dias, alardeada com repetidas promessas de “dar a vida” pelo clube – foi alimentada também por um antigo companheiro de Bordeaux. Na França, Pablo fez amizade com o atacante Malcom, prata da casa corintiano que foi campeão brasileiro em 2015. “Ele deu uma forcinha para eu vir, falando muito bem do Corinthians, de tudo o que se passava aqui. Cara, eu tinha que jogar no Corinthians”, comentou.

Com o sonho realizado, Pablo agora terá a responsabilidade de colaborar com a correção dos problemas defensivos apresentados pelo Corinthians em 2016. Entre os torcedores, já há quem o compare com Gil – zagueiro que também veio do futebol francês, do Valenciennes, e fez sucesso até seguir para o chinês Shandong Luneng –, embora o atleta de 25 anos prefira se inspirar em Thiago Silva, do Paris Saint-Germain.
As expectativas criadas pelos corintianos não assustam o animado Pablo. Nem mesmo o fato de a fase atual do Corinthians não ser como aquela de dois anos atrás, quando ele quase reforçou o time campeão brasileiro de Tite. “O Corinthians sempre vai ser grande, em qualquer momento. Não mudou nada para mim”, bradou, otimista, sem tirar do corpo a camisa que lhe caiu bem ao final da sua entrevista.

Treinando no CT Joaquim Grava desde a semana passada, quando os seus companheiros de Corinthians disputavam a Copa Flórida, Pablo se diz em boas condições físicas para estrear. Ele estará a disposição já para o amistoso do Corinthians contra a Ferroviária, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians







Novo zagueiro corinthiano Pablo: “A sensação é maravilhosa em vestir essa camisa”

Pablo citou Gil como uma de suas referências e falou sobre a influência de Malcom, ex-companheiro no Bordeaux, para se tornar jogador do Timão


13h00 26/01/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


No início da tarde desta quinta-feira (26), o Sport Club Corinthians Paulista apresentou mais um reforço para a temporada 2017: o zagueiro Pablo, que veio por empréstimo junto ao Bordeaux (FRA). No CT Dr. Joaquim Grava, o jogador foi apresentado por Flavio Adauto, diretor de futebol.

"A sensação é maravilhosa em vestir essa camisa. Estou muito feliz", disse Pablo. “Me inspiro no Gil, no Thiago Silva e em outros zagueiros. Espero fazer minha história aqui, assim como o Gil fez. Com trabalho, empenho, foco, para ter esse mesmo sucesso", continuou o zagueiro.

"Joguei pelo lado esquerdo durante quase toda a minha carreira, eu me sinto mais confortável por ali. Jogo nas duas, mas me sinto confortável ali. Sou um cara muito focado, dedicado, sempre tento fazer meu melhor. Vou dar sempre meu melhor, trabalhar para isso. E dizer que vou dar a vida por esse clube, de uma imensidão muito grande. Espero fazer uma linda história", prosseguiu.

Como adversário do Timão, Pablo atuou na Arena Corinthians em duas oportunidades. Agora o zagueiro não vê a hora de jogar no novo estádio corinthiano como atleta do Alvinegro.

"Joguei duas vezes lá, quando estava na Ponte Preta. Quartas de final do Paulista de 2015, e Campeonato Brasileiro. É complicado jogar contra, é uma torcida muito apaixonada, apoia 100% a equipe. Agora, jogando a favor, deve ser espetacular. Saber que o torcedor está apoiando faz você entrar mais concentrado no jogo", falou.

Antes de terminar, Pablo ainda comentou a influência de Malcom, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2015 e ex-companheiro do zagueiro no Bordeaux, para ele se tornar jogador do Timão em 2017.

"O Malcom foi muito importante, falou muito bem daqui, de tudo o que se passava no clube, dos funcionários, preparação, estrutura que o clube tem hoje. Pensei: tenho de ir para o Corinthians. Ele deu uma forcinha", completou Pablo.







Corinthians treina com novidade na zaga. Técnico Fabio Carille já faz Pablo treinar com defensores titulares do Corinthians
Emprestado por uma temporada pelo Bordeaux (FRA), defensor deve assumir o posto na escalação titular logo no início desta temporada. Jogador esteve ao lado de  Balbuena no meio de zaga
Pablo treina com defensores titulares do Corinthians (Marco Galvão/Foto Arena)
26/01/2017 12h19

Em seu segundo dia de treinamento com o elenco do Corinthians, o zagueiro Pablo já trabalhou ao lado de alguns dos jogadores com quem deverá formar a defesa titular da equipe no início da temporada. Ele veio do Bordeaux, da França, por empréstimo de um ano com a expectativa de ser a solução para os problemas de marcação apresentados em 2016.

Trabalhando no CT Joaquim Grava desde a semana passada, quando o restante da equipe disputava a Copa Flórida, nos Estados Unidos, Pablo se apresenta em boas condições físicas e estreará no amistoso do Corinthians contra a Ferroviária, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians.

Na manhã desta quinta-feira, o técnico Fábio Carille dividiu o seu plantel em quatro times para a realização de dois trabalhos com campo reduzido. Pablo compôs dupla de zaga com o paraguaio Balbuena em um deles, com Léo Príncipe na lateral direita (Fagner ainda não se reapresentou após defender a Seleção Brasileira no amistoso contra a Colômbia, assim como o meia Rodriguinho) e Moisés na esquerda. A defesa foi protegida pelo volante Gabriel.

Essa formação – com a entrada de Fagner – é a base do sistema defensivo que Carille projeta para o princípio do Campeonato Paulista. Para lateral esquerda ainda tem Guilherme Arana com chance de ser titular quando retornar da Seleção Brasileira sub-20.

Inicialmente, Pablo e os demais defensores do Corinthians foram testados contra o seguinte time: Cristian; Camacho, Giovanni Augusto, Bruno Paulo, 
Romero; Jô. O inglês naturalizado turco Kazim, que poderia integrar a formação ofensiva, continua poupado das atividades no gramado por ter se queixado de um incômodo muscular na coxa direita.
Em outro gramado, o Corinthians trabalhou Pedro Henrique, Vilson, Yago e Marciel; Paulo Roberto, Marquinhos Gabriel e Marlone contra Jean, Warian
; Felipe Bastos, Rodrigo Figueiredo e Guilherme, Mendoza e Luidy.

Entre os goleiros, Walter voltou a mostrar evolução. O concorrente de Cássio se recupera de uma contusão na região do tórax e já faz trabalhos isolados com o preparador Mauri Costa Lima, aparentemente sem limitação de movimentos.







Zagueiro Pablo assegura estar 100% para o Corinthians
Pablo culpa cirurgia desnecessária por inatividade no futebol francês


Helder Júnior

26 JAN2017
18h02
Pablo estava preparado para explicar por que jogou tão pouco pelo Bordeaux em sua apresentação como reforço do Corinthians. "Já sabia que viria essa pergunta", sorriu, com a resposta na ponta da língua. Segundo ele, um erro médico atrapalhou a sua passagem pelo futebol europeu.
"Tive duas cirurgias, de hérnia inguinal e no púbis. Se formos juntar, isso representa praticamente cinco meses parado. E eu não precisava da cirurgia de hérnia. O problema sempre foi o púbis. Perdi tempo com isso. Aí, quando voltei, a equipe estava formada, e é difícil tirar um atleta que já vem jogando", disse.

Questionado sobre o motivo de ter sido submetido à cirurgia para correção de hérnia inguinal, Pablo deu de ombros, com um sorriso de canto de boca: "Nem eu mesmo sei". Na época, o zagueiro havia acusado dores no abdômen e tentou realizar o tratamento no Brasil.

"Não fui liberado e tirei a hérnia na França mesmo. Quando voltei a treinar, senti dor no mesmo local de antes. Tinha alguma coisa a mais ali. Não era a hérnia o problema. Aí, falei que procuraria um profissional quando saísse de férias. Ele me olhou e falou que a questão era o púbis. Deixei as férias de lado e passei por essa outra cirurgia", contou.

Pablo ainda assegurou que está livre das dores abdominais. Emprestado por um ano ao Corinthians, o zagueiro maranhense de 25 anos, tranquilizou a torcida em relação às suas condições físicas.

"Com a estrutura daqui - até pode ser que aconteça, não se sabe -, acredito que não terei problema de lesão", confiou Pablo, que já treina normalmente no CT Joaquim Grava. Ele estreará no amistoso contra a Ferroviária, na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians.
























Corinthians não gosta de proposta do Fenerbahce pelo meia Rodriguinho, mas ainda negocia
Após meses de negociações, clube turco oficializa interesse no meia de 28 anos. Oferta financeira não é considerada vantajosa, mas clube se reúne para discutir possibilidades

Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro

26 JAN 2017 16h42 atualizado às 16h42
O Corinthians segue ouvindo as propostas pelo meia Rodriguinho vindas do Fenerbahce (TUR). O estafe do meio-campista de 28 anos solicitou uma reunião com a diretoria alvinegra e apresentou uma proposta oficial de compra dos 50% dos direitos econômicos que o Timão detém do jogador. Os valores não foram revelados, mas a primeira resposta do Corinthians foi negativa. Apesar disso, as conversas continuam e o negócio ainda não está descartado.

No meio do ano passado, Rodriguinho havia recebido oferta do Fenerbahce e foi sondado pelo Besiktas, mas as duas propostas de empréstimo foram rejeitadas. Depois, os contatos foram retomados. Clubes dos Emirados Árabes, onde Rodriguinho atuou

Proposta de 4 milhões de euros (R$ 13,6 milhões) de clube turco por meia inicialmente não agrada ao Timão



O Corinthians recebeu nesta quinta-feira uma proposta de 4 milhões de euros (R$ 13,6 milhões) do Fenerbahce por Rodriguinho. O Blog Ora Bolas apurou que o Timão considerou o valor baixo, mas ainda discute internamente o futuro do meia. O desejo é a manutenção do jogador de 28 anos.

No Corinthians desde 2013, Rodriguinho tem contrato até o fim de 2017. O Timão é dono de 50% dos direitos econômicos do atleta










Corinthians apresente zagueiro Pablo: “A sensação é maravilhosa em vestir essa camisa”

Pablo citou Gil como uma de suas referências e falou sobre a influência de Malcom, ex-companheiro no Bordeaux, para se tornar jogador do Timão


13h00 26/01/2017 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


No início da tarde desta quinta-feira (26), o Sport Club Corinthians Paulista apresentou mais um reforço para a temporada 2017: o zagueiro Pablo, que veio por empréstimo junto ao Bordeaux (FRA). No CT Dr. Joaquim Grava, o jogador foi apresentado por Flavio Adauto, diretor de futebol.

"A sensação é maravilhosa em vestir essa camisa. Estou muito feliz", disse Pablo. “Me inspiro no Gil, no Thiago Silva e em outros zagueiros. Espero fazer minha história aqui, assim como o Gil fez. Com trabalho, empenho, foco, para ter esse mesmo sucesso", continuou o zagueiro.

"Joguei pelo lado esquerdo durante quase toda a minha carreira, eu me sinto mais confortável por ali. Jogo nas duas, mas me sinto confortável ali. Sou um cara muito focado, dedicado, sempre tento fazer meu melhor. Vou dar sempre meu melhor, trabalhar para isso. E dizer que vou dar a vida por esse clube, de uma imensidão muito grande. Espero fazer uma linda história", prosseguiu.

Como adversário do Timão, Pablo atuou na Arena Corinthians em duas oportunidades. Agora o zagueiro não vê a hora de jogar no novo estádio corinthiano como atleta do Alvinegro.

"Joguei duas vezes lá, quando estava na Ponte Preta. Quartas de final do Paulista de 2015, e Campeonato Brasileiro. É complicado jogar contra, é uma torcida muito apaixonada, apoia 100% a equipe. Agora, jogando a favor, deve ser espetacular. Saber que o torcedor está apoiando faz você entrar mais concentrado no jogo", falou.

Antes de terminar, Pablo ainda comentou a influência de Malcom, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2015 e ex-companheiro do zagueiro no Bordeaux, para ele se tornar jogador do Timão em 2017.

"O Malcom foi muito importante, falou muito bem daqui, de tudo o que se passava no clube, dos funcionários, preparação, estrutura que o clube tem hoje. Pensei: tenho de ir para o Corinthians. Ele deu uma forcinha", completou Pablo.





Titular do Corinthians logo ao chegar, Pablo cita 'forcinha' e foco

Zagueiro emprestado por um ano pelo Bordeaux (FRA) foi apresentado pelo novo clube nesta sexta-feira. Ele recebeu conselhos de Malcom e já foi escalado em seu segundo treino
















Apresentação - Pablo
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Pablo assinou por um ano com o Corinthians

Gabriel Carneiro
26/01/2017
13:06


Com uma "forcinha" de Malcom, que joga no Bordeaux (FRA) e deu boas referências do Corinthians, o zagueiro Pablo foi apresentado pelo novo clube nesta sexta-feira. Contratado por empréstimo de uma temporada, o reforço do Timão já participa da rotina de treinamentos no CT Joaquim Grava e inclusive treinou como titular na segunda atividade com o grupo completo. Os planos do jogador de 25 anos são ajudar o Corinthians a resolver os grandes problemas defensivos apresentados ao longo da última temporada.

- Todo atleta que vem jogar aqui sabe da responsabilidade de vestir essa camisa. Acompanhei um pouco do ano passado, então vamos trabalhar para que não ocorra o que ocorreu no ano passado. Espero que nós da defesa possamos dar conta do recado - diz o jogador, que ainda explicou as razões pelas quais não vinha sendo utilizado no futebol francês.

- Essa pergunta eu já sabia que viria... Tive duas lesões, uma hérnia inguinal e o púbis. Se for juntar as duas dá cinco meses parado. Fiz cirurgia que eu acredito que eu não precisava na França, então perdi tempo com isso. Quando voltei a equipe já estava formada e com treinador diferente. Mas trabalhei como sempre, pode perguntar a qualquer um. Sempre fui profissional e acredito que com tudo o que o Corinthians tem de estrutura não vai ter mais problema de lesão.

Pablo é o sétimo reforço do Corinthians para 2017, anunciado após Jô, Kazim, Gabriel, Luidy, Paulo Roberto e Fellipe Bastos.

Ele vem do futebol francês, e a comparação com Gil é inevitável. Assim como o novo reforço, o campeão brasileiro de 2015 era um mero desconhecido na Europa antes de se transferir para o Corinthians. Pablo se inspira nos exemplos positivos para construir sua história no Parque São Jorge.

- A gente tem que pegar todos os atletas que são espelhos. Não só o Gil, mas grandes zagueiros. Eu sempre me espelhei no Thiago Silva, desde que ele jogava no Fluminense, por exemplo. É um cara muito centrado, levo ele como espelho para a minha carreira e espero também chegar onde ele chegou, com a moral que ele tem mundialmente. Tem essa comparação com o Gil também, porque viemos do mesmo país, mas espero fazer história no clube, com todo meu trabalho, empenho e foco. Espero fazer o mesmo sucesso que ele fez.

O Corinthians monitora Pablo há pelo menos três anos, quando ele se destacou com a camisa do Avaí. O Timão, porém, nunca fez uma investida, e viu o jogador se transferir para a Ponte Preta e em seguida para o Bordeaux, por 6 milhões de euros (na época, R$ 24 milhões). Frustrado no sonho de ter Luan, do Vasco, o Timão abriu conversas com o estafe de Pablo e não encontrou grandes obstáculos, já que o jogador topou reduzir a pedida salarial para atuar, pois estava encostado no futebol francês.

Além do Avaí, da Ponte Preta e do Bordeaux, Pablo também defendeu Ceará, PSV-HOL e Grêmio.

CONFIRA OUTRAS DECLARAÇÕES DE PABLO EM SUA APRESENTAÇÃO:

JÁ JOGOU NA ARENA?
"Joguei as quartas de final do Paulista de 2015 e o Brasileiro pela Ponte Preta. É complicado jogar contra. Torcida muito apaixonada, que apoia 100% o jogo todo, cobrança grande. Agora jogando a favor deve ser espetacular saber que o torcedor está apoiando".

À ESQUERDA DA DEFESA
"Eu joguei pelo lado esquerdo praticamente toda a minha carreira. Tenho 25 anos só, não é uma carreira tão longa, mas é onde me sinto mais confortável, já joguei bastante. Eu sou um cara muito focado, dedicado, sempre tento fazer o meu melhor, vou trabalhar muito. Como já falei, vou dar a vida por esse clube, é uma imensidão muito grande".

CONVERSA COM MALCOM
"Ele foi muito importante, falou muito bem do Corinthians, dos funcionários, da preparação, da estrutura que o clube tem hoje. E eu concluí: 'tenho que ir pro Corinthians'. Ele deu uma forcinha, sim".

CHEGADA EM MOMENTO DIFÍCIL DA EQUIPE
"O Corinthians sempre vai ser grande, independente das dificuldades, das alegrias. Qualquer momento teria o interesse de vir, não muda nada".

CLIMA NO ELENCO
"Não posso falar os apelidos ainda. Temos um grupo no Whatsapp que os caras já fizeram montagem. Mas não vou falar, não. É um time bem extrovertido, brincalhão. Mas na hora de trabalhar é todo mundo concentrado. Mas sobre os apelidos fica em off".

ELENCO INCHADO
"É trabalhar. Todo mundo mostrar seu potencial, sua qualidade, e mostrar ao professor que pode permanecer no Corinthians".

COMO SE SENTIU AO LADO DO BALBUENA?
"É um grande jogador, acredito que possamos fazer uma grande dupla de zaga. Assim como os outros também. Ele não parece ser estrangeiro, fala muito bem o português, a comunicação é fácil".

TEMPO DE LESÃO NA FRANÇA
"Quando comecei a sentir as dores na região abdominal quis voltar ao Brasil para verificar melhor, mas não autorizaram, detectaram as hérnias e operei. Mas deu um tempinho e as dores voltaram. Aí fui atrás de um especialista e me disseram que o problema era púbis. Mas aí já era tarde. Enfim, agora tudo começou outra vez. Perdi cinco meses, mas vida segue".







Timão aguarda resposta de Jadson e dá tempo para Drogba sondar família

Diretor de futebol do Corinthians confirma conversa de presidente com marfinense na última semana e esclarece proposta a meia: apenas dois anos de contrato, e não três

Experientes estão na mira do Corinthians
Jadson está sem clube há dez dias
(Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Jadson está sem clube há dez dias


Diretor de futebol do Corinthians, Flávio Adauto participou da apresentação do zagueiro Pablo nesta sexta-feira, no intervalo de algumas reuniões que tem realizado no CT Joaquim Grava. Em breve contato com a imprensa, o dirigente atualizou o status das duas principais negociações do Timão para 2017, envolvendo o meia Jadson e o atacante Didier Drogba. Adauto confirmou recentes informações publicadas pelo LANCE!: o presidente Roberto de Andrade já teve contato direto com o atacante marfinense e a proposta pelo meia é de um contrato de duas temporadas, e não três, como foi anteriormente cotado. Nos dois casos, o Corinthians aguarda respostas.

- Fui para uma reunião anteontem (terça-feira) com o Roberto (de Andrade, presidente) no Parque São Jorge. Foi uma reunião com o representante do Jadson, conversamos bastante, discutimos detalhes. Agora o Corinthians não tem nada a fazer a não ser esperar a resposta. Temos interesse, o jogador tem interesse em vir e a resposta pode ser hoje, amanhã ou depois. Não marcamos data. Foi uma conversa legal, em que foram debatidos detalhes da possível volta dele e agora eles precisam responder se realmente querem vir, se estão de acordo com os valores. Oferecemos dois anos, mas três não inviabilizaria. Não fechamos questão, mas estamos insistindo em dois - falou o dirigente, sobre a possibilidade de repatriar o campeão brasileiro de 2015.

Jadson terá uma reunião que pode ser definitiva com o Corinthians ainda nesta quinta-feira, envolvendo também o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes. A ideia é chegar a um acordo referente ao tempo de contrato e valores de luvas e salários que serão pagos ao longo do vínculo. O Corinthians já oficializou uma proposta e aguarda somente a resposta para seguir a negociação.




Sobre Drogba, a resposta de Flávio Adauto foi a mesma: expectativa pela resposta do jogador e de seus representantes. Neste caso, porém, há um elemento mais "humano", pois o marfinense teria que se mudar de Londres para capital paulista para atuar no Corinthians por uma temporada. Drogba aceitou um contrato de uma temporada por cerca de R$ 5,5 milhões e teve aceitas algumas exigências, como um tradutor, um carro blindado e um apartamento, entre outros detalhes. Agora, o Corinthians se mobiliza para superar as desconfianças do marfinense.

- Foi um movimento meio equivocado no início, mas agora está tudo muito bem clarinho. Conversei com o presidente e já houve uma conversa com o Drogba, teve intérprete, e ele ficou de dar resposta. Ele pediu alguns dias para consultar a família, se inteirar das coisas de uma mudança para o Brasil, porque é uma mudança brusca. Também estamos na expectativa de uma resposta. O Corinthians deixou as portas abertas e espera as respostas.




Corinthians terá direito a R$ 2,4 milhões do governo de incentivo aos seus atletas olimpicos para irem a Tóquio

O Corinthians pretende ir a Tóquio em 2020 mas a iniciativa não tem nada a ver com a intenção do clube de disputar mais um Mundial de Clubes da Fifa. O projeto corintiano é voltado aos esportes aquáticos onde obteve a aprovação de um repasse de R$ 2,4 milhões junto ao Ministério do Esporte dentro da distribuição de quase R$ 85 milhões feita pelo Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) para serem investidos na formação e desenvolvimento de atletas por 31 clubes do país.


O recebimento da verba corresponde ao primeiro repasse obtido pelo Corinthians junto ao governo e será voltado para o projeto “Timão rumo a Tokyo 2020”. A expectativa é que o clube tenha atletas em Jogos Olímpicos pela terceira vez seguida. Na Rio-2016, cinco nadadores eram atletas do Corinthians. Já em Londres-2012, o melhor resultado da delegação brasileira na natação foi conquista por um nadador do clube com a medalha de prata de Thiago Pereira.
– Até então todos os investimentos na modalidade eram do próprio clube. Mas agora vamos aproveitar os convênios com o governo até por conta da crise do país – afirmou Oldano Carvalho, diretor de esportes aquáticos do Corinthians.




Moral e concorrência: Carlinhos terá desafios como profissional do Timão

Atacante anotou 11 gols em oito partidas da campanha vitoriosa da Copinha e agora seguirá à equipe principal. Técnico faz elogios, mas admite que transição será trabalhosa

Atacante será dirigido por Fabio Carille
(Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

Carlinhos - Corinthians
Gabriel Carneiro
26/01/2017

- Ele tem um bom caminho a percorrer.

Treinador do sub-20 do Corinthians decacampeão da Copinha de Juniores nesta quarta-feira, Osmar Loss não gosta de dizer que certo jogador "está pronto" para servir ao time profissional. Ele evita o termo para evitar, também, cobranças excessivas aos jogadores que estão saindo de suas mãos para treinarem com Fabio Carille na equipe principal. Um desses jovens talentos que ganhou asas é o atacante Carlinhos, principal goleador da Copinha com 11 gols marcados em oito partidas. Um deles, o mais importante na decisão contra o Batatais.

- É difícil um jogador com essa estatura ter velocidade e drible como ele. Estamos investindo em um processo de maturação emocional que será decisivo para a carreira dele - opina o treinador do sub-20.

Carlinhos já havia sido promovido ao time profissional do Corinthians no segundo semestre do ano passado, mas não foi relacionado para nenhuma partida e nem estreou sob o comando de Oswaldo de Oliveira ou do próprio Fabio Carille. Assim como o volante Mantuan, o camisa 9 voltará ao time de cima logo após a Copinha. Desta vez, no entanto, com mais moral: ele foi artilheiro do principal torneio de base, conquistou a Fiel torcida e ganhou elogios de dirigentes nos últimos dias.

Apesar da fama ter aumentado e, consequentemente, as cobranças para que ele seja mais utilizado, Carlinhos enfrentará desafios importantes no time profissional, especialmente em relação à concorrência. Nos dois primeiros jogos do ano, Carille escalou Jô e Kazim como referências do ataque. Além dos dois, ele ainda pode usar Romero ou Guilherme na posição. Isso sem contar a possibilidade de contratação de Drogba, que negocia há semanas com o clube.

- Isso é fruto de trabalho, de dar meu melhor dentro de campo. Eu sempre busco ajudar a equipe, e será consequência jogar no profissional. Prometo quando subir para o profissional dar o meu melhor. Agora é esperar me chamarem, né? - brinca o menino de 19 anos e contrato no Timão até o fim de 2020.



Timão tem amistoso na próxima quarta-feira, contra a Ferroviária (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
Gabriel Carneiro
26/01/2017
11:31


A menos de uma semana do amistoso contra a Ferroviária, o Corinthians começou a esboçar o time que deverá iniciar o Campeonato Paulista no próximo dia 4, diante do São Bento. No 15º dia da pré-temporada, o técnico Fabio Carille indicou uma formação defensiva titular nesta quinta-feira: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel foram os jogadores que formaram as primeiras linhas do 4-1-4-1. São duas as principais novidades: Pablo na vaga de Pedro Henrique e Léo Príncipe em vez de Fagner, que não participou do treinamento no CT Joaquim Grava.

Fagner, aliás, foi uma das dez ausências na atividade desta quinta-feira. Assim como Rodriguinho, o lateral disputou o Jogo da Amizade contra a Colômbia pela Seleção Brasileira e ainda não retornou a São Paulo. Além dos dois, foram outros oito desfalques: Léo Santos, Guilherme Arana, Maycon e Léo Jabá (no Sul-americano sub-20 pela Seleção), Mantuan e Carlinhos (de folga após o título da Copa São Paulo de Juniores) e os lesionados Danilo e Kazim. O caso do turco é bem mais simples, pois trata-se de um desconforto muscular que o tornou desfalque pelo segundo dia seguido. Já Danilo deve retornar aos treinos só no meio do semestre após grave lesão ano passado.

Fabio Carille comandou um trabalho tático com os 25 jogadores de linha à disposição em quatro formações diferentes. Uma delas era justamente da defesa titular, formada por cinco jogadores. As outras eram as seguintes: Romero, Camacho, Giovanni Augusto e Bruno Paulo; Jô em uma, Pedro Henrique, Vilson, Yago, Marciel, Paulo Roberto, Marquinhos Gabriel e Marlone no terceiro time e Jean, Ameixa, Fellipe Bastos, Rodrigo Figueiredo, Guilherme, Mendoza e Luidy na última equipe. Depois de comandar a defesa titular, o treinador fez testes no ataque e observou a seguinte formação: Gabriel; Marquinhos Gabriel, Fellipe Bastos, Guilherme e Marlone; Romero.

Além dos 25 jogadores de linha, o treinamento do Timão contou com cinco goleiros: Cássio, Walter, Caique, Matheus Vidotto e Diego. Walter aqueceu com os companheiros e depois treinou à parte com o preparador Mauri Lima, pois ainda se recupera de uma lesão no tórax. Já Diego é a primeira "novidade" do elenco profissional entre os jogadores que estiveram na Copa São Paulo - o jovem goleiro não jogou, mas participou da Florida Cup, agradou a comissão técnica e segue a rotina de trabalhos no CT Joaquim Grava.

O Corinthians treina em dois períodos nesta quinta-feira e segue a rotina até o amistoso contra a Ferroviária, dia 1, na Arena Corinthians. O elenco terá apenas o domingo de folga.









26/01/2017 14h41

Corinthians vê Pottker próximo e não descarta chegada antes do Brasileiro
Flávio Adauto, diretor de futebol, diz que acordo “não é segredo para ninguém”. Tendência é que atacante da Ponte chegue depois do Paulista; Yago pode ser emprestado


Por Diego Ribeiro

O Corinthians diz ter praticamente tudo certo para contar com o atacante William Pottker, da Ponte Preta – no máximo, até o fim do Campeonato Paulista. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o diretor de futebol Flávio Adauto falou sobre o assunto e não descartou a chance, ainda que pequena, de ter o jogador no elenco nos próximos dias.


– Temos praticamente tudo acertado com o Pottker, não é segredo para ninguém. Ele pode vir depois do Paulista, ou tem uma remota possibilidade de se apresentar antes – afirmou Adauto.

Em negociações com a Ponte desde o ano passado, o clube acredita que conseguirá a liberação do atacante de 23 anos ao menos para a disputa do Brasileirão. Na semana passada, o atacante Lucca foi emprestado ao time de Campinas, mas não há relação entre os negócios.

A transferência deve envolver cerca de R$ 7 milhões em aquisições de direitos econômicos. As conversas são intermediadas pelo empresário Fernando Garcia, agente do atleta e ex-conselheiro do Timão. Ele também é representante de Lucca. O zagueiro Yago, por sua vez, ainda pode ser envolvido nesta negociação.

Apesar do otimismo do Corinthians, a Ponte mantém a posição de que o jogador vai disputar o estadual pelo clube de Campinas.














26/01/2017 13h08

"Forcinha" de Malcom e inspiração em Gil: Zagueiro Pablo se apresenta ao Corinthians
Zagueiro veste camisa do Timão e admite que ex-atacante do clube lhe deu dicas. Gil, hoje na China, trilhou caminho parecido quando foi contratado pelo Timão


Por Diego Ribeiro



Flávio Adauto entrega camisa ao zagueiro Pablo no Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

Apresentado pelo Corinthians na manhã desta quinta-feira, o zagueiro Pablo teve um conselheiro especial para aceitar a proposta do Timão e defender o clube em 2017. Emprestado pelo Bordeaux, da França, até o fim do ano, Pablo era companheiro de equipe do atacante Malcom – prata da casa do Timão, que lhe deu dicas valiosas sobre o clube.


– O Malcom foi muito importante, falou muito bem daqui, de tudo o que se passava no clube, dos funcionários, preparação, estrutura que o clube tem hoje. Pensei: tenho de ir para o Corinthians. Ele deu uma forcinha – admitiu o zagueiro.


Pablo diz ter Thiago Silva como sua principal referência na posição, mas não se esqueceu de um ex-corintiano que traçou caminho parecido. Gil, hoje na China, chegou quase como um desconhecido ao Timão em 2013 – vindo do Valenciennes, outro clube francês.


– Não só o Gil, mas me inspiro em outros zagueiros, Thiago Silva, etc, que também joga na França. Espero fazer minha história, assim como o Gil fez. Com trabalho, empenho, foco, para ter esse mesmo sucesso que ele teve por aqui – destacou Pablo.
O contrato de empréstimo do defensor ao Timão é válido até 31 de dezembro de 2017, com opção de compra na sequência. Nesta quinta, ele treinou como titular ao lado de Balbuena, posição que deve manter para o amistoso da próxima quarta-feira contra a Ferroviária, na Arena Corinthians.


Veja outras respostas da primeira coletiva de Pablo:


ARENA CORINTHIANS
– Joguei duas vezes lá, quando estava na Ponte Preta. Quartas de final do Paulista de 2015, e Campeonato Brasileiro. É complicado jogar contra, é uma torcida muito apaixonada, apoia 100% a equipe. Agora, jogando a favor, deve ser espetacular. Saber que o torcedor está apoiando faz você entrar mais concentrado no jogo.


ESTILO DE JOGO
– Joguei pelo lado esquerdo durante quase toda a minha carreira, eu me sinto mais confortável por ali. Jogo nas duas, mas me sinto confortável ali. Sou um cara muito focado, dedicado, sempre tento fazer meu melhor. Vou dar sempre meu melhor, trabalhar para isso. E dizer que vou dar a vida por esse clube, de uma imensidão muito grande. Espero fazer uma linda história.


INSPIRAÇÃO NA CARREIRA
– Sempre me inspirei no Thiago Silva. Desde quando ele jogava no Fluminense, é um cara muito concentrado, sabe o que quer fazer dentro do jogo. Levo ele como um espelho para a carreira. Espero também chegar até onde ele chegou, com toda a moral que tem mundialmente.


LESÕES NA FRANÇA
– Eu tive duas lesões, uma hérnia inguinal e depois uma no púbis. Se juntar as duas, dá praticamente cinco meses parado. Fiz uma cirurgia que não precisava na França, a de hérnia, perdi tempo com isso. Quando voltei, em agosto, a equipe estava formada e o técnico tinha mudado. Mesmo assim, trabalhei como sempre, fui profissional.










26/01/2017 12h53

Adauto diz que Jadson tem proposta nas mãos: "Aguardamos respostas"
Diretor do Corinthians admite divergências na negociação e espera por um contato do jogador. Alessandro e empresário do meia vão se reunir ainda nesta quinta-feira


Por Diego Ribeiro




Jadson na passagem pelo Corinthians em 2015 (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)

O diretor de futebol Flávio Adauto jogou para Jadson e seu representante o retorno ao Corinthians. De acordo com o dirigente, o jogador sabe quanto o clube está disposto a pagar para contratá-lo novamente e aguarda uma resposta.


Marcelo Robalinho, representante do meio-campista, e Alessandro Nunes, gerente do Timão, se reunirão nesta quinta-feira à tarde para discutir os termos. As partes ainda divergem sobre salários e tempo de contrato.


– Já foram discutidos todos os detalhes da possível volta dele, e agora vamos esperar. Negociamos tudo isso anteontem. Veio o feriado quarta-feira, o Alessandro chegou (dos Estados Unidos), deu uma atrasadinha... Não diria que contrato de três anos inviabiliza o negócio, mas estamos insistindo em dois. Mas vamos ver. Eles têm todas as informações, aguardamos respostas – disse Adauto.


As partes buscam agora um consenso sobre valores. O Corinthians descarta pagar os R$ 650 mil mensais e as luvas de R$ 10 milhões pedidos pelo jogador no início da negociação. O Timão gostaria de desembolsar cerca de R$ 450 mil de salários e aproximadamente R$ 4 milhões como premiação pelo acerto.

Flávio Adauto na apresentação de Pablo, nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava (Foto: Diego Ribeiro)

Outro ponto divergente é o tempo de contrato. Jadson quer assinar por três temporadas, enquanto o Timão pensa em apenas duas. A alegação é de que o jogador tem uma idade avançada (33 anos) para ter um vínculo tão longo.


– Agora o Corinthians não tem nada a fazer a não ser esperar a resposta. Esperamos que seja positiva. O jogador tem interesse em vir para cá, e a resposta pode ser hoje, amanhã ou depois... Não marcamos data – acrescentou o diretor.

Uma das estrelas do time campeão brasileiro em 2015, Jadson deu prioridade ao Corinthians no retorno do futebol chinês, mas também vem sendo assediado por outras equipes brasileiras. Mesmo assim, ele já avisou que vai esgotar as negociações com o Timão antes de ouvir os demais interessados.


Jadson é visto pela diretoria e pela comissão técnica como a peça que falta para colocar a equipe em outro patamar. Por conta da experiência e do histórico bastante positivo no clube, o meia seria o ponto de referência durante o processo de reformulação do time.








26/01/2017 11h37

Carille faz treino com defesa e indica Pablo como titular no Corinthians
Técnico comanda trabalho específico na manhã desta quinta-feira, e zagueiro recém-contratado treina ao lado de Balbuena. Ideia é começar 2017 com dupla


Por Diego Ribeiro

Pablo marca Giovanni Augusto durante treino (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Um treino técnico na manhã desta quinta-feira indicou o que Fábio Carille pensa para a formação de sua zaga no início da temporada. Recém-contratado pelo Corinthians, Pablo fez dupla defensiva com Balbuena durante toda a atividade – ambos devem ser titulares no amistoso contra a Ferroviária, quarta-feira que vem, em Itaquera.


Ainda sem definir o time completo, Carille comandou um trabalho de defesa contra ataque em um dos gramados do CT Joaquim Grava.


O setor de marcação foi formado por Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Moisés; Gabriel. Léo substituiu Fagner, que jogou pela seleção brasileira nesta quarta-feira e só volta ao Corinthians na sexta.


Contratado do Bordeaux por empréstimo, Pablo ainda passará por um processo de recondicionamento físico para tentar se igualar ao restante do elenco. Ele disputa vaga com Pedro Henrique, que treinou em outro grupo nesta quinta-feira.

Além de Fagner, a atividade não contou com Rodriguinho, que também estava na Seleção, e Kazim, que se recupera de dores musculares na coxa direita. A situação do atacante turco, porém, não preocupa a comissão técnica para o amistoso.


O goleiro Walter treinou mais uma vez em campo, ainda longe dos companheiros, mas está recuperado de uma lesão na região do tórax. Ele também pode ser novidade no duelo com a Ferroviária, mas ficaria apenas no banco de reservas.


O elenco corintiano volta a treinar na manhã desta sexta, no CT Joaquim Grava.





26/01/2017 11h00

Herói do Timão na Copinha, Carlinhos quase teve perna amputada após tiro
Artilheiro e campeão, atacante caiu no choro quando relembrou acidente aos cinco anos e o esforço da família para que se recuperasse. Pelo desejo do pai, seria pastor


Por Diego Ribeiro e Lucas Strabko
Carlinhos comemora o gol marcado na decisão (Foto: Marcos Ribolli)

Carlinhos quase não foi o herói do Corinthians na Copinha de Futebol Júnior, vencida pelo Timão após triunfo por 2 a 1 sobre o Batatais, na quarta-feira ). Quando era criança, em Jaú, no interior de São Paulo, o garoto, aos cinco anos, levou um tiro na perna. Ele estava a caminho da igreja quando a arma de um ladrão de boi disparou acidentalmente e o atingiu.


– Eu caí no chão, não sentia mais nada. Só vi uma poça de sangue. Veio um monte de gente. Os médicos falaram que eu iria amputar, porque o osso trincou. Na primeira vez que meu pai me viu jogando, chorou muito, porque o médico falou que eu sou um milagre de Deus. Com o osso trincado, eu consigo correr, não sinto dor, não sinto nada. Foi um momento muito difícil para minha família quando tomei o tiro. Abalou muito – lembra Carlinhos.


Quatorze anos após o ocorrido, o artilheiro da Copinha, com 11 gols, ainda se emociona ao relembrar. Quando o atacante contou sobre a recuperação e o apoio familiar, caiu no choro.


– Foi difícil. Meu pai e minha mãe são meus heróis. Minha mãe chegava às 11h da noite, trabalhando na casa dos outros, para sustentar eu e meus seis irmãos. Tenho que agradecer pelo meu pai, minha mãe, minha avó, por estarem na minha vida. Estou conseguindo dar a volta por cima para dar uma vida boa para eles. Minha mãe e meu pai sofreram muito, mas nunca passamos fome. Esse título é para eles – falou o garoto, agora com 19 anos.


Carlos, o pai do autor do primeiro gol no Corinthians na decisão, estava na numerada laranja do Pacaembu. Assim que acabou o jogo, Carlinhos foi cumprimentar o pai e lhe entregou a camisa que usou na partida contra o Batatais. Carlos também relembrou os momentos complicados.


– Só não arrancou a perna porque Deus fez um milagre. Isso deixou marcas em nós até hoje. No começo, eu não queria que ele jogasse bola. Sou pastor de igreja, queria que ele também fosse. Depois disso, começou a jogar escondido de mim. Ele era sempre artilheiro do campeonato de creche. Jogando bola, chegou onde está. É uma emoção grande ver os sonhos dele se realizando –

conta o pai, emocionado.

Carlos, o pai de Carlinhos, com a camisa usada pelo filho na decisão da Copinha (Foto: Lucas Strabko)

Corinthians aguarda para o fim desta semana uma resposta de Didier Drogba. 

Depois de conversar com o presidente Roberto de Andrade, o veterano atacante se comprometeu em dar uma posição ao clube sobre se aceita ou rejeita a proposta feita pelo Timão.– Conversei com o presidente anteontem. Já houve conversa com o Drogba, ele ficou de dar resposta. É uma mudança brusca, ele pediu alguns dias para consultar a família. O segundo dado é esse, também estamos na expectativa. Ele deixou as portas abertas – afirmou o diretor de futebol Flávio Adauto, durante a apresentação do zagueiro Pablo, no CT Joaquim Grava.




Integrante do Corinthians decacampeão, artilheiro da Copinha, Carlinhos abre caminho para deca com gol: “Emoção inexplicável”

Atacante do Timão fez gol em todos os jogos em que atuou e marcou o primeiro da vitória do Corinthians sobre o Batatais por 2 a 1 na final no Pacaembu


20h37 25/01/2017 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Para o Corinthians decacampeão da Copinha de Futebol Júnior em 2017, falou em gol, falou em Carlinhos. Artilheiro da Copinha com 11 gols, o atacante fez gol em todos os jogos em que atuou – só não marcou contra o Flamengo nas quartas de final porque não jogou por estar suspenso. Na final contra o Batatais, não foi diferente. O camisa 9 abriu o caminho para a conquista do decacampeonato com o primeiro gol da vitória por 2 a 1 no Pacaembu, nesta quarta-feira (25).

“Emoção inexplicável. Estar ali e fazer o gol. E deslanchar na artilharia, que é o melhor. Muito trabalho, muita dedicação. Vocês estão vendo hoje o que significa o Corinthians e a equipe Sub-20”, afirmou Carlinhos.