7 de jan de 2017

CORINTHIANS 07/01/2017








07/01/2017 21h12

Superintendente de marketing do Corinthians anuncia seu desligamento Gustavo Herbetta retorna para o mercado publicitário. Seu substituto será responsável por finalizar novos contratos de patrocínio


Por Marcelo Braga

Superintendente de marketing Gustavo Herbetta deixa o Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

Superintendente de marketing do Corinthians, Gustavo Herbetta pediu desligamento do cargo na última sexta-feira e não faz mais parte da diretoria alvinegra. A informação, publicada pelo jornal "Lance", foi confirmada pelo GloboEsporte.com.

Desanimado com o futebol, o executivo voltará à publicidade. Ele recebeu um convite para trabalhar na agência Ínsula, do Grupo Publicis.

O departamento de marketing do Timão, que já não tinha um diretor desde que Mauricio Jacob pediu exoneração em 2016, agora deve ter como principal nome o publicitário Vinicius Azevedo. O novo organograma ainda depende de aprovação.

Será ele o responsável por fechar os novos contratos de patrocínio que o clube tem engatilhado para a atual temporada.













Corinthians busca renovação e espera acerto com Rodriguinho até sexta
Já com 28 anos e sem mercado no continente europeu, o meio-campista pensa em permanecer no Parque São Jorge no futuro

O Corinthians encara uma semana decisiva na busca por reforços e definição do grupo de Fábio Carille para a temporada 2017, impulsionada justamente pela reapresentação dos atletas no CT Joaquim Grava, marcada para quarta-feira. Além da procura por contratações, porém, a diretoria tem em mente outra prioridade até sexta: acertar a renovação de contrato do meia Rodriguinho, principal jogador da equipe em 2016, que está garantido apenas até dezembro.

O jogador já foi procurado durante suas férias para saber do interesse e a resposta foi positiva. Animado com o bom desempenho, Rodriguinho só considera possível uma saída para ganhar dinheiro “fora do normal” para padrões brasileiros. Com 28 anos e sem mercado na Europa até o momento, ele vê com bons olhos a possibilidade de ser o líder corintiano em 2017.
Para que isso aconteça, no entanto, tanto o jogador quanto o seu estafe veem uma valorização do trabalho como necessária, principalmente pelo fato de o seu vínculo ser válido apenas até o final deste ano. A ideia da diretoria é estendê-lo por ao menos mais 18 meses, mas a proposta inicial é para que ele permaneça até dezembro de 2019 no Timão.

Com 50% dos direitos econômicos ligados ao Corinthians, Rodriguinho também pode ter uma outra porcentagem adquirida, aumentando a participação corintiana em uma venda futura. Mercados como o chinês e o dos Emirados Árabes Unidos são apontados como fortes competidores pelo futebol do atleta. Da outra metade, 40% está em poder do Capivariano enquanto os outros 10% ficam com o América-MG.

Além de Rodriguinho, os experientes Cristian e Danilo são os outros jogadores cujo vínculo se encerra ao final da temporada. Por serem atletas de 33 e 36 anos, respectivamente, no entanto, ambos terão de demonstrar boa capacidade física para que os contratos sejam renovados.




Corinthians treina na academia antes de duelo contra o Taubaté

Alvinegro vai em busca da vitória na última partida da primeira fase para garantir uma das melhores campanhas entre todos os clubes


18h00 07/01/2017 - Agência Corinthians

Na tarde deste sábado (07), o Sub-20 do Corinthians ia ao campo do SESI Taubaté realizar sua última sessão de treino antes da partida deste domingo (08), às 17h, contra o Taubaté-SP, no estádio Joaquim Morais Filho, o Joaquinzão, pela terceira rodada da primeira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Contudo, uma forte chuva atrapalhou os planos e os jovens acabaram realizando uma atividade na academia do hotel onde o Timãozinho está hospedado.

Os titulares fizeram um trabalho regenerativo bem leve. Já os reservas e não relacionados realizaram um treinamento de força.

O Alvinegro lidera o grupo 17 da Copinha, com seis pontos. O Taubaté também tem a mesma pontuação, mas perde no saldo de gols: 10 contra dois. Operário-MS e Pinheiro-MA, dividem a lanterna do grupo, ainda sem pontos. A vitória é fundamental para o Corinthians garantir uma das melhores campanhas da primeira fase – o que pode ajudar o clube mais para frente na competição.








07/01/2017 10h13
Corinthians ainda negocia salário com o zagueiro Pablo
Para fechar com o Timão, zagueiro terá de se adequar à realidade salarial. Diretoria não descarta mudar de alvo caso o jogador não tope a proposta oferecida


Por Marcelo Braga


O agente de Pablo esbanja otimismo para o acerto do zagueiro com o Corinthians depois da reunião que teve com o gerente de futebol Alessandro Nunes, na última sexta-feira, só falta ele baixar os salários.

Na Europa desde o meio de 2015 e com contrato até 30 de junho de 2019, o jogador tem um salário elevado.

A fim de tê-lo por empréstimo pelo período de um ano, com preço de compra fixado, o Timão deve se reunir de novo na próxima semana para bater o martelo.

Mesmo ciente da necessidade da contratação de um defensor, o Corinthians não descarta mudar de alvo caso o jogador não tope a proposta oferecida. O clube procura jogadores de mesmo perfil: brasileiros que atuem no exterior e que possam ser empestados de graça por um ano.
Além de Pablo, o Timão negocia com o volante Gabriel, e com o atacante William Pottker.









Meia capitão Guilherme Mantuan revela dicas de Coelho e inspiração em ídolos no Corinthians


07/01/2017 08:00:14

Assim como na estreia, o capitão do Corinthians na Copinha de Futebol Júnior, Guilherme Mantuan, voltou a deixar sua marca nesta sexta-feira, depois de mais uma goleada da equipe de Parque São Jorge. O volante marcou o terceiro dos quatro gols do Timão em cima do Operário-MS, que também serviram para confirmar a classificação antecipada à próxima fase da Copinha. O placar de 4 a 0 foi criado também graças a dois gols de Carlinhos e outro de Pedrinho.

Mas, Mantuan acabou chamando atenção por participar bem de todo o confronto em Taubaté. O garoto de 19 anos recompôs bem o meio de campo, deu uma linda assistência para um dos gols de Carlinhos e fez em grande estilo, acertando a gaveta do goleiro adversário.

“Fui muito feliz no chute. Eu treino bastante finalização com o professor Coelho. E é isso ai, conseguimos a classificação, mas é manter os pés no chão, porque ainda não chegamos no nosso objetivo principal”, comentou o atleta, ao Sportv, citando um dos auxiliares do técnico Osmar Loss.Guilherme Mantuan passou por todas as categorias de base do Corinthians até chegar ao profissional (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Coelho, a quem Mantuan se referiu, é o ex-lateral direito que ficou marcado no próprio Timão pelo gol contra que marcou no duelo com o River Plate, pela Copa Libertadores da América de 2006, no Pacaembu, mas que também conquistou o Campeonato Brasileiro 2005 e o Paulista de 2003.

“É ele mesmo. Sempre quando acaba o treino, ele chama a gente, se reúne com a gente e é algo que precisa ser aperfeiçoado. Ainda estamos na base, em período de transição. Ele tem paciência com a gente e nos auxilia nos chutes”, contou.

Meia de origem, Guilherme Mantuan já atuou em diversas funções no meio de campo sob o comando de Osmar Loss e tem sua versatilidade como diferencial. Depois de ser relacionado para os últimos jogos do time principal do Corinthians no ano passado, a promessa alvinegra admite que se inspira em Elias, Paulinho e até Maycon, que passou pela base corinthiana recentemente.

“Eles me inspiram. São caras que merecem esse voto de olhar, observar. Procuro subir na hora certa. Não pode ser toda hora, se não o adversário acaba percebendo, mas na hora certa eu tento chegar”, explicou.

Prestes a completar 13 anos de Corinthians – chegou em 2004 com sete anos de idade -, Guilherme Mantuan não escondeu a satisfação pela classificação antecipada da equipe na Copinha 2017, mas ressaltou a importância de confirmar a ponta da tabela no domingo, contra o Taubaté, que também soma seis pontos, mas tem oito gols de saldo atrás.

“Vamos entrar com o pensamento de vitória, até porque, caso contrário, nós temos que mudar de cidade. Então, estamos concentrados em ganhar e sair daqui com a liderança do grupo”, avisou o capitão e grande esperança do Corinthians para o futuro.Antes da volta do presidente, Timão reúne diretores: finanças em pauta

Ainda sem Roberto de Andrade, que passa férias nos Estados Unidos e retorna ao Brasil na segunda-feira, vice-presidente André Luiz Oliveira convoca encontro para discutir situação

Gabriel Carneiro
07/01/2017
07:30


Diretores de diversos departamentos do Corinthians realizaram uma reunião extraordinária no Parque São Jorge na noite da última quinta-feira, convocados pelo presidente em exercício do clube, André Luiz Oliveira, conhecido como André Negão. O encontro ocorreu sem a presença do presidente do clube, Roberto de Andrade, que passa férias nos Estados Unidos e retoma os trabalhos no Timão apenas na próxima terça-feira.

André Negão teve reuniões recentes com Emerson Piovezan, diretor de finanças do Corinthians, e expôs aos dirigentes de outras pastas preocupações a respeito do momento financeiro do clube. O vice-presidente, que retomou rotina no clube após meses de afastamento por conta da candidatura a vereador em São Paulo, cobrou maior contribuição às receitas do clube e redução de custos por parte das diretorias. Também houve manifestações de preocupação com os rumos do Timão, que até o momento tem atuação discreta na janela de transferências.

Os únicos reforços já anunciados pelo Corinthians para 2017 são Jô, que estava sem clube e chegou de graça, Luidy, que custará R$ 1,2 milhão parcelado ao clube paulista, e Kazim, com um valor bem próximo ao de Luidy. Além deles, Paulo Roberto, que virá de graça, já acertou. O clube negocia com outros jogadores, como Pablo, Willian Pottker e Gabriel, mas quase todos demandariam investimento financeiro em meio às dificuldades do clube.

A demora em busca de reforços para 2017 e as quase três semanas de afastamento das decisões do Corinthians farão Roberto de Andrade retornar pressionado ao Parque São Jorge. O momento conturbado se deve especialmente ao fato de que a reunião entre diretores, ocorreu sem sua presença.





07/01/2017 09h00

Feliz no Corinthians, Marlone usará broche do clube no Puskás: "Gratidão"

Atacante diz que participação na final do Prêmio valoriza sua imagem e destaca

desejo de continuar no Alvinegro: "O que fizeram por mim nunca vou esquecer"

Por SporTV.com

Marlone já chegou a viajar 32 horas de ônibus de Augustinópolis, no Tocantins, até Belo Horizonte, Minas Gerais, para fazer uma peneira no Cruzeiro quando era criança. Em 2017, o atacante do Corinthians vai fazer uma viagem ainda maior e inédita: conhecer a Europa. Ele é um dos três finalistas do Prêmio Puskás, que elege o autor do gol mais bonito da temporada. Em entrevista ao “Planeta SporTV”, o jogador disse que portará um broche do Timão no seu terno, na cerimônia realizada em Zurique, na Suíça, como homenagem ao clube que o projetou.

- Estou ansioso. Esses dias estava até com caspa na cabeça de ansiedade. Mas que bom que estou indo conhecer a Europa com a chance de trazer um prêmio individual. Já separei o terno, para ir bonitinho, um broche para representar o Corinthians. É uma forma de gratidão por ter me proporcionado esse momento, a chance de fazer o gol.

O Prêmio Puskás reuniu gols marcados entre 30 de setembro de 2015 e 30 de setembro de 2016. Marlone concorre com o golaço marcado contra o Cobresal, pela Libertadores, quando acertou um belo voleio após matar a bola no peito. O brasileiro disputa o prêmio ao lado de Mohd Faiz Subri, da Malásia, e Daniuska Rodríguez, da Venezuela.

Caso vença a votação popular do Puskás, Marlone se tornará o terceiro brasileiro a vencer o prêmio, já que Neymar levou o troféu em 2011, e Wendel Lira faturou no ano passado. O atacante do Corinthians diz que a possível conquista vai incentivar ainda mais sua carreira.

- Acho que voltaria com outra imagem, porque é um prêmio mundial, que representa o maior evento da Fifa. Nossa imagem valoriza, traz um respeito. Volto mais confiante, mas feliz, não que eu não estava, mas incentivado que posso conseguir mais coisas, títulos.

O elenco do Corinthians se reapresenta no dia 11 de janeiro, dia em que Marlone retorna da Europa. O atacante, que se junta ao grupo no dia seguinte, destacou seu desejo de seguir no clube paulista, apesar do interesse de rivais como o Atlético-MG.

- A princípio, sou jogador do Corinthians, estou feliz no Corinthians. O que eles fizeram por mim é algo que nunca vou esquecer. Pelo simples fato de cantarem meu nome no estádio me pedindo, sendo que não sou nada, não tinha identificação com o clube, porque eu não tinha nenhuma história no clube. Na lógica, a torcida pede um ídolo. Nesse momento eu estava reserva, e a torcida comprou um barulho, e eu tive a chance de fazer esse gol. Espero repetir mais vezes.




















07/01/2017 09h00

Feliz no Corinthians, Marlone usará broche do clube no Puskás: "Gratidão"
Atacante diz que participação na final do Prêmio valoriza sua imagem e destaca
desejo de continuar no Alvinegro: "O que fizeram por mim nunca vou esquecer"


Por SporTV.

Marlone já chegou a viajar 32 horas de ônibus de Augustinópolis, no Tocantins, até Belo Horizonte, Minas Gerais, para fazer uma peneira no Cruzeiro quando era criança. Em 2017, o atacante do Corinthians vai fazer uma viagem ainda maior e inédita: conhecer a Europa. Ele é um dos três finalistas do Prêmio Puskás, que elege o autor do gol mais bonito da temporada. Em entrevista ao “Planeta SporTV”, o jogador disse que portará um broche do Timão no seu terno, na cerimônia realizada em Zurique, na Suíça, como homenagem ao clube que o projetou.


- Estou ansioso. Esses dias estava até com caspa na cabeça de ansiedade. Mas que bom que estou indo conhecer a Europa com a chance de trazer um prêmio individual. Já separei o terno, para ir bonitinho, um broche para representar o Corinthians. É uma forma de gratidão por ter me proporcionado esse momento, a chance de fazer o gol.

Corinthiano meia Marlone briga por Premio Puskás (Foto: Marcos Ribolli)

O Prêmio Puskás reuniu gols marcados entre 30 de setembro de 2015 e 30 de setembro de 2016. Marlone concorre com o golaço marcado contra o Cobresal, pela Libertadores, quando acertou um belo voleio após matar a bola no peito. O brasileiro disputa o prêmio ao lado de Mohd Faiz Subri, da Malásia, e Daniuska Rodríguez, da Venezuela.


Caso vença a votação popular do Puskás, Marlone se tornará o terceiro brasileiro a vencer o prêmio, já que Neymar levou o troféu em 2011, e Wendel Lira faturou no ano passado. O atacante do Corinthians diz que a possível conquista vai incentivar ainda mais sua carreira.


- Acho que voltaria com outra imagem, porque é um prêmio mundial, que representa o maior evento da Fifa. Nossa imagem valoriza, traz um respeito. Volto mais confiante, mas feliz, não que eu não estava, mas incentivado que posso conseguir mais coisas, títulos.


O elenco do Corinthians se reapresenta no dia 11 de janeiro, dia em que Marlone retorna da Europa. O atacante, que se junta ao grupo no dia seguinte, destacou seu desejo de seguir no Corinthians, apesar do interesse de rivais como o Atlético-MG.
- A princípio, sou jogador do Corinthians, estou feliz no Corinthians. O que eles fizeram por mim é algo que nunca vou esquecer. Pelo simples fato de cantarem meu nome no estádio me pedindo, sendo que não sou nada, não tinha identificação com o clube, porque eu não tinha nenhuma história no clube. Na lógica, a torcida pede um ídolo. Nesse momento eu estava reserva, e a torcida comprou um barulho, e eu tive a chance de fazer esse gol. Espero repetir mais vezes. 








07/01/2017 08h28

Osmar Loss vibra com classificação antecipada do Corinthians na Copinha e estuda poupar jogadores
Corinthians assegura passagem à segunda fase com uma rodada de antecedência e vai para o último jogo apenas para decidir a liderança do Grupo 17 da competição


Por Danilo Sardinha

Com a vitória por 4 a 0 sobre o Operário-MS nessa sexta-feira, 6, e o triunfo do Taubaté sobre o Pinheiro-MA, o Corinthians garantiu a classificação à segunda fase da Copa São Paulo com uma rodada de antecedência. A conquista antecipada foi comemorada pelo técnico do Timão, Osmar Loss. Além de tirar a pressão para garantir a passagem de fase, o treinador destaca outro motivo para ficar feliz com o feito.


– É fundamental jogar este terceiro jogo sem este clima de decisão, por mais que a gente saiba que a campanha vai nos fazer jogar para vencer todos os jogos. Mas era um plano nosso, até para se alguém estiver um pouco mais sentido (fisicamente). Afinal, vai ser o nosso terceiro jogo no sexto dia. Podemos resguardar algum jogador pensando na próxima fase – disse.

Pedrinho comemora um dos gols do Corinthians sobre o Operário-MS nessa sexta-feira (Foto: Agência Estado)

– Vamos conversar (sobre poupar atletas). Temos um processo de análise com o departamento médico, fisiologia e preparação física. Em cima das opiniões deles e da sensação dos próprios jogadores, vamos desenhar um time que certamente será competitivo. Porém, os nomes não sabemos hoje – acrescentou.

O próximo compromisso do Corinthians na Copinha é neste domingo, 8, contra o Taubaté. A partida está marcada para as 17h, no estádio Joaquinzão, em Taubaté.


As duas equipes chegam invictas e classificadas à segunda fase. O duelo, portanto, vale a liderança do Grupo 17. O Corinthians, por ter melhor saldo de gols (dez contra dois), é o líder da chave e mantém a posição com um empate. Um dos motivos para o Corinthians almejar a liderança do grupo é seguir atuando em Taubaté, onde já está com a logística montada.


Há 17 anos, em Corinthians 2x2 real madrid, Edílson brilhava no Mundial de Clubes

Atacante corinthiano marcou os dois gols alvinegros do empate em 2 a 2 contra a equipe espanhola


09h00 07/01/2017 - Agência Corinthians




© Ricardo Corrêa/Placar


No dia 07 de janeiro de 2000, há 17 anos, o ex-atacante Edílson teve uma das atuações mais marcantes com a camisa alvinegra. Pelo Mundial de Clubes da FIFA 2000, o Capetinha, como era conhecido, marcou os dois gols do Corinthians no empate em 2 a 2 contra o Real Madrid.

Pela segunda rodada da fase de grupo do torneio, o Timão, comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira entrou em campo no estádio do Morumbi com Dida; Índio, João Carlos, Fábio Luciano e Kléber; Rincón, Vampeta, Ricardinho e Marcelinho; Edílson e Luizão.

Antes da partida, Edílson se envolveu em uma polêmica com um dirigente espanhol, que teria dito que não conhecia o atacante. Após sair atrás no placar com gol de Anelka aos 19 minutos, o camisa 10 do Timão deu o cartão de boas vindas aos 28 com o gol de empate.

No segundo tempo, o lance que marcaria a partida. Aos 19 minutos, Edílson entrou pela direita, deu um rolinho no defensor Karembeu e mandou pro fundo das redes da entrada da área do goleiro Casillas. A vantagem durou pouco, já que Anelka marcaria novamente aos 25 da segunda etapa.

Para nervosismo da Fiel, o Timão quase sofreu a virada. Mas o paredão Dida garantiu a igualdade no placar após defender cobrança de pênalti do atacante frânces aos 36 minutos da etapa final.

Ao final da fase de grupos, o empate contra o Real Madrid foi importantíssimo para a classificação alvinegra para a final do Mundial, já que o Timão ficou com o mesmo número de pontos que a equipe espanhola, mas garantiu a liderança por ter maior saldo de gols que os rivais.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.