17 de dez de 2016

CORINTHIANS 17/12/2016

17/12/2016 11h35
Corinthians deve liberar atacante Rildo e ter volta de atacante Mendoza
Por Caio Filho e Carlos A. Ferrari
O atacante Rildo não deve vestie a camisa do Corinthians em 2017. Depois de um ano e meio de seguidos problemas físicos, a diretoria do Timão descartou oferecer a renovação e decidiu liberar o jogador ao fim do contrato – o vínculo acaba em 31 de dezembro.
Contratado na metade de 2015 da Ponte Preta, Rildo sofreu com inúmeras lesões e não conseguiu uma sequência de jogos no clube. No período em que esteve no Timão, ele atuou em apenas 22 partidas e marcou dois gols.
O atacante chegou a ter esperanças de permanecer com a contratação do técnico Oswaldo de Oliveira, admirador dele, mas a diretoria avisou ao treinador antes de demiti-lo que não renovaria com o jogador.
A saída de Rildo abre espaço para que o colombiano Mendoza seja utilizado pelo Corinthians na próxima temporada. O jogador retorna agora do empréstimo ao New York City, dos Estados Unidos, e deve ser reintegrado ao elenco.
Além do provável retorno de Mendoza, o Timão contratou recentemente o atacante Luidy, revelação do CRB na Série B do Campeonato Brasileiro. O elenco ainda tem Romero, Lucca, Léo Jabá e Bruno Paulo como alternativas para os lados de campo.



Corinthians paraliza decisão sobre permanência do atacante Rildo
Atacante que sofreu com problemas físicos desde a chegada ao Timão, em junho de 2015, interessava ao ex-técnico, que foi demitido na quinta-feira. Diretoria vai oficializar decisão

Bruno Cassucci e Gabriel Carneiro 17/12/2016 15:47

Um ano e meio de contrato, apenas 22 partidas realizadas, dois gols marcados e diversos problemas físicos. Após trajetória contestável com a camisa do Corinthians, o atacante Rildo deve deixar o clube ao fim de 2016, quando vence seu contrato. Há poucos dias, a perspectiva era totalmente diferente, pois o jogador de 27 anos agrada ao técnico Oswaldo de Oliveira, que pediu sua permanência para 2017. Na última quinta-feira, Oswaldo foi demitido, as conversas pela renovação paralisadas e a saída tornou-se provável.

- Ainda não existe nada definido, vamos decidir sobre a situação - diz Flávio Adauto, diretor de futebol do Corinthians, indicando a indefinição da permanência de Rildo após a saída de Oswaldo de Oliveira.

Com Oswaldo, era praticamente certo que Rildo ficaria. Apesar de ter jogado pouco em 2016 por conta das sucessivas lesões, o jogador teve oportunidades, fez um gol e terminou o ano com expectativas positivas. Apesar da avaliação interna ter sido de dúvida, a diretoria até agendou reuniões para discutir a renovação. Os encontros com o empresário do jogador, José Galante, foi adiado pelos problemas médicos do presidente Roberto de Andrade e agora estão interrompidos. A conclusão dos representantes é que Rildo não interessa mais e, como está livre, já busca novos rumos para 2017.

Neste ano o Corinthians  já dispensou Willians, devolvido ao Cruzeiro, e Isaac, devolvido ao Botafogo-RP. Nos próximos dias, há chance de outros jogadores deixarem o clube: Alan Mineiro, que negocia com o Paraná, e Gustavo e Jean, que foram contratados em 2016, mas devem ser emprestados para adquirirem mais experiência.




CORINTHIANS PROMOVE JOGO BENEFICENTE DE NATAL ENTRE FIÉIS TORCEDORES E EX JOGADORES




O departamento Cultural do Corinthians promoveu junto ao time do Master na manhã deste sábado (17), um jogo beneficente com os ídolos corinthianos, que presentearam crianças carentes através da ajuda de padrinhos e patrocinadores.











Artilheiro e ídolo da Fiel, Liedson completa 39 anos

Em duas passagens pelo Corinthians, o Levezinho conquistou três títulos com a camisa alvinegra


10h00 17/12/2016 - Agência Corinthians



Liédson completa 39 anos de idade

Rodrigo Coca/Agência Corinthians


Um dos grandes ídolos da história do Corinthians faz aniversário neste sábado (17). O ex-atacante Liedson completa 39 anos de idade.

O ex-jogador teve duas passagens pelo Timão. A primeira em 2003 e a segunda entre os anos de 2011 e 2012. No total, o Levezinho disputou 111 partidas e marcou 50 gols pelo Corinthians.

As duas passagens foram vencedoras. O ex-jogador conquistou três títulos jogando pelo clube pelo Corinthians. Em 2003, conquistou o Campeonato Paulista. Ao retornar ao Timão, participou das campanhas do penta brasileiro (2011) -- em que foi artilheiro da equipe alvinegra com 12 gols -- e da inédita e invicta Libertadores da América.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.












Diretor do Timão não teme perder reforços por indefinição de técnico

Bruno Cassucci
17/12/2016
06:45
A diretoria alvinegra confia no poder de convencimento que tem e também na visibilidade oferecida pelo clube para trazer os reforços que quer.

– Se perdermos jogadores? O azar é deles. Pode parecer prepotência, mas o Corinthians segue sendo a maior vitrine do futebol brasileiro – destacou o cartola, que lembrou de Ralf, Paulinho e outros atletas que chegaram ao Timão pouco badalados e depois ganharam notoriedade no Brasil e no mundo.

– Mesmo sem a Libertadores, todos querem jogar aqui – completou.

Adauto demonstrou confiança em negociações que já estão em andamento e disse que reforços podem ser anunciados até o fim da próxima semana. Um deles é Rithely, volante do Sport. O clube também busca dois zagueiros, um meia e um atacante.

Até o momento, o Corinthians já acertou duas contratações para 2017, os atacantes Jô (estava livre) e Luidy (destaque do CRB-AL).

No início desta semana Flávio Adauto afirmou que o Timão buscará reforços de peso, mas não citou nomes. Ele também frisou que a previsão orçamentária de investir R$ 13 milhões em reforços, é só uma estimativa e não precisa ser seguida à risca.












Corinthians faz proposta a Rodriguinho e indica saída de Rildo após Oswaldo

Dassler M.

Enquanto o Corinthians busca novo técnico, o diretor de futebol Flávio Adauto trabalha em conjunto com o gerente de futebol Alessandro na montagem do elenco para 2017. Adauto indicou que manter Rodriguinho, destaque da temporada encerrada, é mesmo um dos planos.

Com contrato até dezembro do ano que vem, o meia tem em mãos uma proposta apresentada pelo Corinthians para renovar seu vínculo. Flávio Adauto também comenta sobre a situação do goleiro Cássio, sobre os prováveis empréstimos do volante Jean e do centroavante Gustavo e sobre a possível venda de Guilherme Arana. Ele ainda indica que Rildo não deve permanecer para 2017 - Oswaldo, demitido, gostava do atacante.

Confira respostas de Flávio Adauto sobre o elenco do Corinthians:
Proposta para Rodriguinho

Temos o máximo interesse que ele prossiga. O Rodriguinho tem contrato e é jogador do Corinthians. Não perguntaram nada por ele (outras equipes), não fizeram oferta, ele só pode sair se alguém procurar. É nosso interesse? Não. Quando eu cheguei, disse que ele era um dos nossos jogadores mais importantes. Repito: quero que ele prossiga, amplie o contrato se for o caso. Já teve (uma proposta) e estamos esperando pela resposta dele.
Cássio fica?

Estar no banco é algo circunstancial. O mais importante é o que ele tem dito, que quer prosseguir. Ele disse ao Oswaldo e ouvimos ele falar em outras ocasiões de que quer recuperar o espaço dele. É o que ele diz claramente, pois tem contrato longo e tempo de sobra para se recuperar. É um problema dele com o Walter (risos). É entre os dois e o técnico (risos). Ele quer continuar.
Rildo sai após demissão de Oswaldo?
A gente tem algumas coisas que a gente já tem bastante claras. Se ele vai ficar ou não, não depende de Oswaldo ou de quem vier. Temos uma posição tomada e que as férias transcorram normalmente. Vamos pensar, provavelmente, não vou cravar nada. Mas vamos respeitar o ser humano, se ele não ficar, segue a vida dele.
Jean e Gustavo serão emprestados?

Não fechamos isso ainda. Vamos ter reuniões até a semana que vem e fechamos essa questão de quem volta de empréstimo. Temos o máximo cuidado de ajudar quem está voltando a se recolocar. É a função que temos. Vamos ver o tamanho do elenco, as peças que interessam, isso tudo não houve tempo de analisar. Antes, nos preocupamos com as finais do Brasileiro, agora temos que agir com calma.
Guilherme Arana será vendido?

Ouço falar em propostas por ele desde que eu cheguei e não dá para analisar sobre o que não vem. Chegou algo? Então vamos responder. Mesmo tendo 40% 50% ou 20%, ouço e leio sobre essa proposta possível, falam até em valores, mas vamos continuar lendo até chegar.

NR.: O Corinthians tem 40% do jogador.