12 de dez de 2016

CORINTHIANS 12/12/2016















'Incontestável', Corinthians campeão da 
Liga Nacional
 de futsal goleando o sorocaba
Timão vence as duas partidas da final e conquista seu primeiro título da LNF. Camisa 10 e capitão, Deives garante artilharia e prêmio de melhor jogador

Veja em imagens como foi o jogo
(Foto: Divulgação)

Vander Carioca marcou um dos gols da partida e comemorou muito
(Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)

Pepita, um dos destaques da partida
(foto:Ricardo Moreira/Lancepress)

Corinthians venceu os dois jogos das finais e garantiu título
(foto:Ricardo Moreira/Lancepress)

João Mércio Gomes
12/12/2016
22:53

O Corinthians é campeão da Liga Nacional de futsal de 2016. O Timão venceu as duas partidas da final diante do Sorocaba e, pela primeira vez na história do clube, conquistou o título mais importante do esporte no cenário nacional.

Na noite desta segunda-feira, a festa já estava desenhada. Por ter vencido a primeira partida em Sorocaba, o Corinthians precisava apenas de um empate para soltar o grito de 'campeão' no Parque São Jorge. Com casa lotada, o time do técnico André Bié foi pra cima desde o início e não deu chances ao adversário: 5 a 2 no placar, com direito a gol do título nos últimos 30 segundos de partida. Deives, camisa 10, capitão, melhor pivô, artilheiro e melhor jogador do campeonato, foi o nome do jogo com dois gols e atuação de gala.




Corinthians
✔@Corinthians


É campeão!!! #LNF #VaiCorinthians
22: 24 - 12 dez 2016
O JOGO
​Para o Corinthians, bastava um empate em casa que o título inédito seria conquistado. Mas, não foi bem isso que aconteceu em quadra. Logo nos primeiros minutos, o Timão dominou a partida, pressionando sem a bola e finalizando com ela. Deives e Pepita sufocavam o Sorocaba, que saiu jogando diversas vezes na base do chutão do goleiro Tiago. A defesa corinthiana estava bem armada. O primeiro gol saiu faltando apenas seis minutos para o intervalo: Guitta achou Pepita, que dominou e tocou para Leandro Caires tirar do goleiro. Com 1x0 no placar, o Sorocaba buscou o empate ainda no primeiro tempo e conseguiu. Neguinho fez linda jogada, deixou os defensores no chão e a bola chegou em Falcão para empatar.

Faltando menos de dois minutos para o intervalo, Rodrigo, capitão do Sorocaba, se irritou com o pivô de Vander, deu uma rasteira no corinthiano e foi expulso. Com um a menos, o time visitante não segurou e sofreu mais um gol. O jogo foi para o intervalo com 2x1 no placar.

Logo nos primeiros cinco minutos do segundo tempo, o Corinthians conseguiu ampliar com Deives. A partir daí, o título era questão de tempo. Marcel aumentou para 4x1 poucos minutos depois e praticamente liquidou a fatura. No fim da partida, o Sorocaba usou goleiro-linha e diminui o resultado. Mas, já no último minuto, Leandro Caires roubou a bola e tocou para Deives fechar o caixão: 5x2 e muita festa no Parque São Jorge com o título inédito do Corinthians. O Corinthians é também atual bicampeáo paulista de futsal.


Corinthians campeão da Liga Nacional de futsal: 91-Guitta, 7-Nenê, 4-Leandro Caires,  17-Leandro Lino e 10-Deives.
+ 1-Careca, 5-Douglas, 9-Rocha, 11-Marcel, 12-Arthur, 13-Índio, 14-Vander Carioca, 
8-Pepita e 20-Adriano Foglia. Técnico: André Bié.















Corinthians CAMPEÃO FUTSAL NACIONAL, vence o Sorocaba e fatura inédito título da LNF

12/12/2016 21:42:22 — 12/12/2016 21:44:32

O Corinthians recebeu o Sorocaba nesta segunda-feira, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, no segundo jogo da final da Liga Nacional de Futsal (LNF), e não deu chances para o adversário. Com uma boa atuação, o Timão venceu pelo placar de 5 a 2 e garantiu o inédito título do torneio nacional sem a necessidade de uma terceira partida.

O Corinthians começou a construir o título com gol de Leandro Caires. Porém, logo na sequência, Falcão empatou para o Sorocaba. No final do primeiro tempo, no entanto, Vander Carioca balançou as redes e voltou a colocar o Timão na frente. Já na segunda etapa, o Alvinegro paulista foi absoluto e, com gols de Deives e Marcel, transformou a vitória em goleada. Daniel descontou para o Sorocaba nos minutos finais. No entanto, restando 20 segundos, Deives aproveitou contra-ataque e balançou as redes para sacramentar a conquista.

Com a conquista, o Corinthians, que sequer havia chegado a uma final, chegou ao seu primeiro título na história da Liga Nacional de Futsal. O maior campeão segue sendo o Carlos Barbosa, com cinco conquistas. O Sorocaba, vice-campeão, segue com uma taça.Corinthians faturou título da Liga Nacional de Futsal pela primeira vez em sua história (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O jogo – O Corinthians começou o jogo melhor e criando as principais ações ofensivas. Na primeira chance, o Timão quase abriu o placar. Com pouco mais de um minuto de partida, Pepita recebeu de Leandro Caires e chutou firme para grande defesa de Thiago .

Após os cinco primeiros minutos, a pressão do Alvinegro baixou e o Sorocaba começou a criar suas chances. A primeira delas veio em chute rasteiro de Falcão, que foi defendido por Guitta.

O Alvinegro, no entanto, se mostrou mais efetivo na parte final. Logo na sequência, Pepita arriscou chute e carimbou a trave defendida por Thiago. Aos 14 minutos, porém, não houve chance para o goleiro. Pepita deu passe para Leandro Caires que, na cara do gol, apenas tirou do arqueiro para fazer 1 a 0 para o Timão.

Antes do intervalo, ainda deu tempo para a estrela de Falcão brilhar. Aos 17, o camisa 12 recebeu passe na medida de Keko e só empurrou para o gol para deixar tudo igual no placar.

As emoções da partida, porém, não pararam por aí. A pouco mais de um minuto do fim do primeiro tempo, Rodrigo acertou o joelho de Vander Carioca e foi expulso de quadra. Logo na sequência, o Corinthians se aproveitou da ausência do capitão do Sorocaba e, em chute de colocado do mesmo Vander Carioca, balançou as redes e fez 2 a 1 antes do fim da primeira etapa.

A partida voltou para o segundo tempo muito movimentada, com as duas equipes criando boas chances de gol e os dois goleiros brilhando dentro de quadra. Com a predominância dos arqueiros, coube novamente ao Corinthians furar a defesa e balançar as redes. Aos cinco minutos, Deives recebeu de Marcel em contra-ataque, conduziu a bola e bateu na saída de Thiago para fazer o terceiro.

Após o terceiro gol, o Sorocaba se abateu e o Corinthians conseguiu ampliar. Aos oito, após boa trama ofensiva, Rocha rolou para Marcel que, na cara do gol, só empurrou para a rede para fazer 4 a 1.

Aos 15 minutos, Danilo ainda descontou para o Sorocaba em chute de bico. Porém, restando 20 segundos, Deives aproveitou contra-ataque e fuzilou as redes para carimbar o título do Corinthians.






Corinthians campeão da Liga Nacional de Futsal pela primeira vez na história, goleando sorocaba

Leandro Caires, Vander Carioca, Deives (2) e Marcel marcaram os gols da histórica conquista do futsal do Timão


21h45 12/12/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Coca/Ag. Corinthians


Semifinal, final e acabou! A hora do Timão no futsal brasileiro finalmente chegou! As eliminações ficaram para trás, e é tempo de comemorar! O Corinthians/UNIP é campeão da Liga Nacional de Futsal pela primeira vez na história. O título foi conquistado com uma goleada sobre o Sorocaba por 5 a 2 no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. Os gols da histórica conquista foram marcados por Leandro Caires, Vander Carioca, Deives (2) e Marcel.

Depois de vencer o primeiro jogo em Sorocaba, o Corinthians/UNIP precisava só de um empate para conquistar o título inédito. Mas jogando em casa, o Timão partiu para vitória durante o tempo todo. Com cinco minutos de bola rolando, o Alvinegro tentou o gol com chutes de Pepita e Deives, ambos defendidos pelo goleiro Tiago.

A pressão corinthiana continuou. Vander Carioca e Deives voltaram a criar perigo para o gol do Sorocaba. Pepita, inclusive, acertou a trave, sem conseguir tirar o zero do placar. Mas era questão de tempo para o Timão fazer o primeiro.

Foi o que aconteceu quando Pepita carregou a bola e a passou para Leandro Caires, que chutou no cantinho para marcar 1 a 0 no placar.

Guitta chegava a aparecer em alguns ataques do Sorocaba, mas ainda assim o domínio era alvinegro. Só que em uma jogada muito bem trabalhada, os visitantes conseguiram empatar a partida com Falcão.

O empate adversário não abalou os atletas alvinegros, já que o empate também dava o título ao Timão. Com calma, chegaram ao 2 a 1 ainda no primeiro tempo.

Tudo começou com a expulsão de Rodrigo, do Sorocaba. Dessa forma, o Corinthians/UNIP ficou com um a mais por dois minutos ou até que fizesse o gol. Aconteceu a segunda opção. Com muita experiência, Vander Carioca recebeu perto da área, esperou o goleiro agir e, quando todos acharam que haveria o passe, o pivô chutou por entre as pernas do arqueiro e desempatou para o Timão.

Em vantagem no placar, o Corinthians/UNIP aumentou a diferença logo quando o segundo tempo começou. Em um rápido contra-ataque, Marcel roubou a bola e tocou para Deives concluir para o gol e fazer 3 a 1.

O jogo era todo do Timão, que logo transformou em goleada. Triangulação que começou com Índio, que passou a bola para Rocha. O pivô tentou o chute, a redonda acabou nos pés de Marcel, que escorou para as redes: Corinthians/UNIP 4 a 1.

A partir daí, a Fiel, que lotou o Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, passou a fazer a festa. O Timão controlava a partida e só esperava o tempo passar. Nem mesmo o segundo gol do Sorocaba abalou a conexão de jogadores com a torcida.

Aos gritos de “É campeão”, faltando segundos para o fim da partida, ainda houve tempo para Deives fechar a conta e selar a conquista inédita e histórica do futsal corinthiano.













FIEL TORCIDA CORINTHIANA CAMPEÃ DE PÚBLICO EM 2016
Corinthians acaba temporada 2016 com maior média de público do Brasil

Em 35 partidas em casa, Timão levou 30.336 pagantes por jogo no ano, a marca mais expressiva entre os 60 clubes que disputam as Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro


14h50 12/12/2016 - Agência Corinthians




A Fiel manteve a escrita dos últimos anos como a torcida mais presente nos estádios brasileiros

Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians


A Fiel manteve a escrita dos últimos anos como a torcida mais presente nos estádios brasileiros. O Corinthians terminou a temporada 2016 com a maior média de público pagante entre os 60 principais clubes do Brasil, que disputam as Séries A, B e C do Campeonato Brasileiro, de acordo com levantamento feito pelo site Globoesporte.com.

Em 35 partidas como mandante – 34 na Arena Corinthians e uma no Pacaembu –, o Timão atraiu uma média de 30.336 pagantes por jogo. No total, 1.061.767 ingressos foram vendidos para jogos do Alvinegro do Parque São Jorge em casa.

O campeonato que mais levou a Fiel ao estádio foi a Copa Libertadores, que recebeu em média 41.507 torcedores na Arena Corinthians – três dos cinco maiores públicos do Timão em 2016 foram registrados na competição continental. Logo após, aparece o Campeonato Paulista, com 30.981 por jogo, seguido pelo Campeonato Brasileiro (28.764) e Copa do Brasil (19.705).

A segunda equipe com mais presença de público na temporada foi o rival Palmeiras, com média de 29.014 pessoas por jogo, 1.322 a menos do que o clube do Parque São Jorge.

Confira os cinco maiores públicos do Timão em 2016:

1 - Corinthians 2 x 2 Nacional (URU) - Copa Libertadores - 43.098 pagantes
2 - Corinthians 2 x 0 Cerro P (PAR) - Copa Libertadores - 42.403 pagantes
3 - Corinthians 1 x 1 5P - Campeonato Brasileiro - 42.099 pagantes
4 - Corinthians 6 x 0 Cobresal (CHI) - Copa Libertadores - 41.710 pagantes
5 - Corinthians 2 x 2 A. osasco- Campeonato Paulista - 41.343 pagantes






























Goleiro Cássio garante que fica no Timão e promete trabalho por titularidade em 2017

Ídolo do Timão, goleiro termina temporada na reserva de Walter, mas já pensa em próximo desafio: treinar duro e recuperar espaço com Oswaldo. Ele renovou contrato há sete meses


LANCE! 12/12/2016 15:17

Ídolo histórico do Corinthians por conta da participação nas conquistas do Corinthians campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial em 2012, o goleiro Cássio terminou a atual temporada como reserva pela primeira vez em quatro anos de clube. Porém o jogador visa recuperar titularidade em 2017 e não tem interesse em sair.
Mesmo suplente de Walter no momento, Cássio não pensa em deixar o Corinthians no próximo ano. Inspirado por 2012, quando foi de última opção a titular durante a Libertadores, e de contrato renovado há apenas sete meses, o goleiro espera recuperar espaço a voltar ao time titular.

- Eu não posso trabalhar e recuperar minha posição? Essa é minha meta, trabalhar e mostrar que posso ser titular novamente. Renovei meu contrato esse ano, tenho mais três anos. Nunca me escondi na minha história, vou trabalhar. Como em 2012 falei que queria espaço para ser titular, agora novamente, vou me preparar para voltar e retomar a posição - disse.

sio soma 252 partidas com a camisa do Corinthians, sendo 45 nesta temporada. Walter, antes reserva, termina o ano com seu maior número de jogos desde a contratação, em 2013: ao todo, 24 confrontos. Além deles, o elenco corinthiano conta com outros três goleiros: Matheus Vidotto, Caique e Douglas. Eles fizeram dois, um e um jogo, respectivamente.



























Corinthians, por enquanto, garante participação em Florida Cup, nos EUA, como pré temporada para 2017
12/12/2016 14:17

O Corinthians discute não participar da Florida Cup em 2017, devido a semana de atraso para encerramento do Brasileiro por conta da tragédia com voo de atletas da chapecoense.

A possibilidade de abrir mão da pré-temporada em Orlando, nos Estados Unidos, é debatida entre diretoria e comissão técnica corinthiana. Contudo, há entraves. O clube tem mais dois anos de contrato com os organizadores da Florida Cup e teria de pagar uma multa para rescindir o vínculo.

Outra ideia estudada é embarcar para os EUA com uma equipe formada por jovens. Entretanto, a realização da Copinha de Juniores na mesma época praticamente inviabiliza esta hipótese.

 Timão passou a tratar deste assunto depois que a última rodada do Campeonato Brasileiro foi adiada do dia 4 para o último domingo, dia 11, devido ao acidente com o avião da Chapecoense na Colômbia.

A princípio, os jogadores corinthianos voltariam de férias em 4 de janeiro, mas a reapresentação foi adiada para o dia 7. Na programação atual, a viagem para os Estados Unidos está prevista para o dia 11.

O LANCE! tentou contato com dirigentes do Corinthians, mas não obteve sucesso. Por meio de assessoria de imprensa, o clube informou que por ora a participação na Florida Cup está mantida.

Já a organizadora do torneio informou que não foi notificada pelo Timão de uma possível desistência. Na última semana, ainda de acordo com a Florida Cup, houve discussão de detalhes logísticos e comerciais da viagem corintiana.









Cássio promete cumprir contrato e recuperar titularidade no Corinthians

O goleiro Cássio não quer alimentar especulações sobre seu futuro. O jogador do Corinthians disse que cumprirá o contrato e trabalhará em 2017 para retomar a titularidade.

“Eu não posso trabalhar e recuperar minha posição? Essa é a minha meta. Vou voltar, trabalhar bem e recuperar a minha posição. Tenho mais três anos de contrato e fiz toda a minha carreira aqui”, afirmou Cássio.

O jogador acredita que fará uma temporada melhor em 2017. “Cheguei em 2012 dizendo que queria uma chance. Agora vou trabalhar e me dedicar para retomar a minha posição”, declarou.

Os jogadores do Corinthians receberam férias da diretoria. A reapresentação do elenco para a pré-temporada ocorrerá só no dia 7 de janeiro.







ESPECULA-SE QUE CONSELHEIRO ANDRÉS SANCHEZ POSSA SER CANDIDATO PARA VOLTAR A PRESIDENCIA DO CORINTHIANS EM 2018









Atacante Lauder, 20 anos, aguarda definição de futuro no Corinthians em 2017

Jogador do Corinthians desde março de 2013, o atacante Lauder não sabe se fica no Corinthians na próxima temporada. Aos 20 anos, ele encerrou sua trajetória nas categorias de base e ainda não sabe se será promovido ou emprestado.

– A gente ainda espera subir, mas acho que vou acabar sendo emprestado mesmo. E até espero ser emprestado para poder jogar, porque até mesmo os meninos que subiram não estão tendo muitas chances. Eu pessoalmente ainda não conversei com o pessoal do Corinthians, estou voltando de férias agora, mas vou treinar forte para estar pronto quando tiver uma chance. O que eu quero é jogar – diz o atacante natural de Campo Grande-MS.



Lauder foi contratado pelo Corinthians após se destacar nos times infantil e juvenil do Vasco – ele chegou a ser artilheiro do Carioca sub-15 em 2011 e disputou a Copa Internacional Al Kass de 2012, marcando gol diante do Ajax (HOL). A primeira temporada de Lauder no Parque São Jorge só aumentou a expectativa em torno dele, que foi autor de um dos gols da final do Corinthians campeão Paulista sub-17. Malcom fez o outro. Só em torneios da Federação Paulista foram 28 gols na temporada.

Em 2014, Lauder foi emprestado ao Flamengo de Guarulhos, clube com o qual o Corinthians possuía parceria na base. Retornou em 2015 e teve seu grande momento em 2016 com dois gols marcados diante do Joinville na primeira fase da Copa do Brasil sub-20.

– Foi uma temporada boa, acho que deu para mostrar um pouco do meu potencial, porque fiz alguns gols importantes. Agora é esperar e ver o que será decidido. Estou bem ansioso para chegar o ano que vem, jogar o futebol profissional de verdade. Quero saber como é isso – diz Lauder, que tem contrato no Timão até novembro de 2017.



– Sou bem amigo do Rodrigo Figueiredo, do Guilherme Mantuan e do Warian. Com o Léo Jabá e o Carlinhos joguei pouco. (Todos nos profissionais) Mas de todos eles só o Carlinhos não vinha sendo titular, então tenho um entrosamento com todos. O Rodrigo é diferenciado. Quando teve espaço no Brasileiro mostrou para todo mundo o potencial dele. Para mim é um parceiro dentro e fora de campo, me consagrou muito. Todos são merecedores, sendo próximos ou não. Fico feliz por eles, porque todos sabem como é difícil quem vem da base conseguir esse espaço tão cedo – diz Lauder

– Eu acho que é muito de opção do treinador. Os meninos que subiram é porque têm características que o Corinthians precisa e porque o momento deles é bom. Se subiram eles e não eu é porque o que precisavam lá não era minha característica ou então porque eu não mostrei o necessário.



Aos 20 anos, Lauder tem contrato com Corinthians até novembro de 2017

– Sou um jogador que gosta bastante de usar a velocidade no um contra um. Mas o que me destacou mesmo na base foi a finalização. Gosto de jogar pelas beiradas ou de meia, mas como centroavante me dei bem. Sou baixo, mas tenho a velocidade e a força, então consigo quase sempre chegar na frente dos zagueiros. Acho que é por aí (risos).







Por título inédito da LNF, Corinthians/UNIP encara Sorocaba no segundo jogo da final

Depois de vencer a equipe do interior paulista por 3 a 2 na primeira partida, Timão precisa de apenas um empate em casa para levantar a taça da competição pela primeira vez na história do clube


10h00 12/12/2016 - Agência Corinthians






Rodrigo Coca/Ag. Corinthians




É dia de decisão no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. O Corinthians/UNIP enfrenta o Sorocaba na segunda partida da final da Liga Nacional de Futsal nesta segunda-feira (12), às 19h45. Os ingressos estão esgotados. O jogo terá transmissão ao vivo do SporTV e da Rádio Coringão.

No primeiro duelo, o Timão venceu por 3 a 2 de virada. Com esse resultado, o Alvinegro pode ser campeão da LNF pela primeira vez na história com um simples empate nesta segunda (12). O Sorocaba precisa vencer para forçar a realização do terceiro confronto, também no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques.

Até o segundo duelo da final, o Corinthians/UNIP disputou 25 partidas na competição nacional, com 15 vitórias, cinco empates e cinco derrotas. A equipe alvinegra está invicta desde o dia 08 de julho, quando teve o último revés na LNF, contra a Assoeva. Desde então, são 12 jogos de invencibilidade.

Um dos grandes jogadores e líderes da campanha do Timão é o capitão Deives. Artilheiro da equipe alvinegra na Liga Nacional com 18 gols, o camisa 10 falou que os atletas sabem da dificuldade que enfrentarão. Contudo, a entrega do elenco e a vontade de fazer história no clube deverá ser a mesma que os levou até agora.

“Vamos enfrentar uma equipe com muita qualidade e um grande treinador. Precisamos ter concentração e foco máximo durante os 40 minutos. Equilíbrio emocional é fundamental em uma partida como essa. O Bié tem pedido durante a semana para trabalharmos no limite e com total concentração, pois a equipe do Sorocaba é muito perigosa. Vamos nos entregar ao máximo para fazer história no clube. Estamos muito motivados e felizes por decidir uma final ao lado da Fiel”, concluiu Deives.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.







Corinthians parabeniza goleiro Douglas, que completa 28 anos nesta segunda-feira

Jogador chegou ao Timão no início do ano após se destacar pelo Bragantino em 2015


11h00 12/12/2016 - Agência Corinthians


O goleiro Douglas faz aniversário nesta segunda-feira (12). Natural de Candelária, RS, o arqueiro corinthiano completa 28 anos de idade.

Douglas chegou ao Timão no início da temporada de 2016 após bom desempenho pelo Bragantino na Série B do Campeonato Brasileiro do ano passado. O goleiro estreou pelo Corinthians em janeiro, em amistoso contra o Fort Lauderdale Strikers, na Flórida (EUA).








Há quatro anos, Corinthians vencia Al-Ahly pelas semifinais do Mundial de Clubes da FIFA

Com show da Fiel no Japão e gol de Guerrero, Timão derrotou equipe egípcia para depois enfrentar o Chelsea (ING) na decisão


10h00 12/12/2016 - Agência Corinthians






Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Há quatro anos, o Corinthians dava o primeiro passo rumo ao Bi do Mundial de Clubes da FIFA. No dia 12 de dezembro de 2012, o Timão derrotou o Al-Ahly, do Egito, por 1 a 0 pelas semifinais e se classificou para a final da competição, no Toyota Stadium, em Toyota, no Japão.

A primeira partida do Timão no Mundial de Clubes da FIFA de 2012 também deixou claro que o Japão tinha sido invadido pela Fiel. O Toyota Stadium mais parecia a Arena Corinthians ou o Pacaembu, com as arquibancadas tomadas pela torcida alvinegra. A impressão era de que o jogo estava acontecendo no Brasil.

Dentro de campo, o Corinthians, comandado pelo técnico Tite, entrou em campo com Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Emerson Sheik e Guerrero. O gol corinthiano aconteceu aos 30 minutos do primeiro tempo, após Douglas pegar rebote de escanteio cobrado pelo próprio e, com um belo passe de três dedos, achar Guerrero para abrir o placar da partida semifinal.

Foi o único gol do jogo. O Timão passou a controlar o resultado, administrando a pressão do Al-Ahly, que partiu para cima em busca do empate. Como de costume, a Fiel sofreu um pouco, mas vibrou no fim com a vitória e o passaporte para a final, em que o Alvinegro encararia o poderoso Chelsea, da Inglaterra, para conquistar uma vitória histórica.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.

PUBLICIDADE










Há quatro anos, Corinthians batia o Al Ahly e garantia a vaga na final do Mundial de Clubes

No estádio Toyota, no Japão, Timão venceu por 1 a 0 na semifinal da competição da FIFA

12/12/2015 - EspeciaisAgência Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansTimão bateu o Al Ahly e garantiu a vaga na final do Mundial de Clubes

O dia 12 de dezembro de 2012 estará eternamente no coração da Fiel, afinal, foi nesta data em que o Corinthians deu o primeiro passo dentro de campo rumo ao bicampeonato mundial. Em Toyota, no Japão, o Timão passou pelo Al Ahly com a diferença mínima: 1 a 0. Foi o suficiente para colocar o Alvinegro na final do Mundial de Clubes.

Apesar do nervosismo da estreia, a primeira etapa foi de total domínio alvinegro desde o apito inicial. Com passes rápidos e triangulações, o Timão teve a posse de bola pela maior parte do tempo e envolveu o time egípcio.

Aos 29 minutos do primeiro tempo, Guerrero fez a explodir a Fiel, que era maioria no estádio. Douglas recebeu a bola pela esquerda e cruzou de trivela para o meio da área. O peruano se esticou, cabeceou no canto direito e fez o gol da vitória que garantiu o Corinthians na decisão.

No segundo tempo, o Al Ahly melhorou na partida e até ofereceu perigo para a meta de Cássio, mas o setor defensivo alvinegro mostrou a eficiência de sempre e parou o ataque egípcio.

O treinador Tite lembrou que a pressão estava sobre o time brasileiro e lembrou casos anteriores. “Havia um caráter de responsabilidade maior em cima do Corinthians. A importância do jogo e os resultados de outras equipes no histórico do torneio mostra que é assim”, disse. Já Emerson Sheik comemorava o triunfo e projetava o confronto final: “Que venha o Chelsea”, afirmou o camisa 11.​







EM JOGO SOFRIDO, CORINTHIANS VENCE AL AHLY E VAI PARA A DECISÃO


12 DE DEZEMBRO DE 2012 ÀS 10:42



Guerrero comemora o gol corintiano na semifinal contra o Al Ahly

Crédito da imagem: Reuters

Timão fez 1 x 0 com Guerrero, e segurou o resultado até o final

A Fiel cumpriu a promessa e invadiu o Toyota Stadium, que recebeu mais de 31 mil pessoas nesta quarta-feira (12). O estádio lembrou o Pacaembu nos melhores dias, e o Corinthians deu a seus torcedores uma boa dose do sofrimento de que eles tanto gostam na vitória por 1 x 0 sobre o Al Ahly.

Após um bom primeiro tempo, no qual teve tranquilidade para abrir o placar em um cabeceio do ótimo Guerrero, o Timão caiu demais na etapa final. A equipe recuou e levou pressão dos egípcios até o apito final de Marco Rodríguez.

O resultado colocou o Alvinegro em sua segunda decisão de Mundial. Campeão em 2000 no Rio de Janeiro, o time do Parque São Jorge vai a Yokohama no domingo buscar o troféu em um duelo contra Chelsea ou Monterrey, adversário que será definido nesta quinta.

No início, o Corinthians foi inteligente e fez um jogo de paciência. O Al Ahly recuou suas linhas de marcação e tirou o espaço de ação de Paulinho e Douglas, o que obrigou o ?time da casa? a trocar passes sem pressa, à espera da oportunidade.

Nos minutos iniciais, a bola só chegou à área egípcia em batidas de lateral diretas. O Alvinegro demonstrava algum nervosismo, do qual destoavam o tranquilo Danilo e o extremamente participativo Guerrero, aparentemente livre da lesão no joelho que pôs em risco sua atuação no Japão.

Para desequilibrar a marcação dos africanos, Tite tirou Emerson da esquerda, onde o combate de Fathi incomodava, e o trocou de lado com Danilo. Deu resultado, e o Timão passou a rondar mais perigosamente o gol defendido por Ekramy.

De uma das boas jogadas de Danilo, saiu o escanteio no qual o placar foi aberto. Aos 29 minutos, Douglas fez uma cobrança ruim, mas recebeu de Fábio Santos no rebote. Uma trivela precisa do camisa 10 achou a cabeça de Guerrero, em condição legal graças a um erro de Gomaa.

O Corinthians manteve o domínio até o final do primeiro tempo, mas caiu após o intervalo. O Al Ahly ganhou campo, passou a ficar mais com a bola e, a partir dos nove minutos, apostou no atacante Aboutrika, que havia começado no banco.

O experiente jogador entrou muito bem e soube aproveitar o posicionamento extremamente recuado do Corinthians. Ele deixou Fathi em ótima posição para marcar, mas o lateral, atrapalhado por Cássio, bateu para fora. Na sequência, Hamdy teve chance e perdeu o domínio.

Só Guerrero manteve o nível na etapa final, brigando muito, o que levou Tite a trocar Emerson por Romarinho, em tentativa de fechar o lado direito e ganhar opção de contra-ataque. Pouco depois, Jorge substituiu Douglas para fazer o mesmo pela esquerda.

Melhorou um pouco, mas o Timão teve de suportar pressão até o final, com direito a cinco minutos de acréscimo por conta de uma lesão do goleiro Ekramy. O campeão sul-americano se fechou de vez com Guilherme Andrade e deu à Fiel a vitória com sofrimento que ela tanto queria.


FICHA TÉCNICA


AL AHLY 0 X 1 CORINTHIANS
Local: Toyota Stadium, em Toyota (Japão)
Data: 12 de dezembro de 2012, quarta-feira
Horário: 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Marco Rodríguez (México)
Assistentes: Marvin Torrentera e Marcos Quintero (ambos do México)
Público: 31.417 pagantes
Gol: Guerrero, aos 29 minutos do primeiro tempo
AL AHLY: Ekramy (Elseoud); Fathi, Gomaa, Naguib e Kenawi; Rabia, Ashour, Said (Aboutrika) e Soliman e Hamdi; Gedo (Meteab). Técnico: Hossam El Badry


CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho, Danilo e Douglas (Jorge Henrique); Emerson (Romarinho) e Guerrero (Guilherme Andrade). Técnico: Tite