10 de dez de 2016

CORINTHIANS 10/12/2016


Corinthians joga para vencer fora de casa e contar com outro resultado para ir a Libertadores da América 2017

O Corinthians amanhã diante do Cruzeiro, às 17h (de Brasília) deste domingo (11 de dezembro), no Mineirão, pela última rodada do Brasileiro, joga de  olho no G6 da competição
Além de triunfar sobre os mineiros, a equipe precisa que um dentre Atl Cu e Bot rj não vença seu jogo contra Flamengo, em curitiba, e Grêmio, em Porto Alegre, respectivamente.

“Vocês sabem a minha resposta. Não é fácil, é muito difícil, mas nós vamos tentar. O que nós temos de fazer é encarar e buscar até o final. Minha perspectiva sempre foi de conseguir uma vaga. E isso nós estamos buscando”, afirmou o técnico Oswaldo de Oliveira, que teve mais de duas semanas para trabalhar a equipe e levará a campo uma formação com apenas uma mudança: Guilherme no lugar de Marquinhos Gabriel, atuando como “falso 9” e mandando Romero para a ponta.


FICHA TÉCNICA
equipes prováveis
cuzero x CORINTHIANS
Brasileirão 2016- 38ª rodada
Local: estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 11 de dezembro de 2016, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)
cuzero: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel, Edimar, Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Arrascaeta, Alisson e Rafael Sóbis
Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian, Romero, Camacho, Rodriguinho e Marlone; Guilherme
Técnico: Oswaldo de Oliveira









Após ser observado em treinos por 1 ano, Corinthians não ficará com atacante Isaac. Jogador teve lesão muscular e de ligamento


O Corinthians devolverá o jovem atacante Isaac, 21 anos ao botinha rp. O Timão tinha prioridade de compra até o fim de 2016, mas não vai exercê-la. O Corinthians poderia pagar cerca de R$ 700 mil por 70% dos direitos econômicos.

Nos primeiros meses de Timão, Isaac integrou o time do técnico Osmar Loss no Campeonato Paulista Sub-20, participando da conquista do título como reserva.
Alçado ao elenco principal com Tite em janeiro, sofreu duas lesões que dificultaram a sua caminhada no primeiro semestre: uma muscular na coxa direita, durante a pré-temporada nos EUA, e uma ruptura nos ligamentos do tornozelo direito.

Sem Isaac, o Corinthians encerra 2016 com dois centroavantes de ofício: Gustavo, que será reserva neste domingo, e Jô, que só pode jogar na próxima temporada.



CORINTHIANS EMBARCA PRA BH

Corinthians encerra preparação para o duelo contra o Cruzeiro

Timão vai à Belo Horizonte para o último compromisso da temporada 2016 ainda com chances de classificação para a Libertadores 2017


12h30 10/12/2016 - Agência Corinthians




Timão realizou o último treinamento da temporada 2016

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Na manhã deste sábado (10), o Corinthians realizou o último treinamento antes do último compromisso na temporada 2016. Neste domingo (11), o Timão enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, às 17h, pela última rodada do Brasileirão 2016, ainda com chances de classificação para a Copa Libertadores 2017. A equipe alvinegra embarca ainda hoje para Belo Horizonte, onde fica concentrada a partida de amanhã.

Para se classificar à competição sulamericana, o Timão precisa vencer o jogo contra os mineiros e torcer para que Atlético-PR ou Botafogo não vençam. A equipe paranaense recebe o Flamengo na Arena da Baixada, enquanto o Botafogo visita o Grêmio, na Arena do Grêmio, ambos no domingo (04), às 17h. Em caso de empate ou derrota de Atlético-PR ou Botafogo, com vitória alvinegra no Mineirão, o Timão garante classificação para a Copa Libertadores de América 2017.

Para buscar a vitória e a classificação, o técnico Oswaldo de Oliveira deve escalar a equipe titular do Corinthians com: Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian, Camacho, Marlone,  Rodriguinho; 
Romero e Guilherme.





10/12/2016 12h10

Com elenco cheio, Corinthians tem 23 relacionados para domingo; veja lista
Timão vai com força máxima para jogo contra o Cruzeiro, que define destino em 2016. Único desfalque é o meia Danilo, e parte do elenco inicia férias neste fim de semana


Por GloboEsporte.com


Oswaldo de Oliveira no treino deste sábado: busca é por vaga na Libertadores (Foto: Diego Ribeiro)

O Corinthians terá força máxima para o jogo decisivo contra o Cruzeiro, neste domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão. O técnico Oswaldo de Oliveira relacionou 23 jogadores para a viagem a Belo Horizonte, neste sábado.


O único desfalque por lesão é o meia Danilo, que se recupera de cirurgia e volta aos gramados em 2017. Os jogadores que não foram relacionados por opção técnica foram liberados para as férias depois do treino deste sábado: casos de Matheus Vidotto, Caíque, Douglas, Yago, Warian, Rodrigo Figueiredo, Rildo, Bruno Paulo, Carlinhos e Isaac. O atacante Jô já havia sido liberado antes do treino de sexta-feira.

A escalação será a mesma dos treinos da semana: Walter, Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian; Camacho, Rodriguinho e Marlone; Romero e Guilherme.


Com 55 pontos, o Corinthians é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro e busca vaga a lib da Ame

O elenco do Corinthians viaja na tarde deste sábado a Belo Horizonte. Depois da partida, todo mundo está liberado para as férias. A reapresentação está marcada para 7 de janeiro.


Veja a lista dos 23 relacionados:

Goleiros: Walter e Cássio
Laterais: Fagner e Léo Príncipe

Laterais esquerdo : Uendel e Guilherme Arana
Zagueiros: Vilson, Balbuena, Pedro Henrique e Léo
Volantes: Cristian, Camacho, Jean e Marciel
Meias: Rodriguinho, Marlone, Guilherme, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto
Atacantes: Romero, Lucca, Gustavo e Léo Jabá






Oswaldo Oliveira segue técnico do Corinthians em 2017 e diminui férias para planejar Timão

Treinador se reuniu com a diretoria e foi informado de que continua no comando mesmo se o time não for à Copa Libertadores. À frente do planejamento, ele põe foco em vaga
Gabriel Carneiro
10/12/2016
O Corinthians busca a vaga na 
Copa Libertadores da América para definir o planejamento em relação aos reforços, mas não acarretará alteração no comando técnico do Corinthians. 

– Tenho contrato até dezembro do ano que vem e vou dar continuidade – limitou-se a dizer o técnico nesta sexta-feira.

Oswaldo foi uma escolha pessoal do presidente Roberto de Andrade e, inclusive, um dos motivos do desgaste político do mandatário nos bastidores do Parque São Jorge. Como via o treinador, então no Sport, como nome ideal para o momento do Timão por conta do conhecimento do clube e do trabalho de campo, Andrade está disposto a dar sequência em 2017.

Em oito partidas até o momento, Oswaldo tem aproveitamento de apenas 41,5% dos pontos. Apesar do número ser baixo, o treinador fez o Corinthians pular da nona à sétima posição do Brasileiro em seu período no comando. A distância para o G6 é de apenas um ponto e a vaga na Libertadores ainda é possível. O treinador, aliás, encara a conquista desta vaga como uma resposta aos críticos e a certeza de um fim de ano, uma pré-temporada e um início de 2017 um pouco mais calmos.

– É uma ambição e uma determinação. Acima de tudo uma vontade muito grande que temos. Então vamos buscar, fazer o que for possível. Quanto maior o obstáculo, maior a preparação para ele. E nós queremos esse obstáculo – diz o comandante.

A vaga na Libertadores depende de uma vitória do Corinthians sobre o Cruzeiro neste domingo e também de tropeço de Atlético-PR ou Botafogo, que enfrentam Flamengo e Grêmio, respectivamente. Com ou sem esta vaga, Oswaldo já está à frente do planejamento para 2017.

Ele decidiu encurtar suas férias em uma semana e depois da partida contra a Raposa ainda permanecerá pelo menos até o dia 16 a serviço do clube, em contato com possíveis reforços e os dirigentes Roberto de Andrade, Alessandro e Flávio Adauto. O Timão de 2017 sairá dos planos traçados pelos quatro.

Com Oswaldo, o Timão espera ambições maiores que o G6 no ano que vem.










10/12/2016 11h54

Rachão, risos e luta improvisada: o último treino do Corinthians em 2016
Oswaldo de Oliveira promove clima descontraído em atividade deste sábado, no CT, e tenta tirar pressão do elenco antes de decisão contra o Cruzeiro, domingo, em Minas


Por Diego Ribeiro
Rodriguinho participa do treino de sábado: clima de total descontração (Foto: Diego Ribeiro)

Depois de uma semana intensa, com treinos coletivos todos os dias, o técnico Oswaldo de Oliveira optou por um clima mais descontraído no Corinthians na manhã deste sábado. No último trabalho do Timão no CT Joaquim Grava em 2016, Oswaldo comandou um rachão, brincou e promoveu até uma luta improvisada entre os atacantes Gustavo e Léo Jabá.

A ideia do técnico é tirar um pouco da pressão sobre os jogadores antes do duelo contra o Cruzeiro, neste domingo, às 17h (de Brasília), no Mineirão. Com 55 pontos, o Timão precisa vencer e torcer por tropeços de Botafogo ou Atlético-PR para chegar ao G-6 do Campeonato Brasileiro e assegurar vaga na Taça Libertadores do ano que vem. A escalação foi definida na sexta-feira.

A atividade deste sábado começou com o tradicional rachão, treino recreativo em que todo mundo participa e joga fora de posição. Os goleiros Matheus Vidotto e Caíque, por exemplo, atuaram na linha. Cássio e Walter ficaram em suas funções originais.


Gustavo e Léo Jabá promovem luta improvisada no treino do Corinthians (Foto: Diego Ribeiro)

Depois, Oswaldo reuniu todo o elenco no centro do gramado e pediu para que a parte final do treino não fosse gravada pelos cinegrafistas, como ele costuma fazer antes de trabalhos táticos. A intenção, porém, era outra: fazer o time que perdeu o rachão pagar uma espécie de prenda.


O técnico promoveu uma brincadeira com todo o elenco, que escolheu dois jogadores do time derrotado. Gustavo e Léo Jabá foram escolhidos e tiveram de disputar uma breve luta no centro do círculo. Mais alto, Gustavo derrubou o colega em poucos segundos. Aos risos, os jogadores encerraram o ano no CT Joaquim Grava.


O elenco do Corinthians viaja na tarde deste sábado a Belo Horizonte. Depois da partida, todo mundo está liberado para as férias. A reapresentação está marcada para 7 de janeiro.

Escalação provável: Walter, Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian; Romero, Camacho, Rodriguinho e Marlone; Guilherme
Desfalque: Danilo

Gustavo derruba Léo Jabá: o último ato do Corinthians no CT Joaquim Grava em 2016 (Foto: Diego Ribeiro)











10/12/2016 10h21
Corinthians pede retorno de 
lateral-esquerdo  Moisés em 2017

O Corinthians pediu e deve ter o retorno do lateral esquerdo Moisés para 2017.
Emprestado ao Bahia em maio deste ano, Moisés tem contrato com o Corinthians até o fim de 2017. A intenção da comissão corinthiana é utilizar o lateral na disputa da Florida Cup, em janeiro. O técnico Oswaldo Oliveira, inclusive, elogiou recentemente o jogador.











0/12/2016 07h15

Corinthians intensifica busca por zagueiros;
Clube tenta traçar perfil de reforço para 2017, avalia nomes no mercado e recusa altos valores. Elenco tem cinco zagueiros, mas um pode sair se receber proposta


Por Carlos A. Ferrari e Diego Ribeiro 




A prioridade do Corinthians na próxima janela de transferências é reforçar o setor que vinha sendo base da equipe nas últimas temporadas. A ideia é trazer um zagueiro que chegue para jogar – ou dois, dependendo da necessidade. Por isso, nomes são discutidos há algumas semanas para que a situação se defina antes da pré-temporada, em janeiro, nos Estados Unidos. 


A diretoria alvinegra ainda encontra dificuldades para traçar o perfil ideal para reforçar o time. A tendência é de que o clube vá atrás de jogadores experientes, com alguma experiência internacional. O mercado sul-americano também é observadocom maior atenção pelo Timão.

São vários os nomes ligados ao Corinthians, mas descartados por diversos motivos. Hoje, quem ainda desperta interesse é Ernando, do Internacional. Assim como na negociação pelo volante Rithely, do Sport, o Timão quer esperar a definição do futuro dos clubes
Jogadores conhecidos foram oferecidos, mas não animaram: Felipe Santana, que estava no Kuban Krasnodar, da Rússia, e Bruno Rodrigo, do Cruzeiro, não atendem às necessidades buscadas pelo Timão. O argentino Victor Cuesta, do Independiente, foi considerado caro.

A opção que mais agrada ao Corinthians desde janelas anteriores é a de Luan, do Vasco. Em uma conversa preliminar recente, porém, o clube carioca pediu cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 12,6 milhões) por 60% dos direitos econômicos. Neste momento, não há possibilidade de avanço em uma negociação.

E QUEM FICA?

O Corinthians, hoje, tem cinco zagueiros em seu elenco principal: Vilson, Balbuena, Yago, Pedro Henrique e Léo Santos. Nenhum eles deve deixar a equipe em janeiro, mas a diretoria considera ouvir propostas, se elas chegarem. Yago e Balbuena são os mais cotados.

A ideia é dar rodagem, principalmente, ao garoto Léo. Aos 17 anos, ele chamou a atenção de Tite e foi até convocado para integrar a seleção brasileira principal em alguns treinos sob o comando do técnico. Pedro Henrique, de 21, também pode ter mais espaço.

Neste domingo, o Corinthians encerra a participação no Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro. Vilson e Balbuena serão os titulares. O setor defensivo, que mudou muito desde o início da temporada.

Vilson e Balbuena formam zaga do Timão no último jogo de 2016 (Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)