2 de dez de 2016

CORINTHIANS 02/12/2016





Corinthians batiza cabines da Arena com nome de jornalista corinthiano vítima de tragédia

Lilácio Pereira Júnior era coordenador de transmissões da Fox Sports e estava no avião que transportava a equipe da Chapecoense. Conhecido como Jumelo, ele era torcedor do Timão

Corinthians anunciou homenagem à vítima de acidente na Arena

(Foto: Divulgação)

Clube já havia manifestado solidariedade à Chapecoense

Telão da Arena prestou homenagem ao clube catarinense

(Foto: Divulgação)

Clube decretou luto em seu site oficial

(Foto: Reprodução)
LANCE!
02/12/2016
15:15
O Corinthians anunciou nesta sexta-feira que mudará o nome das cabines de transmissão da Arena Corinthians para Lilácio Pereira Júnior. Profissional da Fox Sports, ele foi uma das 71 vítimas do acidente com o avião que transportava a Chapecoense na Colômbia.

Torcedor do Timão, Lilácio era conhecido como Jumelo e trabalhava como coordenador de transmissões externas do canal por assinatura e tinha 48 anos.

Ainda nesta sexta, o Corinthians anunciou que o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, será o representante alvinegro em Chapecó no velório das vítimas da tragédia.

O Timão já realizou diversas homenagens aos envolvidos no acidente aéreo e planeja mais ações no futuro.




Amanhã, a partir das 10h, o #Corinthians vai relembrar a histórica Invasão Corinthiana ao Maracanã de 1976. #Invasão40Anos







Oswaldo de Oliveira vê dias de luto, mas avisa: 'O campeonato tem que acabar'
Técnico descarta a possibilidade da última rodada não acontecer. O Corinthians está com 55 pontos, em 7º lugar, e é o primeiro clube fora da zona de classificação para a Libertadores


Oswaldo de Oliveira se solidarizou com a tragédia, mas quer última rodada acontecendo (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
2/12/2016 20h22
Por Gazeta Press

O técnico Oswaldo de Oliveira foi mais um a se solidarizar com a tragédia que acometeu a Chapecoense no começo da semana, com a morte de 55 pessoas ligadas ao clube no avião que caiu nos arredores de Medellín, nesta terça-feira (29 de novembro). No entanto, ele descartou a possibilidade de encerrar o Campeonato Brasileiro sem a disputa da última rodada da competição, marcada para o dia 11 de dezembro, domingo.

“Toda e qualquer conjugação neste momento é muito difícil. Falamos aqui de um fato muito grande, com proporções inimagináveis. O luto tem que ser respeitado, com certeza, isso é irrevogável, mas o campeonato tem que acabar, precisa acabar”, analisou o técnico do Corinthians, que tem no duelo contra o Cruzeiro, às 17h, no Mineirão, a possibilidade de assegurar uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

Para explicar o seu pensamento, o comandante corintiano passou a fazer algumas comparações com outras tragédias da história da humanidade. O exemplo escolhido para o caso da Chape remeteu à Segunda Guerra Mundial, quando Aliados, liderados por França e Inglaterra, e o Eixo, liderado pela Alemanha, travaram uma disputa por seis anos na busca por uma hegemonia política.

“Uma vez li um livro que contava a história da Segunda Guerra Mundial e os ataques frequentes dos alemães à cidade de Londres. A cidade acabou se habituando com aquela situação. Todo mundo estava trabalhando, camelôs vendendo comidas, e, quando os ataques aconteciam, todo mundo corria para os bunkers, para o subsolo. Quando acabava, todo mundo voltava à rotina”, analisou, reconhecendo como válidos os pedidos de atletas para que não se jogue a última rodada.

“O que aconteceu com nós é de uma dimensão muito grande, difícil de administrar. Na medida que o tempo vai passando, vamos tendo vários tipos de informação e opinião. Respeito muito o que o pessoal do Internacional está dizendo e também acho que o Atlético-MG tem razão de não jogar contra a Chapecoense. No momento deste jogo tem que se prestar uma homenagem. Mas o campeonato tem que acabar, tem muita coisa para acontecer em uma rodada”, comentou.

Para Oswaldo, algo que poderia ser feito para não atrapalhar tanto o planejamento dos clubes, que deveriam entrar em férias na segunda-feira (5 de dezembro), seria antecipar a última rodada para quarta-feira (7). A princípio, porém, não há possibilidades de que isso aconteça.

“Não sei se seria interessante uma troca, talvez jogar a rodada na quarta-feira e a Copa do Brasil no domingo, já que assim alterna o planejamento de todo mundo e as férias legais de todos os jogadores. Isso precisa ser muito bem pensado, temos de levar em consideração os dois lados, o da perda descomunal de tantas pessoas queridas e boas, com as quais tínhamos ligações, e o lado da missão que temos que cumprir, de terminar o campeonato”, concluiu o comandante.




Oswaldo: "Situação muito difícil. Traz tristeza difícil de conter. A cada momento lembramos de uma pessoa. Realmente trágico". #ForçaChape






Corinthiano meia Marlone pede votos por Prêmio Púskas, mas volta a passar apoio à Chapecoense

A premiação homenageia, por meio de voto popular, o autor do gol mais bonito da temporada. Corintiano mostrou solidariedade às famílias das vítimas da tragédia na Colômbia
2/12/2016 17h33

O corinthiano Marlone soube na manhã desta sexta-feira (2 de dezembro) que é um dos finalistas do Prêmio Puskás da Fifa, que homenageia o autor do gol mais bonito da temporada por meio de voto popular. Por isso, o jogador fez questão de gravar um vídeo para voltar a pedir os votos das pessoas e, quem sabe, receber o troféu na cerimônia do dia 9 de janeiro, em Zurique, na Suíça. Mesmo assim, o semblante de Marlone não era de festa. Logo na sequência, o atacante voltou a manifestar seu pesar aos familiares que perderam parentes no trágico acidente envolvendo o avião da Chapecoense, que culminou na morte de 71 pessoas na madrugada de terça-feira (29 de novembro).

“Em meio a uma semana triste pra todos, hoje recebi a notícia de que sou finalista do prêmio Puskás, venho mais uma vez pedir votos de todos, e mais uma vez enviar meus profundos sentimentos e orações aos familiares e amigos e companheiros da Chape que perderam a vida nesta tragédia. Força, Chape!”, disse Marlone no vídeo postado em sua redes sociais e nas mídias oficiais do Corinthians.







02/12/2016 20h53

Em alerta, Oswaldo tenta acelerar contratações no Corinthians
Treinador tem pressa na chegada de jogadores para a próxima temporada. Planejamento inclui acertos com zagueiro, volante e meia de criação


Por Carlos Augusto Ferrari

Passa pelas mãos de Oswaldo de Oliveira as contratações que o Corinthians fará para a temporada 2017. E o técnico tem pressa. Preocupado com o futuro da equipe, ele tem intensificado as conversas com a diretoria sobre a possibilidade de buscar novos jogadores já no mês de dezembro.

– Desde que cheguei aqui temos conversado diariamente sobre esse assunto, já era época. Estávamos um pouco atrasados nessa matéria. Estamos procurando fazer isso. Algumas coisas avançaram, outras não foram possíveis, outras estamos conseguindo adiantar – disse o treinador, sem dar detalhes sobre nomes de jogadores.

Oswaldo recebeu do presidente Roberto de Andrade a missão de indicar jogadores e discutir alternativas com o gerente de futebol Alessandro Nunes e o diretor de futebol Flávio Adauto. Depois do acerto com os atacantes Jô e Luidy, o treinador não abre mão da chegada de um zagueiro, um volante e um meio-campista de criação.

Técnico e direção voltaram a conversar nesta semana sobre encontrar um novo armador. O Timão está bastante cauteloso sobre o acerto com Wagner. O jogador chegou a fazer exames médicos, mas ainda não conseguiu se desvincular do Tianjin Teda, da China. Enquanto isso não acontece, o Corinthians não aceita assinar contrato.

Estávamos um pouco atrasados nessa matéria. Estamos procurando fazer isso"

Oswaldo de Oliveira

– Não posso falar do Wagner. Posso falar do Jô, que já vestiu a camisa, temos a certeza. Quando não temos, não vamos ficar falando. Quando aquilo não se realiza, são palavras ao vento, e prefiro me abster – desconversou Oswaldo.


Com o rendimento instável do Corinthians nesta temporada, o treinador está preocupado com o início de 2017. Por conta disso, gostaria de contar com reforços ainda em dezembro. Assim, poderia trabalhar com a equipe completa na pré-temporada nos Estados Unidos, onde o clube disputará o Torneio da Flórida.

Para a posição de volante, o Corinthians tem como principal alvo Rithely, do Sport, indicado por Oswaldo de Oliveira. Na zaga, um dos nomes que agrada é o de Ernando, do Inter. O Timão espera o fim do Brasileirão para intensificar as negociações.





Corinthians batiza cabines da Arena com nome de vítima de tragédia

Lilácio Pereira Júnior era coordenador de transmissões da Fox Sports e estava no avião que transportava a equipe da Chapecoense. Conhecido como Jumelo, ele era torcedor do Timão


LANCE!

2 DEZ2016
15h18
atualizado às 15h18

O Corinthians anunciou nesta sexta-feira que mudará o nome das cabines de transmissão da Arena Corinthians para Lilácio Pereira Júnior. Profissional da Fox Sports, ele foi uma das 71 vítimas do acidente com o avião que transportava a Chapecoense na Colômbia.

Torcedor do Timão, Lilácio era conhecido como Jumelo e trabalhava como coordenador de transmissões externas do canal por assinatura e tinha 48 anos.

Ainda nesta sexta, o Corinthians anunciou que o superintendente de marketing do clube, Gustavo Herbetta, será o representante alvinegro em Chapecó no velório das vítimas da tragédia.

O Timão já realizou diversas homenagens aos envolvidos no acidente aéreo e planeja mais ações no futuro. 







CORINTHIANS SUB 20 ESTRÉIA SÁBADO EM TORNEIO INT.
SÁBADO, 3
19h30 Intern, x CORINTHIANS
Transmissão: SporTV e PFCI (Eduardo Moreno e André Loffredo)












Corinthians aguarda classificação a Libertadores da América para definir contratações

Se conseguir entrar no G6 do Brasileirão na última rodada, o Timão contará com mais receitas na próxima temporada, o que permitirá a contratação de jogadores mais caros.
Em entrevista coletiva, o gerente de futebol do clube, Alessandro Nunes, admitiu o impasse:

- Não tem como dizer que não há peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa pré-Libertadores, tanto pelo clube, por cada atleta, é importantíssimo disputar essa competição. O fato de termos levado essa decisão para a última rodada do Brasileiro nos deixa numa situação indeterminada. Precisamos saber se vamos disputar a Libertadores para ter um direcionamento, mas isso não significa ter uma equipe ruim ou não-competitiva. Sabemos das nossas dificuldades, independentemente de disputar a Libertadores ou não. Mas é óbvio que estar na Libertadores nos dará um peso a mais para trazer qualificação, ter um peso maior ainda - declarou.

Já Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão, adotou tom mais otimista:

- A gente tem uma situação mais saudável e tranquila com a vaga, e mais difícil sem. Envolve receitas, imagem, uma série de coisas. Sou confiante. Já vi o Corinthians em situação mais difícil. Esta é difícil? É, mas não tão difícil como alguns podem imaginar. Temos de ganhar e torcer por um tropeço - argumentou.

O Corinthians conseguirá se classificar para a Libertadores de 2017 se vencer o Cruzeiro, no Mineirão, e AtlCu ou Bot ão vencerem seus jogos. Ainda há possibilidade do sétimo lugar do brasileiro também ir a libertadores, dependendo do resultado da Copa do brasil.








Reforço do Corinthians conhece CT, mas só iniciará treinos em janeiro

Luidy esteve na última quinta-feira no CT Joaquim Grava para ver de perto a estrutura do Timão. Atacante contratado do CRB-AL firmou contrato de quatro temporadas com o clube

Luidy ao lado de empresários no CT do Corinthians
(Foto: Reprodução)

Reforço do Corinthians para a próxima temporada, o atacante Luidy, de 20 anos, conheceu na última quinta-feira a sua futura "casa". Acompanhado de seus empresários, o jogador esteve no CT Joaquim Grava e conferiu de perto a estrutura do Timão.

Destaque do CRB-AL na última Série B, o atleta firmou contrato de quatro temporadas com o Corinthians e só se juntará ao restante do elenco alvinegro em janeiro. Por enquanto, ainda sem registro com o Timão, ele curtirá férias.

Embora tenha sido comprado antes mesmo de Jô, outro reforço do clube para o ano que vem, Luidy não foi anunciado pelo Corinthians. No entanto, na última quinta-feira o gerente de futebol Alessandro Nunes afirmou:

- O Corinthians fez a aquisição do Luidy e ele só vai se apresentar em janeiro.

Em outubro o atacante concedeu entrevista exclusiva ao LANCE!, na qual comentou sobre a realização do sonho de atuar no Timão e mandou um recado à Fiel torcida.





Corinthians mira vaga na Libertadores da América para definir planejamento com mais dinheiro e mais reforços em 2017
Alessandro, gerente de futebol do clube, admitiu que competição sul-americana trará mais recursos para contratações no próximo ano. Timão precisa da vitória e de empates de Bot.rj ou Atl. cu para conseguir a vaga

O Corinthians definirá seu planejamento para 2017 só após a definição de seu futuro.

"Como ficou para a última rodada (a vaga na Libertadores), obviamente ficou para a última rodada o planejamento também”, explicou o diretor de futebol do clube, Flávio Adauto, reconhecendo que o torneio continental pode definir a construção de um elenco mais caro, assim como a ausência deve resultar em um grupo de atletas mais modesto para o próximo ano. A participação no Torneio da Flórida, com viagem marcada para o dia 11 de janeiro, justamente o dia de reapresentação do elenco, no entanto, está confirmada. "Não haverá problema", assegurou o gerente de futebol Alessandro.

"Não dá para dizer que não tem peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa primeira fase da Libertadores. Serão quatro jogos que nos dariam condições de chegar à fase de grupos. É importantíssimo para nós, o planejamento é feito sempre no início de um segundo semestre, mas o fato de a gente ter jogado isso para uma última rodada deixa numa situação de não ter terminado. Precisamos saber se vamos jogar ou não", continuou Alessandro.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um dos dois adversários não vença as suas respectivas partidas.

"Já vi o Corinthians em situações muito mais difíceis do que essa e superar. Temos que ganhar um jogo e torcer para que os outros times não ganhem. Quem não faz esses cálculos? Foram tantas mudanças que, provavelmente, poderíamos estar muito mais tranquilos. Não sei em outras equipes, mas qualquer um que perdesse um time inteiro, mais meio time, depois outro pedaço, não sei se não estariam brigando contra o rebaixamento”, falou Adauto.

"Olha, veja bem. Não que isso seja algo definitivo. Sabemos nossas dificuldades. Não que isso signifique um time ruim, também, mas estar na Libertadores vai nos dar a situação de qualificar o elenco”, concluiu Alessandro, com muito cuidado ao escolher suas palavras.










No top 3: Golaço de Marlone vai para final do Prêmio Puskás

Gol do meia do Corinthians contra o Cobresal está entre os três mais belos da temporada.


LANCE! 02/12/2016 10:30

A Fifa divulgou nesta sexta-feira os três finalistas ao Prêmio Puskás, referente ao gol mais bonito de 2016. Entre os candidatos está o brasileiro Marlone, do Corinthians. A cerimônia de entrega será no dia 9 de janeiro, em Zurique, na Suíça. A votação para escolher o gol mais bonito da temporada está aberta no site da entidade.

O gol do meia corinthiano foi marcado em duelo Corinthians 6x0 Cobresal, pela Libertadores. Após linda jogada do ataque do Timão pela direita, a bola foi cruzada na área e Marlone, com classe, ajeitou no peito e mandou um lindo voleio. VOTE EM MARLONE: http://www.fifa.com/the-best-fifa-football-awards/puskas-award/video=2852525/index.html





Golaço de corinthiano Marlone contra Cobresal (CHI) está na final do Prêmio Puskas da FIFA

Meia do Corinthians disputa prêmio com gol de voleio marcado na Arena Corinthians na Libertadores


10h00 02/12/2016 - Agência Corinthians





© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O golaço de Marlone na goleada sobre o Cobresal (CHI) por 6 a 0 pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores 2016 foi escolhido como um dos três finalistas do Prêmio Puskas da FIFA de gol mais bonito do ano. O anúncio foi feito pela entidade máxima do futebol mundial na manhã desta sexta-feira (02).

O jogador do Timão chegou à final do prêmio com a venezuelana Daniuska Rodriguez e o malaio Mohd Faiz Subri. O vencedor será escolhido por voto popular na internet. Para votar no gol do Marlone, clique aqui.

No dia 21 de abril, quando o Timão já vencia a equipe chilena por 2 a 0 na Arena Corinthians, Marlone recebeu cruzamento na entrada da área, dominou a bola no peito e acertou um lindo voleio, sem chances para o goleiro.

O prêmio será entregue durante a cerimônia do FIFA The Best, evento que anuncia o melhor jogador do mundo, no dia 9 de janeiro de 2017, em Zurique, na Suíça.Corinthians mira vaga na Libertadores para ter mais reforços em 2017

Alessandro, gerente de futebol do clube, admitiu que competição sul-americana trará mais recursos para contratações no próximo ano. Timão precisa da vitória e de tropeços de Botafogo e Atlético-PR para conseguir a vaga

O Corinthians, assim como todos os outros clubes do Campeonato Brasileiro, terá uma semana a mais na temporada 2016 devido à tragédia envolvendo os jogadores da Chapecoense, que estavam no voo rumo a Medellín, na última terça-feira (29 de novembro), acidentado nos arredores da cidade colombiana. No atual cenário corintiano, porém, isso significa menos tempo para programar o próximo ano, principalmente por causa de um fator: a participação na Copa Libertadores da América de 2017.

"Como ficou para a última rodada (a vaga na Libertadores), obviamente ficou para a última rodada o planejamento também”, explicou o diretor de futebol do clube, Flávio Adauto, reconhecendo que o torneio continental pode definir a construção de um elenco mais caro, assim como a ausência deve resultar em um grupo de atletas mais modesto para o próximo ano. A participação no Torneio da Flórida, com viagem marcada para o dia 11 de janeiro, justamente o dia de reapresentação do elenco, no entanto, está confirmada. "Não haverá problema", assegurou o gerente de futebol Alessandro.

"Não dá para dizer que não tem peso ficar fora de uma competição como essa. Todos desejamos estar nessa primeira fase da Libertadores. Serão quatro jogos que nos dariam condições de chegar à fase de grupos. É importantíssimo para nós, o planejamento é feito sempre no início de um segundo semestre, mas o fato de a gente ter jogado isso para uma última rodada deixa numa situação de não ter terminado. Precisamos saber se vamos jogar ou não", continuou Alessandro.

Com 55 pontos conquistados, o Corinthians precisa vencer o Cruzeiro, no dia 11 de dezembro, no Mineirão, e torcer para que um, entre atl cu e bot, não vença as suas respectivas partidas.

"Já vi o Corinthians em situações muito mais difíceis do que essa e superar. Temos que ganhar um jogo e torcer para que os outros times não ganhem. Quem não faz esses cálculos? Foram tantas mudanças que, provavelmente, poderíamos estar muito mais tranquilos. Não sei em outras equipes, mas qualquer um que perdesse um time inteiro, mais meio time, depois outro pedaço, não sei se não estariam brigando contra o rebaixamento”, falou Adauto.

"Olha, veja bem. Não que isso seja algo definitivo. Sabemos nossas dificuldades. Não que isso signifique um time ruim, também, mas estar na Libertadores vai nos dar a situação de qualificar o elenco”, concluiu Alessandro, com muito cuidado ao escolher suas palavras.