28 de nov de 2016

CORINTHIANS 28/11/2016


















Walter pede atenção para decisão: “Tem que ter o mesmo foco e errar o mínimo possível”

Goleiro do Timão acredita que manter o padrão tático será importante para voltar de Belo Horizonte com o resultado positivo que pode levar o Alvinegro à Libertadores 2017


18h40 28/11/2016 - Agência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


O elenco do Corinthians voltou aos treinos na tarde desta segunda-feira (28) no CT Dr. Joaquim Grava, no início da preparação para o último jogo de 2016, contra o Cruzeiro no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro. Uma vitória nessa partida, somada a um tropeço de Atlético-PR ou Botafogo, pode dar uma vaga na Libertadores 2017 ao Timão. Para Walter, que concedeu entrevista coletiva à imprensa, o Alvinegro precisa se manter totalmente concentrado.

"Estamos precisando vencer e jogar bem, mas essa reta final é difícil. Fizemos uma grande partida contra o Atlético-PR, mas a bola teimou em não entrar. Tem de ter o mesmo foco e errar o mínimo possível. Taticamente e tecnicamente, fizemos um bom jogo. As coisas têm de fluir para terminarmos no G6", disse o goleiro.

Ainda segundo o arqueiro do Corinthians, é importante que a equipe alvinegra mantenha o padrão tático dos últimos jogos para conseguir o resultado positivo contra o Cruzeiro neste domingo (04), pela última rodada do Brasileirão 2016.

"Sempre falamos em jogar bem, claro que não é sempre que você consegue. Oscilamos muito esse ano, mas taticamente fomos muito bem contra o Internacional, contra o Atlético. Sofremos menos com bolas paradas. Mantendo esse nível e não deixando cair, conseguimos o resultado positivo. Vamos com tudo", concluiu Walter.

Com 55 pontos conquistados até o momento no Campeonato Brasileiro, o Corinthians é o sétimo colocado na tabela de classificação, um ponto atrás de Atlético-PR e Botafogo, quinto e sexto, respectivamente.








28/11/2016 18h26

Walter confia em vaga do Timão para a Libertadores. Time precisa vencer e torcer por tropeços de rivais


Por Diego Ribeiro

Walter acredita na classificação do Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Timão chega à última rodada do Brasileirão com chances de conseguir uma vaga na Libertadores do ano que vem. É isso que move o goleiro Walter às vésperas do duelo contra o Cruzeiro, às 17h (de Brasília), no Mineirão.

Com 55 pontos, o Corinthians precisa vencer o rival e torcer por um tropeço de Botafogo ou Atlético-PR – o primeiro enfrenta o Grêmio, fora de casa, e o segundo recebe o Flamengo em Curitiba. Walter sabe que a pressão será grande se o Timão terminar de mãos vazias.

– Se acabar o jogo e não estivermos classificados, vai vir bastante pedrada para cima de nós. O ano foi assim. Parecia que ia engrenar, e aí a gente perdia um jogo que era chave. Empatamos muitos jogos em casa, foi um ano turbulento. Classificando, dá uma baixada na poeira e começamos o ano que vem com outra pegada – admitiu o goleiro.

Walter também acredita na possibilidade do sétimo colocado se classificar


– Do jeito que estamos, precisamos torcer para muita gente. Poderíamos estar mais tranquilos hoje, com dois pontos à frente. Quarta-feira vou estar ligado na TV, vou torcer por uma boa partida. Não sabemos o que pode nos ajudar ou não, mas será bem-vindo o time que estiver já classificado a Libertadores, ganhar a Copa do Brasil. Abriria uma vaga para nós – disse o corinthiano.

– Ficar assistindo aos jogos de casa é difícil. É um campeonato que atrai olhares de todas as formas, tanto financeiramente para o clube, quanto na visibilidade para nós – reconheceu o goleiro.







Corinthians celebra os 40 Anos da invasão do Maracanã neste sábado

O Memorial do Corinthians no Parque São Jorge recebe a exposição “40 Anos – Invasão Maracanã” e o lançamento do documentário “Invasão”


17h00 28/11/2016 - Agência Corinthians



Ao menos 70 mil corinthianos viajaram para apoiar o Timão no Rio de Janeiro

Divulgação


No próximo sábado (03), o Corinthians vai relembrar um dos feitos mais impressionantes protagonizados pela sua Fiel Torcida: a histórica invasão do Maracanã na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976, quando ao menos 70 mil corinthianos viajaram para apoiar o Timão no Rio de Janeiro.

Às 10h, Tobias, Wladimir, Zé Maria e Vaguinho estarão no Teatro Omni Corinthians interagir com os torcedores que estiveram naquela partida contra o Fluminense na série “Jogos Eternos”, que transmitirá os melhores momentos do duelo vencido pelo Timão nas cobranças de penalidades.

Logo em seguida, o Memorial Corinthians receberá dois eventos simultâneos retratando um dos maiores deslocamentos de torcedores de um time visitante na história do futebol mundial. Às 12h, será aberta a exposição “40 Anos – Invasão Maracanã”, que conta com fotos e objetos enviados por alguns dos fanáticos que se aventuraram até a Cidade Maravilhosa.

Em paralelo, será lançado o documentário “Invasão”, produzido pelo Canal Azul, que traz depoimentos de jornalistas e ex-jogadores, além de torcedores que participaram da invasão. Um grupo de amigos reviveu a emoção de refazer o trajeto Rio/São Paulo, em uma Kombi, junto com o goleiro Tobias, um dos heróis do jogo, contando a situação do clube na década de 70.



Timão segue reduzindo dívida e fecha setembro com R$ 69 milhões de lucro
Clube conseguiu ter superávit nos nove primeiros meses do ano, mas mantém expectativa de fechar o ano no negativo. Dívida alvinegra caiu para R$ 320 milhões

LANCE! 26/11/2016 14:32
As finanças do Corinthians em 2016 vão melhor. O clube segue reduzindo sua dívida e fechou o mês de setembro com superávit de R$ 69,4 milhões. Os dados constam de balancete patrimonial divulgado pelo clube.

Na última verificação, de maio, a dívida alvinegra era de R$ 344 milhões. Agora, o número caiu para R$ 320 milhões.

As vendas de jogadores do elenco alvinegro de mais de 20 atletas em 2016, foi o principal responsável por dar um alívio ao caixa corinthiano. Foram arrecadados R$ 144,3 milhões com o repasse de direitos federativos.

Vale lembrar que desde 2014, as receitas de bilheterias da Arena Corinthians são todas destinadas para pagá-la.












28/11/2016 17h58

Corinthians equilibra caixa e paga elenco nesta terça
Clube recebe pagamentos pendentes de credores e deve acertar salários. Reunião antes de jogo contra o Atlético-PR selou tranquilidade


Por Diego Ribeiro

O Corinthians recebeu pagamentos pendentes de credores e se vê com caixa equilibrado o suficiente para acertar os salários de jogadores, comissão técnica e funcionários. De acordo com o diretor financeiro Emerson Piovesan, os vencimentos devem ser quitados nesta terça-feira.
Agora, o Corinthians tem em caixa todas as receitas que estavam pendentes no mês. Uma das fontes de receita vem de Portugal. O Porto acertou uma parcela relativa à compra do zagueiro Felipe no valor de quase R$ 5 milhões. Além disso, os três patrocinadores que estavam em atraso regularizaram os pagamentos – inclusive a Caixa Econômica Federal, principal anunciante na camisa alvinegra.





Confira a nota à imprensa


A Construtora Norberto Odebrecht (CNO) informa que reiniciou hoje (28/11) as obras de reparos na tubulação do “piscinão” -- sistema de amortecimento e escoamento de águas pluviais – situado na área externa da Arena Corinthians. O reinício dos trabalhos foi solicitado pelo Fundo de Investimento Imobiliário (FII) que controla a Arena e é composto pelo Sport Club Corinthians Paulista (SCCP) e Odebrecht Participações e Investimentos (OPI). O FII solicitou e o Clube reviu decisão tomada no dia 23/11, quando, assessorado pelo Escritório Molina & Reis, determinou a paralisação das atividades.

Tanto o FII quanto o SCCP têm em sua posse documentos e laudo mostrando que o acúmulo de lama no “piscinão” e o consequente desacoplamento de parte da tubulação são decorrência de não aplicação de rotinas de inspeção das instalações da Arena previstas no Manual de Uso, Operação e Manutenção (de posse do clube desde 2015). Estas rotinas de manutenção e inspeção estão a cargo de empresa terceirizada cuja gestão é responsabilidade do clube. Este laudo técnico e documentos também demonstram que, embora a obra na área do “piscinão” seja necessária, a ocorrência não compromete a estrutura do estádio. E, portanto, a Arena Corinthians é totalmente segura para seus frequentadores – como aliás atestam recentes vistorias técnicas realizadas recentemente pela Defesa Civil, Ministério Público Estadual e Prefeitura de São Paulo.

Mesmo não sendo a responsável pela manutenção, a CNO havia identificado, em 18/11, por meio de seus técnicos, uma deposição de lama no interior do reservatório. O fato foi informado ao Corinthians e a CNO, tomou, por precaução, providências imediatas para remover o material acumulado no piscinão e recompor a parte danificada da rede de escoamento. A CNO decidiu inspecionar a Arena Corinthians em função das recentes publicações de imprensa explorando de forma descontextualizada fotos e imagens antigas, colocando indevidamente a segurança da Arena sob suspeita. Também a decisão de fazer a limpeza e reparos na tubulação do piscinão foi tomada para salvaguardar a imagem pública da Arena e a confiança de seus frequentadores.







Corinthiano goleiro Walter aproveita momento
No Corinthians, o goleiro Walter comemora sua temporada do ponto de vista pessoal. Afinal, aos 29 anos ele virou goleiro titular da equipe. E pretende se manter assim por muito tempo.

- Goleiro normalmente, em todos os clubes onde passei, é muito cobrado. Somos muito cobrados individualmente, então procuramos fazer um trabalho bom, de manter o padrão dos outros jogos e não deixar cair. Tomar gol faz parte, mas fico feliz por manter um padrão desde o jogo em que entrei, contra o Grêmio. Fico feliz. Claro que pelas situações do time a gente não consegue transbordar tanta alegria, mas pelos jogos que fiz fico contente - diz.









Treino do Corinthians dura pouco por causa de temporal

 Reapresentação conta com Guilherme e Rildo, este já recuperado de lesão, em plena ação

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: LANCE!Press)



















Gabriel Carneiro
28/11/2016
18:22

A previsão do tempo enganou o técnico Oswaldo de Oliveira e um temporal interrompeu o treino do Corinthians desta segunda-feira com pouco mais de 15 minutos passados. O elenco do Timão se reapresentou dois dias após o empate sem gols com o Atlético-PR que complicou sua caminhada por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores e os titulares deste compromisso permaneceram na parte interna do CT Joaquim Grava para trabalhos regenerativos. Só reservas apareceram no gramado...

... o que não significa que o dia do Timão não teve atrativos. Provável titular no domingo, às 17h, contra o Cruzeiro, o meia-atacante Guilherme participou do treino sem restrições. Ele está recuperado de dores na coxa direita, ficou no banco contra o Furacão e será titular "se estiver 100%, disse Oswaldo. Além dele, a novidade do dia foi Rildo. Recuperado de uma contratura na região da bacia que o tornou desfalque em duas partidas, o atacante também esteve na atividade desta segunda-feira e pode até ser relacionado para o último jogo do ano - que também pode ser seu último, já que o contrato termina em 31 de dezembro.

O treinamento desta segunda-feira começou por volta de 16h20, quando os jogadores apareceram no gramado. Durante uma atividade técnica de posse de bola e troca de passes para os jogadores de linha e um trabalho específico para os cinco goleiros do elenco, um temporal começou a cair no CT, com fortes ventos e trovões. O auxiliar Luiz Alberto encerrou a atividade e foi correndo para um local coberto junto com os jogadores e outros profissionais da comissão técnica. Após cerca de 15 minutos, o treino não tinha condições de seguir.

Os goleiros seguiram trabalhando sob o comando do preparador Mauri Lima, mas o complemento da atividade durou apenas até o fim da sessão. Todos liberados. O último jogador a permanecer em campo foi o goleiro Cássio, que ajudou os profissionais da comissão técnica a recolher os equipamentos de treino, como bolas, coletes e cones.

O Corinthians retoma os trabalhos na manhã desta terça-feira, às 9h30. O treino estava previamente marcado para o período da tarde, mas foi alterado por decisão da comissão técnica.









28/11/2016 17h37

Temporal interrompe treino do Corinthians; Rildo pode reforçar time
Chuva forte faz reapresentação do Timão durar apenas 15 minutos. Atacante se recupera de lesão e pode ficar no banco em decisão contra o Cruzeiro


Por Diego Ribeiro

Rildo e Lucca foram a campo no curto treino do Timão (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

A reapresentação do Corinthians no CT Joaquim Grava, na tarde desta segunda-feira, não durou mais do que 15 minutos em campo. Um temporal encurtou a primeira atividade da semana decisiva, que termina no duelo contra o Cruzeiro, domingo, às 17h (horário de Brasília), no Mineirão. O Timão briga por vaga na Taça Libertadores do ano que vem.
Apenas os reservas foram ao gramado. A novidade foi a presença do atacante Rildo, recuperado de contratura na região da bacia – ele tem chances de ser relacionado para o confronto do próximo domingo.
O meia-atacante Guilherme também participou dos 15 minutos de treino. Reserva no empate sem gols com o Atlético-PR, sábado passado, ele deve participar do último jogo da temporada como titular. O técnico Oswaldo de Oliveira o deixou no banco porque queria vê-lo em campo apenas com 100% de suas condições – Guilherme se recuperou de dores na coxa direita.

Ainda durante o aquecimento, a chuva aumentou, e Oswaldo decidiu encerrar o treino. O goleiro Cássio foi o último a deixar o gramado, ajudando o preparador Mauri Lima a carregar todo o material utilizado pelo elenco.

Por causa da chuva, o treino de terça-feira mudou de horário: das 16h para as 9h30. Com 55 pontos, o Timão é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro.









28/11/2016 14h35

Corinthians reduz dívida e registra R$ 69 milhões de superávit; veja números
Clube divulga balancete com cifras de janeiro a setembro de 2016. Dívida cai para R$ 320 milhões. Bilheteria é reservada para pagar Arena Corinthians

Por GloboEsporte.com
Um novo balancete divulgado pelo Corinthians mostra que a dívida do clube está em constante redução, fruto das políticas administrativas adotadas pelo presidente Roberto de Andrade. Um demonstrativo dos três primeiros trimestres de 2016 aponta que o Timão fechou o período com superávit de R$ 69,4 milhões.

O número está caindo e hoje é de R$ 320 milhões – o balancete anterior, com resultados de janeiro a maio, apresentava dívida de R$ 344 milhões. O Timão iniciou a temporada com mais de R$ 390 milhões em débitos.

O balancete mostra que, até setembro, o Corinthians recebeu R$ 144 milhões por negociações de jogadores – ou repasse de direitos federativos, como consta nos documentos oficiais do clube. Por outro lado, gastou R$ 69,9 milhões com aquisição de atletas.

A conta das vendas já inclui as negociações de nomes como Elias, Felipe, André e Alexandre Pato, todos transferidos depois de maio, data do balancete anterior. O Corinthians ainda recebe parcelas do Porto em relação a Felipe – a mais recente foi depositada no fim da semana passada. O valor ajuda na quitação dos salários do elenco.
Os R$ 18,1 milhões arrecadados em ingressos, não fazem parte da conta, porque são reservados para pagar a construção da Arena Corinthians.








Emerson Piovezan, diretor financeiro do Corinthians: até amanhã à noite, todos os salários atrasados do clube devem ser quitados. #trsccp



Corinthians muda o treino de terça para às 9h30. Antes, era 16h. Hoje, por conta da chuva da tarde, treino foi curtíssimo #trsccp






CORINTHIANO GOLEIRO WALTER FALA:

Fim da entrevista coletiva do goleiro Walter.
Você está entre os cinco melhores goleiros do campeonato, Walter? "Não sou eu quem tenho que falar. Deixo para vocês e os torcedores".

17H10
Como fecha a temporada, Walter? "Goleiro, normalmente, é muito cobrado nas derrotas. Muitas vezes ele tem culpa no cartório e é cobrado individualmente. O Mauri cobra muito isso de manter o padrão em todos os jogos. Tomar gol faz parte, estamos sujeitos a erros, mas fico feliz por manter um padrão desde o primeiro jogo em que entrei. Pelo trabalho, pelos jogos que fiz, é meu melhor ano".

O Corinthians merece estar na Libertadores? Walter responde: "Merece, pelo que vem apresentando. Você perde um ou outro jogo, mas a maioria dos jogos que empatamos fizemos boas partidas. Merecemos por esse fator, por estar jogando bem, criando oportunidades. Mas futebol é aquela caixa de surpresas, não sabemos o que pode acontecer".

 "Nosso time gira bastante a bola, vários jogadores podem fazer o gol. Infelizmente, a bola teima em não entrar. O ano teve muitas oscilações, faz parte do futebol. É assim mesmo".

"Fiquei aqui dois anos e pouco na reserva, e mesmo assim pinta uma coisa ou outra. O trabalho está sendo visto mesmo comigo no banco de reservas. Hoje está de outra forma, mas se acontecer de voltar para o banco, vou encarar com a maior naturalidade", comenta Walter.

Pingou o salário? "Não olhei ainda", diz Walter.


O que te tiraria do Corinthians hoje? "Não pintou nada, se pintou eu não sei. Se souberem, passem para mim (risos). Tenho mais três anos de contrato, estou feliz aqui dentro, sabemos do tamanho que tem o Corinthians. Por enquanto não penso nisso".

"Sempre falamos em jogar bem, claro que não é sempre que você consegue. Oscilamos muito esse ano, mas taticamente fomos muito bem contra o Internacional, contra o Atlético. Sofremos menos com bolas paradas. Mantendo esse nível e não deixando cair, conseguimos o resultado positivo. Sabemos como o Mano Menezes arma os times dele, vamos com tudo", diz Walter.


"Do jeito que estamos, precisamos torcer para muita gente. Poderíamos estar mais tranquilos hoje, com dois pontos à frente. Quarta-feira vou estar ligado na TV, vou torcer por uma boa partida. Não sabemos o que pode nos ajudar ou não, mas será bem-vindo ter o Atlético campeão. Abriria uma vaga para nós", diz Walter, sobre a final da Copa do Brasil.



Qual o sentimento do grupo do Corinthians nesta semana? "É difícil falar, porque se acabar o jogo e não estivermos classificados, vai vir bastante pedrada para cima de nós. Parecia que sempre que ia engrenar, a gente perdia um jogo que era chave. Empatamos muitos jogos em casa, foi um ano turbulento. Classificando, dá uma baixada na poeira e começa o ano que vem com outra pegada".



"Libertadores :. É um campeonato que atrai olhares de todas as formas, tanto financeiramente para o clube, quanto na visibilidade para nós", diz Walter.

Walter: Não podemos baixar a guarda. Temos chances ainda, temos de buscar essa vitória de qualquer maneira".



Walter fala sobre depender de tropeços: "Se o resultado for bom, vai nos ajudar em campo, se for negativo, dá uma baixada. Até aconteceu isso no hexa. Estávamos jogando contra o Vasco, ficamos sabendo do reultado em outro jogo que nos interessava, e aí deu um gás maior na equipe. Mas temos de jogar bem, ser eficazes em campo. Depois, deixa os outros resultados para eles".


A primeira pergunta é sobre o próximo jogo: "Estamos precisando vencer e jogar bem, mas essa reta final é difícil. Fizemos uma grande partida, mas a bola teimou em não entrar. Tem de ter o mesmo foco e errar o mínimo possível. Taticamente e tecnicamente, fizemos um bom jogo. As coisas têm de fluir para terminarmos no G-6".

Vai começar a entrevista coletiva de Walter. 16h55

Walter é o entrevistado do dia. #trsccp









16:53
Fim de treino. Só Cássio no gramado, ajudando os auxiliares a recolher o material #trCOR 




Cássio é o único jogador ainda em campo. Faz atividade com o preparador de goleiros Mauri Lima. #trsccp










16:51
Treino interrompido por causa da forte chuva. Durou cerca de 15 minutos 

Em campo, novidade é a presença do atacante Rildo, que se recuperou de contratura na região da bacia. #trsccp
Titulares do empate sem gols com o Atlético-PR, sábado, estão na academia. #trsccp

Boa tarde! Muita chuva no CT Joaquim Grava. Treino não durou mais do que 15 minutos. #trsccp 
16:46
Só quem não atuou sábado está em campo no momento. Inclusive Rildo, recuperado de uma contratura na bacia #trCOR



16:40 Corinthians treina por aqui. Painéis do "Gol de Muro" estão sendo recolocados #trCOR

16:31
Próximo jogo marca a última rodada do Brasileirão e define a vida do Corinthians. Em caso de vitória e empate de Atlético-PR ou Botafogo, o Timão termina no G6, com vaga na próxima Libertadores


16:28
Boa tarde, internauta . Começa agora a transmissão em tempo real do dia do Corinthians, que inicia preparação para enfrentar o Cruzeiro no domingo, às 17h
Boa tarde, amigo torcedor. O Corinthians iniciou os treinamentos nesta tarde no CT Joaquim Grava. A partir de agora, você confere tudo o que rola por lá.





28/11/2016 15h06

Corinthians sonda centroavante Hernane, artilheiro do Bahia na Série B

Timão procura o centroavante de 30 anos, autor de 11 gols na campanha do acesso do time baiano. Lateral-esquerdo Moisés, de 21 anos, pode ser envolvido em acordo

Por Marcelo Braga

O Corinthians tem um novo alvo para o ataque. Trata-se do centroavante Hernane, autor de 11 gols pelo Bahia no Campeonato Brasileiro da Série B.

Aos 30 anos, o jogador tem vínculo com o time baiano até o fim de 2018. Uma negociação só deve acontecer em caso de proposta de compra.

Bem avaliado por Oswaldo de Oliveira, que tentou levar o jogador para o Sport no primeiro semestre, Hernane foi o capitão e um dos pilares da campanha do acesso da equipe baiana. No ano, fez 21 gols em 46 partidas oficiais disputadas.

As conversas com o Corinthians, ainda preliminares, podem envolver jogadores. O lateral-esquerdo Moisés, de 21 anos, que está lá emprestado pelo Timão, pode ser colocado no negócio. O contrato do jovem com o Timão é válido até o fim de 2017.

Procurado para comentar sobre o futuro do atacante, o empresário Paulo Pitombeira, que cuida da carreira dele, não foi encontrado. Até agora, o Corinthians contratou dois reforços para 2017: Luidy, do CRB, e Jô, que estava sem clube desde que deixou o Jiangsu Suning, da China. Wagner, que vive burocracia para se livrar do vínculo com o Tianjin Teda, está próximo.





Corinthians busca mais atacantes no mercado. Um dos sondados foi Hernane, do Bahia. Fez 11 gols na Série B #trsccp





28/11/2016 07h05

Em semana decisiva, Corinthians promete quitar atrasados do elenco Parcela da venda de Felipe é depositada, e acerto pode sair hoje

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

O Corinthians prometeu quitar as pendências financeiras que tem com jogadores e funcionários nesta semana, durante a preparação da equipe para o decisivo jogo contra o Cruzeiro, domingo, às 17h (horário de Brasília), em Belo Horizonte, que definirá se o clube participará ou não da Libertadores no ano que vem.

Por conta de um "descompasso no fluxo de caixa", como definiu o diretor financeiro Emerson Piovezan, o elenco não recebeu os salários referentes ao mês de outubro. Após o empate sem gols contra o Atlético-PR, Rodriguinho assegurou que o grupo está confiante no acerto.

– Nenhuma preocupação com isso. No tempo em que estou aqui, o Corinthians nunca faltou com suas obrigações. Isso é um problema que infelizmente aconteceu, mas tenho certeza de que a diretoria trabalhou bastante para resolver o mais rápido possível. Comunicaram para nós hoje (sábado) que segunda-feira já serão efetuados os pagamentos. Então isso jamais nos atrapalharia dentro de campo – afirmou o meia.
No tempo em que estou aqui, o Corinthians nunca faltou com suas obrigações. Isso é um problema que infelizmente aconteceu, mas tenho certeza de que a diretoria trabalhou bastante para resolver

Uma das fontes de receita vem de Portugal. O Porto atrasou uma parcela relativa à compra do zagueiro Felipe, e esta receita, entre outras, seria utilizada justamente para o acerto dos salários no início de novembro.

Em junho, o Corinthians negociou o jogador por R$ 24 milhões, mas, após descontos da Receita Federal, vai receber R$ 20 milhões. O Timão dividiu o acerto em quatro parcelas de quase R$ 5 milhões cada. A diretoria aguardava que o valor fosse depositado neste fim de semana.

– Ainda não resolvemos, mas estamos trabalhando só nisso. Parte do problema tem a ver, sim, com isso (situação de Felipe) – afirmou Emerson Piovezan, semana passada.

Sem reservas financeiras, o clube também deve tomar empréstimo de um banco para zerar essa dívida. Dirigentes alvinegros reiteraram que o problema se deu pela ausência de algumas receitas que deveriam ter entrado no fim de outubro – além do Porto, pelo menos três patrocinadores atrasaram pagamentos no mês passado.










Corinthians fecha ano com desempenho próximo ao de 2015 em casa. Timão teve aproveitamento de 78,4% atuando na Arena Corinthians, com 24 vitórias, 8 empates e duas derroras em 34 jogos


28/11/2016 8h58
O Corinthians teve este ano na Arena Corinthians uma excelente campanha, bem parecido a campanha de 2015, quando foi hexacampeão brasileiro.
No total, os corinthianos realizaram 34 jogos na Arena Corinthians, com 24 vitórias, 8 empates e duas derrotas, totalizando 78,4% de aproveitamento. Em 2015, com o Corinthians hexacampeão brasileiro, conseguiu um aproveitamento de 79,3% dos pontos possíveis, com 25 vitórias, 6 empates e três derrotas, levando-se em conta apenas jogos oficiais. Ano da estreia do estádio, 2014 foi de 75% de aproveitamento (12 vitórias, 5 empates e uma derrota em 18 jogos).










Há 68 anos, Luizinho estreava e marcava primeiro gol pelo Corinthians

O “Pequeno Polegar” é o segundo jogador que mais atuou e o sétimo maior artilheiro da história do Corinthians


11h00 28/11/2016 - Agência Corinthians



Segundo da esquerda para a direita, Luizinho é um dos grandes ídolos da história alvinegra

Divulgação


A estreia de Luizinho, um dos maiores ídolos do Corinthians, completa 68 anos nesta segunda-feira (28). Contra o Hepacaró de Lorena, em um amistoso estadual, o meia, conhecido também por “Pequeno Polegar”, fez o primeiro jogo pelo Timão e ainda marcou o primeiro gol pelo clube alvinegro, fechando a goleada por 5 a 1, no dia 28 de novembro de 1948.

Com duas longas passagens pelo Timão (1948/1960 e 1964/1967), Luizinho se tornou o segundo jogador com maior número de partidas realizadas pelo Corinthians. No total, foram 606 jogos, ficando atrás apenas de Wladimir. O meia ainda está na lista dos maiores goleadores da história do clube. Com 175 gols, é o sétimo maior artilheiro.

Uma das características mais marcantes de Luizinho foi a enorme habilidade nos dribles, deixando cenas marcantes na mente dos torcedores alvinegros. Em uma oportunidade, o jogador sentou na bola contra um marcador em um clássico contra o Palmeiras.

Outro momento importante na carreira de Luizinho foi quando fez o gol do empate contra o Palmeiras que deu ao Corinthians o titulo paulista do IV Centenário de 1954. Além dessa taça, o jogador esteve presente na conquista de outras duas edições do Campeonato Paulista (1951 e 1952) e de três Torneios Rio-São Paulo (1950, 1953 e 1954).

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.

PUBLICIDADE
CORINTHIANS HOJE
28/11 - Segunda-feira
16h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava