19 de nov de 2016

CORINTHIANS 19/11/2016



19/11/2016 18h31

Corinthians anuncia que troca de ingressos para a semi da Liga Nacional de Futsal começa na quarta-feira
No primeiro dia, apenas associados do clube podem fazer a troca por 1kg de alimento; na quinta e na sexta, público normal tem direito aos bilhetes para a partida decisiva


Por SporTV.com

A partir de quarta-feira, dia 23, os torcedores corinthianos poderão trocar os ingressos para o segundo e decisivo jogo da semifinal da Liga Nacional de Futsal 2016, do Corinthians contra Assoeva, que será realizado na sexta-feira (25), às 19h15, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, no Parque São Jorge. Neste primeiro dia, porém, apenas os associados do Corinthians terão direito aos bilhetes. O público geral poderá fazer a troca apenas na quinta e na sexta.

No mesmo formato das trocas anteriores, o valor do ingresso será 1 kg de alimento não perecível (exceto açúcar, sal, farinha de trigo, farinha de mandioca e fubá). Os torcedores poderão trocar as entradas na bilheteria do Memorial, na galeria principal do Parque São Jorge. Na quarta-feira (23), a troca será feira das 10h às 17h, somente para associados. Na quinta-feira (24) e na sexta-feira (25), no mesmo horário, os ingressos estarão disponíveis ao restante do público.

Na primeira partida, em Venâncio Aires, no Rio Grande do Sul, o Corinthians conseguiu o empate por 1x1. Agora, Corinthians precisa vencer o jogo. Novo empate leva o jogo para a prorrogação. Permanecendo a igualdade, a decisão da vaga na final irá para a cobrança de pênaltis.


- Informações sobre a troca de ingressos:


Corinthians x Assoeva (25/11, sexta-feira)
Liga Nacional de Futsal 2016 - 2º jogo das semifinais


Datas: 23/11 (quarta-feira) somente para associados; 24/11/2016 (quinta-feira) e 25/11/2016 (sexta-feira) para o público geral
Horário: 10h às 17h
Local: bilheteria do Memorial, Parque São Jorge
Valor: 1 kg de alimento não perecível (exceto sal, açúcar, farinha de trigo, farinha de mandioca e fubá) – máximo de 4 ingressos por pessoa












Oswaldo testa variações no time titular do Corinthians no treino deste sábado

Na primeira parte do coletivo, o treinador corinthiano improvisou o lateral Uendel na posição do Rodriguinho, suspenso do duelo contra o Internacional


14h00 19/11/2016 - Agência Corinthians


Na manhã deste sábado (19), o elenco do Corinthians participou de mais um treino de preparação para o duelo contra o Internacional, que acontecerá nesta segunda-feira (21) na Arena Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. No CT Joaquim Grava, Oswaldo de Oliveira comandou três tipos de trabalho em um dos gramados.

Na primeira parte, os jogadores do Timão fizeram uma atividade de toque rápido e arrancadas em curto espaço do campo. Após esse trabalho, o elenco alvinegro se dividiu em blocos para mais uma etapa de posse de bola e troca de passes.

Depois, um coletivo foi comandado pelo técnico do Corinthians. O comandante alvinegro testou possíveis variações na equipe titular, que não contará com os suspensos Giovanni Augusto, Rodriguinho e Lucca.

No primeiro tempo, Uendel treinou na posição do meia Rodriguinho, com Guilherme Arana na lateral esquerda. Já na segunda parte da atividade, o camisa 6 deu lugar ao volante Marciel, com a permanência de Arana na ala.

O esboço do time titular teve Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Willians, Camacho, Uendel, Marquinhos Gabriel e Marlone; Romero. A confirmação pode vir no treino deste domingo (20), o último antes do jogo contra o Internacional, em que Oswaldo de Oliveira concederá entrevista coletiva à imprensa.

Fora da equipe por conta de dores na coxa direita nos últimos dias, Guilherme participou da primeira parte do treino e depois se dirigiu a um dos campos do CT Dr. Joaquim Grava para realizar um trabalho físico.




















19/11/2016 18h56
Não joga nada e ainda não aceita cobrança:
Willians discute com torcedor na porta do CT 
do Corinthians;
Em imagens que circulam em redes sociais, volante deixa carro após cobrança e reclama de críticas: "Está todo mundo trabalhando", diz ele a rapaz não identificado


Por GloboEsporte.com
O volante Wilians discutiu com um torcedor na saída do CT Joaquim Grava, neste sábado, após o treino da equipe do Corinthians.

Willians durante o treino desta manhã no CT
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Em vídeo que circula nas redes sociais, o jogador deixa o carro após ser cobrado. O torcedor ainda critica o atleta por vestir uma bermuda verde.


– Você quer encher meu saco? – pergunta Willians, ao deixar o carro.


– O futebol está fraco, meu irmão – retruca o rapaz, que não é identificado.


– Vai se preocupar com a sua casa. Aqui está todo mundo trabalhando – responde o jogador.


Willians é um dos principais alvos da torcida corintiana. A equipe é a sétima colocada no Brasileiro, ainda tem chances de conquistar uma vaga para a Libertadores, mas venceu apenas uma partida nas últimas cinco rodadas do torneio.
Neste sábado, o volante treinou como titular do Corinthians e deve começar a partida contra o Inter RS, segunda-feira, na Arena Corinthians, às 20h.

































Torcedores do Corinthians protestam no CT e têm discussão com Willians

Faixas foram estendidas na saída do CT Joaquim Grava após o fim do treinamento deste sábado em cobrança à diretoria e jogadores. Volante até deixou veículo: 'Me cobra aí'

Willians deixou carro para ouvir cobranças
(Foto: Reprodução)


Faixa foi estendida na manhã deste sábado no CT
(Foto: Reprodução)



Um grupo de torcedores do Corinthians realizou um protesto na portaria do CT Joaquim Grava na manhã deste sábado, logo após o penúltimo treinamento do elenco antes da partida contra o Internacional, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma faixa com dizeres ofensivos à diretoria e ao grupo de jogadores foi estendida no local por onde saem os atletas. Um deles, inclusive, foi cobrado pessoalmente, o volante Willians.

O camisa 5 do Corinthians foi abordado pelos torcedores e deixou seu veículo para ouvir as cobranças. Um trecho de um vídeo gravado no momento da conversa está circulando em fóruns de torcedores do Timão nas redes sociais e contém o seguinte diálogo, iniciado com a percepção por parte do torcedor de que o jogador trajava um shorts verde
Torcedor: "Shorts verde, meu irmão?".

Willians: "Você quer encher meu saco?".

Torcedor: "Vai me agredir?".

Willians: "Não, não vou te agredir, não. Mas o que você quer? Quer me cobrar? Então você me cobra. Cobra aí".

Torcedor: "O futebol está fraco, irmão".

Willians: "Vai se preocupar com a sua casa, irmão. Está todo mundo trabalhando aqui".

Não houve registros de outros diálogos entre jogadores e torcedores do Corinthians durante o protesto deste sábado, mas uma faixa estendida no local continha os seguintes dizeres: "Salário de primeira e futebol de segunda", "Safados", "Diretoria omissa" e "Cadê o dinheiro da China?".

O protesto ocorreu no portão de entrada e saída dos jogadores, por isso não pôde ser visto pelos jornalistas, que têm acesso ao CT por outra portaria.










Timão mantém dúvidas

Oswaldo de Oliveira experimenta lateral esquerdo Uendel como meia na vaga de Rodriguinho, que está suspenso, escala Guilherme Arana na lateral, Marlone na ponta e Romero de falso 9. Depois, Marciel é testado


Lateral pode ganhar chance no meio-campo na partida (Foto: Daniel Augusto Jr)
Gabriel Carneiro
19/11/2016
12:38

Oswaldo de Oliveira tem dúvidas e realizou testes na escalação do Corinthians de olho na partida contra inter desta segunda-feira, às 20h, , pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem contar com os suspensos Giovanni Augusto, Rodriguinho e Lucca, o Timão pode ter o lateral-esquerdo Uendel improvisado como meio-campista no duelo. Pelo menos foi assim que o treinador iniciou a atividade deste sábado, que ocorreu com a presença de poucos jornalistas no CT Joaquim Grava e teve cerca de duas horas de duração.

Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Willians; 
 Camacho, Marquinhos Gabriel, Uendel e Marlone; Romero foi o time escalado por Oswaldo no início do treinamento. Na segunda etapa do coletivo, o técnico sacou Uendel para a entrada de Marciel, mantendo Guilherme Arana como titular. Já os reservas formaram assim: Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo e Warian; Cristian;Jean, Marciel (depois Uendel), Léo Jabá, Isaac; Gustavo.

O Corinthians tem uma importante dúvida para a partida contra o Inter: fora de ação desde a semana passada por conta de dores na coxa direita, o meia-atacante Guilherme apareceu no gramado pela primeira vez neste sábado, mas participou apenas de uma parte do treinamento. Depois do aquecimento, ele se dirigiu ao campo anexo junto com Rodrigo Figueiredo, Bruno Paulo e Carlinhos para fazer um treino físico. Ele é dúvida para o jogo de segunda-feira, mas está mais próximo de voltar à equipe.

O atacante Bruno Paulo e o zagueiro Yago, que operaram hérnias recentemente, treinaram no gramado. O primeiro participou da primeira parte da atividade sem restrições, e o outro apenas correu e fez trabalhos leves. Giovanni Augusto ficou na academia por conta de desgaste muscular e Jô foi liberado dos treinos deste fim de semana por motivos pessoais e se reapresenta na segunda-feira. O restante do elenco trabalhou.

Oswaldo mostrou um time com variações no treinamento, atacando no 4-1-4-1 e defendendo no 4-2-3-1. No momento ofensivo, Willians e Camacho se revezavam na linha de quatro. Os jogadores palpitaram em diversos momentos, aproveitando as pausas de Oswaldo para também colocarem ideias de jogo.

O Corinthians fecha a preparação para enfrentar o Inter com um treino na manhã deste domingo, no CT Joaquim Grava. Oswaldo de Oliveira concede entrevista depois da atividade.







Sexto título brasileiro do Corinthians completa um ano neste sábado.
Em 19 de novembro de 2015, o Corinthians se sagrou hexacampeão brasileiro. 








Hexa na favela! Conquista do sexto título brasileiro do Corinthians completa um ano

Com empate fora de casa, Corinthians sagrou-se hexacampeão antecipadamente e fez a melhor campanha da história do Brasileirão de pontos corridos com 20 clubes


09h45 19/11/2016 - Agência Corinthians




Elenco do Corinthians comemora o hexa brasileiro em São Januário após o empate com o Vasco

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Há um ano, o Brasil era pintado pela sexta vez de preto e branco pela Fiel. No dia 19 de novembro de 2015, o Corinthians empatou com o Vasco por 1 a 1 em São Januário, no Rio de Janeiro, e conquistou o hexacampeonato brasileiro.

O Timão foi hexacampeão com a melhor campanha da história do Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos desde quando a competição passou a ser disputada por 20 clubes, em 2006. O Alvinegro do Parque São Jorge somou 81 pontos, com 24 vitórias, nove empates e apenas cinco derrotas. Também teve o melhor ataque (71 gols marcados) e a melhor defesa (31 sofridos).

O fator Arena Corinthians igualmente teve papel fundamental para a conquista do hexa. Nos 18 jogos que disputou no estádio alvinegro, o Timão venceu 15, empatou dois e foi derrotado só em um. Como mandante, o Corinthians também jogou em Araraquara, onde venceu a Chapecoense.

Já a Fiel fez jus ao nome e compareceu em peso na trajetória do Corinthians rumo ao hexa do Brasileirão. Em média, mais de 34 mil torcedores corinthianos foram aos jogos do Timão em casa. O maior público foi registrado na goleada alvinegra sobre o São Paulo por 6 a 1 na Arena Corinthians, jogo que marcou a festa e a entrega da taça de campeão brasileiro, visto por 44.976 pagantes.

Após o fim do campeonato, muitos jogadores do Corinthians ganharam prêmios individuais. O meia Renato Augusto foi considerado o Craque do Brasileirão pela CBF e ganhou o prêmio Bola de Ouro da revista Placar. O também meia Jadson, que fez 13 gols e foi o líder de assistências com 14, também foi apontado como um dos melhores da competição.

O artilheiro do Corinthians no hexacampeonato brasileiro foi Vagner Love -- autor do gol do título contra o Vasco --, com 14 gols. O atacante foi o vice-artilheiro do Brasileirão 2015

A campanha do hexa

Comandada pelo técnico Tite, a equipe do Corinthians teve um início irregular. Nas oito primeiras rodadas, o time venceu quatro, empatou em um jogo e perdeu três vezes. A arrancada teve início na nona rodada, na vitória sobre o Figueirense por 2 a 1 na Arena Corinthians. Entre essa partida e a 25ª rodada, foram 17 confrontos INVICTO

Nesse período, tiveram jogos especiais. A vitória sobre o Flamengo por 3 a 0 no Maracanã. O triunfo sobre o Atlético-MG na Arena Corinthians por 1 a 0, que fez o Corinthians empatar na liderança em número de pontos. O emocionante duelo com o Sport em casa, 4 a 3 para o Timão decidido nos últimos minutos, que levou o Alvinegro do Parque São Jorge à liderança isolado. O 2 a 1 sobre o Avaí em Florianópolis que garantiu o título símbólico do primeiro turno. O eletrizante empate no derbi por 3 a 3 fora de casa

A invencibilidade foi quebrada em um tropeço fora de casa. Mas a partir daí, o Corinthians engatou outra sequência positiva. Dessa vez, rumo ao título brasileiro.

O principal adversário na disputa pela taça foi o Atlético-MG. Quis o destino que os times se cruzassem na reta final do campeonato, na 33ª rodada. O Timão teria de jogar fora de casa, no estádio Independência, em Belo Horizonte, mas tinha uma vantagem de oito pontos. Um resultado positivo deixaria o Coringão muito perto do título.

O placar final do confronto direto pelo título foi melhor do que o imaginado pelo mais otimista torcedor. Uma vitória incontestável por 3 a 0 na casa do Atlético-MG. Faltavam mais cinco rodadas, e o Corinthians tinha uma vantagem de 11 pontos.

Na rodada seguinte, mais uma vitória emocionante, 2 a 1 sobre o Coritiba na Arena Corinthians, com gol nos últimos minutos. Só faltavam mais dois pontos. Uma vitória no jogo contra o Vasco, fora de casa, carimbaria a conquista.

O Timão ficou no empate em 1 a 1 com a equipe carioca e selou o hexacampeonato brasileiro do Corinthians com três rodadas de antecipação. A comemoração da equipe com a Fiel foi feita no RJ, nas quadras das torcidas na capital paulista e prosseguiu no jogo seguinte. A entrega da taça de campeão na Arena Corinthians aconteceu logo após o Corinthians vencer por goleada de 6x1 sobre 5P (a maior da história do confronto)



















Cássio relembra hexa do Timão: "Sempre que a gente ganha título fica marcado"

O goleiro ainda elegeu o derby fora de casa um dos jogos mais importantes na trajetória da conquista do sexto título brasileiro do Corinthians




13h00 19/11/2016 - Agência Corinthians





© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians




Neste sábado (19), a conquista do hexacampeonato brasileiro do Corinthians completa um ano. Goleiro titular durante a trajetória do Timão na competição nacional, Cássio falou sobre as lembranças que ficaram da conquista corinthiana em entrevista para o canal oficial do Alvinegro no YouTube.

"Sempre que a gente ganha título fica marcado, e sempre é bom. Muitas coisas positivas tiveram naquele time, e quando é campeão fica sempre guardado na memória, sempre coisas boas. E com certeza, a gente não só lembra do hexa como dos outros títulos", declarou Cássio.

Para o camisa 12 do Corinthians, um dos jogos importantes para a manutenção da equipe na liderança do Campeonato Brasileiro foi o derbi, fora de casa. Na oportunidade, em jogo acirrado, o Timão empatou em 3 a 3 com o rival.

"A gente empatou em 3 a 3, foi um jogo importante porque a gente vinha ganhando, pontuando e o Atlético-MG vinha junto. A gente sabe como é ruim perder um clássico. As coisas negativas que acontecem. Ainda mais tratando-se de Corinthians, que é uma pressão diária. Então não ter perdido aquele jogo foi fundamental para nós mantermos a regularidade e sermos campeões", disse.

Confira a entrevista completa do goleiro:












Uendel fala sobre prazer de ser campeão no Timão: "A gente fica muito feliz e muito honrado"

O lateral também relembrou a trajetória difícil no início, mas que depois de uma vitória fora de casa contra o Joinville, as coisas começaram a caminhar positivamente




14h00 19/11/2016 - Agência Corinthians




© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Neste sábado (19), a conquista do hexacampeonato brasileiro do Corinthians completa um ano. Em entrevista para o canal oficial do Timão no YouTube, Uendel falou sobre a honra de ganhar um Campeonato Brasileiro vestindo as cores do Alvinegro do Parque São Jorge.

"Realmente, conquistar o hexacampeonato com a camisa do Corinthians poucos jogadores tiveram o prazer. A gente fica muito feliz, muito honrado de ter participado disso" disse Uendel.

"Foi um campeonato muito marcante para nós. Nós viemos de eliminação na Libertadores, no Paulista, mas a gente sabia que tinha algo grande reservado para nós no ano ainda. Essa era a conversa que a gente tinha dentro do vestiário. Sabíamos que o trabalho estava sendo bem feito e então a gente sabia que tinha algo muito bom esperando por nós no fim do ano. E realmente começou o campeonato, as coisas foram encaixando", relembrou Uendel, que explicou que a partir da vitória fora de casa contra o Joinville, as coisas começaram a caminhar positivamente para a equipe do Timão.

"Lembro que no começo foi um pouco difícil. Um jogo contra o Joinville lá foi emblemático, pois vencemos eles. A partir dali, as coisas começaram a caminhar de maneira positiva para a equipe e terminamos o ano jogando de uma forma convincente, agradando a todos. E foi marcante para nós", declarou.

Confira a entrevista completa do jogador alvinegro:





A preparação para #CORxINT continua! Manhã de sábado com treino no nosso CT.