11 de nov de 2016

CORINTHIANS 11/11/2016


Recuperado, Walter volta aos treinos no Corinthians; Briga por titularidade com Cássio
Eterna disputa entre os goleiros do Corinthians tem novo capítulo nesta sexta-feira, dia em que Wálter voltou a trabalhar sem restrições após tratar de uma lesão na coxa direita

Gabriel Carneiro 11/11/2016 19:02
Recuperado das dores na coxa direita que o tornaram desfalque, o goleiro Walter participou do treinamento desta sexta-feira no mesmo nível dos outros goleiros, sem qualquer restrição física. Ele brigará pela posição de titular com Cássio, que hoje foi mantido.

Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo e Marciel; Willians; 
Camacho, Giovanni Augusto, Rildo e Marquinhos Gabriel; Lucca foi o time escalado por Oswaldo para um treinamento coletivo nesta sexta. Os reservas foram a campo assim: Walter; Warian, Franklin, Vinicius Del'Amore e Guilherme Romão; Jean;  Cristian, Jô e Marlone, Léo Jabá; Gustavo. Oswaldo de Oliveira não confirma escalação titular ainda.

- Vai jogar sempre quem eu julgar que está em melhor momento, não há situação definitiva. Muitas vezes o jogador permanece por ter mais experiência, mais lastro, mais vivência com a equipe, e em determinado momento não é assim. São dois grandes goleiros. O Walter se machucou e jogou o Cássio. Os dois estão sendo observados e quem eu julgar que está melhor vai jogar o próximo jogo. Por isso não determino quem será titular. Quem tiver oportunidade vai mostrar o melhor que tem - explicou o treinador.

Nesta sexta-feira, os titulares venceram os reservas por 2 a 0. Os gols do time titular foram marcados por Rildo e Marquinhos Gabriel.
Oswaldo espera ter à disposição Uendel, Rodriguinho e Guilherme. O trio está em processo de recondicionamento físico, pois acusou alto risco de lesão muscular e não treinou com o grupo. Os dois primeiros até participaram do aquecimento e da primeira parte, mas não disputaram o coletivo. Já Guilherme permaneceu na academia, assim como o zagueiro Vilson, que está suspensoe. Além deles, não treinaram Fagner, Balbuena, Arana e Romero, com suas seleções, e os lesionados Yago, Bruno Paulo e Danilo, que só voltam em 2017.


















11/11/2016 19h35
Corinthians treina com atacante Rildo, que faz gol e ganha elogio de Oswaldo: "Decisivo"
Possível titular contra o Figueirense, atacante treina em função diferente, mas é destaque nesta sexta-feira. Treinador repete formação dos últimos treinamentos


Por Diego Ribeiro

Rildo em ação no treino desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O treino desta sexta-feira do Corinthians confirmou uma convicção do técnico Oswaldo de Oliveira. Rildo está perto de uma vaga no ataque do Corinthians. Ele pode ser titular no jogo da próxima quarta-feira contra o Figueirense, às 21h45 (de Brasília), em Florianópolis, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Rildo foi mais uma vez titular em um trabalho coletivo comandado por Oswaldo. Desta vez em função diferente, por dentro, com Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto abertos pelas pontas. O atacante armou boas jogadas, apareceu bem na área e fez um gol na atividade.

– O Rildo eu já conhecia. Ele é um jogador muito decisivo, participativo, mas infelizmente teve lesões. É um jogador de quem gosto. Não conseguiu ainda se firmar, mas é um jogador que pode vir a se firmar, desde que ele consiga ficar mais forte, menos suscetível a contusões, a tendência é ele se firmar. Gosto muito das características dele – afirmou Oswaldo.


O técnico ainda não pôde contar com os retornos de Uendel, Rodriguinho e Guilherme, titulares que passaram a semana em trabalhos internos na academia. Apenas Rodriguinho foi a campo nesta sexta-feira: fez um treino físico, separado dos colegas. Ele pode voltar justamente na vaga de Rildo, ou então de Camacho.

O Corinthians treinou com a mesma formação dos últimos dois dias: Cássio, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo e Marciel; Willians; Camacho, 
Giovanni Augusto, Rildo e Marquinhos Gabriel; Lucca.

Os reservas treinaram com Walter, Warian, Franklin, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Jean; Cristian, Marlone, 
Léo Jabá e Jô; Gustavo.

Vale lembrar ainda que Fagner defende a seleção brasileira principal e Guilherme Arana joga amistosos com a Seleção sub-20. A dupla Romero e Balbuena está com a seleção do Paraguai.

Com 50 pontos, o Corinthians é o sétimo colocado no Campeonato Brasileiro e busca o G6 para se classifcar a Libertadores da América 2017 e só depende de si para isso com 4 vitórias. O elenco volta ao trabalho na manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava.









Oswaldo Oliveira vai conhecendo grupo e testando jogadores para escalar se melhor Corinthians. Ele pede tempo para formar time campeão. A curto prazo, ele pensa em Camacho e Rildo como titulares por G6
Gabriel Carneiro 11/11/2016 19:25
Oswaldo de Oliveira tem 10 dias para preparar o Corinthians para últimos 4 jogos do Brasileiro e encotrar uma formação para classificar o time para a libertadores da América 2017

- Nesses dias eu pensei: vamos recapitular a história do Corinthians no ano. Trocou treinador, perdeu jogadores, uma série de situações. Eu não caí de paraquedas, mas vim no meio do tiroteio e me deparei com essa situação. Temos que corrigir, resgatar o que já tinha sido feito, é o mais importante e o que temos tentado nesta semana - explicou, antes de completar:

- Estou aqui para trabalhar e não fazer milagre, tirar leite da pedra não existe. Não que aqui tenha pedra também. Mas minha interferência é diretamente proporcional às condições de trabalho que tenho, não posso levar como um peso para o meu trabalho, tenho que encarar com normalidade. Um mês em futebol é difícil, ainda mais acabando temporada... Quando tenho tempo consigo fazer, porque não sei fazer milagre em 30 dias. Mas se me der tempo para trabalhar pode ter certeza que vai acontecer - disse Oswaldo

Apesar de pensar no futuro, Oswaldo de Oliveira sabe que o 2017 do Corinthians depende dos quatro jogos finais do Campeonato Brasileiro. O treinador pensa em alternativas de escalação. As mais prováveis são as entradas de Camacho e Rildo no time titular. Ou pelo menos do primeiro.

Sem contar com Romero, que defende a seleção do Paraguai, Oswaldo está testando Giovanni Augusto aberto pela direita. Na antiga função do camisa 17 quem entra é Camacho, provável titular contra o Figueirense, no dia 16. Já Rildo, que tem agradado nos treinamentos dos últimos dias, está atuando na função de Rodriguinho, que sofre com problemas físicos nesta reta final de temporada. Como Rodriguinho deve voltar, apenas Camacho entraria.

- Ele (Camacho) é evidentemente técnico, até pela origem, jogava com a sensação de equipe mais livre, com troca de posições. Ele não tem característica forte de marcação, mas enxerga o jogo de trás. Ele pode fazer uma dupla com Willians se de fato tivermos a falta de alguns jogadores como estamos tendo. É uma forma de dar mais consistência à equipe - disse.

- Pode ser que amanhã eu mude de ideia, tem uma série de engrenagens que preciso ver. E a principal delas é o estágio que o Rodriguinho voltará para o treino. Assim como Guilherme e Uendel. Temos até quarta-feira. Por isso que estou testando o Rildo e o Giovanni em funções diferentes e o Camacho na função do Giovanni. Vou esperar.








11/11/2016 18h58
Técnico do Timão adia decisão sobre goleiro titular
Oswaldo tem dupla (Cássio e Wálter) à disposição pela primeira vez na semana em treino desta sexta-feira, mas diz que vai defender o Corinthians contra o Figueirense com quem estiver em melhor momento


Por Diego RibeiroS

Quem segura a vaga de goleiro titular no Timão? (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O técnico Oswaldo de Oliveira considera que tem dois goleiros do mesmo nível à sua disposição no Corinthians. Por isso, ele não tem pressa para definir qual deles será titular no jogo da próxima quarta-feira contra o Figueirense, às 21h45 (horário de Brasília), em Florianópolis. Cássio e Walter, hoje, estão no mesmo patamar.

Os dois goleiros foram a campo na tarde desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. Foi o primeiro treino coletivo de Walter desde que se recuperou de dores no músculo adutor da coxa direita – foi escalado no time reserva, enquanto Cássio foi titular. Oswaldo, porém, mantém a dúvida.

– São dois grandes goleiros. Os dois estão sendo observados. Quem eu julgar quem está em melhores condições vai para o próximo jogo. Não tenho essa preocupação em determinar o titular, o cara que jogar vai procurar mostrar o melhor que ele tem – afirmou o técnico, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Para julgar quem está melhor, Oswaldo conversa diariamente com o preparador de goleiros Mauri Lima.

– Isso é uma coisa que vai mudando, vai jogar sempre quem eu julgar quem está em melhor momento. Não é uma situação definitiva para mim. Muitas vezes o jogador permanece porque tem mais experiência, mais lastro, mais vivência com a equipe... Em determinado momento, não é assim que a coisa funciona. É questão de momento – explicou o comandante.

Oswaldo de Oliveira terá mais três dias de treinos para definir seu titular. Com 50 pontos, o Corinthians é o sétimo colocado na tabela do Campeonato Brasileiro e precisa da vitória sobre o Figueirense para continuar sonhando com uma vaga no G-6.













Em treino do Corinthians, goleiro Walter retorna em campo e Uendel e Rodriguinho em corrida leve
Goleiro participou do jogo entre titulares e reservas no treinamento


Walter voltou às atividades e participou do coletivo (GettyImages)
11/11/2016 20h27

O treino do Corinthians no CT Joaquim Grava foi de novidades para o técnico Oswaldo de Oliveira nesta sexta-feira (11 de novembro). Pela primeira vez na semana, o meia Rodriguinho e o lateral Uendel foram à campo, enquanto o goleiro Walter voltou a participar do coletivo.

Rodriguinho sofria com dores na coxa e ficou de fora dos últimos treinos do Timão para fazer trabalhos específicos na academia, assim como Uendel, que apresentava um problema no tornozelo. A dupla voltou a correr no gramado, mas fez apenas recondicionamento físico, ficando de fora do trabalho coletivo.

Já o goleiro Walter, que voltou às atividades no gramado na quinta-feira (10), participou do jogo entre titulares e reservas normalmente nesta sexta. Entre os suplentes, o arqueiro formou o time com Ameixa, Franklin, Vinicius Del’Amore e Guilherme Romão; Jean; Léo Jabá, Cristian, Jô e Marlone; Gustavo.

Na equipe titular, Oswaldo não fez alterações e armou o time da mesma forma no terceiro dia consecutivo com o mesmo treinamento. O Timão atuou com Cássio; Léo Príncipe, Léo, Pedro Henrique e Marciel; Willians e Camacho; Rildo, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Lucca. Os titulares venceram o coletivo por 2 a 0, com gols de Rildo e Marquinhos e Gabriel.

Com os retornos, apenas Guilherme, que ficou na academia, Fagner, Guilherme Arana, Balbuena e Romero, com suas seleções, não participaram das atividades. Destes, o camisa 10 será titular caso se recupere, e o lateral esquerdo pode começar jogando caso Uendel não reúna condições.














Com um mês de trabalho, Oswaldo promete evolução: “Vamos fazer jogos melhores”

Técnico do Corinthians também comentou que, com tempo para trabalhar até o jogo contra o Figueirense, tem intercalado o foco em diversos setores do time nos treinos


20h40 11/11/2016 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O elenco do Corinthians fez mais um treino no CT Dr. Joaquim Grava na tarde desta sexta-feira (11). Em uma semana sem jogos, já que o próximo compromisso do Timão pelo Campeonato Brasileiro será só na quarta-feira (16) – contra o Figueirense fora de casa –, Oswaldo de Oliveira fez um balanço do trabalho dele como técnico da equipe alvinegra, que completará um mês na segunda-feira (14). A promessa do comandante é de evolução do time.

“Esses dias eu pensei um pouquinho aqui. A história do Corinthians neste ano. Mudou uma série de jogadores, situações que têm interferido. Quem chega, como cheguei, vem com outra história, outro ânimo, mas o pessoal que está aqui está numa continuidade. Vamos fazer jogos cada vez melhores”, afirmou o técnico do Corinthians em entrevista coletiva à imprensa.

“Minha ideia é sempre de dar continuidade ao trabalho e ter tempo de fazer uma grande equipe para conquistar vitórias e títulos”, acrescentou Oswaldo.

O técnico do Timão prepara a equipe para o jogo contra o Figueirense, que será disputado no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, pela 35ª rodada do Brasileirão. Com tempo para trabalhar, Oswaldo tem direcionado o foco em diversas áreas do time.

“Hoje procurei iniciar o treinamento em 30 metros. Ontem era mais próximo da nossa defesa, e hoje foi mais de intermediária. Amanhã mais no ataque. Estamos percorrendo cada setor do campo, agindo com intensidade durante 20 minutos e intercalando”, comentou.
Fim da entrevista coletiva de Oswaldo de Oliveira.
Acredita que terá tempo para desenvolver seu trabalho, Oswaldo? "Não posso dizer que vou ficar, que não vou ficar. As coisas vão acontecer. Minha ideia é sempre de dar continuidade ao trabalho e ter tempo de fazer uma grande equipe para conquistar vitórias e títulos".
"Não tenho relação tão próxima com o Roberto de Andrade. Agora estou, encontro duas, três vezes por semana, mas antes eu não tinha nem o telefone do Roberto. Uma pessoa próxima é aquela que você deseja Feliz Natal e Ano Novo, telefona... Ele não me contratou porque sou amigo dele", diz Oswaldo, questionado sobre a proximidade com o presidente anterior à sua contratação.











Rodrigo Azevedo é o novo coordenador geral do Departamento de Formação de Atletas do Corinthians

Campeão Paulista Sub-17, em 2013, como treinador do Alvinegro, Rodrigo volta ao Timão em nova função para aprimorar ainda mais a categoria de base corinthiana


17h30 11/11/2016 - Agência Corinthians






© Divulgação




O Departamento de Formação de Atletas do Corinthians tem um novo coordenador geral: Rodrigo Leitão. O profissional estava atuando como coordenador geral e metodológico na Ponte Preta, mas teve uma longa passagem pelo Alvinegro, entre 2010 e 2015, quando foi o técnico das equipes Sub-17 e Sub-18 do Timão e conquistou, no total, 14 títulos – sendo quatro internacionais.

Leitão é doutor e mestre em ciências do esporte pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e, além do Corinthians e da Ponte Preta, foi assistente técnico do treinador Roque Júnior e da equipe do Luverdense (MT), bem como foi treinador do Sub-17 do Paulista e do Desportivo Brasil. Ele também é instrutor dos cursos de formação de treinadores – licença B – e análise de desempenho da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Feliz pelo retorno, o novo coordenador geral do departamento falou um pouco da sua primeira passagem. “Foram cinco anos de muitas conquistas e muitos jogadores que acabaram se destacando no cenário do futebol”, disse. “Usando a Seleção Brasileira como referência, temos o Marquinhos, hoje no PSG, que é de uma geração com a qual eu comecei a trabalhar aqui. Então, posso destacar que foi uma período de muitas alegrias.”

Ele também falou sobre sua nova função. “Acima de tudo, agora, minha vontade é fazer com que o projeto que o Fausto [Bittar Filho, diretor do Departamento de Formação de Atletas] está desenvolvendo consiga sair totalmente do papel e ir para a prática”, comentou. “A ideia da fusão do futebol de campo com o futsal é excepcional, portanto, estou com as melhores expectativas possíveis”, finalizou.

“A adição do Rodrigo à nossa equipe de profissionais engrandece a qualidade do trabalho que vem sendo realizado no clube”, explicou Fausto Bittar Filho, diretor do Departamento de Formação de Atletas. “Ele é um grande acadêmico do esporte e tem bastante vivência nas categorias de base, por isso, não tenho dúvidas que será um grande aliado no crescimento da formação dos nossos jogadores”, complementou.

Ficha técnica:

Rodrigo Aparecido Azevedo

Nascimento: 28/06/1977

Doutor e mestre em Ciência do Desporto pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Experiências profissionais:

Coordenador geral e metodológico da Ponte Preta (2015-2016)
Treinador do sub-17 e sub-18 do Corinthians (2010-2015)
Treinador do sub-17 do Desportivo Brasil (2010)
Assistente técnico do Luverdense-MT (2009-2010)
Treinador do sub-17 do Paulista FC (2007-2009)
Treinador da equipe feminina profissional do Jaguariunense (2005-2007)

Principais títulos:

Campeonato Paulista Sub-17 de 2013 – Corinthians
Copa de La Paz Sub-17 de 2014 – Corinthians
Bicampeão da Copa Ouro Sub-17 – Desportivo Brasil (2010) e Corinthians (2011)
Canadian Shield Sub-17 2011 – Corinthians
Torneio Sul-Americano de Buenos Aires Sub-17 2012 – Corinthians




Corinthiano técnico Oswaldo Oliveira fala:

Camacho no lugar de Romero? "Hoje, sim, o raciocínio é perfeito. Mas tem uma série de engrenagens que preciso observar. Por exemplo, em que estágio o Rodriguinho vai voltar. E tenho Guilherme e Uendel nessa situação. Temos até quarta-feira para encaixar ou não na equipe. Estou testando o Rildo numa posição diferente, e o Camacho na função do Giovanni Augusto".

"Estamos percorrendo cada setor do campo e agindo com intensidade durante 20 minutos, e intercalando. O Fedato vai passando tudo para mim. E vamos controlando ali. Não tem nada que fuja daquilo que podemos fazer. A diferença é estética, é plástica, pela minha maneira de trabalhar. Para o jogador ser atuante, tem de treinar com a intensidade do jogo. Senão você desperdiça".

"Eu não faço treinamento coletivo. Se a ação ofensiva durar 1 minuto e 15, dou 30 segundos de intervalo. Eu paro, espero o jogador se recuperar e levo o jogador àquela intensidade novamente. Não adianta dar uma intensidade menor que a do jogo. Hoje procurei iniciar o treinamento em 30 metros. Ontem era mais próximo da nossa defesa, e hoje foi mais de intermediária. Amanhã mais no ataque".


"Meu treino é diferente, a maneira que eu tenho de treinar. Eu converso todos os dias com o Carille pra gente não alterar tanto. A dosagem, estamos respeitando muito. Quando a frequência de um jogador passa daquilo que ele pode receber no dia, paramos o treino, tiramos ele. Os caras que jogam mais, como o Giovanni Augusto, não participam dessa primeira parte do treinamento. Só da parte principal".


"A gente sabe a distância percorrida, o número de sprints, de ações de alta intensidade, o tempo que o jogador leva em cada atividade. Aquele treino de campo reduzido, por exemplo, tem tempos de dois minutos por dois de descanso. A intensidade não é tão alta. Essa questão tem sido um pouco falada..."



"Todo nosso treinamento é monitorado. O Fedato, nosso fisiologista, acompanha o desempenho de todos ali fora. Essa tecnologia chegou. A gente acompanha o esforço do jogador dentro da possibilidade dele, e estou sempre consultando todo mundo para controlar".


Oswaldo é questionado sobre os métodos de treinos: "Não venho fazendo treino de duas horas, não. Hoje mesmo foram 67 minutos. Se você observar bem, todo meu treinamento é fracionado e sempre tem objetivos diferentes. Costumo começar com aquele campo reduzido, 12 jogadores participando, o objetivo é passar e retomar a posse de bola num espaço curto".

Rildo pode ganhar espaço? "O Rildo, rapaz, eu já conhecia. Ele é um jogador muito decisivo, participativo, mas infelizmente teve lesões. É um jogador de quem gosto. Não conseguiu ainda se firmar, mas é um jogador que pode vir a se firmar, desde que ele consiga ficar mais forte, menos suscetível a contusões, a tendência é ele se firmar. Gosto muito das características dele".


Sobre Rildo: "Do ponto de vista técnico, ele treinou bem. Mas do ponto de vista tático, o melhor foi o Camacho, tanto compôs defensivamente, quanto chegou na área adversária. Repetiu o treino de ontem. Mas nesse aspecto técnico, hoje, o Rildo foi destaque".


"São dois grandes goleiros. Os dois estão sendo observados. Quem eu julgar quem está em melhores condições vai para o próximo jogo. Não tenho essa preocupação em determinar o titular, o cara que jogar vai procurar mostrar o melhor que ele tem".


Já sabe quem é o goleiro titular? "Isso é uma coisa que vai mudando, vai jogar sempre quem eu julgar quem está em melhor momento. Não é uma situação definitiva para mim. Muitas vezes o jogador permanece porque tem mais experiência, mais lastro, mais vivência com a equipe... Em determinado momento, não é assim que a coisa funciona".


Oswaldo é questionado sobre o time que enfrenta o Figueirense. Principalmente Camacho: "O Camacho é um jogador técnico, até pela origem dele, jogava com aquela sensação mais livre. Ele não é um jogador com essa característica forte de marcação, mas enxerga o jogo de trás também. Acho que ele pode fazer uma boa dupla com o Willians, se tivermos mesmo a falta de alguns jogadores".



"Esses dias eu pensei um pouquinho aqui. A história do Corinthians neste ano. Mudou uma série de jogadores, situações que têm interferido. Cheguei no meio do tiroteio. Quem chega, como cheguei, vem com outra história, outro ânimo, mas o pessoal que está aqui está numa continuidade. Vamos fazer jogos cada vez melhores".

COMEÇA A COLETIVA DE OSWALDO!



Oswaldo na área. #trsccp


Apesar de altos valores, Corinthians vê brecha e negocia para ter Rithely

Volante de 25 anos tem multa rescisória bem elevada, mas Sport detém apenas 50% dos direitos econômicos. Em negociação, Timão estuda comprar parcela de grupo investidor

O planejamento do Corinthians para 2017 segue a toda velocidade. Nos últimos dias, a diretoria do Timão intensificou negociações para ter o volante Rithely, de 25 anos, na próxima temporada. O jogador está no Sport desde 2011 e tem multa rescisória com um valor fora da realidade, mas o que dá esperança ao Corinthians é que 50% dos direitos econômicos do volante pertencem a um grupo de investidores que deu sinal positivo às negociações - a outra metade pertence justamente ao clube pernambucano.

O negócio é considerado difícil pela diretoria do Corinthians, que pensa em comprar parte dos direitos dos investidores e parte do Sport para ter Rithely em 2017. O jogador trabalhou seis meses com o técnico Oswaldo de Oliveira, e aprovou a vinda
O gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, está à frente das conversas com o Sport, os investidores e representantes de Rithely, mas o clube não pretende se manifestar publicamente sobre o assunto por conta do momento do Timão no Campeonato Brasileiro. Com 50 pontos, o Corinthians busca ade classificação para a Copa Libertadores da América e depende só de si e 4 vitórias para entrar no G6. Por isso, assuntos de negociação têm sido evitados nos contatos com a imprensa.


O Corinthians já acertou três reforços para a próxima temporada: Luidy, do CRB-AL, e os experientes Jô e Wagner, que estavam no futebol chinês.
Empresário de Rithely, Roberto Faustim não coloca prazo para a negociação. Tendência é esperar definição do Sport na Série A. #trsccp
Sobre Rithely: diretoria do Corinthians ainda considera o volante do Sport muito caro, mas há conversa em andamento. #trsccp

Daqui a pouco, Oswaldo fala com os jornalistas. E vai poder confirmar se Cássio é mesmo o novo titular do Corinthians. #trsccp


Marquinhos Gabriel faz mais um gol para os titulares. Satisfeito, Oswaldo apita o fim do treino coletivo: "Tá bom, tá bom". #trsccp
Gol de Rildo. Atacante joga por dentro, com Marquinhos Gabriel aberto na esquerda. Tem rendido bem na semana. #trsccp


Corinthians anuncia Rodrigo Leitão como novo coordenador das categorias de base do clube. #trsccp
Mudança no time reserva: Vilson não está em campo. Warian é quem joga. #trsccp 17h25


Gustavo, hoje, tem pouco espaço na equipe. A escolha por Lucca entre os titulares mostra a ideia de Oswaldo de Oliveira. #trsccp

Gustavo tem treinado como centroavante, com Jô mais recuado. Camisa 9 se movimenta, mas recebe poucas bolas. #trsccp


Oswaldo repete cenário dos dois últimos dias. Treino coletivo, campo inteiro, poucas intervenções e duração longa. #trsccp
Reservas: Walter, Franklin, Vilson, Del'Amore e Romão; Jean; Cristian, Marlone, Jô e Léo Jabá; Gustavo. #trsccp

Primeira jogada do coletivo: Lucca dribla Walter, erra o gol vazio e leva bronca de Oswaldo. #trsccp


Cássio, Léo Principe, Pedro Henrique, Léo Santos e Marciel; Willians;  Camacho, Marquinhos Gabriel,Giovanni Augusto e Rildo; Lucca. #trsccp


Rodriguinho em ação. #trsccp



Oswaldo repete formação pelo terceiro dia seguido, com Rildo titular e Marlone reserva. #trsccp


Times divididos. Walter vai treinar entre os reservas. #trsccp

Oswaldo reúne elenco para a segunda parte do treino. #trsccp


Oswaldo de Oliveira será o entrevistado do dia no CT. #trsccp
Sobre reforços: Wagner faz exames semana que vem. Deve assinar contrato e seguir mesma programação de Jô. #trsccp

Rodriguinho vai fazer treino específico, separado dos demais jogadores. #trsccp



Oswaldo de Oliveira conversa com Uendel e Rodriguinho, que vão treinar em campo pela primeira vez na semana. #trsccp


Guilherme faz trabalhos na academia. #trsccp


Walter faz treino específico com os outros goleiros. Deve estar à disposição de Oswaldo para o jogo contra o Figueirense. #trsccp


Fora dos dois últimos treinos em campo do Corinthians, Uendel e Rodriguinho estão em campo. #trsccp

Boa tarde! Corinthians treina nesta sexta-feira, e com reforços. #trsccp














CORINTHIANOS PODEM COMPRAR INGRESSOS PARA FLORIDA CUP

O evento ocorrerá entre os dias 8 e 21 de janeiro.
Os valores dos ingressos que estão à venda no site no site do torneio (www.floridacup.com) variam entre US$ 24 (cerca de R$ 82,5) a US$ 200 (o equivalente a R$ 685) para a estréia. Segundo os organizadores, também estarão disponíveis pacotes exclusivos para os torcedores que pretendem ir para os Estados Unidos acompanhar de perto as partidas.
Corinthians x River: de US$ 30 a US$ 200 
confira a apresentação do Corinthians no site http://www.floridacup.com/teams/corinthians

















Invasão Corinthiana nas bancas! Panini lança álbum de figurinhas ‘O Campeão dos Campeões’

Tradições e glórias mil vão dos gramados direto para as bancas em figurinhas que retratam ídolos, conquistas e fatos marcantes do Corinthians, com cromos especiais metalizados e em tecido, além de conteúdo interativo via realidade aumentada


13h30 11/11/2016 - Agência Corinthians






© Divulgação


Os mais de 30 milhões de loucos – como são popularmente conhecidos os torcedores do Sport Club Corinthians Paulista – vão promover uma nova invasão, e desta vez será às bancas. A PANINI e o clube se uniram para lançar o Livro ilustrado oficial Corinthians - o Campeão dos Campeões que reúne uma primorosa coleção de 416 figurinhas exaltando seus mais de 100 anos de história. Nas 64 páginas do álbum o colecionador alvinegro vai poder acompanhar desde as primeiras conquistas, os grandes feitos como a invasão corinthiana ao Maracanã em 76 e o divisor dos tempos - o Paulistão de 77 -, passando pelo título da Libertadores e o bi Mundial até o hexacampeonato brasileiro de 2015. A publicação que promete emocionar - e enlouquecer ainda mais – a Fiel tem capas metalizadas com detalhes em verniz. O álbum chega às bancas a partir desta sexta-feira (11) com preço sugerido de R$ 7,90 e o envelope com 5 cromos custa R$ 1,25.

Os maiores símbolos do Corinthians – as camisas, os escudos, o mosqueteiro, São Jorge –, assim como os ídolos de todos os tempos, os jogadores que fizeram história, as sagas corinthianas, estão todos representados no álbum que traz 136 figurinhas especiais, sendo 36 em tecido e 100 metalizadas. Muitas curiosidades e imagens marcantes estão reunidas lado a lado com registros históricos, ficha técnica e estatísticas interessantes do time.

Na abertura do álbum, uma linha do tempo impressa em página dupla com gramatura superior destaca os principais momentos da história alvinegra e também traz o índice da publicação. Figurinhas em tecido mostram a evolução do escudo, em nove modelos desde a criação do primeiro símbolo, em 1913, até hoje.

Em 30 seções, o livro ilustrado oficial Corinthians - o Campeão dos Campeões percorre os principais marcos na história do clube paulista que ostenta com orgulho o título de Time do Povo. São páginas que contam a fundação em 1910, as casas corinthianas desde o início até a definitiva Arena Corinthians, em Itaquera, a participação da Democracia Corinthiana no movimento das Diretas Já, e os mais diversos títulos que moldaram a personalidade e deram origem às tradições alvinegras, como a alcunha Campeão dos Campeões de seu hino. Os primeiros títulos do Campeonato Brasileiro, o tricampeonato da Copa do Brasil, a campanha da Libertadores e do Mundial de 2012, a liderança em títulos do Campeonato Paulista e o hexa em 2015 também fazem parte do conteúdo.

‘Craques mosqueteiros por Mauricio de Sousa’ e o ‘Timão dos Sonhos’ ilustrado

Quatro jogadores de destaque na história do Corinthians foram transformados em personagens de Mauricio de Sousa: os goleiros Cássio e Ronaldo viraram Cassinho e Ronaldinho, o camisa 10 Neto virou Netinho, e o ícone Casagrande se transformou em Casinha – homenagem que emocionou o ex-jogador, o primeiro a usar chuteiras de cores diferentes, brancas, como retratado em sua figurinha.

Uma seleção de craques de todos os tempos compõe o ‘Timão dos Sonhos’, e grandes nomes do Corinthians estão representados por ilustrações em figurinhas metalizadas: Gilmar, Zé Maria, Domingos da Guia, Gamarra, Wladimir, Rincón, Luizinho, Sócrates, Rivellino, Marcelinho e Cláudio, além dos técnicos Oswaldo Brandão e Tite.

Figurinhas com tecnologia de realidade aumentada

O livro ilustrado oficial Corinthians - o Campeão dos Campeões traz seis figurinhas inovadoras: elas proporcionam acesso a um conteúdo interativo, que é visualizado por meio de realidade aumentada a partir da câmera de smartphones e tablets. Para isso, o colecionador precisa baixar o aplicativo Panini Brasil FC e, através dele, apontar o dispositivo para os cromos identificados pela figura do cavaleiro medieval símbolo da Panini (vide abaixo). Na parte interna da capa, no final do álbum, há um box que informa sobre o uso e a numeração dos cromos com este recurso.

CORINTHIANS LANÇA ÁLBUM DE FIGURINHAS










Corinthians usará 7º garoto das categorias de base neste ano
Na próxima rodada, contra o Figueirense, o zagueiro Léo fará sua estreia. Aos 17 anos, será o sétimo menino a atuar nesta temporada.

Com Léo, o Corinthians chegará a sete só em 2016, após a entressafra das últimas temporadas. O grande desafio é consolidar os meninos no time de cima. Nomes como Pedro Henrique e Léo Príncipe estão próximos disso – especialmente o primeiro, que já teve sequência como titular. Mas a missão não é fácil para um clube sob pressão, que tem buscado nomes mais experientes no mercado.


– Temos qualidade, não à toa estamos aqui, não caímos de para-quedas. Agora temos de jogar com raça, o resto é consequência – diz Léo, que passará de quinta opção a titular no dia 16, contra o Figueirense, jogo fundamental para as ambições do Timão no ano.


Os meninos não subiram por acaso. E agora querem se firmar.


QUEM JÁ JOGOU NESTE ANO


Matheus Vidotto - Já havia atuado em amistosos, mas neste ano estreou em jogos oficiais. Foram dois jogos pelo Paulistão.


Matheus Vidotto
Matheus Vidotto hoje é terceiro goleiro
Caique - Quarto goleiro teve sua vez em partida contra o Botafogo, no Brasileirão. Jogou por 45 minutos e foi bem.


Caique França
Caique é o quarto goleiro 

Pedro Henrique - Zagueiro também havia atuado, mas estreia oficial foi em 2016, 14 jogos e até sequência no time.


Pedro Henrique, do Corinthians
Pedro Henrique é titular do setor defensivo 


Léo Príncipe - Garoto voltou de empréstimo para ser o suplente de Fagner. Jogou seis partidas e até já marcou um gol.
Léo Príncipe é reserva de Fagner

Maycon - Promovido após a Copinha, fez 15 partidas,está emprestado à Ponte Preta até o fim do ano 

Claudinho - Uma única chance no ano, em jogo contra o Linense, no Paulista. Está emprestado ao Bragantino


2012 – 8 estreantes: Gomes, Denner, Marquinhos, Mateus, Rodinei, Antônio Carlos, Giovanni e William Arão. Ninguém se firmou no clube.


2013 – 4 estreantes: número baixou pela metade no ano seguinte, com Yago, Igor, Léo e Paulo Victor. O primeiro tem jogado agora.


2014 – 4 estreantes: Guilherme Arana, Zé Paulo, Malcom e Tocantins. Apenas o primeiro continua no clube.


2015 – 3 estreantes: Marciel, Matheus Pereira e Rodrigo Sam.





















11/11/2016 07h10
No Corinthians, atacante Rildo ganha espaço com Oswaldo e tem permanência cogitada
Atacante treina entre titulares e pode ter chance contra o Figueirense. Vinculado até o fim do ano, ele espera para definir futuro


Por Diego Ribeiro

Rildo em treino do Timão no CT Joaquim Grava (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O treino da tarde desta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, mostrou, sem alarde, uma escolha importante feita pelo técnico Oswaldo de Oliveira no Corinthians. Ele optou por escalar o atacante Rildo entre os titulares em um coletivo de preparação para o jogo do Corinthians contra o Figueirense, quarta-feira que vem, em Florianópolis.

Rildo ganha espaço justamente na reta final de seu contrato, que vence em dezembro próximo. Ele tem agora a permanência cogitada por preferências técnicas e táticas de Oswaldo de Oliveira.

Emprestado pela Ponte Preta até o fim do ano, o atacante terá de esperar o fim do Campeonato Brasileiro para definir seu futuro. O presidente Roberto de Andrade e o diretor de futebol Flávio Adauto não descartam um acordo. Ainda não há conversas em andamento.

No fim de agosto, o jogador foi sondado por outros clubes. Ele não quis sair porque considerava que tinha de conquistar seu espaço no Corinthians. Agora, Rildo pode ser titular contra o Figueirense na vaga de Romero, que está com a seleção paraguaia e não deve voltar a tempo para o jogo. Assim, o atacante iria para seu quinto jogo seguido – ele foi opção de segundo tempo nos outros quatro, sempre sob o comando de Oswaldo.

– Ele me conhece, né? Trabalhamos juntos em 2014. Ele conhece meu trabalho, então isso é bom. Por outro lado, tenho de trabalhar ainda mais para conseguir outras oportunidades e fazer meu melhor trabalho – disse Rildo, em entrevista recente ao GloboEsporte.com.

Mesmo com pouco tempo em campo, Rildo ficou se recuperando de lesões durante quase um ano e só engrenou no segundo semestre de 2016. O atacante tem 22 jogos e dois gols pelo Timão.

Rildo comemora o gol marcado em Corinthians 4x0 fla, na Arena Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)














CORINTHIANS HOJE 11/11 - Sexta-feira 16h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava