10 de nov de 2016

CORINTHIANS 10/11/2016






















10/11/2016 18h27

Cássio foca apenas em levar Corinthians a Libertadores da América 2017


Por Diego Ribeiro

Cássio durante treino do Corinthians no CT Joaquim Grava (Foto: Marcelo Braga)

O Corinthians tem quatro jogos no Campeonato Brasileiro para se classificar a libertadors da América 2017. O goleiro Cássio sabe o quanto isso é fundamental para o time.

A meta, agora, é estar entre os seis primeiros colocados do Brasileirão para garantir vaga na Taça Libertadores da América de 2017. Com 50 pontos, o Corinthians é o sétimo colocado, e só depende de si ( 4 vitórias ) para se classificar
– Temos de correr atrás nessas quatro partidas para buscar o G-6 – diz Cássio.

Integrante do Corinthians campeão da Libertadores da América em 2012, o goleiro sabe da importância técnica e financeira do torneio

– Jogar a Libertadores dá uma boa visibilidade, em todos os sentidos – explicou Cássio.

O goleiro tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2019.

– Não gosto de especular o que não aconteceu ainda. Sou jogador do Corinthians, tenho mais três anos de contrato, sou um cara importante dentro do clube. Procuro viver meu momento agora. Precisamos buscar esse G-6 – declarou Cássio.


Veja abaixo outras respostas do goleiro nesta quinta-feira:


– Tenho mais três anos de contrato, pretendo cumprir meu contrato. Estou aqui há cinco anos, ganhei cinco títulos, tenho mais de 250 jogos Tem de buscar o G-6 e preparar para o ano que vem. Potencial já mostrei que tenho.

– Não só aqui, mas em qualquer lugar tem goleiro titular e reserva. Teve a mudança de treinador, eu saí do time, entrou o Walter, ele foi bem, eu era o reserva. Depois, com o Cristóvão, assumi a posição. O Oswaldo optou por começar com o Walter, depois joguei. Não é questão de revezamento, Oswaldo vai decidir.









Corinthians basquete feminino abre a LBF contra o Presidente Venceslau

Por GloboEsporte.com
Hoje o Corinthians soube que a Liga Nacional de Basquete (LNB) confirmou a sétima edição da Liga de Basquete Feminino (LBF) novamente com seis participantes.O Corinthians abre a competição contra o Presidente Venceslau, dia 15 de dezembro, às 20h, na cidade de Americana, no interior paulista.

Vice-campeão da temporada passada, Corinthians abre a LBF contra o Presidente Venceslau (Foto: Gaspar Nobrega/LBF)


O formato de disputa do campeonato será o mesmo usado na temporada passada. Os seis times jogarão entre si em quatro oportunidades, duas como mandantes e outras duas como visitantes, num total de 20 partidas na fase de classificação.

As quatro melhores equipes avançam às semifinais, que serão disputadas em séries melhores de três jogos, com o time de pior campanha tendo o mando de quadra no Jogo 1 e o de melhor realizando as duas últimas partidas em casa. Já a decisão da competição será realizada em melhor de cinco jogos, com a equipe de melhor campanha sediando os jogos 1, 2 e 5* (se necessário) e a de pior campanha atuando em casa nas partidas 3 e 4* (se necessário).










Corinthians futsal se prepara para enfrentar Assoeva pelas semifinais da Liga Nacional de Futsal
A equipe comandada pelo treinador André Bié viajará na manhã desta sexta-feira (11) para Venâncio Aires-RS, após o último treino no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques


19h55 10/11/2016 - Agência Corinthians


© Divulgação


Focado no primeiro jogo das semifinais da Liga Nacional de Futsal, o Corinthians/UNIP treinou no Parque São Jorge na tarde desta quinta-feira (10). Foi a última atividade antes da viagem para Venâncio Aires-RS, onde o Timão enfrentará o Assoeva neste domingo (13), às 11h, no Ginásio Poliesportivo Parque do Chimarrão.


Dividido em duas partes, academia e quadra, o treinamento focou bastante na preparação física dos atletas para a reta final da LNF. A equipe comandada pelo treinador André Bié viajará na manhã desta sexta-feira (11), após mais um treino no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques.


Juninho, preparador físico do Corinthians/UNIP, afirmou que os equilíbrios mental e físico são fundamentais para situações de alto rendimento. “O segredo de momentos como esse é manter todos os atletas com boa condição física. Conseguir trabalhar, com diferentes intensidades, jogadores mais acionados e menos acionados. Dessa maneira, todos ficam à disposição do treinador, e a decisão fica por conta dele”, disse Juninho.


O preparador do Coringão lembrou que não é apenas a parte física que conta nessas horas. Os jogos importantes também causam muito desgaste psicológico, e o monitoramento pós-jogo é essencial.


“O fator psicológico interfere no rendimento. São jogos importantes, e isso pesa muito. Na parte física, você não tem muito mais ganho, é manter o que já foi adquirido e recuperar o desgaste físico das partidas. Fazemos bastante controle pós-jogo no intuito de preservar a integridade física do jogador”, concluiu Juninho.


A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.












Corinthiano goleiro Cássio crava principal objetivo no fim da temporada: “Estar na Libertadores é fundamental”

Goleiro do Timão falou sobre a importância de voltar a vencer para manter uma regularidade e comentou que a equipe deve ser estratégica contra o Figueirense


19h45 10/11/2016 - Agência Corinthians






© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


Nesta quinta-feira (10), o Corinthians realizou mais um treino no CT Dr. Joaquim Grava com foco no próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro 2016, contra o Figueirense fora de casa. Depois das atividades em campo, Cássio concedeu entrevista coletiva à imprensa no local. O goleiro do Timão frisou o principal objetivo do Timão no fim da temporada: chegar à Libertadores 2017.

"Temos de ganhar, estamos oscilando muito e temos de ter uma regularidade nesses quatro jogos. Nem que for de meio a zero, tem de ganhar as partidas dentro de casa. É importante para o começo de trabalho ano que vem. Estar na Libertadores é fundamental", disse o arqueiro.

O camisa 12 do Alvinegro também falou sobre a partida contra o Figueirense e comentou que a equipe deve ser estratégica e esperar a melhor oportunidade para atacar.

“O Figueirense, jogando em casa e precisando do resultado, talvez vá tentar ir para o ataque. Temos de ser inteligentes, temos de jogar, às vezes, por uma bola. Buscar fazer o gol quando tivermos a melhor oportunidade. Conforme o tempo passa, vai ficando mais agoniante para eles. Vamos tentar fazer um jogo inteligente”, concluiu Cássio.

O jogo contra o Figueirense está marcado para quarta-feira (16), às 21h45, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, válido pela 35ª rodada do Brasileirão 2016.


















Corinthians acerta com meia Wagner e marca exames antes da  assinatura
Meia acerta contrato e marca exames médicos no Corinthians

O meia Wagner acertou verbalmente seu contrato com o Corinthians. O jogador de 31 anos está nos Estados Unidos, onde passa férias com a família, e retorna no próximo final de semana ao Brasil. Ele tem exames médicos agendados no Timão na próxima segunda-feira, dia 14, e deve assinar logo na terça-feira, dia 15. Informações de bastidores, não confirmadas pela diretoria, dão conta de que o salário do jogador será de R$ 350 mil mensais para um vínculo até o final de 2018.

Wagner conseguiu rescindir, sem pagamento de multa, seu contrato com o Tianjin Teda depois de ser sacado do time que estourou sua cota de estrangeiros no Campeonato Chinês. Ele chega sem custos para o Corinthians. O advogado Breno Tannuri, representante do jogador, garante que o meia estará apto para vestir a camisa do Timão em 2017.
A contratação do meia é um pedido do técnico Oswaldo de Oliveira.
O Corinthians acertou a contratação do atacante Jô, também vindo da China, nos mesmos termos do meia Wagner. E também confirmou o acerto com o atacante Luidy, um aposta do CRB, de Alagoas.





10/11/2016 18h46
Corinthians treinou hoje com Walter de volta
Goleiro trabalha com bola e ainda é dúvida para enfrentar o Figueirense, na quarta que vem. Marlone perde espaço para Rildo entre os titulares do Timão


Por Diego Ribeiro

Walter na saída do treino do Corinthians nesta quinta-feira (Foto: Diego Ribeiro)

Recuperado de uma lesão muscular no adutor da coxa direita, o goleiro Walter fez seu primeiro treino com bola na tarde desta quinta-feira. Ao lado dos companheiros de posição no Corinthians e do preparador de goleiros Mauri Lima, ele fez um trabalho específico, não reclamou de dores, mas deixou o campo pouco antes do coletivo comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira.

Walter ainda é dúvida para o jogo da próxima quarta-feira contra o Figueirense, às 21h45 (horário de Brasília), em Florianópolis. Sem ele, Cássio foi mantido entre os titulares.


Oswaldo, inclusive, repetiu a escalação do treino de quarta-feira. Mesmo com a volta de Marlone, que não havia participado da última atividade, o técnico manteve Rildo na equipe principal. Uendel, Guilherme e Rodriguinho não foram a campo pelo segundo dia seguido – o primeiro se recupera de uma tendinite no tornozelo esquerdo.

O time principal teve Cássio, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo e Marciel; Willians; Camacho, Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto e Rildo; Lucca.


Os reservas treinaram com Matheus Vidotto (Caíque), Franklin, Vilson, Vinícius Del’Amore e Guilherme Romão; Jean; Cristian, Léo Jabá, Jô e Marlone; Gustavo.


Vale lembrar ainda que Fagner defende a seleção brasileira principal e Guilherme Arana joga amistosos com a Seleção sub-20. A dupla Romero e Balbuena está com a seleção do Paraguai.


Com 50 pontos, o Corinthians é o sétimo colocado na tabela do Campeonato Brasileiro, a 1 ponto da posição que dá vaga a pré Libertdores da América e só depende de si (4 vitórias) para se classificar, pois tem confronto direto contra atl. cu






Cássio confiante com ida do Corinthians para Libertadores da América 2016 e vê cobrança como normal
Cássio tem contrato com o Timão até 2019
(Foto: Mauro Horita/AGIF/LANCE!Press)





Cássio tem contrato com o Timão até 2019
(Foto: LANCE!TV)

10/11/2016
18:23
O goleiro Cássio acredita que é mais cobrado que os demais companheiros do Corinthians. Muito contestado nesta temporada, o camisa 12 diz que oscilou juntamente com a equipe e encara com naturalidade as críticas de parte da Fiel.

Para defender a sua teoria, ele chegou a citar outros ídolos que passaram pelo Timão no passado e foram alvo de protestos.

- Isso (cobranças) é normal. Por tudo que construí - e tenho certeza que vou construir ainda mais - acredito que sou cobrado mais. Se fosse outro goleiro, talvez não fosse tão criticado. Acho que pelo fato de ter mais tempo de clube, por tudo. Sempre que vai sentar e conversar alguma coisa sou eu, dar entrevista em momentos difíceis... Mas é difícil falar. Dizem: "A torcida critica o Cássio". Mas onde vou a torcida tem o maior respeito. Muitas vezes pelo momento ou pela situação a cobrança pode ser maior, mas é normal, aconteceu com outros jogadores consagrados que foram criticados, como Marcelinho Carioca, Edilson, Vampeta... Estou focado em ajudar o Corinthians entro e fora de campo - declarou, em entrevista coletiva.

Mais uma vez Cássio comentou a disputa de posição com Walter, que após ficar fora por dores na coxa direita, voltou a treinar nesta quinta-feira. O camisa 12 disse não ver problemas na concorrência e afirmou que a decisão sobre quem irá atuar contra o Figueirense, na próxima quarta, compete ao técnico Oswaldo de Oliveira.

O goleiro destacou a importância de vencer os próximos quatro jogos no Campeonato Brasileiro e garantir vaga na próxima Copa Libertadores:

- Oscilamos muito no ano, fomos irregulares, tivemos momentos bons e ruins. Ficamos um pouco abaixo no segundo semestre, acabamos ficando para trás, e agora precisamos correr atrás do prejuízo nestas quatro partidas. Se não ficarmos no G6 será uma decepção - declarou.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista de Cássio:

CONCORRÊNCIA
Tranquilo, normal, como em toda.s as posições. Tem um treinador que decide quem joga. Quem entrar, servirá bem o Corinthians.

Tenho mais três anos de contrato, pretendo cumprir meu contrato, estou há cinco anos aqui. Este ano não foi bom para o Corinthians, mas é assim. Já conquistei cinco títulos em cinco anos, mais de 250 jogos, o importante agora é fazer boa pré-temporada e começar bem 2017. Potencial já mostrei que tenho.

DEFESA JOVEM
Tem de passar tranquilidade, os meninos estão treinando há um bom tempo aqui, inclusive o Léo. O Pedro Henrique jogou partidas difíceis, o Léo Príncipe também, o Arana nem se fala. É passar tranquilidade. Confiança não falta. O mais difícil é treinar, manter a regularidade no treino. No jogo é só colocar em prática.

 Vão olhar para os títulos e meu nome sempre estará lá. Sempre fui um cara honesto com o Corinthians, até falo coisas que criam polêmicas, quando erro admito... Nos títulos que ganhei meu nome sempre estará escrito. Tenho dedicação e amor pelo Corinthians, mesmo sofrendo gols, sempre dei meu melhor.
Fim da entrevista coletiva do goleiro Cássio.
18h

" Meu nome vai estar sempre nos títulos que conquistei. Sempre tentei ser o mais honesto possível. Quando eu erro, sempre falo. O que construí não vai se apagar. A identificação e o carinho não mudam".


"Onde eu vou, todo mundo tem o maior respeito por mim. Muitas vezes, pelo momento, pela situação, pode ser uma cobrança um pouco maior. Mas futebol é assim mesmo. Aconteceu com outros jogadores consagrados aqui também. Marcelinho Carioca, Edílson, Vampeta, todos tiveram momentos de cobrança aqui. Nada de anormal", completou Cássio.


Você é mais cobrado pelo sucesso que fez antes, Cássio? "Isso é normal em todos os clubes. Construí uma bela história aqui no Corinthians, mas a cobrança é normal. Acredito que eu seja mais cobrado que todos pelo tempo de clube, por gols que eu tomo, defesas que fiz. Quando o time perde eu boto a cara, venho aqui sempre conversar. Por toda a história, acredito que tenha a cobrança".

Garotos da defesa estão preparados para a pressão? "Acredito que sim. Não se pode sobrecarregar a linha de defesa. Se o conjunto todo não ajudar defensivamente, não se empenhar, pode ter os quatro zagueiros mais experientes que não vai adiantar. Futebol é conjunto".


"O Figueirense, jogando em casa e precisando do resultado, talvez vá tentar ir para o ataque. Temos de ser inteligentes, temos de jogar, às vezes por uma bola, e fazer o gol quando tiver oportunidade. Conforme o tempo passa, vai ficando mais agoniante para eles. Vamos tentar fazer um jogo inteligente".

Qual o prejuízo de não ganhar uma vaga na Libertadores? "Em todos os sentidos, para o clube, financeiramente, para o torcedor... Até para o jogador, como visibilidade. Jogar a Libertadores dá uma boa visibilidade. Em todos os sentidos, não ir para a Libertadores é uma coisa bem negativa para clube e atletas".


Teve algum erro em 2016 que voltaria atrás? "Tem de ter maturidade suficiente para tirar proveito de quando você erra e crescer. Não tem de se arrepender, só evoluir. Não só no futebol, todos têm erros e acertos e tentam melhorar. Faz parte do dia a dia, a gente nunca quer errar. Quero sempre que meu time ganhe, mas às vezes você não consegue fazer isso".

Treinos mais longos. Muda alguma coisa? "O que muda é trabalhar mais com o Mauri agora, fazemos mais trabalhos específicos, mas tudo normal. Fazemos isso diariamente".


Sairia para um rival, Cássio? "Não gosto de especular o que não aconteceu ainda. Sou jogador do Corinthians, tenho mais três anos de contrato, sou um cara importante dentro do clube. Procuro viver meu momento agora. Precisamos buscar esse G-6. Até para o próximo ano, não conseguindo a Libertadores vamos começar o ano muito pressionados. Temos de estar sempre disputando".


Como lidar com uma defesa toda formada por garotos? "Tem de passar tranquilidade, os meninos estão treinando há um bom tempo aqui, inclusive o Léo . O Pedro Henrique jogou partidas difíceis, o Léo Príncipe também, o Arana nem se fala. É passar tranquilidade. Confiança não falta. O mais difícil é treinar, manter a regularidade no treino. No jogo é só colocar em prática".



Qual foi o trabalho para melhorar fisicamente, Cássio? "Se eu não treinar bem no campo, como vou ser titular? É no campo que você vê a evolução. Estou bem fisicamente, não tenho nenhum problema, cabe ao Oswaldo achar em qual momento tenho de jogar ou não".


"É difícil até explicar, às vezes você acaba tomando um gol, e a torcida e imprensa começam a falar que o outro goleiro está melhor. O treinador sabe que é titular e reserva, mas as especulações são mais por parte da imprensa", completa o goleiro.


O que você projeta na carreira para o futuro? Dividiria espaço com outro goleiro? "Não só aqui, mas em qualquer lugar tem goleiro titular e reserva. Teve a mudança de treinador, eu saí do time, entrou o Walter, ele foi bem, eu era o reserva. Depois, com o Cristóvão, assumi a posição. O Oswaldo optou por começar com o Walter, depois joguei. Não é questão de revezamento, Oswaldo vai decidir".

O que fazer pelo G-6? "Temos de ganhar, estamos oscilando muito e temos de ter uma regularidade nesses quatro jogos. Nem que for de meio a zero, tem de ganhar as partidas dentro de casa. É importante para o começo de trabalho ano que vem. Estar na Libertadores é fundamental".


Tenho mais três anos de contrato, pretendo cumprir meu contrato. Estou aqui há cinco anos, esse ano não foi muito bom, mas ganhei cinco títulos, tenho mais de 250 jogos, normal que em algum momento tenha um pouco de queda. Tem de buscar o G-6 e preparar para o ano que vem. Potencial já mostrei que tenho".


Cássio fala sobre o ano do Corinthians: "Foi um ano em que oscilamos muito, fomos muito irregulares. Tivemos momentos bons e ruins, não conseguimos manter uma regularidade boa no segundo semestre, ficamos um pouco abaixo. Ficamos um pouco para trás, e agora temos de correr atrás nessas quatro partidas para buscar o G-6. Se não classificar no G-6 será uma grande decepção".

Cássio será o entrevistado do dia. #trsccp 







Com desfalques, Oswaldo esboça Timão 

10/11/2016 18:09:45


Corinthians ainda tem cinco dias de preparação até o jogo contra o Figueirense, quarta-feira (16), mas o técnico Oswaldo de Oliveira já deu mostras da equipe que deve entrar em campo no retorno do Campeonato Brasileiro. Ainda sem poder contar com todo elenco, o treinador começou a ensaiar o time titular do Timão no treinamento desta quinta-feira.

Em coletivo comandado por Oswaldo no CCT Joaquim Grava, o Alvinegro foi armado com: Cássio; Léo Príncipe, Léo, Pedro Henrique e Marciel; Willians e Camacho; Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel; Rildo e Lucca.

Prováveis titulares, o atacante Guilherme e o meia Rodriguinho não participaram do treinamento e ficaram apenas realizando um trabalho na academia. A dupla, porém, deve ficar com as vagas de Lucca e Camacho, respectivamente, no jogo contra o Figueira.

Outra alteração deverá ocorrer na lateral esquerda. Apesar de Marciel ter treinado improvisado na posição, o titular Uendel faz tratamento intensivo no tornozelo para ter condições de jogo. Caso contrário, Oswaldo ainda aguarda o reserva Guilherme Arana, que está com a Seleção Brasileira Sub-20 e jogará pela amarelinha neste domingo.Oswaldo de Oliveira começou a armar o Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Já o time reserva do Timão treinou com Caique; Franklin, Vilson, Vinicius Del’Amore e Guilherme Romão; Cristian, Jean e Marlone; Leo Jabá, Jô e Gustavo. Na formação dos suplentes, destaca-se o meia Marlone, que mesmo com os desfalques no treinamento, segue sem ser aproveitado como titular.

A maior novidade nas atividades ficou por conta do goleiro Walter, que treinou com os companheiros pela primeira vez desde o final de outubro, quando começou a sentir dores na coxa. No entanto, o arqueiro participou apenas da primeira parte das atividades, ficando fora do treino coletivo.

O Corinthians encara o Figueirense na quarta-feira, dia 16, às 21h45 (de Brasília), no estádio Orlando Scarpelli, pelo Campeonato Brasileiro. O Timão está na sétima colocação e soma 50 pontos no Brasileirão, um a menos que o G6 da competição.














Cássio será o entrevistado do dia. #trsccp


Zagueiro Léo, novidade no time, conversa com o auxiliar Fábio Carille. #trsccp



Fim de treino coletivo. Titulares vão deixando o gramado. #trsccp


Sem contar Fagner, na seleção brasileira, Guilherme Arana, na Seleção sub-20, e Balbuena e Romero, no Paraguai. #trsccp


Relembrando os desfalques do treino de hoje: Uendel, Rodriguinho e Guilherme, todos na academia. #trsccp

Jô treina quase como um meia, com Gustavo mais avançado. Aos poucos, reforço do Corinthians entra em forma. #trsccp


Camacho faz 1 a 0 para os titulares. Jogada construída por Rildo. #trsccp

Reservas: Matheus (Caíque), Franklin, Vilson, Vinicius Del'Amore e Guilherme Romão; Jean; Cristian, Jô, Léo Jabá, e Marlone; Gustavo. #trsccp

Rildo tem contrato até dezembro, mas ganha espaço na reta final. #trsccp


A escalação é a mesma do treino de quarta-feira. Vilson e Balbuena estão suspensos contra o Figueirense. #trsccp


Titulares: Cássio, Léo Principe, Pedro Henrique, Léo e Marciel; Willians; Camacho, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Rildo; Lucca. #trsccp

Walter deixa o campo e vai completar trabalho na parte interna. Ele não vai participar do coletivo. #trsccp



Oswaldo reúne titulares e reservas. Hora de mais um treino coletivo no CT Joaquim Grava. #trsccp



Zagueiros Franklin (foto) e Vinicius Del'Amore, da equipe sub-20, participam do treino. #trsccp



Primeiro trabalho é em campo reduzido: duas rodas, três times em cada. Prioridade é posse de bola. #trsccp



Oswaldo de Oliveira observa a atividade de longe. Quem a comanda é o auxiliar Luiz Alberto. #trsccp

Jô e Gustavo treinam juntos: centroavantes mostram entrosamento. #trsccp


Entre os titulares, Uendel, Guilherme e Rodriguinho não estão em campo. #trsccp

Recuperado de dores na coxa, goleiro Walter está em campo. Ele disputa vaga com Cássio. #trsccp
Oswaldo de Oliveira entra em campo com o aquecimento em andamento. #trsccp


Boa tarde! Corinthians treina no CT Joaquim Grava. #trsccp











10/11/2016 15h18

Apalavrado, meia Wagner agenda exames para poder assinar com o Corinthians
Acertado verbalmente, jogador depende apenas da aprovação nos exames para ser jogador do Timão pelos próximos dois anos. Clube confia na liberação burocrática


Por Marcelo Braga

Wagner chega ao Brasil no fim de semana e fará exames na segunda-feira
Wagner está muito próximo de ser anunciado como reforço do Corinthians. De férias nos EUA, o meia chega ao Brasil no fim de semana e tem exames médicos agendados para segunda-feira.


Apalavrado com o Timão, o jogador depende apenas da aprovação para assinar por dois anos.


Aos 31 anos, o meia está livre do vínculo com o Tianjin Teda, da China, onde rescindiu contrato de forma unilateral no meio do ano. Apesar do risco de um processo burocrático na Fifa para que o jogador consiga a sua liberação, o Timão confia na palavra do advogado Breno Tannuri, representante do jogador, que tem assegurado que ele poderá atuar pelo novo clube em 2017.


Nos últimos dias, Wagner foi alvo de sondagens de clubes da Arábia Saudita – onde ele atuou em 2007, pelo Al-Ittihad. Pai de dois meninos, de cinco e sete anos, Wagner tem como prioridade voltar a jogar no Brasil. Por isso, as possibilidades árabes foram descartadas.

A pedido de Oswaldo de Oliveira, o Corinthians busca a contratação de um meia experiente para 2017.

Até agora, o Corinthians anunciou as contratações dos atacantes Luidy, aposta do CRB, e Jô, de 29 anos, que volta ao clube após 11 temporadas. Em entrevista ao GloboEsporte.com, o diretor Flávio Adauto afirmou que mais reforços vão chegar.








10/11/2016 17h49

Álbum do Corinthians traz figurinhas especiais e craques em ilustrações
Lançamento do clube em parceria com a Panini chega às bancas de nesta sexta. São 416 cromos, alguns metalizados, em tecido e com realidade aumentada


Por GloboEsporte.com

Página do álbum para receber as figurinhas dos uniformes históricos (Foto: Divulgação)

Chega às bancas nesta sexta-feira o livro ilustrado oficial "Corinthians - o Campeão dos Campeões", lançado pelo clube em parceria com a editora Panini, com 64 páginas para receber 416 figurinhas. O álbum percorre os 106 anos da história do Timão, exaltando feitos como a invasão ao Maracanã em 1976, a conquista do Paulistão de 77, o título da Libertadores, o bicampeonato mundial e o hexa do Brasileiro, vencido no ano passado.

Os maiores símbolos do Corinthians – as camisas, os escudos, o mosqueteiro, São Jorge –, assim como os ídolos de todos os tempos, os jogadores que fizeram história, as sagas corintianas, também estão todos representados no álbum que traz 136 figurinhas especiais, sendo 36 em tecido e 100 metalizadas.

Outros dois destaques são ilustrações: quatro jogadores foram transformados em personagens de Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica: Cassinho, Ronaldinho, Netinho; e foi formado o Timão dos Sonhos, uma seleção com grandes nomes representados por charges em figurinhas metalizadas: Gilmar, Zé Maria, Domingos da Guia, Gamarra, Wladimir, Rincón, Luizinho, Sócrates, Rivellino, Marcelinho e Cláudio, além dos técnicos Oswaldo Brandão e Tite.

A maior inovação são seis figurinhas com tecnologia de realidade aumentada, que proporcionam acesso a um conteúdo interativo, que é visualizado por meio de realidade aumentada a partir da câmera de smartphones e tablets.

Taça do Corinthians Bicampeão Mundial da Fifa com realidade aumentada (Foto: Divulgação)
Netinho, por Mauricio de Souza (Foto: Divulgação)






Tite, do Timão dos Sonhos (Foto: Divulgação)
Edilson e as embaixadinhas (Foto: Divulgação)













CORINTHIANS ABRE INVESTIGAÇÃO PARA SABER RECUPERAR DINHEIRO DA ARENA QUE PODE TER SIDO DESVIADO



CORINTHIANS divulgaNota Oficial sobre denúncias de desvios de verbas na Arena Corinthians e promete ir a justiça para ser ressarcido

14h00 10/11/2016 - Agência Corinthians
Eu, como presidente do SCCP, torno público, em relação à matéria jornalística publicada hoje (10/11/2016), no Globo.com/Globo Esporte, onde se descreve fatos que envolvem contratos com "percentuais de verbas orçamentárias divididos entre a Odebrecht e fornecedores desta na construção da Arena Corinthians", que tais fatos já fazem parte da Auditoria Geral da Obra da Arena Corinthians, em curso e coordenada pelo escritório Molina & Reis Advogados.

Naturalmente, os fatos são muito graves e apenas a formalização em documentos desta divisão já nos causa muito pesar, até por estar claro no Primeiro Aditivo do Contrato de Construção do Estádio (EPC), assinado pelo então presidente Andres Sanchez, que tais verbas orçadas pela construtora deveriam ser tratadas como uma conta corrente, ou seja, quando se economizasse em um item específico, o Clube teria o retorno dos recursos não utilizados. Por outro lado, em itens em que os valores finais para execução fossem maiores, teria-se que diminuir do montante de outros itens de verbas orçamentárias ou reduzir o escopo daquele item que superasse o valor contratualmente previsto.

Qualquer procedimento diferente não faria o menor sentido, e atenta diretamente contra a boa fé e o equilíbrio do contrato.

As consequências civis ou criminais de fatos comprovados em detrimento ao Clube e de sua imagem estão e serão devidamente levados adiante, certamente, nas instâncias que forem adequadas e necessárias.
Roberto de Andrade













CORINTHIANS SABE NOVAS DATAS DAS FINAIS DA LIGA PAULISTA DE FUTSAL
O Corinthians jogará no próximo dia 17, às 18h45 (de Brasília), na Arena Sorocaba.
O segundo e decisivo confronto da competição estadual ocorrerá no dia 1º de dezembro, às 19h, no ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge.





Vinda de meia Wagner para o Corinthians pode ser julgada na Fifa

Meia rescindiu contrato unilateralmente com o Tianjin Teda. Contudo, mesmo que situação se arraste, não deve comprometer negociação com o Timão, que já está apalavrada

Wagner tem acerto verbal com o Corinthians
Bruno Cassucci
10/11/2016
07:30

O meia Wagner, de 31 anos, já tem apalavrada a sua ida para o Corinthians, mas ainda pode enfrentar um processo burocrático antes de ter confirmada a transferência. Isso porque ele rescindiu unilateralmente o contrato com o Tianjin Teda, da China, clube com o qual tinha vínculo até o meio do próximo ano.

O caso pode até mesmo ser julgado pela Fifa. Isso acontecerá caso o Tianjin Teda não aceite enviar o Certificado de Transferências Internacionais para que o jogador seja registrado pelo Timão. Porém, se os chineses enviarem o documento ou mesmo se não se manifestarem em 15 dias após a solicitação do Corinthians, o processo será mais fácil.

De qualquer forma, as partes acreditam que a regularização de Wagner será rápida. Além disso, há tempo hábil de sobra, já que ele só estreará no Paulistão do ano que vem.

Wagner pediu para rescindir contrato alegando justa causa, já que nem sequer estava registrado no Tianjin. Ele foi afastado após a chegada do gabonês Malick Evouna, que excedeu a cota de estrangeiros da equipe. Na sequência, o meia passou a nem sequer treinar no clube chinês.

O caso de Wagner é bastante parecido ao que aconteceu com Jô, que também foi retirado da lista de inscritos de seu clube na China sem explicação, solicitou a rescisão de contrato e foi atendido, com todos os valores da multa pagos pela equipe.

Wagner atuou apenas 11 vezes neste ano. Ele está em férias nos Estados Unidos com a família e pode iniciar pré-temporada em breve no Corinthians.





Corinthiano meia Rodriguinho volta à mira da Turquia
Meia volta a receber sondagens e espera proposta na janela de transferências. Jogador tem contrato até o fim do ano que vem com o Timão, que detém 50% dos direitos dele

Enquanto fecha contratações e segue em busca de reforços no mercado, o Corinthians também teme perder jogadores. Um deles é Rodriguinho, que voltou a interessar a clubes da Turquia e espera propostas na próxima janela de transferências.

No meio do ano, ele já havia recebido oferta do Fenerbahce e foi sondado pelo Besiktas. Depois, os contatos foram retomados. Clubes dos Emirados Árabes, onde Rodriguinho atuou entre 2014 e 2015, também sondaram o jogador, mas ele não pretende voltar para o país.

Aos 28 anos e vivendo um dos melhores momentos da carreira, o meia entende que não pode esperar muito para realizar o sonho de atuar no futebol europeu. O contrato do jogador acaba no fim de 2017, e o Timão detém 50% dos direitos econômicos do atleta. Caso rejeite ofertas e bata o pé para manter Rodriguinho, o clube terá de adquirir os percentuais dos parceiros Capivariano (40%) e América-MG (10%).

A diretoria corinthiana está ciente do assédio sobre Rodriguinho e até por isso contratou Wagner e busca outros reforços que possam atuar na mesma posição. Porém, o clube entende que ainda pode mantê-lo, sobretudo se disputar a Libertadores.

Até o momento, no entanto, não houve nenhuma proposta, apenas sondagens pelo camisa 26.

O meia, por sua vez, diz ficar alheio a negociações para sair:

– Eu prefiro que não cheguem as informações. Se você quiser manter contato com empresário, tudo bem. Se não afetar, sem problema. Mas você tem que estar focado no seu trabalho. Minha cabeça é no Corinthians, primeiro de classificar para a Libertadores, que vai fazer bem para o nosso ano de 2017. Não penso muito se vai acontecer proposta, isso será fruto do trabalho. Pode acontecer (saída) com qualquer um que está aqui, como já saíram outros, vão chegar outros, futebol é assim. Se você está em momento bom, saem coisas boas, é uma coisa normal – disse, em entrevista coletiva ontem à tarde.

Com dez gols e seis assistências, Rodriguinho é o vice-artilheiro do Corinthians na temporada e um dos destaques do clube neste ano.




Rodriguinho diz viver o seu melhor momento com a camisa do Corinthians
Muito contestado no primeiro semestre de 2016, meio-campista alvinegro deu a volta por cima, conseguiu grandes atuações, e hoje é o capitão da equipe. Jogador quer permanecer para a LibertadoresRodriguinho se tornou um dos principais jogadores do Timão na metade de 2016 em diante (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
10/11/2016 9h49
Neste ano pelo Corinthians, o meia Rodriguinho. Aos 28 anos, o meia é o vice artilheiro do time e conseguiu manter regularidade durante o ano. Para o atleta, os frutos que ele colhe hoje são consequência de seu trabalho.

“É o meu melhor ano desde que estou no Corinthians. Eu me preparei para isso. Independentemente se jogava ou não, na época quando era reserva imediato do Elias, sempre trabalhei muito forte para que conseguisse mostrar o meu melhor quando o momento aparecesse”, lembrou.

O bom desempenho do meia deve chamar a atenção de outros clubes e podem aparecer propostas nesta janela de transferências. Apesar disso, o meia fez questão de deixar claro que o seu foco está totalmente no Timão

“Tenho que estar ciente do meu trabalho. Procuro me focar basicamente nisso. Se chegar alguém interessado, não sei se a oferta irá se concretizar. Tenho contrato até o fim do próximo ano, então me foco totalmente no clube, em tentar uma vaga para a Libertadores de 2017. Se acontecer alguma proposta, será fruto do meu trabalho”, ponderou o meia.

No Corinthians desde junho de 2015, após empréstimos ao Grêmio e Al-Sharjah, Rodriguinho tem sido vital no meio do Corinthians neste ano. No Brasileirão, o jogador entrou em 26 partidas das 34 disputadas. É o segundo melhor finalizador do time, atrás apenas de Giovanni Augusto.








Corinthiano meia Vitinho é convocado para disputar Nike International Friendlies pelo Brasil
Meia-atacante do sub-17 do Alvinegro ressalta a importância de ter a oportunidade de defender a camisa amarelinha mais uma vez – sobretudo às vésperas da disputa do Sul-Americano Sub-17, que dá vaga ao Mundial da categoria


19h00 09/11/2016 - Agência Corinthians

Nesta quarta-feira (09), o técnico da Seleção Brasileira Sub-17, Carlos Amadeu, convocou os atletas que representarão o país na Nike International Friendlies – torneio que será disputado entre os dias 30 de novembro e 6 de dezembro, na Flórida, Estados Unidos. Mais uma vez, o meia-atacante Vitinho, do Sub-17 do Corinthians, está entre os selecionados do Brasil. Ele se apresenta à CBF no próximo dia 20.

"Defender a Seleção Brasileira é sempre uma grande honra", exaltou o jovem jogador corinthiano. "Agradeço a Deus, minha família e ao clube todas as vezes que recebo a notícia da convocação", complementou. Vitinho também falou sobre o desafio de enfrentar adversários de nível internacional. "Com certeza, vou entrar para esses duelos muito preparado", destacou o atleta, frisando o fato de já estar treinando com o elenco do Sub-20 e adquirindo experiência com os atletas mais velhos.

O Nike International Friendlies servirá como mais uma preparação para a Seleção Brasileira antes do Sul-Americano Sub-17, que acontece em março de 2017, no Chile. O Brasil venceu esta competição por 11 vezes – é, inclusive, o atual campeão do certame, disputado em 2015. A competição serve como classificatória para o Mundial da categoria, que será disputado em outubro de 2017, na Índia, com as quatro melhores seleções do continente levando as vagas.

Autor de um dos gols que deu ao Timãozinho o título de campeão da Copa do Brasil Sub-17, em maio deste ano, Vitinho fez parte da seleção que venceu a BRICS Cup U-17, no último mês de outubro, na Índia. Ele fez dois gols na decisão, diante da África do Sul, e terminou o torneio com quatro tentos anotados no total.







Corinthiano Rodriguinho afasta facilidades contra adversários do Z4: “Nível de dificuldade é o mesmo”

O meia do Corinthians ainda falou sobre a temporada 2016 e disse que aposta na conquista da vaga para a Libertadores 2017





© Daniel Augusto Jr/Agencia Corinthians


Depois de mais um dia de atividades para o elenco do Corinthians no CT Dr. Joaquim Grava, Rodriguinho concedeu entrevista coletiva à imprensa nesta quarta-feira (09). O meia foi questionado sobre os dois próximos jogos do Timão pelo Campeonato Brasileiro, contra Figueirense e Internacional, equipes que ocupam a zona de rebaixamento. Apesar do momento atual vivido pelos adversários, o atleta alvinegro afastou qualquer tipo de facilidade nos duelos, ressaltando o equilíbrio que marca a competição.

"O nível de dificuldade é o mesmo. Brasileiro é fascinante por causa disso. Não tem jogo fácil”, afirmou o camisa 26 do Alvinegro.

O meia do Corinthians também falou sobre a temporada 2016, das dificuldades que a equipe encontrou durante reformulações feitas no ano, tanto do elenco quanto da comissão técnica, e lembrou que o objetivo agora é focar no G6.

"Tivemos um ano todo difícil, até com Tite deu oscilada, não encontramos a melhor forma de jogar. Estamos trabalhando para as coisas acontecerem. Mas como a gente fala, não deu liga. Temos de, no mínimo, trabalhar para que essa vaga na Libertadores venha. Estamos nos esforçando, mas temos de ter esse objetivo na cabeça", disse o jogador.

Ainda sobre a vaga para a Libertadores 2017, Rodriguinho garantiu que segue apostando na força do Timão, acreditando no que os atletas que fazem parte do elenco podem fazer em campo.

"Eu apostaria no Corinthians em qualquer situação, principalmente por estar vestindo essa camisa, pelo potencial que temos aqui. Estamos passando um momento difícil, mas a minha convicção é que temos o dever de conseguir essa vaga", concluiu.

O elenco do Corinthians treina para o próximo compromisso no Brasileirão, contra o Figueirense, fora de casa. A partida será realizada no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC, na próxima quarta-feira (16), às 21h45, pela 35ª rodada da competição.










Rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2018 conta com jogadores do Corinthians
Fagner será camisa 22 no clássico entre Brasil e Argentina; Romero pode ser titular do Paraguai, que também tem Balbuena, contra o Peru


11h00 10/11/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Mais uma rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo 2018 será disputada nesta quinta-feira (10), com jogadores do Corinthians integrando seleções nacionais nas disputas. Fagner foi chamado pelo Brasil, enquanto Romero e Balbuena foram convocados pelo Paraguai.

O lateral direito do Timão está à disposição do técnico Tite para o clássico contra a Argentina, no Mineirão, em Belo Horizonte-MG, às 21h45 (horário de Brasília). De acordo com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Fagner usará a camisa 22 no confronto.

Enquanto isso, em Assunção (PAR), há a expectativa de que o atacante Romero seja novamente titular da Seleção Paraguaia, assim como ocorrido no jogo passado, a vitória por 1 a 0 sobre a Argentina fora de casa. Nesta quinta (10), o Paraguai enfrenta o Peru no estádio Defensores del Chaco, às 21h30 (horário de Brasília). O zagueiro Balbuena também é opção para o técnico Arce para a partida.










Após reformulação no começo do ano, Corinthians/UNIP chega ao fim de 2016 na briga por dois títulos

Com um elenco que teve mudanças e a mescla entre experiência e juventude, Timão está nas semifinais da Liga Nacional e na final da Liga Paulista






© Divulgação


Uma reformulação bem-sucedida. Esse é um dos principais pontos a se destacar do Corinthians/UNIP em 2016. Apesar da saída de alguns jogadores, o Timão soube remontar a equipe mantendo um ótimo desempenho dentro das quatro linhas. Finalista da Liga Paulista e semifinalista da Liga Nacional, o Alvinegro ainda tem a chance de conquistar dois dos principais títulos da modalidade no Brasil e encerrar o ano com chave de ouro.

O elenco do Coringão mistura a experiência de grandes ídolos do futsal – como Vander Carioca, Índio e Foglia – com jovens recém promovidos do Sub-20 do Corinthians/UNIP, exemplos de Douglas, Edgard, Leandro Lino e Marcel. A fórmula deu muito certo, levando o Timão às fases finais da LNF e da LPF.

Neste domingo (13), o Corinthians/UNIP enfrentará o Assoeva, no Ginásio Poliesportivo Parque do Chimarrão, em Venâncio Aires-RS, às 11h, pelo jogo de ida das semifinais da Liga Nacional de Futsal, com transmissão ao vivo do SporTV e da Rádio Coringão. É o sétimo ano consecutivo em que o Timão chega à fase semifinal do torneio. A equipe comandada pelo técnico André Bié almeja a vaga na final, que seria inédita para o futsal do Alvinegro.

Na decisão da Liga Paulista de Futsal, o Corinthians/UNIP vai encarar o Sorocaba. O primeiro jogo, fora de casa, na Arena Sorocaba, ainda não tem data definida. A partida decisiva acontecerá no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, no dia 29 de novembro, às 20h30.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.









CORINTHIANS HOJE

10/11 - Quinta-feira
16h - Treino no CT Dr. Joaquim Grava