7 de nov de 2016

CORINTHIANS 07/11/2016

CORINTHIANO LATERAL DIREITO FÁGNER ESTÁ COM SELEÇÃO BRASILEIRA EM BELO HORIZONTE E TREINOU HOJE VISANDO JOGO CONTRA argentina, nesta quarta 10/11, 21h45 noo Mineirão. DEPOIS FICA POR LÁ PARA JOGO CONTRA peru, 16/11, 0h15, em lima peru


CORINTHIANO ATACANTE PARAGUAIO ROMERO ESTÁ COM SELEÇÃO PARAGUAIA PARA JOGOS DAS CLASSIFICATÓRIAS PARA COPA DO MUNDO 2018 CONTRA PERU, 20/11, 21H30 NO PARAGUAI E CONTRA BOLIVIA, 15/11, 18H EM LA PAZ, 21H45

19H



Corinthians quer 6 reforços e categorias de base em janeiro, diz diretor
O Corinthians já tem o planejamento em andamento para o próximo ano. Luidy, destaque da Série B pelo CRB-AL, e Jô, uma "oportunidade de mercado", já fecharam contrato. A expectativa agora é de até mais seis contratações, e quem cita o número é Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão há dez dias.

- O Corinthians tem 13 jogadores emprestados a outras equipes, que podem voltar, e mais 37 ou 38 no elenco atual. Queremos trazer na média de cinco ou seis jogadores, então o elenco será reavaliado, e quem vai fazer isso é o Oswaldo - disse, em entrevista à Rádio Transamérica, o novo dirigente alvinegro.

Além do número de possíveis reforços para 2017, Flávio Adauto também disse que o planejamento envolve a atuação no mercado até o início da pré-temporada. Assim, a ideia é ter o elenco ao menos encaminhado até a viagem aos Estados Unidos, palco de disputa da Flórida Cup e que receberá novamente a preparação do Corinthians.

- Não adianta ficar com sofisma, dizendo que tudo é muito bom. O elenco é bom, mas precisa ser qualificado, e o Oswaldo quem vai colocar exatamente aquilo que precisa. Nós da parte diretiva vamos procurar atingir ao máximo o que ele pretende. Não demora muito para termos essa avaliação, temos quatro jogos, 27 dias pra acabar o ano, e logo no dia 11 de janeiro a equipe vai para a pré-temporada nos Estados Unidos. Nesse momento você tem que ter a base com 70% a 80% formulada - explicou.

O elenco atual do Corinthians tem 35 jogadores e três deles encerram contrato no fim do ano: Willians, Isaac e Rildo.














07/11/2016 16h05

 Corinthians espera resposta do meia Wagner Jogador de 31 anos deixa claro que prioriza a volta ao Brasil. Acordo com o Timão pode ser finalizado já nesta semana


Por Carlos Augusto Ferrari e Marcelo Braga


Meia Wagner negocia com o Corinthians

O Corinthians aguarda uma resposta dos empresários de Wagner nesta semana para definir a contratação do meia de 31 anos.

Livre do vínculo com o Tianjin Teda, da China, o jogador curte as férias antecipadas nos Estados Unidos, enquanto as pessoas que agenciam sua carreira costuram o acordo com o Timão.


A pedido de Oswaldo de Oliveira, o Corinthians busca a contratação de um meia experiente para 2017.
Até agora, o Corinthians anunciou as contratações dos atacantes Luidy, aposta do CRB, e Jô, de 29 anos, que volta ao clube após 11 temporadas. O diretor Flávio Adauto afirmou que mais reforços vão chegar.


– Não vou dizer as posições, mas eu diria que, para estar com o time acertadinho, vamos precisar de quatro ou cinco reforços. Temos alguns jogadores que estão emprestados e outros menos utilizados no elenco atual. Vai depender do Oswaldo – afirmou Adauto









Corinthians sabe datas das semifinais da.Liga Nacional de Futsal

Timão decidirá vaga para a final da competição nacional mais uma vez ao lado da Fiel


18h35 07/11/2016 - Agência Corinthians


A diretoria da Liga Nacional de Futsal confirmou as datas e horários das duas partidas entre Corinthians/UNIP e Assoeva, pelas semifinais do torneio. O primeiro duelo está marcado para este domingo (13), às 11h, no Ginásio Poliesportivo Parque do Chimarrão.

O segundo e decisivo jogo será realizado no dia 25 de novembro (sexta-feira), às 19h15, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques. Assim como nas quartas de final, o Timão decidirá a vaga para a final da competição nacional ao lado da Fiel.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.










CORINTHIANS O MAIS VALIOSO DAS AMÉRICAS, AVALIADO EM R$ 1,7 BI SEGUNDO revista americana “Forbes”



07/11/2016 18h30

Morte de filho do goleiro do Corinthians adia final da Liga Paulista
Falecimento repentino do filho mais novo do goleiro Guitta cancela primeira partida da final da Liga Paulista de Futsal, que seria nesta quarta-feira, em Sorocaba


Por GloboEsporte.com
A primeira partida da final da Liga Paulista de Futsal entre Sorocaba e Corinthians, que seria realizada nesta quarta-feira, no interior paulista, foi adiada pela organização do torneio em virtude do falecimento do filho do goleiro Guitta, de apenas 2 anos, na manhã desta segunda-feira na capital paulista. A Liga Paulista ainda não confirmou a nota data do confronto, que reúne os últimos dois campeões estaduais.

Guitta, de 29 anos, chegou ao Corinthians na temporada passada após vários anos defendendo o Orlândia. O goleiro foi campeão mundial com a seleção brasileira em 2012 e é frequentemente convocado. A notícia do falecimento do filho de Guitta abalou os elencos de Sorocaba e Corinthians, que decidiram pelo adiamento do confronto em respeito ao goleiro, que é o titular do gol do Timão.

Com melhor campanha na soma de todas as fases, o Corinthians joga pela vantagem de dois resultados iguais na final do estadual, além do empate em uma possível prorrogação. A segunda partida será realizada no dia 29 de novembro, às 20h30, no ginásio do Parque São Jorge


Nota de pesar
18h30 07/11/2016 - Agência Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista informa com pesar o falecimento de Enrico, filho do goleiro Guitta, do Corinthians/UNIP, com apenas dois anos de idade.

O clube deseja força e presta condolências à família de Guitta neste momento tão difícil.










Timão quer até seis reforços e time-base já na pré-temporada, diz diretor
Flávio Adauto detalha planejamento para 2017 em relação à expectativa por contratações, lembra que grupo está cheio e emprestados voltam, mas admite busca por mais novidades
  
Apesar de não ter sua situação definida em relação à classificação para a Copa Libertadores de 2017, o Corinthians já tem o planejamento em andamento para o próximo ano. Luidy, destaque da Série B pelo CRB-AL, e Jô, uma "oportunidade de mercado", segundo o clube, já fecharam contrato. A expectativa agora é de até mais seis contratações, e quem cita o número é Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão há dez dias.

- O Corinthians tem 13 jogadores emprestados a outras equipes, que podem voltar, e mais 37 ou 38 no elenco atual. Queremos trazer na média de cinco ou seis jogadores, então o elenco será reavaliado, e quem vai fazer isso é o Oswaldo - disse, em entrevista à Rádio Transamérica, o novo dirigente alvinegro.

Além do número de possíveis reforços para 2017, Flávio Adauto também disse que o planejamento envolve a atuação no mercado até o início da pré-temporada. Assim, a ideia é ter o elenco ao menos encaminhado até a viagem aos Estados Unidos, palco de disputa da Flórida Cup e que receberá novamente a preparação do Corinthians. 

- Não adianta ficar com sofisma, dizendo que tudo é muito bom. O elenco é bom, mas precisa ser qualificado, e o Oswaldo quem vai colocar exatamente aquilo que precisa. Nós da parte diretiva vamos procurar atingir ao máximo o que ele pretende. Não demora muito para termos essa avaliação, temos quatro jogos, 27 dias pra acabar o ano, e logo no dia 11 de janeiro a equipe vai para a pré-temporada nos Estados Unidos. Nesse momento você tem que ter a base com 70% a 80% formulada - explicou.

O elenco atual do Corinthians tem 35 jogadores e três deles encerram contrato no fim do ano: Willians, Isaac e Rildo.



CORINTHIANS HOJE
07/11 - Segunda-feira
Folga











Corinthians/UNIP enfrentará Assoeva nas semifinais da Liga Nacional de Futsal 2016


As datas das primeiras partidas estão marcadas para os dias 13 e 14 de novembro, domingo e segunda-feira, respectivamente



09h40 07/11/2016 - Agência Corinthians







© Divulgação



Corinthians/UNIP já sabe qual será o adversário que enfrentará nas semifinais da Liga Nacional de Futsal 2016. Com as definições das outras partidas durante o último fim de semana (05 e 06), o Timão disputará contra o Assoeva por uma vaga inédita na final da competição nacional.


As datas das primeiras partidas pelas semifinais estão marcadas para os dias 13 e 14 de novembro, domingo e segunda-feira, respectivamente. Os dois últimos jogos do confronto estão marcados para os dias 26 e 27 de novembro, sábado e domingo, respectivamente.


Agora, o Coringão aguarda a definição da diretoria da LNF para descobrir em qual dia irá enfrentar o Assoeva. Pelo sétimo ano consecutivo, o Corinthians/UNIP disputa uma vaga na finalíssima.


Com melhor índice técnico do que o adversário, o Time do Povo jogará a segunda partida em casa. Do outro lado, Marechal Rondon e Sorocaba também duelam por vaga na grande final.


A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.











07/11/2016 11h05


Corinthians 2017: reforços, saídas, base: novo diretor de futebol fala sobre futuro 

Flávio Adauto calcula a chegada de até cinco jogadores para serem titulares, mas já avisa que não serão estrelas. Dirigente diz que não participará da busca por reforços


Por Carlos A. Ferrari, Diego Ribeiro e Marcelo Braga


Enquanto busca uma vaga na Taça Libertadores da América, o Corinthians começa a planejar o futuro do elenco para 2017. E o fim de 2016 promete ser agitado.


Escolhido para ocupar o cargo de diretor de futebol, o jornalista Flávio Adauto planeja a chegada de até cinco novos jogadores que acabem de uma vez por todas com as carências da equipe que não consegue engrenar na temporada. Mas dá um recado aos torcedores:



– A melhor coisa que tem na minha cabeça: não vamos iludir o torcedor. Outro dia me perguntaram sobre o Tevez. Se você acena com a mínima possibilidade de trazer, o torcedor vai sonhar com Tevez, Suárez, Pogba... É impossível? Não, mas não está no nosso programa. Se você calcular o que temos e o que vamos ter financeiramente, não podemos ficar imaginando grandiosidade. Teremos um time forte, competitivo, para brigar por títulos – afirmou.


Adauto, de 68 anos, falou sobre a possibilidade de venda de jogadores, pediu cautela com os garotos da base e garantiu que não participará da indicação de atletas ao clube. A missão está nas mãos do técnico Oswaldo de Oliveira e do gerente Alessandro Nunes.



Leia abaixo os principais trechos da entrevista:



Quantos jogadores a diretoria planeja contratar para 2017?

Não vou dizer as posições, mas eu diria que, para estar com o time acertadinho, vamos precisar de quatro ou cinco reforços. Temos alguns jogadores que estão emprestados e outros menos utilizados no elenco atual. Vai depender do Oswaldo.


Além do Jô, o Corinthians contratou o atacante Luidy, revelação do CRB. Virão outras apostas ou jogadores que cheguem como titulares?

Tem de ser para definir. Não dá para dizer quem vem para brigar por posição, para ver se dá certo...


Há a possibilidade de contratar algum jogador renomado?

Neste momento, não. A palavra é oportunidade. A melhor coisa que tem na minha cabeça: não vamos iludir o torcedor. Outro dia me perguntaram sobre o Tevez. Se você acena com a mínima possibilidade de trazer, o torcedor vai sonhar com Tevez, Suárez, Pogba... É impossível? Não, mas não está no nosso programa. Se você calcular o que temos e o que vamos ter financeiramente, não podemos ficar imaginando grandiosidade. Teremos um time forte, competitivo, para brigar por títulos.


O Corinthians gastou cerca de R$ 60 milhões em reforços para 2016. Vai haver dinheiro para 2017?

Nós estamos antevendo dificuldades, mas sem desespero. Não é para chegar e iludir a torcida dizendo que vamos trazer jogadores de R$ 30 milhões.

Flávio Adauto foi diretor do Corinthians  (Foto: Carlos Augusto Ferrari)


O Jô estava sem contrato e chegou sem a necessidade de comprar direitos econômicos. Outro nome livre que pode fechar é o meia Wagner, ...

Se um jogador custa cinco e o Corinthians demonstra interesse, o preço dele passa a ser 20. Precisamos zelar pelo patrimônio do clube. Temos conversações? Temos, não vou desmentir nada. O Alessandro (Nunes, gerente de futebol) está à frente.


A torcida vem criticando muito a equipe atual. Que avaliação você faz do elenco?

O time não se fixou na temporada. Começou um time, depois veio Cristóvão e agora o Oswaldo. Pega uma fotografia do começo da temporada e de agora. Você vai ver que não tem quase ninguém. Então, isso é natural. Temos alguns excelentes jogadores que precisam de mais tempo para aparecer. Eu dou sempre o exemplo do Jadson. Um dia, eu o encontrei sentado na arena, nem no banco estava. Depois, ele se transformou em um dos principais jogadores do time. Vários jogadores certamente vão render mais no ano que vem.

De preferência, não vou indicar jogadores. Ficar dando nome de jogador, não. Para mim, não é função do diretor de futebol. Minha função é cumprir o que eles (comissão técnica) pedirem

Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão

Obter uma vaga na Libertadores é o máximo que poderia ser feito por esse grupo?

Como conselheiro, eu tinha muito medo de 2016. Essa luta pela vaga na Libertadores está dentro de uma certa realidade. Ninguém faz milagre, monta um time na quinta-feira e começa ganhar de todo mundo. Não pensei que fosse um time para cair, mas, sim, para brigar no meio da tabela. Estamos brigando para ser sexto, quinto. Não vamos ficar iludindo o torcedor.


O Corinthians passou por grandes mudanças no elenco ao longo desta temporada. Você imagina que outros jogadores poderão sair no fim do ano? Fagner e Rodriguinho são os mais cotados...

Até agora, eu diria que a procura é zero. Todo mundo está concentrado nos jogos que faltam. Mesmo que os clubes venham conversar, vamos pedir para esperar 15 ou 20 dias. Não falamos em vender jogadores. Falamos em comprar. Vamos fazer o máximo para trazer, mas sem promessas.


A torcida reclama muito que os jogadores da base não são utilizados. Como você pretende trabalhar com os garotos?

Temos um grupo de jogadores treinando aqui. O Oswaldo disse que não pensa em lançar ninguém agora, só em um caso de extrema necessidade. É muito importante ver como vão se comportar os garotos na Copinha. Você tem um nome que lançaria hoje? Neste momento, ainda não. Mas deve haver. É obrigação do Corinthians ter jogadores da base. Tem de saber o momento. Neste ano tivemos poucos momentos que dava para lançar.

Flávio Adauto é apresentado no CT pelo presidente Roberto de Andrade (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)


Você ficou praticamente dez anos afastado de cargos da diretoria do Corinthians. Como será sua atuação nas negociações?

De preferência, não vou indicar jogadores. Ficar dando nome de jogador, não. Para mim, não é função do diretor de futebol. Minha função é cumprir o que eles (comissão técnica) pedirem. Não falei e não pretendo falar com nenhum empresário. Qual empresário eu conheço? Nenhum, e não preciso conhecer.


Então, quem vai decidir as contratações?

Em 99% dos casos, serão Oswaldo e Alessandro. Os nomes vão surgir de empresários, de equipes interessadas e do nosso interesse. A avaliação final é feita pela comissão técnica. O diretor de futebol que diz que vai indicar um jogador e que não é o técnico quem decide é um idiota. Ele não precisa de técnico, de comissão. Na hora de escalar o time, manda o diretor de futebol escalar. Eu não tenho a preocupação de saber a escalação do time na véspera. Você tem de se limitar à sua função.

O ex-presidente Andrés Sanchez ainda tem muita influência no departamento de futebol. Você teme que ele possa interferir no seu trabalho?

Ele me ligou duas vezes, desejou boa sorte e sucesso. Mário Gobbi também ligou dizendo a mesma coisa. Não houve insinuação de coisa alguma. Nenhuma interferência. Eles sabem o que devem fazer. Nunca vão querer prejudicar o Corinthians.