26 de out de 2016

CORINTHIANS 26/10/2016


CORINTHIANS
Suspensos: Guilherme (Vermelho após 2º Amarelo)
Pendurados: Giovanni Augusto, Balbuena, Vilson, Uendel e Guilherme
Voltam de suspensão: Pedro Henrique (3º Amarelo)




Corinthiano lateral esquerdo Guilherme Arana é convocado pela Seleção Brasileira Sub-20 para disputa de dois amistosos

Os dois jogos contra o México fora de casa serão preparatórios para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria


19h25 26/10/2016 - Agência Corinthians


Filho do terrão alvinegro, o lateral esquerdo iniciou a trajetória nas categorias menores de futsal do Corinthians

© Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians


Nesta quarta-feira (26), Guilherme Arana foi convocado pelo treinador Rogério Micale para compor o elenco da Seleção Brasileira Sub-20 que disputará dois jogos amistosos contra o México, nos dias 11 e 13 de novembro, na Cidade do México-MEX.

Filho do terrão alvinegro, o lateral esquerdo iniciou a trajetória nas categorias menores de futsal do Corinthians, passou pela base do futebol do Timão e foi promovido para o profissional quando tinha apenas 17 anos de idade.

Apesar da juventude, o camisa 13 do Corinthians foi importante na composição do elenco durante a conquista do hexacampeonato brasileiro, em 2015.

Micale, técnico que conquistou a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, fez a lista de olho na preparação da equipe para a disputa do Campeonato Sul-Americano da categoria, que será disputado em 2017 no Equador.

Flavio Adauto é novo Diretor de Futebol do Corinthians
O jornalista e publicitário será apresentado nesta sexta feira


19h10 26/10/2016 - Agência Corinthians
O Sport Club Corinthians Paulista anuncia o conselheiro vitalício Flávio Adauto como Diretor de Futebol do Corinthians.


Jornalista e publicitário, Flávio Adauto Iório Lopes já trabalhou nos principais jornais do país. Atualmente, é empresário no ramo de publicidade.


O novo diretor de futebol será apresentado nesta sexta feira (28), após o treino no CT Joaquim Grava.









CORINTHIANS FUTSAL DECIDE EM CASA FINAL DA LIGA PAULISTA E JÁ SABE DATAS DE CONFRONTO CONTRA sorocaba:

9 de novembro, às 21h, na Arena Sorocaba. O jogo da volta será no dia 29 de novembro, terça-feira, no ginásio do Parque São Jorge























26/10/2016 12h51

Jornalista Flávio Adauto é o novo diretor de futebol do Corinthians
Após reunião no CT nesta quarta-feira, ex-vice de comunicação, de 68 anos, aceita o convite feito pelo presidente Roberto de Andrade.


Por Marcelo Braga

Flávio Adauto  (Foto: Diário Lance)

O jornalista Flávio Adauto aceitou o convite feito pela diretoria do Corinthians e, a partir de agora, é o novo diretor de futebol do clube. Convidado pelo presidente Roberto de Andrade na segunda-feira, ele esteve no CT nesta quarta para uma reunião.
A função não é remunerada. 












26/10/2016 13h06

Reforço para 2017, atacante Jô faz exames cardiológicos e está pronto para assinar com o Corinthians
Atacante foi aprovado nos últimos testes e seguiu para o CT, onde assinará vínculo por três temporadas. Jogador de 29 anos vai se juntar ao elenco nos próximos dias


Por Marcelo Braga

O atacante Jô realizou exames cardiológicos na manhã desta quarta-feira e foi aprovado. Ainda no período da manhã, seguiu para o CT Joaquim Grava, onde deve realizar algumas avaliações físicas e, depois, assinar contrato com o Corinthians por três temporadas.
Aos 29 anos, o atacante estava no Jiangsu Suning, da China, e não joga desde a julho. A tendência, portanto, é que já seja integrado ao elenco nos próximos dias para começar os trabalhos visando a próxima temporada. O regulamento não permite que ele atue em 2016.


Revelado pelo Timão em 2003, Jô é o jogador mais novo a ter atuado pela equipe profissional – com apenas 16 anos. É também o jogador mais novo a fazer um gol pelo Corinthians, naquela mesma temporada. Campeão brasileiro em 2005, ele tinha o carinho da torcida justamente por ser prata da casa. Ele deixou o clube com 115 jogos e 18 gols.



Jô passa por exames antes de assinar com o Timão e manda recado à Fiel

Atacante finaliza bateria de exames e deve assinar contrato ainda nesta quarta-feira. Ao LANCE!, ele diz que problemas extracampo são passado: 'Minha vida mudou 100%'

Jô foi a uma clínica em  para finalizar a bateria de exames
(Foto: Guilherme Amaro/Lance)




Jô deve ser anunciado ainda nesta quarta no Timão 
Jô passa por exames antes de assinar com o Corinthians

Atacante finaliza bateria de exames e deve assinar contrato ainda nesta quarta-feira. Ao LANCE!, ele diz que problemas extracampo são passado: 'Minha vida mudou 100%'

Guilherme Amaro

26 OUT 2016 12h40 atualizado às 12h59


O atacante Jô finalizou na manhã desta quarta-feira os últimos exames antes de ir ao CT Joaquim Grava assinar contrato com o Corinthians. Ele deve ser anunciado ainda nesta tarde como novo reforço do Timão para 2017.


Antes de passar pela bateria de exames cardiológicos em uma clínica, Jô disse mandou um recado à Fiel. O atacante voltará ao Corinthians 11 anos depois da primeira passagem, que durou entre 2003 e 2005.

"O acerto começa a ficar mais próximo. As coisas estão se acertando, os exames estão sendo feito, e o coração já bate mais forte. A expectativa é grande por poder voltar ao clube onde nasci e cresci. Espero na minha volta, se tudo der certo, dar alegrias para a torcida", afirmou Jô, que tem 29 anos e assinará contrato até o fim de 2019.

A contratação de Jô recebeu alguns questionamentos da torcida por conta dos problemas extracampo que o atacante já teve. O atacante, porém, disse que "sua vida mudou 100%" e está focado em conquistar títulos com o Corinthians.
"Eu posso falar que minha vida mudou 100%. Eu tinha uma outra vida, meio conturbada extracampo, mas hoje, graças a Deus, eu virei cristão. Minha vida segue bem fora de campo, com minha família e meus verdadeiros amigos. Isso já faz dois anos. Às vezes, muitos não sabem, acham que é o Jô do passado, mas fora de campo posso garantir que não tenho mais problemas, não vivo essa vida, e em campo tenho que mostrar meu futebol. A cada clube que passo tenho que mostrar, recomeçar do zero, e espero aqui no Corinthians poder fazer o que fiz em outros clubes, com títulos e artilharia, coisas que me fizeram chegar até a Seleção Brasileira. Dentro de campo é começar do zero e se esforçar", declarou.

Jô começará a treinar com o elenco corinthiano após a assinatura de contrato. Sem clube desde julho, quando rescindiu com o Jiangsu Suning (CHN), o atacante afirmou que se prepará inclusive durante as férias para chegar bem fisicamente no início da próxima temporada.

"Isso que pode acontecer, de eu já volta a treinar neste ano ainda, é bom para o entrosamento. Vai dar um mês e pouquinho até as férias, então já vou conhecendo o grupo, trabalhando e vendo a maneira que o Oswaldo (de Oliveira, técnico) trabalha. Foi há 11 anos que trabalhei com ele, então de repende mudou alguma coisa. Mas é importante o entrosamento com o grupo, ir me ambientando e treinando. Vai ter uma pausa para as férias depois, mas é importante esse treino até lá", disse o atacante.

"Eu vou me preparar nas férias, até porque não posso falar que vou ter férias. Já estou esse tempo todo sem treinar, então nas férias vou me cuidar, trabalhar e treinar para não chegar na pré-temporada tão abaixo. É importante esse mês de treinos para deixar a parte física bem aprimorada, dar continuidade nas férias e chegar bem no Campeonato Paulista", acrescentou.
O atacante foi o jogador mais jovem a estrear pelo profissional do Timão, com 16 anos e três meses, e também o mais jovem a marcar um gol pelo clube. 












Novo diretor de futebol corinthiano vai a CT e fala com presidente e Oswaldo

Flávio Adauto aceitou convite para dirigir o departamento e iniciou trabalho nesta quarta-feira, quando foi ao Centro de Treinamento Joaquim Grava. Ele terá um diretor adjunto

Flávio Adauto é o novo diretor de futebol do Corinthians. O jornalista de 68 anos aceitou o convite do presidente do clube, Roberto de Andrade, e assumiu o cargo já nesta quarta-feira. Ele é Conselheiro vitalício do Timão.

Na manhã desta quarta-feira, Adauto foi ao centro de treinamento Joaquim Grava, onde conversou com o técnico Oswaldo de Oliveira e o presidente Roberto de Andrade.

Eles terão novos encontros em breve para dar continuidade ao planejamento da próxima temporada

O Corinthians também terá um diretor adjunto para o departamento, que ainda não foi definido. Ele trabalhará juntamente com Flávio Adauto e o gerente de futebol, Alessandro Nunes.






Presidente formaliza convite, e Timão terá mais dois diretores no futebol

Flávio Adauto responderá nesta quarta-feira se aceita cargo. Além de principal responsável pelo departamento, haverá um adjunto

Bruno Cassucci

25 OUT 2016 16h05 atualizado às 16h40

O Corinthians está próximo de definir o novo responsável pelo departamento de futebol do clube. Ou melhor, os novos. O presidente Roberto de Andrade definiu nomear um diretor e também um adjunto para o setor, que no momento conta apenas com o gerente Alessandro Nunes.

Como publicado pelo LANCE!, Flávio Adauto é o favorito para chefiar o futebol do Timão.Ele recebeu convite formal de Roberto de Andrade e pediu até esta quarta-feira para confirmar se aceita ou não. Caso a resposta seja positiva, ele definirá juntamente com o presidente quem será o seu auxiliar.

- Falei com o Roberto, trocamos uma série de ideias, mas não é uma coisa que pode se resolver em uma hora, tem que pensar. Não vou enrolar, pedi um dia para pensar, e ele entendeu. A gente tem amizade, conversamos, sempre fui uma pessoa que colaborou. Nunca almejei cargo algum - disse Adauto, em entrevista ao LANCE!.

- Continuarei apoiando o Roberto. A gente tem um grande grupo de amigos que são solidários a ele. Nunca deixei de estar lá no clube. Convivi bem com Mario (Gobbi), o Roberto, estive com eles no Japão, em todos os lugares que se falava de futebol... Não preciso me aproximar do clube, sempre estive presente - comentou.








Balbuena garante apoio aos companheiros de zaga


Marcelo Baseggio*

26 OUT2016
12h21
Balbuena põe Corinthians como prioridade e apóia novos titulares da zaga.
"Ele sabe que o Pedro Henrique, o Vilson e até o Léo estão pronto para jogar, então ele pode escolher qualquer um que vamos jogar da mesma maneira. Os companheiros que estão na reserva sempre nos apoiam, então quando não jogamos temos que apoiar também. O primordial é a equipe e não quem vai jogar", afirmou.


Apesar de ser preterido pelo novo treinador alvinegro, Balbuena elogiou o novo comandante. Tido como um técnico bastante participativo, muitas vezes até eufórico no vestiário, Oswaldo de Oliveira segue com moral mesmo sacando o zagueiro da equipe titular e não antecipando a ele que deverá ficar no banco no próximo sábado contra a Chapecoense.

"Ele chamou os zagueiros para falar de aspectos táticos, disse que qualquer um poderia jogar, devido ao Vilson também, nós dois estamos pendurados, falou que temos jogos muito importantes pela frente, mas não disse sobre tirar um para colocar o outro para jogar", revelou.

"O Oswaldo é um técnico motivador, trabalha bem, em detalhes, e sabe muito pela experiência que tem, já dirigiu o Corinthians, ganhou títulos aqui. Ele como pessoa é muito motivador, gente boa com os jogadores, o trato que tem com todos nós é muito bom e estamos absorvendo muito bem as dicas e observações que passa para nós", completou Balbuena.












Corinthiano Balbuena é jogador de grupo e aceita decisões do técnico: "Ninguém é dono do posto"
Paraguaio vinha em sequência de 12 partidas como titular do Corinthians, mas deve ser opção da dupla Pedro Henrique e Vilson diante da Chapecoense, neste sábado


Por Marcelo Braga


Balbuena virou reserva no treino do Corinthians (Foto: Marcelo Braga)

O Corinthians tem nova zaga titular. No treino de hoje o t~ecnico Osvaldo Oliveira optou por Pedro Henrique e Vílson. Titular do Corinthians nos últimos 12 jogos, Balbuena foi sacado da equipe no treinamento desta quarta-feira e deverá ser reserva diante da Chapecoense, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, pela 33ª rodada do Brasileirão.

Presente em 38 partidas oficiais no ano, sendo 37 iniciando entre os 11, o zagueiro paraguaio mostrou compreensão com a perda da titularidade e se garantiu motivado para retomar a vaga. Pedro Henrique e Vilson deverão formar a zaga no fim de semana.

– Não tem titular absoluto, amanhã posso voltar, futebol é assim, temos de estar preparados. Ninguém é dono do posto. As camisas têm número, não nome, como a gente diz. Não posso ficar surpreso nem perguntar por que virei reserva – comentou o beque convocado para a seleção do Paraguai, na quarta.

Apesar de Oswaldo não ter comunicado o jogador que ele perderia a condição entre os 11 jogadores que iniciam o jogo, todos os atletas do setor tiveram uma conversa com o técnico, que avisou que precisa dos quatro prontos para atuar. Vale lembrar que o próprio paraguaio já será desfalque certo na 35ª rodada, no duelo contra o Figueirense, por uma convocação para a seleção. Além disso, Vilson tem jogado pendurado com dois cartões amarelos. Já Yago está machucado.
– Ele chamou os zagueiros para falar dos aspectos táticos e disse que qualquer um poderia jogar. Pedro, Vilson e até o Léo estão aptos. Ele pode escolher qualquer um que o time vai da mesma forma. Quando não jogamos, temos de apoiar, temos objetivos em comum.

Saiba as informações do próximo jogo do Corinthians:
Próximo adversário: Chapecoense
Local: Arena Corinthians
Data e horário: sábado, às 16h30 (de Brasília)
Escalação provável: Walter, Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.
Desfalques: Guilherme, Yago, Danilo e Bruno Paulo
Pendurados: Giovanni Augusto, Balbuena, Vilson, Guilherme e Uendel
Arbitragem: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS), Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
Tempo Real: GloboEsporte.com a partir das 15h30











26/10/2016 14h39

Oswaldo esboça Corinthians com três novidades para encarar Chapecoense
Sem Guilherme, suspenso, Marlone entra no time e desloca Romero para a função de pivô. Por opção técnica, Balbuena e Willians devem ser barrados para o próximo jogo


Por Marcelo Braga

Marlone volta a ser titular do Corinthians
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Após empatar por 2 a 2 com o Flamengo e pular para a sexta posição no Brasileirão, o Corinthians deve jogar com três modificações diante da Chapecoense, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), em Itaquera.


No primeiro treino tático da semana, nesta quarta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira sinalizou com a entrada de Pedro Henrique, Marlone e Camacho na equipe. Os treinos de quinta a sexta serão definitivos para a escalação.


Sem Guilherme, suspenso, Oswaldo deslocará o atacante Romero para a função de pivô no 4-1-4-1. Com isso, Marquinhos Gabriel será o responsável pelos ataques pela ponta direita. Assim, Marlone atacará pela esquerda. Já as outras mudanças foram por opção técnica: Camacho ganhou a posição de Willians, e Pedro Henrique entrou na vaga de Balbuena.


O Timão deve ter a seguinte formação: Walter, Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero.


Os reservas atuaram com Cássio, Léo Príncipe, Léo Santos, Balbuena e Guilherme Arana; Willians; Lucca, Cristian, Marciel e Rildo; Gustavo. Expulso contra o Flamengo, Guilherme fez treino com os garotos Léo Jabá, Isaac, Warian e Carlinhos, além do volante Jean.







Corinthians treina com três alterações
Corinthians treinou nesta quarta-feira com Pedro Henrique, Camacho e Marlone como titulares. Saíram Balbuena, Willians e Guilherme, este último, suspenso. Após a atividade, zagueiro paraguaio comentou a decisão de Oswaldo de Oliveira

LANCE!

26 OUT 2016 13h20
O técnico Oswaldo de Oliveira fez três mudanças no Corinthians no primeiro esboço para o jogo contra a Chapecoense, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), na Arena Corinthians. Em treino realizado nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, o treinador promoveu as entradas de Pedro Henrique, Camacho e Marlone nas vagas de Balbuena, Willians e Guilherme, respectivamente.

Das três mudanças, só a saída de Guilherme era prevista, já que o meia-atacante foi expulso e terá de cumprir suspensão. As saídas de Balbuena e Willians foram opção do treinador, que foi comentada pelo zagueiro paraguaio em entrevista coletiva após o treino.

- A gente sabe que aqui não tem titular absoluto, amanhã posso estar de volta ao titular, futebol é assim, temos de estar preparados. Ninguém é dono do posto. As camisas têm número, não nome, como a gente diz. Não posso ficar surpreso. Não vou perguntar o porquê de virar reserva - afirmou Balbuena, que foi titular do Corinthians nos últimos 12 jogos.

- Oswaldo não falou o motivo, só disse que todos podem jogar: Pedro Henrique, Vilson e Léo. Isso não vai mudar nossa atitude. le chamou os zagueiros para falar dos aspectos táticos, disse que qualquer um poderia jogar, que Vilson está pendurado - acrescentou.

Com as mudanças, o Timão deve enfrentar a Chapecoense com: Walter, Fagner, Vilson, Pedro Henrique e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Romero. O elenco ainda treina nesta quinta e sexta-feira antes de enfrentar a Chapecoense.















Convocado, Balbuena diz: “Jogador sempre trabalha para ir para a seleção”

Ao lado de Romero, zagueiro defenderá a Seleção do Paraguai contra Peru e Bolívia pelas rodadas de número 11 e 12, respectivamente, das eliminatórias da Copa da Rússia




11h55 26/10/2016 - Agência Corinthians





© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Na última terça-feira (25), o técnico Arce convocou os jogadores que defenderão a Seleção do Paraguai nos dois próximos compromissos pelas eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Rússia 2018. Entre os atletas chamados, dois são do Corinthians. Romero e Balbueno. Nesta quarta (26), no CT Dr. Joaquim Grava, o zagueiro corinthiano falou sobre a convocação.

“Jogador sempre trabalha para ir para a seleção. Eu sabia que cedo ou tarde iria. O Arce veio em São Paulo conversar com os jogadores daqui. Não pode chamar todos nas convocações que faz, tem muitos jogadores de qualidade, a gente tem que saber esperar e ser perseverante. Quando a chance aparecer, aproveitar”, disse Balbuena.

Pelas eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Rússia 2018, o Paraguai enfrentará o Peru, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, em 10 de novembro. Cinco dias depois, a equipe de Balbuena e Arce pegará a Bolívia, no Hernando Siles, na cidade de La Paz.

Durante a entrevista coletiva concedida no CT Dr. Joaquim Grava no fim da manhã desta quarta, Balbuena também falou sobre a chegada de Oswaldo de Oliveira e elogiou o treinador corinthiano.

“É parecido com Tite em certos aspectos, motivador, trabalha em detalhes, sabe muito, já esteve no Corinthians, ganhou títulos, a qualidade todos sabemos. Muito gente boa com os jogadores, o trato que tem com todos nós é muito bom. Temos absorvido as dicas e observações que tem passado para nós”, disse o zagueiro.

“Começar sim, a gente sabe que filosofia de jogo leva tempo, até para o jogador saber administrar. Nestas mudanças de treinador, eles têm pouco tempo. Não dá para trabalhar, tem que recuperar para o outro jogo. Passa pelo jogador saber fazer o que ele quer. Temos semana longa e temos uma filosofia no Corinthians, Oswaldo vai aos poucos entrar colocar a dele", completou Balbuena.







Saudade de pudim, dicas de Cássio e sonhos no Timão: Walter abre o jogo

Mais magro e forte, goleiro do Corinthians conta segredos ao L! e explica como perdeu 7kg de gordura e ganhou 3,5kg de músculos antes de se firmar com Oswaldo de Oliveira









Titular com Oswaldo de Oliveira no Corinthians, Walter conversou com o LANCE!
(Foto:Eduardo Viana/Lancepress!)

Bruno Cassucci
26/10/2016
07:00


Walter não é de revelar seus segredos. O jeito caipira e a timidez deixam o goleiro com um ar desconfiado nas entrevistas. Assim, foi quase sem querer que ao final da conversa com a reportagem do LANCE!, no CT Joaquim Grava, o novo titular da meta do Corinthians soltou um dos trunfos para o seu bom momento. Ele cortou as “besteiras” da alimentação, passou a comer melhor, perdeu 7kg de gordura e ganhou 3,5kg de músculos.

O trabalho com um nutrólogo particular realizado há sete meses o deixou não só mais forte e magro, como lhe deu disposição para treinar e jogar. Porém, também cobra seu preço... e caro! Walter lidou bem com a ausência de pão na dieta, aceitou trocar o arroz branco pelo integral e entendeu que a cerveja o prejudicaria mesmo nas folgas. Mas tem algo com o que não é fácil de lidar...

– O pudim da tia aqui do CT é brincadeira. Sinto falta! Às vezes pode sair da linha uma vez por semana, normalmente dá vontade de doce. Mas se comer chocolate, por exemplo, ele (nutrólogo) me mata – contou o camisa 27, bem-humorado.
"Quando eu estava no banco, também tentava ajudar o Cássio. Agora, ele faz o mesmo e me passa tudo: posicionamento, como falar com o time..."

O aspecto físico é importante, mas para ganhar a vaga de Cássio ele precisou de muito mais. Bancado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, Walter vive aos 28 anos uma das melhores fases da carreira e passou a ser um dos xodós da Fiel neste ano.

E para isso ele contou até mesmo com dicas do principal concorrente e seu maior amigo no elenco:

– Quando eu estava no banco, também tentava ajudar o Cássio. Agora, ele faz o mesmo e me passa tudo: posicionamento, como falar com o time, dar uma orientação...

Com a titularidade garantida, o goleiro sonha agora com voos mais altos. Ele diz ter muito trabalho pela frente, mas mostrou ter na ponta da língua o que espera do futuro:

– Claro que títulos! Tenho alguns, mas quero títulos jogando!


Dida e goleiro da seleção inglesa são inspirações

inspirações no futebol. Mas e no gol? Quando indagado, Walter pensou, pensou, disse não ter um nome... mas escolheu Joe Hart como uma referência.

Titular da seleção inglesa



No início da carreira, porém, Walter se espelhava em um ídolo da Fiel torcida... mas também num algoz do Corinthians.

– Teve o Dida, que estava em uma fase fenomenal, pegando pênalti atrás de pênalti, e até o Marcos. Foram os dois que mais marcam na minha memória – contou Walter.

Mesmo nas folgas o goleiro corintiano gosta de assistir futebol, não só como forma de se aperfeiçoar, mas também como divertimento. E sem distinção de país ou nível técnico:

– Eu assisto muito futebol, tudo. Série B, Série C, o que passa na TV eu vejo. Sento com minha filha no sofá e fico vendo nas folgas – destacou.
"A motivação do Oswaldo é muito grande, é um cara que já esteve aqui no clube, ganhou títulos importantes, isso nos faz querer mais"

Desempenho, sim. Marcas, não
Walter completou 50 partidas pelo Corinthians no último domingo, mas se não fosse avisado por seu assessor pessoal não saberia. O goleiro diz não ligar para números ou marcas da carreira. Porém, ele acompanha de perto seu desempenho, principalmente o número de gols sofridos. O goleiro já levou 42 tentos, média de 0,84 por jogo.

– Para mim significa muito chegar a 50 jogos no Corinthians, fiquei feliz, espero que venha mais e mais. Acompanho minhas estatísticas e não quero atingir a média de um gol por um. Por enquanto, ainda está bom.


'A gente tem conversas normais, de dia a dia' (Foto: Daniel Augusto Jr)

BATE-BOLA WALTER GOLEIRO DO CORINTHIANS, AO LANCE!

‘A motivação do Oswaldo é muito grande, nos faz querer mais’

Muda algo para você ser bancado como titular por Oswaldo?
A confiança que o treinador dá é importante, mas isso é para todos, não só para mim. Se eu for mal nos jogos, vou ser sacado da mesma forma. Tenho que pensar em ajudar o time a todo momento. O Cássio está aí, querendo o espaço dele, e sempre fez o melhor para o Corinthians.

Como foi a conversa entre vocês? O que o treinador disse?
A gente não teve uma conversa com o Oswaldo, eu vinha jogando, e ele manteve. Não teve uma conversa como foi com o Tite e o Cristóvão.

E com o Cássio, você falou?
A gente procura trabalhar da mesma forma, é claro que tem as conversas normais do dia a dia, mas quem cria esse debate é mais a mídia, a gente escuta de fora, mas aqui é normal.

Há espaço para os dois em 2017 ou talvez um tenha que sair?
Acho que tem, sim. Ainda mais o Corinthians do jeito que é, podendo disputar Libertadores, Copa do Brasil, Brasileiro... O ideal é ter dois por posição, como em 2015, quando tinham dois de alto nível em cada.

Mas no gol há menos trocas...
É verdade, mas temos contratos longos, isso dá uma garantia grande.

E se houvesse um rodízio?
Não sei... Acho que no Brasil isso não daria certo pela cultura que temos.

Como está sendo o início de trabalho com o Oswaldo de Oliveira?
Ele conversa bastante, mostra muito vídeo, tem vez que não dá tempo de treinar, então tem vai na conversa. A motivação dele é muito grande, é um cara que já esteve aqui, ganhou títulos importantes, isso nos faz querer mais.


















CORINTHIANS HOJE
26/10 - Quarta-feira
09h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava