23 de out de 2016

CORINTHIANS 23/10/2016





fla 2 X 2 CORINTHIANS
Brasileiro 2016- 32ª rodada
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 23/10/2016, às 17h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael Alves e Elio Nepomuceno (RS)
Cartões amarelos: Emerson Sheik (FLA) Guilherme, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Walter (COR)
Cartão vermelho: Guilherme, 31'/2ºT (COR)
Renda/Público: R$ 3.203.207,50 / 54.250 pagantes
Gols: Guilherme, 6'/1ºT (0-1); Guerrero, 14'/1ºT (1-1); Rodriguinho (46'/1ºT) e Guerrero, 13'2ºT (2-2)

fla: 38-Alex Muralha, 21-Pará, 15-Rever, 33-Rafael Vaz e 6-Jorge (30-Chiquinho, 40'/2ºT); 8-Márcio Araújo, 5-Willian Arão (18-Leandro Damião, 32'2ºT), 23-Mancuello (31-Fernandinho, intervalo), 35-Diego e 11-Emerson; 9-Guerrero. Técnico: Zé Ricardo + 48Paulo Victor, 2Rodinei, 25Donatti, 4Juan, 26Cuéllar, 17Gabriel, 19Alan Patrick, 7Marcelo Cirino, 47Felipe Vizeu

CORINTHIANS: 27-Walter, 23-Fagner, 15-Vilson, 4-Balbuena e 6-Uendel; 5-Willians, 26-Rodriguinho, 17-Giovanni Augusto (29-Camacho, 35'/2ºT) e 31-Marquinhos Gabriel (8-Marlone, 30'/2ºT); 10-Guilherme e 11-Romero (30-Lucca, 37'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.+ 1-Matheus Caldeira, 12-Cássio,14-Léo, 32-Léo Principe, 13-Guilherme Arana, 16-Cristian, 19-Rildo 9-Gustavo






ANTES DO JOGO DE HOJE, POLICIAIS AGREDIRAM TORCEDORES DO CORINTHIANS NO MARACANÃ. E DEPOIS DELE, FIZERAM PIOR, SEGURARAM A TORCIDA POR 2 HORAS NO ESTÁDIO, COM AGRESSÕES FORA DOS OLHOS DA IMPRENSA E PRENDERAM 40 TORCEDORES QUE ESTARIAM NVOLVIDOS NA PRIMEIRA CONFUSÃO







23/10/2016 19h53

Lucca reclama de impedimento em gol do rival: "Um erro grosseiro"
Atacante deixa o campo revoltado com a arbitragem, que validou gol do rival em posição irregular. Giovanni Augusto afirma que Timão vem sendo prejudicado


Por GloboEsporte.com
Os jogadores do Corinthians deixaram o campo revoltados com a arbitragem no empate por 2 a 2 contra o Flamengo, no Maracanã. A principal revolta, é claro, foi pela validação do primeiro gol rival em posição de impedimento ignorada por um dos auxiliares.


Lucca, que entrou no segundo tempo, foi aos microfones após o apito final para deixar claro o seu descontentamento.


Jogadores do Corinthians durante comemoração de um dos gols do empate fora de casa (Foto: André Durão)


– Se a gente faz um gol desses, iam ficar 15 dias ou um mês falando, em um jogo tão importante e numa fase tão decisiva como essa, não pode ter um erro tão grosseiro como hoje, está errado, pelo amor de Deus, impossível errar dessa forma, três ou quatro metros impedido – afirmou.

Também chateado, o meia Giovanni Augusto lembrou que o Timão vem sendo prejudicado em alguns jogos recentes nesta temporada.

– Saímos na frente duas vezes e eles empataram. Teve um impedimento muito claro, não é possível errar tanto assim com um jogador na frente, tem de tomar alguma atitude, não é de agora que as coisas estão acontecendo contra o Corinthians.


Na sexta posição com 49 pontos, o Corinthians volta a campo no sábado, contra a Chapecoense.






23/10/2016 20h28

Oswaldo lamenta erro contra o Timão, mas valoriza ponto obtido fora de casa
Técnico destaca a boa atuação do Corinthians diante do Flamengo, diz que falha de auxiliar no gol impedido do rival foi prejudicial e admite emoção por retorno ao Maracanã, onde comandou o Corinthians campeão do Mundo


Por GloboEsporte.com
Oswaldo de Oliveira sabia que o desafio contra o vice-líder Flamengo seria enorme no Maracanã, pelo clima criado pelos torcedores e pela capacidade do adversário. Com o Corinthians atrás de uma vaga no G-6, o técnico viu como positivo o ponto obtido no 2 a 2, mas ressaltou que o erro de arbitragem na validação do gol do rival foi muito prejudicial para a equipe.


– Normalmente, poderíamos ter saído com a vitória. Lamento a falha do auxiliar. Mas de qualquer maneira, não é um resultado ruim, somamos um ponto aqui em situação completamente adversa e temos seis jogos para avançar e galgar uma situação melhor – disse.




Na sexta posição com 49 pontos, o Corinthians volta a campo no sábado, contra a Chapecoense. Com uma semana inteira de trabalho, o treinador espera colocar um pouco da sua cara no time, que até agora ainda segue com muitas características do trabalho do auxiliar Fábio Carille.


Oswaldo reclamou de erro contra o Timão
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)


– Difícil ter minha cara. Estou dependente, colhendo informações, tem muita coisa da equipe que não posso alterar com profundidade. Estamos no terço final do campeonato. O que minimamente eu posso, tenho procurado colocar. Teremos uma semana de trabalho, terei ao menos dois dias para colocar algo mais, que também não altere fundamentalmente o que vinha sendo feito. Na medida do possível, tenho procurado personificar a forma do Corinthians jogar – destacou.


Campeão mundial pelo Corinthians em 2000, em empate sem gols contra o Vasco no mesmo Maracanã, o treinador admitiu que o coração bateu forte por voltar a comandar o time no local.


– Uma emoção muito grande, muita coisa passou na minha cabeça. A explosão da nossa torcida nos nossos gols, embora hoje bem melhor (do que 2000), me fez viajar no tempo. Foi uma tarde emocionante – afirmou.

MAIS TRECHOS DA COLETIVA


GOLS DE BOLA AÉREA

Essa questão da bola aérea vem melhorando. Infelizmente no lance do segundo gol do Flamengo, uma coisa que a gente tinha alertado e treinado, mas temos de admitir também a competência do adversário, que tem repetidamente conseguido fazer gols assim. Já o primeiro foi um impedimento flagrante de três jogadores, aí se perde um pouco. Mas no conteúdo do jogo, o Corinthians foi melhor, mais agressivo, criou as melhores oportunidades e até quando ficou com um a menos podia ter feito o gol da vitória.


EVOLUÇÃO

A equipe vem progredindo, evoluindo. Jogou hoje no Maracanã com tantas adversidades e se saiu muito bem. A progressão do trabalho vai nos dar possibilidades, com reflexo do que jogamos aqui, que a equipe progrida e alcance o que queremos, que é uma classificação entre os seis primeiros colocados.


BOA ATUAÇÃO DE WILLIANS

Alguns jogadores no Corinthians vêm numa sequência de jogos muito intensa e com desgaste. O Camacho já não jogou contra o América-MG porque acusava contratura, era arriscado jogar aquela partida e tiramos para ele jogar a Copa do Brasil. Independente disso, precisaríamos de mais agressividade na marcação no meio-campo hoje, pelas presenças de Diego e Arão, que dão o tom nas partidas do Flamengo, que têm dominado os adversários. Hoje, mérito de toda a equipe do Corinthians, Rodriguinho, Giovanni, Guilherme, mas muito também pela colaboração do Willians, conseguimos jogar melhor que os outros adversários que estão encarando o Flamengo aqui. Fomos superiores pela marcação intensa no meio-campo.




UM JOGADOR A MENOS POR 15 MINUTOS

O Flamengo chegou duas vezes com perigo depois da expulsão do Guilherme. Mas nossas duas arrancadas em contra-ataque também foram bem claras, com Marlone e Willians, que poderíamos ter feito gol da vitória. Quando uma equipe tem maioria numérica provocada por cartão, vai pra cima, faz valer esse maior número de jogadores no campo. Mas dentro daquilo que fizemos com a entrada do Lucca conseguimos suportar bem e criar.






























Corinthians não terá meia Guilherme, expulso

Sem esse jogador, Oswaldo de Oliveira pode apostar em Gustavo, dando ao Corinthians uma referência dentro da área, ou manter um time mais técnico e de mais movimentação com Marlone, Lucca ou até mesmo Rildo. A primeira semana livre do novo técnico corinthiano será usada justamente para tirar qualquer dúvida na escalação.


Vale destacar que os zagueiros Balbuena e Vilson e o lateral esquerdo Uendel, apesar de conseguirem passar ilesos pela arbitragem neste domingo, seguem pendurados com dois cartões amarelos. Por outro lado, o defensor Pedro Henrique retorna de suspensão justamente contra a Chapecoense e deve ser titular.








Feliz com atuação do Timão, Oswaldo só lamenta gol ilegal: 'Desequilibra'

Técnico do Corinthians aprova atuação em seu terceiro jogo pelo clube, mas não absolve arbitragem por validar um gol impedido do rival que selou o empate em 2 a 2 deste domingo


LANCE!
23/10/2016
20:50
O Corinthians poderia ter vencido o Flamengo no Maracanã na tarde deste domingo não fosse o erro do trio de arbitragem ao validar um gol impedido do rival. A sensação de que o Timão jogou melhor que o Flamengo, mas não venceu por interferência da arbitragem foi revelada pelo técnico Oswaldo de Oliveira, que fez o terceiro jogo pela nova equipe e segue em busca de uma vaga no G6 e na Libertadores do próximo ano.

- Tem um pontinho que é uma nevralgia, uma debilidade nesse momento agudo da competição, de partidas sendo decididas equivocadamente. É lamentável, porque mexe muito no equilíbrio da competição. Hoje (domingo), com um pouquinho mais de atenção, o Corinthians teria vencido a partida. Mas teve um lance capital que nos tirou a possibilidade - reclamou Oswaldo, que tocou rapidamente no assunto arbitragem antes de falar do "conteúdo do jogo".

- Fomos melhores, mais agressivos, criamos as melhores oportunidades e até quando ficou com um homem a menos podia ter feito o gol da vitória. A equipe vem progredindo, evoluindo, se saiu bem jogando no Maracanã com tantas adversidades. A progressão do trabalho nos dará continuidade para que a equipe alcance o que nós queremos, que é uma classificação entre os seis primeiros colocados - disse.



Oswaldo tem pouco mais de uma semana no Corinthians e já comandou três partidas: vitória por 2 a 0 contra o América-MG, derrota por 4 a 2 para o Cruzeiro que selou a eliminação na Copa do Brasil e empate em 2 a 2 com o Flamengo neste domingo, no Maracanã. A equipe está em sexto lugar na tabela de classificação e só sai do G6 se o Atlético-PR vencer na segunda-feira.

Segundo o treinador, o que fez a diferença contra o Flamengo para a equipe somar um ponto e se aproximar dos objetivos até o fim do ano foi a qualidade da marcação no meio-campo.

- Precisávamos de mais agressividade na marcação no meio-campo, especialmente pelas presenças de Diego e Arão, que dão o tom nas partidas do Flamengo. Hoje, claro, mérito de toda a equipe do Corinthians, Rodriguinho, Giovanni, Guilherme, mas muito também pela colaboração do Willians, conseguimos jogar melhor que os adversários que estão encarando o Flamengo aqui. Fomos superiores pela marcação intensa no meio - disse


O Corinthians foi prejudicado de novo pela arbitragem neste Brasileiro e empatou fora de casa.

Com o empate, o Corinthians foi a 49 pontos, entrando momentaneamente no G6 da Série A. Na próxima rodada,o Timão recebe a Chapecoense em casa. Ambas as partidas serão no sábado.

Os primeiros minutos foram muito animados. Guerrero escorou para o gol a bola que veio no rebote do goleiro. Ilusão. Ele estava impedido. E muitos torcedores nem sequer tinham percebido a anulação do gol quando Guilherme deu um chute colocado no canto de um mal posicionado Alex Muralha e abriu o placar para o Corinthians. Fazia tempo que a torcida do Fla não ia tão rápido da euforia à frustração.

Guerrero, impedido, fez de cabeça em gol para empatar o placar.  E quem disse que o auxiliar Rafael Alves marcou? Não teve voz do além, inspiração divina ou qualquer outro evento capaz de impedir o erro de arbitragem
O jogo seguiu, caiu um pouco de ritmo, mas o Timão se mostrou mais organizado, especialmente aproveitando a frouxidão da marcação dos anfitriões. E foi numa jogada com campo livre para atacar que o gol mais bonito do jogo saiu. Nos acréscimos do primeiro tempo, um corta-luz fatal de Guilherme deixou Rodriguinho na boa para bater de primeira e murchar o Maracanã. 
No segundo tempo, Guerrero empatou

A pressão sobre o Corinthians cresceu quando Guilherme recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mas o Flamengo não acertou mais o pé. E o jogo acabou mesmo no empate.

fla 2 X 2 CORINTHIANS
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 23/10/2016, às 17h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael Alves e Elio Nepomuceno (RS)
Cartões amarelos: Emerson Sheik (FLA) Guilherme, Giovanni Augusto, Rodriguinho, Walter (COR)
Cartão vermelho: Guilherme, 31'/2ºT (COR)
Renda/Público: R$ 3.203.207,50 / 54.250 pagantes
Gols: Guilherme, 6'/1ºT (0-1); Guerrero, 14'/1ºT (1-1); Rodriguinho (46'/1ºT) e Guerrero, 13'2ºT (2-2)

fla: Alex Muralha, Pará, Rever, Rafael Vaz e Jorge (Chiquinho, 40'/2ºT); Márcio Araújo, Willian Arão (Leandro Damião, 32'2ºT), Mancuello (Fernandinho, intervalo), Diego e Emerson Sheik; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

CORINTHIANS: Walter, Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Willians, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Camacho, 35'/2ºT) e Marquinhos Gabriel (Marlone, 30'/2ºT); Guilherme e Romero (Lucca, 37'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.








Após gol impedido do Fla, corinthianos disparam contra arbitragem

Timão empatou por 2 a 2 com o Fla neste domingo. Primeiro gol rival estava em posição de impedimento. Lucca e Giovanni Augusto reclamaram após o jogo

LANCE!
23/10/2016
20:05


A arbitragem novamente foi assunto neste domingo. Após levar  um gol impedido, os jogadores do Corinthians não esconderam a insatisfação depois do empate por 2 a 2 no Maracanã. Influenciado pelo assistente, o juiz Anderson Daronco não invalidou o gol anotado pelo atacante peruano, que estava bem adiantado no momento da cobrança de falta
- Se a gente faz um gol desses, iam ficar 15 dias falando. Não pode ter um erro tão grosseiro como esse, é impossível errar dessa forma - disparou o atacante Lucca, bastante exaltado na saída de campo.

O meia Giovanni Augusto reforçou as críticas contra a arbitragem deste domingo. O jogador ainda disse acreditar que o Corinthians precisa tomar alguma atitude contra os erros.

- Foi um bom jogo, sabemos a difculdade de jogar no Maracanã contra o Flamengo, mas saímos na frente do palcar duas vezes. O primeiro gol deles te um impedimento claro, não é possível que ele consiga errar tanto assim. Acredito que temos que tomar alguma atitude, não é de agora que as coisas estão acontecendo contra o Corinthians, mas a equipe está de parabéns - afirmou Giovanni.

Com o empate, o Corinthians chegou aos 49 pontos e voltou ao G6 do Brasileirão. 
















CORINTHIANS e notas dos jogadores:

8,0
Walter
Quatro defesas difíceis que provam mais uma vez seu altíssimo nível. Acertou até quando sofreu um gol.

6,0
Fagner
Controlou bem as chegadas dos rivais e ficou mais resguardado na defesa. Bem.

5,0
Balbuena
Perdido no lance do segundo gol, também exagerou nas faltas. Saída de bola problemática.

5,5
Vilson
Experiente, atrapalhou o rival em diversos lances. Não errou passes, mas errou posicionamento.

5,5
Uendel
Saída de bola difícil, com seis erros de passe, mas cumpriu bem seu papel defensivo e pouco atacou.

6,5
Willians
Líder de desarmes do jogo, teve atuação muito segura e deixou a defesa menos exposta em campo.

5,5
Marquinhos Gabriel
Pouco ativo no ataque, mas muito solidário na marcação dos laterais. Cumpriu a missão.

5,0
Giovanni Augusto
Pouca produção ofensiva. Bola pareceu queimar no pé, tamanha velocidade para ‘se livrar’ da ação.

7,5
Rodriguinho
Desarmou, tocou e recebeu. Belo gol no fim do primeiro tempo. Foi por quem mais a bola passou.

5,5
Romero
Interessado, veloz nos contra-ataques, mas pouco inteligente na tomada de decisões. Jogo regular.

7,0
Guilherme
Seria o melhor do time não fosse a expulsão boba. Fez gol, arriscou outras vezes e contribuiu muito.

6,0
Marlone
Pouco tempo em campo, mas o suficiente para criar boa chance. Seria mais útil com mais tempo.

5,0
Camacho
Missão era ingrata, de melhorar a qualidade na saída de bola e contra-ataque. Não ajudou tanto assim.

5,5
Lucca
Arriscou, mesmo sem posição definida e com o time sob pressão. Atitude vale elogios: sempre corre.

6,5
Oswaldo de Oliveira
Time organizado e inteligente, apesar da pressão no fim. Corrigiu parte de um problema defensivo.





23/10/2016 20h43

Atuações do Corinthians: Timão tem boa atuação no Maraca


Por Marcelo Braga





Walter
Fez ótimas defesas no segundo tempo, segurando o empate. Não teve grande culpa nos gols - o primeiro estava impedido e, no segundo, fez defesa parcial. Passa segurança ao time. Nota: 7,5




Guilherme comemora o primeiro gol do Corinthians com Rodriguinho (Foto: André Durão)

Guilherme
Abriu o placar com um belo gol, em chute colocado de fora da área, e depois fez corta-luz para o marcado por Rodriguinho. Prejudicou uma bela atuação, porém, ao ser expulso de maneira infantil, atrasando uma batida de falta a 15 minutos do fim do jogo. Nota: 6


Rodriguinho
Mais um belo gol na temporada, esse em contra-ataque perfeito do Timão. Além do golaço, conduziu o time no meio-campo, distribuindo passes e ajudando na marcação. Nota: 7,5


Vilson
Apesar do Corinthians ter sofrido dois gols, o zagueiro se destacou bastante, com desarmes e antecipações. Mostrou a segurança que se espera dele por sua experiência. Nota: 7


Veja todas as notas dos corintianos:


Walter [GOL]: 7,5
Fagner [LAD]: 6,5
Vilson [ZAG]: 7
Balbuena [ZAG]: 6,5
Uendel [LAE]: 6,5
Willians [VOL]: 7
Rodriguinho [MEC]: 7,5
Giovanni Augusto [MEC]: 6,5
(Camacho [MEC]): 6,5
Marquinhos Gabriel [MEC]: 6,5
(Marlone [MEC]): 6,5
Romero [ATA]: 6,5
(Lucca [ATA]): 6,5
Guilherme [MEC]: 6

Estatísticas de Flamengo 2×2 Corinthians




Corinthians conseguiu segurar o empate com o Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Fotoarena)

NÚMEROS GERAIS DE  2X2 CORINTHIANS:
– Dados Footstats

Posse de bola do Flamengo: 59,9%
Posse de bola do Corinthians: 40,1%
Finalizações certas do Flamengo: 9
Finalizações certas do Corinthians: 3
Finalizações erradas do Flamengo: 11
Finalizações erradas do Corinthians: 6
Cruzamentos certos do Flamengo: 9
Cruzamentos certos do Corinthians: 1
Cruzamentos errados do Flamengo: 32
Cruzamentos errados do Corinthians: 4
Passes certos do Flamengo: 384
Passes certos do Corinthians: 203
Passes errados do Flamengo: 29
Passes errados do Corinthians: 40
Lançamentos certos do Flamengo: 20
Lançamentos certos do Corinthians: 11
Lançamentos errados do Flamengo: 22
Lançamentos errados do Corinthians: 30
Desarmes certos do Flamengo: 20
Desarmes certos do Corinthians: 20
Faltas cometidas pelo Flamengo: 13
Faltas cometidas pelo Corinthians: 18





Nota Oficial - Lamentável agressão a torcedores no Maracanã

22h10 23/10/2016 - Agência Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista repudia a atitude covarde tomada pela Polícia Militar do Rio de Janeiro após o jogo da tarde deste domingo (23) contra a equipe do Flamengo.

A fim de capturar 40 torcedores que supostamente se envolveram em briga com policiais, a PM aprisionou 3 mil torcedores do Corinthians no Estádio do Maracanã, fez com que todos eles tirassem a camisa e está liberando a saída de cinco em cinco pessoas.

É inaceitável que uma briga aconteça dentro do estádio entre alguns torcedores e a Polícia e a mesma não tenha capacidade de prender em flagrante os envolvidos, fazendo com que todos os outros corinthianos que lá estejam sejam agredidos como cidadãos.

A segurança dentro dos estádios já não está boa há muito tempo. Esta ação covarde e despreparada da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro é mais um triste episódio. A barbaridade cometida esta noite precisa ser avaliada pelas autoridades públicas competentes, a fim de que as pertinentes punições não se restrinjam aos torcedores envolvidos na briga.






Oswaldo se diz satisfeito com empate, mas lamenta: "Poderíamos ter saído com a vitória"

Técnico do Corinthians também falou sobre voltar como técnico alvinegro ao Maracanã, palco da conquista do Mundial de Clubes da FIFA em 2000




20h00 23/10/2016 - Agência Corinthians

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após o empate em 2 a 2 contra o Flamengo no Maracanã neste domingo (23), o técnico Oswaldo de Oliveira se mostrou satisfeito com o resultado que levou momentaneamente o Corinthians ao G6 do Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva, o treinador alvinegro chegou a lamentar pelo Timão não ter vencido uma partida em que esteve duas vezes na frente no placar, mas viu o ponto somado como importante para a sequência da competição.

"Normalmente poderíamos ter saído com a vitória. Mas de qualquer maneira, não é um resultado ruim, somamos um ponto aqui em situação completamente adversa e temos seis jogos para avançar e galgar uma situação melhor", comentou o treinador corinthiano.

De volta ao estádio do Maracanã como comandante alvinegro, Oswaldo admitiu a emoção e relembrou a conquista do Mundial de Clubes da FIFA em 2000, época da primeira passagem dele como técnico do Corinthians.
"Foi uma emoção muito grande, hoje muita coisa passou na minha cabeça. A explosão da nossa torcida nos nossos gols, embora hoje bem menor, me fez viajar no tempo. Foi uma tarde emocionante", completou Oswaldo.

O Corinthians exige uma atitude urgente do Secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro para punir o descalabro perpetrado esta tarde por policiais militares no estádio do Maracanã.











Corinthians retorna ao G-6
Em partida com briga de torcida antes de a bola rola, Corinthians prejudicado por gol impedido de rival, polêmicas e uma expulsão, cariocas e paulistas ficam no 2 a 2 pela 32ª rodada do Brasileirão


Por GloboEsporte.com

Flamengo e Corinthians fizeram um jogo emocionante no retorno do Maracanã ao Brasileirão. Na tarde deste domingo, pela 32ª rodada, cariocas e paulistas empataram por 2 a 2, com gols de Guilherme e Rodriguinho para o Timão, e dois de Guerrero (um deles impedido) para o rival. O resultado foi bom para os visitantes, que jogaram boa parte do segundo tempo com um a menos







Fagner (Foto: André Durão / GloboEsporte.com)

Com essa igualdade fora de casa, o Corinthians vai a 49 pontos e entra no G-6

O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado, às 16h30, pela 33ª rodada da competição, e recebe a Chapecoense na Arena Corinthians.

Primeiro tempo


Sobrou emoção no primeiro tempo do duelo entre cariocas e paulistas no Maracanã. Logo aos quatro minutos, Guerrero aproveitou rebote de Walter após chute de Mancuello e, impedido, fez o gol. O árbitro, porém, assinalou posição irregular. No lance seguinte, aos cinco, Corinthians abriu o placar. Guilherme chutou colocado, de fora da área, sem chance para Muralha.

O Flamengo, então, partiu para cima em busca do empate. E conseguiu. Aos 14 minutos, depois de falta cruzada por Diego, Guerrero fez de cabeça. O peruano e mais dois jogadores estavam em posição de impedimento, mas, dessa vez, o juiz validou o gol de maneira equivocada. Houve reclamação por parte dos corinthianos, mas a igualdade foi confirmada.

A partir daí, o jogo esquentou ainda mais. Faltas mais duras, lances polêmicos, discussões... A arbitragem teve de usar o cartão amarelo para controlar o ânimo dos jogadores. Só que a zaga do Flamengo não conseguiu segurar o Corinthians. Aos 46, Romero cruza da direita, Guilherme faz o corta-luz, e Rodriguinho bate de esquerda para colocar o Alvinegro em vantagem.



Rodriguinho comemora o segundo gol do Corinthians contra o Flamengo (Foto: André Durão)

Segundo tempo


O Flamengo voltou melhor para a etapa final. Com boa presença no ataque, manteve pressão sobre o Corinthians e chego ao gol de empate aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio de Diego, Réver desviou, e Willian Arão cabeceou para boa defesa de Walter. Só que Guerrero, oportunista, aproveitou o rebote, e fez o segundo do Rubro-Negro.


Diferentemente do primeiro tempo, quando conseguiu encaixar bom toque de bola, o Corinthians tinha muita dificuldade em retomar a posse de bola. O Flamengo, por sua vez, tinha em Diego sua principal arma para criar jogadas de perigo. A torcida sentiu o melhor momento dos donos da casa e apoio fervorosamente da arquibancada.


O jogou ganhou um fato novo aos 31 minutos, quando Guilherme foi expulso e deixou o Timão com um a menos. O jogador, que já tinha cartão amarelo, entrou na frente de Réver para impedir reposição de bola e foi advertido pela segunda vez. Com a vantagem numérica, o Flamengo tentou pressionar, mas o empate permaneceu no placar.









Corinthians empata jogo contra Flamengo no Maracanã pelo Brasileirão

Timão chegou a estar duas vezes na frente no placar, com gols de Guilherme e Rodriguinho, mas saiu do Rio de Janeiro com um empate na bagagem


19h30 23/10/2016 - Agência Corinthians



Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
O Corinthians empatou com o Flamengo por 2 a 2 no Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ, neste domingo (23), pelo Campeonato Brasileiro. Com gols de Guilherme e Rodriguinho, ambos no primeiro tempo, a equipe alvinegra chegou aos 49 pontos, ocupando momentaneamente a sexta colocação na tabela de classificação do Brasileirão, dentro da zona de classificação para a Libertadores 2017.

Ligado desde o início, o Timão abriu o placar logo aos seis minutos. Após lançamento do goleiro Walter, Romero escorou de cabeça, e a bola sobrou para Guilherme, que chutou de fora da área e marcou um belo gol. Porém, aos 15, o Flamengo chegou ao empate com gol de Guerrero. Apesar de o atacante rubro-negro estar em posição de impedimento, o lance foi validado pela arbitragem.

O restante da primeira etapa foi bastante equilibrado. No úlitmo minuto, o Timão voltou a ficar na frente. Romero fez jogada pela direita e rolou para área. Guilherme deixou a bola passar entre as pernas e Rodriguinho mandou para as redes.

No segundo tempo, o Flamengo chegou ao empate com outro gol de Guerrero. Com um jogador a menos a partir dos 22 minutos, com a expulsão de Guilherme, o Timão segurou a pressão e passou a explorar os contra-ataques. No fim, o Alvinegro chegou a ter chances para marcar o terceiro em um jogo aberto, mas o placar não sofreu mudanças.

A equipe do Corinthians volta a campo no sábado (29). Às 16h30, pela 33ª rodada do Brasileirão 2016, o Timão recebe a Chapecoense na Arena Corinthians
















Corinthians ‏@Corinthians

Com o cheirinho de impedimento hoje, já são 5 falhas nos últimos 6 jogos. Esperamos não contar mais erros nas próximas rodadas.

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Após uma grande jogada coletiva, Rodriguinho fez o segundo do #Timão no empate com o Flamengo por 2 a 2 no Maracanã. #VaiCorinthians

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Elenco todo comemorando o gol do Guilherme, o primeiro do #Timão hoje no empate com o Flamengo por 2 a 2 no Maracanã. #VaiCorinthians

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

O #Corinthians volta a campo no sábado (29), às 16h30, quando enfrenta a Chapecoense na @A_Corinthians pelo Brasileirão. #VaiCorinthians




Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Fim de jogo no Maracanã! Com gols de Guilherme e Rodriguinho, o #Timão empata com o Flamengo por 2 a 2. #FLAxCOR

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

QUASE!! Marlone rece do lado esquerdo e bate cruzado. A bola passa ao lado do gol adversário.




#FLAxCOR 2-2 39' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Terceira e última mudança no #Timão: sai Romero e entra Lucca.




#FLAxCOR 2-2 37' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Substituição no Corinthians: sai Giovanni Augusto para a entrada de Camacho.




#FLAxCOR 2-2 35' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Guilherme recebe o segundo cartão amarelo e é expulso

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Substituição no Corinthians: sai Marquinhos Gabriel para a entrada de Marlone.




#FLAxCOR 2-2 30' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

#Timão segura o ímpeto do adversário e tenta explorar os contra-ataques.




#FLAxCOR 2-2 28' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Flamengo 2x2 Corinthians

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Os caras dos gols do #Corinthians no primeiro tempo: 2 a 1 sobre o Flamengo no Maracanã! #VaiCorinthians #FLAxCOR




Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Rola a bola para a segunda etapa de Flamengo 1x2 Corinthians.




#FLAxCOR 1-2 0' 2T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Fim de primeiro tempo no Maracanã! Flamengo 1x2 Corinthians.




#VaiCorinthians #FLAxCOR

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Romero cruza, Guilherme abre as pernas e Rodriguinho fuzila para fazer um golaço no Maracanã!!!!




#FLAxCOR 1-2 45' 1T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

GOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLL!!!!!

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Com a igualdade no placar, partida é bastante disputada até aqui. Equipes mantém postura cautelosa.




#FLAxCOR 1-1 44' 1T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

QUASE!!! Romeo arrisca da entrada da área e a bola passa por cima do gol!




#FLAxCOR 1-1 22' 1T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Flamengo 1x1 Corinthians

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

Guilherme recebe lançamento de Walter, chuta de fora de área e abre o placar no Maracanã!!!




#FLAxCOR 0-1 06' 1T

Corinthians ‏@Corinthians 23 de out

GOOOOOOOOOOOOOOLLLLLL!!!!!!!

Bola rolando no Maracanã!




Vamos Corinthians!! Este jogo, teremos que ganhar!!




#FLAxCOR 0-0 0' 1T

1, 2, 3, Corinthians!!! #VaiCorinthians

Falta pouco! Daqui a pouco, o #Timão sobe ao gramado do Maracanã para enfrentar o Flamengo! #FLAxCOR #VaiCorinthians












23/10/2016 07h15

Corinthians sub 20 enfrenta s7os  por vaga nas quartas de final do Paulista sub-20
Partida será realizada neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Barueri

Por GloboEsporte.com

O Corinthians sub 20 enfrenta s7os neste domingo, pelo jogo de volta das oitavas de final do Campeonato Paulista sub-20. A partida será realizada na Arena Barueri, às 16h (de Brasília).

No ano passado, as equipes decidiram a competição. O Corinthians ficou com o título

Atual bicampeão, o Corinthians precisa da vitória para classificar às quartas de final. A equipe comandada por Osmar Loss venceu 13 partidas, empatou quatro e perdeu outras quatro. O ataque balançou as redes 42 vezes e a defesa foi surpreendida em 16 oportunidades.~






Corinthianos esperam mostrar serviço a Oswaldo nas últimas rodadas
Elenco pode passar por reformulação e jogadores que buscam permanecer têm que mostrar serviço na reta final do Campeonato Brasileiro



Rodriguinho ganhou espaço no Corinthians em 2016, e quer mostrar serviço para Oswaldo (GettyImages)
23/10/2016 9h34

As últimas rodadas do Campeonato Brasileiro não servirão somente para os jogadores do Corinthians tentarem a classificação para a Copa Libertadores da América de 2017. A maioria deles também quer aproveitar os jogos para provar ao recém-chegado Oswaldo de Oliveira que poderão ter utilidade na próximo temporada.

“Tenho certeza de que todos honrarão a camisa até o fim e mostrarão ao treinador que chegou agora que possuem plenas condições de jogar aqui. Até porque poderá ser feita uma remontagem do elenco. Ninguém sabe”, comentou o meia Rodriguinho, um dos que ganharam espaço a partir do último desmanche.

Reserva do elenco do Corinthians hexacampeão brasileiro em 2016, Rodriguinho venceu a concorrência de Guilherme e virou titular absoluto do posto que pertencia a Renato Augusto. No final do ano, apesar da temporada ruim do Corinthians, ele já se vê como um dos líderes do grupo que foi chefiado por Tite, Cristóvão Borges e Fábio Carille e hoje é de Oswaldo de Oliveira.
“Estou vivendo um momento muito bom, um dos melhores desde que cheguei ao Corinthians. Tenho tentado assumir novas funções, ajudar um pouco mais. Sou um dos que estão aqui há mais tempo, e isso me deixa tranquilo para falar com os outros. Mas temos mais jogadores que chamam a responsabilidade. Ninguém fica sobrecarregado”, disse.

A missão da diretoria do Corinthians é trazer mais atletas de personalidade para o elenco em 2017. Quem não agradou em 2016 corre o risco de parar na reserva ou deixar o clube.

“Somos avaliados sempre, independentemente se é um jogo amistoso, uma pré-temporada nos Estados Unidos”, minimizou Rodriguinho, agora pensando no presente do Corinthians. “O objetivo óbvio é a conquista da vaga na Libertadores. Vamos lutar de todas as maneiras por isso, até porque é algo que também fará o próximo ano ser bem melhor”, concluiu.









NA HISTÓRIA CORINTHIANS TEM 52 VITÓRIAS CONTRA 49 EM CONFRONTOS DIRETO CONTRA fla



De Zé Maria a Fagner: após 40 anos, Invasão inspira Timão no Maracanã

Contra um adversário superior, Timão de Zé Maria fez bonito em 1976. E como será com o de Fagner?
O Corinthians surpreendeu ao atingir as semifinais do Brasileirão de 1976. O problema é que o adversário era o forte Fluminense, de Carlos Alberto Torres e Rivelino, em jogo único no Maracanã. Problema? Não foi bem assim...

“Reforçado” por pelo menos 70 mil torcedores (há quem diga que foi até mais), no episódio que ficou conhecido como Invasão Corinthiana, o Timão jogou em casa no Maraca, segurou o empate contra um adversário tecnicamente bem melhor e foi à final na decisão por pênaltis. O resto é história. E a lembrança vive.

– A Invasão é algo que está na história do clube e que ficou marcada. Demonstra o amor pelo clube e de sempre estar torcendo, independentemente de onde seja. Com certeza isso inspira a todos os jogadores, sempre ouvimos falar do que aconteceu aquele dia – disse, ao LANCE!, o lateral Fagner, que será titular do Corinthians neste domingo, às 17h, contra o Flamengo, no... Maracanã.

O Timão tem motivos de sobra para acreditar em um bom resultado. Além da motivação por um fim de ano mais feliz após a queda na Copa do Brasil e a ambição de atingir o G6 do Brasileiro, a ideia é se superar.

Como em 5 de dezembro de 1976, quando tantos desafios foram ultrapassados por time e torcida, quase 40 anos depois a meta não mudou. Zé Maria, que atuava na mesma posição em que Fagner se destaca atualmente, e foi o autor do gol que deu a classificação às finais, acha possível uma nova surpresa.

– Tecnicamente o Fluminense era bem melhor em 76, reconhecíamos isso. Só teríamos resultado ali com vontade, garra e disposição. E foi o que aconteceu. Se o Corinthians tiver essa vontade pode acontecer um resultado bom contra o Flamengo agora. Essa é a minha torcida – avisa o Super Zé.

Fagner, que pode ser um dos responsáveis por reeditar a história no Maracanã, não esconde sua ansiedade.

– Vai ser especial. A esperança é de fazer um grande jogo e de buscar uma vitória, que será importante para nós dentro da competição.

Inspiração é que não vai faltar.

BATE-BOLA com ZÉ MARIA
ÍDOLO DO CORINTHIANS

O Corinthians da Invasão pode inspirar a equipe no Maracanã?
A Expectativa é grande, mas temos que ter paciência. Não é um momento bom do Corinthians, a equipe é jovem, não está conseguindo reeditar as melhores histórias do Maracanã. Só que vai ser difícil para os dois. O Flamengo hoje está mais motivado em função da briga pela liderança, torcida mais inflamada, mas nós temos essa intenção de alcançar o mesmo grau.

Tem visto os jogos atualmente? E o que tem achado? Acha que o Oswaldo pode ajudar a resolver?
Tenho visto mais pela televisão, é um time que está em formação porque o desmanche foi muito pesado. Aí faz um jogo bom e outro ruim. Esse do Cruzeiro tomou quatro gols de falta de atenção, inexperiência, mas tem que se acostumar, ver se o treinador reorganiza. É um time para dois anos na frente, não para agora. Mas o Oswaldo é experiente, conhece os adversários e saberá tirar as falhas. Ele chegou num momento difícil para o clube e terá que trabalhar muito.





Walter completa 50 jogos pelo Corinthians neste domingo
Goleiro do Timão desde 2013, o camisa 27 alcançará marca importante no duelo do Maracanã, justamente contra um time que considerou a sua contratação anteriormente
Walter soma 18 jogos nesta temporada
Gabriel Carneiro 23/10/2016 07:30
Titular do Corinthians pela sexta vez consecutiva, o goleiro Walter alcançará uma marca importante na tarde deste domingo, contra o Flamengo, no Maracanã: será seu jogo de número 50 pelo Timão em pouco mais de três anos desde que foi destaque do Campeonato Paulista, na temporada 2013, pela União Barbarense.

Walter estreou pelo Corinthians em 19 de outubro de 2013, em partida contra o Criciúma pelo Brasileirão. Desde então foram 49 jogos, com 26 vitórias, dez empates e 13 derrotas, além de 40 gols sofridos até agora.

Até pouco tempo, Walter era apenas suplente de Cássio nos jogos em que o camisa 12 estava lesionado ou suspenso. Foi justamente durante uma lesão do goleiro do Corinthians bicampeão mundial que Walter assumiu a vaga e teve boas atuações. Oswaldo de Oliveira, assim como fez Tite no início do ano, bancou a titularidade de Walter na equipe.








23/10/2016 13h26
Oswaldo revisita memórias no Timão e celebra volta: "Experiência"
Técnico inicia terceira passagem pelo clube e diz que vontade de retornar era antiga. Em passeio no memorial alvinegro, ele relembra conquistas de seu início de carreira
Por GloboEsporte.com


Campeão paulista e brasileiro em 1999, campeão mundial em 2000. Técnico de três grandes conquistas da história do Corinthians, Oswaldo de Oliveira ainda não tinha visto as taças que ajudou a ganhar em exposição no memorial do clube. Por isso, ele se emocionou ao revisitar cada título.
A convite do Esporte Espetacular, da TV Globo, Oswaldo caminhou lentamente pelo memorial de conquistas do Timão, no Parque São Jorge, e se arrepiou. Ao lado do repórter Mauro Naves, ele lembrou que tinha o compromisso de voltar ao Corinthians um dia. Fato que se concretizou há uma semana 




Oswaldo de Oliveira Corinthians Esporte Espetacular (Foto: Diego Ribeiro)
Oswaldo de Oliveira visita o memorial do Corinthians no Parque São Jorge: recordações (Foto: Diego Ribeiro)


– Na verdade, eu tinha uma vontade muito grande desde que voltei do Japão, uma vontade muito grande de voltar para onde tudo começou. Aquele início em 98 e 99 foi muito tenso, pesado para conseguir me organizar e trabalhar. Hoje olho para aquela situação e vejo que tenho muito mais experiência, então gostaria de experimentar novamente essa experiência. Alguns anos atrás, desde que Roberto de Andrade era diretor de futebol, ele fez alguns contatos comigo. Gradativamente isso foi crescendo. Na terceira vez, pensei: não tem jeito – relatou Oswaldo.



Oswaldo de Oliveira Corinthians Esporte Espetacular (Foto: Diego Ribeiro)
Técnico posa ao lado do troféu do Mundial de Clubes de 2000, conquistado por ele (Foto: Diego Ribeiro)
Diante do Flamengo, neste domingo, às 17h (horário de Brasília), Oswaldo fará apenas seu terceiro jogo desde que voltou ao Corinthians. Eliminado da Copa do Brasil, o time tem sete jogos no Campeonato Brasileiro para tentar se classificar entre os seis primeiros e conquistar uma vaga na Taça Libertadores de 2017.
– Eu acho que dá, temos uma possibilidade muito grande. Venha o que vier, tem de encarar. Como os jogadores dizem, tem de ir pra cima – disse Oswaldo de Oliveira.
Com 48 pontos, o Corinthians planeja quatro vitórias nos sete jogos finais do Brasileirão para conseguir a vaga na Libertadores.



Na volta do Maracanã ao futebol brasileiro, Corinthians enfrenta Flamengo pelo Brasileirão
Timão busca a vitória no Rio de Janeiro para tentar voltar ao grupo dos seis primeiros colocados da competição, que se classificam para a Libertadores 2017


10h00 23/10/2016 - Agência Corinthians


Uendel fez gol na última vez em que o Corinthians esteve no Maracanã: 3 a 0 sobre o Flamengo em 2015
Uendel fez gol na última vez em que o Corinthians esteve no Maracanã: 3 a 0 sobre o Flamengo em 2015
© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


Neste domingo (23), o Corinthians tem mais um importante compromisso pelo Campeonato Brasileiro 2016. O Timão participará da volta do Maracanã ao futebol brasileiro ao enfrentar o Flamengo, vice-líder da competição, às 17h, no Rio de Janeiro-RJ. Globo (para todo o Brasil, menos RS) e Premiere transmitem a partida ao vivo.


Para o Alvinegro do Parque São Jorge, o jogo servirá como mais uma tentativa de se manter próximo e até mesmo entrar no bloco de classificação para a Libertadores 2017 -- os seis primeiros se classificam. Neste momento, o Corinthians é o sétimo colocado com 48 pontos, empatado com o sexto, o Atlético-PR. Uma combinação de resultados pode levar o Timão ao G6.


"Esse ano temos de conseguir a Libertadores de todas as maneiras, até para que o próximo ano seja bem melhor. Tenho certeza de que todos que estão aqui vão honrar a camisa até o fim", afirmou Rodriguinho.


No treino realizado no último sábado (22) no CT Dr. Joaquim Grava, Oswaldo de Oliveira definiu a provável escalação da equipe alvinegra. Sem Pedro Henrique, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o Corinthians deve entrar em campo com Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Willians, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto; Romero e Guilherme. Foram relacionados 22 jogadores para a duelo.


Em toda a história, Corinthians e Flamengo se enfrentaram 127 vezes. Com retrospecto equilibrado, o Timão leva vantagem sobre a equipe carioca: foram 52 vitórias, 26 empates e 49 derrotas.


No primeiro turno do Brasileirão 2016, em confronto realizado na Arena Corinthians, o Corinthians goleou o Flamengo por 4 a 0. Na oportunidade, Romero (2), Guilherme e Rildo marcaram os gols corinthianos.


O confronto marcará a volta do Maracanã, que ainda não recebeu partidas do Campeonato Brasileiro 2016 por conta dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Inclusive, as lembranças são muitos boas da última vez em que o Timão esteve no estádio. No dia 12 de julho de 2015, pelo Brasileirão do ano passado, o Alvinegro conquistou uma contundente vitória sobre o Flamengo por 3 a 0. Esse triunfo marcou o início de uma grande caminhada rumo ao hexacampeonato brasileiro.


Confira os relacionados para o jogo contra o Flamengo


Goleiros: Matheus Vidotto (1), Cássio (12) e Walter (27)
Zagueiros: Balbuena (4), Léo Santos (14) e Vilson (15)
Laterais: Uendel (6), Guilherme Arana (13), Fagner (23) e Léo Príncipe (32)
Volantes: Willians (5), Cristian (16) e Camacho (29)
Meias: Marlone (8), Guilherme (10), Giovanni Augusto (17), Rodriguinho (26) e Marquinhos Gabriel (31)
Atacantes: Gustavo (9), Romero (17), Rildo (19) e Lucca (30)











Há 95 anos, Corinthians fazia maior número de gols em um só jogo da história do clube

Jogando no antigo estádio da Ponte Grande, Timão goleou o Internacional da Capital por incríveis 12 a 2


13h30 23/10/2016 - Agência Corinthians

No dia 23 de outubro de 1921, há 95 anos, o Corinthians fez o maior número de gols em uma só partida da história da equipe alvinegra. Em partida válida pelo Campeonato Paulista, no estádio da Ponte Grande, o Timão derrotou o Internacional da Capital pelo placar de 12 a 2.

A equipe corinthiana entrou em campo na ocasião com Alonso; Nando, Ferruccio, Gano e Ciasca; Amílcar, Rato, Tatu e Neco; Rivetti e Gambarotta. Com cinco gols marcados, o destaque da histórica partida foi o volante Amílcar. Os outros tentos alvinegros foram marcador por Tatu (três vezes), Neco (duas vezes) e Rivetti (duas vezes).