17 de out de 2016

CORINTHIANS 17/10/2016


CORINTHIANS VENCE POR 6X1 O YOKA E ESTÁ NA FINAL DA LIGA PAULISTA DE FUTSAL




Dupla volta aos treinos no Timão, que ganha dúvidas para a Copa do Brasil

Camacho e Gustavo participam de trabalho em campo, mas só o primeiro tem chances de atuar pelo Corinthians contra o Cruzeiro, nesta quarta. No ataque, Marquinhos Gabriel está apto.

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)


Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)

Treino do Corinthians nesta segunda-feira
(Foto: Daniel Augusto Jr./ACorinthians)


Gabriel Carneiro
17/10/2016
18:37

O Corinthians se reapresentou hoje a tarde após segunda vitória seguida no Brasileiro, sendo ontem em jogo de estréia do técnico
Oswaldo de Oliveira 



A novidade para quarta é que o meia Marquinhos Gabriel poderá voltar ao nesta quarta-feira, às 21h45, quando o Corinthians joga fora de casa pelo jogo de volta da Copa do Brasil contra Cruzeiro, precisando de um empate (Corinthians venceu ida por 2x1). Só que tem um problema... quem sai? Nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco após a vitória do fim de semana, o novo técnico não só adiou a definição desta dúvida como ganhou outra, com Camacho.

Ausente na vitória corinthiana de ontem em razão de um desconforto muscular, o volante treinou com o restante dos companheiros no primeiro trabalho da semana e pode ficar novamente à disposição no compromisso do Mineirão. Ele deve voltar e Willians sais. Já do meio para frente, o retorno de Marquinhos Gabriel cria disputa por posição com Romero, que voltou das Eliminatórias da Copa do Mundo fazendo gol contra o América-MG. As decisões serão tomadas apenas no treinamento desta terça-feira, às 16h, no CT Joaquim Grava.

Os titulares da vitória do fim de semana fizeram só um trabalho físico na academia, enquanto os reservas foram a campo para um treino técnico em espaço reduzido, com foco em triangulações e trocas de passes. A atividade foi encurtada pelo forte temporal que atingiu a região no meio da tarde.

Além de Camacho e Marquinhos Gabriel, outra novidade foi o atacante Gustavo. O camisa 9 já havia participado de atividades com bola desde que lesionou a coxa esquerda, mas desta vez esteve do início ao fim do trabalho e mostrou que está recuperado. Contra o Cruzeiro, porém, ele não fica nem no banco, pois não está inscrito na Copa do Brasil, do mesmo modo que os volantes Marciel e Jean.

As voltas de Camacho e Marquinhos Gabriel e os desfalques de Gustavo, Marciel e Jean significam que Oswaldo de Oliveira terá apenas Yago e Danilo como desfalques. Os dois jogadores estão lesionados e voltam ao futebol só em 2017. Bruno Paulo também segue fora, com dores nas costas.








17/10/2016 19h29
No treino de hoje do Corinthians, meio campo Camacho é novidade e pode voltar quarta; Meia Marquinhos Gabriel é reforço
Volante se recupera de desconforto muscular e será reavaliado na terça para saber se viaja com elenco do Corinthians para jogo decisivo. Meia volta após suspensão


Por Diego Ribeiro




Camacho ainda é dúvida para o duelo de quarta (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O técnico Oswaldo de Oliveira pode ter até dois reforços para escalar o Corinthians no jogo desta quarta-feira contra o Cruzeiro, às 21h45 (horário de Brasília), no Mineirão, que decide vaga nas semifinais da Copa do Brasil (Corinthians venceu ida por 2x1). O volante Camacho e o meia Marquinhos Gabriel devem estar à disposição do comandante.


Marquinhos é presença certa, já que cumpriu suspensão na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o América-MG, domingo passado. Ele briga por uma vaga com Romero, que entrou em seu lugar no último jogo e fez gol.

Camacho, por sua vez, será reavaliado na terça-feira. Ele foi desfalque contra o América-MG por causa de um desconforto muscular, mas treinou com os reservas nesta segunda. A tendência é de que ele tenha condições de jogo e substitua Willians, que jogou domingo.

O centroavante Gustavo, também recuperado de problemas musculares, foi a campo nesta segunda. Ele, porém, não pode participar da Copa do Brasil porque já disputou a atual edição pelo Criciúma, seu ex-clube.

Sob chuva, os reservas do Corinthians fizeram um leve trabalho com bola sob supervisão de Oswaldo. Na terça, o técnico vai montar o time que enfrenta o Cruzeiro. O elenco viaja a Belo Horizonte na noite de terça. Com a vitória por 2 a 1 no jogo de ida, em Itaquera, o Timão só precisa de um empate para avançar às semifinais da Copa do Brasil.


Corinthians enfrenta o Cruzeiro, pela Copa do Brasil no Mineirão, Belo Horizonte, quarta-feira, 21h45 (de Brasília)
Escalação provável: Walter, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho (Willians); Rodriguinho, Giovanni Augusto, Romero e Marlone; Guilherme
Desfalques: Yago, Danilo e Bruno Paulo
Não inscritos: Gustavo e Jean
Pendurado: ninguém







17/10/2016 18h32

Guilherme cresce no Corinthians e brinca sobre posição: "Sou um 9,5"
Corinthiano quer ser chamado de meia-atacante e diz fazer bem duas funções em campo. Animado com sequência, ele avisa: "Sei que posso estar ainda melhor"


Por Diego Ribeiro


Guilherme revela seus objetivos em entrevista coletiva nesta segunda-feira (Foto: Reprodução)

Guilherme veste a camisa 10 do Corinthians, mas tem atuado – e brilhado – como se fosse um camisa 9 no comando do ataque. Animado com sua nova sequência na equipe, ele brincou em entrevista nesta segunda-feira, um dia depois da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o América-MG.


– Eu tive um treinador com uma teoria sobre isso. Não sou 9, nem 10, sou um 9,5 – avisou.

De fato, Guilherme tem se adaptado bem às suas funções – seja no meio-campo, armando jogadas, onde está acostumado, ou no ataque, abrindo espaços, dando assistências e fazendo gols. Em dois jogos desde que voltou de lesão muscular, ele fez dois gols na vitória por goleada do Corinthians contra o Santa Cruz e deu duas assistências na vitória do Corinthians contra o América.


– Sou um meia-atacante. Para mim não é um problema, meia, ataque... Procuro deixar isso mais para a necessidade do treinador no momento. Venho numa sequência de anos jogando como meia, teoricamente me sinto mais confortável ali. Mas não vejo problemas em jogar no ataque. Não adianta fazer três, quatro funções, tem de fazer bem feito – explicou Guilherme.

O meia-atacante espera ainda mais em sua nova sequência no time, agora sob comando de Oswaldo de Oliveira. Guilherme acredita que pode crescer até o fim do ano.


– Eu não me sinto abaixo, nem com uma dinâmica abaixo dos companheiros, mas eu sei que posso estar melhor, como estava antes da lesão. É um processo natural, que só esses jogos vão me dando, junto com alimentação boa, bom descanso, mas me preparei um mês para aguentar essa pancada de jogos. O sentimento físico é mais meu do que dentro de campo. Cobrança minha – destacou o camisa 10.

Com Guilherme em campo, o Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Timão venceu o duelo de ida por 2 a 1 e só precisa de um empate para ir às semifinais do torneio.


Veja outras respostas de Guilherme nesta segunda-feira:


SEMANA DECISIVA
– Na quarta-feira, de certa forma, vai ser óbvio isso de definir o futuro por causa do resultado. Sem dúvida, no domingo conquistar pontos será importante para as pretensões de Libertadores. Pode ser que não definitivamente, mas buscar pontos num jogo como esse seria muito bom. Já quarta-feira é uma situação à parte, um mata-mata, que vai definir nossa vida.

Quando eu falo em fazer mais pelo Corinthians, não é chegar, jogar dois anos e só, é ganhar um título importante, deixar um legado. Podemos buscar algo grande. Podemos deixar um legado positivo

Guilherme, sobre o fim de ano corintiano


PERÍODO FORA DO TIME
– Voltei depois de um tempo fora, é sempre difícil para o atleta. Mas também serviu para analisar de fora algumas coisas, rever circunstâncias. Tinha como meta não só esses dois jogos, é muito mais do que isso. Ainda estou abaixo, fiquei um mês fora. Sinto isso. Mas penso na evolução sempre. Foram dois bons jogos, mas quero mais e posso mais.


CONVERSA COM OSWALDO
– Ainda não tive um papo individual com o Oswaldo sobre posicionamento. Essa função estava um pouco encalhada, fazia tempo que eu não exercia. Requer uma nova adaptação. Para ser sincero, estou encarando isso muito bem. Capacidade para concluir bem. Nesse momento, não questiono jogar assim ou jogar de outra forma. Importante é seguir com foco até o fim do ano.


JOGAR NO CORINTHIANS
– Para muitos aqui é um sonho jogar no Corinthians, eu lembro que em 2006 minha primeira viagem foi com o Oswaldo, contra o Corinthians, no Pacaembu. Até então não tinha despertado nada, mas quando vi toda aquela estrutura, movimentação, loucura de torcedor... Esse jogo nós perdemos, mas ali despertou algo diferente. De um dia poder ter esse prazer de jogar no Corinthians. Quando eu falo em fazer mais, não é chegar, jogar dois anos e só, é ganhar um título importante, deixar um legado. Podemos buscar algo grande. Isso é consequência dos jogos. Para mim foi tudo muito novo, uma atmosfera diferente. Talvez eu tenha agora me estabilizado com o clube, a cidade... Podemos deixar um legado mais positivo.




Guilherme se empolga com Oswado e sequência e aprova Jô no Corinthians

Camisa 10 do Timão fez gol e deu assistência nos últimos dois jogos e duas vitórias do Corinthians, os primeiros desde que se recuperou de lesão. Ele conta bastidores da chegada do técnico na última semana

Pelo Timão, Guilherme soma 39 partidas
(Foto: Rodrigo Gazzanel)


Guilherme está animado. Desde que se recuperou de uma sequência de lesões que o afastou por mais de um mês do Corinthians, ele atuou em duas partidas, fez um gol e deu duas assistências. O momento é bom, mas a esperança é de tempos ainda melhores, a começar pelo duelo desta quarta-feira, quando o Corinthians defende a vantagem contra o Cruzeiro, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. Será a segunda partida sob o comando do técnico Oswaldo de Oliveira, técnico cuja contratação empolgou o camisa 10 do Timão para a sequência do ano.

- No primeiro papo com o Oswaldo ficou bem claro a empolgação, o ânimo, a alegria dele de poder retornar ao clube, de demonstrar o sentimento dele, então foi muita vibração nesses dias. E de uma certa forma fazer com que a gente entenda a grandeza do clube, o que é vestir a camisa. A gente tem essa noção, mas vindo de um campeão pelo clube, com a história dele no futebol, idade, experiência, para a gente que é mais novo ver ele com essa trajetória voltar ao clube com tanta animação e entusiasmo faz contagiar. Isso tem dado bons frutos já - diz Guilherme, que participou da estreia de Oswaldo atuando como falco 9 e deu assistências para os dois gols da vitória corinthiana por 2 a 0 sobre o América-MG, no Brasileirão.

A relação de Guilherme com Oswaldo, aliás, não é de hoje. O atual camisa 10 do Corinthians é jogador profissional há dez anos e a primeira vez em que foi relacionado para uma partida oficial foi pelas mãos do treinador, no Cruzeiro de 2006. Justamente em um jogo contra o Corinthians no Pacaembu, Oswaldo deu a primeira vivência profissional ao garoto, que no ano seguinte brilharia na Copa São Paulo de Juniores e em seguida iniciaria a trajetória de vez, com passagens por quatro clubes e três países antes da chegada ao Parque São Jorge.

As lembranças de dez anos atrás são o que alimentam Guilherme no sonho de deixar um "legado" ao Corinthians. Contratado no início da temporada após curta passagem pela Turquia, o camisa 10 soma 39 jogos pelo clube até o momento, com quatro gols e seis assistências nos scouts. Ele quer mais.

- Em 2006, a primeira vez que viajei para jogar no profissional foi com Oswaldo, foi contra o Corinthians, no Pacaembu. Quando eu vi tanta estrutura, movimentação, loucura de torcedor... Esse jogo nós perdemos, e isso despertou algo diferente de poder um dia ter esse prazer de jogar no Corinthians. Não queria sair do futebol sem vestir essa camisa. E quando eu falo em fazer mais é jogar mais, deixar um legado, um título importante (...) Talvez agora eu tenha me estabilizado no clube, na torcida, com a cidade e tudo que está em volta do futebol. Por isso acho que podemos deixar um legado mais positivo. É um ano de muitas mudanças, mas mesmo que o ano não acabe como queria, posso iniciar agora o que espero para o ano que vem. Os dias que passei lesionado refleti muito, pensando em fazer o máximo - diz.

JÔ? BEM-VINDO! - Companheiro de Jô no Atlético-MG campeão da Libertadores de 2013, Guilherme está na torcida pela contratação do atacante. Após saída do futebol chinês, o jogador revelado no próprio Timão está em negociação com o clube para a próxima temporada.

- Ele (Jô) pode acrescentar bastante, porque é campeão, vencedor, experiência internacional. Pelo momento que vivemos é importante ter um duelo, uma briga pela camisa 9. Tem muitos fatores em que ele seria importante. Vamos esperar para ver o que acontece - torce o ex-companheiro.











17/10/2016 18h09

Corinthians negocia o retorno de Jô; centroavante tem o aval de Oswaldo
Revelado pelo Timão na década passada, atacante está sem clube desde que deixou o futebol chinês. Empresário avisa: "Não vejo muito empecilho, tem grandes chances"


Por Diego Ribeiro e Lucas Strabko


O planejamento do Corinthians em 2017 inclui a contratação de mais um centroavante. Trata-se de Jô, revelado pelo próprio clube, que estava no Jiangsu Suning, da China. Sem contrato desde que deixou a Ásia, ele é visto como uma oportunidade de mercado para o próximo ano.

Aos 29 anos, Jô é considerado também um nome experiente para ajudar e brigar por posição com Gustavo, contratado do Criciúma, mas que ainda tenta seu primeiro gol pelo Corinthians. O nome é discutido desde antes da chegada do técnico Oswaldo de Oliveira, mas o comandante também se mostra favorável à contratação.

De acordo com Beto Fedato, um dos representantes do atacante, as conversas estão em estágio avançado.

– O Corinthians tem interesse. Estamos conversando, resolvendo a volta dele. Chegou novo treinador agora, estava com essa pendência. Depois do acerto com o Oswaldo, tem tudo para fechar. Não vejo muito empecilho. Já existia um interesse. Tem grandes chances. Só estará certo quando assinar, mas o Jô tem interesse em voltar – afirmou Beto.

O Corinthians é favorito a contar com Jô em 2017, já que a vontade do jogador influencia na negociação. Desligado do Jiangsu Suning, ele só poderá atuar no ano que vem, mas poderia chegar antes para manter a forma no clube. Atualmente, ele mantém uma rotina de treinos
– Teve outras possibilidades de voltar para o Brasil. Ele só poderá jogar ano que vem por causa da janela. Teve algumas sondagens de clubes no Brasil, mas a vontade de voltar para o Corinthians foi maior. Ele está mais experiente, com cabeça boa – contou Beto Fedato.

Jô em partida pelo Corinthians no ano de 2004 (Foto: Diário de São Paulo)
Pelo Corinthians, Jô estreou em 2003 com apenas 16 anos – ele tem 115 jogos e 18 gols com a camisa do Timão.

Jô deve ser a segunda contratação do Corinthians para o ano que vem. O atacante Luidy, do CRB, está acertado com o Timão e se apresenta em janeiro.


*Colaborou sob supervisão de Diego Ribeiro


17/10/2016 16h16
Corinthiano meia Marlone diz já ver marca de Oswaldo e admite cansaço: "Tem que ir na raça"
Meia do Corinthians diz que jogadas que originaram gols diante do América-MG foram trazidas por treinador e destaca desafio de disputar Brasileirão e Copa do Brasil


Por SporTV.com

O Corinthians venceu por 2x0 o América-MG, no último domingo, na Arena Corinthians, com gols de Rodriguinho e Romero, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na análise do meia Marlone, apesar de ser a estreia do técnico Oswaldo de Oliveira, já foi possível ver na partida a “mão” do novo treinador na equipe. Segundo o jogador, as jogadas que originaram os dois tentos saíram de lances ensaiados por Oswaldo.

Marlone comemora gol com o Timão (Foto: Marcos Ribolli)

- Ele chegou muito em cima desse jogo contra o América-MG. Foi mais na conversa mesmo. Quando ele tiver mais tempo, creio que vá acrescentar alguma coisa. Ele manteve a base que o Carilli vinha fazendo, acrescentou algumas jogadas que fizemos em bola parada, que deram certo. Essas diagonais do Guilherme, saindo do pivô. Fizemos treinamento, essa parada do lateral, e acabaram saindo os dois gols. Ele, com mais tempo, vai pegar o grupo, e trabalhar com o que vinha sendo feito, acho que vai acrescentar muito ainda.


O Corinthians é o sétimo colocado na tabela do Brasileirão, com 48 pontos, a uma posição da zona de classificação para a Libertadores. Nesta quarta-feira, o Timão encara o duelo de volta contra o Cruzeiro, no Mineirão, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Marlone admitiu que focar nas duas competições tem sido desgastante.


- A gente sabe, ainda mais eu que faço uma função de corredor, de uma bandeirinha a outra, que bate o cansaço. Não somos máquinas, somos seres humanos. Ontem mesmo no jogo pedi para o professor Oswaldo para ser substituído. Senti um pouco desgaste do jogo quando foi lá em Cuiabá. Estava um calor absurdo, ainda mais com a viagem. A gente tem que ir na raça. É recuperar o bastante, se recuperar, sono se hidratar muito bem. É porque se não for realmente atleta não vai, não aguenta, nesses jogos que são quarta e domingo. Não vai render, futebol está muito intenso. Futebol está muito intenso, se não a gente não aguenta a batida.



7/10/2016 13h02

Em recuperação de fratura, Danilo renova com o Corinthians por um ano
Novo contrato do meia de 37 anos, que operou a perna direita há quase dois meses, vai até dezembro de 2017


Por GloboEsporte.com



Danilo assina a renovação com o Timão nesta segunda (Foto: Rodrigo Gazzanel / Ag. Corinthians)

O Corinthians renovou o contrato de Danilo por mais um ano. O vínculo do meia com o clube, que se encerraria em dezembro deste ano, foi estendido até o fim de 2017.


Aos 37 anos, Danilo está parado desde o fim de agosto, quando quebrou a tíbia e a fíbula da perna direita num treino após choque com o zagueiro Yago.


Operado na época, o jogador cumpre um período de imobilização de três meses. A volta aos treinos com bola deve acontece somente em março ou abril.

Danilo tem 336 jogos com a camisa do Corinthians, além de 33 gols marcados. No clube, o meia conquistou os títulos do Paulistão (2013), Campeonato Brasileiro (2011 e 2015), Recopa Sul-Americana (2013), Libertadores da América (2012) e Mundial de Clubes (2012).


Corinthians tem horário de jogo do dia 29/10 alterado

Partida na Arena Corinthians válida pelo Campeonato Brasileiro será disputada às 16h30 do próximo dia 29


19h00 17/10/2016 - Agência Corinthians


A CBF anunciou alteração no horário da partida entre Corinthians e Chapecoense, que será disputada na Arena Corinthians, no próximo dia 29 de outubro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Antes marcado para 19h30, o jogo passou para 16h30.

Os ingressos para esse confronto estão à venda momentaneamente apenas para os sócios do Fiel Torcedor.

Antes de enfrentar a Chapecoense, o Corinthians encara o Flamengo fora de casa no domingo (23) pelo Brasileirão.







Após saída da China, Jô negocia retorno ao Corinthians para 2017

Atacante está livre após passagem pelo Jiangsu Suning e treina. Timão busca reforços para o ataque e já encaminha acerto com jogador revelado no clube


























Atacante com a camisa do Timão
(Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)
Atleta pode voltar ao clube no qual começou
(Foto: Eduardo Viana/ Lancepress!)

Jô foi revelado em 2003, é jogador mais jovem a fazer gol pelo Corinthians, na época tinha 16 anos
(Foto: Ramon Bitencourt/Lancepress!)

Buscando reforços para o ataque para 2017, o Corinthians tenta a contratação de Jô, que foi revelado pelo clube e está com 29 anos. O jogador está livre após rescindir contrato com o Jiangsu Suning, da China, o que facilita a negociação.

O Timão já tem negociação adiantada com ele

O atacante foi liberado da equipe chinesa depois da contratação do colombiano Roger Martínez, ex-Racing (ARG), que excedeu o limite de estrangeiros do Jiangsu.

Já de olho na próxima temporada, o Corinthians garantiu a contratação de Luidy, destaque da Série B pelo CRB-AL. O botafoguense Sassá é outro que está na mira do clube de Parque São Jorge.

Integrante do Corinthians Campeão paulista (2003) e Brasileiro (2005), Jô chegou a trabalhar no Timão com o técnico Oswaldo Oswaldo de Oliveira, que voltou ao clube na semana passada













Guilherme comenta boa fase no Corinthians com mudança para ataque: “Tem de fazer bem feito”

Jogador do Corinthians ainda falou sobre a preparação para o jogo de volta contra o Cruzeiro pelas quartas de final da Copa do Brasil: “Não podemos mudar nossas características”


18h00 17/10/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Na tarde desta segunda-feira (17), o Corinthians voltou a treinar no CT Dr. Joaquim Grava após a vitória sobre o América-MG pelo Campeonato Brasileiro. Após a atividade, Guilherme falou com a imprensa em entrevista coletiva. Autor de dois gols e duas assistências nos últimos dois jogos jogando mais avançado do que de costume, o jogador do Timão disse que, independentemente da posição, o importante é ajudar a equipe fazer o melhor.

“Procuro deixar isso mais para a necessidade do treinador no momento. Venho numa sequência de anos jogando como meia, teoricamente me sinto mais confortável ali. Mas não vejo problemas em jogar no ataque. Não adianta fazer três, quatro funções, tem de fazer bem feito", disse o camisa 10 do Timão.

Em preparação para o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro nesta quarta-feira (19) às 21h45, Guilherme entende que para garantir a classificação para a próxima fase, é essencial que a equipe alvinegra tenha a posse de bola sempre que possível durante os 90 minutos.

"Não podemos mudar nossas características. Tem de ter posse de bola, temos de ter jogadores que façam bem suas funções. Será um grande duelo, o Cruzeiro tem uma escola parecida nesse quesito, de posse de bola, jogo no chão, triangulação. Não merece estar na condição em que está no Campeonato Brasileiro. O principal é não inventar, cada um cumprir seu papel", completou o meia.

Após vencer a partida de ida pelo placar de 2 a 1 na Arena Corinthians, o Corinthians joga por um empate em Belo Horizonte para avançar às semifinais da Copa do Brasil.

Clique aqui e baixe a coletiva completa do Guilherme.











Corinthians negocia volta do atacante Jô para 2017

Atacante está livre após passagem pelo Jiangsu Suning e treina no Atlético-MG


Bruno Cassucci

17 OUT2016
15h46
atualizado às 15h49

Buscando reforços para o ataque para 2017, o Corinthians tenta a contratação do atacante Jô, que foi revelado pelo clube e está com 29 anos. O jogador está livre após rescindir contrato com o Jiangsu Suning, da China, o que facilita a negociação.

Jô está treinando no Brasil e o Timão já tem negociação adiantada com ele.

O atacante foi liberado da equipe chinesa depois da contratação do colombiano Roger Martínez, ex-Racing (ARG), que excedeu o limite de estrangeiros do Jiangsu.

Já de olho na próxima temporada, o Corinthians garantiu a contratação de Luidy, destaque da Série B pelo CRB-AL. O botafoguense Sassá é outro que está na mira do clube de Parque São Jorge.

Integrante do Corinthians Campeão paulista (2003) e Brasileiro (2005), Jô chegou a trabalhar no Timão com o técnico Oswaldo Oswaldo de Oliveira, que voltou ao clube na semana passada.












Corinthians futsal já sabe datas e horários de jogos entre Corinthians/UNIP e Atlântico Erechim pelas quartas da Liga nacional de futsal

Na partida mais recentes entre as duas equipes, no último dia 11 de maio, o Timão venceu por 3 a 0 pela quarta rodada da competição nacional


16h35 17/10/2016 - Agência Corinthians






© Divulgação


Nesta segunda-feira (17), a Liga Nacional de Futsal definiu as datas e horários dos confrontos das quartas de final da competição. O Corinthians/UNIP encara o Atlântico Erechim nesta fase. A primeira partida está marcada para este sábado (22), às 17h15, no Centro Esportivo e Recreativo Atlântico, em Erechim-RS.

O duelo de volta está agendado para o próximo dia 04 de novembro, às 19h15, no ginásio do Parque São Jorge, que definirá o primeiro semifinalista do torneio nacional.

Na partida mais recente entre as duas equipes, no último dia 11 de maio, o Timão venceu por 3 a 0 , pela quarta rodada da LNF 2016.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.






Corinthians renova com Danilo até fim de 2017

Danilo tem 336 jogos com a camisa do Timão, além de 33 gols marcados


12h20 17/10/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Nesta segunda-feira (17), o Sport Club Corinthians Paulista oficializou a renovação de contrato do meia Danilo, um dos atletas mais vencedores do elenco atual.

O vínculo do jogador com o clube, que se encerraria em dezembro deste ano, foi estendido até o fim de 2017.

Danilo tem 336 jogos com a camisa do Timão, além de 33 gols marcados. No Corinthians, o meia conquistou os títulos do Paulistão (2013), Campeonato Brasileiro (2011 e 2015), Recopa Sul-Americana (2013), Libertadores da América (2012), BiMundial de Clubes da FIFA (2012).

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.




''Nosso time jogou uma partida muito boa, principalmente do ponto de vista coletivo'', diz Oswaldo a atletas

Elogios do técnico do Corinthians ao elenco foram registrados pelo canal oficial do Timão no YouTube nos vestiários da Arena Corinthians


14h55 17/10/2016 - Agência Corinthians






Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


A vitória do Corinthians sobre o América-MG por 2 a 0 na Arena Corinthians no último domingo (16) deixou o técnico Oswaldo de Oliveira, que reestreou no comando do Timão no jogo, bastante satisfeito. O treinador fez elogios aos jogadores pela atuação contra a equipe mineira nos vestiários, logo após a partida, em imagens registradas pelo canal oficial do Alvinegro no YouTube.

“A maneira que vocês encararam o jogo e a naturalidade que vocês voltaram para cá com o resultado positivo são coisas que me dão muita segurança. Essa tranquilidade que vocês estão passando”, disse Oswaldo aos atletas. “Nosso time jogou uma partida muito boa, principalmente do ponto de vista coletivo”, acrescentou.

Além do papo de Oswaldo de Oliveira com os jogadores, o vídeo também traz uma conversa de Fagner e Rodriguinho sobre lances da vitória corinthiana. 




No Parque São Jorge, Corinthians/UNIP enfrenta Yoka por vaga na final da Liga Paulista de Futsal

No primeiro duelo entre as duas equipes, o Timão goleou por 4 a 1 e agora precisa de um simples empate para garantir a classificação


10h00 17/10/2016 - Agência Corinthians






© Divulgação


O Corinthians/UNIP enfrenta o Yoka no jogo de volta das semifinais da Liga Paulista de Futsal nesta segunda-feira (17), às 21h, no ginásio do Parque São Jorge. Os portões serão abertos uma hora antes do início da partida, e a entrada para a torcida é gratuita. A partida terá transmissão ao vivo na TV pelo SporTV.

No primeiro duelo entre as duas equipes, o Timão goleou o adversário por 4 a 1, fora de casa. Agora, precisa de um simples empate para garantir a vaga na final. Campeão nas temporadas 2013 e 2015, o Alvinegro sonha com a conquista do tricampeonato estadual.

Desde o começo da competição até o primeiro jogo das semifinais, o Coringão venceu nove partidas e empatou duas. Foram 38 gols marcados e apenas nove sofridos, melhor ataque e defesa menos vazada da competição.

O experiente Vander Carioca falou sobre a dificuldade da partida e a importância de jogar em casa, apoiado pela Fiel.

“É um jogo importante, eles têm uma equipe rápida no contra-ataque. Temos de ouvir nosso professor e entrar com seriedade, não temos nada ganho. É muito bom jogar com a nossa torcida, eles sempre nos apoiam e farão a diferença novamente. Temos de nos concentrar para fazer um bom jogo e conquistar nosso principal objetivo que é a classificação”, concluiu o pivô do Timão.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.






Corinthians anuncia renovação de Danilo até final de 2017


17 OUT2016
13h03
atualizado às 13h11

Ídolo do Corinthians, o experiente meia Danilo terá mais um ano atuando pelo clube. Nesta segunda-feira, o Timão oficializou a renovação de contrato do atleta de 37 anos, que teria vínculo encerrado em dezembro deste ano, até o final de 2017.


Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Lesionado desde o final de agosto por fratura na tíbia e na fíbula da perna direita, Danilo passou por cirurgia e seu tempo de recuperação o tirará dos campos até o final de 2016, sendo assim, o jogador não teria mais a chance de jogar pelo Corinthians é o final do contrato, o que explica a opção do clube pela extensão do acordo por mais um ano.

Danilo chegou ao Timão em 2010, e desde então já atuou em 336 jogos, marcando 33 gols. Teve grande participação nos títulos do Corinthians campeão da Copa Libertadores da América e do BiMundial de Clubes em 2012, além de contribuir para a conquista de dois Campeonatos Brasileiros (2011 e 2015) e títulos do Paulistão e da Recopa Sul-Americana.








Walter no gol e rodízio de capitães continuarão no Corinthians de Oswaldo
Novo treinador garantiu a manutenção das duas medidas impostas antes de sua contratação


16/10/2016 22h29

Após sair como vitorioso em sua estreia nesta terceira passagem pelo Corinthians, neste domingo (16 de outubro), na Arena Corinthians, Oswaldo de Oliveira garantiu a manutenção de duas medidas impostas antes de sua contratação: a titularidade de Walter no gol e o rodízio de capitães.

Na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o América-MG, Fagner foi quem vestiu a tarja de capitão, o que não significa que o lateral direito continue nesta função. “Vou dar continuidade ao rodízio de capitães. Acho interessante, estimula todo mundo que se sente importante, aqueles que têm característica de liderança”, apontou o técnico, em entrevista coletiva concedida na ARENA CORINTHIANS

Ao explicar a continuidade de Walter na meta alvinegra – o que já vinha ocorrendo desde quando Fábio Carille era o técnico interino -, Oswaldo não deixou de elogiar Cássio e explicou por que, neste momento, o arqueiro titular do Corinthians bicampeão mundial de 2012 será o reserva.

“O Cássio é um goleiro admirável. Eu o adoro. Sempre o admirei muito como adversário. Só que no momento o Walter está melhor e isso me oferece a possibilidade de dar continuidade neste aspecto”, avisou o treinador.

“O Cássio passou por momentos difíceis de contusão e vai ter oportunidade de treinar e melhorar. Nessa posição, você tem que ter alguém pronto pra entrar em campo. Não estou aqui para beneficiar um nome, mas sim o clube. Vou ter sempre o bom sendo e ser justo para a equipe ter o melhor”, concluiu Oswaldo de Oliveira.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Timão volta a campo no próximo domingo, às 17 horas, contra flamengo, no Maracanã, RJ. A sete rodadas para o fim do torneio, o Corinthians ocupa o sétimo lugar, com 48 pontos, brigando por uma vaga no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores da América de 2017.

Antes, porém, a agremiação de Parque São Jorge enfrenta o Cruzeiro pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Mineirão, BH. Após vencer o primeiro encontro por 2 a 1, na Arena Corinthians, o Alvinegro joga pelo empate em Belo Horizonte.




Pedro Henrique leva terceiro amarelo e desfalca Corinthians contra Flamengo
Zagueiro da base alvinegra terá que cumprir suspensão automática contra vice-líder do Campeonato Brasileiro. Vilson vira opção do recém contratado Oswaldo de OliveiraO jovem zagueiro Pedro Henrique recebeu o terceiro amarelo durante vitória do Corinthians sobre América-MG (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
17/10/2016 8h20


O Corinthianstem um desfalque para seu próximo compromisso no Campeonato Brasileiro contraFlamengo, no próximo domingo (23 de outubro), às 17 horas, no Maracanã, pois o zagueiro Pedro Henrique recebeu 3º amarelo e está suspenso
 Dessa forma, a expectativa é que Vilson retorne ao time titular.

Por outro lado, o Corinthians terá o retorno do meio-campista Marquinhos Gabriel, que cumpriu suspensão automática. Antes, porém, o Corinthians visita o Cruzeiro pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (19), no Mineirão. Após vencer o primeiro encontro por 2 a 1, na Arena Corinthians, o Alvinegro joga pelo empate em Belo Horizonte.








Oswaldo exalta aspecto coletivo do Timão em segunda vitória consecutiva: “Muito feliz”
Recém-contratado, técnico do Corinthians disse ter ficado contente com a atuação de sua equipe. Agora, treinador tem pela frente o Cruzeiro, na tentativa de avançar na Copa do BrasilOswaldo de Oliveira terá que garantir a classificação do Timão à semifinal da Copa do Brasil (Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)
17/10/2016 8h59

Em sua terceira passagem pelo clube, Oswaldo de Oliveira viu o Corinthians vencer o América-MG com facilidade, por 2 a 0, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a partida disputada na noite deste domingo (16 de outubro), na Arena Corinthians, o técnico falou sobre o que mais gostou do Timão em sua estreia.

“Foi o equilíbrio coletivo, porque eu tinha muito essa preocupação e foi o que mais enfatizei com eles. Tanto nos treinamentos quanto nas reuniões, mesmo a primeira que foi mais geral. Jogador tem que ser brilhante quando tiver atacado e precisa ser participativo quando o adversário tem a bola. Eu vi isso em todos os jogadores durante os 90 minutos”, falou o novo treinador alvinegro, durante entrevista coletiva.

Nesta noite, o Corinthians construiu a vitória nos primeiros 45 minutos de jogo. Aos 16, Romero abriu o placar em boa jogada pela esquerda. E aos 38, Rodriguinho marcou o segundo após rápido contra-ataque.

“A equipe fez uma partida muito boa, com tranquilidade. Sem nenhuma restrição ao adversário, criando e sendo agressivo. Hoje, o Corinthians conseguiu controlar a partida, não tivemos nenhuma ameaça muito grande ao gol. No aspecto coletivo, a equipe se portou muito bem e mereceu a vitória”, avaliou o técnico.

Técnico do Corinthians Campeão mundial em 2000, Oswaldo de Oliveira ainda reforçou sua satisfação com o desempenho da equipe neste domingo. “(Saio) Muito satisfeito, feliz com o empenho dos jogadores no aspecto coletivo, que foi o que procurei ressaltar em todas as oportunidades que tive de me direcionar a eles. Foram muito competentes e isso me deixa muito feliz”, concluiu o técnico.

Oswaldo de Oliveira, contudo, terá seu primeiro grande teste nesta quarta-feira (19), às 21h45 de Brasília, quanto o Corinthians enfrenta o Cruzeiro pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Mineirão. Após vencer o primeiro encontro por 2 a 1, na Arena Corinthians, o Alvinegro joga pelo empate em Belo Horizonte.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Timão volta a campo no próximo domingo (23), às 17 horas, contra Flamengo, no Maracanã. A sete rodadas para o fim do torneio, o Corinthians ocupa o sétimo lugar, com 48 pontos, brigando por uma vaga no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores da América de 2017.




Oswaldo seguirá rodízio de capitães e não deve mudar Timão para decisão

Treinador elogiou Romero e deve manter o atacante paraguaio como titular na partida contra o Cruzeiro, quarta, mesmo com retorno de Marquinhos Gabriel após suspensão

Oswaldo durante reestreia pelo Corinthians
(Foto:Rodrigo Gazzanel/Corinthians)

Técnico prometeu fazer poucas mudanças
(Foto: Rodrigo Gazzanel/A.Corinthians)

Ele manterá o rodízio de capitães da equipe
(Foto:Rodrigo Gazzanel/Corinthians)

Oswaldo manterá base de Fabio Carille
(Foto: Rodrigo Gazzanel)

Treinador e Timão têm decisão na quarta
(Foto:Rodrigo Gazzanel/Corinthians)



Aquela velha máxima do futebol reaparece no Corinthians. Em time que está ganhando não se mexe. Esse é o pensamento do técnico Oswaldo de Oliveira neste início de trabalho do Corinthians. O novo comandante alvinegro pretende dar continuidade ao que vinha sendo feito pelo interino Fabio Carille e fazer apenas pequenos ajustes.

Uma das coisas que Oswaldo pretende dar prosseguimento é o rodízio de capitães da equipe, realizado desde os tempos de Tite e mantido por Cristóvão Borges e Carille.

- Vou dar continuidade no rodízio de capitães, é uma coisa interessante, legal, já fiz algumas vezes em outros clubes, estimula todo mundo, e aqueles que têm característica de líder mais constante e intensa aparecem - destacou após a vitória por 2 a 0 sobre o América-MG na reestreia, quando deu a braçadeira ao lateral-direito Fagner.

Oswaldo também não deve mexer na escalação do Corinthians para o duelo contra o Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão. O Timão venceu o duelo de ida por 2 a 1, na Arena Corinthians, e se classifica para a semifinal da competição com um empate.

Mesmo tendo o retorno de Marquinhos Gabriel, que cumpriu suspensão diante do Coelho, Oswaldo não deve sacar Romero, autor de um dos gols no domingo.

- Agora é uma situação completamente diferente, teremos intervalo curto de recuperação, viagem, um adversário que precisa reverter marcador adverso... Ingredientes difíceis para essa partida. Vamos procurar dar atenção à recuperação dos jogadores até lá para voltarmos classificados - analisou Oswaldo.




Romero defende Vilson, pede respeito e faz desabafo: 'Não vim aqui roubar, só quero trabalhar'

Atacante comemorou gol sobre o América-MG com o zagueiro, que vive momento difícil após agredir companheiro em treino. Paraguaio estava incomodado com algumas críticas

Romero é o maior artilheiro da Arena
(Foto: BRUNO ULIVIERI/Lancepress!)













LANCE!
17/10/2016
07:55


Depois balançar as redes na vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o América-MG e se isolar como o maior artilheiro da Arena Corinthians, com 16 gols, o atacante Romero deu uma contundente entrevista coletiva. O paraguaio reclamou de críticas que vem sofrendo e explicou por que comemorou com o zagueiro Vilson ao marcar.

Sem citar o nomes, Romero mostrou estar incomodado com a opinião de comentaristas. Ele pediu mais respeito, lembrou que é o goleador do Timão na temporada, com 15 gols, e pediu respeito.

- Fico chateado por isso, não vim aqui para roubar, só quero trabalhar. Nunca faltei ao respeito com ninguém da imprensa e da torcida, sempre respeitei todo mundo. Não sei porque me criticam desta maneira. Faço meu melhor, tem dia que não acontece como eu queria. No ano passado quase não joguei, então fico feliz, estou no melhor momento da carreira, voltei para a seleção, hoje sou o artilheiro do Corinthians no ano e também do estádio, quero só respeito. Estou aqui para trabalhar. Agradeço o meu time, que sempre confiou em mim. Com a torcida, é só agradecer, eles querem que eu faça história. Mas gostaria de pedir a todo mundo mais respeito - desabafou.

O camisa 11 ainda disse que a sua comemoração com Vilson foi uma forma de mostrar que o grupo alvinegro está unido. Na última semana, quando Romero estava com a seleção paraguaia, o defensor agrediu o volante Marciel em treino.

- Todo mundo sabe o que aconteceu com Vilson. Antes do jogo disse que ia fazer gol e que ia comemorar com ele. Eu estava na seleção, mas sempre fico vendo notícias do Corinthians. O que aconteceu com Vilson e Marciel foi momento de nervosismo. Foi um momento difícil para eles, então quis mostrar que o grupo está unido para chegar no mais alto possível no Brasileirão - explicou o paraguaio.





Após nova vitória, Corinthians mira duelo contra Cruzeiro pela Copa do Brasil

José Victor Ligero -

17/10/2016 08:00:36

Após vencer o segundo jogo seguido, desta vez na estreia do técnico Oswaldo de Oliveira, no último domingo, o Corinthians já foca suas atenções no Cruzeiro, contra quem joga nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, com vantagem do empate, por ter vencido primeiro jogo na Arena Corinthians, por 2x1.

Por isso, o elenco alvinegro se reapresenta ao novo treinador já na tarde desta segunda-feira, no CT Dr. Joaquim Grava. “Agora é uma situação diferente. Temos um intervalo curto de preparação, a viagem…Um adversário que precisa reverter o marcador. São ingredientes difíceis para essa partida. Nós vamos procurar dar muita atenção à recuperação dos jogadores até lá para voltarmos classificados”, analisou Oswaldo.Corinthianos vibram com gol em segunda vitória seguida e focam agora no Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa do Brasil (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Certo é que o Timão briga por uma vaga na Copa Libertadores da América de 2017 em duas frentes: no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. Na primeira, a equipe soma 48 pontos e ocupa o sétimo lugar, uma posição abaixo do G6, a zona de classificação à competição continental. Na segunda, está a um empate das semifinais, já que vencera o primeiro encontro diante do Cruzeiro, por 2 a 1, em casa.

Sendo assim, os corintianos preferem não priorizar nenhum dos torneios. “Não tem como priorizar, a gente briga pela vaga na Libertadores pelo Brasileiro, mas a Copa do Brasil é importante. Vamos focar nas duas competições”, prometeu o meia Rodriguinho.

“A expectativa é de conquistar essas metas: primeiro a classificação na quarta-feira e depois conquistar pontos contra o Flamengo. Serão dois grandes jogos, expectativa de casa cheia, oportunidade de mostrarmos nossa força”, analisou Guilherme, referindo-se ao duelo no próximo domingo, no Maracanã.






Após reestréia com vitória no Corinthians, técnico Oswaldo Oliveira reafirma seguir trabalho de Fábio Carille e minimiza críticas à sua vinda

José Victor Ligero -
17/10/2016 11:00:26

Assim como falou em sua apresentação ao Corinthians, na última sexta-feira, Oswaldo de Oliveira garantiu que determinados aspectos do trabalho de Fábio Carille, que agora segue como auxiliar, continuarão sendo exercidos neste início de sua terceira passagem pelo Corinthians.

Inclusive, o novo treinador ressaltou a importância do ex-técnico interino na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o América-MG, no domingo, na Arena Corinthians, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Não mudamos nada, muito pelo contrario. O Fábio foi preponderante na preparação para esse jogo. Ele vem dando retornos muito bons e aproveitei tudo que ele vinha fazendo. Lógico que, de uma forma pessoal, procurei acrescentar de uma forma ou outra, mas é o prosseguimento de um trabalho”, apontou Oswaldo, ressaltando sua própria importância ao Timão nesta reta final de temporada.
“A presença do treinador é muito importante. Já tenho uma demanda que eu preciso dar continuidade. Vou interferir sempre que achar necessário, mas a gente não vai em nenhum momento abandonar o que vinha progredindo aqui. Até porque a equipe fez bons jogos anteriormente e o que apresentou de deficiência vamos procurar corrigir e melhorar como um todo”, assegurou.


Por fim, Oswaldo de Oliveira minimizou as críticas que teriam vindo de nomes ligados à diretoria corintiana por sua contratação, que foi resultado de uma ação unilateral do presidente Roberto de Andrade, sem consulta ao ex-diretor-adjunto Eduardo Ferreira, contrário à vinda do novo treinador.

“Acho que não tem nada tão serio que pudesse repercutir. Da minha parte vou me manter entusiasmado e emocionado de estar de volta e poder fazer com que a equipe vença os jogos e se classifique (à Copa Libertadores). Esse é meu objetivo”, declarou o técnico, elogiando o comportamento da Fiel em sua estreia com vitória corinthiana

“A participação da torcida tem que ser como foi hoje (domingo), nos apoiando em todos os momentos, sem restrições. Foi a torcida que eu me habituei a ver, é um grande passo para vermos a equipe melhorar”, concluiu.

Oswaldo de Oliveira, contudo, terá seu primeiro grande teste nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), quando o Corinthians enfrenta o Cruzeiro pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, no Mineirão. Após vencer o primeiro encontro por 2 a 1, em Itaquera, o Alvinegro joga pelo empate em Belo Horizonte.








17/10/2016 08h38

Análise: Guilherme tem inteligência e bola para ser o "cara" da era Oswaldo
Técnico reestreia pelo Corinthians em vitória tranquila sobre o América, faz suas observações e vê camisa 10 de volta à boa fase. Romero também ganha moral


Por Diego Ribeiro
Oswaldo de Oliveira vai precisar de tempo para conhecer todo o elenco do Corinthians, mas, com apenas uma breve amostra em Itaquera, o novo técnico do Timão tem consciência de que alguns nomes serão indispensáveis na caminhada da equipe em busca de uma vaga na Libertadores. Renovado, Guilherme pode ser protagonista.


Vestindo a camisa 10, Guilherme foi mais uma vez decisivo.Na vitória deste domingo do Corinthians, ele deu duas assistências perfeitas para Romero e Rodriguinho definirem a vitória corinthiana por 2 a 0. Logo depois do jogo, Oswaldo avisou que vai mantê-lo no time. Sábia decisão.

Guilherme vai à área e perde gol no início da partida: nada abalaria sua confiança no domingo (Foto: Marcos Ribolli)

– Vamos ter situações diferentes, diversas, podemos ter de mudar a equipe em algumas partidas. O Corinthians vem se preparando para isso. A alternativa do Guilherme eu vejo com muita satisfação, e isso deve continuar – destacou o comandante.


Oswaldo conhece o camisa 10 corinthiano desde as categorias de base em 2006. A relação antiga faz o técnico ter informações privilegiadas sobre o jogador: sabe como utilizá-lo, sabe onde ele se sente mais à vontade. A técnica e a inteligência de Guilherme, inclusive fora de campo, podem fazer dele um líder no atual elenco.

Em jogo do Corinthians quarta contra Cruzeiro, decide vaga nas semifinais da Copa do Brasil, Oswaldo não fará grandes mudanças. Para esta quarta-feira, no Mineirão, Guilherme está garantido. E vai ter a sequência que merece para provar que pode ser o cara do Corinthians.


A estreia do comandante

Oswaldo avisou em sua chegada que não faria mudanças bruscas na equipe. Assim, Guilherme continuou entre os titulares e atuou pela mesma faixa do campo em que brilhou na vitória por 4 a 2 sobre o Santa Cruz, quarta-feira passada. Um "falso nove", voltando para armar jogadas e deixando espaço aberto para Marlone, Romero e Rodriguinho invadirem a área.


E é assim que o paraguaio gosta de jogar... Escalado no lado direito do ataque, onde costuma render mais, Romero substituiu o suspenso Marquinhos Gabriel. Fagner também voltou, dando maior estabilidade ao setor defensivo.


É claro que enfrentar o lanterna do campeonato tornou as coisas mais fáceis, mas também é claro o quanto o Corinthians tem tido volume de jogo no ataque. A entrada de Guilherme tem relação direta com esse crescimento ofensivo.


Basta ver o primeiro lance de perigo do Timão, quando Guilherme vê Romero com a bola e se desloca para fazer o papel de centroavante. O chute saiu bem colocado, mas passou raspando a trave esquerda de João Ricardo.


Depois, novamente bem posicionado na área, recebeu de Rodriguinho e deu um gol a Romero: 1 a 0 Corinthians. Minutos depois, um outro posicionamento: aberto pela esquerda, durante contra-ataque, para dar opção de passe a Uendel. O resultado? Bola recebida, cruzamento perfeito para Rodriguinho. A versatilidade do camisa 10 torna o Timão mais perigoso.


No segundo tempo, com um Corinthians desacelerado, Guilherme ainda teve tempo para deixar Rildo na cara do gol. O atacante tirou de João Ricardo, mas a zaga salvou.









Na nova vitória corinthiana o time teve um primeiro tempo mais ativo, um segundo tempo morno, administrando o resultado. Foram  10 finalizações na partida, contra oito do América. Passes certos foram 326, contra 273 do rival. O Corinthians brilhou com Romero artilheiro, a fiel apoiando, o goleiro Walter tranquilo.


Na quarta-feira, Oswaldo terá a primeira grande decisão do ano. Vaga na Libertadores é considerada obrigação. A pressão, claro, é enorme. Oswaldo terá de manter a serenidade de sua estreia se quiser ter sucesso em suas missões no Corinthians.
Oswaldo de Oliveira reestreia pelo Corinthians: primeira grande decisão será na quarta-feira (Foto: Marcos Ribolli)


17/10/2016 09h42

Alvo preferido, Willians festeja trégua com a torcida do Corinthians
Em segundo jogo como titular no Brasileirão, volante fica 90 minutos em campo, cumpre seu papel e sai em paz com a Fiel após vitória do Corinthians sobre o América-MG


Por Marcelo Braga

Em nova vitoria corinthiana, Willians fez 2º jogo como titular no Brasileirão (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Willians não vem tendo uma temporada fácil no Corinthians. Perseguido por parte da torcida, foi alvo de algumas vaias logo que seu nome apareceu no telão antes do jogo contra o América-MG, domingo, na Arena Corinthians. No decorrer da partida, porém, teve atuação segura na vitória do Corinthians por 2 a 0, ficando 90 minutos em campo no seu segundo jogo como titular neste Campeonato Brasileiro. Após o apito final, saiu de campo satisfeito com sua atuação.

Substituto de Camacho, que não atuou por dores musculares, o experiente jogador festejou a confiança depositava por Oswaldo de Oliveira, técnico estreante da noite, em seu futebol. Na quarta-feira, contra o Cruzeiro, nas quartas da Copa do Brasil, pode até ser mantido na equipe.

– Quando o treinador dá confiança para o jogador, ele consegue mostrar um grande futebol. Oswaldo me deu confiança, fico feliz de ter ajudado a ele e ao Corinthians – disse ele, que festejou a trégua da Fiel.


– Teve uma trégua, mas eu não sei nem porque essa trégua, eu não fiz nada (risos), mas é torcedor, a gente tem que respeitar. Para mudar isso, tem que jogar. Fiz uma ótima partida e espero dar continuidade ao trabalho – afirmou.

Emprestado pelo Cruzeiro até dezembro, Willians foi alvo de publicações de apoio de alguns jogadores nas redes sociais após ser vítima de vaias em Cuiabá, na vitória da equipe por 4 a 2 contra o Santa Cruz, na semana passada. Manifestação aprovada pelo corintiano.


– Não me pegou de surpresa, nosso grupo é muito bom, a equipe está fechada. Sobre as vaias, a gente entende. O importante é que no campo estou entrando e atuando bem.



CORINTHIANS HOJE 17/10 - Segunda-feira
15h30 - Treino no CT Dr. Joaquim Grava