14 de out de 2016

CORINTHIANS 14/10/2016




Corinthians futsal vence o Umuarama por 4 a 2 e garante vaga nas quartas de final da LNF

Agora o Timão volta as atenções para a Liga Paulista de Futsal e já nesta segunda-feira (17), encara o Yoka pelo segundo jogo das semifinais, às 21h, no ginásio do Parque São Jorge


22h40 14/10/2016 - Agência Corinthians




© Divulgação


O Corinthians/UNIP venceu o Umuarama por 4 a 2 no jogo de volta das oitavas de final da Liga Nacional de Futsal nesta sexta-feira (14). Com a vitória, o Alvinegro garantiu uma vaga nas quartas de final da competição nacional e espera a definição das outras partidas para descobrir seu adversário na próxima fase. Os gols do Timão foram marcados por Pepita (2), Deives e Leandro Caires.

O Timão começou a partida com ótimo volume de jogo e foi para cima da equipe paranaense, mas encontrou dificuldade para furar a defesa adversária. Quando conseguiu atingir a meta adversária, parou em boas defesas do goleiro Elton.

O Coringão pressionou o adversário e induziu o Umuarama ao erro. Restando sete minutos para o fim do primeiro período, Pepita recebeu na esquerda, driblou o marcador e mandou uma bomba. O goleiro chegou a defender, mas a bola entrou para alegria da Fiel torcida presente no ginásio do Parque São Jorge.

Na volta do intervalo o Timão não diminuiu o ritmo, pressionou a saída de bola do Umuarama e não deixou espaços para o time paranaense jogar. Após menos de dois minutos de bola rolando, Pepita recebeu perto do círculo central, carregou para perto da área e chutou rasteiro, no canto do esquerdo do gol paranaense.

Com dois gols de Pierre, o Umuarama chegou ao empate e preocupou a equipe comandada por André Bié nos minutos finais. Porém, restando dois minutos para o fim do jogo, o Alvinegro tomou a frente do placar novamente.

A equipe visitante utilizava a técnica do goleiro-linha e deixou espaços para os contra-ataques. Quando o Coringão pressionou a saída de bola do adversário, Leandro Caires roubou a bola dentro da área paranaense, bateu para o gol sem goleiro e deixou o Timão novamente à frente.

Vinte segundos depois Nenê aproveitou, roubou a bola no meio da quadra, tocou para Deives que carregou até a entrada da área, tocou para o gol vazio e anotou o quarto do Coringão, garantindo a vaga nas quartas de final da LNF.

“É importante jogar em casa. Essa vitória nos dá chance de conseguirmos fazer os jogos de volta no nosso ginásio. A luta de todos aqui é fundamental e é uma luta de corinthiano. Todos jogando com um mesmo objetivo e o mesmo coração”, disse o experiente Índio após a vitória.

Agora o Time do Povo volta as atenções para a Liga Paulista de Futsal. Nesta segunda-feira (17), o Timão encara o Yoka pelo segundo jogo das semifinais, às 21h, também no ginásio do Parque São Jorge, com entrada franca para a Fiel. O Alvinegro venceu a primeira partida por 4 a 1 e agora precisa de um empate para garantir a vaga na final.

A equipe adulta de futsal do Sport Club Corinthians Paulista é patrocinada por Caixa, Colégio Amorim e UNIP-Universidade Paulista.

Corinthians bate Umuarama de novo e confirma vaga nas quartas de final
Timão vence por 4 a 2 na volta ao Ginásio do Parque São Jorge e avança no torneio


Por SporTV.com
 Timão venceu mais uma vez o Umuarama pelas oitavas de final da Liga Nacional de Futsal. A equipe paulista já havia vencido o primeiro jogo por 5 a 1 e, nesta sexta-feira, com a casa cheia, voltou a levar a melhor, dessa vez por 4 a 2, se classificando para as quartas de final.





Pepita comemora um dos gols da vitória e classificação do Corinthians  (Foto: Agência Corinthians)

O gol do primeiro tempo veio dos pés de Pepita. Após o intervalo, o máximo que o Umuarama conseguiu, depois de ver a vantagem paulista aumentar por outro gol de Pepita, foi chegar ao empate em 2 a 2. Pierre balançou a rede duas vezes para deixar tudo igual. Na sequência. os corintianos voltaram a ficar à frente, com os gols de Leandro Caires e Deives.



O Corinthians espera a definição de todos os confrontos das oitavas de final para saber quem enfrenta na próxima fase. Cada rodada do mata-mata é disputada com base no índice técnico das equipes classificadas, ou seja, o time de melhor campanha pega sempre o de pior, o de segunda melhor, o de segunda pior, e assim 

sucessivamente.




CORINTHIANS VENCE E ESTÁ NA QUARTAS DE FINAL DA LIGA NACIONAL DE FUTSAL
CORINTHIANS FUTSAL VENCEU DE NOVO O UMUARAMA, AGORA POR 4X2 NO GINASIO DO PQ SÃO JORGE E SE CLASSIFCOU A QUARTAS DE FINAL DA LIGA NACIONAL DE FUTSAL
21H36





4/10/2016 18h53
Corinthiano técnico Oswaldo oliveira sobre goleiros: "Joga quem está melhor"
Novo técnico do Corinthians diz que Cássio e Walter vão brigar por posição em igualdade de condições.

Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga


Walter ou Cássio? Oswaldo deixa dúvida para estreia no Timão (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)
O técnico Oswaldo de Oliveira tomou uma decisão importante em seu primeiro dia de Corinthians. Nesta sexta-feira, ele afirmou que vai tratar com igualdade de condições a disputa por posição entre os goleiros Cássio e Walter.

Cássio está praticamente recuperado de lesão no ombro esquerdo e treinou nesta sexta.

– Joga quem está melhor. Os dois podem ser titulares. Vi Walter jogar muito bem. Cássio vinha fora por contusão. Quem estiver melhor vai jogar – afirmou o novo técnico do Timão.



Saiba as informações do próximo jogo do Corinthians:
Próximo adversário: América-MG
Local: Arena Corinthians
Data e horário: domingo, 18h30 (de Brasília)
Escalação provável: Walter, Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho; Rodriguinho, Giovanni Augusto, Lucca (Romero) e Marlone; Guilherme
Desfalques: Marquinhos Gabriel, Yago, Gustavo, Cássio, Danilo e Léo Jabá
Pendurados: Balbuena, Pedro Henrique, Vilson, Guilherme e Uendel
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA), Marcio Gleidson Correira Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)
Tempo Real: GloboEsporte.com a partir das 17h30




Domingo/18h30 - Corinthians x América-MG - Premiere 






Corinthiano centroavante Gustavo realizou parte do treinamento desta sexta-feira em campo e será reavaliado antes da atividade deste sábado
Corinthhiano tecnico Oswaldo Oliveira observará treinos e decidirá entre o melhorno momento para ser titulR do gol do Corinthians entre Walter e Cassio

14/10/2016 18h34

Conversa e mão na massa: o primeiro dia de Oswaldo no Corinthians
Técnico se reúne com elenco antes da apresentação oficial e, depois, vai a campo para comandar um treino de finalização. Bruno Paulo sai com dores na região lombar



Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

Oswaldo de Oliveira foi apresentado ao elenco do Corinthians pelo presidente Roberto de Andrade em uma sala do CT Joaquim Grava alguns minutos antes de falar com os jornalistas. Após a primeira conversa e a entrevista coletiva, ele foi conduzido ao campo de treinamento, onde jogadores reservas disputavam um treino técnico.

Fagner e Romero, que voltaram das seleções de Brasil e Paraguai, foram os reforços da atividade, que foi conduzida pelo agora novamente auxiliar Fábio Carille, com o auxílio de Fernando Lázaro, Mauro da Silva e os demais membros da comissão técnica fixa do clube. A partir de sábado, a comissão ganhará os reforços do auxiliar Luiz Alberto da Silva, o preparador físico Ricardo Henriques e o analista de desempenho Thiago Larghi.

Oswaldo de Oliveira conversa com jogadores no seu primeiro treino no retorno ao Corinthians (Foto: Marcelo Braga)


No campo de treino, os reservas ganharam o reforço de Gustavo, que foi ausência no últimos dois jogos. O jogador ficou no campo por alguns minutos, e depois voltou para a parte interna, onde estavam os titulares. O atacante Bruno Paulo, com dores na região lombar, deixou a atividade mais cedo.

Roberto de Andrade apresenta Oswaldo ao elenco (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Após observar a primeira parte do treino, Oswaldo entrou em campo e participou de um treino de cruzamento e finalizações com alguns jogadores, como Fagner, Guilherme Arana, Marciel, Isaac, Lucca, Rildo, Willians e Cristian. Por duas vezes, parou a atividade para conversar. Em outra oportunidade,  correu, recebeu um passe na linha de fundo e cruzou
No sábado de manhã, Oswaldo comandará a última atividade antes do confronto do Corinthians contra América-MG, domingo, às 18h30, na Arena Corinthians. A equipe não poderá contar com Marquinhos Gabriel, que está suspenso. A tendência é que Lucca ou Romero ganhem a vaga no time.


Hoje, atacante corinthiano Bruno Paulo sentiu dores na região lombar e deixou o treinamento mais cedo que os companheiros para se dirigir à área interna do CT e ser reavaliado pelo departamento médico.
















CORINTHIANS TREINO E APRES DE NOVO TECNICO
17:57
Sobre o treino: Cássio e Vilson sem restrições, Gustavo participou de uma parte do trabalho e Bruno Paulo saiu com dores nas costas #trCOR

17:54
Fagner e Romero voltam a ser opção contra o América-MG. Yago e Danilo, lesionados, não jogam, e Gustavo e Vilson podem voltar a ser opção, assim como o goleiro Cássio. Fabio Carille ajudará Oswaldo na montagem da equipe


17:46
Oswaldo definirá o time titular do Corinthians para a partida contra o América-MG no treino deste sábado, pela manhã. Hoje, não houve indicação de escalação


17:30
Oswaldo comanda um treinamento de cruzamentos e finalizações no CT Joaquim Grava. Ele conversou com os jogadores e já está com a mão na massa


17:19
Gustavo participou de apenas uma parte do treinamento no gramado do CT Joaquim Grava. Bruno Paulo também não completou o trabalho, saiu com dores na coxa esquerda. Fagner e Romero, de volta das Eliminatórias, treinaram sem restrições e voltam ao time neste domingo


17:14
Oswaldo neste momento observa o treino comandado por Fabio Carille, que voltará a ser auxiliar técnico no Corinthians






Técnico Oswaldo Oliveira abre dúvida no gol do Timão e pode ganhar mais opções na estreia

Gustavo realizou parte do treinamento desta sexta-feira em campo e será reavaliado antes da atividade deste sábado, no CT Joaquim Grava. Entre Cássio e Walter, indefinição de novo
Segundo Oswaldo de Oliveira, o aspecto técnico definirá a escolha.

- Os dois têm a possibilidade de titularidade. Venho vendo o Walter jogar muito bem e o Cássio está voltando de lesão. Quem estiver melhor vai jogar - disse.

A dúvida, aliás, deve ser tirada no treinamento deste sábado de manhã, no CT Joaquim Grava. Cássio está recuperado de uma lesão no ombro esquerdo que o afastou dos cinco últimos jogos, treinou sem restrições nesta sexta-feira e está apto a voltar ao time. Walter, que vem atuando, terá concorrência para o compromisso de domingo, na Arena Corinthians, às 18h30, do Corinthians contra o América-MG, pela 31ª rodada do Brasileirão.
Nesta sexta-feira, em treino comandado pelo agora auxiliar Fabio Carille e observado por Oswaldo Oliveira, apenas reservas trabalharam com bola. Gustavo, que foi desfalque no último jogo por conta de um desconforto na coxa esquerda, trabalhou em campo em parte da atividade e está mais perto de voltar. Já Bruno Paulo voltou a sentir dores nas costas, deixou o treino mais cedo que os companheiros e será reavaliado. Marquinhos Gabriel, por fim, está suspenso do jogo deste fim de semana.

As notas positivas ficam por conta de Fagner e Romero, que voltaram das Eliminatórias da Copa do Mundo, e Vilson, que treinou sem restrições. O time será definido no treino deste sábado, às 9h30.




Em apresentação no Corinthians, técnico Oswlado Oliveira conta com a Fiel: "É hora do apoio. Quem ama o clube não vaia, não descredibiliza, não vaia jogador" 
Novo técnico Oswaldo Oliveira lembra dos títulos no Timão, fala em prazer e quer a fiel do Todo poderoso Timão
Contratado até dezembro de 2017, Oswaldo de Oliveira se apresenta ao Corinthians com discurso firme
Apresentação de Oswaldo no Corinthians
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ACorinthians)



Apresentação de Oswaldo no Corinthians
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ACorinthians)
















Apresentação de Oswaldo no Corinthians
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ACorinthians)
Gabriel Carneiro
14/10/2016
17:38


Confirmado como novo técnico do Corinthians, Oswaldo de Oliveira falou grosso em sua apresentação, realizada na tarde desta sexta-feira. Aos 65 anos, o profissional assinou contrato até o fim de 2017 e apareceu na sala de imprensa do CT Joaquim Grava ao lado do presidente Roberto de Andrade, que mostrou confiança em sua escolha para o comando. Oswaldo está na terceira passagem pelo Parque São Jorge
- Vim para trabalhar como treinador, política quem faz é o presidente Roberto e sua equipe. Mas enquete é uma coisa dúbia para mim. Sou campeão paulista, brasileiro e mundial aqui dentro. Desde sempre ouço no Brasil, em Londres, no Japão, um agradecimento de corinthianos, obrigado por 2000. É o que sempre ouvi. Para mim não faz sentido enquete. O Corinthians tem um momento de desquilíbrio que precisa superar e estou aqui para isso, para ajudar. Corintiano que é corintiano tem que somar, ajudar e participar positivamente. Torcida sempre contestou, mas a imagem na minha cabeça é do dia 14 de janeiro de 2000, no Maracanã, 25 mil corintianos cantando a origem do "Todo Poderoso Timão". Para mim é isso que tenho encontrado há 16 anos e minha expectativa é essa, porque comecei minha carreira aqui, sempre disse que foi um divisor de águas. Fui campeão de três grandes torneios em nove meses... Esse ambiente tem que ser favorável - disse Oswaldo.

O treinador dirigiu o Timão em 114 partidas entre 1999 e 2000, anos em que foi campeão paulista, brasileiro e mundial, e 2004, quando o sucesso não se repetiu. Ele falou sobre a sombra de Tite

- O Tite é o melhor técnico do mundo. Mas quando o time andou mal até o Tite andou contestado. Nós jogamos em 2012 e 2013 contra o Corinthians e era o time de Guerrero, Sheik, Paulinho, Ralf, Paulo André, enfim, um timaço. Depois se transformou em outro timaço, com Jadson, Renato Augusto, Love, timaço em cima de timaço. Mas houve mudanças de elenco, precisa-se entrosar, ganhar e transformar em título. Mas como as vitórias não estão vindo até meu xará Osvaldo Brandão seria vaiado. Mas essas vaias precisam acabar, senão vão vaiar por mais tempo. É hora do apoio. Quem ama o clube não vaia, não descredibiliza, não vaia jogador - diz Oswaldo, em referência às vaias recentes da torcida contra o técnico Fabio Carille e o volante Willians.

Oswaldo Oliveiar trará à comissão técnica do Corinthians os auxiliares Luiz Alberto e Thiago Larghi e o preparador físico Ricardo Henriques. Ele também será apoiado por Fabio Carille e Fernando Lazaro e já estreia neste domingo, às 18h30, quando o Corinthians joga contra o América-MG, na Arena Corinthians, pela 31ª rodada do Brasileirão.

CONFIRA OUTRAS DECLARAÇÕES DA APRESENTAÇÃO DE OSWALDO:

TRANSIÇÃO DE FABIO CARILLE: "A gente já conversou longamente no vestiário, por enquanto eu vou seguir à risca o que o Fabio está me passando e gradativamente, quando tomar conhecimento de tudo, dos jogadores, posicionamento, reposição, aí vou passar a tomar decisões mais de cunho individual. Mas nesse momento seria insensato chegar e tentar mudar alguma coisa, até porque acompanhei os últimos jogos do Corinthians e a equipe melhorou bastante. No domingo já fico à beira do gramado".

ÚLTIMOS TRABALHOS: "Ontem eu estava vendo televisão, zapeando, e vi o Guilherme dando entrevista e parei para ver, onde se falou dos meus últimos trabalhos. Disseram que meu último bom trabalho no Botafogo, mesmo com problemas e salários atrasados fomos à Libertadores e fomos campeões. As pessoas só esquecem de dizer que era o segundo ano do meu trabalho no Botafogo, trabalhei em 2012 e 2013. Foram dois anos. Depois disso tive trabalho interrompido injustamente em 3 clubes, ninguém entendeu nada, no Flamengo, ano passado, que fui para terminar a temporada, preparando, indicando nomes para 2016 e a duas rodadas de terminar o Brasileiro fui demitido sem explicações. Trabalhos de três, cinco ou seis meses não têm consistência mesmo. Eu acredito nos cinco anos de Japão com nove títulos, nos dois de Botafogo, com título e vaga na Libertadores. Quando há sequência, tempo para trabalhar, o Oswaldo ou qualquer outro vai conseguir resultado.Mas quando ingerências políticas interferem nenhum treinador será bem entendido. Por isso discuto muito essa coisa de que meus últimos trabalhos foram ruins".
COMO INICIAR O TRABALHO NO CORINTHIANS: "Toda equipe começa pela defesa. Em todos os cursos que fiz minha vida inteira ao longo de 42 anos de carreira, todos os treinadores que vi falar de futebol colocavam defesa como princípio básico. Nosso princípio é esse. Mas o Corinthians é ganhador, e temos que jogar para fazer gol também".



SOBRE SEU ÚLTIMO TRABALHO: "Você viu o jogo do Sport aqui? O resultado da equipe não depende só do treinador, depende do clube, do trabalho que vem sendo feito. Me levaram para tentar consertar e todo fala que o Sport joga bem. Eu sempre escuto comentaristas falando que o Sport está melhor no jogo, contra Corinthians, Fluminense... Sempre joga bem. Mas uma equipe não é só treinador, você não pode ser avaliado só por resultados. Vá a 2006, 2007, aos anos no Japão, vá ao Botafogo... Lá houve trabalho, sequência. Depois tive foram coisas seccionadas, sem conteúdo, sem sequência. O término não poderia ser como todos esperavam".

COMO FAZER DIFERENTE DE CRISTÓVÃO? "Não sei, estou vendo, estou em transição, conversando com Fabio, Alessandro, Fernando, Mauro, jogadores, vou conversar muito para saber no que é que podemos fazer melhor, como melhorar a defesa. Vamos trabalhar. Mas trabalho em futebol tem que ter apoio, participação. Quem ama o clube não vaia, não descredibiliza, não vaia jogador. Temos que ir juntos, como sempre foi. Tínhamos jogado em 23 de dezembro a final do Brasileiro e no dia 14 estávamos no Mundial. Se não fosse a força lá de trás, dos 20 mil corintianos empurrando a gente, não conseguiríamos levar aquele jogo aos pênaltis. Resistimos 120 minutos e fomos campeões por causa da pressão dos corintianos no Maracanã. É o que espero aqui. Se não for assim fica mais difícil, pode ter certeza".

SOBRE FABIO CARILLE: "O Fabio está muito bem recomendado para mim, primeiro porque é amigo de infância do meu grande amigo Fernando Diniz. É um elo inestimável. E uma pessoa que trabalha no Corinthians tem aspirações, e ele vai se tornar treinador aqui ou em outro lugar. Vamos fazer o Corinthians crescer juntos".

SEGURANÇA NO CORINTHIANS: "Não quero garantia, quero trabalhar pensando em dar sequência. Estou com meu presidente do lado, você deveria fazer essa pergunta a ele. Minha intenção é iniciar trabalho agora e preparar para o ano que vem. Meu contrato é até o fim de 2017".

DISPUTA ENTRE CÁSSIO E WALTER: "Os dois têm a possibilidade de titularidade. Venho vendo o Walter jogar muito bem e o Cássio está voltando de lesão. Quem estiver melhor vai jogar".
Agora estou no Corinthians, vinha observando jogadores no Campeonato Brasileiro, temos conversado bastante sobre o assunto com o Alessandro e o presidente e vamos trabalhar nessa direção. Vamos procurar enriquecer o elenco do Corinthians dentro das possibilidades oferecidas".

CURRÍCULO: "Depois do Tite, modéstia à parte, que mais realizou no Corinthians fui eu. Pelo menos merecia mais respeito das pessoas. Mas agora é trabalhar muito para fazer com que todos os corinthianos acreditem a equipe e me ajudem a conseguir o que mais gostam, que são títulos".
















"No Corinthians eu não tenho desafios, tenho prazer”, diz Oswaldo de Oliveira

Treinador já comandará a equipe neste domingo, quando o Timão enfrenta o América-MG na Arena Corinthians


16h00 14/10/2016 - Agência Corinthians






Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Na tarde desta sexta-feira (14), o Corinthians confirmou Oswaldo de Oliveira como novo treinador da equipe de futebol profissional. No CT Dr. Joaquim Grava, o técnico campeão paulista, brasileiro e mundial pelo Timão foi apresentado pelo presidente Roberto de Andrade e concedeu entrevista coletiva.

"No Corinthians eu não tenho desafios, tenho prazer. Minha vida como treinador começou aqui, estou de corpo e alma, emocionado de voltar a essa casa", disse Oswaldo de Oliveira.

“O Corinthians tem um momento de desequilíbrio que precisa superar e estou aqui para isso, para ajudar. Corinthiano que é corinthiano tem que somar, ajudar e participar positivamente. Torcida sempre contestou, mas a imagem na minha cabeça é do dia 14 de janeiro de 2000, no Maracanã, 25 mil corintianos cantando a origem do ‘Todo Poderoso Timão’. Para mim é isso que tenho encontrado há 16 anos e minha expectativa é essa, porque comecei minha carreira aqui, sempre disse que foi um divisor de águas. Fui campeão de três grandes torneios em nove meses... Esse ambiente tem que ser favorável”, finalizou.

Oswaldo de Oliveira estreará na terceira passagem pelo Corinthians já neste domingo (16), às 18h30, quando o Timão enfrenta o América-MG pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. Com 45 pontos, o Alvinegro está na nona colocação da competição nacional.





Oswaldo de Oliveira: “Vamos tentar fazer com que a equipe atinja seus objetivos”

Novo técnico do Corinthians já conversou com Fabio Carille, que comandou a equipe nos últimos seis jogos


16h40 14/10/2016 - Agência Corinthians






Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


No CT Dr. Joaquim Grava, Oswaldo de Oliveira foi apresentado como novo técnico do Corinthians na tarde desta sexta-feira (14). Durante a entrevista coletiva, concedida ao lado do presidente Roberto de Andrade, o treinador campeão paulista, brasileiro e mundial pelo Timão falou sobre os objetivos do Alvinegros na reta final da temporada 2016.

“Temos duas competições em que o Corinthians está dentríssimo. Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, com ampliação de possibilidades de Libertadores; Vamos tentar fazer com que a equipe, que vem desempenhando bem, atinja seus objetivos”, comentou Oswaldo.

Antes mesmo da apresentação à imprensa, Oswaldo de Oliveira havia conversado com Fabio Carille. O profissional agora retoma de auxiliar técnico.

"A gente já conversou longamente no vestiário, por enquanto eu vou seguir à risca o que o Fabio está me passando e gradativamente, quando tomar conhecimento de tudo, dos jogadores, posicionamento, reposição, aí vou passar a tomar decisões mais de cunho individual. Mas nesse momento seria insensato chegar e tentar mudar alguma coisa, até porque acompanhei os últimos jogos do Corinthians e a equipe melhorou bastante. No domingo já fico à beira do gramado", completou o treinador.

Neste domingo (16), às 18h30, o Timão enfrenta o América-MG pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016 na Arena Corinthians. Com 45 pontos, o Alvinegro está na nona colocação da competição nacional.

Clique aqui e baixe a coletiva completa do novo treinador do Timão.







Dez títulos, CT, Arena Corinthians: Oswaldo reencontra “diferente” Corinthians após 12 anos

Oswaldo de Oliveira retorna ao Timão, onde encontrará um clube com uma estrutura muito diferente da que existia em 2004


15h30 14/10/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Depois de 12 anos, Oswaldo de Oliveira está de volta ao Corinthians. O carioca de 65 anos foi responsável por momentos marcantes do Timão, como os títulos paulista e brasileiro de 1999, a conquista do primeiro Mundial de Clubes da FIFA em 2000 e a construção de uma equipe que é considerada por muitos como a mais técnica da história centenária do Alvinegro. Mas é fato que Oswaldo reencontrará um clube bem diferente do que deixou em 2004.

Nesse tempo, o Corinthians conquistou 10 títulos. Entre eles, aquele que havia virado obsessão exatamente na época em que Oswaldo de Oliveira iniciou o trabalho de técnico no Timão: a Copa Libertadores da América, em 2012.

Entre essas 10 conquistas, também está o Bi do Mundial de Clubes da FIFA, obtido também em 2012. Oswaldo entrou na história do Alvinegro exatamente por ser o comandante do primeiro título mundial do Timão.

Mas mais do que títulos, Oswaldo encontrará um clube totalmente modificado estruturamente. Na época em que o carioca treinava o Corinthians, os treinos eram realizados na Fazendinha. Desde 2010, a estrutura do futebol profissional se mudou para o CT Dr. Joaquim Grava, reconhecido com um dos mais modernos do país.

Nessa terceira passagem, Oswaldo de Oliveira também vai encontrar uma nova casa. Acostumado ao Pacaembu em 1999, 2000 e 2004, o técnico saberá como é trabalhar na Arena Corinthians com a Fiel a favor – o treinador já esteve no estádio alvinegro por Palmeiras, Flamengo e, recentemente, Sport.

Oswaldo retorna para tentar retomar as glórias que obteve no passado com o Timão. O técnico tem 112 jogos e três títulos conquistados no comando do Corinthians.







Reação da Fiel após título do Mundial em 2000 marcou Oswaldo de Oliveira: “Inesquecível”
O técnico, que está de volta ao Corinthians, afirmou que se emociona até hoje com as cenas da conquista no Maracanã


15h30 14/10/2016 - Agência Corinthians


Novo técnico do Corinthians, Oswaldo de Oliveira tem uma história marcante no clube do Parque São Jorge. O carioca de 65 anos foi o comandante da equipe alvinegra que conquistou o primeiro Mundial de Clubes da FIFA, em 2000. Quando relembrado, o dia 14 de janeiro daquele ano, data da conquista, deixa o treinador emocionado.

“É uma lembrança muito emocionante. Até hoje quando eu vejo essas cenas, eu me emociono mesmo. Foi uma coisa maravilhosa”, afirmou Oswaldo em entrevista concedida ao programa “Bola da Vez”

Depois da conquista do Mundial, Oswaldo – que já era campeão paulista e brasileiro pelo Timão – se dirigiu à Fiel, que foi em peso ao Maracanã, de forma emocionada, apontando e simulando um abraço a todos presentes no estádio naquele dia.

Além disso, o novo técnico do Corinthians recordou do primeiro dia em que a Fiel cantou “Todo Poderoso Timão”. “A torcida do Corinthians estava atrás de mim e começou aquele ‘Ô, ô, ô... Todo Poderoso Timão’. Aquilo foi crescendo, deu uma consistência e uma resistência ao nosso time que foi fabuloso. Isso para mim é inesquecível. Isso foi o que mais me marcou”, disse na mesma entrevista.









17:09
"Minha vida como treinador começou aqui, estou de corpo e alma, emocionado de voltar a essa casa", disse Oswaldo em sua apresentação #trCOR

17:08
Oswaldo contestou críticas aos últimos trabalhos e oposição de corinthianos ao seu nome. Discurso firme, lembrando o Mundial de 2000 #trCOR

17:06



Oswaldo trará três profissionais à comissão técnica: Luiz Alberto, auxiliar, Ricardo Henriques, preparador, e Thiago Larghi, analista #trCOR

17:03



Oswaldo de Oliveira não pretende mudar muito o que Fabio Carille tem feito e avisou Walter e Cássio que "quem estiver melhor vai jogar" #trCOR

16:58
Fim das entrevistas coletivas de Roberto de Andrade e Oswaldo de Oliveira, novo técnico do Corinthians


16:53
ROBERTO DE ANDRADE nega busca por Dorival

"Li isso hoje também e não sei de onde ele tirou, nunca conversei com o Dorival e não o conheço. Estive com ele num Mesa Redonda da Gazeta, dei a mão a ele. Só isso. Nunca falei com ele. Às vezes alguém quer se colocar à frente, empresários. Eu jamais faria isso e o Modesto me conhece. Só falei com ele quando li que venderia o Lucas Lima, aí liguei para ele e demonstrei interesse e ele disse que não. Eu jamais faria isso, nunca falei com o Dorival"


16:52
Oswaldo de Oliveira trará Ricardo Henriques, preparador físico, Luiz Alberto e Thiago Larghi, auxiliares técnicos, para o Corinthians


16:51
OSWALDO, sobre o Sport

"Minha saída foi muito gentil, muito compreendida, eles entenderam, conversamos bastante. São pessoas que admiro muito, presidente Martorelli, Arnaldo Barros, Maluf, todo mundo. Continuo me comunicando com eles, criou-se um elo, uma amizade, mas o futebol tem intercorrências. Agora estou no Corinthians, vinha observando jogadores no Campeonato Brasileiro, temos conversado bastante sobre o assunto com o Alessandro e o presidente e vamos trabalhar nessa direção. Vamos procurar enriquecer o elenco do Corinthians dentro das possibilidades oferecidas"


16:49
ROBERTO conversou com Sport

"Não. Conversei com o presidente, a quem mando um abraço e um agradecimento. O que não gosto não faço aos outros. Minha conversa com Oswaldo era direcionada ao final da temporada. Após a saída do Tite tínhamos conversado e ele disse que não abandonaria o trabalho. Mas agora ele se viu na necessidade de vir ao Corinthians. E eu liguei ao presidente do Sport e pedi desculpas. Não gosto, por isso entrei em contato"


16:47
"Conheci o Andrés aqui em 1998, como auxiliar do Vanderlei. Uma vez fiz uma operação no ombro e não podia dirigir. O Andrés era meu camarada, me levava para ver os jogos de júnior em Taubaté. Aqui não tem essa, todo mundo é Corinthians", diz Oswaldo de Andrade, sobre Andrés Sanchez


16:47
ROBERTO DE ANDRADE, sobre racha político

"Meu relacionamento com o Andrés melhora a cada dia, não tenho problema com ninguém, quero que entendam. Ninguém rachou nada com ninguém, são divergências de opinião. Isso é mais um episódio, não tem problema político nenhum"


16:46
OSWALDO, sobre sombra de Tite

"Ele é o melhor técnico do mundo. Mas quando o time andou mal até o Tite andou contestado. Nós jogamos em 2012 e 2013 contra o Corinthians e era o time de Guerrero, Sheik, Paulinho, Ralf, Paulo André, enfim, um timaço. Depois se transformou em outro timaço, com Jadson, Renato Augusto, Love, timaço em cima de timaço. Mas houve mudanças de elenco, precisa-se entrosar, ganhar e transformar em título. Mas como as vitórias não estão vindo até meu xará Osvaldo Brandão seria vaiado. Mas essas vaias precisam acabar, senão vão vaiar por mais tempo. É hora do apoio"


16:44
OSWALDO, sobre elenco atual

"Conheço mais como adversário. O Léo Príncipe, por exemplo, nunca tinha visto jogar até esse ano. Conheço bem o Rildo, conheço o Danilo, tricampeão comigo no Japão, nunca vi alguém ganhar tanto título. O Marlone, o Cássio, Rodriguinho. Tenho uma ideia geral do elenco. Por isso que essa transição vai ter que ser muito justinha com o Fabio para tirarmos o que tiver de melhor na equipe nesse momento. Não pode haver separação, não podemos estancar o que vem sendo feito"


16:42
ROBERTO DE ANDRADE, sobre planos para 2017

"Tenho uma expectativa muito alta conhecendo o Oswaldo e como ele conduz as pessoas. É uma pena que vocês não tenham oportunidade de acompanhar dia a dia em clube de futebol. Mas é muito importante pessoa de pulso firme, determinação, diálogo e respeito com todos. Isso interfere diretamente dentro de campo. Análise de treinador não pode ficar resumida a resultados. Na minha visão o Oswaldo reúne muitos ingredientes para isso"


16:40
OSWALDO, sobre duelo entre Cássio e Walter

"Os dois têm a possibilidade de titularidade. Venho vendo o Walter jogar muito bem e o Cássio está voltando de lesão. Quem estiver melhor vai jogar"


16:39
OSWALDO, sobre segurança no cargo no Corinthians

"Não quero garantia, quero trabalhar pensando em dar sequência. Estou com meu presidente do lado, você deveria fazer essa pergunta a ele. Minha intenção é iniciar trabalho agora e preparar para o ano que vem. Meu contrato é até o fim de 2017"


16:38
OSWALDO, sobre mudanças de 1999 para 2016

"Vim do Qatar e de repente caí no gigante Corinthians para substituir o treinador da Seleção Brasileira, campeão brasileiro. Esse é o cenário. Claro que senti, fiquei tímido, demorei a desenvolver. Isso foi em 98, 99, quase 20 anos. A experiência, a desinibição, a coragem de enfrentar os problemas. É o que mudou"


16:37
ROBERTO DE ANDRADE, sobre planejamento para 2017

Não deu tempo de pensar nisso, mas vamos resolver com calma, precisamos trazer uma pessoa que possa somar também. Mas em campo temos alguns nomes escritos, analisados, agora o Oswaldo vai sentar com a comissão e discutir, ver o que é melhor. Queremos uma equipe competitiva e vamos aumentar a qualidade do grupo"


16:36
OSWALDO, sobre Fabio Carille
"O Fabio está muito bem recomendado para mim, primeiro porque é amigo de infância do meu grande amigo Fernando Diniz. É um elo inestimável. E uma pessoa que trabalha no Corinthians tem aspirações, e ele vai se tornar treinador aqui ou em outro lugar. Vamos fazer o Corinthians crescer juntos"


16:35
"Eu não estou aqui porque sou amigo do presidente", diz Oswaldo de Oliveira


16:34
ROBERTO DE ANDRADE
"Oswaldo tem currículo bacana aqui no Corinthians, eu também tenho, estive presente nas grandes conquistas. O professor precisa passar a confiar um pouco mais. As reclamações antes do início do trabalho são como vaiar antes de entrar em campo. Vamos esperar o trabalho ser iniciado, o Oswaldo colocar sua maneira de trabalhar, as coisas acontecerem. Oswaldo veio trabalhar já esse ano porque estamos dando importância grande a 2017. Isso não significa que vamos abrir mão de 2016, porque estamos vivos. O torcedor precisa ter mais confiança"

16:30
OSWALDO

"Não sei, estou vendo, estou em transição, conversando com Fabio, Alessandro, Fernando, Mauro, jogadores, vou conversar muito para saber no que é que podemos fazer melhor, como melhorar a defesa. Vamos trabalhar. Mas trabalho em futebol tem que ter apoio, participação. Quem ama o clube não vaia, não descredibiliza, não vaia jogador. Temos que ir juntos, como sempre foi. Tínhamos jogado em 23 de dezembro a final do Brasileiro e no dia 14 estávamos no Mundial. Se não fosse a força lá de trás, dos 20 mil corinthianos empurrando a gente, não conseguiríamos levar aquele jogo aos pênaltis. Resistimos 120 minutos e fomos campeões por causa da pressão dos corintianos no Maracanã. É o que espero aqui. Se não for assim fica mais difícil, pode ter certeza"


16:28
OSWALDO

"O resultado da equipe não depende só do treinador, depende do clube, do trabalho que vem sendo feito. Me levaram para tentar consertar e todo fala que o Sport joga bem. Eu sempre escuto comentaristas falando que o Sport está melhor no jogo, contra Corinthians, Fluminense... Sempre joga bem. Mas uma equipe não é só treinador, você não pode ser avaliado só por resultados. Vá a 2006, 2007, aos anos no Japão, vá ao Botafogo... Lá houve trabalho, sequência. Depois tive foram coisas seccionadas, sem conteúdo, sem sequência. O término não poderia ser como todos esperavam"


16:25
OSWALDO, sobre comportamento da torcida

"Vim jogar aqui contra o Corinthians quatro vezes e é uma pressão muito grande. Tem que saber jogar aqui. E isso vai ser favorável ao Corinthians, não vai ser contra. Embora às vezes haja mobilização contra aqui e ali. Mas a força da torcida é a nosso favor, o resto é detalhe"


16:24
OSWALDO, sobre metas

"Temos duas competições em que o Corinthians está dentríssimo. Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, com ampliação de possibilidades de Libertadores; Vamos tentar fazer com que a equipe, que vem desempenhando bem, atinja seus objetivos'


16:23
OSWALDO, sobre defesa em má fase

"Toda equipe começa pela defesa. Em todos os cursos que fiz minha vida inteira ao longo de 42 anos de carreira, todos os treinadores que vi falar de futebol colocavam defesa como princípio básico. Nosso princípio é esse. Mas o Corinthians é ganhador, e temos que jogar para fazer gol também"


16:22
OSWALDO, sobre últimos trabalhos

"Ontem eu estava vendo televisão, zapeando, e vi o Guilherme dando entrevista e parei para ver, onde se falou dos meus últimos trabalhos. Disseram que meu último bom trabalho no Botafogo, mesmo com problemas e salários atrasados fomos à Libertadores e fomos campeões. As pessoas só esquecem de dizer que era o segundo ano do meu trabalho no Botafogo, trabalhei em 2012 e 2013. Foram dois anos. Depois disso tive trabalho interrompido injustamente..., ninguém entendeu nada, ano passado, que fui para terminar a temporada, preparando, indicando nomes para 2016 e a duas rodadas de terminar o Brasileiro fui demitido sem explicações. Trabalhos de três, cinco ou seis meses não têm consistência mesmo. Eu acredito nos cinco anos de Japão com nove títulos, nos dois de Botafogo, com título e vaga na Libertadores. Quando há sequência, tempo para trabalhar, o Oswaldo ou qualquer outro vai conseguir resultado.Mas quando ingerências políticas interferem nenhum treinador será bem entendido. Por isso discuto muito essa coisa de que meus últimos trabalhos foram ruins"


16:19
"Apoio político sempre tive e continuarei fazendo o que sempre fiz em nome do Corinthians", diz Roberto de Andrade, sobre apoio político no clube


16:18

"Vim para trabalhar como treinador, política quem faz é o presidente Roberto e sua equipe. Mas enquete é uma coisa dúbia para mim. Sou campeão paulista, brasileiro e mundial aqui dentro. Desde sempre ouço um agradecimento de corinthianos, obrigado por 2000. É o que sempre ouvi. Para mim não faz sentido enquete. O Corinthians tem um momento de desquilíbrio que precisa superar e estou aqui para isso, para ajudar. Corintiano que é corintiano tem que somar, ajudar e participar positivamente. Torcida sempre contestou, mas a imagem na minha cabeça é do dia 14 de janeiro de 2000, no Maracanã, 25 mil corintianos cantando a origem do "Todo Poderoso Timão". Para mim é isso que tenho encontrado há 16 anos e minha expectativa é essa, porque comecei minha carreira aqui, sempre disse que foi um divisor de águas. Fui campeão de três grandes torneios em nove meses... Esse ambiente tem que ser favorável"


16:15
"Estou vivendo uma tomada de posição, aprendendo a lidar com as coisas da equipe. A parte mental acompanha, junto com tático, físico e técnico, toda a estrutura da equipe. Quando identificarmos vamos trabalhar a parte mental dentro do conjunto", diz Oswaldo


16:14
OSWALDO, sobre transição de Carille

"A gente já conversou longamente no vestiário, por enquanto eu vou seguir à risca o que o Fabio está me passando e gradativamente, quando tomar conhecimento de tudo, dos jogadores, posicionamento, reposição, aí vou passar a tomar decisões mais de cunho individual. Mas nesse momento seria insensato chegar e tentar mudar alguma coisa, até porque acompanhei os últimos jogos do Corinthians e a equipe melhorou bastante. No domingo já fico à beira do gramado"


16:13
"No Corinthians eu não tenho desafios, tenho prazer. Minha vida como treinador começou aqui, estou de corpo e alma, emocionado de voltar a essa casa", diz Oswaldo de Oliveira



16:12
ROBERTO DE ANDRADE, sobre saída de Eduardo Ferreira

"Tenho que agradecer o Edu por esses quase dois anos à frente do futebol, foi de serventia muito grande, sai daqui com título. Mas ele saiu por uma opção, estava cansado, vinha sinalizando que iria fazer isso no final do ano e resolveu antecipar aproveitando mudança de treinador. Vai começar trabalho novo. Somos um grupo, somos unidos, sem problema algum"


16:07
Oswaldo de Oliveira será apresentado durante o treino. Daqui a pouco! #trCOR

16:03
Fabio Carille chega com material de treino. Ele volta a ser auxiliar após seis jogos #trCOR

16:03
Gustavo está em campo. Recuperado de um desconforto na coxa esquerda. Pode ser novidade na estreia de Oswaldo #trCOR


15:50
Doze anos depois, Oswaldo de Oliveira é anunciado pelo #Corinthians


15:46
EDUARDO FERREIRA

"O treinador para mim foi uma coisa chata, mas não tenho para reclamar do Roberto. O trabalho antipopular que ele vem fazendo de não contratar, segurar dinheiro, causa crise, xingamentos. Mas ele está pensando no futuro do clube. Temos de ter calma. Agora vou voltar a ser apenas torcedor, antes eu era torcedor e dirigente. Foi uma tremenda satisfação, orgulho. Tudo o que eu podia fazer, eu fiz. Se voltaria? Com certeza, quem sabe um dia volto", encerra o ex-diretor adjunto de futebol do Corinthians


15:45
EDUARDO FERREIRA

"Não fui consultado, tinha vários nomes que a gente estava consultando. A Oswaldo, boa sorte a ele, tem tudo para fazer bom trabalho. O presidente escolhe quem ele quiser, não tenho nada contra o Oswaldo. Me dedico demais. Quero agradecer toda a imprensa, pedir desculpas aos setoristas, o trabalho de vocês é importante. Não tenho nada contra o Oswaldo também"


15:45
Uma das primeiras decisões de Oswaldo será a escolha de goleiro #trCOR

15:45
Eduardo Ferreira foi à nova sala de Oswaldo no CT antes da coletiva. Disse que não tem nada contra e torcerá por ele no Corinthians #trCOR

15:44
EDUARDO FERREIRA

"Não é um momento agradável. Pensava em fazer isso só no fim do ano. Pela forma como foi conduzida a negociação com o novo treinador, resolvi respirar novos ares. Queria agradecer ao Roberto, agradecer Andrés e todos os funcionários. Toda a comissão técnica, em especial a Fábio Carille e a todo elenco"


15:31
Oswaldo de Oliveira é, agora oficialmente, o novo técnico do Corinthians. Será apresentado em instantes #trCOR

15:30
"O modo como foi escolhido o novo treinador foi uma coisa chata para mim" diz Eduardo Ferreira, que deixa o Timão após um ano e meio #trCOR

15:29
Eduardo Ferreira fala com a imprensa no CT. Oficialmente, se desliga do cargo de diretor adjunto de futebol do Corinthians #trCOR

15:27
Boa tarde, torcedores! Começamos agora nosso tempo real do dia do Corinthians.














Doze anos depois, técnico Oswaldo Oliveira é anunciado no Corinthians

Treinador de 65 anos chega quase um mês após a demissão de Cristóvão Borges e com a missão de colocar Timão na Libertadores de 2017. Nome é convicção pessoal do presidente

Oswaldo de Oliveira já dirigiu o Timão 114 jogos


Doze anos depois da última passagem, o técnico do Corinthians campeão mundial em 2000 teve o retorno oficializado ao Parque São Jorge. Aos 65 anos, Oswaldo de Oliveira foi anunciado como novo treinador do Timão nesta sexta-feira, quando será apresentado. A missão agora será reabilitar o Timão, que está em oitavo lugar e sonha com vaga na Libertadores de 2017 via G6.

Oswaldo foi uma escolha pessoal do presidente Roberto de Andrade, à revelia da ideia de outros dirigentes e pessoas próximas da cúpula corintiana, que até pressionaram o mandatário a desistir da ideia mesmo com acerto finalizado. O diretor adjunto de futebol Eduardo Ferreira, inclusive, deixou o cargo.

O novo treinador chega quase um mês após a demissão de Cristóvão Borges, que substituiu Tite e teve o trabalho interrompido com menos de três meses. No intervalo de seis partidas entre a demissão de Cristóvão e o anúncio de Oswaldo, o Timão foi comandado por Fabio Carille, que volta à condição de auxiliar.

Será a terceira passagem do treinador carioca pelo Corinthians. Auxiliar de Vanderlei Luxemburgo e Evaristo de Macedo, ele foi interino em algumas oportunidades e assumiu de vez em 1999, ano em que foi campeão do Paulista e do Brasileirão. Em 2000, a grande glória: o Timão foi campeão mundial de clubes sob o comando de Oswaldo, dispensado no mesmo ano. Oswaldo ainda voltou em 2004, mas o trabalho foi curto e não deixou saudades. Ao todo, nas duas passagens, foram 114 partidas: 59 vitórias, 22 empates e 33 derrotas, aproveitamento de 58%.
































Roberto de Andrade vê Oswaldo de Oliveira como nome ideal para assumir o Corinthians no momento: tem experiência, conhece o clube e administra o dia a dia de maneira conciliadora. O contrato deve ser até o fim de 2017, quando se encerra a gestão do presidente.




















 14/10/2016 15h39

Corinthians anuncia volta de Oswaldo de Oliveira ao comando do time
Técnico estava apalavrado com o presidente do Timão, Roberto de Andrade, desde terça-feira


Por Diego Ribeiro e Marcelo Braga

O Corinthians confirmou na tarde desta sexta-feira o retorno de Oswaldo de Oliveira ao clube. A apresentação do treinador vai acontecer ainda nesta tarde, no CT Joaquim Grava.

Bancada pelo presidente Roberto de Andrade, a chegada do treinador causou a saída do diretor-adjunto de futebol Eduardo Ferreira.

Oswaldo de Oliveira tem 65 anos. Ele começou sua carreira como treinador justamente no Corinthians, em 1999, herdando a vaga de Vanderlei Luxemburgo, de quem era auxiliar. Com Oswaldo, o Timão foi campeão brasileiro (99), paulista (99) e do Mundial de Clubes (2000).

Oswaldo assume o Corinthians com a missão de levar o clube à Libertadores da América. O time está com 45 pontos, colado no G-6 do Campeonato Brasileiro e está nas quartas da Copa do brasil, tendo vencido o jogo de ida em casa por 2x1. 











Técnico do Corinthians Campeão mundial em 2000, Oswaldo de Oliveira volta ao clube 

Será a terceira passagem do treinador pelo Timão; o novo comandante alvinegro conquistou três títulos no Parque São Jorge: paulista, brasileiro e Mundial de Clubes da FIFA


15h30 14/10/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Corinthians. O carioca de 65 anos retorna ao Timão após 12 anos. A última passagem do treinador pelo Parque São Jorge havia sido em 2004.

A história de Oswaldo de Oliveira como técnico da equipe alvinegra começou em 1999, quando o então auxiliar-técnico assumiu o comando do Corinthians após Vanderlei Luxemburgo, treinador alvinegro campeão brasileiro em 1998, deixar o clube para assumir a Seleção Brasileira.

A primeira passagem teve turbulências no começo. Novato na função, Oswaldo de Oliveira chegou a voltar a ser auxiliar-técnico após a contratação de Evaristo de Macedo. Pouco tempo depois, o veterano treinador deixou o Corinthians, e Oswaldo foi novamente efetivado no comando alvinegro. A partir deste momento, a trajetória dele engatou.

Logo no primeiro ano como técnico na carreira, em 1999, Oswaldo de Oliveira se sagrou campeão paulista e brasileiro, com uma equipe que se destacou por ser para muitos a mais técnica da história centenária do Corinthians.

A maior conquista de Oswaldo no comando do Timão viria no ano seguinte. Em 2000, o técnico levou o Corinthians ao título do primeiro Mundial de Clubes da FIFA ao vencer o Vasco nos pênaltis após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, na final disputada no Maracanã.

A primeira passagem teve fim na metade de 2000. Oswaldo chegou a voltar ao Corinthians em 2004. Agora, retorna para tentar retomar as glórias que obteve no passado com o Timão. O técnico tem 112 jogos no comando do Corinthians, com três títulos conquistados.


Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.









CORINTHIANS ANUNCIA NOVO TÉCNICO: OSWALDO OLIVEIRA






14/10/2016 14h01

Diretor de futebol deixa o Corinthians por não concordar com novo técnico
Contrário à contratação de Oswaldo de Oliveira, Eduardo Ferreira deixou o cargo que exercia desde fevereiro do ano passado. Ele entrou em atrito com o presidente


Por Marcelo Braga

Eduardo Ferreira não está mais na diretoria
(Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians)

Eduardo Ferreira deixou o cargo de diretor-adjunto de futebol do Corinthians. Membro da diretoria desde o início da gestão Roberto de Andrade, em fevereiro de 2015, Edu entrou em atrito com o presidente por conta da contratação do técnico Oswaldo de Oliveira


Ligado ao ex-presidente Andrés Sanchez, que também foi contra o acerto, o diretor deixou o cargo por vontade própria.


Na quarta-feira, após a vitória do Timão por 4 a 2 contra o Santa Cruz, o dirigente deu entrevistas e não escondeu o incômodo pela forma como Roberto de Andrade tem conduzido a situaçãoA saída de Edu expõe a crise política atual do clube alvinegro. Na terça-feira, o presidente chegou a falar sobre a situação em entrevista


– Ele que faz o futuro dele, ele que sabe o que ele quer, se dedica bastante. Se quer ficar ou não... Todo clube existe política, esse ciúme de homem que é pior que de mulher – disse Roberto, na terça-feira.

14/10/2016 11h55

Corinthiano zagueiro Yago é operado para corrigir hérnia e não deve jogar mais nesta temporada
Titular do Timão em boa parte deste ano, zagueiro vai precisar de até dois meses para se recuperar do procedimento médico realizado na manhã desta sexta-feira


Por GloboEsporte.com

Yago fica fora de ação por até dois meses
(Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians )

O zagueiro Yago não deve mais atuar nesta temporada. Titular do Corinthians em boa parte do Campeonato Brasileiro, ele passou na manhã desta sexta-feira por uma cirurgia de correção de hérnia inguinal, no Hospital São Luiz, e precisará de até dois meses para se recuperar. Com isso, Pedro Henrique tem tudo para continuar como titular da zaga, ao lado de Balbuena.


Como Yago já vinha fora por conta de uma lesão muscular na coxa esquerda, o departamento médico do Timão e o jogador decidiram realizar agora o procedimento.

Formado na base corinthiana, Yago disputou 39 das 61 partidas corintianas na atual temporada.









Corinthiano zagueiro Yago passa por cirurgia de correção de hérnia inguinal bilateral

Previsão é de que o zagueiro do Corinthians se recupere em até dois meses


11h00 14/10/2016 - Agência Corinthians






© Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians


O zagueiro Yago passou por um procedimento cirúrgico de correção de hérnia inguinal bilateral na manhã desta sexta-feira (14). A cirurgia foi realizada no Hospital São Luiz, do Jabaquara. A previsão é de que o jogador se recupere em até dois meses.

Em ação conjunta, o departamento médico do Corinthians e o jogador decidiram aproveitar o tempo de recuperação da lesão muscular na coxa esquerda para fazer o procedimento.

Formado nas categorias de base do Timão, Yago tem 58 jogos vestindo a camisa do Corinthians. Neste ano, o zagueiro disputou 39 das 61 partidas do Alvinegro realizadas na temporada.








Corinthians deve apresentar Oswaldo de Oliveira ainda nesta sexta globo esporte



O Corinthians sub 20 joga neste sábado, pela ida das oitavas de final do Campeonato Paulista sub-20. contra s7os no estádio Ulrico Mursa, em stos, às 15h (de Brasília). A entrada é gratuita.

Atual bicampeão, o Corinthians fechou a primeira etapa do estadual com a vice-liderança do Grupo 3. A equipe comandada por Osmar Loss Vieira invica há seis rodadas, soma 43 pontos no torneio. Os garotos do Timão venceram 13 partidas, empataram quatro e teve três. reveses O ataque balançou as redes 42 vezes e a defesa foi surpreendida em 15 oportunidades.





CORINTHIANS PARA DOMINGO TERÁ LATERAL DIREITO FAGNER E ATACANTE ROMERO DE VOLTA A DISPOSIÇÃO. DESFALQUE É O MEIA MARQUINHOS GABRIEL, com terceiro cartão amarelo







Aprovado por torcedores, goleiro corinthiano Walter fica na expectativa do futuro da comissão técnica e sua titularidade
– Tenho que pensar em trabalhar, fazer minha parte e deixar para a comissão decidir quem joga. Todos têm condições e estão preparados. O grupo é forte e com boas opções – desconversa Walter, ao LANCE!.
– Fico feliz pelos números e espero poder melhorar ainda mais. Quanto melhor forem meus números, melhor será para o time. E é aquela coisa: quando a equipe vai bem, o individual acaba aparecendo – diz o goleiro, satisfeito com o apoio da torcida às suas atuações.
- O carinho dos torcedores é muito legal e fico feliz. Mas só mantendo os bons jogos para continuar ajudando e para que o time siga bem. Acompanho algumas mensagens e vejo também pelo que o pessoal me fala. Contamos com a força da torcida também para conseguirmos os resultados.