2 de out de 2016

CORINTHIANS 02/10/2016










PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO CORINTHIANS

03/10 – Segunda-feira
10h – Treino no CT Dr. Joaquim Grava

04/10 – Terça-feira
15h30 – Treino no CT Dr. Joaquim Grava

05/10 – Quarta-feira
21h – Corinthians x Atl-MG – Arena Corinthians – Campeonato Brasileiro

06/10 – Quinta-feira
15h30 – Treino

07/10 – Sexta-feira
15h30 – Treino






Cria das categorias de base do Corinthians, zagueiro  Pedro Henrique completa 21 anos neste domingo

O atleta fez parte do elenco hexacampeão Brasileiro, seu primeiro e único título pelo clube do Parque São Jorge
Revelado pela base do Corinthians, o zagueiro Pedro Henrique completa 21 anos neste domingo (02). O jovem profissional estreou pelo Timão no dia 15 janeiro de 2015, durante a Florida Cup, no duelo contra o Colônia-ALE.

O atleta fez parte do elenco hexacampeão brasileiro, seu primeiro e único título pelo clube do Parque São Jorge.

Em 2016, o camisa 34 do Coringão foi mais acionado. Foram oito partidas pelo Campeonato Brasilero, inclusive naquele 4 a 0 contra o Flamengo, maior goleada do Alvinegro na competição nacional.

Você encontra esta e mais outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store.


Corinthians desfalcado de Fagner e Romero, mas terá reforços ante o Atlético-MG

Lateral-direito e atacante irão se juntar às suas seleções para disputa de partidas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Rodriguinho e Giovanni Augusto retornam


LANCE!

2 OUT2016
07h48


O Corinthians não poderá com dois de seus titulares na partida contra o Atlético-MG, quarta-feira, na Arena, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral-direito Fagner e atacante paraguaio Romero estão fora da partida, já que se juntarão às suas seleções para a disputa de jogos da Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

O camisa 11 já ficaria fora do duelo contra o Galo de qualquer forma, já que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo, neste sábado, e terá de cumprir suspensão.

Por outro lado, o Corinthians terá os retornos de Rodriguinho e Giovanni Augusto, que cumpriram suspensão diante do Bota e foram substituídos por Willians e Marciel.


O goleiro Cássio, com dores no ombro esquerdo, será reavaliado. Fora dos últimos três compromissos do Timão, ele segue como dúvida. Guilherme e Uendel, que também se recuperam de lesões, já treinam em campo, mas devem ser poupados nesta rodada por falta de ritmo de jogo.

O elenco alvinegro ganha folga neste domingo e se reapresenta na manhã de segunda-feira, no CT Joaquim Grava.






Técnico do Corinthians, Fabio Carille admite falta de elenco e pede paciência com jovens

Apesar de reconhecer a falta de jogadores que o desmanche promovido no elenco durante a temporada causou, Carille disse que tenta ajustar o jeito de jogar do Timão de acordo com as opções que tem. Contra o Fogão, por exemplo, ele não tinha em mãos os meias Rodriguinho e Giovanni Augusto, ambos suspensos por conta do terceiro cartão amarelo.


"Para jogar da mesma forma, não (temos elenco). Temos que mudar a forma de jogar, pelas características dos jogadores, e fazer o melhor com esse grupo", avaliou o interino, que ficará no cargo provavelmente até o final de 2016, esperando a definição da diretoria por um substituto de Cristóvão Borges.

Para o profissional, que está no clube desde 2009, a exigência que se tem em cima dos atuais jogadores está acima da normalidade, principalmente para uma equipe que possui 41 pontos no Brasileiro e ganhou o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil (2 a 1 contra o Cruzeiro).

"É um grupo jovem, e temos um ano em que aconteceu muita coisa, desde a pré-temporada quando perdemos seis titulares, depois Elias, Felipe… Se cobra às vezes mais do que deve", opinou o comandante, dando como exemplo as mudanças repentinas que têm de ser feitas.

No Rio, por sinal, ele teve de promover a estreia de Marciel no torneio, apenas o sexto jogo do volante no ano. Nada, porém, que diminua as chances do jovem da base ganhar outras oportunidades. "O Marciel é uma alternativa, sim. Todos estão trabalhando e buscando espaço. Eu não queria mexer no lado direito, que está rendendo com Fagner e Marquinhos", encerrou.









Técnico Fabio Carille diz que Timão não consegue jogar igual quando está desfalcado

Técnico interino do Corinthians diz que equipe precisa mudar forma de atuar por reservas terem características diferentes. Ele também vê cobranças exageradas ao Alvinegro


LANCE!

2 OUT2016
08h03


O técnico interino do Corinthians, Fabio Carille admitiu que o Timão não consegue manter o mesmo padrão de jogo quando perde alguns de seus titulares.

- Para jogar da mesma forma, não (conseguimos), temos que mudar a forma de jogar, pelas características dos jogadores. Temos de fazer o melhor com esse grupo - opinou.

Carille não quis jogar a toalha no Brasileirão e falou em motivar e treinar o grupo. O próximo compromisso corinthiano é quarta-feira, contra o AtlMG, na Arena Corinthians

Contudo, embora reconheça deficiências no grupo alvinegro, Fabio Carille vê uma pressão exagerada sobre o elenco, que perdeu muitas peças.

- É um grupo jovem, e temos um ano em que aconteceu muita coisa, desde a pré-temporada quando perdemos seis titulares, depois partiram Felipe, Elias e outros. Se cobra às vezes mais do que se deve - opinou.